Você está na página 1de 10

Subclasse: 4635-4/01 COMÉRCIO ATACADISTA DE ÁGUA MINERAL

Notas Explicativas:
Esta subclasse compreende:
- o comércio atacadista de água mineral
Esta subclasse não compreende:
- o comércio atacadista de água mineral com atividade de engarrafamento associada (4635-4/03)
- o engarrafamento na fonte de águas minerais e água adicionada de sais (1121-6/00)
- o engarrafamento de água mineral realizado sob contrato (8292-0/00)

Lista de Atividades

Código Descrição CNAE

4635-4/01 DISTRIBUIDORA DE ÁGUA MINERAL; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4/01 ÁGUA MINERAL; COMÉRCIO ATACADISTA DE

Subclasse: 4723-7/00 COMÉRCIO VAREJISTA DE BEBIDAS

Notas Explicativas:
Esta subclasse compreende:
- o comércio varejista de bebidas alcoólicas e não alcoólicas, não consumidas no local de venda
Esta subclasse não compreende:
- a venda de bebidas alcoólicas e não alcoólicas em bares, restaurantes e similares (56.11-2)

Lista de Atividades

Código Descrição CNAE

4723-7/00 BEBIDAS ALCOÓLICAS E NÃO ALCOÓLICAS; COMÉRCIO VAREJISTA

4723-7/00 CERVEJAS, SEM ATIVIDADE DE SERVIR; COMÉRCIO VAREJISTA DE

4723-7/00 DEPOSITO DE BEBIDAS; COMÉRCIO VAREJISTA

4723-7/00 DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS; COMÉRCIO VAREJISTA

4723-7/00 REFRIGERANTES, SEM ATIVIDADE DE SERVIR; COMÉRCIO VAREJISTA DE

4723-7/00 SAQUÊ; COMÉRCIO VAREJISTA

4723-7/00 VINHOS, SEM ATIVIDADE DE SERVIR; COMÉRCIO VAREJISTA DE

4723-7/00 ÁGUA MINERAL, DEPOSITO DE; COMÉRCIO VAREJISTA


Classe: 4635-4 COMÉRCIO ATACADISTA DE BEBIDAS

Esta classe contém a seguinte subclasse:


4635-4/01 COMÉRCIO ATACADISTA DE ÁGUA MINERAL

4635-4/02 COMÉRCIO ATACADISTA DE CERVEJA, CHOPE E REFRIGERANTE

4635-4/99 COMÉRCIO ATACADISTA DE BEBIDAS NÃO ESPECIFICADAS ANTERIORMENTE

Notas Explicativas:
Esta classe compreende:
- o comércio atacadista de bebidas alcoólicas e não-alcoólicas
- o comércio atacadista de águas envasadas
Esta classe não compreende:
- o engarrafamento de bebidas alcoólicas e não-alcoólicas realizado sob contrato (82.92-0)
- o engarrafamento na fonte de águas minerais e de águas adicionada de sais (11.21-6)

Lista de Atividades

Código Descrição CNAE

4635-4 AGUARDENTES; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 BEBIDAS DESTILADAS; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 BEBIDAS EM GERAL; COMÉRCIO ATACADISTA DE COM ACONDICIONAMENTO ASSOCIADO

4635-4 CACHAÇA CANINHA; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 CERVEJA, CHOPE E REFRIGERANTE; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 CERVEJA, REFRIGERANTES; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 CHOPP; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 CONHAQUE; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 DISTRIBUIDORA DE CERVEJA; COMÉRCIO ATACADISTA DE

4635-4 DISTRIBUIDORA DE CHOPE; COMÉRCIO ATACADISTA DE

Subclasse: 4635-4/01 COMÉRCIO ATACADISTA DE ÁGUA MINERAL

Subclasse: 4723-7/00 COMÉRCIO VAREJISTA DE BEBIDAS

Classe: 4635-4/02 COMÉRCIO ATACADISTA DE CERVEJA, CHOPE E REFRIGERANTE

TODAS AS ATIVIDADES PROPOSTAS PODEM OPTAR PELO SIMPLES NACIONAL


ANEXO I
Alíquotas e Partilha do Simples Nacional - Comércio

Receita Bruta em 12 meses (em R$) ALÍQUOTA IRPJ CSLL COFINS PIS/PASEP CPP ICMS

Até 180.000,00 4,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% 2,75% 1,25%

