Você está na página 1de 24

Novembro e Dezembro de 2017

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 1 21/11/2017 23:56:19


mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 2 21/11/2017 23:56:22
Novembro e Dezembro de 2017

Escola de Música da Fundação das Artes


Referência nacional no ensino de música desde 1968, a Escola de Música da
Fundação das Artes oferece cursos de alta qualidade, ministrados por artistas
estudiosos da área (vários com títulos de Especialista, Mestre ou Doutor), em
aulas que contam com o rigor que a plena realização da formação musical
exige.

A Escola desenvolve um processo contínuo de avaliação para verificar o


andamento do aluno, face aos objetivos propostos. Há um claro interesse
em reforçar a face qualitativa sobre a quantitativa, com especial atenção
aos aspectos de compreensão do conteúdo ministrado e excelência na
apresentação dos trabalhos.

Mostra de Música
A Mostra de Música é resultado de um trabalho integrado entre alunos
e professores da Fundação das Artes, dentro de uma proposta artístico-
pedagógica consciente, abrangendo vasto repertório das diversas vertentes
da linguagem musical.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 3 21/11/2017 23:56:24


Conheça os Cursos Regulares Oferecidos
Pela Escola de Música da Fascs
Musicalização
Para crianças entre 5 e 6 anos, este curso, que tem duração no máximo de
2 anos, trabalha os princípios básicos da música por meio de vivências e
jogos musicais. Tem por objetivo geral despertar o prazer de ouvir e fazer
música de boa qualidade.

Iniciação Musical
Direcionado para crianças de 7 a 11 anos, o curso de Iniciação Musical tem
por objetivo trabalhar a alfabetização musical por meio de aulas teóricas e
práticas. Nas aulas práticas, são trabalhados princípios instrumentais, com
repertório diversificado, utilizando instrumentos adequados à faixa etária:
de xilofones, metalofones, chocalhos, a instrumentos tradicionais, como
piano, violino, violão, bateria, etc.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 4 21/11/2017 23:56:26


Introdução Musical
A Fundação das Artes oferece um curso básico com duração de um
semestre, como preparatório para o teste de ingresso ao curso de
Formação Musical no caso dos alunos que não forem aprovados no
teste para o nível 1, ou dos que optem por realizar este preparatório
como uma introdução mais minuciosa sobre aspectos básicos
de percepção, rítmica e teoria. Os alunos que apresentarem bom
desempenho (media final acima de 8,0; frequência acima de 75%; e
entrega de trabalhos propostos pelos professores) têm a vaga para o
Nível 1 do curso de Formação Musical sem a necessidade de teste
classificatório.

Formação Musical e Curso Técnico em Música


A partir dos 12 anos de idade, o curso de Formação Musical é
destinado a interessados que tenham pouco ou nenhum conhecimento
musical. O desenvolvimento se dá por meio de aulas de Percepção,
Rítmica, Canto Coral, Estruturação, Harmonia e Apreciação Musical.
O curso de Formação Musical é um curso livre que tem duração
de 6 semestres. Após a conclusão deste, o aluno interessado pela
profissionalização tem a opção de continuidade mediante ingresso no
curso Profissionalizante. É possível o ingresso em qualquer semestre
do curso após avaliação em teste classificatório.
Os cursos Técnicos em Instrumento Musical e em Canto têm por
objetivo oferecer a educação profissional técnica de nível médio
com foco na formação humanística e de técnica capaz de propiciar a
inserção e ampliação do Setor cultural e mercado de trabalho.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 5 21/11/2017 23:56:28


Atividades de apoio oferecidas pela
Escola de Música da Fascs
A Escola de Música oferece algumas atividades de apoio ao
aprendizado, em relação aos seus cursos livres, que incluem:

PAPI (Programa de Apoio Pedagógico à Inclusão): trabalho de inclusão


de pessoas com necessidades especiais. A atividade permite que
alunos com necessidades específicas possam estudar na instituição.
Com o trabalho do grupo, a escola ofereceu e oferece oportunidade
a alunos com quadros de autismo, hiperatividade, deficiência mental
e outras necessidades especiais, que frequentam aulas teóricas
dos cursos regulares, de acordo com orientação das professoras
que coordenam o trabalho. Algumas disciplinas são ministradas
individualmente. As avaliações das disciplinas teóricas são adaptadas,
se necessário, às possibilidades de cada aluno. O grupo atende cerca
de 20 alunos e inclui orientação específica aos demais professores da
escola. O programa completou 10 anos de existência neste ano de
2017 e é referência na área.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 6 21/11/2017 23:56:28


FBI (Formação Básica em Instrumento): aulas em grupo para
instrumentos com alta procura, a fim de preparar os alunos
para aula individual. Nessa atividade, o professor responsável
trabalha aspectos técnicos do instrumento que possam ser
trabalhados adequadamente em grupos pequenos e que irão
servir de base para seu estudo individual.

