Você está na página 1de 32

15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Baixar Compartilhar Exportação

Energia renovável
Volume 150 , maio de 2020 , Páginas 370-381

Catalisador multifuncional preparado Ni 2 P / Zr-SBA-15 e Óleo de


Jatropha catalisado para produzir combustível de bioaviação
Qihang Tan um, Yang Cao um , b, Jin Li um
Mostre mais

https://doi.org/10.1016/j.renene.2019.12.029 Obter direitos e conteúdo

luzes
• Um novo multifuncional catalisador Ni- 2 P / Zr-SBA-15 foi sintetizado e
caracterizado.

• Processo de hidrogenação em uma etapa para preparar componentes de combustível


de jato de alta qualidade.

• Alcanos cíclicos e aromáticos são difíceis de produzir a partir de processos de


hidrogenação de óleo vegetal.

• O conteúdo aromático e a densidade de combustíveis de aviação de base biológica


não misturados foram satisfeitos com os critérios.

• O mecanismo catalítico foi pesquisado.

Abstrato
Um novo sistema catalítico multifuncional, Ni 2 P / Zr-SBA-15, foi sintetizado por H 2redução
programada pela temperatura de precursores de fosfato de níquel impregnados em Zr-SBA-15. O Zr-
SBA-15 foi preparado por cristalização hidrotérmica. As propriedades dos catalisadores para a
hidrodeoxigenação do óleo de pinhão manso foram avaliadas por um processo de hidrogenação em
uma etapa em um reator de alta pressão. Os melhores parâmetros de preparação foram determinados.
A multifuncionalidade do catalisador inclui excelentes propriedades de desoxidação, aromatização e
craqueamento. Vale ressaltar que este produto contém componentes de combustível de aviação de
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 1/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

maior concentração, com a quantidade de C8-C16 responsável por mais de 60% em peso do óleo do
Baixar
produto. O teor deCompartilhar
hidrocarbonetosExportação
de parafina é de 79,25% em peso, os compostos aromáticos
representam 10,13% em peso (todos consistindo em aromáticos monocíclicos), e o nafeno representa
6,72% em peso. A densidade do óleo é de 811 a 828 kg / m 3. Essas propriedades físicas e químicas de
C8-C16 são consistentes com os requisitos detalhados para combustíveis de turbinas de aviação
contendo hidrocarbonetos sintéticos, conforme especificado em ASTM-D7566-2017b. Neste estudo, o
conteúdo aromático e a densidade de combustíveis de jato de base biológica não misturados foram
satisfeitos com os critérios e alcançaram o processo de hidrogenação em uma etapa para a preparação
de maior qualidade de combustível de jato de biojato.

anterior Próximo

Palavras-chave
Catalisador multifuncional; Ni 2 P / Zr-SBA-15; Aromatização; Combustível de aviação de
base biológica; Hidrogenação em uma etapa

1 . Introdução
O papel da indústria de transporte aéreo na segurança econômica estrutural, ambiental e energética
está se tornando cada vez mais importante. Ao mesmo tempo, diferentemente do transporte terrestre,
as aeronaves têm opções limitadas para novos combustíveis. É difícil aplicar fontes de energia como
energia solar e células de combustível usadas em automóveis nos aviões de transporte nas últimas
décadas. Os biocombustíveis de segunda geração preparados a partir de óleos animais e vegetais ou
resíduos agrícolas e florestais têm estruturas químicas e propriedades físicas e químicas semelhantes
ao combustível de aviação fóssil. Não é necessário redesenhar o processo de fabricação de motores ou
aeronaves e desenvolver um novo sistema de transporte de combustível, e o valor do calor de
combustão é maior; sem poluentes (mostrados na Tabela 1) pode substituir diretamente o querosene
de aviação tradicional. Portanto, o biocombustível de aviação é a alternativa mais promissora ao
combustível de aviação fóssil.

Tabela 1 . Biocombustíveis de aviação e indicadores de desempenho de combustíveis de aviação fóssil.

