Você está na página 1de 17
MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA (CONCURSO | PUBLICO PARA INGRESSO NO QUADRO TECNICO DO CORPO AUXILIAR DA MARINHA / CP-T/2018) NAO ESTA AUTORIZADA A UTILIZAGAO DE MATERIAL EXTRA CIENCIAS BIOLOGICAS QUESTAO 1 Os produtos naturais ou metabélitos secundérios derivam de duas vias metabdlicas principzis, que séo: (A) via do acetil-CoA e via do gluconato. () via do Acido pirdvico e acético, e via do Acido mevalémico. (C) via do cide mevalémico, e via do acido aspértico. (D) via do Acido pinivico e acético, e via do acetil-CoA. (©) via do dcido pirivico e acético, e via do acido chiquimico. QUESTAO 2 Considera-se diversidade biolégica: (A) apenas o niimero total de espécies conhecidas. (©) apenas 0 ndmero total de espécies conhecidas e variagdes dentre as espécies. (C) © nimero total de especies conhecides, var dentre as espécies, assim como as interagses bioldgices existentes entre organismos e espécies. (©) apenas © numero tolal de espécies conhacidas todas as possiveis interagdes biolégicas existentes entre organismos e espécies. (©) © conjunto de variagées especificas possiveis em ‘ambiente natural ou selecionado artficialmente. QUESTAO 3 © fenémeno do pseudo-hermafroditismo (imposex) no qual caracteres masculinos séo desenvoividos em fémeas (acarretando esteriidade) tem sido registrado_ om gastrépodes em varias regides costelras impactadas no mundo, No Brasil, populagSes de espécies do género Siramonita de ares portuaries tm apresentado altos indices de imposex. Assinale a opggo em que ¢ listado 0 agente causedor desse fenémeno. (A) Poluigéo orgénica. (8) Derramamento de petidteo. (©) Floracao (Bloom) de dinoflagelados téxicos. (©) Contaminagao por TBT. (€) Metais pesados (principaimente Cd, Pb e Hg). Prova: Amarela Ciéncias Biolégicas QUESTAO 4 Anhereditariedade & uma forga conservadora que define os sistemas biolégicos. Porém, ha forgas que buscam ampliar a Variabilidade g&nica e a diversidade bioldgica, o que, ‘ocasionalmente, resulta em melhor ocupagao dos nichos disponiveis na’ Terra. Algumas dessas forgas atuam predominantemente em nivels organizacionais elevados, ‘como populagdes @ comunidades, enquanto outras atuam ‘em niveis inferiores ou intermediérios. Qual das opgées ‘abaixo aponta mecanismos aleatérios de origem de nova variabilidade génica em nivel molecular e celular? (A) Rearranjos cromossémicos e mutagdes. (8) Selegao natural e fluxo génico. (C) Deriva génica e mutacées. (©) Transferencia horizontal de incorporagao de plastos. (©) Simbiose e transferéncia horizontal mitocéndrias e QuEstio 5 Assinale @ opeao que apresenta a classe do Filo Cnidaria que possui epiderme © gastroderme com cnidécitos, cavidade gastrovascular dividida por septos, bragos orais geralmente muito desenvolvides, ciclo de vida com alternancia de geragdes e fase medusoide predominante. (A) Anthozoa. (B) Hydrozoa. (C) Cubozoa. (0) Medusozoa. €) Scyphozoa. OP-1/2018 Pagina: 2/14 QUESTAO 6 (Os fundos no consolidados ocupam vastas superticies dos leitos maritimos, tanto nas zonas entre-marés e do sublitoral, como em areas da chamada zone profunda. A estrutura da comunidade bentonica presente neste tipo de fundo esté condicionada por um conjunto de varidvels como granulometria, hidrodinémica, temperatura, profundidade, disponibilidade de nutrientes, entre outros fatores. Quanto aos padrées gerais da _comunidade benténica de fundo no consolidado, assinale a opgo INCORRETA. A (B) © oy (E) Em uma escala global, a comunidade infaunal tende a set mais rica nas baixas latitudes em comparagao ‘com as altas. [sso porque em latitudes tropicals, com temperaturas mais estavels e riqueza de micro- habitats, possibilta maior biodiversidade. ‘A comunidade epifaunal tende a ser mais rica em baixes latitudes, onde @ temperatura desempenha papel importante, principaimente na falxa entre- marés. Entretanto, tais padrées s&0 generalizacées, pois, em algumas localidades (inclusive em regides polares), esse padrdio ndo 6 obedecito. ‘A fauna béntica suspensivora predomina na Plataforma continental interna, comparada_as espécies de hébito depositivoro. O suprimento de hutrientes de origem continental mantidos em suspensao, além da grande produgS0_primaria pPlancténica em aguas mais rasas (devido & maior fiqueza de nutrientes disponibildade de luz) favorece a este padréo. ‘A. materia organica em suspense soire ago bacteriana e, ao longo de sua decantagéo até os fundos da zona profunda, alcanga 0 ‘assoalho marinho oxidada, Somado ‘ao feto da auséncla de produtores. fotossintetizantes, influencia na baixa Fiqueza da fauna béntica de maiores profundidades. A bioturbagéo & uma agéo de desestabiizacso dos ‘sedimentos marinhos inconsolidados. E provocada por um conjunto heterogéneo de animais, entre eles predadores que remexem os fundos em busca de presas. Prova: Amarela Cigncias Biolégicas QUESTAO 7 As informagdes contidas nos genes s8o convertidas de modo coordenado, pela ago de enzimas, em moléculas de RNA @ outras, resultando numa cadeia polipeptidica longa (proteina). Entretanto, ha um complexo mecanismo do controle da expresstio génica. © modelo chamado Operon, responsdvel pela requlagdo da expressao génica em ‘operagao (Il) da tradugao, tem como sequéncis a) ® © © © organismes procariéticos, “para represséo (I) e () Gene regulador - repressor - bloqueio dos genes estruturais. (Il) Substncia indutora - inibe e libera repressor - genes estruturais - transcrigdo - mRNA - tradugéo. () Substancia indutora - gene regulador - repressor - bloqueio dos genes estruturis. (ll) Co-fator- gene regulador - desrepressor - libera repressor - genes, ‘estruturais - transcrigdo - mRNA - tradugao. (1) Gene regulador - repressor - liga ao gene operador - bloqueio do gene promotor. Il) Substancia indutora - libera