Você está na página 1de 4

Revisão Reta Final (Fuvest-Unicamp-Unifesp)

BIOLOGIA (Botânica 1) – Prof. Landin

01. (FUVEST) O esquema abaixo representa a aquisição de estruturas na evolução das


plantas. Os ramos correspondem a grupos de plantas representados, respectivamente,
por musgos, samambaias, pinheiros e gramíneas. Os números I, II e III indicam a

aquisição de uma característica: lendo-se de baixo para cima, os ramos anteriores a um
número correspondem a plantas que não possuem essa característica e os ramos
posteriores correspondem a plantas que a possuem. As características correspondentes
a cada número estão corretamente indicadas em:

I II III
presença de vasos
A) formação de sementes produção de frutos
condutores de seiva
presença de vasos
B) produção de frutos formação de sementes
condutores de seiva
presença de vasos
C) formação de sementes produção de frutos
condutores de seiva
presença de vasos
D) formação de sementes produção de frutos
condutores de seiva
presença de vasos
E) produção de frutos formação de sementes
condutores de seiva

02. (UNICAMP) Na Região Sudeste do Brasil as paineiras frutificam em pleno inverno,


liberando suas sementes envoltas por material lanoso, como mostram as figuras abaixo.
Tal fato está relacionado com o mecanismo de dispersão das sementes.

Foto à esquerda - Fonte: www.deverdecasa.com. Acessado em 19/12/2012. Foto à direita – Acervo pessoal.

A) Explique como ocorre a dispersão das sementes das paineiras e qual a importância
da frutificação ocorrer no inverno da Região Sudeste.
B) Diferentemente das paineiras, existem plantas que investem na produção de frutos
carnosos e vistosos. De que maneira tal estratégia pode estar relacionada à
dispersão das sementes dessas plantas? Explique.

BOTÂNICA 1 – REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP)


REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP) – Botânica 1 - Prof. Landin
03. (FUVEST) As algas apresentam os três tipos básicos de ciclo de vida que ocorrem na
natureza. Esses ciclos diferem quanto ao momento em que ocorre a meiose e quanto à
ploidia dos indivíduos adultos. No esquema a seguir está representado um desses ciclos.

A) Identifique as células tipo I, II e III.


B) Considerando que o número haploide de cromossomos dessa alga é 12 (n=12),
quantos cromossomos os indivíduos X, Y e Z possuem em cada uma de suas
células?

04. (FUVEST) Ao longo da evolução das plantas, os gametas


A) tornaram-se cada vez mais isolados do meio externo e, assim, protegidos.
B) tornaram-se cada vez mais expostos ao meio externo, o que favorece o sucesso da
fecundação.
C) mantiveram-se morfologicamente iguais em todos os grupos.
D) permaneceram dependentes de água, para transporte e fecundação, em todos os
grupos.
E) apareceram no mesmo grupo no qual também surgiram os tecidos vasculares como
novidade evolutiva.

05. (FUVEST) No processo de adaptação ao ambiente terrestre, animais e plantas sofreram


modificações morfológicas e funcionais. Considere a classificação tradicional das plantas
em algas, briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.
A) Qual(is) desses grupos de plantas independe(m) da água para a fecundação? Que
estrutura permite o encontro dos gametas, em substituição à água?
B) As briófitas, primeiro grupo de plantas preponderantemente terrestre, têm tamanho
reduzido. As pteridófitas, surgidas posteriormente, são plantas de grande tamanho,
que chegaram a constituir extensas florestas. Que relação existe entre o mecanismo
de transporte de água e o tamanho das plantas nesses grupos?

06. (FUVEST) A figura mostra a face inferior de uma folha onde se observam estruturas
reprodutivas.

A que grupo de plantas pertence essa folha e o que é produzido em suas estruturas
reprodutivas?
A) Angiosperma; grão de pólen.
B) Briófita; esporo.
C) Briófita; grão de pólen.
D) Pteridófita; esporo.
E) Pteridófita; grão de pólen.

