Você está na página 1de 616

PODER JUDICIÁRIO

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL

AREsp 1388890/RJ (2018/0284038-


2)
Volumes : 1 Autuado em 24/10/2018
Assunto : DIREITO ADMINISTRATIVO E OUTRAS MATÉRIAS DE
DIREITO PÚBLICO - Concurso Público / Edital
AGRAVANTE : IVA CUSTODIO ELEOTERIO
ADVOGADO : LUIZ ISMAEL PEREIRA E OUTRO(S)
AGRAVADO : FUNDACAO BIO-RIO
ADVOGADO : BERNARDO VILLASBOAS PALERMO E OUTRO(S)
AGRAVADO : INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACAO, CIENCIA E
TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.
Redistribuição automática em 04/10/2019
RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES - PRIMEIRA
TURMA
Justiça gratuita
Índice
Nº Nº Qtd.
Descrição da Peça Folha Pág. Págs.
e-STJ PDF
Processo 201802840382 615
Capa 1 1
Índice 2 2
Volume 1 613
Íntegra do processo 1 4 540
Petição inicial 1 4 8
Procuração do Recorrente 9 12 1
Deferimento da Justiça Gratuita 131 134 1
Substabelecimento do advogado do recorrente 156 159 1
Procuração do Recorrente 188 191 1
Sentença 318 321 6
Petição de Apelação 334 337 12
Petição de Apelação 349 352 7
Acórdão/Decisão Monocrática 391 394 11
Certidão de publicação do Acórdão/Decisão Monocrática 402 405 1
Intimação do Acórdão/Decisão Monocrática 403 406 2
Petição dos Embargos de Declaração 405 408 4
Petição dos Embargos de Declaração 409 412 6
Acórdão/Decisão Monocrática dos Embargos de Declaração 430 433 7
Acórdão/Decisão Monocrática dos Embargos de Declaração 437 440 5
Certidão de Publicação do Acórdão/Decisão dos Embargos de Declaração 442 445 2
Intimação do Acórdão/Decisão Monocrática dos Embargos de Declaração 444 447 2
Petição de Recurso Especial 446 449 18
Procuração do Recorrente 464 467 1
Petição de contrarrazões do Recurso Especial 485 488 10
Petição de contrarrazões do Recurso Especial 496 499 1
Decisão de Admissibilidade do Recurso Especial 502 505 5
Certidão de publicação da Decisão de Admissibilidade do Recurso Especial 507 510 1
Intimação da Decisão de Admissibilidade do Recurso Especial 509 512 1
Petição de Agravo em Recurso Especial 510 513 23
Contraminuta do Agravo em Recurso Especial 537 540 1
Juízo de Retratação 539 542 1
Certidão de validação 541 544 1
Certidão de Protocolo de Processo Eletrônico 542 545 1
Termo de Distribuição e Encaminhamento 543 546 1
DESPACHO / DECISÃO 544 547 1
Certidão de Publicação 545 548 1
Certidão de Juntada de Petição PROC 00707323/2018 546 549 1
Petição PROC 00707323/2018 547 550 3
Certidão de Conclusão 550 553 1
Termo de Ciência 551 554 1
Termo de Ciência 552 555 1
DESPACHO / DECISÃO 553 556 2
Certidão de Publicação 555 558 1
Certidão de Juntada de Petição EDcl 00752008/2018 556 559 1
Petição EDcl 00752008/2018 557 560 7
Termo de Ciência 564 567 1
Termo de Ciência 565 568 1
Certidão de Publicação 566 569 1
Termo de Ciência 567 570 1
Índice
Nº Nº Qtd.
Descrição da Peça Folha Pág. Págs.
e-STJ PDF
Termo de Ciência 568 571 1
Certidão de Decurso 569 572 1
Certidão de Conclusão 570 573 1
DESPACHO / DECISÃO EDcl 00752008/2018 571 574 1
Certidão de Publicação EDcl 00752008/2018 572 575 1
Termo de Ciência 573 576 1
Termo de Ciência 574 577 1
Termo de Recebimento e Remessa 575 578 1
Termo de Recebimento 576 579 1
Certidão de Devolução dos Autos Eletrônicos nº 1 577 580 1
Termo de Recebimento 578 581 1
Documento(s) 579 582 7
Despacho da Vice Presidência do TRF2 579 582 7
Informação 582 585 1
Despacho - remessa ao STJ 584 587 1
Certidão de Reenvio 586 589 1
Certidão 587 590 1
Certidão de Conclusão 588 591 1
Certidão de Conclusão 589 592 1
DESPACHO / DECISÃO EDcl 00752008/2018 590 593 2
Certidão de Publicação EDcl 00752008/2018 592 595 1
Termo de Ciência 593 596 1
Termo de Ciência 594 597 1
Termo de Recebimento e Remessa 595 598 1
Termo de Recebimento 596 599 1
Termo de Recebimento e Autuação 597 600 1
Certidão 598 601 1
Termo de Distribuição e Encaminhamento 599 602 1
Vista ao MPF 600 603 1
Petição ParMPF 00685260/2019 601 604 6
Certidão de Conclusão 607 610 1
DESPACHO / DECISÃO 608 611 2
Certidão de Publicação 610 613 1
Petição CieMPF 00717839/2019 611 614 1
Termo de Ciência 612 615 1
Termo de Ciência 613 616 1
(e-STJ Fl.1)

EXMO. SR. DR. JUIZ FEDERAL DA VARA FEDERAL DA SESSÃO JFRJ


Fls 1
JUDICIÁRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – RJ

IVA CUSTÓDIO ELEOTÉRIO, brasileira, solteira, telefonista, portadora


da carteira de identidade nº: 06.197.028-1, inscrita no C.P.F. sob nº: 877.661.597-91,
residente e domiciliada na Estrada Santa Eugênia, nº 864, Paciência, Rio de Janeiro,
CEP: 23.585-430, vem, por suas advogadas infra assinadas, perante V. Exa. impetrar

MANDADO DE SEGURANÇA
COM PEDIDO LIMINAR

contra ato praticado pela AUTORIDADE COATORA REITOR DO INSTITUTO


FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE
JANEIRO (IFRJ), SR. PAULO ROBERTO DE ASSIS PASSOS, encontrado para
devidas intimações à Rua Pereira de Almeida, nº 88, bairro da Praça da Bandeira, Rio
de Janeiro/RJ, CEP nº 20.260-100 (Prédio da Reitoria) e na Rua Senador Furtado, nº
121/125, bairro do Maracanã, Rio de Janeiro/RJ (Campus da Cidade do Rio de Janeiro)
e pela AUTORIDADE COATORA PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO BIO-RIO -
(FBR), DR. ANGELO LUIZ MONTEIRO DE BARROS, esta última com sede na
Documento recebido eletronicamente da origem

Avenida Carlos Chagas Filho, nº 791, Cidade Universitária, Rio de Janeiro/RJ, CEP nº
21.941-904, nos termos do art. 5º, inciso LXIX da CRFB/88, da Lei nº 12.016/2009 e do
art. 273 do CPC, com fundamento nas razões de fato e de direito doravante expostas

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.2)

I. DA GRATUIDADE DE JUSTIÇA

A Impetrante faz jus à concessão da gratuidade de Justiça, haja vista que


JFRJ
não possui rendimentos suficientes para custear as despesas processuais em detrimento
Fls 2
de seu sustento e de sua família, conforme documentos em anexo e nos termos do art.
4º, §1º, da Lei nº 1.060/50.

II. PRELIMINARMENTE

I.a. DA TEMPESTIVIDADE
DO ATENDIMENTO AO PRAZO DECA DENCIAL DE 120 DIAS

Ab initio, convém ressaltar que o ato impugnado no presente writ integra a


Relação das inscrições dos candidatos que concorrem a vagas reservadas para
negros após recurso, publicado no dia 24 de novembro de 2015.

Assim sendo, torna-se inconteste que o manejo deste mandado de segurança


atende ao prazo decadencial de 120 (cento e vinte) dias, disposto no art. 23 da Lei nº
12.016/2009, haja vista que o termo final do prazo será no dia 23 de março de 2016.

I.b. DA LEGITIMIDADE PASSIVA


IDENTIFICAÇÃO DAS AUTORIDADES COATORAS

Outro ponto preliminar ao mérito deste mandamus constitucional diz


respeito à identificação das Autoridades Coatoras.

Consoante estabelece o art. 5º, LXIX da CRFB/88 “conceder-se-á mandado


de segurança para proteger direito líquido e certo, não amparado por habeas corpus ou
habeas data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade
pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público”.

Por sua vez, o §1º do art. 1º da Lei nº 12.016/2009, que disciplina o


Documento recebido eletronicamente da origem

mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências, estabelece que


“equiparam-se às autoridades, para os efeitos desta lei, os representantes ou órgãos de
partidos políticos e os administradores de entidades autárquicas, bem como os

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.3)

dirigentes de pessoas jurídicas ou as pessoas naturais no exercício de atribuições do


poder público, somente no que disser respeito a essas atribuições”.

As Autoridades apontadas no polo passivo desta demanda são JFRJ


Fls 3
respectivamente o Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio
de Janeiro (IFRJ), unidade de ensino de natureza jurídica autárquica, e o Presidente da
Fundação Bio-Rio (FBR), organizadora responsável pelo concurso no qual a impetrante
participa na qualidade de candidata.

III. DOS FATOS

A impetrante participa de concurso público para o provimento de vagas em


cargos efetivos do quadro único de pessoal do Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), unidade autárquica criada pela Lei nº 11.892, de
29 de dezembro de 2008.

Conforme consta no edital de abertura, foram abertas vagas em cargos dos


níveis “C”, “D” e “E”, sendo este último relativo a cargos de nível superior, no qual a
impetrante concorre a uma das vagas para Secretário Executivo (código NS-42).

Para tal cargo foram abertas 2 (duas) vagas, sendo 1(uma) vaga para ampla
concorrência (AP) e 1 (uma) vaga para candidatos negros e pardos (NP), conforme
demonstra o quadro de vagas (anexo I) do edital.

O subitem 6.3 do Edital nº 79/2015 afirma que “O candidato que desejar


concorrer as vagas reservadas aos candidatos negros deverá, no ato da inscrição, se
autodeclarar preto ou pardo conforme o quesito “cor ou raça” utilizado pela Fundação
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE”.

Sendo assim, a Impetrante, no momento da inscrição, optou por


concorrer as vagas reservadas à Negros, conforme demonstra seu comprovante de
inscrição anexo.
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.4)

Contudo, em 20 de novembro de 2015, ao verificar a Relação Preliminar das


Inscrições dos Candidatos que concorrem a vagas reservadas para Negros, observou que
seu nome não constava na lista.
JFRJ
Fls 4
Inconformada, na mesma data (20/11/2015) a Impetrante entrou com o
Recurso contra a Relação Preliminar de Candidatos às vagas reservadas aos Negros
(NP), conforme prevê o subitem 12.2 do Edital.

Entretanto, para sua surpresa, na data prevista no cronograma, 24 de


novembro de 2015, a BIO RIO disponibilizou na página do concurso informação de que
“NÃO HOUVE ALTERAÇÃO” na Relação de Candidatos que concorrem a cota, não
disponibilizando as imagens com as respostas dos Recursos, conforme previa o Edital.

Desta forma, entrou em contato com a BIO RIO e foi informada que deveria
encaminhar um e-mail com o seu questionamento para o responsável pelo certame, Sr.
Sergio Rocha.

Em 25 de novembro, enviou email para a BIO RIO, banca organizadora do


certame em tela, solicitando a inclusão de seu nome na relação de cota racial, afirmando
ter preenchido corretamente a opção para concorrer as vagas reservadas a negros,
encaminhando anexo o comprovante da inscrição.

Sem obter resposta, em 26 de novembro, a Impetrante encaminhou novo e-


mail ao responsável pelo certame, novamente anexando o comprovante da sua inscrição.

Porém, a organizadora quedou-se inerte em responder aos e-mails e a


resolver o erro cometido.

Assim, em mais uma tentativa de conseguir garantir sua inscrição como


cotista, no dia 14 de dezembro, a Impetrante entrou em contato com a Diretoria de
Documento recebido eletronicamente da origem

Concursos e Processos Seletivos da IFRJ, por telefone e por email, cuja cópia se
encontra em anexo, tendo obtido como resposta que sua solicitação seria analisada e
respondida.

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.5)

Conforme se demonstra com os documentos a seguir, a Diretoria de


Concursos e Processos Seletivos da IFRJ apenas encaminhou e-mail a BIO RIO
requerendo esclarecimentos e uma resposta a Impetrante. A BIO RIO encaminhou
JFRJ
resposta em 04 de janeiro de 2016, com a seguinte informação: “Não alteramos por não
Fls 5
ter no seu registro no cadastro a informação com a opção de concorrer a cota racial.”,
ignorando o comprovante encaminhado em anexo a Fundação e a IFRJ.

Observe-se que não pleiteia a Impetrante nenhum benefício ou garantia


de vagas, mas sim o direito a concorrer a vaga reservadas à Negros, conforme se
autodeclarou e optou no momento da inscrição.

Ressalta-se que a Impetrante foi aprovada no certame e que até a


presente data, encontra-se em 3º lugar na Relação de candidatos de ampla
concorrência e caso estivesse na Relação de candidatos concorrentes as vagas
destinadas à negros, pela sua pontuação, estaria em 1º lugar, o que garantiria a sua
convocação dentro do número de vagas ofertadas pelo certame.

Tendo em vista que a homologação do concurso se dará no dia 26/01/16,


resta caracterizada a necessidade de que seja deferida liminar que determine que a
Impetrada relacione o nome da Impetrante na Relação de candidatos que concorrem a
vagas reservadas para Negros, imediatamente, garantindo sua concorrência no
quantitativo de vagas destinadas aos cotistas no certame em tela.

IV. – DO DIREITO

O edital em tela determina a reserva legal de vagas aos candidatos negros


que no ato da inscrição afirmarem que desejam concorrer a vaga reservada à negros, se
auto declarando como pretos ou pardos.

Contudo, a Impetrante apesar de ter optado por concorrer a tais vagas,


marcando a opção no momento da inscrição, não teve seu nome incluso na Relação
Preliminar das Inscrições dos Candidatos que concorrem as vagas reservadas para
Documento recebido eletronicamente da origem

Negros.

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.6)

Com tal ato ilegal, tem-se violado o art. 2, da Lei 12.990/14, que dispõe o
seguinte:

“Art. 2o Poderão concorrer às vagas reservadas a candidatos negros JFRJ


Fls 6
aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição
no concurso público, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela
Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.”
(grifos nossos)

Sendo certo que é um dever do candidato informar, no momento de sua


inscrição, a opção por concorrer as vagas destinadas aos negros, afirmando ser preto ou
pardo, o que fora realizado pela Impetrante

O Edital nº 79/2015, no item 6.3 dispõe tal assertiva conforme a lei


12.990/14, o que não esta sendo respeitado pelas Autoridades Coatoras que se negam a
incluir a candidata impetrante na Relação de Candidatos que concorrem as vagas
destinadas à Negros, apesar da comprovação por essa opção no momento da inscrição.

Desta forma, comprovado o direito líquido e certo que ampara o pedido do


Impetrante.

V – DA CONCESSÃO DA MEDIDA LIMINAR

A – DO FUMUS BONI IURIS E DO PERICULUM IN MORA

Segundo o mestre Humberto Theodoro Junior, "in Curso de Direito


Processual Civil", Forense, 1985, vol. II, p. 1151: "a exposição sumária do direito
ameaçado é forma de evidenciar o interesse processual, que, por sua vez corresponde ao
fumus boni iuris".
Documento recebido eletronicamente da origem

A situação fática e suas repercussões jurídicas atestam com plenitude a


presença da "fumaça do bom direito" a embasar o pedido da Impetrante, tudo em

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.7)

conformidade com a documentação acostada, inclusive no que concerne às normas


regentes do certame.

JFRJ
Evidenciado está o interesse processual da Impetrante em ter optado no
Fls 7
momento da inscrição a concorrer as vagas destinadas à negros, ter sido aprovada
no certame e por um erro praticado pelas Autoridades Coatoras não esta
concorrendo a única vaga destinada à negros.

O "periculum in mora" se evidencia a razão de que, caso não seja deferida "in
continenti" a medida liminar pleiteada, o Impetrante será por demais prejudicado, uma
vez que o concurso será homologado em 26 de janeiro de 2016.

Desta forma, pelas provas pré-constituídas, consiste em ato de pura injustiça,


deixando a Impetrante totalmente prejudicada. É pois, urgente, que se conceda a
prestação jurisdicional à Impetrante.

Neste contexto, inquestionável o dever do Impetrado de incluir o nome da


Impetrante na Relação de Candidatos que concorrem a vaga destinada à negros,
evitando todos os danos que poderá sofrer, vez que aquele tem agido de maneira ilegal.

V – DOS PEDIDOS

Por todo exposto, requer à V. Exa:

a) concessão de medida liminar, determinando que seja incluído o nome da


Impetrante na Relação das Inscrições dos Candidatos que concorrem as vagas
reservadas para Negros, podendo assim concorrer as vagas destinadas à negros
(NP), uma vez que demonstrado documentalmente que optou por concorrer
como cotista no momento da inscrição de forma contundente e inequívoca;
Documento recebido eletronicamente da origem

b) a notificação das autoridades impetradas, a fim de que preste as informações no


prazo legal;

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.8)

c) a notificação do Ministério Público para, dentro do prazo legal, oferecer parecer


de estilo;

JFRJ
d) ao final, a concessão da segurança para que seja incluído o nome da Impetrante
Fls 8
na Relação das Inscrições dos Candidatos que concorrem as vagas reservadas
para Negros, podendo assim concorrer as vagas destinadas à negros (NP),
conforme optado no momento da inscrição, mantendo a liminar concedida, pelos
fundamentos aqui expendidos.

Dá-se a causa o valor de R$880,00 (oitocentos e oitenta reais) para fins fiscais.

Nestes Termos,
Pede Deferimento

GABRIELLA RODRIGUES PONSO


OAB/RJ 170.717

TATIANA MENDES SOARES MACHADO


OAB/RJ 171.548
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-1-0-1-8-877241 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.9)

JFRJ
Fls 9
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-2-0-9-1-770808 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.10)

JFRJ
Fls 10
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-3-0-10-1-342231 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.11)

JFRJ
Fls 11
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-4-0-11-1-613906 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.12)

JFRJ
Fls 12
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-5-0-12-1-942926 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.13)

JFRJ
Fls 13
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-6-0-13-3-646902 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.14)

JFRJ
Fls 14
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-6-0-13-3-646902 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.15)

JFRJ
Fls 15
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:22 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-6-0-13-3-646902 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.16)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital Nº 79/2015

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS


EM EDUCAÇÃO JFRJ
O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, no uso de suas atribuições Fls 16
legais, torna pública a realização de Concurso Público para provimento de vagas em cargos efetivos do quadro único de
pessoal do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, dos Níveis “C”, “D” e “E”, no
padrão inicial de vencimento no nível correspondente de cada cargo público, conforme total de vagas distribuídas na
forma do Anexo I deste Edital. O presente Concurso Público será realizado em conformidade com a legislação vigente,
em particular com a Constituição Federal de 1988; com as Leis Federais nº 7.853/89, de 24 de outubro de 1989, nº
8.112/90, de 11 de dezembro de 1990, nº 11.091/05, de 12 de janeiro de 2005, nº 12.990/14, de 09 de junho de 2014;
com os Decretos Federais nº 3.298/99, de 20 de dezembro de 1999, nº 5.296/04, de 02 de dezembro de 2004, nº
6.593/08, de 02 de outubro de 2008, nº 6.944/09, de 21 de agosto de 2009, nº 7.232/10, de 19 de julho de 2010, e pelo
instituído no presente Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES


1.1. O Concurso Público será regido por este Edital, seus Anexos e eventuais retificações, caso existam, e será realizado
sob a responsabilidade, organização e operacionalização da Fundação BIO-RIO, doravante denominada FBR,
endereço eletrônico: http://concursos.biorio.org.br e E-mail: ifrj2015@biorio.org.br, com sede a Av. Carlos Chagas
Filho, 791 - Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ, CEP 21941-904.
1.2. O Concurso Público será coordenado pela Diretoria de Concursos e Processos Seletivos do IFRJ.
1.3. O Anexo I - Tabela de Requisitos e Vagas - apresenta a relação do nome do cargo público, escolaridade/pré-
requisito mínimo exigido para nomeação para o cargo público e número de vagas (AC - vagas de Ampla Concorrência,
PcD - vagas reservadas a Pessoas com Deficiência, NP – vagas reservadas a Negros - candidatos que se autodeclararem
pretos e pardos, conforme art. 2º da Lei nº 12.990/2014, TOTAL - Total de Vagas oferecidas).
1.4. O Anexo II – Distribuição das Vagas, Jornada de Trabalho, Remuneração Inicial e Tipos de Provas -
apresenta a relação de cargos públicos, Remuneração Inicial e os tipos de provas de cada cargo.
1.5. O Anexo III - Quadro de Etapas - apresenta a relação dos cargos públicos, os tipos de etapas de seleção a serem
realizadas pelos candidatos para cada cargo público, as disciplinas associadas a cada prova, a quantidade de questões
por disciplina, o mínimo de pontos por disciplina e o mínimo de pontos do total de pontos para aprovação.
1.6. O Anexo IV – Atribuições e Conteúdos Programáticos - descreve as atribuições de cada cargo e o conteúdo
programático específico correspondente.
1.7. O Anexo V – Critérios para Avaliação de Títulos – descreve os requisitos e critérios para a pontuação na Etapa
de Avaliação de Títulos do Concurso Público.
1.8. O Anexo VI – Posto de Atendimento – Informa o endereço do Posto de Atendimento Informatizado para a
inscrição no Concurso Público.
1.9. O Anexo VII – Relação dos campi – Informa os endereços dos campi.
1.10. O Anexo VIII – Cronograma Previsto dos Eventos – descreve as datas previstas para realizações de eventos do
Concurso Público.
1.11. É de responsabilidade exclusiva do candidato acompanhar na página do Concurso Público, no endereço
eletrônico: http://concursos.biorio.org.br todas as etapas mediante observação do cronograma (Anexo VIII) e das
publicações disponibilizadas.
1.12. Não será enviada nenhuma correspondência pelo Correio (ECT), por SMS ou por e-mail.
1.13. Antes de efetuar o recolhimento da taxa de inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos os
requisitos exigidos neste Edital.
1.14. Toda menção a horário neste Edital terá como referência o horário oficial de Brasília/DF.

2. DOS CARGOS PÚBLICOS


2.1. Os cargos públicos que compõe o quadro de Vagas do Anexo I deste edital serão preenchidos de acordo com a
necessidade do IFRJ.
2.2. Os cargos, a quantidade de vagas, a jornada de trabalho, o campus da vaga e os requisitos para a investidura em
cada um dos cargos estão informados no Anexo I deste Edital.
Documento recebido eletronicamente da origem

2.3. Em conformidade com o Artigo 8º da Lei Federal nº 11.091/05, de 12 de janeiro de 2005, que dispõe sobre a
estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE), são atribuições gerais
dos cargos que o integram, sem prejuízo das atribuições específicas e observados os requisitos de qualificação e
competências definidos nas respectivas especificações: planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades inerentes
ao apoio técnico-administrativo ao ensino; planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades técnico-administrativas
inerentes à pesquisa e à extensão no IFRJ; e executar tarefas específicas, utilizando-se de recursos materiais,
financeiros e outros de que o IFRJ disponha, a fim de assegurar a eficiência, a eficácia e a efetividade das atividades de
DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 1 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.17)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

ensino, pesquisa e extensão, além de atuar como gestor ou fiscal de contratos administrativos, inerentes à sua área de
atuação, quando for designado para tal atividade.
2.4. Regime de Trabalho
2.4.1. O provimento dos cargos públicos será pelo regime estatutário, devendo ser realizado para os campi do
IFRJ discriminados conforme Anexo VII. JFRJ
2.4.2. As relações de trabalho serão regidas pelos princípios constitucionais pertinentes (Constituição Federal de 1988), Fls 17
bem como pela legislação complementar e normas internas vigentes no IFRJ na data de nomeação do candidato e
eventuais alterações nesses dispositivos legais e normativos.
2.4.3. O candidato será nomeado para o IFRJ no nível inicial do cargo público para o qual prestou concurso e no nível
de remuneração inicial estabelecido, em consonância com o Plano de Carreira dos Cargos dos Técnicos-Administrativos
na Educação vigente.
2.4.4. Os cargos públicos disponíveis, códigos, locais das vagas, número de vagas, pré-requisitos e Remuneração Inicial
estão discriminados nos Anexo I e II e, as descrições das atribuições no Anexo IV.
2.4.5. O candidato aprovado neste Concurso Público não terá direito à nomeação automática, a qual se dará a critério e
conveniência do IFRJ, no período de vigência do concurso.
2.4.6. Os candidatos homologados serão convocados, conforme necessidade e conveniência do IFRJ, de acordo com a
classificação obtida, e as regras de convocação descritas neste edital, para comprovação de requisitos exigidos,
apresentação de Exames Médicos e demais procedimentos pré-admissionais, de caráter eliminatório, todos de
responsabilidade do IFRJ.

3. DAS VAGAS DESTINADAS A PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PcD)


3.1. Das vagas destinadas a cada cargo público previsto no Anexo I, e das que vierem a ser criadas durante o prazo de
validade do concurso, 5% (cinco por cento) serão providas na forma do Decreto Federal nº 3.298/99, de 20 de
Dezembro de 1999, e suas alterações, desde que a deficiência não seja incompatível ao exercício do cargo público
pretendido.
3.1.1. O candidato que se declarar Pessoa com Deficiência (PcD) concorrerá em igualdade de condições com os demais
candidatos.
3.2. Para concorrer a uma dessas vagas, o candidato deverá:
a) no ato da inscrição, declarar-se Pessoa com Deficiência (PcD);
b) encaminhar cópia simples do CPF e Laudo Médico (original ou cópia autenticada), emitido nos últimos 03 (três)
meses por médico especialista na deficiência apresentada, atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com
expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), bem como à
provável causa da deficiência, na forma do subitem 3.2.1.
3.2.1. O candidato deverá entregar, até o dia 16 de Novembro de 2015 (Último Dia do Pagamento da Taxa de
Inscrição), enviando por SEDEX, com Aviso de Recebimento (AR) (para a FBR - Concurso IFRJ 2015 (Laudo
Médico), Av. Carlos Chagas Filho, 791 Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ, CEP 21941-904) ou entregar
pessoalmente ou por terceiro, cópia simples do CPF e Laudo Médico (original ou cópia autenticada) referidos na alínea
“b” do subitem 3.2, no Posto de Atendimento, relacionado no Anexo VI, no horário das 9h às 17h, de segunda à
sexta-feira (exceto em feriado).
3.2.2. O fornecimento da cópia simples do CPF e do Laudo Médico (original ou cópia autenticada), por qualquer via
acima citada, é de responsabilidade exclusiva do candidato. A Fundação BIO-RIO não se responsabiliza por qualquer
tipo de extravio que impeça a chegada da documentação a seu destino.
3.3. O candidato que se declarou Pessoa com Deficiência (PcD) poderá requerer, no ato da inscrição, na forma do
subitem 5.4.9 deste edital, atendimento especial, para o dia de realização das provas, indicando as condições de que
necessita para a realização destas, conforme previsto no Artigo 40 parágrafos 1º e 2º, do Decreto Federal nº 3.298/99 e
suas alterações.
3.4. A cópia do CPF e o Laudo Médico (original ou cópia autenticada) terão validade somente para este concurso
público e não serão devolvidos, assim como não serão fornecidas cópias desses documentos.
3.4.1. A relação dos candidatos que tiveram a inscrição deferida para concorrer na condição de Pessoas com Deficiência
(PcD) será divulgada na Internet, no endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, na ocasião da divulgação dos
locais e horário de realização das provas.
3.5. A inobservância do disposto no subitem 3.2 acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas aos
candidatos em tal condição e o não atendimento às condições especiais necessárias.
Documento recebido eletronicamente da origem

3.6. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias relacionadas no Artigo 4º do
Decreto Federal nº 3.298/99 e suas alterações, e a Súmula 377 do Superior Tribunal de Justiça – STJ.
3.7. Os candidatos que se declararem Pessoas com Deficiência (PcD), se não eliminados no concurso, serão convocados
para se submeter à perícia médica promovida por equipe multiprofissional designada pelo IFRJ que verificará sobre a
sua qualificação como deficiente ou não, bem como, no período de estágio probatório, sobre a incompatibilidade entre
as atribuições do cargo público e a deficiência apresentada, nos termos do artigo 43 do Decreto Federal nº 3.298/99 e
suas alterações.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 2 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.18)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

3.8. O candidato deverá comparecer à perícia médica, munido de Laudo Médico original ou cópia autenticada, emitido
nos últimos 03 (três) meses, contados da data da convocação para nomeação e de exames comprobatórios da
deficiência apresentada, que atestem à espécie, grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código
correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), conforme especificado no Decreto Federal nº
3.298/99 e suas alterações, bem como à provável causa da deficiência. JFRJ
3.9. A não observância do disposto no subitem 3.8, a reprovação na perícia médica ou o não comparecimento à perícia Fls 18
acarretará a perda do direito às vagas reservadas aos candidatos em tais condições.
3.10. O candidato, Pessoa com Deficiência (PcD), reprovado na perícia médica por não ter sido considerado deficiente,
permanecerá somente na lista geral de classificação do cargo público de opção, deixando de figurar na lista específica
dos candidatos com deficiência, sendo utilizada, para qualquer efeito, apenas a classificação geral do cargo público de
opção. O candidato que não for considerado Pessoa com Deficiência (PcD), no momento da nomeação, será
desclassificado do certame, caso tenha sido aprovado em classificação superior ao limite estabelecido na lista geral.
3.11. Os candidatos que, no ato da inscrição, se declararem Pessoas com Deficiência (PcD), se não eliminados no
concurso e considerados pessoas com deficiência, terão seus nomes publicados em lista à parte e figurarão também na
lista de classificação geral por cargo público de opção.
3.12. As vagas definidas no subitem 3.1 que não forem providas por falta de candidatos, Pessoas com Deficiência
(PcD), aprovados serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação por cargo
público de opção.

4. DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO PÚBLICO


4.1. O candidato aprovado e classificado ao final de todas as etapas no Concurso Público de que trata este Edital será
nomeado para o cargo público que concorreu desde que atendidas cumulativamente, as seguintes exigências e requisitos
para investidura no cargo público:
4.1.1. Ter sido aprovado no presente concurso público, na forma estabelecida neste edital, seus anexos e em suas
eventuais retificações;
4.1.2. Ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou gozar das prerrogativas dos Decretos Federais nº 70.391/72 e 70.436/72 e
do Artigo 12, § 1º da Constituição Federal;
4.1.3. Estar em gozo dos direitos políticos;
4.1.4. Estar qualificado para o cargo público pretendido, de acordo com o Anexo I desse Edital, na data da nomeação;
4.1.5. Não ter sofrido, no exercício da função pública, as penalidades de exoneração ou destituição de cargo em
comissão;
4.1.6. Não ter sido exonerado do serviço público, de acordo com o Artigo 137 da Lei Federal 8.112/90;
4.1.7. Possuir idade mínima de 18 (dezoito) anos completados, quando da nomeação;
4.1.8. O candidato servidor público que for aprovado no concurso público e convocado para assumir o cargo, só poderá
ingressar no novo cargo após o pedido de exoneração do cargo público que estiver ocupando.
4.1.9. Deverá apresentar os documentos, original e cópia, listados abaixo quando solicitado:
4.1.9.1. 03 (três) fotografias 3 x 4 coloridas e recentes (sem chapéu ou boné);
4.1.9.2. Comprovar todos os pré-requisitos exigidos, através da apresentação de documentação original e cópia simples;
4.1.9.3. Apresentar o Título de Eleitor (original e cópia simples) e estar quite com as obrigações eleitorais, apresentando
a Certidão Negativa da Justiça Eleitoral (original);
4.1.9.4. Comprovar quitação com as obrigações militares, para os candidatos de sexo masculino com até 45 (quarenta e
cinco) anos (original e cópia simples);
4.1.9.5. Apresentar documento pessoal de Identidade (original e cópia simples);
4.1.9.6. Cadastro de Pessoa Física da Receita Federal – CPF (original e cópia simples);
4.1.9.7. Certidão de Nascimento (se for solteiro), Certidão de União Estável ou de Casamento (original e cópia
simples);
4.1.9.8. Certidão de Nascimento dos filhos menores de 21 (vinte e um) anos (original e cópia simples);
4.1.9.9. PIS/PASEP (original e cópia simples);
4.1.9.10. Comprovante de Residência com data dos últimos 03 (três) meses (conta de luz, conta de telefone, conta de
água ou gás);
4.1.9.11. Carteira de Vacinação atualizada dos filhos menores de 05 (cinco) anos;
4.1.9.12. Apresentar Certidão Negativa de Antecedentes Criminais (original) e não registrar antecedentes criminais
transitados em julgado, ou no caso destes, ter cumprido integralmente as penas cominadas;
Documento recebido eletronicamente da origem

4.1.9.13. Registro no Conselho Profissional ou no Ministério do Trabalho e Emprego, no caso de cargo de Nível
Superior ou Médio Técnico, quando se tratar de profissão regulamentada (original e cópia simples);
4.1.9.14. Comprovante de Pagamento da Anuidade do Conselho Profissional dentro do período do exercício, no caso de
cargo de Nível Superior ou Médio Técnico quando exigido o respectivo registro (original e cópia simples);
4.1.9.15. Apresentar Certidão Negativa da Justiça Federal (original);

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 3 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.19)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

4.1.9.16. Apresentar Declaração de acumulação de cargos e/ou empregos, públicos e/ou privados, que ocupar na época
da nomeação/posse, de acordo com o modelo disponibilizado na página eletrônica do concurso público, na ocasião da
nomeação;
4.1.9.17. Apresentar Certificado ou Diploma comprovando a escolaridade exigida (original e cópia simples). Serão
aferidos apenas os comprovantes de cursos oriundos de Instituições de Ensino, credenciadas pelo Ministério da JFRJ
Educação – MEC ou por Conselho Estadual de Educação, e observadas as normas que lhes regem a validade, dentre as Fls 19
quais, se for o caso, as pertinentes ao respectivo registro;
4.1.9.18. Será aceito o diploma, para cursos mencionados no subitem anterior, obtidos no exterior, desde que revalidado
por instituição de ensino superior brasileira devidamente apta para este fim;
4.1.9.19. Apresentar os exames:
a) Para todos os candidatos: EAS, EPF, Hepatograma, Lipidograma completo, TAP, PTT, Glicemia de jejum e Raio-X
de tórax com laudo;
b) Para candidatos acima de 40 anos: Eletrocardiograma com laudo;
c) Para os candidatos dos cargos de: Agrônomo, Auxiliar de Enfermagem, Enfermeiro/Área: Enfermagem do
Trabalho, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico/Área, Médico/Área: Psiquiatria, Médico Veterinário,
Nutricionista/Habilitação: Alimentação Coletiva, Operador de Máquinas Agrícolas, Técnico de Agropecuária,
Técnico de Enfermagem, Técnico de Laboratório/Área (todos), Técnico de Química, Zootecnista: comprovação
por cartão de vacinação ou exame de soro conversão da Vacina Hepatite B e Vacina Antitetânica;
d) Para os candidatos do cargo de Técnico em Audiovisual: Laudo Audiométrico e Avaliação Oftalmológica.
4.1.9.20. Ser considerado apto na Avaliação Médica Admissional;
4.1.9.21. Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da nomeação e posse, se solicitados pelo
IFRJ.

5. DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO


5.1. Valores das Taxas de Inscrição:

Cargo público Valor (R$)


Nível Superior – Nível “E” 90,00
Nível Médio – Nível “D” 70,00
Nível Médio – Nível “C” 60,00
Nível Fundamental – Nível “C” 60,00

5.1.1. Será admitida a inscrição somente via Internet, no endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, solicitada
no período entre 09 horas do dia 13 de Outubro de 2015 e 23 horas e 59 minutos do dia 15 de Novembro de 2015,
observado o horário oficial de Brasília/DF.
5.1.2. A FBR não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos
computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que
impossibilitem a transferência de dados.
5.2. O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição obrigatoriamente por intermédio do boleto bancário
gerado após a conclusão do preenchimento da ficha de solicitação de inscrição on-line.
5.2.1. O boleto bancário poderá ser pago em qualquer banco, bem como nas Casas Lotéricas, Correios e
Correspondentes Bancários, obedecendo aos critérios estabelecidos em cada um destes.
5.2.2. O pagamento da taxa de inscrição poderá ser efetuado até o dia 16 de Novembro de 2015 (Último Dia do
Pagamento da Taxa de Inscrição).
5.2.3. As inscrições efetuadas somente serão acatadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição.
5.2.4. Caso ocorra problema na impressão do boleto, o candidato poderá emitir a 2ª via, opção disponível na
página do concurso público, bastando para isso acessar no Box “Suporte ao Candidato” clicando no botão “Imprimir
Boleto - 2ª Via”. Não será aceita outra forma de pagamento diferente da descrita, nem mesmo depósito bancário.
5.2.5. O simples recolhimento da Taxa de Inscrição na agência bancária não significa que a inscrição no Concurso
Público tenha sido efetivada. A efetivação será comprovada através do recebimento do crédito do pagamento pela
Instituição Bancária;
5.2.5.1. Não será aceito depósito em conta corrente, em espécie, transferência eletrônica ou cheque ou
agendamento de pagamento;
Documento recebido eletronicamente da origem

5.2.5.2. Caberá aos candidatos acompanhar através da página eletrônica da FBR, onde realizou a inscrição, a
confirmação do processamento do seu boleto, cujo prazo máximo previsto é de 72 (setenta e duas) horas úteis após a
data do pagamento em dias úteis, se o mesmo foi creditado corretamente. No caso de constatar que sua inscrição
continua como NÃO PAGA, o mesmo deverá, imediatamente, encaminhar um e-mail para ifrj2015@biorio.org.br,
informando seus dados (CPF, nome completo e número de inscrição) e anexando cópia do comprovante de pagamento.
O candidato será informado da alteração ou não em até 72 (setenta e duas) horas úteis após o envio do e-mail, quando
será comunicado por e-mail sobre a situação;
DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 4 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.20)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

5.2.6. O comprovante de inscrição do candidato estará disponível no endereço eletrônico


http://concursos.biorio.org.br, após o acatamento da inscrição, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a
obtenção desse documento.
5.3. Para os candidatos que não dispuserem de acesso à Internet, a FBR disponibilizará Posto de Atendimento com
acesso à Internet, relacionado no Anexo VI, iniciando às 10h do dia 13 de Outubro de 2015 até às 17h, do dia 13 de JFRJ
Novembro de 2015, somente nos dias úteis. Fls 20
5.4. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A INSCRIÇÃO NO CONCURSO PÚBLICO
5.4.1. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os
requisitos exigidos para o cargo público pretendido. No momento da inscrição, o candidato deverá optar pelo cargo
público da vaga.
5.4.1.1. Uma vez efetivada a inscrição não será permitida, em hipótese alguma, a alteração da opção de cargo público
escolhido.
5.4.2. É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou a via correio eletrônico.
5.4.3. É vedada a transferência do valor pago a título de taxa para terceiros ou para outros concursos.
5.4.4. Para efetuar a inscrição, é imprescindível o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) do candidato.
5.4.5. As informações prestadas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, dispondo a
FBR do direito de excluir do concurso público aquele que não preencher o formulário de forma completa e correta.
5.4.6. O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo em caso de
cancelamento do certame ou por conveniência do IFRJ.
5.4.7. Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto para os candidatos que declararem e
comprovarem hipossuficiência de recursos financeiros para pagamento da referida taxa, nos termos do Decreto Federal
nº 6.593/08, de 02 de Outubro de 2008. O candidato que desejar requerer a isenção da taxa de inscrição deverá
preencher o formulário de pedido de isenção que estará disponível no endereço eletrônico
http://concursos.biorio.org.br entre os dias 13 a 25 de Outubro de 2015, informando obrigatoriamente o Número de
Identificação Social (NIS), atribuído pelo CadÚnico.
5.4.7.1. A verificação da condição para a isenção de taxa de inscrição será confrontada com os dados geridos pelo
Ministério do Desenvolvimento Social/MDS, através do SISTAC.
5.4.7.2. O candidato só poderá realizar um único pedido de isenção de taxa de inscrição para um determinado
CPF/Cargo. Caso o candidato realize mais de um pedido de isenção os anteriores serão bloqueados sendo analisada
apenas o último pedido de isenção postado, ficando sem efeito todos os demais pedidos de isenção realizados
anteriormente.
5.4.7.3. No dia 27 de outubro de 2015, a Fundação BIO-RIO publicará, na página do concurso público, a relação
preliminar dos candidatos que solicitaram o Pedido de Isenção com a situação.
5.4.7.4. O candidato que não tiver seu pedido de isenção homologado, poderá emitir o boleto a partir da sua solicitação
de isenção não aceita, utilizando normalmente o procedimento de pagamento da taxa de inscrição.
5.4.8. O comprovante de inscrição ou o comprovante de pagamento da taxa de inscrição deverá ser mantido em poder
do candidato.
5.4.9. O candidato que necessitar de Atendimento Especial para a realização das provas deverá indicar, na solicitação
de inscrição, os recursos especiais necessários e, ainda, enviar, até o dia 16 de Novembro de 2015 (Último Dia do
Pagamento da Taxa de Inscrição), via SEDEX, para a Central de Atendimento da FBR - Concurso IFRJ 2015
(Laudo Médico), Av. Carlos Chagas Filho, 791 - Cidade Universitária, CEP 21941-904 - Rio de Janeiro - RJ, cópia
simples do CPF e do Laudo Médico que justifique o atendimento especial solicitado, podendo também ser entregue no
Posto de Atendimento relacionado no Anexo VI. Após esse período, a solicitação será indeferida.
5.4.9.1. O fornecimento do Laudo Médico (original ou cópia autenticada) e da cópia do CPF, é de responsabilidade
exclusiva do candidato. A FBR não se responsabiliza por qualquer tipo de extravio que impeça a chegada da
documentação a seu destino.
5.4.9.2. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar
atendimento especial para tal fim, deverá encaminhar declaração que justifique a solicitação até o dia 16 de Novembro
de 2015 (Último Dia para Pagamento da Taxa de Inscrição), e deverá levar um(a) acompanhante maior de idade,
que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. Não haverá
compensação do tempo gasto para a amamentação ao tempo de prova da candidata. A candidata que não levar
acompanhante não poderá realizar as provas.
5.4.9.3. A cópia simples do CPF e o Laudo Médico (original ou cópia autenticada) valerão somente para este concurso,
Documento recebido eletronicamente da origem

não serão devolvidos e não serão fornecidas cópias dessa documentação.