De 180.000,01 a 360.000,00 5,47% 0,00% 0,00% 0,86% 0,00% 2,75% 1,86%

De 360.000,01 a 540.000,00 6,84% 0,27% 0,31% 0,95% 0,23% 2,75% 2,33%

De 540.000,01 a 720.000,00 7,54% 0,35% 0,35% 1,04% 0,25% 2,99% 2,56%

De 720.000,01 a 900.000,00 7,60% 0,35% 0,35% 1,05% 0,25% 3,02% 2,58%

De 900.000,01 a 1.080.000,00 8,28% 0,38% 0,38% 1,15% 0,27% 3,28% 2,82%

De 1.080.000,01 a 1.260.000,00 8,36% 0,39% 0,39% 1,16% 0,28% 3,30% 2,84%

De 1.260.000,01 a 1.440.000,00 8,45% 0,39% 0,39% 1,17% 0,28% 3,35% 2,87%

De 1.440.000,01 a 1.620.000,00 9,03% 0,42% 0,42% 1,25% 0,30% 3,57% 3,07%

De 1.620.000,01 a 1.800.000,00 9,12% 0,43% 0,43% 1,26% 0,30% 3,60% 3,10%

De 1.800.000,01 a 1.980.000,00 9,95% 0,46% 0,46% 1,38% 0,33% 3,94% 3,38%

De 1.980.000,01 a 2.160.000,00 10,04% 0,46% 0,46% 1,39% 0,33% 3,99% 3,41%

De 2.160.000,01 a 2.340.000,00 10,13% 0,47% 0,47% 1,40% 0,33% 4,01% 3,45%

De 2.340.000,01 a 2.520.000,00 10,23% 0,47% 0,47% 1,42% 0,34% 4,05% 3,48%

De 2.520.000,01 a 2.700.000,00 10,32% 0,48% 0,48% 1,43% 0,34% 4,08% 3,51%

De 2.700.000,01 a 2.880.000,00 11,23% 0,52% 0,52% 1,56% 0,37% 4,44% 3,82%

De 2.880.000,01 a 3.060.000,00 11,32% 0,52% 0,52% 1,57% 0,37% 4,49% 3,85%

De 3.060.000,01 a 3.240.000,00 11,42% 0,53% 0,53% 1,58% 0,38% 4,52% 3,88%

De 3.240.000,01 a 3.420.000,00 11,51% 0,53% 0,53% 1,60% 0,38% 4,56% 3,91%

De 3.420.000,01 a 3.600.000,00 11,61% 0,54% 0,54% 1,60% 0,38% 4,60% 3,95%

NOTA ECONET 1 Resol. CGSN 94/2011, art. 25-A, § 1º, I - revenda de mercadorias, que serão tributadas na forma do Anexo I; (LC
123/2006, art. 18, § e 4°, inciso I).

NOTA ECONET 2 § 3° A ME ou EPP deverá segregar as receitas decorrentes de exportaç&ailde;o para o exterior, inclusive as vendas
realizadas por meio de comercial exportadora ou sociedade de propósito específico, observado o disposto no § 7° do art. 18 e no art. 56 da
Lei Complementar n° 123, de 2006, quando então seo desconsiderados, no cálculo do Simples Nacional, conforme o caso, os percentuais
relativos à Cofins, à Contribuição para o PIS/Pasep, ao IPI, ao ICMS e ao ISS constantes dos Anexos I a V e V-A;

REPRESENTANTES COMERCIAIS E AGENTES DO COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS,


Classe: 4617-6
BEBIDAS E FUMO

SIMPLES NACIONAL ANEXO VI


LUCRO PRESUMIDO
Condição do Lucro Presumido

Poderá ser optante pelo Lucro Presumido, desde que não se encaixe em nenhuma hipótese de obrigatoriedade ao Lucro Real (Lei
nº 9.718/1998, art.14).