Propriedade Biocombustível para aviação Biocombustível para Combustível de


(tabela A2.1 do apêndice) turbina de aviação (tabela 1 jato de aviação
(como componente de do apêndice) (após mistura) fóssil c
mistura) a b

Aromáticos (porcentagem em ≤0,5 8-25,0 ≤25


volume)

Olefinas (% em volume) Máx. 00 5.0 5.0

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 2/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Propriedade Biocombustível para aviação Biocombustível para Combustível de


Baixar Compartilhar Exportação
(tabela A2.1 do apêndice) turbina de aviação (tabela 1 jato de aviação
(como componente de do apêndice) (após mistura) fóssil c
mistura) a b

Enxofre, percentagem em Máx. 0,0015 0,20 0,20


massa total

Metais (Al, Ca, Co, Cr, Cu, Fe, Máx. 0,1 μg / g por metal - -
K, Mg, Mn, Mo, Na, Ni, P, Pb,
Pd, Pt, Sn, Sr, Ti, V, Zn)

Temperatura de destilação, ° C

 10% recuperado, Máx. 205 205 205


temperatura (T10)

 50% recuperado, Máx. relatório relatório 232


temperatura (T50)

 Ponto de ebulição final, Máx. 300 300 300


temperatura

 T50-T10, ° C Mín. - 15 -

 T90-T10, ° C Mín. 22 40. -

Densidade a 15 ° C, kg‧m −3 730-770 775-830 775-830

Calor líquido de combustão, Mín. Medido 44,14 42,8 42,8, medido


MJ / kg 43,44

Ponto de fumaça, mm Mín. > 40 25, medido 30, 25,


naftaleno≤3,0%, naftaleno≤3,0%,
≥18 ≥18

Naftalenos, volume, por Medido 0 Medido 0,22 Medido 0,4


cento

uma
ASTM-D7566-2017b TABELA A2.1 .

b
ASTM-D7566-2017b TABELA 1

c
Combustível de aviação nº 3 GB 6537-2006 TABELA 1

A tecnologia de hidrogenação catalítica que emprega óleos e ésteres e vegetais e animais é considerada
o método mais eficaz para melhorar a qualidade do bio-óleo no momento [ 1 , 2 ]. Este método utiliza
a hidrodeoxigenação (HDO) para remover o oxigênio nos triglicerídeos e obtém os componentes do
biocombustível após hidrocraqueamento e isomerização secundários. O processo de ésteres e ácidos
graxos hidroprocessados, desenvolvido pela empresa Universal Oil Products (UOP) nos Estados

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 3/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Unidos, converte os ésteres de óleos animais e vegetais em querosene de bioaviação após


Baixar catalítica
hidrogenação Compartilhar Exportação [ 3] No entanto, o processo tradicional de hidrogenação
e depois hidrocracking
em duas etapas tem alto consumo de energia (especialmente hidrogênio) em aplicações práticas,
complicados investimentos em equipamentos abertos e altos. Para resolver esse problema, os
pesquisadores estão trabalhando para desenvolver uma tecnologia preciosa de hidrogenação catalítica
baseada em metal para a preparação de querosene de aviação [ 4 , 5 ] que é alcançada em uma etapa
completa de desoxidação por hidrogenação e reação de isomerização. Hengsawad [ 6 ] et al. preparou
uma série de catalisadores com suporte de Pt e produziu um combustível de aviação renovável
hidrotratando o diesel hidrogenado hidrogenado derivado do óleo de Jatropha. Os resultados
mostram que Pt / HY (100) exibe a maior produção de combustível de aviação e atividade de
isomerização. Hao [ 7] et al. preparou um catalisador bifuncional Pt / SAPO-11 e óleo de Jatropha
hidrogenado para preparar querosene de bioaviação. Nas condições ideais de reação, a taxa de
desoxidação foi de 99,24%, o C8-C16 foi de 71,16% e o isômero C8-C16 foi de 37,92%. Zhang [ 8 ]
testou algum desempenho do produto (viscosidade cinemática, densidade, valor calorífico, ponto de
congelamento) e todos atendiam ao padrão do combustível de aviação número 3, mas a densidade do
produto era próxima do mínimo padrão. Vale ressaltar que seus produtos continham uma certa
quantidade de aromáticos, mas isso não foi explicado. Blaž Likozar [ [9] , [10] , [11] ] et al. relataram o
desempenho da hidrodeoxigenação de catalisadores comerciais de metais não preciosos (NiMo / γ-Al
2 O3 , Ni / ZSM-5) em compostos modelo de base biológica após pesquisa contínua, e demonstrou o
mecanismo de reação proposto e a cinética da reação por cálculos químicos quânticos.

