Você está na página 1de 8

AULA 2 Acentuação

A língua falada é mais natural. A escrita usa símbolos estabelecidos por


uma convenção social, por isso é preciso aprender a escrever a língua que
se fala, por meio de regras oficiais e associações lógicas. A acentuação ou
não das palavras é um dos tópicos dessa convenção.

Como melhorar a escrita?

Pequenos passos podem provocar grandes mudanças

Daphne Gray-Grant, especialista norte-americana em educação, analisou as frequentes per-


guntas dos estudantes sobre como melhorar a escrita. Para responder a essas questões, Daphne
reuniu algumas dicas motivacionais do livro Um pequeno passo pode mudar sua vida, do psicólogo,
também norte-americano, Robert Maurer.
O livro apresenta a técnica japonesa de alcançar sucesso duradouro através de passos pe-
quenos e firmes. Esses passos contribuem para a criação de ligações entre os neurônios, de modo
que o cérebro assume o processo de mudança. A sugestão da especialista é começar por detalhes
pequenos.
Essa teoria pode ser aplicada à prática da escrita correta. Pequenos passos podem provocar
grandes mudanças. Por exemplo: Você tem dúvidas sobre a acentuação? Utilize todas as regras
apresentadas nesta aula e ponha em prática as seguintes propostas:

1. Leia um texto do cotidiano (receita, propaganda, bula, livro, revista, jornal) e selecione
uma palavra que leva acento. Descontados os sábados, domingos, feriados e as férias, serão
20 palavras por mês, mais de 200 por ano.
2. Verifique em que posição está colocado o acento e monte pequenos grupos, associan-
do as palavras semelhantes quanto à acentuação.

Esses pequenos passos podem ser decisivos na conquista de uma escrita mais correta e eficiente.

Português 3 - Aula 2 17 Instituto Universal Brasileiro


Acentuação
O processo simbólico da escrita Pode evidenciar, também, o timbre da
vogal, como acontece, por exemplo, no vocá-
A escrita é um processo simbólico que bulo português, no qual o acento vem mos-
possibilitou ao homem expandir mensagens trar a sílaba tônica (pronúncia mais forte) e
que se manteriam inalteradas por séculos e ressaltar o timbre da vogal /ê/, que, no caso,
que poderiam ser proferidas a quilômetros de é fechada.
distância. Toda comunidade humana possui
uma língua falada considerada natural. O de-
Acentos
senvolvimento e adoção de sistemas escritos
representativos ocorrem de forma aleatória. Há, na linguagem escrita, três tipos de
Porém todos os sistemas requerem a refe- acento:
rência de uma língua falada e um conjunto de • Agudo ( ´ ): usado na sílaba tônica
símbolos e regras que permitam a organiza- aberta da palavra.
ção dos caracteres escritos. Um exemplo é a • Circunflexo ( ^ ): indica que a sílaba é
nossa língua portuguesa. tônica e fechada.
• Grave ( ` ): usado somente para indicar
crase; não indica tonicidade.

O trema. Hoje, segundo o acordo orto-


gráfico, o trema foi totalmente suprimido de
palavras portuguesas, bem como das aportu-
guesadas. Lembremo-nos sempre de que o
trema não é um acento e sim um sinal gráfico,
O estudo da Ortografia Oficial está di- apesar de estar na sequência da acentuação
no acordo ortográfico. Este sinal é chama-
vidido em diversos tópicos todos igualmente
do de diérese, que significa a separação de
importantes. Que tal começarmos pela acen- duas vogais adjacentes em sílabas diferen-
tuação gráfica? tes. Mesmo sem o sinal, pronúncia continua a
mesma. O trema continua sendo usado ape-
nas em nomes próprios estrangeiros e seus
Acentuação gráfica derivados: Müller, mülleriano; Bündchen e as-
A acentuação gráfica, na língua portu- sim por diante.
guesa, é essencialmente tônica, isto é, seu
fim é indicar, de modo geral, a sílaba tônica.

