Você está na página 1de 92

1

Apostila
Culto Infantil

PENTATEUCO:
Gênesis, Êxodo,
Levítico, Números e
Deuteronômio

Elaboração: Marina Schulli dos Santos


marinaschulli@yahoo.com.br
2

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: A criação
Versículo para Memorizar: No princípio, criou Deus os céus e a
terra. Gênesis 1:1 (Instrução como fazer o versículo no final desta aula).

Objetivo: Ensinar as crianças que tudo que foi criado no mundo


foi por Deus e sem Ele nada do que foi feito seria feito.

Esta é a história do começo dos começos, quando só havia


um grande vazio. Não tinha nada, tudo era bem escuro.
Então Deus, que existia antes de tudo existir, pela sua
palavra deu uma ordem e criou o universo, criou o que mais
tarde seriam céus e a terra. Nada tinha a forma de hoje.

O universo já não estava mais vazio. Estavam se formando mundos


e entre eles havia aquele que seria mais tarde o nosso planeta terra.
Mas antes de ter a atual forma de uma bola, tudo era uma mistura
sem forma. Ali, em cima dos vapores d'água, o Espírito de Deus se
movia.

Deus continuou o que estava fazendo e disse:


- Que apareça a luz!
E assim aconteceu. Deus viu que a luz era boa e
bonita. Fez questão de separar a luz da escuridão.
Chamou a luz de “dia” e a escuridão de “noite”.
Agora que havia luz, começou o primeiro dia da
criação.

Deus prosseguiu na sua obra e fez separação entre as águas.


Colocou um horizonte, separando as águas de cima das águas de
baixo, dizendo:
- Que as águas de cima formem o céu e as águas de baixo formem
os mares. Tudo isto aconteceu no segundo dia.

Na sequencia
Deus declarou:
- Que a terra faça
Deus deu um novo comando: brotar todo tipo de
- Que as águas que estão embaixo do céu se ajuntem num plantas e árvores!
só lugar e formem os oceanos. Assim haverá uma parte Tudo começou a
seca que se chamará “terra”. A terra no começo era árida, germinar e a terra
não chovia, não havia vida. Todavia a água brotava do solo ficou linda, se vestiu de plantas que dão flores, frutos e sementes.
e irrigava a superfície do solo. Oceano, terra e plantas – este foi o terceiro dia da criação. Viu Deus
que ficou bom e ficou contente.
3

Com sua palavra Deus criou os astros do


universo. Criou o sol, a lua e muitas estrelas. Por
onde se olhava se enxergava o que Deus criara.
Disse então:
- Eles servirão para marcar os tempos e ciclos: as
estações e os anos.

Então Deus disse:


- Que os mares fiquem cheios de seres vivos.
Assim os oceanos começaram a fervilhar de peixes e outros seres
de formas e tamanhos.

E Deus continuou:

- Que voem as aves no firmamento.


Também os céus se encheram de vida. Aves
multicoloridas voavam enchendo os ares de sons e

Disse Deus:
- Que a terra produza
animais. Animais
diversos, de muitas
espécies, domésticos
e selvagens. E assim
foi. Surgiram animais grandes como o elefante, a girafa, o tigre,
animais menores como o macaco, o esquilo, o cachorro e animais
minúsculos como a joaninha e a borboleta.
cores. Com isso o quinto dia terminou.

Finalmente Deus criou o ser humano. Do pó da terra formou o


homem e soprou em suas narinas o fôlego da vida. Mais tarde
Deus fez o homem cair num sono profundo e tomou de sua
costela, fazendo com ela uma mulher que lhe fosse
companheira. Homem e mulher foram criados à imagem do
próprio Deus. Deus os abençoou dizendo: - Sejam férteis,
encham e cuidem da terra! Assim, ao final do sexto dia, ficou
completa a criação do céu e da terra e de tudo o que neles
existe. E Deus viu tudo o que havia feito ficou muito bom.

http://pt.slideshare.net/rosemagal/hb001-a-criacao-12924090?related=3
4

Louvores sugeridos para fixação da


história:
A história dos animais – Arautos do Rei
Foi Deus quem criou – Os ovelhas
Se eu fosse – Cantigas Bíblicas
Autor da Criação – Crianças Diante do Trono
5

Instruções sobre o versículo:


Deus criou o mundo em seis dias e no sétimo descansou. Há sete argolas nesta corrente de
memorização. As beiradas das argolas indicam do “Dia 1” até “Dia 7”. Desenhe na argola o que
Deus criou em cada dia marcado. Cole as argolas na ordem indicada e forme a corrente.
6
7

Aula: ____/ _____/ _______

Tema: Adão e Eva no Jardim do Éden


Versículo para Memorizar: Romanos 5.19 – “Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram
feitos pecadores, assim pela obediência de um, muitos serão feitos justos.”

Objetivo: Ensinar às crianças que por causa do pecado de Adão, todos nós nos tornamos pecadores também,
mas quando aceitamos Jesus, como Salvador, recebemos dEle, o perdão, e nos tornamos justos, sem culpa
diante de Deus.
Quebra-Gelo: Alguma vez você comeu algo que sua mãe disse que não podia comer e passou mal? Diga o que foi.
Leitura da Bíblia: Gênesis cap. 2 e 3

Mensagem:
Deus criou um jardim chamado Éden, e no meio deste jardim,
ficava a árvore da vida e também a árvore do conhecimento do
bem e do mal.

Então, Deus pôs Adão e Eva no jardim do Éden, para cuidar


dele. E o SENHOR deu ao homem a seguinte ordem: Você
pode comer as frutas de qualquer árvore do jardim, menos da
árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. Não coma a
fruta dessa árvore; pois, no dia em que você a comer,
certamente morrerá.

Um dia, a serpente apareceu e começou a conversar com Eva. A mulher viu que a
Ela perguntou à mulher: – É verdade que Deus mandou que árvore era bonita e
vocês não comessem as frutas de nenhuma árvore do jardim? que as suas frutas
A mulher respondeu: – Podemos comer as frutas de qualquer eram boas de comer.
árvore, menos a fruta da árvore que fica no meio do jardim. E ela pensou como
Deus nos disse que não devemos comer dessa fruta, nem seria bom ter
tocar nela. Se fizermos isso, morreremos. Mas a serpente entendimento. Aí
afirmou: – Vocês não morrerão coisa nenhuma! Deus disse apanhou uma fruta e
isso porque sabe que, quando vocês comerem a fruta dessa comeu; e deu ao seu
árvore, os seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, marido, e ele também
conhecendo o bem e o mal. comeu. Nesse
momento os olhos dos
dois se abriram, e eles
perceberam que
estavam nus.Então
costuraram umas
folhas de figueira para
usar como roupas.
Naquele dia, quando
soprava o vento suave
da tarde, o homem e a
sua mulher ouviram a
voz do SENHOR
Deus, que estava
passeando pelo
jardim. Então se esconderam dele, no meio das árvores. Mas o
SENHOR Deus chamou o homem e perguntou: – Onde é que
você está? O homem respondeu: – Eu ouvi a tua voz, quando
estavas passeando pelo jardim, e fiquei com medo porque
estava nu. Por isso me escondi.
8

Aí Deus perguntou:
– E quem foi que
lhe disse que você
estava nu? Por
acaso você comeu
a fruta da árvore
que eu o proibi de
comer? O homem
disse: – A mulher
que me deste para
ser a minha
companheira me
deu a fruta, e eu
comi. Então o
SENHOR Deus
perguntou à
mulher: – Por que
você fez isso? A
mulher respondeu:
– A serpente me
enganou, e eu
comi. Então o
SENHOR Deus
disse à serpente: –
Por causa do que
você fez você será castigada. Entre todos os animais só você
receberá esta maldição: de hoje em diante você vai andar se
arrastando pelo chão e vai comer o pó da terra. Para a mulher
Você terá de trabalhar duramente a vida inteira a fim de que a
Deus disse: – Vou aumentar o seu sofrimento na gravidez, e
terra produza alimento suficiente para você. E o SENHOR
com muita dor você dará à luz filhos. Apesar disso, você terá
Deus fez roupas de peles de animais para Adão e a sua mulher
desejo de estar com o seu marido, e ele a dominará. E para
se vestirem. Por isso o SENHOR Deus expulsou o homem do
Adão Deus disse o seguinte: – Você fez o que a sua mulher
jardim do Éden e fez com que ele cultivasse a terra da qual
disse e comeu a fruta da árvore que eu o proibi de comer. Por
havia sido formado.
causa do que você fez a terra será maldita.

http://portalsementinhakids.com/desenhos-coloridos-para-historias-biblicas/a-criacao-adao-eva-e-a-queda/
9
10
11

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: Caim e Abel

Versículo para Memorizar: “Pela fé Abel ofereceu a Deus um sacrifício mais excelente que Caim.”
Hebreus 11:4.
Objetivo: Ensinar às crianças que a inveja é um sentimento ruim. Caim teve inveja de Abel porque Deus
se agradou da oferta de Abel e não se agradou da oferta de Caim.
Quebra-Gelo: Você já ofertou algo pra Deus? O que foi? (líder, explique às crianças que oferta é aquilo
que oferecemos, que entregamos para Deus. Não é só dinheiro, mas pode ser também doação de
alimentos, roupas, para a casa de Deus. O nosso tempo (quando deixamos de assistir televisão para orar e
jejuar, isto também é uma forma de ofertar ao Senhor.)
Leitura da Bíblia: Gênesis cap. 04

Mensagem:
A mulher de Adão, Eva, ficou grávida. E deu à luz um filho e Abel era
disse: Com a ajuda de Deus, o SENHOR, teve um filho pastor de
homem. E ela pôs nele o nome de Caim. Depois teve outro ovelhas, e
filho, chamado Abel, irmão de Caim. Caim era
agricultor. O
tempo passou.
Um dia Caim
pegou alguns
produtos da
terra e os
ofereceu a
Deus, o
SENHOR.
Abel, por sua
vez, pegou o
primeiro
carneirinho
nascido no
seu rebanho,
matou-o e
ofereceu as
melhores
partes ao
SENHOR. O SENHOR ficou contente com Abel e com a sua
oferta, mas rejeitou Caim e a sua oferta. Caim ficou furioso e
fechou a cara.

Então o SENHOR disse: Por que você está com raiva? Por
que anda carrancudo? Se tivesse feito o que é certo, você
estaria sorrindo; mas você agiu mal, e por isso o pecado está
na porta, à sua espera. Ele quer dominá-lo, mas você precisa
vencê-lo. Aí Caim disse a Abel, o seu irmão: Vamos até o
campo. Quando os dois estavam no campo, Caim atacou Abel,
o seu irmão, e o matou. Mais tarde o SENHOR perguntou a
Caim: Onde está Abel, o seu irmão? Não sei respondeu Caim.
Por acaso eu sou o guarda do meu irmão?

Então Deus disse: Por que você fez isso? Da terra, o sangue do seu
irmão está gritando, pedindo vingança. Por isso você será
amaldiçoado e não poderá mais cultivar a terra. Pois, quando você
matou o seu irmão, a terra abriu a boca para beber o sangue dele.
Quando você preparar a terra para plantar, ela não produzirá nada.
Você vai andar pelo mundo sempre fugindo. Caim disse a Deus: Eu
não vou poder aguentar esse castigo tão pesado. Hoje tu estás me
expulsando desta terra. Teri de andar pelo mundo sempre fugindo e
me escondendo da tua presença. E qualquer pessoa que me
encontrar vai querer me matar. Mas o SENHOR respondeu: Isso não
vai acontecer. Pois, se alguém matar você, serão mortas sete
pessoas da família dele, como vingança. Em seguida o SENHOR
pôs um sinal em Caim para que, se alguém o encontrasse, não o
matasse. Então Caim saiu da presença do SENHOR e foi morar na
região de Node, que fica a leste do Éden.
E você? Como tem sido sua atitude, quando um colega recebe um presente, e você não? Você fica com raiva dele? Quando sua
12

mãe agradece ao seu irmão por uma tarefa que ele fez em casa pra ela. Ou quando a professora elogia seu colega de classe pela
nota boa que tirou? Você fica triste ou feliz, quando essas coisas acontecem. Se você fica triste quando alguém recebe ou ganha
algo que você não tem, isto é um sentimento de inveja. E você deve orar e pedir pra Deus te ajudar, pois tendo este sentimento você
vai ser infeliz. Alegre-se quando alguém é elogiado, ou recebe um presente. Esta atitude agradará o coração de Deus! E você será
grandemente abençoado e Deus te dará o que você precisa.

Exercício de fixação: Desenhe duas cestas bem bonitas, e depois escreva atitudes e palavras que agradam a Deus e atitudes e
palavras que não agradam a Deus. Depois coloque o nome na cesta, uma é de Caim e a outra é de Abel.

http://portalsementinhakids.com/desenhos-coloridos-para-historias-biblicas/cai-e-abel/
Aula: ____/ _____/ _______
13

Tema: Noé

Versículo para Memorizar: Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor.
Gênesis 6:8

Objetivo: Ensinar as crianças que quando Deus nos manda fazer algo,
temos que obedecer e confiar, porque Ele sempre tem o melhor para nós!
Quebra-Gelo: Você já foi à praia? O que mais você gostou lá?
Leitura da Bíblia: Gênesis capítulos 5 a 9

Mensagem:
Noé foi considerado um homem justo e bom, pois ele obedecia a Deus. Na época de
Noé, os homens eram maus e faziam coisas que não agradava a Deus. “Noé, – disse
Deus – vou destruir todos os homens desta terra, então eu quero que você faça uma
arca bem grande. Mas com você eu estou fazendo uma aliança, pegue toda a sua
família e coloque dentro da arca com você. Pois só vocês é que vão sobrar e cada
casal de animais, coloque um par de macacos, girafas, leões“… e o que mais? (espere
as crianças falar os outros bichos).

http://portalsementinhakids.com/desenhos-
coloridos-para-historias-biblicas/noe/

Quando Noé estava


construindo a arca, os
homens diziam que ele era
louco e que não ia chover,
pois naquela época chovia
pouco. Mas Noé avisou do
dilúvio, mas ninguém quis
ouvir.

Chegou o dia de entrar na arca, Noé, sua família e os animais.


O povo ficou olhando pra ver o que estava acontecendo e riam
dele.
14

Mas, começou a chover, e muito forte, sem parar, como Deus


tinha avisado,. As pessoas correram até a arca e bateram com
força na porta, implorando para entrar, mas Deus trancou a porta
por fora.E as águas cobriram todas as árvores e casas, e todas
as pessoas morreram afogadas. Depois disso a arca começou a
flutuar sobre as águas e choveu 40 dias e 40 noites. Noé e sua
família cuidavam dos animais e limpavam suas sujeiras. Tinham
que esperar as águas abaixarem.

E Noé soltou um corvo para ver se a água já tinha abaixado,


mas ele ia e voltava. Depois, Noé soltou uma pomba, ela voltou
a ele; trazia no bico uma folha nova de oliveira; assim entendeu
Noé que as águas tinham minguado de sobre a terra. Depois
soltou-a novamente, e ela não voltou mais. Aí Deus falou com
Noé para ele sair da arca com a sua família e os bichos.

Ao sair da arca Noé edificou um altar e ofereceu uma oferta


agradável a Deus. E Deus fez uma aliança com Noé, dizendo:
“Prometo que nunca mais os seres vivos serão destruídos por
um dilúvio, e nunca mais haverá outro dilúvio para destruir a
terra, como sinal desta aliança que estou fazendo para sempre
com vocês e com todos os animais, vou colocar o meu arco nas
nuvens, o arco-íris será o sinal da aliança que estou fazendo
com o mundo.” E depois Deus disse a Noé: “Multiplicai enchei a
terra e frutificai.” Noé e seus filhos povoaram a terra. Noé foi um
homem obediente a Deus, por isso sobreviveu ao dilúvio.

Aplicação: E você? Como está o seu coração, saiba que Deus conta com você pra agradar a Ele neste mundo cheio de pecado, e
que quando Deus fala, cumpri o que diz. Então nunca brinque com as coisas de Deus, não zombe, como os vizinhos de Noé, eles
não temiam ao Senhor, por isso morreram no dilúvio. Mas Deus vai usar você pra falar aos seus colegas que eles precisam aceitar
a Jesus, que Ele é o único Senhor e Salvador. Alguns podem zombar de você, mas não importa, faça a sua parte.

Louvores sugeridos para fixação da história: Arca de Noé – Tia Jô; Dentro da Arca de Noé – Aline Barros; A arca - Sandrinha
15

http://ministeriodelouvorquellysilva.blogspot.com.br/
16
17

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: Torre de Babel http://portalsementinhakids.com/2009/08/torre-de-babel/
Versículo p Memorizar: “O orgulhoso acaba sendo humilhado, mas quem é humilde será respeitado.” Pv 29:23
Objetivo: Ensinar a criança que orgulho é pecado, que tudo que temos e somos vêm de Deus!
(orgulho=pessoa que se acha a melhor e despreza as outras pessoas). Ensinar a criança que orgulho é pecado,
que tudo que temos e somos vêm de Deus!
Quebra-Gelo: Qual é a sua habilidade? Habilidade é saber fazer algo muito bem! Por exemplo, cozinhar, fazer
cartazes, pintar, tocar, cantar, contar histórias, etc. Então o que você sabe fazer muito bem feito?
Referência Bíblica: Gênesis 11:1-9
Mensagem:
Era uma manhã de Domingo na Igreja e as crianças estavam conversando na porta da Classe quando a líder do Culto infantil
passou e viu que estava acontecendo uma conversa onde todos falavam ao mesmo tempo e parecia que ninguém se entendia,
então ela parou e perguntou o que estava acontecendo ali e novamente todos falaram juntos ao mesmo tempo. A líder pediu que
eles fizessem silêncio e que um deles falasse o que aconteceu. Então o maior falou que eles queriam comprar um presente para a
líder, mas cada um queira uma coisa, um não concordava com o outro, todos achavam que a sua ideia de presente era a melhor. A
líder ouviu e pediu que eles entrassem para a sala da reunião, pois contariam uma história da Bíblia que ajudaria eles.
Começou então a contar que depois do dilúvio, as famílias
cresceram e encheram a terra. Naquele tempo todos os povos
falavam uma língua só, todos usavam as mesmas palavras.
Alguns partiram do Oriente e chegaram a uma planície em Sinar,
onde ficaram morando. Um dia disseram uns aos outros: —
Vamos pessoal! Vamos fazer tijolos queimados! Assim, eles
tinham tijolos para construir, em vez de pedras, e usavam piche,
em vez de massa de pedreiro. Aí disseram: — Agora vamos
construir uma cidade que tenha uma torre que chegue até o céu.
Assim ficaremos famosos e não seremos espalhados pelo
mundo inteiro. Deus vai gostar da nossa Torre, vamos fazer do
nosso jeito.