repressor - gene operador live - RNA polimerase conectado ao gene promotor - RNA olimerase abre gene estrutural - transcrigéio - mRNA ~ tradugao. (!) Gene regulador - repressor - bloquelo do gene operador. (1) Substéincia indutora - libera repressor - gene operador live - RNA polimerase conectado ao ‘gene operacor - RNA polimerase abre gene esirutural = transcrig8o - mRNA - tradugao. (1) Substncia indutora - gene regulador - repressor - bloqueio do gene operador. (iI) Co-fator ~ libera repressor - gene operador livre - RNA polimerese conectado ao gene operador - RNA polimerase abre gene estrutural-transcrigao - mRNA -tradugo. ‘QUESTAO 8 Dentre as técnicas para estimar a biomassa, ha métodos baseados em volume, compostos quimicos, contetido calérico e, mais frequentemente, peso. Em ambientes ‘marinhos, ‘a escolha do método do peso Gmido 6 uma estimativa da biomassa do séston, cue inclui, além do plancton, a massa de que outros elementos? (A) (8) (o o © Matéria orgénica dissolvide e agua intersticial Triton e daua intersticial com sais, ‘Agua intersticial e Matéria Orgénica particulada, Detritos e compostos organicos dissolvidos, Néuston e Agua interstical com sais. cp-T2018 Pagina: 3/14 QUESTAO 9 Os estudos sobre a distibuigao de organismos plancténicos realizados no Atléntico Sul definem distintas provinclas Blogeogréficas, Embora os limites geogréticos dessas provincias néo sejam perfeitamente claros ¢ fixos, € possivel reconhecer padres na composigo e na produgo dos organismos que justificam essa definicdo. Uma ‘desses provincias, que coincide com 0 Giro Anticiclénico Central do Attantico Sul, & reconhecida por ser a de menor produtividade primdria em todo 0 oceano (usuaimente entre 0,3 e@ 4 mg Cim2idia) e simutaneamente a de maior diversidade biolégica. Estudos recentes tm destacado o papel do picopléneton,, especialmente as Procioréfitas, na manutencdo dessa provincia. Como & denominada essa — provincia biogeogréfica? (A) Complexo Tropical (B) Complexo Subtropical, (C) Complexo Subantartico, (0) Complexo Antértico. (©) Zona de Convergancia do Atlantico Sul QUESTAO 10 ‘Assinale a opg&o em que séo apresentados dois géneros de microalgas cloroficeas (Chlorophyta) ampiamente estudados ¢ atualmente em uso na industri, (A) Chaetocenus e Ceratium {8) Synechococcus e Euglena {C) Tetraseimis e Dunalielia (0) Skeletonema e Gymnodinium (€) Thalasiosira e Niteschia Prova: Amarela Ciéncias Biolégicas QUESTAO 11 A técnica de PCR (Reagdo em Cadela da Polimerase) ¢ amplamente utilizada em estudos do DNA e RNA. A sequéncia correta dos pasos bésicos desta técnica laboratorial, resuttando em trechos de DNA isolados e prontos para analises posteriores (anaiise ou leitura do DNA), 6: (A) primeira ciclo: desnaturar DNA (altas temperatures, +/- 70°C), paralisar reagées enziméticas, segundo ciclo: Precipitagéo em dicool, terceiro ciclo: iniciadores (primers) agindo sobre DNA. Replicagao de molde de DNA, aggo da DNA polimerase. (©) primeiro ciclo: desnaturar DNA (altes temperaturas, ‘H 90°C), paralisar reagdes enzimaticas; segundo ciclo: iniciadores (primers) agindo sobre DNA; terceiro ciclo: replicagéo de molde de DNA, aco da DNA polimerase. Repetigéo dos cicles, amplificacéo do DNA. primeiro ciclo: desnaturar ONA (alts temperaturas, +/- 90°C), paralisar reagées enziméticas, segundo ciclo: Precipitacéo em alecol, terceiro ciclo: iniciadores (primers) agindo sobre DNA. Replicagso de moide de DNA, ago da DNA polimerase, Repeticdo dos ciclos, ampiiicagdo do DNA. (D) primeiro ciclo: iniciadores (primers) agindo sobre DNA; segundo ciclo: desnaturar. DNA (altas temperaturas, +/- 90°C), _paralisar reagdes enziméticas; terceiro ciclo: replicagzo de molde de DNA, ago da DNA polimerase. Repetigéo dos ciclos, amplificagao do DNA. (&) primeiro “ciclo: ago enzimética + detergentes anignicos: precipitaggo em alcool, segundo ciclo: desnaturar DNA (altas temperaturas, +#/- 70°C), paralisar reagées enzimaticas; teroeiro ciclo: Teplicago de molde de DNA, e¢go da DNA polimerase, Repeticéo dos ciclos, emplificagéo do DNA © cP-112018 Pagina: 4/14 QUESTAO 12 © efeito da maré ao longo de 24 horas ocasiona ciclos de emersao e submerséo sobre as éreas marinhas costeiras (ltoraneas). Os organismos que hebitam 2 faixa intermareal (também chamada intertidal ou mécio-litoral) fem praias rochosas (ou costes rachosos) dever: apresentar adaptagdes morfolégicas, fisiolégicas e/ou comportamentais para tolerarem os impactos das ondas, 0 aumento de temperatura e da salinidade, ¢ a dessecacao, entre outros efeitos decorrentes da variago da maré. Dentre esses adaptares, ¢ correto afirmar que: (A) briozoériosincrustantes__ (Membranipordidae, Schizoporelia, outros), Ascidiacea Didemnidae, ¢ algumes esponjas (Microciona, Halisarca, outres) apresentam uma baixa relagdo superficie de fixagdo (SF) / superficie total (ST), garantindo maior fixag&o 20s fundos rochosos, e maior resisténcia aos impactos das ondas. (B) as macroalgas apresentam adaptacdes contra a dessecagdo ocasionada pela exposico ao sol durante horarios de baixe-mar. As mais importantes 80 explorago de micro-habltats mais protegidos (crescer em ‘fendas ou cavidades que ficam preenchidas pot agua durante @ baixa-mar) ea liveragao de polissacarideos pela superficie do talo, impedindo a dessecacdo. (©) uma estratégia_morfolégica/comportamental 6 0 deslocemento dos organismos vageis durante os horatios diumos de baixa mar para refiigios como fendas ou bancos de algas, como em Osteichyttyes (lennlidae © Goblidae), Crustacea (Decapoda e outros), Echinodermata, entre outros. Ja organismos sésseis ou de baixa mobilidade como enémonas, ciripédios © alguns gastrSpodes secretam muco protetor. (©) © controle da quantidade de agua corporal 6 a estratégia utlizada por muitos organismos, Macroalgas, Cnidérios —(Anthozoa), Mollusca (Polyplacophora, Gastropoda ¢ Bivalvia) podem perder de 70 2 90% da agua corporal, @ se reicratarem nos horérios de preamar. (E) moluscos Bivalvia (Mytlidee) apresentam como estratégia para evitar a dessecagao, o estilo de vida gregério (bancos compactos de individuos aderides uns proximos aos outros) e 0 fechamento hermético de suas valvas, havendo pouca ou nenhuma perda de agua, Prova: Amarela Ciéncias Biolégicas QUESTAO 13 Dentre as diferentes técnicas de amostragem da ‘comunidade benténica marinha podemos separar os métodos em destrutivos @ nao destrutivos de acordo com © equipamento utiizado, a5 condigées ambienisis e as espécies que se pretende estudar. Quais dos equipamentes abaixo so _utiizados durante um estudo que empregiie métodos no destrutives para a coleta de dados? (A)_ Rede de arrasto de fundo e draga. (8) Box-core e draga (C) Busca fundo e Piston-core. (0) Video e fotografia. (€) Armadiha e Van ven, QUESTAO 14 © conhesimento sobre hereditariedade, genes, acidos nucleicos, genética populacional ¢ evolucao dos genomas tem orescido substancialmente desde o inicio do sécula XX até os dias atuals. Sendo assim, analise as afimativas abaixo e assinale a opgdo correta, 1) © fenétipo € a expresso externa do_genttipo, determinado por um ou mais genes. Embora os atributos fenotipicos tenham uma base genética, eles também podem ser influenciados pelas variagées do ambiente. 1) Um indlividuo heterozigoto apresenta dois alelos ciferentes para um mesmo gene espectico, porém tum deles sempre ser dominants, mascarando a expresso do outro alelo (chamado recessivo). |i) © “poof” genético corresponde a todos os genes © alelos de todos os individuos de uma mesma opulacéo. A proporeao alelotipica do “poo!” genético é varidvel entre diferentes populagdes de uma mesma especie. (A) Apenas as afirmativas | Il séo verdadeiras, (8) Apenas as affrmativas Ile Il s80 verdadeiras. (C) Apenas as afirmativas |e Il so verdadeiras. ©) As afirmativas |, ie lll so verdadeiras. (©) Apenas a afirmatva Il € verdadeira, cP.1/2018 Pagina: 5/14 QuesTAo 15 Dois importantes grupos de macroaigas 40 caracterizados por: |) pigmentos: clorofilas a, ¢, carotenoides, fucoxantine; reserva: laminariana; parede celular: celulose, Acido aiginico; marcante diferenciagao tissular, presenga de centriolos em todas as céiulas. II) pigmentos: clorofilas a, b, ficobllinas; reserva: amio; parede celular: galactose, polissacarideos; auséncia de centriolos e de células flageladas. Os ntimeros | e Il representam, respectivamente: (A). Ochrophyta (Phaeophyta) e Chlorophyta. (B) Rhodophyta © Chioroohyta. (C) Miozoa (Pyrrhophyta) e Rhodophyta, (0) Chlorophyta @ Rhodophyta. (E) Ochrophyta (Phaeophyta) ¢ Rhodophyte. QUESTAO 16 © que sao enzimas de restriggo? (A) polipeptideos acoplados a plasmideos © com ‘capacidade de penetrar células bacterianas. (®) exonucleases que fragmentam o DNA em cadeias de 250 a 500 pares de bases. (©) proteinas capazes de controlar a DNA Ligase Festringir a autorreplicagdo do DNA. (D) enzimas que se acoplam ao RNA mensageiro & limitam a replicagSo de genes especificos. (6) endonucleases que rompem as ligagses fosfodiéster no DNA em sitios especificos. QuEstio 17 Microalga merinha & um termo ampiamente utiizado para Gescrever uma veriedade de orgenismos uni pluricelulares, procariotos e eucerictos, amplamente istribuldos em todos os oceanos e ‘cuja principal semelhanga reside na capacidade de realizar fotossintese. Ademais, muitos grupos taxondmicos s&0 capazes de produzit’ uma variedade de compostos uteis, como polissacarideos e acidos graxos, Dentre esses grupos, destacam-se certos procariotes que possuem, além da clorofia a, xantofilas glicosiladas © ficobiliproteines (ficobiines) organizadas em estruturas especificas (ficobilissomos). Em Biotecnologia, esses procariontes 380 reconhecidos pela capacidade de produzir compostos bioetivos com potencial atividade como inibidores enziméticos, herbicldas, antimicéticos, agentes anti- malaria e imunossupressores. Assinale a opcdo que apresenta 0 grupo texonémico deserito acima, (8) Dinophyceae. {C) Heptophyceae. (0) Cyanophyceae. (€) Euglenophyceee. Prova: Amareta Cigncias Biolégicas Questiio 18 Com relagdo & migragdo dos pelxes, assinale a opco corrata. (A) Potamédromos so aqueles que migram para a alimentagao, (B) Diddromos so aqueles que migram apenas nos mares. {C) Catédromos s8o aqueles que migram da agua doce para a agua salgada. {D) Anédromos sao aqueles que no realizam migragéo. {E) Limnédromos so aqueles que migram nos oceanos Arico e Antartico, QUESTAO 19 Mutagdes génicas so alteragdes que ocorrem nos genes, alterando a sequéncia de bases nitrogenadas na molécula, de DNA. As enzimas DNA polimerases, além da replicagao, sao capazes de realizar uma “letura corretiva’, de modo que, se uma base efrada entrer na fita que est sendo sintetizada, a enzima frequentemente a remove e insere a base correta. Mesmo assim, erros de replicagéio ‘ocorrem, dando origem as sequéncias alteradas de DNA. Uma mutagao que altera uma trina que codificea aminodcido em um cédon terminal, encerrando a traducéo @ podendo lever a uma nova leitura independente da sequéncia de cédons na regio absixo da lesdo, & ‘chamada: (A). Mutagao Pontual (8) Mutagdo de Mudanga Organizacional, (C) Trensiggo, (0) Transversao. (©) Mutacdo Reversa. QUESTAO 20 s vitus marinhos s40 uma importante entidade biolégica com destaque na alualidede. A eles é alribulda a capacidade de controlar o crescimento de bactérias e de tmicroaigas, reduzindo, por exemplo, 0 risco de floragées. Todavia, detectar, quantificer e caracterizar 08 virus ainda 6 uma tarefa érdua devido ao seu diminuto tamanho. Uma das técnicas mais aceltas na etualidade envolve a marcagéo do DNA/RNA com um fluoréforo, como SYBR Green| © ou Picogreen @ pare