Você está na página 1de 6

QUERES SABER O VALOR DA COMUNHÃO COM DEUS?

Renunciar o mundo
Lucas 14:33 “Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.”

- Amar a Deus em 1º lugar

Deuteronômio 11:13 “E será que, se diligentemente obedecerdes a meus mandamentos que hoje vos ordeno, de amar

ao SENHOR vosso Deus, e de o servir de todo o vosso coração e de toda a vossa alma,”

- Ser Humilhado a ficar calado

Lucas 14:11 “Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar

será exaltado.”

- Buscá-lo dia e noite

II Crônicas 19:3 “Boas coisas contudo se acharam em ti; porque tiraste os bosques da terra, e preparaste o teu coração

para buscar a Deus.”

- Renunciar a Carne

Gálatas 5:17 “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para

que não façais o que quereis.”

- Confiar somente em Deus

Salmos 125:1 “Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para

sempre.”

Deus quer o nosso bem Ele nos ama com um Amor que não podemos imaginar, mas podemos sentir. Quem pagaria o

preço que Deus pagou por nós, se entregando a morte por um povo pecador, ingrato e pobres de espírito? Somente

Ele, Aleluia!

Será que chegar-se a Deus lhe custa Muito?

Não vamos pagar misérias para Deus, dê o seu melhor, dê tudo o que tiver, nada nesta terra nos pertence, tudo é dEle

e tudo vem dEle.

Quanto você tem pago para estar próximo de Deus, quanto vale a sua comunhão?
Como Posso ter Intimidade com Deus?

A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança Salmos 25:14. A palavra

intimidade implica em uma ação afetiva e proximidade entre as pessoas. Da mesma forma como temos pessoas com

quem temos afinidade ,liberdade para abrir o coração e compartilhar dos nossos sonhos conquistas e desafios. Deus

espera que nos acheguemos a ele com confiança e liberdade para compartilhar tudo o que temos e o que somos a fim

de sermos ajudados por ele. Deus deseja comunhão e intimidade conosco, ele se aliança, com aqueles que o buscam.

Para que tenhamos intimidade com Deus são necessários alguns princípios fundamentais:

SE APROXIMAR DE DEUS BUSCANDO SUA FACE

Chegai-vos a mim e Eu chegarei a vós. Clama a mim e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que

ainda não sabes ( Jr 33:3). Isso significa que Deus deseja uma atitude de vc, que vc diga Senhor quero te conhecer, eu

preciso de ti, mais de ti e menos de mim, clamar por ele desejar a presença dele. Você tem desfrutado disso, ou faz

tanto tempo que vc nem lembra mais qual foi à última experiência que teve com Deus?

Amados aquele que tem intimidade com o Senhor, tem como foco principal buscar a face de Deus e viver na presença

do Senhor todos os dias, em novidade de vida. Esse é o chamado de Deus para as nossas vidas. Como Moisés que

era apaixonado pelo Senhor de tal forma que ele queria ver a face de Deus tinha sede de Deus.

TEMER A DEUS ACIMA DE TUDO

Temer a Deus não é ter medo dEle e sim honra-lo e respeita-lo como nosso nosso senhor, aquele que governa sobre

nós. Se obedecermos a Deus certamente vamos nos desviar do mal e procurar agradar o coração dEle. .

Amados quando tememos a Deus ele nos dá força pra vencer, amém, o pecado não terá domínio sobre vós. Em Deus,

tudo é possível amém! O senhor fará conhecer os seus segredos, o Senhor fará vc viver experiências com Ele.