Então o SENHOR desceu para ver a cidade e a torre que aquela


gente estava construindo. O SENHOR disse assim: — Essa
gente é um povo só, e todos falam uma só língua. Isso que eles
estão fazendo é apenas o começo. Logo serão capazes de fazer
o que quiserem. Vamos descer e atrapalhar a língua que eles
falam, a fim de que um não entenda o que o outro está dizendo.
E todos começaram a falar línguas estranhas e ninguém mais se
entendia. Assim, o SENHOR os espalhou pelo mundo inteiro, e
eles pararam de construir a cidade. A cidade recebeu o nome de
Babel, pois ali o SENHOR atrapalhou a língua falada por todos
os moradores da terra e dali os espalhou pelo mundo inteiro.
Devemos fazer a vontade de Deus e não a nossa.

Aplicação: Que interessante foi o que Deus fez com aquele povo, trocou a língua deles para que eles vissem que sem Deus eles
não são nada. Aquele povo era um povo orgulhoso, achava que não precisava de Deus. Por causa do seu orgulho foi humilhado por
Deus. Por isso devemos sondar o nosso coração, sermos humildes, isto agrada o coração do Pai. Alguma vez você já se sentiu
muito importante, o “bonzão?” Achou que os outros dependiam de você em alguma tarefa ou atividade da escola, e que se você não
tivesse lá, nada sairia bom? Que não existe ninguém que jogue tão bem quanto você? Pois bem, tudo isso é orgulho, e é pecado!
Tudo o que você tem, tudo o que você sabe fazer, por exemplo, fazer um bolo gostoso, desenhar muito bem, ser o melhor jogador
de futebol, seus dons e habilidades, vêm de Deus A sua inteligência em matemática, a facilidade em realizar uma atividade, você
simplesmente é o que é, por causa do Senhor Jesus, então agradeça a Ele por tudo que você tem, seja HUMILDE!
Atividade: Divida a turma em grupos, cada grupo vai fazer uma torre com peças de brinquedos, caixas de fósforo, latas, caixas de
leite, rolo de papel (vazio), use a sua criatividade, o grupo, que mantiver sua torre em pé por mais tempo ganha o jogo.
Louvores sugeridos para fixação da história: Torre para o céu – Cristina Mel
18
19

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: “Abraão e o chamado de Deus”
Versículo para Memorizar: “Foi pela fé que Abraão, ao ser chamado por Deus, obedeceu e saiu para uma
terra que Deus lhe prometeu dar.” Hebreus 11:8

Objetivo: Ensinar a criança que devemos confiar em Deus, nas Suas promessas, e obedecer aquilo que Ele
nos manda fazer!
Quebra-Gelo: Você já viajou para um lugar que demorou muito para chegar? Para onde foi?
Referência Bíblica: Gênesis 12:1-9

Mensagem:
João chegou para a igreja parecendo um pouco triste e a líder perguntou o que havia acontecido. Ele, triste, respondeu
que ia ter que mudar para outro bairro, longe dos seus amiguinhos e da escola que estudava, mas ele não queria ir, e falou
pra mãe dele que não iria.
A professora conversou muito com ele para que não ficasse triste, mas que obedecesse sua mãe, porque Deus tem um
plano para tudo o que acontece na nossa vida, mesmo as mudanças, fazem parte também do que Deus tem para nós. A
professora contou que Abrão (ainda não tinha mudado o nome para Abraão) também tinha mudado para longe de todos os
seus amigos e que isso foi muito bom pra ele. João perguntou como isso tinha acontecido e ela respondeu assim:
Certo dia o SENHOR Deus disse a Abrão: — Saia da sua
terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai e vá
para uma terra que eu te mostrarei. Os seus descendentes
vão formar uma grande nação. Eu o abençoarei, o seu
nome será famoso, e você será uma bênção para os
outros. Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei
os que te amaldiçoarem. E por meio de você eu
abençoarei todos os povos do mundo.

Abrão tinha setenta e cinco anos quando partiu de Harã,


como o SENHOR havia ordenado. Abrão levou a sua mulher
Sarai, o seu sobrinho Ló, filho do seu irmão, e todas as
riquezas e empregados que havia conseguido em Harã.
Quando chegaram a Canaã, Abrão atravessou o país até
que chegou a Siquém, um lugar santo, onde ficava a
árvore sagrada de Moré. Naquele tempo os Cananeus
viviam nessa região.

Ali o SENHOR apareceu a Abrão e disse: — Eu vou dar esta


terra aos seus descendentes. Naquele lugar Abrão
construiu um altar a Deus, o SENHOR, pois ali o SENHOR
havia aparecido a ele. Depois disso Abrão foi para a região
montanhosa que fica a leste da cidade de Betel e ali
armou o seu acampamento. Betel ficava a oeste do
acampamento, e a cidade de Ai ficava a leste. Também
nesse lugar Abrão construiu um altar e adorou o SENHOR.
Dali ele foi andando de um lugar para outro, sempre na
direção sul da terra de Canaã. Seguindo a voz do Senhor!
20

Sabe João, muitas vezes temos que mudar para que as promessas de Deus se cumpram em nossa vida, disse a professora.
João falou: "agora estou feliz porque sei que Deus vai me dar muitos amigos no bairro que vou morar e eu vou falar de
Jesus para eles."

Aplicação: Um dia, Deus fez promessas para Abraão, e cumpriu. Agora Ele tem feito promessas a você! E esteja certo, que
o Senhor vai cumprir todas as promessas, assim como foi com Abraão. Mas para isso acontecer é preciso que você confie no
Senhor e obedeça a tudo aquilo que Ele te pedir. Ame ao Senhor, sirva-O de todo o seu coração assim como fez Abraão!
Busque a Ele em oração, louvor e faça sacrifício que agrade ao nosso Deus como: deixando de comer um dia aquilo que
você mais gosta, ou deixar de assistir o seu programa predileto por uma semana. Se você obedecer e agradar ao Senhor,
você terá um futuro abençoado, como Abraão teve. http://portalsementinhakids.com/estudos-para-criancas/serie-de-estudos-
herois-da-fe/licao-5-herois-da-fe-abraao-e-o-chamado-de-deus/

Atividade:
1º) Sentem-se formando um círculo. A primeira pessoa diz: “Deus chamou Abraão para deixar sua terra e mudar-se, e
Abraão empacotou ______________”, dizer o nome de algo com a letra “A” – “Arco”. A pessoa seguinte repete a sentença,
o item e então acrescenta algo com a letra “B” “Bastão”. Continuem até que somente uma criança consiga repetir tudo ou
tiverem completado o alfabeto.

2º) "Viagem Cega: Vendar os olhos das crianças e pedir para que elas sigam a voz do líder, dizer palavras ou frases como
“tenham fé”, “obedeçam” e outras palavras que vão dando direção às crianças onde o líder está. O líder deverá conduzir
às crianças até uma determinada área e parar. Daí as crianças podem tirar as vendas dos olhos e o líder conversará com as
crianças, de como é difícil seguir alguém com os olhos vendados, falar sobre as dificuldades, medo, insegurança, ao
estarem com os olhos vendados, mas elas confiaram, em todo momento, em seguir a voz do líder. Explicar que assim foi
com Abraão - obedeceu a Deus e foi para um lugar que não conhecia.
21
22

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: Deus faz uma promessa a Abraão
Versículo para Memorizar: “Tu és o meu esconderijo e o meu escudo; eu ponho a minha esperança na
tua promessa.” – Sl 119.114

Objetivo: Ensinar às crianças que as promessas de Deus são verdadeiras, e não importa o tempo, elas
vão se cumprir. Mas temos que ter fé para receber as promessas de Deus!

Quebra-Gelo: Você já recebeu de seu pai, ou de alguém da sua família, uma promessa? Por ex: Se você
passasse de ano, ou se fizesse toda a tarefa de casa ou da escola, você receberia uma recompensa?
Como ganhar uma bicicleta, um sapato novo, uma cama nova ou um passeio. E aí, a promessa feita já se
cumpriu ou você ainda está esperando?

Leitura da Bíblia: Gênesis 15, 17 e 18

Mensagem:
Na lição de hoje, continuaremos a história de Abraão. Como
aprendemos semana passada, Abraão foi desafiado por Passado alguns
Deus a sair da sua casa, e ir para uma terra que ele não anos, Abraão estava
conhecia, onde iria ficar muito longe dos seus parentes. Mas sendo muito
Deus lhe disse que assim como são muitas as estrelas do abençoado, mas
céu e os grãos de areia do mar, assim seria a descendência ainda lhe faltava
de Abraão. Dele sairia uma grande nação, e que ele seria algo: ele não tinha
uma bênção na vida de muitas pessoas. Crendo que Deus filhos! Como ele
sabia o que era melhor, Abrão fez como Deus tinha seria pai de
mandado, e sabia que como Deus havia prometido, Ele iria multidões, como o
cumprir. próprio Senhor
havia dito, sendo
que ele não tinha
sequer um
herdeiro? Foi
quando ele orou,
pedindo por um
milagre, já que a
sua mulher, Sara,
não podia ter filhos,
e ambos eram muito
velhos!
E tinha Abraão noventa e nove anos quando Deus apareceu
a ele e novamente lhe disse que dele se multiplicaria muitas
pessoas, e que ele seria o pai de muitas nações. E que a
partir daquele dia seu nome e o de sua mulher mudaria, de
Abrão para Abraão, e de Sarai para Sara.

Depois de algum tempo, três anjos vieram conversar com


Abraão, e lhe disseram que Sara engravidaria de um
menino, como Deus havia dito. No princípio, Sara
desacreditou, e riu da possibilidade de ser mãe com aquela
idade e sendo estéril, não podia engravidar. Mas depois de
nove meses daquela profecia, Sara engravidou e deu à luz a
Isaque. De Isaque então, deu-se o início de toda a
descendência de Abraão.

http://portalsementinhakids.com/desenhos-coloridos-para-historias-
biblicas/abraao/

Louvores sugeridos para fixação da história: Abraão – Crianças Diante do Trono


23

Exercício de fixação: PASSA ANEL MUSICAL


Material: Uma argola pequena, perguntas e música.
Preparo: escrever diversas perguntas em pequenas tiras de papel, enrole cada tira e coloque-a numa argola (ou anel), uma
de cada vez.
Desenvolvimento: ao som da música uma criança vai passando para a outra, o anel, com a tira de papel enrolada. Quando a
música parar, a criança não pode passar para a outra, o anel. A criança que está com o anel deverá tirar a tira de papel de
dentro do anel, desenrolá-la, ler a pergunta e responder.
Sugestão de perguntas: Quantos anos Abraão tinha quando Deus mudou o seu nome e o da sua mulher? Quais eram os
seus antigos nomes? O que Deus prometeu a Abraão? Qual foi o nome do filho de Abraão? Por que Abraão não podia ter
filhos?
24

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: “Sodoma e Gomorra”
Versículo para Memorizar: “Todo aquele que permanece em Cristo, não vive pecando; todo aquele que
vive pecando não o viu, nem o conheceu.” 1 João 3:6

Oferta: Ensine as crianças que não devemos chegar à presença de Deus com as mãos vazias, que
devemos trazer sempre a nossa oferta de gratidão e de amor a Ele.
Objetivo: Ensinar as crianças que o pecado que cometemos nos separa de Deus e de tudo aquilo que ele
tem para nós.
Quebra-Gelo: Pegue uma esponja de tomar banho simples (suje-a um pouco), pegue uma jarra de água e
uma bacia. Essa esponja seca e suja era você antes de conhecer Jesus. A sua vida era vazia, marcada
somente pela sujeira do pecado. Uma esponja seca é facilmente levada pelo vento. Da mesma forma, você
era levado pela opinião das pessoas que não tem temor de Deus! Mas um dia tudo mudou. Você conheceu
Jesus (jogar água na esponja) A palavra de Deus entrou na sua vida e o sangue de Jesus lavou você de
todo pecado. Você recebeu a vida de Deus (encharcar a esponja)!
Referência Bíblica: Gênesis 19:1-30

Mensagem: Nos tempos de Abraão,


havia duas cidades chamadas Sodoma
e Gomorra. As pessoas que moravam
nessas cidades tinham se afastado de
Deus, e praticavam coisas erradas.
Abraão tinha um sobrinho, seu nome
era Ló, e ele morava em Sodoma. Mas
diferente de todos os outros habitantes
daquela cidade, Ló e sua família eram
tementes a Deus e aos seus
mandamentos. Mas Deus decidiu destruir aquela cidade! Ele enviou dois anjos, com aparência humana, Ló
estava sentado perto do portão de entrada da cidade. Quando viu os anjos, levantou-se e foi recebê-los, e
disse: “Senhores estou aqui para servi-los; por favor, aceitem o meu convite e venham se hospedar na
minha casa. Os senhores podem lavar os pés e passar a noite ali.” Eles disseram: “Não, nós vamos passar
a noite na praça.” Mas Ló insistiu tanto, que eles aceitaram e foram com ele para a sua casa. Ló mandou
preparar um bom jantar e assar pães sem fermento. E os visitantes jantaram. Mas, antes que eles fossem
dormir todos os homens de Sodoma, cercaram a casa. Eles chamaram Ló e perguntaram: Onde estão os
homens que entraram na sua casa esta noite? Traga-os aqui fora para nós, pois queremos machucá-los.
Ló saiu para falar com os homens: “Não façam nada com esses homens, pois são meus hóspedes.” Mas
eles responderam: “Saia da nossa frente!” Os homens de Sodoma se atiraram contra Ló e chegaram perto
da porta para arrombá-la. Mas os visitantes pegaram Ló, e o puxaram para dentro da casa, e fecharam a
porta. Em seguida os anjos cegaram os homens que estavam do lado de fora e assim não conseguiram
encontrar a porta. Então os anjos disseram a Ló: “Arrume-se depressa, pegue a sua mulher e as suas duas
filhas e saia daqui, para que vocês não morram quando a cidade for destruída.” Assim que a família de Ló
estava em segurança, fora da cidade, um dos anjos disse: “Fujam! E não olhem para trás, senão vocês
morrerão! E então Deus fez chover fogo sobre as cidades de Sodoma e Gomorra. Mas a mulher de Ló
olhou para trás e ela foi transformada em uma estátua de sal. E assim Deus limpou para fora o pecado,
das cidades de Sodoma e Gomorra. Mas Deus salvou Ló e suas duas filhas.
Aplicação: As pessoas das cidades de Sodoma e Gomorra viviam pecando e não queriam se arrepender!
E por isso foram destruídas, porque amavam o pecado e não queriam obedecer a Deus. Quando
aceitamos Jesus em nossas vidas, não queremos mais pecar, aprendemos que o pecado nos separa de
Deus, e não ficamos felizes quando pecamos. Se você quer viver feliz siga ao Senhor, faça a Sua vontade.
Se pecar, peça perdão, fique longe de amigos que não amam a Deus, não participe de coisas que não
agradam ao Senhor. Não olhe para trás como a mulher de Ló fez. Ela morreu porque lamentou deixar a
cidade, os vizinhos, seus bens materiais, Deus não era Senhor da sua vida. Mas se você ama a Deus de
todo o seu coração abandone a sua vida de antes e comece hoje uma nova vida em Cristo, fazendo aquilo
que agrada a Ele!
Atividade: Líder escreva palavras boas em pedaços de papel e palavras ruins em outros. Depois dobre e
peça para cada criança escolher um papel, se for algo bom, explicar como poderá usar essa palavra, se for
mal, como rejeitar em sua vida. Por ex: ajudar, abraçar, orar, amar, igreja. E palavras como: brigar,
responder mal, palavrões, “colar”,etc. Aquela que se sair melhor nas respostas é o vencedor.

Louvores sugeridos para fixação da história: Estátua de Sal – Sandrinha


25
26

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: Abraão e Isaque
Quebra-Gelo: Qual é a pessoa ou coisa (televisão, futebol, brincar, etc) que você ama mais? Por quê?
(depois que as crianças responderem, explique a elas que Deus deve estar acima do amor que sentimos
por nossa família, ou por qualquer outra coisa que temos. Por exemplo, não podemos faltar na aula por
causa de um programa de televisão. Ou, quando nos tornarmos adultos, e Deus nos chamar para sermos
missionários em outro país, devemos obedecer ao seu chamado, mesmo se tivermos que nos separar da
nossa família. Em primeiro lugar, devemos amar a Deus! Em seguida ensine o versículo).