Plantão de dúvidas: aulas de reforço para alunos com dúvidas


ou dificuldades em matérias teóricas do curso de Formação
Musical. O plantão de dúvidas foi concebido e implantando
em 2005, após inúmeras constatações de que há muitos
alunos que têm dificuldades no processo de aprendizagem,
especificamente com o desenvolvimento de uma metodologia
individual para estudo – ou seja, muitas vezes o aluno não
consegue se desenvolver adequadamente por não saber como
deve estudar. O Plantão de Dúvidas atualmente atende os
alunos dos níveis 1 a 5 da Formação Musical, com horários
específicos para as disciplinas Rítmica, Percepção Musical,
Estruturação e Apreciação Musical. Há limite de alunos por
aula (máximo de 5 alunos) e as aulas devem ser agendadas na
secretaria da escola.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 7 21/11/2017 23:56:28


Eventos

Orquestra Sinfônica
Jovem da Fascs
19 de novembro Domingo 18h SESC Santos
01 de dezembro Sexta-feira 20h30 Teatro
Paulo Machado de Carvalho

A Orquestra Jovem é um grupo sinfônico que agrega


alunos, ex-alunos e outros músicos da área da
música erudita, cujo objetivo é a oferta da prática de
orquestra a seus membros, prática esta fundamental
para o instrumentista de orquestra que visa a
profissionalização. O repertório trabalhado consiste
em obras do repertório tradicional, como sinfonias,
concertos, música erudita brasileira, aberturas, etc.,
além de arranjos de música popular e arranjos para
a formação. A Orquestra costuma realizar repertório
junto a outros organismos, como o Coro de Repertório,
e também costuma convidar solistas renomados. Em
dezembro de 2015 o grupo apresentou, em estreia
mundial, o concerto para piano da compositora Maria
Apparecida Côrtes Macedo. O trabalho é realizado
com um enfoque totalmente didático, tanto na escolha
do repertório quanto no trabalho técnico de coesão,
concepção de sonoridade e equilíbrio. Assim, o aluno
pode vivenciar o trabalho de uma Orquestra Sinfônica,
preparando-se para o mercado de trabalho na área. O
grupo também promove o Prêmio Jovem Solista há sete
anos, onde os alunos têm a oportunidade de participar
como solistas à frente do organismo.

Regência
Geraldo Olivieri

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 8 21/11/2017 23:56:28


Música de Câmara
22 de novembro quarta-feira 18h30
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

A prática de música de câmara é uma vertente dentro de


muitas possibilidades de atuação do músico, seja ele cantor
ou instrumentista. O repertório camerístico engloba a música
composta para pequenas formações, seja com instrumentos
iguais ou com diferentes timbres, podendo incluir também o
canto. Este recital é resultado do trabalho realizado durante
este semestre na atividade prática: Música de Câmara. No
programa a música composta para diferentes formações
abordando extenso repertório desde o barroco até o século
XX.

orientação
Rosimary Parra

Tribores
23 de novembro quinta-feira 20h
Teatro Timochenco Wehbi

Formado em 2002, o Tribores é trio de percussionistas


habilidosos que cria um show diferenciado, inovador e
performático, onde explora os movimentos próprios do
ato de tocar percussão transformando-os em recursos
malabarísticos, coreografados e sincronizados com a música,
Nesse show Tribores leva para o palco, vários instrumentos
impares como as alfaias do maracatu e as caixas escocesas.

Integrantes
Dinho Gebara
Edinei Lima
Leandro Melque

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 9 21/11/2017 23:56:28


Cameratas de Cordas
23 de novembro quinta-feira 20h30
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

28 de novembro terça-feira 20h30


Teatro Timochenco Wehbi

As Cameratas de Cordas são três grupos


orquestrais que têm como objetivo
aprimorar o estudo dos instrumentos
de cordas (violinos, violas, violoncelos
e contrabaixos) e implementar a prática
musical em conjunto, através da execução
de um repertório específico e adequado
ao desenvolvimento técnico e artístico dos
jovens instrumentistas.

