Você está na página 1de 43

SISTEMA INFORMATIZADO DE

CORREGEDORIA

VERSÃO
2.0
2019
CORREGEDOR DA PMMG

Emerson Mozzer, Cel PM

SUBCORREGEDOR DA PMMG
Gláucio Porto Alves, Ten Cel PM

EQUIPE DE GESTÃO DO SICOR DA CORREGEDORIADA PMMG


E SUPORTE METODOLÓGICO

Bruno Francisco dos Santos Maciel, Cap PM


Amanda Carolina Corgozinho da Silva, 2 Sgt PM
Gerson Luis da Silva, Cb PM

CRIAÇÃO, EDIÇÃO E REDAÇÃO PPOINT


Amanda Carolina Corgozinho da Silva, 2 Sgt PM

APOIO TÉCNICO
Edison Antonio Minoda, 1 Sgt PM
Leonardo José de Souza Rodrigues, Cb PM

CORREGEDORIA DA PMMG
Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, Edifício Minas,
Rodovia Papa João Paulo II, nº 4143 – 6º Andar, Bairro Serra Verde
Belo Horizonte – MG – Brasil - CEP 31.630-900
Equipe do SICOR (031) 3916-9692/9693
O SICOR é uma ferramenta Web cujo acesso é por meio da
Intranet PMMG vinculado ao local e função do usuário. O
sistema proporciona uma rotina de lançamento eletrônico
de informações e notícias sobre um FATO que tenha ou
possa ter repercussão administrativa ou criminal militar.

A finalidade do SICOR é otimizar e tornar eficientes as ações
dos atores processuais (Instaurar, Arquivar, Tramitar e
Solucionar).

Equipe do SICOR da Corregedoria da PMMG.


DO ACESSO AO SISTEMA

Acesso: Login > > Geral > Seção


Sistemas = Sicor.

Condição de acesso: Local e


Função.

A visualização das informações no


SICOR obedece essa regra.
MENU EXPEDIENTE
4. Lupa de Pesquisa

3. Controles
2 – Os Botões de Comando
5. Minhas Atividades
6.1 – Qtd de
Atividades na
6. Atividades Ueop
da unidade

1- Menu Expediente = Área de


Trabalho

1. Menu Expediente = Toda a Tela


Inicial =Área de trabalho
8. Qtd de
Envolvidos

9. Data do Fato –
barra cronológica
da PRESCRIÇÃO.

7. Destinatário da última ação/trâmite


LEGENDA DAS CORES:
realizado e a barra cronológica do prazo
da AÇÃO/TRÂMITE. -Verde distante de prescrever/prazo
encerrado em dia;
-Amarelo= meio do período;
-Vermelho= próximo de prescrever ou
prescrito/prazo atrasado/ trâmite aberto
-Azul = solucionado/encerrado
BOTÕES DE COMANDO

INCLUIR = Por meio desse comando, o


usuário insere as informações sobre a notícia, ORDENAR
assim torna-se FATO , gerando um número de
PROTOCOLO.
Permite ao usuário ordenar as
IMPRIMIR = Esse comando permite informações da Tela
que os resultados das pesquisas da área de Expediente, por mais recentes,
trabalho sejam convertidos em relatórios em prescrição e atraso.
Excel ou PDF para impressão.
PESQUISA AVANÇADA: Ao clicar nesse comando, abre
um Menu para produção de pesquisas e relatórios, cujos
campos devem ser preenchidos, conforme a necessidade
do usuário, assim proporciona relatórios para a gestão dos
processos/procedimentos.
DO REGISTRO DE FATO

• A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO INSTITUCIONAL SISTEMATIZADA;


• É A PRIMEIRA ETAPA PARA AUTOMATIZAÇÃO DOS ATOS
ADMINISTRATIVOS.

Os documentos que noticiam eventos de natureza disciplinar


ou de interesse institucional dão origem a FATOS que são
registrados no SICOR, a partir disso, há o registro eletrônico da
informação que permitirá toda a tramitação via Web.
GESTÃO DA INFORMAÇÃO

Evite inconsistências no sistema, duplicidade de fatos e anexos desnecessários, analise
o teor das informações que serão lançadas e quais anexos devem subsidiá-lo.