Versículo para Memorizar: “Amarás o Senhor, teu Deus de todo o teu coração“ Mateus 22:37

Objetivo: Ensinar às crianças que Deus tem que estar em primeiro lugar nas nossas vidas.
Leitura da Bíblia: Gênesis 22:1-19

Mensagem:
Algum tempo depois Deus pôs Abraão à prova. Deus o Abraão pegou a
chamou pelo nome, e ele respondeu: — Estou aqui. lenha para o
Então Deus disse: — Pegue agora Isaque, o seu filho, sacrifício e pôs nos
o seu único filho, a quem você tanto ama, e vá até a ombros de Isaque.
terra de Moriá. Ali, na Pegou uma faca e
montanha que eu lhe fogo, e os dois
mostrar, ofereça o seu filho foram andando
como sacrifício. No dia juntos.
seguinte Abraão se Daí a pouco o
levantou de madrugada, menino disse:
preparou o seu jumento, — Pai!
cortou lenha para o Abraão respondeu:
sacrifício e saiu para o — Que foi, meu
lugar que Deus havia filho?
indicado. Isaque e dois Isaque perguntou:
empregados foram junto — Nós temos a
com ele. No terceiro dia, lenha e o fogo, mas
Abraão viu o lugar, de onde está o
longe. Então disse aos carneirinho para o
empregados: — Fiquem aqui com o jumento. Eu e o sacrifício?
menino vamos ali adiante para adorar a Deus. Daqui a Abraão respondeu: — Deus dará o que for preciso; ele
pouco nós voltamos. vai arranjar um carneirinho para o sacrifício, meu filho.
E continuaram a caminhar juntos.
Quando chegaram ao
lugar que Deus havia Mais uma vez o Anjo
indicado, Abraão fez um do SENHOR, lá do
altar e arrumou a lenha céu, chamou Abraão e
em cima dele. Depois disse: — Porque você
amarrou Isaque e o fez isso e não me
colocou sobre o altar, negou o seu filho, o
em cima da lenha. seu único filho, eu juro
Em seguida pegou a pelo meu próprio
faca para matá-lo. Mas nome — diz Deus, o
nesse instante, lá do SENHOR — que
céu, o Anjo do abençoarei você
SENHOR o chamou, ricamente. Farei com
dizendo: — Abraão! que os seus
Abraão! — Estou aqui — respondeu ele. O Anjo disse: descendentes sejam
— Não machuque o menino e não lhe faça nenhum tão numerosos como
mal. Agora sei que você teme a Deus, pois não me as estrelas do céu ou os grãos de areia da praia do
negou o seu filho, o seu único filho. mar; e eles vencerão os inimigos. Por meio dos seus
Abraão olhou em volta e viu um carneiro preso pelos descendentes eu abençoarei todas as nações do
chifres, no meio de uns arbustos. Abraão foi, pegou o mundo, pois você fez o que eu mandei. Abraão voltou
carneiro e o ofereceu como sacrifício em lugar do seu para o lugar onde estavam os seus empregados, e
filho. Abraão pôs naquele lugar o nome de “O foram todos juntos para Berseba, onde Abraão ficou
SENHOR Deus dará o que for preciso.” É por isso que morando.
até hoje o povo diz: “Na sua montanha o SENHOR http://portalsementinhakids.com/desenhos-coloridos-para-historias-
biblicas/abraao/
Deus dá o que é preciso.”
27

Aplicação: Deus pediu Isaque a Abraão. Isaque devia ser a pessoa que Abraão mais amava, era o seu único
filho, mas Isaque não era a pessoa mais importante na vida de Abraão, Deus estava em primeiro lugar na sua
vida. Você pode gostar de muitas pessoas, ou ter coisas muito importantes na sua vida, mas nunca se esqueça
que Deus tem que estar acima de todas elas, Deus tem que ser o mais importante pra você!

Exercício de fixação:
Material: papel cartão, pincel atômico, tesoura.
Preparo: Recortar um retângulo de 20 cm X 30 cm, palavras relacionadas à lição, ou o versículo para
memorizar. Recortar esse retângulo em vários formatos, igual a um quebra-cabeça.
Desenvolvimento: Os recortes serão distribuídos a todos os participantes, que dado um sinal sairão à
procura das partes que completam as palavras. Variante: Em vez de palavras pode usar gravuras.

Colorir
28

Aula: ____/ _____/ _______

Tema: Abraão procura uma noiva para seu Filho (Gn 24)

Objetivo: Que a criança salva peça que Deus a guie diariamente para tomar as decisões certas.

Introdução: Você já teve de tomar uma decisão difícil? Pode ser escolher qual o esporte que vai praticar
ou quem deve ser seu melhor amigo. Que outras decisões difíceis você teve de fazer? Um homem em
nossa história bíblica precisava saber como tomar uma decisão muito importante.

Mensagem:
Abraão deu
instrução a seu
servo para
encontrar uma
esposa para
seu filho Isaque,
na terra em que
tinha morado
antes, a, mais
ou menos, 700
km de distância.
Abraão não
queria que
Isaque se
casasse com
uma moça da
terra de Canaã
onde eles Ele ama você também, mas não gosta do seu
estavam morando. Os cananeus eram um povo muito pecado. Este é o motivo de Deus ter enviado Seu
cruel e tolo que não acreditava no Deus único e Filho Jesus para receber o castigo por todas as
verdadeiro. Deus os amava muito, mas não amava o coisas erradas que você faz. Jesus deu sua vida
pecado deles. Deus é puro e perfeito. Ele não pode voluntariamente. Ele derramou o Seu Sangue,
simplesmente fazer vista grossa quando as pessoas morrendo no seu lugar (cite Romanos 5.8) Ele depois
são cruéis e bastante tolas para não crerem nEle voltou a viver. Não crer em Deus e no Seu Filho
(Rm 6.23a). Jesus Cristo como seu Salvador é uma coisa errada
e louca.

Quando se aproximou da cidade de


Naor, o homem pediu a Deus
orientação específica para escolher a
moça certa para Isaque.
Como o servo podia saber qual era a
moça certa para Isaque? (Explique
como ele seria tolo se tentasse
descobrir isso por conta própria.) Por
que era importante que o servo de
Abraão pedisse orientação a Deus? (Explique as
consequências de fazer a escolha errada.) Por que é
importante para você pedir orientação a Deus quando
Abraão não queria que seu filho Isaque se casasse tem uma decisão a tomar? (Fale sobre a sabedoria
com uma moça de Canaã porque os cananeus não de Deus – Ele sabe o que é melhor para você; o
criam no Deus verdadeiro (II Co 6.14). Um amor de Deus – Ele quer o que é melhor para você; o
casamento assim, só causaria problemas! poder de Deus – Ele pode fazer o que é melhor para
Abraão afirmou ao seu servo que ele teria a ajuda e a você.) Se você já tem o Senhor Jesus como seu
orientação de Deus. Depois que o servo prometeu Salvador, peça a Deus orientação para tomar
que faria conforme Abraão lhe tinha pedido, ele decisões certas, de acordo com o plano dEle. A
viajou com presentes em busca da noiva para Palavra de Deus diz: “Se, porém, algum de vós
Isaque. necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos
dá liberalmente” (Tiago 1.5). Deus promete ajudá-lo
passo a passo a tomar as decisões certas. Como o
servo de Abraão foi sábio ao pedir a Deus orientação
enquanto procurava a futura esposa de Isaque!
29

Labão (irmão de
Antes que o servo Rebeca) e Betuel
de Abraão (pai de Rebeca)
terminasse de compreenderam
orar, Rebeca que essa era a
chegou para tirar vontade do
água do poço. Ela Senhor, e deram
não só deu a ele a permissão para
água que havia que Rebeca
pedido, como viajasse para
também se Canaã com o
ofereceu para dar servo de Abraão.
de beber aos O servo agradeceu
camelos do servo a Deus e deu
de Abrão, presentes à família
exatamente como de Rebeca para
ele tinha pedido comemorar o
em oração. futuro casamento. O servo voltou alegremente para
Conforme o Canãa com a futura esposa de Isaque! Depois de
desejo de Abraão, o servo deu a Rebeca joias caras, Isaque e Rebeca se encontrarem, o servo contou a
perguntou quem era seu pai, e se havia lugar na casa Isaque tudo o que Deus tinha feito. Rebeca casou-se
dela para ele e seus companheiros ficarem. Rebeca com Isaque.
correu para contar à família as notícias de seu
parente Abraão, o servo abaixou a cabeça e Se você já tem o Senhor Jesus como seu Salvador,
agradeceu a orientação de Deus. Ao ver as joias peça a Deus a orientação para tomar decisões certas,
recebidas por Rebeca, o irmão dela, Labão, correu de acordo com o plano dEle.
até o poço para falar com o servo, e convidou-o para
jantar em sua casa. O servo explicou como Deus o Fonte: Bíblia de Recursos para o Ministério com
tinha guiado, e pediu permissão para levar Rebeca a Crianças
Canaã a fim de tornar-se esposa de Isaque.
30

Aula: ____/ _____/ _______

Há muito tempo, nos tempos dos patriarcas de Israel vivia


Isaque. Isaque era um homem muito bom, de paz. Era
nômade, morava em tendas, e tinha muita cabra, ovelhas e
camelos. Quando a grama ou a água acaba, mudava para
um lugar mais verde.

Houve uma seca muito grande, os animais e as pessoas


começaram a passar fome. Isaque planejava ir para o
Egito, como seu pai Abraão fizera muitos anos antes. Mas
Deus lhe apareceu em sonho e lhe disse para ficar por ali
mesmo, pois esta era a terra prometida e ali a vida seria
boa.

Isaque obedeceu ao
pedido de Deus e ficou
numa região chamada
Gerar, que fica em
Israel. Seguiu então
um caminho que
conhecia desde que era
menino, e até
encontrou um poço,
que os servos de seus
pais cavaram. Mas,
que tristeza! Alguém
Isaque pensou: vou recuperar este poço e até dar o
passou por ali e
mesmo nome que meu pai lhe deu. Deus o abençoou e
entupiu o poço,
ele encontrou água. Ao invés de guardar os grãos que
jogando muita terra lá
tinha para comer, Isaque arriscou e plantou boa parte das
dentro.
sementes. Deu mais doa que certo! Colheu 100 vezes
mais!
31

Não demorou muito e os


povos vizinhos começaram
a ficar com inveja. O Rei
Abimeleque ficou com
medo da força de Isaque,
pois este tinha muitas posses, animais e servos. O rei Isaque pegou suas coisas, seus animais, desarmou suas
pediu que saísse dali. Isaque, que era um homem de paz, barracas e foi morar mais adiante, num lugar chamado
resolveu sair e começar em outro lugar. Vale de Gerar, que fica no deserto de Negueve.
- Aqui não tem ninguém, aqui não vamos incomodar –
disse Isaque. - Estou curioso para saber o que Deus nos
reserva.
Naquele
vale Isaque
e seus
servos
cavaram um
poço, num
lugar que
poderia
haver água.
Tiveram
sorte! Um dia os pastores daquela
Acharam região começaram a discutir
uma mina com os pastores de Isaque, e
de água e diziam que aquela água era
ficaram felizes. Achar água num lugar árido como deles. Isaque chamou aquele
aquele, era tão valioso como encontrar uma mina de poço de “Poço da Discussão” e seguiu adiante. Ali
ouro. também houve discussão. - Que coisa! - disse Isaque –
este é um “Poço da Inimizade”, e eu quero paz.

Passaram alguns anos, e como todo nômade, um dia


Isaque não perdeu a fé na promessa que Deus lhe dera,
Isaque e seu clã foram mais adiante, num lugar que
mudou-se dali e abriu outro poço. Desta vez ninguém
chamou Seba. Lá, Deus apareceu novamente num sonho e
discutiu por causa dele, e assim Isaque batizou o poço de
disse a Isaque: - Eu sou o Deus de Abraão, seu pai. Não
“Reobote” que traduzido significa - “lugar espaçoso”.
tenha medo, estarei com vocês e vocês serão uma grande
Agora sim, Deus nos abriu um espaço e prosperaremos
nação.
nesta terra.
32

Isaque ajuntou
algumas pedras e fez
um altar. Adorou a
Deus, cantou, fez
suas orações e estava
feliz.

Um belo dia
chega
Abimeleque
com seu
conselheiro e o
comandante do
seu exército.
Foi aquele
alvoroço.
O que será que eles querem desta vez? Todos tinham
Armaram suas barracas por ali e Isaque planejava
na lembrança a hostilidade do último encontro.
ficar por um bom tempo. Seus servos começaram a
Desconfiado, Isaque perguntou: - O que vocês
cavar outro poço.
querem comigo?
Não foi coincidência não, mas
dali a pouco os servos
acharam água e vieram
correndo trazer a boa notícia:

Eles disseram: - Vimos claramente que o Senhor está - Senhor, achamos água!!!
contigo. Vamos ser amigos e firmar um acordo de paz. Este lugar cresceu e se tornou conhecido como
No fundo estavam com medo e queriam segurança – Berseba – a cidade dos 7 poços – e existe até hoje.
mas Isaque foi generoso e além do acordo ofereceu Aquele poço ainda está lá, produzindo água no meio
um delicioso banquete. Seriam bons vizinhos e se do deserto.
tratariam sempre muito bem.
http://pt.slideshare.net/rosemagal
33
34

Aula: ____/ _____/ _______

Esaú e Jacó eram os filhos gêmeos de Isaque, o


patriarca, e Rebeca era a sua mulher. Esaú nasceu
primeiro. Ele era ruivo e bem peludo, e Jacó, mais
franzino nasceu depois pegando no pé do irmãozinho.
Esaú amava vagar pelos campos e pelos montes, e
por isso passou a ser um caçador. Jacó era caseiro e
preferia pastorear.

Certa vez Esaú voltou cansado do campo. Jacó


estava cozinhando uma sopa de lentilhas. Esaú
levantou a tampa e achou o cheiro maravilhoso. -
Me dá um prato desta sopa maravilhosa, disse ele.
Jacó falou: - Se você me passar o direito de irmão
mais velho, você pode pegar dela o quanto quiser!

Quando Isaque
ficou velho, ele
ficou cego. Com
o seu longo
manto de pastor,
ele ficava
tateando pela
aldeia.
Rebeca tinha
que conduzí-lo
Esaú ria alto: - De que me adianta o direito da quando ele
primogenitura se eu morrer de fome antes? Pode ficar queria ir ao
com ele, Jacó! Eu não me importo! Esaú foi logo campo junto às
pegando um prato e uma colher, mas Jacó se pôs ovelhas. Na
diante da panela e disse: - Você tem que me jurar! maioria do tempo, no entanto, ficava na tenda,
Esaú jurou e depois saboreou a sopa com um bom deitado nos seus travesseiros.
pedaço de pão.
35

Quando Esaú
saiu a caçar,
Rebeca correu
para Jacó. Ela
lhe explicou
que acabara de
escutar o seu
pai falar que
queria
abençoar Esaú.
- Mas ele não
pode fazer isso
– disse Jacó.
Eu já comprei o
Um dia Isaque mandou chamar Esaú. - Eu já estou direito de ser
velho – disse ele - Deus pode me deixar morrer a abençoado
qualquer dia destes. Você é o mais velho e hoje eu primeiro! Rebeca sabia que Isaque não sabia disse
quero lhe abençoar. Antes, porém, eu queria comer e elaborou um plano.
aquela comida gostosa que você sabe preparar. Cace
algum animal selvagem e prepare uma ceia.

- A sua mãe já pensou nisso e vai dar um jeitinho.


- Vá depressa ao rebanho e me traga dois cabritos Vá logo! Depois de preparar a carne, ela pegou as
bem escolhidos. Eu vou preparar a carne do jeito que roupas de Esaú e as vestiu em Jacó. Ela cortou a
ele gosta, e você vai levá-la! Jacó olhou assustado pele dos cabritinhos em tiras e os amarrou nos
para sua mãe. - Está certo que ele é cego, mas ele braços, nas mãos e no pescoço de Jacó. Como o
pode me apalpar e perceber que sou eu, pois sou coração apertado, Jacó entrou na tenda com a
lisinho, e meu irmão é bem peludo! carne e o vinho.

- Estou trazendo a carne! - Falou ele com a voz - Venha mais perto! Isso! Mais perto! Aí Isaque
disfarçada. - Assenta-te e come, meu pai, para que apalpou os braços dele e murmurou: - A voz é de
possas me abençoar. - Como você caçou e assou um Jacó, mas os braços são de Esaú. Você é Esaú? -
animal tão depressa? - E que o Senhor foi bom para Sou, sim! Então Isaque comeu e bebeu. Quando
mim e logo mandou uma cabra selvagem cruzar o meu terminou puxou Jacó, o abraçou e o beijou. - O
caminho! Mesmo assim, Isaque estava desconfiado. cheiro do mato me diz que você é mesmo Esaú,
meu filho.
36

Isaque pôs
ambas as mãos Pouco tempo
sobre a cabeça depois chegou
de Jacó e o Esaú com a
abençoou: - sua caça. Ele
Deus te caprichou no
abençoe, meu tempero da
filho!, disse ele. carne, que
- Que os teus exalava um
campos tragam cheiro
muitos frutos. delicioso, e a
Você será rico! trouxe a seu
O teu irmão pai e disse: -
será teu servo! Sente-se meu
pai! Coma e
Quem te abençoar será abençoado e quem te me abençoe! O velho perguntou atônito: - Quem é
amaldiçoar será amaldiçoado! Cansado, o velhinho você? Esaú respondeu prontamente: - O teu filho
voltou ao seu travesseiro. amado, Esaú!
- Mas então,
quem esteve
aqui antes?
perguntou
Isaque
assustado.
Quem me
trouxe um
assado e
recebeu a
minha - Ninguém pode
bênção? retirar o que eu
- Só pode ter falei!, disse Isaque,
sido o meu chorando:
irmão Jacó, - Ajoelhe-se Esaú!
exclamou Ele colocou as mãos sobre os cabelos
Esaú, com emaranhados e disse triste: - Você deve andar
uma cara longe das terras férteis e o teu irmão vai mandar em
amarga. - Tire a bênção de Jacó e passe-a para mim! você! Jacó ficou com medo da vingança do seu
Mas Isaque meneava a cabeça. irmão e fugiu para longe.

Brincadeira: O camuflado
Materiais
- Disfarce (roupas, óculos escuros, máscaras, chapéus de vários tamanhos, etc.)
- Cantar ou usar um aparelho de som como acompanhamento.
Organizando o Jogo: Prepare dois grupos e dê para cada grupo alguns disfarces.

