Você está na página 1de 159

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ- RJ

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUSA

PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE


2019

Secretário Municipal de Saúde


Deusilane Fróes Hermes Galiza

Secretário Municipal Adjunto de Atenção Básica


Deusilane Fróes Hermes Galiza

Secretário Municipal Adjunto de Alta e Média Complexidade


Dr. Leandro Matos Soares
RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE 2019

EQUIPE PLANEJAMENTO DA SEMUSA


1. Sabrina Nunes Dias da Silva Barbosa
2. Elaine Antônio Antunes
3. Denise Ribeiro da Cruz Cardoso
4. Alexandre Beraldi

COORDENAÇÕES/SECRETARIAS/RESPONSÁVEIS PELAS METAS E DEMAIS


INFORMAÇÕES SOBRE OS SETORES DA SEMUSA

1. ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA – Dr. Sérgio Ornellas


2. ODONTOLOGIA – Dr. Vitor Carvalhal da Cunha (Coordenador Geral da
Odontologia). Equipe Técnica Responsável pelas informações: Paulo Roberto
Reis Seady e Cristiano Mendes Barreto e Jakson Augusto Gonçalves Costa.
3. COORDENADORIA DE CONTROLE, AVALIAÇÃO E AUDITORIA – Vitor França
Monteiro.
4. GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA EM SAÚDE – Kelly Pires Coura Aguiar
4.1. UPA BARRA – Ivonilce Drumond
4.2. UPA LAGOMAR – Ivonilce Drumond
4.3. PÓLO DE ONCOLOGIA – Ana Maria Faria Terra Cabo
4.4. CRA – Monique Rangel do Carmo Gouveia
4.5. UMS SANA – Carine Lima
5. SAÚDE DA MULHER – Dra. Alessandra Lofiego Lopes Monteiro e Simone
Abugeber Damasceno de Carvalho
6. SAÚDE MENTAL – Hélio Conceição da Cruz
7. VIGILÂNCIA SANITÁRIA – Bruno Paes Brochado
8. SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE ALTA E MÉDIA COMPLEXIDADE –
Isabela Catharino
9. ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA – Débora Certório Mendonça
10. FMS
10.1 CONTABILIDADE - PLANEJAMENTO SEMUSA

2
10.2 CONTRATOS – Márcio da Matta e Marília Cavalcante
10.3 LICITAÇÃO – Darliana de Almeida Oliveira da Silva
11. VIGILÂNCIA EM SAÚDE – Daniela Bastos Silveira
11.1 – VIGILÂNCIA AMBIENTAL (ZOONOSES) – Flávio de Souza Paschoal
(Coordenador Administrativo do Centro de Controle de Zoonoses).
11.2 – Rafael Amorim - Coordenador Especial de Promoção de Saúde Animal
e Controle de Zoonoses
12. GESTÃO DO SUS (Secretaria Municipal de Saúde)
12.1 – Residência Médica
12.2 – Divisão de Transportes – Paulo Emílio Coelho Pinto (Coordenador) e
André (Administrador)
12.3 – Conselho Municipal de Saúde – Magno Rocha
13. ALMOXARIFADO - Thiago Medeiros Batalha
14. MANUTENÇÃO – Eduardo Guedes Bartutti

3
4
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 05

I. Identificação da Gestão 06

II. Informações do Orçamento Público Municipal 07

III. Planejamento Regional 08

IV. Programação Anual 23

V. Considerações finais 102

VI. Referências Bibliográficas 103

Anexo 1. Síntese da Proposta Orçamentária Secretaria Municipal de


Saúde – 2018-2021

Anexo 2. Propostas da XI Conferência Municipal de Saúde


INTRODUÇÃO

A Programação Anual de Saúde constitui-se como documento essencial


no processo de desdobramento do uso dos instrumentos de planejamento e
gestão em saúde.
Sua elaboração busca seguir as diretrizes preconizadas pela Lei
Complementar Nº 141, de 13 de Janeiro de 2012, segundo a qual, os
municípios deverão encaminhar a Programação Anual de Saúde ao respectivo
Conselho Municipal de Saúde, para aprovação antes da data de
encaminhamento da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do exercício
correspondente. Porém, a elaboração da Programação Anual de Saúde de
2017, procura satisfazer ao cumprimento das metas estimadas pelo Plano
Municipal de Saúde 2018-2021, bem como incorporar as estimativas
orçamentárias propostas para o período.
Deste modo, a Programação Anual de Saúde e o Relatório Anual de
Gestão representam, recortes anuais do Plano de Saúde, o primeiro com
caráter propositivo e o segundo analítico/indicativo.
Para que a Programação Anual de Saúde de 2019 tenha a possibilidade
de buscar meios para contemplar, de forma sistematizada, as ações, os
recursos financeiros e outros elementos que venham a contribuir para o
alcance dos objetivos e o cumprimento das metas da Programação Anual de
Saúde 2018 foi de fundamental contribuição, a realização prévia da XIII
Conferência Municipal de Saúde no ano de 2017, onde foi construído o Plano
Municipal alicerçado nessas bases, bem como o processo de monitoramento e
reavaliação permanente das ações, possibilitado periodicamente pelos
relatórios quadrimestrais e anuais de saúde. Este ano estaremos
As deliberações publicizadas durante a XIII Conferência Municipal de
Saúde foram organizadas por níveis de complexidade do SUS e blocos de
financiamento, a saber: atenção básica, assistência especializada de média e
alta complexidade, assistência farmacêutica, vigilância em saúde e gestão do
SUS.
Estas deliberações foram analisadas e apresentadas a todos os gestores da
Secretaria de Saúde com vistas a construção do Plano Municipal de Saúde
2018-2021.
A partir da identificação das deliberações da XI Conferência que
pertenciam e coadunavam com as necessidades de saúde da população
macaense, as diretrizes, objetivos e metas do Plano Municipal de Saúde foram
desenvolvidas.
Tais diretrizes foram desenhadas a partir da lógica organizativa do SUS
e seu financiamento a fim de facilitar a associação entre ação, orçamento
previsto, responsável pela execução e indicador de acompanhamento. Essa
estratégia visa facilitar o controle interno e externo das ações executadas
durante quadriênio (2018-2021).
A Programação Anual de Saúde é um dos instrumentos básicos do
Sistema de Planejamento do SUS exigidos à gestão pública em saúde e,
juntamente, com o Plano Municipal de Saúde e o Relatório de Gestão têm
como objetivo a qualificação das práticas gerenciais do SUS e, por
conseguinte, a resolubilidade tanto da gestão quanto das ações e serviços

6
prestados a população. O horizonte temporal da Programação Anual de Saúde
coincide com o período definido para o exercício orçamentário.

Foram realizadas oficinas de Planejamento com os Coordenadores/Gerentes


de Programas/Serviços de Saúde para análise da situação atual de saúde e
necessidades de saúde da população a fim de que as diretrizes, objetivos e
metas para o quadriênio pudesse contemplar a realidade atual da Saúde do
Município.
A função saúde no orçamento público em Macaé está organizado
em 2 unidades orçamentárias, a saber: Secretaria Municipal de Saúde; Fundo
Municipal de Saúde. Sendo que a Secretaria Municipal de Saúde possui 2
desdobramentos, sendo a Secretaria Municipal Adjunta de Atenção Básica e a
Secretaria Municipal Adjunta de Alta e Média Complexidade.
Essa Programação Anual de Saúde incorporou as emendas
parlamentares, além das ações elencadas pela Gerência de Vigilância em
Saúde constantes no termo de Compromisso de Gestão Municipal (destacadas
no texto pela sigla TCGM), as ações programadas pelo Conselho Municipal de
Saúde para 2017 (reinseridas e ampliadas para 2019) e as propostas da XI
Conferência Municipal de Saúde e a análise da Programação Anual de Saúde
do ano de 2018. Salientamos que em 2019 ocorrerá a XVI Conferencia
Nacional de Saúde e a XIV Conferencia Municipal de Saúde. Desse modo as
ações aqui preconizadas deverão atender as demandas da Conferência
Municipal.
A Programação Anual de Saúde rata-se de um documento de intenções
cuja operacionalização depende de vários fatores e, por isso, sujeito a revisões
durante o percurso do trabalho.
As receitas em saúde provêm das esferas de governo federal, estadual e
municipal, porém são finitas o que implica limites na realização de algumas
ações e a execução de novas proposições desde que verificado o impacto
delas no orçamento.
Portanto, esse instrumento é um norteador dos trabalhos para 2019, e
pode sofrer ajustes em função da conjuntura econômica que venha a incidir
sobre o orçamento estimado e comprometer sua execução física.
Em anexo, a síntese da proposta orçamentária da Secretaria Municipal
de Saúde (PPA 2018-2021) e das propostas da XIII Conferência Municipal de
Saúde realizada em 2017.

I. IDENTIFICAÇÃO DA GESTÃO

O estado do Rio de Janeiro ainda não aderiu ao Contrato Organizativo


da Ação Pública para a Saúde (COAP) e, portanto, o município de Macaé
mantém-se sob a vigência do Termo de Compromisso de Gestão Municipal
(TCGM) homologado em Portaria nº 4.165, de 17 de dezembro de 2010
publicada no Diário Oficial da União.

II. INFORMAÇÕES DO ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL


7
O município tem aplicado em saúde consideravelmente do que é
preconizado pela Lei Complementar 141/2012 que estabelece 15% de recursos
mínimos a serem aplicados em ações e serviços públicos de saúde, conforme
o Quadro 01.
Salientamos também que estamos em período de transição no Governo
Federal e, portanto, não sabemos ainda as mudanças reais orçamentárias dos
Programas atendidos pelo Ministério da Saúde bem como ocorrerá o
lançamento das verbas no próximo ano e, portanto, estaremos aqui
trabalhando com metas relativas ao cenário financeiro encontrado em 2018.

Quadro 01: Orçamento previsto e aprovado para o Fundo Municipal


de Saúde na LOA 2018, município de Macaé.

Proposta Orçamentária
R$ 566.594.581,37
2018

Orçamento Aprovado (LOA) R$ 507.978.900,00

Orçamento com
R$ 573.662.082,52
Suplementação

LOA 2019 R$ 540.307.000,00


Projetos PAS 2019 R$ 539.229.246,97
Fonte: Fundo Municipal de Saúde, 2018

Essas informações sinalizam que os cortes realizados em determinadas


áreas podem dificultar a execução das ações em saúde e implicando em
possível solicitação de créditos suplementares. Ressaltamos que a folha de
pagamento ocupa boa parte das despesas, e que estudos vêm sendo feito com
as coordenações a fim de aumentar a captação de recursos federais bem como
a utilização dos mesmos, onde deverão ser medidos o percentual de utilização
destes no próximo ano.
III. PLANEJAMENTO REGIONAL INTEGRADO

8
Mapa 01 - Localização da região Norte no estado do Rio de Janeiro

1. CARACTERIZAÇÃO DA REGIÃO NORTE

1.1 – Perfil Demográfico

Localizada entre o Estado do Espírito Santo e as regiões Noroeste, Serrana e


Baixada Litorânea, a região Norte é formada por oito municípios – Campos dos
Goytacazes, Carapebus, Conceição de Macabu, Macaé, Quissamã, São Fidelis, São
Francisco de Itabapoana e São João da Barra e corresponde a 21% da área total do
Estado do Rio de Janeiro. Somente o município de Campos equivale a 44% da região.
As altitudes são baixas, caracterizando uma paisagem de reduzidas declividades,
propícia ao desenvolvimento de pastagens e cultivos diversos. A cobertura vegetal
predominante é de campos/pastagens, havendo alguns municípios com alto percentual
de área agrícola, como Campos. As formações pioneiras se destacam em São João da
Barra, Quissamã, Carapebus e São Francisco do Itabapoana (manguezais e restingas),
ecossistemas de grande sensibilidade que conferem à região Norte um potencial para
conflitos entre grandes empreendimentos e desenvolvimento sustentável. Seus
municípios se localizam a distâncias consideráveis da capital do Estado, em especial
São Francisco do Itabapoana e São João da Barra.
Diferentemente da região Noroeste, porém, os municípios que compõem a
região Norte apresentam um maior grau de articulação entre si, e maior dispersão da
população no espaço, a despeito dos adensamentos clássicos das sedes municipais.

9
Mapa 02 – Região Norte – fronteiras e concentrações de unidades de saúde SUS

Fonte: MS/CNES, fevereiro de 2016

A população equivale a 5% do total do RJ, apresentando densidades


demográficas líquidas bastante baixas. Mesmo Macaé não alcança sequer metade da
densidade média estadual. Nas áreas urbanizadas, contudo, Quissamã e São Fidélis
se destacam com adensamentos populacionais superiores à média estadual. É
possível que a população da região Norte esteja subestimada, pois as oscilações na
economia regional (crise – investimentos – crise) tendem a alterar seu perfil
demográfico periodicamente, sem o devido acompanhamento estatístico.
A maior população da região fica em Campos dos Goytacazes, cuja densidade
demográfica é a 2ª mais alta (135 hab/km2 ). Macaé possui a 2ª maior população e a 1ª
maior densidade demográfica da Norte (199,19 hab/km2), se destacando do perfil dos
demais municípios, que apresentam no geral densidades demográficas bastante
baixas. No geral, o Norte é menos urbanizado que a média do Estado, com municípios
que assumem o papel de polos de desenvolvimento, como Macaé e, em escala menor,
São Joao da Barra. Alguns municípios se destacam pelas altas taxas de crescimento e
migração, como Quissamã, Macaé e Carapebus.

Tabela 01 - População estimada, tendência de crescimento e densidade de ocupação


urbana dos municípios da região Norte.
Densidade demográfica
População estimada (hab./km2)
Território
Em áreas
2015 2016 2017 2018 urbanizadas Líquida
Região 892.045 901.210 910.045 935.369 2.362,55 105,43

10
Campos dos
Goytacazes 483.967 487.186 490.288 503.424 2.189,91 135,72
Carapebus 15.007 15.293 15.568 16.039 3.087,00 51,54
Conceição de
Macabu 22.161 22.315 22.461 23.064 2.932,33 66,60
Macaé 234.630 239.471 244.139 251.631 3.049,93 199,19
Quissamã 22.706 23.125 23.535 24.246 4.373,94 36,56
São Fidélis 37.706 37.696 37.689 38.626 5.481,46 37,77
São Francisco de
Itabapoana 41.287 41.240 41.191 42.201 1.411,12 38,31
São João da Barra 34.581 34.884 35.174 36.138 1.315,48 83,64
16.550.00 16.718.9 17.159.9
Estado 9 16.635.996 56 60 4.211,99 433,26
Fontes: Ministério da Saúde/SVS/CGIAE - Estimativas de população para 2015; IBGE. Diretoria
de Pesquisas - DPE - Coordenação de População e Indicadores Sociais – COPIS – Estimativas
de população para 2016, 2017 e 2018. IBGE – Áreas Urbanizadas do Brasil, 2015.

A distribuição etária e por sexo da região revelam uma tendência de equilíbrio


da estrutura populacional, com exceção do município de Campos dos Goytacazes que
apresenta uma população feminina mais preponderante. O perfil evidencia um
envelhecimento progressivo da população, com uma diminuição da faixa da população
jovem.
No geral, o Norte é menos urbanizado que a média do estado, com municípios que
assumem o papel de polos de desenvolvimento, como Macaé e, em escala menor, São
Joao da Barra.

Os índices de envelhecimento revelam significativas variações dentro da


região. Enquanto São Fidélis apresenta o mais elevado índice, juntamente com a maior
proporção de idosos da região, Macaé tem o índice e a proporção mais baixos, o que
provavelmente se deve aos efeitos da corrente migratória que atingiu o município entre
1998 e 2003.
A estrutura etária da região como um todo mostra os efeitos de movimentos migratórios
relativamente recentes aludidos acima; o envelhecimento da população em idade ativa,
das mulheres em idade fértil, e o lento crescimento da população de 65 anos e mais –
inferior ao de outras regiões de menor dinamismo migratório.

Gráfico 1. Estrutura etária da região Norte, 2000 – 2015

11
População

idosa

População

Mulheres em

em

idade fértil
População

População menor de cinco anos dependente

jovem

Fontes: IBGE: Censo Demográfico 2000. Ministério da Saúde/SVS/CGIAE - Estimativas

de população para 2015.

Os índices de envelhecimento da região Norte só perdem para os da Baía da


Ilha Grande, todos inferiores à média estadual com exceção de São Fidélis. Este é um
município que tende a apresentar taxas de crescimento populacional negativas em
futuro próximo, como se depreende da sua relação de substituição de gerações
reduzida de 1,12 (chegando a um, é um indicativo de que as gerações não estão sendo
substituídas pelas seguintes, seja por fecundidade, seja por entrada migratória de
população jovem. Este indicador é mais robusto que as taxas de fecundidade total
superiores a 2,1, pois uma sociedade pode se manter demograficamente viável mesmo
com níveis de fecundidade muito baixos).
As taxas de crescimento de nascidos vivos sugerem, por sua vez, que a região e
seus municípios não estão em risco, igualmente, de atingir níveis de fecundidade abaixo da
reposição. Na verdade, sendo bastante superiores à média estadual, excetuando Macaé e
Quissamã, e acompanhando as tendências de crescimento populacional 2015-2018 positivas –
podem também indicar melhorias sobre a atenção à saúde infantil no período.

Tabela 02 - Tendências demográficas da região Norte.

rx
Índice de envelhecimento Relação de
Tendênci nascido
substituiçã
Território a 2015- s vivos
Masculin Feminin o de
Total 2018 2010-
o o gerações
2016
35.5
Região 1 30.21 41.05 1.42 0.48 1.32
12
39.2
Campos dos Goytacazes 7 32.16 46.75 1.35 0.39 1.48
35.1
Carapebus 0 34.09 36.20 1.28 0.67 3.90
41.3
Conceição de Macabu 1 38.15 44.59 1.24 0.40 3.70
21.1
Macaé 1 17.80 24.53 1.75 0.70 0.60
35.4
Quissamã 0 33.95 36.92 1.30 0.66 0.37
63.7
São Fidélis 8 58.38 69.36 1.12 0.24 1.83
São Francisco de 42.5
Itabapoana 8 41.39 43.81 1.27 0.22 1.12
47.6
São João da Barra 7 42.96 52.60 1.22 0.44 3.09
49.3
Estado 3 38.43 60.74 1.26 0.36 0.30
Fontes: Ministério da Saúde/SVS/CGIAE - Estimativas de população para 2015; IBGE. Diretoria
de Pesquisas - DPE - Coordenação de População e Indicadores Sociais – COPIS – Estimativas
de população para 2016, 2017 e 2018. MS/SINASC: 2010 e 2016.

Em média, a região Norte apresenta expectativa de vida inferior à estadual. As


relativamente baixas expectativas de vida de Campos, Macaé e São João da Barra são
sugestivas de efeito migratório, pois não há registros de que a qualidade de vida da população
residente se tenha deteriorado tanto, a ponto de afetar uma medida cujos resultados são
traçados em médio prazo – com exceção das mortes por violência. Estas, posto que muito
representativas na região e especialmente entre o sexo masculino, não seriam suficientes para
explicar a baixa expectativa de vida nestes três municípios, tanto ao nascer quanto a partir dos
60 anos de idade.
Tabela 03 - Expectativa de vida ao nascer e aos 60 anos de idade, por sexo, na região

Norte, para o quadriênio 2012-2015.

Expectativa de vida aos 60


Expectativa de vida ao nascer
anos
Território
Masculin
Total Masculino Feminino Total Feminino
o
Região 73.87 70.39 77.50 21.17 19.47 22.72
Campos dos Goytacazes 73.07 69.40 76.80 20.75 19.01 22.24
Carapebus 76.67 74.08 79.75 22.58 21.13 24.29
Conceição de Macabu 75.00 72.10 78.15 21.87 20.42 23.34
Macaé 74.96 71.68 78.34 21.44 19.55 23.13
Quissamã 75.56 71.87 79.73 22.37 20.51 24.46
São Fidélis 76.08 72.49 79.99 22.86 21.07 24.64
São Francisco de
Itabapoana 74.93 71.18 79.41 22.99 21.59 24.72
São João da Barra 71.40 67.65 75.69 20.07 18.38 21.89
Estado 74.91 71.14 79.00 21.85 19.56 23.12
Fonte: MS/SIM, 2012 a 2015; Estimativas de população 2011 a 2014 (IBGE) e 2015 (Ministério
da Saúde/SVS/CGIAE). Tábua modelo de mortalidade Coale-Demeny Oeste.

13
Ainda tratando da expectativa de vida na região, os anos ganhos pelos homens a cada
faixa etária superam os das mulheres, com leve inflexão para cima entre os 20-29 anos. Sendo
necessário que perante o cenário que se desenha, sejam levantados alguns pontos de reflexão
para se definir ações de impacto em relação a estes aspectos. Tais como:
 A população masculina está adotando hábitos de vida mais saudáveis que as
mulheres;
 As mulheres estão adotando hábitos de vida mais nocivos à saúde que os
homens;
 Existe diferença entre a população masculina e feminina jovem que chegou
recentemente à região Norte por migração.
É preciso acompanhar esta tendência e avaliar com mais detalhes.

Gráfico 02 - Variação, em anos, na expectativa de vida da população residente na

região Norte, segundo faixa etária e sexo, entre os quadriênios 2008-2011 e 2012-

2015.

Fonte: MS/SIM, 2008 a 2015; Estimativas de população 2008 a 2014 (IBGE) e 2015

(Ministério da Saúde/SVS/CGIAE). Tábua modelo de mortalidade Coale-Demeny

Oeste.

1.2 – Condições socioeconômicas da região

14
O desenvolvimento da região Norte baseou-se na indústria açucareira e do álcool, que
ainda constituem importantes suportes de sua economia, mas, ao longo do tempo, passaram
por um processo de industrialização e mecanização que teve como consequência a redução da
população mantida permanentemente pela agricultura e pela lavoura de subsistência, fazendo
crescer o setor informal e a migração campo-cidade.

A Bacia de Campos, fundada em 1977, mudou os rumos da economia dos municípios da região
banhados pela bacia, outras atividades se destacaram, como a produção de petróleo e gás
natural, tendo como base de apoio o município de Macaé, que passou por um processo
acelerado de crescimento da população e da malha urbana, com proliferação de submoradias
e deslocamento da população mais carente, especialmente pescadores tradicionais, para as
periferias e/ou outros municípios de menor custo de vida, como Quissamã, Carapebus e
Conceição de Macabu, que por sinal foram desmembrados de Macaé.
Conhecida como a região do petróleo e gás, por concentrar a exploração brasileira, a
região possui diversificado parque industrial, com destaque para as cadeias de construção civil,
alimentos e bebidas, máquinas e equipamentos, metalomecânica e minerais não metálicos.
A Região foi impactada a partir de 2014, pela baixa do preço do petróleo no mercado
internacional e pelos processos de corrupção na Petrobrás, tendo declínio nas atividades de
extração de petróleo e gás natural na Bacia de Campos. Com isso, houve queda dos
investimentos no setor e impactos econômicos nos municípios exploradores de petróleo, como
Macaé. Um dos efeitos imediatos foi a redução da população coberta por planos de saúde
privados e aumento da população SUS-dependente. Os municípios de maior impacto negativo
por declínio do setor são os municípios de Campos dos Goytacazes, Macaé, Quissamã e
Carapebus. Os investimentos na implantação de um porto marítimo de grande porte para
processamento e exportação de minério de ferro (Porto do Açu) reduziram muito, gerando
queda do poder econômico e estagnação do crescimento. Para a próxima década, a
expectativa é de que ocorra a recuperação do setor de petróleo e gás e de aceleração do
crescimento industrial, incluindo as novas cadeias já programadas, como naval, siderúrgica,
cimenteira e logística.
A região apresenta atualmente dois “pólos” econômicos – Campos dos Goytacazes e
Macaé, havendo ainda um terceiro em potencial, o município de São João da Barra, por conta
do Porto do Açu. A agroindústria, a fruticultura e as indústrias de vestuário e de cerâmica são
setores ainda fortes na região.

1.3 – Condições de saneamento básico

A dinâmica demográfica da região Norte teve reflexos sobre a infraestrutura de


saneamento de seus municípios, favorecendo o aumento das desigualdades. Macaé recebeu
investimentos na urbanização de seu litoral, altamente valorizado pela especulação imobiliária,
mas a maior parte da população atraída pelo polo petroquímico instalou-se nas áreas

15
suburbanas e periféricas, onde a disponibilidade de infraestrutura de saneamento já era
reduzida, e nos municípios adjacentes, alterando seu perfil demográfico original.
Na região, o abastecimento por poços ou nascentes na propriedade ainda é comum,
havendo risco à saúde caso o lençol freático esteja contaminado pela percolação de dejetos
humanos dispostos em fossas rudimentares e valas. Segundo as informações captadas pela
Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades para 2016, a coleta
direta de lixo tem 100% de cobertura na região, excetuando Macaé e Quissamã, que não
disponibilizaram informação - mas que já em 2010 tinham mais de 80% de cobertura. De
acordo com o levantamento da ABRELPE (2017), somente São Fidélis ainda fazia a disposição
de seus resíduos sólidos em lixão, em 2017.
A diferença entre os percentuais de população atendida pelo abastecimento de água
e esgotamento sanitário, de 2010 para 2016, pode ser atribuída a: crescimento da
população, sem o correspondente investimento em infraestrutura urbana; baixa
qualidade da informação do Censo Demográfico 2010 e/ou das estimativas
populacionais; alta proporção de ligações clandestinas de água e esgoto, que não são
captadas pela pesquisa censitária mas aparecerão, necessariamente, quando forem
comparadas as informações censitárias (autodeclaração) e os registros dos prestadores
de serviços de saneamento (faturamento). Em alguns municípios, a diferença é
marcante. Percentuais superiores a 100% em 2016 indicam falha nas estimativas
populacionais disponibilizadas pelo IBGE.

Abastecimento de Esgotamento Coleta direta de lixo


Território água 1 sanitário 2 3

2010 2016 2010 2016 2010 2016


Região 68,42 - 60,17 - 88,06 -
C. dos Goytacazes 71,05 95,00 42,54 81,27 90,43 100,00
Carapebus 40,63 28,69 61,31 100,00 77,80 100,00
Conc. de Macabu 31,91 N/I 57,29 N/I 90,34 100,00
Macaé 73,99 78,64 67,72 19,48 89,81 N/I
Quissamã 67,99 83,48 74,13 28,26 84,12 N/I
São Fidélis 78,21 78,55 71,45 87,01 66,89 100,00
S. Franc. de
27,67 73,55 75,85 100,00
Itabapoana 1,48 1,21
São João da Barra 69,91 98,95 23,50 110.02 87,43 100,00
Estado 82,19 - 83,87 - 84,07 -
Tabela 4 - Saneamento básico (%) segundo os dados do Censo 2010.

Fonte: IBGE / Microdados da Amostra do Censo Demográfico 2010 e Ministério das

Cidades. Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental – SNSA, 2018

N/I – Não Informado

16
1 Percentual da população residente que dispõe de rede geral.

2 Percentual da população residente que dispõe de coleta de esgoto por rede geral.

3 Percentual da população residente que dispõe de coleta direta de lixo.

Tabela 5 - Tratamento de resíduos sólidos, ano de referência 2016.

