Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-

BRASILEIRA-UNILAB

INSTITUTO DE CIENCIA DA SAÚDE-ICS

CURSO DE ENFERMAGEM

PROFESSORA DRª. ALANA SANTOS MONTE

RESUMO

Noticia sobre segurança paciente

Discente: Jorge Ximenes Vital

ACARAPE/CE, 2019
Uma noticia sobre médico comete erro e fez um procedimento cirurgia a perna do
paciente errado, foi apresentada no jornal da altera (JA), publicado no dia 17 de janeiro
de 2019.

Em relação a esta noticia mostra que teve um médico cometeu um erro na hora de
aplicação do procedimento para cirurgia do paciente em uma perna errado, onde não foi
planejado, pois entende que o paciente procura a solução e não o risco (principalmente pelos
profissionais como médicos/enfermeiros).

Erros dos profissionais os médicos tanto os enfermeiros para aos pacientes podem ter
os riscos de perigo estado físico (prejuízo ou lesões, e até mesmo a morte de um paciente, ou
seja, advento adverso que é um incidente que resultou em dano para o paciente).

Entende que o ser humano está apto de cometer qualquer um erro por qualquer
Professional, tanto os que da área saúde (médicos e enfermeiros), assim devemos colocar em
consideração que antes que o Professional realizar um procedimento para os pacientes,
necessário ter um planejamento para uma determinada histórico da situação de paciente.

No serviço de saúde os profissionais estão ao sujeito o erro, isso esta em três pilares de
ético Professional são negligência, imprudência e empírica. Outro lado é equipe do serviço
saúde, pois com as falhas por relacionamento interpessoal, falhas em comunicação, falhas no
processo de tomada decisão, falhas na liderança, perda de consciência situacional.

No entanto, sistema atendimento a saúde aos pacientes está relacionada com uma
equipe trabalha juntos entre profissionais desde técnica de enfermagem, enfermeiros e
médicos, também familiares do paciente para oferecer o melhor e um atendimento satisfatório
ao paciente. Assim para prevenir estes erros no serviço saúde, necessários ter a troca de
informação entre a equipe sobre atividade, plano ou situação do paciente. Conhecer os fatores
predisponentes e resultantes eventos adversos.

Diante desta noticia, o


caso foi acontecido no
Hospital universitário da
universidade federal de
juiz de fora (HU-UFJF),
paciente Maria Tereza
Aparecida (manicure),
obrigatoriamente realizar
duas cirurgias nos dois
joelhos por um erro do procedimento pelo médico, aplicação cirurgia num joelho da perna
errada.
O paciente só percebeu que o procedimento havia feito no joelho direto (não foi
planejado), quando estava na sala de recuperação, No entanto, o Problema do joelho para ser
aplicar a cirurgia era no joelho de perna esquerda (foi planejada), mas o medico fez
procedimento no joelho da perna direto, Assim o paciente saiu do hospital com os dois
joelhos operados.

Após desta cirurgia, o paciente recebeu alta hospitalar e voltou para casa. Assim,
depois de oito meses na sua rescendência, começou o problemas de inflamar e depois de
algum tempo rompeu, assim ela (paciente) não consegue mais andar e tem que parar de
trabalhar, necessária ela tem que aguardar para outra cirurgia. Depois ela entrou contacto e
depois que equipe medica soube e procura o responsável e assessora do hospital, eles
informaram a nota que apura o fato tomar providencias e ainda informaram (equipe
Professional) que um equipe multifuncional estão a disposição para acompanhar o paciente.

Sabe que a relação entre médico (Professional da saúde) e pacientes são ações que
envolvem sentimentos confiança a sociedade ou mesmo em segurança e esperança de certeza
por tratamento sem danos, pois em relação os erros acontecido o paciente tem o direito de
buscar e comunicar ao seu representante legal em relação todos os seus tratamentos baseados
nos dados reais e diagnósticos das medidas procedimento dos profissionais.
Referência

Jornal alterosa (JA), Paciente alega que passou por cirurgia em joelho errado. Públicada em
publicada em 17 de janeiro de 2019. Links: https://www.youtube.com/watch?v=DHSTZzuexVs.
Acesso em 02/12/2019.