1 – Escolha uma criança de cada grupo para que seja a estátua. As duas crianças deverão ficar paradas ao lado de
um monte de roupas e outros artigos de disfarces.
2 – As demais crianças devem ficar em fila, a uma distância razoável (2, 3 ou 5m), na direção da estátua do seu
grupo.
3 – Quando falar “COMEÇAR”!, coloque a música. O primeiro da fila corre ao monte de roupas, pega um item e o
coloca na estátua referente ao seu grupo. Volta correndo e vai para o final da fila; a criança seguinte faz como o
primeiro, e assim sucessivamente, até que a música pare. As crianças continuam a atividade e voltam a fazer o
trajeto enquanto a música continuar tocando tempo de duração da música: 3, 5 ou 7 minutos, conforme a
necessidade.
4 – Pergunte se todos entenderam ou se há alguma dúvida e responda às perguntas.
5 – Chame as estátuas para mostrarem seus disfarces e pergunte:
- Com quem está parecendo o nosso amigo (ou amiga)? Comente como a gente se transforma com alguns
disfarces.
- Que tipo de disfarce Jacó usou para se apresentar ao pai?
- Ele se tornou mais feliz por ter usado um disfarce?
- O grupo que fizer o melhor disfarce na sua estátua ganhará o jogo.
Nos dias de hoje, também há muitas pessoas que pensam em resolver seus problemas de forma duvidosa,
enganando e mentindo. Isto não traz felicidade a ninguém. Pode haver uma alegria momentânea, mas depois vem a
tristeza e o remorso.
O versículo para hoje: “Tudo o que está encoberto vai ser descoberto, e o que está escondido será conhecido...”
(Lucas 12.2). Peça que repitam o verso todos juntos.
37
38

Aula: ____/ _____/ _______

Tema: O sonho de Jacó


Esaú e Jacó eram os filhos gêmeos de Isaque, e netos Por duas vezes,
de Abraão. Embora fossem gêmeos, eram totalmente Jacó enganou a
diferentes. Esaú era forte, caçador, gostava de
perambular pelos campos e pelas matas. Jacó cuidava
Esaú e por meio
da casa e dos animais, era um estrategista, isto é, de artimanhas
gostava de pensar e planejar. conseguiu a
bênção do pai -
o que era muito
importante – e
isso criou um
clima muito
ruim entre os
irmãos. Esaú
cultivava um
ódio de seu
irmão e disse
aos amigos que
planejava matá-
lo, assim que acabasse os dias de seu pai Isaque.

Esta conversa chegou aos ouvidos de


Com muito cuidado, ela
Rebeca, a mãe dos meninos, e ela
começou uma conversa
ficou muito preocupada. Pensou,
com Isaque que, como de
pensou, costume, estava deitado em
pensou e seus travesseiros.
elaborou um
plano para
evitar uma
tragédia.
Precisava
agir logo e
estava
esperando o
momento
certo. Certo - Isaque, meu amado, estou muito
dia, quando Esaú tinha saído por uns dias para caçar, preocupada. Esaú já casou duas vezes e vejo que
ela pôs o plano em ação. chegou a hora de Jacó se casar também e nos dar
netinhos.

Não gosto das mulheres que existem por aqui – seri Isaque gostou da ideia, chamou Jacó e lhe disse:
um grande desgosto neste meu final de vida ver uma - Que o Deus Todo Poderoso esteja com você. Vá até
hitita como esposa de Jacó. É um povo muito estranho a casa de Betuel, seu avô e Labão, seu tio, e
e servem a outros deuses. Vamos mandá-los para o encontre uma boa moça. Que Deus o faça próspero e
clã do meu avô Betuel – lá com certeza encontrará lhe dê muitos filhos. Depois você voltará e povoará
uma moça boa para se casar. esta terra conforme a promessa dada a Abraão.
39

Um dia o sol já se
havia posto e ele
parou para
pernoitar.

Então Jacó partiu e viajou para uma região chamada


Padã-Arã onde viviam Betuel e Labão, seus parentes. Tomando uma das pedras dali, usou-a como
Empacotou todas as suas coisas e as colocou sobre travesseiro e deitou-se. Naquela noite teve um sonho
um burrico. Rebeca correu e preparou uns pães e uns que marcou sua vida. No sonho viu uma escada
biscoitos de mel para ele levá-los nesta longa viagem. muito comprida que apoiada na terra alcançava os
céus. Nela os anjos de Deus subiam e desciam.

Deus continuou
com a sua
promessa: - Estou
com você, por
onde você for.
Fique tranquilo que
trarei você de volta
e cumpro o que
prometo. Quando
Jacó acordou teve
temor e exclamou:
- Certamente o
Senhor está neste
Junto dele estava o Senhor Deus que lhe disse: lugar. Aqui deve
- Darei a você e a seus descendentes a terra em que ser a casa de Deus
você está deitado. Farei de você um grande povo que e esta é a porta
viverá por toda esta região, conforme prometi a seu pai dos céus!
Isaque e a seu avô Abraão. Todos os povos serão
abençoados pela sua descendência.

Embora aquela cidade tivesse


o nome de Luz, Jacó batizou o
lugar com o nome de Betel
Antigamente se erguiam pedras e
como se chama até hoje.
colunas como marcos sagrados.
Traduzido do hebraico Betel
Eram memoriais para serem
ou Beth-El significa literalmente
visitados, lugares de adoração.
“Casa de Deus”. Fica ao norte,
bem pertinho de onde hoje é Jerusalém, que naquela
Para marcar este lugar Jacó pegou a pedra que usara época não existia ainda.
como travesseiro e montou um altar. Depois pegou
óleo e o consagrou a Deus.
40

Então, o ardiloso Jacó E continuou: - Esta pedra que


começa a ser tocado coloquei como coluna, servirá de
no seu coração e faz santuário de Deus. Como gratidão,
um voto. Disse em voz de tudo o que me deres, ó Deus, eu
bem alta: - Se Deus de te darei o dízimo.
fato estiver comigo,
cuidar de mim nesta

E Jacó prosseguiu sua viagem, com o seu interior


viagem que estou fazendo, prover-me de comida e revigorado!
roupa, e levar-me de volta em segurança à casa de
meu pai, então, com certeza, o SENHOR será o meu
Deus!
41
42
43

Aula: ____/ _____/ _______


44

(Gênesis 29:2-35)

E olhou, e eis um poço no campo, e eis três rebanhos de


ovelhas que estavam deitados junto a ele; porque daquele
poço davam de beber aos rebanhos; e havia uma grande pedra
sobre a boca do poço.
E ajuntavam ali todos os rebanhos, e removiam a pedra de
sobre a boca do poço, e davam de beber às ovelhas; e
tornavam a pôr a pedra sobre a boca do poço, no seu lugar.
E disse-lhes Jacó: Meus irmãos, donde sois? E disseram:
Somos de Harã. E ele lhes disse: Conheceis a Labão, filho de
Naor? E disseram: Conhecemos.
Disse-lhes mais: Está ele bem? E disseram: Está bem, e eis
aqui Raquel sua filha, que vem com as ovelhas.
E ele disse: Eis que ainda é pleno dia, não é tempo de ajuntar
o gado; dai de beber às ovelhas, e ide apascentá-las.
E disseram: Não podemos, até que todos os rebanhos se
ajuntem, e removam a pedra de sobre a boca do poço, para
que demos de beber às ovelhas.
Estando ele ainda falando com eles, veio Raquel com as
ovelhas de seu pai; porque ela era pastora.
E aconteceu que, vendo Jacó a Raquel, filha de Labão, irmão de sua mãe, e as ovelhas de Labão, irmão de
sua mãe, chegou Jacó, e revolveu a pedra de sobre a boca do poço e deu de beber às ovelhas de Labão,
irmão de sua mãe.
E Jacó beijou a Raquel, e levantou a sua voz e chorou. E Jacó anunciou a Raquel que era irmão de seu pai, e
que era filho de Rebeca; então ela correu, e o anunciou a seu pai.

E aconteceu que, ouvindo Labão as novas de Jacó, filho de sua irmã,


correu-lhe ao encontro, e abraçou-o, e beijou-o, e levou-o à sua casa;
e ele contou a Labão todas estas coisas.
Então Labão disse-lhe: Verdadeiramente és tu o meu osso e a minha
carne. E ficou com ele um mês inteiro.
Depois disse Labão a Jacó: Porque tu és meu irmão, hás de servir-me
de graça? Declara-me qual será o teu salário.
E Labão tinha duas filhas; o nome da mais velha era Lia, e o nome da
menor Raquel.
Lia tinha olhos tenros, mas Raquel era de formoso semblante e
formosa à vista.
E Jacó amava a Raquel, e disse: Sete anos te servirei por Raquel, tua
filha menor.
Então disse Labão: Melhor é que eu a dê a ti, do que eu a dê a outro
homem; fica comigo.
Assim serviu Jacó sete anos por Raquel; e estes lhe pareceram como
poucos dias, pelo muito que a amava.

E disse Jacó a Labão: Dá-me minha mulher, porque meus dias são
cumpridos, para que eu me case com ela.
Então reuniu Labão a todos os homens daquele lugar, e fez um
banquete.
E aconteceu, à tarde, que tomou Lia, sua filha, e trouxe-a a Jacó que a
possuiu.
E Labão deu sua serva Zilpa a Lia, sua filha, por serva.
E aconteceu que pela manhã, viu que era Lia; pelo que disse a Labão:
Por que me fizeste isso? Não te tenho servido por Raquel? Por que
então me enganaste?
E disse Labão: Não se faz assim no nosso lugar, que a menor se dê
antes da primogênita.
Cumpre a semana desta; então te daremos também a outra, pelo
serviço que ainda outros sete anos comigo servires.
E Jacó fez assim, e cumpriu a semana de Lia; então lhe deu por
mulher Raquel sua filha.
E Labão deu sua serva Bila por serva a Raquel, sua filha.
E possuiu também a Raquel, e amou também a Raquel mais do que a Lia e serviu com ele ainda outros sete
anos. Vendo, pois, o SENHOR que Lia era desprezada, abriu a sua madre; porém Raquel era estéril.
45

E concebeu Lia, e deu à luz um filho, e chamou-o Rúben; pois disse:


Porque o SENHOR atendeu à minha aflição, por isso agora me amará
o meu marido.
E concebeu outra vez, e deu à luz um filho, dizendo: Porquanto o
SENHOR ouviu que eu era desprezada, e deu-me também este. E
chamou-o Simeão.
E concebeu outra vez, e deu à luz um filho, dizendo: Agora esta vez se
unirá meu marido a mim, porque três filhos lhe tenho dado. Por isso
chamou-o Levi.
E concebeu outra vez e deu à luz um filho, dizendo: Esta vez louvarei
ao SENHOR. Por isso chamou-o Judá; e cessou de dar à luz.

http://historiasdasementinha.blogspot.com.br/2013/08/jaco-se-encontra-com-
raquel.html

(Atividade Especial)

Complete com os nomes certos:


Jacó mentiu para o seu pai _________ e fugiu para ___________. Queria se casar com _____________ mas foi
enganado por seu tio ____________ e teve que casar primeiro com __________.
46

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: Os filhos de Jacó

Introdução (Mostre a foto da família - Leve


uma foto de uma família grande, de
preferência a sua, para mostrar para as
crianças)
A sua família é grande? Quantos irmãos e
irmãs você tem? A Bíblia conta a história
de uma grande família. A família de Jacó.

Desenvolvimento
Vocês se lembram da promessa que Deus fez a Abraão? "De ti farei um grande povo". É isso mesmo! Deus
abençoou a Abraão, depois a seu filho Isaque, e também, a Jacó, um dos filhos de Isaque.
Vocês se lembram que Jacó enganou seu irmão gêmeo Esaú e seu próprio pai? Jacó recebeu a bênção da
primogenitura no lugar de Esaú. (Professor, recorde que a primogenitura dava ao primeiro filho o direito da
bênção especial do pai e de receber a maior parte da herança da família (terras, dinheiro, gado, etc.) Por isso,
precisou fugir para bem longe, porque o seu irmão queria matá-lo. Os dois passaram por muitas dificuldades,
mas depois se tornaram amigos.
Passados vários anos, Jacó também foi enganado. Ele queria se casar com Raquel, porque a amava. Mas no
dia do casamento, Labão deu sua filha mais velha, chamada Lia, para se casar com Jacó. Depois de uma
semana, Labão permitiu que Jacó se casasse também com Raquel.
Naquele tempo era costume se casar com mais de uma mulher, mas isso não é da vontade de Deus;
casamentos assim sempre dão muitos problemas.
Quando Jacó já tinha dez filhos e uma filha, Deus ouviu a oração de Raquel. Ela ganhou um nenê, que se
chamou José. Depois de algum tempo Raquel ficou grávida novamente, mas passou muito mal, e depois que o
nenê nasceu, ela morreu. Jacó colocou o nome do nenê de Benjamim. Jacó ficou muito triste com a morte de
Raquel.
Mas estávamos falando de uma grande família! Deus abençoou Jacó, dando-lhe uma grande família.
Dentre eles, José era um filho muito especial.
Já imaginou se você tivesse tantos irmãos? Já pensou quanta confusão?
Jacó trabalhou e se tornou um homem muito rico. Ele e seus filhos moravam na terra de Canaã, o lugar que
Deus prometeu: Deus é fiel, Ele sempre cumpre as Suas promessas.

Conclusão

Deus tinha um plano especial para esta família. Ele queria que esta família fosse uma bênção. Depois de muitos
e muitos anos, Deus cumpriu Sua promessa. Ele abençoou todas as pessoas através de Jesus, Seu Filho, que
nasceu desse povo. Se você aceitar Jesus como Salvador, passará a fazer parte família de Deus.

Fonte: Editora Cristã Evangélica - Do Egito à Terra Prometida (1)


http://blogtiale.blogspot.com.br/2011/03/jaco-e-seus-filhos-abraao-isaque-jaco-e.html
47
48

Aula: ____/ _____/ _______


Tema: José do Egito

Objetivo: Ensinar às crianças que Deus sempre está conosco, não importa os
problemas que passamos, devemos confiar que ele sempre cuidará de nós!
Quebra-Gelo: você já teve um sonho especial? Como foi?
Versículo para Memorizar: “E sabemos que todas as coisas contribuem para
o bem daqueles que amam a Deus.” Rm 8:28
Leitura da Bíblia: Gênesis 37 a 45

Mensagem: Lembram-se de Jacó da nossa última história? Como sabemos,


ele se casou com duas mulheres, Lia e Raquel, e elas lhe deram 12 filhos. Mas
José, seu filho mais novo, era o seu preferido, porque ele havia nascido
quando Jacó já estava velho. Certo dia, Jacó deu a José uma roupa bem bonita e colorida. José ficou muito
alegre com o presente do pai, os outros filhos
ficaram com muita raiva dele. José tinha muitos
sonhos, e certa vez, ele sonhou que todas as
pessoas de sua família eram feixes de trigo num
campo. Seu feixe estava de pé, reto e alto.
Todos os outros feixes se inclinavam para o seu.
Num outro sonho, José olhava para o céu. Sua
família era o sol, a lua e as estrelas. E todos se
inclinavam na frente dele. Ele contou para sua
família, mas isso só fez crescer o ódio dos seus irmãos por ele. Um dia Jacó enviou José ao campo para receber
notícias dos irmãos. Quando José chegou, os irmãos decidiram livrar-se dele. Jogaram-no dentro de um poço.
Um tempo depois, passou por lá uma caravana de mercadores que iam para o Egito.
Seus irmãos, então, decidiram vender José aos
mercadores. Em seguida, mataram um bode e molharam
a roupa de José, uma túnica que seu pai havia lhe dado,
no sangue do animal. Levaram a túnica ao seu pai.
Quando Jacó viu a túnica, pensou que um animal
selvagem havia devorado José. Ele chorou muito a
perda de seu filho. No Egito, os mercadores venderam
José a Potifar, oficial do faraó. E José se tornou
mordomo na casa de Potifar. A mulher de Potifar achava
José muito bonito, e queria que Ele se deitasse com ela.
Como José recusou, ela acabou inventando uma
mentira, fazendo com que ele fosse mandado para a
prisão. Na prisão, o copeiro e o padeiro do rei tiveram
sonhos. Estes sonhos foram sabiamente interpretados por José. Isso também chegou aos ouvidos do faraó, que
pediu para chamar José, pois tinha tido um sonho que não conseguia
interpretar. O faraó havia sonhado com sete vacas
gordas e sete vacas magras, estas devoravam as
gordas. E também com sete espigas secas e feias
que devoravam sete espigas cheias. Deus revelou
a José o significado: sete vacas gordas e sete
espigas cheias significavam sete anos de fartura e
sete vacas magras e sete espigas secas
significavam sete anos de seca. Assim, faraó fez de
José o vice-rei do Egito. Durante os anos de
fartura, José construiu muitos celeiros e guardou muito
alimento. Nos anos da seca os celeiros foram abertos
para os egípcios. Em Israel, a antiga terra de José
também houve seca. Os seus irmãos foram até o
Egito para buscarem alimento. Os irmãos não
reconheceram José. José, porém, os reconheceu.
Na segunda viagem dos irmãos de José ao Egito,
José identificou-se. Todos ficaram comovidos. Os
irmãos pediram perdão a José e trouxeram Jacó
para rever o filho que julgava morto. Jacó alegrou-se
muito ao encontrar José. E toda a sua família foi
morar no Egito com José. Deus abençoou
tremendamente a vida de José!
49

Aplicação: Desde o começo da nossa história, pudemos observar que José foi vítima de injustiças. Primeiro, os
seus próprios irmãos, por ciúmes, o venderam para ser escravo no Egito. Depois de alguns anos, quando tudo
parecia estar bem, ele foi preso injustamente. Mas mesmo assim, Deus sempre esteve com ele, fazendo com
que todo o sofrimento se transformasse em bênçãos para a sua vida e sua família. Deus ajudou José, e deu
forças para ele passar por todas aquelas dificuldades, e vencer. Isto também Deus vai fazer na sua vida porque
Ele te ama muito. Não desista, mas tenha fé! Confie, e você receberá do Senhor o que precisa!

Exercício de fixação: PASSA- RESPONDE


Material: Duas caixas enfeitadas, papéis com perguntas e música. Preparo: Selecionar perguntas sobre a lição
escrevê-las e colocá-las dentro das caixas. Dividir a turma em duas fileiras. Desenvolvimento: Ao som de uma
música o primeiro da fila passa a caixa para o detrás e sucessivamente. O último da fila corre, coloca-se na
frente, tira uma pergunta, lê e responde e entrega a caixa ao que está atrás dele que continuará passando.
Ganhará a equipe que tiver o maior número de acertos.

