Você está na página 1de 6

AULA 7

Equações Trigonométricas
Toda equação é caracterizada por uma igualdade e, ao menos, uma incógnita,
com uma solução possível. No caso da equação trigonométrica haverá uma ou
mais funções trigonométricas da incógnita (seno, cosseno ou tangente); com um
conjunto de possíveis soluções.

O arquiteto Oscar Niemeyer não teria conseguido desenvolver


seu trabalho sem o cálculo de equações trigonométricas

Catedral de Brasília

Obras de arquitetura & Equações trigonométricas

Oscar Niemeyer (1907-2012), famoso arquiteto brasileiro, desenvolveu o planejamento ar-


quitetônico de vários prédios de Brasília. Possui mais de 600 projetos em todo o mundo. É um
dos maiores representantes da arquitetura moderna da história. Tem como característica principal
o uso do concreto armado em suas construções, imprimindo um estilo inconfundível. As obras de
arquitetura de Oscar Niemeyer são caracterizadas por curvas e arcos. Sem dúvida, este profissio-
nal internacionalmente reconhecido, teve que calcular inúmeras equações trigonométricas para
desenhar seus projetos, antes de sua execução.
Assim como Niemeyer, todos os arquitetos utilizam a trigonometria em seu trabalho diário. Trata-
se de uma área que trabalha com estruturas tridimensionais em construções que requerem conheci-
mentos de trigonometria. As funções trigonométricas mais importantes para a arquitetura são senos,
cossenos e tangentes, usadas no cálculo de cargas estruturais, inclinações de telhados, superfícies
de terrenos e muitos outros aspectos, incluindo a sombra do sol e ângulos de luz. As equações trigo-
nométricas aplicadas à arquitetura tornam o design das construções mais seguro e preciso.

Matemática 3 - Aula 7 77 Instituto Universal Brasileiro


Equações trigonométricas
Resolução de equações Aplicando a Função Inversa
trigonométricas É um tipo de resolução que a respos-
Nesta aula aprenderemos a resol- ta é imediata, pois consiste em acharmos
ver equações trigonométricas, utilizando o o arco invertendo a sua função trigonomé-
método da equação inversa e redução a trica. Portanto, apesar de dedutível, para
uma única função. A equação trigonomé- descobrir esse resultado utilizaremos a
trica consiste em determinarmos o valor de função inversa.
uma (ou mais) incógnita(s), denominando a As funções inversas das equações tri-
solução da equação. gonométricas são:
Uma equação tem como característi-
ca a presença de uma incógnita (x) da qual
sen x = a x = arc sen a
pretendemos descobrir o valor.

2x + 5 = 11 cos x = a x = arc cos a

Agora, para ser uma Equação trigonomé- tg x = a x = arc tg a


trica, a equação terá uma ou mais funções tri-
gonométricas. Veja:

sen x + cos x = 0 Exemplo


ou
tg x = 1 sen x = 1

Cada uma das equações trigonométricas Obs.: Sabemos por meio do círculo tri-
acima tem uma forma de resolver, isso porque gonométrico, visto nas aulas anteriores, que
não existe um método estabelecido para a o sen 90° é igual a 1, portanto, podemos de-
sua resolução. Para auxiliar nesse processo, duzir que o valor de x é 90°.
estudaremos alguns tipos de aplicações para No entanto, podemos utilizar a função
resolver as equações trigonométricas. inversa para calcular o arc sen x, ou seja:

sen x = 1 x = arc sen 1

x=π
2

Podemos deduzir o valor de x, uti- Sabemos que o arco cujo seno é igual a 1
lizando os valores da tabela dos ângulos é o arco π
notáveis: 2
Portanto, para que o valor do seno seja 1, o
arco só pode ser π , porém considerando todos
30º 45º 60º 2
1 2 3 π
os côngruos de , temos:
Seno 2 2 2 2
3 2 1
Cosseno 2 2
S = {x ∈ IR | x = π + 2kπ, k ∈ Z}
2
3 1 3 2
Tangente 3

