Você está na página 1de 2

GRUPO DE ESTUDO BÍBLICO

Igreja Cristã Maranata

A RESSURREIÇÃO DE JESUS

Sugestões
Texto-base: Diversos textos
Todos podem participar livremente.
seleccionados
Uma única regra: não se afastar do texto
bíblico.
Introdução

Há três hipóteses quanto à ressurreição de Jesus:

1ª- Que Jesus ressuscitou mesmo e que a sua ressurreição confirma a sua identidade
como Filho de Deus.

2ª- Que Jesus morreu mas não ressuscitou. O desaparecimento do corpo deveu-se ao
roubo do corpo.

3ª- Que Jesus não teria chegado a morrer na cruz – a chamada “teoria do desmaio”.

Vamos ver o que dizem os textos bíblicos?

Questões orientadoras

1) Podemos ter a certeza de que Jesus morreu mesmo? Ler João 19:31-34.

2) Jesus falou antecipadamente da sua própria morte e ressurreição?


Ler Mateus 16:21 / 17:9, 22, 23 / 20:18, 19 / 26:31, 32.

3) A que templo se referia Jesus em Mateus 26:61? (Para melhor entendimento, poderão
ser lidos os versículos 57 a 60).

4) Ler Mateus 27:57-60. Como prepararam o corpo? Como era o sepulcro onde o
corpo de Jesus foi colocado?

5) Ler Mateus 27:62-66. Era fácil ter acesso ao sepulcro? Por exemplo: seria fácil roubar o
corpo? Porquê?

6) Há quem pense que Jesus apareceu vivo a uma ou outra pessoa. Mas leia Atos 1:3.
Que conclusão tira?
7) Segundo 1 Coríntios 15:3-8, Cristo apareceu ressurrecto a muitas pessoas. Para além
dos discípulos mais chegados, “foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos”.
Qual a importância especial deste acontecimento? Essas testemunhas ainda
estariam vivas quando Paulo escreveu esta carta?

8) Qual a importância dada à ressurreição de Jesus na pregação da igreja primitiva?


Leia, por exemplo, um excerto da primeira mensagem pública da história da igreja, a
pregação de Pedro em Jerusalém: Actos 3:22-32.

9) Concluindo, ler 1 Coríntios 15:13-19. Como explica o apóstolo Paulo a importância de


ter a certeza de que Jesus ressucitou?

Notas – as três grandes hipóteses alternativas à ressurreição

1ª- Corpo roubado por amigos (discípulos)?


- O acesso ao túmulo era muito difícil: soldados profissionais faziam guarda em
turnos + o selo imperial + uma grande pedra a tapar a sepultura.
- Para quê? Os discípulos não tinham qualquer vantagem nisso: um Messias morto
nunca seria um Messias verdadeiro. Teria de haver provas indiscutíveis de que Jesus
tinha ressuscitado.
- Por outro lado, se tivessem roubado e ocultado o corpo estariam a produzir uma
gigantesca fraude. Como explicar que passados alguns dias os discípulos estavam a
pregar a ressurreição, dispostos a morrer por causa desse testemunho? Onze dos
doze apóstolos foram mortos, fora os milhares de crentes perseguidos. Quem sofre e
morre por uma mentira?

2ª- Corpo roubado por inimigos (líderes religiosos)?


- Foram os religiosos que pediram que o sepulcro fosse guardado.
- Se o tivessem roubado, a primeira coisa que teriam feito quando os apóstolos
começaram a anunciar que Jesus tinha ressuscitado seria mostrar o corpo de Jesus.
Porque nunca o fizeram? Porque não tinham corpo: Jesus tinha ressuscitado mesmo.

3ª- Teoria do desmaio


- É a mais absurda. Os romanos verificaram a morte dos três condenados. O soldado
espetou a lança no lado de Jesus, para ter certeza absoluta. O corpo foi embrulhado
em lençóis e colocado dentro de um túmulo cuja porta estava tapada por uma pedra
pesadíssima. Como iria alguém sobreviver à cruz, à lança e ainda ter força para se
desfazer dos lençóis, empurrar aquela grande pedra e conseguir escapar?

Jesus ressucitou Corpo roubado Jesus não morreu

(3) teoria
(1) por amigos (2) por inimigos do desmaio

Ele é mesmo o Mas: como poderiam Mas: com que Mas: os soldados
Filho de Deus ter acesso ao corpo? objectivo? Isso só iria comprovaram que
E para quê? prejudicá-los. Jesus estava morto.