Você está na página 1de 3

APRIMORAMENTO

Unidade São Paulo

Fonoaudiologia Forense
Aprimoramento em Fonoaudiologia Forense
Unidade São Paulo
Rua Cayowaá, 664 - Perdizes
São Paulo - SP

Coordenação:

Dra. Maria Inês Rehder - Fonoaudióloga Clínica. Mestre e Doutora em Distúrbios da Comunicação
Humana – UNIFESP/EPM. Especialista em Voz pelo CFFa. Docente do CEFAC – Pós-Graduação
em Saúde e Educação, com formação em Fonoaudiologia Forense pelo CEFAC.

Horário:

Sábados - 08:00 às 17:30 horas - Uma vez por mês.

Justificativa:
APRIMORAMENTO

A Ciência Forense tem sido desenvolvida, pesquisada e praticada em diversos países há décadas,
contribuindo com a Justiça na identificação de falantes. No Brasil, embora ainda recente,
Fonoaudiólogos já compõem o quadro de peritos do Ministério Público. O Fonoaudiólogo, por
sua formação em Linguagem, Voz, Audição e Motricidade Orofacial é o profissional indicado
para realizar perícias em todas as situações que envolvam a Ciência da Comunicação Humana.
Para atuar na área de perícia, o Fonoaudiólogo necessita de formação específica. O
Curso de Fonoaudiologia Forense do CEFAC contempla esta formação, tendo em seu quadro
de docentes profissionais capacitados em áreas complementares, fundamentais para a atuação
como perito forense.

Objetivo Geral:

Aprofundar conhecimentos para que Fonoaudiólogos que atuem ou desejem atuar na área
de Fonoaudiologia Forense se tornem mais capacitados para exercer a função de perito e/ou
assistente técnico em perícias que requeiram a identificação do falante.

Objetivos Específicos:

Propiciar ao Fonoaudiólogo um conjunto de conhecimentos teórico-práticos fundamentais


que possam ser por ele aplicados visando contribuir com a Justiça através da identificação de
falantes, textualização e transcrição de áudios, análise de imagens, análise facial, análise do
contexto e do discurso. Estudar a Linguagem e os tramites judiciais nas áreas de Direito Penal,
Direito de Família, Responsabilidade Civil e Direito do Trabalho. Instrumentar o Fonoaudiólogo
na realização e apresentação de laudos.

Programa:

• Histórico Brasileiro e Internacional de Identificação de Falantes.


• Mercado de trabalho.
• Noções Jurídicas para a atuação em Fonoaudiologia Forense.
• Metodologia de coleta de material para a identificação de falantes
• Metodologia do exame pericial
• Análise perceptivo-auditiva de voz e fala. Treinamento auditivo.
Aprimoramento em Fonoaudiologia Forense
• Análise acústica aplicada à Fonoaudiologia Forense
• Marcadores individuais, regionais e sócio-econômicos da fala.
• Linguagem: análise do conteúdo do discurso.
• Perfil psiquiátrico de falantes.
• Efeitos de drogas e álcool sobre a voz, fala e linguagem.
• Prosopografia: identificação facial
• Análise de arquivos audiovisuais.
• Prática em transcrição e textualização.
• Modelos de laudos e petições.
• Prática Forense

Obs.: Sujeito a alteração. Verifique o conteúdo atualizado na unidade de interesse.

Carga horária:

130h/a.
APRIMORAMENTO

Mais informações?
Clique aqui e veja mais informações em nosso site.
www.cefac.br