Denominam-se notações léxicas a


certos sinais gráficos, que juntamos às letras.
Além do trema e dos acentos acima mencio-
nados, são notações léxicas: o til (~), a cedi-
lha (ç), o apóstrofo (') e o hífen (-).

Português 3 - Aula 2 18 Instituto Universal Brasileiro


Fonemas gais) pronunciados de uma só vez. Exemplos:
Paraguai (Pa-ra-guai), saguão (/sa-guão).

Sílaba
Vamos recordar o conceito de sílaba.
Pronunciemos a palavra alface. Notamos que
sua pronúncia se realiza em três prolações:
al-fa-ce. Cada uma destas prolações é uma
sílaba. Portanto, sílaba é a porção de vocábu-
lo que pronunciamos de uma só vez.
A sílaba pode ser constituída de uma só
Fonemas são os elementos sonoros vogal, como é o caso da sílaba a, em amigo;
que formam as palavras. Assim, na palavra pode ser uma vogal acompanhada de con-
peixe, os fonemas são /peixe/. soante (como as sílabas mi e go). Pode apre-
Quando apenas escritos, os fonemas sentar-se constituída, ainda, por um grupo de
chamam-se letras. Os fonemas dividem-se sons, isto é, um ditongo (au - ro - ra), ditongo
em vogais e consoantes. Em nosso alfabeto, precedido de consoante (sau - da - de) etc.
temos as vogais: a, e, i, o, u; e as consoan- Nunca urna consoante, sozinha, pode
tes: b, c, d, f, g, h, j, k, l, m, n, p, q, r, s, t, v, constituir sílaba, em nossa língua; não há,
x, w, y, z. pois, sílabas sem vogal.
Além de vogais e consoantes, há uma
terceira espécie de fonema, que são as semi-
vogais. Trata-se do /i/ e do /u/, quando apa- Classificação das palavras quanto
recem acompanhados de vogal, como, por ao número de sílabas
exemplo, em: foi, causa. Quanto ao número de sílabas, as pala-
vras classificam-se, como sabemos, em mo-
nossílabas, dissílabas, trissílabas e polis-
Grupos Vocálicos
sílabas, conforme tenham uma, duas, três ou
As vogais podem vir agrupadas, forman- mais sílabas, respectivamente. A sílaba pode,
do os grupos vocálicos. Esses grupos vo- ainda, ser classificada em tônica, ou átona,
cálicos recebem o nome de ditongo, hiato e quanto à sua intensidade. Assim, a sílaba fé,
tritongo. da palavra café, é tônica, por ser a de pro-
• Ditongo. É o conjunto de uma vogal núncia mais acentuada; a sílaba ca é átona
e uma semivogal, pronunciadas de uma só (pronúncia menos acentuada).
vez. O ditongo divide-se em crescente e de- • Monossílabas: formadas por uma síla-
crescente. O ditongo é crescente, quando ba (pé, pai, ar)
formado de uma semivogal seguida de uma • Dissílabas: formadas por duas sílabas
vogal. Exemplos: silêncio (si-lên-cio). O di- (café, amor)
tongo é decrescente, quando, ao contrário, • Trissílabas: formadas por três sílabas
se forma de uma vogal seguida de uma semi- (caneta, sábado)
vogal. Exemplos: perdeu (per-deu). Os diton- • Polissílabas: formadas por quatro ou
gos ainda são classificados em oral e nasal. mais sílabas (automático)
Exemplos: foi (oral); não (nasal).
• Hiato. É o grupo formado por duas
vogais pronunciadas separadamente. Exem- Classificação das palavras quanto
plos: hiato (hi-a-to), caatinga (ca-a-tin-ga), à posição da sílaba tônica
caí (ca-í). A palavra, quanto ao acento tônico, pode
• Tritongo. É o grupo formado de três fo- ser oxítona (Ceará), paroxítona (intercâm-
nemas (uma vogal ladeada por duas semivo- bio) e proparoxítona (sábado), conforme a
Português 3 - Aula 2 19 Instituto Universal Brasileiro
sílaba tônica seja a última, penúltima e ante-
penúltima. Esta classificação se refere apenas
às palavras de duas ou mais sílabas.