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO.
http://miriangalli.blogspot.com/
50
51

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: O nascimento de Moisés

Objetivo: Ensinar às crianças que Deus nos protege quando estamos em perigo.
Quebra-Gelo: Você já passou por alguma situação em que você sentiu muito medo? Como foi?
Versículo para Memorizar: “Tu és o meu abrigo.” Salmo 32:7
Leitura da Bíblia: Êxodo 1:6-22; 2:1-10
Mensagem: Mais tarde José e todos os
seus irmãos morreram. Mas os
descendentes de Jacó, os israelitas,
tiveram muitos filhos e aumentaram tanto,
que se tornaram poderosos. Depois o
Egito teve um novo rei que não sabia
nada a respeito de José. Ele disse ao seu
povo: “Vejam! O povo de Israel é forte e
está aumentando mais depressa do que
nós. Em caso de guerra, eles poderiam
se unir com os nossos inimigos, lutariam
contra nós e sairiam do país.” Por isso os
egípcios puseram feitores para maltratar
os israelitas, obrigando-os a fazer
trabalhos pesados na fabricação de
tijolos, nas construções e nas plantações.
Mas faraó continuava preocupado com o
crescimento do povo de Israel e ordenou
às parteiras: “Matem os bebês que forem
meninos, e só deixem vivas as meninas!”
Mas as parteiras serviam a Deus, e não
obedeceram a Faraó. Então o rei mandou
chamar as parteiras e perguntou: “Por
que vocês estão fazendo isso? Por que estão deixando que os meninos vivam?” Elas responderam: “É que as
mulheres israelitas não são como as egípcias. Elas dão à luz com facilidade, e as crianças nascem antes que a
parteira chegue.” Então Faraó ordenou: “Joguem todos os bebês meninos no rio Nilo e deixem só as meninas
viverem!” Foi nessa época que dois descendentes de Levi, filho de Jacó, Anrão e Joquebede, tiveram um filho.
Joquebede viu que era um bebê muito bonito, por isso o escondeu durante três meses para que os guardas não
o matassem. Depois desse tempo, ela não conseguia mais escondê-lo por isso teve a ideia de fazer um cesto.
Quando o cesto estava terminado, ela colocou o menino dentro, e colocou-o no rio. Miriã, irmã do bebê, ficou
vigiando para ver o que aconteceria. A filha do rei do Egito foi até o rio e estava tomando banho, quando de
repente, ela viu o cesto no meio da moita de juncos e mandou que uma das suas escravas fosse buscá-lo. A
princesa abriu o cesto e viu um bebê chorando. Ela ficou com muita pena dele e disse: “Este é um menino
israelita.” Então a irmã da criança perguntou à princesa: “Quer que eu vá chamar uma mulher israelita para
amamentar e criar esta criança para a senhora?” “Vá” – respondeu a princesa. Então a moça foi e trouxe a
própria mãe do menino. Aí a princesa lhe disse: “Leve este menino e o crie para mim, e eu pagarei pelo seu
trabalho.” A mulher levou o menino e o criou. Quando ele já estava grande, ela o levou à filha do rei, que o
adotou como filho. Ela pôs nele o nome de Moisés e disse: “Eu o tirei da água.”
Aplicação: Deus faz coisas tremendas! Ele usou a própria filha do Faraó para proteger a vida de Moisés. Se
você está com medo de alguma coisa, confie no Senhor e declare que assim como Ele protegeu Moisés, Ele vai
proteger você também porque Ele te ama e te trouxe ao mundo para viver bem, feliz e seguro!
Exercício de fixação: Cabana – Faça uma cabana com cabos de vassouras, cadeiras, lençóis, etc. Use a
criatividade das crianças. Depois de terminada, deixe que duas ou três crianças (depende do espaço da cabana)
entrem na cabana, quando estiverem dentro, você pode ir fazendo algumas perguntas para elas, ou pedir para
as crianças que estão do lado de fora fazerem perguntas, sobre o que elas estão sentindo (ex: o lugar é
quentinho? está protegido?) Você também pode fazer uma chuva de papel, jogar em cima da cabana, e mostrar
que eles não se molham porque a cabana protege. Pode também fazer uma brincadeira com as crianças que
estão fora: algumas são animais ferozes que pegam as outras que estão fora da cabana, e as crianças dentro
da cabana não são atacadas porque estão protegidas. Crie outras brincadeiras usando a cabana! Explicar que a
cabana protege do frio, do calor, da chuva e do perigo, ela é um abrigo, assim como o Senhor é o nosso abrigo!
ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO.
http://miriangalli.blogspot.com/
52
53

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: Moisés e a sarça

Objetivo: Ensinar às crianças que Deus nos dá força e coragem, para enfrentar as situações difíceis.
Quebra-Gelo: Você tem vergonha de algo? (ex: de falar de Jesus pra alguém, do seu tamanho, que você ainda
não sabe ler direto, etc). Líder depois que as crianças falarem, leia o versículo junto com elas, e mostre a elas
que Deus pode ajudá-las em tudo: dar coragem para evangelizar; aceitar como ela foi criada, não importa como
seja o seu físico, não importa o que os outros falem ela é especial, porque Deus a criou! Se há coisas que ela
ainda não sabe fazer, como: ler, fazer contas, pintar bem, etc, Deus vai ajudá-las e elas vão conseguir! Líder
depois ore pelas necessidades delas, profetize sobre a vida das suas crianças, a força, a coragem e a
capacitação de Deus!
Versículo para Memorizar: “Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação.” Filipenses 4:13
Leitura da Bíblia: Êxodo 2:11-25, 3:1-22,4:1-20
Mensagem: Moisés já era homem feito. Um dia ele viu um egípcio espancando um hebreu, foi defendê-lo e
acabou matando o egípcio. Moisés teve que fugir. E foi morar na terra de Midiã. Certo dia, quando Moisés
estava sentado perto de um poço, algumas moças vieram tirar água para dar de beber às ovelhas do seu pai.
Então chegaram alguns pastores e começaram a enxotar as moças dali. Porém Moisés se levantou, e as
defendeu, e deu água aos animais. Quando elas voltaram para casa o pai perguntou: Por que é que vocês
voltaram tão cedo hoje? Elas responderam: Um egípcio nos defendeu dos pastores, e tirou água para nós. Jetro
disse: Vão chamá-lo para que venha jantar conosco. Depois Jetro convidou Moisés para ficar morando ali, e deu
a Moisés, a sua filha Zípora em casamento. Moisés tornou-se pastor do rebanho de Jetro. Como o passar dos
anos o faraó do Egito morreu, mas os hebreus ainda eram escravos e oravam a Deus por ajuda. E Deus ouviu
suas orações. Certo dia, Moisés estava cuidando de algumas ovelhas, quando percebeu uma sarça em chamas.
O mato estava com fogo, mas não queimava. Então pensou: Que coisa esquisita! Por que será que a sarça não
se queima? Quando o SENHOR Deus viu que
Moisés estava chegando mais perto para ver
melhor, ele o chamou do meio da sarça e disse:
Moisés! Moisés! Estou aqui! Respondeu Moisés.
Deus disse: Tire as sandálias, pois o lugar onde
você está é um lugar santo. E Deus continuou:
Tenho ouvido o clamor do meu povo! Agora
venha, e eu o enviarei ao rei do Egito para que
você tire de lá o meu povo, os israelitas. Moisés
perguntou a Deus: Quem sou eu para ir falar
com o rei do Egito e tirar daquela terra o povo
de Israel? Deus respondeu: Eu estarei com
você. Aí Moisés respondeu: Mas os israelitas
não vão acreditar em mim. Então o SENHOR
ordenou: Jogue agora o seu bastão no chão. Ele
jogou-o e virou uma cobra. Agora pegue a cobra
pelo rabo. Ele pegou-a e ela virou um bastão de
novo na mão dele. Depois Deus colocou feridas
na mão de Moisés, e quando Moisés colocou a
mão no peito ficou sarada. Então o SENHOR
disse: Faça esses dois milagres para provar aos
israelitas que o SENHOR apareceu a você. Mas
Moisés respondeu: Ó Senhor, eu nunca tive facilidade para falar? Porém o SENHOR lhe disse: Quem dá a boca
ao ser humano? Quem lhe dá a vista? Sou eu, Deus, o SENHOR. Você falará com Arão, seu irmão, e lhe dirá o
que ele deve dizer. Eu os ajudarei! Então Moisés pegou a sua mulher e os seus filhos, e começou com eles a
sua viagem de volta para o Egito.
Aplicação: Moisés estava com medo, achava que não conseguiria, mas o Senhor prometeu estar com ele.
Saiba que o Senhor também está com você, hoje! Não tenha medo, não tenha vergonha de nada. Você não é
um “coitadinho”, você é filho de Deus! O Senhor te dá coragem, te dá força, te ajuda em tudo o que você
precisa!
Exercício de fixação: Confeccione uma “sarça” com as crianças, pegue gravetos, ou pequenos galhos,
coloque-os num balde com terra ou areia, e coloque pedaços de papel celofane, vermelho e amarelo, ( que
lembra cor do fogo). Faça uma encenação com as crianças, depois de pronto. Peça-as para mexerem no
celofane, o barulho vai ser semelhante ao fogo queimando. Podem fazer uma encenação. Cada vez que
mexerem no celofane, fazendo barulho, podem dizer uma fala de Deus a Moisés (pegar na Bíblia).

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO. http://miriangalli.blogspot.com/
54
55

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: Moisés e as dez Pragas
Objetivo: Ensinar às crianças a importância de obedecer a Deus.
Quebra-Gelo: Cite uma regra que você tem que obedecer na igreja, na escola, ou em casa.

Versículo para Memorizar: “Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” Atos 5:29
Referência Bíblica: Êxodo capítulos 7 a 12

Mensagem: Moisés foi escolhido por Deus para tirar o povo de Israel do Egito. Deus deu a Moisés
sinais de que ele não estava só. Moisés e Arão, seu irmão, foram falar com Faraó várias vezes,
mas o coração de Faraó estava endurecido e ele não permitia que o povo de Deus
saísse. Então, Deus enviou 10 pragas para aquela terra, a fim de que Faraó deixasse o
povo ir embora. Primeira praga: água vira sangue - Arão levantou o bastão e bateu no
rio, e a água virou sangue, os peixes morreram, e o rio cheirou tão mal, que os egípcios
não podiam beber água dele. E em todo o Egito houve sangue. Segunda praga: rãs -
Arão estendeu a mão sobre as águas do Egito, e as rãs saíram das águas e cobriram
todo o país. Terceira praga: piolhos - Arão bateu na terra com o bastão, e todo o pó do
Egito virou piolhos, que cobriram as pessoas e os animais. Quarta praga: moscas -
Assim fez Deus, o SENHOR, e entraram grandes enxames de moscas no palácio do rei
e nas casas dos seus funcionários. E, por causa das moscas, houve muito prejuízo no
Egito inteiro. Quinta praga: morte dos animais - o SENHOR castigou com uma doença terrível todos os animais
dos egípcios, e todos morreram; porém não morreu nenhum dos animais dos israelitas. Sexta praga: feridas -
Então o SENHOR Deus disse a Moisés e a Arão: Peguem punhados de cinza de um
forno, e que Moisés jogue essa cinza para o ar. Ela se espalhará como um pó fino
sobre toda a terra do Egito, e em todos os lugares a cinza produzirá tumores que se
abrirão em feridas nas pessoas e nos animais. Sétima praga: chuva de pedra - Moisés
levantou o bastão para o céu, e o SENHOR mandou trovões, chuva de pedra e raios
sobre o país. Em todo o Egito a chuva de pedra acabou com tudo o que estava no
campo, incluindo as pessoas e os animais. Destruiu todas as plantas e quebrou todas
as árvores. Oitava praga: gafanhotos - Eles se espalharam sobre todo o Egito e
invadiram toda aquela região em quantidades enormes, como nunca havia acontecido
antes. Eles cobriram de tal maneira o chão, que este ficou preto. Devoraram toda a
vegetação. Em todo o Egito não sobrou nada verde nas árvores e nas plantas. Nona praga: trevas - Moisés
levantou a mão para o céu, e durante três dias uma grande escuridão cobriu todo o Egito. Os egípcios não
podiam ver uns aos outros, e naqueles dias ninguém saiu de casa. Porém em todas as casas dos
israelitas havia claridade. Faraó não queria obedecer a Deus, e apesar de tantas pragas, ele não
libertava o povo de Israel. Então Deus mandou seu povo fazer uma festa, a Páscoa,
que seria uma preparação para a mais terrível de todas as pragas, a Décima praga:
a morte dos primogênitos - À meia-noite, o SENHOR Deus matou os filhos mais
velhos de todas as famílias do Egito, até o filho do faraó foi morto, que era o herdeiro
do trono. Em todo o Egito havia gente chorando e gritando, pois em todas as casas
havia um filho morto. Nessa mesma noite o rei mandou chamar Moisés e Arão e lhes
disse: Saiam daqui, vocês e todos os outros israelitas! Deixem o meu país. Vão
adorar a Deus, o SENHOR, como vocês pediram. Peguem as suas ovelhas e cabras e o seu gado
e vão embora. E peçam a Deus que me abençoe. Os israelitas fizeram como Moisés havia
ordenado e pediram aos egípcios joias de prata e de ouro e roupas. O SENHOR Deus fez com que os egípcios
dessem de boa vontade aos israelitas tudo o que eles pediam. Assim o povo de
Israel Levou muitas riquezas dos egípcios.

Aplicação: Faraó não acreditava em Deus, e não queria obedecê-lo, e pudemos ver
qual foi o seu fim: a ira de Deus caiu sobre ele. Existe uma benção por trás da
obediência, e o Senhor colocou pessoas nas nossas vidas como nossas
autoridades, (pais, líderes, professores, etc.) e devemos honrá-los e respeitá-los
para que a benção de Deus sempre esteja conosco.

Atividade: Nessa brincadeira, você pode usar as “pragas”. Colocar – com a ajuda das crianças -
um gesto para cada praga. Elas têm que memorizar o gesto de cada praga. Você vai falando as pragas, ex:
Praga nº 8 gafanhotos, Praga nº 2 Rãs, e as crianças vão fazendo os gestos, as que errarem o gesto, vão
saindo do jogo.

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA.


MAUÁ. SÃO PAULO. http://miriangalli.blogspot.com/
56
57
58
59

Aula: ____/ ____/ _______

Tema: A PRIMEIRA PÁSCOA

Adaptação: Lina (Eu fiquei imaginando uma menininha


morando no Egito, na época de Moisés. Daí eu inventei a
personagem Aninha. A base bíblica para essa história está
em Êxodo - capítulo 12.)
Há muito tempo atrás, numa terra bem distante do Brasil,
num lugar chamado Egito, morava uma garotinha chamada
Aninha.
Ela morava em uma casa pequenina, juntamente com os
pais e seus irmãos.
Todos os dias, na casa de Aninha, tinha que se trabalhar
muito. Eles eram escravos...
Você sabe o que é ser escravo? É trabalhar, trabalhar,
trabalhar e não ter um salário.
Ai... Ai... Ai... Ai... Aiii - Se eles não trabalhassem eram duramente repreendidos pelos egípcios e muitas vezes
levavam castigos e até mesmo chicotadas.
A família inteira de Aninha eram escravos, por isso, logo
cedo, a família tinha que levantar cedinho, colher palhas
no campo, fazer tijolos. E era uma correria. Não dava nem
tempo de descansar. Os capatazes viviam a castigar
quem não produzisse muitos tijolos. Aninha não queria
que seu pai e sua mãe fossem castigados, por isso,
ajudava-os em tudo o que eles pedissem, principalmente
colhendo palhas no campo, que era sua especialidade.
Mas... naquele dia, Aninha, ao acordar cedinho, ouviu um
béeeee... Era um cordeirinho bem branquinho. A mamãe
falou que tinha separado ele para mais tarde, assá-lo.
Aninha ajudou a mãe no serviço de casa, e foi ao campo
pegar palhas e aproveitou para separar ervas amargas
que a mãe tinha pedido. Ela ainda não tinha entendido
ainda sobre a festa que ia ter... como era o nome mesmo?
Tinha esquecido. Foi ao campo e achou as ervas que a mãe tinha pedido para buscar e voltou para casa
rapidamente. E trabalhou o dia inteiro, sem saber que naquela noite, algo iria acontecer.
A mãe havia preparado pães sem fermento naquele dia... por que será? mas... mesmo assim eram bem
gostosos. O dia foi passando e a tardezinha, o cordeirinho foi morto... Pegaram um pouco do seu sangue do
cordeirinho e com uma esponja, passaram no batente da porta.
Aninha já tava muito curiosa com tudo aquilo e perguntou:
- Pai... por que o senhor ta passando sangue no batente da porta?

- É que nessa noite passará um destruidor nesse país.O


papai respondeu.
- E o que é destruidor? perguntou Aninha.
- É o anjo da morte que passará em todas as casas e
matará todos os primeiros filhos dos Egípcios. Na casa
onde houver o sangue na porta, não acontecerá nada. O
papai respondeu.
- Então seremos poupados desse destruidor, papai?
perguntou Aninha.
- Sim, minha filha. Porque Deus nos orientou que se
fizéssemos isso, nada aconteceria a nós. O papai
respondeu.
Aninha suspirou aliviada. Bem de noitinha, comeu um
pedaço do cordeirinho assado, com pão que a mãe fez e
um pouquinho das ervas amargas. Quando ouviu o pai
dizer:
- Essa foi a nossa primeira festa de páscoa. E hoje Deus vai nos libertar da escravidão.
Aninha ficou pensando... pensando... queria tanto ser uma menina como as meninas egípcias que eram livres,
que brincavam, que podiam ir a escola. Ela tinha que trabalhar sempre. Será que seria livre mesmo?
E assim Aninha foi dormir, mas teve que acordar no meio da noite, porque eles tinham que sair do Egito.
Agora eles não eram mais escravos, mas livres.
Deus os tinha libertado da escravidão e agora eles iam morar em uma outra terra diferente. Eles iam para
Canaã - a terra prometida. E Deus iria guiá-los para essa nova terra.
60

Muitos anos, mas muiiiiitos anos mesmo, se passaram e Aninha já nem existia mais, mas a terra de Canaã ainda
existia e se chamava Judeia, aconteceu algo muito
interessante.
Sabe... o pessoal de lá estava comemorando uma festa.
Sabe que festa era? A mesma que Aninha tinha
comemorado naquela noite em que foi liberta.
Quem lembra o nome? Era a festa da páscoa.
Sabe quem estava comemorando esta festa? JESUS.
E sabe o que tinha na festa de páscoa de Jesus? O vinho
e o pão.
E o cordeiro???? Onde estava?
Vou tentar relatar o que Jesus disse durante a festa para
você entender melhor
- Como desejei comer essa páscoa com vocês, antes
que eu morra...
Ele pegou o pão, agradeceu a Deus e disse para seus
discípulos que aquele pão era o corpo dele. Ele pegou o vinho e disse que aquele vinho era o sangue que Ele
derramou por nós.
Sabe... fiquei pensando... onde está o cordeirinho da páscoa? Descobri que Jesus era o cordeiro de Deus que
tirou o pecado do mundo.
Como o cordeirinho de Aninha, que morreu, derramou seu sangue para evitar que o destruidor destruísse a vida
da Aninha, assim foi Jesus. Ele morreu, derramou seu sangue e evitou que a gente fosse destruído pelo anjo da
morte.
A partir daí, não precisou mais de morrer cordeirinhos, porque Jesus é o Cordeiro perfeito. E o mais legal disso
tudo é que Jesus morreu, derramou o seu sangue por nós e não ficou morto. ELE RESSUSCITOU.
E essa é história da verdadeira páscoa. O pessach em hebraico significa passagem.
Passagem da escravidão para a libertação.
E com Jesus não é diferente.
Passagem da escravidão (vida sem paz, sem alvos, sem expectativa e sem Jesus) para a libertação (vida com
objetivos, com paz , completa em Jesus).
Passagem da morte para a vida - porque Cristo nos dá a vida. Só Ele pode dar isso, porque Ele ressuscitou!!!

http://www.linolica.com.br/pascoa1.htm
61
62

Aula: ____/ ____/ _______

Tema: Nuvem no Deserto


Texto para memorizar: “Sei que a bondade e a fidelidade
me acompanharão todos os dias…” Salmo 23:6a.

