Você está na página 1de 5

Direito e Processo do Trabalho

Prof. André Veneziano

Data: 19/12/09

I) Procedimentos ou Ritos:

É a maneira como os atos se organizam.

1)Procedimentos Comuns

a) Ordinário: causa superior a 40 salários mínimos.

b) Sumaríssimo: causa superior a 2 e até 40 salários mínimos (***ponto


frente em prova***).

c) Sumário * ou Alçada: até 2 salários mínimos.

2) Especiais:

• Mandado de Segurança.

• Ação Rescisória: decisão de mérito.

• Inquérito Judicial.

• Consignação.

II)Competência:

Medidas da jurisdição.

a) Matéria: todas as matérias (todas as lides) de relações


trabalhistas, salvo servidor público estatutário (ocorre na justiça
comum)- art. 114, CF

b) Local: onde ele trabalhou - art. 651, CLT. Exceções: ler em


casa.

1
c) Funcional (ou hierárquica):

Jurisdição Trabalhista: 3º TST: 27 ministros.

2º TRT: Reexame da primeira instância


(ações de competência originária dos tribunais).

1º Vara – Reclamação Trabalhista.

III) Petição Inicial (art. 840, CLT)

• Qual a forma da inicial?

 Pode ser verbal ou escrita.

 Por advogado ou pela própria parte.

IV) Distribuição:

- Sorteio quando há mais de uma vara.

- Secretaria da vara notifica (Notificação)

• Qual a forma da Notificação?

 Postal

• Qual o prazo da notificação?

 48 horas.

• Notificação para a audiência?

 Após 5 dias.

V) Audiência: o juiz pode dividi-la em sessões.

Atenção: No rito sumaríssimo não pode dividi-la, por isso é uma.

2
- Partes: preposto (tem que conhecer os fatos e tem que ser empregado,
salvo se for microempresa ou empresa de pequeno porte, o preposto não
precisa ser empregado).

• O que ocorre na audiência das partes?

 Reclamante não foi: arquiva o processo.

• Se o reclamante não for 2 vezes?

 Ocorre a perempção (aguarda 6 meses para propor a


terceira).

• Se a reclamada não for?

 Revel e confessa quanto aos fatos.

 Adicional de insalubridade e periculosidade há


necessidade de perícia (mesmo se a empresa for revel).

• Audiência de Instrução: ouvir os depoimentos.

 Se a empresa não for revel.

 Se o empregado não for é confesso.

 Se as duas partes não forem para depor? A OAB segue o


princípio do ônus da prova (art. 818, CLT), isto é quem
alega prova.

• Possibilidade de acordo?

 Se for feito o acordo, este transita em julgado


imediatamente. Portanto, não cabe recurso.

- Como rescindo um acordo?

 Ação rescisória em até 2 anos do trânsito em julgado


(prazo decadencial).

• Qual o prazo para se defender (defesa oral)?

 20 minutos.

• Provas:

As partes podem apresentar 3 testemunhas no rito ordinário.

2 testemunhas no rito sumaríssimo.

3
• Razões finais: Qual o prazo?

 10 minutos.

• Segunda proposta de conciliação.

• Sentença (título executivo judiciário)

• Liquidar a sentença (apurar o valor).

• O juiz aprova o que estiver correto (homologação).

• Mandado de citação – pague em 48 horas.

• A empresa pode oferecer uma garantia em dinheiro ou bens.

• Embargos à execução (visa a atacar a homologação) – prazo:


5 dias.

• Sentença (julgamento dos embargos)

a) Hasta pública.

b) Arrematados por 3 terceiros.

c) Adjudicados – credor.

d) Remição – devedor. O devedor para resgatar o bem, ele tem


pagar pelo total da dívida.

Recurso

Medida para pedir reexame da decisão do juiz.

• Quais são as decisões do Juiz?

a) Interlocutória: não cabe recurso de interlocutória no


Processo do Trabalho.

Atenção: o agravo de instrumento cabe quando o juiz não


recebeu o recurso. Diz-se que o recurso não foi remetido.

Sentença (Fase conhecimento): Recurso ordinário.

Sentença (Fase de execução): Agravo de petição.

2º TRT- Acórdão: Revista

3º TST – Acórdão: Embargos no TST.

4
DICAS:

1) Prazo dos Recursos Trabalhista: 8 dias.

2) Prazo dos Embargos de declaração: 5 dias.

3) Efeitos do agravo: apenas devolutivo (não suspendem a


execução).

4) Preparo: recurso ordinário, revista e extraordinário.