Orientação
Alexandre Scoss Nicolai
Dorotheia Gruber

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 10 21/11/2017 23:56:28


Recital de Piano Clássico
25 de novembro sábado 10h30
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

Recital dos alunos de piano clássico da Fundação


das Artes orientado pelos professores Claudia Siste,
Claudio Tegg, Domitila Padovanni, Ulisses de Castro
e Vanessa Nonis. Serão executadas obras do período
barroco ao século XX.

Musicalização
26 de novembro
03 de dezembro
Domingos 11h
Teatro Timochenco Wehbi
Apresentação de trabalhos realizados com os alunos do
curso de Musicalização Infantil.

Orientação
Lisbeth Soares
Noemi Munhoz
Tatiane Santos
Yara Scaglia

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 11 21/11/2017 23:56:28


Big Band
25 de novembro sábado 20h30
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

É um dos grupos mais antigos em funcionamento,


tendo sido criado na década de 70. Consiste em
um grande grupo com instrumentos de sopro
(trompetes, trombones, saxofones, flautas)
além de guitarra, piano, baixo elétrico, bateria
e percussão. Acompanhando a qualidade do
trabalho desenvolvido pela Fundação das Artes
em suas diversas áreas, a Big Band transcende
o trabalho pedagógico e vem apresentando
música brasileira e jazz em nível profissional em
São Paulo, São Caetano do Sul e região. Em 2016
houve um trabalho sobre a obra de Ivan Lins que
culminou com apresentações junto a renomadas
cantoras da MPB.

Maestro
Ogair Júnior

Grupo de percussão e Banda Sinfonica Jovem


da Escola de Música de Ribeirão Pires
26 de novembro Domingo 11h
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

O Grupo de Percussão da Fundação das Artes de São Caetano do


Sul é um grupo originalmente criado em 1976, formado por alunos da
FASCS, e mais tarde, após alguns anos de inatividade, foi reativado
em 1992 pelo percussionista, baterista e professor Sergio Gomes, que
foi seu responsável até o ano de 1999. Atualmente o grupo está sob
a coordenação do professor Dinho Gebara. Nesta mostra, o Grupo de
Percussão apresenta-se junto à Banda Sinfônica Jovem da Escola de
Música de Ribeirão Pires, dirigida pelo professor Gesiel Vilarubia.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 12 21/11/2017 23:56:28


Recital de Violões
26 de novembro
Domingo
17h
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

Recital dos alunos de violão da Fundação das Artes orientado pelos


professores Fábio Ramazzina, Fernando Llanos, Gesiel Vilarubia,
Rosimary Parra e Samanta Okuyama. O programa contempla peças
para violão solo, duo e quarteto.

Orquestra de Violões
28 de novembro
terça-feira
18h
Teatro Timochenco Wehbi

A prática do ensino coletivo de violão surgiu da necessidade de oferecer


a todos os alunos da Fundação das Artes a oportunidade de iniciar
o estudo do instrumento independente da aula individual. O curso,
idealizado pela professora Paola Picherzky tem como objetivo principal
o desenvolvimento das habilidades básicas necessárias à prática
instrumental: leitura, técnica, abordagem de repertório erudito e popular
e performance. Também é realizado um trabalho de pesquisa tímbrica e
de criação coletiva, que estimula a criatividade dos alunos, resultando
em obras originais com soluções e resultados muito interessantes. A
partir de 2003, o grupo com os integrantes mais adiantados passou
a se chamar Orquestra de Violões da Fundação das Artes, tendo
representado a escola em diversos eventos em espaços em São Paulo,
ABC e interior como o Encontro de Orquestras de Violões de Tatuí e o
IV Festival Internacional de Violão Vital Medeiros.

Regente
Paola Picherzky

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 13 21/11/2017 23:56:30


mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 14
Novembro e Dezembro de 2017

Orquestra Sinfônica Grupo de Percussão e Recital de Canto Lírico


Jovem da Fascs Banda Sinfônica Jovem 06 de dezembro
quarta-feira 18h30
19 de novembro
da Escola de Música de Teatro Timochenco Wehbi
Domingo 18h Ribeirão Pires
SESC Santos
26 de novembro
01 de dezembro Domingo 11h
Sexta-feira 20h30 CECAPE - Teatro Vladimir Capella Coro de Repertório e
Teatro Paulo Machado de Carvalho
Orquestra Filarmônica
Carlos Gomes
Música de Câmara Recital de Violões 06 de dezembro
quarta-feira 21h
22 de novembro 26 de novembro Teatro Timochenco Wehbi
quarta-feira 18h30 Domingo 17h
CECAPE - Teatro Vladimir Capella CECAPE - Teatro Vladimir Capella

