Você está na página 1de 14

 Home

 Em que cremos
 Estudos
o Testemunho e vida do Pastor José Otaviano Canuto
o O Batismo em Nome de Jesus
o 33 Razões Porque Batizamos em Nome de Jesus Cristo
o Jovens Fortaleça se Pela Palavra
o Todos São Indesculpáveis Perante O Juiz De Toda Terra
o Você Já Ouviu a Voz do Senhor seu Deus?
o Você é Responsável por suas Escolhas Morais
 Contato
 Vídeos

O Batismo em Nome de Jesus


MATEUS 28:19
PORTANTO IDE, ENSINAI TODAS AS NAÇÕES, BATIZANDO-AS EM "NOME"DO PAI, DO
FILHO E DO ESPÍRITO SANTO.

ATOS 2:38
E DISSE-LHES PEDRO: ARREPENDEI-VOS E CADA UM DE VÓS SEJA BATIZADO EM "NOME
DE JESUS CRISTO", PARA PERDÃO DOS PECADOS ;E RECEBEREIS O DOM DO ESPÍRITO
SANTO.

INTRODUÇÃO
Nossa intenção é tentar trazer aos leitores, o máximo de informações sobre esse assunto de tamanha
importância, tentando colocar em perspectivas os acontecimentos que ANTECEDERAM O DIA DE
PENTECOSTES, conforme registro de Atos 2:38.
Logo após a ressurreição de JESUS, a Bíblia diz que Ele se apresentou vivo, com muitas e infalíveis
provas, sendo visto pelos discípulos e outros seguidores por um espaço de 40 dias e falando a
respeito do Reino de Deus, Atos 1:3. A Bíblia nos relata que Jesus apareceu aos seus discípulos e
seguidores pelo menos umas 10 vezes após a sua ressurreição e em outra ocasião a mais de 500
pessoas, conforme registros nos evangelhos e com a confirmação de Paulo em I Cor. 15:5 a 7.

Durante esses encontros JESUS fazia questão de lembrá-los das coisas que lhes havia ensinado
enquanto ainda estava com eles.

Após ter-lhes trazido à memória todas as passagens que falavam a seu respeito a Bíblia diz que
JESUS ABRIU-LHES O ENTENDIMENTO PARA COMPREENDEREM AS ESCRITURAS, e
ordenou-lhes que se pregasse em SEU NOME(singular), A SALVAÇÃO, O ARREPENDIMENTO
E A REMISSÃO DOS PECADOS. Ler Lucas 24:45-47.No versículo 47 está claro "EM SEU
NOME"...
Atos 4:12 diz "EM NENHUM OUTRO HÁ SALVAÇÃO, PORQUE TAMBÉM DEBAIXO DO
CÉU NENHUM OUTRO NOME HÁ DADO ENTRE OS HOMENS PELO QUAL DEVAMOS
SER SALVOS".

Em Jó 5:43 Jesus, confirmando a sua "DEIDADE" disse: EU VIM EM NOME DE MEU PAI...E
EM SUA ORAÇÃO DE INTERCESSÃO POR NÓS (JO 17:6) EU MANIFESTEI O TEU NOME
AOS HOMENS... referindo-se a Ele.

Todos os apóstolos, inclusive Paulo BATIZAVAM EM NOME DE JESUS (At 2:37-38) E ouvindo
isto, ... perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos, que faremos varões irmãos?
...Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em NOME DE JESUS CRISTO, para perdão dos
pecados e receberá o dom do Espírito Santo.

Sabemos que Paulo não estava com os apóstolos, quando Jesus deu as instruções finais sobre o
batismo, conforme Mat 28:19 e Luc 24:47.Todavia vemos Paulo batizando EM NOME DE JESUS,
conforme I Cor 1:14.
Resta-nos uma pergunta: QUEM INSTRUIU PAULO E LHE DEU ESTA REVELAÇÃO?
Vale a pena lembrar que o evangelho que Paulo recebeu não foi de homem algum, mas de várias
revelações diretamente de Jesus, conforme Gal 1:11 e 12 e II Cor 12:1, a este apóstolo Deus revelou
o "mistério da igreja" (ver Ef 3:5).
Com toda essa autoridade, ele ainda nos exorta em I Cor. 14:37 – Se alguém se considera profeta ou
espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.
Ele ainda nos diz: "E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do SENHOR
JESUS..."Col 3:17