BOTÂNICA 1 – REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP)


21
REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP) – Botânica 1 - Prof. Landin
07. (UNICAMP) Um estudante analisou quatro espécies de plantas cujas características
morfológicas são apresentadas no quadro abaixo: 
ESPÉCIE HÁBITO FOLHAS FLORES FRUTOS
Folhas grandes e 5 pétalas e 5 sépalas, 10
1 Ervas compostas (pinadas); estames, ovário súpero Legume
nervação reticulada com vários óvulos
Folhas pequenas e 3 pétalas e 3 sépalas,
simples; nervação estames múltiplos,
2 Ervas Cápsula
paralela ovário ínfero com vários
óvulos
Folhas pequenas e 5 pétalas e 5 sépalas, 10
3 Trepadeiras compostas (bipinadas); estames, ovário súpero Legume
nervação reticulada com vários óvulos
Folhas grandes e 5 pétalas e 5 sépalas, 10
4 Árvores compostas; nervação estames, ovário ínfero Drupa
reticulada com um óvulo

A) O estudante separou as espécies em monocotiledôneas e dicotiledôneas. Indique as


espécies que foram colocadas em cada uma das categorias.
B) Que características especificadas no quadro foram fundamentais para essa
classificação?
C) Cite duas outras características, não citadas no quadro, que poderiam ser utilizadas
para separar monocotiledôneas de dicotiledôneas.

08. (FUVEST) O desenho mostra as estruturas de uma flor em corte longitudinal.

A) Identifique com a letra "A" a seta que aponta a estrutura da qual um inseto retira
pólen.
B) Identifique com a letra "B" a seta que aponta a estrutura na qual o grão de pólen
inicia o desenvolvimento do tubo polínico.
C) Identifique com a letra "C" a seta que aponta a estrutura que irá se desenvolver
dando origem ao fruto.
D) Identifique com a letra "D" a seta que aponta a estrutura em que ocorre a união de
gametas masculino e feminino e que dará origem à semente.

09. (UNICAMP) O esquema abaixo representa o mais recente sistema de classificação do


Reino Plantae.

BOTÂNICA 1 – REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP)


22
REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP) – Botânica 1 - Prof. Landin
A) Os algarismos romanos representam a aquisição de estruturas que permitiram a
evolução das plantas. Quais são as estruturas representadas por I, II e III? Qual a 
função da estrutura representada em I?
B) A dupla fecundação é característica das angiospermas. Em que consiste e quais os
produtos formados com a dupla fecundação?

10. (FUVEST) O coqueiro (Cocos nucifera) é uma monocotiledônea de grande porte. Suas
flores, depois de polinizadas, originam o chamado coco-verde ou coco-da-baía. A água
de coco é o endosperma, cujos núcleos triploides estão livres no meio líquido.
A) O coco-da-baía é um fruto ou uma semente? Copie a frase do texto acima que
justifica sua resposta.
B) O endosperma triploide é uma novidade evolutiva das angiospermas. Que vantagem
essa triploidia tem em relação à diploidia do tecido de reserva das demais plantas?

11. (UNICAMP) Frutos carnosos imaturos são na maioria verdes e duros. Durante o
amadurecimento, ocorre a decomposição da clorofila e a síntese de outros pigmentos,
resultando em uma coloração amarelada ou avermelhada. Com o amadurecimento
também ocorre o amolecimento devido à degradação de componentes da parede celular
e aumento nos níveis de açúcares.
A) Qual a vantagem adaptativa das modificações que ocorrem durante o
amadurecimento dos frutos carnosos?
B) De que estrutura da flor se origina a porção carnosa de um fruto verdadeiro?
C) A maçã, apesar de carnosa, não é fruto verdadeiro. Explique de que estrutura ela se
origina.

12. (UNESP) Bom seria se todas as frutas fossem como a banana: fácil de descascar e livre
do inconveniente dos caroços. Para darem uma forcinha à natureza, pesquisadores
desenvolveram versões sem sementes em laboratório [...]. Para criar frutos sem
sementes a partir de versões com caroços, como acontece com a melancia, é preciso
cruzar plantas com números diferentes de cromossomos, até que se obtenha uma fruta
em que as sementinhas não se desenvolvam.
Veja, 25.01.2012.

Melancia sem sementes

Suponha que, no caso exemplificado, a melancia sem sementes tenha sido obtida a
partir do cruzamento entre uma planta diploide com 22 cromossomos e uma planta
tetraploide com 44 cromossomos. Quantos cromossomos terão as células somáticas da
nova planta? Considerando que as sementes são o resultado da reprodução sexuada,
explique por que os frutos dessa planta não as possuem.

BOTÂNICA 1 – REVISÃO RETA FINAL (FUVEST-UNICAMP-UNIFESP)


23

Você também pode gostar