ADORAÇÃO COMO UM ESTILO DE VIDA

Adoração é muito mais que um momento de culto. Ela nos leva a Deus e muito mais que cantar, é viver e testemunhar,

é influenciar outras pessoas pela sua forma de viver, comportamento, na adoração nos entregamos e deixamos Deus

dirigir nossas vidas, tocar nossos corações. Adoração no dia a dia como estilo de vida, em todo momento na presença

de Deus. Na adoração você é renovado, Deus fala com você, trata seu coração. È nesses momentos de comunhão

que Deus mostra a sua vontade pra nossas vidas. Ex: estava orando e Deus falou comigo se separa porque eu vou te

usar.
RENÚNCIA DA NOSSA VONTADE

Renunciar é abrir mão da nossa própria vontade por ele. É reconhecer que Deus e maior que tudo na nossa vida e que

dependemos totalmente Dele, e que o mais importante é viver pra Ele, dar liberdade para Deus agir em sua vida. O

meu Eu cai por terra, deixando prevalecer à vontade do Senhor e não a minha. Paulo entendia isso. Para o apóstolo,

fazer a vontade de Deus era mais importante do que viver suas próprias conquistas. Atos 20,24. E João que não tinha

interesse em crescer e se projetar pessoalmente, seu sonho e realização era projetar Jesus diante do mundo, seus

sonhos eram realizar o sonho de Deus. Jo 3:3.

QUEBRANTAMENTO

Quebrantamento é uma atitude de humildade e dependência de Deus. Como diz a bíblia: O coração quebrantado e

contrito Deus não desprezará. Perto está o Senhor dos que tem o coração quebrantando e salva os de espírito

oprimido. È ter um coração acessível e aberto para Deus, não fechar o coração. Ter um coração sem resistência. isso

pode ser obtido através da leitura da palavra de Deus, através da busca da oração, da consagração a Deus.

ARREPENDIMENTO.

Arrependimento é a atitude de mudança de mente e de comportamento. È uma mudança de caminho. O

arrependimento nos leva de volta Deus. O rei Davi entendia isso, quando escreveu o salmos 51 que mostra o seu

coração arrependido diante do Senhor pelos erros que ele cometeu. Ele disse oh Deus não retira de mim teu Espírito,

não retires de mim a tua presença. Cria em mim oh Deus um coração puro e renova em mim um espírito reto. Davi

entendeu que o seu bem estar espiritual dependia da presença de Deus com ele. A presença de DEUS em nossas

vidas é o nosso sustento, a intimidade com Deus gera aliança e compromisso. Quando entristecemos o coração de

Deus o nosso também se entristece, mais através do arrependimento a nossa aliança com Deus é renovada. Se você

deseja ter intimidade com Deus não acomode com o pecado e não deixe nada o afastar da presença de Deus. O

arrependimento será sempre o caminho de volta aos braços do Pai

INTIMIDADE COM DEUS.

“A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele fará conhecer a sua aliança.” (Salmos 25.14.)

A intimidade é o elemento espiritual fundamental que todo o cristão deve buscar, pois se trata de um relacionamento

profundo com Deus. Porém, infelizmente, o Corpo de Cristo não tem dado o devido valor.
É interessante observar a definição da palavra “intimidade”, segundo o Dicionário Aurélio: “Vida íntima; vida

particular”; “Que está muito dentro; Que atua no interior; Muito cordial, afetuoso; Estreitamente ligado por

afeição e confiança”. Ressalta-se aqui a definição que diz que o íntimo “atua no interior”.

Ser íntimo de alguém requer tempo e esforço para conhecer e ser conhecido por esse alguém como você realmente é.

Intimidade é conhecer o outro profundamente. É conhecer os anseios, os desejos e os segredos do coração do

outro, assim é a intimidade com Deus: é conhecê-lo profundamente, atendendo aos desejos do Seu coração.

Quando há intimidade há transformação de dentro para fora, porque você está em Deus e Ele está em você.

Assim como no casamento, se o relacionamento não for trabalhado, cultivado, o amor esfria, empobrece, você não

conhece mais o outro e, assim, passa a se sentir sem identidade: “O que eu fiz?”; “Por que o Senhor não está feliz

comigo?”.

Intimidade com Deus é um tesouro escondido e a ser explorado. Embora sabemos que a salvação é de graça, a

intimidade tem um preço que nem todos estão dispostos a pagar. É o preço da disposição de tempo, de negar as

coisas do mundo, de por um momento parar tudo para sentir e ouvir o que Deus tem a dizer.