5.4.9.4. A data de emissão do laudo médico não pode ser superior a 90 dias anterior a data limite para envio do
mesmo sob pena de não ser aceito.
5.4.9.5. O candidato portador de deficiência visual deverá indicar sua condição, informando no Formulário de Inscrição
a necessidade de realizar a prova com o auxílio de um Ledor ou um Ledor/Transcritor que será disponibilizado no dia
da prova. O Ledor transcreverá as respostas para o Cartão de Respostas das Provas Objetivas, não podendo o IFRJ ser
posteriormente responsabilizado pelo candidato, sob qualquer alegação, por eventuais erros de transcrição provocados

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 5 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.21)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

pelo Ledor/Transcritor.
5.4.9.6. O candidato que necessitar de condições especiais para escrever deverá indicar sua condição, informando no
Formulário de Inscrição a necessidade de auxílio para transcrição das respostas. Neste caso, o candidato terá o auxílio
de Transcritor, não podendo o IFRJ ser posteriormente responsabilizado pelo candidato, sob qualquer alegação, por
eventuais erros de transcrição provocados pelo Transcritor. JFRJ
5.4.9.7. O candidato amblíope deverá indicar sua condição, informando no Formulário de Inscrição que necessita de Fls 21
prova impressa de forma ampliada.
5.4.9.8. O candidato com dificuldade de locomoção deverá indicar sua condição, informando no Formulário de
Inscrição se necessita de sala de prova de fácil acesso e, quando for o caso, se utiliza cadeira de rodas.
5.4.9.9. O candidato que necessitar de tempo adicional para realizar a prova deverá indicar sua condição, informando
sua necessidade no Formulário de Inscrição. Neste caso, o candidato deverá apresentar laudo médico informando o
motivo.
5.4.9.9.1. O laudo deverá ser postado ou entregue, impreterivelmente, até o último dia do período indicado no
cronograma do concurso (Último Dia do Pagamento da Taxa de Inscrição).
5.4.9.9.2. No caso da entrega ser feita pessoalmente, pelo próprio ou por terceiros, esta deverá ocorrer em dias úteis, no
horário de 09 horas às 17 horas, considerando-se o horário oficial de Brasília.
5.4.9.10. A relação dos candidatos que tiveram o seu atendimento especial deferido será divulgada na Internet, no
endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, na ocasião da divulgação do edital de locais e horário de realização
das provas.
5.4.9.11. A solicitação de condições ou recursos especiais será atendida, em qualquer caso, segundo os critérios de
viabilidade e de razoabilidade.
5.4.10. O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá
entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo público por ocasião da nomeação.
5.4.11. O candidato que se inscrever mais de uma vez, para cargos diferentes, tendo obedecido ao item 5 do
presente edital, havendo coincidência do dia e do horário de realização das provas, deverá comparecer, no dia
das provas, ao local e sala de prova da opção que deseja concorrer e realizar a prova correspondente, sendo
presente nesta e faltoso nas demais opções.

6. DAS VAGAS RESERVADAS AOS CANDIDATOS NEGROS (CANDIDATOS QUE SE


AUTODECLARAREM PRETOS E PARDOS, CONFORME ART. 2º DA LEI Nº 12.990/2014)
6.1. Em cumprimento ao disposto no Artigo 1º caput da Lei Federal nº 12.990/14, de 09 de junho de 2014, ficam
reservados 20% (vinte por cento) do total das vagas de cada cargo, conforme discriminado no Anexo I deste Edital,
para candidatos que se autodeclararem negros.
6.1.1. A reserva de vagas aos candidatos autodeclarados negros, será aplicada sempre que o número de vagas oferecido
para cada cargo for igual ou superior a 03 (três).
6.1.2. Se da aplicação do percentual previsto no subitem 6.1 deste Edital resultar número fracionário, o quantitativo de
vagas reservadas será aumentado para o número inteiro imediatamente superior, em caso de a parte fracionária ser igual
ou superior a 0,5 (cinco décimos), ou diminuído para o número inteiro imediatamente inferior, em caso de a parte
fracionária ser menor que 0,5 (cinco décimos).
6.2. O candidato autodeclarado negro concorre em igualdade de condições com os demais candidatos às vagas de ampla
concorrência (AC) e, ainda, às vagas reservadas aos negros (NP) do cargo para o qual se inscreveu.
6.3. O candidato que desejar concorrer as vagas reservadas aos candidatos negros deverá, no ato da inscrição, se
autodeclarar preto ou pardo conforme o quesito “cor ou raça” utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia
e Estatística – IBGE.
6.3.1. Em caso de constatação de declaração falsa, será aplicado o previsto no Artigo 2º, parágrafo único da Lei Federal
nº 12.990/14, de 09 de junho de 2014.
6.4. As vagas reservadas a candidatos negros que não forem providas por falta de candidatos, por reprovação no
Concurso Público ou por outro motivo serão preenchidas pelos demais candidatos aprovados na lista de ampla
concorrência, observada a ordem geral de classificação.

7. DO CARTÃO DE CONVOCAÇÃO PARA A ETAPA (CCE)


7.1. O Cartão de Convocação para a Etapa de Prova Objetiva (CCE) será disponibilizado no endereço
http://concursos.biorio.org.br na data prevista no cronograma (Anexo VIII) do concurso.
Documento recebido eletronicamente da origem

7.1.1. O Cartão de Convocação para a Etapa de Prova Objetiva (CCE) do candidato inscrito via Internet estará
disponível no endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a
obtenção desse documento.
7.1.2. Para obter esta informação o candidato deverá acessar a página http://concursos.biorio.org.br, e
obrigatoriamente imprimir o seu CCE, onde constarão informações referentes ao seu número de inscrição, cargo
público, data, horário e endereço completo do local de prova, sala de prova, tempo de duração, dentre outras
informações, a partir do dia 30 de Novembro de 2015, no Box “Suporte ao Candidato” onde poderá acessar o serviço

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 6 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.22)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

de “Convocação para a Etapa de Prova Objetiva - CCE”.


7.1.3. Será disponibilizado o relatório de homologação de locais de prova onde constarão os locais de prova com o
endereço completo e telefones para contato.
7.1.4. Será disponibilizada relação geral dos candidatos alocados em ordem alfabética, com todos os candidatos que
farão provas com o local de prova e a opção de cargo público que escolheram. JFRJ
7.2. É obrigação do candidato, conferir no Comprovante de Confirmação de Inscrição (após finalizar o ato do processo Fls 22
de inscrição), no Boleto de pagamento da Taxa de Inscrição ou mediante acesso à página da FBR na Internet, os
seguintes dados: nome, número do documento de identidade, sigla do órgão expedidor e Estado emitente, CPF, data de
nascimento, sexo, cargo público a que concorre, nome da mãe, nome do pai, nível de escolaridade, endereço completo,
telefone, celular, e-mail e, quando for o caso, a informação de tratar-se de Pessoa com Deficiência (PcD) que demande
condição especial para a realização das provas e/ou esteja concorrendo às vagas reservadas à Pessoa com Deficiência
(PcD) ou se concorre a vaga reservada a Negro (NP).
7.3. Caso haja inexatidão em relação à sua eventual condição de Pessoa com Deficiência (PcD) que tenha optado por
concorrer às vagas reservadas ou solicitado condição de Atendimento Especial para realização das provas, o candidato
deverá entrar em contato com a FBR, pelo telefone (21) 3525-2480, das 09 às 18 horas, horário de Brasília/DF, nos
dias 25 e 26 de Novembro de 2015, conforme orientações constantes no endereço eletrônico
http://concursos.biorio.org.br.
7.4. Caso o candidato tenha realizado consulta aos seus dados de inscrição e tenha detectado algum tipo de
inconsistência ou falta de alguma informação, este poderá acessar na página do concurso no Box “Suporte ao
Candidato” onde poderá acessar o serviço de “Alterar Dados Cadastrais” para corrigir seus dados.
7.4.1. O candidato não poderá alterar os seguintes dados: cargo público para o qual concorre, seu nome, seu CPF,
nome da mãe e sua data de nascimento. Os demais dados poderão ser alterados pelo candidato utilizando o serviço
disponível na página do concurso.
7.4.2. Os eventuais erros de digitação no nome, CPF, nome da mãe e data de nascimento, deverão ser corrigidos
somente no dia das respectivas provas mediante solicitação ao fiscal de sala para que anote no campo próprio da Ata de
Sala a informação a ser alterada.
7.5. As informações sobre os respectivos locais de provas e a relação de candidatos por local de prova, estarão
disponíveis, também, no endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, sendo o documento impresso por meio do
acesso à página na Internet, válido como Cartão de Convocação para a Etapa de Prova Objetiva (CCE).
7.6. Os candidatos deverão arcar com todos os custos e despesas para realizar sua prova no local e cidade de prova
definida, assim como no deslocamento para a realização dos exames médicos.
7.7. O candidato não poderá alegar desconhecimento dos locais de realização das provas como justificativa de sua
ausência. O não comparecimento às provas, qualquer que seja o motivo, será considerado como desistência do
candidato e resultará em sua eliminação do concurso público.

8. DAS ETAPAS DO CONCURSO PÚBLICO


8.1. O Concurso Público será composto de:
a) Prova Objetiva (PO), de caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos a todos os cargos públicos;
b) Avaliação de Títulos (AT), de caráter classificatório, para os candidatos a cargos públicos de nível superior;
c) Avaliação Médica Admissional, para todos os candidatos, de caráter eliminatório e
d) Checagem de Requisitos, do Anexo I, e Comprovação de Documentos, para todos os candidatos, de caráter
eliminatório.

9. DAS ETAPAS
9.1. Da Etapa das Provas Objetivas (PO)
9.1.1. A Prova Objetiva (PO), para os candidatos a todos os cargos públicos, será composta de questões do tipo múltipla
escolha.
9.1.2. Cada questão conterá 05 (cinco) opções de resposta e somente uma correta.
9.1.2.1. Será atribuída NOTA ZERO à questão da Prova Objetiva que não corresponder ao gabarito oficial ou que
contiver emenda, rasura ou mais de uma ou nenhuma resposta assinalada.
9.1.3. A quantidade de questões por disciplina, o valor de cada questão, o máximo de pontos por prova e o mínimo de
pontos necessários para aprovação, estão descritos no Anexo III, deste Edital.
9.1.3.1. Os candidatos deverão atingir minimamente 40 % (quarenta) dos pontos previstos para cada disciplina e
Documento recebido eletronicamente da origem

obter também 60 % (sessenta) do total de pontos da prova para ser considerado apto na etapa de prova objetiva.
9.1.4. O candidato NÃO poderá levar seu Caderno de Questões (Prova). Serão disponibilizados, no dia seguinte ao
da aplicação da prova objetiva, os exemplares de todas as provas para todos os cargos públicos.
9.1.5. O candidato deverá transcrever as respostas das provas objetivas para o Cartão de Respostas, que será o único
documento válido para a correção das provas. O preenchimento do Cartão de Respostas será de inteira responsabilidade
do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital e no Cartão de
Respostas. Em hipótese alguma haverá substituição do Cartão de Respostas por erro do candidato.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 7 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.23)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

9.1.6. Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevido do Cartão de
Respostas. Serão consideradas marcações indevidas as que estiverem em desacordo com as instruções desse Edital e/ou
com as do Cartão de Respostas, tais como: marcação de dois ou mais campos referentes a um mesmo item, mesmo que
um deles esteja correto; ausência de marcação nos campos referentes a um mesmo item; marcação rasurada ou
emendada e/ou campo de marcação não preenchido integralmente. JFRJ
9.1.7. O candidato não deverá amassar, molhar, dobrar, rasgar, manchar ou, de qualquer modo, danificar o seu Cartão Fls 23
de Respostas, sob pena de arcar com os prejuízos advindos da impossibilidade de realização da leitura óptica.
9.1.8. O candidato é responsável pela conferência de seus dados pessoais, em especial seu nome, seu número de
inscrição, cargo público que optou e o número de seu documento de identidade.
9.1.9. O candidato NÃO poderá anotar seus assinalamentos (copiar suas respostas) de seu Cartão de Respostas,
sob pena de ser eliminado do concurso.
9.1.10. A FBR divulgará a imagem do Cartão de Respostas dos candidatos que realizaram as provas objetivas, exceto
dos candidatos faltosos ou eliminados na forma do subitem 10.1.10. deste Edital, no dia 10 de Dezembro de 2015, que
poderá ser impresso, sendo entretanto acessado somente pelo candidato mediante sua senha de acesso.
9.1.11. O Conteúdo Programático está disponível no Anexo IV.
9.1.12. Os candidatos aprovados na Prova Objetiva (PO), segundo os critérios estabelecidos no Anexo III deste Edital,
serão classificados em ordem decrescente de total de pontos, considerando-se os empates.
9.1.13. Os candidatos reprovados na prova objetiva serão eliminados do certame e não constarão da relação de
classificação.
9.1.14. Os candidatos que tenham previsão de Avaliação de Títulos (AT), terão seus títulos analisados, desde que
obtenham, cumulativamente, nota mínima para aprovação na Prova Objetiva (PO).
9.2. Da Etapa de Avaliação de Títulos (AT)
9.2.1. Serão convocados para a Avaliação de Títulos (AT) os candidatos aos cargos públicos que tenham esta etapa de
prova conforme Anexo II, considerados aprovados na etapa de prova objetiva.
9.2.2. Todos os candidatos aos cargos públicos deverão entregar cópia simples dos documentos a serem
considerados para a Avaliação de Títulos (AT), conforme Anexo V, no mesmo dia e local de realização da Prova
Objetiva.
9.2.2.1. O candidato que não apresentar as cópias simples dos documentos para a Avaliação de Títulos, no prazo
estabelecido no subitem 9.2.2. deste Edital, receberá nota 0 (zero) na Avaliação de Títulos.
9.2.2.2. O candidato que não entregar nenhum título, apesar de receber nota ZERO nesta etapa, continuará no concurso
sendo somada a nota Zero as outras já obtidas pelo candidato.
9.2.2.3. As cópias dos documentos encaminhadas para a Avaliação de Títulos fora do prazo estabelecido no subitem
9.2.2. deste Edital não serão analisadas.
9.2.2.4. Não serão pontuadas as cópias dos documentos relacionados aos pré-requisitos do cargo público.
9.2.3. As cópias dos documentos entregues não precisarão estar autenticadas em cartório e não serão devolvidas.
9.2.4. A Avaliação de Títulos será feita de acordo com os critérios estabelecidos neste item e no Anexo V deste Edital.
9.2.5. Para a comprovação da conclusão do curso de pós-graduação stricto sensu em nível de mestrado ou doutorado,
será aceito o diploma ou certificado / declaração (este último acompanhado obrigatoriamente de histórico escolar que
permita identificar o número de créditos obtidos, as disciplinas cursadas e a indicação do resultado do julgamento da
dissertação ou tese) de conclusão do curso.
9.2.6. Para a comprovação da conclusão do curso de pós-graduação lato sensu, será aceito o certificado de conclusão do
curso, nos moldes do Artigo 7º da Resolução CNE/CES no 01/07, de 08 de Junho de 2007.
9.2.6.1. Caso o certificado não contenha as informações definidas pela resolução citada no subitem anterior, será aceita
uma declaração da instituição (a declaração deverá ser emitida em papel timbrado e com o carimbo de CNPJ da
instituição responsável pelo curso) informando que o curso atende as exigências da referida resolução, anexando a esta,
obrigatoriamente, o histórico escolar que permita identificar a quantidade total de horas do curso, as disciplinas
cursadas e a indicação da aprovação ou não no curso, contendo inclusive o resultado do trabalho final ou monografia.
9.2.6.2. Não será considerado como curso de pós-graduação lato sensu, o Curso de pós-graduação stricto sensu em
nível de mestrado ou doutorado cujas disciplinas estejam concluídas e o candidato ainda não tenha realizado a
dissertação ou tese, ou obtido o resultado do julgamento das mesmas.
9.2.7. Todos os documentos deverão ser oriundos de instituições credenciadas pelo MEC ou por Conselho Estadual de
Educação, conforme o caso.
9.2.8. Os documentos relativos a cursos realizados no exterior só serão considerados quando atendida a legislação
Documento recebido eletronicamente da origem

nacional aplicável e revalidados por instituição universitária devidamente credenciada pelo MEC ou por Conselho
Estadual de Educação, apta ao referido ato.
9.2.9. Somente serão aceitos Certificados/Declarações das instituições referidas nos subitens anteriores nas quais seja
possível efetuar a identificação das mesmas e constem de todos os dados necessários à sua perfeita comprovação.
9.2.10. No que diz respeito aos títulos referentes à Formação Acadêmica, será considerado apenas o de maior titulação.
Não será considerada a pontuação cumulativa da mesma titulação ou de titulações diferentes.
9.2.11. A comprovação de tempo de serviço será feita por meio da apresentação de:

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 8 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.24)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

a) Para contratados pela CLT (por tempo indeterminado): cópia simples da Carteira de Trabalho e Previdência
Social - CTPS (folha de identificação onde constam número, foto e série, folha da identificação civil e folha onde
constam os contratos de trabalho) e acompanhada obrigatoriamente de declaração do empregador, em papel timbrado
e com o CNPJ, onde conste claramente a identificação do serviço realizado (contrato), o período inicial e o final (de
tanto até tanto ou de tanto até a data atual, quando for o caso) do mesmo e descrição das atividades executadas e cópia JFRJ
simples dos documentos relacionados como pré-requisitos que comprove estar habilitado para o exercício da profissão Fls 24
(diploma, certificado de conclusão, registro no Conselho de Classe, etc);
b) Para servidores/empregados públicos: cópia simples de certidão de tempo de serviço ou declaração (em papel
timbrado e com o CNPJ e nome e registro de quem assina), no caso de órgão público/empresa pública, informando
claramente o serviço realizado, o período inicial e final (de tanto até tanto ou de tanto até a data atual, quando for o
caso) e acompanhada obrigatoriamente de declaração do órgão/empresa pública, em papel timbrado e com o CNPJ,
onde conste claramente a identificação do serviço realizado, o período inicial e o final (de tanto até tanto ou de tanto até
a data atual, quando for o caso) do mesmo com descrição das atividades executadas e cópia simples dos documentos
relacionados como pré-requisitos que comprove estar habilitado para o exercício da profissão (diploma, certificado de
conclusão, registro no Conselho de Classe, etc);
c) Para prestadores de serviço com contrato por tempo determinado: cópia simples do contrato de prestação de
serviços ou contrato social ou cópia simples do contra-cheque (demonstrando claramente o período inicial e final de
validade no caso destes dois últimos) e acompanhado obrigatoriamente de declaração do contratante ou responsável
legal, onde consta claramente o local onde os serviços foram prestados, a identificação do serviço realizado, o período
inicial e final (de tanto até tanto ou de tanto até a data atual, quando for o caso) do mesmo e descrição das atividades
executadas e cópia dos documentos relacionados como pré-requisitos que comprove estar habilitado para o exercício da
profissão (diploma, certificado de conclusão, registro no Conselho de Classe, etc);
d) Para autônomo: cópia simples do recibo de pagamento de autônomo – RPA (cópia do RPA referente ao mês de
início de realização do serviço e ao mês de término de realização do serviço) referente ao mês de início de realização do
serviço e ao mês de término de realização do serviço e acompanhada obrigatoriamente de declaração da
cooperativa ou empresa responsável pelo fornecimento da mão de obra, em papel timbrado com o CNPJ, onde consta
claramente o local onde os serviços foram prestados, a identificação do serviço realizado, o período inicial e final (de
tanto até tanto ou de tanto até a data atual, quando for o caso) do mesmo e descrição das atividades executadas e cópia
simples dos documentos relacionados como pré-requisitos que comprove estar habilitado para o exercício da profissão
(diploma, certificado de conclusão, registro no Conselho de Classe, etc).
9.2.12. Os documentos relacionados no subitem 9.2.11. deste Edital, opções “a”, “b” e “d”, deverão ser emitidos pelo
setor de pessoal ou recursos humanos ou por outro setor da empresa, devendo estar devidamente datados e assinados,
sendo obrigatória a identificação do cargo público e da pessoa responsável pela assinatura.
9.2.13. Os documentos relacionados no subitem 9.2.11. deste Edital que fazem menção a períodos deverão permitir
identificar claramente o período inicial e final da realização do serviço, não sendo assumido implicitamente que o
período final seja a data atual.
9.2.14. Serão desconsiderados os documentos relacionados nos subitens 9.2.11., 9.2.12. e 9.2.13. que não contenham
todas as informações relacionadas e/ou não permitam uma análise precisa e clara da experiência profissional do
candidato.
9.2.15. Não será aceito como experiência profissional o tempo de estágio, de voluntariado, de bolsa de estudo ou de
monitoria.
9.2.16. Cada título será considerado uma única vez (para todos os tipos de categoria de títulos descritos no Anexo V),
não sendo cumulativo.
9.2.17. Para efeito do cômputo de pontuação relativa a tempo de experiência não será considerada mais de uma
pontuação no mesmo período.

10. DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS


10.1. Das Condições de realização das Provas Objetivas
10.1.1. As Provas Objetivas serão realizadas no dia 06 de Dezembro de 2015, nos municípios do Rio de Janeiro e
Grande Rio e de Volta Redonda, com duração de 04 (quatro) horas, devendo o candidato chegar com 1 (uma) hora de
antecedência. Todas as provas serão aplicadas considerando como fuso horário padrão o horário oficial de Brasília,
conforme disposto no quadro a seguir:
Documento recebido eletronicamente da origem

HORÁRIO PREVISTO CARGO/NÍVEL


Turno da Manhã - 09h às 13h Todos os Cargos dos Níveis C e E
Turno da Tarde - 15h às 19h Todos os Cargos de Nível D

10.1.2. Os locais de prova objetiva serão informados no endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, cabendo
ao candidato acompanhar a divulgação dos mesmos.
10.1.3. O candidato deverá comparecer ao local designado para prestar as provas, munido de caneta esferográfica de
tinta indelével preta ou azul e de documento oficial e original de identidade, devendo chegar com antecedência de
DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 9 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.25)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

60 (sessenta) minutos do horário estabelecido para o fechamento dos portões de acesso ao local da Prova
Objetiva. Os portões serão fechados no turno da manhã as 09 h e no turno da tarde as 15 h;
10.1.3.1. Serão considerados documentos oficiais de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares (ex-
Ministérios Militares), pelas Secretarias de Segurança, pelos Corpos de Bombeiros, pelas Polícias Militares e pelos
órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselhos, etc.); passaporte; carteiras funcionais da Defensoria JFRJ
Pública, do Ministério Público e Magistratura; carteiras expedidas por órgão público que, por Lei Federal, valem como Fls 25
identidade; e Carteira Nacional de Habilitação.
10.1.3.2. Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do
candidato e de sua assinatura.
10.1.3.2.1. O candidato será submetido à identificação especial caso seu documento oficial e original de identidade
apresente dúvidas quanto à fisionomia ou assinatura.
10.1.3.3. O candidato que não apresentar documento oficial e original de identidade não realizará as provas.
10.1.3.3.1. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento oficial e original de identidade, por motivo
de perda, roubo ou furto, deverá apresentar documento que comprove o registro do fato em órgão policial, expedido no
máximo em 30 (trinta) dias, sendo o candidato submetido à identificação especial. O candidato terá um prazo de 05
(cinco) dias para voltar ao local definido no momento da identificação especial para apresentar um novo documento
oficial e original com foto, sob pena de não apresentando no prazo ser eliminado do concurso público.
10.1.4. Não haverá, sob pretexto algum, segunda chamada para as provas. O não comparecimento, qualquer que seja a
alegação, acarretará a eliminação automática do candidato.
10.1.5. É vedado ao candidato prestar as provas fora do local, data e horário pré-determinados pela organização do
Concurso Público.
10.1.6. Não será permitido ao candidato entrar no local de realização das provas após o horário previsto para o
fechamento dos portões ou após o horário estabelecido para o seu início.
10.1.7. Não será permitido ao candidato entrar na sala de prova portando (carregando consigo, levando ou
conduzindo) armas ou aparelhos eletrônicos (mp3 ou mp4, telefone celular (mesmo que desligados ou mesmo sem a
fonte de energia), qualquer tipo de relógio com mostrador digital, pager, agenda eletrônica, notebook, palm top, smart
phone, tablet (ipad, etc.), receptor, gravador, tocador de música (ipod, etc.), fone de ouvido, pen drive, máquina
fotográfica, etc.). Caso o candidato leve alguma arma e/ou algum aparelho eletrônico, estes deverão ser entregues à
Coordenação e somente serão devolvidos ao final da prova. No caso do candidato ter autorização de portar arma, este
deverá procurar a coordenação para deixar sob custodia, devendo este ser responsável por desmuniciá-la e colocar em
envelope de segurança que ficará na sala de coordenação até o final da prova do candidato.
10.1.7.1. A organizadora não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos e/ou equipamentos eletrônicos
ocorridos durante a realização da prova, nem por danos neles causados.
10.1.7.2. O descumprimento do descrito no subitem 10.1.7., deste Edital, implicará na eliminação do candidato,
constituindo tentativa de fraude.
10.1.8. Da Aplicação das Provas:
10.1.8.1. Após assinar a Lista de Presença na sala de prova, o candidato receberá do fiscal o Cartão de Respostas da
Prova Objetiva.
10.1.8.1.1. O candidato deverá conferir as informações contidas no Cartão de Respostas da Prova Objetiva e assinar seu
nome em local apropriado.
10.1.8.1.2. Caso o candidato identifique erros durante a conferência das informações contidas no Cartão de Respostas
da Prova Objetiva, estes devem ser informados ao fiscal de sala, que procederá na anotação em campo próprio na Ata
de Sala.
10.1.8.1.2.1. Não é permitida a solicitação de alteração de cargo público para o qual o candidato concorre e/ou o tipo de
vaga escolhida (vaga de Ampla Concorrência (AC), vaga reservada a Pessoa com Deficiência (PcD) ou vaga reservada
a Negro (NP), seja qual for o motivo alegado.
10.1.8.1.3. O candidato deverá utilizar caneta esferográfica de tinta indelével preta ou azul, para as respostas das
Provas Objetivas. Não será admitido o preenchimento do Cartão de Respostas, a lápis ou caneta de cores diferentes das
cores azul ou preta. O preenchimento do Cartão de Respostas da Prova Objetiva será de inteira responsabilidade do
candidato que deverá proceder em conformidade com as instruções contidas na capa de prova.
10.1.8.1.4. O candidato deverá transcrever, utilizando caneta esferográfica de tinta indelével preta ou azul, as
respostas da Prova Objetiva para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a correção eletrônica.
O preenchimento do Cartão de Respostas será de inteira responsabilidade do candidato que deverá proceder em
Documento recebido eletronicamente da origem

conformidade com as instruções contidas na capa de prova e nas instruções no cartão.


10.1.8.1.5. Em hipótese alguma haverá substituição do Cartão de Respostas da Prova Objetiva por erro do candidato.

10.1.9. Por motivo de segurança os procedimentos a seguir serão adotados:


a) após ser identificado, nenhum candidato poderá retirar-se da sala de prova ou do local de espera, sem autorização e
acompanhamento da fiscalização;
b) somente depois de decorrida uma hora do início das provas, o candidato poderá entregar seus Cadernos de
Questões das Provas Objetivas, Cartão de Respostas da Prova Objetiva e retirar-se da sala de prova. O
DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 10 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.26)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

candidato que insistir em sair da sala de prova, descumprindo o aqui disposto, deverá assinar o Termo de
Ocorrência, declarando sua desistência do Concurso Público, que será lavrado pelo Coordenador do local, sendo
eliminado por desistência do Concurso Público;
c) ao candidato não será permitido levar seu Caderno de Questões da Prova Objetiva, pois será disponibilizado um
exemplar da prova no endereço eletrônico http://concursos.biorio.org.br, no dia seguinte à realização da prova, bem JFRJ
como o gabarito oficial; Fls 26
d) ao terminar as provas o candidato entregará, obrigatoriamente, ao fiscal de sala, o seu Caderno de Questões, o seu
Cartão de Respostas, solicitando a devolução do seu documento de identidade, que se encontra em poder do fiscal de
sala, porém sempre visível, desde o momento do seu ingresso na sala;
e) os três últimos candidatos deverão permanecer na sala de prova e somente poderão sair juntos do recinto, após a
aposição em Ata de suas respectivas assinaturas.

10.1.10. Será eliminado do Concurso Público o candidato que:


a) chegar ao local de prova após o fechamento dos portões ou após o horário estabelecido para o início das Provas, ou
realizar as provas em local diferente do designado;
b) durante a realização das provas, for surpreendido em comunicação com outro candidato ou pessoa não autorizada;
c) for surpreendido durante o período de realização de sua prova portando, (carregando consigo, levando ou
conduzindo) armas ou aparelhos eletrônicos (mp3 ou mp4, telefone celular, qualquer tipo de relógio com
mostrador digital, bip, agenda eletrônica, notebook, palm top, smart phone, tablet, receptor, gravador, máquina
fotográfica, etc), quer seja, na sala de prova ou nas dependências do seu local de prova;
d) utilizar-se de livros, códigos, impressos, máquinas calculadoras e similares, pagers, telefones celulares, smart phone,
tablet, notebook ou qualquer tipo de consulta durante o período de realização de sua prova, quer seja na sala de prova ou
nas dependências do seu local de prova;
e) fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;
f) desrespeitar membro da equipe de fiscalização, assim como o que proceder de forma a perturbar a ordem e a
tranqüilidade necessária à realização da prova;
g) descumprir qualquer das instruções contidas na capa da prova;
h) não realizar as provas, ausentar-se da sala de prova ou do local de espera sem justificativa ou sem autorização, após
ter assinado a Lista de Presença, portando ou não, o Cartão de Respostas;
i) não devolver os Cadernos de Questões das Provas Objetivas e o Cartão de Respostas da Prova Objetiva;
j) deixar de assinar a Lista de Presença;
k) não atender às determinações do presente Edital e de seus Anexos.

11. DA CLASSIFICAÇÃO, RESULTADO FINAL E HOMOLOGAÇÃO


11.1. A nota final do candidato será calculada, considerando-se que NF é a Nota Final, NO é a nota da Prova Objetiva,
e NAT é a nota da Avaliação de Títulos da seguinte forma:
a) Para os candidatos aos cargos públicos de Nível Superior (Nível E)

NF [Nota Final] = NO [Nota da Prova Objetiva] + NAT [Nota da Avaliação de Títulos]

b) Para os candidatos aos cargos públicos de Nível Médio (Nível D e Nível C)

NF [Nota Final] = NO [Nota da Prova Objetiva]

c) Para os candidatos aos cargos públicos de Nível Fundamental (Nível C)

NF [Nota Final] = NO [Nota da Prova Objetiva]

11.2. Os candidatos considerados aprovados, segundo os critérios estabelecidos no Anexo III deste Edital, serão
ordenados e classificados segundo a ordem decrescente da nota final, conforme o cargo público.
11.3. Em caso de igualdade na nota final, para fins de classificação, para todos os cargos públicos, na situação em que
nenhum dos candidatos empatados possua idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, completos até o último dia de
inscrição, o desempate se fará da seguinte forma:
Documento recebido eletronicamente da origem

a) Para os cargos públicos de Nível Superior (Nível E):


1º) maior pontuação na Prova Objetiva;
2º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Conhecimentos Específicos;
3º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Legislação e Ética;
4º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Língua Portuguesa; e,
5º) maior idade.
b) Para os cargos públicos de Nível Médio (Nível D e Nível C) e Fundamental (Nível C):
1º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Conhecimentos Específicos;
DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 11 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.27)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

2º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Legislação e Ética;


3º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Língua Portuguesa;
4º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Raciocínio Lógico; e,
5º) maior idade.
JFRJ
11.4. Em caso de igualdade na nota final, para fins de classificação, para todos os cargos públicos, na situação em que Fls 27
pelo menos um dos candidatos empatados possua idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, completos até o último
dia de inscrição, o desempate se fará da seguinte forma:
a) Para os cargos públicos de Nível Superior (Nível E):
1º) maior idade dentre os de idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos;
2º) maior pontuação na Prova Objetiva;
3º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Conhecimentos Específicos;
4º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Legislação e Ética;
5º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Língua Portuguesa, e;
6º) maior idade.
b) Para os cargos públicos de Nível Médio (Nível D e Nível C) e Fundamental (Nível C):
1º) maior idade dentre os de idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos;
2º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Conhecimentos Específicos;
3º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Legislação e Ética;
4º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Língua Portuguesa;
5º) maior pontuação nas questões da Disciplina de Raciocínio Lógico, e;
6º) maior idade.
11.5. Será eliminado do concurso público o candidato cuja nota por disciplina for menor do que a especificada para
cada disciplina e a nota final seja menor do que a especificada no Anexo III.

12. DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS


12.1. Serão disponibilizados no endereço eletrônico: http://concursos.biorio.org.br formulários eletrônicos para cada
um dos recursos administrativos previstos e relacionados aos eventos que só ficarão disponíveis no intervalo de dias,
sempre das 09 horas do primeiro até as 23:59 do último dia previsto no edital.
12.2. Serão permitidos recursos contra a Relação Preliminar da Isenção de Taxa, contra a Relação Preliminar de
Candidatos Inscritos, contra a Relação Preliminar de Candidatos às vagas reservadas a Pessoas com Deficiência (PcD),
contra a Relação Preliminar de Candidatos às vagas reservadas vagas reservadas aos negros (NP), contra as Questões
das Provas Objetivas, contra a Nota Preliminar da correção das Provas Objetivas e contra a Nota Preliminar da
Avaliação de Títulos.
12.2.1. No caso da Prova Objetiva, admitir-se-á um único recurso, por questão, para cada candidato, relativamente ao
gabarito oficial preliminar, à formulação ou ao conteúdo das questões, desde que devidamente fundamentado e instruído
com material bibliográfico.
12.2.1.1. Os recursos sem fundamentação ou que não tenham pertinência ao assunto serão liminarmente recusados.
12.2.1.2. Após o julgamento dos recursos interpostos, os pontos correspondentes às questões, porventura anuladas,
serão atribuídos a todos os candidatos.
12.3. O Formulário para Recurso poderá ser encontrado no endereço eletrônico: http://concursos.biorio.org.br, na
data prevista no Cronograma – Anexo VIII.
12.4. No caso dos recursos administrativos para os eventos de Relação Preliminar de Candidatos Isentos, Relação
Preliminar de Candidatos Inscritos, contra a Relação Preliminar de Candidatos às vagas reservadas a Pessoas com
Deficiência (PcD), contra a Relação Preliminar de Candidatos às vagas reservadas vagas reservadas aos negros (NP) e
contra a Nota Preliminar da Avaliação de Títulos, admitir-se-á um único formulário de recurso.
12.5. Será indeferido liminarmente o pedido de recurso apresentado fora do prazo e da forma diferenciada dos
estipulados neste Edital.
12.6. A decisão final da Banca Examinadora será soberana e irrecorrível, não existindo desta forma recurso contra
resultado de recurso.

13. DA COMPROVAÇÃO DE REQUISITOS, NOMEAÇÃO E POSSE


13.1. O candidato aprovado e classificado até o limite das vagas definidas para este Concurso Público, será convocado
Documento recebido eletronicamente da origem

através do endereço eletrônico da FBR: http://concursos.biorio.org.br e na página do IFRJ, e sendo enviada


correspondência por Telegrama ou Carta com Aviso de Recebimento (AR), cabendo ao candidato acompanhar a
divulgação dos resultados.
13.2. Os candidatos que não compareceram no primeiro chamamento serão contatados, pelo IFRJ, por uma segunda
convocação por Telegrama ou Carta com Aviso de Recebimento (AR).
13.3. O IFRJ não se responsabiliza por eventuais prejuízos ao candidato decorrentes de:
a) endereço não atualizado;

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 12 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.28)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

b) endereço de difícil acesso;


c) correspondência devolvida pela ECT por razões diversas e/ou fornecimento de endereço errado ou incompleto do
candidato; e
d) correspondência recebida por terceiros.
13.4. É de responsabilidade do candidato manter atualizado seu endereço e telefone, até que se expire o prazo de JFRJ
validade do certame, para viabilizar os contatos necessários, sob pena de, quando for chamado, perder o prazo para Fls 28
nomeação e posse, caso não seja localizado.
13.5. O não comparecimento do candidato e/ou o não atendimento a todos os pré-requisitos associados ao cargo
público, no prazo estabelecido pelo IFRJ, resultará na sua eliminação do Concurso.
13.6. Não assinará o Termo de Posse o candidato que deixar de comprovar qualquer um dos requisitos para sua
nomeação no cargo público, estabelecidos no item 4, deste Edital.
13.7. O não comparecimento do candidato na data e hora agendada para o Exame Médico Admissional e/ou o a
detecção de situação médica durante o Exame Médico Admissional que inviabilize a nomeação, resultará na sua
eliminação do Concurso.
13.8. As despesas decorrentes da participação em todas as etapas e procedimentos do concurso de que trata este Edital,
correrão por conta dos candidatos, os quais não terão direito ao ressarcimento de despesas de qualquer natureza.
13.9. Durante o tempo do estágio probatório, o candidato que não atender às expectativas do IFRJ será exonerado na
forma da Lei.
13.10. Não será concedida redução de jornada de trabalho ou licença para estudos em nível de pós-graduação no 1º
(primeiro) ano após o ingresso no quadro de servidores do IFRJ, ficando o interessado sujeito a legislação e normas
institucionais para obtenção do benefício, se for o caso.
13.11. Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos.

14. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS


14.1. O candidato poderá obter informações e orientações sobre o Concurso Público, tais como Editais, Manual do
Candidato, pedido de isenção de taxa, processo de inscrição, local de prova, gabaritos, notas das Provas Objetivas, Nota
da Avaliação de Títulos, resultados dos recursos e resultado final na página do Concurso no endereço eletrônico
http://concursos.biorio.org.br ou pela Central de Atendimento da FBR, das 9h às 18h, pelo telefone (21) 3525-2480.
14.2. Todas as publicações oficiais referentes ao Concurso Público de que trata este Edital serão feitas no Diário Oficial
da União (DOU).
14.3. Durante a execução do concurso, não serão fornecidos atestados, certificados ou certidões, relativos à
classificação ou notas de candidatos, valendo para tal fim os resultados publicados no Diário Oficial da União (DOU).
14.4. Não serão fornecidos atestados, cópia de documentos, certificados ou certidões relativos a notas de candidatos
faltosos/reprovados/eliminados.
14.5. A legislação e alterações em dispositivos legais e normativos, com entrada em vigor após 05 de Outubro de
2015, não serão objeto de avaliação nas provas deste Concurso Público.
14.6. Os candidatos homologados, excedentes às vagas ofertadas, serão mantidos na listagem de candidatos
homologados durante o prazo de validade do Concurso Público e poderão ser convocados em função da disponibilidade
de vagas.
14.7. Para os candidatos classificados e homologados do Concurso Público não é assegurado o direito de ingresso
automático no cargo público, mas apenas a expectativa de assumi-lo segundo a ordem classificatória, ficando a
concretização deste ato condicionada à oportunidade e conveniência do IFRJ, a qual se reserva o direito de proceder às
convocações para nomeações, em número que atenda ao seu interesse e às suas necessidades.
14.8. Os candidatos homologados que se declararam como pessoas com deficiência, optando por concorrer nas duas
listas - Ampla Concorrência (AC) e vagas Reservadas a Pessoas com Deficiência (PcD) - serão chamados obedecendo,
dentro do prazo de validade do concurso, a proporção de 5% (cinco por cento), que serão providas na forma do
Decreto Federal nº 3.298/99, de 20 de Dezembro de 1999, e suas alterações, para as vagas que surgirem.
14.9. Os candidatos homologados que se declararam Negros, optando por concorrer nas duas listas - Ampla
Concorrência (AC) e vagas Reservadas a Negros (NP) - serão chamados obedecendo, dentro do prazo de validade do
concurso, a proporção de 20% (vinte por cento), que serão providas na forma da Lei Federal nº 12.990/14, de 09 de
junho de 2014, e suas alterações, para as vagas que surgirem.
14.10. No ato da convocação, o candidato assinará declaração em cumprimento ao contido na Constituição Federal,
Título III – Da Administração Pública em que é “vedada a acumulação remunerada de cargos públicos estendendo-se a
Documento recebido eletronicamente da origem

cargos públicos e funções e abrange autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas
subsidiárias e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo Poder Público”;
14.11. O IFRJ poderá, se solicitado por outras Instituições Federais de Ensino - IFE, no âmbito do Estado do Rio de
Janeiro, e observada a ordem de classificação, conforme regras estabelecidas neste Edital, indicar, para nomeação
naquelas Instituições, candidatos aprovados no presente Concurso Público.
14.11.1. O candidato que não desejar ser indicado para as IFE solicitantes deverá manifestar-se, por escrito, por sua
permanência na relação de aprovados do IFRJ.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 13 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.29)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

14.12. A aprovação e a classificação final geram para o candidato apenas a expectativa de direito à nomeação. O IFRJ
reserva-se ao direito de proceder à nomeação, em número que atenda ao seu interesse e às suas necessidades. Os
candidatos aprovados e classificados que não forem convocados ficarão registrados no IFRJ durante o prazo de
validade do Concurso.
14.13. A nomeação fica condicionada à aprovação na Avaliação Médica Admissional, na avaliação dos requisitos para a JFRJ
posse e avaliação documental e ao atendimento às condições constitucionais e legais. Fls 29
14.14. O resultado final do Concurso será homologado no Diário Oficial da União na data prevista no Cronograma
(Anexo VIII).
14.15. O candidato será responsável pela atualização de seus dados cadastrais, como endereço para
correspondência, telefone e e-mail durante o prazo de validade do Concurso, devendo após a homologação do
concurso, solicitar à Diretoria de Gestão de Pessoas do IFRJ pessoalmente no endereço Instituto Federal de
Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – IFRJ, Rua Pereira Almeida, 88 – Praça da Bandeira – Rio
de Janeiro – RJ, ou pelo e-mail dgp@ifrj.edu.br. Serão de exclusiva responsabilidade do candidato os prejuízos
decorrentes da não-atualização dessas informações.
14.16. O prazo de validade deste concurso será de 01 (um) ano, contados a partir da data da publicação de sua
homologação, podendo ser prorrogado ou não por igual período, a critério do IFRJ.
14.17. Incorporar-se-ão a este Edital, para todos os efeitos, quaisquer editais complementares, avisos e convocações,
relativos a este Concurso Público, que forem publicados pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
do Rio de Janeiro – IFRJ.
14.18. Os casos omissos serão resolvidos conjuntamente pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
do Rio de Janeiro – IFRJ e pela Fundação BIO-RIO, no que tange à realização deste Concurso Público.

Rio de Janeiro, 02 de Outubro de 2015.

PAULO ROBERTO DE ASSIS PASSOS


Reitor do IFRJ
Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 14 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.30)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital N° 79/2015

ANEXO I - QUADRO DE VAGAS


JFRJ
CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR (Nível E) leeel V Fls 30
álh CARGO UNIDADE CÓDIGO REQUISITOS
AC PeD
VAGAS
NP TOTAL
Duque de Caxias NS-01 01 - - 01
Graduação em Administração ou
Administrador Rio de Janeiro NS-02 Administração Pública + registro no 01 - - 01
CRA
Reitoria NS-03 03 01 01 05
Graduação em Ciência da
Reitoria NS-04 Computação ou Sistemas de 04 01 02 07
Informação ou Informática ou
Analista de Tecnologia da Curso Superior de Tecnologia do
Informação Eixo Tecnológico de Informação e
Volta Redonda NS-05 Comunicação (conforme Catálogo 01 - - 01
Nacional de Cursos Superiores de
Tecnologia, 2010)
Graduação em Arquitetura ou
Arquiteto e Urbanista Reitoria NS-06 Arquitetura e Urbanismo + registro 02 - - 02
no CAU
Reitoria NS-07 Graduação em Arquivologia + 01 - - 01
Arquivista
registro no MTE/DRT

Assistente Social
Rio de Janeiro
Reitoria
NS-08

NS-09
Graduação01 em Serviçoo Social +
registro no CRESS
01 -

-
-

-
01

01

Graduação em Ciências Contábeis +


registro no CRC ou Ciências
Auditor Reitoria NS-10 Econômicas/Economia + registro no 02 - - 02
CORECON ou Direito + registro na
OAB
Arraial do Cabo NS-11 01 01 - 02
Resende NS-12 Graduação em Biblioteconomia ou 01 - - 01
Bibliotecário/Documentalista Ciências da Informação + registro
Rio de Janeiro NS-13 no CRB 01 - - 01
Volta Redonda NS-14 - - 01 01

Paracambi NS-15 01 - - 01
Graduação em Ciências Contábeis +
Contador Reitoria NS-16 01 - 01 02
registro no CRC
Rio de Janeiro NS-17 01 01 - 02

Enfermeiro/Área: Enfermagem do
Graduação em Enfermagem +
Reitoria NS-18 Especialização em Enfermagem do 01 - - 01
Trabalho
Trabalho + registro no COREN
Graduação em Engenharia Civil +
Engenheiro/Área: Civil Reitoria NS-19 02 - - 02

Engenheiro/Área: Elétrica Reitoria NS-20


Graduação01
registro no CREA
em Engenharia Elétrica
+ registro no CREA
- - 01

Graduação em Fisioterapia +01


Fisioterapeuta Reitoria NS-21 01
registro no CREFITO
Fonoaudiólogo Reitoria NS-22
Graduação em Fonoaudiologia + 01 - - 01

Médico Veterinário Pinheiral NS-23


Graduação02
registro no CRP/CREFONO
em Medicina Veterinária
-1- registro no CRMV
- - 02
Documento recebido eletronicamente da origem

Arraial do Cabo NS-24 01 - - 01

Nilópolis NS-25 - - 01 01
Graduação em Medicina + registro
Médico/Área: Medicina Pinheiral NS-26 - - 01
no CRM
Rio de Janeiro NS-27 - - 01 01

São Gonçalo NS-28 - 01 - 01

Médico/Área: Psiquiatria Reitoria NS-29 Graduação em Medicina + 01 - - 01

DIEX/DCPS
Edital N°79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação F1s. 15 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade
(e-STJ Fl.31)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Residência Médica em Psiquiatria


ou Título de Especialista em
Psiquiatria + registro no CRM
Nutricionista/Habilitação: Graduação em Nutrição + registro
Reitoria NS-30 01 - 01
Alimentação Coletiva no CRN JFRJ
Arraial do Cabo NS-31 01 - - 01 Fls 31
Paracambi NS-32 Graduação em Pedagogia - - 01 01
Pedagogo
Reitoria NS-33 (licenciatura) 01 - - 01

Rio de Janeiro NS-34 01 - - 01


Graduação em Comunicação Visual
ou Desenho Industrial com
habilitação em Programação Visual
Programador Visual Reitoria NS-35 ou Design com habilitação em 01 - - 01
Programação Visual ou
Comunicação Social com

Psicólogo/Área: Educacional Arraial do Cabo NS-36


Graduação01
habilitação em Publicidade

no CRP
em Psicologia + re
- - 01

Graduação em Psicologia + registro


Psicólogo/Área: Organizacional Reitoria NS-37 - - 02
no CRP
Graduação em Relações Públicas ou
Relações Públicas Reitoria NS-38 Comunicação Social com 01 - - 01

Revisor de Textos Reitoria NS-39


Graduação01
habilitação em Relações Públicas
em
Comunicação Social
Letras ou
- - 01

Paracambi NS-40 01 - - 01
Graduação em Letras ou
Secretário Executivo Realengo NS-41 Secretariado Executivo Bilíngue + 01 - - 01
registro no MTFJDRT
Reitoria NS-42 01 - 01 02
Graduação em Pedagogia
Arraial do Cabo NS-43 (licenciatura) ou outra Licenciatura 01 - - 01
(Artes Visuais, Ciências Biológicas/
Paracambi NS-44 Biologia, Ciências da Natureza, 01 - - 01

Pinheiral NS-45 Ciências Sociais/ Sociologia, - - 01 01


Técnico em Assuntos Educacionais Dança, Educação Artística,
Educação Física, Filosofia, Física,
Reitoria NS-46 Letras, Matemática, Música, 02 01 01 04
Psicologia, Química, Teatro,
Rio de Janeiro NS-47 Educação no Campo, Educação 01 - - 01
Profissional e Tecnológica e outras)
Graduação em Tecnologia em
Análise e Desenvolvimento de
Sistemas ou curso equivalente
Tecnólogo/Formação: Análise e
Reitoria NS-48 discriminado na Tabela de 02 - - 02
Desenvolvimento de Sistemas
Convergência do Catálogo Nacional
dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010)
Graduação em Tecnologia em
Gestão Ambiental ou curso
equivalente discriminado na Tabela
Tecnólogo/Formação: Gestão de Convergência do Catálogo
Reitoria NS-49 01 - - 01
Ambiental Nacional dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010) + registro do
CRQ ou graduação em Engenharia
Ambiental + registro no CREA
Graduação em Tecnologia em
-
Documento recebido eletronicamente da origem

Gestão de Recursos Humanos ou


Tecnólogo/Formação: Gestão de
curso equivalente discriminado na
Reitoria NS-50 Tabela de Convergência do 01 - - 01
Recursos Humanos
Catálogo Nacional dos Cursos
Superiores de Tecnologia (2010) +
Registro no CRA
Tecnólogo/Formação: Gestão de Graduação em Tecnologia em
Reitoria NS-51 01 - - 01
Eventos Gestão de Eventos ou curso

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 16 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.32)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

equivalente discriminado na Tabela


de Convergência do Catálogo
Nacional dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010)
Graduação em Tecnologia em JFRJ
Gestão Pública ou curso equivalente
Fls 32
discriminado na Tabela de
Tecnólogo/Formação: Gestão Pública Reitoria NS-52
Convergência02
dos Cursos
do Catálogoo Nacional
Superiores de
01 04
Tecnologia (2010) ou Bacharelado
em Administração ou Bacharelado
em Administração Pública
Graduação em Tecnologia em
Gestão da Tecnologia da
Informação ou curso equivalente
Tecnólogo/Formação: Governança de
Reitoria NS-53 discriminado na Tabela de 01 - - 01
Tecnologia da Informação
Convergência do Catálogo Nacional
dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010)
Graduação em Tecnologia em
Redes de Computadores ou curso
Tecnólogo/Formação: Infraestrutura equivalente discriminado na Tabela
Reitoria NS-54 02 - - 02
e Redes de Convergência do Catálogo
Nacional dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010)
Graduação em Tecnologia em
Logística ou curso equivalente
Tecnólogo/Formação: Logística discriminado na Tabela de
Reitoria NS- 55 01 - - 01
Pública Convergência do Catálogo Nacional
dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010)
Graduação em Tecnologia em
Produção Multimídia ou curso
equivalente discriminado na Tabela
de Convergência do Catálogo
Nacional dos Cursos Superiores de
Tecnólogo/Formação: Multimídia e Tecnologia (2010) ou Bacharelado
Reitoria NS-56 01 - - 01
Audiovisual em Comunicação em Multimeios ou
Bacharelado em Comunicação
Social com habilitação em
Multimídia ou Bacharelado em
Audiovisual com habilitação em
Multimídia
Graduação em Tecnologia em
Segurança da Informação ou curso
Tecnólogo/Formação: Segurança da equivalente discriminado na Tabela
Reitoria NS-57 01 - - 01
Informação de Convergência do Catálogo
Nacional dos Cursos Superiores de
Tecnologia (2010)
Graduação em Zootecnia e registro
Zootecnista Pinheiral NS-58 01 - - 01
no CRMV
Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação F1s. 17 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.33)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

CARGOS NÍVEL MÉDIO (REL=111.11=~~le


VAGAS
CARGO UNIDADE CÓDIGO REQUISITOS
AC PcD NP TOTAL
-41-
JFRJ
Arraial do Cabo ND -01 01 - - 01
Fls 33
Duque de Caxias ND -02 - - 01 01
Eng° Paulo de
ND -03 02 - 02
Frontin Ensino Médio profissionalizante -

Nilópolis ND -04 (Administração) ou Ensino 01 - 01 02


Médio completo + experiência
Assistente em Administração Paracambi ND -05 comprovada de 12 (doze) meses, 02 - 01 03
Pinheiral ND -06 conforme art. 39, § 3° da 01 - - 01
CF/1988 e art. 9° e Anexo II da
Realengo ND -07 01 - - 01
Lei n° 11.091/2005.
Reitoria ND -08 06 01 01 08
Rio de Janeiro ND -09 02 - 01 03
São Gonçalo ND -10 02 - - 02
Ensino Médio completo +
habilitação específica +
experiência comprovada de 24
Revisor de Textos Braile Reitoria ND -I1 (vinte e quatro) meses, conforme 01 - - 01
art. 39, § 3° da CF/1988 e art. 9°
e Anexo II da Lei n°
11.091/2005.
Ensino Médio profissionalizante
Técnico de Laboratório/Área: (Farmácia) ou Ensino Médio
Realengo ND 12 01 - 01 02
Farmácia completo + curso Técnico em
Farmácia + registro no CRQ
Ensino Médio profissionalizante
(Automação Industrial ou
Técnico de Laboratório/Área:
Metrologia) ou Ensino Médio
Física, Automação e Metrologia
Volta Redonda ND -13 completo + curso Técnico em 01 - - 01
Automação Industrial ou Técnico
em Metrologia + registro no
CREA
Ensino Médio profissionalizante
(Eletrônica ou Eletrotécnica) ou
Técnico de Laboratório/Área: Ensino Médio completo + curso
Volta Redonda ND -14 u
UI - - 01
Física, Eletrônica e Eletrotécnica
Eletr Técnico em Eletrônica ou
Técnico em Eletrotécnica +
registro no CREA
Ensino Médio profissionalizante
(qualquer curso do Eixo
Arraial do Cabo ND -15 01 - - 01
Tecnológico de Informação e
Comunicação discriminado no
Catálogo Nacional de Cursos
Técnico de Laboratório/Área: Eng° Paulo de
ND -16 Técnicos - 2014) ou Ensino 01 - 01 02
Informática Frontin Médio completo + curso Técnico
do Eixo Tecnológico de
Informação e Comunicação
discriminado no Catálogo
Pinheiral ND -17 01 - - 01
Nacional de Cursos Técnicos
(2014 )
Ensino Médio profissionalizante
Técnico de Laboratório/Área: Rio de Janeiro ND -18 (Química) ou Ensino Médio 01 - 01 02
Química completo + curso Técnico em
Documento recebido eletronicamente da origem

São Gonçalo ND -19 Química + registro no CRQ 02 - - 02


Técnico de Laboratório/Área: Ensino Médio profissionalizante
Arraial do Cabo ND -20 (Alimentos ou Biotecnologia ou 01 - - 01
Química e Biologia
Meio Ambiente ou Química ou
Mesquita ND -21 Saneamento Ambiental) ou _
- 01 01
Ensino Médio completo + curso

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 18 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.34)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Técnico em Alimentos ou
Nilópolis ND -22 Técnico em Biotecnologia ou 02 01 - 03
Técnico em Meio Ambiente ou
Técnico em Química ou Técnico
Paracambi ND -23 em Saneamento Ambiental + 02 - - 02 JFRJ
registro no CRQ ou no CREA
Fls 34
Ensino Médio profissionalizante
(Química ou Polímeros ou
Técnico

Gás
de Laboratório/Área:
Química, Polímeros e Petróleo de Duque de Caxias ND -24
completo02
Petróleo e Gás) ou Ensino Médio

Química
+ curso Técnico em
ou Técnico em
- - 02
Polímeros ou Técnico em
Petróleo e Gás + registro no CRQ
ou no CREA
Reitoria ND -25 Ensino Médio profissionalizante 01 - - 01
(Eletrônica com ênfase em
Resende ND -26 Sistemas CoComputacionais ou 01 - - 01
curso do Eixo Tecnológico de
Informação e Comunicação
discriminado no Catálogo
Nacional de Cursos Técnicos -
2014) ou Ensino Médio completo
Técnico de Tecnologia da
Informação
+ curso Técnico em Eletrônica
com ênfase em Sistemas
São Gonçalo ND -27 - - 01 01
Computacionais ou Ensino
Médio completo + curso Técnico
do Eixo Tecnológico de
Informação e Comunicação
discriminado no Catálogo
Nacional de Cursos Técnicos
(2014 )
Ensino Médio profissionalizante
(Agropecuária) ou Ensino Médio
Técnico em Agropecuária Paracambi ND -28 completo + curso Técnico em 01 - - 01
Agropecuária + registro no
CREA
Ensino Médio Profissionalizante
completo em Arquivo ou Ensino
Médio Completo acrescido de
Curso Técnico de Arquivo ou
treinamento especifico em
técnicas dc arquivo em curso
ministrado por entidades
credenciadas pelo Conselho
Federal de Mão de Obra, do
Ministério do Trabalho, com
Técnico em Arquivo Reitoria ND -29 02 - 01 03
carga horária mínima de 1.110
horas, nas disciplinas específicas
conforme a Lei n° 6.546, de 04
de julho de 1978 - Dispõe sobre a
regulamentação de Técnico de
Arquivo. Decreto n° 82.590, de
06 de novembro de 1985 -
Regulamenta a Lei n° 6.546, de
04/07/78 + registro no
MTE/DRT.
Ensino Médio profissionalizante
(Artes Gráficas) ou Ensino01
Técnico em Artes Gráficas Nilópolis ND -30 - - 01
Médio completo + curso Técnico
Documento recebido eletronicamente da origem

em Artes Gráficas
Ensino Médio profissionalizante
(Audiovisual) ou Ensino Médio
completo + curso Técnico em
Técnico em Audiovisual Reitoria ND -31 Audiovisual ou Ensino Médio 02 - - 02
completo + experiência
comprovada de 12 (doze) meses
de (em fotografia e/ou filmagem
DLEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 19 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade .
(e-STJ Fl.35)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

e/ou edição de imagens),


conforme art. 39, § 3° da
CF/1988 e art. 9° e Anexo II da
Lei n° 11.091/2005.
Duque de Caxias ND -32 01 - - 01 JFRJ
Eng° Paulo de Fls 35
ND -33 - - 01 01
Frontin
Pinheiral ND -34 Ensino Médio profissionalizante _
01 - 01
(Contabilidade) ou Ensino Médio
Técnico em Contabilidade Realengo ND -35 completo + curso Técnico em - - 01 01

Reitoria ND -36 Contabilidade + registro no CRC 02 - 02


São Gonçalo ND -37 - - 01 01

Volta Redonda ND -38 01 - - 01


Ensino Médio profissionalizante
(Eletrotécnica) ou Ensino Médio
Técnico em Eletrotécnica Paracambi ND -39 completo + curso Técnico em 01 - - 01
Eletrotécnica + registro no
CREA
Ensino Médio profissionalizante
(Enfermagem) ou Ensino Médio
Técnico em Enfermagem Realengo ND -40 completo + curso Técnico em 01 - - 01
Enfermagem + registro no
COREN
Ensino Médio profissionalizante
Técnico em Química Nilópolis ND -41
(Química) ou Ensino Médio01 - - 01
completo + curso Técnico em
Química + registro no CRQ
Ensino Médio profissionalizante
(Secretariado) ou Ensino Médio
Técnico em Secretariado Reitoria ND -42 completo + curso Técnico em 02 - 01 03
Secretariado + registro no
MTE/DRT
Ensino Médio profissionalizante
(Segurança do Trabalho) ou
Ensino Médio completo + curso
Técnico em Segurança do Trabalho Resende ND -43 - - 01
Técnico em do
Trabalho + registro no
MTE/DRT
Arraial do Cabo ND -44 01 - - 01

Duque de Caxias ND -45 - - 01 01


I-
Eng° Paulo de
ND -46 01 - - 01
Frontin
Mesquita ND -47 - - 01 01

Nilópolis ND -48 Ensino Médio completo + 01 - - 01


proficiência em Tradução e01
Tradutor e Intérprete de Linguagem Paracambi ND -49 - - 01
Interpretação da LIBRAS/Língua
de Sinais
Pinheiral ND -50 Portuguesa (PROLIBRAS) - - 01 01

Realengo ND -51 01 - - 01

Resende ND -52 - - 01 01

Rio de Janeiro ND -53 01 - - 01

São Gonçalo ND -54 01 - - 01

Volta Redonda ND -55 - - 01 01


Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 20 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08101/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.36)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

"ler CARGOS DE NÍVEL MÉDIO (Nível C) W-IIIr VAGAS


CARGO UNIDADE CÓDIGO REQUISITOS
e AC PcD NP TOTAL JFRJ
Arraial do Cabo NC-01 01 - 01 02 Fls 36
Duque de Caxias NC-02 02 - - 02
Eng° Paulo de
NC-03 01 - 01 02
Frontin
Nilópolis NC-04 Ensino Médio completo + 02 - - 02
experiência comprovada de 06
Assistente de Aluno Paracambi NC-05 (seis) "^meses, conforme art. 39, § 02 - - 02
Pinheiral NC-06 3° da CF/1988 e art. 9° e Anexo 02 - 01 03
II da Lei n° 11.091/2005.
Resende NC-07 01 - - 01

Rio de Janeiro NC-08 01 - 01 02


São Gonçalo NC-09 01 - 01 02
Volta Redonda NC-10 03 01 - 04
Ensino Médio profissionalizante
(Auxiliar de Enfermagem) ou
Auxiliar de Enfermagem São Gonçalo NC-12 Ensino Médio completo + curso 01 - - 01
Auxiliar de Enfermagem +
registro no COREN

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL (Nível C)

Per
.
CARGO UNIDADE CÓDIGO REQUISITOS
AC PcD
VAGAS
NP TOTAL
Arraial do Cabo NE -01 02 - 01 03
Duque de Caxias NE -02 02 01 - 03
Eng° Paulo de Frontin NF-03 02 - 01 03
Mesquita NF-04 01 - - 01

Nilópolis NF-05 02 - 01 03
Paracambi NE -06
- Ensino Fundamental completo +
02 - 01 03
experiência comprovada de 12
Auxiliar de Biblioteca Pinheiral NF-07 (doze) meses, conforme art. 39, § 01 - - 01
3° da CF/1988 e art. 9° e Anexo II
Realengo NF-08 02 01 - 03
da Lei n° 11.091/2005.
Reitoria NF-09 01 - - 01

Resende NE -10 01 - - 01

Rio de Janeiro NF-11 02 - 01 03


São Gonçalo NF-12 02 - - 02
Volta Redonda NE -13 01 - 01 03
Nilópolis NF-14 Ensino Fundamental completo + 01 - - 01
experiência comprovada de 12
Auxiliar em Administração Realengo NF-15 (doze) meses, conforme art. 39, § 01 - - 01
3° da CF/1988 e art. 9° e Anexo II
Reitoria NF-16 02 - 01 03
da Lei n° 11.091/2005.
Ensino Fundamental completo +
Documento recebido eletronicamente da origem

curso profissionalizante de
Operador de Máquinas Agrícolas Pinheiral NF-17 Operador de Máquinas Agrícolas 01 - - 01
+ Carteira Nacional de
Habilitação categoria D

DlEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação lis. 21 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade .
(e-STJ Fl.37)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital N° 79/2015

ANEXO II - CARGOS E DOS TIPOS DE PROVAS

er
JFRJ
Tipos de Disciplinas Fls 37
Cargo Nivel Vaga Nivel TQ
Provas LP LI RL LE INF CE
Administrador E 07 NS PO AT 8 7 35 50
Analista de Tecnologia da Informação E 08 NS PO AT 8 7 35 50
Arquiteto e Urbanista E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Arquivista E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Assistente Social E 01 NS PO AT 1
8 7 35 50
Auditor E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Bibliotecário/Documentalista E 05 NS PO AT 8 7 35 50
Contador E 05 NS PO AT 8 7 35 50
Enfermeiro/Área: Enfermagem do Trabalho E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Engenheiro/Área: Civil E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Engenheiro/Área: Elétrica E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Fisioterapeuta E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Fonoaudiólogo E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Médico Veterinário E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Médico/Área: Medicina E 05 NS PO AT 8 7 35 50
Médico/Área: Psiquiatria E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Nutricionista/Habilitação: Alimentação Coletiva E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Pedagogo E 04 NS PO AT 8 7 35 50
Programador Visual E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Psicólogo/Área: Educacional E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Psicólogo/Área: Organizacional E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Relações Públicas E 01 NS PO AT 8 8 7 27 50
Revisor de Textos E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Secretário Executivo E 04 NS PO AT 8 8 7 27 50
Técnico em Assuntos Educacionais E 08 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Desenvolvimento de Sistemas E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Gestão Ambiental E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Gestão de Eventos E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Gestão de Recursos Humanos E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Gestão Pública E 04 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Governança de Tecnologia da Informação E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Infraestrutura e Redes E 02 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Logística Pública E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Multimídia e Audiovisual E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Tecnólogo/Formação: Segurança da Informação E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Zootecnista E 01 NS PO AT 8 7 35 50
Assistente em Administração D 24 NM PO 15 8 7 5 15 - 50
Revisor de Textos Braille D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico de Laboratório / Área: Física, Automação e Metrologia D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico de Laboratório / Área Física. Eletrônica e Eletrotécnica D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Documento recebido eletronicamente da origem

Técnico de Laboratório / Área Farmácia D 02 NM PO 8 7 5 30 50


Técnico de Laboratório / Área: Informática D 04 NM PO 8 7 35 50
Técnico de Laboratório / Área: Química D 04 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico de Laboratório / Área: Química e Biologia D 07 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico de Laboratório / Área: Química, Polímeros, Petróleo e Gás D 02 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico de Tecnologia da Informação D 03 NM PO 8 7 35 50

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos cm Educação Fls. 22 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.38)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Técnico em Agropecuária D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Arquivo D 03 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Artes Gráficas D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Audiovisual D 02 NM PO 8 7 5 30 50 JFRJ
Técnico em Contabilidade D 08 NM PO 8 7 5 30 50 Fls 38
Técnico em Eletrotécnica D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Enfermagem D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Química D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Secretariado D 03 NM PO 8 7 5 30 50
Técnico em Segurança do Trabalho D 01 NM PO 8 7 5 30 50
Tradutor e Interprete de Linguagem de Sinais D 12 NM PO 8 7 5 30 50
Assistente de Aluno C 22 NM PO 15 8 7 5 15 50
Auxiliar de Biblioteca C 30 NF PO 15 8 7 5 15 50
Auxiliar de Enfermagem C 01 NM PO 8 7 5 30 50
Auxiliar em Administração C 05 NF PO 15 8 7 5 15 50
Operador de Máquinas Agrícolas C 01 NF PO 15 8 7 5 15 50

Legenda
NS - Nível Superior
NM - Nível Médio
NF -Nível Fundamental
PO - Prova Objetiva
PP - Prova Prática
AT - Avaliação de Títulos
LP - Língua Portuguesa
LI - Língua Inglesa
RL - Raciocínio Lógico
LE - Legislação e Ética
Inf - Informática
CE - Conhecimentos Específicos
TQ - Total de Questões
Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 23 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.39)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Anexo III - Quadro de Etapas


Pontos Total de Mínimo de Pontos Exigido
Total de
Cargo Público Tipo de Etapa Disciplina
Questões por Pontos por No total da Prova
Questão Disciplina Na Disciplina 1 2
JFRJ
Língua Portuguesa 15 1,0 15 06
Fls 39
Raciocínio Lógico 08 1,0 08 03
Nível Fundamental - Nível
Prova Objetiva Legislação e Ética 07 1,0 07 03 30,0
C: Todos os cargos
Informática 05 1,0 05 02

Conhecimentos Específicos 15 1,0 15 06

Língua Portuguesa 15 1,0 15 06

Raciocínio Lógico 08 1,0 08 03


Nível Médio - Nível C:
Prova Objetiva Legislação e Ética 07 1,0 07 03 30,0
Assistente de Aluno
Informática 05 1,0 05 02

Conhecimentos Específicos 15 1,0 15 06

Língua Portuguesa 08 1,0 08 03

Legislação e Ética 07 1,0 07 03


Nível Médio - Nível C:
Prova Objetiva 30,0
Auxiliar de Enfermagem Informática 05 1,0 05 02

Conhecimentos Específicos 30 1,0 30 12

Língua Portuguesa 15 1,0 15 06

Raciocínio Lógico 08 1,0 08 03


Nível Médio - Nível D:
Assistente em Administração
Prova Objetiva Legislação e Ética 07 1,0 07 03 30,0

Informática 05 1,0 05 02

Conhecimentos Específicos 15 1,0 15 06

Nível Médio - Nível D: Língua Portuguesa 08 1,0 08 03


Técnico de Labonitorio
Prova Objetiva Legislação e Ética 07 1,0 07 03 30,0
/Área: Informática e Técnico
de Tecnologia da Informação
Conhecimentos Específicos 35 1,0 35 14

Língua Portuguesa 08 1,0 08 03

Legislação e Ética 07 1,0 07 03


Nível Médio - Nível D: Todos
os demais cargos Nível D Prova Objetiva 30,0
Informática 05 1,0 05 02

Conhecimentos Específicos 30 1,0 30 12

Língua Portuguesa 08 1,0 08 03

Língua Inglesa 08 1,0 08 03


Nível Superior - Nível E: Prova Objetiva 30,0
Relações Públicas e Legislação e Ética 07 1,0 07 02
Secretario Executivo
Conhecimentos Específicos 27 1,0 27 11

Avaliação de Títulos Veja Anexo V 30

Língua Portuguesa 08 1,0 08 03


Documento recebido eletronicamente da origem

Nível Superior - Nível E: Prova Objetiva Legislação e Ética 07 1.0 07 02 30,0


Demais cargos de Nível
Superior Conhecimentos Específicos 35 1.0 35 14

Avaliação de Títulos Veja Anexo V 30

Obs.:
1 Pontuação mínima por disciplina - primeira linha de corte
2 Pontuação mínima por total de pontos da prova - segunda linha de corte

DEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos cm Educação F1s. 24 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.40)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital Nº 79/2015

ANEXO IV – ATRIBUIÇÕES E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS


JFRJ
NÍVEL SUPERIOR – Nível E (DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO COMUM – TODOS OS CARGOS)
Fls 40
Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA
1. Leitura e interpretação de textos verbais e não verbais; 2. Modos de organização do discurso (narração, descrição,
exposição e argumentação); 3. Gêneros textuais: crônica, conto, carta, artigo científico, manual e textos jornalísticos; 4.
Relações semânticas (sinonímia, homonímia, antonímia, hiponímia, hiperonímia); 5. Ambiguidade e polissemia; 6.
Figuras de linguagem (eufemismo, comparação etc); 7. Elementos da comunicação (emissor, receptor, código,
mensagem); 8. Funções da linguagem (referencial, emotiva, fática, conativa, metalinguística, poética); 9. Classes
gramaticais (substantivos, pronomes, artigos, verbos, advérbios, adjetivos; preposição, conjunção, numeral e
interjeição); 10. Estrutura e processos de formação de palavras (prefixo, sufixo, aglutinação, derivação etc); 11.
Propriedade lexical; 12. Sintaxe dos períodos simples e compostos (relações sintático-semânticas); 13. Valor sintático-
semântico dos conectivos (conjunções coordenativas e subordinativas); 14. Coesão e coerência; 15. Concordância,
regência, colocação; 16. Emprego dos sinais de pontuação; 17. Variação linguística.

Disciplina: LEGISLAÇÃO E ÉTICA


1. Finalidades, características, objetivos e estrutura organizacional dos Institutos Federais de Educação, Ciência e
Tecnologia (Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008 e suas alterações); 2. Regime jurídico dos servidores públicos
civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e suas
alterações); 3.Plano de carreira dos cargos técnico-administrativos em educação (Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de
2005); 4. Código de ética profissional do servidor público civil da União, das autarquias e das fundações públicas
federais (Lei nº 8.027, de 12 de abril de 1990 e suas alterações; Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1994 e suas
alterações); 5. Normas para licitações e contratos da Administração Pública (Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e
suas alterações; Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002 e suas alterações; Lei nº 12.462, de 4 de agosto de 2011 e suas
alterações); 6. Regulamentação do acesso à informação (Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 e suas alterações).

Disciplina: LÍNGUA INGLESA (COMUM AOS CARGOS DE RELAÇÕES PÚBLICAS e SECRETÁRIO


EVECUTIVO)
1. Abordagens de gêneros textuais (voltados para as áreas técnicas).; 2. Interpretação de Texto.; 3. Aspecto vocabular:
uso de inferência contextual, sinonímia, antonímia, cognatos e falsos cognatos, e formação de palavras.; 4. Aspecto
gramatical: conhecimento de tempos e modos verbais; uso de artigos, preposições e conjunções, pronomes e modais,
concordância nominal e verbal.; 5. Estratégias discursivas: tipo de texto, função e estrutura discursivas, marcadores de
discurso, elementos de coesão.; 6. Voz Passiva.; 7. Comparações.; 8. Phrasal Verbs.

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – Nível E (ATRIBUIÇÕES E DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO


ESPECIFICOS)

Cargo: AUDITOR (NS-10)


Atribuições:
Realizar auditagem, acompanhar as execuções orçamentárias, financeiras, patrimoniais e de pessoal. Emitir pareceres e
elaborar relatórios. Executar outras tarefas dentro do ambiente da área compatível com as exigências para o exercício da
função. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. A evolução do Estado Moderno e o Estado Democrático de Direito.; 2. Direito Constitucional (princípios
fundamentais da Constituição brasileira; direitos e garantias fundamentais; organização do Estado; organização política
e administrativa da União; princípios constitucionais da Administração Pública; servidores públicos civis; fiscalização
contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial da União).; 3. Direito Administrativo (princípios
infraconstitucionais do Direito Administrativo; organização administrativa; atos administrativos; poderes da
administração; responsabilidade do Estado; licitação; contratos administrativos; agentes públicas; improbidade
Documento recebido eletronicamente da origem

administrativa; serviços públicos; controle da Administração; processo administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal –
Lei Complementar nº 101/2000; Lei Anticorrupção – Lei nº 12.846/13).; 4. Código Penal Brasileiro (falsidade de títulos
e papéis públicos; falsidade documental; fraudes em certames de interesse público; crimes praticados por funcionários
públicos contra a administração; crimes contra administração em geral; crimes contra as finanças públicas).; 5.
Orçamento, receitas e despesas públicas (princípios orçamentários; orçamento anual; ciclo orçamentário; exercício
financeiro; créditos adicionais; orçamento programa; conceitos de receita pública; receita orçamentária e
extraorçamentária; classificação por categoria econômica; estágio da receita; dívida ativa; conceitos de despesa pública;
DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 25 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.41)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

despesa orçamentária e extraorçamentária; estágio da despesa; restos a pagar ou dívida passiva; adiantamento ou
suprimento de fundos; despesas de exercícios anteriores).; 6. Contabilidade Pública (conceito; objeto da contabilidade
pública; regime contábil; plano de contas; conceito e tipos de balanços públicos).; 7. Princípios, objetivos e métodos de
controle interno e externo.; 8. Controle exercido pelo Tribunal de Contas da União (Lei nº 8443/1992).; 9. Controle
Social.; 10. Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal (finalidades, atividades, organização e JFRJ
competências).; 11. Princípios da auditoria interna (conceito; finalidade e objetivos; riscos de auditoria; abrangência e Fls 41
atuação; formas e tipos: contábil, operacional, de gestão, financeira, patrimonial e de desempenho).; 12. Exercício da
auditoria interna (normas brasileiras para o exercício da auditoria interna; normas relativas à pessoa do auditor; normas
relativas à execução do trabalho e à opinião do auditor); 13. Objetivos, técnicas e procedimentos de auditoria interna
(planejamento dos trabalhos; programa de auditoria; papéis de trabalho; testes de auditoria; amostragem e estatística em
auditoria; eventos ou transações subsequentes; revisão analítica; entrevista; conferência de cálculos; confirmação;
observação e procedimentos de auditoria em áreas específicas das demonstrações contábeis).; 14. Desenvolvimento do
Plano de Auditoria.; 15. Pareceres, relatórios e certificados de auditoria.; 16. Tomada e Prestação de Contas.; 17.
Mudanças tecnológicas na Administração Pública e os sistemas integrados de gestão.

Cargo: REVISOR DE TEXTOS (NS-39)


Atribuições:
Revisar textos, atentando para as expressões utilizadas, sintaxe, ortografia e pontuação para assegurar-lhes correção,
clareza, concisão e harmonia, bem como torna-la inteligíveis ao usuário da publicação. Assessorar nas atividades de
ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Leitura e compreensão de textos.; 2. Noções de teoria do signo linguístico (Linguagem, língua e fala; significante e
significado; significação. Arbitrariedade e motivação; linearidade. Referente, referência, representação, sentido.
Denotação e conotação).; 3. A teoria da enunciação e a produção do texto escrito (Enunciação e enunciado; processo de
enunciação e funções da linguagem. Texto e discurso. Intertextualidade e polifonia. Textualidade: coesão e coerência).;
4. Linguagem e variação linguística (Tipos de variação linguística; dialetos e registros. A variação linguística na Língua
Portuguesa do Brasil. A variação linguística e a construção do texto escrito. Formalidade e informalidade. Gêneros
textuais).; 5. Concepções de gramática; tipos de gramática; correção e incorreção; propriedade e impropriedade.; 6.
Língua Portuguesa – padrão culto (Grupos vocálicos. Divisão silábica. Ortografia. Estrutura de palavras. Flexões do
substantivo. Flexões do adjetivo. Verbos: classificação, conjugação, predicação. Crase. Pronomes: classificação e seu
emprego. Palavras homônimas, parônimas, cognatas e sinônimas. Propriedade vocabular. Estrutura da oração e do
período. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Emprego dos tempos e modos verbais. Sintaxe de
colocação. Pontuação).; 7. Correspondência e redação oficial e técnica.; 8. Normalização bibliográfica.

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: MULTIMÍDIA E AUDIOVISUAL (NS-56)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de produção multimídia e audiovisual.
Desenvolver e implantar recursos multimídia e audiovisuais para educação a distância. Assessorar nas atividades de
ensino, pesquisa, extensão e inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Comunicação, novas tecnologias e linguagem audiovisual.; 2. Fundamentos da Educação a Distância (conceitos;
história; modelos e legislação).; 3. Princípios da internet (o texto para internet; informação on line e exclusão digital;
geração de conteúdo para internet; informação estática e informação dinâmica; hipermídia e hipertexto; hierarquia de
texto e imagem; comunicação interativa).; 4. Mídias sociais para fins educacionais (wikis, blogs, podcasts etc).; 5.
Noções de programação e desenvolvimento web.; 6. Técnicas de artes gráficas para internet e uso das principais
ferramentas de web design (Dream Weaver, Photoshop, Visual Studio).; 7. Hardware multimídia.; 8. Bases de dados
multimídia.; 9. Ferramentas de autoria e autoração de mídias audiovisuais para distribuição (Apple DVD Studio Pro,
Adobe Encore).; 10. Noções de instalação, manutenção e uso de equipamentos de áudio, iluminação e câmeras.; 11.
Operação, monitoramento e captação de som para audiovisual.; 12. Filmagem, produção e edição em vídeo.; 13.
Produção fotográfica, captação e tratamento da imagem.; 14. Produção de animação.; 15. Noções de produção de
conteúdo multimídia para jogos digitais.; 16. Manipulação de arquivos digitais em áudio, vídeo, fotografia e demais
Documento recebido eletronicamente da origem

mídias para transmissão via internet.; 17. Transmissões de conteúdo ao vivo.; 18. Produção de materiais didáticos
acessíveis com ferramentas de edição não-linear (Apple Final Cut, Adobe Premiere e After Effects).; 19. Produção e
edição de materiais multimídia para Educação a Distância.

