Você está na página 1de 3

Operação André

Operação André é um plano de oração. O propósito deste plano é cultivar em cada crente
(criança, jovem ou adulto, homem ou mulher) as qualidades de André, um ganhador de almas.

“Era André, irmão de Simão Pedro, um dos que ouviram aquilo de João, e o haviam seguido.
Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que traduziu é, o
Cristo). E levou-o a Jesus.” (João 1.40-42a).

Operação André é o discípulo de hoje trabalhando como André em sua prática de trazer
pessoas ao conhecimento de Jesus Cristo.

Faça uma lista com o nome das pessoas que você sabe que não conhecem o Evangelho e
que você gostaria de ganhar para Cristo. Comece a orar por elas agora e busque oportunidade
de apresentar-lhe o plano da salvação.

 Procure manter esta lista em sua Bíblia ou em outro lugar, que lhe permita lembrar de
orar diariamente.

Parabéns! Você agora faz parte do grupo de ganhadores de alma de sua igreja!

“O que ganha almas é sábio.” Pv 11.30

Meu compromisso pessoal com Deus


Consagrarei 12 minutos diários de oração

Um minuto: pela minha própria vida.


Um minuto: pelos líderes da minha igreja.
Um minuto: pelas pessoas desta lista individualmente.

“Livra os que estão sendo levados à morte, e salva os que cambaleiam indo para
serem mortos.” Pv 24.11

Sete passos a seguir na Operação André


Cada pessoa na igreja deve participar deste plano de oração e ação para ganhar outros para
Cristo. Operação André é um lembrete de nosso compromisso de oração.

Usamos esta lista para orar por não-crentes, falar-lhes de Cristo e convidá-lo para o
“Culto dos Dez.”
Usamos esta lista para adquirir nomes e endereços para a visitação evangelística.
Usamos esta lista para envolver os novos convertidos com a igreja local, desde
vizinhos e amigos até parentes dos membros.

1º Passo – Escreva o nome da pessoa que você quer ganhar para Cristo: seu vizinho, parente,
amigo, colega de trabalho, etc. Ore por esta pessoa diligentemente.

2º Passo – Diga-lhe que está orando por ela e mostre-lhe seu nome escrito na lista de oração
da Operação André.
É essencial que esta pessoa saiba que você está orando por ela.

Apresentação: “Em nossa igreja, nosso alvo e orar por 10 pessoas que são importantes em
nossas vidas, isto é, pessoas que amamos e que são especiais para nós. Quero que saiba que

1
você é uma destas pessoas e que anotei seu nome em minha lista (dê uma pausa e mostre-lhe a
lista). Estou orando para que Deus abençoe sua vida, sua família, seu lar e seu trabalho.

Nota: Muitas pessoas se convertem nesse passo, pois sentem o impacto de saber que alguém
se importa com elas e que as ama.

3º Passo – Depois de alguns dias, pergunte-lhe se há algum pedido especial de oração (pessoal
ou relativo a alguma enfermidade, à família; ao trabalho, etc). É importante que ela saiba que
você se interessa por suas necessidades e problemas pessoais.

Apresentação: “João, lembra que lhe disse que estava orando por você? Continuo orando todos
os dias, mas estava pensando que talvez tenha alguma necessidade especial pela qual necessita
de oração. Pode ser algum problema em seu trabalho, em sua família, alguma enfermidade ou
alguma necessidade pessoal. Gostaria de orar especificamente, se me permitir”.

Nota: Com certeza, a pessoa nos pedirá algo. Neste caso, recomendamos que faça uma breve
oração no lugar onde se encontre. Por exemplo: “Deus, te dou graças por meu vizinho João. Tu
sabes desta necessidade, este problema que ele está enfrentando. Te peço que supras esta
necessidade, que lhe dês sabedoria, para que, com tua ajuda, ele possa resolver este problema.
Te peço que o abençoe em nome de Jesus. Amém”.

4º Passo – Convide-a a vir à sua casa, sozinha ou acompanhada de sua família, a fim de
compartilhar uma refeição, jogar ou assistir a um jogo especial na TV, ou para ir a uma festa.
Faça com que sinta bem-vinda e apreciada, criando desta maneira um ponte de amizade com
pessoa a qual deseja ganhar para Cristo.

