Você está na página 1de 6

Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve- Faro

Escola de Hotelaria e Turismo de Faro

Curso Nível V
Teste de Avaliação Diagnóstica

Código do Módulo LP- Comunicação COTAÇÃO


Módulo LP- Comunicação
Semestre 3.º Semestre
Duração da Prova 100 minutos ____________

Professor Nélson Ramos

Número do Aluno: Data: / /

Turma:

Instruções:
1. Este é um teste sem consulta, composto por uma página de rosto e 4
páginas com perguntas.
2. Não escreva o seu nome em nenhuma folha da prova.
3. Utilize os espaços em branco para responder às questões.
4. Por favor escreva de forma legível.
5. Atribuição da cotação por grupo de questões:

 Itens de escolha múltipla - Leitura 60 ____

 Itens de vocabulário 40 ____

 Itens de pontuação 30 ____

 Itens de construção sintática 30 ____


 Ortografia 40 ____

Total 200 ____

      
Escola de Hotelaria e Turismo de Faro– Cursos Nível 5 Página 1 a 5
LP- Comunicação – Teste de Avaliação diagnóstica 10-2019
Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve- Faro

I – Leia com atenção o texto a seguir transcrito .

Quando falamos de paisagens pensamos, em primeiro lugar, nas paisagens que podemos
observar em virtude da luz natural.

As paisagens noturnas merecem a nossa atenção quando revelam algo de particular ou de


espetacular - a beleza da mancha resultante da iluminação, um vulcão em actividade, uma
trovoada, um período festivo com muita luz, como as luzinhas de Natal, um fogo de artifício,
ou as fogueiras dos santos populares – ou seja, quando acontece algo que contraria a
escuridão e cria um acontecimento com luz. Só muito raramente procuramos desfrutar a
noite em busca da escuridão e, mesmo assim, o que queremos realmente são as condições
ideais para podermos apreciar o luar ou o brilho das estrelas. A importância da luz no nosso
imaginário é tal que raramente conseguimos beneficiar plenamente de outras paisagens que
são sejam as visuais. Das paisagens dos sons e dos cheiros só muito raramente se fala e, ainda
menos, se desfruta.

No imaginário popular, a noite esteve sempre associada a todos os perigos – insegurança,


criminalidade, desconforto… Até à vulgarização da iluminação, assim que o sol desaparecia,
as pessoas refugiavam-se em casa. Os espaços públicos só eram usufruídos após o pôr do sol,
quando a luz artificial, como uma fogueira, ou a luz natural, como o luar, o permitiam. Em
Portugal, a iluminação pública surge em 1780, em Lisboa, e utilizava-se o azeite como
combustível; em 1848 foram introduzidas as primeiras luminárias a gás; em 1878 surgiram as
primeiras experiências com a eletricidade, que só passa a ser utilizada sistematicamente em
1929. […]

A iluminação começou por ter apenas funções de visibilidade e de segurança, assegurando


uma melhor leitura do espaço à noite. Foi na Exposição Mundial de Paris, de 1900, que a luz
surgiu pela primeira vez associada ao lazer, à criação do prazer e de bem-estar, à
possibilidade de uma apropriação noturna da cidade por todas as pessoas. A noite
continuava a despertar medos, mas, devido a uma série de mudanças sociais e culturais, teve
início uma nova etapa: a noite passa a estar associada também a aspectos positivos. É o
momento do descanso, do lazer, da possibilidade de fruição do tempo fora do trabalho.

Teresa Alves, “Geografias da Luz”, in Luzboa, A Arte da Luz em Lisboa, Lisboa 2004

1 – Para cada um dos itens que se seguem, assinale a letra à opção correta, de acordo
com o sentido do texto. (60 pontos)

1.1- Até ao surgimento da iluminação pública, o convívio nas ruas

(A) estava proibido por lei depois do pôr do sol.


(B) acontecia, à noite, só em ocasiões particulares.
(C) era aproveitado, à noite, para desfrute da escuridão.
(D) era sempre perturbado, à noite, pelos marginais.
…../ 10

Escola de Hotelaria e Turismo de Faro– Cursos Nível 5 Página 2 a 5


LP- Comunicação – Teste de Avaliação diagnóstica 10-2019
Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve- Faro

1.2- A mencionar a “possibilidade de uma apropriação noturna da cidade por todas


as pessoas” ( l____), o texto quer dizer que, com a luz artificial, todas as pessoas

(A) foram atraídas pelas possibilidades de lucro em diversões noturnas.


(B) temeram a possibilidade de os clubes noturnos se apropriarem das cidades.
(C) passaram a poder sentir-se à vontade nas ruas da cidade durante a noite.
(D) se sentirem com direito de propriedade sobre espaços urbanos noturnos. …../ 10

1.3- Em “das paisagens dos sons e dos cheiros só muito raramente se fala e, ainda
menos, se desfruta.”(ll. ___) a alteração da ordem normal dos constituintes na
frase

(A) revela a opinião da autora relativamente aos factos relatados.


(B) serve um clara intenção narrativa, presente em todo o texto.
(C) sinaliza a tese fundamental desenvolvida ao longo do texto.
…../ 10
(D) dá realce ao referente expresso pelos elementos deslocados.

1.4- Com o uso das reticências na linha ______, a autora do texto

(A) mostra que é possível prolongar a enumeração.


(B) expressa a sua opinião sobre factos narrados.
(C) marca a existência de sentidos implícitos na frase. …../ 10
(D) sinaliza o caráter irónico das suas afirmações.