Os resíduos Existe no
sólidos Existe município a coleta O município
domiciliares e coleta diferenciada de envia RSS
Município
públicos coletados seletiva no resíduos sólidos coletados para
são enviados para município? dos serviços de outro município?
outro município? saúde?
C. dos Goytacazes Não Sim Sim Não
Santa Maria
Carapebus Não Sim Macaé/RJ
Madalena/RJ
Santa Maria
Conc. de Macabu Não Sim Teresópolis/RJ
Madalena/RJ
Macaé N/I N/I N/I N/I
Quissamã N/I N/I N/I N/I
São Fidélis Não Sim Sim Não
S. Franc. de Campos dos Campos dos
Não Sim
Itabapoana Goytacazes/RJ Goytacazes/RJ
Campos dos Campos dos
São João da Barra Não Sim
Goytacazes/RJ Goytacazes/RJ
Fonte: site do Ministério das Cidades

Como já mencionamos, a região Norte apresenta uma boa performance quanto à


coleta direta de seus resíduos sólidos, e o único lixão identificado fica em São Fidélis. Por outro
lado, existe alguma deficiência quanto ao tratamento dos resíduos, começando pelo caso de
São Fidélis. O município declara que não envia seus resíduos sólidos (RS) para outros
municípios; declara igualmente que realiza a coleta diferenciada de resíduos dos serviços de
saúde (RSS), e que estes também ficam no município; pode-se concluir que são dispostos no
mesmo lixão.
Quanto aos demais municípios, Campos dos Goytacazes dispõe seus próprios RS e
RSS, além de receber os de São Francisco de Itabapoana e São João da Barra. Santa Maria
Madalena, na região Serrana, recebe os resíduos domiciliares e públicos de Carapebus e
Conceição de Macabu, mas os RSS destes dois municípios são enviados, respectivamente,
para Macaé e Teresópolis – uma distância excessiva para o transporte de carga contaminante.
A coleta seletiva é praticada apenas em Campos os Goytacazes e São Fidélis. Macaé e
Quissamã não prestaram informações sobre suas práticas de tratamento de resíduos sólidos.

 Saúde complementar
17
Praticamente 75% da população residente na região Norte é cliente exclusiva SUS,
excetuando a situação de Macaé, com menos de 60%. Os planos de saúde somente
ambulatoriais representam menos de 1% do total, enquanto os hospitalares e ambulatoriais
chegam a 25%.
Entre 2014 e 2017, os habitantes da região Norte perderam/cancelaram 31.586 planos de
saúde de modalidade hospitalar + ambulatorial, sendo que 41% eram de mulheres e 59% de
homens. Isso representou para o Sistema Único de Saúde uma sobrecarga potencial de 3,5%
no total de clientes, supondo que aqueles que contavam com a saúde suplementar não
fizessem uso regular do sistema. Somente a partir de 2017 começou a ser observada alguma
recuperação, com 2.950 novos planos nesta modalidade, 61% femininos e 39% masculinos. Os
planos somente ambulatoriais, na região Norte, são praticamente irrelevantes para a análise.
Tabela 6 - População que dispunha de planos de saúde complementar e

população cliente exclusiva do SUS, por modalidade de cobertura/demanda,

2018

População que tinha planos


População usuária (cliente) exclusiva
de saúde complementar em
SUS em 2018
2018
Município/região Hospitalares Somente Ambulatorial e
Somente
e Hospitalar hospitalar
ambulatoriai
ambulatoriai N % N %
s
s
C. dos Goytacazes 110.580 74 392.844 78,03 392.770 78,02
Carapebus 2.189 0 13.850 86,35 13.850 86,35
Conc. de Macabu 3.655 1 19.409 84,15 19.408 84,15
Macaé 103.409 101 148.222 58,90 148.121 58,86
Quissamã 2.113 0 22.133 91,29 22.133 91,29
São Fidélis 4.984 5 33.642 87,10 33.637 87,08
S. Franc. de 2.609 5
39.592 39.587
Itabapoana 93,82 93,81
São João da Barra 4.841 5 31.297 86,60 31.292 86,59
Norte 234.380 191 700.989 74,94 700.798 74,92
Fonte: Microdados da ANS, competências de junho de 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018.

Tabela 7 - Variação anual da população que dispõe de plano de saúde na

modalidade hospitalar.

2015-2014 2016-2015 2017-2016 2018-2017


Planos Mulhere Homen Mulhere
Homens Mulheres Mulheres Homens Homens
hospitalares s s s
C. dos
Goytacazes -1.060 -1.091 -618 -947 -190 -149 1.077 859
Carapebus 70 78 -251 -309 5 12 -37 -105
Conc. de Macabu -79 -77 -280 -302 -7 0 -25 -62
Macaé -3.313 -4.726 -7.623 -10.081 -150 -172 804 551
Quissamã 80 202 -189 -187 4 -3 -80 -67
São Fidélis 104 160 67 -14 10 13 3 -55
18
S. Franc. de
Itabapoana 77 23 118 10 11 10 -7 -38
São João da
Barra 187 -925 36 -114 -11 5 52 80
Norte -3.934 -6.356 -8.740 -11.944 -328 -284 1.787 1.163
Fonte: Microdados da ANS, competências de junho de 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018.

Tabela 8 - Variação anual da população que dispõe de plano de saúde na

modalidade ambulatorial.

2015-2014 2016-2015 2017-2016 2018-2017


Planos ambulatoriais Mulheres Homens Mulheres Homens Mulheres Homens Mulheres Homens
C. dos Goytacazes 119 75 30 62 17 18 -131 -119
Carapebus 1 -1 -1 0 0 0 0 0
Conc. de Macabu -97 -44 1 0 0 0 0 -1
Macaé 115 59 -6 45 13 4 -67 -69
Quissamã -4 -3 -2 -3 0 0 0 0
São Fidélis -1 -2 0 -2 0 0 0 0
S. Franc. de
Itabapoana 0 3 -3 -2 0 0 0 1
São João da Barra -11 -6 0 0 0 0 0 0
Norte 122 81 19 100 30 22 -198 -188
Fonte: Microdados da ANS, competências de junho de 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018.

1.4 – Aspectos Epidemiológicos e Ambientais

1.4.1 – Morbidade e Mortalidade

Assim como todo o país, o Estado do Rio de Janeiro vem sofrendo transformações
em seu perfil demográfico associado ao aumento da expectativa de vida. Estas mudanças na
pirâmide etária acompanham transformações no perfil epidemiológico com destaque para a
redução da mortalidade por doenças transmissíveis e causas materno-infantis. Em
contrapartida, é verificado o aumento das doenças cônicas não transmissíveis (DCNTs) tais
como diabetes, hipertensão e câncer. Este cenário requer esforços de organização dos
serviços de saúde de forma a promover maior integração de cuidados por meio da articulação
dos dispositivos presentes em dado território, sob uma gestão baseada no trabalho de equipe,
com atribuições e responsabilidades compartilhadas.
As Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs) são doenças de grande
preocupação da saúde pública. Estão entre as primeiras causas de óbitos no estado, Brasil e

19
mundo. São definidas pela Organização Mundial de saúde (OMS) como um conjunto de doenças
que englobam as do aparelho circulatório (cerebrovasculares e cardiovasculares), diabetes
mellitus, doenças respiratórias crônicas e neoplasias, que tem em comum os mesmos fatores de
risco (FR) comportamentais que permitem a mesma abordagem na sua prevenção.

No conjunto das 4 DCNTs : Doenças Cardiovasculares (DAC), Neoplasias Malignas


(NEO), Diabetes Mellitus (DM) e Doenças Respiratórias Crônicas (DRC), considerando a
Variação percentual (%) no período de 2013 a 2017, da taxa de mortalidade prematura (30 a 69
anos de idade) por 100 mil habitantes, somente a Norte registrou aumento, segundo Boletim
Epidemiológico 001/2018 SVS / SES RJ, de 03/2018. Olhando ainda essa região o aumento
também foi verificado nas NEO (segunda maior variação do estado) e DRC (quarta maior
variação).
Buscando entender como se comportou cada doença no Total das DCNTs na região
Norte verificou-se que a curva de taxas das DAC se mostrou diferentes das apresentadas em
qualquer outra região. Ela ascendeu até 2013, declinou e entrou na linha de projeção
alcançando a meta até 2015. Depois disso, a curva mostrou um elevado aclive em 2016, o se
elevou mais ainda em 2017 mostrando tendência crescente. Já as NEO mostraram taxas um
pouco acima da linha de projeção em todo o período analisado. O DM apresentou no período de
2013 a 2016, taxas mais elevadas, mas bem próximas da linha de projeção e em, 2017 tocou a
linha de projeção. Quanto, as DRC a meta foi alcançada em todo o período. Principalmente as
DAC, além das NEO contribuíram para o não alcance da meta de redução da região e
consequentemente a do estado.

Quando comparado o total das taxas de mortalidade (conRJjunto das quatro DCNTs)
da região Norte e comparando-as com a linha de projeção da redução das taxas de 2%, ao ano
verificou-se que em todo o período (2013 a 2017) a região registrou todos os valores de taxas
superiores à linha de projeção e a curva se mostrou em franca ascensão no final do período
analisado.

Em 2015 a região Norte apresentou semelhança ao Estado, com a maior proporção


de internações por doenças do aparelho circulatório como a primeira maior causa de internação
(10,7%). As doenças do aparelho digestivo ocupam a segunda maior causa de internação na
região (9,7%), enquanto no Estado ela corresponde a terceira maior causa. E as doenças do
aparelho respiratório como a terceira maior causa, enquanto no Estado ela é a quarta maior
causa de internações.
As doenças do aparelho respiratório aparecem como a principal causa de internação
na maioria dos municípios, principalmente em relação aos municípios de Quissamã e São
Francisco de Itabapoana, que superam a média regional. Tal fato, merece uma avaliação
técnica mais detalhada destes registros, no sentido de verificar se os mesmos estão
relacionados a outras questões, tais como: diagnósticos mal definidos, tabela de pagamento,
dentre outros.

20
As doenças do aparelho respiratório, são seguida pelas internações resultantes por
causas externas e pelas doenças do aparelho circulatório. Vale destacar que internações por
causas externas têm aumentando significativamente na região, com destaque para Macaé.
Chama atenção a proporção de internações por doenças infecciosas e parasitárias
em Quissamã e São Fidélis superando a média regional. Campos dos Goytacazes, Carapebus
e Conceição de Macabu apresentam as maiores proporções de internação por neoplasias na
região. Quanto às doenças do aparelho geniturinário, os municípios de Quissamã e São Fidélis
apresentaram também proporções de internação acima da verificada para a Região.

Tabela 9 - Internações de residentes na região Norte e no estado do Rio de Janeiro por


condições sensíveis à Atenção Básica, por sexo, 2017
Norte Estado do Rio de Janeiro
Condições sensíveis à Atenção Básica
Femininas Masculinas Femininas Masculinas
1. Doenças preveníveis p/imuniz/condições sensív 31 90 641 1.115
2. Gastroenterites Infecciosas e complicações 168 162 1.999 2.048
3. Anemia 16 4 219 121
4. Deficiências nutricionais 24 40 738 1.030
5. Infecções de ouvido, nariz e garganta 77 126 666 735
6. Pneumonias bacterianas 375 400 4.530 5.012
7. Asma 46 72 737 781
8. Doencas pulmonares 205 314 2.507 3.396
9. Hipertensão 76 62 1.612 1.332
10. Angina 171 296 1.692 2.704
11. Insuficiência cardíaca 432 490 5.661 6.564
12. Doenças cerebrovasculares 297 340 7.342 7.595
13. Diabetes melitus 233 227 3.359 3.760
14. Epilepsias 81 85 1.194 1.666
15. Infecção no rim e trato urinário 685 359 6.719 3.602
16. Infecção da pele e tecido subcutâneo 418 537 4.425 5.766
17. Doença Inflamatória órgãos pélvicos femininos 100 0 1.237 0
18. Úlcera gastrointestinal 47 103 918 1.521
19. Doenças relacionadas ao pré-natal e parto 368 20 4.029 1.096
Total 3.850 3.727 50.225 49.844
Fonte: MS/Datasus/SIHSUS, 2017

As taxas de internação por pneumonia da Região Norte são elevadas


em comparação ao Estado, principalmente nos municípios de São Fidelis,
Quissamã, São Francisco do Itabapoana, São João da Barra e Conceição de
Macabu.

As taxas de internação por colelitíase e colecistite também se


apresentam elevadas, destacando os municípios de São João da Barra, São
Fidélis, Campos dos Goytacazes, Quissamã e São Francisco do Itabapoana.
Aparecem taxas ainda maiores que a do estado nas internações relacionadas a dengue
clássica, insuficiência cardíaca, esquizofrenia e infarto agudo do miocárdio.

21
Tabela 10 - Detalhes das internações de residentes na região Norte por condições
sensíveis à Atenção Básica, 2017
Permanência média
Custo médio (R$)
Condições sensíveis à Atenção Básica (dias)
Norte Estado Norte Estado
1. Doenças preveníveis p/imuniz/condições
sensív 12,96 11,72 863,48 933,93
2. Gastroenterites Infecciosas e complicações 4,30 4,12 442,47 444,71
3. Anemia 6,90 9,33 421,82 434,43
4. Deficiências nutricionais 9,55 10,29 985,24 686,30
5. Infecções de ouvido, nariz e garganta 4,01 3,89 282,91 347,76
1.680,6 1.053,6
6. Pneumonias bacterianas 10,50 8,08 7 3
7. Asma 4,54 4,07 624,40 581,90
8. Doencas pulmonares 5,91 6,73 693,85 727,06
9. Hipertensão 4,07 4,00 414,97 371,68
5.957,4 4.636,0
10. Angina 8,45 7,16 2 1
1.911,6 1.576,7
11. Insuficiência cardíaca 11,48 10,70 7 6
1.972,3 1.438,6
12. Doenças cerebrovasculares 11,51 9,61 2 6
13. Diabetes melitus 6,88 9,20 758,18 801,91
14. Epilepsias 4,58 5,92 313,25 437,04
15. Infecção no rim e trato urinário 6,78 6,88 420,25 426,97
16. Infecção da pele e tecido subcutâneo 6,82 7,60 572,24 582,30
17. Doença Inflamatória órgãos pélvicos
femininos 2,65 4,04 448,06 609,17
18. Úlcera gastrointestinal 6,39 7,33 949,87 983,27
19. Doenças relacionadas ao pré-natal e parto 4,75 6,80 233,19 310,80
1.333,0 1.047,2
Total 7,82 7,93 2 8

Quando observadas principais causas de internação de crianças menores de um ano e a


maioria das principais causas de internação de crianças de um a nove anos residentes na região
Norte (Tabelas 12 e 13), verificamos a existencia de causas evitaveis, em decorrência de: serem
redutíveis por imunoprevenção; por adequado controle na gravidez; por adequada atenção ao
parto; por ações de prevenção, diagnóstico e tratamento precoce e trabalho integrado entre os
setores que compõem a Rede de Atenção à Saúde.
Destaca-se a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC), instituída pela
portaria Nº 1.130, DE 5 DE AGOSTO DE 2015, que busca integrar diversas ações já existentes
para atendimento a essa população - atenção humanizada e qualificada à gestação, parto,
nascimento e recém-nascido; aleitamento materno e alimentação complementar saudável;
promoção e acompanhamento do crescimento e desenvolvimento integral; atenção a crianças
com agravos prevalentes na infância e com doenças crônicas; atenção à criança em situação de
violências, prevenção de acidentes e promoção da cultura de paz; atenção à saúde de crianças
com deficiência ou em situações específicas e de vulnerabilidade; vigilância e prevenção do
óbito infantil, fetal e materno.

IV. PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE 2019


22
DIRETRIZ MUNICIPAL 1: Garantia do acesso da população a serviços de qualidade, com equidade e em tempo adequado ao
atendimento das necessidades de saúde: FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO BÁSICA E ESPECIALIZADA E DAS URGÊNCIAS E
EMERGÊNCIAS CONFORME DECRETO 123/2018.
OBJETIVO: FORTALECER A ATENÇÃO BÁSICA
AÇÃ
SETOR STATUS
METAS INDICADORES AÇÕES RECURSOS ORIGEM O META 2019
RESPONSÁVEL 2018
PPA
Desenvolver Atingir 100% Ações de R$ 110.638,00 Recurso Estratégia de 3A1 META Meta
as ações dos escolares combate ao sendo R$ federal Saúde da ATENDIDA mantida. A
preconizada pactuados no mosquito 90.000,00 para as oriundo do Família ser
s pelo Programa Aedes aegypti; ações de Piso Variável repactuado o
Ministério Saúde na Promoção da prevenção à de Atenção programa em
da Saúde Escola. Em segurança obesidade infantil Básica - PAB; fevereiro de
nas escolas 2017 foram alimentar e Repasse 2019
pactuadas 3.826 nutricional e Fundo a conforme
pelo escolares. Em da Fundo, preconizado
Programa 2019 serão alimentação Portaria Nº pelo MS.
Saúde na 3978 es saudável; 2706 de Valor 2019:
Escola Direito Sexual 18/10/2017. R$
conforme e reprodutivo 110.678,28
programaçã e precenção
o anual de DST/AIDS;
definida no Prevenção ao
Projeto uso de álcool,
Municipal tabaco, crack
Saúde na e outras
Escola Ciclo drogas;
2017/2018 Promoção da
em cultura de paz,
atendiment cidadania e
o à Portaria direitos
Nº 1.055, de humanos;
25 de abril Promoção das
de práticas
2017.Numer corporais, da
o de atividade
estudantes física e do
pactuados lazer nas
3.978 escolas;
Prevenção das
violências e
dos acidentes;
Identificação
de educandos
com possíveis
sinais de
agravo em
eliminação;
Promoção e
avaliação de
saúde bucal e
aplicação
tópica de
flúor;
Verificação da
situação
vacinal;
Promoção da
saúde auditiva
e identificação
de educandos
com possíveis
23
sinais de
alteração;
Promoção da
saúde ocular e
identificação
de educandos
com possíveis
sinais de
alteração.

META
PARCIALM
ENTE
ATENDIDA
. 60%
OBRAS
CONCLUÍ
1-Conclusão DAS
Garantir a
das obras 6 sendo 2
expansão da
novas UBS's. obras
cobertura
2-Contratação entregues
da Atenção
de serviços em 2018;
Básica 1 (Fonte 100)
terceirizados 1-1.750.000,00 2-
através da + 450.000
como: Obras; 2- Inserido Parcialme
conclusão 100% da (Fonte 13) 2-
lavanderia, nos custos da nte
das obras do conclusão de Inserido
manutenção SEMUSA; 3- Estratégia de atendido
PAC das 6 unidades contratos Meta mantida
predial, inserido no item Saúde da 2P nas
UBS's: básicas de SEMUSA; 3- em 2019
corretiva e manutenção dos Família unidades
Ajuda, saúde em Inserido na
preventiva de serviços já
Lagomar, 2018 Folha de
equipamentos administrativos da inaugurad
Barramares, Pagamento
para as novas SEMAAB as; 3-
Nova SEMUSA
unidades. 3- Atendido
Holanda,
Ampliação do em
Namorados
quadro de processo
e Virgem
Recursos seletivo
Santa.
Humanos. realizado
para
contrataç
ão de
profission
ais da
área de
saúde.

24
Credenciam
ento de 8 META
unidades de PARCIALM
Estratégia ENTE
Saúde da ATENDIDA
Família - . Proposta
ESF NOVA aprovada
ESPERAN pelo CMS
ÇA A, em 2017.
NOVA Processo
ESPERAN de
ÇA B, habilitaçã
HORTO, ELABORAÇÃO
o a ser
LAGOMAR DE PROJETO
retomado
C, 70% das PARA Estratégia de
em Dez. Meta mantida
LAGOMAR unidades APROVAÇÃO N/A N/A Saúde da 2P
2018. De em 2019
D, Credenciadas EM CIB E Família
acordo
CLÍNICA CONTINUIDAD
com o
DA E.
CNES as
FAMÍLIA
que estão
DO
PARQUE em
AEROPOR vermelho
TO, ainda não
CLÍNICA estão
DA cadastrad
FAMÍLIA as.
DA Resolução
IMBETIBA, CMS
CÓRREGO 004/2018.
DO OURO.
2. Realizar a
previsão
orçamentária
para atender
portaria
Garantir a ministerial
qualidade 13.708/2018
do serviço de novo piso
prestado salarial para
através da 100% dos ACS e ACE
manutenção servidores Sendo a 2. VALOR Estratégia de
2. Recurso META
dos serviços com ajuste diferença ESTIMADO Saúde da 2A1 meta nova
Próprio NOVA
administrati salarial salarial do 1.470.000,00 Família
vos da ESF atendido piso 2018
conforme 1.014,00 para
piso salarial 1250,00 em
atualizado 2019
de MS (Diferença
salarial de
236,00) Sendo
considerado
uma média de
464 ACS + ACE

25
Utilização
de parte dos
recursos
oriundos do
PMAQ para
criação de 1.Elaboração
metas de de Projeto de
qualidade Criação de
10% DOS 1. Recurso Estratégia de META
com Legislação Meta mantida
RECURSOS 1. 65000; Federal Fonte Saúde da 2A1 NÃO
bonificação específica em 2019
RECEBIDOS 20; Família ATENDIDA
para os conforme
profissionais portaria do
que PMAQ (PMS);
atingirem a
meta
conforme
portaria
específica.

2- Aquisição
de todo o
material visual
Identificaçã
100% das para Estratégia de
o visual das R$ META
demandas identificação Fonte 20 Saúde da 3A1 meta nova
Unidades de 40.000,00 NOVA
atendidas das Unidades Família
ESF
( Placas,
Totens e
outros).

Utilização
de parte dos
recursos do 100% das Estratégia de META
1-Aquisição de R$ Meta mantida
PMAQ para demandas Fonte 20 Saúde da 2A1 NÃO
Bicicleta para 150.000,00 em 2019
equipar as atendidas Família ATENDIDA
todos os ACS's
Unidades de
Saúde

Inclusão das 100 % DOS CRIAR


categorias SERVIDORES COMISSÃO
de ESTATUTÁRIO JUNTO A
servidores S 40 HORAS SECRETARIA Estratégia de META
Recurso Meta mantida
da ESF no DA ESF DE N/A Saúde da 1A1 NÃO
Próprio. em 2019
PCCV da INCLUÍDOS ADMINISTRAÇ Família ATENDIDA
Prefeitura NO PCCV DA ÃO PARA
Municipal PREFEITURA DEFINIR O
de Macaé. MUNICIPAL PLANO.
Disponibiliza 50% da Locação de 2 384.000,00 Recurso Estratégia de 3A1 META Meta mantida
ção de cobertura de carros de Federal Saúde da NÃO em 2019
veículos frota de passeio e 2 Família ATENDIDA
para veículos utilitários .
realização necessária a
de Visitas sanar
Domiciliares demanda da

26
utilizando
recurso ESF
federal.

Ampliação e
regionalizaç META
ão dos ATINGIDA.
NASF-AB aumento de Ampliar de 3 Estratégia de Falta processo
META
para 100% do para 6 NASF- N/A NÃO Saúde da 3A1 de
ATENDIDA
atender a NASF-AB AB Família habilitação. A
toda a ser executado
demanda da em 2019
ESF .
Ampliação
das
profissões inserção das
Inserir
que Práticas META
categorias de Estratégia de
compõem Integrativas PARCIALM Meta mantida
Homeopatia, N/A NÃO Saúde da 3A1
os NASFs em 40% das ENTE em 2019
Acupuntura Família
com unidades de ATENDIDA
em 2018
inserção das ESF em 2018
práticas
integrativas.
EQUIPAR AS
UNIDADES Aquisição de
COM aparelhos de
META
EQUIPAMENT fisioterapia
PARCIALM
OS (Ultrassom,
ENTE
Aquisição de ESPECÍFICOS Tens)
ATENDIDA
equipament PARA Materiais para
. Processo
os e MELHORAR Terapias,
em
insumos OS SERVIÇOS Módulos Estratégia
R$ Recurso andament Meta mantida
para DE Educativos Saúde da 3A1
80.000,00 Federal o de em 2019
aprimorame FISIOTERAPIA para palestras, Família
equipame
nto das , Data-show,
ntos de
ações dos FONOAUDIOL Flip-charts,
Fisioterap
NASFs-AB OGIA, Tela para
ia N.
NUTRIÇÃO, projeção,
402899/2
TERAPIA Aparelhos de
017
OCUPACIONA Tv, Aparelhos
L, de Som.
PSICOLOGIA.
Contratação
Investiment
de empresa
o na
especializada
segurança
para META
das
realização de PARCIALM
Unidades e 50% das
implantação ENTE
Equipes com unidades
de Estratégia de ATENDIDA
implementa cobertas com R$ Recurso Meta mantida
equipamentos Saúde da 1A1 . Em
ção de sistema de 128.000,00 próprio em 2019
de segurança Família andament
sistema de segurança em
interligados a o através
monitorame 2018
Central de da Guarda
nto e outros
Segurança da Municipal
equipament
Guarda
os de
Municipal de
segurança.
Macaé

27
Realizar o
projeto de
expansão das
UBS's em ESF;
Credenciar e Regularização
habilitar todas da Equipes já
META
as equipes; existentes
PARCIALM
Viabilizar .Prevista a
ENTE
através de inserção da
ATENDIDA
projeto a Proposta no
Consolidar e . Processo
aplicação da para
expandir a em
nova PNAB a aprovação
Atenção andament
fim de em CMS no
Básica com o. Etapa
atender a mês de Dez. Meta mantida
ampliação Cobertura da 1-
demanda do 2018. Estratégia de em 2019.
da Esf de cerca Credencia
Municipio. n/a Ampliação e Saúde da 1A1 Aumento da
cobertura de 60% em r equipes
redenciar Universalizaç Família cobertura de
da ESF de 2017 - Está
asequipes ão da ESF
70% em agendada
necessárias a cobertura
2014 até a
composição projetados
85% em apresenta
da ESF. na PMS
2017. ção para
Ampliar a 2018-2021
aprovação
cobertura de 2018: 70% /
junto ao
ESF para 70% 2019: 80%/
CMS em
tendo em 2020: 90%/
Dez. 2018
vista a 2021: 100%
necessidade PMS
de
credenciamen
to das
mesmas.
Fornecimento
dos kits
lanches
fornecidos -
atualmente
são fornecidos
100 kits/ mês
Manutenção contendo
do vínculo água mineral
com o (copo), suco Recurso
Estratégia de
paciente 100% em R$ próprio - META Meta mantida
Saúde da 1A1
acompanha abastecido embalagem 10.000,00 Fonte 4 ou ATENDIDA em 2019
Família
do pelo de 200 ml, 100
Consultório bolinho tipo
de Rua Ana Maria e
biscoito
salgado tipo
Club Social.
Inserir em
2019 café,
leite em pó e
açúcar
Identificaçã 100% DOS Aquisição de R$ Recurso CONSULTORIO 3A1 META Meta mantida
o visual dos PROFISSIONA jalecos, 42.000,00 Federal DE PARCIALM em 2019
profissionais IS camisas, RUA/Estratégia ENTE
do ESF e UNIFORMIZA coletes, de Saúde da ATENDIDA
Equipe de DOS bonés, capas Família -
Consultorio de chuva e 1.Profissio
de/na Rua mochilas para nais no
as equipes do NASF já
ESF recebera

28
m.
Processo
em
andament
o N.
400859/2
018
Manutenção - Número de - Contratos R$ - SUS ODONTOLOGI 2A4 META META
e procediment com terceiros 793.000,00 - Recurso A ATENDIDA MANTIDA EM
operacionali os realizados PJ para Próprio 2019
zação do prestação de
Cento de serviços
Especialidad como:
es manutenção
Odontológic predial do
as (CEO) CEO e da
Tipo II: Atenção
- Contratos Básica,
com manutenção
terceiros PJ preventiva dos
para equipamentos
prestação odontológicos
de serviços , manunteção
como: da
manutenção climatização e
predial do instalação de
CEO, ar condic. p
manutenção sala de
preventiva cirurgia,
dos monitorament
equipament o e segurança
os do prédio da
odontológic urgencia
os, odontológica;
manunteção limpeza e
da higienização,
climatização aluguel do
e instalação imóvel;
de ar Compra de
condic. p insumos e
sala de material
cirurgia, permanente.
limpeza e
higienização
, aluguel do
imóvel;
- Material
de
consumo:
medicament
os, material
odontológic
o e
cirúrgico,
insumos,
material
administrati
vo/de
escritório;
-
Equipament
os: instação
29
de câmaras
de
segurança,
informatizaç
ão da
recepção do
CEO