posterior contagem Sendo assim, quais as técnicas edequadas 4 contagem dos virus marinhos com o uso desses fluordforos? (A) Microscopia Confocal ¢ Eletrénica. (B) Microscopia de Epifuorescéncia e Citometria de Fluxo. (C) Microscopia Eletrénica e Citometria de Fluxo. (0) Microscopia de Eifluoresc@rola. =e Espectrofotometria (€) Espectrofuorimetria += Microscopia. «de Epifiuorescéncia, CP-T/2018 Pégina: 6/14 QUESTAO 21 © padrdo de zonagéio de um costo rachoso da regio Sudeste (como para outras regides) do Brasil, contendo @ falxa que apresenta como organismos tipicos: cirripédios (Chthamalus, Tetraciita), algas diversas (Uiva, Gofidiella, Centroceras), bivalves (Brachidontes), gastrépodes. (Fissurella, Morula, Stramonita), poliquetos, entre outros, corresponde ao: @) (8) {C) ©) ©) supralitoral. meédio-litoral infraitoral, sublitoral. circalitoral. QUESTAO 22 Com relagéo as classes de Mollusca, analise as caracteristicas a seguir. Presenga ou auséncia de concha, dependendo do arupo; pé rastejente geralmente desenvolvido; rédiula com ' adaptagdes A raspagem, predagdo ou rmicrofagia; fecundagtio externa ou interna. Bisso geralmente presente, ao menos em uma fase a vida; @ maioria apresenta um par de ctenidios muito desenvolvido usado para triagem do alimento; ‘maioria dos representantes com fecundagao externa ‘As caracteristicas apresentadas nas sentenas |e Il representam, respectivamente, as classes: (a) @) (C) ©) © Polyplacophoda e Scaphopoda. Monoplacophora e Bivalvia. Gastropoda e Scaphopoda. Gastropoda e Bivalvia. Polyplacophora e Bivalvia. Prova: Amarela Cigncias Biolégicas QuESTAO 23 Estudos in sity sobre o plancton merinho, em que se ullizam métodos actsticos, frequentemente ciassificam os ‘organismos em categotias de acordo com a cepacidade de atenuar ou tefletir ondas acisticas. Alguns parémetros do corpo interferem nessa capacidade e justiicam a definigéio das categories de classificagao. Assinale a ‘oped em que sé0 apresentados parametros que interferem no sinal actistico e as categories dos ‘organismos plancténicos decorrentes. a) (8) ©) ©) «) © tamanho, a presenca de olhos compostos e de bolsas de ar. Assim, 0s organismos s80 classtficados em macroaciistices, microactisticos e sombras. © tamanho © a forma do corpo, a composigao quimica predominante e a presenga de estruturas gasosas ou oleosas. Por essa razéo, 08 orgenismos: 880 clasificados em fluidos (fluic-ike), elasticos com conchas (elastic-shelled) e com intrusées gasosas (gas-inclusion), Interfere diretamente o tamanho e indiretamente a presenga de gotas de dicos e bolsas de gas. Os organismos 880 clasificados nas categorias macroplancton oleoso, macroplancton gascso & mmicroplncton, A forma e 0 tamanno do corpe. Os organismos sé0 Classificados nas frequéncias em que podem ser detectados nos sinais acusticos em 40Hz-pléncton (erganismos msiores que 1 milimetro), 400H2- plancton (entre 100um e 1mm) e 4NHz-plancton (organismos menores que 100 micrémetros) (© tamanho, a forma do corpo e a quantidade de agua. Por essa razio, os ofyanismos s8o Classificados em gelatinosos, coloniais e quitinosos, QUESTAO 24 Na teoria da din&mica trofica em ecossistemas marinhos, como é denominada 2 sequéncia de etapas de transferéncia de energia, adjacente & produedo priméria, desde a incorporagdo da matéria organi dissoivida até consumidores coms ciliados e microalgas mixotréficas? A 6) (c) (0) €) Fotossintese. Fermentago. Trofodinamica. ‘Alga microbiana. Organotrofia oP-T/2018 Pagina: 7/14 QUESTAO 25 ‘A poluigéo marinha 6 provocada pela introdugéo de substancias ou energia no ambiente, causando efeitos deletérios, tanto @ biota como & sade humana, © interferindo negativamente em atividades como navegagdo, pesca e lazer. Quanto &s principais categories de poluentes langados no ambiente marinho e suas caracteristicas e efeitos, relacione: Categorias 4) Organicos 2) Petrdieo @ derivados: 3) Pesticidas 4) Metais Pesados Caracteristicas () Conservative / Bioacumuiagao / Alta solubilidade em ‘ipidios / Biomegnificagao () Filme superficial 1 Emulsificagdo / Biodegradagao / Bioacumulagéo () Néo conservative / Mineralizagio / eutrofizagéo (Eutroficago) / Queda de O, dissolvido () Conservativo / floculaggo / Incorporago X excregéo pelo plancton / Alta toxicidade em altas oncentragées / Biomagnificagao (A) (3) (1) (2) (4) (B) (3) (2)(1) (4) (C) (1) (4) (2)3) (D) (2) (3) (1) (4) © (42M) @) QUESTAO 26 Fatores que causam a extingdo de uma ou de varias espécies ¢30 agrupados em modalidades ou tipos de extingdo. Os fatores essenciais da chamada extingao de fundo sao: (A) mudangas climaticas; acidificagao e poiuigéo dos ‘oceanos; efeito estufa. (®) mudangas ambientais; substituigo de espécies; rteooupacdo de nichos ecolégicos. (©) vuleanismo; impacto de meteortos; tectonice de placas. (0) predacdo; parasitismo; devastagéo de éreas de alto endemismo. (E) mutagdo, selegdo natural e deriva genética. sismica e Prova: Amarela Cigncias Biolégicas uastiio 27 Em Polychaeta, sdo estrutures morfolégicas adaptadas & mactofagla, microfagia depositiva. e —microfegia suspensivora, respectivamente: (A) probéscide com mandibulas, tentéculos ciliados © radiolos (8) méstax, radiolos e captaculos. (C)_méstax, tentaculos cliados e radiolos. (0) probéscide com mandibulas, radiolos e captéculos. (E) probéscide com estilete, tentéculos cliados @ captéculos, QUESTAO 28 © nécton marinho ¢ composto por inimeros animais, invertebrados © vertebrados, provides de drgéos. de locomesao eficientes o bastante para _permiti-thes deslocamentos considerdveis no meio aquoso. Assinale a ‘opgdo que apresenta uma caractertstica geral do nécton marinno, (A) Estéo entre os metazodrios mais primitivos e habitem {95 oceanos desde o periodo Pré-Cambriano, (8) E uma comunidade constituida essencialmente por representantes