Paulo nos lembra que tudo o que sabemos sobre Jesus e seus ensinamentos são porque estamos
edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo Jesus Cristo a principal pedra de
esquina.Ef 2:20

Jesus nos alerta em Mar 7:7...Mas em vão "me adoram" ensinando doutrinas que são preceitos de
Homens".
Vale a pena lembrar que a história nos conta que até o quarto século, a igreja batizava EM NOME
DE JESUS, porém o método do batismo foi mudado no Concílio de Nicéia (da igreja católica
Romana, no ano 325 DC) mudando com isso o batismo em nome de Jesus, para as manifestações
de Deus: PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO.
Ora essas expressões são as quais Deus se manifestou para concluir o PLANO DE REDENÇÃO da
raça humana ou seja Deus se manifestou como PAI (criador), como FILHO (do nascimento de Jesus
até a sua ascensão) e através do ESPÍRITO SANTO (da ascensão até o presente momento).
Jesus foi enfático quando disse: EU E O PAI SOMOS UM.

REFERÊNCIAS BÍBLICAS SOBRE O BATISMO


MAT 16:19
Jesus falando a Pedro: EU TE DAREI AS CHAVES DO REINO DOS CÉUS, E TUDO O QUE
LIGARES NA TERRA, SERÁ LIGADO NOS CÉUS E TUDO O QUE DESLIGARES NA TERRA
SERÁ DESLIGADO NOS CÉUS.

Esta passagem se deu a mais ou menos uns 10 dias antes da crucificação de Jesus. Todos nós
sabemos que nos lábios de Jesus não havia variação de palavras ou engano.
Jesus sabia do grande significado que teria a próxima comemoração do dia de Pentecostes, que se
realizaria em aproximadamente 60 dias.Neste dia Ele deu a Pedro a honra de ser o "homem" na
Terra, que daria a ordem para a descida do Espírito Santo, acontecimento de extrema importância,
que mudaria o mundo dali para frente.
Pedro o fez, quando disse: "ARREPENDEI-VOS E CADA UM DE VÓS, SEJA BATIZADO EM
NOME DE JESUS, PARA PERDÃO DOS PECADOS E RECEBEREIS O DOM DO ESPÍRITO
SANTO".

Ora, seria impossível que nesse momento tão importante para Deus, na conclusão do Plano da
Redenção, que Pedro e os demais apóstolos tivessem "errado" ou cometido algum engano ao
expressar-se dessa maneira, não batizando em Nome do Pai, Filho e Espírito Santo, e sim apenas EM
NOME DE JESUS.
Sabemos que Jesus deixou a responsabilidade a Pedro, e sabemos que o Senhor não se enganava e
sua profecia se cumpriu como Ele desejava que se cumprisse.

NOVE REGISTROS SOBRE O BATISMO EM "NOME DE JESUS"

MAT.28:19
PORTANTO IDE, ENSINAI TODAS AS NAÇÕES, BATIZANDO-AS "EM NOME DO PAI, FILHO E
DO ESPÍRITO SANTO".

Jesus aqui não deu esta instrução a seus discípulos como sendo uma fórmula, e sim como sendo uma
ORDEM, ou seja, Ele quis dizer: vão e ensinem ao povo, que Eu sou o "PAI, o FILHO E o
ESPÍRITO SANTO".
Por isto batizaram EM NOME DE JESUS.
Ora, Ele não podia se contradizer, pois alguns dias antes haviam aberto o ENTENDIMENTO para
compreenderem suas "palavras" e ordenou-lhes que este batismo deveria ser feito, invocando O SEU
NOME, conforme LUCAS 24: 44 A 49.

1) ATOS 2:38
E DISSE-LHES PEDRO:ARREPENDEI-VOS E CADA UM DE VÓS SEJA BATIZADO EM NOME
DE "JESUS CRISTO", PARA PERDÃO DOS PECADOS;E RECEBEREIS O DOM DO ESPÍRITO
SANTO.

A "ordem" que os discípulos receberam em Mat.28:19, foi cumprida e exatamente 10 dias após, no
dia de PENTECOSTES, os "judeus"foram batizados em NOME DE JESUS, e 3 mil almas se
converteram.

