Você está na página 1de 2

C663A-19_20.

A Biblioteca Escolar e a implementação de projetos de leitura no Agrupamento

Guião de uma atividade de leitura orientada


Poema “Ariane” de Miguel Torga (Diário I)
Público-alvo: Alunos do 7.º ano

Propostas de atividades
Parte A – Trabalho de pré-leitura) – duas atividades (oralidade/escrita)
1. Oralidade
1.1. Observa as seguintes imagens:
A. C.

B.
1.2 . Associa as seguintes palavras a cada imagem:
a) carga; b) negro; c) leveza; d) paz;
e) grade; f) pureza; g) balanço; h) solidão;
i) claridade; j) viagem; k) vento; l) tristeza;
m) azul.

Os alunos terão de inferir, por exemplo, que o termo “carga” estará mais de acordo com a
imagem A, apesar da sua polissemia.

1.3. Responde oralmente ao questionário:


a) Quais os espaços sugeridos pelas imagens? A – mar / B – prisão / C – ar )
b) Destes espaços, quais os que podem ser relacionados com a liberdade? (A e C.)
c) Em qual dos espaços há uma referência concreta a um ser humano? (B)
d) O que têm em comum as imagens A e C? (As cores branco/azul; a importância do
vento para a locomoção.)
Registo no quadro das palavras-chave referentes a cada imagem.

2. Escrita
Tarefa de 2-3 minutos, seguida da leitura das respostas de alguns alunos.
Pretende-se determinar um ponto de vista pessoal sobre o que o aluno observou e leu.
Eis as instruções a dar aos alunos:
a) Imagina-te no lugar do indivíduo representado na imagem B e que a tua janela está
voltada para o mar. Qual das duas imagens preferias observar? Indica-a e justifica a tua
escolha.
b) Lê atentamente os versos que se seguem, retirados do poema que vais analisar:
“Carregado de Sonho, fundeou
Dentro da claridade destas grades...”
Qual das duas imagens melhor se adequa aos versos? Justifica a tua escolha.

Tarefa 3.ª sessão – Maria Cristina Pinto Leitão


C663A-19_20. A Biblioteca Escolar e a implementação de projetos de leitura no Agrupamento

A argumentação partirá, desta vez, de elementos vocabulares dos versos (“carregado” e


“fundeou”), que estarão na base desta inferência (imagem A).

Parte B – Domínio da Educação Literária – Leitura e interpretação de sentidos do poema,


considerando as atividades de pré-leitura.
-
 O docente solicitará a leitura silenciosa do poema “Ariane”.
 Em seguida, os alunos deverão procurar e sublinhar versos independentes ou
conjuntos de versos relativos a tópicos encontrados na abordagem anterior e que o
docente escreverá no quadro.
 O docente poderá entregar um guião preparado para o efeito, projetá-lo ou então
escrevê-lo no quadro.
 O esquema dará conta das ideias principais relativamente ao ponto de vista do sujeito
poético:
- está preso - “Dentro da claridade destas grades...” / “Sair desta prisão em corpo
inteiro,”
- deseja evadir-se – “Sair desta prisão em corpo inteiro,”
- observa outros navios no rio – “Foram duas fragatas ver quem era”
- vê no veleiro Ariane o sonho de evasão – “Carregado de Sonho, fundeou”
- considera que o veleiro parece vir buscá-lo – “Que se balança ali à minha espera”
- refere as aves como símbolos positivos – “Cisne de todos, que se foi, voltou”;
“Entre gaivotas que se dão no rio”
- vê o navio como uma mulher – “e levantar a âncora, e cair nos braços”
- lamenta não poder embarcar no veleiro – “Mas eu é que não pude ainda por meus
passos / Sair desta prisão em corpo inteiro”

 Construído o esquema, o docente procurará, em interação oral com os alunos, detetar o


tema desta composição poética entre os seguintes possíveis:
- o desejo de liberdade;
- a tristeza causada pela prisão;
- o sonho de evasão….
Esta seleção dependerá dos argumentos apresentados pelos alunos, de acordo com a
leitura entretanto feita.

Balanço Final
Pontos fortes:
 Diversidade de atividades;
 Motivação a partir de suporte visual;
 Promoção do estudo do texto poético;
 Mobilização de experiências e saberes pessoais na interpretação de um texto literário;
 Enriquecimento do universo de referências dos alunos;
 Treino da polissemia.

Pontos fracos:
Se o perfil da turma for muito heterogéneo, as atividades de pré-leitura poderão tornar-se
muito demoradas, pelo que o professor deverá reformular/redirecionar o trabalho dos alunos;
A primeira atividade de pré-leitura requer uma interação muito direcionada para a participação
ordenada dos alunos.

Tarefa 3.ª sessão – Maria Cristina Pinto Leitão