21/11/2017 23:56:31
CECAPE - Teatro Vladimir Capella CECAPE - Teatro Vladimir Capella

Grupo de Flautas Doces


Cameratas de Cordas Orquestra de Violões
Grupo de Flautas Transversais
28 de novembro
23 de novembro Grupo de Trompetes
terça-feira 18h
quinta-feira 20h30
Teatro Timochenco Wehbi
CECAPE - Teatro Vladimir Capella Orquestra de Violoncelos

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 15


28 de novembro 07 de dezembro
terça-feira 20h30 quinta-feira 19h
Teatro Timochenco Wehbi Música de Câmara Teatro Timochenco Wehbi

29 de novembro
Quarta-feira 20h
Recital de Piano Clássico Teatro Timochenco Wehbi
Combos
25 de novembro
sábado 10h30 08 de dezembro
CECAPE - Teatro Vladimir Capella Combos Sexta-feira 20h
Teatro Timochenco Wehbi
30 de novembro
Quinta-feira 20h
Musicalização Teatro Timochenco Wehbi

26 de novembro Recitais de Formatura


03 de dezembro
Domingos 11h Grupo de Trombones 11 a 14 de dezembro
Teatro Timochenco Wehbi Teatro Timochenco Wehbi
05 de dezembro
Terça-feira 20h
Big Band Teatro Timochenco Wehbi

25 de novembro
sábado 20h30
CECAPE - Teatro Vladimir Capella

21/11/2017 23:56:31
Música de Câmara
29 de novembro
Quarta-feira 20h
Teatro Timochenco Wehbi

A disciplina “Prática de Música de Câmara” é


destinada aos alunos de canto, piano, violão, flauta
doce e instrumentos de orquestra. Neste curso os
alunos são agrupados em pequenas formações
camerísticas e são instruídos sobre as etapas
de preparação de um repertório previamente
selecionado, envolvendo conhecimentos nas
áreas técnico-instrumentais, histórica, estilística e
social.

orientação
Ulisses de Castro

Combos
30 de novembro
Quinta-feira 20h
Teatro Timochenco Wehbi

Os Combos são grupos de pequeno e médio porte


que tocam música popular brasileira e seus diversos
gêneros, jazz e música latina ou caribenha. Nessa
prática de música de câmara popular é possível
ver de perto, em caráter um tanto mais intimista,
os músicos, sua relação com seus instrumentos e
a forma como eles se olham, ora em busca de mais
de expressividade musical, ora para decidir juntos
e ao vivo que caminho tomar, somente através de
seus olhares e movimentos corporais.

Orientação
Ogair Júnior

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 16 21/11/2017 23:56:34


Grupo de Trombones
05 de dezembro Terça-feira 20h
Teatro Timochenco Wehbi

O grupo de trombones é um grupo formado em


2013 que tem como objetivo a prática de conjunto
para os trombonistas, e é formado por alunos e
convidados. É possível a participação dos alunos
de Eufônio. O repertório conta com arranjos
específicos para grupo de trombones, incluindo
música brasileira, jazz e arranjos de música erudita
para a formação, com o objetivo de desenvolver
a prática musical em grupo, indispensável para a
formação de um bom músico, principalmente para
instrumentistas de metal.

Orientação
Valdir Ferreira

Recital de Canto Lírico


06 de dezembro quarta-feira 18h30
Teatro Timochenco Wehbi

Recital dos alunos de canto lírico da Fundação


das Artes sob orientação das professoras Claudia
Neves e Maria Cecília de Oliveira.

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 17 21/11/2017 23:56:35


Coro de Repertório e Orquestra
Filarmônica Carlos Gomes
06 de dezembro quarta-feira 21h
Teatro Timochenco Wehbi

Coro de repertório
Criado a partir da ampliação do antigo Coral da FASCS, que
em maio de 2010, tornou-se um coro de grande porte com
intuito de realizar o repertório sinfônico-coral. O atual Coro
de Repertório é, acima de tudo, uma proposta de pesquisa e
estudo prático da diversidade de Repertório de Música Vocal.
Além de promover a integração de docentes e discentes das
quatro escolas, tem por finalidade desenvolver, estimular,
dinamizar e atender às diversas necessidades artísticas e
pedagógicas dentro da Instituição, estendendo-as para toda a
comunidade.