2) ATOS 8:12-16
MAS, COMO CRESSEM EM FILIPE QUE LHES PREGAVA DO REINO E DEUS E DO NOME DE
"JESUS CRISTO" SE BATIZAVAM, TANTO HOMENS COMO MULHERES...(PORQUE SOBRE
NENHUM DELES TINHA AINDA DESCIDO; MAS SOMENTE ERAM BATIZADOS "EM NOME
DE JESUS").

Aqui Filipe(o diácono) vai à cidade de Samaria por ocasião da perseguição de Saulo aos cristãos, e
ali começa fazer maravilhas e prodígios que atraiu toda a cidade e os samaritanos foram batizados
EM NOME DE JESUS.

3) ATOS 10:42-48
E NOS MANDOU(JESUS) PREGAR AO POVO E TESTIFICAR QUE "ELE"É O QUE POR DEUS
FOI CONSTITUÍDO, JUIZ DOS VIVOS E DOS MORTOS.A ESTE DÃO TESTEMUNHO TODOS
OS PROFETAS, DE QUE TODOS OS QUE " NELE"CRÊEM RECEBERÃO O PERDÃO DOS
PECADOS "PELO SEU NOME"...E MANDOU QUE FOSSEM BATIZADOS EM "NOME DO
SENHOR".

Nesta passagem, é relatado a conversão e batismo de "Cornélio" o primeiro gentil de Cesaréia,


homem da corte italiana.No versículo 43, Pedro faz referência aos seus ouvintes que seus PECADOS
SERIAM PERDOADOS, PELA INVOCAÇÃO DO NOME DE JESUS.

4) ATOS 19:1-7
E SUCEDEU QUE, ENQUANTO APOLO ESTAVA EM CORINTO, PAULO TENDO PASSADO
POR TODAS AS REGIÕES SUPERIORES, CHEGOU A ÉFESO;E ACHANDO ALI ALGUNS
DISCÍPULOS...MAS PAULO DISSE:CERTAMENTE JOÃO BATIZOU COM O BATISMO DO
ARREPENDIMENTO, DIZENDO AO POVO QUE CRESSE NO QUE APÓS ELE HAVIA DE VIR,
ISTO É, EM "JESUS CRISTO".E OS QUE OUVIRAM, FORAM BATIZADOS "EM NOME DE
JESUS".

Aqui se faz referência ao batismo de Apolo e da igreja que está em Éfes. Apolo de Alexandria era
varão eloqüente e poderoso nas escrituras, conhecendo somente o batismo de João.
Quando Apolo falava com ousadia na Sinagoga, ouviram-no "Priscila e Áquila", que o levando
consigo lhe declarou com mais pontualidade o caminho do Senhor; ver Atos 18:26.
Em I Cor. 1:12 faz-se menção de Apolo entre outros, dando preferência para certos pregadores, e
Paulo faz uma referência ao BATISMO, ver I Cor 1:15. Paulo trabalhou com Apolo em Éfeso, ver I
Cor.16:12.
A última menção que se faz a Apolo é em Tito 3:13, onde Paulo pede cuidados especiais aos
doutores da lei (Zenas e Apolo).
Apolo e os da igreja de Éfeso foram batizados EM NOME DE JESUS CRISTO.

5) ATOS 22:16 E ATOS 9:1 A 18 E AGORA POR QUE TE DETÉNS? LEVANTA-TE E BATIZA-TE
E LAVA OS TEUS PECADOS, INVOCANDO O NOME DO SENHOR.

A conversão de Saulo (Paulo) está registrada em Atos 9:1 a 18.Nesta passagem Lucas relata que
Paulo se converteu e foi batizado, porém nela não está explícito "O NOME DE JESUS", mas em
Atos 22: 1 a 21, Paulo faz sua defesa perante o Tribuno de Roma, e sua conversão é contada em
detalhes, e ao chegar o momento do batismo, ele diz que LAVOU OS SEUS PECADOS
INVOCANDO O NOME DE JESUS.

6) ROM.6:3 OU NÃO SABEIS QUE"TODOS QUANTOS FOMOS"(Paulo também se incluiu)


BATIZADOS EM JESUS CRISTO, FOMOS BATIZADOS NA SUA MORTE?

Paulo está em Roma e faz uma explanação da graça redentora de Jesus, falando da importância de
manter a fé em JESUS, crendo na justificação pelo seu "SANGUE", para lavar nossos pecados em
qualquer circunstância e cita que ele e os da igreja de Roma foram lavados e purificados quando
"INVOCARAM"o nome de Jesus pela ocasião do Batismo.

7) GAL.3:27 PORQUE "TODOS QUANTOS FOSTES BATIZADOS" EM CRISTO JÁ VOS


REVESTISTES DE CRISTO.

Paulo faz uma comparação entre a "LEI E A GRAÇA", dizendo que a lei é impotente para salvar,
porém ela tem a função de conduzir o HOMEM aos pés de Jesus, através da sua GRAÇA
MARAVILHOSA e cita que todos da igreja dos Gálatas foram batizados EM NOME DE JESUS.

8) COL. 2:12 SEPULTADOS COM "ELE" NO "BATISMO", "NELE"TAMBÉM RESSUSCITASTES


PELA FÉ NO PODER DE DEUS, QUE O RESSUSCITOU DOS MORTOS.

Ao fazer uma comparação Paulo diz que os da igreja de Colossos foram "circuncidados" não com o
corte da carne, mas com o corte feito no coração, quando aceitaram Jesus e lavaram os seus pecados
mencionando O NOME DE JESUS NO BATISMO.

9) I COR. 1:12-13 E I COR. 6:11


QUERO DIZER COM ISTO, QUE CADA UM DE VÓS DIZ: EU SOU DE PAULO, EU SOU DE
APOLO, EU DE CEFAS E EU DE CRISTO.
ESTÁ CRISTO DIVIDIDO? FOI PAULO CRUCIFICADO POR VÓS? OU FOSTES VÓS
BATIZADOS EM NOME DE PAULO?
PARA QUE NINGUÉM DIGA QUE FOSTES BATIZADOS EM MEU NOME (vers. 15)
Em I Cor 6:11. MAS HAVEIS SIDO LAVADOS, MAS HAVEIS SIDO JUSTIFICADOS EM NOME
DO SENHOR JESUS, E PELO ESPÍRITO DO NOSSO DEUS.

Paulo fala à igreja de Corinto, e faz menção que alguns irmãos estão fazendo distinções entre
pregadores (ver. 13). Qual a razão de Paulo ter feito a menção do Batismo em seu nome?
Ele está justamente comparando que quando você segue os ensinamentos de alguém, você
obrigatoriamente LEVA O NOME DO SEU REDENTOR.Este é o motivo pelo qual disse no ver.
13: Está Cristo dividido? Foi Paulo crucificado por vós? Fostes batizados em nome de Paulo?
Ele encerra o assunto lembrando aos membros da igreja de Corinto, que eles foram LAVADOS,
SANTIFICADOS E JUSTIFICADOS, QUANDO FORAM BATIZADOS EM NOME DE JESUS (I
Cor 6:11).

CONCLUSÃO

Caro leitor, diante de tantos argumentos e dos testemunhos que a própria escritura nos dá sobre este
assunto de tamanha importância, seria tolice pensar em começar uma polêmica sobre ele.

O QUE JESUS ORDENOU, SEUS DISCÍPULOS FIZERAM:

1 - Ide por todo o mundo... - Marcos 16:15


2 - Pregue o evangelho a todas as criaturas... - Marcos 16:15
3 - Ensinem a todas as nações... - Mateus 28:19
4 - Batizem em NOME... - Mateus 28:19
5 - Observem tudo o que eu lhes tenho ordenado - Mateus 28:19

VALE LEMBRAR QUE, ALÉM DE IR, PREGAR, ENSINAR, FORAM MANDADOS A


"BATIZAR".

A Bíblia nos mostra claramente: TODOS OS BATISMOS REGISTRADOS FORAM "EM NOME
DE JESUS".

QUE A BÊNÇÃO DO CONHECIMENTO E DO DISCERNIMENTO DO SENHOR ESTEJA


SOBRE VOCÊ.
1ª) Porque o primeiro Batismo da história da Igreja foi realizado em Nome de
Jesus Cristo (Atos 2:38), e este é o modelo original de Batismo da Igreja Cristã.
2ª) Porque toda propriedade deve ser registrada em nome do seu dono. Jesus
Cristo é o dono da Igreja, pois Ele a comprou com Seu sangue (Apocalipse 5:9),
portanto ela (a Igreja) deve ser batizada (registrada) em seu Nome.
3ª) Porque a Igreja é a noiva ou esposa de Jesus (Apocalipse 21:9), e nós
sabemos que a noiva ou esposa recebe o Nome do seu noivo ou esposo
(Apocalipse 22:4; Tiago 2:7; Atos 15:17).
4ª) Porque a Igreja foi desposada com um só esposo, que é Cristo (2Coríntios
11:2). Aliás, a Igreja foi desposada com um só esposo, e não com dois ou três
(1Coríntios 2:2).
5ª) Porque o Apóstolo Paulo rebatizou os discípulos de João Batista (Atos 19:1-
5); isto porque os mesmos não eram batizados em Nome do Senhor Jesus
Cristo.
6ª) Porque o Apóstolo Paulo disse que há um só Batismo (Efésios 4.5) e ele o
realizava em Nome do Senhor Jesus Cristo (Atos 19:5).
7ª) Porque o Evangelho que Paulo pregava continha o Batismo em Nome de
Jesus Cristo (Atos 19:5), e ele disse que não recebera esse evangelho de
homem algum, mas mediante revelação de Jesus Cristo (Gálatas 3:27; 1Timóteo
2:5).
8ª) Porque assim como os Israelitas foram batizados em Moisés (o mediador
deles), nós, os Cristãos, devemos ser batizados em Nome de Jesus Cristo, o
nosso Mediador (Gálatas 3:27; 1Timóteo 2:5).
9ª) Porque sabemos, como sabiam os Apóstolos, que repetir uma ordem não é
o mesmo que obedecê-la. Quando um ministro batiza alguém dizendo: “Eu te
batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, ele (o ministro) repetiu a ordem,
mas não a obedeceu, e por que não obedeceu? Porque o nome próprio do Pai,
do Filho e do Espírito Santo, que é Jesus Cristo, não foi invocado sobre o
batizando.
10ª) Porque Jesus e os seus apóstolos incluíram o batismo bíblico no plano de
salvação (Marcos 16:16; Atos 2:38, 8:36-38, 16:29-33, 22:16 e 1Pedro 3.21).
11ª) Porque o Batismo em Nome de Jesus Cristo é para judeus (Atos 2:38), para
samaritanos (Atos 8:16), para os gentios (Atos 10:48), para os discípulos de João
Batista (Atos 19:1-5), para mim e para você.
12ª) Porque o Nome de Jesus está acima de todo o principado, e autoridade, e
poder, e domínio e de todo nome que se nomeia não só neste século, mas
também no vindouro (Efésios 1:21; Filipenses 2:10).
13ª) Porque a Bíblia diz: “Tudo que fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em
nome do Senhor Jesus…”(Colossenses 3:17), e o Batismo é realizado com palavras
e obras (ação).
14ª) Porque Deus visitou os gentios para tomar dentre eles um povo para o Seu
Nome (Atos 15:14); e o nome que Pedro mandou invocar sobre os gentios foi o
Nome de Jesus Cristo (Atos 10:48).
15ª) Porque Paulo repreendeu os irmãos de Corinto que diziam: “Eu sou de
Paulo” e perguntou-lhes: “Foi Paulo crucificado por vós? Ou fostes vós batizados em
nome de Paulo?” Quem foi crucificado pelos Coríntios? Jesus Cristo! Em nome de
quem eles foram batizados? Jesus Cristo! O contexto não permite outra
resposta, porque a menos que eles tivessem sido batizados em Nome de Jesus
Cristo, o argumento do Apóstolo Paulo deixaria de ter qualquer significado
(1Coríntios 1:12-13).
16ª) Porque Paulo recomendou: “Sede meus imitadores como eu o sou de
Cristo” (1Coríntios 11:1). E sem dúvida alguma ele batizava em Nome de Jesus
(Atos 19:5). Então façamos o mesmo.
17ª) Porque quem obedece aos apóstolos obedece a Jesus (Lucas 10:16), pois
os mandamentos do Senhor nos foram dados por eles (2Pedro 3:2).
18ª) Porque a Bíblia diz que a Igreja está edificada sobre o fundamento dos
Apóstolos e profetas, sendo o próprio Jesus Cristo a pedra de esquina (Efésios
2:20); e os Apóstolos, como sabemos batizavam em Nome de Jesus Cristo (Atos
2:38 e 1Coríntios 3:11).
19ª) Porque os Apóstolos formados na melhor escola de teologia do Planeta,
sob os pés do melhor professor de todos os tempos, batizavam em Nome de
Jesus Cristo (Atos 2:38 e 19:5).
20ª) Porque o Espírito Santo veio para guiar os Apóstolos em toda a verdade
(João 16:13), e nesta verdade se inclui o Batismo nas águas. Aliás, por ocasião
da descida do Espírito Santo, os Apóstolos batizaram quase três mil pessoas em
Nome de Jesus Cristo (Atos 2:38,41).
21ª) Porque os Apóstolos sabiam que o seu maravilhoso Mestre era o Pai, pois
conheciam a profecia de Isaías 9:6; sabiam que Ele era o Filho (Mateus 16:16);
sabiam que Ele mesmo era o Espírito Santo (João 14:17 e 2Coríntios 3:17);
Aquele que é, é o mesmo que era (homem) e que há de vir (Apocalipse 1:8).
22ª) Porque o Batismo é para remissão de pecados (Atos 2:38); e remissão de
pecados só acontece em Nome de Jesus Cristo (Atos 22:16; 10:43 e 1João
2:12).
23ª) Porque sabemos, como sabiam os apóstolos, que Pai, Filho e Espírito
Santo são títulos de um Ser, cujo nome próprio é Jesus (Zacarias 14:9 e João
17:11,12).
24ª) Porque não encontramos nenhum Batismo na Bíblia, que foi realizado sob
a invocação dos títulos (Pai, Filho e Espírito Santo); mas, muitos relatos de
Batismos e todos realizados em Nome de Jesus Cristo (Atos 2;38, 8:16, 10:48,
19:5, etc.).
25ª) Porque veremos o rosto de Jesus e em nossas frontes estará o Nome d’Ele
(Apocalipse 22:4).
26ª) Porque não há salvação em nenhum outro, pois debaixo do céu nenhum
outro Nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos (Atos 4:12).
27ª) Porque Mateus nos fala para realizarmos o Batismo em Nome (singular) e
não em nomes (plural), e sabemos que Pai, Filho e Espírito Santo não é nome
próprio de ninguém (Zacarias 14:9).
28ª) Porque os Apóstolos, além do professor interior (o Espírito Santo), tinham
também a mente aberta por Jesus (Lucas 24:45); isto os capacitou a
compreender que o Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo é Jesus Cristo
(Isaías 52:6 e João 17:12).
29ª) Porque Mateus estando presente no dia do Pentecostes ficou de pé junto
com os demais Apóstolos em sinal de apoio a Pedro, que dizia: “Arrependei-vos,
e cada um de vós seja batizado em Nome de Jesus Cristo para remissão dos
pecados…” (Atos 2:14,38).
30ª) Porque o Senhor, através de seu anjo, recomendou a Cornélio, um
pregador que batizava em Nome de Jesus Cristo (Atos 10:1-6,47,48, 11:13,14 e
2:38).
31ª) Porque Paulo Batizava em Nome de Jesus Cristo (Atos 19:5), e foi chamado
de pregador de uma seita (Atos 24:14 e 28:22). Será que hoje acontece o mesmo
com os que Batizam como ele?
32ª) Porque Nele (Jesus) habita corporalmente toda a plenitude da divindade
(Colossenses 2:9), isto é, em Jesus nós temos o Pai (Isaías 9:6), o Filho (Mateus
16:16) e o Espírito Santo (2Coríntios 3:17).
33ª) Porque para confirmar que os Apóstolos agiram corretamente ao Batizar
em Nome de Jesus Cristo, eles receberam honra no céu, tendo os seus nomes
escritos nos muros da Cidade Santa (Apocalipse 21:14).
Para finalizar, recomendo que você leia no Dicionário Internacional de Teologia
do Novo Testamento, as seguintes explicações a respeito do Batismo Bíblico: “O
Batismo é administrado em Nome de Jesus Cristo, com o emprego do seu Nome, assim
como o Nome (de Jesus Cristo) é pronunciado sobre a pessoa batizada, significando a
quem ela pertence, de modo que o Batismo é em Cristo e relaciona a pessoa do crente
a Cristo, de maneira que o mesmo esteja em Cristo e relacionado à ação redentora de
Cristo” (Conf. DITNT, págs. 262,263 e 264).
Batismo em Nome de JESUS...
O estudo extraído do livro O QUE É OBRA EM RESTAURAÇÃO? tem como
propósito, elucidar algumas dúvidas ainda exitentes nas cabeças de alguns irmãos,
apresentado o verdadeiro mandamento de Jesus Cristo a respeito do batismo.
Posteriormente, é realizado um breve resumo concernente ao tema "Irmãos ainda
que separados", demonstrando a verdadeira identidade da família de Jesus Cristo.

Publicado em 29/06/2015 - 13278 Visualizações - 14 comentários

O estudo extraído do livro O QUE É OBRA EM RESTAURAÇÃO? tem


como propósito, elucidar algumas dúvidas ainda exitentes nas cabeças de alguns
irmãos, apresentado o verdadeiro mandamento de Jesus Cristo a respeito
do batismo. Posteriormente, é realizado um breve resumo concernente ao tema
"Irmãos ainda que separados", demonstrando a verdadeira identidade da família de
Jesus Cristo.

BATISMO EM NOME DE JESUS


Mateus 28.19 "Portanto ide, ensinai todas as nações batizando-as em NOME do
PAI, e do FILHO e do ESPÍRITO SANTO”.
Notem que o Mestre disse: Em NOME (SINGULAR) do PAI (TÍTULO), e do FILHO
(TÍTULO) e do Espírito Santo (TÍTULO), portanto temos aqui três títulos que indicam
uma pessoa que tem um nome.
Jesus não disse para seus discípulos batizarem as nações repetindo ou
"remedando" as palavras: Pai - Filho – Espírito Santo, mas sim em NOME. O caro
leitor pode perguntar-me: Não é a mesma coisa? NÃO! Porque as palavras Pai,
Filho, Espírito Santo não são nomes, são apenas títulos que indicam uma pessoa
que tem UM NOME e este NOME É JESUS. JESUS é o NOME revelado.
Não obstante, sabendo da oposição à verdade, daremos algumas razões pelas
quais devemos batizar em Nome de Jesus.
Nosso irmão Pedro acabara de ouvir do Senhor Jesus (Mt 28.19) como devia batizar,
acabara de receber o Espírito Santo (no Dia de Pentecostes), cujo Espírito deveria
guiá-lo em toda verdade. Seria possível Pedro ter cometido algum erro ou equívoco,
mandando e batizando o povo em nome do Senhor Jesus? (At. 2.38-41). Não!
Nunca!
Toda remissão de pecados é em nome do Senhor Jesus, (Lc. 24.47).Tudo o que se
faz por palavras ou por obras, fazei em NOME DO SENHOR JESUS... (Cl. 3.17).
De todos os batismos registrados nas Escrituras, em nenhum se usou os títulos: Pai,
Filho e Espírito Santo; porque os apóstolos bem sabiam que o pai, e filho e o espírito
santo; são três manifestações de UM SÓ DEUS; assim apenas invocaram o Nome
do Senhor Jesus, porque é o nome sobre todos os nomes e todo joelho se dobrará
diante deste nome no céu, na terra, e embaixo da terra. (Is. 45.23, Rm. 14.11, Fl.
2.10).
Veja algumas referências sobre o batismo: At. 8.16, At. 10.48, At. 19.5, At. 22.16,
Rm. 6.3, Gl. 3.27 - todos realizados Em Nome do Senhor Jesus.
Ainda em At. 4.12 encontramos: "...Nenhum outro nome há dado entre os homens,
pelo qual devamos ser salvos”. O nome de família é Jesus; se somos seus filhos
devemos então tomar o seu nome.
E mais, a "noiva" (Igreja) sempre toma o NOME do marido; se não tivermos o nome
de família, como poderemos ser herdeiros? (Ef. 3.15; 5.23).
Se, somos filhos e não apenas criaturas, somos também herdeiros, herdeiros de
Deus e co-herdeiros de Cristo (Rm. 8.14-17). Ora, se o prezado leitor quiser ser
herdeiro, terá que receber o NOME daquele que transmitirá a herança – JESUS.

Se apenas recebestes a invocação dos títulos Pai, Filho e Espírito Santo (note não
são nomes) lembra-te de que a Palavra diz: "E todo aquele que invocar o NOME do
Senhor será salvo". Qual é a tua condição? Em que nome fostes batizado?

Pois não há distinção entre judeus e gregos, uma vez que é o mesmo Senhor de
todos, rico para com todos os que o invocam. (Rm. 10.12-13).

A Bíblia não registra nem sequer um batismo realizado na trindade, antes todos
foram realizados em nome do Senhor Jesus.
Concluímos que Jesus Cristo veio manifestar o NOME de Deus aos homens: João
5.43: "Eu vim em NOME de meu Pai”; João 14.26: "... o Espírito Santo, que o Pai
enviará em MEU NOME”; João 17.6: "Manifestei o TEU NOME aos homens”; João
17.26: "E eu lhe fiz conhecer o TEU NOME”

IRMÃOS, AINDA QUE SEPARADOS

E sabido que Deus tirou seu povo do mundo de dogmas e credos romanistas,
começando por Martinho Lutero, com a grande reforma, e prosseguindo com outros
seus servos até a sua igreja chegar aos nossos dias:

"OS TEMPOS DA RESTAURAÇÃO DE TUDO" (Atos 3:21).

É óbvio que pelo nome se constitui uma família, todos quantos tem o mesmo nome
são a mesma família, ainda que longe ou separados dela.

O romanismo forma uma família com todos que utilizam seu credo Atanaziano ou o
dogma da SS.Trindade; assim consideram irmãos todos que usam seu dogma no
batismo, ainda que separados deles.

Eles não aceitam (graças a Deus) os que invocam o NOME DE NOSSO SENHOR
JESUS CRISTO no batismo.

Assim sendo: os que usam seu dogma batismal participam de "sua comunhão" e os
que recebem o nome de Jesus formam uma outra família. Compõem outra mesa e
participam de outra comunhão: a de Jesus, como indica o nome em que são
balizados.

A respeito disso o Código de Direito Canônico, promulgado por João Paulo II,
Edições Loyola 1.987, SEGUNDA EDIÇÃO REVISTA E AMPLIADA com a
LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR DA CNBB, em seu CÂN. 869 parágrafo 2, diz
conservar "para eles" a presunção de validade do batismo conferido em
comunidades acatólicas, sendo apresentado em seu rodapé pesquisa feita pela
CNBB, junto aos evangélicos no Brasil, que se encontra no verbete "Batismo" do
Guia Ecumênico (Col. Estudos da CNBB, Num. 21). Lá se conclui que os padres:

1- devem aceitar os batismos realizados pelas denominações:


A)- Igrejas Orientais;
B)- Igreja Vétero - Católica;
C)- Igreja Episcopal do Brasil ("Anglicanos");
D)- Igreja Evangélica de Confissões Luterana no Brasil (IECLB);
E)- Igreja Evangélica Luterana do Brasil ( IELB);
F)- Igreja Metodista;
2 - devem aceitar verificando se o batismo foi efetuado segundo o rito prescrito por
essas Igrejas:
A)- Igrejas Presbiterianas;
B)- Igrejas Batistas;
C)- Igrejas Congregacionistas;
D)- Igrejas Adventistas;
E)- A maioria das Igrejas Pentecostais (Assembléia de Deus, Congregação Cristã
do Brasil, Igreja do Evangelho Quadrangular, Igreja Deus é Amor, Igreja
Evangélica Pentecostal "O Brasil para Cristo");
F)- Exército da Salvação (este grupo não costuma batizar, mas quando o faz,
realiza-o de modo válido - que se entenda, válido para o Clero);
3 - Devem duvidar e administrar novo batismo para quem foi balizado pelas
Igrejas:
A)- Igreja Pentecostal Unida do Brasil (esta Igreja batiza apenas "Em Nome do
Senhor Jesus", e não em nome da SS.Trindade);
B) -Igrejas Brasileiras por se duvidar da intenção de seus ministros;
Caro irmão, não esteja preso aos tentáculos romanistas pelo dogma batismal em
sua denominada SS. Trindade; esteja antes nos braços paternais de Nosso
Senhor Amado e Glorioso Jesus Cristo pelo batismo em seu NOME eterno.

Extraído do livro: O QUE É OBRA EM RESTAURAÇÃO?


Autor: Pr. Samuel Alves de Arrruda.
Maanaim Editora – 1995 – 1.ª ed.

Você também pode gostar