Você está na página 1de 10

UFCD 1524 – MATERIAIS - FERROSOS, NÃO

FERROSOS E NÃO METÁLICOS

1
Classificação dos Materiais

O que é um material?
Um material é um composto predominantemente sólido e homogéneo de substâncias,
que pode ser usado na construção de peças.
Os materiais são predominantemente sólidos
A organização dos grupos de moléculas estabelece o seu comportamento na natureza:

Estado sólido:
• Moléculas ou átomos agrupados que MANTÉM a FORMA após serem moldados.

Os materiais são homogéneos

tecid
- Variadas substâncias diferentes.
- Mesmas propriedades em toda parte.

2
Classificação dos materiais

Materiais

Metálicos Não Metálicos

Ferrosos Não Sintéticos Naturais


Ferrosos

Materiais metálicos

• Formados por uma ou mais substâncias, onde predominam as metálicas

• Predominantemente brilhantes e resistentes;

• Têm alta densidade em relação aos demais (no mínimo, 2 kg / dm3);

• Normalmente obtidos através de minérios;

• Muito usados em construções mecânicas.

3
Materiais não metálicos

• Naturais: madeira, couro, fibras, etc.

• Artificiais ou sintéticos: baquelite, celuloide, acrílico, etc.


- Materiais plásticos (ABS, PET, PEAD, PVC, PEBD, PP, PS

Celuloide: marfim artificial

Acrílico

Materiais metálicos Ferrosos

1. Substância Predominante: FERRO - Fe


2. Substância não predominante porém importante: CARBONO - C

4
3. Usados desde a antiguidade
4. De cores acinzentada até prateada
5. Os mais usados na indústria mecânica
6. Na sua maioria muito resistentes e fáceis de serem trabalhados.

Aços – Características Gerais


• Liga de Ferro (Fe) e Carbono (C), com o último tendo de 0 a 2,1% na composição,
• Tem excelentes propriedades mecânicas: material tenaz, dúctil, de fácil trabalho,
podendo também ser forjável.
• De cor acinzentada até prateada
• 80% dos materiais usados na indústria

Ferros Fundidos – Características Gerais


• Liga de Ferro e Carbono, com o último tendo de 2,1 a 6,67% na composição.
• Custo menor que o do aço, devido a facilidade de obtenção.
• De cores mais acinzentada, devido à grande quantidade de carbono.
• Sempre que possível, deve-se usá-lo ao invés do aço.
• Há basicamente 3 tipos: FoFo Cinzento, FoFo Branco e FoFo Maleável.

5
Classificação dos materiais

MATERIAIS

METÁLICOS NÂO-METÁLICOS

FERROSOS NÃO-FERROSOS NATURAIS SINTÉTICOS

Aço Al - Alumínio Madeira Vidro

Ferro fundido Cu - Cobre Couro Cerâmica

Zn - Zinco Borracha Plástico

Mn - Magnésio

Pb - Chumbo

Sn -Estanho

Ti - Titânio

Latão – Cobre + Zinco

Bronze – Cobre + Estanho

Materiais metálicos Não Ferrosos

6
Materiais metálicos não ferrosos são todos os demais materiais metálicos
empregados na construção mecânica.
Utilizados em peças sujeitas a oxidação

• Metais pesados: (ρ > 5kg/dm3) cobre, estanho, zinco, chumbo, platina, etc.
• Metais leves: (ρ < 5kg/dm3) alumínio, magnésio, titânio, etc.

Cobre Chumbo Titânio Alumínio

Propriedades dos Materiais

7
Elasticidade: Ao Aplicar uma força numa peça de material elástico, ele deforma-se.
Porém, ao cessar este esforço, a peça volta a ter o seu formato inicial.
Ex.: Molas e Borracha

Fragilidade: Ao sofrer um choque (impacto, aplicação de esforço de curto período e


repentina), uma peça de material frágil tende a quebrar (romper-se). Logo, os
materiais frágeis, tem baixa resistência aos choques.
Ex.: Vidros e Ferro Fundido

Ductilidade / Plasticidade: É o oposto da Fragilidade. Ao sofrerem impactos, peças de


materiais dúcteis se deformam e não se rompem. Para qualquer força que sofra, essa
peça não retorna ao seu estado original: fica deformada.
Ex.: Cobre e Massa de modelar

Tenacidade: É a propriedade mais apreciada num material de construção mecânica.


Uma peça de material tenaz é aquela que ao sofrer grande esforço (impacto ou não),
sofre pouca deformação elástica e não se rompe facilmente.
Ex.: Aços-liga e Aços de Chave Allen

8
Dureza: Pode ser chamada de resistência ao desgaste ou à penetração. Essa
propriedade aparece naquelas peças que não podem ser desgastadas ou deformadas
na sua superfície.
Ex.: Aços-Ferramenta

Resistência: É a oposição à mudança de forma. Um material pode se opor bem à


tração (ser “puxado”) e mal ao cisalhamento (ser cortado).
Existem 6 tipos de resistência: Flexão, Cisalhamento, Torção, Tração, Flambagem e
Compressão.

9
Densidade: É a concentração de material em um determinado volume. Um litro de
água pesa 1 kg, mas nem todo líquido tem 1kg / litro. O mesmo acontece com os
materiais.

Unidades de medida: kg/dm3, g/dm3, kg/L

Maleabilidade: Propriedade que permite que um material seja transformado em


chapas ou lâminas.

10

Você também pode gostar