Textos Bíblicos: Êxodo 13:20-22 – Números-9:17-19 –


2Crônicas 16:9a.
Mensagem: As nuvens são muito lindas! Alguma vez você
já deitou no chão de barriga pra cima, olhando para o céu
cheio de nuvens? Já ficou observando as NUVENS… os
formatos, os desenhos que elas fazem? Já brincou
achando algum parecido ou forma às nuvens? As nuvens
são um conjunto de partículas de água em suspensão na
atmosfera terrestre, produzindo chuvas ou mesmo queda
de granizo, geadas, etc.
Mas a Bíblia nos fala de uma nuvem muito especial.
Vejamos o texto de Êxodo 13:20-22
O Texto bíblico que lemos nos fala da NUVEM, não de
uma nuvem qualquer, mas uma nuvem com o símbolo da
presença de DEUS no meio do povo durante o dia. Não
sabemos como era essa nuvem, o seu formato, se
aparecia alguns desenhos nela, se era grande ou
pequena…. mas uma coisa era certo: Era uma nuvem
especial. Ela abrigava a presença de Deus. Essa nuvem protegia e guiava o povo de Israel do sol.
Aprendemos com isto preciosos princípios.

1) TEMOS A PROTEÇÃO DE DEUS TODOS OS DIAS. JESUS ESTA CONOSCO SEMPRE!


“ A coluna de nuvem sempre ia adiante deles durante o dia”… Ou seja que a NUVEM simbolizava a
graça protetora de Deus na vida daquele povo. O texto está afirmando que esta nuvem cobria, ou
seja, servia de proteção ao povo. As temperaturas durante o dia no deserto passavam os 50 graus!
Você já imaginou um dia tão quente?
A Nuvem era sombra para o dia ensolarado, mantinha o povo de Deus protegido e fresco. Era o
cuidado de DEUS para a vida daquele povo.
DEUS deu uma nuvem para protegê-los no deserto. Por isso o salmista (91:1) diz que: “Aquele que
habita no abrigo do Altíssimo descansa à sombra do Todo-Poderoso”. Ou seja, DEUS guardou o povo
de desfalecer ou mesmo desistir da jornada rumo a terra prometida.
E a bíblia diz que DEUS é o mesmo de ontem, hoje e eternamente. Por isso ELE continua também em
nosso tempo pronto para proteger as nossas vidas. Quando você anda debaixo da nuvem de Deus,
você conta com a proteção de Deus!
Salmos 121:5-8 diz: “O Senhor é o seu protetor; como sombra que o protege, ele está à sua direita.
De dia o sol não o ferirá, nem a lua, de noite. O Senhor o protegerá de todo o mal, protegerá a sua
vida. O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre”.Não devemos ter
medo! Jesus está conosco sempre! Todos os dias.
Você está triste com algo? Está com medo? Tem algum problema em casa ou na escola? Então
lembre que Jesus está do seu lado! Ore, peça a sua ajuda e proteção! Você não está só! As vezes
nos sentimos sufocados e tristes por algo, devemos nos colocar debaixo da NUVEM da presença de
Deus!

2) DEUS NOS GUIA - Se você sair de férias com a sua família, e quer chegar ao mar… Como faz
para se guiar até aquele lugar? (Permitir respostas) Sim, hoje temos muitas ferramentas e
instrumentos para orientar-nos numa longa viagem. Por exemplo, GPS, mapas impressos, cartazes,
postos de turismo, internet, computadores, celulares, rádios, etc. Mas no tempo bíblico não havia
estas ferramentas. Você pode visualizar naquele deserto milhares de seres humanos avançando sem
qualquer conhecimento da rota que deviam seguir? Uma multidão numerosa de homens, mulheres e
crianças, viajando através num tremendo deserto arenoso, sem bússola, sem guia humano, sem um
celular, sem um radinho a pilha?…
63

Vejamos Números-9:17-19
O v. 17 diz: “Sempre que a nuvem se levantava de cima da Tenda, os israelitas partiam, e no lugar em
que a nuvem descia, ali eles acampavam”. Ou seja, o povo de Deus precisava estar atento ao mover
da Nuvem de Deus. A orientação de iniciar a caminhada ou parar para descansar vinha da Nuvem do
Senhor.
Mas que espetáculo! Ali estava aquela multidão avançando sem qualquer conhecimento da rota que
deviam seguir, apenas dependentes de Deus, dependentes da Sua Orientação.
Eles não podiam fazer planos para o dia seguinte: quando acampavam, não sabiam quando deveriam
pôr-se em marcha novamente; ou quando em marcha, não sabiam onde iriam acampar! O que eles
tinham que fazer? … apenas olhar para cima a fim de receber orientação de Deus. Os seus
movimentos eram dirigidos pela Nuvem de Deus.
Assim como este povo estava com seus olhos fixos na nuvem esperando o cuidado de Deus, você
também precisa olhar para o alto e buscar a
orientação de Deus.

JESUS em João 8.12 disse: “Eu sou a luz do


mundo; quem me segue, nunca andará em trevas;
mas terá a luz da vida”. Isto é direção! Isso é
orientação divina. Você precisa dessa direção em
todas as áreas da sua vida. Devemos estar com
os nossos ouvidos atentos para ouvir a Palavra de
Deus, ela nos guiará nos caminhos de retos do
Senhor.
Quando você tem que decidir algo, costuma
perguntar ao Senhor o que deve fazer?
De que maneira nos guia o Senhor? (permitir
respostas) Nos guia através do Espírito Santo
(Romanos 8:14),da sua Palavra a Bíblia, a través
das autoridades que Ele estabeleceu, etc
Você teve alguma experiência de ser guiado por
Deus em alguma decisão ou momento importante
da sua vida?

Acontece algo muito estranho durante as noites no


deserto! Você sabe o que é?
Sim! O clima cai vertiginosamente, há ventos
gelados e às vezes a temperatura chega a vários
graus negativos! Seria muito difícil para Israel
sobreviver no deserto sem os cuidados e a ajuda do Senhor. Então, quando a noite chegava lemos no
livro de Êxodo que o Senhor enviava uma coluna de FOGO! Vejamos Êxodo 13:21b-22
(mostre o desenho da coluna de fogo)
De dia o Senhor Deus deu uma nuvem pra proteger a Israel do calor e de noite enviou uma coluna de
fogo para aquecer e guiar o povo na escuridão!
Deus é maravilhoso, não é verdade? Israel esteve no deserto durante 40 anos e Deus jamais os
abandonou! Deus é muito bom!
O que vocês acham que os Israelitas sentiriam na escuridão e no frio do deserto se não tivessem a
coluna de fogo do Senhor? (permita respostas)
Como vocês acham que se as crianças israelitas se comportariam em tremenda escuridão? Lembre
que elas não tinham energia, nem TV nem lanternas como nos temos! (permita respostas)
Muitas crianças também tem medo quando chega à noite. Muitas têm medo do escuro, de dormir com
a luz apagada, ou de ficar sozinho no quarto. Tem criança que jamais dorme sozinha!
Alguém aqui tem medo à noite? (permita respostas)
Do que você tem medo? (permita respostas)
Alguém aqui dorme com os seus pais? (permita respostas)
Com esta passagem Bíblica aprendemos que Deus também está com a gente em todo momento,
assim como esteve com o povo de Israel numa coluna de fogo, na escuridão da noite.
64

A Palavra de Deus disse que o Senhor não dorme.


“O protetor do povo de Israel nunca dorme, nem
cochila” Salmos 121:4
Ele é nosso protetor, ele não dorme nem cochila!
Glória a Deus! Ele está do nosso lado sempre, nos
protegendo e guardando. Não devemos temer
nada! Ele é a nossa coluna de fogo.
Fiquemos de pé e declaremos bem alto:
Eu renuncio a todo medo de ficar sozinho, renuncio
a todo medo da escuridão em nome de Jesus e
declaro que Jesus está sempre ao meu lado!
Obrigado Jesus porque o Senhor nunca dorme
nem cochila, me ajude a confiar no Senhor
sempre! Em nome de Jesus amem!
Devemos também aprender a orar todas as noites
antes de dormir, entregando nosso sono e
descanso nas mãos do Senhor, pedir para que ele
nos guarde de todo mal, dos pesadelos e que fique
do nosso lado bem atento.
Que decisão tomará a partir de hoje? (permitir
respostas e estimular aqueles que não dormiam
sozinhos ou que tinham medo a que orem antes de
dormir, confiem no Senhor e passem a dormir sós)
Declare o texto bíblico para decorar com as crianças até
eles aprender. Peça para que o declarem a cada noite
antes de dormir.

APLICAÇÃO
Só podem estar debaixo da nuvem aqueles que são filhos
de Deus, aqueles que receberam a Jesus em seus
corações, você já o recebeu?
(Guie em oração aquelas crianças que ainda não
receberam a Jesus em seus corações)
E depois ore
agradecendo a Deus
pela sua proteção em
nossas vidas,
agradecer porque Jesus
esta conosco sempre e
porque Ele nos guia a
vivermos num caminho
reto.
Ore especificamente sobre as crianças que manifestaram que
possuem medo para dormir ou à noite. Reprenda o medo e ministre
a paz e a confiança do Senhor.

ATIVIDADE
Entregue a folhinha com atividades. Recorte pela linha de pontos, na
metade da folhinha. Depois recorte a criança e dobre pelos braços e
cole somente a parte inferior da barriguinha na cama. Então a
criança poderá se assentar e fechar os braços para orar e logo
poderá deitar na caminha para dormir de braços abertos.
Recorte a folha pela linha de pontos. Depois recorte a nuvem e coloque uma linha ou fita, amarre a
nuvem pelo orifício circular e cole a outra ponta da nuvem por trás da folha com uma fitinha. A nuvem
deve ficar pendurada encima das crianças no desenho. (veja o modelo)

Pra Gabriela Pache de Fiúza

http://comunidadekidsgv.blogspot.com.br/2012/07/serie-deus-cuida-de-mim-licao-2-jesus.html
65
66
67

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: Moisés e o Mar Vermelho

Objetivo: Ensinar às crianças que elas devem confiar em Deus.


Ele é Deus de milagres, nada é impossível para Ele!
Quebra-Gelo: Cite um milagre de Deus que você já viu.

Versículo para Memorizar: Êxodo 14:14a – “O Senhor lutará por


você.”
Leitura da Bíblia: Êxodo caps 14:5 a 15:1

Quando contaram ao rei do Egito que os israelitas tinham fugido,


ele e os seus empregados mudaram de ideia e disseram: —
Vejam só o que fizemos! Deixamos que os nossos escravos, os
israelitas, fugissem de nós! Então o rei mandou preparar o seu
carro de guerra e o seu exército. Ele saiu com todos os carros de
guerra, Os egípcios, com todos os seus cavalos, carros de guerra
e cavaleiros, saíram atrás dos israelitas e os alcançaram onde
eles estavam acampados, na beira do mar Vermelho. Quando os
israelitas viram o rei e o seu exército marchando contra eles,
ficaram apavorados e gritaram pedindo a ajuda de Deus, o
SENHOR. E disseram a Moisés: Veja só o que você fez, nos
tirando do Egito! O que foi que lhe dissemos no Egito? Que nos deixasse em paz, trabalhando como escravos
para os egípcios. Pois é melhor ser escravo dos egípcios do que morrer aqui no deserto! Porém Moisés
respondeu: — Não tenham medo. Fiquem firmes e vocês verão que o SENHOR vai salvá-los hoje. Vocês não
terão de fazer nada: o SENHOR lutará por vocês. O SENHOR disse a Moisés: — Por que você está me pedindo
ajuda? Diga ao povo que marche. Levante o bastão e o estenda sobre o mar. A água se dividirá, e os israelitas
poderão passar em terra seca, pelo meio do mar. Então o Anjo de Deus, que ia na frente dos israelitas, mudou
de lugar e passou para trás. Também a coluna de nuvem saiu da frente deles e foi para trás, ficando entre os
egípcios e os israelitas. A nuvem era escura
para os egípcios, porém iluminava o povo
de Israel. Assim, durante a noite inteira, o
exército egípcio não conseguiu chegar perto
dos israelitas. Moisés estendeu a mão
sobre o mar, e Deus, o SENHOR, com um
vento leste muito forte, fez com que o mar
recuasse. O vento soprou a noite inteira e
fez o mar virar terra seca. As águas foram
divididas, e os israelitas passaram pelo mar
em terra seca, com muralhas de água nos
dois lados. Os egípcios os perseguiram e
foram atrás deles até o meio do mar com
todos os seus cavalos, carros de guerra e cavaleiros. Então o SENHOR Deus disse a Moisés: — Estenda agora
a mão sobre o mar para que as águas voltem e cubram os egípcios, os seus
carros de guerra e os seus cavaleiros. Moisés estendeu a mão sobre o mar, e,
quando amanheceu, o mar voltou ao normal. Os egípcios tentaram escapar das
águas, porém o SENHOR os jogou dentro do mar. As águas voltaram e
cobriram os carros de guerra, os cavaleiros e todo o exército egípcio que havia
perseguido os israelitas no mar. E não sobrou nenhum egípcio com vida.
Naquele dia o SENHOR salvou o povo de Israel dos egípcios, e os israelitas os
viram mortos na praia. Quando viram o poder com que o SENHOR havia
derrotado os egípcios, os israelitas o temeram. E creram em Deus, o SENHOR,
e no seu servo Moisés. Então Moisés e os israelitas cantaram esta canção a
Deus, o SENHOR: Cantarei ao SENHOR porque ele conquistou uma vitória
maravilhosa; ele jogou os cavalos e os cavaleiros dentro do mar.

Aplicação: Abrir o mar foi um grande milagre, não foi? A Bíblia diz que Deus é
o mesmo ontem, hoje e sempre. Ele também pode e deseja fazer milagres em
sua vida, basta você crer e o milagre que você precisa Ele vai te dar. Confie
nEle. Quais têm sido as suas lutas, as suas dificuldades? Ele quer lutar por
você! Confie no Senhor!
68

Exercício de fixação: Faça a encenação da história do Mar Vermelho, divida as crianças em três grupos, 1º
grupo: vai representar as paredes do mar, 2º grupo: os israelitas passando pelo meio do mar, e o 3º grupo: os
egípcios que vão ser tragados pelas águas do Mar Vermelho.
ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO. http://miriangalli.blogspot.com/
69
70

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: Águas amargas tornam-se doce (Águas de Mara)

Depois da travessia do Mar Vermelho, o povo de Deus passou 3 dias no deserto sem água. Então o que
fizeram? Reclamaram com Moisés. Pois as águas eram amargas.
Mesmo vendo tudo o que Deus já tinha feito, que estava cuidando deles, não souberam ser agradecidos, e
reclamaram de novo com Moisés. Então Deus disse a Moisés para jogar um pedaço de árvores na água
para torná-la doce. (pode deixar em um canto tnt azul médio para ser água. E joga um pedaço de árvore nele)
E foi dado uma ordem ao povo: Crer e obedecer a Deus.

http://escritasdatiaju.blogspot.com.br/2012/10/as-reclamacoes-dos-israelitas.html

PARA MEMORIZAR: "Ele os guiará às fontes de água viva” Apocalipse 7:7 NVI

REFERÊNCIAS QUE AJUDAM NO PREPARO DA AULA: Êxodo 15:22-25;

OBJETIVOS: SABER que Deus deseja que eu a tenha água limpa e boa para
beber SENTIR-ME confiante de que Deus cuida de suas necessidades.
RESPONDER agradecendo a Deus a água que De nos dá.

MENSAGEM CENTRAL Agradecemos a Deus a água que Ele nos dá

LIÇÃO BÍBLICA: Uma das maiores necessidades dos israelitas é de água


para beber, mas a única água disponível é amarga. Moisés fala com Deus a
esse respeito. Deus ouve e manda Moisés jogar um arbusto dentro da
água. Moisés faz o que Deus lhe diz e a água fica boa, não é mais amarga.
As pessoas e os animais bebem tanto quanto desejam. O povo adora a
Deus por haver suprido suas necessidades.
Enriquecimento: “Deus prometera ser o seu Deus, tomá-los para Si como
um povo, e guiá-los a uma terra vasta e boa...” Muitos consideram os
israelitas daquele tempo, e admiram-se de sua incredulidade e
murmuração, achando que, se tivessem estado em lugar deles, não teriam
sido tão ingratos; mas, quando sua fé é provada, mesmo com pequenas
aflições, não manifestam maior fé ou paciência do que fez o antigo Israel.
“Em vista de tudo que Deus tem feito por nós, nossa fé deve ser forte, ativa
e duradoura. Em vez de murmurarmos e queixarmo-nos, a expressão de
nosso coração deve ser: ‘Bendize, oh minha alma, ao Senhor, e tudo o que
há em mim bendiga o Seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum
de Seus benefícios.’ Sl. 103:1 e 2.”
“O nosso Deus tem o Céu e a Tera sob o Seu comando, e sabe justamente o de que necessitamos... Ele
está entronizado acima do tumulto da Terra; todas as coisas estão ao alcance da Sua divina supervisão; e
lá da Sua grande e calma eternidade Ele comanda o que em Sua providência vê ser o melhor.” O que você
faz quando passa por dificuldades e provações? Existe alguma coisa na qual Deus não possa ajudar você?
Esta história bíblica hoje enfoca a ADORAÇÃO Nossas orações devem transbordar de agradecimento
Deus por suprir nossas necessidades básicas como alimento e água. Quando Lhe agradecemos essas
coisas, estamos verdadeiramente adorando a Ele, pois Lhe damos o crédito que muitas vezes tomamos
para nós mesmos. Agradecer a Deus por suprir nossas necessidades faz parte da adoração a Ele.