de filos de invertebrados. (C) E constituldo por toda a comunidade de organismos macroscépicos (megafauna) que vivem no dominio pelagico de mares e oceanos. {D) 0 revestimento por escamas placoides, ctenoides ou Cicloides possibilta a quebra de resistencia a passagem da dgua. (E) Possem formas hidrodinamicas e frequentemente seus corpos séo revestidos de muco para diminuir a resisténcia & passagem da égua. QUESTAO 29 Assinale a opcdo que apresenta organismos capazes de ‘controlar o impacto da contaminagao do ambiente marinho por possuir capacidade de oxider © neutralizer metais ‘como ferro, manganés, niquel e cobatt. (A) Bactérias. (8) Dinofiagelados. (C) Macroalgas. {D) Fungos marinhos. {E) Poriferos. cP.1/2018 Pagina: 8/14 QUESTAO 30 QUESTAO 31 A anélise do cariétipo 6 uma ferramenta stil em genética para caracterizar elementos basicos dos cromossomos. ‘Com essa ferramenta, podem ser identificados 0 numero € (© aspacto basico dos cromossomos, como tamanho, posigao do centromero e padréo de bandas. Mais Assinale a oppo que descreve situagées usualmente encontradas na costa brasileira @ que 8&0 favordvels a ‘manutengdo de organismos plancténicos na zona eufética. (A) As correntes marinhas e os ventos contribuem para a ®) (Cc) ©) © formago das chamadas células de conveccéo ou comentes de Langmuir préximo da superficie, que criam microzonas de circulagéo vertical da ‘agua capazes de manter os organismos agregados e em suspenséo. As camadas de mistura geradas pelo vento nordeste, coum em boa parte do literal tropical e subtropical, se contrapem a orientagao norte-sul da costa. As forgas opostas criam zonas de convergéncias onde se’ acumulam 0s organismos, evitando 0 afundamento. Correntes de fundo que transportam a Agua Central do Atlantic Sul, ao atingirem a regi8o do talude da costa brasileira, 380 desviadas para cima e reduzem a velocidade de afundamento dos organismos plancténioos. Diferengas de densidades entre as frentes salinas e 08 vortices criam zonas de convergéncia termohalina que mantém os organismos em suspense por mais tempo na termociina da zona eufética A Agua Tropical 6 conduzida em sentido sul sobre a ‘Agua Central do Atlantico Sul, que esta em sentido norte. O cisalnamento decorrente da frioeao entre esses massas de gua gera transporte de Ekman ascendente, que mantém os organismos plancténicos na zona eufética, Prova: Amarela Cigncias Biolégicas ecentemente, essa ferramenta foi aprimorada com a incorporagao | de outras téonicas, que permitem a identificagao de caracteristicas mais especificas. Sendo assim, assinale a op¢ao que identifica coetamente de que forma esse aprimoramento ocorreu. a 8) () (0) e) © aprimoramento ccorreu quando a cariotipagem tradicional foi combinada = modemas técnicas de sequenciamento. Essa combinacao originou a técnica de Cariossequenciamento. © uso combinado de fluoréforos especificos para determinadas condigées permitiu o detalhamento da estrutura do cariétipo em uma técnica denominada Cariotipagem Espectral A utlizagéo combinada da Reagdo em Cadeia da Polimerase (PCR) em tempo real ¢ cariotipagem ermitiu amplifcar cromossomos. especificos com defeitos de replicacdo. Essa técnica é denominada Cariotipagen-1PCR. A descoberta de novos marcadores moleculares permitiu 0 detalhamento das bandas nos, cromossomes. Combinada a cariotivagem tradicional, essa técnica produz um feito listrado no cromossomo que foi batizada com o nome de eédigo de barras (Barcoding) © uso combinado de PCR em tempo real, cariotipagem tradicional @ fluoréforos especificos permitiu diferenciar genes mutantes © saudaveis em microscopia eletrénica de varredura, QUESTAO 32 © emprego de tecnologias de cultvo em massa de microalgas pode contribuir para @ produgéo de diferentes produtos utiizados como biocombustiveis. Assinale a ‘op¢8o que lista corretamente produtos produzidos a partir da’ biomassa de microalgas que sé0 utiizedas como combustivels. rN) 8) (c) ©) © Hidrogénio, Nitrogénio © Oxigénio. Etanol, Nitrogénio e Oxigenio. ‘Sacarose, Oxigénio e Metano. ‘Metano, Nitrogénio e Etanol. Hidrogénio, Etanol e Metano. cP-1/2018 Questiio 33 De acordo com os valores de produtividade primaria (gCim*iano), assinale a op¢ao que apresenta as areas mais produtivas nos oceanos, em ordem decrescente, (A) Area Costeira, Area Oceénica e Area de Ressurgéncia (®) Area Estuarina, Area Oceéinica e Area de Ressurgéncia (©) Area de Ressurgéncia, Area Costeira e Area ‘Oceanica, (0) Area Oceanica, Area de Ressurgéncia e Area Costelra, © Area Costeira, Area de Marés © Area Oceanica. QUESTAO 34 Em estudos de genética, é comum a que consiste o método da eletroforese? (A) Consiste na utilizagéo de fragmentos de DNA que S80 desnaturados para formar fitas vinicas, que, através do pareemento de bases, formam duplex com outras fitas simples. (8) Consiste em fomecer um mapa parcial da sequéncia de pares de base de uma regio de DNA, baseado nas diferencas de cargas elétricas. (©) Consiste na separago das macromoléculas, como, proteinas ou fragmentos de dcidos nucleicos, com base nas diferengas de mobilidade devido a seus temanhos, conformagao e carga elétrica, (0) Consiste em misturar o RNA mensageiro (mRNA) de lum organism com o seu DNA para que a cinética da associago entre eles possa ser usada para estimar a diversidade dos diferentes mRNAs. (E) Consiste em aplicar carga elétrica a um gel que contenha amostra de DNA para provocar desnaturagao. Prova: Amarela Cigncias Biolégicas ilizagdo de métodos elaborados, centre os quais a eletroforese, a hibridizagao de dcidos nucleicos ¢ 0 uso de enzimas de restrigao. Em QuEstio 35 Analise as afirmativas abeixo e assinale a opgao correla. a) 8) (c) () © A Provincia (ou Distrito, ou Sub-Provincia) Brasileira fol estabelecida com base em estudos que reconheceram uma fauna merinha