Cargo: ADMINISTRADOR (NS-01, NS-02, NS-03)


Atribuições:
Planejar, organizar, controlar e assessorar as organizações nas áreas de recursos humanos, patrimônio, materiais,

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 26 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.42)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

informações, financeira, tecnológica, entre outras. Implementar programas e projetos. Elaborar planejamento
organizacional. Promover estudos de racionalização e controlar o desempenho organizacional. Prestar consultoria
administrativa. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico: JFRJ


1. Código de Ética dos Profissionais de Administração (CEPA).; 2. A evolução do Estado Moderno e o Estado Fls 42
Democrático de Direito.; 3. Gestão Organizacional (fundamentos; teorias e escolas de Administração; planejamento;
cultura e clima organizacional; estruturas organizacionais; análise e melhoria de processos; administração de
mudanças); 4. Direito Administrativo (princípios infraconstitucionais do Direito Administrativo; organização
administrativa; atos administrativos; poderes da administração; responsabilidade do Estado; licitação; contratos
administrativos; agentes públicas; improbidade administrativa; serviços públicos; controle da Administração; processo
administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar nº 101/2000).; 5. Matemática financeira.; 6.
Orçamento, receitas e despesas públicas (princípios orçamentários; orçamento anual; ciclo orçamentário; exercício
financeiro; créditos adicionais; orçamento programa; conceitos de receita pública; receita orçamentária e
extraorçamentária; classificação por categoria econômica; estágio da receita; dívida ativa; conceitos de despesa pública;
despesa orçamentária e extraorçamentária; estágio da despesa; restos a pagar ou dívida passiva; adiantamento ou
suprimento de fundos; despesas de exercícios anteriores).; 7. Contabilidade Pública (conceito; objeto da contabilidade
pública; regime contábil; plano de contas; conceito e tipos de balanços públicos).; 8. Princípios, objetivos e métodos de
controle externo nas autarquias públicas federais (TCU e CGU).; 9. Tomada e prestação de contas.; 10. Administração e
tecnologia da informação (mudanças tecnológicas na Administração Pública e os sistemas integrados de gestão).; 11.
Gestão de Projetos.; 12. Pensamento Estratégico, Gestão Estratégica e Plano Estratégico.; 13. Gestão Estratégica com o
Uso do BSC.; 14. Gestão de estoques e patrimônio no serviço público.; 15. Gestão de recursos humanos no serviço
público (planejamento de pessoal; gestão por competências; avaliação de desempenho; treinamento e desenvolvimento;
relacionamento interpessoal; qualidade de vida no trabalho; motivação e liderança).; 16. Gestão de licitações, contratos
e convênios.; 17. Ética e responsabilidade socioambiental.

Cargo: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (NS-04 e NS-05)


Atribuições:
Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do sistema,
especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas de desenvolvimento, especificando programas, codificando
aplicativos. Administrar ambientes informatizados. Prestar treinamento e suporte técnico ao usuário. Elaborar
documentação técnica. Estabelecer padrões, coordenar projetos e oferecer soluções para ambientes informatizados e
pesquisar tecnologias em informática. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Lógica de programação (lógica de programação estruturada com sequências, decisões, repetições, modularização;
lógica de programação orientada a objeto com classes, heranças, polimorfismos, objetos, encapsulamento). 2.
Linguagens de programação (codificação de algoritmos em Java e PHP; estruturas de dados, interpretação e compilação
de programas; linguagens e padrões Web HTML, XML, CSS e JSON). 3. Desenvolvimento com Java (J2EE;
Persistência de dados com JDBC, Hibernate e JPA; J2EE: Java Servlets e JSP, Spring). 4. Plataformas e servidores e
sistemas de gerenciamento (Eclipse, JBoss, Apache e Tomcat; sistemas de gerenciamento de conteúdo - aplicativos e
ferramentas). 5. Engenharia de software (conceitos básicos; disciplinas de engenharia de software; análise de requisitos
funcionais e não funcionais; modelagem de dados; qualidade de software). 6. Padrões de projetos de sistemas (padrões
de projetos J2EE; JSF; aplicação e utilização de servidores Web). 7. Análise e projeto orientado a objetos com UML
(orientação a objetos: abstração de dados, definição de classes, métodos e tributos, herança, polimorfismo,
encapsulamento, reuso de componentes; notações, diagramas, metodologia para utilização e ferramentas). 8.
Desenvolvimento ágil (processos e práticas; metodologias de desenvolvimento ágil: Scrum, XP, DAS, DSDM, FDD,
Processo Unificado Ágil e Modelagem Ágil). 9. Bancos de dados relacionais (conceitos básicos; tabelas, campos,
registros, Índices, chaves, relacionamento, transação). 10. Modelagem de dados (entidades, atributos, chaves e
relacionamentos; normalização de dados: conceitos e formas normais; modelo de Entidade-Relacionamento - MER;
modelo conceitual, lógico e físico). 11. Linguagem SQL (definição - DDL, manipulação - DML, controle - DCL e
transação - DTL em bancos de dados relacionais). 12. Administração de bancos de dados (procedures, packages,
functions, triggers, views, Jobs e sequences). 13. Arquitetura de banco de dados relacional (tipos de bancos de dados:
Documento recebido eletronicamente da origem

MySQL, SQL Server e PostgreSQL). 14. Processos de negócio (conceitos básicos; identificação e delimitação;
alinhamento com políticas de gestão, planejamento estratégico e governança). 15. Técnicas (mapeamento, modelagem e
melhoria de processos de negócio). 16. Modelagem de processos (UML e BPMN; tipos de diagramas, elementos da
notação e softwares de apoio; construção de modelos de processos). 17. Projetos de modelagem de processos (equipe e
papéis; gestão do projeto).

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 27 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.43)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Cargo: ARQUITETO E URBANISTA (NS-06)


Atribuições:
Elaborar planos de necessidades e projetos associados à arquitetura em todas as suas etapas, definindo materiais,
acabamentos, técnicas, metodologias, analisando dados e informações. Planejar a arquitetura. Desenvolver estudos de
viabilidade financeiros, econômicos, ambientais. Desenvolver e acompanhar projetos básicos e executivos para JFRJ
processos licitatórios. Fiscalizar e executar obras e serviços. Realizar a gestão ou fiscalização de contratos Fls 43
administrativos em matéria de construção civil e arquitetura. Implementar programas e projetos que promovam a
eficiência na Administração Pública em matéria de arquitetura. Prestar consultoria e assessoramento em matéria de
arquitetura. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Teoria e história da arquitetura.; 2. Arquitetura e urbanismo brasileira e fluminense.; 3. Restauro e patrimônio.; 4.
Projeto de arquitetura (linguagem e teoria do projeto de arquitetura).; 5. Aspectos psicossociais do Meio Ambiente.; 6.
Aspectos ambientais, ecológicos e de conforto.; 7. Sustentabilidade e suas aplicações projetuais na arquitetura.; 8.
Elaboração de programas de necessidades físicas e dimensionamento básico.; 9. Elaboração de planos diretores físicos e
de planejamento ambiental.; 10. Norma de acessibilidade – Norma Brasileira ABNT 9050 e Fundamentos de Desenho
Universal e Acessibilidade aplicáveis ao projeto de Edificações e Equipamentos Urbanos.; 11. Norma de prevenção
contra incêndio; 12. Processos e técnicas construtivas (otimização, procedimentos, especificação de materiais e
serviços, topografia).; 13. Desenho técnico de edificações e urbanismo com uso do programa AutoCad.; 14. Estratégias
de Projeto em Desenho Sustentável.; 15. Layout.; 16. Elementos de projeto executivo arquitetônico de edifícios de
ensino.; 17. Elaboração de projetos arquitetônicos observando as questões de ergometria, conforto ambiental,
funcionalidade, estética e técnicas construtivas.; 18. Elaboração de Projetos Específicos: educacional, saúde (ANVISA-
RDC nº 50), paisagismo e comunicação visual.; 19. Planejamento e programação de obras (orçamento e composição de
custos unitários, parciais e totais, BDI e encargos sociais, levantamento de quantidades, planejamento e cronograma
físico-financeiro PERT-COM e histograma de mão-de-obra); 20. Operação e controle de obra (procedimentos
gerenciais e acompanhamento de obras, elaboração de termos de referência e projetos básicos).; 21. Fiscalização:
acompanhamento da aplicação de recursos (medições, emissão de fatura e afins), controle de materiais, de execução de
obras e serviços, documentação da obra (diários e documentos de legalização).; 22. Vistoria, elaboração de laudos e de
pareceres técnicos.; 23. Regulamentação e prática profissional (legislação regulamentadora e a ética do exercício
profissional, o sistema CAU e RRT).; 24. Licitação e contratos na Administração Pública (projetos básicos e executivos
para processos licitatórios de engenharia; Regime Diferenciado de Contratação).

Cargo: ARQUIVISTA (NS-07 e NS-08)


Atribuições:
Organizar documentação de arquivos institucionais e pessoais, criar projetos de museus e exposições, organizar acervos
musicológicos públicos e privados. Dar acesso à informação, conservar acervos. Preparar ações educativas ou culturais,
planejar e realizar atividades técnico-administrativas, orientar implantação das atividades técnicas. Participar da política
de criação e implantação de museus e instituições arquivística. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.
Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Conceituação de arquivologia, histórico, classificação e princípios.; 2. Função arquivística.; 3. Terminologia
arquivística.;4. Legislação arquivística.; 5. Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/2011); 6. Órgãos de
documentação e características dos acervos.; 7. Ciclo vital dos documentos.; 8. Classificação dos documentos (natureza,
tipologia e suporte físico).; 9. Elaboração de Tabelas de Temporalidade de Documentos (TTD).; 10. Gerenciamento da
informação e gestão de documentos aplicada aos arquivos governamentais.; 11. Gerenciamento (diagnóstico,
protocolos, arquivos correntes e intermediários, avaliação de documentos).; 12. Tipologias documentais e suportes
físicos.; 13. Arquivos permanentes (princípios, arranjo, descrição; instrumentos de pesquisas).; 14. Normas nacionais,
regionais e internacionais de descrição arquivística.; 15. Acesso às Informações classificadas.; 16. Microfilmagem
aplicada aos arquivos (políticas, planejamento e técnicas); 17. Automação aplicada aos arquivos (políticas,
planejamento e técnicas); 18. Preservação, conservação e restauração de documentos arquivísticos (políticas,
planejamento e técnicas).; 19. Políticas de segurança de arquivos.; 20. Políticas públicas dos arquivos permanentes
(ações culturais e educativas).
Documento recebido eletronicamente da origem

Cargo: ASSISTENTE SOCIAL (NS-09)


Atribuições:
Prestar serviços sociais orientando indivíduos, famílias, comunidade e instituições sobre direitos e deveres (normas,
códigos e legislação), serviços e recursos sociais e programas de educação; planejar, coordenar e avaliar planos,
programas e projetos sociais em diferentes áreas de atuação profissional (seguridade, educação, trabalho, jurídica,
habitação e outras); desempenhar tarefas administrativas e articular recursos financeiros disponíveis. Assessorar nas

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 28 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.44)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Exercício profissional do serviço social (ética profissional; Lei de Regulamentação da Profissão; projeto ético
político do Serviço Social; possibilidades e limites de atuação do Assistente Social).; 2. Fundamentos históricos, JFRJ
teóricos e sociológicos do Serviço Social (influência das correntes filosóficas e sociológicas; questão social e suas Fls 44
manifestações na contemporaneidade).; 3. Serviço Social no Brasil / Políticas Sociais (fundamentos da política social;
histórico das políticas sociais no Brasil; Estado, política e poder; reconceituação do Serviço Social; assistência social na
Constituição Federal de 1988; Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS.); Sistema Único de Assistência Social
(SUAS)).; 4. Serviço Social na Educação (escola e cidadania; política educacional e modalidades de educação no
Brasil; Plano Nacional da Educação; Programa Nacional de Assistência Estudantil; Lei de Diretrizes e Bases da
Educação (LDB); Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); Estatuto da Pessoa com Deficiência).; 5. Princípios do
trabalho e atuação do Assistente Social na instituição escolar.; 6. Sucesso e fracasso escolar (processos que constituem o
cotidiano escolar e suas influências na escolarização de jovens e adultos).; 7. Construção do Projeto Pedagógico
Institucional.; 8. Gestão da diversidade (inserção e desenvolvimento escolar das pessoas com deficiência; questões de
gênero e raça no âmbito escolar; ações afirmativas).; 9. Interação professor/aluno.; 10. Interação
escola/família/comunidade.; 11. Planejamento em Serviço Social (elaboração e gestão de planos, programas e
projetos).; 12. Avaliação de programas e políticas sociais.; 13. Instrumentos e técnicas de intervenção (estudo social,
perícia, laudo e parecer social).; 14. Abordagem individual / técnicas de entrevista.; 15. Trabalho com grupos.; 16.
Atuação em equipe interdisciplinar/multiprofissional.

Cargo: BIBLIOTECÁRIO/ DOCUMENTALISTA (NS-11, NS-12, NS-13, NS-14)


Atribuições:
Disponibilizar informação. Gerenciar unidades, como bibliotecas, centros de documentação, centros de informação e
correlatos, além de redes e sistemas de informação. Tratar tecnicamente e desenvolver recursos informacionais.
Disseminar informação com o objetivo de facilitar o acesso e geração do conhecimento. Desenvolver estudos e
pesquisas. Promover difusão cultural. Desenvolver ações educativas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e
extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (conceitos, princípios, relação com outras áreas do
conhecimento, missão do bibliotecário).; 2. Legislação profissional do Bibliotecário (Lei N° 4.084/1962, Lei N°
7.504/1986, Lei N° 9.674/1998).; 3. Planejamento de unidades de informação (centros, serviços, sistemas de
documentação e Bibliotecas Universitárias) – diagnóstico, avaliação, relatórios, espaço, acervo e pessoal.; 4.
Representação descritiva (catalogação – conceitos, princípios, funções e formas de catálogos, Código de Catalogação
Anglo-Americano (AACR2), catalogação de diferentes tipos de materiais, tabelas de notação de autor, MARC
(Machine Readable Cataloging) e RDA (Resource Description and Access).; 5. Representação temática (conceitos,
princípios, sistemas de classificação bibliográfica, Classificação Decimal Universal (CDU), indexação, linguagem
natural, descritores e metadados).; 6. Formação e desenvolvimento de coleções (políticas, estudos de necessidades de
informação, aquisição planificada, consórcios e comutação bibliográfica; coleções não convencionais; políticas de
preservação).; 7. Serviço de Referência (conceitos, técnicas e serviços presenciais e virtuais; empréstimo entre unidades
de informação; Disseminação Seletiva da Informação (DSI); usuários reais e potenciais; estudos de usuário e de
comunidade; tipos de documentos e finalidades características e atribuições do bibliotecário de Referência; controle
bibliográfico universal).; 8. Redes e sistemas de informação (conceitos e características; bibliotecas físicas, digitais,
híbridas e em realidade virtual; produtores, avaliação de softwares; formatos de intercâmbio; conversão retrospectiva de
registros bibliográficos; catálogos em linha; principais sistemas de automação nacionais e internacionais).; 9. Normas
da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) sobre documentação e informação.; 9. Número Internacional
Normatizado para Livros (International Standard Book Number - ISBN) e Número Internacional Normatizado para
Publicações Seriadas (International Standard Serial Number - ISSN).

Cargo: CONTADOR (NS-15, NS-16 e NS-17)


Atribuições:
Administrar os tributos; registrar atos e fatos contábeis; controlar o ativo permanente; gerenciar custos; preparar
Documento recebido eletronicamente da origem

obrigações acessórias, tais como: declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes e administrar o
registro dos livros nos órgãos apropriados; elaborar demonstrações contábeis; prestar consultoria e informações
gerenciais; realizar auditoria interna e externa; atender solicitações de órgãos fiscalizadores e realizar perícia.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 29 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.45)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Código de Ética Profissional do Contador (CEPC).; 2. A evolução do Estado Moderno e o Estado Democrático de
Direito.; 3. Direito Administrativo (princípios infraconstitucionais do Direito Administrativo; organização
administrativa; atos administrativos; poderes da administração; responsabilidade do Estado; licitação; contratos
administrativos; agentes públicas; improbidade administrativa; serviços públicos; controle da Administração; processo JFRJ
administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar nº 101/2000).; 4. Matemática financeira.; 5. Fls 45
Orçamento, receitas e despesas públicas (princípios orçamentários; orçamento anual; ciclo orçamentário; exercício
financeiro; créditos adicionais; orçamento programa; conceitos de receita pública; receita orçamentária e extra-
orçamentária; classificação por categoria econômica; estágio da receita; dívida ativa; conceitos de despesa pública;
despesa orçamentária e extra-orçamentária; estágio da despesa; restos a pagar ou dívida passiva; adiantamento ou
suprimento de fundos; despesas de exercícios anteriores; LRF, LDA, LDO e PPA).; 6. Conceito, finalidade e objeto da
Contabilidade Pública.; 7. Plano de contas (tabela de eventos e sistemas contábeis; regras para classificação das contas;
estrutura do plano de contas; eventos; sistema de contas).; 8. Balanço público (conceitos; balanço orçamentário; balanço
financeiro; balanço patrimonial; demonstrações e variações patrimoniais).; 9. Princípios, objetivos e métodos de
controle externo nas autarquias públicas federais (TCU e CGU).; 10. Tomada e prestação de contas.; 11. Mudanças
tecnológicas na Administração Pública e os sistemas integrados de gestão.

Cargo: ENFERMEIRO/ÁREA: ENFERMAGEM DO TRABALHO (NS-18)


Atribuições:
Prestar assistência ao paciente e/ou usuário em clínicas, hospitais, ambulatórios, navios, postos de saúde e em domicílio.
Realizar consultas e procedimentos de maior complexidade e prescrevendo ações. Elaborar, executar e avaliar as
atividades de assistência de enfermagem aos trabalhadores. Prestar primeiros socorros no local de trabalho. Registrar
dados estatísticos de acidentes e doenças profissionais. Planejar e executar programas de prevenção e promoção da
saúde no trabalho. Desenvolver atividades administrativas inerentes ao cargo. Dirigir, coordenar e supervisionar equipes
e profissionais de enfermagem. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Enfermagem (Código de Ética da Enfermagem; legislação e normas aplicadas à Enfermagem
do Trabalho; legislação e normas aplicadas à saúde do trabalhador).; 2. Classificação internacional de funcionalidade,
incapacidade e saúde.; 3. Interface entre bioética e saúde do trabalhador.; 4. Princípios da saúde do trabalhador.; 5.
Bioestatística em saúde do trabalhador.; 6. Epidemiologia e toxicologia ocupacional (método epidemiológico aplicado à
saúde e segurança ocupacional; estratégias e técnicas epidemiológicas de avaliação da exposição; medidas de exposição
no local de trabalho; medição dos efeitos das exposições; avaliação de causalidade e ética em pesquisa epidemiológica;
monitoração biológica; toxicocinética; toxicologia básica; agentes químicos no organismo; oxicodinâmica dos agentes
químicos).; 7. Ergonomia (princípios de ergonomia e biomecânica; antropometria e planejamento do posto de trabalho,
análise ergonômica de atividades; prevenção da sobrecarga; prevenção de distúrbios relacionados ao trabalho); 8.
Biossegurança.; 9. Administração dos Serviços de Enfermagem (normas, rotinas e manuais; direção, coordenação e
supervisão de equipes de enfermagem).; 10. Concepções teórico-práticas da Assistência de Enfermagem; 11.
Sistematização da Assistência de Enfermagem; 12. Política Nacional de Atenção às Urgências; 13. Agravos à saúde do
trabalhador (saúde mental; sistemas sensoriais, respiratório e cardiovascular; câncer; sistema musculoesquelético;
sangue; sistemas nervoso, digestivo, renal urinário e reprodutivo; doenças da pele).; 14. Responsabilidades em relação
à segurança e saúde ocupacional (saúde ocupacional como um direito humano; Convenções da Organização
Internacional do Trabalho; normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego; classificação dos agentes
nocivos; formulários de informações; nexo técnico epidemiológico).; 15. Procedimentos de enfermagem (verificação de
sinais vitais.; oxigenoterapia, aerossolterapia e curativos; administração de medicamentos e coleta de materiais para
exames).; 16. Gestão ambiental e saúde dos trabalhadores (relações entre saúde ambiental e ocupacional; saúde e
segurança ocupacional e o meio ambiente; gestão ambiental e proteção dos trabalhadores).; 17. Programa de prevenção
de riscos ambientais (higiene ocupacional; prevenção de acidentes; política de segurança, liderança e cultura; proteção
pessoal).; 18. Gestão em saúde (planejamento, implementação e avaliação de políticas, planos e programas de saúde nos
locais de trabalho; proteção e promoção da saúde nos locais de trabalho; programas preventivos; avaliação do risco em
saúde; condicionamento físico e programas de aptidão; programas de nutrição; programas de controle do tabagismo,
álcool e abuso de droga; gestão do estresse).
Documento recebido eletronicamente da origem

Cargo: ENGENHEIRO/ÁREA: CIVIL (NS-19)


Atribuições:
Elaborar planos de necessidades e projetos de engenharia civil em todas as suas etapas. Desenvolver projetos de
engenharia civil. Desenvolver estudos de viabilidade financeiros, econômicos, ambientais. Planejar, orçar e contratar
empreendimentos. Desenvolver e acompanhar projetos básicos e executivos para processos licitatórios. Fiscalizar e
executar obras e serviços. Controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados. Realizar a gestão
ou fiscalização de contratos administrativos em matéria de engenharia. Elaborar normas e documentação técnica.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 30 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.46)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Implementar programas e projetos que promovam a eficiência na Administração Pública em matéria de engenharia.
Prestar consultoria e assessoramento em matéria de engenharia. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e
extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico: JFRJ


1. Topografia (conceitos fundamentais; levantamentos planimétricos e altimétricos; medições de ângulos e distâncias; Fls 46
escalas; instrumentos topográficos; cálculo de áreas e volumes; representações (desenho topográfico); nivelamento;
curvas de nível).; 2. Mecânica dos solos (origem e formação dos solos; índices físicos; caracterização de solos;
propriedades dos solos arenosos e argilosos; pressões nos solos; prospecção geotécnica; permeabilidade dos solos;
compactação dos solos; compressibilidade dos solos; adensamento nos solos; estimativa de recalques; resistência ao
cisalhamento dos solos; empuxos de terra; estrutura de arrimo; estabilidade de taludes; estabilidade das fundações
superficiais e estabilidade das fundações profundas).; 3. Resistência dos Materiais (tensões normais e tangenciais;
deformações; teoria da elasticidade; análise de tensões; tensões principais; equilíbrio de tensões; compatibilidade de
deformações; relações tensão x deformação – Lei de Hooke; Círculo de Mohr; tração e compressão; flexão simples;
flexão composta; torção; cisalhamento e flambagem).; 4. Análise estrutural (esforços seccionais – esforço normal,
esforço cortante e momento fletor; relação entre esforços; apoios e vínculos; diagramas de esforços; estudo das
estruturas isostáticas (vigas simples, vigas gerber, quadros)).; 5. Dimensionamento do concreto armado (características
mecânicas e reológicas do concreto; tipos de aços para concreto armado; fabricação do aço; características mecânicas
do aço; concreto armado – fundamentos; estados limites; aderência; ancoragem e emendas em barras de armação;
detalhamento de armação em concreto armado).; 6. Estruturas de aço.; 7. Estruturas de madeira.; 8. Materiais de
construção civil (aglomerantes: gesso, cal, cimento Portland; agregados; argamassa; concreto; dosagem; tecnologia do
concreto; aço; madeira; materiais cerâmicos; vidros; tintas e vernizes; ensaios e controles tecnológicos).; 9. Instalações
prediais e redes públicas (noções de instalações elétricas de baixa tensão; instalações hidráulicas; instalações de esgoto;
instalações de telefone e instalações especiais).; 10. Projeto e execução de obras civis (locação de obra; sondagens;
instalações provisórias; canteiro de obras; depósito e armazenamento de materiais; fundações profundas; fundações
superficiais; escavações; escoramento; movimento de terras; elementos estruturais; estruturas em concreto armado;
estruturas especiais; alvenaria estrutural; formas; armação; concreto; argamassas; alvenarias; esquadrias; ferragens;
revestimentos; coberturas; pisos e pavimentações; rodapés, soleiras e peitoris; impermeabilização; pintura;
equipamentos e ferramentas).; 11. Desenho técnico de edificações com uso do programa AutoCad.; 12. Projetos de
obras civis: arquitetônicos, civis, estruturais, fundações e hidrosanitários, telefonia, prevenção e combate a incêndio.;
13. Planejamento e programação de obras (orçamento e composição de custos unitários, parciais e totais, BDI e
encargos sociais, levantamento de quantidades, planejamento e cronograma físico-financeiro PERT-COM e histograma
de mão-de-obra).; 14. Engenharia de custos (cronogramas; orçamentos (levantamento de quantidades, custos unitários,
diretos e indiretos, planilhas); análise de custos; acompanhamento e controle de custos e serviços; medições de
serviços).; 15. Licitação e contratos na Administração Pública (projetos básicos e executivos para processos licitatórios
de engenharia; Regime Diferenciado de Contratação).; 16. Operação e controle de obra (procedimentos gerenciais e
acompanhamento de obras).; 17. Segurança e higiene no trabalho (segurança na construção civil; proteção coletiva e
individual; ergonomia; riscos ambientais (químicos, físicos, biológicos, mecânicos); riscos em eletricidade, em
transporte e em movimentação de materiais).; 18. Fiscalização: acompanhamento da aplicação de recursos (medições,
emissão de fatura e afins), controle de materiais, de execução de obras e serviços, documentação da obra (diários e
documentos de legalização).; 19. Vistoria, elaboração de laudos e de pareceres técnicos.; 20. Estatuto das Cidades e
suas alterações.; 21. Regulamentação e prática profissional (legislação regulamentadora e a ética do exercício
profissional, o sistema CREA/CONFEA e ART).

Cargo: ENGENHEIRO/ÁREA: ELÉTRICA (NS-20)


Atribuições:
Elaborar planos de necessidades e projetos de engenharia elétrica em todas as suas etapas. Desenvolver projetos de
engenharia elétrica. Desenvolver estudos de viabilidade financeiros, econômicos, ambientais. Planejar, orçar e contratar
empreendimentos. Desenvolver e acompanhar projetos básicos e executivos para processos licitatórios. Fiscalizar e
executar obras e serviços. Controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados. Realizar a gestão
ou fiscalização de contratos administrativos em matéria de engenharia. Elaborar normas e documentação técnica.
Implementar programas e projetos que promovam a eficiência na Administração Pública em matéria de engenharia.
Prestar consultoria e assessoramento em matéria de engenharia. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e
Documento recebido eletronicamente da origem

extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Conceitos básicos de Circuitos Elétricos; Circuitos de Corrente Contínua; Circuitos de Corrente Alternada.; Leis
Fundamentais; Elementos de Circuitos; Grandezas fasoriais: tensão e corrente; Impedância; Potências ativa, reativa e
aparente; Fator de potência; Energia; Medição de grandezas elétricas.; 2. Conceitos básicos de sistemas trifásicos;
Grandezas de linha e de fase; Potência Trifásica; Fator de potência e compensação de potência reativa; Conexões

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 31 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.47)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

trifásicas de geradores, cargas e transformadores.; 3. Modelagem de sistemas elétricos de potência; Geradores;


Transformadores; Linhas de transmissão; Cargas.; 4. Conversão Eletromecânica de Energia; Circuitos
Magnéticos;Transformadores, máquinas de corrente contínua, motores de indução e máquinas síncronas.; 5. Análise de
sistemas elétricos de potências; Geração, transmissão e distribuição; Sistemas trifásicos equilibrados e desequilibrados;
Valores por Unidade; Componentes simétricas; Cálculo de Curto-circuito simétricos e assimétricos; Fluxo de carga; JFRJ
Matriz de admitância nodal; Noções de estabilidade.; 6. Instalações Elétricas.Características de cargas elétricas; Fator Fls 47
de demanda e de carga; Cálculo e correção do fator de potência; Proteção de sistemas elétricos: Relés e Disjuntores;
Acionamento Elétrico; Conservação de Energia.; 7. Conservação de energia elétrica; Aplicações; Fontes alternativas de
energia; Programas governamentais e legislação; Usos finais de energia; Conceitos, panorama e estrutura do setor
eletroenergético brasileiro.; 8. Eletrônica de potência: elos de corrente contínua e noções de FACTS.; 9. Sistemas de
controle: função de transferência, diagramas de blocos, realimentação e análise de estabilidade; 10. Instalações prediais
e redes públicas (noções de instalações elétricas de baixa tensão; instalações hidráulicas; instalações de esgoto;
instalações de telefone e instalações especiais).; 11. Projeto de obras elétricas.; 12. Desenho técnico de edificações com
uso do programa AutoCad.; 13. Planejamento e programação de obras (orçamento e composição de custos unitários,
parciais e totais, BDI e encargos sociais, levantamento de quantidades, planejamento e cronograma físico-financeiro
PERT-COM e histograma de mão-de-obra).; 14. Engenharia de custos (cronogramas; orçamentos (levantamento de
quantidades, custos unitários, diretos e indiretos, planilhas); análise de custos; acompanhamento e controle de custos e
serviços; medições de serviços).; 15. Licitação e contratos na Administração Pública (projetos básicos e executivos para
processos licitatórios de engenharia; Regime Diferenciado de Contratação).; 16. Operação e controle de obra
(procedimentos gerenciais e acompanhamento de obras).; 17. Segurança e higiene no trabalho (segurança na construção
civil; proteção coletiva e individual; ergonomia; riscos ambientais (químicos, físicos, biológicos, mecânicos); riscos em
eletricidade, em transporte e em movimentação de materiais).; 18. Fiscalização (acompanhamento da aplicação de
recursos (medições, emissão de fatura e afins), controle de materiais, de execução de obras e serviços, documentação da
obra (diários e documentos de legalização)).; 19. Vistoria, elaboração de laudos e de pareceres técnicos. 20.
Regulamentação e prática profissional (legislação regulamentadora e a ética do exercício profissional, o sistema
CREA/CONFEA e ART).

Cargo: FISIOTERAPEUTA (NS-21)


Atribuições:
Elaborar diagnóstico cinesiológico funcional. Prescrever, planejar e aplicar procedimentos fisioterapêuticos para
prevenção, habilitação e reabilitação de disfunções em nível individual ou coletivo. Ordenar, analisar, supervisionar e
avaliar os projetos fisioterapêuticos, sua eficácia, resolutividade e as condições de alta do paciente. Desenvolver ações
de Educação em Saúde no trabalho. Desempenhar funções administrativas relacionadas ao cargo. Assessorar em
atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Fisioterapia e Fisioterapia do Trabalho (Código de Ética e Deontologia da Fisioterapia;
legislação em Fisioterapia do Trabalho; legislação em saúde do trabalhador).; 2. Classificação internacional de
funcionalidade, incapacidade e saúde.; 3. Interface entre bioética e saúde do trabalhador.; 4. Princípios da saúde do
trabalhador.; 5. Bioestatística em saúde do trabalhador.; 6. Biossegurança.; 7. Fisiologia do trabalho.; 8. Biomecânica
ocupacional.; 9. Patologias do trabalho.; 10. Higiene e segurança do trabalho.; 11. Ergonomia em Fisioterapia do
Trabalho.; 12. Ginástica laboral.; 13. Ação do Fisioterapeuta em equipes multiprofissionais de saúde e segurança do
trabalho.; 14. Perícias em DORTs.; 15. Programas de prevenção em saúde e segurança do trabalhador.; 16. Projetos e
ações intersetoriais para a inclusão e melhoria da qualidade de vida no trabalho das pessoas com deficiência ou
mobilidade reduzida.

Cargo: FONOAUDIÓLOGO (NS-22)


Atribuições:
Realizar avaliação fonoaudiológica. Prescrever, planejar e aplicar procedimentos fisioterapêuticos para prevenção,
habilitação e reabilitação de disfunções em nível individual ou coletivo, utilizando protocolos e procedimentos
específicos de fonoaudiologia. Ordenar, analisar, supervisionar e avaliar os projetos fonoaudiólogicos, sua eficácia,
resolutividade e as condições de alta do paciente. Desenvolver programas de prevenção, promoção da saúde e qualidade
de vida no trabalho. Desempenhar funções administrativas relacionadas ao cargo. Assessorar nas atividades de ensino,
Documento recebido eletronicamente da origem

pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Fonoaudiologia (Código de Ética Profissional do Fonoaudiólogo; legislação e normas aplicadas
à saúde auditiva e vocal; legislação em saúde do trabalhador).; 2. Classificação internacional de funcionalidade,
incapacidade e saúde.; 3. Interface entre bioética e saúde do trabalhador.; 4. Princípios da saúde do trabalhador.; 5.
Bioestatística em saúde do trabalhador.; 6. Ergonomia (princípios de ergonomia e biomecânica; antropometria e

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 32 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.48)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

planejamento do posto de trabalho, análise ergonômica de atividades; prevenção da sobrecarga; prevenção de distúrbios
relacionados ao trabalho); 7. Biossegurança.; 8. Princípios da Fonoaudiologia do Trabalho (definição; processos
organizacionais básicos).; 9. Diagnóstico preliminar das condições de saúde vocal e auditiva.; 10. Estratégias de
promoção de saúde vocal e auditiva no trabalho.; 11. Elaboração de programas de prevenção e promoção de saúde vocal
e auditiva no trabalho.; 12. Ação do Fonoaudiólogo em equipes multiprofissionais de saúde e segurança do trabalho.; JFRJ
13. Perícias em fonoaudiologia.; 14. Projetos e ações intersetoriais para a inclusão e melhoria da qualidade de vida no Fls 48
trabalho das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Cargo: MÉDICO/ÁREA: PSIQUIATRIA (NS-29)


Atribuições:
Realizar consultas e atendimentos médicos a estudantes e servidores. Tratar pacientes. Desenvolver programas de
prevenção, promoção da saúde e qualidade de vida. Efetuar perícias, auditorias e sindicâncias médicas. Coordenar
programas e serviços em saúde. Desempenhar funções administrativas relacionadas ao cargo. Elaborar documentos e
difundir conhecimentos da área médica. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Medicina (Código de Ética Médica; legislação e normas em saúde mental; legislação e normas
em saúde do trabalhador).; 2. Interface entre bioética e exercício da medicina em saúde mental e saúde do trabalhador.;
3. Bioestatística.; 4. Avaliação do desenvolvimento neuro-psicomotor do paciente.; 5. Psicologia médica
(desenvolvimento da personalidade; mecanismo de defesa do ego; relação médico paciente).; 6. Distúrbio do
desenvolvimento do adolescente.; 7. Deficiência mental.; 8. Neuroses, transtornos ansiosos e somatização.; 9. Fobia e
síndrome do pânico.; 10. Esquizofrenia.; 11. Depressão.; 12. Psicose maníaco depressiva.; 13. Síndromes psico
orgânicas.; 14. Distúrbios da personalidade.; 15. Suicídio e parassuicídio.; 16. Alcoolismo e outras drogas psicoativas.;
17. Dependência e tolerância à drogas, fármacos e tóxicos.; 18. Terapêutica em Psiquiatria (psicofarmacoterapia;
psicoterapia; iatrogenia em psicoterapia).; 19. Urgências psiquiátricas.; 20. Noções de Psiquiatria Forense.; 21. Perícias,
auditorias e sindicâncias médicas.; 22. Atuação do Médico em equipes multiprofissionais de saúde e segurança do
trabalho.; 23. Estratégias de prevenção, promoção da saúde e qualidade de vida.

Cargo: MÉDICO/ÁREA: MEDICINA (NS-24, NS-25, NS-26, NS-27 e NS-28)


Atribuições:
Realizar consultas e atendimentos médicos a estudantes e servidores. Tratar pacientes. Desenvolver programas de
prevenção, promoção da saúde e qualidade de vida. Efetuar perícias, auditorias e sindicâncias médicas. Coordenar
programas e serviços em saúde. Desempenhar funções administrativas relacionadas ao cargo. Elaborar documentos e
difundir conhecimentos da área médica. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Medicina (Código de Ética Médica; legislação em saúde do trabalhador).; 2. Interface entre
bioética e exercício da medicina em saúde do escolar e saúde do trabalhador.; 3. Bioestatística.; 4. Medicina Interna
(doenças do sistema nervoso; doenças endócrino-metabólicas, distúrbios hidroeletrolíticos e ácidos-básicos; doenças do
sistema respiratório; doenças do sistema cardiovascular; doenças renais e urológicas; distúrbios reumatológicos;
desordens do sistema gastrointestinal; doenças infecciosas e parasitárias; doenças hematológicas).; 5. Principais doenças
profissionais.; 6. Saúde mental.; 7. Primeiros socorros em ambiente escolar (fraturas, torções, luxações, traumatismos,
desmaios, convulsões, queimaduras por agentes químicos e outros).; 8. Emergências médicas (parada cardio-
respiratória, insuficiência respiratória aguda, choques, hemorragia digestiva alta e baixa, queimaduras).; 9. Higiene,
higiene individual e higiene do trabalho.; 10. Perícias, auditorias e sindicâncias médicas.; 11. Atuação do Médico em
equipes multiprofissionais de saúde e segurança do trabalho.; 12. Estratégias de prevenção, promoção da saúde e
qualidade de vida.

Cargo: NUTRICIONISTA/HABILITAÇÃO: ALIMENTAÇÃO COLETIVA (NS-30)


Atribuições:
Prestar assistência nutricional a indivíduos e coletividades (sadios e enfermos). Organizar, administrar e avaliar
unidades de alimentação e nutrição. Efetuar controle higiênico sanitário. Participar de programas de educação
nutricional. Estruturar e gerenciar serviços de atendimento ao consumidor de indústrias de alimentos e ministrar cursos.
Documento recebido eletronicamente da origem

Atuar em conformidade ao Manual de Boas Práticas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Nutrição fundamental (digestão, absorção e metabolismo de macronutrientes; digestão, absorção e metabolismo de
micronutrientes; necessidades nutricionais, recomendações nutricionais).; 2. Guia alimentar para a população brasileira
(Ministério da Saúde).; 3. Administração aplicada às unidades de alimentação e nutrição (princípios gerais –
planejamento, organização, direção e controle; unidades de alimentação e nutrição: caracterização, estrutura

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 33 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.49)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

organizacional).; 4. Unidades de alimentação e nutrição (aspectos físicos, equipamentos, características ideais); 5.


Recursos humanos de unidades de alimentação e nutrição (dimensionamento de recursos humanos para a unidade;
aquisição, análise e descrição de cargos, treinamento; controle e avaliação).; 6. Funcionamento das unidades de
alimentação e nutrição (planejamento da produção das refeições, necessidades nutricionais, padronização dos cardápios,
planejamento dos cardápios e custos; avaliação de custo padrão e peso refeição; política de abastecimento: compra, JFRJ
fornecimento, recepção e armazenamento e controle de estoque).; 7. Controle de qualidade (produção e distribuição das Fls 49
refeições; controle de sobras).; 8. Técnicas dietéticas e técnicas de preparo dos alimentos (objetivos nutricionais,
higiênicos, digestivos, sensoriais e econômicos; caracterização dos alimentos e fatores físicos, químicos e biológicos.
Preparo: exigências nutricionais; pré-preparação; operações térmicas de preparação; modificações na cozinha, no
aparelho digestivo e por processos biológicos: leite, ovo, carnes, leguminosas, hortaliças, frutas, cereais, gorduras,
açúcares, infusos e bebidas, condimentos, molhos e sopas).; 9. Planejamento de cardápios (noções básicas de nutrição -
origem, funções, nutrientes, valor calórico, necessidades nutricionais para adultos e adolescentes - objetivos, princípios
básicos; alimentos congelados; controle por sistema informatizado: planejamento de receitas, cardápios, controle e
inventário e análises nutricionais).; 10. Condições higiênicas e sanitárias, racionalização do trabalho (Método APPCC);
Processamento e Conservação de alimentos (leite e derivados; frutas e hortaliças).; 11. Promoção da alimentação
saudável para coletividades (políticas públicas no âmbito da área de alimentação e nutrição).; 12. Política nacional de
alimentação e nutrição.; 13. Política nacional e Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional.