Intimidade não é orar mecanicamente. É gastar tempo de diálogo com Deus como está escrito nos Salmos 139; é

tempo de qualidade. Intimidade é para os que temem ao Senhor (Salmos 25.14), pois o temor é o primeiro passo para

ter acesso à intimidade do Senhor, aos segredos do Seu coração.

Os que temem ao Senhor são atraídos por conhecê-lo, deixando-o agir em suas vidas não de forma limitada, mas em

todas as áreas. Na intimidade Deus é participante e livre para agir em qualquer área ou circunstância da vida de

alguém. Na intimidade Deus faz o que Ele quer e quando quer, no tempo determinado por Ele.
A intimidade tem alguns elementos importantes que descrevem sua definição:

Intimidade é sacrifício – de tempo, seja apropriado ou não, vivendo como imitadores de Cristo (Ef 5.1-2).

Intimidade é privilégio de poucos – Para os que o temem (Sl 25.14.), para os dispostos (Jr 33.3) e para os sinceros,

retos (Pv 3.32).

Intimidade é desafio – quem está disposto? Novamente para os que o temem (Sl 25.14); para os que o buscam e o

buscam de coração (Is 55.6 e Jr 29.13-14) e desafio para aquele que é limpo de mãos e puro de coração (Sl 24.3-5).

Intimidade é oferta – é o desejo de estar com Deus ofertando todo o seu ser em busca da presença Dele (Sl 27.8).

Buscar a presença do Senhor é uma escolha, um ato de oferta.

Intimidade é amor e anelo pela presença com Deus – Sl 27.4; Sl 63. É amando-o sobre todas as coisas, honrando-o

não apenas em oração, mas, principalmente, em atitudes. Honrando-o com o próprio corpo como templo do Espírito

Santo (1Co 6.19). Nosso corpo como templo, tem que estar purificado para habitar o Deus Aba-Pai. O templo precisa

estar reparado para que flua essa intimidade com Deus.

Portanto, meditemos e arrependamo-nos. Não fiquemos acomodados e busquemos a presença de Deus enquanto é

tempo.

Reflita:

Você tem tido intimidade com Deus? Até que ponto?

Você realmente conhece a Deus?

Até que ponto você tem deixado Deus ser seu amigo íntimo atuante nas áreas da sua vida?
O que você precisa reparar nesta noite para ter essa intimidade com o Pai?

Ore, arrependa-se e repare seu altar, sua vida diante de Deus para que sua intimidade, sua presença flua entre

nós

ORAÇÃO E INTIMIDADECOM DEUS.


Leia: Lucas 11:1-13

Ouvi uma história de um garoto que durante os primeiros três anos de vida jamais falou . Seus pais tentavam de tudo

para fazê-lo falar. Finalmente, um dia, à mesa de jantar, ele falou suas primeiras palavras: "Ervilhas frias!" Eles ficaram

extasiados de alegria! "Por que você não disse nada até agora?" perguntaram. E ele respondeu: "até agora estava tudo

ótimo". Deus espera que seus filhos falem alguma coisa.

Dias, meses e anos se passam, e nós não abrimos nossas bocas. Apenas quando temos uma reclamação a ser feita é

que finalmente nos sentimos motivados a fazer da oração uma prioridade. Apenas quando as ervilhas da vida estão

frias é que pensamos em falar com nosso Pai Celestial.Mas a oração não é uma sessão de lavar roupa suja com Deus.

Pelo contrário, é uma oportunidade de nos tornarmos íntimos de Deus, que nos sustenta, através dos tempos

tranqüilos e difíceis.

Orar apenas quando estamos em dificuldade é como conversar com o cônjuge apenas quando estamos diante de um

conflito extremo. Essa não é a melhor hora de construir pontes de comunicação. É preciso comunicar-se sempre. Hoje

é tempo de orar. Hoje é tempo de falar com Deus.

Pense:

Orar apenas quando estamos em apuros é como conversar com seu cônjuge apenas quando há crises.

Ore:

"Senhor, ensina-nos a orar." Ensina-nos não apenas o vocabulário da oração, mas conduze-nos para que tenhamos

um relacionamento de oração que sustente nossa jornada diária de fé. Em nome de Jesus. Amém.

Você também pode gostar