1.5- “Até à vulgarização da iluminação, (…) (l___). O sinónimo da palavra


sublinhada é:

(A) popularização;
(B) divisão;
(C) proibição; …../ 10
(D) instalação.

1.6- No segmento: “(…) assim que o sol desaparecia as pessoas refugiavam-se em


casa.”, as formas verbais estão

(A) No presente do modo indicativo.


(B) No pretérito perfeito do modo indicativo.
(C) No pretérito imperfeito do modo conjuntivo. …../ 10
(D) No pretérito imperfeito do modo indicativo.

Escola de Hotelaria e Turismo de Faro– Cursos Nível 5 Página 3 a 5


LP- Comunicação – Teste de Avaliação diagnóstica 10-2019
Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve- Faro

Grupo II – Vocabulário e pontuação

1- Escolha o vocábulo adequado de forma a completar correctamente cada uma


das frases seguintes. (40 pontos)

a) Cada criança deverá trazer um livro ou ____________ de casa, __________


de contribuir para a biblioteca da sala. ( A fim / afim)

b) Não devemos inalar os cheiros de detergentes e ____________ produtos de


limpeza, pois são perigosos ____________ para a nossa saúde. (De mais
/demais)

c) As crianças estavam agitadas ______________ não gostavam daquele


professor. Esse era o motivo ___________________ se comportavam
inadequadamente. (Por que / porque)

d) A mulher acabou por ser ________________ e o caso foi arquivado. A


mulher queixou-se de ter sido ________________ por ser portadora de
deficiência. (Descriminada/ discriminada)

e) Houve um movimento ____________ de indignados no fim da semana. Por


ser feita de carvalho __________ esta peça é mais cara. (maciço /massivo)

f) O prédio foi construído _______________ de três décadas. Gostaria de falar


consigo ______________ de um novo plano de actividades. (Acerca /Há
cerca)

g) O Fábio explicou que o pai iria _______________ o seu camião. ( Concertar


/ consertar)

h) A tarefa do rapaz era ___________ as vacas de manhã (Mungir/ mugir)

i) O hábito de ______________ livros nas livrarias sempre permite aprender


alguma coisa. (Folhear /desfolhar) ____/40
j) A directora __________________ o seu pedido por isso pode frequentar o
curso . (Deferiu/ diferiu)

2- Pontue adequadamente cada uma das frases, colocando a(s) vírgula(s) em falta.

Escola de Hotelaria e Turismo de Faro– Cursos Nível 5 Página 4 a 5


LP- Comunicação – Teste de Avaliação diagnóstica 10-2019
Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve- Faro

(30 pontos)

a) Após termos conferido a sua encomenda verificámos que houve um engano.

b) As crianças seguiam em fila pela rua abaixo entoando canções alegres com
as suas vozes cândidas.

c) O pinhal de Leiria foi mandado plantar pelo rei D. Dinis o Lavrador.

d) Voltámos a encontrar o capitão que nos aconselhou a abandonar a região o


mais depressa possível.

e) A nossa intenção era conhecer os candidatos ao longo desta semana mas a


ausência do director levou-nos a adiar as entrevistas.

f) Os nossos alunos que na sua maioria provêm de outras regiões do país ____/30
costumavam ficara alojados em residências de estudantes.

3- Assinale a melhor construção. (30 pontos)

A- Esse foi um dos assuntos que não chegou s ser abordado.

Esse foi um dos assuntos que não chegaram a ser abordados.

B- A maior parte dos alunos vive com os pais.


A maior parte dos alunos vivem com os pais.

C- Estamos mais bem preparados para o calor do que para o frio.


Estamos melhor preparados para o calor do que para o frio.

D- Após o acidente haviam muitas pessoas a ver os feridos.


Após o acidente havia muitas pessoas a ver os feridos.

E- Fiquei surpreendido por a decisão não ter sido anunciada.


Fiquei surpreendido pela decisão não ter sido anunciada.
_____/30
F- O resultado do exame foi de encontro ao que esperava.
O resultado do exame foi ao encontro do que esperava.

Grupo III – Ortografia

____/5
Escola de Hotelaria e Turismo de Faro– Cursos Nível 5 Página 5 a 5
LP- Comunicação – Teste de Avaliação diagnóstica 10-2019
Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve- Faro

1- Como se escreve: (assinale a opção correta )

a) Efemeninado; b) Enfemeninado; c) Efeminado; d) Enfeminado.

2- Como se escreve: _____/5

a) Díficil; b) Deficil; c) Difícil; d) Difícile.

3- Assinale o(s) erro(s) ortográficos presentes em cada frase e corrija-os.

a) Comprei três quilos de mortandela.


b) As lâmpadas florescentes são mais económicas.
c) O João comeu salchichas ao almosso.
d) Os negros têm sido muito descriminados.
e) A morte do ator foi uma grande perca para o teatro português.
f) Dormi mal e porcamente esta noite.
g) A minha mãe está sempre a atazanar-me o juízo.
h) Era preciso ir ao local para que reavêssemos os nossos pertences.
i) Estou a ler um livro que é um enorme catrapázio.
j) A polícia interviu naquela confusão que houve na rua.
k) Comes-te a comida que te deixei na mesa?
l) Ele tem um obcessão por carros.
_____/30
m) Já não vejo televisão à muito tempo.
n) Não tenho tempo para fazer o jantar, mas faria-o se pudesse.

Escola de Hotelaria e Turismo de Faro– Cursos Nível 5 Página 6 a 5


LP- Comunicação – Teste de Avaliação diagnóstica 10-2019