Presunção IRPJ Alíquota IRPJ Código de DARF IRPJ Fundamento Legal IRPJ

8% 15% 2089 Lei nº 9.249/1995, art.15.

Adicional de IRPJ

Adicional de IRPJ alíquota de 10%, sobre parcela do lucro presumido que excede o valor resultante da multiplicação de R$
20.000,00 pelo número de meses do período de apuração (Lei nº 9.249/1995, art. 3º).

Presunção CSLL Alíquota CSLL Código de DARF CSLL Fundamento Legal CSLL

Lei nº 9.249/1995, art.20 e Lei nº 9.430/1996,


12% 9% 2372
art.28.

PIS/ COFINS

Regra Geral, o Lucro Presumido está sujeito a incidência Cumulativa (Art.10, inciso II, Lei nº 10.833/2003), devendo-se observar se
existe particularidade no caso da venda do produto ou serviços executados.

Fundamento Legal
Alíquota PIS Código de DARF PIS Alíquota COFINS Código de DARF COFINS
PIS/COFINS

Lei nº 9.718/1998, art.4º,


0,65% 8109 3% 2172
inciso IV.

FPAS RAT

515 3%

Base Legal Base Legal

IN RFB nº 971/2009, Anexo I, alterada pela IN/RFB nº


Art. 22, II da Lei nº 8.212/91
1.027/2010

Contribuição Patronal Base Legal

20% Art. 22, I e III da Lei nº 8.212/91

O código CNAE de comércio ou serviço não está enquadrado na regra da "Desoneração da Folha de Pagamento", ou seja, continua
recolhendo as contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei n° 8.212/91.
Atenção: Caso a sua empresa realize industrialização, deverá utilizar "Busca por NCM Industrializado".
Contribuição devida para Outras Entidades e Fundos
Código para Outras Entidades e Fundos (Terceiros)
(Terceiros)

5.80% 0115

Base Legal

Art. 109 da IN/RFB nº 971/2009


Subclasse: 4635-4/01 COMÉRCIO ATACADISTA DE ÁGUA MINERAL

Subclasse: 4723-7/00 COMÉRCIO VAREJISTA DE BEBIDAS

Classe: 4635-4/02 COMÉRCIO ATACADISTA DE CERVEJA, CHOPE E REFRIGERANTE

REPRESENTANTES COMERCIAIS E AGENTES DO COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS, BEBIDAS E


Classe: 4617-6/00
FUMO

NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais, naturais ou artificiais, e as águas
gaseificadas, não adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes nem
2201.10.00 aromatizadas; gelo e neve.
 -Águas minerais e águas gaseificadas

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.

NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais, naturais ou artificiais, e as águas
gaseificadas, não adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes nem
aromatizadas; gelo e neve.
2201.10.00
 Ex 01 - Águas minerais naturais comercializadas em recipientes com capacidade
nominal inferior a 10 (dez) litros.

Alíquota:
ZERO

Condição:
A partir de 18/09/2012. Estão reduzidas a 0 (zero) as alíquotas do PIS e da COFINS incidentes sobre a
receita decorrente da venda de águas minerais naturais comercializadas em recipientes com
capacidade nominal inferior a 10 (dez) litros ou igual ou superior a 10 (dez) litros classificadas no código
2201.10.00 Ex 01 e Ex 02 da Tipi, conforme art. 76 da Lei n° 12.715/2012.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
06- Operação Tributável a Alíquota Zero

NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais, naturais ou artificiais, e as águas
gaseificadas, não adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes nem
aromatizadas; gelo e neve.
2201.10.00
 Ex 02 - Águas minerais naturais comercializadas em recipientes com capacidade
nominal igual ou superior a 10 (dez) litros.

Alíquota:
ZERO

Condição:
A partir de 18/09/2012. Estão reduzidas a 0 (zero) as alíquotas do PIS e da COFINS incidentes sobre a
receita decorrente da venda de águas minerais naturais comercializadas em recipientes com
capacidade nominal inferior a 10 (dez) litros ou igual ou superior a 10 (dez) litros classificadas no código
2201.10.00 Ex 01 e Ex 02 da Tipi, conforme art. 76 da Lei n° 12.715/2012.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
06- Operação Tributável a Alíquota Zero
NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas e outras bebidas não
alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas, da posição 20.09.
2202.10.00
 -Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.

NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
2202.10.00 açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas e outras bebidas não
alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas, da posição 20.09.
 Ex 01 - Refrescos

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.
NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas e outras bebidas não
2202.90.00 alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas, da posição 20.09.
 -Outras

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.

NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
2202.90.00 açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas e outras bebidas não
alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas, da posição 20.09.
 Ex 03 - Cerveja sem álcool

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.

NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas e outras bebidas não
alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas, da posição 20.09.
 Ex 04 - Alimentos para praticantes de atividade física nos termos da Portaria nº
2202.90.00
222, de 24 de março de 1998, da extinta Secretaria de Vigilância Sanitária, atual
Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do Ministério da Saúde: repositores
hidroeletrolíticos e outros

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.
NCM: Descrição:
 Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de
açúcar ou de outros edulcorantes ou aromatizadas e outras bebidas não
alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas, da posição 20.09.
2202.90.00  Ex 05 - Compostos líquidos pronto para consumo nos termos da Resolução RDC
nº 273, de 22 de setembro de 2005, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária,
do Ministério da Saúde

Alíquota:
INCIDÊNCIA MONOFÁSICA

Condição:
Para o importador, fabricante e atacadista a alíquota será de 2,32% de PIS e 10,68% de COFINS; caso
a venda seja para comerciante varejista ou consumidor final será de 1,86% de PIS e 8,54% de COFINS,
conforme art. 25 da Lei nº 13.097/2015; exceto do Simples Nacional.
Os percentuais poderão ser reduzidos até 31.12.2017 conforme os percentuais de redução do anexo III
desta lei. O anexo II da referida lei apresenta redução de alíquota de PIS e COFINS e será aplicada,
conforme o caso.
A redução a ZERO das alíquotas do PIS e COFINS será aplicada na receita bruta auferida por pessoa
jurídica varejista (quando a receita do ano-calendário imediatamente anterior ao da operação for igual
ou superior a 75% de sua receita total no mesmo período, depois de excluídos os impostos e
contribuições incidentes sobre a venda), inclusive do Simples nacional, conforme art. 28 da Lei nº
13.097/2015.
O Decreto nº 8.442/2015 regulamenta as regras para a contribuição do PIS e da COFINS das bebidas
frias previstas no seu art. 1º.

Código da Situação Tributária - CST (Instrução Normativa RFB N° 1.009/2010), na operação


mencionada:
02- Operação Tributável com Alíquota Diferenciada, indicado para a operação de venda do importador,
fabricante ou atacadista.
04- Operação Tributável Monofásica - Revenda a Alíquota Zero, indicado para o revendedor no varejo.

LEI Nº 13.097, DE 19 DE JANEIRO DE 2015.

Art. 14. Observado o disposto nesta Lei, serão exigidos na forma da legislação aplicável à generalidade das
pessoas jurídicas a Contribuição para o PIS/PASEP, a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social -
COFINS, a Contribuição para o PIS/PASEP-Importação, a COFINS-Importação e o Imposto sobre Produtos
Industrializados - IPI devidos pelos importadores e pelas pessoas jurídicas que procedam à industrialização e
comercialização dos produtos classificados nos seguintes códigos da Tabela de Incidência do Imposto sobre
Produtos Industrializados - TIPI, aprovada pelo Decreto no 7.660, de 23 de dezembro de
2011: (Vigência) Regulamento (Vigência)

I - 2106.90.10 Ex 02;

II - 22.01, exceto os Ex 01 e Ex 02 do código 2201.10.00;

III - 22.02, exceto os Ex 01, Ex 02 e Ex 03 do código 2202.90.00; e

IV - 22.02.90.00 Ex 03 e 22.03.