Orquestra Filarmônica Carlos Gomes


Foi em 13 de maio de 1924 que a Corporação surgiu, e
escolheu seu nome e patrono, o compositor brasileiro Carlos
Gomes e hoje torna-se uma das corporações musicais mais
antigas de São Bernardo do Campo em atividade.
Durante muitos anos e com muitos esforços a Corporação
Carlos Gomes se sustentou e hasteou a bandeira musical no
munícipio de SBC participando de eventos de grande relevância
na cidade e angariando prêmios e elogios de todo o público.
* Trilhas Sonora dos Filmes do “Mazzaropi” (Estúdio Vera Cruz)
* Apossamento do 1º prefeito de São Bernardo do Campo
* Concertos na Câmara, Teatros e Escolas Públicas de SBC.
Hoje com uma nova administração e corpo artístico alça altos
voos na música instrumental, criando novos grupo musicais e
fazendo parcerias com várias instituições musicais da região
do ABC. Desta forma, já integra uma temporada anual regular,
executando concertos em teatros, escolas, praças e igrejas,
totalizando 16 concertos no ano de 2017.

Regentes
Daniel Volpin
Maria Cecília de Oliveira

(deve entrar um texto – orquestra convidada)

Orquestra Filarmônica Carlos Gomes


Regente
Eron Calabrezi

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 18 21/11/2017 23:56:35


Grupo de Flautas Doces, Grupo de Flautas
Trasnversais, Grupo de Trompetes e Orquestra
de Violoncelos
07 de dezembro quinta-feira 19h
Teatro Timochenco Wehbi

Grupo de Flautas Doces


A Fundação das Artes destaca-se por ser uma das poucas escolas de música do país que
mantém grupos de flautas doces há pelo menos 30 anos. Trata-se de uma atividade que
proporciona aos alunos de flauta doce um primeiro contato com a prática de grupo de seu
instrumento. Nesta prática os alunos desenvolvem o repertório específico para a formação
ou arranjos, muitos deles escritos especialmente para os grupos, além de desenvolverem
a técnica instrumental e a leitura musical. Ao longo de sua história a escola abrigou
vários grupos, quartetos em sua maioria, e obteve grandes resultados em concursos e
apresentações.

Orientação
Maurílio Silva

Grupo de Flautas Transversais


O Grupo de Flautas Transversais existe desde o ano de 200 com o intuito de trabalhar
com os integrantes, além do repertório, questões práticas do tocar em conjunto, tais como
afinação, timbre, pulso, liderança, etc. Tendo a formação constantemente renovada a fim
de que um número maior de alunos possa experimentar esta atividade, o grupo passa por
projetos diferenciados a cada nova formação. No no de 2010 o grupo vigente recebeu o
nome de Bem Bolado e, junto com a Trupe do Trapo (Cia de Teatro) realizou o show cênico
de música popular brasileira “Retalhos Sonoros”, com apresentações em Santo André e no
Teatro Santos Dumont (SCS).

Orientação
Tatiane Santos

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 19 21/11/2017 23:56:35


Grupo de Trompetes
O grupo de Trompetes da Fundação das Artes
teve suas atividades iniciadas em 2015 e é
formado por alunos,ex alunos e convidados.
tem como objetivo a prática de conjunto para os
trompetistas, trabalhando arranjos específicos
para a formação, e contemplando repertório
de várias vertentes, incluindo música erudita,
popular e jazzística, e é formado por alunos e
convidados. Neste trabalho, os alunos tem a
oportunidade de trabalhar em grupo a potente
sonoridade do instrumento, aprendendo a
lidar com a timbragem, afinação, coesão e
musicalidade.

Orientação
Wagner Felix

Orquestra de Violoncelos
A Orquestra de Violoncelos da FASCS
começou suas atividades neste ano de 2017,
como extensão às aulas individuais. Além
disso, acompanha a tendência dos dias
atuais em que esta formação é cada vez mais
presente, possibilitando aos alunos o contato
com esta prática.

Orientação
Ana Maria Chamorro

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 20 21/11/2017 23:56:35


Combos
08 de dezembro
Sexta-feira
20h
Teatro Timochenco Wehbi

O combo é uma prática em conjunto


destinada a desenvolver a linguagem
da música popular. Nesta atividade
são formados pequenos grupos
instrumentais (trios a quintetos) que
vão interpretar o repertório da música
brasileira e do jazz. São trabalhados
os seguintes aspectos: análise formal
e harmônica, criação de arranjo,
improviso e consciência da função
de cada instrumento no grupo.