EMENDA - Material de
PARLAMENT consumo: ESSA
AR medicamento EMENDA NÃO
IMPOSITIVA s, material ATENDE A
066/2017: odontológico DEMANDA DA
- Aquisição e cirúrgico, ODONTOLOGI
- META
de insumos, A. NÃO FOI
equipamento R$ ODONTOLOGI NÃO
tomógrafo material - Royalties 1A1 POSSIVEL A
comprado e 240.000,00 A ATENDID
odontológic administrativo COMPRA DE
instalado O
o /de escritório; APARELHOS
(EQUIPAME DE RX. ALÉM
NTOS E DISSO A
MATERIAL EMENDA É
PERMANEN PARA 2018.
TE)
META
PARCIALM
ENTE
Atender Aquisição de ATENDIDA
ATENDIMEN pacientes carro para . Processo
TO acamados atender aos Recurso de META
R$ ODONTOLOGI
ODONTOLÓ sem pacientes, próprio Fonte 2A4 Locação MANTIDA EM
25.000,00 A
GICO condições de compra de 4 ou 100 de carros 2019
DOMICILIAR locomoção equipamento realizado
até a unidade portátil pelo Setor
de
Transport
es
AQUISIÇÃO Atender as Contratação R$ Recurso ODONTOLOGI 1A2 META META
DE unidades da de empresa 74.000,00 próprio Fonte A PARCIALM MANTIDA EM
COMPRESSO ESF Lagomar, especializada 4 ou 100 ENTE 2019
RES DE AR Campo do para ATENDIDA
COMPRIMID Oeste, realização do .
O Virgem Santa, serviço Compress
Botafogo, ores
UBS's Barra, C 401683/1
´rrego do 8
Ouro, Areia
Branca,
Bicuda
Grande,
Bicuda
Pequena,
Morro de
Santana,
Centro de
especialidade
s Moacyr
Santos,
Centro de

30
Saúde Dr.
Jorge Caldas,
Centro de
Convivência
do Idoso e
Pronto
Socorro
Odontológico
centro,
Pronto
Socorro
Aeroporto e
Centro de
Especialidade
s
Odontológica
s
1- Instalação
de novas
unidades
básicas de
saúde com
salas de
odontologia
para atender a
demanda da
ESF. 2- META
Aquisição de 6 PARCIALM
AQUISIÇÃO AMPLIAR A
cadeiras ENTE
DE ODONTOLOGI
odontológicas Recurso ATENDIDA META
EQUIPAMEN A NA R$ ODONTOLOGI
e demais próprio Fonte 1A2 . MANTIDA EM
TOS ESTRATÉGIA 246.644,16 A
materiais 4 ou 100 Periférico 2019
PERIFÉRICO DA SAÚDE DA
odontológicos s
S FAMÍLIA
para atender a 402329/1
demanda das 8;
novas
unidades.3-
Composição
das equipes
odontológicas
do ESF para
atender as
demandas das
UBS's.
Manutenção
corretiva e
preventiva
da Contratação
climatização 100% da de empresa
META
do pronto climatização especiaLizada META
R$ recurso ODONTOLOGI PARCIALM
socorro dos em 1A2 MANTIDA EM
108.000,00 próprio A ENTE
odontológic consultórios manutenção 2020
ATENDIDA
o 24 funcionando de ar
horas e do condicionado.
consultórios
odontológic
os do PSA
Manutenção 100% das Serviço de R$ recurso ODONTOLOGI 1A2 META META
das unidades terceiros; 239.900,00 próprio A ATENDIDA MANTIDA EM
Unidades abastecidas informatizaçã 2021
com o; aquisição
consultório de material de

31
consumo;
odontológic aquisição de
o na material
Atenção permanente;
Básica monitorament
o por câmera;
META
PARCIALM
ENTE
ATENDIDA
. 1.Em
andament
35000+90000 o
(Aquisição de Processo
Reequipage
mobiliário) de
me
Aquisição de +240000 Fonte 4 ou Mobiliário
climatização 20 % de
mobiliário, (Climatização ESF) 100 Total Meta mantida
das unidades Atenção Básica 1A1
telefone e ar + 240.000 (Recursos finalizado em 2019
unidades da atendidas.
condicionado (Climatização Próprios) em
rede básica
UPAS)+ PAISI - Dezembro
de saúde.
TOTAL R$ de 2018;
30.000,00 2.
Processo
de Ar
Condicion
ado em
andament
o.
Contratação
de empresa META
especializada PARCIALM
em ENTE
informatizaçã ATENDIDA
o da Rede de . Abertura
Saúde da de
SEMAAB ESF - 650.000 (UPAS) + Processo
(1. Equipar as 600.000 ESFsendo em
Fonte 4 ou
Unidades com 1 e 3 - (500.000,00 Novembr
Informatizaç 100
100% das Computadore Recurso Próprio o de
ão de todas (Recursos
unidades s, 2.Tablet’s Fonte 100 ou 4); 2 2018. Meta mantida
as Unidades Próprios) + Atenção Básica 1A1
informatizada para - (100.000,00 Processo em 2019
de Saúde da Fonte 20
s ACS’s,impress Fonte 20) + ESF
SEMAAB (Recurso
oras; 3. acesso 400.000 UPA parcialme
Federal)
à rede de -TOTAL: R$ nte
internet . 1.650.000,00 atendido.
UPAS - Processo
Aquisição do em
computadores Andamen
, nobreak e to N.
demais 400132/2
dispositivos 018
de informática

32
Capacitação
através de
estratégias do
NEPS em
parceria com
a Sec. De
Ensino
Superior e
liberação de
profissionais
META
para
PARCIALM
participação
ENTE
em cursos de
ATENDIDA
40% dos qualificação
.
profissionais fora do
Qualificação Realizada
da Rede município por
das equipes 1 reunião
Básica meio de
e dos em 2018
qualificados pagamento de Núcleo de
servidores para
em 2018 diárias. Educação
com cursos R$ Recurso formular Meta mantida
através de Capacitação Permanente 1A1
para 470.000,00 Próprio projetos em 2019
cursos de dos em
atender as de cursos,
extensão e de funcionários Saúde/NEPS
demandas treinamen
qualificação da SEMUSA na
da atenção tos e
internos e Gestão do
básica eventos
externos a trabalho
na
SEMUSA (vinculados a
Secretaria
melhoria das
Municipal
relações do
de Saúde
trabalho) e na
em 2019
educação com
as diretrizes
do SUS
- Divulgação e
comunicação
interna nas
unidades e
nos setores
administrativo
s
META
Operacionali
MANTIDA EM
zar Central Central de Manter a
recurso META 2019. Ampliar
de Regulação Central de 169560 CCAA 2A6
próprio ATENDIDA a cobertura
Regulação funcionando Regulação
para mais
Municipal
unidades.

33
Manutenção - Número - Contratos 29240707,13 - SUS CCAA 2A5 META META
dos serviços Consultas, com terceiros - Recurso PARCIALM MANTIDA EM
de apoio procediment PJ para Próprio ENTE 2019
clínico e os, prestação de - Royalties ATENDIDA
cirúrgico da internações, serviços . Foram
através da cirurgias, como: celebrado
regulação exames e exames, s
no Controle outros procedimento contratos
e Avaliação regulados s e cirurgias com
pelo Controle complementar terceiros
e Avaliação; es para para
- Número e atender a rede prestação
valor de e regulados de
demandas pelo Controle serviços
judiciais e Avaliação; como
atendidas contratualizaç exames,
ão com o HSJB procedim
(internação, entos e
cirurgias e cirurgias.
exames); A
aluguel do contratual
imóvel, ização
locação de 3 com o
vans com 15 HSJB
lugares e 2 ocorrerá
carros de após a
passeio para conclusão
transporte de do
pacientes Chamame
(inter- nto
municipal e Público
municipal) 003/2018,
regulados a
pelo Controle necessida
e Avaliação de de
para veiculos
procedimento foi
s, exames, atendida
cirurgias e através do
consultas contrato
- Material de 091/2018
consumo para e os
manter a materiais
unidade; para
- Atender as consumo
sentenças e
judiciais manutenç
(demandas ão da
legais) unidade
estão
sendo
fornecido
s pelo
almoxarif
ado
central
regularme
nte.
Contrato
com HSJB:
OK
Contratos
com
34
outros
Terceiros
PJ
(laborator
ial,
exames e
procedim
entos ):
OK
Aluguel
do imovel
CCAA: Ok

Locação:
OK, sendo
- 2 vans,
6 carros
de
passeio e
1 carro de
transport
e de
materiais
médicos e
hospitalar
es

Operacionali - garantir a - Contrato R$ - SUS GERENCIA DE 2A2 META


zação e contratação e com terceiros 6.306.700,00 - Outras ASSISTENCIA MANTIDA EM
modernizaç pagamento PJ para transf. Vinc. a EM SAÚDE - META 2019.
ão da UPA dos terceiros prestação de Progr. UPA BARRA PARCIALM
Barra PJ; serviços de: - Rec. Próprio ENTE
- manter a lavanderia, - Convênio ATENDIDA
unidade com alimentação, Saúde . Obras e
os materiais manutenção Instalaçõe
de consumo predial, s:
necessários limpeza e - Processo
ao higienização, 400760/1
atendimento dedetização, 8: em
dos limpeza de tramitaçã
pacientes; caixas dágua e o
- compra de cisternas,
equipamento locação de
s efetuadas; gerador de ar
- Obras medicinal,
efetuadas manutenção
(iniciadas ou de máquinas e
iniciadas/con equipamentos
cluidas) (médicos,
hospitalares,
laboratoriais e
de imagem);
- Material de
consumo para
suprir a
unidade
como:
medicamento
s, dietas

35
enterais,
material
hospitalar,
insumos de
laboratório,
fornecimento
de gases
medicinais
diversos,
material
administrativo
/de escritório
e de
informática,
material
gráfico;
- Aquisição
de
equipamentos
necessários
devido a vida
útil
(depreciação),
reposição e
modernização
: médico-
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamentos
de
informática;
- Obras e
Instalações:
reforma para
atender
problemas
corretivos
prediais e/ou
adequações
necessárias
para atender
alguma
demanda legal
Executar 100% das Contratação Contratação de Recurso GERÊNCIA DE 2A2 META META
todos equipes de profissionais de próprio Fonte ASSISTÊNCIA NOVA MANTIDA EM
indicadores completas profissionais enfermagem de 20 4 ou 100 + EM SAÚDE/ 2019.
estabelecido da área de técnicos de Fonte 20 COORDENAÇÃ
s nas Emfermagem Enfermagem (R$ O UPA BARRA
portarias a fim de 720.000,00 - ano)
referente a realizar e 8 enfermeiros
UPA 24h. acolhimento e (R$ 672.000,00 -
classificação Ano)= R$
de risco; 1.392.000,00
prestar
assistencia
médica
24horas nos
casos de
urgência e
emergência;
desenvolver

36
ações de
assistência
multiprofissio
nal; Realizar
exames
laboratoriais,
radiologia e
eletrocardiogr
ama;
Retivação da
Sala Amarela
e
isolamento/pr
ecaução
Elaborar junto
com a
PLANEJAMENT
Secretaria
O/GERÊNCIA
100% da proposta para
DE META
Qualificar a política inserção no META
N/A N/A ASSISTÊNCIA 2A2 MANTIDA EM
unidade implementad Sistema de NOVA
EM SAÚDE/ 2019.
a Apoio à
COORDENAÇÃ
Implementaçã
O UPA BARRA
o de Política
de Saúde
Contratação
de empresa
espcializada
GERÊNCIA DE
Prover a para
100% da Recurso ASSISTÊNCIA META
identificação confecção de META
demanda R$ 35.000,00 Federal/ EM SAÚDE/ 2A2 MANTIDA EM
visual da todos os NOVA
atendida Estadual COORDENAÇÃ 2019.
unidade materiais de
O UPA BARRA
sinalização e
indentificação
visual da UPA
Adequar 100% da Elaborar R$ 280.000,00 Recurso GERÊNCIA DE 2A2 META META
100% a demanda procedimento Federal/Estad ASSISTÊNCIA NOVA MANTIDA EM
unidade atendida administrativo ual/Municipal EM SAÚDE/ 2019.
frente as visando COORDENAÇÃ
normas aquisição dos O UPA BARRA
ministeriias equipamentos
de exigência :
quanto a Aquisição de
quantidade cadeiras de
de hidratação e
equipament de
os por acompanhant
ambiente e;
Aquisição de
cadeiras, mesa
para
atendimento
médico;
Aquisição de
longarinas
para
recepção;
Aquisição de
Ventilador
pulmonar
mecânico;
Aquisição de
aprelho de

37
oximetria
digital portátil;

Contratação
de empresa
especiaizada
em
manutenção
predial.
- Obras e
Instalações:
reforma do
piso da
Assegurar unidade;
GERÊNCIA DE
100% de - Reforma da
100% da Recurso ASSISTÊNCIA META
todas as estruturas META
demanda R$ 450.000,00 Federal/ EM SAÚDE/ 2A2 MANTIDA EM
manutençõe hidráulicas da NOVA
atendida Estadual COORDENAÇÃ 2019.
s corretivas unidade;
O UPA BARRA
da UPA Reforma da
estrutura do
telhado na
unidade;
Reforma da
parte eletrica
da unidade;
Reforma geral
da unidade
como pintura
externa;
Garantir a 100% da - Contrato Serviço limpeza Recurso GERÊNCIA DE 2A2 META META
contratação demanda com terceiros serviço de Federal/ ASSISTÊNCIA ATENDIDA MANTIDA EM
e atendida PJ para lavanderia Estadual e EM SAÚDE/ 2019.
pagamento prestação de Serviço Recurso COORDENAÇÃ
dos serviços de: dedetização e Próprio O UPA BARRA
terceiros PJ; lavanderia, higienização cx
- manter a alimentação, dágua
unidade limpeza e Serviço de
com os higienização, Alimentação
materiais de dedetização, pacientes
consumo limpeza de Oxigênio
necessários caixas dágua e Ar medicinal e
ao cisternas, vácuo
atendiment locação de Locação Gerador
o dos gerador de ar Exames
pacientes; medicinal, Laboratoriais
- compra de manutenção materiais
equipament de máquinas e Almoxarifado
os equipamentos Mediacamentos
efetuadas; (médicos,
- Obras hospitalares, Equipamentos e
efetuadas imagem); mobiliários
(iniciadas ou - Material de TOTAL
iniciadas/co consumo para R$1.200.000,00
ncluidas) suprir a

38
unidade
como:
medicamento
s, dietas
enterais,
material
hospitalar,
fornecimento
de gases
medicinais
diversos,
material
administrativo
/de escritório
e de
informática,
material
gráfico;

Operacionali - garantir a - Contrato R$ - SUS GERENCIA DE 2A3 meta mantida


zação e contratação e com terceiros 2.220.000,00 - Outras ASSISTENCIA 2019
modernizaç pagamento PJ para transf. Vinc. a EM SAÚDE - META
ão da UPA dos terceiros prestação de Progr. UPA LAGOMAR PARCIALM
Lagomar PJ; serviços de: - Rec. Próprio ENTE
- manter a lavanderia, - Convênio ATENDIDA
unidade com alimentação, Saúde . Obras e
os materiais manutenção Instalaçõe
de consumo predial, s:
necessários limpeza e - Processo
ao higienização, 402362/1
atendimento dedetização, 6:
dos limpeza de - Processo
pacientes; caixas dágua e 400759/1
- compra de cisternas, 8: em
equipamento locação de estudo
s efetuadas; gerador de ar
- Obras medicinal,
efetuadas manutenção
(iniciadas ou de máquinas e
iniciadas/con equipamentos
cluidas) (médicos,
hospitalares,
laboratoriais e
de imagem);
- Material de
consumo para
suprir a
unidade
como:
medicamento
s, dietas
enterais,
material
hospitalar,
insumos de
laboratório,
fornecimento
de gases
medicinais
diversos,
material
administrativo

39
/de escritório
e de
informática,
material
gráfico;
- Aquisição
de
equipamentos
necessários
devido a vida
útil
(depreciação),
reposição e
modernização
: médico-
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamentos
de
informática;
- Obras e
Instalações:
reformas para
atender
problemas
corretivos
prediais e/ou
adequações
necessárias
para atender
alguma
demanda legal
sendo:
(1) -
Processo
402362/2016:
referente a
reforma do
telhado da
UPA Lagomar
no vlr
estimado:
339.208,76
(processo na
Secr. Obras
fechando o
orçamento
tabela EMOP
para depois
licitar),
(2) - projeto
para reformar
a unidade -
(encaminhado
ofício para
Secr. de Obras
iniciar o
projeto)

40
- Contrato
com terceiros
PJ para
prestação de
serviços de:
lavanderia,
alimentação,
limpeza e
higienização,
dedetização,
- garantir a
limpeza de Serviço limpeza
contratação
caixas dágua e serviço de
e
cisternas, lavanderia
pagamento
locação de Serviço
dos
gerador de ar dedetização e
terceiros PJ;
medicinal, higienização cx
- manter a
manutenção dágua
unidade
de máquinas e Serviço de
com os
equipamentos Alimentação
materiais de
(médicos, pacientes GERENCIA DE
consumo
hospitalares, Oxigênio ASSISTENCIA
necessários 100% da Coordenadori META
imagem); Ar medicinal e EM SAÚDE META
ao demanda a das UPAs e 2A3 MANTIDA EM
- Material de vácuo COORDENAÇÃ ATENDIDA
atendiment atendida SEMUSA 2019.
consumo para Locação Gerador O UPA
o dos
suprir a Exames LAGOMAR
pacientes;
unidade Laboratoriais
- compra de
como: materiais
equipament
medicamento Almoxarifado
os
s, dietas Mediacamentos
efetuadas;
enterais,
- Obras
material Equipamentos e
efetuadas
hospitalar, mobiliários
(iniciadas ou
fornecimento TOTAL
iniciadas/co
de gases R$1.200.000,00
ncluidas)
medicinais
diversos,
material
administrativo
/de escritório
e de
informática,
material
gráfico;

Adequar 100% da Elaborar R$ 200.000,00 Recurso GERENCIA DE 2A3 META META


100% a demanda procedimento Federal/Estad ASSISTENCIA NOVA MANTIDA EM
unidade atendida administrativo ual/Municipal EM SAÚDE 2019.
frente as visando COORDENAÇÃ
normas aquisição dos O UPA
ministeriias equipamentos LAGOMAR
de exigência :
quanto a Aquisição de
quantidade cadeiras de
de hidratação e
equipament de
os por acompanhant
ambiente e;
Aquisição de
cadeiras, mesa
para
atendimento
médico;

41
Aquisição de
longarinas
para
recepção;
Aquisição de
Ventilador
pulmonar
mecânico;
Aquisição de
aprelho de
oximetria
digital portátil;
Realizar
acolhimento e
classificação
de risco;
prestar
assistencia
médica Contratação de
Executar
24horas nos profissionais de
todos GERENCIA DE
casos de enfermagem - 12
indicadores Recurso ASSISTENCIA
100% da urgência e profissionais META
estabelecido Federal/Estad EM SAÚDE META
demanda emergência; Técnicos de 2A3 MANTIDA EM
s nas ual/ COORDENAÇÃ NOVA
atendida desenvolver Enfermagem (R$ 2019.
portarias Municipal O UPA
ações de 468.000,00) e 4
referente a LAGOMAR
assistência enfermeiros ( R$
UPA 24h.
multiprofissio 364.000,00)
nal; Realizar
exames
laboratoriais,
radiologia e
eletrocardiogr
ama.
Elaborar junto
PLANEJAMENT
com a
O
Secretaria
SEMUSA/GERE
Credenciar/ proposta para
100% da NCIA DE META
e ou inserção no META
demanda N/A N/A ASSISTENCIA 2A3 MANTIDA EM
Qualificar a Sistema de NOVA
atendida EM SAÚDE 2019.
unidade Apoio à
COORDENAÇÃ
Implementaçã
O UPA
o de Política
LAGOMAR
de Saúde
Contratação
de empresa
espcializada GERENCIA DE
Aquisição de
para ASSISTENCIA
material de 100% da Recurso META
confecção de EM SAÚDE META
sinalização demanda R$ 35.000,00 Federal / 2A3 MANTIDA EM
todos os COORDENAÇÃ NOVA
para a UPA atendida Estadual 2019.
materiais de O UPA
Lagomar
sinalização e LAGOMAR
indentificação
visual da UPA

42
Elaborar
procedimento
administrativo
visando
aquisição dos
equipamentos
:
Aquisição de
cadeiras de
Adequar
hidratação e
100% a
de
unidade
acompanhant
frente as
e; GERENCIA DE
normas
Aquisição de ASSISTENCIA
ministeriais 100% da Recurso META
cadeiras, mesa EM SAÚDE META
de exigência demanda R$ 200.000,00 Federal/Estad 2A3 MANTIDA EM
para COORDENAÇÃ NOVA
quanto a atendida ual/Municipal 2019.
atendimento O UPA
quantidade
médico; LAGOMAR
de
Aquisição de
equipament
longarinas
os por
para
ambiente
recepção;
Aquisição de
Ventilador
pulmonar
mecânico;
Aquisição de
aprelho de
oximetria
digital portátil;
Reequipage META META
Aquisição de
me PARCIALM MANTIDA EM
mobiliário,
climatização ENTE 2019. Meta
telefone e ar
das Fonte 4 ou ATENDIDA parcialmente
20 % de condicionado. GERENCIA DE
unidades da 100 .Telefone mantida -
unidades Mobiliário R$ 156.352,00 ASSISTENCIA 1A1
rede básica (Recursos – SIM Aquisição de
atendidas. novas EM SAÚDE
de saúde Próprios) Mobiliários e
unidadaes
mais 6 ar
Proc
novas condicionado
401693/2018
unidades - MANTIDA
Compra de 100% em Compra de 30.000,00 (Rec 1 - Fonte 4 ou GERENCIA DE 1A1 META META
equipament 2018 material/insu Próprio), 100, 2 - Fonte ASSISTENCIA PARCIALM MANTIDA EM
os, mobília, mos: 40.000,00 (SUS) 20 (Recursos EM SAÚDE ENTE 2019.
materiais e cobertura Próprios) ATENDIDA
insumos curativo, .
para máscara, Cobertura
atender a nebulizador, Curativo –
demanda do Thera Band, ar SIM;
Programa condicionado, Máscara –
Melhor em reposição de SIM;Telef
Casa (PADT) móveis, one –
Ultrasom, SIM;Thera
Tens, balança, Band -
oxímetro, SIM
adipômetro,
Bipap, Cpap,
Computador
(Completo),
impressora,
seladora, ap.
pressão,
esfigmamôme

43
tro, telefone

- Construção META
EMENDA Posto de ENCERRADA.p
PARLAMENT Saúde 24 hs GERENCIA DE META ois se trata de
- obra R$
AR Bicuda - Royalties ASSISTENCIA 1A1 NÃO Emenda
realizada 583.800,00
IMPOSITIVA Grande EM SAÚDE ATENDIDA Parlamentar
055/2017 (OBRAS E
INSTALAÇÕES)
Viabilidade
de
ampliação
da
cobertura
de
Atendiment
o Básico de
Saúde (UBS)
nas áreas
descobertas Aluguel de
: -Visconde, imóveis ou
Miramar, Sol construção de
e Mar, Bela 80% de imóveis Recurso
GERENCIA DE
Vista e Novo cobertura da próprios; R$ próprio - META
ASSISTENCIA 1A1 META NOVA.
Horizonte; -- Atenção redistribuição 5.000.000,00 Fonte 4 ou NOVA
EM SAÚDE
Complexo básica de recursos 100;
da Ajuda humanos e
(Bosque contratação,
Azul); -- se necessário.
Lagomar
(migração
do
ambulatório
da UPA
Lagomar);Or
ganização
dos serviços
no
Aeroporto
Aumento da 100% da Viabilizar R$ Recurso GERENCIA DE 1A1 META META NOVA
capacidade capacidade espaço físico e 120.000,00 próprio - ASSISTENCIA NOVA
instalada de instalada estrutura para Fonte 4 ou EM SAÚDE
consultórios ampliada funcionament 100;
na rede de o de Clínica
assistência escola nos
para serviços da
centralizar Assistência
as que
especialidad contemplam a

44
es médicas e
o serviço de inserção de
reabilitaçao alunos da
viabilizar graduação e
agenda de pós-
atendiment graduação.
o para 2.Mudança de
residentes , imóvel para
internos e contemplar o
acadêmicos NUMSI Proc
da UFRJ 404862/2018
(Medicina, ou
enfermage 404863/2018
me (avaliação de
Nutrição) e imovel para
o Nucleo de viabilizar
Praticas locação)
Integrativas
Policlínica
Cavaleiros:
Melhorias
no espaço
físico da
unidade
para
garantir
acessibilidad
ee
possibilitar a Recurso
100% das Obras para GERENCIA DE
implantação R$ próprio - META
reformas adequação ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
do serviço 150.000,00 Fonte 4 ou NOVA
atendidas estrutural EM SAÚDE
de 100;
hidroterapia
na rede,
reforma
predial para
viabilizar
instalação
da sala de
curativo e
sala de
vacina.
Melhorar da META
Qualidade PARCIALM
1. compra de
dos Serviços ENTE
100% das material e GERENCIA DE
prestados R$ recurso ATENDIDA
demandas equipamentos ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
no Núcleo 150.000,00 Próprio Processo
atendidas para práticas EM SAÚDE
Municipal nº
integrativas ;
de Saúde 401871/2
Integrativa 017
Melhorar a
Qualidade
dos Serviços
100% das reforma GERENCIA DE
prestados recurso META
demandas predial 100.000,00; ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
no Polo Próprio NOVA
atendidas URGENTE, EM SAÚDE
Municipal
de
Oncologia

45
1. Reforma
Melhorar a
Predial;
Qualidade
2.aquisição de
dos Serviços 100% das GERENCIA DE
arquivos (está 1. 500.000,00; 2 - recurso META
prestados demandas ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
condenado 30.000 Próprio NOVA
no Centro atendidas EM SAÚDE
pela zoonoses
de Saúde Dr.
por infestação
Jorge Caldas
de cupins) -

Melhorar a
Qualidade
dos Serviços
prestados
100% das GERENCIA DE
no Centro Reforma recurso META
demandas R$ 200.000,00 ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
de Predial Próprio NOVA
atendidas EM SAÚDE
Especialidad
es Médicas
Dr. Moacyr
Santos
Compra de
um
Readequaçã
audiômetro
o do
dois canais
Serviço de
para
Audiologia
realização de
que
audiometria
encontra-se
tonal e vocal,
com
ganho de
aparelhage
inserção de
m obsoleta 100% das GERENCIA DE
próteses R$ recurso META
e aumento demandas ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
auditivas, 20.000,00 Próprio NOVA
da oferta de atendidas EM SAÚDE
exame do
serviços
processament
atualmente
o auditivo
contratualiz
central;
ados como o
compra de kit
Exame de
para
Processame
realização de
nto Auditivo
audiometria
Central
comportamen
tal
PADT - 100% das Aumentar a Processo nº recurso GERENCIA DE 1A1 META META NOVA
Ampliação demandas frota de 401755/2017 R$ Próprio ASSISTENCIA ATENDIDA
do número atendidas veículos do 324.000,00 EM SAÚDE EM 2018
de Programa
atendiment Melhor em
os do Casa (PADT);
Programa Compra de
de equipamentos
Atendiment , materiais e
o Domiciliar insumos para
e atender a
Terapêutico; demanda do
estruturaçã Programa
o para Melhor em
atendiment Casa;
o dos casos máscara,
de média e nebulizador,
alta Ultrasom,
complexidad Tens, balança,
e. oxímetro,
46
adipômetro,
Bipap, Cpap
seladora,)

Adequação
estrutural
(obras) para
atender –
Implantação
do
Ambulatório
especializado
no
atendimento
Casa da
ao portador
Criança e do
100% das do Transtorno GERENCIA DE
Adolescente R$ recurso META
demandas do Espectro ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
- Melhorar a 500.000,00 Próprio NOVA
atendidas Autista EM SAÚDE
estrutura
(equipe
física
multiprofissio
nal); Mudança
do Serviço de
Neuropediatri
a do segundo
andar para o
térreo (não há
possibilidade
de reparo do
elevador)
– mudança de
imóvel para
Centro de melhor
Referência atendimento
do ao usuário
100% das GERENCIA DE
Adolescente através da R$ recurso META
demandas ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
(CRA) - Locação de 156.000,00 Próprio NOVA
atendidas EM SAÚDE
Melhorar a imóvel com
estrutura condições de
física instalar os
serviços do
CRA
Aquisição de
material para
atender os
serviços
Suprir a
100% das internos GERENCIA DE
gerência de R$ recurso META
demandas atravésw da ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
assistência 50.000,00 Próprio NOVA
atendidas Compra 10 EM SAÚDE
em saúde
porta banner,
04 datashow,
04 tv 45
polegadas

47
Aquisição de
bens
permanentes
Manter em
em
pleno
substituição
funcioname
aos que
nto do
100% das encontram-se GERENCIA DE
Pronto R$ recurso META
demandas em péssimas ASSISTENCIA 1A1 META NOVA
Socorro 100.000,00 Próprio NOVA
atendidas condições de EM SAÚDE
Municipal,
uso ou que
Pronto
foram
Socorro
removidos na
Aeroporto –
qualidade de
bens
inservíveis.
Readequaçã 100% das 1-Locação de 1- Recurso GERENCIA DE 1A1 META META 1 -
o da Rede unidades com Espaço R$96.000,00 próprio ASSISTENCIA PARCIALM ENCERRADA;
de este serviço Próprio 2-Processo EM SAÚDE ENTE META 2.
Fisioterapia atendidas 2-Aquisição de 402899/2017 ATENDIDA PARCIALENTE
do Aparelhos R$47.000,00 .A ATENDIDA;
Município Fisioterápico- Fisioterap META 3 -
Processo nº ia foi PARCIALMENT
402899/2017 realocada E ATENDIDA E
3- Divisórias . MANTIDA
para Readequa PARA 2019
montagem de ção da
box Rede de
Reabilitaç
ão do
Município

- Espaço
físico
adequado
, com
equipe
multiprofi
ssional ,
aquisição
de
equipame
ntos e
mobiliário
s,
atendime
nto
centraliza
do ,
central de
regulação
de vagas,
informatiz
ação

Processo

402899/2
017 e
402900/2
017
(atenderá
parcialme

48
nte)

META
PARCIALM
ENTE
ATENDIDA
.
Instalação
de Salas
de Vacina
nas
seguintes
100% das
unidades:
Readequaçã UBS's Aquisição de
NUAMC
o das salas dotadas de Geladeiras GERENCIA DE META
R$ Recurso Aroeira,
de vacina salas de para 38 ASSISTENCIA 1A1 MANTIDA EM
57.000,00 Próprio Policlínica
em todas as vacina unidades de EM SAÚDE 2019
Cavaleiros
UBS's devidamente saúde da AB
, UBS
equipadas
Morro de
Santana
(Processo

402988/2
017 -
refrigerad
ores e
401488/2
018 – ar)
Aquisição de
extintores, ar
condicionado,
Qualificação Credenciar o
computadores META META
do Serviço junto R$ Recurso Saúde da
, impressora e 1A1 NÃO MANTIDA EM
laboratório ao Ministério 40.000,00 próprio Mulher
realização de ATENDIDA 2019
municipal; da Saúde
uma obra para
adequação
fisica.