E os oxítonos terminados em i e u?

• Oxítona: última sílaba tônica (Brasil, Não se devem acentuar os oxítonos


Ceará, café, abacaxi, caju). terminados em i, is, u, us, pois nossa
• Paroxítona: penúltima sílaba tônica tendência é pronunciá-los corretamente.
(alicate, tesoura, cordeiro, intercâmbio). Exemplos: caju, abacaxi, bambus.
• Proparoxítona: antepenúltima sílaba
tônica (sábado, árvore, melódico, lâmpada). Acentuação dos paroxítonos

Monossílabos (apenas uma sílaba) Acentuam-se os paroxítonos, com acen-


classificam-se, quanto ao acento tônico, to agudo ou circunflexo, conforme a vogal seja
em átonos ou tônicos. Os monossílabos aberta ou fechada, nos seguintes casos:
são átonos quando sua pronúncia é fra- • Terminados em ditongo crescente: si-
ca, apoiando-se na tônica da palavra que lêncio, sábio, planície, trégua, água, ânsia.
os precede ou sucede. Ao contrário, os • Terminados em i, is, u, us, um, uns.
tônicos são fortes e, portanto, possuem Exemplos: júri, júris, bônus, vírus, álbuns,
independência fonética. fórum.
• Terminados em l, n, r, x, ps. Exemplos:
difícil, pólen, revólver, látex, bíceps.
Regras Gerais de Acentuação • Terminados nos ditongos ei, eis: jóquei,
jóqueis, úteis.
Acentuação dos monossílabos • Terminam em ã, ãs, ão, ãos: ímã, ímãs,
órgão, órgãos.
A acentuação gráfica, neste caso, tem
por fim preservar a tonicidade dos monossíla-
bos. Devem-se acentuar os monossílabos tô-
nicos terminados em a, e, o, seguidos ou não
de s. Exemplos: má, más, ré, fé, dê, dês, nó,
nós. Os paroxítonos com ditongos
abertos ei e oi não levam acento
Acentuação dos oxítonos
Os vocábulos cuja tonicidade recai
Acentuam-se, com o acento convenien- na penúltima sílaba (paroxítonos), os di-
te, os oxítonos: tongos abertos ei e oi que eram acentua-
• Terminados em a, e, o, seguidos ou dos, não são mais. Este fato é justificado
não de s: será, vatapás, pajé, avô, avós. na existência de oscilação entre a abertu-
ra e fechamento na articulação de pala-
Observação. Nesta regra incluem-se
as formas verbais: cortá-los, esquecê-lo, vras como assembleia, ideia, jiboia, pro-
compô-lo. teico, heroico etc., em comparação com:
cadeia, cheia, apoio, baleia, dezoito,
• Terminados em em, ens (palavras de etc. Porém, o acento agudo permanece
duas ou mais sílabas): armazém, armazéns, nas oxítonas (vocábulos cuja tonicidade
porém, também. incide na última sílaba) e nos monossíla-
• Terminados em éis, eu, eus, ói, óis: bos tônicos com ditongos abertos -éi, -éu
infiéis, mausoléu, constrói, destróis.
Português 3 - Aula 2 20 Instituto Universal Brasileiro
ou -ói, seguidos ou não de s: papéis, he-
rói, remói, anéis, ilhéus, chapéu etc.