O SICOR é a nossa ferramenta de trabalho e depende de uma alimentação de dados


concisa e, isso, começa, com o usuário.
GESTÃO DA INFORMAÇÃO

LEMBRE-SE:

Após a análise, antes do preenchimento do Formulário do FATO, o usuário
obtém a visão sistêmica , sendo possível prever as ações e os tipos de
trâmites que serão necessários, futuramente, para Solução do
Fato/Processo/Procedimento.

O SICOR NÃO SUBSTITUI AS NORMAS e SIM , O PAPEL.


O SICOR NÃO TEM AÇÕES COGNITIVAS.
O USUÁRIO REALIZA AS AÇÕES PARA O PROCESSAMENTO DAS INFORMAÇÕES NO
SISTEMA.
DO REGISTRO DE FATO

1º acesse o sistema SICOR;


2º permaneça no Menu Expediente;
3º no canto direito, clique em;
= INCLUIR FATO e o formulário DE INCLUSÃO DE FATO é
apresentado.
4ª Preencha as informações centrais do formulário
5º Preencha o Menu Dinâmico
6º Clique em SALVAR, pronto! Registro gravado com sucesso
MENU DINÂMICO:

O preenchimento é obrigatório *
Menu Dinâmico – São ícones gráficos, no canto direito da tela, sempre,
reaparecem, no momento da Instauração e Solução.
HISTÓRICO

É a visualização gráfica da tramitação do Fato,


Processo ou Procedimento que permite a análise
da sua evolução e a tomada de ações
pertinentes ao caso.

O SICOR apresenta ao usuário, de maneira


intuitiva, as três ações possíveis que o usuário
executará sobre o FATO (cor amarelo escuro),
sendo essas: Tramitar, Instaurar ou Arquivar (cor
amarela clara).
Qualquer ação sobre O FATO no SICOR, deve
ser acionada através da sua caixa. Cada
caixa é um universo distinto de ações e
informações.
SALVAR REGISTRO – Ao Salvar a notícia/evento no
SICOR, torna-se FATO.

Após o registro do FATO, surge na tela, a


caixa de cor amarela, FATO, e todas as
ações efetuadas ou vinculadas com o FATO
também ganham a cor amarela
INSTAURAÇÃO DE PORTARIA

A instauração de Portaria no SICOR é a determinação da autoridade delegante, após análise


do fato e aprovação dessa, para apuração do processo/procedimento adequado. Diante
disse, o tipo de Portaria a ser instaurada (PAD, SAD, AO, RIP e etc) seguem o rito processual
previsto no MAPPA. Logo, requer, análise antes da Instauração do SICOR, evitando a
proliferação de Portarias ou sua duplicidade.
INCLUIR PROCESSO

O usuário deve preencher todos os


campos da tela de “Incluir
Processo”, inclusive, as informações
do Menu Dinâmico nos campos à
direita (Envolvidos, Publicação e
Anexos) aqueles que contém *
(asterisco) são de preenchimento
obrigatório.
INCLUIR PROCESSO
INCLUIR PROCESSO
Os campos do Formulário do SICOR
são de autoexplicativos, basta o
usuário interpretá-los.

Após o preenchimento, clique em


SALVAR.
ENVIAR A PORTARIA PARA AUTORIDADE

A Autoridade Delegante é que detém a competência para


determinar e aprovar a Instauração da Portaria, assim dá o
input (entrada) no processo/procedimento no SICOR,
gerando o número de Portaria.

Após incluir as informações da Portaria, clique em SALVAR e


surgirá no Histórico a ação: Enviar p/Autoridade, clique, e o
SICOR envia um PA para autoridade delegante notificando-
o sobre a Portaria e sua necessidade de sua aprovação,
após a sua concordância é gerado o número de Portaria no
SICOR.
PORTARIA SEM
NÚMERO

Permite a Ação de Aprovar e o envio


automático de PA, preencha corretamente.