Matemática 3 - Aula 7 78 Instituto Universal Brasileiro


até mesmo a tangente. Nesse caso, precisa-
mos reduzir para uma única função. Para isso
são aplicadas as relações fundamentais entre
as funções trigonométricas.
Em radianos o π é igual a 180°,
conforme visto nas aulas anteriores. Exemplo
Portanto, o valor em graus de π é 90°.
2 Vamos resolver a seguinte equação:

sen x + cos x = 1
O que são arcos côngruos?
Veja que nesse caso temos 2 fun-
Sabemos que um círculo tem 360°.
ções trigonométricas, o seno (sen x) e o
cosseno (cos x).
Para reduzirmos a uma única fun-
ção, vamos utilizar a Relação Funda-
mental da Trigonometria:

sen2 x + cos2 x = 1

Então isolamos o cos x:

sen2 x + cos2 x = 1

Mas quanto seria o seno de 1530°, se


cos2 x = 1 - sen2 x
o círculo tem apenas 360°? Como vimos na
aula anterior, podemos verificar a qual ângulo cos x = + 1 - sen2 x
corresponde o 1530°, dividindo-o por 360°.
Agora, substituiremos o cos x por
+ 1 - sen2 x , veja:
1530 360
1440 4 sen x + cos x = 1
90
sen x + (+ 1 - sen2 x) = 1 ou
Assim, percebemos que, o ângulo
1530° é o mesmo que dar 4 voltas no sen x + 1 - sen2 x = 1
círculo e parar exatamente no 90°, que
foi o resto da divisão. Portanto, os ângu- + 1 - sen2 x = 1 - sen x
los 1530° e 90° são ângulos côngruos,
pois tem os mesmos valores para as fun- (Elevando ambos os membros ao quadrado)
ções trigonométricas. Assim, se o valor (+ 1 - sen2 x)2 = (1 - sen x)2
do sen 90º = 1 o valor do sen 1530º = 1.
1 - sen2 x = 12 - 2 .1 . sen x + sen2 x

1 - sen2 x = 1 - 2 sen x + sen2x


Reduzindo a equação trigonométrica
para uma única função
- sen2 x - sen2 x = 1 - 2 sen x - 1
Em uma equação trigonométrica, pode
acontecer de ter mais de uma função, ou seja, - 2 sen2 x = - 2 sen x
na mesma equação ter o seno e o cosseno e
Matemática 3 - Aula 7 79 Instituto Universal Brasileiro
(Dividindo ambos os membros por - 2 sen x) cosseno e até mesmo a tangente. Nesse caso,
precisamos reduzir para uma única função.
- 2 sen2 x = - 2 sen x
Para reduzirmos a uma única função,
- 2 sen x - 2 sen x
vamos utilizar a Relação Fundamental da
sen x = 1 x = arc sen 1 Trigonometria:
x = π + 2 kπ sen2 x + cos2 x = 1
2

S = {x ∈ IR | x = π + 2kπ, k ∈ Z}
2

1. Qual o valor de x para a equação tri-


gonométrica sen x - 1?

Equações trigonométricas a) ( ) S = {x ∈ IR | x = π/2 + 2kπ, k ∈ Z}


b) ( ) S = {x ∈ IR | x = π + 2kπ, k ∈ Z}
A equação trigonométrica consiste em c) ( ) S = {x ∈ IR | x = 3π/2 + 2kπ, k ∈ Z}
determinarmos o valor de uma (ou mais) incóg-
d) ( ) S = {x ∈ IR | x = 2π + 2kπ, k ∈ Z}
nita(s), denominando a solução da equação.

Resolução de equações 2. Qual o valor de x para a equação tri-


trigonométricas gonométrica tg2x -1 = 0

Para ser uma Equação trigonométrica, a) ( ) S = {x ∈ IR | x = 3π/2 + 2kπ, k ∈ Z}


a equação terá uma ou mais funções trigo- b) ( ) S = {x ∈ IR | x = π + 2kπ, k ∈ Z}
nométrica. Veja: c) ( ) S = {x ∈ IR | x = +π/4 + kπ, k ∈ Z}
d) ( ) S = {x ∈ IR | x = 2π + 2kπ, k ∈ Z}
sen x + cos x = 0
ou 3. Qual o valor de x para a equação
tg x = 1
trigonométrica cos2x = 1?
Aplicando a Função Inversa
a) ( ) S = {x ∈ IR | x = 3π/2 + 2kπ, k ∈ Z}
A função inversa das equações trigo- b) ( ) S = 0
nométricas são: c) ( ) S = {x ∈ IR | x = +π/4 + kπ, k ∈ Z}
d) ( ) S = {x ∈ IR | x = 2kπ ou x= π +
sen x = a x = arc sen a 2kπ, k ∈ Z}

4. (UNICAMP – 2014) Seja x real tal que


cos x = a x = arc cos a cos x = tg x. O valor de sen x é?