Acentuação dos proparoxítonos


Casos em que o acento
Regra geral: todos os vocábulos propa- diferencial é opcional
roxítonos são acentuados graficamente na vo-
gal tônica, ou seja, na antepenúltima sílaba. Acento diferencial do pretérito: fôr-
• O acento será agudo, se a vogal tônica ma (substantivo) de forma (substantivo
aberta for i, u, ou a, e, o: místico, música, e verbo).
áspero, ópera.
• O acento será circunflexo, se a vogal tô- Acentuação dos hiatos
nica for fechada ou vier nasalada por um m ou
n depois de si: pêssego, lâmpada, pêndulo. • O i e u tônicos, que formam hiato, se-
rão acentuados, evitando a tendência da lín-
Acentuação diferencial gua de pronunciar com ditongos os grupos
vocálicos. Exemplos: ca-í, ba-ú, ba-la-ús-tre,
Antes da última Reforma Ortográfica, al- sa-ú-de.
gumas formas verbais já eram grafadas com • O i e u tônicos não serão acentuados,
acentos para se diferenciar de outras. Hoje, quando seguidos de nh ou de l, m, n, r ou
o acento ainda permanece para estabelecer- z, finais de sílabas. Exemplos: rainha, ventoi-
mos essa mesma diferenciação. Vamos co- nha, adail, contribuinte, juiz, paul, retribuir-
nhecê-las? des, ruim.
• Formas verbais pôde e pode. Pôde é
a forma do pretérito perfeito do indicativo do Nota. Entretanto, se estas consoan-
verbo poder. Pode é a forma do presente do tes iniciarem sílaba, os hiatos serão assi-
indicativo. Exemplos: O ladrão pôde fugir. nalados. Exemplos: raízes, caíres, reúne.
(pretérito perfeito) / O ladrão pode fugir. (pre-
sente do indicativo). • Não se acentuam o i e u tônicos dos
• A preposição por e o verbo pôr. O hiatos, quando estas vogais se ditongam com
verbo pôr permanece acentuado justamente a vogal seguinte. Exemplos: saiu (sa-iu); caiu
para se distinguir da preposição por. Exem- (ca-iu), pauis (pa-uis); atribuiu (atribu-iu).
plos: Você deve pôr o livro aqui. (verbo) / Não
vá por aí! (preposição).
• Verbos ter e vir. As formas relaciona-
das a terceira pessoa do plural são acentua-
das para se diferenciar da terceira pessoa do
singular, quando estiverem conjugadas no Foram eliminados os acentos circun-
presente do indicativo: ele tem – eles têm / flexos dos hiatos com vogais repetidas,
ele vem – eles vêm. como em: voo, perdoo, leem, creem.
• Verbos conter, obter, reter e convir.
Acentua-se as formas verbais relativas à ter-
ceira pessoa do plural do presente do indica- Acento grave (`) nas contrações (crase)
tivo (todas elas recebem acento circunflexo)
para se diferenciar da terceira pessoa do sin- Usa-se acento grave para indicar a fu-
gular, a qual recebe acento agudo: ele obtém são da preposição a, com os artigos a, as, re-
– eles obtêm / ele retém – eles retêm / ele sultando em à, às. E com os demonstrativos
convém – eles convêm / ele contém – eles aquele(s), aquela(s), aquilo, os quais se es-
contêm. creverão: àquele(s), àquela(s), àquilo.
Português 3 - Aula 2 21 Instituto Universal Brasileiro
● a, e, o, seguidos ou não de s: será,
vatapás, pajé, avô, avós.
● em, ens (palavras de duas ou mais síla-
bas): armazém, armazéns, porém, também.
● éis, eu, eus, ói, óis: infiéis, mauso-
Ortografia & Acentuação léu, constrói, destróis.