AÇÕES DA AUTORIDADE DELEGANTE


TRÂMITE

Tramitar é enviar uma TAREFA com direção determinada. O Trâmite é a ação


DETERMINANTE DAS FASES PROCESSUAIS que geram demandas e requerem o esforço
humano para cumpri-las. O trâmite dá o “andamento” para que, Fato, Processo ou
Procedimento sejam solucionados.

O Trâmite tem os seguintes status (situação) :


ABERTO – é o Trâmite cuja tarefa não foi executada e nem lançada a sua data de
finalização no sistema.
FINALIZADO – é o Trâmite cuja tarefa foi cumprida e foi lançada a data de finalização
no sistema.
ATRASADO – é o Trâmite cuja tarefa está fora do seu prazo de conclusão.
TRÂMITE

RESPONSÁVEL PELA
ALIMENTAÇÃO DA TAREFA
TIPOS DE DESTINATÁRIO DA AÇÃO
AÇÕES NO SICOR (registro dos autos
TRÂMITE NO SICOR (caixa de destino)
digitalizados e da DATA DE
FINALIZAÇÃO)
1.Apuração Apurar Encarregado NJD (ou seção designada)

2.CEDMU Analisar e dar parecer CEDMU NJD (ou seção designada)

Obter a execução de tarefas que Qualquer ator processual que não Seção designada ou usuário
3.Cobrança
foram determinadas apresentou o resultado da tarefa responsável

4.Determinação de
Instaurar Portaria NJD (ou seção designada) NJD (ou seção designada)
Instauração

Ordenar atos investigativos


5.Diligência Encarregado/ NJD NJD (ou seção designada)
específicos
Encaminhar
6.Encaminhamento processo/procedimentos e NJD (ou seção designada) NJD (ou seção designada)
demandas
RESPONSÁVEL PELA
DESTINATÁRIO DA AÇÃO ALIMENTAÇÃO DA TAREFA
TIPOS DE
AÇÕES NO SICOR (caixa de NO SICOR (registro dos autos
TRÂMITE
destino) digitalizados e da DATA DE
FINALIZAÇÃO)
Prorrogar prazos para apuração ou
7.Prorrogação de
análise de processos/procedimentos. Encarregado NJD (ou seção designada)
Prazo
.Vide §3º Art.273 MAPPA.
Paralisar temporariamente o processo
ou ato jurídico, em decorrência da
8. Sobrestamento existência de alguma questão Encarregado NJD (ou seção designada)
prejudicial. Vide §§ 3º,4º e 5º do
Art.273 MAPPA.

9.Renovação de Renovar prazos .Vide §3º Art.273


Encarregado NJD (ou seção designada)
Prazo MAPPA.
.1 º instância= NJD (ou
seção designada pelo Cmt)
Enviar os recursos de A unidade que tornou-se
10.Recurso processos/procedimentos para decisão .2º instância e última competente para solução do
da autoridade superior instância = DRH - Recurso.
Comandante Geral. Vide § 1º
do Art. 403 do MAPPA.
RESPONSÁVEL PELA
DESTINATÁRIO DA AÇÃO ALIMENTAÇÃO DA TAREFA
TIPOS DE
AÇÕES NO SICOR (caixa de NO SICOR (registro dos autos
TRÂMITE
destino) digitalizados e da DATA DE
FINALIZAÇÃO)

Enviar IPM/APF e Processos de


11.Remessa de Deserção à justiça cuja apuração foi
Distribuição/tjm NJD (ou seção designada)
IPM/APF encerrada.
Vide Instrução de Corregedoria Nº07.

.O 1º pedido é enviado
sempre para à NJD (ou seção designada)
Distribuição/tjm;
Solicitar à JME mais tempo para o
12.Dilação de
término das investigações. .Se ocorrer mais pedidos de
IPM/APF
Vide Instrução de Corregedoria Nº07. Dilação, será feito à caixa da NJD (ou seção designada)
Auditoria que respondeu ao
PA do 1º pedido, bem como o
Trâmite de Remessa.