A Tabela 1 mostra a comparação de desempenho entre o combustível biológico da aviação e o


combustível de aviação fóssil. Atualmente, o querosene de aviação produzido possui um conteúdo
aromático extremamente baixo e baixa densidade, o que não pode atender às regulamentações de uso
do combustível de aviação fóssil. Portanto, o querosene de aviação precisa ser misturado com pelo
menos 50% de combustível fóssil. Portanto, é necessário desenvolver uma direção de pesquisa para
produtos de combustível de bioaviação que possam substituir completamente os combustíveis fósseis
sem qualquer mistura.

Para realizar completamente uma reação de hidrogenação de uma etapa para produzir componentes
biológicos de combustível de aviação de alta qualidade, os catalisadores devem possuir propriedades
de hidrodeoxigenação, isomerização, desidrogenação e craqueamento ao mesmo tempo. Um grande
número de estudos mostrou que o metal de transição barato Ni tem atividades de hidrodeoxigenação
e desidrogenação [ 12 ]. Os fosfatos de metais de transição foram propostos como alternativas viáveis e
de baixo custo aos metais preciosos, e são amplamente utilizados em hidrodessulfurização (HDS),
hidrodesoxigenação (HDO) e hidrodenitrogenação (HDN) de matérias-primas de petróleo [ [13] , [14] ,
[15] , [16] , [17]] O suporte à fase ativa do fosfeto de níquel em transportadores mesoporosos pode
ajudar a refletir completamente suas propriedades catalíticas, promovendo a dispersão e aumentando
o número de locais ativos [ 18 ]. O Zr-SBA-15, modificado por Zr, é um portador mesoporoso
ordenado bidimensional representativo com alta estabilidade térmica e estabilidade hidrotérmica.
Além disso, a introdução de Zr no SBA-15 torna o transportador levemente ácido e propício ao
craqueamento dos reagentes.

Neste estudo, preparamos um catalisador multifuncional Ni 2 P / Zr-SBA-15 e catalisamos o óleo de


Jatropha para produzir biocombustível; o óleo de pinhão manso é reconhecido mundialmente como
tendo o maior potencial para o desenvolvimento de biocombustível. O óleo de pinhão manso é usado
como matéria-prima pela primeira vez em uma etapa para hidrogenação completa, desoxidação,

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 4/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

aromatização e craqueamento, e os componentes de querosene de aviação preparados estão em


Baixar comCompartilhar
conformidade Exportação
o padrão de qualidade. Também foram investigadas as influências de três
parâmetros de preparação, n (Si) / n (Zr), temperatura de redução e cargas de Ni, no desempenho dos
catalisadores.