Cargo: PEDAGOGO (NS-31, NS-32, NS-33 e NS-34)


Atribuições:
Atividade de nível superior relacionada ao planejamento, coordenação, supervisão, orientação e execução de tarefas
envolvendo a elaboração de informações, relatórios, estudos, projetos e pareceres de natureza administrativo-
pedagógica, fundamentados em legislação dos sistemas de educação básica e superior, pesquisas efetuadas e afins, bem
como assistência em atividades inerentes à sua área de atuação. Elaborar e desenvolver projetos de ensino-pesquisa-
extensão. Participar da elaboração de instrumentos específicos de orientação pedagógica e educacional. Elaborar
manuais de orientação, catálogos de técnicas pedagógicas. Participar de estudos de revisão de currículo e programas de
ensino. Participar de divulgação de atividades pedagógicas. Implementar programas de tecnologia educacional.
Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. Fiscalizar
execução de serviços na área de atuação. Executar outras tarefas dentro do ambiente da área compatível com as
exigências para o exercício da função, bem como elaborar expedientes e relatórios, além de assessorar nas atividades de
ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (Da Educação - art. 205 a art. 214; Da Ciência, Tecnologia e
Inovação - art. 218 a art. 219-B; Da Família, Criança, Adolescente, Jovem e Idoso, na Constituição Federal - art. 226 a
230).; 2. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 – art. 1º ao art. 9º;
art. 12 ao art. 27; art. 35 ao art. 67; art. 80 ao art. 86).; 3. Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA (Lei nº 8069, de
13 de julho de 1990 – art. 1º ao 6º; 1art. 15 ao art. 71; art. 98 ao art. 105); 4. Plano Nacional de Educação (Lei nº
13.005, de 25 de junho de 2014 - Diretrizes e Metas: 3, 4, 6 a 8, 10 a 16 e 20).; 5. Educação Profissional (história;
princípios; níveis e modalidades; Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004; Diretrizes Curriculares Nacionais para
Educação Profissional Técnica de Nível Médio).; 6. Ensino Médio (história; objetivos; currículo; Diretrizes Curriculares
Nacionais para o Ensino Médio; avaliação).; 7. Educação de Jovens e Adultos (concepção; andragogia; currículo;
avaliação; EJA integrada à Educação Profissional – PROEJA).; 8. Educação Superior (organização da Educação
Superior; regulação do Ensino de Graduação – legislação e normas; regulação do Ensino de Pós-Graduação; avaliação
da Educação Superior - Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES).; 9. Educação a Distância
(história; princípios; Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005; tecnologias educacionais para EaD).; 10. Educação
Especial e Educação Inclusiva (história; princípios; Lei nº 12.764 de 27 de dezembro de 2012; Lei nº 13.146, de 06 de
julho de 2015; políticas inclusivas; adaptação curricular; avaliação).; 11. Ações Afirmativas (sistema de cotas nas
Instituições Federais – Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012 e Decreto nº 7.824, de 11 de outubro de 2012; Lei 11.645
de 10 de março de 2008).; 12. Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES); 13. Projeto Pedagógico
Institucional.; 14. Projeto Pedagógico de Curso.; 15. Planejamento e gestão participativa.; 16. Relação Família – Escola
– Comunidade.; 17. Diversidade e Inclusão (Relações de Gênero e Étnico Racial).; 18. Prevenção ao uso indevido de
drogas.
Documento recebido eletronicamente da origem

Cargo: PROGRAMADOR VISUAL (NS-35)


Atribuições:
Planejar serviços de pré-impressão gráfica. Realizar programação visual gráfica e editorar textos e imagens. Trabalhar
seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e preservação ambiental. Assessorar nas atividades de ensino,
pesquisa e extensão.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 34 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.50)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Conceitos, princípios, história e fundamentos do design gráfico.; 2. Projeto gráfico - particularidades do
desenvolvimento de conteúdo para mídia impressa e virtual, padrões web (HTML, CSS, W3C e WCAG).; 3. Editoração
(a cor como informação; padrão de cores e níveis de qualidade na edição e tratamento de imagens, tipografia, teoria das
cores).; 4. Design Editorial (layout editorial; fotografia em produção editorial; projeto e produção de livro; projeto e JFRJ
produção de jornal; projeto e produção de revista).; 5. Produção gráfica (processos e técnicas de impressão, acabamento Fls 50
e acompanhamento gráfico).; 6. Computação gráfica (Corel 7, Adobe Illustrator® CC, Adobe InDesign® CC, Adobe
Photoshop® CC).; 7. Produção de livro digital.

Cargo: PSICÓLOGO/ÁREA: EDUCACIONAL (NS-36)


Atribuições:
Estudar, pesquisar e avaliar o desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos e
instituições, com a finalidade de análise, tratamento, orientação e educação; diagnosticar e avaliar distúrbios emocionais
e mentais e de adaptação social, elucidando conflitos e questões e acompanhando o(s) paciente(s) durante o processo de
tratamento ou cura; investigar os fatores inconscientes do comportamento individual e grupal, tornando-os conscientes;
desenvolvem pesquisas experimentais, teóricas e clínicas e coordenar equipes e atividades de área e afins. Assessorar
nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Exercício profissional da psicologia (Código de Ética do Psicólogo; legislação e normas aplicáveis à psicologia
escolar; papel do psicólogo e implicações éticas).; 2. Psicologia social (psicologia social e os fenômenos de grupo; a
instituição escolar como contexto para atuação do Psicólogo; psicologia institucional;).; 3. Psicologia do
desenvolvimento e da aprendizagem (diferentes perspectivas teóricas do desenvolvimento e da aprendizagem; aspectos
afetivos, cognitivos e sociais envolvidos no processo de ensino aprendizagem).;4. Princípios do trabalho e atuação do
Psicólogo na instituição escolar.; 5. Sucesso e fracasso escolar (processos que constituem o cotidiano escolar e suas
influências na escolarização de jovens e adultos).; 6. Avaliação psicológica.; 7. Psicopatologia.; 8. Saúde mental e
reforma psiquiátrica.; 9. Acompanhamento psicossocial.; 10. Orientação vocacional e profissional.; 11. Diagnóstico e
intervenção psicopedagógica.; 12. Gestão da diversidade (políticas inclusivas na educação; inserção e desenvolvimento
escolar da pessoa com deficiência; questões de gênero e raça no âmbito escolar; ações afirmativas).; 13. Interação
professor/aluno.; 14. Interação escola/família/comunidade.

Cargo: PSICÓLOGO/ÁREA: ORGANIZACIONAL (NS-37)


Atribuições:
Estudar, pesquisar e avaliar o desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos e
instituições, com a finalidade de análise, tratamento, orientação e educação; diagnosticar e avaliar distúrbios emocionais
e mentais e de adaptação social, elucidando conflitos e questões e acompanhando o(s) paciente(s) durante o processo de
tratamento ou cura; investigar os fatores inconscientes do comportamento individual e grupal, tornando-os conscientes;
desenvolvem pesquisas experimentais, teóricas e clínicas e coordenar equipes e atividades de área e afins. Assessorar
nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Exercício profissional da psicologia (Código de Ética do Psicólogo; legislação e normas aplicáveis à psicologia
organizacional; papel do psicólogo e implicações éticas).; 2. Psicologia Social (Psicologia Social e os fenômenos de
grupo; a instituição escolar como contexto para atuação do Psicólogo; psicologia institucional;); 3. Transformações no
mundo do trabalho e mudanças nas organizações.; 4. Análise e desenvolvimento organizacional.; 5. Cultura
organizacional (paradigmas, conceitos, elementos e dinâmica).; 6. Clima organizacional (evolução conceitual,
componentes e estratégias de gestão).; 7. Motivação, satisfação e comprometimento.; 8. Poder nas organizações.; 9.
Liderança nas organizações.; 10. Processo de comunicação na organização.; 11. Relações interpessoais.; 12. Grupos nas
organizações (abordagens, modelos de intervenção e dinâmica de grupo).; 13. Equipes de trabalho (crenças, satisfação,
conflitos e desempenho de equipes).; 14. Condições e organização do trabalho (trabalho prescrito, ambiente físico,
processos de trabalho e relações sócio-profissionais).; 15. Saúde do trabalhador (segurança no trabalho e saúde
ocupacional; fatores psicossociais da DORT e outros distúrbios relacionados ao trabalho).; 16. Trabalho, subjetividade e
saúde psíquica.; 17. Desempenho do indivíduo no trabalho e avaliação do desempenho.; 18. Treinamento e
Documento recebido eletronicamente da origem

desenvolvimento de pessoal (levantamento de necessidades, planejamento e avaliação); 19. Avaliação psicológica.; 20.
Psicopatologia.; 21. Acompanhamento psicossocial.; 22. Preparação para a aposentadoria.; 23. Gestão de
comportamento nas organizações.; 24. Gestão da diversidade (inserção e desenvolvimento de pessoas com deficiência
no mundo do trabalho; questões de gênero e raça no trabalho).

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 35 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.51)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Cargo: RELAÇÕES PÚBLICAS (NS-38)


Atribuições:
Implantar ações de relações públicas na instituição. Assessorar os serviços de comunicação social da instituição.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.
JFRJ
Disciplina de Conhecimento Especifico: Fls 51
1. Conceitos das teorias da comunicação e da informação.; 2. Planejamento de comunicação.; 3. Técnicas e ferramentas
de relacionamento com públicos estratégicos.; 4. Elaboração e avaliação de projetos de relações públicas.; 5. Estratégias
de Informação: interna e externa.; 6. Ética e legislação de Relações Públicas.; 7. Identidade institucional.; 8. Gestão da
imagem institucional.; 9. Reputação institucional e gerenciamento de crise.; 10. Relacionamento com a mídia.; 11.
Cultura e comunicação organizacionais.; 12. Pesquisa de opinião e mercado.; 13. Responsabilidade social corporativa.;
14. Conceitos de marketing.; 15. Endomarketing e marketing de relacionamento.; 16. Veiculação, atendimento e
avaliação do feedback.; 17. Ouvidoria.; 18. Eventos: conceitos, classificação e tipologia de eventos.; 19. Planejamento
estratégico de eventos: fases e etapas.; 20. Cerimonial e Protocolo.

Cargo: SECRETÁRIO EXECUTIVO (NS-40, NS-41 e NS-42)


Atribuições:
Assessorar, gerenciando informações, auxiliando na execução de suas tarefas administrativas e em reuniões, marcando e
cancelando compromissos. Coordenar e controlar equipes e atividades. Controlar documentos e correspondências.
Atender usuários externos e internos. Organizar eventos e viagens e prestar serviços em idiomas estrangeiros.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. A evolução do Estado Moderno e o Estado Democrático de Direito.; 2. Gestão Organizacional (fundamentos; teorias
e escolas de Administração; planejamento; cultura e clima organizacional; estruturas organizacionais; análise e melhoria
de processos; administração de mudanças).; 3. Direito Administrativo (princípios infraconstitucionais do Direito
Administrativo; organização administrativa; atos administrativos; poderes da administração; responsabilidade do
Estado; licitação; contratos administrativos; agentes públicas; improbidade administrativa; serviços públicos; controle
da Administração; processo administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar nº 101/2000).; 4.
Código de Ética Profissional de Secretariado.; 5. Histórico, evolução, legislação, regulamentação do profissional de
secretariado.; 6. Apresentação pessoal e profissional.; 7. Etiqueta e netEtiqueta.; 8. Gestão de agenda.; 9. Comunicação
oficial (definição e finalidade; forma e estrutura; linguagem dos atos oficiais).; 10. Tratamento dos documentos e
correspondências.; 11. Gestão eletrônica de documentos.; 12. Gestão de arquivos (impressos e eletrônicos; organização,
métodos, classificação e conservação de documentos).; 13. Planejamento de viagens nacionais e internacionais.; 14.
Planejamento e organização de reunião.; 15. Planejamento e organização de eventos (tipologia de eventos; princípios
básicos do planejamento e da organização de eventos públicos).; 16. Cerimonial e protocolo públicos.; 17.
Gerenciamento de eventos.

Cargo: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS (NS-43, NS44, NS-45, NS-46 e NS-47)


Atribuições:
Coordenar as atividades de ensino, planejamento, orientação, supervisionando e avaliando estas atividades, para
assegurar a regularidade do desenvolvimento do processo educativo. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e
extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (Da Educação - art. 205 a art. 214; Da Ciência, Tecnologia e
Inovação - art. 218 a art. 219-B; Da Família, Criança, Adolescente, Jovem e Idoso, na Constituição Federal - art. 226 a
230).; 2. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 – art. 1º ao art. 9º;
art. 12 ao art. 27; art. 35 ao art. 67; art. 80 ao art. 86).; 3. Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA (Lei nº 8069, de
13 de julho de 1990 – art. 1º ao 6º; 1art. 15 ao art. 71; art. 98 ao art. 105); 4. Plano Nacional de Educação (Lei nº
13.005, de 25 de junho de 2014 - Diretrizes e Metas: 3, 4, 6 a 8, 10 a 16 e 20).; 5. Educação Profissional (história;
princípios; níveis e modalidades; Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004; Diretrizes Curriculares Nacionais para
Educação Profissional Técnica de Nível Médio).; 6. Ensino Médio (história; objetivos; currículo; Diretrizes Curriculares
Documento recebido eletronicamente da origem

Nacionais para o Ensino Médio; avaliação).; 7. Educação de Jovens e Adultos (concepção; andragogia; currículo;
avaliação; EJA integrada à Educação Profissional – PROEJA).; 8. Educação Superior (organização da Educação
Superior; regulação do Ensino de Graduação – legislação e normas; regulação do Ensino de Pós-Graduação; avaliação
da Educação Superior - Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES).; 9. Educação a Distância
(história; princípios; Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005; tecnologias educacionais para EaD).; 10. Educação
Especial e Educação Inclusiva (história; princípios; Lei nº 12.764 de 27 de dezembro de 2012; Lei nº 13.146, de 06 de
julho de 2015; políticas inclusivas; adaptação curricular; avaliação).; 11. Ações Afirmativas (sistema de cotas nas

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 36 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.52)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Instituições Federais – Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012 e Decreto nº 7.824, de 11 de outubro de 2012; Lei 11.645
de 10 de março de 2008).; 12. Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES); 13. Projeto Pedagógico
Institucional.; 14. Projeto Pedagógico de Curso.; 15. Planejamento e gestão participativa.; 16. Relação Família – Escola
– Comunidade.; 17. Diversidade e Inclusão (Relações de Gênero e Étnico Racial).; 18. Prevenção ao uso indevido de
drogas. JFRJ
Fls 52
Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (NS-48)
Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de desenvolvimento de sistemas. Desenvolver
e implantar sistemas informatizados. Administrar ambientes informatizados. Prestar treinamento e suporte técnico ao
usuário. Elaborar documentação técnica. Estabelecer padrões, coordenar projetos e oferecer soluções para ambientes
informatizados e pesquisar tecnologias em informática. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e
inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Lógica de programação (lógica de programação estruturada com sequências, decisões, repetições, modularização;
lógica de programação orientada a objeto com classes, heranças, polimorfismos, objetos, encapsulamento). 2.
Linguagens de programação (codificação de algoritmos em Java e PHP; estruturas de dados, interpretação e compilação
de programas; linguagens e padrões Web HTML, XML, CSS e JSON). 3. Desenvolvimento com Java (J2EE;
Persistência de dados com JDBC, Hibernate e JPA; J2EE: Java Servlets e JSP, Spring). 4. Plataformas e servidores e
sistemas de gerenciamento (Eclipse, JBoss, Apache e Tomcat; sistemas de gerenciamento de conteúdo - aplicativos e
ferramentas). 5. Engenharia de software (conceitos básicos; disciplinas de engenharia de software; análise de requisitos
funcionais e não funcionais; modelagem de dados; qualidade de software). 6. Padrões de projetos de sistemas (padrões
de projetos J2EE; JSF; aplicação e utilização de servidores Web). 7. Análise e projeto orientado a objetos com UML
(orientação a objetos: abstração de dados, definição de classes, métodos e tributos, herança, polimorfismo,
encapsulamento, reuso de componentes; notações, diagramas, metodologia para utilização e ferramentas). 8.
Desenvolvimento ágil (processos e práticas; metodologias de desenvolvimento ágil: Scrum, XP, DAS, DSDM, FDD,
Processo Unificado Ágil e Modelagem Ágil). 9. Bancos de dados relacionais (conceitos básicos; tabelas, campos,
registros, Índices, chaves, relacionamento, transação). 10. Modelagem de dados (entidades, atributos, chaves e
relacionamentos; normalização de dados: conceitos e formas normais; modelo de Entidade-Relacionamento - MER;
modelo conceitual, lógico e físico). 11. Linguagem SQL (definição - DDL, manipulação - DML, controle - DCL e
transação - DTL em bancos de dados relacionais). 12. Administração de bancos de dados (procedures, packages,
functions, triggers, views, Jobs e sequences). 13. Arquitetura de banco de dados relacional (tipos de bancos de dados:
MySQL, SQL Server e PostgreSQL).

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: GESTÃO AMBIENTAL (NS-49)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de gestão ambiental. Implementar programas
e projetos que promovam a eficiência na Administração Pública em matéria de gestão ambiental. Prestar assessoria e
consultoria em matéria de gestão ambiental aos diferentes níveis diretivos da instituição. Assessorar nas atividades de
ensino, pesquisa, extensão e inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Gestão empresarial e da qualidade.; 2. Química ambiental.; 3. Química analítica ambiental.; 4. Legislação ambiental.;
5. Economia ambiental.; 6. Mudanças climáticas.; 7. Risco ambiental e toxicológico.; 8. Avaliação de impacto
ambiental.; 9. Identificação de áreas com restrições ambientais.; 10. Análise ambiental de empreendimentos.; 11.
Sistemas Brasileiro de Licenciamento Ambiental (EIA, RIMA).; 12. Metodologias utilizadas para o planejamento
ambiental, legislação e requisitos regulatórios.; 13. Conhecimentos básicos de mapeamento e fotointerpretação.; 14.
Gerenciamento e controle de emissão de gases.; 15. Gerenciamento de resíduos sólidos e controle do solo.; 16.
Tratamento de água (classificação; uso; tratamento químico e biológico; equipamentos empregados; aeração;
sedimentação, floculação, filtração, esterilização, desmineralização); 17. Tratamento de efluentes (caracterização física
e química dos efluentes; normas gerais de amostragem; tratamento primário, gradeamento e caixa de areia; separadores
de óleo; sistemas de flotação; sedimentação, decantação, neutralização e respectivos equipamentos; tratamento químico;
Documento recebido eletronicamente da origem

coagulação e precipitação; resinas trocadoras de íons; oxidação e densificação; osmose inversa; eletrodiálise; técnicas
analíticas instrumentais).; 18. Sistema de Gestão Ambiental (SGA); 19. Auditoria ambiental.; 20.Ética profissional.

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: GESTÃO DE EVENTOS (NS-51)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de gestão de eventos. Elaborar projeto básico
ou termo de referência para processos licitatórios em matéria de eventos. Realizar a gestão ou fiscalização de contratos

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 37 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.53)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

administrativos em matéria de eventos. Assessorar o desenvolvimento do conceito do evento. Assessorar a realização de


eventos técnicos, científicos, esportivos e culturais. Elaborar projetos financeiros ou projetos de captação de fomento
externo ou patrocínio para realização de eventos. Organizar a programação e a elaboração de agenda cultural.
Coordenar a aquisição de passagens aéreas, hospedagem e transfer. Coordenar a montagem de estruturas, equipamentos
e cenografia. Organizar coffe break e demais serviços de alimentação. Capacitar e coordenar os fornecedores, JFRJ
funcionários e voluntários. Elaborar e coordenar o cerimonial. Assessorar a equipe de comunicação para o marketing do Fls 53
evento. Implementar programas e projetos que promovam a eficiência na Administração Pública em matéria de gestão
de eventos. Prestar assessoria e consultoria em matéria de gestão de eventos técnicos, científicos, esportivos e culturais
aos diferentes níveis diretivos da instituição. Desenvolver demais atividades inerentes ao cargo, em conformidade com
as necessidades institucionais. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Licitações e contratos (elaboração de termo de referência ou projeto básico para processos licitatórios; gestão de
contratos administrativos; fiscalização de contratos administrativos).; 2. Mudanças tecnológicas na Administração
Pública e os sistemas integrados de gestão.; 3. Pensamento Estratégico, Gestão Estratégica e Plano Estratégico.; 4.
Classificação e tipologia de eventos.; 5. Projeto executivo de eventos.; 6. Captação de recursos para eventos (agências
de fomento e patrocinadores).; 7. Marketing de eventos.; 8. Cerimonial e protocolo.; 9. Montagem de eventos.; 10.
Alimentos e bebidas em eventos.; 11. Planejamento de eventos técnicos, científicos, esportivos e culturais.

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (NS-50)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de gestão de recursos humanos. Implementar
programas e projetos que promovam a eficiência na Administração Pública em matéria de gestão recursos humanos.
Prestar assessoria e consultoria em matéria de gestão de recursos humanos aos diferentes níveis diretivos da instituição.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. A evolução do Estado Moderno e o Estado Democrático de Direito.; 2. Gestão Organizacional (fundamentos; teorias
e escolas de Administração; planejamento; cultura e clima organizacional; estruturas organizacionais; análise e melhoria
de processos; administração de mudanças).; 3. Direito Administrativo (princípios infraconstitucionais do Direito
Administrativo; organização administrativa; atos administrativos; poderes da administração; responsabilidade do
Estado; licitação; contratos administrativos; agentes públicas; improbidade administrativa; serviços públicos; controle
da Administração; processo administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar nº 101/2000).; 4.
Formas de investidura dos diferentes agentes públicos.; 5. Provimento e vacância de cargos públicos.; 6. Remoção e
redistribuição.; 7. Licenças e afastamentos.; 8. Seguridade social do servidor público federal civil.; 9. Sindicâncias e
processos administrativos disciplinares.; 10. Plano de capacitação de servidores públicos.; 11. Administração e
tecnologia da informação (mudanças tecnológicas na Administração Pública e os sistemas integrados de gestão).; 12.
Ética e responsabilidade socioambiental.

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: GESTÃO PÚBLICA (NS-52)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de gestão pública. Implementar programas e
projetos que promovam a eficiência na Administração Pública. Prestar assessoria e consultoria em matéria de gestão
pública aos diferentes níveis diretivos da instituição. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e
inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. A evolução do Estado Moderno e o Estado Democrático de Direito.; 2. Políticas Públicas (organização político-
administrativa do Brasil, formulação, implementação e avaliação de políticas públicas, plano e programas,
responsividade, legislação pública, redes públicas de cooperação em ambientes federativos); 3. Gestão Organizacional
(fundamentos; teorias e escolas de Administração; planejamento; cultura e clima organizacional; estruturas
organizacionais; análise e melhoria de processos; administração de mudanças).; 4. Direito Administrativo (princípios
infraconstitucionais do Direito Administrativo; organização administrativa; atos administrativos; poderes da
Documento recebido eletronicamente da origem

administração; responsabilidade do Estado; licitação; contratos administrativos; agentes públicas; improbidade


administrativa; serviços públicos; controle da Administração; processo administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal –
Lei Complementar nº 101/2000).; 5. Orçamento, receitas e despesas públicas (princípios orçamentários; orçamento
anual; ciclo orçamentário; exercício financeiro; créditos adicionais; orçamento programa; conceitos de receita pública;
receita orçamentária e extraorçamentária; classificação por categoria econômica; estágio da receita; dívida ativa;
conceitos de despesa pública; despesa orçamentária e extraorçamentária; estágio da despesa; restos a pagar ou dívida
passiva; adiantamento ou suprimento de fundos; despesas de exercícios anteriores).; 6. Contabilidade Pública (conceito;

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 38 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.54)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

objeto da contabilidade pública; regime contábil; plano de contas; conceito e tipos de balanços públicos).; 7. Princípios,
objetivos e métodos de controle externo nas autarquias públicas federais (TCU e CGU).; 8. Tomada e prestação de
contas.; 9. Administração e tecnologia da informação (mudanças tecnológicas na Administração Pública e os sistemas
integrados de gestão).; 10. Gestão de Projetos.; 11. Pensamento Estratégico, Gestão Estratégica e Plano Estratégico.; 12.
Gestão Estratégica com o Uso do BSC.; 13. Gestão de licitações, contratos e convênios.; 14. Boas práticas de JFRJ
governança pública.; 15. Ética e responsabilidade socioambiental. Fls 54

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (NS-53)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de segurança da informação. Desenvolver e
implantar recursos de governança de tecnologia da informação. Administrar ambientes informatizados. Prestar
treinamento e suporte técnico ao usuário. Elaborar documentação técnica. Estabelecer padrões, coordenar projetos e
oferecer soluções para ambientes informatizados e pesquisar tecnologias em informática. Assessorar nas atividades de
ensino, pesquisa, extensão e inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Processos de negócio (conceitos básicos; identificação e delimitação; alinhamento com políticas de gestão,
planejamento estratégico e governança). 2. Técnicas (mapeamento, modelagem e melhoria de processos de negócio). 3.
Modelagem de processos (UML e BPMN; tipos de diagramas, elementos da notação e softwares de apoio; construção
de modelos de processos). 4. Projetos de modelagem de processos (equipe e papéis; gestão do projeto). 5. Governança e
processos organizacionais (conceitos de governança, governança funcional, governança de TI, planejamento estratégico,
tático e operacional, processos organizacionais; governança no setor público). 6. Gestão estratégica (metodologia BSC:
planejamento estratégico de negócio; planejamento estratégico de TI; alinhamento estratégico entre TI e negócio). 7.
Gerenciamento de projetos (modelo de práticas PMBOK: conceitos básicos, estrutura e objetivos; projetos e a
organização; ciclo de vida de projeto e ciclo de vida do produto; processos; grupos de processos; áreas de
conhecimento). 8. Gerenciamento de serviços (modelo de práticas ITIL: conceitos básicos, estrutura e objetivos;
processos e funções de estratégia de serviços; processos e funções de desenho de serviços; processos e funções de
transição de serviços; processos e funções de operação de serviços; processos e funções de melhoria de serviços). 9.
Governança de TI (framework COBIT: conceitos básicos, estrutura e objetivos; requisitos da informação; recursos de
tecnologia da informação; domínios, processos e objetivos de controle). 10. Qualidade de software (Modelo MPS.BR:
conceitos básicos, estrutura e objetivos; disciplinas e formas de representação; níveis de capacidade e maturidade;
processos e categorias de processos). 11. Normas e acórdãos (Norma ISO/IEC 38500, Norma ISO/IEC 20000, Acórdão
TCU Nº 2308/2010, Instrução Normativa MP/SLTI Nº04/2014; conceitos básicos, estrutura e objetivos).

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: INFRAESTRUTURA E REDES (NS-54)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de infraestrutura e redes. Desenvolver e
implantar recursos de infraestrutura e redes. Administrar ambientes informatizados. Prestar treinamento e suporte
técnico ao usuário. Elaborar documentação técnica. Estabelecer padrões, coordenar projetos e oferecer soluções para
ambientes informatizados e pesquisar tecnologias em informática. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa,
extensão e inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Arquitetura e organização de computadores (memórias, unidades centrais de processamento, entrada e saída;
linguagens de montagem; modos de endereçamento; conjunto de instruções; mecanismos de interrupção e de exceção;
barramento, comunicações, interfaces e periféricos; organização de memória; memória auxiliar; multiprocessadores;
multicomputadores). 2. Sistemas operacionais (conceitos básicos; conceito de processo; gerência de
processos/processador; comunicação, concorrência e sincronização de processos; gerenciamento de memória: memória
virtual, paginação, segmentação e “swap”; gerenciamento de arquivos; gerenciamento de dispositivos de entrada/saída;
conceitos básicos de sistemas operacionais Windows e Linux: noções de administração; serviços de diretório: Active
Directory e LDAP; interoperabilidade; virtualização). 3. Administração de Web Servers (instalação, configuração,
monitoramento). 4. Redes de computadores (conceitos básicos; topologias de redes; equipamentos; endereçamento e
protocolos da família TCP/IP; gerenciamento de redes TCP/IP IPv4 e IPv6: arquitetura de gerenciamento e SNMP;
Documento recebido eletronicamente da origem

redes sem fio: padrões 802.11, protocolos 802.1x, EAP, WPA e WPA2; ambiente de redes; protocolo de gerenciamento;
SNMP; protocolos de rede; cabeamento estruturado; modelo OSI da ISO; desempenho: monitoração e balanceamento
de carga, alta disponibilidade de rede; tecnologias de telecomunicações LAN, MAN e WAN). 5. Segurança em redes de
computadores (dispositivos de segurança: firewalls, IPS, proxies, NAT e VPN). 6. Criptografia (conceitos básicos;
algoritmos simétricos, assimétricos, resumos - hash, cifras de bloco e de fluxo, modos de operação ECB, CBC, CBF,
OBF e CTR; algoritmos criptográficos: AES, 3DES, Blowfish, IDEA, RC4, RC6, Diffie-Hellman, RSA, ECC, MD4,
MD5, SHA-1, SHA-2, WHIRLPOOL; ataques: força bruta, dicionário, análise de frequência, criptoanálise, colisão e

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 39 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.55)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

aniversário; camada de segurança SSL e TLS; infraestruturas de chaves públicas, certificação e assinatura digital).

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: LOGÍSTICA PÚBLICA (NS-55)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de logística pública. Implementar programas e JFRJ
projetos que promovam a eficiência na Administração Pública. Prestar assessoria e consultoria em matéria de logística Fls 55
pública aos diferentes níveis diretivos da instituição. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e
inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. A evolução do Estado Moderno e o Estado Democrático de Direito.; 2. Políticas Públicas (organização político-
administrativa do Brasil, formulação, implementação e avaliação de políticas públicas, plano e programas,
responsividade, legislação pública, redes públicas de cooperação em ambientes federativos); 3. Gestão Organizacional
(fundamentos; teorias e escolas de Administração; planejamento; cultura e clima organizacional; estruturas
organizacionais; análise e melhoria de processos; administração de mudanças).; 4. Direito Administrativo (princípios
infraconstitucionais do Direito Administrativo; organização administrativa; atos administrativos; poderes da
administração; responsabilidade do Estado; licitação; contratos administrativos; agentes públicas; improbidade
administrativa; serviços públicos; controle da Administração; processo administrativo; Lei de Responsabilidade Fiscal –
Lei Complementar nº 101/2000).; 5. Noções de orçamento, receitas e despesas públicas (princípios orçamentários;
orçamento anual; ciclo orçamentário; exercício financeiro; créditos adicionais; orçamento programa; conceitos de
receita pública; receita orçamentária e extraorçamentária; classificação por categoria econômica; estágio da receita;
dívida ativa; conceitos de despesa pública; despesa orçamentária e extraorçamentária; estágio da despesa; restos a pagar
ou dívida passiva; adiantamento ou suprimento de fundos; despesas de exercícios anteriores).; 6. Administração e
tecnologia da informação (mudanças tecnológicas na Administração Pública e os sistemas integrados de gestão).; 7.
Gestão de Projetos.; 8. Pensamento Estratégico, Gestão Estratégica e Plano Estratégico.; 9. Gestão Estratégica com o
Uso do BSC.; 10. Sistemas de compras na Administração Pública.; 11. Gestão de licitações, contratos e convênios.; 12.
Gestão de estoques (conceitos, finalidades e propósitos; política de estoques.; tipos de estoques; custos de Estoques;
previsão de estoques; avaliação de estoques; inventário).; 13. Gestão dos transporte (gestão de frota; gestão de
combustíveis; terceirização de frota; terceirização de serviços de motorista).; 14. Noções de Legislação aduaneira
(regimes aduaneiros especiais; acordos de cooperação aduaneira; importações e exportações pela Administração
Pública); 15. Ética e responsabilidade socioambiental.

Cargo: TECNÓLOGO/FORMAÇÃO: SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (NS-57)


Atribuições:
Planejar, projetar, especificar, organizar e executar atividades específicas de segurança da informação. Desenvolver e
implantar recursos de segurança da informação. Administrar ambientes informatizados. Prestar treinamento e suporte
técnico ao usuário. Elaborar documentação técnica. Estabelecer padrões, coordenar projetos e oferecer soluções para
ambientes informatizados e pesquisar tecnologias em informática. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa,
extensão e inovação.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Redes de computadores (conceitos básicos; topologias de redes; equipamentos; endereçamento e protocolos da
família TCP/IP; gerenciamento de redes TCP/IP IPv4 e IPv6: arquitetura de gerenciamento e SNMP; redes sem fio:
padrões 802.11, protocolos 802.1x, EAP, WPA e WPA2; ambiente de redes; protocolo de gerenciamento; SNMP;
protocolos de rede; cabeamento estruturado; modelo OSI da ISO; desempenho: monitoração e balanceamento de carga,
alta disponibilidade de rede; tecnologias de telecomunicações LAN, MAN e WAN). 2. Segurança em redes de
computadores (dispositivos de segurança: firewalls, IPS, proxies, NAT e VPN). 3. Criptografia (conceitos básicos;
algoritmos simétricos, assimétricos, resumos - hash, cifras de bloco e de fluxo, modos de operação ECB, CBC, CBF,
OBF e CTR; algoritmos criptográficos: AES, 3DES, Blowfish, IDEA, RC4, RC6, Diffie-Hellman, RSA, ECC, MD4,
MD5, SHA-1, SHA-2, WHIRLPOOL; ataques: força bruta, dicionário, análise de frequência, criptoanálise, colisão e
aniversário; camada de segurança SSL e TLS; infraestruturas de chaves públicas, certificação e assinatura digital). 4.
Gestão de segurança da informação (análise de riscos, gestão de vulnerabilidades, riscos, resposta a incidentes de
segurança, testes de invasão; gestão da continuidade do negócio; sistema de gestão de segurança da informação;
Documento recebido eletronicamente da origem

melhores práticas de segurança da informação e comunicações). 5. Políticas de segurança da informação (definição,


implantação e gestão de políticas de segurança e auditoria; normas NBR ISO/IEC 15999 e 27005; norma ISO 27002). 6.
Códigos maliciosos (vírus, vermes / worms, cavalos de Tróia, programas espiões spyware / adware, capturadores de
teclas / keyloggers, backdoors, rootkits). 7. Identificação, autenticação e autorização (controle de acesso; conceitos
básicos de criptografia; modelos: MAC, DAC e RBAC; princípios de menor privilégio, somente o necessário, separação
de funções; métodos: administrativo, físico, técnico e camadas; administração centralizada / descentralizada; auditoria e
conformidade). 8. Técnicas e tecnologias em segurança (baseado em regras, limitado pela interface, matriz de acesso,

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 40 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.56)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

dependente do conteúdo / contexto). 9. Ameaças e ataques (dicionário, força bruta, spoofing; prevenção e tratamento de
incidentes). 10. Controle de ativos de informação (classificação; segurança de ambientes físicos e lógicos, controles de
acesso).

Cargo: ZOOTECNISTA (NS-58) JFRJ


Atribuições: Fls 56
Fomentar produção animal. Contribuir para o bem-estar animal. Promover saúde pública e defesa do consumidor.
Exercer defesa sanitária animal. Desenvolver atividades de pesquisa e extensão. Atuar nas produções industrial e
tecnológica e no controle de qualidade de produtos. Fomentar produção animal. Atuar nas áreas comercial agropecuária,
de biotecnologia e de preservação ambiental. Elaborar laudos, pareceres e atestados. Assessorar a elaboração de
legislação pertinente. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Código de Deontologia e de Ética Profissional Zootécnico.; 2. Produção Animal (Caracterização dos principais
sistemas de criação de bovinos, ovinos e caprinos; Pecuária orgânica: conceitos, princípios, alimentação e manejo da
produção animal orgânica; Sistemas criatórios e manejo avícola em frangos de corte, poedeiras comerciais e avicultura
alternativa; Sistemas de produção e manejo nas diferentes fases da suinocultura: reprodução, gestação, maternidade,
creche, crescimento e terminação).; 3. Alimentos, alimentação e manejo alimentar para animais ruminantes e não
ruminantes (Nutrientes, ingredientes e aditivos utilizados na elaboração de dietas balanceadas; Utilização de forrageiras
e processos de conservação de forragens); 4. Bioclimatologia animal (Mecanismos de termorregulação em animais
domésticos; Efeito do clima tropical sobre aspectos produtivos e reprodutivos; Edificações rurais em climas quentes;
Noções de sustentabilidade em produção animal; Emissão de carbono e gases do efeito estufa; Adaptações
anatomofisiológicas dos animais domésticos ao clima tropical; Comportamento e bem-estar animal para as principais
espécies de exploração zootécnica).; 5. Manejo reprodutivo de animais domésticos.; 6. Melhoramento genético com
ênfase em cruzamentos e aprimoramento de raças e linhagens das principais espécies de exploração zootécnica
(bovinos, ovinos, suínos e aves).; 7. Higiene zootécnica (Importância da saúde animal: os principais impactos dos
problemas de saúde animal relacionados à produção e produtividade animal, aos investimentos na pecuária, comércio de
animais e produtos; Medidas gerais de profilaxia: medidas de prevenção, de controle e de erradicação de doenças, e
biossegurança (biosseguridade); Desinfecção e desinfetantes: propriedades e usos dos desinfetantes em instalações e
equipamentos da exploração zootécnica; Manejo dos dejetos: importância sanitária dos dejetos, coleta, armazenamento
e destino dos dejetos; Manejo sanitário aplicado à criação de bovinos, ovinos, caprinos, bubalinos, suínos, aves e
equídeos; Controle, calendário sanitário e programas de vacinação animal).; 8. Emprego de recursos de informática em
Zootecnia (Ferramentas computacionais para elaboração de planilhas e formação de banco de dados; Noções de análises
estatísticas, experimentação zootécnica e suas interpretações).; 9. Noções de boas práticas de fabricação (BPF) e
Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC); 10. Tipificação de carcaças.; 11. Manejo e flora apícola,
produtos elaborados pelas abelhas e polinização.; 12. Experimentação com animais domésticos.

Cargo: MÉDICO VETERINÁRIO (NS-23)


Atribuições:
Praticar clínica médica veterinária em todas as suas especialidades. Contribuir para o bem-estar animal. Promover saúde
pública. Exercer defesa sanitária animal. Atuar na produção e no controle de qualidade de produtos. Fomentar produção
animal. Atuar nas áreas de biotecnologia e de preservação ambiental. Elaborar laudos, pareceres e atestados. Assessorar
na elaboração de legislação pertinente. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Código de Ética da Medicina Veterinária.; 2. Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública.; 3. Contribuição do
Médico veterinário nas atividades de Saúde Pública.; 4. Conceito de saúde e doença.; 5. Epidemiologia geral (definição
e uso; casualidade; cadeia epidemiológica; formas de ocorrência de doenças em populações).; 6. História atual das
doenças.; 7. Profilaxia Geral. Prevenção. Tuberculose Bovina e Suína. Brucelose Bovina e Suína. Encefalopatia
Espongiforme Bovina. Carbúnculo Hemático. Clostridioses – Tétano e Botulismo. Gangrena Gasosa, Carbúnculo
Sintomático, Hemoglobinúria Bacilar e Enterotoxemia. Zoonoses bacterianas e parasitárias. Infecções emergentes
transmitidas por alimentos. Raiva dos herbívoros e ciclo urbano. Leptospirose. Salmoneloses. Cisticercose e Teníases.
Hidatidose.; 8. Bioestatística.; 9. Biosegurança.; 10. Inspeção Sanitária de Produtos de Origem Animal.; 11. Animais
Documento recebido eletronicamente da origem

silvestres (Conservação in situ e ex situ de fauna silvestre; Extrapolação alométrica interespecífica e terapêutica de
animais silvestres: aves, répteis e mamíferos; Identificação e tratamento de problemas nutricionais em animais
silvestres: aves, répteis e mamíferos; Técnicas de coletas de amostras biológicas em animais silvestres: aves, répteis e
mamíferos; Técnicas de diagnóstico por imagem em animais silvestres; Zoonoses em animais silvestres).; 12.
Mamíferos silvestres (Manejo de mamíferos silvestres em cativeiro; Estresse, contenção física e química de mamíferos
silvestres; Reabilitação física e biológica de mamíferos silvestres; Medicina de Primatas Neotropicais; Medicina de
Xenarthra; Medicina de Carnívoros silvestres (Canidae, Felidae, Mustelidae, Procyonidae); Medicina de Perissodactyla

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 41 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.57)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

(Tapiridae); Medicina de Artiodactyla (Tayassuidae); Emergências, cuidados críticos e hospitalização de mamíferos


silvestres).; 13. Aves silvestres (Reabilitação física e biológica de aves silvestres; Manejo de aves silvestres em
cativeiro; Medicina de Aves Silvestres: Psitaciformes, Passeriformes, Rapinantes e Ranfastídeos; Estresse, contenção
física e química de aves silvestres; Emergências, cuidados críticos e hospitalização de aves silvestres; Cirúrgia em aves
silvestres; Cuidados pós-operatórios em aves silvestres).; 14. Répteis Silvestres (Manejo de répteis silvestres em JFRJ
cativeiro: Ordens Squamata, Chelonia e Crocodylia; Medicina de Répteis Silvestres: Ordens Squamata, Chelonia e Fls 57
Crocodylia; Estresse, contenção física e química e manuseio de répteis silvestres; Emergências, cuidados críticos e
hospitalização de répteis silvestres; Cirurgia de répteis silvestres; Cuidados pós-operatórios em répteis silvestres).; 15.
Cães e gatos (Miocardiopatias; Cirurgias do sistema gênito-urinário e digestório; Gastroenterites infecciosas e
parasitárias; Distúrbios endócrinos; Insuficiência renal aguda e crônica; Neoplasias).; 16. Ruminantes e equídeos
(Doenças carenciais; Hemoparasitoses; Afecções do sistema digestivo; Intoxicações por medicamentos; Enfermidades
do sistema nervoso; Principais cirurgias realizadas em ruminantes e eqüídeos (ruminotomia, laparotomia, cesariana,
amputação de unha, nucleação, vulvoplastia, orquiectomia, mastectomia).