Quantos dias os israelitas viajaram no deserto até encontrar água? (Três.) Onde encontraram água? (Em
Mara.) Que tipo de água era aquela? (Amarga.) O que disse Deus para Moisés fazer? (Jogar um arbusto
ou pedaço de pau na água.) Então, o que aconteceu com a água? (Se tornou boa.) Se eu jogar um pedaço
de pau na água ela ficará melhor? (Não.) Quem é o único que pode fazer isso? (Deus.) Será que Deus
ainda Se importa com as necessidades das pessoas?
Verso para memorizar (ideia): Abrir a bíblia em apocalipse 7:17. Encontramos aqui na palavra de Deus a
bíblia, nosso verso para decorar. Ler o verso em voz alta: ELE OS GUIARÁ ÀS FONTES DE ÁGUA VIVA.
Então ensinar assim: "ELE para o alto OS aponte para os outros e depois para si mesmo GUIARÁ indicar
determinada direção com mãos uma pouco à frente da outra ÀS FONTES DE ÁGUA VIVA. " fazer de conta
que está bebendo com um copo APOCALIPSE 7:17 palmas das mãos juntas, se abrindo em forma de livro.
71

Vivenciando a História: Você Precisa • roupas dos tempos bíblicos (para adultos) jarra com água salgada
•jarra com água • copinhos • coluna de nuvem e de fogo Hoje, todos vão participar da história. [Nome da
pessoa] será Moisés e todos vocês serão israelitas. Quando ouvirem a palavra “feliz” ou “felicidade”, quero
que deem um sorriso bem grande. Ao ouvirem a palavra “triste” ou “desapontado”, quero que façam uma
careta. Quero ainda, que façam tudo o que eu fizer durante a história; para isso, me observem com
atenção. Os israelitas estavam felizes [sorrir] por perceberem que a grande coluna de nuvem [erguer a
coluna de nuvem] os conduzira para fora do Egito até o deserto. [Moisés, com a vara na mão, começa a
andar devagar as crianças o acompanham, todos fazendo de conta que estão com muito calor e bebendo
água com frequência.] Dentro de pouco tempo, a água que tinham acabou. Todos no acampamento inteiro
dos israelitas estavam com muita, muita sede e tristes. A nuvem os conduzira a um lugar chamado Mara.
[Moisés conduz o povo à “fonte de água”.] Moisés sabia que havia água em Mara, mas também sabia que
o gosto da água era muito mim e o povo certamente não conseguiria beber. Na realidade, a palavra Mara
significa “amarga”. Uma coisa amarga tem gosto muito mim mesmo. Logo que os israelitas viram a água,
eles ficaram felizes [sorrir] e entusiasmados. — Água! Água! Temos água logo à frente! — eles gritaram.
Algumas pessoas correram até a água [dar às crianças copinhos de água salgada para provar], mas assim
que provaram dela, sua felicidade [sorrir] se tomou em desapontamento [carranca]. Eles começaram então
a queixar-se e a reclamar a Moisés. Moisés sabia que Deus não havia abandonado Seu povo. Sabia que
Deus satisfaria suas necessidades. Então, Moisés orou a Deus e pediu ajuda [mãos postas]. Deus disse a
Moisés que procurasse um arbusto ou um pedaço de pau e o jogasse na água. Moisés fez isso [jogar a
vara] e a água ficou boa. Mais uma vez, as pessoas correram até a água. [Dar às crianças copinhos de
água boa.] Desta vez, todos ficaram felizes [sorrir] e beberam tanto quanto quiseram daquela água gostosa
e fresquinha. Deus realizara um milagre para satisfazer as necessidades deles, inclusive a necessidade de
água no deserto. Todos agradeceram a Deus por cuidar deles e de suas necessidades. Vamos agradecer a
Deus agora a boa água que Ele nos dá. [Juntar as mãos, fechar os olhos e fazer uma oração simples.]

Analisando Dar tempo para respostas. De quê os israelitas precisavam? Por que eles não tinham água? O
que eles faziam quando ficavam tristes e desapontados? (Queixavam-se e reclamavam.) O que fizeram os
israelitas quando afinal tinham água boa? (Agradeceram a Deus.)
Vocês têm água boa para beber? Nós adoramos a Deus quando Lhe
agradecemos a água que Ele nos dá. Vocês se lembram de nossa
mensagem. Vamos dizê-la juntos: Agradecemos a Deus a água que Ele
nos dá Repita comigo. Veja atividade para professores para aplicar a
lição aprendida à própria vida: minhas necessidades Veja atividade
para professores para partilhar a mensagem aprendida com o
semelhante: partilhando o sal Ore comigo: “‘Querido Jesus, muito
obrigado por nos dar água boa e limpa para beber. Nós Te amamos.
Amém.

ATIVIDADES PREPARATÓRIAS Água Sempre Levar para a classe dois


vasos. Um com uma planta seca e o outro com uma planta viçosa.
Mostrar primeiro o vaso com a planta seca. Analisando Dar tempo para
respostas ao perguntar: Por que será que essa planta secou? (Por que
não foi molhada, não foi bem cuidada etc.) Sim, ela secou porque não
recebeu água suficiente. Agora mostrar a planta viçosa. Perguntar: Que
diferença há entre esta planta e a outra? (Esta está viva, está verde,
recebeu água.) A água é importante para nós? Sim, água é muito
importante. Ela nos conserva com saúde. Para que usamos a água?
(Para beber cozinhar, tomar banho, lavar roupa, molhar plantas etc.)
Nossa história bíblica de hoje é sobre a maneira extraordinária em que
Deus providenciou água para os israelitas quando viajavam no deserto.
A mensagem de hoje é: Agradecemos a Deus a água que Ele nos dá
Fonte:http://portalsementinhakids.com/

http://professoresnaebd.blogspot.com.br/2015/02/aguas-de-mara.html
72
73

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: Maná – Deus alimenta os israelitas
Objetivo: Ensinar às crianças que devemos agradecer a
Deus pelo alimento, porque Ele é Deus provedor, nos
sustenta a cada dia!
Quebra-Gelo: Qual é a sua comida preferida?
Versículo para Memorizar: – “Comerão abundantemente,
e se fartarão, e louvarão o nome do SENHOR.” Joel 2:26

Leitura da Bíblia: Êxodo 16:1-35


Mensagem: Muitos dias se passaram, depois que o povo
de Israel saiu do Egito, e a comida acabou. Ali, no deserto,
todos eles começaram a reclamar contra Moisés e Arão,
dizendo assim: Teria sido melhor que o SENHOR tivesse
nos matado no Egito! Lá, nós podíamos pelo menos nos
sentar e comer carne e outras comidas à vontade. O
SENHOR Deus disse a Moisés: Diga ao povo que hoje à
tarde, antes de escurecer, eles comerão carne. E amanhã
de manhã comerão pão à vontade. Aí ficarão sabendo que eu, o SENHOR, sou o Deus deles. À tarde
apareceu um grande bando de codornas; eram tantas, que cobriram o acampamento. E no dia
seguinte, de manhã, havia orvalho em volta de todo o acampamento. Quando o orvalho secou, por
cima da areia do deserto ficou uma coisa parecida como flocos brancos. Os israelitas viram aquilo e
não sabiam o que era. Então perguntaram uns aos outros: — O que é isso? Moisés lhes disse: — Isso
é o alimento que o SENHOR está mandando para vocês comerem. Quando as pessoas provaram,
perceberam que tinha gosto de bolo de mel. Deram a esse alimento o nome de maná, que significa
“que é isto”? Moisés disse aos israelitas: Todas as manhãs vocês encontrarão o maná sobre a terra.
Levantem cedo e colham o suficiente para o dia inteiro, mas não guardem nada para o dia seguinte.
Mas alguns não obedeceram à ordem de Moisés e guardaram uma parte daquele alimento. E no dia
seguinte o que tinha sido guardado estava cheio de bichos e cheirava mal. Aí Moisés ficou muito
irritado com eles. Todas as manhãs cada um pegava o necessário para comer naquele dia, pois o
calor do sol derretia o que ficava no chão. Na sexta-feira, Moisés disse ao povo que colhesse maná
suficiente para dois dias, porque Deus não enviaria maná no sábado. Mas algumas pessoas não
deram ouvidos a Moisés. Todas as outras noites da semana o maná que sobrava se estragava. Elas
pensaram que ele também se estragaria na sexta à noite. Mas na noite de sexta-feira ele não se
estragou e no sábado não havia maná sobre a terra. Depois da primeira semana, todos entenderam
que precisavam obedecer às instruções de Deus. Durante quarenta anos, enquanto estava no
deserto, o povo de Israel teve maná para comer! Deus o alimentou! (Líder, depois de contar esta
história, você pode fazer uma encenação com as crianças. Personagens: Deus, Moisés, Arão,
israelitas (o líder pode ir narrando a história). Materiais para a encenação: um tecido cor clara
(representando o deserto), Pipoca (representando o maná) pedacinhos de carne ou de salgadinhos
(representando as codornas).
Aplicação: O Senhor sustentou os israelitas durante todo o tempo que eles andaram no deserto,
quando deixaram o Egito, e partiram para a terra prometida, Canaã. Deus é fiel e cuida das
necessidades dos seus filhos. Tenha um coração grato ao Senhor. A cada dia agradeça pelo que Ele
tem te dado a você. Agradecimento é o segredo para ser abençoado! (Líder, repita o versículo com as
crianças. E peça para as crianças orarem umas pelas outras, para que Deus supra as suas
necessidades e que elas creiam em Deus, profetizando fartura nos seus lares! (Faça um bolo ou pão
de mel e distribua para as crianças).
Exercício de fixação: Algumas atividades – sugestões: 1º) Faça uma salada de frutas para as
crianças 2º) Desenhar e pintar o alimento preferido 3º) Jogo: “Adivinhe o cheiro” – Divida as crianças
em dois grupos. Com os olhos fechados, as crianças terão que adivinhar quais alimentos estão
cheirando (cebola, salgadinho, goiaba, limão, etc) ganha o grupo que mais acertar qual é o alimento.
No final da(s) atividade (s) agradeça a Deus junto com as crianças pelos diferentes alimentos que o
Senhor criou!

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO.
http://miriangalli.blogspot.com/
74
75

Aula: ____/ ____/ _______

Tema: “Moisés fere a rocha”

Objetivo: Ensinar às crianças que o Senhor supre todas as


nossas necessidades, pois Ele é fonte de águas vivas!
Quebra-Gelo: A água é muito importante para nós. Cite
uma coisa que fazemos usando água? (lavar roupa,
cozinhar, lavar frutar, beber, etc) não pode repetir
respostas.

Versículo para Memorizar: Disse Jesus: “Se alguém tem


sede, venha a mim e beba.” João 7.37

Leitura da Bíblia: Êxodo 17:1-6


Mensagem:
O povo de Israel saiu do deserto de Sim, caminhando de
um lugar para outro, de acordo com as ordens de Deus, o
SENHOR. Eles acamparam em Refidim, mas ali não havia
água para beber.
Então reclamaram contra Moisés e lhe disseram: — Dê-nos água para beber. Moisés respondeu: —
Por que vocês estão reclamando? Por que estão pondo o SENHOR à prova? Mas o povo estava com
muita sede e continuava reclamando e gritando contra Moisés. Eles diziam: — Por que você nos tirou
do Egito? Será que foi para nos matar de sede, a nós, aos nossos filhos e às nossas ovelhas e
cabras?
Então Moisés clamou pedindo a ajuda de Deus, o SENHOR. Ele disse: — O que é que eu faço com
este povo? Mais um pouco, e eles vão querer me matar a pedradas. O SENHOR disse a Moisés: —
Escolha entre eles alguns líderes e passe com eles na frente do povo. Leve também o bastão com o
qual você bateu no rio Nilo. Eu estarei diante de você em cima de uma rocha, ali no monte Sinai. Bata
na rocha, e dela sairá água para o povo beber. E Moisés fez isso na presença dos líderes do povo de
Israel.
E da rocha saiu água, muita água, em abundância, e todo o povo de Israel pôde beber e saciar a sua
sede. Deus é fiel e supriu, cuidou, de cada necessidade dos israelitas.

Aplicação: O povo de Israel estava sedento e o Senhor tirou água da rocha para dar-lhes de beber. A
água é muito importante para as nossas vidas, o nosso corpo precisa de água, se não, morreremos de
sede. (Mostrar uma jarra com água). Agora o nosso espírito, também precisa de água, mas é uma
água especial, diferente, esta água é espiritual, e somente Jesus pode nos dar. Esta água dá vida ao
nosso espírito, nos dá paz, alegria e segurança. Pra sempre, esta água não acaba. (Repita o versículo
com as crianças).

Exercício de fixação: Sugestões: 1- brincadeira:


estourar bexigas d’água. 2. Pesca: Numa bacia grande
colocar vários cartões, cada cartão uma palavra referente
ao que recebemos de Deus, que é a nossa fonte de
águas vivas, por ex: amor, proteção, paz, alegria, saúde,
salvação, etc. Dividir as crianças em dois grupos. Pedir
para cada criança, uma de cada vez tentar tirar um
cartão da água com uma colher na boca, colocando-a
por baixo do cartão, contar até 10, se não conseguir
passar para outra criança. Vence o grupo que pegar mais
cartões com a colher.

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA


IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO.
http://miriangalli.blogspot.com/
76
77

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: “Os Dez mandamentos”
Objetivo: Ensinar às crianças que mandamentos são leis que devem ser obedecidos!
Quebra-Gelo: O que é um mandamento, ou uma lei? Dê exemplos.

Versículo para Memorizar: “Felizes os que guardam os mandamentos de Deus e lhe obedecem de todo o
coração!” Salmos 119:2
Leitura da Bíblia: Êxodo 20:1-17
Mensagem: No Monte Sinai, o Senhor Deus deu a Moisés, alguns mandamentos, para ele entregar ao povo de
Israel. Porque o povo precisava saber o que eles podiam fazer e o que eles não podiam fazer. Mandamentos
são leis, e tem que ser obedecidos, se desobedecermos não seremos abençoados. Moisés ao receber os Dez
mandamentos de Deus, desceu do Monte Sinai e falou para o povo tudo o que Deus ordenou para eles. Ele
disse assim: Meu povo, eu, o SENHOR, sou o seu Deus. Eu o tirei do Egito, a terra onde você era escravo. Não
adore outros deuses; adore somente a mim. Qualquer coisa que você adore, independente do seu nome, é o
seu deus. Adorar alguma coisa é tratá-la como a melhor coisa na sua vida, o centro de todos os seus interesses.
Não faça imagens de nenhuma coisa que há lá em cima no céu, ou aqui embaixo na terra, ou nas águas
debaixo da terra. Não se ajoelhe diante de ídolos, nem os adore, pois eu, o SENHOR, sou o seu Deus e não
tolero outros deuses. Eu castigo aqueles que me odeiam, até os seus bisnetos e trinetos. Porém sou bondoso
com aqueles que me amam e obedecem aos meus mandamentos e abençoo os seus descendentes por
milhares de gerações. Não use o meu nome sem o respeito que ele merece; pois eu sou o SENHOR, o Deus de
vocês, e castigo aqueles que desrespeitam o meu nome. Guarde o sábado, que é um dia santo. Faça todo o seu
trabalho durante seis dias da semana; mas o sétimo dia da semana é o dia de descanso, dedicado a mim, o
SENHOR, seu Deus. Não faça nenhum trabalho nesse dia, nem você, nem os seus filhos, nem as suas filhas,
nem os seus escravos, nem as suas escravas, nem os seus animais, nem os estrangeiros que vivem na terra de
vocês. Em seis dias eu, o SENHOR, fiz o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles, mas no sétimo dia
descansei. Foi por isso que eu, o SENHOR, abençoei o sábado e o separei para ser um dia santo. Respeite o
seu pai e a sua mãe, para que você viva muito tempo na terra que estou lhe dando. Não mate. Não cometa
adultério. Não roube. Não dê testemunho falso contra ninguém. Não cobice a casa de outro homem. Não cobice
a sua mulher, os seus escravos, o seu gado, os seus jumentos ou qualquer outra coisa que seja dele.
Vamos agora repetir os Dez mandamentos: (Líder, explique as palavras que as crianças não conhecem)
Aplicação: O Senhor Deus deu 10 mandamentos
ao povo de Israel. O que são mandamentos?
Mandamentos são leis, são atitudes e
comportamentos que devemos ter. Por exemplo,
se um carro se aproxima do semáforo, e está
vermelho, ele deve parar, porque a lei de trânsito
diz que os carros têm que parar ao sinal vermelho.
Se o carro passar, estará desobedecendo a lei, e
corre o risco de bater em outro carro, ou atropelar
uma pessoa, e poderá levar uma multa. Outro
exemplo se você está na janela de um
apartamento no 10º andar e pula, fatalmente você
morrerá, porque essa é uma lei da natureza e que
você tem de respeitar, porque o seu corpo não
flutua no ar, se você desrespeitar essa lei, vai se
machucar, ao cair de lugares altos, ou até morrer.
Assim são as leis ou mandamentos de Deus para
nós, devemos obedecer cada um deles!
Obediência traz bênção!