49
As ações serão
desenvolvidas
em locais com
grande fluxo
de pessoas,
como a Praça META
Realizar
Veríssimo de ATENDIDA
Campanhas
Melo, . Foram
preconizadas
Calçadão, realizados
pelo Min.
unidades de eventos
Saúde para a
saúde, etc. ao longo
Saúde da
Para realizar do ano, META
Realização Mulher: 01
as campanhas individuai MANTIDA EM
de campanha
serão s e em 2019.
campanhas contra o ca de
necessários parceria intensificar os
contra o CA colo de útero;
recursos com eventos,
de colo do 01 campanha
próprios do outros acrescentar
útero, contra o ca da R$ Recurso Saúde da
município 1A1 setores, ações para os
cancer de mama, 01 75.000,00 próprio Mulher
para: abordand adolescentes,
mama e campanha
eleboração e o os junto aos
outras contra sífilis,
produção de temas: CRAS e ações
voltadas a 01 campanha
material CA de para
saúde da de incentivo
gráfico; mama, CA mulheres na
mulher; ao pré-natal e
aluguel de de colo menopausa;
01 campanha
tendas, mesas do útero,
de incentivo
e cadeiras endometr
ao
para montar o iose e
aleitamento
stand; planejam
materno
aquisição de ento
exclusivo.
kits para familiar.
coleta de
exame
papanicolau,
aquisição de
álcool 96%.
A
sensibilização
da população
se fará META
META
Sensibilizaçã através de ATENDIDA
MANTIDA EM
o da ações Ações . .Tem
2019.Manter
população- educativas educativas nas acontecid
as ações e
alvo sobre a realizadas unidades de o através
R$ Recurso Saúde da incentivar e
importância pelas próprias saúde e as 1A1 dos
32.000,00 próprio Mulher estimular a
do exame e equipes de campanhas atendime
busca do
seguimento saúde das que já foram ntos nas
resultado do
do unidades e citadas. UBSs,
preventivo;
tratamento; também nas ESFs e
campanhas, o NUAMC.
que não
gerará gastos
extras.

50
Para os
exames
papanicolau
não é
necessário a
contratação
META
de serviço
PARCIALM META
terceirizado.
ENTE MANTIDA EM
Basta
ATENDIDA 2019.
qualificar o
.Na Contratação
laboratório
metade de médicos
de
do para suprir o
citopatologia
segundo número de
do muncípio.
quadrime Servidores
Os exames
stre que
Ofertar laboratoriais
houve aposentaram
exames que fazem Mamografia,
contrataç e
terceirizado parte da Ultrassonogra
ão das exoneraram;
s e melhorar rotina de pré- fia R$ Recurso Saúde da
1A1 mamogra Manter o
a qualidade natal já são Transvaginal, 200.000,00 próprio Mulher
fias. Não número de
do serviço terceirizados, obstétrica e
houve mamografias
prestado as não havendo morfológica.
contrataç contratadas;
mulheres necessidade
ão de Contratação
de novo
médicos; de exames
contrato. Já
Processo histopatológic
para os
de os e
exames de
compra imunoistoquí
ultrassonogra
de mica .
fia e
Mamógraf Adquirir
mamografia,
o em novos
se faz
andament mamógrafos.
necessário a
o.
contratação
de serviço
terceirizado
para atender
a demanda
do município.
META
NÃO
1-Capacitar 1-Realizar
ATENDIDA
100% das treinamento
. Não
equipes de dos
houve
saúde em profissionais
qualificaç Qualificação
pré-natal de mediante
Qualificar o ão, porém do pré-natal
risco habitual parcerias e 2- R$ Recurso Saúde da
atendiment 1A1 os para os
e alto risco; outras ações 1.015.000,00 próprio Mulher
o pré-natal; profission profissionais
2-Viabilizar de educação
ais foram das UBS e ESF
meios de permanente;
orientado
aumentar as 2- contratar
s a iniciar
equipes de mais
o pré-
obstetras. obstetras; .
natal do
homem.
Implantação 1- CAPS III 1 - compra de R$ Recurso Saúde Mental 2A2 META META
de CAPS III Operante, 2- mobiliário e 14.350,00 Federal NÃO MANTIDA
em viabilização ATENDIDA 2019

51
conformida
de a dos serviços,
Portaria 2-
336/2002 e incorporação META META
CAPS III R$ Recurso
ao Manual de equipe Saúde Mental 2A2 NÃO MANTIDA
Habilitado 260.000,00 Federal
de plantonista ATENDIDA 2019
ambientes conforme
de CAPS do portaria;
MS
Habilitar
CAPS AD e
viabilizar Habilitar 1- Cadastrar META META
Recurso
meios para CAPS AD proposta no n/a Saúde Mental N/A NÃO MANTIDA
Federal
conversão junto ao MS SAIPS ATENDIDA 2019
em CAPS AD
III
1-Contratação
de psiquiatra META
META
infanto-juvenil PARCIALM
MANTIDA
para o CAPS I: ENTE
2019
Qtd.: 1; 2- ATENDIDA
Rede
Contratação
Ambulatorial
de Psiquiatra META META
da Saúde
Estruturação adulto para NÃO MANTIDA
Mental R$ Recurso
da rede atendimento Saúde Mental 2A2 ATENDIDA 2019
coberta com 520.000,00 Próprio
ambulatorial ambulatorial
profissionais META
sendo 1 para
previstos nas MANTIDA
o CAPS
portarias. META 2019. 1
Betinho e 2
para o Núcleo NÃO PSIQUIATRA
de Saúde ATENDIDA ESTÁ
Mental: Qtd.: RETORNAND
3. O DA LICENÇA
Implantação
de nova
Residência
1- aluguel de
Terapêutica
imóvel, 2-
para
Remanejamen
acolhimento
to dos
de usuários
profissionais META
internados Residência META
necessários ou R$ Recurso PARCIALM
nos Terapêutica Saúde Mental 2A2 MANTIDA
viabilizar 54.000,00 Próprio ENTE
Hospitais implantada 2019
contratação ATENDIDA
Psiquiátricos
de cuidadores
e sem
e 3- compra
vínculos
de
familiares
mobiliários.
e/ou
comunitário
s

R$ 990.000
sendo R$
META META
670.000,00 Recurso
Saúde Mental 2A2 NÃO MANTIDA
Rec.Próprio e R$ Próprio
ATENDIDA 2019
240.000,00 Rec.
Federal

52
META META
R$ Recurso
Saúde Mental 2A2 NÃO MANTIDA
17.890,00 Federal
ATENDIDA 2019

Qualificação
do trabalho
nos
dispositivos
Contratar 4
de Saúde A ser
Trabalho Supervisores Recurso META
Mental: R$ 96.000,00 Saúde Mental 2A2 implantado
implantado Clínicos Próprio NOVA
Caps em 2019
Institucionais
Betinho/RT;
Caps AD,
Caps Infantil
e Caps III
1. Realizar a
capacitação
dos
profissionais
que atuam no
Capacitar as CAPS III em
equipes dos atendimento a A ser
Capacitação META
dispositivos crise na n/a n/a Saúde Mental 2A2 implantado
atendida NOVA
de Saúde atenção em 2019
Mental psicossocial
em CAPS III.
Convenio/Parc
eria com
universidades
federais locais
Reunir todos
os
dispositivos,
técnicos e
familiares e
Realizar os rede
fóruns intersetorial A ser
Foruns Recurso META
municipais para discussão n/a Saúde Mental 2A2 implantado
realizados Próprio NOVA
de saúde de casos e em 2019
mental realização de
propostas
para melhorar
a qualidade
do serviço
prestado.
Investir a Não possui Aumentar o n/a Recurso Vigilância 2A4 META META
equipe de Quadro Municipal Sanitária NÃO MANTIDA EM
VISA na Funcional de ATENDIDA 2019
função Servidores de .
fiscalizadora Nível Superior Servidore
(Médico, s de
Enfermeiro, algumas
Biologo, especialid
Farmaceutico, ades já
etc) da foram
COVISA. solicitado
sa
Secretaria
Municipal
de Saúde
ea
53
Secretaria
Adjunta
de
Recursos
Humanos.
Porém até
o
momento
sem
resposta
META
ATENDIDA
.O aluguel
do imóvel
Manter o onde
aluguel do funciona
imóvel onde a COVISA
atualmente está
está situada a valido até
sede da Maio/201
Manutenção Vigilância 9.
Fonte 10 META
da Sede da Sanitária; R$ Vigilância Próximo
Não possui (Recurso 2A4 MANTIDA EM
Vigilância Aquisição de 120.000,00 Sanitária ao
Próprio) 2019
Sanitária 03 (três) termino,
aparelhos de será
Ar enviada
Condicionado; solicitaçã
Efetuar reparo oa
e manutenção Secretaria
do imóvel. Municipal
de Saúde
para a
renovaçã
o.
META
PARCIALM
ENTE
ATENDIDA
.
Aquisição
de
Manutenção Computa
dos dores -
equipamentos Processo
Disponibiliza Aumentar o existentes; nº
r canais de alcance da Aquisição de 403963/2
comunicaçã comunicação 10 (dez) 018
Fonte 10 META
oe entre a computadores R$ Vigilância (Compras,
(Recurso 2A4 MANTIDA EM
execução Vigilância e aluguel de 100.000,00 Sanitária Contratos
Próprio) 2019
das ações Sanitária e a uma e Atas);
de Vigilância sociedade em impressora; Aquisição
Sanitária 30% Aquisição de de
Internet Internet -
Banda Larga Solicitado
de 30 MB através
dos
Ofícios
Digitais nº
1581/201
8e
5319/201
8.

54
Dotar a 100% das Aquisição de R$ Fonte 10 Vigilância 2A4 META META
Vigilância ações Jalecos, 300.000,00 (Recurso Sanitária PARCIALM MANTIDA EM
Sanitária de realizadas toucas e luvas Próprio) ENTE 2019
impressos, com os descartáveis; ATENDIDA
termos, recursos Aquisição de .
equipament necessários 70 Jalecos Aquisição
os com a de GPS -
especificos descrição Processo
para a "Vigilância nº
fiscalização Sanitária"; 404101/2
e meios de Aquisição de 018
transporte Identificação (Protocol
Funcional para o Saúde);
os Servidores Aquisição
da COVISA; de
Aquisição de 2 Maquina
GPS's; Fotografic
Aquisição de a-
10 Maquinas Processo
Fotograficas; nº
Aquisição de 404100/2
impressos 018;
(Termos e Aquisição
Material de
Educativo); Impressos
Aquisição de - Processo
Material de nº
Papelaria; 400119/2
Aquisição de 018
Material de (Compras,
Higiene e Contratos
Limpeza; e Atas);
Aquisição de Aquisição
Turbidimetro de
e Medidor de Veiculos -
Cloro; Processo
Aquisição ou nº
Locação de 400276/2
Veiculos. 018
(Congem -
Veiculo
alugado,
porém
não foi
entrega
na
COVISA);
Aquisição
de
Veiculos -
Processo

404102/2
018
(Protocol
o Saúde);
Aquisição
de
Material
de
Papelaria
-
Solicitado
55
ao
Almoxarif
ado;
Aquisição
de
Material
de
Higiene e
Limpeza -
Solicitado
ao
Almoxarif
ado;
Aquisição
de
Turbidime
tro e
Medidor
de Cloro -
Processo

402299/2
018
(Planejam
ento e
Controle
das
Contrataç
ões).
Realizar
capacitações
diversas para
META
os servidores
PARCIAM
da Vigilância
ENTE
Sanitária;
ATENDIDA
Realizar Pós-
.A
Graduação em
realização
Elaborar e Vigilância
da Pós-
executar Sanitária em
Capacitações Graduaçã
capacitação parceria com Fonte 10 META
conforme R$ Vigilância o foi
dos a (Recurso 2A4 MANTIDA EM
demanda 250.000,00 Sanitária solicitada
servidores SEMED/FUNE Próprio) 2019
identificada a FEMASS
da Vigilância MAC para os
nos anos
Sanitária servidores da
anteriores
COVISA;
. Uma
Incentivar a
nova
participação
solicitaçã
dos servidores
o vai ser
da Vigilância
realizada.
Sanitária em
cursos e
congressos
DIIRETRIZ MUNICIPAL 2: Aprimoramento da Rede Municipal de Atenção às Urgências e Emergências com extensão e adequação de
Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de serviços de Atendimento Móvel de Urgência, de prontos-socorros, hospitais, centrais de
regulação articuladas às outras redes de atenção - ATENÇÃO E FORTALECIMENTO DA ALTA E MÉDIA COMPLEXIDADE
OBJETIVO: MANUTENÇÃO E FORTALECIMENTO DA REDE DE ALTA E MÉDIA COMPLEXIDADE
AÇÃ
SETOR STATUS
METAS INDICADORES AÇÕES RECURSOS ORIGEM O META 2019
RESPONSÁVEL 2018
PPA

56
- Projeto foi
reanalisado
pelo
Construção
município e META
e
não foi ATENDIDA
manutenção
priorizado - SUS Encerrado
do Centro
para 2018 - Recurso pelo
Especializad
frente a R$ Próprio Alta e Média gestor Meta excluida
o de 2A1
outros 2.249.000,00 - Royalties Complexidade municipal, em 2019
Reabilitação
projetos mais - Convênio com
tipo II e
importantes (não virá) devolução
Oficina de
como: da verba
órtese e
Hospital da federal
prótese
Mulher e
Centro
Oftalmológico
META
ATENDIDA
. vários
processos
em
compras e
- Número de em
doadores, licitação
distribuição para
de melhoria
hemocompon da infra-
Construção entes, estrutura
e exames de do
- Recurso
manutenção imunohenatol - R$ Alta e Média Hemonúcl Meta mantida
Próprio 6A1
do ogia, número Equipamentos 330.000,00 Complexidade eo em 2019
- Royalties
Hemonúcle de pacientes municipal
o Municipal coagulante : Caixas
assistido, térmicas
pesquisa de (processo
hemoglobina 400355/1
S (traço 8),
falsêmico) leitores
ópticos de
cód. De
barras
(processo
401326/1
8)
EMENDA - Hemonúcleo R$ - Royalties Alta e Média N/A META meta excluida
PARLAMENT equipamento Municipal 200.000,00 Complexidade ATENDIDA em 2019, pois
AR comprado e . 1) se trata de
IMPOSITIVA instalado Centrífug emenda
072/2017: a, banho parlamentar
- Aquisição maria e
equipament cadeira de
o coleta
Hemocentro automátic
(EQUIPAME a-
NTOS E processo
MATERIAL 401324/1
PERMANEN 8
TE) 2) Câmara
de
conservaç
ão
científica -

57
processo
401708/1
8
3)
computad
ores - em
tramitaçã
o do
pedido
para
abertura
do
processo

-Processo
número META
400048/2016: ATENDIDA
projeto de . Em
Criação da obra na construçã Meta mantida
- SUS
Central de Central de o/obra no em 2019,
- obra R$ - Recurso Alta e Média
Esterilização esterelização 3P1 HPM, caso não
realizada 401.000,00 Próprio Complexidade
Municipal e na área de previsto finalize até
- Royalties
(no HPM) resíduos do para até dez/2018
HPM, ambas final do
atendendo as ano de
exigências 2018.
legais.
Operacionali - ambulâncias - Contratos R$ - SUS Alta e Média 5A1 META Transferir
zação e contratadas/l com terceiros 1.974.300,00 - Recurso Complexidade PARCIALM para Anteção
modernizaç ocadas; PJ para Próprio ENTE Básica
ão do - número de prestação de - Royalties ATENDIDA
serviço de atendimentos serviços: - Consórcio . Decidido
atenção : na via seguro da Saúde efetuar
móvel e pública, na frota e da locação
urgência residência e tripulação, das
(192) nas unidades manutenção ambulânci
de saúde; corretiva e as, sendo:
- quantidade preventiva da -4
de frota atual ambulânci
transporte: (ambulâncias as UTI
intra- tipo B e D); tipo D
hospitalar (no - Material de (processo
município e consumo para 400194/2
fora do suprir a 018 -
município), unidade: locadas
para material no 1o
realização de hospitalar, sem/18 e
exames e de insumos atendend
procediment específicos de oa
os e para transporte emenda
parecer em (ex.: parlament
outra cobustível, ar
unidade óleo, pneus, 023/2017
borrachas,..), )
medicamento - 12
s, material ambulânci
adminstrativo/ as tipo A
de escritório; (processo
- Aquisição de 401689/1
equipamentos 8) -
: médico- licitação

58
hospitalares,
reposição de
móveis e
utensílios, de
informática e
de viaturas
(para as
ambulâncias
tipo D e B);
- EMENDA
PARLAMENTA
R Nº
023/2017:
atender a
grande fracassad
demanda, a por
ampliando o conta de
serviço de valor e
remoção do será
192 - AÇÃO: remarcad
aluguel de 4 a
novas
ambulâncias
tipo UTI móvel
categoria D
(processo
400194/2018)
- OUTROS
SERV. DE
TERCEIROS - PJ
- FONTE 4 -
VLR R4
1.002.000,00;

META
ENCERRA
- Aquisição de
DA.
1 (uma)
Decidido
ambulância
não
com unidade
EMENDA - ambulância efetuar META
de UTI, para
PARLAMENT comprada e esta EXCLUIDA EM
atendimento a
AR disponibilizad R$ Alta e Média aquisição, 2019, pois se
população do - Royalties N/A
IMPOSITIVA a para a 200.000,00 Complexidade pois a trata de
Frade
Nº população do ambulânci emenda
(EQUIPAMENT
075/2017 Frade a para a parlamentar
OS E
Serra fica
MATERIAL
a
PERMANENTE
disposiçã
)
o no
HPMS
EMENDA - ambulância - Aquisição R$ - Royalties Alta e Média N/A META excluir para
PARLAMENT comprada e de 1 (uma) 182.800,00 Complexidade ATENDIDA 2019, pois se
AR disponibilizad ambulância . As trata de
IMPOSITIVA a para a suporte UTI emendas emenda
Nº população (EQUIPAMENT que parlamentar
031/2017 OS E tratavam
MATERIAL de
PERMANENTE aquisição
) de
ambulânci
a foram
atendidas

59
na
emenda
023/2017,
que
destinou
locação
de
ambulânci
a,
atendend
o assim
esta
demanda
para o
município
Operacionali - garantir a - Contrato c/ R$ - Royalties Alta e Média 2A1 META META
zação e contratação e 3os PJ p/ 33.105.000,00 - Convênio Complexidade PARCIALM MANTIDA EM
modernizaç pagamento prestação de Saúde ENTE 2019 rever os
ão das dos terceiros serviços: - SUS ATENDIDA valores e as
Unidades PJ; lavanderia, - Rec. Próprio .Realizada ações frente
HPM/HPMI - manter as alimentação, várias as mudanças
H, PS unidades com manut. ações, das
Municipal, os materiais predial, como: secretarias
PS de consumo limpeza e - Licitação adjuntas
Aeroporto, necessários higien., de através de
Hemonúcleo ao dedetiz., Lavanderi Decreto
, HPMS, US atendimento limpeza de cxs a: Municipal
do Sana dos dágua/cistern concluído 123/2018.
pacientes; as, locação de - Licitação
- compra de gerador de ar de
equipamento med., manut. Alimentaç
s efetuadas; de máq. e ão:
- Obras eqtos; concluído
efetuadas - Material de - Licitação
(iniciadas ou consumo: manutenç
iniciadas/con medicamento ão de
cluidas) s, dietas equipame
enterais/pare ntos do
nterias, mat. Laboratóri
hospitalar, o,
insumos de Tranfusio
lab., fornec. nal e
de gases med. Hemotera
diversos, pia:
órteses e concluído
próteses, -
material Manutenç
adm/de ão Predial
escrit/de (processo
informát., 402193/1
mat. gráfico; 8): em
- Aquisição tramitaçã
de eqtos o para
devido a vida licitar
útil - Limpeza
(depreciação), de Cx
reposição, dágua e
moder. e Cisternas
ampliação: (processo
médico-hosp, 404170/1
móveis/utensí 8-
lios, eqptos de emergenc

60
inform.; ial)
- Obras e - Licitação
Instalações: de ar
reformas e medicinal:
obras p/ realizado
atender - Novo
problemas Tomógraf
corretivos o:
prediais e realizado
adequações e
p/ atender instalado
demandas - Licitação
legais, sendo: manut.
(1) - corret. e
Impermeabiali prevent.
zação telhado Autoclave
do HPM; (2) - : processo
Construção do fase final
lactário no p licitação
HPM e
ampliação da - Licitação
cozinha do manut.
HPM; (3) - corretiva
Adequação do e prevent.
sistema de aparelhos
gases do HPM de RX:
através da processo
ampliação da em
tubulação p/ tramitaçã
atender o o
Politrauma, a -
Hipodermia Aquisição
Pediátrica e a de: 2
Enfermaria3 camas
(processo cirúrgicas,
402882/2017) 1
; (4) - intesificad
Instalação da or de
rede de imagem p
distribuição centro
interna p/ cirúrgico,
passagem de 15
gases no PS ventilador
Aeroporto; es
(5) - mecânico
Adequação da s, entre
estação de outros
tratamento de - Em
esgoto (ETE) aquisição:
do HPM; (6) - 15
Manutenção monitores
corretiva dos cardíacos
reservatórios (entrega
de água do até final
HPM e do de
HPMIH devido out/18), 1
a corrosão dos videogastr
mesmos; oscópio
- Emenda (já
parlamentar empenha
Nº 171/2017: do), entre
reforço p/ outros
compra de Obras e
61
equipamentos Instalaçõe
de emerg. na s:
Unid. Mista de (1)
Saúde do Sana Processo
(EQUIPAMENT 400715/1
O E MAT. 8 - obra
PERM. - iniciada
FONTE 100 - em
R$ outubro
1.200.000,00) (2)
Realizado
locação
emergenc
ial.
Processo
de
construçã
o
(402533/
17) - em
tramitaçã
o
(3)
Processo
402882/1
7: em
estudo
(4)
Realizado
(5) no
aguardo
da Secr.
Adj. de
Saneame
nto
(6) No
aguardo
da Secr.
de Obras

Emenda
Parlament
ar
171/2017:
-
Aquisição
de ar
condicion
ado (NSD
43/2018):
em
tramitaçã
o na
Coordena
doria
Especial
de
Compras,
Contratos
e Atas
-
Aquisição
de
62
aparelhos
de
pressão
(Processo
403143/1
8): em
tramitaçã
o na
Coordena
doria
Especial
de
Compras,
Contratos
e Atas

EMENDA
PARLAMENT
AR
- Aquisição
IMPOSITIVA
de META
020/2017
mamógrafos META ENCERRADA
EMENDA
- para atender o PARCIALM EM 2019.
PARLAMENT
equipamento municipio R$ Alta e Média ENTE excluir para
AR - Royalties N/A
s comprados (EQUIPAMENT 840.000,00 Complexidade ATENDIDA 2019, pois se
IMPOSITIVA
e instalados OS E . Em trata de
006/2017
MATERIAL licitação. emenda
EMENDA
PERMANENTE parlamentar
PARLAMENT
)
AR
IMPOSITIVA
030/2017

63
-
Treinamentos,
palestras,
congressos e
capacitações
de
atualização,
reciclagem,
aperfeiçoame
nto e
específicos
para
atendimento a
alguma
exigência legal
para os
servidores
Capacitação (podendo ser
dos recursos em Macaé ou META
humanos da fora do PARCIALM META
- cursos R$ - Royalties Alta e Média
Unidades de município) 1A2 ENTE MANTIDA
realizados 280.000,00 - Rec. Próprio Complexidade
Média e Alta - Material ATENDIDA PARA 2019
Complexida gráfico e de .
de comunicação/
marketing que
visam atender
as unidades e
servidores
relacionados a
campanhas,
divulgações,
apostilas,
educação
continuada e
permamente
(ações
educacionais e
motivacionais
ligadas a
saúde)