2 . materiais e métodos

2.1 . Preparação de catalisador


O transportador foi preparado usando o método de síntese hidrotérmica. O processo específico é o
seguinte: O agente modelo P123 foi dissolvido em ácido clorídrico e, em seguida, o n (Si) / n (Zr)
inicial de 2, 10 e 40 foi dissolvido por 2 h. Adicionou-se nitrato de zircônio e ortossilicato de tetraetil
(TEOS) para reagir a 38 ° C por 24 h; após o carregamento, a reação permaneceu na chaleira de
cristalização a 100 ° C por 2-3 dias, seguida de filtro de sucção, secagem e torrefação para produzir o
veículo sólido em pó branco para o Zr-SBA-15. Os componentes ativos foram carregados com o
método de impregnação isovolumétrica. O processo foi o seguinte: Ni (NO 3 ) 2 · 6H 2 O e (NH 4 ) 2
HPO 4foram pesados com diferentes cargas de Ni (20% em peso, 30% em peso e 40% em peso, n (Ni) /
n (P) = 1) e dissolvidos em água; uma pequena quantidade de ácido nítrico concentrado foi adicionada
para fazer a solução de impregnação e o veículo foi impregnado por 24 h. O precursor do catalisador
foi preparado por secagem e torrefação. Em seguida, o catalisador é preparado usando a redução
programada pela temperatura do hidrogênio a 700, 800 e 900 ° C. Os parâmetros foram escolhidos da
seguinte forma ao investigar os efeitos de diferentes variáveis no catalisador:
1) Quando a variável estudada é n (Si) / n (Zr), a carga de Ni é de 30% em peso e a temperatura de
redução é de 800 ° C.

2) Quando a variável estudada é a carga de Ni, n (Si) / n (Zr) = 10, e a temperatura de redução é de 800
° C.

3) Quando a variável estudada é a temperatura de redução, n (Si) / n (Zr) = 10, e a carga de Ni é de 30%
em peso.

2.2 . Caracterização e análise do catalisador


A amostra de catalisador foi submetida a difração de raios X (DRX) realizada em um Bruker D8
Advance (Alemanha). Um JW-BK112 foi utilizado para medir a área superficial específica, volume e
diâmetro dos poros do transportador e catalisador. Um espectrômetro Bruker IFS113V FT-IR foi
usado para analisar a acidez do ácido Lewis e Brønsted do transportador (Py-IR). O microscópio
eletrônico de transmissão (TEM) foi realizado com um microscópio eletrônico de transmissão
JEM2100 de alta resolução. Um espectrômetro de emissão de plasma indutivamente acoplado Agilent
720-OES (ICP-OES) foi aplicado para a análise quantitativa dos elementos. Imagens de microscopia
eletrônica de varredura (MEV) foram obtidas em um microscópio HITACHI S – 3000N. Os dados da
espectroscopia de fotoelétrons de raios X (XPS) foram medidos com um AXIS SUPRA.

Para determinar a composição do óleo de pinhão manso, o óleo do material foi submetido a
esterificação e transesterificação. Em primeiro lugar, fez-se reagir Jatropha óleo com H 2 SO 4 soluo de
metanol para converter ácidos gordos livres para os ésteres correspondentes. Em seguida, foi
adicionada solução de metanol de KOH à fase oleosa. Depois de agitar e reagir durante 30 minutos,

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 5/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

foi adicionada água destilada. Depois que a solução foi clarificada, a fase orgânica superior foi
retomadaBaixar Compartilhar
e testada. Exportação

Um reator agitado mecanicamente de alta pressão foi selecionado para avaliar o desempenho do
catalisador. Ni 2 P / Zr-SBA-15 (0,2 g) foi misturado com 25 mL de Jatropha óleo no reactor. Após a
purga com nitrogênio, continue substituindo-o por hidrogênio. A inicial H 2 pressão foi 45 bar, e a
velocidade de agitação foi de 150 rpm a 330 ° C durante 4 h. O gás residual da reação foi coletado e o
componente foi monitorado e analisado. Os produtos líquidos foram filtrados através de filtro de 0,25
μm e separados das fases de óleo e água antes do teste.

A composição do óleo de Jatropha metilado e produtos líquidos foi analisada por um GC-MS Agilent
7890A-7000B, sob as condições de cromatografia em fase gasosa de uma coluna cromatográfica HP-
5MS (30 m × 0,25 mm × 0,25 μm) e uma temperatura de entrada de 573 K O procedimento de
aquecimento foi o seguinte: a temperatura inicial foi de 333 K, mantida por 1 min, aumentando a taxa
de 6 K / min para 573 K, e mantida por 15 min. A espectrometria de massa foi realizada com uma
fonte de íons de bombardeamento de elétrons (EI) (energia eletrônica de 70 eV, temperatura de 523 K),
temperatura da linha de transmissão de 543 K, tensão de detecção de 0,9 kV, faixa de varredura em
massa de m / z 20 –500 e um intervalo de tempo de aquisição de dados de 4-47 min. A faixa de
destilação do óleo do produto foi analisada por GC112A. A composição dos gases de escape foi testada
no GC9790 Plus e QP2010 Plus GC-MS (coluna capilar Agilent DB-17MS 30 m × 0.