Apresentação: “João, nós vamos celebrar o aniversário de minha esposa (ou alguém da
família). Gostaria de convidá-lo à nossa casa e traga sua família. Podemos passar um tempo
juntos”.

Procure qualquer ocasião para conviver com ele e sua família. Nosso alvo não é mudar sua
religião, mas ganhá-lo para Cristo, e em qualquer momento deste processo pode surgir esta
oportunidade.

5º passo – Convide-a para participar do “ Culto das Dez” em sua igreja. Informe-lhe que
gostaria que fosse seu convidado de honra e entregue-lhe o convite personalizado, o qual a
igreja preparará para esta ocasião. Tal cartão conterá a data, horário e local para este evento
evangelístico, que deverá acontecer algumas vezes antes da etapa de execução da campanha.

Apresentação: “ João, teremos uma celebração especial em nossa igreja e vim para entregar-
lhe este convite porque quero que seja meu convidado especial. O convite tem o lugar, dia e
hora desta celebração. Este convite é para você e sua família. Será um prazer tê-los conosco;
estarei esperando por vocês.”

Por causa do relacionamento que você desenvolveu com esta pessoa até este ponto (através da
oração, companheirismo e amizade), será que ela recuse seu convite. Em qualquer dessas
ocasiões , procure falar-lhe de Cristo e apresentar-lhe o plano de salvação. Lembre-se de que
este é o propósito principal do que estamos fazendo.
Esta é a razão pela qual temos tantos visitantes nestas celebrações. Em qualquer destes passos,
procure falar-lhe de Cristo e apresentar-lhe o plano de salvação, ou seja, como ele pode ser
salvo.

6º passo – Se depois de tudo isso, a pessoa não houver recebido a Cristo como Salvador,
informe-lhe de que sua igreja possui uma equipe de visitação e peça permissão para que esta
venha visitá-la em sua casa ou no local e horário de sua preferência. Preencha o cartão de

2
visitação com seu nome, endereço e horário da visita e entregue-o à equipe de visitação. O
propósito desta visita é apresentar-lhe o plano de salvação.

Apresentação: “João, em nossa igreja há uma equipe disponível para visitar pessoas tão
importantes como você. Gostaria muito que tivesse a oportunidade de conhecê-los. Será uma
ocasião muito boa. Diga-me qual é o melhor dia, hora e lugar para você.”

Anote o nome, endereço e hora de visita no cartão de visitação que lhe será entregue pela
equipe de visitação da igreja, para que selecione alguém da equipe que o acompanhe e faça esta
visita evangelística no lugar e hora indicados. Esta visita é exclusivamente para apresentar o
plano de salvação.
Quando tiver a informação completa, entregue o cartão à equipe de visitação de sua igreja, a
fim de que programe a visita.

7º passo – e ela aceitar a Cristo como Salvador, continue a discipulá-la através do seu
testemunho e do programa de discipulado de sua igreja. Permita que ela o observe, a fim de
aprender a viver como um cristão, ao vê-lo lendo a Bíblia, orando e servindo em sua igreja. Em
outras palavras, esta pessoa será seu filho na fé; portanto, ame, cuide e ensine-lhe. Você é
responsável em discipular aqueles pelos quais tem orado e agora são novos bebês espirituais.

Não a deixe até que a veja transformada em outro “André”, produzindo frutos ao ganhar outros
para Cristo. Entregue-lhe uma cópia deste material da Operação André o quanto antes,
explicando-lhe como este plano funciona, a fim de que o novo convertido comece o processo de
ganhar outros para Cristo. Se este plano for executado devidamente, o esforço evangelístico
será um sucesso em sua igreja. Isto depende de você e de cada um dos membros.

“Discipulado é transmissão de vida”


Se após esta visita a pessoa ainda não houver recebido a Cristo como Salvador, continue a orar
por ela e a desenvolver sua amizade. Visite, telefone e procure oportunidades de servi-la, a fim
de que possa ver Cristo em você e sentir seu amor por ela. Lembre-se de enviar-lhe um cartão
ocasionalmente, informando-lhe que continua a orar por ela.

Que Deus o abençoe e o use para ganhar todas as dez pessoas em sua Operação André para
Cristo!

(Extraído do panfleto “Operação André” da Cruzadas Internacionais/Convenção Batista


Fluminense).