EMENDA - mobiliário e - Aquisição de R$ - Royalties Alta e Média N/A META META


PARLAMENT equipamento mobiliário e 41.900,00 Complexidade PARCIALM ENCERRADA
AR comprado equipamento ENTE PARA 2019,
IMPOSITIVA para UPA ATENDIDA pois se trata
069/2017 Barra - de emenda
(EQUIPAMENT Aquisição parlamentar
OS E de ar
MATERIAL condicion
PERMANENTE ado (NSD
) 43/2018):
em
tramitaçã
o na
Coordena
doria
Especial
de
Compras,
Contratos
e Atas
-

64
Aquisição
de
aparelhos
de
pressão
(Processo
403143/1
8): em
tramitaçã
o na
Coordena
doria
Especial
de
Compras,
Contratos
e Atas
META
PARCIALM
ENTE
ATENDIDA
-
Aquisição
de ar
condicion
ado (NSD
43/2018):
em
tramitaçã
o na
Coordena
- Aquisição
doria
de mobiliário
Especial
e
de META
EMENDA equipamento
Compras, ENCERRADA
PARLAMENT para UPA
- mobiliário R$ Alta e Média Contratos PARA 2019,
AR Lagomar - Royalties N/A
comprado 41.900,00 Complexidade e Atas pois se trata
IMPOSITIVA (EQUIPAMENT
- de emenda
070/2017 OS E
Aquisição parlamentar
MATERIAL
de
PERMANENTE
aparelhos
)
de
pressão
(Processo
403143/1
8): em
tramitaçã
o na
Coordena
doria
Especial
de
Compras,
Contratos
e Atas

65
META
- Aquisição
PARCIALM
de aparelhos
ENTE
de CR para
ATENDIDA
EMENDA Raio X para excluir para
- - Processo
PARLAMENT unidades da 2019, pois se
equipamento R$ Alta e Média 401222/1
AR SEMAMC - Royalties N/A trata de
comprado e 220.000,00 Complexidade 8: em
IMPOSITIVA (EQUIPAMENT emenda
instalado tramitaçã
071/2017 OS E parlamentar
o com
MATERIAL
compras
PERMANENTE
para
)
aquisição
META
ENCERRA
DA foi
decidido
pela
gestão
- Construção
que esta META
EMENDA Posto de
emenda ENCERRADA
PARLAMENT Saúde 24 hs
- obra R$ Alta e Média não seria PARA 2019,
AR Bicuda - Royalties N/A
realizada 583.800,00 Complexidade efetuada. pois se trata
IMPOSITIVA Grande(OBRA
Informad de emenda
055/2017 SE
o a Secr. parlamentar
INSTALAÇÕES)
De
Planejam
ento no
1o
quadrime
stre
META
PARCIALM
ENTE
Implantação ATENDIDA
100% das Implantação
de um .Instalar
demandas do Centro de
Centro de os META
oftalmológica Especialidades R$ recurso Alta e Média
Especialidad 1A1 procedim MANTIDA EM
s do Oftalmológica 3.000.000,00 próprio Complexidade
es entos no 2019
município s no Hospital
Oftalmológic HPMS
atendidas da Serra.
as conforme
Proc.
402316/2
017
Garantir o 100% do Contratualizaç R$ - Recurso Alta e Média 9A1 META META
atendiment Pagamento ão de serviços 3.781.000,00 Próprio Complexidade ATENDIDA MANTIDA EM
o através das complementar - Royalties 2019.
das subvenções es prestados Acréscimo da
Contribuiçõ em dia pelo SUS tais Subvenção
es como: Shalon
Financeiras ( internação de
subvenções) idosos,
atendimento a
pessoa com
deficiencia
visual,
atendimento
as internações
compulsórias
advindas de
adicto. São
subvenções
contratadas:

66
Liga
Beneficente
São João
Batista,
Recanto dos
Idosos
Sagrado
Coração de
Jesus,
Assossiação
Macaense de
Apoio aos
Cegos e
Shallon
Obras de
reforma e
ampliação no
HPM:
- ampliação do
Centro
Cirúrgico do
Operacionali HPM;
zação e - Ampliação
modernizaç da UTI
100% das
ão das Neonatal; META A
demandas do R$ recurso Alta e Média META
Unidades - Ampliação 6A1 INICIAR EM
município 2.000.000,00 próprio Complexidade NOVA
HPM/HPMI da UTI 2019
atendidas
H, Pediátrica;
Hemonúcle - Melhorias da
o e HPMS Enfermaria 3
da
Maternidade;
- Criação da
Enfermaria do
Adolescente
(de 12 a 18
anos)
DIRETRIZ MUNICIPAL 3: Garantia da assistência farmacêutica no âmbito SUS

OBJETIVO: Manutenção das ações da Farmácia Municipal


AÇÃ
SETOR STATUS
METAS INDICADORES AÇÕES RECURSOS ORIGEM O META 2019
RESPONSÁVEL 2018
PPA
Manutenção 1) processos 1) Execução e R$ 18.901.399,74 R$ Farmácia 5A1 META META
da licitatórios acompanham 17.000.000,0 ATENDIDA MANTIDA EM
Assistência concluidos e ento de todo 0 (Fonte 04), 2019
Farmacêutic publicação de o Ciclo da R$
a no âmbito Atas de Assistência 1.336.248,18
do SUS registro de Faramacêutica (Fonte 20 -
através da Preços; 2) (Seleção, SUS) e
aquisição de Empenhos Programação, R$565.151,56
medicament para Aquisição, (Fonte 22 -
os e fornecimento Armazenamen Estado)
insumos de to,
padronizado medicamento Distribuição e
s pela s necessários Dispensação
REMUME emitidos; de
MACAÉ 3) Rede 100% Medicamento
Obs: abastecida; s);
Portaria 2)
nº1555/201 Planejamento
3, alterada e abertura de
67
pela
Portaria
nº2001/201
7- processos
normatiza o para aquisição
repasse de
para o medicamento
Component s em tempo
e Básico sa hábil;
Assistência 3) Controle de
Farmacêutic Estoque
a no SUS (ponto de
- População reposição,
Estimada no solicitação de
Censo IBGE empenho,
01/07/2016 controle de
, usada validade e
como base distribuição,
para etc);
contrapartid 4) Controle de
a do MS e Saldo das Atas
Estado - de Registro de
239.471 Preços
habitantes Vigentes;
1) Aquisição
de
Equipamentos
e Materiais
Permanetes
(computadore
s,
Adequar impressoras,
áreas físicas câmaras de
da CAF, refrigeração,
100% da área R$ 20.000,00
Farmácias ar
física (Equipamentos e
Municipais, condicionado, Próprios META
adequada da Material META
Pólo prateleiras, (100,04 ou Farmácia 5A1 MANTIDA EM
CAF e Permanente) e R$ ATENDIDA
Excepcional bins, máquina 03) 2019
Farmácias 5.000,00 (obras e
e Farmácias seladora para
Municipais reformas)
das fracionamento
Unidades de de
Emergência. medicamento
s, mesas,
cadeiras);
2)
Manutenção/
Reforma dos
espaços
físicos;

68
1) Elaborar o
Projeto em
parceria com
a
Coordenação
de Estratégia
de Saúde da
Família para
identificar os
pacientes e
realizar a
captação das
receitas
médicas e
possoibilitar a
entrega dos
1) Criação do
medicamento
Programa
Implantar o s pelos
Remédio em
Programa Agentes
Casa aos
Remédio em Comunitários
pacientes R$ 18.692,39
Casa para de Saúde; Próprios
portadores (Equipamentos e META
atendiment 2) Destinar (100,04 ou Farmácia 5A1 META NOVA
de doenças Material NOVA
o ao usuário área física 03)
crônicas; Permanente)
portador de apropriada na
2) Número de
patologia CAF para
pacientes
crônica instalação da
atendidos em
área destinada
domicílio;
à separação e
envase dos
medicamento
s por receita
médica;
3) Adquirir
Equipamentos
e Materiais
Permanentes
necessários;
4) Selecionar
servidores (1
farmacêutico
e 2 auxiliares
administrativo
s);
Implantar 1) Central de 1) Contratação Módulo Farmácia Próprios Farmácia 5A1 META META
sistema Abasteciment de empresa está incluído na (100,04 ou NÃO MANTIDA EM
informatizad o 100% para informatização 03) ATENDIDA 2019
o de informatizada implatação de prevista para toda
gerenciame ; sistema a SEMUSA R$
nto, 2) 100% das informatizado 350.000,00
possibilitand Farmácias para controle
o o registro Municipais de estoque de
de dotadas de medicamento
movimentaç sistema de s da aquisição
ões de informação à dispensação
estoque próprio para ao usuário via
(aquisição, atendimentos MS ou
distribuição das 2) Aquição de
e necessidades computadores
dispensação das mesmas utilizando o
) de sisema Horus
medicament
os na CAF e

69
Farmácias
Municipais

1) Existência
de Veículo da
CAF que seja
adequado ao
transporte de
medicamento
s como
preconiza a
legislação
sanitária e
Promover a
com META
distribuição
dimensão PARCIALM
oportuna
adequada à 1) Locação de ENTE
dos
demanda; Veículo ATENDIDA
medicament
2) Existência Adequado ao Contrato de . Processo
os na rede Próprios META
e Divulgação Transporte de locação de carros de
de serviços (100,04 ou FMS 5A1 MANTIDA EM
às unidades Medicamento da SEMUSA Locação
através de 03) 2019
das Rotas de s através do R$ 96.000,00 de
veículo
Entrega de contrato geral Caminhõe
adequado
Medicamento da SEMUSA; s Licitado
com
s; em
motorista
3) Tempo 29.11.18
fixo
para Entregas
dos
Medicamento
s às Unidades
Inferior a 05
(cinco) dias
corridos após
entrega dos
mapas e
pedidos;
1) Elaborar
Ampliar o material de
Projeto divulgação da
"Propagandi REMUME
100% das Outros
stas da MACAÉ para
unidades de Serviços de
REMUME" distribuição META
saúde R$ 10.000,00 Terceiros - META
na Atenção aos Farmácia 5A1 MANTIDA EM
visitadas até material gráfico Pessoa ATENDIDA
Básica e profissionais e 2019
o final de Jurídica
extender à fixação da lista
2019 (Fonte 04)
Alta e Média de
Complexida medicamento
de s às mesas dos
consultórios
Implantar JUSTIFICATIV 1) Identificar R$ 10.000,00 Próprios SEMUSA e 5A1 META META
Banco de AS: Lei área física estruturação e (100,04 ou Farmácia NÃO MANTIDA EM
Medicament Municipal apropriada a R$ 150.000,00 de 03) ATENDIDA 2019.
os formados 3.277/2009; instalação de RH SOLICITADO
por doações reduções de farmácia com PELO CMS,
de pessoas descartes este fim; PORÉM NÃO
físicas ou desordenado 2) Adequar a HÁ
jurídicas, a s (poluição área de POSSIBILIDAD
serem ambiental) e acordo com a E DE ATENDER
triados e de riscos de legislação NO
70
sanitária
vigente (ar
condicionado,
consumo
tinta epóxi,
indevido, a
balcão, área
partir das
para
chamadas
colocados à separação,
“farmacinhas
disposição prateleiras,
caseiras”;
dos armários
menos gastos
usuários, fechado para
para o
nos locais psicotrópicos,
município MOMENTO
de mesa, cadeira,
com
dispensação computador,
aquisições de
, mediante extintor de
medicamento
receita incêndio);
s;
médica. 3) Solicitar
atendimento
servidores ao
social aos
RH (1
mais
farmacêutico
carentes; etc.
e 2 auxiliares
administrativo
s);
DIIRETRIZ MUNICIPAL 4: Redução dos riscos e agravos à saúde da população, por meio das ações de promoção e vigilância em saúde
OBJETIVO: MANUTENÇÃO E DAS AÇÕES DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE

AÇÃ
SETOR STATUS
METAS INDICADORES AÇÕES RECURSOS ORIGEM O META 2019
RESPONSÁVEL 2018
PPA

1. Promoção
de discussões
sobre a
temática da
promoção em
saúde 2.
Divulgação
das ações
Promover mais
uma relevantes dos
discussão dispositivos da
sobre a Vigilância em
temática da I Simpósio Saúde 3.
Recurso
promoção Municipal de Integração da META
R$ federal (Piso Vigilância em
em saúde na Vigilância em rede de saúde 3A1 NÃO Meta 2019
10.000,00 Vigilância em Saúde
ótica da Saúde municipal 4. ATENDIDA
Saúde)
Vigilância realizado Orientação
enquanto das ações e
eixo da rede serviços de
de atenção saúde para a
à saúde
população,
com
integralidade
e
equidade,
primando pela
humanização
da atenção

71
1. Treinar os
profissionais e
implantar a
testagem para
rápida para
sífilis em
todas as
unidades de
Aumentar a
saúde que
captação
realizam pré-
precoce dos
natal 2.
casos de
Aumentar a
sífilis em
captação
gestante
100% das precoce da
realizando a Vigilância em
Unidades gestante no 1º
testagem Saúde/
Básicas de trimestre
rápida (TRD) Recurso Estratégia de META
Saúde e ESF gestacional 1,2. R$ 2.000,00
para sífilis federal (Piso Saúde da PARCIALM Meta 2019
realizando a através da 3. Inserido no item 3A3
em todas as Vigilância em Família/ ENTE completar
testagem ampliaçao da Farmácia
Unidades de Saúde) Coordenadoria ATENDIDA
rápida para cobertura de
Saúde Municipal de
sífilis em equipes de
municipais, Farmácia
gestantes saúde da
reduzindo
família
consequent
3. Garantir o
emente, os
tratamento de
casos de
1ª escolha da
sífilis
gestante e
congênita
parceiros
sexuais com
Pencicilina
Benzatina
1.200.000 em
toda rede
saúde
municipal
Descentraliz Aplicação da 1. R$ 5.000,00 Recurso Vigilância em 3A3 META Meta para
ar o Penicilina Implantação federal (Piso Saúde/Progra ATENDIDA 2019
tratamento Benzatina em de 5 pólos de Vigilância em ma DST/AIDS/ aumentar
da sífilis no todas as aplicação da Saúde) Gerência de para 100%
município unidades que Penicilia Assistência em
realizam teste Benzatina Saúde/
rápido 1.200.000 UI: Programa de
* Programa Saúde da
DST/AIDS * Mulher/
Casa da Secretaria
Criança e Adjunta de
Adolescente * Média e Alta
NUAMC complexidade
Aroeira *
Hospital da
Serra * Pronto
Socorro
Aeroporto
2. Garantia do
tratamento de
1ª escolha da
gestante e
parceiros
sexuais com
Pencicilina
Benzatina
1.200.000 em

72
toda rede
saúde
municipal

1. Realização
de
treinamento
com todos os
Descentraliz
profissionais
ar as ações
das equipes
de
de ESF 2.
diagnótico,
Descentralizaç
tratamento
ão das ações META
e Vigilância em
60% das ESF junto às PARCIALM
acompanha Saúde/Estartég
com localidades Recurso ENTE
mento dos ia de Saúde da
descentralizaç com maior 1,2. R$ 5.000,00; federal (Piso ATENDIDA
portadores Família/Progra 3A1
ão das ações número de 3. N/A Vigilância em . Meta
de ma de
de pacientes Saúde) anterior
tuberculose Controle da
tuberculose portadores de 30%Realiz
e seus Tuberculose
tuberculose ada 15%
contactante
em
s para as
tratamento no
equipes de
Programa de
Saúde da
TBC 3.
Família
Supervisão
técnica
mensal junto à
essas equipes
1. Incrementar
a equipe da
Área Técnica
com mais 2
(dois)
profissionais
de nível
superior e 1
Incrementar
(um) servidor
as ações da Área tecnica
da parte
Área Técnica de vigilância e Recurso
administrativa META
de Vigilância prevenção de 1. N/A; 2. R$ federal (Piso Vigilância em
2. Equipar o 3A1 NÃO Mantida
e Prevenção acidentes 55.000,00; Vigilância em Saúde
serviço com 2 ATENDIDA
de devidamente Saúde)
computadores
Violências e equipada
, 2 mesas, 6
Acidentes
cadeiras, 3
armários com
2 portas e 1
arquivo para
arquivamento
de
prontuários e
fichas

73
1. Adquirir 6
(seis) Câmaras
para
Conservação
de
Imunobiológic
os,
Termolábeis e
Hemoderivad
os com
capacidade
interna de 420
litros 2.
Adquirir 17
Refrigeradores
- FROST FREE
-Controle de META
temperatura PARCIALM
externo, ENTE
Controle de ATENDIDA
temperatura .A
do congelador camara
Garantir o 300 litros 3. de
armazenam Rede de frio e Adquirir conservaç
ento salas de aparelos de ar Recurso ão já
1. R$ 72.000,00
adequado vacina condicionado federal (Piso Vigilância em licitada.
2. R$ 20.400,00 3A1 Mantida
de todo o municipais para as salas Vigilância em Saúde Solicitaçã
3. R$ 30.000,00
estoque de devidamente de vacina e Saúde) o de
vacinas do equipadas estoque da compras
município Casa da em
Vacina, sendo andament
eles: 4 (quatro o de
) Aparelhos de termomet
ar ro, caixa
condicionado términa e
de Janela gelareiras.
12.000 BTU's
2 (dois) SPLIT
12.000 BTU's
2 (dois) SPLIT
18.000 BTU's
e 2 (duas)
Cortinas de ar
de 120 cm
50 caixas
térmicas de
poliuretano
com
capacidade
para 15 litros
e 40 para 30
litros

74
Adquirir 10
tendas tipo
gazebo, 10
mesas e 40 Garantir a
cadeiras para compra de 10
apoio em gazebos, 20
Promover o
eventos e mesas e 80
suporte
ações cadeiras de
técnico e
realizadas em plástico para
material Recurso META
praças e poio nas ações
necessário federal (Piso Vigilância em PARCIALM
demais locais realizadas em R$ 100.000,00 3A1 Manter 2019
para Vigilância em Saúde ENTE
abertos da locais abertos
realização Saúde) ATENDIDA
cidade da no município,
de eventos e
Vigilância em incluindo
ações extra
Saúde mais campanhas de
muro
10 mesas e vacinação
40 cadeiras humana e
de plástico animal
para apoio
nas ações do
CCZ
Ampliar a Veículos Garantir a R$ 250.000,00 Recurso Vigilância em 3A1 META Mantida
frota de adquiridos aquisição de 5 federal/ Saúde NÃO
veículos veículos para recurso ATENDIDA
para apoio uso dos proprio(Piso
no dispositivos da Vigilância em
desenvolvim Vigilância em Saúde)
ento das Saúde, sendo
ações dos eles:
dispositivos Programa de
da Gerência Imunização
de Vigilância (distribuição
em Saúde de
imunobiológic
os e insumos
para as salas
de vacinação),
Programa de
Saúde do
Trabalhador
(trasnporte
para ações em
todo
municipio e
treinamentos
e
supervbisões
junto às
unidades de
saúde) ,
Vigilância
Epidemiológic
a
(monitoramen
to das
doenças e
agravos em
todas as
unidades de
saúde, visitas
domiciliares,
visitas

75
técnicas,
reuniões,
realização de
investigação
epidemiologic
a), Programa
de
Tuberculose e
Hanseníase
(busca ativa,
visitas
domiciliares,
treinamento e
supervisão
dos
profissionais
nas unidades
de saúde),
Área Técnica
de Vigilância e
Prevenção das
Violências
(treinamento
de
profissionais
da rede,
visiutas
técnicas,
reuniões e
busca de
notificações) e
demais
dispositivos
que se façam
necessários,
DST/AIDS para
realização de
busca ativa e
entrega de
material/medi
camento
Garantir a informativo Confecção de R$ 80.000,00 Recurso Vigilância em 3A1 META Mantida
quantidade para trabalho materiais federal (Piso Saúde NÃO
suficiente de prevenção informativos Vigilância em ATENDIDA
de material de doenças e (folder, Saúde)
informativo promoção da cartazes,
para saúde panfletos,
trabalho de atendido faixas e
prevenção outros) para
de doenças uso dos
e promoção dispositivos da
da saúde Gerência:
Vigilância
Epidemiológic
a, Programa
de
Imunização,
Saúde do
Trabalhador,
Área Técncica
de Vigilância
das Violências,

76
Programa do
Idoso, Centro
de Referência
do Diabético,
CGPOD, DCNT,
Programa de
Tuberculose,
Programa de
Hanseníase,
Área Tecnica
Alimentação e
Nutrição,
Programa DST,
Programa de
Doença
Falcêmica
1. Participação
nos cursos de
aprimorament
o, pelo menos,
1 por
dispositivo da
Participação
gerência 2.
das equipes
Participar de Garantir a
atuantes nos
cursos, participação
eixos
reuniões e dos
temáticos do
eventos profissionais Recurso META
treinamento
externos em reuniões Federal (Piso Vigilância em PARCIALM
em questão 1, 2. R$ 30.000,00 3A1 Mantida
voltados externas Vigilância em Saúde ENTE
de, pelo
para a área convocadas Saúde) ATENDIDA
menos, 1
de Vigilância pela
evento
e Promoção Secretaria de
externo de
da Saúde Estado da
capacitação
Saúde e
ao ano,
demais que
sejam de
interesse para
melhoria da
qualidade do
serviço
Garantir a
manutenção
de todas as
ações
específicas
destes
Manter das dispositivos
Vigilância em
ações de de saúde no
Recurso Saúde/Vigilânc META
Vigilância que tange à 100% das
R$ Federal (Piso ia PARCIALM
Epidemiológ integralidade ações 3A3 Mantida
1.131.958,32 Vigilância em Epidemiológica ENTE
ica e do cuidado realizadas
Saúde) /Programa ATENDIDA
Programa ao usuário,
DST/AIDS
DST/AIDS tanto na
prevenção e
tratamento
das doenças
quanto na
promoção da
saúde.

77
1.Aquisição
dos materiais
e
equipamentos
necessários à
prática de
futebol, volei,
slackline e
capoeira, bem
como
materiais para
lanche;
2. Articulação
da
implantação
Aumentar a
Inserir 150 do programa
adesão e
crianças e em pólos da
efetividade
jovens em rede;
de
situação de 3- Divulgação
frequência META
vulnerabilida da proposta Emenda Vigilância em
dos jovens R$ PARCIALM
de em nos Parlamentar Saúde/CGPOO 3A1 Mantida
matriculado 200.000,00 ENTE
atividades dispositivos da Impositiva D
s - 60% de ATENDIDA
esportivas de rede
adesão e
prevenção, 4- Roda de
70% com
com reforço conversa para
90% de
alimentar Integração dos
frequência
dispositivos
participantes
do projeto
5. Inscrições
através de
encaminhame
nto dos
dispositivos
para seleção
pela equipe
6- Iniciação
das oficinas
por pólo, por
um período de
10 meses.
Integrar e Adquirir 1. Adquirir R$ Emenda Vigilância em 3A1 META Mantida
motivar a equipamento equipamentos 150.000,00 Parlamentar Saúde/CGPOD NÃO
rede através s para para Impositiva ATENDIDA
da infraestrutura montagem de
infraestrutur r as ações e uma sala de
a para ações projetos da videoconferên
inovadoras rede Álcool e cia;
na área de Droga (AD) 2. Adquirir
Alcool e equipamentos
Droga (AD) para
por meio da montagem de
disponibilida um Centro de
de de Formação
equipament Permanente
os 3.
específicos Adquirir três
para tal kits de padaria
dispositivo para
implementaçã
o de oficinas
de padaria em

78
dispositivos da
rede AD

1.Aquisição
Dotar de de material
infra- didático
estrutura 2.Aquisição
Equipar a
fisica e de Emenda META
Escola de R$ Vigilância em
operacional o equipamentos Parlamentar 3A1 NÃO Mantida
Redução de 50.000,00 Saúde/CGPOD
projeto, que para melhor Impositiva ATENDIDA
Danos
já se encontra conforto dos
em sua 8 ª quadros
edição docente e
discente
100% das 1. Aquisição
Garantir as unidades de material
Recurso
ações de nutricionais permanente e META
R$ Próprio Vigilância em
vigilância do município insumos para 3A2 NÃO Mantida
1.213.979,17 (Fonte 4 ou Saúde
nutricional e em total atender as ATENDIDA
100)
alimentar funcionament necessidades
o da CATAN
100% dos
Programas Recurso META
Informatizar Solicitar
equipados R$ Federal (Piso Vigilância em PARCIALM
dos compra de 32 3A1 Meta nova
com 100.000,00 Vigilância em Saúde ENTE
programas computadores
computadore Saúde) ATENDIDA
s
Solicitar
aquisição de
mobiliários
Adequar as 100% das para os Recurso META
unidades unidades com programas, R$ Federal (Piso Vigilância em PARCIALM
3A1 Meta nova
com infraestrutura como 60.000,00 Vigilância em Saúde ENTE
mobiliário adequada armários, Saúde) ATENDIDA
mesas,
cadeiras e
arquivos

79
Realizar a
Garantir o manutenção
funcioname preventiva e
Contratar
nto corretiva de
empresa de Recurso
adequado aparelhos de
manutenção R$ Federal (Piso Vigilância em META
de ar 3A1 Meta nova
de aparelhos 10.000,00 Vigilância em Saúde NOVA
aparelhos condicionado,
de ar Saúde)
eletro, geladeiras de
condicionado
eletrônicos vacina,
e veículos computadore
s e veículos

Casa da Recurso
Reformar a Solicitar a
Vacina R$ Federal (Piso Vigilância em META
Casa da troca o piso da 3A1 Meta nova
completamen 50.000,00 Vigilância em Saúde NOVA
Vacina casa da vacina
te reformada Saúde)
Obter
imóvel Programa Vigilância em
Solicitar a
próprio para DST/AIDS Saúde
compra do R$ Recurso META
funcioname funcionando (Secretaria de 3A3 Meta nova
imóvel do 300.000,00 próprio NOVA
nto do em imóvel Atenção
Programa
Programa próprio Básica)
DST/AIDS

80
Promover Implementar 1. Realização 1,2, 3, 4, 6, 7, 8, 9. Recurso Vigilância em 3A1 META Mantida
a melhoria e implantar o de R$ 10.000,00 5. R$ federal (Piso Saúde/Estratég NÃO
das Programa de treinamento 90.000,00 Vigilância em ia de Saúde da ATENDIDA
condições Saúde do com todos os Saúde) Família
de Homem que profissionais
saúde da garanta da rede de
população linhas de saúde
masculina cuidado, na municipal
do Brasil, atenção à 2.Promoção
contribuind saúde das ações de
o, de modo saúde que
efetivo, para contribuam
a redução significativam
da ente para a
morbidade compreensão
e da realidade
mortalidade singular
dessa masculina
população, nos seus
através do diversos
enfrentame contextos
nto racional sociocul
dos turais e
fatores de político-
risco e econômico 3.
mediante a Fortaleciment
o e
facilitação qualificação
ao acesso, da atenção
às ações e primária
aos serviços garantindo,
de assim, a
assistência promoção da
integral à saúde e a
saúde. prevenção aos
agravos
evitáveis 4.
Capacitação
técnica dos
profissionais
de saúde
para o
atendimento
do
homem 5.
Disponibilidad
e de insumos,
equipamentos
e materiais
educativos; 6.
Articular-se
com as
diversas áreas
do governo
com o setor
privado e a
sociedade,
compondo
redes de
compromisso
e co-
responsabilida
de quanto
81
à saúde e a
qualidade de
vida da
população
masculina 7.
Informações
e orientação
à população
masculina,
aos
familiares e
a
comunidade
sobre a
promoção,
prevenç
ão e
tratamento
dos agravos e
das
enfermidades
do homem 8.
disponib
ilidade de
recurs
os, tecnologia,

insumos
técnico-
científicos e
estrutura
admini
strativa e
gerencial de
modo a
permitir em
todo o país,
na prática, a
implanta
ção das ações
delas
decorrentes 9.
promover
ações
integradas
com outras
áreas
governamenta
is

82
Dois (02)
veterinários
seriam
necessários
para
desempenhar
iam a função
de RT. Com o
advento da
Lei
Contratação Complement
Publicação em
/Gratificaçã ar nº
jornal de
o para 256/2016 Coordenação
grande R$43.200,00 (12
Médico (Reforma Recurso Especial de
circulação e meses) META
Veterinário Administrativ Municipal - Promoção de META
comunicação R$1.800,00 3A5 MANTIDA EM
a ser a), o cargo de Fonte 04 e Saúde Animal NOVA
oficial ao mensais para cada 2019
designado responsável 100 e Controle de
Conselho de um.
como técnico foi Zoonoses
Medicina
Responsável extinto,
Veterinária
Técnico contudo há
necessidade
de retorno do
mesmo para
atendimento
da Legislação
oriunda do
Conselho
Federal de
Medicina
Veterinária
1)
Apresentação
do Plano
Municipal de
Castração; 2)
Apresentação
da Justificativa
para o Plano
Animais
Municipal de
castrados em
Castração; 3)
2017
Apresentação
(realizados
das etapas de
por doações e
Castração
parcerias):
Garantir a (cadastro, Coordenação
162 animais
Castração avaliação do Recurso Especial de META
castrados em META
de Cães e animal, etc.); Municipal - Promoção de PARCIALM
2018 R$ 300.000,00 3A5 MANTIDA EM
Gatos no 4) Fonte 04 e Saúde Animal ENTE
(realizados 2019
âmbito Aprimorament 100 e Controle de ATENDIDA
por doações e
Municipal o da Unidade Zoonoses
parcerias),
de Castração
até o
do Lagomar;
presente
5) Criação das
momento
Unidades de
com apoio da
Castração do
PMM.
Parque da
Cidade e da
Serra, e, 6)
Aquisição de
Medicamento
s, Insumos e
Equipamentos
.