Exercício de fixação: Sugestões: 1-Desenhe ou


crie gestos com as crianças para representar cada
mandamento. 2- Desenhe tábuas da lei, escreva
os Dez Mandamentos, faça uma cópia para cada
criança, e distribua. 3- Jogo: Escreva os 10
mandamentos em uma folha, enrole e passe
dentro de um anel. Coloque as crianças em
círculo, sentadas e vai passando o “rolo” dos
mandamentos ao som de um cântico, ao parar a música, a criança que está com o “rolo” tem que falar o 1º
mandamento, se acertar continua, se errar sai da roda, e vai assim, sucessivamente, mesmo quando acabar os
mandamentos pode começar de novo, até sobrar uma criança apenas, que será a vencedora.

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO. http://miriangalli.blogspot.com/
78
79
80
81

Aula: ____/ ____/ _______

Tema: “Bezerro de ouro”


Objetivo: Ensinar às crianças que não devemos adorar
imagens, que adoração deve ser dada somente a Deus!
Versículo para Memorizar: “Ao Senhor, teu Deus, adorarás e
só a Ele servirás.!” Mateus 4:10

Leitura da Bíblia: Êxodo 31:18 – 32:1-35


Mensagem: Quando Deus acabou de falar com Moisés no
monte Sinai, entregou a ele as duas placas de pedra onde o
próprio Deus havia escrito os mandamentos. O povo viu que
Moisés estava demorando muito para descer do monte. Então
eles se reuniram em volta de Arão e lhe disseram: — Não
sabemos o que aconteceu com Moisés, aquele homem que
nos tirou do Egito. Portanto, faça para nós deuses que vão à
nossa frente. Arão lhes disse: — Tirem os brincos de ouro que
as suas mulheres, os seus filhos e as suas filhas estão
usando e tragam para mim. Então os israelitas tiraram das
orelhas os brincos de ouro e os trouxeram a Arão. Ele pegou
os brincos, derreteu-os, derramou o ouro dentro de um molde e fez um bezerro de ouro. Então disseram: —
Povo de Israel, estes são os nossos deuses, que nos tiraram do Egito! Depois o povo sentou-se para comer e
beber e se levantou para se divertir. Então o SENHOR Deus disse a Moisés: — Desça depressa porque o seu
povo, o povo que você tirou do Egito, pecou e me rejeitou. Eles já deixaram o caminho que eu mandei que
seguissem; fizeram um bezerro de ouro fundido, e o adoraram, e lhe ofereceram sacrifícios. Estão dizendo que
estes são os deuses deles, os deuses que os tiraram do Egito. Eu conheço este povo e sei que é muito teimoso.
Agora não tente me impedir, pois vou descarregar a minha ira sobre esta gente e vou acabar com eles. Depois
farei de você e dos seus descendentes uma grande nação. Porém Moisés fez um pedido ao SENHOR, seu
Deus. Ele disse: — Ó SENHOR, por que ficaste assim tão irado com o teu povo, que tiraste do Egito com grande
poder e força? Por que deixar que os egípcios venham a dizer que tiraste o teu povo do Egito para matá-lo nos
montes e destruí-lo completamente? Não fiques assim irado; muda de ideia e não faças cair sobre o teu povo
essa desgraça. Lembra dos teus servos Abraão, Isaque e Jacó. Então o SENHOR Deus mudou de ideia e não
fez cair sobre o seu povo a desgraça que havia prometido. Moisés desceu do monte, carregando as duas placas
de pedra com os mandamentos escritos nos dois lados de cada pedra. O próprio Deus havia feito as placas e
tinha gravado nelas os mandamentos. Josué ouviu o povo gritando e disse a Moisés: — Estou ouvindo um
barulho de guerra no acampamento. Moisés disse: — Não
parece um barulho de vitória, nem um grito de derrota; o que
estou ouvindo é gente cantando. Quando Moisés chegou perto
do acampamento, viu o bezerro de ouro e o povo, que estava
dançando, e ficou furioso. Ali, ao pé do monte, ele jogou no chão
as placas de pedra que estava carregando e quebrou-as. Então
pegou o bezerro de ouro que eles haviam feito, queimou-o no
fogo e o moeu até virar pó e espalhou o pó na água. Em seguida
mandou que o povo de Israel bebesse daquela água. E Por
causa deste pecado, Deus castigou os israelitas com uma
doença. Eles sofreram muito e muitos israelitas acabaram
morrendo.

Aplicação: O povo de Israel cometeu um pecado muito grave:


adorar uma imagem. Desonrou a Deus, não reconhecendo que
foi Ele quem os tirou do Egito, foram ingratos para com Ele! E
por isso pereceram duramente! Adoraram a uma imagem, a um
objeto de ouro, que não fala, não ouve, não tem sentimentos!
Que loucura o povo de Israel cometeu! Devemos adorar somente a Deus, ao único e verdadeiro! Talvez, você
nunca adorou uma imagem, mas já usou esta palavra (adorar) para outras coisas, por exemplo: “Eu adoro
sorvete”, “Eu adoro minha mãe”, “Eu adoro a célula”. Isto é errado, porque o significado da palavra adorar é
“prestar culto”, “reverenciar”, “venerar” devemos usar a palavra “adorar” somente quando nos referimos a Deus –
adorar só a Deus! E para as outras coisas você pode dizer “Eu amo muito…”, exemplo: “Eu amo muito sorvete”

Exercício de fixação: Há várias formas de adorar a Deus: cantando, orando, ofertando, sendo grato por suas
bênçãos, obedecendo as autoridades, etc. Peça que as crianças deem mais exemplos. Você pode fazer um
cartaz, recorte figuras nas revistas, e cole-as no cartaz, com o título: “Eu adoro a Deus quando….”

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO. http://miriangalli.blogspot.com/
82
83

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: “O Tabernáculo”
Objetivo: Ensinar às crianças que devemos respeitar e cuidar bem da casa de Deus!
Quebra-Gelo: O culto a Deus, na igreja, possui várias partes, cite uma.
Versículo para Memorizar: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.” Salmos
122:1

Leitura da Bíblia: Êxodo caps 25 a 40


Mensagem: Deus ordenou a Moisés para construir um tabernáculo: lugar de sacrifício e adoração a
Deus. O Tabernáculo era móvel, e acompanhava o povo nos lugares de acampamento, no deserto, e
simbolizava a presença de Deus em todos os lugares com o povo de Israel. Moisés ia ao tabernáculo
para determinar a vontade de Deus para o povo. Mais tarde, um templo construído pelo rei Salomão
teve a mesma aparência do Tabernáculo. O Tabernáculo era dividido em três partes: “O Átrio”, “O
Lugar Santo”, e “O Lugar Santíssimo.”

1- No Átrio (pátio) havia:


• O Altar do Sacrifício: lugar em que os animais
eram queimados, era um sacrifício pelos pecados do
povo. Hoje não precisamos sacrificar animais, pois
Jesus já fez este sacrifício por nós, para perdoar
nossos pecados!

• O Lavatório: o sacerdote se lavava antes de entrar


no Santo Lugar. Precisamos nos limpar de todo o
pecado para entrar na presença de Deus!

2- No Lugar Santo havia:


84

• O Candelabro: mantinha o Tabernáculo iluminado.


O Senhor é a nossa luz, nossa direção.

• A Mesa do Pão da Presença: doze pães eram


colocadas nessa mesa, simbolizando a provisão de
Deus para as doze tribos de Israel. O Senhor é o
nosso Deus provedor, nos sustenta!

• O Altar do Incenso:
soltava um aroma agradável a Deus. O incenso também
simboliza a oração, quando oramos agradamos ao Senhor!

3- No Lugar Santíssimo, ficava:

Arca da Aliança: dentro da arca



continha as tábuas com os dez
mandamentos (a orientação de
Deus), a vara de Arão (a
autoridade de Deus) e uma jarra
de maná (a provisão de Deus para
necessidades diárias do Seu povo). A arca, hoje, representa a presença de
Deus conosco!

Aplicação: O tabernáculo, hoje, é a nossa igreja, onde vamos celebrar ao


Senhor e adorá-lo!

Exercício de fixação: Montagem de um Tabernáculo. Se você puder usar materiais que mais se
aproximam dos objetos do Tabernáculo, ótimo, mas se não conseguir, você poderá usar materiais bem
simples, que também ajudarão a fixar a lição, o importante é a criatividade, e a participação das
crianças! Sugestão de materiais que representem os objetos do Tabernáculo: uma churrasqueira (altar
do sacrifício), uma bacia (o lavatório), velas (candelabro), bandeja com pães (mesa do pão da
presença), cesta com pétalas de flores (altar do incenso) caixa dourada (arca da aliança). Pode fazer
uma maquete também com objetos pequenos.
https://sementinhakids.wordpress.com/recursos-2/desenhos-coloridos-para-historias-biblicas/tabernaculo/
85
86
87
88

Aula: ____/ ____/ _______


Tema: Os Doze Espias

Objetivo: Ensinar às crianças que devemos confiar em Deus e não ter medo de nada, Ele é a nossa
proteção!
Quebra-Gelo: Você tem medo de alguma coisa? Do que? Depois que as crianças responderem, peça
para dizerem o versículo, e quando vier o medo elas deverão falar este versículo, declará-lo com fé.
Oferta: Líder não se esqueça de tirar a oferta, você está ensinando suas crianças a obedecer a Deus
e prosperar.
Pedidos de Oração: Ore com as crianças sobre as suas dificuldades, se possível faça um caderno de
oração com os pedidos que são feitos ou uma caixinha com os pedidos de oração delas.

Versículo para Memorizar: “O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?”
Hebreus 13:6

Referência Bíblica: Números 13 e 14


Mensagem: O SENHOR Deus disse a
Moisés: Mande alguns homens para espionar
a terra de Canaã, a terra que eu vou dar aos
israelitas. Separe o líder de cada uma das
doze tribos do povo de Israel. Quando Moisés
os mandou espionar a terra de Canaã, disse a
esses homens o seguinte: — Vejam se o povo
que mora nela é forte ou fraco, se eles são
poucos ou muitos. Vejam se a terra onde esse
povo mora é boa ou ruim. Tenham coragem e

tragam algumas frutas da terra. Eles subiram pela


região sul e foram até Hebrom. Passados 40 dias,
voltaram para o deserto, onde estavam Moisés, Arão e
todo o povo de Israel. Da terra que foram espiar
cortaram e trouxeram um cacho de uvas, que dois
homens carregaram pendurado numa vara. Eles
pegaram também romãs e figos. E contaram a eles e
a todo o povo o que tinham visto. Eles disseram a
Moisés: — Nós fomos até a terra aonde você nos
enviou. De fato, ela é boa e rica, como se pode ver por
estas frutas. Mas os que moram lá são fortes, e as cidades são muito grandes e têm muralhas. Não
podemos atacar aquela gente, pois é mais forte do que nós. Também vimos ali gigantes, os
descendentes de Anaque. Perto deles, nós nos
sentíamos tão pequenos como gafanhotos; e, para eles,
também parecíamos gafanhotos. Mas Calebe os fez calar
e disse: Vamos atacar agora e conquistar a terra deles;
nós somos fortes e vamos conseguir isso! Mas o povo
começou a reclamar contra Moisés:— Seria melhor se
tivéssemos morrido no Egito ou mesmo neste deserto!
Por que será que o SENHOR Deus nos trouxe para esta
terra. Seria bem melhor voltarmos para o Egito! E Josué,
filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dois dos líderes
que haviam espionado a terra, rasgaram as suas roupas
em sinal de tristeza e disseram ao povo: — A terra que
fomos espionar é muito boa mesmo. Se o SENHOR Deus
nos ajudar, ele fará com que entremos nela e nos dará aquela terra, uma terra boa e rica. Porém não
sejam rebeldes contra o SENHOR e não tenham medo do povo daquela terra. O SENHOR está com a
gente! Por causa da murmuração do povo, Deus disse: nenhum de vocês entrará naquela terra, a não
89

ser Calebe e Josué. Nenhum desses homens viverá para entrar naquela terra. Eles viram a minha
glória e os milagres que fiz no Egito e no deserto. Mas não quiseram me obedecer. Quarenta anos
vocês vão sofrer por causa dos seus pecados. Na terra prometida só entrarão os que tem menos de
20 anos. Os israelitas ficaram tristes ao ouvirem isto e se arrependeram. Disseram a Moisés: Agora
estamos prontos para ir até o lugar que o SENHOR nos havia prometido. De fato, nós pecamos.
Porém Moisés respondeu: — Não entrem na região montanhosa. O SENHOR não está com vocês,
pois vocês o abandonaram, e os seus inimigos vão derrotá-los. Mesmo assim os israelitas teimaram
em querer entrar na região montanhosa, mas nem a arca da aliança de Deus, o SENHOR, nem
Moisés saíram do acampamento. Então os amalequitas e os cananeus que moravam naquela região
montanhosa atacaram, e derrotaram os israelitas, e muitos foram mortos.

Aplicação: Deus realizou tantos milagres entre os israelitas, mas eles continuaram murmurando,
cheios de medo, não confiando em Deus, por isso morreram antes de entrar na terra prometida,
Canaã. Não tenha medo de fazer o que Deus manda. Ele estará contigo e te protegerá! Não tenha
medo de falar de Jesus aos seus colegas, não tenha medo de dizer não para quem te mandar fazer
coisas erradas. Não tenha medo de repreender o diabo quando ele atacar a sua família, provocando
brigas. O Senhor te protegerá e dará coragem para enfrentar o inimigo. Você não é um gafanhoto, é
um vencedor, porque o Senhor está contigo em todos os momentos! Vamos repetir o versículo!

Atividade: Faça “cobra cega” com as crianças. Coloque as vendas em


algumas delas e coloque outras crianças como guias. Ensinar o princípio de
que o Senhor nos guia por lugares certos, não devemos temer nenhum mal.

Brincadeiras: DESAFIOS: O mestre irá propor desafios para cada equipe (O


líder pode desafiar as crianças a falarem o versículos sem ler, a cantar um
louvor, a responderem os nomes dos personagens da história, etc). A equipe
que completar primeiro, vence. Lembre-se os espias também foram
desafiados.

https://sementinhakids.wordpress.com/recursos-2/desenhos-coloridos-para-historias-biblicas/doze-espias/
90
91

Aula: ____/ ____/ _______

Tema: “O Profeta Balaão”


Objetivo: Ensinar às crianças que ninguém tem poder para amaldiçoar os filhos de Deus!
Quebra-Gelo: Você já ajudou um amigo: O que você fez? (Depois explique às crianças que elas
devem sempre ajudar os seus amigos e familiares, e nunca desejar ou fazer mal a eles. Nós somos a
imagem de Deus: Ele não faz mal a ninguém, mas protege os seus filhos dos ataques do maligno).

Versículo para Memorizar: “Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda.” Salmo
91:10

Leitura da Bíblia: Números 22 a 24


Mensagem: Os israelitas partiram e acamparam
nas planícies de Moabe, a leste do rio Jordão e na
altura de Jericó, que ficava no outro lado do rio. O
rei de Moabe, Balaque, temia uma invasão dos
israelitas às suas terras. Por isso ele mandou
chamar o profeta Balaão e ofereceu muitas
riquezas, para amaldiçoar o povo de Israel. Balaão
ficou tentado por causa das riquezas que ele iria
receber, mas Deus não deixou que o povo fosse
amaldiçoado. Mas por causa da insistência de
Balaão em se encontrar com Balaque, Deus
permitiu que ele partisse para falar com Balaque.
No dia seguinte Balaão se aprontou, pôs os arreios na sua jumenta e foi com os chefes moabitas. De
repente, o Anjo do SENHOR se pôs na frente dele no caminho, para barrar a sua passagem. Quando
a jumenta viu o Anjo parado no caminho, com a sua espada na mão, saiu da estrada e foi para o
campo. Aí Balaão bateu na jumenta e a trouxe de novo para a estrada. E o anjo apareceu mais duas
vezes, fazendo a jumenta parar. E Balaão ficou com tanta raiva, que surrou a jumenta com a vara. Aí o
SENHOR fez a jumenta falar, e ela disse a Balaão: — O que foi que eu fiz contra você? Por que é que
você já me bateu três vezes? Ele respondeu: — Foi porque você caçoou de mim. Se eu tivesse uma
espada na mão, mataria você agora mesmo! Então a jumenta disse a Balaão: — Por acaso não sou a
sua jumenta, em que você tem montado toda a sua vida? Será que tenho o costume de fazer isso com
você? — Não — respondeu ele. Aí o SENHOR Deus fez com que Balaão visse o Anjo, que estava no
caminho com a espada na mão. Balaão se ajoelhou e encostou o rosto no chão. O Anjo do SENHOR
disse: — Por que você bateu três vezes na jumenta? Ela me viu e se desviou três vezes de mim. Se
ela não tivesse feito isso, eu já teria matado você. Então Balaão disse ao Anjo: — Eu pequei. Não
sabia que o senhor estava no caminho para me fazer parar. Porém, se agora o senhor acha que não
devo continuar a viagem, eu voltarei para casa. O Anjo respondeu: — Vá com esses homens; mas
você falará somente aquilo que eu lhe disser. Assim, Balaão foi com os chefes enviados por Balaque.
E lá, ele obedeceu a Deus, não amaldiçoou mas abençoou o povo de Deus!

Aplicação: Balaão não viu o anjo. Ele estava desobedecendo a Deus, porque Deus não queria que
ele fosse ver Balaque. As pessoas quando desobedecem a Deus, não veem a Sua presença, nem
ouvem Sua voz. Mas Deus não permitiu que amaldiçoasse o povo de israel. Nós também somos o seu
povo, e o Senhor não permite que o maligno toque em nossas vidas com maldições.

Exercício de fixação: Brincadeira – “Rabo na mula”:


Desenhe uma mula sem rabo numa cartolina e prenda-a numa parede. Cada parte do corpo vale um
número de pontos. Faça um rabo de papel crepom ou de jornal mesmo, com fita crepe para grudar. A
criança com os olhos vendados, cola em alguma parte do corpo. Quanto mais perto do lugar do rabo,
maior é o número de pontos. Os outros participantes podem ajudar, dizendo somente
palavras como: pra cima, pra baixo, pra direita, pra esquerda… Quem colocar o rabo mais próximo do
local correto é o vencedor.

ESTUDO RETIRADO DO BLOG DA PASTORA MIRIAN GALLI DA IGREJA ÁGUA VIVA. MAUÁ. SÃO PAULO.
http://miriangalli.blogspot.com/
92