O TJMMG NÃO OPERA O SICOR, apenas, recebe o trâmite com os anexos via PA e
baixa os arquivos para lançamento no EPROC, logo o NJD encerra os referidos trâmites.
Tipo: conforme análise

Caixa PA Destino: É preenchida pelo


usuário, de acordo com o destinatário.

Anexo: documentos
pertinentes
Despacho : deve conter
a tarefa a ser executada.

 Data - selecione através do clique no calendário.


 Prazo: é dado, de acordo com a gestão do NJD e previsão das
normas do MAPPA.
 Data fim: é automática.
 Data de finalização: Finaliza o trâmite cuja responsabilidade de
encerramento é da seção que alimenta o SICOR ou do responsável
pela tarefa..
SOLUÇÃO

Estando o Processo/Procedimento em condições de encerramento, deve ser


solucionado no sistema, de acordo com o tipo de processo e determinações da
Autoridade Delegante.

Para registrar a Solução no SICOR , clique na caixa da Portaria do


Processo/Procedimento que deseja solucionar, atente-se para a ativação da cor
da caixa que sofrerá a ação (solucionar), preencha os campos do formulário de
solução, bem como, os Submenus representados por ícones gráficos, no canto
direito da tela. O registro da Solução, enquanto Ato e funcionalidade segue a
mesma lógica processual do registro do Fato.
1º Clique na caixa da Portaria, em seguida, em
Solucionar.

2ºPreencha o Formulário central e as informações dos


Submenus à direita.

3º Faça a gestão das informações no SICOR, de acordo


com o conteúdo da Solução do Processo/Procedimento.

4º Revise e Salve a Solução.

5º Envie para autoridade delegante para aprovação


Publicação automática da Portaria ou Solução.

Após “Salvar” a Portaria ou Solução, clique no ícone gráfico da impressora , no canto direito e
visualize o rascunho do texto que irá para Publicação e confira todas as informações que são
necessárias para solucionar a Portaria.

1ª Insira todo o texto do Ato na caixa única, veja a figura ao lado.

2º. Não deixe espaçamentos nas laterais da caixa de texto e


sempre, dê espaço entre os tópicos do assunto.

3º No final do Ato, insira o Nome da Autoridade, Posto PM e


Função.

4ª A data do Ato é a data da assinatura digital da Autoridade


Competente inserida junto com o código QR.

5º A data da assinatura é inserida automaticamente na Publicação.


O MENU CEDMU

A Tela acima é a área de trabalho destinada a inclusão e gestão dos CEDMUs pelo NJD da
unidade, está localizada, no canto esquerdo da tela. Esse ambiente ainda permite a
visualização dos trâmites distribuídos aos CEDMUs e o controle do prazo processual destes.
Inclusão de CEDMU pelo NJD da unidade.

Para inclusão dos membros do CEDMU no SICOR, O NJD deve-se analisar os pressupostos de
admissibilidade para sua composição que são regulados pelos artigos 37 a 50 do Decreto
Estadual n. 42.843/2002, antes da sua inserção.

Cadastre os membros do CEDMU, digite o


nome ou número do militar que fará parte do
CEDMU, o selecione e, em seguida, informe seu
cargo no conselho: Presidente, Membro ou
Escrivão e indique o período estabelecido para
sua atuação (6 meses).
O MENU CPAD

A Tela acima é a área de trabalho destinada a inclusão e gestão das CPADS pelo NJD ou seção
designada , está localizada, no canto esquerdo da tela do Menu Expediente. Esse ambiente, ainda
permite a visualização dos processos distribuídos à CPAD, bem como seu andamento processual e
controle do prazos destes.
O MENU ENCARREGADOS

O Sistema SICOR proporciona a integração dos outros atores da rotina administrativa


procedimental no mesmo ambiente. O usuário logo é possível realizar a distribuição de
processos/procedimentos de modo equânime entre os encarregados através desse
menu.
O MENU RESOLUTIVIDADE

A Resolutividade é capacidade de finalizar um processo, simplificar e agilizar seus


procedimentos, é o indicador de gestão para eficiência.

Objetivos: 1º obter a razoável duração do processo.


2º identificar as falhas nos trâmites e a estagnação dos atores processuais
que causam efeitos indesejados ao processo, como, por exemplo, a morosidade.