83
Implementa Criação e Cumprimento
Coordenação
ção do Implementaç das Leis
Especial de
incentivo ão da Federais Estudo Anexo. META
Recurso Promoção de META
financeiro Avaliação 11.350/2006; Média de R$ 3A5 MANTIDA EM
Federal Saúde Animal NOVA
aos Agentes Profissional - 12.994/2014, 2.000.000,00 2019
e Controle de
de Valorização e,
Zoonoses
Endemias do Servidor 13.595/2018
META
PARCIALM
1- Realizar ENTE
Reduzir o
trabalho Valores estimados: ATENDIDA
Índice de
durante os Horas extras . Foi
Pendência Visitar no
feriados e fins (salário base ACE/ atingida
(imóveis não mínimo 20 %
de semana; 2- 220 horas mês = 30% da
visitados) dos imóveis 1, 2 e 3:
Realizar R$: 5,40 p/ hora): Centro de meta, não META
das áreas pendentes Recurso
trabalho em R$: 35.942,40 (04 Controle de 3A5 foi MANTIDA EM
com antes do Federal e/ou
horários ACE X 52 fins de Zoonoses realizada 2019
cobertura término de Municipal.
diferenciados; semana integralm
de ACE's cada ciclo de
3- trabalhados), ente por
durante os visitas .
Disponibilizar combustível e falta de
trabalhos de
veículos e alimentação. RH,
rotina.
alimentação. Veículos e
Horas
Extras.
META
PARCIALM
1- Realizar
Valores estimados: ENTE
trabalho de
Horas extras ATENDIDA
rotina e
Realizar (salário base ACE/ . Meta
durante os
visitas nos 220 horas mês = atingida
feriados e fins
imóveis com R$: 5,40 p/ hora): até
Visitar 100 % de semana; 2- 1, 2 e 3:
casos R$: 35.942,40 (04 Centro de 08/2018, META
dos casos Realizar Recurso
notificados ACE X 52 fins de Controle de 3A5 não foi MANTIDA EM
encaminhado trabalho em Federal e/ou
das doenças semana Zoonoses realizada 2019
s ao setor. horários Municipal.
transmitidas trabalhados), integralm
diferenciados;
pelo Aedes combustível e ente por
3-
aegypti alimentação (nos falta de
Disponibilizar
fins de semana e RH,
veículos e
feriados). Veículos e
alimentação.
Horas
Extras.
Criar Decreto para
1- Solicitar o o retorno dos ACE,
retorno dos R$: 884.113,23 (12
Agentes de meses + 01) sendo
Combate a R$: 2060,87 por META
Cobrir as
Endemias ACE (Salário Base NÃO
localidades Visitar 80 %
(ACE) cedidos; 1.184,06 + VT ATENDIDA
que não há dos imóveis 2 e 3: Recurso Centro de META
2- Contratar 40,00 + VR 400,00 falta de
presença elegíveis a Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
33 ACE's; 3 - + VA 200,00 + RH,
dos Agentes cada ciclo de Municipal. Zoonoses 2019
Realizar Insalubridade a Veículos e
de Combate visitas.
Concurso 20% 236,81) X 33 Horas
a Endemias.
Público para ACE X 13 meses, Extras.
33 ACE's. estimar impacto
(Disponibilizar na folha em caso
veículos) de contratação ou
concurso.

84
Através da
aquisição ou
locação de
veículos,
possibilitar a
Disponibiliza
logística
r Veículos Valor estimado
necessária
para para locação de
Atender a para o
realização veículo: R$: Centro de META META
demanada transporte de Recurso
das 502.800,00. Existe Controle de 3A5 NÃO MANTIDA EM
natural e RH, Insumos Municipal.
atividades um Processo de Zoonoses ATENDIDA 2019
reprimida e/ou
do Centro Nº 400276/2018,
equipamentos
de Controle em andamento).
das equipes
de Zoonoses
do Centro de
Controle de
Zoonoses.
(Disponibilizar
veículos)
Estimar valores
para pagamento
de horas extras,
combustível e
1- Realizar alimentação.
trabalho Valores estimados:
durante os Horas extras
feriados e fins (salário base ACE/
de semana; 2- 220 horas mês =
Realizar R$: 5,40 p/ hora):
trabalho em R$: 35.942,40 (04
horários ACE X 52 fins de
diferenciados; semana
3- trabalhados),
Disponibilizar Aquisição de
Reduzir os
veículos e larvicida biológico
maiores
alimentação; 4 (valor estimado:
Índices de Reforçar as 1, 2, 3, 4 e 5: META
- Utilizar 100 R$: 50.800,00 - Centro de META
Infestação visitas e os Recurso PARCIALM
pastilhas de valor referente ao Controle de 3A5 MANTIDA EM
Predial nas métodos de Federal e/ou ENTE
larvicida dobro da Zoonoses 2019
localidades controle. Municipal. ATENDIDA
biológico; 5 - quantidade que
identificadas
Adquirir telas consta no
no LIRAa.
para caixa Processo 400938/
dágua de 250, 2017, Empenho
500 e 1000 1188/2017) e telas
litros (500 para caixa dágua.
unidades de Aquisição de telas
cada), de 2000 para caixa dágua
e 500 litros (valores
(250 unidades estimados: R$:
de cada). 33.575,00 -
(Disponibilizar Processo
veículos) 400674/2017,
Empenhos
1138/2017 e
1139/2017).TOTAL
: R$ 120.317,40

85
Criar Decreto para
o retorno dos ACE,
valor estimado em
caso de
contratação ou
1- Solicitar o
concurso R$:
retorno dos
884.113,23 (12
Agentes de
meses + 01) sendo
Combate a META
Visitar R$: 2060,87 por
Endemias NÃO
quinzenalmen ACE (Salário Base 2, 3: Recurso
Realizar (ACE) cedidos; ATENDIDA
te os 350 1.184,06 + VT Federal e/ou Centro de META
visitas em 2- Contratar falta de
Pontos 40,00 + VR 400,00 Próprio; 4 - Controle de 3A5 MANTIDA EM
Pontos 33 ACE's; 3 - RH,
Estratégicos + VA 200,00 + Recurso Zoonoses 2019
Estratégicos. Realizar Veículos e
pactuados do Insalubridade a Municipal.
Concurso Horas
município. 20% 236,81) X 33
Público; 4 - Extras.
ACE X 13 meses,
Disponibilizar
Valor estimado
Veículo
para locação de
próprio.
veículo (Processo
400276/2018, em
andamento).
TOTAL: R$
884.113,23
1- Capacitar
microscopistas
70% dos
para malária;
casos de
2- Elaborar
malária com
fluxograma
tratamento
para
Realizar iniciado em
atendimento
diagnóstico, tempo Valor estimado
aos pacientes;
disponibiliza oportuno (até para transporte de
3- Tornar o
r tratamento 48 horas a amostras e
laboratório do 1e4-
e executar partir do capacitação de Centro de META
HPM Recurso META
atividades início dos funcionários no Controle de 3A5 MANTIDA EM
referência Federal e/ou ATENDIDA
de bloqueio sintomas para LACENN: Diárias: Zoonoses 2019
para análise Municipal.
de os casos R$: 2.000,00 para
das amostras;
transmissão autóctones e 12 meses. TOTAL:
4- Prover o
de casos de em até 96 R$ 2000,00
CCZ com os
malária. horas a partir
insumos e
do início dos
equipamentos
sintomas para
necessários
os casos
para realizar o
importados).
bloqueio dos
casos.
Realizar Levantament 1- Realização Valores estimados: 1- Recurso Centro de 3A5 META META
tratamentos o de índice de Aquisição de Federal e/ou Controle de PARCIALM MANTIDA EM
quinzenais larvário nas Levantamento Larvicida Biológico Municipal. Zoonoses ENTE 2019
nas valas valas negras de Índice R$: 32.775,00 ATENDIDA
negras para Larvário nas (referente ao . Meta
controle do valas negras Processo atingida
Culex previamente 401483/2015, até
(pernilongo) mapeadas, Empenho 08/2018,
. aplicação 000336/2016). não foi
larvicida TOTAL: R$ realizada
biológico e 32.775,00 integralm
utilização de ente por
máquinas falta de
pulverizadoras RH,
em locais Veículos e
críticos como Horas
valas negras, Extras.

86
bueiros,
terrenos
baldios, entre
outros.

1-
Estruturação e
implantação
da vigilância
entomológica
de Febre
Valores
Amarela; 2-
estimados: Horas
Vigilância
extras (salário
Monitorar ativa e passiva
base ACE/ 220
casos de de epizootias,
Investigar 100 horas mês = R$:
epizootia através do
% dos casos 5,40 p/ hora): R$: 1- Recurso Centro de META
em Primatas monitorament META
de epizootias 35.942,40 (04 ACE Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
Não o da ATENDIDA
em PNH no X 52 fins de Municipal. Zoonoses 2019
Humano população de
município semana
(PNH) no bugios; 3-
trabalhados).
município Acondicionam
Insumos: R$:
ento e envio
12.000,00. TOTAL:
de amostras;
R$ 47.942,40
4- Aquisição
de
equipamentos
e insumos.
(Disponibilizar
veículos)
1- Realizar
Aquisição de Valor estimado
Distribuição bloqueio dos
repelentes para aquisição
de repelentes casos e
para 1000 frascos de
para o monitorament
gestantes e repelentes, R$:
público alvo o de
para os 21,730,00
no entorno epizootias em 1- Recurso Centro de META
grupos com (referente ao META
dos locais que parceria com Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
contraindica Processo ATENDIDA
registraram a ESF, Guarda Municipal. Zoonoses 2019
ção para 400005/2017,
casos de Ambiental e
vacina Empenho
Febre Programa de
contra a 1022/2017).
Amarela e Imunização.
Febre TOTAL: R$
epizootias. (Disponibilizar
Amarela. 21.730,00
veículos)
1- Proteger e
conscientizar
as equipes de
Valor estimado
Distribuição Agentes de
para 7200 sachês,
de protetor Combate a
R$: 10.728,00
Aquisição de solar com Endemias
(referente ao
sachês de repelente sobre a 1- Recurso Centro de META
Processo META
protetores para os cerca necessidade Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
400005/2017, ATENDIDA
solar com de 150 de utilizar Municipal. Zoonoses 2019
Empenho
repelente. Agentes de repelentes
1022/2017).
Combate a para suas
TOTAL: R$
Endemias. atividades e
10.728,00
prevenção do
câncer de
pele.

87
Valores estimados
para locação de
veículo (Processo
400276/2018, em
andamento), 07
galões de 200
1- litros de Óleo
Realizar
Disponibilizar Mineral R$:
bloqueio de
veículo 19.950,00
transmissão Realizar
próprio; 2- (referente ao
através de bloqueio em
Comprar Processo
máquina 100% dos 1, 2 e 3 - META
insumos; 3- 400969/2017, Centro de META
UBV, veículo casos de Recurso PARCIALM
Gratificar os Empenho Controle de 3A5 MANTIDA EM
Fumacê e Dengue, e Federal e/ou ENTE
servidores que 1173/2017), Zoonoses 2019
aplicação Chikungunya Municipal. ATENDIDA
atuam em Inseticida
com bomba encaminhado
horários que Piretróide R$:
costal e s ao CCZ.
antecedem 65.400,00
bomba
e/ou excedem (referente ao
hudson.
o expediente. Pregão 018/2018),
Inseticida líquido
(sem valor de
referência) e horas
extras (estimar
valores). TOTAL:
R$ 84.900,00
META
NÃO
Manutenção ATENDIDA
Manutenção preventiva e .O
1- Maquinário
de corretiva em contrato
UBV; 2- TOTAL: R$: Centro de META
maquinários 100% dos 1- Recurso de
Máquinas 8.000,00 por 12 Controle de 3A5 MANTIDA EM
e maquinários Próprio. manutenç
costais; 3 - meses. Zoonoses 2019
equipament e ão dos
Fumacê.
os. equipamento veículos
s. ficou a
cargo da
SEMAAB.
Controle de Atender 1- Realizar Valores estimados: 1, 2 e 3 - Centro de 3A5 META META
Roedores 100% das bloqueio em Aquisição de Recurso Controle de PARCIALM MANTIDA EM
demandas 100% dos arame liso Federal e/ou Zoonoses ENTE 2019
encaminhada casos de queimado R$: Municipal. ATENDIDA
s ao setor.. leptospirose; 4.580,00 . Raticidas
2- Realizar (referente ao Proc. N.
visitas Processo 404709/2
quinzenais em 402452/2016, 018
Pontos Empenho
Estratégicos; 000848/2016),
3- Realizar Raticidas em bloco
atividades de R$: 48.000,00
rotina com (referente ao
orientação e Processo
tratamento 401640/2016,
químico. Empenho
(Disponibilizar 015/2016),
veículos) Raticidas em
Grãos R$:
14.800,00
(referente ao
Processo
401621/2016,
Empenho
015/2016),

88
Raticidas em pó e
bomba de
aplicação (sem
valores de
referência).
TOTAL: R$ 67.300

1-
Confeccionar
META
material
PARCIALM
informativo Valores estimados:
ENTE
(folders, Horas extras
ATENDIDA
Fortalecer o Realizar cartazes, (salário base ACE/
. Houve
setor de palestras, faixas, 220 horas mês =
1- Recurso um
Educação oficinas, salas banners e R$: 5,40 p/ hora):
Federal e Centro de aumento META
em Saúde de espera e etc); 2- R$: 35.942,40 (04
Municipal. Controle de 3A5 de 541% MANTIDA EM
do Centro outras Realizar ACE X 52 fins de
TOTAL: R$ Zoonoses em 2019
de Controle atividades atividades fora semana
43.942,40 relação ao
de educativas no do horário de trabalhados)
ano
Zoonoses. município. expediente e Aquisição de
anterior,
em feriados e insumos: R$:
mesmo
fins de 8.000,00
sem os
semana.
insumos.
(Disponibilizar
veículos)
Valores estimados:
Bolsas em lona R$:
13.000,00
(Processo
1- Aquisição 402691/2016,
Prover as de bolsas em Empenho
equipes de lona; 2- 000063/2016),
1e2-
Equipar as insumos, Material para Material para META
Recurso Centro de META
Equipes de material de compor as compor as bolsas PARCIALM
Federal, 3- Controle de 3A5 MANTIDA EM
Visitas papelaria e bolsas; 3- R$: 44.854,00 ENTE
Recurso Zoonoses 2019
Domiciliares etc para as Material de (Processo ATENDIDA
Municipal.
atividades de papelaria; 4- 402805/2015,
campo. Telas de Caixa Empenho
D'água. 000640/2016),
Material de
papelaria (estimar
valores). TOTAL:
R$ 57.854,00

89
Valores estimados:
Pequena despesas
de Material de
Consumo R$:
4.000,00 (Processo
1- Manter os
Disponibiliza 400064/2018,
adiantamento
r recursos Facilitar o Empenho
s de Pequenas
para atendimento 000134/2018), Centro de META
Despesas para 1- Recurso META
pagamento das Prestação de Controle de 3A5 MANTIDA EM
Material de Municipal. ATENDIDA
de necessidades serviços R$: Zoonoses 2019
Consumo e
pequenas do setor. 4.000,00
Prestação de
despesas. ((Processo
Serviços.
400063/2018,
Empenho
000133/2018).
TOTAL: R$
8.000,00
Valores estimados:
Confeccionar 1- R$: 41.831,00
1- Adquirir
material (Processo
Confecção formulários 1- Recurso Centro de META
gráfico para 402804/2015, META
de material diversos para Federeal e Controle de 3A5 MANTIDA EM
registro das Empenho NOVA
gráfico as atividades Municipal. Zoonoses 2019
atividades do 000494/2016).
do CCZ.
setor TOTAL: R$:
41.831,00
1- Realizar Pré
Campanha e
Dia D de
Vacinação
Antirrábica
Animal; 2-
Adquirir caixas META
Vacinar a
Campanha térmicas para ATENDIDA
população
de transporte e 2 e 3: Recurso Centro de . Capas de META
canina e Valor estimado :
Vacinação conservação Federal e/ou Controle de 3A5 caixa MANTIDA EM
felina do R$ 16.000,00
Antirrábica de vacinas; 3- Municipal. Zoonoses d'água 2019
município de
Animal Aquisição de 404710/2
Macaé
Kit Lanches 018
para
realização do
Dia D de
Vacinação
Antirrábica
Animal.
Aquisição de Garantir que 1- Alimentar Valor estimado: Recurso Centro de 3A5 META META
materias de todos os os sistemas R$ 40.000,00 Federal e/ou Controle de NOVA MANTIDA EM
informática programas e utilizados pelo Municipal. Zoonoses 2019
para o sistemas CCZ (SDGC,
Centro de estejam em Ofício Digital,
Controle de pleno Protocolo
Zoonoses. funcionament Integrado, Gal,
o. Sendo 10 LIRAa,
computadore FormSUS e
s e 01 etc). 2-
impressora. Contrato de
serviço de
impressão ou
adquirir
impressora
com
suprimentos
(tooner e

90
papel).

1- Incluir no
Garantir a
Planejar,Organograma
gratificação
coordenar e da SEMAAB; 2
aos ACE que
fiscalizar as - Criar os
exercem as Recurso Centro de META
equipes que cargos e Valor estimado: R$ META
funções de Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
executam as garantir o 265.550,00 NOVA
Supervisor Municipal. Zoonoses 2019
atividades de pagamento
Geral ou
controle de através de
Supervisor
vetores. funções
de Campo
gratificadas.
Climatização 1- Garantir a
Aquisição de
da Sede do aquisição para 1- Recurso Centro de META
10 aparelhos Valor estimado: META
Centro de climatização Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
de ar R$: 20.000,00 NOVA
Controle de de todas as 08 Municipal. Zoonoses 2019
condicionado.
Zoonoses salas do setor.
Compra de
equipament
Aquisição de
os, mobília,
cadeiras,
materiais e 1- Recurso Centro de META
100% em mesas, Valor estimado: META
insumos Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
2019 estantes e R$: 12.000,00 NOVA
para Municipal. Zoonoses 2019
armários
atender a
ergonômicos.
demanda do
CCZ
Manutenção Atendimento Pintura RS 450.000 1- Recurso Centro de 3A5 META META
da Sede ao público externa e Federal e/ou Controle de NOVA MANTIDA EM
Atual do interno e interna de Municipal. Zoonoses 2019
Centro de externo. portas,
Controle de janelas,
Zoonoses paredes e etc;
Dispor de
fechaduras
com cópias de
chaves dos
portões e
portas do
setor, adequar
oo
almoxarifado
com
iluminação,
ventilação,
cobertura
adequada e
construção de
barreiras
impermeáveis
que impeçam
a entrada de
terceiros,
instalar tela
laminada e
concertina
dupla ao redor
do imóvel,

91
instalar
telefone,
internet e
ramais em
todas as salas,
consertos
hidráulicos,
instalação de
tomadas que
atendam os
padrões
atuais, manter
o telefone
0800-
0226461.
Construção
e
manutenção Construir e
da sede do manter a Sede
Centro de administrativa
Controle de ; Construir e
Atender
Zoonoses, manter o
todos os
construção almoxarifado Recurso Centro de META
requisitos, META
e do CCZ; R$ 1.500.000,00 Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
respeitando NOVA
manutenção Construir e Municipal. Zoonoses 2019
os padrões de
da central manter a
segurança.
de Ultra central de
Baixo Ultra Baixo
Volume e de Volume do
10 postos de CCZ.
abastecimen
to.
META
Aquisição de PARCIALM
equipament Equipes do Aquisição de ENTE
Recurso Centro de META
os de CCZ máscaras, Valor estimado: ATENDIDA
Federal e/ou Controle de 3A5 MANTIDA EM
proteção devidamente luvas, botas e R$: 80.000,00 . Processo
Municipal. Zoonoses 2019
individual e equipadas. etc. em
coletiva. andament
o.
1- Adquirir os
mobiliário
Guardar,
necessários
controlar e
Estruturar o para
conservar os
Almoxarifad atenderem as Centro de META
insumos e Valor estimado: Recurso META
o do Centro necessidades Controle de 3A5 MANTIDA EM
equipamento R$: 27.000,00 Municipal. NOVA
de Controle do Zoonoses 2019
s do Centro
de Zoonoses almoxarifado
de Controle
e
de Zoonoses.
equipamentos
afins.
Contratação META
de empresa PARCIALM
Uniformizaç Identificar as
especializada ENTE
ão das equipes que Centro de META
em confecção Valor Estimado: Recurso ATENDIDA
equipes de realizam Controle de 3A5 MANTIDA EM
de uniformes, R$: 270.000,00. Federal. . Processo
Campo do visitas Zoonoses 2019
crachás e em
CCZ. domiciliares.
fornecimento andament
de calçados. o.

92
DIIRETRIZ MUNICIPAL 5: GESTÃO DO SUS - Fortalecer a Gestão do SUS atendendo a estraturação com bases nos eixos: Gestão do
Trabalho, Gestão Participativa e Gestão Físico-Orçamentária. Gestão do Trabalho - Contribuição à adequada formação, alocação,
qualificação, valorização e democratização das relações de trabalho dos trabalhadores do SUS; Gestão Participativa - Implementação de
novo modelo de gestão, com centralidade na garantia do acesso, gestão participativa com foco em resultados, participação social e
financiamento estável; Gestão Físico-Orçamentária - Qualificação de instrumentos de execução direta com geração de ganhos de
produtividade e eficiência para o SUS.
OBJETIVO: FORTALECIMENTO DA GESTÃO DO SUS
AÇÃ
SETOR STATUS
METAS INDICADORES AÇÕES RECURSOS ORIGEM O META 2019
RESPONSÁVEL 2018
PPA
Intensificaçã
o de ações
para
100% Manter o Recurso META META
implementa R$
implementad Consórcio Federal/Estad SEMUSA 2A5 NÃO MANTIDA EM
ro 35.000,00
o Intermunicipal ual ATENDIDA 2019
Consórcio
Intermunici
pal
Manutenção
do serviço de
transporte
para atender a
pacientes em
tratamento META
(dentro e fora PARCIALE
do município), MENTE
para coleta e ATENDIDA
envio de . Proc.
procedimento 404151/2
s diversos 018 -
ligados a Atendido
Manutenção
saúde dos em MANTIDO
do Serviço
100% da pacientes 29.11.18 PARA 2019.
adminstrativ Recurso
demanda (dentro e fora R$ 5.000.000,00 SEMUSA 1A3 Valor R$ Somente os
os de Próprio/ SUS
atendida do município) 2.062.200 itens ainda
transporte
e para ,00. não atendidos
para saúde
atender as Processos
tramitações :
adminstrativas 4679/201
e assistenciais 8e
das unidades 400.276/2
de saúde do 018 em
município. andament
Locação de o
veículos para
atender as
demandas da
Divisão de
transportes.
Manter 100% Pagamento de R$ Recurso SEMUSA 1A1 META META
serviços remuneração servidores 347.635.784,09 Próprio; SUS; ATENDIDA MANTIDA EM
administrati dos administrativo Royalties . Sendo 2019
vos das servidores s da SEMUSA 1170.029.
unidades de atendida. 002,78 de
saúde da Atenção
Secretaria Básica +
Municipal 177.336.7
de Saúde 81,31 de
MAC -
Baseado
em
Estimativa

93
feita em
Novembr
o 2018

1. Capacitar os
servidores das
mais diversas
áreas da
saúde
vinculados a
melhoria das
relações do
trabalho e na
educação com
Fortalecer a as diretrizes
Gestão do do SUS. recurso META
Servidores R$ META
trabalho e Divulgar e próprio -fonte SEMUSA 2A5 MANTIDA EM
capacitados 474.000,00 ATENDIDA
da educação comunicar 4 ou 100 2019
do SUS internamente
as unidades e
setores da
Secretaria .2-
Incentivo a
participação
de
profissionais
em
Congressos e
cursos ESF

Pagamento de
Criação de
100% de bolsa para os recurso META
bolsa para R$ META
bolsas residentes e próprio -fonte SEMUSA 1A2 MANTIDA EM
residentes e 651.000,00 ATENDIDA
atendidas professores da 4 ou 102 2019
professores
SEMUSA

Implementa Implementar 1- capacitação R$ 44.800,00 recurso SEMUSA/Centr 1A1 META META


r o Plano em 100% as da rede; 2 federal - o de PARCIALM MANTIDA EM
Operativo ações -contratação Fonte 20 Referência do ENTE 2019
Municipal previstas no de terceiros Adolescente(C ATENDIDA
de Atenção Plano nas para ofertar RA)
Integral à linhas de oficinas
Saúde dos cuidado: específicas ; 3-
Adolescente Acompanham viabilização de
s em ento do insumos para
Conflito com desenvolvime oficinas
a Lei, em nto educativas; 4-
cumpriment psicossocial; material de
o de medida saúde sexual uso
socioeducati e permanente
va de reprodutiva; para
semiliberda saúde reposição.
de, de mental;
acordo com saúde bucal;
as Portarias prevenção e
Ministerial controle de
1082/2014 e agravos;
1083/2014 educação em
saúde e;

94
direitos
humanos,
promoção de
cultura da
paz,
prevenção de
violências e
assistência à
vítimas.
100% das
Fortalecer o
demandas do META
Conselho Manutenção recurso META
Conselho R$ PARCIALM
Municipal das ações do próprio -fonte SEMUSA 2A4 MANTIDA EM
Municipal de 117.000,00 ENTE
de Saúde - CMS 4 ou 101 2019
Saúde ATENDIDA
2018
atendidas
1. Capacitação
dos
Conselheiros
100% das
Municipais de
demandas do
Capacitar os Saúde
Conselho 1- Parceria com a META
Conselheiro ( Atualização N/A CMS 2A4 META NOVA
Municipal de UFRJ/UFF NOVA
s Municipais do poder
Saúde
fiscalizador do
atendidas
controle social
e execução
orçamentário)
Aquisição de
Materiais para
realização da
Conferencia,
Hospedagem
e alimentação
dos
conferencistas
2. XIV , Stands para Recurso
Conferencia Conferência realização do Proprio - META
1. R$ 100.000,00 CMS 2A4 META NOVA
Municipal realizada evento, Fonte 4 ou NOVA
de Saude alimentação 100
dos
participantes,
som, entre
outras
demandas
para
realização do
evento.
3. 100% da
Participação Comissão
(Hospedagem
do Controle Organizadora Recurso
+Alimentação 2. 14.000,00
Social na VIII da Proprio - META
para 14 (Diária/dia + CMS 2A4 META NOVA
Conferência Conferência Fonte 4 ou NOVA
conselheiros hospedagens)
Estadual de participando 101
em 3 noites)
Saúde (Rio da Conf.
de Janeiro) Estadual
4. 100% da (Hospedagem 2. 14.000,00 Recurso CMS 2A4 META META NOVA
Participação Comissão +Alimentação (Diária/dia + Proprio - NOVA
do Controle Organizadora + transporte hospedagens) Fonte 4 ou
Social na XVI da aereo para 06 101
Conferência Conferência conselheiros
Nacional de participando em 4 noites)
Saúde da
(Brasília) Conferência