brasileira tropical distinta. da Provincia Garibenha, —_devido principalmente @ singuleridade dos recifes brasileiros, © 20 allo grau de endemismo, principaimente em espécies de corals, esponjas e pelxes coralinos, 0 litoral Sudeste (parte, abrangendo principalmente S80 Paulo) e Sul do Brasil, ainda que englobado na Provincia Patagénica, representam uma clara regio de transigéo temperada, com caracteristicas subtropicais. Por esse motivo, muitos autores Propuseram uma Subprovincia SubBrasileira (também denominada Provincia Paulista, Provincia Uruguaio-Bonairense, Setor Subtropical, entre outras denominagées) tendo como limite Sul a foz do Rio da Prata, Os padrdes biogeogréficos no literal brasileira sao Tesuitado de toda uma dinémica na formagéo do ‘Oceana Atléntico Sul, com inicio no Periodo Cretéceo. Ao longo da evolugdo continental, houva fluxo bidtico gondwanico antigo, seguido por um fluxo caribenho, além de dispers6es recentes, ficando a biota martinha brasileira como um mesaico com afinidades métiplas. Entretanto, muitas dessas feigdes na composicao da biota martinha brasileira esto mascaradas pela forte influéncia caribenha, Apenas as afirmativas |e Il s80 verdadeiras ‘Apenas as afirmativas Ile Ill s80 verdadeiras. ‘Apenas as afirmativas | e Ill sfo verdadeiras, ‘As afirmativas |, lle Ill sfo verdaderas, Apenas a afirmativa | & verdedeira, cP-TI2018 Pagina: 10/14 QUESTAO 36 Assinale a opg80 que define 0 concelto modemo de biotecnologia? (A) € uma Ciéncia Multidisciptinar que retine, dentre 8) (oy ©) () outras teas, Biologia, Medicina, Quimica e Engenharia, na busca pelo dominio de tecnologias de produgéo de alimentos e férmacos. Decorre da associagéo dos termos Biologia e Tecnologia, dois ramos distintos das Ciéncias. Em sentido medemo, Biotecnologia se refere a téonica de desenvolver Biologia na inddstria farmacéutica e de alimentos. A Biotecnologia modema esté _profundamente enraizada na pesquisa basica em Biologia. Em um sentido amplo, Biotecnologia € a transforriagao de conhecimento ' biolégico e de descobertas em produtos tteis. Simpificademente, Biotecnologia se Tefere 20 uso de organismos, ou materiais derivados de organismos, pare gerar produtos tteis. © conceito de Biotecnologia foi elaborado para descrever a ciéncia do desenvolvimento de novas tecnoiagias para uso em Biologia. Em sentido amplo, Biotecnologia pode ser definida como a busca por tecnologias uteis no campo das Ciéncias Biolégicas. Biotecnologia € 0 desenvolvimento da genética no seior industrial, particularmente com énfase no aprimoramento das técnicas ¢ procedimentos de laboratério pare aplicagéo em escala ne inddstria farmacéutica e de alimentos. guestiio 37 Uma das tecnologias de cultivo de microalges em larga escala sao cuturas em sistemas fechados, Embora vantajosos em muitos aspectos, existem problemas associados a esses sistemas, Assinele a opgéo que apresenta um dos problemas enfrentacos nesse tipo de culture. “a ®) © (0) () Baixa produtividede. Como os tanques e recipients de cultivo apresentam uma baixa relagao superiicielvolume, néo hd eficiéncia na produtividade total. Aplicebiiidade restrita. Muitas microalgas nfo se desenvolvern em sistemas fechados de maneira eficiente, havendo protocolos definides para poucas espécies. ‘Agdo oxidante, © excesso de oxigénio produzido via fotossintese causa danos as células em sistemas fechados, Especo fisico. Cultures fechadas requerem areas terrestres vastas para construcdo de Instalagdes que ‘tendam & produgao em larga escala, Degradagao genética. A longo prazo, as culturas diminuem @ produgéo devido & beixa variagdo genética, e 2 cultura entra em decliio devido & pobreza do “poof gérico. Ciencias Biolégicas QuESTAO 38 A replicagéo & um dos processes mais essenciais aos ‘organismos vivos, permitindo que a informagao genética contida na molécula de DNA seja mantida inalterada em duas céiuies filhas, ap6s eventos de mitose e diviséo celular. Sobre a replicagao, é correto afirmar que: A) ®) DNA helicase. Fragmentos de Okazaki ©) ©) «© © processo é iniciado pela enzina DNA helicase, que separa a dupia fita em duas metades. Particulas de RNA (primers) atuam como iniciadores, Cada metade & completada por nucleotideos correspondentes pela ‘ago da DNA polimerase, a separacdo da dupla ft de DNA ¢ feita pela enzima atuam impedindo que as duas metades da fita se unam novamente. a mele fita de DNA com orientacdo 3'- 5° é chamada cadela tardia (lagging) e € complementada pela aco da DNA polimerase, @ outras substancies (fragmentos de Okazaki, DNA ligase). primers dé RNA (segmentos curtos de 10-15 uclaotideos), sintetizados pela enzima Primase, $80 sinalizadores para o término da replicacao. a meia fita de DNA com orientagao 5'- 3° é chamada cadeia tardia (lagging) e tem 0 processo de replicacao iniciado por Primers de RNA, complerenta continuamente pela ago do DNA polimerase. QUESTAO 39 Que método de sequenciamento ullize as etapas a seguir: 41) desnaturagéo do DNA e adeséo a microesteras; 2) insergéo de emulséo contendo microesferas com DNA, DNA polimerase, ATP Suifurilase e Luciferase em placa de micropogos; 3) fluxos em sequéncia de nucleotideos fluorescentes; e 4) detecgao de luz emitida e registro da sequéncia de nucieotideos? “ 8) ©) o) © fluorossequenciamento, Pirossequenciamento. espectrossequenciamento, sulfossequenciamento, luminossequenciamento. QUESTAO 40 A elevagdo da temperatura superficial nos periodos de EI Nifio ocasiona: (a) @ © Oy «) alteragao nos ciclos de vida em espécies de peixes de interesse econdmico, eutrofizagao das Aguas costeiras. perda de diversidade, principalmente para espécies meroplancténicas, acidificagdo oceanica. branqueamento dos recifes de coral (coral bleaching) cp-T/2018 Pagina: 11/14 QUESTAO 41 ‘Segundo Papavero (1994), as colegdes de pesquisa