NÍVEL MÉDIO – Nível D (DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO COMUM – TODOS OS CARGOS)

Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA


1. Leitura e interpretação de textos verbais e não verbais.2. Modos de organização do discurso (narração, descrição,
exposição e argumentação). 3. Gêneros textuais: crônica, conto, carta, artigo científico, manual e textos jornalísticos. 4.
Relações semânticas (sinonímia, homonímia, antonímia, hiponímia, hiperonímia). 5. Ambiguidade e polissemia. 6.
Figuras de linguagem (eufemismo, comparação etc). 7. Elementos da comunicação (emissor, receptor, código,
mensagem) 8. Funções da linguagem (referencial, emotiva, fática, conativa, metalinguística, poética). 9. Classes
gramaticais (substantivos, pronomes, artigos, verbos, advérbios, adjetivos; preposição, conjunção, numeral e
interjeição). 10. Estrutura e processos de formação de palavras (prefixo, sufixo, aglutinação, derivação etc). 11.
Propriedade lexical. 12. Sintaxe dos períodos simples e compostos (relações sintático-semânticas). 13. Valor sintático-
semântico dos conectivos (conjunções coordenativas e subordinativas). 14. Coesão e coerência. 15. Concordância,
regência, colocação. 16. Emprego dos sinais de pontuação. 17. Variação linguística.

Disciplina: LEGISLAÇÃO E ÉTICA


1. Finalidades, características, objetivos e estrutura organizacional dos Institutos Federais de Educação, Ciência e
Tecnologia (Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008 e suas alterações).; 2. Regime jurídico dos servidores públicos
civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e suas
alterações).; 3. Plano de carreira dos cargos técnico-administrativos em educação (Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de
2005).; 4. Código de ética profissional do servidor público civil da União, das autarquias e das fundações públicas
federais (Lei nº 8.027, de 12 de abril de 1990 e suas alterações; Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1994 e suas
alterações).; 5. Normas para licitações e contratos da Administração Pública (Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e
suas alterações; Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002 e suas alterações; Lei nº 12.462, de 4 de agosto de 2011 e suas
alterações).; 6. Regulamentação do acesso à informação (Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 e suas alterações).

Disciplina: INFORMÁTICA
1. Operação de Sistemas Operacionais: Windows 7, 8 e 8.1; 2. Operação de Aplicativos: Microsoft Office 2013 (word,
excel, power point, one note).; 3. Internet: Navegação Web; Operação e Configuração de Browsers: Microsoft Internet
Explorer, Mozila Firefox e Google Chrome; Operação e Configuração de Mecanismos de Busca na Web; Correio
Eletrônico (conceitos básicos); 4. Segurança: Procedimentos e cuidados com segurança da estação de trabalho
Windows; Trabalho em rede: Logins (permissões de acesso) e senhas; Backup do Microsoft Windows; Vírus e outras
ameaças.

Disciplina: RACIOCÍNIO LÓGICO


1. Estruturas lógicas; 2. Lógica de argumentação.; 3. Diagramas lógicos.; 4. Álgebra; 5. Geometria plana e espacial
(áreas, distâncias e volumes das principais figuras e sólidos); 6. Princípios de contagem.; 7. Matemática financeira
(juros e descontos simples e compostos); 8. Porcentagem, razões, proporções, regra de três simples, regra de três
Documento recebido eletronicamente da origem

composta, grandezas proporcionais.; 9. Probabilidade.; 10. Análise Combinatória (princípio fundamental da contagem,
permutações, arranjos e combinações); 11. Progressão Aritmética (PA) e Progressão Geométrica (PG).

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 42 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.58)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO – Nível D (ATRIBUIÇÕES E DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO


ESPECIFICOS)

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: FARMÁCIA (ND-12)


Atribuições: JFRJ
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise Fls 58
e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Executar tarefas, manutenção, instalação e
reparação de equipamentos de laboratórios de farmácia. Apoiar as equipes de trabalho no planejamento,
desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar documentação
técnica rotineira e de registros legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho. Assessorar nas
atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Noções de Química Geral, Analítica e Orgânica.; 2. Noções de Biologia Geral; 3. Noções de Botânica; 4. Noções de
Bioquímica; 5. Fundamentos de Farmácia.; 6. Controle microbiológico farmacêutico.; 7. Controle físico-químico
farmacêutico.; 8. Tecnologia Farmacêutica.; 9. Biossegurança.; 10. Manipulação e preparo de reagentes, meios de
cultura, esterilização, lavagem e acondicionamento de materiais de laboratório.; 11. Coleta, transporte, estocagem e
preparação de amostras para análises; 12. Manuseio e utilização de equipamentos, vidrarias e materiais dos laboratórios
de Farmácia.; 13. Preparação de materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas
práticas de Farmácia.; 14. Organização e segurança do laboratório.; 15. Estocagem, manuseio e descarte de substâncias
químicas.; 16. Noções básicas de tratamento e descarte de resíduos.; 17. Manutenção, limpeza, assepsia e conservação
de equipamentos e utensílios de laboratório.; 18. Equipamentos de Proteção Individual – EPI; 19. Gestão de riscos
ambientais no ambiente de trabalho.

Cargo: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO (ND-01, ND-02, ND-03, ND-04, ND-05, ND-06, ND-07, ND-08,
ND-09 e ND-10)
Atribuições:
Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística. Atender
usuários, fornecendo e recebendo informações. Tratar de documentos variados, cumprindo todos os seus procedimentos
necessários. Preparar relatórios e planilhas. Executar serviços áreas de escritório. Executar outras tarefas de mesma
natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. Assessorar nas atividades de administração,
ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Técnicas de atendimento ao público (presencial, telefônico e por meio eletrônico).; 2. Normas para elaboração de
ofícios, requerimentos, memorandos, mensagens eletrônicas (e-mail), atas e relatórios.; 3. Conceito de leis, decretos,
resoluções, portarias, instruções normativas, apostilas etc.; 4. Técnicas básicas de documentação e arquivo (conceito,
tipos, idade, classificação, método de ordenação, conservação, eliminação etc.).; 5. Elaboração de termo de referência
ou projeto básico para processo licitatório.; 6. Trabalho em equipe multiprofissional (vantagens, desvantagens,
negociação e gestão de conflitos).; 7. Responsabilidade social e ambiental no trabalho.

Cargo: REVISOR DE TEXTOS BRAILLE (ND-11)


Atribuições:
Revisar textos escritos no sistema Braille. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Introdução à Trajetória das Pessoas com Deficiência na História do Brasil.; 2. Histórico Diagnostico do Sistema
Braille.; 3. O Braille como Meio Natural de Leitura e de Escrita dos Deficientes Visuais.; 4. Grafia Braille para a
Língua Portuguesa.; 5. Normas Técnicas para a Produção de Textos em Braille; 6. Grafia Química Braille.; 7.
Musicografia Braille.; 8. O Código Matemático Unificado.; 9. Técnicas De Cálculo e Didática do Soroban.; 10.
Produção Braille (formatação, configuração e impressão).; 11. Principais Leitores de Tela para as Pessoas com
Deficiência Visual: Jaws, Virtual Vision, Orca E Nvda.
Documento recebido eletronicamente da origem

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: INFORMÁTICA (ND-15, ND-16 e ND-17)


Atribuições:
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação. Executar tarefas, manutenção, instalação
e reparação de hardware e software. Apoiar as equipes de trabalho no planejamento, desenvolvimento, avaliação de
projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar documentação técnica rotineira e de registros
legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e
extensão.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 43 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.59)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Operação de sistemas operacionais (Windows e Linux).; 2. Operação de aplicativos de escritório (editor de texto,
planilha eletrônica, software de apresentação, banco de dados).; 3. Internet: a) navegação na WEB; b)operação e
configuração de browsers: Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome; c) operação e configuração JFRJ
de mecanismos de buscas na WEB; d) correio eletrônico: conceitos de envio e recebimento de e-mail nos protocolos Fls 59
SMTP, POP3 e IMAP.; 4. Arquitetura de computadores.; 5. Redes de computadores: a) arquitetura TCP/IP; b)
tecnologia de rede wi-fi.; 6. Montagem e manutenção de computadores.; 7. Operação e manutenção de desktops: a)
utilitários de backup; b) Windows 7, 8 e 8.1; c) suíte de escritório: Office 2013 (instalação e configuração); d)
compactador de arquivos: 7zip; e)correio eletrônico: conceitos de envio e recebimento de e-mail nos protocolos SMTP,
POP3 e IMAP; f) domínio de rede Microsoft Windows: Active Directory (AD); 8 Segurança de redes: a) princípios e
aplicações de Firewall; b) trabalho em rede: logins (permissões e acessos) e senhas; c) backup; d) segurança e ameaças.;
9. Instalação, operação e manutenção de servidores: a) servidores de aplicação: Web, Proxy, DHCP, DNS, LDAP
(Active Directory), FTP e SSH; b)sistema operacional Windows Server 2008, Ubuntu Server 14.04 LTS.

Cargo: TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA (ND-28)


Atribuições:
Prestar assistência e consultoria técnicas, orientando diretamente produtores sobre produção agropecuária,
comercialização e procedimentos de biosseguridade. Executar projetos agropecuários em suas diversas etapas. Planejar
atividades agropecuárias. Promover organização, extensão e capacitação rural. Fiscalizar produção agropecuária.
Desenvolver tecnologias adaptadas à produção agropecuária. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Bovinocultura de leite (Importância social e econômica. Raças especializadas para a produção de leite no Brasil.
Criação e manejo de animais e manejo reprodutivo. Bases de melhoramento genético. Instalações para gado de leite.
Manipulação do leite. Manejo nutricional); 2. Bovinocultura de corte (Importância da pecuária de corte no Brasil.
Manejo de bovinos de corte na realidade brasileira. Criação e manejo de bezerros. Manejo de novilhas, matrizes, touros
e manejo reprodutivo. Monta natural e estação de monta. Bases de melhoramento genético e cruzamentos para produção
de carne bovina no Brasil. Instalações para gado de corte. Alimentação em bovinos de corte); 3. Equinocultura:
(Anatomia dos equinos. Manejo de equinos na realidade brasileira. Implementos utilizados para montaria e serviço.
Equitação (conceitos e práticas), Manejo reprodutivo. Alimentação equina.); 4. Sanidade dos animais de produção
(Manejo profilático. Higienização de instalações e equipamentos na produção animal. Princípios básicos do processo
saúde doença).; 5. Paisagismo (Conceitos, fundamentos e panorama histórico do paisagismo. Elementos utilizados no
paisagismo: elementos de comunicação; elementos naturais com ênfase em seus aspectos plásticos e potencialidades
paisagísticas; elementos arquitetônicos utilizados na composição da paisagem. Produção de mudas de plantas
ornamentais. Implantação, manutenção e reforma de jardins e gramados. Arborização urbana. Projeto paisagístico:
planejamento; anteprojeto; projeto executivo; formas de apresentação e expressão gráfica do projeto).; 6. Edafologia
(Conservação e recuperação dos solos. Fertilidade do solo (análise do solo, interpretação e recomendação de
fertilizantes e corretivos)).; 7. Olericultura (Sistemas de cultivos das principais culturas do estado do Rio de Janeiro com
ênfase no manejo agroecológico. Limpeza, classificação, embalagens e comercialização de hortaliças orgânicas).; 8.
Fruticultura (Implantação de pomares, sistemas de cultivo de espécies como coco, goiaba, banana, citrus, manga,
maracujá e acerola. Qualidade pós-colheita e transporte).; 9. Culturas anuais (Sistemas agrícolas de cultivo de milho,
feijão e café).; 10. Projetos (Elaboração, análise e acompanhamento de projetos agropecuários).; 11. Agroecologia
(Conceitos e princípios da agroecologia, estrutura e funcionamento. Transição da agricultura convencional para
agricultura orgânica. Técnicas e sistemas alternativos de produção: adubação verde, compostagem, vermicomposto,
cobertura morta, adubação orgânica, policultivo/diversificação, manejo da vegetação espontânea, rotação de cultura,
métodos alternativos de controle de pragas e doenças. Sistemas Agrossilvipastoris).; 12. Extensão (Noções básicas de
extensão rural. Organização e metodologias participativas: Cooperativismo e associativismo, agricultura familiar
(conceito e organização)).; 13. Legislação aplicada à Agropecuária (Lei Federal de Agrotóxicos e Afins (Lei n° 7.802,
de 11 de julho de 1982). Legislação relacionada à produção orgânica (Lei nº 10.831, de 23 de dezembro de 2003;
Decreto nº 6.323, de 27 de dezembro de 2007; Decreto nº 7.048, de 23 de dezembro de 2009; Instrução Normativa nº
16, de 11 de junho de 2004; Instrução Normativa nº 54, de 22 de outubro de 2008; Instrução Normativa nº 64, de 18 de
dezembro de 2008; Instrução Normativa Conjunta nº 17, de 28 de maio 2009; Instrução Normativa Conjunta nº 18, de
Documento recebido eletronicamente da origem

28 de maio de 2009; Instrução Normativa nº 19, de 28 de maio 2009; Instrução Normativa nº 50, de 05 de novembro de
2009).

Cargo: TÉCNICO EM AUDIOVISUAL (ND-31)


Atribuições:
Executar produção de imagem e som. Informatizar arquivos de imagem e som. Realizar a captura, edição e pós-
produção de fotografia e de conteúdos audiovisuais suportes digitais. Montar, instalar e testar equipamentos

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 44 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.60)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

audiovisuais, dando suporte técnico durante as atividades. Utilizar recursos de informática, incluindo transmissão
audiovisual ao vivo. Assessorar a equipe de comunicação social em matéria de audiovisual. Colaborar na produção de
material didático. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico: JFRJ


1. Fundamentos da linguagem e narrativa audiovisual.; 2. Produção audiovisual, novas tecnologias e internet.; 3. Fls 60
Noções de instalação, manutenção e uso de equipamentos de áudio, iluminação e câmeras.; 4. Questões técnicas do
audiovisual (vídeo digital em alta definição e cinema digital; fotografia digital; WebTV; e, Web Rádio).; 5. Articulação
entre pré-produção, produção e pós-produção.; 6. Filmagem, produção e edição em vídeo.; 7. Reprodução digital e
analógico (CD, DVD, DAT, ADAT).; 8. Noções do sinal de vídeo (resolução de imagem, campo, frame, sincronia, sinal
monocromático e colorido, padrão PAL-M e NTSC).; 9. Câmeras fotográficas: Câmeras de vídeo (principais funções,
foco, zoom, íris, ajustes, camcorder).; 10. Conceito de iluminação (fundamentos da cor, fontes naturais e artificiais).;
11. Temperatura e filtros de correção.; 12. Técnicas de iluminação (lâmpadas; luz e contra luz; iluminação em interiores
e exteriores).; 13. Conceitos de consumo de energia: potência, amperagem, voltagem, medidas.; 14. Ferramentas de
edição não linear (Apple Final Cut 7, Adobe Premiere e After Effects).; 15. Autoração de mídias audiovisuais para
distribuição (Apple DVD Studio Pro, Adobe Encore).; 16. Softwares de câmera Tracking (Boujou, câmera Live, Motion
Tracking, câmera Tracker, SynthEyes, Mocha) e uso e integração entre softwares.

Cargo: TÉCNICO EM ENFERMAGEM (ND-40)


Atribuições:
Desempenhar atividades técnicas de enfermagem em ambulatório. Atuar em saúde do escolar, saúde ocupacional e
outras áreas. Prestar assistência ao paciente, atuando sob supervisão de Enfermeiro. Organizar ambiente de trabalho.
Trabalhar em conformidade às boas práticas, normas e procedimentos de biossegurança. Colaborar em programas de
promoção à saúde, prevenção à saúde e qualidade de vida. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Enfermagem (Código de Ética da Enfermagem; legislação e normas aplicadas à saúde do
escolar; legislação e normas aplicadas à saúde do trabalhador).; 2. Técnicas básicas de Enfermagem (cálculo, preparo e
administração de medicamentos; higiene e conforto; transporte; oxigenoterapia; inaloterapia; drenagens; monitorização
cardíaca; aspiração de secreção; sinais vitais).; 3. Rotinas ambulatoriais (passagem de plantão; relatório de enfermagem;
sistema de comunicação com os serviços de emergência; sistema de comunicação com os serviços de saúde do
trabalhador; admissão; alta; transferência; óbito).; 4. Processamento de artigos ambulatoriais (limpeza; desinfecção;
esterilização; acondicionamento; métodos de controle de infecção hospitalar).; 5. Programas nacionais de imunizações,
controle de doenças transmissíveis e controle de doenças não transmissíveis (gripe; tuberculose; hanseníase; doenças
sexualmente transmissíveis; AIDS; hipertensão; diabetes; obesidade e outras).; 6. Assistência de enfermagem em
primeiros socorros e emergências.; 7. Assistência de enfermagem na saúde do adolescente, do adulto e do idoso.; 8.
Assistência de enfermagem à saúde do trabalhador.; 9. Assistência de enfermagem em saúde mental e psiquiatria.

Cargo: TÉCNICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (ND-25, ND-26 e ND-27)


Atribuições:
Desenvolver sistemas e aplicações, determinando interface gráfica, critérios ergonômicos de navegação. Montagem da
estrutura de banco de dados e codificação de programas. Projetar, implantar e realizar manutenção de sistemas e
aplicações. Selecionar recurso de trabalho, tais como metodologias de desenvolvimento de sistemas, linguagem de
programação e ferramentas de desenvolvimento de materiais didáticos e pedagógicos. Fiscalizar execução de serviços
na área de atuação. Executar outras tarefas dentro do ambiente organizacional da informação, da área de ciências exatas
e da natureza, compatíveis com as exigências para o exercício da função, bem como elaborar expedientes e relatórios,
além de assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Arquitetura de computadores.; 2. Redes de computadores: a) arquitetura TCP/IP; b) tecnologia de rede wi-fi.; 3.
Montagem e manutenção de computadores.; 4. Operação e manutenção de desktops: a) utilitários de backup; b)
Windows 7, 8 e 8.1; c) suíte de escritório: Office 2013 (instalação e configuração); d) operação e configuração de
browsers: Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome; e) compactador de arquivos: 7zip; f) correio
Documento recebido eletronicamente da origem

eletrônico: conceitos de envio e recebimento de e-mail nos protocolos SMTP, POP3 e IMAP; g) domínio de rede
Microsoft Windows: Active Directory (AD); 5. Segurança de redes: a) princípios e aplicações de Firewall; b) segurança
e ameaças.; 6. Instalação, operação e manutenção de servidores: a) servidores de aplicação: Web, Proxy, DHCP, DNS,
LDAP (Active Directory), FTP e SSH; b) sistema operacional Windows Server 2008, Ubuntu Server 14.04 LTS.; 7.
Programação de Computadores: a) algoritmos; b) linguagens: Java, HTML, XML e JavaScript; c) conceitos de Sistema
Gerenciador de Banco de Dados (SGBD); d) linguagem SQL.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 45 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.61)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Cargo: TÉCNICO EM SECRETARIADO (ND-42)


Atribuições:
Executar serviços de secretaria e escritório com a finalidade de assegurar e agilizar o fluxo dos trabalhos
administrativos junto à chefia da unidade.
JFRJ
Disciplina de Conhecimento Especifico: Fls 61
1. Código de Ética Profissional de Secretariado.; 2. Histórico, evolução, legislação, regulamentação do profissional de
secretariado.; 3. Apresentação pessoal e profissional.; 4. Atendimento telefônico, presencial e por meio eletrônico.; 5.
Etiqueta e netEtiqueta.; 6. Gestão de agenda.; 7. Comunicação oficial (definição e finalidade; forma e estrutura;
linguagem dos atos oficiais).; 8. Tratamento dos documentos e correspondências.; 9. Gestão eletrônica de documentos.;
10. Organização de arquivos (impressos e eletrônicos; organização, métodos, classificação e conservação de
documentos).; 11. Organização de reuniões.; 12. Organização de eventos (tipologia de eventos; princípios básicos do
planejamento e da organização de eventos públicos).

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: FÍSICA, AUTOMAÇÃO E METROLOGIA (ND-13)


Atribuições:
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise
e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Executar tarefas, manutenção, instalação e
reparação de equipamentos de laboratórios de física e/ou automação e/ou metrologia. Apoiar as equipes de trabalho no
planejamento, desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar
documentação técnica rotineira e de registros legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Física (mecânica; dinâmica; eletrostática; eletrodinâmica; eletromagnetismo; termologia; termodinâmica; fluídos;
ondulatória; óptica geométrica; óptica física).; 2. Automação (circuitos lógicos; controle sequencial; diagramas de
comando; controlador lógico programável; arquiteturas digitais).; 3. Metrologia (metrologia industrial; metrologia
elétrica; metrologia mecânica; calibração industrial; instrumentação industrial; controle de qualidade).; 4. Sistema
Internacional de Unidades.; 5. Noções de Robótica.; 6. Noções de Eletrônica.; 7. Estatística e tratamento de dados.; 8.
Preparação de materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas de
Farmácia.; 9. Organização e segurança do laboratório.; 10. Equipamentos de Proteção Individual – EPI.; 11. Noções
básicas de tratamento e descarte de resíduos.; 12. Manuseio, utilização, manutenção, limpeza, assepsia e conservação de
equipamentos e utensílios de laboratório.; 13. Gestão de riscos ambientais no ambiente de trabalho.

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: FÍSICA, ELETRÔNICA E ELETROTÉCNICA (ND-14)


Atribuições:
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise
e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Executar tarefas, manutenção, instalação e
reparação de equipamentos de laboratórios de física e/ou eletrônica e/ou eletrotécnica. Apoiar as equipes de trabalho no
planejamento, desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar
documentação técnica rotineira e de registros legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Física (mecânica; dinâmica; eletrostática; eletrodinâmica; eletromagnetismo; termologia; termodinâmica; fluídos;
ondulatória; óptica geométrica; óptica física).; 2. Eletrônica (microprocessadores; microcontroladores; circuitos
elétricos; eletrônica analógica; eletrônica industrial; telecomunicações).; 3. Eletrotécnica (eletricidade; medidas
elétricas; instalações elétricas; máquinas elétricas; transformadores).; 4. Sistema Internacional de Unidades.; 5. Energia
(fontes alternativas; conservação); 6. Noções de Robótica.; 7. Noções de Automação.; 8. Estatística e tratamento de
dados.; 9. Preparação de materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas
de Farmácia.; 10. Organização e segurança do laboratório.; 11. Equipamentos de Proteção Individual – EPI.; 12. Noções
básicas de tratamento e descarte de resíduos.; 13. Manuseio, utilização, manutenção, limpeza, assepsia e conservação de
equipamentos e utensílios de laboratório.; 14. Gestão de riscos ambientais no ambiente de trabalho.
Documento recebido eletronicamente da origem

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: QUÍMICA E BIOLOGIA (ND-20, ND-21, ND-22 e ND-23)


Atribuições:
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise
e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Executar tarefas, manutenção, instalação e
reparação de equipamentos de laboratórios de química e/ou de biologia. Apoiar as equipes de trabalho no planejamento,
desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar documentação

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 46 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.62)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

técnica rotineira e de registros legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho. Assessorar nas
atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Química Geral, Inorgânica e Físico Química.; 2. Química Analítica.; 3. Química Orgânica.; 4. Biologia (Biologia JFRJ
Celular; Biologia Molecular; Zoologia; Biofísica; Bioquímica; Histologia; Embriologia; Microbiologia; Parasitologia; Fls 62
Genética; Imunologia; Ecologia); 5. Biotecnologia.; 6. Biossegurança.; 7. Manipulação e preparo de reagentes, meios de
cultura, esterilização, lavagem e acondicionamento de materiais de laboratório.; 8. Coleta e registro de dados.; 9. Coleta,
transporte, estocagem e preparação de amostras para análises; 10. Manuseio e utilização de equipamentos, vidrarias e
materiais dos laboratórios de Química.; 11. Preparação de materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório
para utilização em aulas práticas de Química.; 12. Organização e segurança do laboratório.; 13. Estocagem, manuseio e
descarte de substâncias químicas.; 14. Noções básicas de tratamento e descarte de resíduos.; 15. Manutenção, limpeza,
assepsia e conservação de equipamentos e utensílios de laboratório.; 16. Equipamentos de Proteção Individual – EPI;
17. Gestão de riscos ambientais no ambiente de trabalho.

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: QUÍMICA, POLÍMEROS, PETRÓLEO E GÁS (ND-24)


Atribuições:
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise
e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Executar tarefas, manutenção, instalação e
reparação de equipamentos de laboratórios de química, polímeros, petróleo e gás. Apoiar as equipes de trabalho no
planejamento, desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar
documentação técnica rotineira e de registros legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho.
Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Química Geral, Inorgânica e Físico Química.; 2. Química Analítica.; 3. Química Orgânica.; 4. Petróleo e Gás
(produção; transporte; refino; combustíveis); 5. Polímeros (caracterização; ciência dos polímeros; tecnologia dos
polímeros).; 6. Manipulação e preparo de reagentes, meios de cultura, esterilização, lavagem e acondicionamento de
materiais de laboratório.; 7. Coleta e registro de dados.; 8. Coleta, transporte, estocagem e preparação de amostras para
análises; 9. Manuseio e utilização de equipamentos, vidrarias e materiais dos laboratórios.; 10. Preparação de materiais,
soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas de Química.; 11. Preparação de
materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas de Polímeros.; 12.
Preparação de materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas de Petróleo
e Gás.; 13. Organização e segurança do laboratório.; 14. Estocagem, manuseio e descarte de substâncias.; 15. Noções
básicas de tratamento e descarte de resíduos.; 16. Manutenção, limpeza, assepsia e conservação de equipamentos e
utensílios de laboratório.; 17. Equipamentos de Proteção Individual – EPI; 18. Gestão de riscos ambientais no ambiente
de trabalho.

Cargo: TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: QUÍMICA (ND-18 e ND-19)


Atribuições:
Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise
e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Executar tarefas, manutenção, instalação e
reparação de equipamentos de laboratórios de química. Apoiar as equipes de trabalho no planejamento,
desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Interpretar manuais, elaborar documentação
técnica rotineira e de registros legais. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho. Assessorar nas
atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Química Geral, Inorgânica e Físico Química.; 2. Química Analítica.; 3. Química Orgânica.; 4. Manipulação e preparo
de reagentes, meios de cultura, esterilização, lavagem e acondicionamento de materiais de laboratório.; 5. Coleta e
registro de dados.; 6. Coleta, transporte, estocagem e preparação de amostras para análises; 7. Manuseio e utilização de
equipamentos, vidrarias e materiais dos laboratórios de Química e de Biologia.; 8. Preparação de materiais, soluções,
equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas de Química.; 9. Preparação de materiais,
Documento recebido eletronicamente da origem

soluções, equipamentos e aparelhos de laboratório para utilização em aulas práticas de Biologia.; 10. Organização e
segurança do laboratório.; 11. Estocagem, manuseio e descarte de substâncias químicas e biológicas.; 12. Noções
básicas de tratamento e descarte de resíduos.; 13. Manutenção, limpeza, assepsia e conservação de equipamentos e
utensílios de laboratório.; 14. Equipamentos de Proteção Individual – EPI; 15. Gestão de riscos ambientais no ambiente
de trabalho.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 47 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.63)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Cargo: TÉCNICO EM ARQUIVO (ND-29)


Atribuições:
Auxiliar especialistas das diversas áreas, nos trabalhos de organização, conservação, pesquisa e difusão de documentos
e objetos de caráter histórico, artístico, científico e literário ou de outra natureza. Assessorar nas atividades de ensino,
pesquisa e extensão. JFRJ
Fls 63
Disciplina de Conhecimento Especifico:
1. Conceituação de arquivologia, histórico, classificação e princípios.; 2. Atribuições do Técnico em Arquivo.; 3.
Terminologia arquivística.; 4. Legislação arquivística (microfilmagem; Política Nacional de Arquivos; Lei de Acesso à
Informação - Lei nº 12.527/2011); 5. Órgãos de documentação e características dos acervos.; 6. Ciclo vital dos
documentos (Teoria das Três Idades; classificação dos documentos: princípios, natureza, espécie, gênero, tipologia e
suporte físico; noções básicas de preservação e conservação de documentos).; 7. Classificação dos documentos
(natureza, tipologia e suporte físico).; 8. Elaboração de Tabelas de Temporalidade de Documentos (TTD).; 9. Gestão de
documentos (protocolo: recebimento, classificação, registro, tramitação e expedição de documentos; produção,
utilização e destinação de documentos).; 10. Arquivos permanentes (princípios, arranjo, descrição; instrumentos de
pesquisas).; 11. Normas nacionais, regionais e internacionais de descrição arquivística.; 12. Acesso às Informações
classificadas.; 13. Microfilmagem aplicada aos arquivos (políticas, planejamento e técnicas); 14. Automação aplicada
aos arquivos (políticas, planejamento e técnicas); 15. Políticas de segurança de arquivos.

Cargo: TÉCNICO EM ARTES GRÁFICAS (ND-30)


Atribuições:
Programar, executar e acompanhar processos e controles de produção de impressos e documentos. Realizar editoração
eletrônica de textos e imagens. Realizar restauro de livros e encadernações. Assessorar nas atividades de ensino,
pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Editoração eletrônica (processamento de imagens e textos).; 2. Projeto gráfico (lay-out e arte final).; 3. Produção
gráfica com CorelDraw, Photoshop, Ilustrator e Indesign.; 4. Serviços tipográficos (composição manual; composição
mecânica; impressão tipográfica); 5. Off-Set (Off-Set Fotografia; impressão Off-Set).; 6. Acabamento gráfico
(classificação dos tipos de papel; classificação de colas e gomas; corte e vinco); 7. Encadernação.; 8. Restauro de
livros.; 9. Aquisição de materiais gráficos pela Administração Pública (formas de aquisição; elaboração de termo de
referência ou projeto básico para licitações; gestão de contrato; fiscalização de contrato).

Cargo: TÉCNICO EM CONTABILIDADE (ND-32, ND-33, ND-34, ND-35, ND-36, ND-37 e ND-38)
Atribuições:
Identificar documentos e informações, atender à fiscalização e proceder à consultoria. Executar a contabilidade geral,
operacionalizar a contabilidade de custos e efetuar contabilidade gerencial. Realizar controle patrimonial. Assessorar
nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Conceitos básicos de aplicação da Contabilidade Geral, patrimônio e contas.; 2. Conceito, finalidade e objeto da
Contabilidade Pública.; 3. Matemática financeira.; 4. Orçamento, receitas e despesas públicas (princípios orçamentários;
orçamento anual; ciclo orçamentário; exercício financeiro; créditos adicionais; orçamento programa; conceitos de
receita pública; receita orçamentária e extraorçamentária; classificação por categoria econômica; estágio da receita;
dívida ativa; conceitos de despesa pública; despesa orçamentária e extraorçamentária; estágio da despesa; restos a pagar
ou dívida passiva; adiantamento ou suprimento de fundos; despesas de exercícios anteriores; LRF, LDA, LDO e PPA).;
5. Plano de contas (tabela de eventos e sistemas contábeis; regras para classificação das contas; estrutura do plano de
contas; eventos; sistema de contas).; 6. Balanço público (conceitos; balanço orçamentário; balanço financeiro; balanço
patrimonial; demonstrações e variações patrimoniais).; 7. Escrituração contábil.; 8. Princípios, objetivos e métodos de
controle interne e externo nas autarquias públicas federais.; 9. Tomada e prestação de contas.

Cargo: TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA (ND-39)


Atribuições:
Documento recebido eletronicamente da origem

Executar tarefas de caráter técnico, relativos à avaliação de controle de projetos de instalações, aparelhos eletrônicos,
orientando-se por plantas, esquemas, instruções e outros documentos específicos, e utilizando instrumentos apropriados
para cooperar no desenvolvimento de projetos de construção, montagens e aperfeiçoamento dos mencionados
equipamentos. Aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa
e extensão.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 48 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.64)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Grandezas elétricas e magnéticas.; 2. Sistema Internacional de Unidades.; 3. Simbologia e diagramas elétricos.; 4.
Circuitos elétricos de corrente contínua e de corrente alternada.; 5. Diagrama de potência (potência ativa, reativa e
aparente, fator de potência e correção do fator de potência); 6. Circuitos monofásicos e trifásicos.; 7.
Eletromagnetismo.; 8. Medidas elétricas.; 9. Utilização de instrumentos de medição e testes.; 10. Máquinas elétricas: JFRJ
transformadores, máquinas síncronas, máquinas de corrente contínua e motores de indução.; 11. Dispositivos de Fls 64
proteção.; 12. Acionamentos e controles elétricos (partida direta, com autotransformador, soft starter e conversor de
frequência).; 13. Aterramento de sistemas.; 14. Conhecimentos de aterramento de equipamentos e de sistemas de
proteção contra descargas atmosféricas (SPDA).; 15. Instalações elétricas de baixa tensão e conhecimento da norma
brasileira ABNT; 16. NBR-5410.; 17. Manutenção elétrica.; 18. Conceitos básicos de eletrônica analógica e digital.; 19.
Conceitos básicos de diagramas lógicos.; 20. Conceitos básicos de automação industrial.; 21. Segurança e higiene do
trabalho.; 22. Segurança em instalações e serviços em eletricidade, NR-10.; 23. Conhecimentos de materiais e
ferramentas usados em instalações e serviços em eletricidade.; 24. Equipamentos elétricos industriais.

Cargo: TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO (ND-43)


Atribuições:
Elaborar, participar da elaboração e implementar política de saúde e segurança no trabalho (SST). Realizar auditoria,
acompanhamento e avaliação na área. Identificar variáveis de controle de doenças, acidentes, qualidade de vida e meio
ambiente. Desenvolver ações educativas na área de saúde e segurança no trabalho. Auxiliar na programação e execução
de planos para preservação da integridade física e mental da comunidade promovendo a sua saúde bem como a
melhoria das condições e do ambiente da entidade. Participar de perícias e fiscalizações e integram processos de
negociação. Participar da adoção de tecnologias e processos de trabalho. Gerenciar documentação de SST. Investigar,
analisar acidentes e recomendar medidas de prevenção e controle. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e
extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Acidentes do trabalho e doenças ocupacionais (definições, taxas de frequência e gravidade, analise e investigação de
acidentes, comunicação e registro).; 2. Política Nacional de Saúde e Segurança do Trabalho.; 3. Legislação Ambiental
Básica (Âmbito Federal e Âmbito Estadual – Rio de Janeiro); 4. Normas Regulamentadoras MTE (NR4, NR5, NR6,
NR7, NR9, NR15, NR16, NR17, NR23, NR24, NR26 e NR31); 5. Sistema de Gestão em SSO: OHSAS 18.001:07; 7.
Sistema de Gestão Ambiental: NBR ISO 14.001/04; 8. Classificação de Resíduos Sólidos: NBR 10.004/04.; 9.
Legislação aplicada (previdenciária; constitucional; responsabilidade civil e criminal em acidentes do trabalho).; 10.
Portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e alterações.; 11. Higiene ocupacional (definições; agentes físicos; agentes
químicos; agentes biológicos; limites de tolerância e exposição; indicadores biológicos de exposição - BEI,
reconhecimento, avaliação e controle; programa de conservação auditiva - PCA; programa de proteção respiratória
PPR; normas de higiene ocupacional NHO; ficha de informação de Segurança de Produtos Químicos – FISQP).; 12.
Perfil profissiográfico (fator acidentário de prevenção, Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário – NTEP).; 13.
Ergonomia (organização do trabalho; conforto ambiental nos locais de trabalho; biomecânica); 14. Comissão interna de
prevenção de acidentes.; 15. Equipamentos de Proteção Individual – EPI; 16. Organização dos serviços especializados
em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.; 17. Gestão de riscos no ambiente de trabalho.; 18. Segurança
em laboratórios.

Cargo: TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGENS DE SINAIS (ND-44, ND-45, ND-46, ND-47, ND-48,
ND-49, ND-50, ND-51, ND-52, ND-53, ND-54 e ND-55)
Atribuições:
Traduzir e interpretar artigos, livros, textos diversos bem idioma para o outro, bem como traduzir e interpretar palavras,
conversações, narrativas, palestras, atividades didático pedagógicas em um outro idioma, reproduzindo Libras ou na
modalidade oral da Língua Portuguesa o pensamento e intenção do emissor. Assessorar nas atividades de ensino,
pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. História da Educação de Surdos da antiguidade à contemporaneidade.; 2. Cultura e identidades surdas.; 3. Políticas
linguísticas, educacionais e surdez.; 4. Inclusão, educação para Surdos e Bilinguismo.; 5. Código de ética do tradutor e
Documento recebido eletronicamente da origem

intérprete de LIBRAS.; 6. Legislação nacional referente à LIBRAS e ao tradutor e intérprete de LIBRAS.; 7. A atuação
do intérprete no Ensino Médio e na Educação Superior.; 8. Competências e habilidades do profissional tradutor e
intérprete.; 9. O bilinguismo na perspectiva dos surdos e na função de intérpretes de LIBRAS.; 10. A identidade dos
usuários de LIBRAS.; 11. Aspectos linguísticos da LIBRAS: soletração manual ou datilologia; fonética e fonologia dos
sinais; estrutura morfológica; estrutura sintática; relações semânticas; referenciação e pragmática; escritas da línguas de
sinais; diferenças entre LIBRAS e a língua portuguesa; 12. Tipos e modos de tradução e interpretação.; 13. Teorias dos
estudos da tradução e estudos da interpretação.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 49 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.65)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Cargo: TÉCNICO EM QUÍMICA (ND-41)


Atribuições:
Executar ensaios físico-químicos, participar do desenvolvimento de produtos e processos, da definição ou
reestruturação das instalações industriais. Supervisionar operação de processos químicos e operações unitárias de
laboratório e de produção, operar máquinas e/ou equipamentos e instalações produtivas, em conformidade com normas JFRJ
de qualidade, de boas práticas de manufatura, de biossegurança e controle do meio-ambiente. Interpretar manuais, Fls 65
elaborar documentação técnica rotineira e de registros legais. Ministrar programas de ações educativas e prestar
assistência técnica. Todas as atividades são desenvolvidas conforme os limites de responsabilidade técnica, previstos
em lei. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Química Geral, Inorgânica e Físico Química (Classificação Periódica dos elementos; Ligações químicas; Teoria
ácido-base; Reações Químicas; Reações de oxi-redução; Gases; Estudo das características gerais, das propriedades
físicas e químicas, preparação, formação de compostos dos elementos representativos da tabela periódica; Obtenção de
elementos representativos da tabela periódica; Soluções; Cinética e equilíbrio Químico; Identificação e aplicação de
vidraria e equipamento de laboratório).; 2. Química Analítica (Análise química qualitativa inorgânica; Análise
volumétrica; Análise gravimétrica; Espectrofotometria molecular; Potenciometria; Cromatografia gasosa;
Cromatografia líquida; Absorção atômica).; 3. Química Orgânica (Funções Orgânicas; Isomeria plana, geométrica e
espacial; Intermediários: carbocátion, carbânion; radical livre; Aromaticidade; Termodinâmica reacional: gráfico de
energia x coordenadas de reação; Reações: Adição eletrofílica e nucleofílica, substituição nucleofílica em carbono
saturado e insaturado, substituição eletrofílica e nucleofílica aromática; eliminação; Química de domissanitários; Óleos,
graxas, gorduras, glicerina e sabões; Tensoativos).; 4. Preparação de materiais, soluções, equipamentos e aparelhos de
laboratório para utilização em aulas práticas de Química.; 5. Manutenção, limpeza, assepsia e conservação de
equipamentos e utensílios de laboratório.; 6. Equipamentos de Proteção Individual – EPI; 7. Segurança em laboratórios.;
8. Gestão de riscos no ambiente de trabalho.

