Você está na página 1de 8

CENTRO DE

FORMAÇÃO

CENTRO
DE DESENVOLVIMENTO DE

LIDERANÇA
APRESENTAÇÃO DO CURSO
O Decreto-Lei n.º 86-A/2016, de 29 de formação, teve como principal enqua-
dezembro, diploma que define o regi- dramento, o papel preponderante que
me da formação profissional na admi- a Direção-Geral da Qualificação dos
nistração pública, estabelece na alínea Trabalhadores em Funções Públicas
c), do n.º 2, do artigo 19.º, que uma (INA) desempenha no Sistema de In-
das áreas estratégicas de formação é centivos à Inovação na Gestão Pública
a formação inicial e contínua para car- (SIIGeP), aprovado pela Portaria n.º
gos dirigentes, nomeadamente, para o 186/2018, de 27 de junho, bem como
exercício de cargos de direção inter- a necessidade de desenvolver compe-
média. tências de liderança nos trabalhadores
Para os cargos de direção intermédia, da administração pública para prepa-
a Portaria n.º 146/2011, de 7 de abril, rar futuros líderes.
determina nos n.os 3 e 4, do artigo 2.º, A renovação do FORGEP foi reali-
que os titulares de cargos de direção zada no quadro das áreas temáticas
intermédia frequentem, com aprovei- previstas no regulamento deste pro-
tamento, nos dois primeiros anos de grama de formação, tendo-se alinha-
desempenho de funções, o Progra- do os conteúdos dos módulos com os
ma de Formação em Gestão Pública objetivos das políticas públicas para
(FORGEP), cujo objetivo passa por a administração pública e orientado a
transmitir um conjunto transversal de formação dos destinatários para uma
conhecimentos, de competências téc- capacitação prática e transversal, pro-
nicas e comportamentais, potenciador pícia ao desenvolvimento de modelos
de um desempenho em sintonia com de gestão, à melhoria dos ambientes
as exigências da moderna gestão pú- de trabalho e, também, à valorização
blica. dos recursos humanos.
O FORGEP integra também a área es- Este curso apresenta dezanove mó-
tratégica de formação em competên- dulos, aos quais acrescer um período
cias de liderança, definida pelo Des- para avaliação final dos formandos.
pacho n.º 3431/2019, de 19 de março, No total, o curso é constituído por cen-
do Ministro das Finanças, publicado to e cinquenta (150) horas de forma-
no Diário da República, 2.ª série, N.º ção presenciais.
62, de 28 de março de 2019. A escolha
da liderança, como área estratégia de
OBJETIVO GERAL
O FORGEP tem como objetivo “… transmi- ção Pública neste processo de moderniza-
tir aos titulares de cargos de direção inter- ção do Estado e dos serviços por ele pres-
média um conjunto transversal de conheci- tados, facilitando a vida aos cidadãos e às
mentos e competências técnicas e compor- empresas”, designadamente “promover a
tamentais, potenciador de um desempenho inovação e a colaboração entre os serviços
em sintonia com as exigências da moderna públicos” e trabalhar para a “capacitação e
gestão pública.” (vd. artigo 2.º, n.º 4, da Por- boa gestão da administração pública”.
taria n.º 146/2011, de 7 de abril).
Esta orientação para a “Modernização do
Na renovação da estrutura do FORGEP, Estado” está também prevista no Progra-
para além da Portaria n.º 146/2011, de 7 ma Nacional de Reformas (2016 - 2022), na
de abril, que define e regulamenta os cur- atualização de abril de 2018.
sos de cuja frequência com aproveitamento
No início deste ano, a Organização para a
depende, nos termos dos n.os 1 e 5 do arti-
Cooperação e Desenvolvimento Económico
go 12.º da Lei n.º 2/2004, de 15 de Janeiro
(OCDE) adotou, a 17 de janeiro, a OECD
(com as respetivas alterações), o exercício
Recommendation on Public Service Lea-
de cargos de direção superior e intermédia
dership and Capability, com 14 princípios,
ou equiparados nos serviços e organismos
entre os quais se destaca, nesta matéria, a
da administração pública central, foram ti-
construção da capacidade de liderança no
dos outros diplomas legais e vários docu-
serviço público nos atuais e potenciais diri-
mentos estratégicos onde estão expressas
gentes públicos.
as linhas orientadoras da transformação da
gestão pública e dos desafios da liderança A necessidade de desenvolver competên-
por parte dos dirigentes. cias nos dirigentes para liderar a inovação
na administração pública, já prevista nos di-
As Grandes Opções do Plano (GOP) para
ferentes diplomas legais que regulam o es-
2019, aprovadas pela Lei n.º 70/2018, de
tatuto, as competências e a formação para
31 de dezembro, preveem no seu ponto 6
os cargos de direção, está hoje evidencia-
(Modernização do Estado) várias medidas
da no Sistema de Incentivos à Inovação na
que devem contribuir para melhorar “o pa-
Gestão (SIIGeP), estabelecido pela Portaria
pel central desempenhado pela Administra-
n.º 186/2018, de 27 de junho.
ESTRUTURA
A estrutura do FORGEP, agora renovada, apresenta
dezanove módulos, com avaliação final, distribuídos por
um total de cento e cinquenta (150) horas de formação
presenciais.

19 MÓDULOS

150 HORAS

FORMAÇÃO PRESENCIAL

AVALIAÇÃO FINAL
TESTE ESCRITO

TRABALHO DE GRUPO
MÓDULOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Conhecer o conceito de ética e distingui-lo dos conceitos de moral, costumes,


1. direito e deontologia.
ÉTICA EM 3
Identificar e discutir os valores éticos em serviço público e os dilemas éticos dos
SERVIÇOS PÚBLICOS dirigentes na Administração Pública.