cujo cero contempla material obtido de levantementos faunfsticos, ou aborda t6picos de interesse econémico, veterinario e agropecutrio, sé qualiicadas como: (A) Colegses Gerais. (B) Colegses de Tinos. (C) Golegses de Referéncia, (0) Colegses Especiais. © Colegses Regionais. QUESTAO 42 Correlacione os pisos e as zonas do ambiente marinho ‘com as respectivas regiées, essinalando a seguir a opgao que epresenta a sequéncia correta, 1) Zona Neritica 2) Piso Batial 3) Piso Abissal 4) Piso Hadel 5) Zona Oceanica (.) Regio profunda (.). Plataforma continental () Talude continental () Fossas oceanicas () Planicies e corditheiras meso-ocednicas (A) (A)(1)(2)(8)(5) (B) (S)2)(14)(5) (C) (5)(1)(2}¢4)(3) (D) (S)(3)(1}4)(2) (E) )(1)2M3)(4) Prova: Amarela Ciéncias Biolégicas QUESTAO 43 Os dinoflagelados so principal grupo de microalgas. plancténicas marinhas que, sob determinadas condigées, podem prolferar formando’ altas densidades (mais de 1 milhéo de oélulas por Iiro). Tals eventos de fioragéo de microalgas (bloom ou marés vermelhas) podem ocorrer fem larga escala, resultando em morte de peixes em areas costeiras, problemas econdmicos e de sade publica, Sobre @ floragéo, assinale a opco que apresenta, respecivamente, 2s principals variaveis que causam a floragéo; os exemplos de géneros mais representatives: € 98 exemplos de toxines, (A) Chuvas, altas_temperaturas © poluiggo orgénica; ‘Skeletonema, Prorocentum @ Gymnodinium; Toxina Paraiisante de moluscos ou Saxitoxinas. (®) Chuvas, altas tempereturas @ poluigéo orgénica: Gymnodinium, —rorocentrum —@ Gonyeulax; Sesquiterpencs e Merosesquipertenos. Altas temperaturas, poluigso organica'e correntes de supertice; Corethron, Chaetoceras @ Pleurosignta; ‘Sesquiterpenos e Merosesquipertenos. Chuvas, altas temperaturas, poluigao_orgénica; Gymnodinium, Prorocentrum @ Gonyaulex; Toxina paralisante de moluscos ou Saxitoxinas. (E) Attas temperaturas, poluigdo orgénica @ correntes de superfice; Corethron, Chaefoceros e Pleurasigma; Toxina paralisante de moluscos ou Saxitoxinas. © (0) QUESTAO 44 Quando se analisa a morfologia externa de um peixe, Osseo ou Carllaginoso, pode-se observer a presenga ou nao de diferentes estruturas funcionais importantes para a classificagao sistematica da espécie, como, por exemplo, 0 tipo de escamas, 0 numero e a forma das nadadeiras, a presenga de espinhos e de raios moles nas nadadeiras, além de estruturas sensotiais, @ forma e a posigéo da boca, entre outras estruturas. Sendo assim, qual a funcao de estrutures como os barbilhdes, as narinas, os olhos ea linha lateral dos peixes? (A) Protegao. (8) Comunicagso. (C) Locomogao. (0) Sensorial. (©) Equilibrio. CP-T/2018 Pagina: 12/14 Questiio 45 Considerando a classiticagao das irés maiores categorias dos pelxes existentes, existem 2s Classes: Agnatha, Chondrichthyes © Osteichthyes. Assinale a opgdo que caracteriza a Classe Agnatha (A) Apresentam escames placoides. (8) Auséncia de maxilar e mandibula. (C) Apresentam esqueleto dsseo. (0) Apresentam trés canais semicirculares no sistema autitivo de cada lado de cabeca. (E) Apresentam narinas pares. QuESTAO 46 Os processos cue levam & Bioincrustagéo_marinha envolvern uma complexa interagao entre diferentes organismos (desde 0 biofime ‘microfuoling até os macrorganismos) que se estabelecem no substrato consolidado (natural ou artificial). De acordo com 0 modelo teérico Sucesséo Ecolégica X Disponibilidade no Plancton, 6 correto afirmar: (A) © estabelecimento dos bioincrustantes depende do estoque de larvas plencténicas presentes no ambiente, assim como de seus sucessivos estadios. No caso de cirripéios, na fase natiplio (planctotréfica € fotopositiva) favorece a dispersdio; na fase cipris (lecitotrofica e fotonegativa), corresponde & etapa em que @ larva est pronta para o assentamento. Uma vez assentada, 0 organismo pode se estabslecer ou ‘ser eliminado por compeligéo. © assentamento dos organismos em estédio planeténico para o substrato esta condicionado a um Provesso sucessional que inclui a facilitagdo, com alteragao das condigdes por colonizadores primérios (iofime e, posterioimente, organismos oportunistas ou pioneiros). As etapas seguintes incluem a inibigdo ou a indiferenga ao assentamento de novos recrutas, a dinamica da incrustagéo marinha inclul uma integracéo complexa dos organismos, (no condicionada a um processo direcional de sucesséo), a disponibilidade de formas de propagacéo no plancton, € aglomerados que precipitam no fundo (nave marinha), que nao se estabelecem, a priori, em Uma superficie, 2 incrustagdo depende da colonizagSo inicial por microrganismos (biofime) e & procedida por uma sucesso de epibiose: novos orgenismos epibiontes ‘rescem sobre pioneiros preexistentes, (E) 0 modelo tedrico Sucess8o Ecolégica X Disponibiidade —no_Planctonpreconiza a disponibilidade de formas de propagagao no plancton, © proceso sucessional (biofime, _organismos picneiros, epibiose) como também as etapas da inibigao ou da indiferenca para o assentamento de ‘novos recrutas. (8) (ce) ©) Prova: Amarela Ciéncias Biolégicas QuEstAo 47 Qual opgdo assinale medidas de conservacéo in situ da biodivarsidade em areas marinhas? (A) demarcagao e estabelecimento de areas protegidas; regulamentacao e manejo adequado dessas areas ‘seu uso sustentével; prevencao quanto a introdugo, 20 controle @ & erradicagéio de espécies exéticas. demarcacéo e estabelecimento de reas protegidas, regulamentagdo e manejo adequado dessas érees, estabelecendo-2s como areas de preservacao restricdo (closed areas - areas fechadas); prevencao quanto @ introdugéo, ao controle e & erradicagéo de espécies exéticas, demarcagéo e estabelecimento de areas protegidas, reguiamentacdo manejo adequado dessas areas & seu uso sustentavel; reintrodugao de espécies nativas criadas em cativeiro: prevencao