95
Estadual

Compra de 1
datashow, 1 ar
condicionado
5. com Recurso
Reestruraçã 100% instalaçao, Proprio - META
R$ 12.500,00 CMS 2A4 META NOVA
o fisica do estruturado mobiliario de Fonte 4 ou NOVA
CMS escritorio, 2 101
computadores
, 1 impressora
laser
Aquisição de
um
profissional
exclusivo em
outubro/17
Reestrutura para inserção
ção do e controle das
sistema de sistema de baixas no META
Almoxarifado
controle de controle de Sistema e ATENDIDA META
n/a n/a Central 1A1
estoque que estoque mobilização . 80% ENCERRADA
SEMUSA
encontra-se reestruturado da equipe Atendido
desconsoant para realizar
e análise e
reimplantação
dos saldos
fidedignos
para o ano de
2019
Garantir o
META
pleno Aquisição de
100% das recursos Almoxarifado PARCIALM META
suprimento mateial de R$
unidades prorios e Central 1A1 ENTE MANTIDA EM
das consumo para 18.000.000,00
abastecidas federais SEMUSA ATENDIDA 2019
Unidades de a SEMUSA
.
Saúde
Obter em Ata
Instrução de de Registro de
Processos Preços 100%
Administrati dos produtos
vos visando necessários META
100% da Almoxarifado META
aquisição de para atender ATENDIDA
demanda n/a n/a Central 1A1 MANTIDA EM
insumos que as demandas . 60%
atendida SEMUSA 2019
encontram- dos Atendido
se em falta dispositivos
na rede (em da rede de
tramitação) forma
satisfatória
Aquisição de 100% dos Locação de Solicitado pela Recurso Almoxarifado 1A1 META META
veículo de veículos veículos Divisão de Próprio Central ATENDIDA ENCERRADA
grande adquiridos Trasnportes SEMUSA em
porte 29.11.18
(caminhão Proc.
baú) para 404151/2
utilização no 018
transporte
dos
produtos do
almoxarifad

96
o até os
dispositivos.
No
momento o
Almoxarifad
o conta
apenas com
uma pick up
montana
que fica
impossibilita
da de
atender em
dias
chuvosos.
Padronizaçã
o de
solicitação
de entrega e
Sistematizar o
distribuição
processo
dos
conforme
materiais
necessidades
nos 100% das
da Secretaria META
dispositivos entregas e Almoxarifado META
de ATENDIDA
de saúde, de distribuições n/a n/a Central 1A1 MANTIDA EM
Saúde.Criação . 70%
acordo com padronizadas SEMUSA 2019
de planiha concluído
a categoria a contento
padronizada
de cada um,
para
em
solicitação de
consonância
materiais
com suas
respectivas
Coordenaçõ
es
Contratar
empresa
especializada
para
Entrega de
abasteciment
água
o de água. A
potável em
partir de
galão de 20 100% do
Janeiro de
litros nos abasteciment Almoxarifado META
2019 Recurso META
dispositivos o realizado de R$ Central 1A1 MANTIDA EM
conforme Próprio ATENDIDA
da rede maneira SEMUSA 2019
previsto em
executada direta.
contrato -
diretamente
Criação e
pelo
gestão de
fornecedor
cronograma
de
abasteciment
o

97
META
PARCIALM
ENTE
Manter as ATENDIDA
unidades de . Foi
saúde em realizado
condições Processo
salúbres para de
realizar Aquisição
atendimentos de
Garantir o ao público, Material
atendiment evitando a de
o paralização de Consumo
emergencial qualquer para
100% das
relacionados serviço Recurso Coordenadoria Manutenç
demandas
a reparos prestado Próprio - especial de ão
dessa RS 450.000 1A1 META NOVA
em rede através das Fonte 4 ou Manutenção Processo
natureza
elétrica e ações: 1 - 100 Predial N.
atendidas
hidráulica Aquisição de 403132/2
de todos os Ferramentas 018 de 32
dispositvos adequadas; 2- unidades
da SEMUSA. Aquisição de de ESF + 2
Material de Nuamcs
consumo em 2018.
adequado Somente
com previsão 1 unidade
de 01 ano foi
para utilização plenamen
do mesmo; te
reformad
a UMS
Sana
Manter
Implementa equipe de
r o Plano revisão
Operacional Plano estrutural, Coordenadoria
de revisão implementad atendendo as especial de META
n/a n/a N/A META NOVA
estrutural o e em necessidades Manutenção NOVA
das execução do check list Predial
unidades de desenvolvido
saúde pela
coordenação;
1- Manter os
adiantamento
s de Pequenas
Despesas para
Valores estimados:
Disponibiliza Material de
Pequena despesas
r recursos Consumo e
de Material de Recurso Coordenadoria Coordenadori
para Pequenas Prestação de
Consumo R$: Próprio - especial de META a especial de
pagamento despesas Serviços, com 1A1
4.000,00, Fonte 4 ou Manutenção ATENDIDA Manutenção
de executadas. fins de realizar
Prestação de 100 Predial Predial
pequenas compras e
serviços R$:
despesas. serviços
4.000,00
relativos a
manutenção
das unidades
de saúde
Aquisição de Bombas Garantir que R$ Recurso Coordenadoria 1A1 META EM
Bombas adquiridas as Unidades 50.000,00 Próprio - especial de PARCIALM ANDAMENTO.
Hidráulicas tenha um bom Fonte 4 ou Manutenção ENTE PROCESSO
atendimento 100 Predial ATENDIDA N.404124/20
a utilização da 18

98
qualidade da
agua

Manter as
unidades de
saúde em
condições
salúbres para
realizar
atendimentos
ao público,
evitando a
paralização de
qualquer
serviço
prestado
através da
prestação de
serviços de
100% das manutenção EM
Recurso Coordenadoria META
Aquisição de unidades em para ANDAMENTO.
R$ Próprio - especial de PARCIALM
Material de pleno recuperar a 1A1 PROCESSO
100.000,00 Fonte 4 ou Manutenção ENTE
Consumo funcionament infraestrutura N.402487/20
100 Predial ATENDIDA
o das unidades 18
através de: 1 -
Aquisição de
Ferramentas
adequadas; 2-
Aquisição de
Material de
consumo
adequado
com previsão
de 01 ano
para utilização
do mesmo;
aquisição de
tinta acrílica
para pintura
das unidades.
Aquisição de 100% do Garantir a R$ Recurso Coordenadoria 1A1 META META NOVA
EPI Plano manutenção 500.000,00 Próprio - especial de NOVA
implementad de todas as Fonte 4 ou Manutenção
o e executado ações 100 Predial
em todas as específicas
unidades de destes
saúde. dispositivos
de saúde no
que tange à
integralidade
do cuidado ao
servidor, tanto
na prevenção
de acidentes
quanto na
contaminação
devido a
manuseio de
resídos; Inserir
material de
EPI para ESF e

99
Zoonoses

Facilitar o
atendimento
das
necessidades
dos
dispositivos da
saúde1-
Valores
Realizar Manter os
estimados:
limpeza de adiantamento
Pequena despesas
cisterna e s de Pequenas Recurso Coordenadoria
de Material de META
Caixa d' Recursos Despesas para Próprio - especial de META
Consumo R$: 1A1 MANTIDA EM
água de atendidos Material de Fonte 4 ou Manutenção ATENDIDA
4.000,00, 2019
todos os Consumo e 100. Predial
Prestação de
dispositivos Prestação de
serviços R$:
da saúde; Serviços, com
4.000,00
fins de realizar
compras e
serviços
relativos a
manutenção
das unidades
de saúde
Para melhor
atendimento
da rede
municipal de
Saude.Reform
a de todas as
Restauração Recurso Coordenadoria META
100% da 32 unidades META
predial das R$ Próprio - especial de PARCIALM
demanda de Estratégia 1A1 MANTIDA EM
unidades de 450.000,00 Fonte 4 ou Manutenção ENTE
atendida. de Saúde da 2019
saúde 100 Predial ATENDIDA
Família (EPI-
Frade, Sana,
Córrego do
Ouro e
Glicério) + 2
Nuamc

Adquirir
Recurso Coordenadoria META
Aquisição de 100% da lâmpadas de META
R$ Próprio - especial de PARCIALM
Lâmpadas demanda LED para as 1A1 MANTIDA EM
150.000,00 Fonte 4 ou Manutenção ENTE
Led atendida. unidades de 2019
100 Predial ATENDIDA
saúde

VI. CONSIDERAÇÕES FINAIS

100
Essa programação será avaliada anualmente através dos resultados
obtidos no ano anterior, onde serão avaliadas as metas, o percentual de metas
atendidas, não atendidas, parcialmente atendida e metas novas de cada
coordenação e das Secretarias. Os resultados serão apresentados anualmente
para apreciação dos conselheiros municipais de saúde e a população em geral.
A PAS 2019 deverá ser apresentada pelo Planejamento da Secretaria
Municipal de Saúde ao Conselho Municipal de Saúde.
Além dos relatórios quadrimestrais, caberá a Secretaria Municipal de
Saúde a elaboração do Relatório Anual de Gestão (RAG) conforme orientação
do Ministério da Saúde, atualmente pelo sistema SARGSUS, para análise e
parecer do Conselho Municipal de Saúde. As metas apresentadas em 2019,
deverão ser acompanhadas pelas coordenações e pelos conselheiros a fim de
garantir que as ações pactuadas sejam atendidas em conformidade com a
previsão orçamentária.
Apresentaremos a seguir os resultados da PAS 2019 comparados ao
ano anterior.
TOTAL
TOTAL
TOTAL DE
DE
DE METAS TOTAL DE
METAS POR CONSUMO DO ORÇAMENTO META
PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE - 2019 METAS PARCIAL METAS
ÁREA 2018 S NÃO
ATENDI MENTE NOVAS
ATEN
DAS ATENDI
DIDAS
DAS
R$ ESF ORÇAMENTO APROVADO 2018
ESF ESF R$ 4.229.638,00
110.638,00 = R$ 507.978.900,00 41 66 30 48
ORÇAMENTO COM
03 METAS ODONTOLO
R$ 1.726.544,16 SUPLEMENTAÇÃO 2018 = R$
ATENDIDAS GIA
573.662.900,00 ATÉ 21.11.18
R$ SEMAAB R$ 2.665.000,00
07 METAS 1.750.000,00
PARCIALME R$
CCAA
NTE 29.410.267,13 TOTAL EMPENHADO 2018 = R$
ATENDIDAS 509.717.163,47 ATÉ 21.11.18
04 METAS
R$
NÃO UPA BARRA R$ 8.463.700,00 EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO
1.470.000,00
ATENDIDAS 2018 - 88,85% ATÉ 21.11.18
02 METAS R$ UPA ESTIMATIVA LOA 2019 -
R$ 3.487.000,00
NOVAS 65.000,00 LAGOMAR 540.307.000,00
R$ ASSISTÊNCI ESTIMATIVA AÇÕES SEMUSA
R$ 8.813.051,00
40.000,00 A EM SAÚDE 2019 - 401.223.250,97
R$ SAÚDE DA
R$ 1.362.000,00
150.000,00 MULHER
R$ SAÚDE
R$ 2.043.240,00
384.000,00 MENTAL
VIGILÂNCIA
R$ 770.000,00
SANITÁRIA
ALTA E R$
MÉDIA 282.061.100,00
COMPLEXID
ADE

101
R$
FARMÁCIA
19.561.092,13
R$ VIGILÂNCIA
R$ 4.025.337,49
80.000,00 EM SAÚDE
VIGILÂNCIA
AMBIENTAL R$ 7.161.981,06
R$ (ZOONOSES)
128.000,00 SEMUSA
(GESTÃO DO R$ 6.462.300,00
SUS)
R$ ALMOXARIF R$
10.000,00 ADO 18.000.000,00
R$ MANUTENÇ
R$ 981.000,00
42.000,00 ÃO
TOTAL PAS R$
R$ 4.229.638,00
2019 401.223.250,97
ODONTOLO R$ R$
LOA 2019
GIA 793.000,00 540.307.000,00
02 METAS R$
NOVAS 240.000,00
04 METAS
PARCIALME R$
NTE 25.000,00
ATENDIDAS
01 META
R$ ODONTOLOGIA
NÃO
74.000,00
ATENDIDA
META NOVA R$
(NA) 246.644,16
R$
108.000,00
R$
239.900,00
R$ 1.726.544,16
SEC.M.ADJ.
R$
ATENÇÃO
545.000,00
BÁSICA
03 METAS
PARCIALME R$ SEC. M. ADJ. DE
NTE 1.650.000,00 ATENÇÃO
ATENDIDAS BÁSICA
OUTRAS R$
METAS (NA) 470.000,00
R$ 2.665.000,00
R$
CCAA 169.560,00
01 META R$
ATENDIDA 29.240.707,13
CCAA
01 META
PARCIALME
R$ 29.410.267,13
NTE
ATENDIDA
UPA BARRA R$ 6.306.700,00
01 META
R$ 1.392.000,00
ATENDIDA
01 META
PARCIALME
NTE
ATENDIDA UPA BARRA
META NÃO
ATENDIDA R$ 35.000,00
(NA)
05 METAS
R$ 280.000,00
NOVAS
R$ 450.000,00

102
R$1.200.000,01
R$ 8.463.700,00
UPA R$
LAGOMAR 2.220.000,00
01 META
ATENDIDA R$1.200.000,00
01 META
PARCIALME
R$ 200.000,00
NTE
ATENDIDA UPA LAGOMAR
META NÃO
ATENDIDA R$ 832.000,00
(NA)
05 METAS
R$ 35.000,00
NOVAS
R$ 200.000,00
R$ 3.487.000,00
ASSISTÊNCIA R$
EM SAÚDE 156.352,00
01 META R$
ATENDIDA 70.000,00
05 METAS
PARCIALME R$
NTE 583.800,00
ATENDIDAS
01 META
R$
NÃO
5.000.000,00
ATENDIDA
11 METAS R$
NOVAS 120.000,00
R$
150.000,00
R$
150.000,00
R$
100.000,00
R$ ASSISTÊNCIA
530.000,00 EM SAÚDE
R$
200.000,00
R$
20.000,00
R$
324.000,00
R$
500.000,00
R$
156.000,00
R$
50.000,00
R$
100.000,00
R$
545.899,00
R$
57.000,00
R$ 8.813.051,00
SAÚDE DA R$ SAÚDE DA
MULHER 40.000,00 MULHER
02 METAS R$
ATENDIDAS 75.000,00

103
01 META
PARCIALME R$
NTE 32.000,00
ATENDIDA
02 METAS
R$
NÃO
200.000,00
ATENDIDAS
META NOVA R$
(NA) 1.015.000,00
R$ 1.362.000,00
SAÚDE R$
MENTAL 14.350,00
META
R$
ATENDIDA
260.000,00
(NA)
02 METAS
PARCIALME
NTE
ATENDIDAS
07 METAS
R$
NÃO
520.000,00
ATENDIDAS SAÚDE MENTAL
03 METAS R$
NOVAS 54.000,00
R$
1.081.000,00
R$
17.890,00
R$
96.000,00

R$ 2.043.240,00
VIGILÂNCIA R$
SANITÁRIA 120.000,00
01 META R$
ATENDIDA 100.000,00
03 METAS
PARCIALME R$
NTE 300.000,00 VIGILÂNCIA
ATENDIDAS SANITÁRIA
01 META
NÃO
R$
ATENDIDA
250.000,00
META NOVA
(NA)
R$ 770.000,00
SEC.M.ADJ. SEC. M. ADJ. DE
DE ALTA E ALTA E MÉDIA
R$
MÉDIA COMPLEXIDADE
2.249.000,00
COMPLEXID
ADE
08 METAS R$
ATENDIDAS 330.000,00
08 METAS
PARCIALME R$
NTE 200.000,00
ATENDIDAS
METAS NÃO
R$
ATENDIDAS
401.000,00
(NA)
01 META R$
NOVA 1.974.300,00
R$
200.000,00
R$
182.800,00

104
R$
33.105.000,00
R$
840.000,00
R$
280.000,00
R$
41.900,00
R$
41.900,00
R$
220.000,00
R$
583.800,00
R$
3.000.000,00
R$
232.630.400,00
R$
3.781.000,00
R$
2.000.000,00
R$ 282.061.100,00
FARMÁCIA R$ 18.901.399,74
04 METAS
R$ 25.000,00
ATENDIDAS
01 META
PARCIALME
R$ 18.692,39
NTE
ATENDIDA
01 META
FARMÁCIA
NÃO R$ 350.000,00
ATENDIDA
01 META
R$ 96.000,00
NOVA
R$ 10.000,00
R$ 160.000,00
R$ 19.561.092,13
VIGILÂNCIA R$ VIGILÂNCIA EM
EM SAÚDE 10.000,00 SAÚDE
01 META R$
ATENDIDA 2.000,00
09 METAS
PARCIALME R$
NTE 5.000,00
ATENDIDAS
08 METAS
R$
NÃO
5.000,00
ATENDIDAS
03 METAS R$
NOVAS 55.000,00
R$
122.400,00
R$
100.000,00
R$
250.000,00
R$
80.000,00
R$
30.000,00
R$
1.131.958,32
R$
200.000,00

105
R$
150.000,00
R$
50.000,00
R$
1.213.979,17
R$
100.000,00
R$
60.000,00
R$
10.000,00
R$
50.000,00
R$
300.000,00
R$
100.000,00
R$ 4.025.337,49
ZOONOSES R$ 43.200,00 ZOONOSES
06 METAS
R$ 300.000,00
ATENDIDAS
11 METAS
PARCIALME
R$ 2.000.000,00
NTE
ATENDIDAS
04 METAS
NÃO R$ 35.942,40
ATENDIDAS
10 METAS
R$ 35.942,40
NOVAS
R$ 884.113,23
R$ 502.800,00
R$ 120.317,40
R$ 884.113,23
R$ 2.000,00
R$ 32.775,00
R$ 47.942,40
R$ 21.730,00
R$ 10.728,00
R$ 84.900,00
R$ 8.000,00
R$ 67.300
R$ 43.942,00
R$ 57.854,00
R$ 8.000,00
R$ 41.831,00
R$ 16.000,00
R$ 40.000,00
R$ 265.550,00
R$: 20.000,00
R$: 12.000,00
RS 450.000
R$ 1.500.000,00
R$ 80.000,00

106
R$ 27.000,00
R$ 270.000,00.
R$ 7.161.981,06
GESTÃO DO
R$
SUS/SEMUS
35.000,00
A
03 METAS R$
ATENDIDAS 5.000.000,00
03 METAS
PARCIALME R$
NTE 474.000,00
ATENDIDAS
01 META
R$
NÃO
651.000,00
ATENDIDA
05 METAS R$
NOVAS 44.800,00 GESTÃO DO
SUS/SEMUSA
R$
117.000,00

R$
100.000,00
R$
14.000,00
R$
14.000,00
R$
12.500,00
R$ 6.462.300,00
ALMOXARIF
ADO
05 METAS
ATENDIDAS
01 META
PARCIALME
NTE R$
ATENDIDA 18.000.000,00
META NÃO ALMOXARIFADO
ATENDIDA
(NA)
META NOVA
(NA)

R$
18.000.000,00
MANUTENÇ MANUTENÇÃO
ÃO R$
02 METAS 450.000,00
ATENDIDAS
02 METAS
PARCIALME R$
NTE 8.000,00
ATENDIDAS
META NÃO
R$
ATENDIDA
50.000,00
(NA)
02 METAS R$
NOVAS 100.000,00
R$
500.000,00
R$
8.000,00
R$
45.000,00

107
R$
150.000,00
R$ 861.000,00

VII. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BRASIL. Presidência da República- Lei Complementar nº 141 de 13 de Janeiro


de 2012.
BRASIL, Planejamento Regional Integrado, SES, 2018.
BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria 4.165, de 17/12/2010.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Subsecretaria de
Planejamento e Orçamento. Sistema de planejamento do SUS: uma construção
coletiva: instrumentos básicos.
BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.751, de 12/11/2009.

108
ANEXO 1

109
ESTADO DO RIO DE JANEIRO
PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO

FICHA DE PROGRAMAS - PLANO PLURIANUAL 2018 - 2021

UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: Secretaria Municipal


de Saúde

Unidade 2018 2019 2020 2021

SEMUSA 36.211.339,04 38.273.425,84 39.354.196,11 40.367.917,19


3
Secr. Adj Alta e Média 68.089.248,33 381.515.830,78 395.173.549,01 410.080.042,02
1
Secr. Adj. At. Básica 62.291.976,00 161.206.128,00 167.508.453,12 174.062.871,24
5
TOTAL 66.594.581,37 580.997.403,62 602.038.218,24 624.512.851,46

110
FICHA DE AÇÕES - PLANO PLURIANUAL 2018 - 2021

UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA)

METAS
Pagamento
dos
Manutenção dos servidores
serviços das lotados 10 10 10 10
1 A 1 %
administrativos nos setores 0 0 0 0
da SEMUSA administrativ
os da
SEMUSA 1.080.170,00 1.048.536,80 1.062.438,27 1.076.895,80

Pagamento
Criação de
de bolsa para
bolsa para 10 10 10 10
1 A 2 os residentes %
residentes e 0 0 0 0
e professores
professores
da SEMUSA 651.000,00 677.040,00 704.121,60 732.286,46

111
-
Manutenção
do serviço de
transporte
para atender
a pacientes
em
tratamento
(dentro e fora
do
município),
para coleta e
envio de
Manutenção do
procedimento
Serviço
s diversos 10 10 10 10
1 A 3 adminstrativos %
ligados a 0 0 0 0
de transporte
saúde dos
para saúde
pacientes
(dentro e fora
do município)
e para
atender as
tramitações
adminstrativa
se
assistenciais
das unidades
de saúde do
município.
1.770.000,00 1.810.000,00 1.851.600,00 1.894.864,00

112
Manutenção do Manter o
Consórcio Consórcio 10 10 10 10
2 A 1 %
Intermunicipal Intermunicipa 0 0 0 0
de Saúde l de Saúde
35.000,00 35.000,00 35.000,00 35.000,00

Manutenção
administrativ
a dos 06
dispositivos
da Saúde
Mental com a
implantação
dos 04
dispositivos
de Saúde
Manutenção da
Mental: 10 10 10 787.560, 787.560, 787.560, 787.560,
2 A 2 Atenção %
CAPSI 0 0 0 00 00 00 00
Psicossocial
Aeroporto;
CAPS III
Ajuda; CAPS
II Barreto;
Centro de
Atenção
Psicossocial
Álcool e
Drogas III
Ajuda.

113
- Adquirir e
manter o
sistema de
gestão da
saúde
através da
automatizaçã
o dos
processos
internos
(administrativ
oe
Implantação e
operacional)
manutenção do 10 10 10 10
2 A 3 e dos %
Sistema de 0 0 0 0
processos
Informação
relacionados
ao paciente
(prontuário) e
cartão SUS,
com
capacidade
de
interligação
sistêmica
entre as
unidades de
saúde. 3.071.000,00 3.271.000,00 3.271.000,00 3.271.000,00

Manutenção do Manter o
Conselho conselho 10 10 10 10
2 A 4 %
Municipal de municipal de 0 0 0 0
Saúde Saúde
117.000,00 118.000,00 118.000,00 118.000,00

114
-
Capacitação
dos
funcionários
da SEMUSA
na Gestão do
trabalho
(vinculados a
melhoria das
Fortalecimento relações do
da Gestão do trabalho) e
10 10 10 10
2 A 5 trabalho e da na educação %
0 0 0 0
Educação do com as
SUS diretrizes do
SUS
- Divulgação
e
comunicação
interna nas
unidades e
nos setores
administrativ
os 474.000,00 470.000,00 470.000,00 470.000,00

Operacionalizaç Manter a
10 10 10 10
2 A 6 ão da Central de Central de %
0 0 0 0
Regulação Regulação
166.000,00 169.560,00 173.262,40 177.112,90

115
Manutenção dos Pagamento
serviços dos
10 10 10 10
3 A 1 administrativos funcionários %
0 0 0 0
da Vigilância em da vigilância
Saúde em saúde 518.000,00 535.120,00 552.924,80 571.441,79

Manutenção das Manutenção


ações de das ações de
10 10 10 10
3 A 2 Vigilância Vigilância %
0 0 0 0
Nutricional e Nutricional e
Alimentar Alimentar. 1.213.979,17 1.213.979,17 1.213.979,17 1.213.979,17

Manutenção
Manutenção das
das ações da
ações da
Vigilância 10 10 10 10 1.131.958, 1.091.958, 1.091.958, 1.091.958,
3 A 3 Vigilância %
Epidemiológi 0 0 0 0 32 32 32 32
Epidemiológica
ca e
e DTS/AIDS
DTS/AIDS

Construção e Construção e
manutenção das manutenção
10 10 10 10 2.391.000, 2.549.000, 2.806.000, 2.963.000,
2 A 4 ações de das ações de %
0 0 0 0 00 00 00 00
Vigilância Vigilância
Sanitária Sanitária.

Manutenção
Manutenção
das Ações de
das Ações de 10 10 10 10 950.979, 950.979, 950.979, 950.979,
3 A 5 Vigilância %
Vigilância 0 0 0 0 16 16 16 16
Ambiental
Ambiental
(Zoonose)

116
-
Manutenção
do serviço de
transporte
sanitário
Transporte
eletivo para
Sanitário Eletivo
atender 10 10 10 10
4 A 1 - Emenda %
pacientes 0 0 0 0
Parlamentar
dentro do
Impositivas
município e
fora do
município
(TFD).
200.000,00 200.000,00 200.000,00 200.000,00

Mantutenção
Mantutenção da da
10 10 10 10
5 A 1 Assistência Assistência %
0 0 0 0
Farmacêutica Farmacêutica
. 21.653.692,39 23.345.692,39 24.065.372,39 24.813.839,59

TOTAL ANO 36.211.339,04 38.273.425,84 39.354.196,11 40.367.917,19

117
FICHA DE AÇÕES - PLANO PLURIANUAL 2018 - 2021

UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: Secretaria Municipal Adjunta de Atenção Básica

METAS
Tip Descrição do FÍSICAS FINANCEIRAS
N U.
o Projeto / Descrição 201 201 202 202
º M. 2018 2019 2020 2021
P/A Atividade 8 9 0 1

Pagamento
dos
servidores
Manutenção
das lotados
dos serviços
nas
1 A 1 administrativos % 100 100 100 100
unidades da 137.016.700,00 142.386.628,00 147.971.353,12 153.779.467,24
da Atenção
Atenção
Básica
Básica e
dispositivos
de saúde

118
1 A 2 Operacionaliza - % 100 100 100 100
ção e Contratação 2.304.500,00 854.500,00 854.500,00 854.500,00
modernização de serviços
do de terceiros
Serviço de PJ para:
Saúde Bucal exames,
limpeza e
higienização
,
manutenção
predial,
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e
cisternas, ar
condicionad
o, aluguéis
de imóveis,
máquinas e
equipament
os,
manutenção
de
equipament
os
odontológico
s, cirúrgicos,
de imagem
e prestação
de serviços
de PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionamen

119
to da
unidade.
- Material de
consumo
para suprir:
material
odontológico
, insumos,
medicament
os, material
administrativ
o, de
escritório e
de
informática,
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipament
os
odontológico
s, móveis e
utensílios,
equipament
os de
informática
- Obras de
manutenção
predial da
unidade

120
Manutenção
dos serviços
administrativ
os das
unidades e
dispositivos
integrantes
da Atenção
Básica
Consolidação e ( estratégia
2 A 1 expansão a saúde da % 100 100 100 100
atenção básica família, 10.364.765,04 8.364.765,04 8.364.765,04 8.364.765,04
NASF, UBS,
consultório
rua,
consultório
assentament
o,
consultório
LGBT, PSE,
PMAQ)

2 P 2 Construção Construção % 100


das Unidades através de 5.640.000,00
Básicas de convênio do
Saúde programa
Requalifica
UBS de 06
novas
unidades:
UBS tipo IV
Aeroporto -
Namorados,
UBS tipo IV
Aeroporto -
R.

