Você está na página 1de 1

Zadok

Ainda muito novo, Zadok foi deixado na porta de uma igreja. O sacerdote que o criou nunca
soube que motivo levara os pais ao abandono, mas aceitou a criança de bom grado. Desde
pequeno, o garoto sempre teve uma aparência um tanto monstruosa, mas em contrapartida
sempre se mostrou bastante forte e fiel a Zorobabel, fé que seu pai adotivo fez questão de
transmitir. Para o bem da criança, o sacerdote sempre evitava que a mesma interagisse em
excesso com outras pessoas, já que sua aparência poderia causar reações desagradáveis, o
que poderia vir a chatear o garoto.
Salatiel era muito radical quanto aos dogmas de seu deus e sempre praticou auto penitência.
Apesar da crueldade, ele incetivava Zadok a fazer o mesmo, pois a dor física o lembraria que
caso se corrompesse, sofreria pela eternidade. Além disso, esse ato mostraria que ele estava
arrependido de seus erros.
Mais tarde Zadok foi enviador para se tornar um clérigo, visto que seu porte físico o permitia.
Desde que se "formou" ele segue os dogmas a risca e sempre procura ajudar os necessitados.

Culto a Zorobabel -
• os fiéis devem sempre ajudar os pobres e necessitados
• devem destruir qualquer evidência de mortos vivos
• jamais devem matar qualquer ser, salvo animais para que se alimentem.
*Em caso de ataque, o fiel pode se defender mas deve lembrar de nunca matar seu agressor.
• os fiéis jamais devem sucumbir ao mal, se o fizerem é necessário que se arrependam, ou sua
alma manchada com a corrupção e eles sofrerão pela eternidade, após a morte.
• a piedade é uma virtude, e uma das mais nobres. Seja sempre capaz de perdoar aquele que
o fez mal.