quanto a introdugao e ‘20 controle de espécies exéticas. demarcacéo ¢ estabelecimento de dreas protegidas; fegulamentaeao € manejo adequado dessas areas, estabelecendo-as como éreas de preservacdo € restriggo (closed areas - areas fechadas); Teintrodugdo de espécies nativas criades em cativelro; prevensgo, controle @ erradicacéo de espécies exéticas. demarcagao ¢ estabelecimento de areas protegidas; Teguiamentagao @ manejo adequado dessas areas & seu uso. sustentavel, preservagéo de espécies exéticas, @) © 0) © QUESTAO 48 Assinale a opeéo que NAO apresenta uma estrutura, utlizada em estudos de crescimento de peixes. (A) Escamas. (B) Otoitos, (©) Raios moles das nadadeiras. (0) Espinhos das nadadeiras. (©) Vértebras. QUESTAO 49 Considerando-se a sobrexploragao. dos recursos, 2s alteragGes fisicas do ambiente, a poluigdo, a introducéo de espécies exéticas © as mudancas climsticas globeis, marque a opedo que apresenta @ classificagéo dessas ameagas a biodiversidade merinha, (A) Diretas (8) Indiretes. (C) De oped. (0) De vaior. (€) Iretevantes. cP-172018 Pagina: 13/14 QUESTAO 50 ‘Marque a op¢ao que apresenta corretamente a definigo de Vacinas-DNA? ca ® © (0) © S80 vacinas baseadas em vetores modificados geneticamente para inciuir todo 0 complexo génico que codifica uma ou mais proteinas do agente infeccioso. ‘Séo vacinas desenvolvidas pela técnica de clonagem @ que contém grendes quantidades de ONA do agente infeccioso. So vacinas elaboradas a partir da amplificagzo em PCR (Reacéo em Cadela da Polimerase) de fragmentos especificos do DNA de agentes infecciosos. Séo vacinas que contém plasmideos recombinantes, ‘40s quais foram incluidos ‘primers’ (Inicializadores) ‘especifices para os agentes infecciosos. $60 vacinas produzidas para corrigir mutagses especifices no DNA de embrides nas fases iniciais do desenvolvimento. Prova: Amarela Ciéncias Biolégicas cP.1/2018 Pagina: 14/14 RASCUNHO PARA REDACAO 3 e 6 7 ne INSTRUCOES GERAIS AO CANDIDATO \Veriique sea provarecetidae a flha de respostas s8o da mesma cor (consiano radapé de cade ca a cor correspondents) ¢ se no faa questies ou gina. Escreva eassnecoretament o seu nome, cdoqueo seu nimero de insrggo eo dig vero (DV) apenas nos locas Indcados, ‘0 iompo para a realizagéo da prova sora de 4 (uate) horas, ineluindoo tempo necessar &redapd ed marCegdo das respstasnafolna de resposts, ono 288 prorogedo; Sdiiie a prove apis ser autrzato pel Fiscal, inerompendoa sua execurdo quando deteminado; A redagho dever ser uma dsseriaao com idbas coerenes, clara eobjeivasescrts na ina portuguesa e esata en era cursive, Deve te no nim 2D iinas continues, considerando 0 ecuo dos paragratos,e no maximo 20 inhas; iniciada a prov no haver8 mais esclaecimenos, O sandidato somente podara deixar o sou lugar, dovidarmante atozado pelo SupersorFiscal, para = rear defivemene do reco de prova cu nos cass abso espectcades, devameteacompanhed por mia deignao para eso fr: + atendimento mécico por pessoal desired pela ME; “eer uso de bao; € = casos defor maior, conprovados pala supenisGo do cetama, sem qe aconlaa sald de ea ccunerta para a realizado da prova Em nenfum dos cass haveraproogaqo do tempo destnad 8 rea da prove om caso doretradsdefniva do ecto de prove ost ser cri a6 nde fl solcionads, Use canetaesferoydfica prota ou azul para prencher afta de respostas; Conia na thas do quostes as respsias que vocéassnlou como caretas ants do marcas na foha de respi, Cuidado para no macar es copzies pra uma mesma questa nafolna de resposis (a quosio sera por} Para resouho, use os espaos disponives nas fohes de cuestes, mes s6 sero comigides as respostas mercedes a foe de espostas; : © tempo minima de permanéncia dos cenddais no reco de apicaco de provas & de 120 mitts Serena sumariamente do process selsvlconcusoe a sues provas no serdo leads em consderacéo,o candidat que: 8) der ou reeber auxilo para execugto da Prova escrta bjtva de conhacimentes profsslonls oda Redan, 5) ulizar-se de qualuer material rao autrzedo, 6) desrespitarquoluer pesca tlavadexecucdo da Prova eda Redon: 4) escrevero nome ou introduce marcas denficadoras roo ugar que nao odeteminado para esse fm; ©) _cometer ato grave do inscipine 4) compaecer ao local de reaizapdo da Prova escita cbjtva de conhecinninsprofssinais @ da Redo apés 0 horiro previo para ofchamento dos pores, InsiugGes pera preenchimento da ola de resposas: 8) se canta eslrogfica azul ou pat; )_escreva seu rome em ea de forma no oral ndcado; ¢)_essineo seu nore no ocaindicado; 4} na campe isco DV, escreva o seu nimero de inssigo nos retngulos, da esquerda pare a diia, um digto em cada reténgu. Escevao dito ‘orespordenie a0 OV no dia reténgula. Apts, cub todo o cro corespondente a cada nimera. Nao amasse dobre cu esque a ha de esposlas sob pana dese ead pelo enupamiento deer Sica que conigré as mesmas; 6 } 9b seré peri toca de ftha de respostas a inicio da prov, por motivo de ero no preenchiment nos campos nome, assnatiraw némero de ‘nscigo, send de intra responsablidede do candideto qualquer eo ou resura na refer foha de espostas, 6s oii da prova. 12--Procurepreencharaflha com alr de acrdo com 0 exemplo aban: ‘ wow ROBERTO SILVA nssnaee, Roberto Silva Semee > oA Pp 4 13 - Nao serd permite lovar a prova apbs sua reaizogSo. O candidate est autoizado a ranscover as suas espost, dentro do horrio destino & solu da prova,ultzando 0 modelo impcesso no fim desta intugses para posterior conferéncia cam o gabario que serd dvuigado em Bolen de Ordens e Notcias [BONO) da Marne do Bras, isporivel nas Organizagbes Responsdves pela Divugagao eInsarilo (ORD) ena pina da DEnsM na Intene. E pride @ _lkzapd de qualquer outro i de papel para anotapio do gabatto, ‘ANOTE SEU GABARITO PROVADE COR, Tz Af sel 7 els [Ol Tle Bee ely ele a ala alee 27a eles, e eae eT eS O a 2/8 4S eee Sle