Você está na página 1de 3

Perseverança

Filipenses 3.7-16

DISCUSSÃO EM GRUPO: De que maneiras vocês são tentados a se tornar desanimados em sua
vida espiritual?

REFLEXÃO PESSOAL: O que é um modelo para você?

Propósito: Incentivar-nos a continuar a conhecer Jesus, com os olhos voltados para o dia em
que estaremos com ele no céu.

Em Filipenses, Paulo nos oferece encorajamento e inspiração para perseverarmos na área mais
importante da vida. Leia Filipenses 3.7-16

Qual é a nossa meta nesta vida? Geral

Qual é a tua meta ou tens alguma meta que estás a trabalhar? Específico – alguém consegue
partilhar?

1. Que palavras e frases, nessa passagem, nos caracterizam como pessoas em processo de
transformação?

“considerar tudo como perda” – Paulo quanto ao seu histórico de fariseu

“para ganhar cristo mediante a fé em Cristo que procede de Deus” –

“para o conhecer…”

“alcançar a ressurreição…”

“não que eu tenha já recebido ou alcançado”

“prossigo para o alvo…”

2. Nesse texto, de que maneiras você identifica sua batalha para seguir a Cristo?

O que pode impedir a um cristão, em sua caminhada, de seguir a Cristo?

Que tipos de barreiras, dificuldades, lutas, batalhas podem nos dificultar ou até nos incentivar
de deixar de seguir a Cristo?

3. Que vantagens Paulo perdeu (veja vv.4-6)?

Nos versículos anteriores a essa passagem, Paulo relata as vantagens herdadas e adquiridas
antes de encontrar Jesus na estrada de Damasco (At 9). Como judeu que buscava ganhar o
favor de Deus, os feitos de Paulo eram consideráveis. Contudo, esses feitos o impediam de ver
sua necessidade de salvação por intermédio de Jesus. Ele não podia continuar a colocar sua fé
nas próprias realizações e, ao mesmo tempo, em Jesus.

Outra vez voltamos a pergunta inicial: Qual é a nossa meta nesta vida? Mas agora de uma
maneira diferente: O que deseja Deus de nós na vida que trabalhemos para o conseguir ou o
que Deus tem colocado em minha vida para ter como alvo?
Como as perdas de Paulo o ajudaram a ganhar a Cristo (vv. 7-9)?

4. Como os versículos 8 e 9 definem esterco?

O uso que Paulo faz da palavra esterco não deve ser visto apenas como uma comparação entre
o que Jesus nos oferece e o que nos resta se ficarmos sem ele. É também uma condenação das
coisas que nos dão a falsa esperança em nós mesmos e nos fazem agir como se, de fato, não
precisássemos dos dons de Deus.

O que leva, muitas vezes, o cristão a se desviar do alvo? Que coisas são essas que o cristão
segue e que são secundárias/não prioritárias, mas que o fazem perder o foco em Deus?

Com o que nos temos preocupado mais em nossa relação com Deus?

5. Que "coisas" na sua vida poderiam ser consideradas "esterco"?

Ajude o grupo a ter em mente que toda essa seção é muito autobiográfica. Paulo fala das
coisas em sua vida que o mantinham distante de Jesus. Essas mesmas coisas podem ter sido
muito úteis para outra pessoa. Constitui erro pensar que todas as pessoas lutam com as
mesmas coisas. Por exemplo, alguns acham que educação teológica os ajuda a conhecer e a
entender melhor a Deus, enquanto, para outros, ela só serve para fortalecer a tendência
pessoal a ser auto-suficiente. O importante aqui é que cada um seja capaz de identificar o que
o impede de depender exclusivamente da graça de Deus.

6. Observe o que podemos almejar nos versículos 10 e 11. Como essas coisas contrastam
com o esterco de nossas vidas?

Nos versículos 10 e 11 Paulo nos dá um alvo a seguir, mas será que temos trabalhado para
atingir esse alvo?

Quando seguimos a Cristo, muitas coisas que pareciam importantes e absorviam muito do
nosso tempo e energia atingir um objetivo no trabalho, manter a casa em ordem, comprar um
carro novo antes que o velho caia em pedaços - deixam de ser prioridade. Isso não quer dizer
que devemos descuidar das responsabilidades terrenas, mas que devemos sempre medir
nossa vida pelo nosso crescimento em conhecer a Jesus.

Umas das coisas que uma das minhas irmãs enfatizou numa conversa: a pessoas tem duas
opções de como levar a vida: a pessoa lutar para sobreviver ou a pessoa realmente viver a
vida.

A pessoas que luta por sobreviver é aquela só vive para trabalhar e trabalhar, só quer ter, só
que ver o dinheiro chegar, só vive se queixando por estar cansado e que as coisas não chegam
e precisa de mais e mais ou aquela que negligencia o trabalho, se deixa levar pela preguiça,
pela irresponsabilidade de fazer as coisas que lhe são colocadas em mãos.

E a pessoa que realmente vive a vida é aquela que tem consciência de que Deus é o provedor,
Deus é o que me dá forças, inteligência, sabedoria, coragem e que me deu todos os recursos
não somente físicos, psicológicos, mas espirituais para poder trabalhar e poder me
desenvolver prosseguindo o alvo que Deus colocou em minha vida.

Obs: Alguns membros do grupo podem refletir sobre as palavras a respeito da ressurreição
que Paulo escolheu no versículo 11. Para Paulo "a ressurreição é certa; os acontecimentos que
intervêm são incertos," segundo J. A. Motyer (A mensagem de Filipenses [ABU])
O que temos feito para conhecer mais a Cristo? Como está o nosso relacionamento com
Deus? O que Deus diria sobre nós neste momento se alguém preguntasse?

7. Como é a pessoa que busca a Cristo (vv. 12,15)?

Versículos 12 e 15….

8. O versículo 13 nos diz para nos esquecermos das coisas que ficaram para trás e para
avançarmos para as que estão diante de nós. Por que os dois aspectos dessa instrução são
importantes?

Há dois perigos referentes às lembranças sobre o que ficou para trás: podemos nos tornar
acomodados ou perder a coragem.

Nessa passagem, Paulo provavelmente se dirige àqueles que pensam ter atingido um patamar
espiritual em que não precisam mais "continuar a caminhar". Ao mesmo tempo, as pessoas
olham para os erros que já cometeram e não vêem esperança em perseverar para atingir seus
objetivos.

O que é mais difícil para você? Explique.

9. O que Jesus fez por você que, provavelmente, você agarraria?

10. O que "andar segundo o que já alcançamos" quer dizer?

Nesse versículo, Paulo nos relembra que as bênçãos de Deus para nós requerem uma resposta
ativa de nossa parte. Talvez Paulo esteja parafraseando as palavras de Jesus em Lucas 12.47,48

11. Em que área você precisa de incentivo para seguir adiante?

Interesses relacionados