A capacidade resolutiva é mensurada pelo tempo de duração que processo deve existir
(prescrição) dividido pelo tempo efetivo de apuração do processo.
O MENU RESOLUTIVIDADE

Esse documento traz o índice de cumprimento da meta, que segue este parâmetro:

≤ 0,40 – VERDE - BOM


≤ 0,60 - AMARELO – ALERTA
0,60 – VERMELHO – RUIM
 REGRAS DO SICOR

São preceitos fundamentais (mandamentos) para o bom desempenho do usuário no


sistema e que evitam erros de tramitação do processo/procedimento e inconsistências
na base de informações no SICOR.

1ª Os anexos de Fatos Arquivados não são excluídos.

2ª A Ação de “Aprovar” da Autoridade Delegante seja da Portaria ou da Solução bloqueia ações


de edição, desbloqueio e exclusão de anexos Atos no SICOR para edição ou exclusão de
quaisquer anexos.

3ª Todo FATO registrado no SICOR, precisa de uma ação: (tramitar, instaurar ou arquivar). Se
nenhuma dessas ações forem tomadas, o permanece ABERTO no sistema.

4ª Qualquer ação sobre O FATO no SICOR, deve ser acionada através da sua caixa.

5ª A partir de um Fato, podem-se instaurar vários processos e procedimentos e, para isso,


clique sempre na caixa e instaure o processo/procedimento necessário.

6ª O SICOR somente gera número de Portaria, após a aprovação da autoridade delegante.

7ª A Portaria só pode ser aprovada pela autoridade que detém a devida COMPETÊNCIA para
essa ação (Comandante da Unidade).

8ª O preenchimento correto do campo é que permite a Ação
de aprovar a Portaria pela autoridade e o envio automático de PA, logo o usuário deve preenche-
lo corretamente.

9ª. Para toda Portaria Instaurada, é necessário, ao menos, um Trâmite de Apuração e um Trâmite
para o CEDMU para finalização do Processo/Procedimento.

10ª. Os Trâmites de Apuração, Sobrestamento, Prorrogação, Renovação e CEDMU não podem


coexistir, um só existirá, se o outro for finalizado.

11ª O Trâmite de Remessa é habilitado pelo SICOR, após a aprovação da Solução dos processos
de IPM/APF/Deserção pela Autoridade Delegante.

12ª O Trâmite de Encaminhamento é bloqueado no SICOR para remessa de processos à Justiça


Militar. O usuário não deve forçar esse tipo de Trâmite, pois pode causar descontrole na
distribuição dos processos pelo TJMMG. Os Tipos de Trâmites ativos no SICOR para caixa de
Distribuição/tjm são: Trâmite de Remessa (após aprovação as Solução pela autoridade delegante)
e Trâmite de Dilação de Prazo IPM/APF (ainda há necessidade de investigações).

13º - A ação “enviar para publicação” só fica habilitada tanto para Portaria quanto para Solução,
após a aprovação pela autoridade delegante.
CORREGEDOR DA PMMG

Emerson Mozzer, Cel PM

SUBCORREGEDOR DA PMMG
Gláucio Porto Alves, Ten Cel PM

EQUIPE DE GESTÃO DO SICOR DA CORREGEDORIADA PMMG


E SUPORTE METODOLÓGICO

Bruno Francisco dos Santos Maciel, Cap PM


Amanda Carolina Corgozinho da Silva, 2 Sgt PM
Gerson Luis da Silva, Cb PM

CRIAÇÃO, EDIÇÃO E REDAÇÃO PPOINT


Amanda Carolina Corgozinho da Silva, 2 Sgt PM

APOIO TÉCNICO
Edison Antonio Minoda, 1 Sgt PM
Leonardo José de Souza Rodrigues, Cb PM
FIM
CORREGEDORIA DA PMMG
Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, Edifício Minas,
Rodovia Papa João Paulo II, nº 4143 – 6º Andar, Bairro Serra Verde
Belo Horizonte – MG – Brasil - CEP 31.630-900
Equipe do SICOR (031) 3916-9692/9693