O processo simbólico da escrita ► Acentuação dos paroxítonos ter-


minados em:
Todos os sistemas requerem a referên- ● Ditongo crescente: silêncio, sábio,
cia de uma língua falada e um conjunto de planície, trégua, água, ânsia.
símbolos e regras que permitam a organiza- ● i, is, u, us, um, uns. Exemplos: júri,
ção dos caracteres escritos. Um exemplo é a júris, bônus, vírus, álbuns, fórum.
nossa língua portuguesa. O estudo da Orto- ● l, n, r, x, ps. Exemplos: difícil, pólen,
grafia Oficial está dividido em diversos tópicos revólver, látex, bíceps.
todos igualmente importantes. Que tal come- ● ditongos ei, eis. Ex.: jóquei, jóqueis,
çarmos pela acentuação gráfica? úteis.
● ã, ãs, ão, aos. Ex.: ímã, ímãs, órgão,
Acentuação gráfica órgãos.
Os paroxítonos com ditongos abertos
A acentuação gráfica, na língua portu- ei e oi não levam acento como assembleia,
guesa, é essencialmente tônica. ideia, jiboia, proteico, heroico etc.
Acentos. Há, na linguagem escrita, três
tipos de acento: ► Acentuação dos proparoxítonos
• Agudo ( ´ ): usado na sílaba tônica Regra geral: todos os vocábulos proparo-
aberta da palavra. xítonos são acentuados graficamente na vogal
• Circunflexo ( ^ ): indica que a sílaba é tônica, ou seja, na antepenúltima sílaba.
tônica e fechada.
• Grave ( ` ): usado somente para indi- ► Acentuação diferencial
car crase; não indica tonicidade. ● Formas verbais pôde e pode.
● A preposição por e o verbo pôr.
Classificação das palavras quanto ● Verbos ter e vir singular e plural (ele
à posição da sílaba tônica tem – eles têm / ele vem – eles vêm)
● Verbos conter, obter, reter e convir
• Oxítona: última sílaba tônica (Brasil, singular e plural (ele obtém – eles obtêm / ele
Ceará, café, abacaxi, caju) retém – eles retêm / ele convém – eles con-
• Paroxítona: penúltima sílaba tônica vêm / ele contém – eles contêm)
(alicate, tesoura, cordeiro, intercâmbio)
• Proparoxítona: antepenúltima sílaba ► Acentuação dos hiatos
tônica (sábado, árvore, melódico, lâmpada) ● i e u tônicos. Exemplos: ca-í, ba-ú, ba-
Monossílabos (apenas uma sílaba) -la-ús-tre, sa-ú-de.
classificam-se, quanto ao acento tônico, em ● i e u tônicos não serão acentuados,
átonos ou tônicos. quando seguidos de nh ou de l, m, n, r ou z,
finais de sílabas. Exemplos: rainha, ventoinha,
Regras Gerais de Acentuação adail, contribuinte, juiz, paul, retribuirdes, ruim.

► Acentuação dos monossílabos ► Acento grave (`) nas contrações


Devem-se acentuar os monossílabos tôni- (crase)
cos terminados em a, e, o, seguidos ou não de Usa-se acento grave para indicar a fu-
s. Exemplos: má, más, ré, fé, dê, dês, nó, nós. são da preposição a, com os artigos a, as, re-
sultando em à, às. E com os demonstrativos
► Acentuação dos oxítonos termina- aquele(s), aquela(s), aquilo, os quais se es-
dos em: creverão: àquele(s), àquela(s), àquilo.

Português 3 - Aula 2 22 Instituto Universal Brasileiro


c) ( ) ortográficos, colégios, egípcios,
língua.
d) ( ) básicos, difícil, colégios, língua.

