Você está na página 1de 2

Analisar uma obra de Arte

Uma obra de arte, qualquer que seja a sua forma, é simultaneamente:

• Um testemunho do sentido do belo do seu criador

• Um documento histórico

• Um diálogo, afetivo ou intelectual, entre a obra de arte e o seu espectador, no caso das artes visuais

Uma obra de arte pode ser analisada de várias formas(esta é uma proposta, podendo haver outras) e pretende sempre
alcançar os seguintes objetivos:

• Ajudar a apreender as técnicas utilizadas pelo autor para transmitir a sua mensagem

• Mostrar como a obra de arte é a expressão de um dado contexto histórico

• Sensibilizar para a fruição dos valores estéticos

Como analisar uma pintura

Deve ter-se sempre em conta certos dados técnicos que diferem de época para época, ou de autor para autor

1) Observar atentamente as informações dadas na legenda da obra: autor; título; data da execução; suporte;
dimensões; lugar de conservação

2) Obter dados sobre o autor: data e lugar de nascimento e morte; origem social; anos e lugares de formação; idade
aquando da realização da obra; outras obras suas

3) Reconhecer o tipo de assunto representado: cena religiosa; histórica; mitológica; alegoria; retrato; paisagem ...
(se e quando apareceu ao público; acolhimento...)

4) Analisar o assunto propriamente dito: descrever o que está representado; lugares; enquadramento da cena;
personagens; ação das personagens; objetos.

Deve tentar perceber-se porque é que o autor pintou um quadro com aquelas dimensões e não outras, proceder à
análise da cena, do enquadramento desta, dos móveis, dos objetos representados, da paisagem, da posição

5) Analisar uma obra como um documento que se inscreve no contexto de uma época

6) Exprimir um comentário pessoal sobre uma obra de arte


das personagens, identificando-as, como estão vestidas, em que atitude se encontram, etc.
Análise plástica /A técnica pictural

1) A composição: Quais são as linhas que organizam o quadro? Isto é, a organização das figuras segundo esquemas
geométricos ou não, com eixos bem marcados ou não, segundo leis de perspectiva ou sem elas1

2) O desenho: qual é a função da linha, a sua espessura e forma? Tem um papel fundamental ou acessório?

3) As cores: Quais são as cores dominantes?, cores quentes ou frias?, fundamentais ou complementares?

4) A luz: De onde vem a luz? Está repartida uniformemente? Qual é o seu efeito?

5) A técnica de pintura: mancha larga, pontilhada, linear, sfumato, modelado

6) A matéria: óleo, têmpera, etc

Deverá analisar se o olhar do espectador é atraído para algum ponto em especial e porquê; o que se pretende
traduzir com determinadas cores; se o emprego de determinada técnica marca decididamente o estilo do autor; se o emprego de
determinadas matérias representa um avanço em relação a outros, inserção ou não nas técnicas comuns, etc

Análise histórica

Porquê este tema ? Porquê esta técnica ? Porquê este estilo? Que efeito pretendeu produzir no público? Insere-se
numa corrente artística ou rompe com as correntes dominantes?

A resposta a estas questões levará à descoberta de problemas relacionados com: tipos de encomendas, ideias
perfilhadas pelo autor, mentalidade dominante; tipo de materiais colocados à sua disposição, influências de outros artistas, etc

Fazer um comentário pessoal sobre a obra de arte

Comentar do ponto de vista pessoal uma obra de arte, é exprimir a sua adesão ou não, à obra, quer do ponto de vista
intelectual, quer do ponto de vista afetivo, justificando a sua posição

Conclusão

Com as informações fornecidas pela análise do quadro poderá concluir do valor histórico do documento que
analisou, isto é, de que modo é que ele serve ou não de testemunho da sua época, fornecendo elementos de índole economica,
social, política, religiosa e artística.

1
Isto é, como é criado o sentido de profundidade.

Interesses relacionados