Orientação
Ogair Júnior
Rodrigo Braga

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 21 21/11/2017 23:56:35


Recitais de Formatura
Teatro Timochenco Wehbi

Micaely Matos Gabriel Garcia Jeferson


de Oliveira, Braga, Leandro
trombone
violão popular
11 de dezembro,
11 de dezembro,
segunda-feira, 20h30
Carletti,
oboé
segunda-feira, 19h 12 de dezembro,
terça-feira, 19h

Fernanda Dias de
Moraes Ferreira,
piano clássico
12 de dezembro, terça-feira, 20h
Henrique Penachio
Pereira, bateria
13 de dezembro, quarta-feira,
19h30

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 22 21/11/2017 23:56:37


Tamiris
Mantovani,
piano popular
13 de dezembro, quarta-
Mayra Costa
feira, 21h Siebra,
canto lírico
14 de dezembro,
quinta-feira, 19h

Rachel Alves
Moreira, violino Renata Antunes
data e horário a confirmar

Calheiros de Araújo,
piano clássico
data e horário a confirmar

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 23 21/11/2017 23:56:40


TODOS OS EVENTOS SÃO GRATUITOS

ENDEREÇOS
Teatro Timochenco Wehbi - Fundação das Artes
Rua Visconde de Inhaúma, 730 – Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul
Teatro Paulo Machado de Carvalho
Alameda Conde de Porto Alegre, 840 – Bairro Santa Maria – São Caetano do Sul
CECAPE – Teatro Vladimir Capella
Rua Tapajós, 300 - Bairro Barcelona - São Caetano do Sul
SESC Santos
R. Conselheiro Ribas, 136 – Aparecida - Santos

FICHA TÉCNICA

FASCS - Fundação das Artes de São Caetano do Sul


Presidente do Conselho de Curadores: João Manoel da Costa Neto
Diretora Geral: Ana Paula Demambro
Diretora Pedagógica: Denise Pattini

Escola de Música da Fundação das Artes


Coordenadores: Claudio Tegg e Daniel Volpin
Corpo docente: Alexandre Biondi, Alexandre Scoss Nicolai, Ana Maria Chamorro, Cássia Bernardino,
César Franco, Clara Bastos, Claudia Neves, Claudia Siste, Claudio Tegg, Daniel Volpin, Danilo Zangheri,
Deusenil Santos, Dinho Gebara, Dorotheia Gruber, Fábio Ramazzina, Fernando Llanos, Geraldo Olivieri,
Gerson Frutuoso, Gesiel Vilarubia, Guilherme Oliveira, Jorge Ervolino, José Ivo da Silva, Lisbeth Soares,
Marcelo Francisco José, Marcelo Gomes, Marcelo Lopes, Maria Cecília de Oliveira, Maria Domitila
Padovanni, Marília Pini, Mario Cesar Pereira, Mario Checchetto, Marta Roca, Mary Macedo, Maurílio Silva,
Milena Miotto, Nelton Essi, Nikolai Genov, Noemi Munhoz, Ogair Junior, Paola Picherzky, Raquel Gonçalves,
Roberto Rivelino, Rodrigo Braga, Rosimary Parra Gomes, Samanta Okuyama, Sérgio Assumpção, Sérgio
Carvalho, Tatiane Santos, Ulisses de Castro, Valdir José Ferreira, Vanessa Nonis, Wagner Félix, Yara Scaglia
e Zeíto Martins.

APAP - Associação de Pais, Alunos e Professores/FASCS


Presidente: Sandra Azzi

MOSTRA DE MÚSICA FUNDAÇÃO DAS ARTES 2017 – 2º SEMESTRE


Produtores: Claudio Tegg e Daniel Volpin
Design Gráfico: Marcelo Pitel

COORDENAÇÃO DE MÚSICA
musica@fascs.com.br

CONTATO
Rua Visconde de Inhaúma, 730. Nova Gerty. São Caetano do Sul. SP. 09571-380
11 4239-2020 | fascs@fascs.com.br | fascs.com.br

SECRETARIA DE CULTURA

SECRETARIA DE CULTURA

mostra 2017 fascs musicaversáo sem fotos.indd 24 21/11/2017 23:56:43