5. (CEASA/MG) Assinale a alternativa


1. Assinale com um (x), a alternativa que que apresenta a palavra corretamente acen-
apresenta alguma palavra com erro de acen- tuada:
tuação.
a) ( ) Eles intervém em medidas con-
a) ( ) alvará, alguém, dó, três, você. cretas.
b) ( ) ímã, fórceps, jóquei, pátio. b) ( ) Não vou pôr este livro na estante.
c) ( ) rubrica, fusível, órgão, vicio, vício. c) ( ) Ele vêm com outras ideias a res-
d) ( ) nóbel, crisântemo, projétil, gratui- peito desse assunto.
to, látex. d) ( ) O prefeito sempre mantêm a pa-
lavra.
2. Analise a acentuação dos termos de
cada período abaixo e, de acordo com as re- 6. (PUCCAMP) Assinale a série em
gras de acentuação gráfica, coloque (c) para que todos os vocábulos estão escritos de
correto e (i) para incorreto. Depois, escolha a acordo com as normas vigentes de acentua-
alternativa correta. ção gráfica:

( ) Elas vêm às dez horas; ele vem às 11. a) ( ) ítem, juízes, juri, córtex, magoo
( ) Ele lê bem, mas eles leem mal. b) ( ) Luís, vírus, eletron, tórax, espírito
( ) Nenhum juiz desta cidade conhece c) ( ) espontâneo, táxi, rúbrica, bên-
os juizes da região; ção, apazigue
( ) Foi ótima a ideia de comprar os d) ( ) através, intuito, álbuns, varíola,
aneis de formatura. sauna.

a) ( ) c – i – c – c 7. Observe as palavras abaixo:


b) ( ) i – c – i – i
África – fóssil – método – possível
c) ( ) c – c – i – i
José – coração – álbum – tórax
d) ( ) i – c – i – c
cajá – armazém – lâmpada