NÍVEL MÉDIO – Nível C (DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO COMUM – TODOS OS CARGOS)

Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA


1. Leitura e interpretação de textos verbais e não verbais.2. Modos de organização do discurso (narração, descrição,
exposição e argumentação). 3. Gêneros textuais: crônica, conto, carta, artigo científico, manual e textos jornalísticos. 4.
Relações semânticas (sinonímia, homonímia, antonímia, hiponímia, hiperonímia). 5. Ambiguidade e polissemia. 6.
Figuras de linguagem (eufemismo, comparação etc). 7. Elementos da comunicação (emissor, receptor, código,
mensagem) 8. Funções da linguagem (referencial, emotiva, fática, conativa, metalinguística, poética). 9. Classes
gramaticais (substantivos, pronomes, artigos, verbos, advérbios, adjetivos; preposição, conjunção, numeral e
interjeição). 10. Estrutura e processos de formação de palavras (prefixo, sufixo, aglutinação, derivação etc). 11.
Propriedade lexical. 12. Sintaxe dos períodos simples e compostos (relações sintático-semânticas). 13. Valor sintático-
semântico dos conectivos (conjunções coordenativas e subordinativas). 14. Coesão e coerência. 15. Concordância,
regência, colocação. 16. Emprego dos sinais de pontuação. 17. Variação linguística.

Disciplina: LEGISLAÇÃO e ÉTICA


1. Finalidades, características, objetivos e estrutura organizacional dos Institutos Federais de Educação, Ciência e
Tecnologia (Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008 e suas alterações).; 2. Regime jurídico dos servidores públicos
civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e suas
alterações).; 3. Plano de carreira dos cargos técnico-administrativos em educação (Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de
2005).; 4. Código de ética profissional do servidor público civil da União, das autarquias e das fundações públicas
federais (Lei nº 8.027, de 12 de abril de 1990 e suas alterações; Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1994 e suas
alterações).; 5. Normas para licitações e contratos da Administração Pública (Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e
suas alterações; Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002 e suas alterações; Lei nº 12.462, de 4 de agosto de 2011 e suas
alterações).; 6. Regulamentação do acesso à informação (Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 e suas alterações).

Disciplina: INFORMÁTICA
Documento recebido eletronicamente da origem

1. Operação de Sistemas Operacionais: Windows 7, 8 e 8.1; 2. Operação de Aplicativos: Microsoft Office 2013 (word,
excel, power point, one note).; 3. Internet: Navegação Web; Operação e Configuração de Browsers: Microsoft Internet
Explorer, Mozila Firefox e Google Chrome; Operação e Configuração de Mecanismos de Busca na Web; Correio
Eletrônico (conceitos básicos); 4. Segurança: Procedimentos e cuidados com segurança da estação de trabalho
Windows; Trabalho em rede: Logins (permissões de acesso) e senhas; Backup do Microsoft Windows; Vírus e outras
ameaças.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 50 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.66)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Disciplina: RACIOCÍNIO LÓGICO


1. Estruturas lógicas; 2. Lógica de argumentação.; 3. Diagramas lógicos.; 4. Álgebra; 5. Geometria plana e espacial
(áreas, distâncias e volumes das principais figuras e sólidos); 6. Princípios de contagem.; 7. Matemática financeira
(juros e descontos simples e compostos); 8. Porcentagem, razões, proporções, regra de três simples, regra de três
composta, grandezas proporcionais.; 9. Probabilidade.; 10. Análise Combinatória (princípio fundamental da contagem, JFRJ
permutações, arranjos e combinações); 11. Progressão Aritmética (PA) e Progressão Geométrica (PG). Fls 66

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO – Nível C (ATRIBUIÇÕES E DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO


ESPECIFICOS)

Cargo: ASSISTENTE DE ALUNO (NC-01, NC-02, NC-03, NC-04, NC-05, NC-06, NC-07, NC-08, NC-09, NC-10)
Atribuições:
Orientar os alunos nos aspectos comportamentais. Assistir os alunos nos horários de lazer. Zelar pela integridade física
dos alunos. Encaminhar os alunos à assistência médica e odontológica emergenciais, quando necessário. Zelar pela
manutenção, conservação e higiene das dependências da instituição. Assistir o corpo docente nas unidades didático-
pedagógicas com os materiais necessários e execução de suas atividades. Utilizar recursos de informática. Executar
outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Técnicas de atendimento ao público (presencial, telefônico e por meio eletrônico); 2. Conceito de adolescente, seus
direitos fundamentais e seu direito à educação no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90, de 13 de julho
de 1990 e suas alterações); 3. Conceito de pessoa com deficiência, direito à igualdade e não discriminação, direito ao
atendimento prioritário, direito à educação e acessibilidade no Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146/15, de
06 de julho de 2015); 4. Disciplina e Indisciplina Escolar (conceitos, ética e posturas profissionais, agressividade,
limites e violência, autonomia e deveres); 5. Prevenção de conflitos e resolução pacífica de conflitos no trabalho em
naqueles que envolvam violência contra adolescentes.; 6. Primeiros socorros à adolescentes e adultos em ambiente
escolar (choques elétricos, acidentes esportivos, agressões físicas, traumatismos dentários, quedas de grandes alturas,
inalação de produtos químicos, convulsões, desmaios e outros recorrentes); 7. Conservação de equipamentos
(higienização, transporte e acondicionamento de equipamentos didáticos); 8. Responsabilidade social e ambiental no
trabalho.

Cargo: AUXILIAR DE ENFERMAGEM (NC-12)


Atribuições:
Desempenhar atividades auxiliares de enfermagem em ambulatório. Atuar em saúde do escolar, saúde ocupacional e
outras áreas. Prestar assistência ao paciente, atuando sob supervisão de Enfermeiro. Organizar ambiente de trabalho.
Trabalhar em conformidade às boas práticas, normas e procedimentos de biossegurança. Colaborar em programas de
promoção à saúde, prevenção à saúde e qualidade de vida. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Legislação aplicada à Enfermagem (Código de Ética da Enfermagem; legislação e normas aplicadas à saúde do
escolar; legislação e normas aplicadas à saúde do trabalhador).; 2. Técnicas básicas de Enfermagem (cálculo, preparo e
administração de medicamentos; higiene e conforto; transporte; oxigenoterapia; inaloterapia; drenagens; monitorização
cardíaca; aspiração de secreção; sinais vitais).; 3. Rotinas ambulatoriais (passagem de plantão; relatório de enfermagem;
sistema de comunicação com os serviços de emergência; sistema de comunicação com os serviços de saúde do
trabalhador; admissão; alta; transferência; óbito).; 4. Processamento de artigos ambulatoriais (limpeza; desinfecção;
esterilização; acondicionamento; métodos de controle de infecção hospitalar).; 5. Programas nacionais de imunizações,
controle de doenças transmissíveis e controle de doenças não transmissíveis (gripe; tuberculose; hanseníase; doenças
sexualmente transmissíveis; AIDS; hipertensão; diabetes; obesidade e outras).; 6. Assistência de enfermagem em
primeiros socorros e emergências.; 7. Assistência de enfermagem na saúde do adolescente, do adulto e do idoso.; 8.
Assistência de enfermagem à saúde do trabalhador.; 9. Assistência de enfermagem em saúde mental e psiquiatria.

NÍVEL FUNDAMENTAL – Nível C (DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO COMUM – TODOS OS


CARGOS)
Documento recebido eletronicamente da origem

Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA


1. Leitura e interpretação de textos verbais e não verbais.2. Modos de organização do discurso (narração, descrição,
exposição e argumentação). 3. Gêneros textuais: crônica, conto, carta, artigo científico, manual e textos jornalísticos. 4.
Relações semânticas (sinonímia, homonímia, antonímia, hiponímia, hiperonímia). 5. Ambiguidade e polissemia. 6.
Figuras de linguagem (eufemismo, comparação etc). 7. Elementos da comunicação (emissor, receptor, código,
mensagem) 8. Funções da linguagem (referencial, emotiva, fática, conativa, metalinguística, poética). 9. Classes

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 51 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.67)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

gramaticais (substantivos, pronomes, artigos, verbos, advérbios, adjetivos; preposição, conjunção, numeral e
interjeição). 10. Estrutura e processos de formação de palavras (prefixo, sufixo, aglutinação, derivação etc). 11.
Propriedade lexical. 12. Sintaxe dos períodos simples e compostos (relações sintático-semânticas). 13. Valor sintático-
semântico dos conectivos (conjunções coordenativas e subordinativas). 14. Coesão e coerência. 15. Concordância,
regência, colocação. 16. Emprego dos sinais de pontuação. 17. Variação linguística. JFRJ
Fls 67
Disciplina: LEGISLAÇÃO e ÉTICA
1. Finalidades, características, objetivos e estrutura organizacional dos Institutos Federais de Educação, Ciência e
Tecnologia (Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008 e suas alterações).; 2. Regime jurídico dos servidores públicos
civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e suas
alterações).; 3. Plano de carreira dos cargos técnico-administrativos em educação (Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de
2005).; 4. Código de ética profissional do servidor público civil da União, das autarquias e das fundações públicas
federais (Lei nº 8.027, de 12 de abril de 1990 e suas alterações; Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1994 e suas
alterações).; 5. Normas para licitações e contratos da Administração Pública (Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e
suas alterações; Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002 e suas alterações; Lei nº 12.462, de 4 de agosto de 2011 e suas
alterações).; 6. Regulamentação do acesso à informação (Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 e suas alterações).

Disciplina: INFORMÁTICA
1. Operação de Sistemas Operacionais: Windows 7, 8 e 8.1; 2. Operação de Aplicativos: Microsoft Office 2013 (word,
excel, power point, one note).; 3. Internet: Navegação Web; Operação e Configuração de Browsers: Microsoft Internet
Explorer, Mozila Firefox e Google Chrome; Operação e Configuração de Mecanismos de Busca na Web; Correio
Eletrônico (conceitos básicos); 4. Segurança: Procedimentos e cuidados com segurança da estação de trabalho
Windows; Trabalho em rede: Logins (permissões de acesso) e senhas; Backup do Microsoft Windows; Vírus e outras
ameaças.

Disciplina: RACIOCÍNIO LÓGICO


1. Estruturas lógicas; 2. Lógica de argumentação.; 3. Diagramas lógicos.; 4. Álgebra; 5. Geometria plana e espacial
(áreas, distâncias e volumes das principais figuras e sólidos); 6. Princípios de contagem.; 7. Matemática financeira
(juros e descontos simples e compostos); 8. Porcentagem, razões, proporções, regra de três simples, regra de três
composta, grandezas proporcionais.; 9. Probabilidade.; 10. Análise Combinatória (princípio fundamental da contagem,
permutações, arranjos e combinações); 11. Progressão Aritmética (PA) e Progressão Geométrica (PG).

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL – Nível C (ATRIBUIÇÕES E DISCIPLINAS DE CONHECIMENTO


ESPECIFICOS)

Cargo: AUXILIAR DE BIBLIOTECA (NF-01, NF-02, NF-03, NF-04, NF-05, NF-06, NF-07, NF-08, NF-09, NF-
10, NF-11, NF-12 e NF-13)
Atribuições:
Atuar no tratamento, recuperação e disseminação da informação e executar atividades especializadas e administrativas
relacionadas à rotina de unidades ou centros de documentação ou informação, quer no atendimento ao usuário, quer na
administração do acervo, ou na manutenção de bancos de dados. Colaborar no controle e na conservação de
equipamentos. Realizar manutenção do acervo. Participar de treinamentos e programas de atualização. Auxiliar nas
atividades de ensino, pesquisa e extensão. Utilizar recursos de informática. Executar outras tarefas de mesma natureza e
nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Técnicas de atendimento ao público (presencial, telefônico e por meio eletrônico).; 2. Atuação do auxiliar de
biblioteca.; 3. Tipos e conceitos de bibliotecas.; 4. Organização funcional da biblioteca.; 5. Noções sobre formação de
acervos.; 6. Preparo do material informacional.; 7. Noções básicas de serviço de referência.; 8. Ordenação dos livros nas
estantes.; 9. Noções de preservação e conservação de documentos.

Cargo: AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO (NF-14, NF-15 e NF-16)


Documento recebido eletronicamente da origem

Atribuições:
Executar sob avaliação e supervisão, serviços de apoio à administração. Executar serviços de apoio nas áreas de
recursos humanos, administração, finanças e logística, bem como, tratar documentos variados, preparar relatórios e
planilhas, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos. Utilizar recursos de informática. Executar
outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. Auxiliar nas
atividades de ensino, pesquisa e extensão.

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 52 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.68)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Técnicas de atendimento ao público (presencial, telefônico e por meio eletrônico).; 2. Normas para elaboração de
requerimentos, memorandos e mensagens eletrônicas (e-mail).; 3. Procedimentos de protocolo de documentos.; 4.
Técnicas básicas de documentação e arquivo (conceito, tipos, idade, classificação, método de ordenação, conservação,
eliminação etc.).; 5. Relações interpessoais.; 6. Responsabilidade social e ambiental no trabalho. JFRJ
Fls 68
Cargo: OPERADOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS (NF-17)
Atribuições:
Operar, ajustar e preparar máquinas e implementos agrícolas como também, realizar a manutenção em primeiro nível de
máquinas e implementos mediante o emprego de medidas de segurança. Operar máquinas agrícolas motorizadas para
desenvolver atividades agrícolas utilizando implementos diversos, arados, grades, roçadeiras, pulverizadores, enxadas
rotativas, sulcadores, semeadoras-adubadeiras, adubadoras, lâminas dianteira e traseira, conchas dianteira e traseira,
carretas e outros equipamentos similares. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Disciplina de Conhecimento Especifico:


1. Tratores Agrícolas: classificação, funções básicas, operação e meios de aproveitamento de potência.; 2. Motores de
combustão interna: constituição e princípios de funcionamento.; 3. Peças e ferramentas convencionais; sistemas de
direção; sistemas de freios; suspensão; rodas e pneus; sistemas de motores.; 4. Manutenção dos tratores agrícolas
(manutenção preventiva e corretiva).; 5. Medidas de segurança e equipamentos de proteção individual.; 6. Direção
Defensiva.; 7. Acoplamentos, regulagens e calibração de implementos e defensivos agrícolas.; 8. Bicos de
pulverização.; 9. Preparo periódico do solo: arados, grades, subsoladores, escarificadores, enxadas rotativas; 10.
Primeiros Socorros.; 11. Código de Trânsito (artigos: 26 a 71, 80 a 90, 91 a 95, 144, 161 a 255 e artigos 256 a 268).
Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 53 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.69)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital N° 79/2015

Anexo V - Avaliação de Títulos JFRJ


Fls 69
Valor Unitário Valor Máximo em
Categoria Descrição em Pontos Pontos
Curso de Pós -Graduação stricto sensu em nível de Doutorado, na área ou na formação
10,0 10,0
específica relacionada ao Cargo Público para o qual concorre.
Curso de Pós -Graduação stricto sensu em nível de Mestrado (Profissional ou
Titulação Acadêmico), na área ou na formação específica relacionada ao Cargo Público para o 5,0 5,0
qual concorre.
Curso de Pós -Graduação lato senso em nível de Especialização (inclui-se MBA e
Residência), na área ou na formação específica relacionada ao Cargo Público para o 3,0 3,0
qual concorre.
Pontuação Máxima da Titulação 10,0

Experiência Dias de trabalho no Emprego a que concorre na iniciativa pública ou privada, na área ou 2,0 para cada
20,0
Profissional na formação específica relacionada ao Cargo Público para o qual concorre. 365 dias

20,0
Pontuação Máxima da Experiência Profissional

Pontuação Máxima na Avaliação de Títulos 30,0

Edital N° 79/2015

Anexo VI - Relação de Endereço do Posto de Atendimento

Local Endereço Bairro


Fundação BIO-RIO - Prédio da BIO-RIO Concursos Av. Carlos Chagas Filho, 791 - Ilha do Fundão I Cidade Universitária
Documento recebido eletronicamente da origem

D1EX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 54 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.70)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital Nº 79/2015

Anexo VII - ENDEREÇOS DOS CAMPI


JFRJ
a) Campus Arraial do Cabo: Rua José Pinto de Macedo s/nº, Prainha, Arraial do Cabo, RJ; Fls 70

b) Campus Belford Roxo: Av. Joaquim Costa Lima, nº 32, São Bernardo, Belford Roxo, RJ (a ser instalado

provisoriamente em unidade escolar nas imediações)

c) Campus Duque de Caxias: Avenida República do Paraguai, nº120, Sarapuí, Duque de Caxias, RJ;

d) Campus Engenheiro Paulo de Frontin: Avenida Maria Luiza, S/N, Sacra Família do Tinguá, Engenheiro

Paulo de Frontin, RJ;

e) Campus Mesquita: Rua Paulo I, s/nº, Praça João Luiz do Nascimento, Centro – Mesquita; RJ;

f) Campus Nilópolis: Rua Lúcio Tavares, nº 1045, Nova Cidade, Nilópolis, RJ;

g) Campus Niterói: Estrada Washington Luiz (antiga Estrada do Sapê), nº 1596, área 11-A, Sapê, Pendotiba,

Niterói, RJ (a ser instalado provisoriamente em unidade escolar nas imediações).

h) Campus Paracambi: Rua Sebastião Lacerda, s/nº, Centro, Paracambi, RJ;

i) Campus Pinheiral: Rua José Breves, nº 550, Centro, Pinheiral, RJ;

j) Campus Resende: Rua Prefeito Botafogo, s/nº, Comercial, Resende, RJ;

k) Campus Rio de Janeiro: Rua Senador Furtado, nº 121/125, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ;

l) Campus São Gonçalo: Rua Dr. José Augusto Pereira dos Santos, s/nº, CIEP 436 (Neuza Goulart Brizola),

Neves, São Gonçalo, RJ;

m) Campus Volta Redonda: Rua Antonio Barreiros, nº 212, Nossa Senhora das Graças, Volta Redonda, RJ (entre

o Clube Náutico e o Estádio da Cidadania).


Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital Nº 79/2015 – Concurso Público – Técnicos Administrativos em Educação Fls. 55 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.71)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Edital N° 79/2015

Anexo VIII - CRONOGRAMA PREVISTO


JFRJ
Atividade Dias úteis
Fls 71
Publicação dos Editais 06/10/2015
Período de Isenção de Taxa de Inscrição 13/10 a 25/10/2015
Resultado preliminar das isenções de taxas 27/10/2015
Recurso contra o resultado preliminar das isenções de taxas 28/10 a 29/10/2015
Julgamento dos Recursos contra o resultado preliminar das isenções de taxas 04/11/2015
Disponibilização das imagens com as respostas dos Recursos contra o resultado preliminar das isenções de taxas 04/11/2015
Homologação das Isenções de Taxas 04/11/2015
Período de Inscrição do Concurso Público 1 13/10 a 15/11/2015
Data limite de Pagamento da Taxa de Inscrição 16/11/2015
Relação Preliminar das Inscrições Homologadas 18/11/2015
Relação Preliminar das Inscrições dos candidatos que concorrem a vagas de PcD 18/11/2015
Relação Preliminar das Inscrições dos candidatos que concorrem a vagas reservadas para Negros 18/11/2015
Recurso contra a Relação Preliminar das Inscrições Homologadas 19/11 a 20/11/2015
Relação Preliminar das Inscrições dos candidatos que concorrem a vagas de PcD 18/11/2015
Relação Preliminar das Inscrições dos candidatos que concorrem a vagas reservadas para Negros 18/11/2015
Disponibilização das imagens com as respostas dos Recursos contra a Relação Preliminar das Inscrições Homologadas 24/11/2015
Disponibilização das imagens com as respostas dos Recursos contra a Relação Preliminar das Inscrições dos candidatos
24/11/2015
que concorrem a vagas de PcD
Disponibilização das imagens com as respostas dos Recursos contra a Relação Preliminar das Inscrições dos candidatos
24/11/2015
que concorrem a vagas reservadas para Negros
Relação Final das Inscrições Homologadas 25/11/2015
Relação Final das Inscrições dos candidatos que concorrem como PcD 25/11/2015
Data limite para Alteração de Dados 25/11/2015
Homologação dos Locais de Provas 26/11/2015
Retirar do Cartão Confirmação de Inscrição (CCI) pela Internet 30/11/2015
PROVAS OBJETIVAS/RECEBIMENTO DE TITULOS (Domingo) 06/12/2015
Divulgação do Gabarito Preliminar das Provas Objetivas/Exemplares das Provas 07/12/2015
Disponibilização das Imagens dos Cartões Respostas das Provas Objetivas 10/12/2015
Interposição de Recursos contra as questões das Provas Objetivas 11/12 a 14/12/2015
Disponibilização das Imagens dos Recursos contra as questões da Provas Objetivas 23/12/2015
Resultado do Recurso contra as questões das Provas Objetivas 23/12/2015
Divulgação Relação Preliminar das Notas das Provas Objetivas 29/12/2015
Interposição de Recursos contra a Relação Preliminar de Notas da Prova Objetiva 05/01 a 06/01/2016
Disponibilização das Imagens dos Recursos contra a Relação Preliminar de Notas da Prova Objetiva 07/01/2016
Resultado do Recurso contra a Relação Preliminar de Notas da Prova Objetiva 07/01/2016
Divulgação da Relação Final das Notas das Provas Objetivas 07/01/2016
Relação dos candidatos que terão os seus títulos analisados 07/01/2016
Relação Preliminar das Notas da Avaliação de Títulos 16/01/2016
Interposição de Recursos contra a Relação Preliminar de Notas da Avaliação de Títulos 18/01 a 19/01/2016
Resultado do Recurso contra as Notas Preliminares da Avaliação de Títulos 25/01/2016
Divulgação da Relação Final das Notas da Avaliação de Títulos 25/01/2016
Homologação do Concurso 26/01/2016

OBS: Todas as divulgações na página serão após as 14 h.


Documento recebido eletronicamente da origem

DIEX/DCPS
Edital N° 79/2015 - Concurso Público - Técnicos Administrativos em Educação Fls. 56 de 56

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-7-0-16-56-257024 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.72)

JFRJ
Fls 72
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-8-0-72-1-566348 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.73)

JFRJ
Fls 73
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-9-0-73-1-571873 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.74)

JFRJ
Fls 74
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-10-0-74-1-466874 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.75)

JFRJ
Fls 75
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-11-0-75-1-947994 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.76)

JFRJ
Fls 76
Documento recebido eletronicamente da origem

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:23 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-12-0-76-1-829913 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.77)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20111/2015


BIO Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
e0SCWitiat
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1330144 ABINUA CORDEIRO DOS SANTOS ND -03
1168193 ADAILSON FELICIDADE NF-06
1275240 ADAILSON TEIXEIRA DE SOUSA ND -39
JFRJ
1334174 ADELZITA VALERIA PACHECO DE SOUZA NS-33
Fls 77
1340131 ADEMIR RIBEIRO PREDES JUNIOR ND -05
1154435 ADEREMI MATHEUS JACOB FREITAS CAETANO NS-47
1359045 ADIELMO RABELO SANTOS NS-04
1227785 ADILENE PINHO LAPRANIO DO NASCIMENTO NS-17
1225863 ADILSON DA CONCEICAO NF-15
1076426 ADILSON OLIVEIRA CAMILO ND -09
1346334 ADONIS MASAYOSHI ISHIHARA CRISTOVAO NF-11
1346415 ADRIANA BARBOZA FEITOZA RODRIGUES ND -08
1326180 ADRIANA COELHO BRAUNE ND -06
1316540 ADRIANA CORREIA DOS SANTOS NS-32
1049240 ADRIANA COSTA PINTO NS-09
1195476 ADRIANA DA SILVA NASCIMENTO DE SOUZA NF-11
1019112 ADRIANA DE CASSIA MORAIS DOS SANTOS NS-08
1189387 ADRIANA DE SOUZA BASTOS ND -02
1224816 ADRIANA DO NASCIMENTO BARBOSA DOS SANTOS NS-32
1308777 ADRIANA FARIA DE SOUZA ND -09
1195247 ADRIANA HELENA OLIVEIRA ND -06
1083341 ADRIANA LIMA DA SILVA NS-11
1290231 ADRIANA LOPES DE OLIVEIRA NS-59
1247824 ADRIANA MAGALHAES DOS SANTOS FREITAS ND -04
1243969 ADRIANA MELQUIADES DE SOUZA NF-11
1144057 ADRIANA MIRANDA CUNHA ND -C6
1301110 ADRIANA MIRANDA CUNHA NF-16
1010085 ADRIANA MONTE ARAUJO ND -35
1365096 ADRIANA OLIVEIRA DA SILVA NS-37
1248693 ADRIANA ROLIN LOPES OLIVEIRA RIBEIRO NS-39
1032054 ADRIANE CH RIST IN O SILVA ND -06
1115758 ADRIANE PEREIRA DO NASCIMENTO ND -08
1017926 ADRIANO DE ALMEIDA GONCALVES PINHEIRO ND -09
1360485 ADRIANO FEITOSA XIMENES NC-03
1012967 ADRIELE SOUZA DA SILVA NC-06
1240021 ADRIENNE VELOSO DE OLIVEIRA ND -07
1037366 AGATHA DENSY DOS SANTOS FRANCISCO ND -24
1338480 AIANE EDUARDA QUEIROZ ANTONIO ND -06
1380788 AILTON ALMEIDA DUARTE NS-03
1248537 ALAM APARECIDO DA SILVA ND -33
1363549 ALAN ALVES VIANNA NF-16
1005677 ALAN BIANCHI DE CARVALHO ND -18
1191845 ALAN DA SILVA E SILVA ND -08
1124404 ALAN DA SILVA SANT ANNA NS-54
13518(X) ALAN DE OLIVEIRA NOVAES ND -10
1097202 ALAN PEREIRA GUIMARAES NS-01
1097237 ALAN PEREIRA GUIMARAES ND -02

1159062 ALANA MARTINS BARBOSA NF-15


Documento recebido eletronicamente da origem

1102672 ALANE AMORIM SANTOS NS-06


1147358 ALANNA FERREIRA DA SILVA NS-39
1360035 ALBA VALERIA SALES DE SOUZA BORGES NS-30
1215795 ALBERT DE OLIVEIRA SILVA SODRE NS-50
1200976 ALBERTO LUIZ FERREIRA MOREIRA JUNIOR NS-54
1267850 ALCINA ESMERIDES GOMES BENACHIO ND -05
1333909 ALCIR OSVALDO RODRIGUES NS-03
1334379 ALCIR OSVALDO RODRIGUES ND -08
1245104 ALDENILSON DOS SANTOS VITORINO COSTA NS-46
1171313 ALDENISE SILVA AUSTRIACO NS-40
1/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.78)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/1112015


BIO Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
e0SCWitiat
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1290118 ALDILEA RODRIGUES ALVES N F-11
1078437 ALESSANDRA CARDOSO QUINTANILHA NC-09
1214870 ALESSANDRA CRISTINA DE SOUZA DA SIILVA N F-16
JFRJ
1360388 ALESSANDRA DAS GRACAS CAETANO DE OLIVEIRA NS-47
Fls 78
1131753 ALESSANDRA DE BARROS RAMOS ND -04
1251201 ALESSANDRA DE SOUSA LIMA ND -10
1110160 ALESSANDRA FERNANDA CARDOSO LOPES N F-01

1147455 ALESSANDRA LIMA DO NASCIMENTO OLIVEIRA NS-32


1378503 ALESSANDRA LIMA MEDEIROS NS-31
1242660 ALESSANDRO CESAR DA SILVA N F-04
1257374 ALESSANDRO DE SOUZA MOURA NS-04
1227033 ALESSANDRO DOS SANTOS REIS NS-52
1172530 ALESSANDRO FERREIRA DE OLIVEIRA NC-01
1051695 ALEX CARMINDO SILVA NC-08
1104489 ALEX CASTRO DE ARAUJO NS-54
1242199 ALEX DE OLIVEIRA SILVA ND -40
1291840 ALEX FELICIO DA ROCHA ND -43
1330101 ALEX LUIS ROSA WERNECK NS-02
1375784 ALEX SANDER MUNIZ DA COSTA ND -08
1375970 ALEX SANDER MUNIZ DA COSTA NF-16
1303660 ALEX SANDRO RUFINO DE GUSMAO ND -43
1100785 ALEX TEIXEIRA TORRES NS-04
1308580 ALEXANA DE CARVALHO PONTE NS-36
1078291 ALEXANDER DE OLIVEIRA RODRIGUES ND -08
1322800 ALEXANDER DECOTE DA SILVA ND -02

1365924 ALEXANDER PINTO GENESIO NF-05


1206230 ALEXANDER SOARES PINHO N F-11

1278088 ALEXANDRA DA SILVA BREVES NUNES ND -40


1050001 ALEXANDRA MARQUES DA 'SILVA NS-18
1000608 ALEXANDRE CARDOSO QUINTANILHA NS-16
1299271 ALEXANDRE COSME SERAPIAO ND -01

1292366 ALEXANDRE COSTA NUNES N F-14


1224930 ALEXANDRE DA SILVA AZEVEDO ND -43
1147242 ALEXANDRE DE ALMEIDA CEZAR NC-02
1256602 ALEXANDRE DE SOUZA MOREIEA NF-17
1256904 ALEXANDRE DE SOUZA MOREIEA ND -05
1281356 ALEXANDRE DOS SANTOS DA SILVA ND -22
1140884 ALEXANDRE FABIO DE LIMA E SILVA SALES NS-04
1015400 ALEXANDRE GONCALVES FERREIRA ND -40
1311450 ALEXANDRE PEREIRA SILVA NC-04
1004964 ALEXANDRE SANTOS DA CRUZ ND -16
1256882 ALEXANDRE SANTOS RAMOS DO NASCIMENTO JUNIOR NC-03
1070657 ALEXANDRE SIQUEIRA DA ROCHA QUEIROZ ND -24
1194798 ALEXANDRE UMBELINO VICENTE DE SOUZA NS-03
1289160 ALEXSANDER PIMENTEL ND -48
1336673 ALEXSANDRA DE ARAUJO GOSTON ND -40
1364502 ALEXSANDRO CAETANO RABELLO NS-04
1378295 ALFREDO GUTEMBERG DE AGUIAR CASTRO NS-47
Documento recebido eletronicamente da origem

1191853 ALICE GOMES VEIGA DE OLIVEIRA N F-11

1269810 ALINE ALVES VIANNA NS-35


1199277 ALINE AZEVEDO DE FARIA BARBOSA NS-37
1351010 ALINE CAMPOS DE MORAES DOS SANTOS NS-37
1002694 ALINE CAMPOS VIEIRA NS-30
1045067 ALINE CORREA MARTINS ANASTACIO ND -06
1270354 ALINE CRISTINA FRANCO NASCIMENTO NS-14
1285963 ALINE CRISTINA GONCALVES DA SILVA IGINO ND -43
1317466 ALINE CRISTINA SANTOS DA SILVA GONCALVES NF-16
1361597 ALINE CRISTINA SANTOS DA SILVA GONCALVES ND -09

2/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.79)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1248200 ALINE DA ROSA FARIAS NS-37
1273647 ALINE DE FREITAS DE SOUZA NS-46
1256068 ALINE DE OLIVEIRA FERREIRA FURTADO ND-09
JFRJ
1056735 ALINE DOS SANTOS PEREIRA ND-09
1264095 ALINE GUIMARAES DE ARAUJO MEDEIROS ND-06
Fls 79
1254685 ALINE GUIMARAES LIMA BENTO NS-39
1285912 ALINE MARIA DE OLIVEIRA NF-03
1044664 ALINE MIRANDA CARDOSO NS-09
1258001 ALINE SACRAMENTO DE ASSUMPCAO NF-11
1240307 ALINE SANTOS MARTINS NS-20
1313312 ALINE SILVA DEJOSI NERY NS-46
1299522 ALLAN BORGES DE MEDEIROS REIS ND-09
1377744 ALLAN CANDIDO FELIX NS-46
1134558 ALLAN CARLOS DO ROSARIO SOUZA NS-04
1239180 ALLAN DAVID NUNES DA SILVA NF-08
1299670 ALLAN GOULART DE ARAUJO NS-04
1308483 ALLAN OLIVEIRA SOUZA DA SILVA NF-11
1347888 ALLAN RICARDO BATISTA DO SANTOS DA SILVA NF-14
1281500 ALLAN SERAFIM GONCALVES ND-21
1238361 ALVARO ALBERTO GOMES DA SILVEIRA ND-09
1379488 ALVARO EDUARDO NUNES GARCIA NS-45
1265237 ALYNE FERNANDA CARDOSO REIS NS-06
1339010 AMANDA CRISTINE JORGE ALEXANDRE ND-08
1339290 AMANDA CRISTINE JORGE ALEXANDRE NF-16
1347411 AMANDA DE ARAUJO LIMA NS-42
1381440 AMANDA DE OLIVEIRA CRUZ ND-22
1302590 AMANDA DOS SANTOS CALLIAN NS-14
1149636 AMANDA FERREIRA BRAS NS-46
1051164 AMANDA FREITAS MESQUITA ND-29
1234803 AMANDA GOMES TEIXEIRA NS-30
1297384 AMANDA LOPES DA SILVA NS-46
1160931 AMANDA MAIARA FERREIRA ND-06
1330799 AMANDA MARINHO DE OLIVEIRA ND-24
1105078 AMANDA MONTEIRO DA COSTA CEREJA NC-08
1346245 AMANDA OUVERNEY DO NASCIMENTO BESSA NF-05
1381024 AMANDA PINTO DA SILVA NC-08
1245082 AMANDA SANTANA DOS SANTOS ND-40
1341898 AMANDA TRINDADE DOS SANTOS DE CARVALHO ND-40
1282034 AMERIS DE OLIVEIRA SILVA RIBEIRO NS-32
1378848 ANA BEATRIZ DE ALMEIDA ATHANAZIO NS-03
1215698 ANA BLINER BARCELOS DIAS ND-08
1224867 ANA BRISA COSMO DE CASTRO NS-46
1164686 ANA CARLA GOMES ROCHA DA SILVA NS-33
1097504 ANA CAROLINA DA SILVA GUIMARAES ND-24
1215132 ANA CAROLINA THOMAZ DA CONCEICAO ND-08
1097725 ANA CLAUDIA DA ROCHA ALVES ND-18
1244256 ANA CLAUDIA DE SOUZA LIMA ND-09
1010387 ANA CLAUDIA DOS SANTOS DA SILVA REIS NS-45
Documento recebido eletronicamente da origem

1361171 ANA CLAUDIA MENDES COUTINHO LEANDRO NS-15


1103857 ANA CLAUDIA POITE HERMENEGILDO NS-37
1278770 ANA CLAUDIA RIBAS DE AZEVEDO NS-39
1264974 ANA CLAUDIA TITO FERREIRA NC-08
1188810 ANA CRISTINA DA SILVA DOS ANJOS NS-43
1276875 ANA CRISTINA DOS PASSOS DE OLIVEIRA ND-08
1229109 ANA CRISTINA RABELLO DA SILVA NF-14
1225260 ANA CRISTINA RODRIGUES METTRI ALVES NF-05
1323571 ANA EMILIA DA LUZ LOBATO NS-46
1134957 ANA FATIMA RIBEIRO BARBOSA NS-34
3/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.80)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1233513 ANA GISELDA NETO FONSECA DA SILVA NS-46
1214187 ANA HELENA PIRES DA SILVA NS-14
1017977 ANA LIDIA MONTEIRO MEDEIROS ND-08
JFRJ
1356305 ANA LUCIA CELINO DE AZEVEDO NS-03
1070843 ANA LUCIA DA SILVA DA COSTA NC-09
Fls 80
1195590 ANA LUCIA TRINDADE DE SOUZA NS-37
1000551 ANA LUIZA REGO DA SILVA NS-38
1331574 ANA LUIZA SIMPLICIO DOS SANTOS NF-14
1330411 ANA LUZIA ALEIXO DA SILVA RIBEIRO NC-03
1250140 ANA MARIA ARAUJO DA SILVA NS-15
1273841 ANA MARIA VIEIRA\BORGES NF-14
1014935 ANA PAULA CARDOSO DOS REIS NS-07
1158961 ANA PAULA DA SILVA OLIVEIRA NS-45
1058231 ANA PAULA DE CASTRO SILVA ND-05
1278533 ANA PAULA DE JESUS SILVA NS-47
1299719 ANA PAULA DE OLIVEIRA PINTO NS-09
1373161 ANA PAULA MENDES DA SILVA ND-40
1220640 ANA PAULA NASCIMENTO DE SOUZA DA SILVA NS-47
1250094 ANA PAULA RIBEIRO DE SOUZA NF-14
1173855 ANA PAULA SILVA ANICETO NC-08
1310534 ANA PAULA SILVA CORREA ND-10
1170422 ANA PAULA SOUZA DE ALMEIDA NF-11
1244396 ANA ROSA DA SILVA SANTOS NF-11
1338862 ANAMARINA MONTEIRO E SILVA NS-44
1299603 ANDERSON ADRIANO PUZINE GONCALVES NC-08
1342614 ANDERSON COSTA SANTOS SOBREIRA ND-07
1028235 ANDERSON CUSTODIO FERREIRA NC-01
1317830 ANDERSON DE FREITAS PACIFICO NC-06
1205072 ANDERSON FONTENELE DE SOUZA ND-09
1205285 ANDERSON FONTENELE DE SOUZA NF-16
1071238 ANDERSON GOMES MOTTA PINTO NF-16
1007203 ANDERSON GOMES VALENTIM NS-49
1331949 ANDERSON GONCALVES MALAQUIAS NS-44
1217186 ANDERSON JOSE PEREIRA NS-45
1056786 ANDERSON LUIZ CASTRO DE ARAUJO NS-02
1325043 ANDERSON LUIZ DOS REIS DO NASCIMENTO ND-09
1354159 ANDERSON LUIZ ROMUALDO DE SOUZA NS-17
1005499 ANDERSON MENDES SIMEAO ND-21
1250337 ANDERSON MIZAEL DA GAMA NF-11
1133888 ANDERSON PEREIRA DA SILVA NF-11
1326260 ANDERSON ROQUE DE SOUZA ND-10
1218581 ANDERSON SERPA RIBEIRO NS-49
1004654 ANDERSON TEIXEIRA DE SOUZA ND-43
1317369 ANDRE FELIE MARQUES BAPTISTA DOS SANTOS NS-04
1254219 ANDRE GUSTAVO DOS SANTOS CHAGAS NS-08
1363204 ANDRE LUIS COELHO JOAQUIM NS-03
1034693 ANDRE LUIS DE ANDRADE DOS SANTOS ND-02
1233041 ANDRE LUIS DE OLIVEIRA ND-39
Documento recebido eletronicamente da origem

1226460 ANDRE LUIZ ALVES DE SOUSA NUNES TORRES ND-09


1102036 ANDRE LUIZ DE SOUZA LOBO NC-03
1345443 ANDRE LUIZ DOS PASSOS NS-46
1360418 ANDRE LUIZ DUARTE AUGUSTO NF-11
1291980 ANDRE LUIZ SILVA DE ALMEIDA ND-18
1205242 ANDRE PEDRO DOS SANTOS ND-09
1317512 ANDRE RICARDO DO NASCIMENTO PESSANHA NF-02
1134876 ANDRE SILVA ALBUQUERQUE ND-04
1320971 ANDREA APARECIDA DA CONCEICAO DE OLIVEIRA NS-08
1329820 ANDREA BISPO DA SILVA ND-21
4/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.81)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1196421 ANDREA D O VIEIRA NS-39
1361406 ANDREA DA SILVA RAMOS NF-04
1371720 ANDREA KELI DOS SANTOS NS-17
JFRJ
1322958 ANDREA MATIAS MARIA ND-29
1246020 ANDREA PATRICIA RIBEIRO BORGES DE OLIVEIRA NS-30
Fls 81
1361058 ANDREA PEDROZA CARDOZO MACEDO NS-03
1081705 ANDREA SANTOS DA SILVA ND-40
1122967 ANDREI VINICIUS ROQUE DOS SANTOS ND-16
1268554 ANDREIA DA SILVA ND-42
1324420 ANDREIA DE CASTRO CONCEICAO NS-44
1177990 ANDREIA MARIA DA SILVA AMERICO GOMES NS-45
1219804 ANDREIA REGINA SILVA CABRAL NS-32
1320092 ANDREIA SHEILA FARIAS GOMES03029206769 NS-32
1313835 ANDRELINA SALES DA SILVA ND-06
1309927 ANDRESA DE OLIVEIRA MENDES DOS SANTOS ND-05
1279726 ANDRESSA DA COSTA XAVIER NS-45
1080148 ANDRESSA DOS SANTOS LEITE NS-31
1199579 ANDRESSA LADISLAU DA SILVA ND-40
1346075 ANDRESSA MENEZES DE ANDRADE ND-08
1052926 ANDRESSA SEBASTIANA BALDUINO SEVERINO ND-07
1209418 ANDREZA CABANEZ DO ROSARIO ND-02
1211196 ANDREZA CRISTINA SOUZA PAULA FERREIRA NS-31
1195999 ANDREZA DE FREITAS BUARQUE NF-08
1234218 ANDREZA PEREIRA FIRMINO DE SA ND-08
1169190 ANDREZA RODRIGUES NS-30
1053167 ANDREZZA LELLES DA CUNHA OLIVEIRA NS-09
1153595 ANDRIA LAUDISEIA MOURA MOREIRA DE OLIVEIRA NS-45
1343335 ANGELA BEATRIZ RODRIGUES ND-09
1236865 ANGELA FERREIRA LUGAO DA SILVA NS-52
1270010 ANGELICA CRISTINA RIBEIRO PINTO NS-45
1167111 ANGELICA DA SILVA AGUEDA ND-08
1003186 ANGELICA DAS NEVES IZIDORO ND-40
1092596 ANGELICA GABRIELE CORREIA FERNANDES ND-05
1332376 ANGELICA GABRIELE CORREIA FERNANDES NF-16
1126423 ANGELICA LINO PACHECO PAIVA NS-45
1343874 ANGELINA GONCALVES MARMELO NS-43
1054473 ANGELINE ASSUNCAO DE CAMPOS PIRES NS-45
1243128 ANGELO JORGE DE SOUZA ARANTES ND-07
1276549 ANIELE ALMEIDA DE MENDONCA ND-04
1351672 ANILINDA DA FONSECA CARDOZO DE BRITO NS-32
1218786 ANITA DOS SANTOS MENEZES NS-46
1194763 ANNA BEATRIZ ALVES BARBOSA FERREIRA ND-02
1293095 ANNE CAROLINE SILVA GONCALVES ND-05
1215566 ANNETHALYNE DE SOUSA FIDALGO NF-08
1225898 ANTHONY FIDELIS SILVA MIGUELISTA ND-43
1245503 ANTONIA CAROLINA SILVA ND-08
1222368 ANTONIA MARIA NASCIMENTO BARCELOS NF-05
1236610 ANTONIO CARLOS DA SILVA NS-43
Documento recebido eletronicamente da origem

1221264 ANTONIO CARLOS SOARES ND-40


1239066 ANTONIO CARLOS SOARES JUNIOR NF-05
1121987 ANTONIO DA SILVA PEREIRA NETO NS-45
1326740 ANTONIO DE PAULA PEDROSA NS-05
1225812 ANTONIO FIDELIS DOS SANTOS MIGUELISTA ND-43
1269836 ANTONIO LUIZ DO CARMO BENTO ND-43
1339095 ANTONIO LUIZ DOS SANTOS JUNIOR ND-07
1303805 ANTONIO MANOEL DE OLIVEIRA JUNIOR ND-22
1283391 ANTONIO RAMIRO DE MATTOS NS-45
1330357 ANTONIO VICENTE MACHADO NS-16
5/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.82)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1097970 APARECIDA DOMINGUES DOS SANTOS NS-09
1004778 APARECIDA MARIA AVELINO DA SILVA NS-52
1235818 ARMANDO SANTOS PITANGA JUNIOR NS-46
JFRJ
1055224 ARNALDO COSTA DE SIQUEIRA NS-45
1296361 ARNALDO ROSA CEZARIO NS-45
Fls 82
1107224 ARTHUR SOUZA DA SILVA NS-02
1350293 ARTUR BISPO SILVA ND-09
1314661 AUDICEIA DE JESUS FLORENTINO NC-08
1303732 AUGUSTO CESAR BONIFACIO VIEIRA NS-45
1334301 AUGUSTO COSME DA SILVA NC-08
1175823 AURY APARECIDO SOARES JUNIOR ND-02
1235265 AYLTON MALAQUIAS DE MORAIS NF-16
1287958 AZER DUARTE JUNIOR ND-05
1287982 AZER DUARTE JUNIOR NF-15
1175807 BARBARA CAMARGO DOS SANTOS NF-06
1279270 BARBARA DA SILVA PANDIN NF-16
1297295 BARBARA DE ABREU CANAZARO NS-51
1335510 BARBARA JOANA CARDOSO PEREIRA PAULA NS-49
1336843 BARBARA KELLY SANTIAGO GUEDES NF-06
1217046 BEATRIZ DIAS BARRETO NF-01
1381520 BEATRIZ DOMINGUES DE MATOS ND-41
1357972 BEATRIZ LOUREIRO DE SANT ANNA NC-01
1283596 BEATRIZ MARIA DA CONCEICAO POLIDORO NF-12
1136291 BEATRIZ OLIVEIRA MARIANO NS-22
1282565 BEATRIZ SANTANNA CANUTO ND-45
1309137 BELMIRO PASCHOAL MINERVINO NF-03
1377841 BERGSON RIBEIRO DA SILVA DOS SANTOS NS-04
1047680 BHRENDA MARIA F. DOS SANTOS NS-47
1220837 BIANCA BARBOSA DINIZ SIMOES ND-44
1151371 BIANCA BEATRIZ SILVA DE SOUZA NS-18
1224859 BIANCA DE OLIVEIRA FREITAS NS-46
1340441 BIANCA NASCIMENTO MONTEIRO DA SILVA NS-46
1315404 BIANCA SILVA MACHADO ND-31
1165887 BRAULIO TADEU DA SILVA BARROS FIDELIS DE ALENCAR NC-12
1169866 BRENDA DA ROCHA ALEXANDRE NS-45
1040448 BRENDA DE SOUZA GOUVEA NS-27
1208160 BRENO RAFAEL DE CARVALHO BARROS FELIPE ND-09
1374508 BRUNA AZEVEDO DE OLIVEIRA MENDES ND-19
1103598 BRUNA GONCALVES GOMES NS-03
1296353 BRUNA GONCALVES REID SOARES ND-09
1294504 BRUNA MARIA VITORINO LEME NS-45
1261509 BRUNO ALVES DOS SANTOS NOGUEIRA NS-35
1349384 BRUNO BAHIA DA VEIGA ND-09
1038001 BRUNO BORGES NASCIMENTO NS-20
1038370 BRUNO BORGES NASCIMENTO ND-39
1281313 BRUNO CESAR BASTOS CRUZ NF-11
1022970 BRUNO COSTA RAMOS ND-08
1292552 BRUNO COUTINHO DA HORA NC-08
Documento recebido eletronicamente da origem

1338323 BRUNO DA SILVA SANTOS NS-16


1341588 BRUNO DIAS GONCALVES NS-04
1267817 BRUNO FILGUEIRAS REBELO DE MATOS NS-20
1135376 BRUNO GOMES DA CRUZ ND-25
1135490 BRUNO GOMES DA CRUZ NS-04
1135627 BRUNO GOMES DA CRUZ NS-48
1361651 BRUNO MEDEIROS PINHEIRO DE ARAUJO ND-29
1080210 BRUNO RODRIGUES DOS SANTOS NS-53
1126504 CAIO AMENDOLA DE MOURA PASSOS NS-02
1280872 CAIO MARCELO MENDES DA SILVA ND-09
6/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.83)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1061011 CAIQUE ROQUE DE OLIVEIRA NF-08
1319736 CAIQUE WALESSON DA SILVA NF-02
1072323 CAMILA ANGELICA MOURA DE CARVALHO ND-40
JFRJ
1293206 CAMILA DA SILVA BARRETO NS-46
1117904 CAMILA DE ARAUJO PEREIRA NF-11
Fls 83
1311492 CAMILA LINHARES MENDONCA LOPES ND-18
1259865 CAMILA LINS GALISA AVES ND-47
1242342 CAMILA MACHADO DA SILVA NS-37
1078364 CAMILA RODRIGUES DE SOUZA NS-45
1364650 CAMILA SANTOS RUFFEIL NS-39
1358723 CAMILA SIMOES SANTOS NS-37
1321200 CAMILA TAVARES TRINDADE NF-14
1241699 CAMILA VENTURA DA SILVA ND-23
1244388 CAMILLA BRANDAO PORCIUNCULA NS-03
1239236 CAMILLA CARNEIRO DA SILVA NF-16
1100742 CAMILLA DAYANE FERREIRA CARVALHO NF-16
1100319 CAMILLA DE AZEVEDO TRUPIANO DE SOUZA ND-03
1290339 CAMILLA DE AZEVEDO TRUPIANO DE SOUZA NF-16
1344978 CAMILLA DOS SANTOS SOUSA NS-46
1378996 CAMILLA MACHADO BARCELOS ND-05
1379380 CAMILLA MACHADO BARCELOS NF-14
1358022 CAMILLA NUNES DA CONCEICAO ND-22
1348817 CAMILLA SANTOS REIS DE ANDRADE DA SILVA NC-04
1292064 CAREN AZEVEDO DE SOUZA FONTENELE NC-04
1316842 CARINA DA SILVA LIMA BIANCOLIN NS-12
1137131 CARINE CARDOSO GOMES NS-04
1237900 CARLA ALEIXO FRANCA NS-18
1197991 CARLA ALESSANDRA MORAIS DE BRITO ND-23
1329510 CARLA ALEXANDRA LOBO DA SILVA ND-40
1224093 CARLA ALINE GONCALVES DA SILVA NF-07
1340697 CARLA CRISTINA FIGUEIREDO BARAUNA ND-04
1356097 CARLA DE OLIVEIRA SILVA DIAS NS-47
1156594 CARLA DOS SANTOS COSTA ND-51
1261177 CARLA PATRICIA FERREIRA SURCIN NS-46
1085115 CARLA RIBEIRO GONCALVES NC-02
1067648 CARLOS AFONSO BRAGA DE OLIVEIRA NS-47
1215213 CARLOS ALBERTO DE ARAUJO MILAGRE JUNIOR ND-08
1335766 CARLOS ALBERTO DOS SANTOS GONCALVES NC-08
1346199 CARLOS ALBERTO DOS SANTOS OLIVEIRA ND-04
1113720 CARLOS ALBERTO SILVA DAS NEVES NF-14
1016687 CARLOS ALEXANDRE DE SOUZA ND-01
1045598 CARLOS ANTONIO MONTEIRO SANTOS NS-03
1014684 CARLOS AUGUSTO SANTOS FERNANDES NS-52
1015060 CARLOS AUGUSTO SANTOS FERNANDES ND-04
1112872 CARLOS EDUARDO ALVES KRUGER NF-16
1113135 CARLOS EDUARDO ALVES KRUGER ND-05
1050427 CARLOS EDUARDO DA SILVA NC-09
1203037 CARLOS EDUARDO DA SILVA NC-08
Documento recebido eletronicamente da origem

1203100 CARLOS EDUARDO DA SILVA FONSECA ND-09


1289314 CARLOS EDUARDO DE ALMEIDA GERONIMO NF-06
1286889 CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA DO NASCIMENTO NF-05
1286412 CARLOS EDUARDO GIGLIO FRANCO NS-16
1094289 CARLOS EDUARDO VEIGA ALCANTARA ND-05
1284053 CARLOS HENRIQUE DE MOURA EVANGELISTA NF-14
1344544 CARLOS HENRIQUE DE SOUZA MIRANDA ND-02
1147323 CARLOS HENRIQUE DOS SANTOS ALMEIDA ND-22
1218964 CARLOS HENRIQUE FERREIRA ND-05
1211897 CARLOS HENRIQUE MEIRELES AVILA FILHO NS-20
7/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.84)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1370928 CARLOS JORGE MACHADO DA SILVA SANTOS ND-09
1144316 CARLOS LUIZ DE ANDRADE JUNIOR NS-04
1098837 CARLOS LUIZ SANTANA NF-16
JFRJ
1098934 CARLOS LUIZ SANTANA ND-08
1358367 CARLOS MAGNO DOS SANTOS NF-11
Fls 84
1357654 CARLOS MAGNO DUARTE DE MIRANDA ND-04
1309277 CARLOS ROBERTO BEZERRA DA SILVA ND-09
1213083 CARLOS ROBERTO DA SILVA NS-52
1188534 CARLOS ROBERTO DA SILVA COUTO NC-08
1281020 CARLOS ROSENDO DE BARROS JUNIOR NS-55
1011758 CARLOS SOARES DE AMORIM NC-08
1289705 CARLOS TADEU ROQUE ALVES NF-02
1346270 CARMEN CELESTE DO NASCIMENTO CALDAS NS-37
1070835 CAROLINA ANDRE GOMES NS-02
1316621 CAROLINA FLORA ALMEIDA NS-52
1341626 CAROLINA LAURA GONCALVES DA LUZ NS-46
1376934 CAROLINA MELO COSTA LESSA NS-46
1038761 CAROLINA MORAES DOS REIS NS-38
1328964 CAROLINA MOREIRA DE LIMA DA SILVA NS-32
1063537 CAROLINA ROSA SILVA DE LUCENA NS-58
1312308 CAROLINA TEIXEIRA DE SOUZA NS-51
1208284 CAROLINE CRUZ FERREIRA FARIA NF-11
1290690 CAROLINE DA SILVA ARRUDA NF-04
1226045 CAROLINE NASCIMENTO DE SOUZA NS-32
1062182 CAROLINE RODRIGUES JOSE DE SIQUEIRA BRASIL NS-32
1210220 CAROLINE SANTOS DE ALMEIDA ND-18
1091174 CAROLINE SILVA EULALIO ND-02
1012320 CAROLINE SOUSA DOS SANTOS ND-08
1061062 CASSIANA FERREIRA DA SILVA ND-04
1196294 CASSIANO DA SILVA FERREIRA ND-08
1240080 CASSIO ROBERTO ALVES ND-08
1207237 CASSIO SOARES CARDOSO NS-50
1279203 CATIA LILIAN RODRIGUES MARTINS COELHO NS-47
1338943 CATIA LUZIA DOS SANTOS MARINS NS-18
1355015 CATIANE MARTINS DE CASTRO DE SOUZA COSTA NC-08
1370251 CAUE DE JESUS CRUZ NF-01
1317407 CELIA DOS SANTOS CAVALCANTE NF-14
1221558 CELSO ANTONIO DE SOUZA NF-05
1270885 CESAR LUCIO DA CRUZ NETO NS-54
1319167 CESAR ROBERTO NEVES JUNIOR ND-04
1021664 CHERLA SANTANA MATOS ND-08
1021893 CHERLA SANTANA MATOS NF-16
1290541 CILENE MARIA EBENESER CAVALCANTI REVELLES NS-32
1066595 CINEIA PEREIRA DE OLIVEIRA SANTOS ND-44
1146602 CINTHIA DOS SANTOS ROCHA NF-11
1301144 CINTHIA PIO DO VALE NS-33
1101188 CINTHIA VALERIANO DA CRUZ ND-18
1131737 CINTIA HOR-MEYLL SILVA NS-59
Documento recebido eletronicamente da origem

1097210 CINTIA MENEZES DOS SANTOS JUSTINIANO NS-45


1105400 CINTIA SOUSA NEVES MONTEIRO ND-04
1015591 CINTIA TEIXEIRA SANTOS GALDINO NS-37
1119397 CINTIA ZACARIAS DE ALMEIDA ND-04
1290061 CIRLEI DA SILVA ARRUDA ND-04
1030680 CLAINE GONCALVES NERY NS-46
1318772 CLARICE BRAZ DE OLIVEIRA BALBINO ND-03
1237829 CLARICE DOS SANTOS MACHADO SILVA NS-09
1144472 CLARISSA CRUZ DA SILVA ND-29
1229672 CLARISSE DOS SANTOS DE SOUZA NS-39
8/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.85)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1379062 CLAUDEMIR DA COSTA SANTOS NC-03
1380265 CLAUDEMIR DA COSTA SANTOS ND-03
1339460 CLAUDEMIRO ALMEIDA DE JESUS NS-19
JFRJ
1162969 CLAUDETELIMA RODRIGUES LACERDA NF-12
1211528 CLAUDIA ALESSANDRA DA SILVA SIMOES ND-06
Fls 85
1287249 CLAUDIA CELIA SANTOS DO NASCIMENTO NF-12
1361155 CLAUDIA DA SILVA ANSELMO ND-35
1273779 CLAUDIA DA SILVA CAVALCA LEVIM ND-04
1288555 CLAUDIA DE ALMEIDA NETO NS-06
1288636 CLAUDIA DE ALMEIDA NETO ND-08
1213334 CLAUDIA DE SOUZA ALMEIDA ND-40
1145410 CLAUDIA FERNANDES CABRAL NF-14
1073303 CLAUDIA LIMA MACEIO NC-06
1288350 CLAUDIA REGINA DOS SANTOS SILVA DE CASTRO NF-12
1246917 CLAUDIA RODRIGUES DE OLIVEIRA CUNHA NS-18
1326767 CLAUDIA SANTOS PENAFORTI TRANHAQUE ND-12
1242539 CLAUDIA SERRATE DE SOUZA DA SILVA NF-05
1359991 CLAUDIA VALERIA BARBOSA DA SILVA NS-47
1252674 CLAUDIANE CONCEICAO COSTA FREITAS ND-05
1117009 CLAUDINA DAMASCENA OZORIO NS-37
1286706 CLAUDINEA DE SOUZA MOTTA DA SILVA NC-02
1082540 CLAUDINEI SILVA DOS SANTOS NF-12
1277936 CLAUDINEI SILVA DOS SANTOS NC-09
1172689 CLAUDIO LEONARDO CARDOSO REIS ND-25
1121669 CLAUDIO LEOPOLDINO DE MATTOS NS-46
1371096 CLAUDIO LOURENCO DE PAULA NF-05
1196790 CLAUDIO LUIZ BRAGA MARTINS NS-03
1218573 CLAUDIO LUIZ BRAGA MARTINS ND-08
1356755 CLAUDIO LUIZ DOS SANTOS NF-14
1310550 CLAUDIO LUIZ MARQUES DE MELLO NS-25
1299514 CLAUDIO ROBERTO LEITE NS-08
1381458 CLAUSTON JOSE DE OLIVEIRA NARCISO ND-14
1024884 CLAUZEMBERG ROBERT SANTOS NS-14
1304950 clayton de araujo da silva NC-08
1289470 CLAYTON DE OLIVEIRA SOARES DA CRUZ ND-09
1102885 CLAYTON ROBERTO DE ARAUJO MORAES NS-20
1058070 CLEBER CHAVES JARDIM ND-09
1280678 CLEBER FRANCO DE OLIVEIRA NC-09
1308025 CLEBER GOMES DE OLIVEIRA JUNIOR NS-54
1018701 CLEBER MONTEIRO DE REZENDE NS-16
1313878 CLEIDENIR OLIVEIRA DE CASTRO NF-11
1244736 CLEILTO PAULO BRAGA ND-08
1007262 CLEIR SANTOS ROSA DA CONCEICAO NS-03
1377035 CLEITON LUIS DA SILVA ABEL ND-33
1281046 CLEY ANDERSON PAIVA SIMEAO NF-11
1158023 COSME THOMAZ DA SILVA ND-40
1326880 COSME VIEIRA DA SILVA NS-45
1069748 CRISLANE LEONTINA ROCHA NF-11
Documento recebido eletronicamente da origem

1109138 CRISPIM ALVES DE BARROS NS-10


1236776 CRISTIAN MAXIMIANO DA SILVA NS-09
1364570 CRISTIANA DALTRO DO ESPIRITO SANTO AYRES NS-49
1333283 CRISTIANE DE SOUZA MARTINS NS-45
1234277 CRISTIANE DOMINGOS SILVA ND-08
1125966 CRISTIANE DOS SANTOS COSTA NF-16
1126210 CRISTIANE DOS SANTOS COSTA ND-09
1271555 CRISTIANE FERNANDO DA SILVA NS-21
1294695 CRISTIANE FERREIRA ASEVEDO NF-15
1035568 CRISTIANE MARIA DA SILVA CONCEICAO NC-12
9/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.86)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/1112015


BIO Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
e0SCWitiat
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1083511 CRISTIANE MARTINS DA SILVA NF-05
1344137 CRISTIANE MARTINS RODRIGUES NS-16
1186230 CRISTIANE MENDES THOMAZ NS-46
JFRJ
1206494 CRISTIANE RAMOS ANTONIO ND -42
Fls 86
1237594 CRISTIANE RODRIGUES BARBOSA ARAUJO NS-17
1020897 CRISTIANO ALVES FERREIRA NF-07
1207830 CRISTIANO DA CONCEICAO VIEIRA NF-08
1146394 CRISTIANO DOS REIS PRAZERES NF-04
1370405 CRISTIANO PEREIRA DOS SANTOS NS-52
1262319 CRISTINA OLIVEIRA DE SOUZA NC-07
1227076 CRISTINA PEREIRA SILVA DE ALMEIDA NF-15
1231928 CRISTINA PEREIRA SILVA DE ALMEIDA NC-08
1368494 CRISTINA PEREIRA SILVA DE ALMEIDA ND -07
1222201 CYNTHIA DAS NEVES SILVA ND -40
1137999 CYNTHIA MARTINS SABARA ND -08
1309803 DAIANA CRUZ DE SOUSA EVANGELISTA NC-06
1323768 DAIANE PINHO DOS SANTOS MADEIRA NS-30
1122401 DAIANE SOUZA BRANDAO NS-34
1154990 DAISE RAMOS DA SILVA NF-08
1024701 DALTRO DOMIS ARAUJO NS-04
1338510 DANIEL CESAR AZEVEDO BARBOZA NS-46
1300067 DANIEL DA CONCEICAO ROSA ND -08
1151010 DANIEL FERREIRA BARBOSA ND -09
1152521 DANIEL MACEDO CESAR NS-19
1028065 DANIEL MEDINA DA SILVA NS-46
1346946 DANIEL RANINE PENA DE SA ND -27
1016326 DANIEL WESLEI DOS SANTOS NC-12
1296000 DANIELA GALDINA MACHADO NS-07
1296019 DANIELA GALDINA MACHADO ND -29
1141023 DANIELA OLIVEIRA DOS ANJOS SILVA NS-18
1021273 DANIELA REBELO ND -07
1154060 DANIELA SANTOS DA SILVA ND -02
1196049 DANIELE DAMASCENO MACEDO NS-03
1326651 DANIELE NASCIMENTO DOS SANTOS ND -09
1361899 DANIELE NOGUEIRA DA SILVA NC-03
1159496 DANIELE PACHECO DA SILVA ND -10
1027204 DANIELE PACHECO DAMASCENO DE SOUZA NS-46
1215540 DANIELE SANTOS DA SILVA ND -04
1308980 DANIELLA SOEIRO ND -07
1365770 DANIELLE CARVALHODEOLIVEIRA NF-12
1262912 DANIELLE CORREA DE SOUZA NC-08
1373552 DANIELLE DA PAIXAO FERREIRA NS-06
1267868 DANIELLE DE ALMEIDA EULALIA NF-12
1219065 DANIELLE HERMOGENIO DE MORAES MATTOS ND -40
1236849 DANIELLE REIS SILVINO NS-34
1006983 DANIELLI DE JESUS DIAS NF-14
1276000 DANIELLI DE JESUS DIAS ND -08

1326597 DANILLO ALVES FRANCISCO DA SILVA ND -08


Documento recebido eletronicamente da origem

1352458 DANILO NUNES DE ANDRADE ND -07


1351826 DANUSA CRISTINA NORVICO CAMPOS DA SILVA NS-49
1232517 DARCIO LEITE MARIO ND -25
1294717 DARIO URIAH PEGO DA SILVA NS-06
1132962 DARLENE NUNES GARCIA DOS SANTOS NS-16
1133101 DARLENE NUNES GARCIA DOS SANTOS ND -08
1372572 DAVI DA SILVA TRINDADE NS-04
1346008 DAVI DE FREITAS BEZERRA NS-44
1091476 DAVI SANTOS DE FREITAS ND -03
1376519 DAVI SARMENTO TEIXEIRA NF-08
10/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.87)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/11/2015


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1230891 DAVID DE JESUS COSTA NS-39
1063391 DAVID RICHARD MARTINS MOTTA NC-04
1324268 DAYANA DE FATIMA RAMOS CAROLINO NS-10
JFRJ
1222546 DAYANA PEREIRO DO NASCIMENTO ND-05
1365290 DAYANNE CARDOSO LOPES NS-32
Fls 87
1366220 DAYENE OLIVEIRA DOS SANTOS ND-02
1331442 DAYSE SOARES MONTEIRO NS-44
1314351 DEBER AUGUSTO DOS SANTOS SILVA NS-03
1310305 DEBORA ANTONIA DA SILVA SOUZA ND-40
1337726 DEBORA CRISTINA DA SILVA FERNANDES ND-02
1342126 DEBORA CRISTINA DA SILVA FERNANDES NF-14
1229885 DEBORA CRISTINA GOMES NF-11
1331558 DEBORA CRISTINA MAIA ND-09
1158325 DEBORA DA CONCEICAO SANTOS NS-51
1203282 DEBORA DA SILVA DE JESUS ND-16
1110330 DEBORA DAISE DO NASCIMENTO SOARES NF-13
1015745 DEBORA FRANCISCO DA SILVA ND-42
1298305 DEBORA FREITAS DE MENDONCA MAIA ND-09
1305999 DEBORA GOES PINHEIRO NS-17
1243063 DEBORA LEMOS LINO NS-30
1243292 DEBORA LEMOS LINO ND-09
1108000 DEBORA LUANA DE JESUS ND-09
1353233 DEBORA MACEDO ROSA DE CARVALHO COSTA ND-09
1306626 DEBORA OLIVEIRA DE MELO ND-47
1370332 DEBORA SILVA DE ARAUJO FERNANDES ND-08
1023470 DEBORA SOARES MACHADO FREITAS NF-03
1305344 DEBORAH TEREZINHA DE PAULA BORGES NS-45
1297708 DEBOTA LETICIA DE ARAUJO NC-02
1219154 DEISE DOS SANTOS ND-54
1139797 DEISE LUCIDE GUEDES DA SILVA SOARES NS-32
1304810 DEIVISON JUNIOR MARTINS CHELONI ND-16
1280716 DELCIENE DA CONCEICAO MOURA ND-40
1280848 DEMOCRITO LIMA FARIA PEREIRA OLIVEIRA ND-09
1355422 DENILCE BRENDLER DE SOUTO ND-10
1263803 DENILSON ROSA DE PAULA NC-10
1246186 DENISE ALVES DE SOUZA ND-08
1221906 DENISE APARECIDA DE BARROS LEHEUP ND-42
1223852 DENISE CRUZ DOS SANTOS DE AZEREDO NC-02
1092618 DENISE DE ASSIS DO COUTO SILVA ND-40
1023390 DENISE DOS SANTOS MENEZES NC-08
1089544 DENISE MADUREIRA CAMPOS NS-27
1036327 DENISE SEABRA DA SILVA NS-47
1015036 DENISE SOUZA GOMES NF-16
1324993 DENISE VILAS BOAS DE CAMPOS LIMA NS-27
1367013 DENNER CEZAR VICENTE DE FARIAS ND-43
1295195 DEREK LUIZ ALVES DOS SANTOS ND-42
1266055 DERMIVAL GUIMARAES FILHO ND-10
1356313 DESIREE LUZIA MARTINS DA SILVA NS-46
Documento recebido eletronicamente da origem

1245295 DEUEL DIAS LOPES NS-04


1231243 DEUSALINDA SANTOS CORDEIRO NS-52
1231340 DEUSALINDA SANTOS CORDEIRO ND-05
1188518 DEUSDETE RODRIGUES DE SOUZA ND-40
1176773 DEUZIMAR HELENA DE OLIVEIRA BOTELHO NS-45
1289730 DEYLER VIEIRA AMORIM NS-03
1282948 DHAIENNE MARI PAIVA DOS SANTOS ND-02
1373676 DIANA CRISTINA DANTAS DA MOTTA ND-49
1268724 DIANNE CHRISTINE SOUZA ARAUJO MUNIZ NS-30
1258958 DIEGO CAMPOS GOULART NS-52
11/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
(e-STJ Fl.88)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/1112015


BIO Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
e0SCWitiat
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1351273 DIEGO COSTA MACHADO GOMES NF-11
1326058 DIEGO DA COSTA MEDEIROS DE SOUSA ND -09
1367137 DIEGO DE LIMA BRITO ND -33
JFRJ
1317199 DIEGO DE PAULO PASCOAL ND -04
Fls 88
1138057 DIEGO DE SOUZA PEREIRA ND -07
1138332 DIEGO IGNACIO DE OLIVEIRA NS-55
1164511 DIEGO LEOPOLDO DOS SANTOS NS-54
1124510 DIEGO ROBERTO FORTUNATO PEREIRA NF-05
1237837 DIEGO RODRIGUES BARROSO NS-03
1236970 DIEGO ROQUE DE SANTANA NF-11
1084216 DIEGO SOARES ABEL VALERIANO NC-08
1373170 DIEGO VANDERLEY DOS SANTOS NF-16
1260766 DIEGO VERDAN PAULO ND -02
1218891 DIELINA APARECIDA LU IZA FERREIRA NF-07
1296930 DIOGO ARGOLO DE SOUZA ND -29
1089609 DIOGO BARBOSA DE SOUZA DO CARMO ND -39
1216880 DIOGO CARDOSO NERIS NS-54
1157620 DIOGO SERGIO BORGES ND -05
1137280 DIONILCE DA SILVA NS-47
1315897 DIRLEIA LEONEL BRAGA NF-16
1046292 D IVI LAN E DIAS GENEROSO NF-17
1300652 DJAMILA FARIAS SANTOS ND -24

1334417 DONER SANTANA DA SILVA ND -36


1329332 DORACIARA MOURA DE PAULA ND -08
1373277 DOUGLAS ALCANTARA DE SOUZA NC-01
1357964 DOUGLAS CLEMENTE MEDEIROS KODOS NS-55
1358146 DOUGLAS CLEMENTE MEDEIROS KODOS ND -42
1200143 DOUGLAS DE OLIVEIRA ASSUMPCAO ND -09
1111604 DOUGLAS DIEGO DOS SANTOS PINTO ND -09
1380354 DOUGLAS FERNANDES DE OLIVEIRA ND -18
1245945 DOUGLAS GARAJO DE MOURA NS-46
1064118 DOUGLAS INNOCENTE ND -09
1314920 DOUGLAS SOARES DA SILVA ND -08
1096915 DULCELENA SANTOS DE OLIVEIRA NS-43
1268643 EDENILSON DO NASCIMENTO DE SOUTO ND -05
1239104 EDERALDO PEREIRA DA SILVA NS-03
1239996 EDERALDO PEREIRA DA SILVA ND -08
1259172 EDGARD BARROS ARAUJO NS-03
1347284 EDI MERI AGUIAR FORTES NS-45
1024590 EDIELRE RAMOS DA SILVA NS-03
1331736 EDILANE DOS SANTOS ROSA NS-18
1201530 EDILENE BONELA DOS SANTOS NS-16
1253778 EDILENE DE OLIVEIRA SENAS TEIXEIRA NS-39
1174142 EDILENE SANTOS LEITE ND -08
1335170 EDILMA CARNEIRO DOS SANTOS FREITAS ND -01

1332180 EDILSON DOS ANJOS SALES ND -43


1254120 EDIMUNDO GOMES DA SILVA ND -09

1266250 EDINEA DA CONCEICAO COSTA MOTTA ND -04


Documento recebido eletronicamente da origem

1177826 EDINEIA DA SILVA NS-32


1288067 EDINETE GONCALVES PEREIRA ND -09
1195077 EDIVAL DA SILVA BERALDI NC-12
1343742 edivaldo luis de Jesus falcao ND -09
1380010 EDIVALDO MENDES DA SILVA NC-07
1260090 EDIVANIRA SANTOS FERREIRA ND -07
1216619 EDMAR LOURENCO COELHO JUNIOR ND -04
1216899 EDMAR LOURENCO COELHO JUNIOR NF-14
1111990 EDMILSON ALEXANDRE DE JESUS NF-11
1147480 EDMILSON DOS SANTOS FERREIRA NC-09
12/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.89)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20/1112015


BIO Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
e0SCWitiat
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome -na- Código Cargo


NF-16
1323164 EDMILSON PEREIRA LOPES DA SILVA JUNIOR
1287486 EDMUNDO GUSTAVO DA SILVA ND -08
1045784 EDNA MIGUEL VIEIRA ND -40
JFRJ
1015569 EDNEA DO ALTO SOUZA ND -05
Fls 89
1139037 EDNILSO FERREIRA MODESTO NF-02
1337882 EDSON DA CONCEICAO FONTES ND -10
1373609 EDSON DE ARAUJO RODRIGUES ND -04
1015346 EDSON DE SOUZA JUNIOR NF-15
1347896 EDSON DINIZ DA SILVA NS-19
1307207 EDSON DOS SANTOS LINHARES ND -04
1059335 EDSON JAMBEIRO LINS ND -09
1335219 EDSON PEREIRA DOS SANTOS JUNIOR NF-14
1019317 EDUARDA FALCAO ROMAO ND -23
1368583 EDUARDO AUGUSTO PINTO CARDOSO NS-39
1270299 EDUARDO COSME DE SOUZA BOAVENTURA NS-04
1293656 EDUARDO DA PAIXAO DE SOUZA NS-08
1287303 EDUARDO DANTAS DE OLIVEIRA NS-04
1050281 EDUARDO DO ESPIRITO SANTO NC-10
1056557 EDUARDO DOS REIS LOBO NF-16
1189263 EDUARDO DOS SANTOS BULHOES DOMINGOS NF-05
1224506 EDUARDO FERREIRA DA SILVA NS-46
1104047 EDUARDO FRANCISCO DA SILVA ND -40
1312898 EDUARDO MARCELO DA SILVA ND -14
1274775 EDUARDO VENTURA LOURES ND -08
1076019 EDVALDO DO NASCIMENTO ND -16

1275020 EDVANIA MENEZES NASCIMENTO DA SILVA NS-46


1296272 EDVIGES DA PAIXAO ZOEL DE ASSUMPCAO NS-34
1010557 EDYLA SILVA DE ANDRADE NS-45
1341413 EGILDO CAMPELO DA SILVA NC-05
1168290 EISENCLEVER BRUNO DOS SANTOS GONCALVES ND -16
1291165 ELAINE ALVES DE SOUZA NS-16
1236059 ELAINE CRISTINA DE JESUS MESSIAS NS-09
1046683 ELAINE DA SILVA DE SOUZA NS-39
1039903 ELAINE FREITAS DE OLIVEIRA NS-46
1217321 ELAINE GUIMARAES DA SILVA ND -02
1135090 ELAINE GUSMAO TEIXEIRA DO NASCIMENTO ND -07
1300504 ELAINE LOPES DE MELO ALVES NS-45
1209639 ELAINE MATTA ROSA RIBEIRO ND -08
1360299 ELAINE SANT ND -22
1026844 ELAINE SANTOS CASTRO MEIRELES ND -01

1373439 ELEN DIAS FERREIRA CORDEIRO NS-34


1335979 ELEN DUARTE REZENDE NC-07
1110411 ELIANA CHAGAS BRANDA° DE OLIVEIRA NS-28
1220357 ELIANA DA SILVA CAMPOS NF-11
1039067 ELIANA NOGUEIRA DO CARMO ND -09
1293060 ELIANARA DE OLIVEIRA MATEUS NC-09
1087614 ELIANDRA DA CONCEICAO APRIGIO PORTO NF-14
1100696 ELIANE DA GAMA RIBEIRO NS-45
Documento recebido eletronicamente da origem

1366181 ELIANE DA SILVA FERREIRA DE SOUZA ND -09


1081942 ELIANE DIAS MARQUES ROCHA NS-32
1248901 ELIANE JACOB RIO BRANCO DIAS ND -08
1249096 ELIANE JACOB RIO BRANCO DIAS NF-16
1266349 ELIANE MARIA BATISTA ND -08
1312413 ELIANI DOS SANTOS GOMES NS-36
1090151 ELIANY NASCIMENTO DE OLIVEIRA ND -09
1020510 ELIARTH CONCEICAO DE SANTANA NS-48
1343475 ELIAS PIRES PIMENTA SIMEAO NS-47
1356542 ELIAS SOUZA TEIXEIRA NF-16
13/43

Protocolada por TATIANA MENDES SOARES MACHADO em 08/01/2016 14:04:24 .


Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a JOAO RICARDO DOS SANTOS.
Documento No: 74070227-13-0-77-43-367799 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.briautenticidade
(e-STJ Fl.90)

Fundação BIO-RIO - Concursos 20111/2015


BIO Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
e0SCWitiat
Concurso Público para Provimento de Cargos Técnicos Administrativos em Educação - TAE
Relação Preliminar de Candidatos (as) que concorrem a Cota

Inscrição Nome Código Cargo


1171208 ELIEL DA SILVA MOURA NS-46
1141619 ELIEL FERNANDES DA SILVA ND -32
1150030 ELIEL FERNANDES DA SILVA NS-15
JFRJ
1278550 ELIELSOM OLIVEIRA DOS SANTOS NS-45
Fls 90
1050168 ELIESER BASTOS NF-02
1356356 ELIETE CASSIA NASCIMENTO FONSECA NS-46
1353977 ELINALDO LEITE QUIXABEIRO NS-22
1203932 ELIS MARQUES DOS SANTOS NC-02
1298763 ELISABETH DA SILVA DOS PASSOS NS-46
1374044 ELISABETH ROJAS MOISEIS RODRIGUES ND -08
1003305 ELISANGELA LOPES FREIRES FRANCISCO ND -40
1335332 ELISANGELA LOPES GOMES TEIXEIRA SANTOS NS-43
1163191 ELIVELTON DE SOUZA DA SILVA ND -39
1234242 ELIZA JOSE DOS SANTOS ND -05
1088866 ELIZABETE DA COSTA OLIVEIRA ND -40
1085077 ELIZABETE LIMA ND -10
1304836 ELIZABETH CRISTINA GALVAO MENEZES NC-05
1016709 ELIZABETH JOSE PEREIRA DA CONCEICAO NC-12
1217496 ELIZABETH SANTOS DE SOUZA NS-44
1029983 ELIZETE BITTENCOURT VEREZA NF-15
1359410 ELKER DE SANTANA DE VASCONCELOS ND -08
1330942 ELLEN GONZAGA DE OLIVEIRA CASTRO NS-45
1038672 ELLEN OLIVEIRA DE MENEZES NS-45
1125222 ELLEN RAMOS NOGUEIRA NF-16
1369806 ELOIZA MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA NC-12
1290908 ELTON ARAUJO OLIVEIRA ND -16
1289519 ELVIS DE OLIVEIRA SANTANA ND -36
1057588 ELY SEVERIANO JUNIOR ND -16
1366246 ELZINEIA LUZIA MOREIRA DE OLIVEIRA NS-52
1345699 EMANOELE ANASTACIA DA SILVA DE ARAUJO DE MELO NS-21
1332350 EMANUEL CAMPOS DE LIMA ND -39
1145428 EMANUELLE CARVALHO DA COSTA NS-06
1340298 EMERSON DA SILVA SILVEIRA NS-41
1278037 EMERSON RODRIGUES SANTOS ND -05
1335715 EMILIO JOSE DE PAULA LINS NS-04
1100955 ENARA DE CARVALHO VIEIRA NS-36
1325310 EN EC I R ALVES CARDOSO ND -33
1262220 ENEDIR LOURENCO DE ALMEIDA NF-08
1332694 ENEIDA DA SILVA CASQUEIRO NS-45
1289217 EN IR DA COSTA FERREIRA ND -36
1332600 ENOQUE DE JESUS SILVA ND -13
1218492 ENOQUE MACHADO DA ROCHA NS-49
1094041 ERCILIA DO NASCIMENTO DA SILVA NF-14
1042777 ERICA CASTELO DOS SANTOS NS-16
1367862 ERICA CRISTINA DA SILVA GOMES NS-39
1334042 ERICA DA PAIXAO COSTA NS-21
1319213 ERICA DA SILVA GOMES HATAKEYAMA NF-05
1219120 ERICA DA SILVA ROSA ND -02
Documento recebido eletronicamente da origem

1265210 ERICA DE FATIMA DE OLIVEIRA SIQUEIRA ND -08


1276662 ERICA GUILHERME DE JESUS ND -30
1065637 ERICA RODRIGUES MARINS PERIM NS-34
1352571 ERICA SANTOS DINIZ DE ALENCAR NS-37
1308149 ERICK ALAN MOREIRA FERREIRA NS-51
1053310 ERICK DE SOUSA MARTINEZ NF-15
1189417 ERIKA PACHECO DA SILVA DA LUZ ND -08
1050125 ERNANE CONCEICAO DA SILVA ND -09
1342789 ERNESTO LUIZ MATEUS DE PAULA JUNIOR ND -14
1336720 ESEQUIEL DE SOUZA NS-54
14/43