tg x = a x = arc tg a a) ( ) 3 - 1
2
Reduzindo a equação trigonométrica b) ( ) 1 - 3
para uma única função
2
c) ( ) 5 - 1
Pode acontecer de ter mais de uma fun- 2
ção, ou seja, na mesma equação ter o seno e o d) ( ) 1+ 5
2
Matemática 3 - Aula 7 80 Instituto Universal Brasileiro
Veja:
tg2x - 1 = 0 tg2x = 0 + 1

tg2x =1 tg x = + 1

1. a) ( x ) π tg x = + 1
2
Comentário. Nesse exercício podemos Agora podemos aplicar a função inversa:
utilizar a função inversa. Veja:
sen x = 1 x = arc tg 1
x = arc sen1 tg x = + 1 Ou
x = arc tg (-1)
Então, x é um valor cujo o seno é 1.
Olhando para o círculo trigonométrico, Então, o valor de x é um arco que tem
vemos que o único ângulo que tem como como valor de tangente 1 ou -1.
seno o número 1 é o 90°: Utilizando a tabela dos ângulos funda-
mentais, verificamos que um ângulo tem o va-
lor da tangente 1.
seno
90º
1 30º 45º 60º
135º 45º
1 2 3
Seno 2 2 2
3 2 1
Cosseno 2 2 2
180º 0º
-1 0 1 cosseno 3 1 3
Tangente 3

Portanto, o único ângulo cujo valor


225º -1
315º da tangente é 1 é o 45°, que em radianos
270º
corresponde a π/4. Porém, o valor é tanto 1
quanto -1, repare no círculo trigonométrico os
ângulos côngruos:
Agora é necessário converter o 90° para eixo das
radianos (π). tangentes
Como em radianos π = 180º, então π +1
3π ou π +π
90° = π/2. 4 4
4
No entanto, podemos dar várias voltas
no círculo trigonométrico e parar no mesmo
0
ponto, que ainda teria o seno igual a 1.
Então,
π +π
S = {x ∈ IR | x = π/4 + 2kπ, k ∈ Z} 4 π
-1
4

portanto alternativa a está correta.


tg x = 1 x = π + kx
4
2. c) ( x ) S = {x ∈ IR | x = +π/4 + kπ, k ∈ Z}
tg x = -1 x = π + kx
4
Comentário. Da mesma forma que o Sendo assim, o conjunto
exercício anterior, nesse caso também será S = {x ∈ IR | x = +π/4 + kπ, k ∈ Z},
usada a função inversa. alternativa c.
Mas antes, precisaremos isolar a tg2x.
Matemática 3 - Aula 7 81 Instituto Universal Brasileiro
3. d) ( x ) S = {x ∈ IR | x = 2kπ ou x = π + equação a uma única função.
2kπ, k ∈ Z} Se olharmos para a Relação Fundamen-
tal da Trigonometria
Comentário. Neste exercício também Procedimento 2:
aplicaremos a regra da função inversa.
Veja: sen2 x + cos2 x = 1

cos2x = 1 cos x = + 1 cos x = +1


Podemos isolar o cos2 x:
x = arc cos 1
sen2 x + cos2 x = 1
x = arc cos (-1)
cos2 x = 1 - sen2
Então, nesse caso o x é um ângulo cujo
o cosseno é 1. Assim, substituímos na equação do proce-
No círculo trigonométrico temos dois dimento 1 o valor do cos2 x do procedimento 2:
pontos que satisfazem essa condição:
cos2 x = sen x
1 - sen2 x = sen x
sen2 x + sen x - 1 = 0

Agora temos uma equação do 2º grau.


π 0 = 2π
eixo dos Se substituirmos sen x por X teremos:
-1 1
cossenos
X2 + X - 1 = 0

Onde,

cos x = 1 x = arc cos 1 A=1 B=1 C=-1


x = 0 + 2 kπ x = 2kπ
Aplicando a fórmula de Báskara:
cos x = -1 x = arc cos (-1)
x = π +2kπ ∆ = B2 - 4 . A . C
Portanto: ∆ = 12 - 4 . 1 - 1
S = {x ∈ IR | x = 2kπ ou x= π + 2kπ, k ∈ Z} ∆=1+4
∆=5

4. c) ( x ) 5 + 1 x=-B+ ∆
2 2.A
Comentário. Antes de começarmos a x= -1+ 5
resolver esse exercício, precisamos substituir 2
o tg x, pois tg x = sen x x= -1+ 5
cos x 2.1
x= -1- 5
Então: 2
(inviável por ser negativo)
Procedimento 1:
cos x = tg x Lembrando que X é sen x, então
cos x = sen x sen x = - 1 + 5
cos x
2
cos x = sen x
2

alternativa c.
Agora, após substituído, vamos reduzir a
Matemática 3 - Aula 7 82 Instituto Universal Brasileiro