3. Todas as paroxitonas a seguir devem De acordo com as regras de acentua-


ser acentuadas graficamente, exceto: ção, analise as afirmativas abaixo e escolha a
alternativa correta:
a) ( ) tribuna
b) ( ) biquini I - São proparoxítonas as palavras: Áfri-
c) ( ) dolar ca, método, lâmpada, possível.
d) ( ) virus II - São paroxítonas as palavras: fóssil,
possível, álbum, tórax.
4. (Unifenas – MG) A mesma regra de III - São oxítonas as palavras: José, co-
acentuação que vale para rápida (antepenúl- ração, cajá, armazém.
tima sílaba forte – proparoxítona: todas são
acentuadas), vale também para: a) ( ) Somente a afirmativa I está correta.
b) ( ) Somente a afirmativa I está incor-
a) ( ) mutável, estaríamos, vírgula, ad- reta.
missíveis. c) ( ) As afirmativas I e III estão corretas.
b) ( ) vírgula, simbólica, símbolo, hieró- d) ( ) Todas as alternativas estão incor-
glifos. retas.
Português 3 - Aula 2 23 Instituto Universal Brasileiro
4. b) ( x ) vírgula, simbólica, símbolo, hie-
róglifos.
Comentário. Somente a alternativa b apre-
senta todas as palavras proparoxítonas. De acor-
do com a regra de acentuação, todas as palavras
proparoxítonas são acentuadas graficamente.
1. d) ( x ) nóbel, crisântemo, projétil, gra- Nas outras alternativas, aparecem também pala-
tuito, látex. vras paroxítonas, acentuadas por outras regras,
Comentário. Das palavras que aparecem como é o caso de: admissíveis, na alternativa a;
nas alternativas, a única incorreta, de acordo com colégios, egípcios e língua, na alternativa c; difícil,
as regras de acentuação, é a palavra nobel. Trata- colégios e línguas, na alternativa d.
se de uma palavra oxítona (bel é a sílaba mais for-
te) e não paroxítona. Portanto, não recebe acento. 5. b) ( x ) Não vou pôr este livro na es-
São acentuadas as oxítonas terminadas em -a, -e, tante.
-o, -em (seguidas ou não de s). No Brasil, há uma Comentário. A única alternativa correta é a
tendência de transformar a palavra em paroxítona b porque usamos acento diferencial em pôr (verbo),
acentuada, o que consiste em um erro de prosódia diferente de por (preposição). As demais alternativas
– pronúncia ressaltando a sílaba tônica incorreta. apresentam inversões no uso ou não de acento indi-
cativo de plural ou singular. Na alternativa a o corre-
2. c) ( x ) c – c – i – i to seria: Eles intervêm (plural). Na alternativa c, Ele
Comentário. De acordo com as regras de vem (sem acento no singular). Na alternativa d, O
acentuação todas as palavras dos dois primeiros prefeito sempre mantém (singular). Lembre-se: ver-
períodos estão corretas: Elas vêm (é acentuada a bo ter: tem (3ª pessoa do singular), têm (3ª pessoa do
terceira pessoa do plural); ele vem (terceira pes- plural); derivados do verbo ter: 3ª pessoa do singular,
soa do singular vem sem acento); Ele lê (monos- acento agudo (mantém); 3ª pessoa do plural, acento
sílabo tônico terminado em e leva acento); eles circunflexo (mantêm); verbo vir: vem (3ª pessoa do
leem (conforme o acordo ortográfico, o primeiro singular), vêm (3ª pessoa do plural); derivados do ver-
e tônico do hiato ee, não é mais acentuado grafi- bo vir: 3ª pessoa do singular, acento agudo (provém);
camente.). No terceiro período, a palavra juiz está 3ª pessoa do plural, acento circunflexo (provêm).
escrita corretamente. Já a palavra ju-í-zes, deve
ser acentuada graficamente, pois a letra i quando 6. d) ( x ) através, intuito, álbuns, varío-
em hiato, é acentuada desde que esta letra seja la, sauna.
precedida por vogal e que esteja isolada em uma Comentário. Na alternativa d, todas as pa-
sílaba (somente o i). No quarto período, a palavra lavras estão acentuadas corretamente: a-tra-vés
a-néis deve ser acentuada graficamente, pois os (oxítona terminada em es); in-tui-to (paroxítona);
ditongos abertos quando em palavras oxítonas e ál-buns (paroxítona terminada em uns); va-rí-o-la
monossílabos tônicos são acentuados. (proparoxítonas: todas são acentuadas); sau-na
(paroxítona). Corrigindo as palavras que aparece-
3. a) ( x ) tribuna ram com erros de acentuação nas alternativas a
Comentário. A palavra tri-bu-na é paroxí- item, júri; b elétron; e c rubrica (palavra paroxíto-
tona, porém terminada em a. Não há regra que na: sem acento). No Brasil, é comum a pronúncia
acentue paroxítonas com essa terminação. Já as incorreta de rubrica, com a tendência de transfor-
palavras biquíni, dólar e vírus são paroxítonas má-la erroneamente em proparoxítona acentuada.
e são acentuadas de acordo com as terminações
pertinentes à regra. 7. b) ( x ) Somente a afirmativa I está in-
Relembre: acentuam-se as palavras paroxí- correta.
tonas (quando a penúltima sílaba é a sílaba tôni- Comentário. Somente a afirmativa I está in-
ca) terminadas em: i, is: táxi – lápis – júri - biquíni; correta: a palavra possível não é proparoxítona. Pro-
us, um, uns: vírus – álbuns – fórum; l, n, r, x, ps: paroxítonas têm a antepenúltima sílaba tônica e todas
automóvel – elétron - cadáver – tórax – fórceps – são acentuadas graficamente como África, método,
dólar. E mais: também as terminadas em: ã, ãs, lâmpada; possível é uma palavra paroxítona, cuja pe-
ão, ãos : ímã – ímãs – órfão – órgãos; e ditongo núltima sílaba é forte. Na afirmativa II, temos todas as
oral, crescente ou decrescente, seguido ou não palavras paroxítonas. Na afirmativa III, todas as pala-
de “s”: água – pônei – mágoa. vras são oxítonas, com a última sílaba tônica.

Português 3 - Aula 2 24 Instituto Universal Brasileiro