Identificar os princípios da liderança e analisar o papel dos dirigentes na


2. execução das políticas públicas.
LIDERANÇA EM 14
Saber aplicar um modelo de liderança orientada para as pessoas na
SERVIÇOS PÚBLICOS Administração Pública.

3. Identificar os desafios e as forças de mudança para a definição de estratégias.

ESTRATÉGIA E 14 Conhecer a construção de cenários no contexto do planeamento estratégico


PLANEAMENTO e os processos de decisão e planeamento.

4. Saber como instituir um modelo de inovação numa entidade pública


7 e como ativar as características de uma cultura de criatividade.
INOVAÇÃO
E MUDANÇA Saber ativar a motivação para a inovação.

Analisar a gestão de recursos humanos na Administração Pública nas suas


5. componentes: vínculo, vigência do contrato, horários, flexibilidade funcional,
14 avaliação, processamento salarial, férias, faltas e formação profissional.
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS Desenvolver as competências necessárias à gestão de recursos humanos
e ao enquadramento legal de questões práticas.

Conhecer o sistema de avaliação e gestão do desempenho na administração


6. pública e caracterizar os subsistemas de avaliação, SIADAP 1, 2 e 3 explicitar
GESTÃO DO 14 a forma como se articulam.
DESEMPENHO Saber fixar e avaliar objetivos e competências.

Identificar as políticas públicas de incentivo à conciliação de vida profissional


7. e pessoal e a sua aplicabilidade, bem como as práticas de gestão recursos
CONCILIAÇÃO DA 7 humanos para a promoção e manutenção de ambientes de trabalho saudáveis.
VIDA PROFISSIONAL, Conhecer e identificar estratégias para o aumento da produtividade em contexto
PESSOAL E FAMILIAR de trabalho.

Conhecer o enquadramento das políticas públicas para a igualdade de género


8. e a não discriminação.
IGUALDADE E NÃO 7
Analisar criticamente as situações de desigualdade e de discriminação
DISCRIMINAÇÃO e compreender o cariz estruturante da ordem social de género.

Conhecer as obrigações do empregador e as modalidades de organização dos


serviços de segurança e saúde no trabalho.
9. Identificar as áreas com impacto na prevenção dos riscos para a saúde física
SEGURANÇA E SAÚDE 7 e mental e a tipologia das medidas de controlo.
NO TRABALHO
Conhecer as atividades dos serviços de segurança e saúde no trabalho,
nos domínios de planeamento, organização, execução e controlo.
MÓDULOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Compreender os fundamentos do regime administrativo e financeiro do estado,
10. tendo em conta a apresentação das diversas vertentes da contabilidade pública.

GESTÃO DE RECURSOS 14 Compreender os ciclos de execução de despesa e receita, identificando


FINANCEIROS os momentos essenciais de controlo na função de dirigente e conhecer os
principais modelos de gestão orçamental.

Conhecer as regras fundamentais da formação dos contratos públicos


11. e identificar os tipos e critérios de escolha dos procedimentos.
CONTRATAÇÃO 14
Compreender as responsabilidades dos dirigentes intermédios pelo
PÚBLICA incumprimento dos princípios e normas do Código dos Contratos Públicos.

12. 3
Conhecer a importância da gestão de stock das organizações e os tipos
de stock face ao estado de transformação e utilidade.
LOGÍSTICA

13. Adquirir os conceitos essenciais na gestão do conhecimento.


GESTÃO DA 7 Compreender o funcionamento da gestão do conhecimento e saber implementar
INFORMAÇÃO um modelo de gestão do conhecimento
E DO CONHECIMENTO

14. Compreender uma arquitetura de gestão de grandes dados e conhecer as


3 tecnologias disponíveis.
GESTÃO ATRAVÉS
DE DADOS Grandes dados e ferramentas de código aberto.

15. Identificar os elementos da gestão da comunicação e os modelos de gestão


3 e fluxos de comunicação nas organizações.
GESTÃO DA
COMUNICAÇÃO Conhecer as ferramentas e as técnicas na gestão do processo comunicacional.

16. Conhecer, no âmbito dos grandes dados, os novos modelos e métodos


algorítmicos como a analítica preditiva e prescritiva.
TRANSFORMAÇÃO 7
DIGITAL NOS Entender como a inteligência artificial pode apoiar o trabalho dos trabalhadores
SERVIÇOS PÚBLICOS públicos e a melhorar os serviços públicos.

Analisar o marketing de serviços e distinguir entre marketing de serviços público


17. e privado.
MARKETING EM 3
Compreender como comunicar o valor público e capacitar para o desenho de
SERVIÇOS PÚBLICOS estratégias e táticas de marketing.

18. Identificar as vantagens das redes e parcerias internacionais.

REDES 3 Utilizar as redes ao serviço de uma instituição e analisar boas práticas em


INTERNACIONAIS diversas áreas do sector público.

19. Avaliação de impactos e gestão ambiental.

SUSTENTABILIDADE 3 Planeamento e gestão sustentável de recursos ambientais na Administração


AMBIENTAL Pública.

Avaliar a capacidade de utilizar os conhecimentos adquirido através de um


“Teste Escrito” e de um “Trabalho de Grupo”. O “Teste Escrito” tem um peso
AVALIAÇÃO 3 de 60% na classificação final. O “Trabalho de Grupo” tem um peso de 40% na
classificação final.

DURAÇÃO TOTAL 150


Centro de Formação INA

Alameda Hermano Patrone,


Edifício Catavento
1495-064 Algés

E-mail: cursos@ina.pt

Rua Filipe Folque, n.º 44, 1069-123 Lisboa


Tel. 214 465 300 | E-mail: ina@ina.pt
www.ina.pt

Siga-nos nas redes sociais: