Você está na página 1de 7

Motor 1 – Acionando carga linear pelo método do controle escalar.

Figura X: (a) Corrente do estator para 50% da carga nominal. (b) Corrente do estator
para 75% da carga nominal. (c) Corrente do estator para 100% da carga nominal. (d)
Corrente do estator para 125% da carga nominal. (e) Torque desenvolvido pelo motor
para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal. (f) Velocidade do
rotor para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal.

(a) (b)

(c) (d)

(e) (f)
Motor 1 – Acionando carga quadrática pelo método do controle escalar.
Figura X: (a) Corrente do estator para 50% da carga nominal. (b) Corrente do estator
para 75% da carga nominal. (c) Corrente do estator para 100% da carga nominal. (d)
Corrente do estator para 125% da carga nominal. (e) Torque desenvolvido pelo motor
para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal. (f) Velocidade do
rotor para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal.

(a) (b)

(c) (d)

(e) (f)
Motor 1 – Acionando carga constante pelo método do controle escalar.
Figura X: (a) Corrente do estator para 50% da carga nominal. (b) Corrente do estator
para 75% da carga nominal. (c) Corrente do estator para 100% da carga nominal. (d)
Corrente do estator para 125% da carga nominal. (e) Torque desenvolvido pelo motor
para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal. (f) Velocidade do
rotor para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal.

(a) (b)

(c) (d)

(e) (f)
Motor 1 – Acionando carga linear pelo método do controle vetorial.
Figura X: (a) Corrente do estator para 50% da carga nominal. (b) Corrente do estator
para 75% da carga nominal. (c) Corrente do estator para 100% da carga nominal. (d)
Corrente do estator para 125% da carga nominal. (e) Torque desenvolvido pelo motor
para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal. (f) Velocidade do
rotor para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal.

(a) (b)

(c) (d)

(e) (f)
Motor 1 – Acionando carga quadrática pelo método do controle vetorial.
Figura X: (a) Corrente do estator para 50% da carga nominal. (b) Corrente do estator
para 75% da carga nominal. (c) Corrente do estator para 100% da carga nominal. (d)
Corrente do estator para 125% da carga nominal. (e) Torque desenvolvido pelo motor
para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal. (f) Velocidade do
rotor para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal.

(a) (b)

(c) (d)

(e) (f)
Motor 1 – Acionando carga constante pelo método do controle vetorial.
Figura X: (a) Corrente do estator para 50% da carga nominal. (b) Corrente do estator
para 75% da carga nominal. (c) Corrente do estator para 100% da carga nominal. (d)
Corrente do estator para 125% da carga nominal. (e) Torque desenvolvido pelo motor
para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal. (f) Velocidade do
rotor para o carregamento de 50%, 75%, 100% e 125% da carga nominal.

(a) (b)

(c) (d)

(e) (f)