Parágrafo único. O disposto neste artigo, em relação às posições 22.01 e 22.02 da TIPI, alcança,
exclusivamente, água e refrigerantes, chás, refrescos, cerveja sem álcool, repositores hidroeletrolíticos, bebidas
energéticas e compostos líquidos prontos para o consumo que contenham como ingrediente principal inositol,
glucoronolactona, taurina ou cafeína.

Art. 17. Para efeitos do § 1o do art. 15, considera-se varejista a pessoa jurídica cuja receita decorrente de
venda de bens e serviços a consumidor final no ano-calendário imediatamente anterior ao da operação houver sido
igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) de sua receita total de venda de bens e serviços no mesmo
período, depois de excluídos os impostos e contribuições incidentes sobre a
venda. (Vigência) Regulamento (Vigência)

Parágrafo único. A pessoa jurídica em início de atividade poderá ser considerada varejista, desde que
atendidos os termos e as condições estabelecidos em ato da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

Art. 28. Ficam reduzidas a 0 (zero) as alíquotas da Contribuição para o PIS/PASEP e da COFINS incidentes
sobre a receita decorrente da venda dos produtos de que trata o art. 14, quando auferida pela pessoa jurídica
varejista definida na forma do art. 17. (Vigência) Regulamento (Vigência)

§ 1o O disposto no caput:

I - não se aplica às pessoas jurídicas que industrializam ou importam os produtos de que trata o art. 14 e às
pessoas jurídicas que possuam estabelecimento equiparado a industrial nos termos do art. 18;

II - aplica-se inclusive às pessoas jurídicas sujeitas ao regime de apuração cumulativa da Contribuição para o
PIS/PASEP e da COFINS.

§ 2o O disposto no inciso II do § 1o aplica-se inclusive às pessoas jurídicas optantes pelo Simples Nacional.

Capítulo 22 - Bebidas, líquidos alcoólicos e vinagres.


Águas, incluindo as águas minerais, naturais ou artificiais, e as águas gaseificadas, não adicionadas de açúcar
2201
ou de outros edulcorantes nem aromatizadas; gelo e neve.
2201.10.00 -Águas minerais e águas gaseificadas
Ex 01 - Águas minerais naturais comercializadas em recipientes com capacidade nominal inferior a 10
2201.10.00
(dez) litros
Ex 02 - Águas minerais naturais comercializadas em recipientes com capacidade nominal igual ou
2201.10.00
superior a 10 (dez) litros
2201.90.00 -Outros
Capítulo 22 - Bebidas, líquidos alcoólicos e vinagres.
Águas, incluindo as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes
2202 ou aromatizadas e outras bebidas não alcoólicas, exceto sucos (sumos) de frutas ou de produtos hortícolas, da
posição 20.09.
2202.90.00 -Outras
2202.90.00 Ex 01 - Bebidas alimentares à base de soja ou de leite e cacau
2202.90.00 Ex 02 – Néctares de frutas
2202.90.00 Ex 03 - Cerveja sem álcool
Ex 04 - Alimentos para praticantes de atividade física nos termos da Portaria no 222, de 24 de março de
2202.90.00 1998, da extinta Secretaria de Vigilância Sanitária, atual Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do
Ministério da Saúde: repositores hidroeletrolíticos e outros
Ex 05 - Compostos líquidos pronto para consumo nos termos da Resolução RDC no 273, de 22 de
2202.90.00
setembro de 2005, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do Ministério da Saúde
Capítulo 22 - Bebidas, líquidos alcoólicos e vinagres.
Águas, incluindo as águas minerais, naturais ou artificiais, e as águas gaseificadas, não adicionadas de açúcar ou
2201
de outros edulcorantes nem aromatizadas; gelo e neve.
2201.10.00 -Águas minerais e águas gaseificadas
Ex 01 - Águas minerais naturais comercializadas em recipientes com capacidade nominal inferior a 10
2201.10.00
(dez) litros
Ex 02 - Águas minerais naturais comercializadas em recipientes com capacidade nominal igual ou
2201.10.00
superior a 10 (dez) litros
2201.90.00 -Outros
ÁGUA MINERAL S/ GAS
ÁGUA MINERAL C/GAS
REFRIGERANTES
ENERGÉTICOS