121
Aristóteles,
UBS tipo I
Virgem
Santa, UBS
tipo III
Barramares,
UBS tipo IV
Lagomar,
UBS tipo III
Nova
Holanda.

Ampliação e
reforma das
Reforma:
2 P 3 Unidades % 100
UBS Sana 55.776,00
Básicas de
Saúde

Pagamento
dos
funcionários
Consolidar e
da saúde da
expandir a
família da
3 A 1 Estratégia % 100 100 100 100
administraçã 17.275.000,00 17.965.000,00 18.682.600,00 19.428.904,00
Saúde da
o direta da
Família
Prefeitura
Municipal de
Macaé.

TOTAL
ANO 162.291.976,00 161.206.128,00 167.508.453,12 174.062.871,24

122
FICHA DE AÇÕES - PLANO PLURIANUAL 2018 - 2021

UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: Secretaria Municipal Adjunta de Alta e Média Complexidade (SAÚDE)

METAS
Ti FÍSICAS FINANCEIRAS
Descrição
po N U.
do Projeto / Descrição
P/ º M. 20 20 20 20 2018 2019 2020 2021
Atividade 18 19 20 21
A

Pagamento
Manutençã
dos
o dos
servidores
serviços
das lotados
administrat 10 10 10 10
1 A 1 nas unidades %
ivos da Alta 0 0 0 0
da Alta e
e Média
Média
Complexid
Complexidad
ade
e
277.082.337,29 288.037.830,78 299.431.544,01 311.281.005,77

123
-
Treinamento
Capacitaçã
dos
o de
funcionários
Recursos
da Secretaria
Humanos
de Alta e
da 10 10 10 10
1 A 2 Média %
Secretaria 0 0 0 0
Complexidad
de Alta e
e
Média
- Divulgação
Compexida
e
de
comunicação
interna 280.000,00 280.000,00 280.000,00 280.000,00

2 A 1 Operaciona - % 10 10 10 10
lização e Contratação 0 0 0 0 36.002.000,00 36.292.100,00 37.646.705,00 39.069.040,25
modernizaç de serviços
ão das de terceiros
Unidades PJ e PF
de Média e para:
Alta exames,
Complexid lavanderia,
ade limpeza e
higienização,
manutenção
predial,
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e
cisternas, ar

124
condicionado
, ar
medicinal,
alimentação/
nutrição,
jardinagem,
aluguéis de
imóveis,
máquinas e
equipamento
s,
manutenção
de
equipamento
s médicos,
cirúrgicos,
hospitalares,
laboratoriais,
e de imagem
e prestação
de serviços
de PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o das
unidades.
- Material de
consumo
para suprir:
material
hospitalar,

125
insumos de
laboratório,
gases
mediciais,
medicamento
s, órteses e
próteses,
material
administrativ
o, de
escritório e
de
informática,
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s médico-
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática
- Obras de
adequação
para
atendendo
as
exigências
legais dos
orgãos

126
envolvidos
(SUS,
Ministério da
Saúde,
Anvisa,
Vigilância
sanitária) e
obras de
manutenção
predial das
unidades

2 A 2 Operaciona - % 10 10 10 10 5.542.000,00 5.542.000,00 5.542.000,00 5.542.000,00


lização e Contratação 0 0 0 0
modernizaç de serviços
ão da de terceiros
UPA PJ e PF
BARRA para:
exames,
lavanderia,
limpeza e
higienização,
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e
cisternas,

127
manutenção
predial, ar
condicionado
, ar
medicinal,
alimentação/
nutrição,
máquinas e
equipamento
s,
manutenção
de
equipamento
s médicos,
hospitalares,
laboratoriais,
de imagem e
prestação de
serviços de
PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo
para suprir:
material
hospitalar,
insumos de
laboratório,

128
gases
mediciais,
medicamento
s, material
administrativ
o, de
escritório, de
informática e
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s médico-
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática
- Obras de
manutenção
da unidade

129
2 A 3 Operaciona - % 10 10 10 10 2.410.000,00 2.410.000,00 2.410.000,00 2.410.000,00
lização e Contratação 0 0 0 0
modernizaç de serviços
ão da de terceiros
UPA PJ e PF
LAGOMAR para:
exames,
lavanderia,
limpeza e
higienização,
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e
cisternas,
manutenção
predial, ar
condicionado
, ar
medicinal,
alimentação/
nutrição,
máquinas e
equipamento
s,
manutenção
de
equipamento
s médicos,
hospitalares,
laboratoriais,
de imagem e
prestação de

130
serviços de
PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo
para suprir:
material
hospitalar,
insumos de
laboratório,
gases
mediciais,
medicamento
s, material
administrativ
o, de
escritório, de
informática e
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s médico-
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamento

131
s de
informática
- Obras de
manutenção
da unidade

2 A 4 Operaciona - % 10 10 10 10
lização e Contratação 0 0 0 0 733.400,00 733.400,00 733.400,00 733.400,00
modernizaç de serviços
ão do de terceiros
CEO PJ e PF
(Centro de para:
Especialida exames,
des limpeza e
Odontológi higienização,
cas) alimentação,
manutenção
predial,
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e

132
cisternas, ar
condicionado
, aluguéis de
imóveis,
máquinas e
equipamento
s,
manutenção
de
equipamento
s
odontológico
s, cirúrgicos,
de imagem e
prestação de
serviços de
PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo
para suprir:
material
odontológico,
insumos,
medicamento
s, material
administrativ
o, de

133
escritório e
de
informática,
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s
odontológico
s, móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática
- Obras de
manutenção
predial da
unidade

2 A 5 Operaciona - % 10 10 10 10
lização do Contratação 0 0 0 0 36.255.000,00 36.815.000,00 37.397.400,00 38.003.096,00
Controle e de serviços
Avaliação e de terceiros
Auditoria PJ para:
exames
complementa
res, aluguél
do imóvel
- Material de
consumo
para
insumos,

134
material
administrativ
o, de
escritório e
de
informática,
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s
odontológico
s, móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática
- Obras de
manutenção
predial da
unidade

2 A 6 Operaciona - % 10 10 10 10
lização do Contratação 0 0 0 0 344.000,00 1.529.000,00 2.369.000,00 2.369.000,00
CER e da de serviços
Oficina de terceiros
Ortopédica PJ para:
exames,
limpeza e
higienização,
manutenção
predial,

135
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e
cisternas, ar
condicionado
,
manutenção
de máquinas
e
equipamento
s e prestação
de serviços
de PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo,
próteses e
órteses,
insumos,
medicamento
s, material
hospitalar,
material
administrativ
o, de
escritório e
de

136
informática,
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s de
reabilitação e
específicos
para oficina
ortopédica,
móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática
- Obras de
manutenção
predial da
unidade

2 A 7 Operaciona - % 10 10 10 10
lização do Contratação 0 0 0 0 692.000,00 712.000,00 712.000,00 712.000,00
programa de serviços
Melhor em de terceiros
Casa PJ para
(PADT) manunteção
dos serviços
prestados no
programa e
para atender
as
necessidade

137
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo
como:
insumos e
material
administrativ
o

- Obras de
infra-
estrutura
para criação
da Central de
Esterilização
conforme
exigências
Criação da
legais
Cental de
3 P 1 determinada % 60 40
Esterilizaçã
s pela
o Municipal
Vigilância
Sanitária
Municipal
- Aquisição
de
equipamento
s, móveis e
utensílios 512.511,04 310.000,00 60.000,00 60.000,00

138
- Obras de
infra-
estrutura
para criação
da Centro de
Especialidad
e em
Criação da
Reabilitação
Centro de
conforme
Especialida
4 P 1 pactuação % 60 38 2
de em
em CIB e
Reabilitaçã
aprovação
o (CER)
do Ministério
da Saúde
- Aquisição
de
equipamento
s, móveis e
utensílios 3.915.000,00 914.000,00 100.000,00 0,00

4 P 2 Criação da - Obras de % 10 409.000,00 - - -


Oficina infra- 0
Ortopédica estrutura
para
conclusão da
construção
da Oficina
Ortopédica
conforme
pactuação
em CIB e
aprovação
do Ministério

139
da Saúde
- Aquisição
de
equipamento
s, móveis e
utensílios

5 A 1 Operaciona - % 10 10 10 10
lização e Contratação 0 0 0 0 1.301.000,00 2.819.500,00 2.835.500,00 2.755.500,00
modernizaç de serviços
ão do de terceiros
- SERVIÇO PJ e PF
DE para:
ATENÇÃO limpeza e
MÓVEL DE conservação,
URGÊNCIA seguro da
/ 192 frota e da
tripulação,
dedetização,
limpeza de
caixas
d'água e
cisternas,
manutenção
preventiva e
corretiva da
frota de
veículos
(ambulâncias
tipo de B e
D) e
prestação de
serviços de

140
PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo
para suprir a
unidade:
material
hospitalar,
insumos
específicos
de transporte
(ex.:
combustível,
pneu, óleo,
borrachas,..)
,
medicamento
s, material
administrativ
o, de
escritório, de
informática e
serviços
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s médico-

141
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática e
de viaturas
(ambulâncias
tipo D e B)
- Obras de
manutenção
predial e de
adequação
da unidade
para
atendimento
as
exigências
legais
previstas na
portaria do
SAMU e/ou
para
melhoria da
infra-atual
para os
veículos e
servidores
que atuam
no 192

142
6 A 1 Construção - % 10 10 10 10
e Contratação 0 0 0 0 330.000,00 2.330.000,00 330.000,00 330.000,00
manutençã de serviços
o adm e de terceiros
operacional PJ e PF
do para:
SERVIÇO limpeza e
MUNICIPAL conservação,
DE dedetização,
HEMOTER limpeza de
APIA caixas
d'água e
cisternas,
manutenção
preventiva e
corretiva de
máquinas e
equipamento
s (ex.:
balanças,
agitator de
plaquetas,
cadeiras de
coleta, ar
condicionado
, geladeiras,
centrífugas,
extrator de
sangue,
homogeneiza
dores,
pipetas,
seladoras,

143
aparelhos de
pressão,
autoclaves,
camaras de
conservação
e camaras
refrigeradas)
e prestação
de serviços
de PF para
atender as
necessidade
s atuais de
funcionament
o da
unidade.
- Material de
consumo
para suprir a
unidade:
material
hospitalar,
insumos
específico de
coleta e de
laboratório,
medicamento
s, material
administrativ
o, de
escritório, de
informática e
serviços

144
gráficos
- Aquisição
de:
equipamento
s médico-
hospitalares,
móveis e
utensílios,
equipamento
s de
informática
- Obras de
manutenção
predial e de
adequação
da unidade
para
atendimento
as
exigências
legais

- Obras de
infra-
Criação do estrutura
banco de para criação
leite: Casa do espaço de
7 P 1 % 5 32 63
do aleitamento
aleitamento materno
materno conforme as
exigências
legais 60.000,00 700.000,00 1.200.000,00

145
8 P 1 Construção - % 20 30 50
do Hopital Desenvolver 510.000,00 2.345.000,00 3.054.000,00
público da projeto com
mulher todas as
plantas:
arquitetura,
civil,
execução,
elétrica,
hidráulica,
bombeiro,
vigilância
sanitária,...,
bem como
efetuar a
construção
do hospital
da mulher de
acordo com
os órgãos
reguladores
(exigências
legais)
garantindo
assim o
credenciment
o SUS como
Hospital de
baixa e
média
complexidad
e (hospital
maternidade

146
e
ginecológico)
.
- Atender os
requisitos
para atender
o programa
da Rede
Cegonha

Assistência
Contribuiçã
financeira às 10 10 10
9 A 1 o %
entidades 0 0 0
Financeira
filantrôpicas
10
0 2.281.000,00 2.281.000,00 2.281.000,00 2.281.000,00

TOTAL ANO 368.089.248,33 381.515.830,78 395.173.549,01 410.080.042,02

147
ANEXO 2
148
Propostas da XIII Conferência Municipal de Saúde de Macaé
A Plenária da XIII Conferência Municipal de Saúde de Macaé, reunida nos dias 29 e 30 de junho de 2017, no uso das atribuições que lhe são

previstas pela Lei 8142/90 e também dos termos da Convocação da presente Conferência, que tem como tema e diretriz: “Redescobrindo a Atenção Básica”

apresentou as propostas não realizadas e parcialmente realizadas referentes à XII Conferência Municipal de Saúde (CMS) que serão incorporadas

automaticamente ao Relatório Final da XI CMS. Cada proposta que fora publicizada durante a Conferência foi identificada de acordo com sua origem, ou

seja, se acordo com Grupo de Trabalho específico na qual fora discutida. O conjunto das propostas da XIII CMS foi organizado por blocos, para facilitar a

análise e elaboração dos instrumentos de Planejamento do SUS. As mesmas estarão relacionadas aos Grupos de Trabalho (GT) nas quais foram discutidas,

conforme legenda abaixo:

 GT 1 – Atenção Básica;

 GT 2 – Média e Alta Complexidade;

 GT 3 – Assistência Farmacêutica;

 GT 4 – Gerência e Vigilância em Saúde;

 GT 5 – Gestão do SUS.

Data: 30/06/2017 Local: Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho Horário: 16h

149
GRUPO 1: Atenção Básica
PROPOSTAS APROVADAS
1 – Instrumentalizar a rede de atenção básica e capacitar seus profissionais para implementaçãoda Política de atenção a

saúde do homem e da Rede Cegonha.

2– Garantir o fortalecimento e estruturação da rede de saúde em todos os níveis de complexidade, para que a atenção

básica assuma o atendimento a clientela da Atenção Domiciliar Nível 1 e o PADT/SAD passe a atender a demanda da

Atenção Domiciliar Nível 2 no início e consolidar os atendimentos de Atenção Domiciliar Nível 3

3 – Garantir ampliação e fortalecimento da equipe do NASF- Núcleo de Atenção a Saúde da Família segundo a portaria

ministerial vigente, e a inclusão de profissionais especializados em práticas integrativas e complementares de saúde. E

ampliação, conforme a Portaria Ministerial vigente, da cartela de serviços disponíveis na rede de saúde nas equipes

ESF/UBS.

4 – Garantir que o cargo de chefia na Atenção Básica seja de profissional concursado, da área de saúde, e prioritariamente

com formação específica e de nível superior; e que todos os outros profissionais da atenção básica sejam do regime

estatutário selecionado mediante concurso público.

5 – Garantir a descentralização dos programas de saúde existentes e capacitação dos profissionais da rede articulando-a em

todo o município mediante reestruturação do serviço de referência e contra-referência.

150
6 – Garantir a desburocratização e agilidade da marcação de consultas e exames na rede de saúde do município, bem como

aprimorar a divulgação aos usuários e profissionais das unidades e serviços disponíveis.

7 – Fomentar a ação intersetorial entre a SEMUSA e SEMDSDHA para incluir ao Centro de Convivência do Idoso o Centro

dia para o Idoso, proporcionando um espaço de assistência à saúde do idoso como suporte as famílias evitando o abandono

e o abrigamento.

8 – Garantir a articulação intersetorial com secretaria de ordem pública, visando a segurança dos profissionais, usuários e

patrimônio das unidades básicas de saúde.

9 – Garantir a estruturação das unidades básicas de saúde existentes de acordo com o "Manual de Estrutura Física das

Unidades Básicas de Saúde" do Ministério da Saúde e ampliação mediante estudo e planejamento técnico de acordo com a

característica territorial, epidemiológica e qualitativa do serviço, da cobertura da Atenção Básica para atingir 100% da

população macaense, fortalecendo-a como ordenadora do sistema.

10 – Dar continuidade à implementação das PICs- Práticas Integrativas e Complementares de acordo com a política nacional,

priorizando as ações na atenção básica e garantindo o acesso da população ao medicamento homeopático e fitoterápico.

Fomentar a implantação das farmácias: viva, homeopática e fitoterápica a fim de fortalecer as ações determinadas pela

PNPIC bem como garantir junto à câmara municipal o reconhecimento das PICS enquanto política pública municipal.

151
11 – Garantir direitos trabalhistas dos profissionais, isonomia salarial entre todos os profissionais da rede de saúde e a

inclusão da gratificação de assiduidade e produtividade para todas as categorias profissionais da atenção básica.

12 – Garantir e fomentar a capacitação (educação permanente e continuada) de todos os profissionais da atenção básica e

respectiva operacionalização, mediante a articulação com instituições de ensino superior instaladas no município.

13 – Garantir a inclusão no plano de cargos, carreiras e salários, dos profissionais de saúde da ESFs/NASFs, bem como a

garantia de estruturação das unidades com equipamentos, materiais e informatização.

14 – Garantir a transparência da aplicação dos recursos oriundos do PMAQ e criação de uma legislação específica para o

pagamento de bonificação de desempenho.

Data: 30/06/2017 Local: Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho Horário: 16h
GRUPO 2: Média e Alta Complexidade
PROPOSTAS APROVADAS
1. Garantir a Implantação, implementação e acessibilidade ao Centro Especializado de Reabilitação Regional (CER) e ao Centro
Municipal de Reabilitação (CMR) em local apropriado e individualizado.

2. Garantir a implantação, implementação e manutenção dos dispositivos substitutivos da Saúde Mental, como Capsi, Caps III, Caps ad
III, Residência Terapêutica e leitos de Saúde Mental em Hospital Geral, segundo a Portaria GM/MS 3088/2011 e a Portaria GM/MS
148/2012 para garantir atenção as pessoas com sofrimento mental e com necessidades de saúde decorrente do uso de álcool, crack
e outras drogas, e RAPS – Rede de Atenção Psicossocial, considerando os serviços já pactuados.

3. Garantir a capacitação de todos os profissionais da rede de saúde, em especial e prioritariamente à atenção básica, para atuar em:
violência doméstica, abuso sexual, alienação parental e acompanhamento do cuidado e dos processos.

152
4. Fortalecer e ampliar os dispositivos de Atenção à Saúde da Mulher, a implementação da captação de recursos junto aos entes
federais e estaduais, garantindo o funcionamento em articulação com as ESF, UBS e a Política de Ensino em Saúde.

5. Garantir o acesso prioritário dos pacientes oncológicos a autorização e realização dos exames de média e alta complexidade, e a
efetiva implantação do Plano de Atenção Oncológica Municipal.

6. Implantação de uma Política Municipal de Ensino em Saúde contemplando as diretrizes das portarias interministeriais, e priorizando
o estágio supervisionado e a Residência Multiprofissional na rede de saúde.

7. Implantar uma Política de Saúde do Trabalhador na rede de saúde do Município de Macaé, com foco na saúde física e mental,
atenção a infraestrutura e insumos nos locais de trabalho, com base na NR 24, para garantir a qualidade do trabalho e assistência.

8. Garantir o acesso a rede de dados/internet e outros dispositivos tecnológicos e, no mínimo, uma linha de telefone a todas as
unidades de saúde, prioritariamente às UBS e ESF, permitindo a implementação da diretriz ministerial de alta responsável, referência
e contra referência.

9. Garantir a efetiva implementação dos sistemas de regulação, controle, auditoria e avaliação dos procedimentos de alta e média
complexidade nas unidades de saúde do município, respeitando os princípios da integralidade e universalidade do SUS, e
respeitando a ordem de prioridade e agendamento.

10. Garantir a implantação do Banco de Leite Humano no município de Macaé.

11. Garantir a implementação da Política de Atenção Integral a Saúde do Adolescente considerando as especificidades desta faixa
etária conforme a Lei Federal 8069/90 (ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente), priorizando a imediata implantação de leitos
especializados no HPM – Hospital Público Municipal, ampliando o quadro de psiquiatras nos ambulatórios especializados e no Centro
de Referência do Adolescente.

12. Fortalecer, garantir o pleno funcionamento, e ampliar os Centros de Especialidades e Centros de Referência, visando dar suporte
às demandas da Atenção Básica, realizando a captação de recursos junto aos entes federais e estaduais, e garantindo seu
funcionamento em articulação com as ESF, UBS, a Política de Ensino em Saúde e as diretrizes da linha de cuidado prioritária da rede
de atenção as pessoas com doenças crônicas (Portaria GM/MS nº 483 de 1 de abril de 2014).

153
13. Implementar a tabela complementar aos procedimentos de média e alta complexidade, com base na portaria GM/MS 1606 de 11
de Setembro de 2001, estimulando o credenciamento ao SUS dos Serviços de Saúde.

14. Elaborar projetos especializados e específicos, buscando construir parcerias junto ao poder judiciário para que as penas
alternativas possam ser revertidas em recursos para a assistência à saúde.

15. Garantir a composição da equipe multiprofissional em regime de 24h em todas as unidades de emergência com vistas à garantia
da humanização de atendimentos às vitimas de violência e redução dos riscos e agravos.

Local: Centro de Convenções Jornalista Roberto


Data: 30/06/2017 Horário: 16h
Marinho
GRUPO 3 Assistência Farmacêutica
PROPOSTAS APROVADAS
1- Promover a reestruturação das farmácias satélites para atendimento regional às UBS/ESFs com responsabilidade técnica

do profissional farmacêutico e devido abastecimento de medicamentos padronizados na REMUME Macaé 2017.

2- Expandir o acesso à informação sobre medicamentos padronizados pelo SUS aos profissionais de saúde e usuários.

3- Garantir a prescrição prioritária baseada na lista de medicamentos padronizados na REMUME Macaé 2017.

4- Garantir o funcionamento pleno e continuado da Comissão de Farmácia e Terapêutica (CFT).

154
5- Instalar nas farmácias satélites e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) postos de recolhimento de medicamentos

vencidos para descarte pelos usuários e correta destinação final sob supervisão da Vigilância Sanitária.

6- Promover a criação do cargo de assistente/dispensador de farmácia para o próximo concurso ou promover a alteração da

nomenclatura dos assistentes administrativos atualmente lotados nas unidades de farmácia, visando à permanência dos

servidores treinados.

Data: 30/06/2017 Local: Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho Horário: 16h
GRUPO 4: Gerência e Vigilância em Saúde
PROPOSTAS APROVADAS
1) Informatização em toda a rede de saúde Que a coordenação de Vigilância em Saúde realize um Fórum de Vigilância em
Saúde, prévia à Conferência Regional de Vigilância em Saúde.
2) Que a coordenação de Vigilância em Saúde realize um Fórum de Vigilância em Saúde, prévia à Conferência Regional de
Vigilância em Saúde.
3) Garantir que todos os veículos, inclusive os doados e cedidos pelos entes federativos, tenham a manutenção realizada
pelo município.
4) Garantir o transporte para realização de serviços essenciais de saúde e para a capacitação externa dos profissionais da
SEMUSA.

155
5) Garantir a manutenção de mobiliários, manutenção predial, e equipamentos de trabalho.
6) Implantar a educação permanente no município
7) Garantir a prevenção de doenças, nas Unidades Básica de Saúde como: sífilis, HIV, Tuberculose, Hanseníase, Hepatite,
doenças infecto-contagiosas, dentre outras. Garantir a implantação do polo UBV (ultra baixo volume), seguindo os
manuais publicados pelo Ministério da Saúde (MS) para realização dos bloqueios dos casos de arboviroses.
8) Garantir o espaço adequado dos postos de abastecimento (PA) de apoio para as ações do CCZ
9) Garantir o número de profissionais de saúde de acordo com a Portaria Ministerial 1631 de 01 de Outubro de 2015
10) Garantir a aquisição de equipamentos e materiais frente a situações de emergências em saúde pública, seguindo as
orientações do plano de contingência do município.
11) Garantir o espaço físico exclusivo para as ações do programa DST/AIDS
12) Garantir a atenção nutricional a partir das recomendações do Guia Alimentar Para a População Brasileira em todos os
dispositivos de saúde do município
13)Garantir o profissional médico hematologista no programa de doenças falcêmicas para atendimento dos usuários de todas
as faixas etárias.

Data: 30/06/2017 Local: Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho Horário: 16:00 H
GRUPO 5: Gestão do SUS
PROPOSTAS APROVADAS
1) Garantir o progressivo investimento orçamentário no plano plurianual na área de atenção básica até atingir nos

quatro anos o equivalente ao investimento orçamentário destinado a área de média e alta complexidade.

2) Promover a criação de um boletim informativo virtual pela Prefeitura de Macaé disponibilizando a atualização

156
mensal e descritiva de valores aplicados na saúde, com intuito de criar uma malha de controle de gestão, gastos,

metas, transparência, além de formulação de dados para a rede municipal.

3) Garantir a participação dos servidores dando suporte financeiro necessário para atividades de educação

permanente e continuada.

4) Garantir a implementação dos instrumentos legais das ações de integração ensino-serviço-comunidade e

formalização das parcerias entre governo municipal e instituições de ensino que utilizam a rede viabilizando novos e

permanentes cenários de práticas de saúde.

5) Implementar uma política de transporte sanitário capaz de garantir a execução das ações da política de saúde em

todos os níveis de atenção.

6) Garantir a implementação das revisões do plano de cargos, carreiras e salários dos profissionais da saúde do

município para promover a equiparação dos profissionais em todos os níveis de atenção.

7) Garantir as condições necessárias tais como:estrutura física, recursos humanos e materiais para a

implementação plena das Políticas Nacionais de Atenção Integral à Saúde dos seguimentos específicos: da Mulher,

da Criança, do Adolescente e Jovem, do Idoso, da População Negra, de LGBT, do Homem e dos demais segmentos.

8) Garantir a isonomia dos servidores que atuam na rede de saúde, incluindo a extensão da gratificação de

157
assiduidade e produtividade para todos os servidores, de todos os níveis.

9) Garantir a utilização dos recursos orçamentários previstos na LOA(Lei Orçamentária Anual) para educação

permanente principalmente os referentes a programas existentes como: Escola de Redução de

Danos,SaberSaúde,supervisões e outros.

10) Garantir a implantação dos conselhos de gestão nas unidades de saúde composto pelos trabalhadores da

unidade, gestor local e usuários adstritos naquela unidade.

11) Garantir que os cargos comissionados sigam o processo de gestão participativa de acordo com a norma

operacional básica do RH-SUS e a política de gestão estratégica do SUS.

12) Garantir a articulação intersetorial da saúde com a educação a fim de viabilizar e monitorar o uso de tecnologias

assistivas para o desenvolvimento da pessoa com necessidade especiais com ênfase no ambiente escolar.

13) Garantir a capacitação dos gestores em políticas públicas visando que seus atos e ações da pasta sejam

realizados em consonância com o previsto na política de saúde.

14) Garantir que os recursos financeiros oriundos de repasse do Ministério da Saúde destinados aos programas de

saúde sejam executados na totalidade dentro da respectiva rubrica orçamentária.

15) Garantir gestão dos recursos humanos com ênfase no dimensionamento adequado de profissionais evitando a

158
descontinuidade das ações na atenção básica valorizando-os e evitando migração destes profissionais para média

e alta complexidade.

159