Você está na página 1de 2

Página |1

FICHA DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

CLASSIFICAÇÃO:

______________________________
UFCD: 7228- Alimentação e nutrição no ciclo da
FORMADOR(A): Silvana Carvalho
vida

FORMANDO(A):

1. Leia com atenção as afirmações e responda com um “V” se considerar afirmação


verdadeira ou um “F” se considerar afirmação falsa. (20 valores)

1 Os alimentos são constituídos por nutrientes, os macronutrientes, como as proteínas,


os hidratos de carbono e os lípidos, e os micronutrientes, como as vitaminas e os
minerais.
2 Os hidratos de carbono, as proteínas e as gorduras são os nutrientes que fornecem
energia.
3 As necessidades energéticas devem ser adaptadas aos gastos, para que o indivíduo
não acumule peso.
4 Uma alimentação diária e equilibrada permite fornecer todos os minerais e vitaminas
necessários para o bom funcionamento do organismo.
5 A nova roda dos Alimentos é composta por sete grupos de alimentos de diferentes
dimensões.
6 Os hortícolas são excelentes fornecedores de vitaminas, minerais e fibras,
imprescindíveis a um crescimento e desenvolvimento saudáveis.
7 A fruta não pode estar presente ao pequeno-almoço, como complemento de uma
merenda e como sobremesa preferencial.
8 Os lacticínios são excelentes fornecedores de proteínas de elevado valor biológico,
vitaminas e minerais, como é o caso do cálcio.
9 Deve dar preferência ao consumo de carnes brancas como a carne de peru, frango
e coelho (sem peles e gorduras visíveis), pois têm menos gordura.
10 As leguminosas são alimentos muito ricos em termos nutricionais, sobretudo em
vitaminas, minerais (ex: cálcio e ferro) e fibra, sendo também fornecedores de
proteínas, o que faz com que possam complementar ou substituir a carne, pescado
ou ovos numa refeição.
Página |2

11 Deve privilegiar-se a utilização de gorduras de origem vegetal, como o azeite, pois


possuem teores mais elevados de ácidos gordos insaturados (mono e poli) o que as
torna mais saudáveis.
12 Na pessoa idosa, um estado nutricional inadequado contribui de forma significativa
para o aumento da incapacidade física, da morbilidade e da mortalidade
condicionando a qualidade de vida.
13 A desnutrição da pessoa idosa é muitas vezes subdiagnosticada, por ser confundida
com sinais de envelhecimento, pelo que o seu reconhecimento precoce é fundamental
para uma correção adequada e atempada, com benefícios na saúde e na economia.
14 O “Envelhecimento Ativo” baseia-se principalmente em três pilares.
15 A alimentação e a nutrição, bem como outros fatores ambientais, têm um enorme
impacto na saúde e bem-estar, sendo condicionantes da qualidade de vida das
pessoas idosas.
16 Com o avançar da idade, há uma diminuição dos mecanismos de ingestão, digestão,
absorção, transporte e excreção de sustâncias, o que se traduz em necessidades
nutricionais particulares nesta fase do ciclo de vida.
17 Os idosos, devido à sua maior fragilidade e os diabéticos, devido à natureza da
doença, devem ter sempre o cuidado de tomar um bom e equilibrado pequeno-
almoço. Não tomar o pequeno- almoço, pode ter várias consequências, que se
manifestam de diferentes formas.
18 A ingestão de líquidos é muito importante para a saúde mesmo quando não se realiza
exercício. As perdas diárias de água não se resumem apenas a perdas pela urina.
19 Na fase de crescimento a ingestão diária de água não deve ser descurada, devendo
beber-se cerca de 1,5 litros por dia, incluindo às refeições.
20 Promover a consciencialização ajuda as pessoas a assumirem uma atitude mais
positiva e maior envolvimento na alteração de hábitos alimentares.

Boa Sorte!!!