3 . Resultados e discussão

3.1 . Caracterização físico-química dos catalisadores

3.1.1 . Caracterização de diferentes catalisadores n (Si) / n (Zr)


A Fig. 1 mostra o padrão de XRD de ângulo pequeno do transportador Zr-SBA-15 dopado com
diferentes proporções de Zr. A curva de difração por peneira molecular mesoporosa SBA-15 contém
três picos característicos, a saber, (100), (110) e (200) [ 19] Espera-se que o Zr-SBA-15 e o SBA-15
mostrem picos característicos consistentes nos espectros de DRX. Ao comparar as amostras de Zr-
SBA-15 de diferentes n (Si) / n (Zr), verificou-se que, com o aumento da quantidade de dopagem de Zr,
a intensidade do pico de difração da superfície do cristal (100) diminuiu e o pico de difração
desapareceu quando n (Si) / n (Zr) = 2, indicando que a ordem de longo prazo da amostra diminuiu
com o aumento do teor de Zr e que a estrutura mesoporosa ordenada foi completamente destruída
quando n (Si) / n (Zr) = 2. O outro suporte estruturas de canais foram bem preservadas. Ao mesmo
tempo, com um aumento na quantidade de dopagem, o pico de difração tende a se deslocar para a
esquerda, ou seja, o ângulo de difração diminui e o espaçamento do plano de cristal aumenta
correspondentemente. Este resultado é atribuído ao fato de que o Zr 4+raio (r = 0,084 nm) é maior que
o raio Si 4+ (r = 0,026 nm), resultando em um aumento no espaçamento do plano cristalino d, uma
diminuição no ângulo de difração e uma mudança no pico de difração para a esquerda [ 20 ]

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 6/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Baixar Compartilhar Exportação

Download: Baixar imagem em alta resolução (166KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 1 . Padrão XRD de ângulo pequeno da peneira molecular Zr-SBA-15 com diferentes n (Si) / n (Zr):
a: SBA-15; b: n (Si) / n (Zr) = 40; c: n (Si) / n (Zr) = 10; d: n (Si) / n (Zr) = 2.

A Fig. 2 mostra as curvas isotérmicas de adsorção-dessorção dos quatro grupos de veículos. Na figura,
as curvas de SBA-15 en (Si) / n (Zr) = 40,10 pertencem ao ciclo de histerese da isotérmica H1 do tipo
III. Esta é uma característica do tamanho uniforme dos poros do material mesoporoso. Após dopagem
excessiva de Zr (n (Si) / n (Zr) = 2), a isotérmica muda significativamente, indicando que a estrutura
mesoporosa mudou. Este resultado é consistente com os resultados da caracterização XRD e TEM.

Download: Baixar imagem em alta resolução (219KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 2 . N 2 isotérmicos adsorção-dessorção de SBA-15 e de Zr-SBA-15, com diferente N (Si) / n (Zr).

mesa 2lista os dados específicos da área de superfície, volume e diâmetro dos poros dos quatro grupos
de transportadores. Os dados na tabela mostram que o transportador SBA-15 de silício puro possui
uma área de superfície específica maior, maior volume de poros e menor diâmetro de poros em

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 7/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

comparação com os outros transportadores. Com o aumento do teor de zircônio, a área superficial
Baixar
específica Compartilhar
e o volume Exportação diminuíram, indicando que, com o aumento da
de poros do transportador
quantidade de dopagem de Zr, a estrutura do transportador SBA-15 foi danificada em certa medida,
resultando em uma diminuição na regularidade de alguns estrutura ordenada de poros. Também
pode ser visto pelos dados na tabela que, com o aumento da quantidade de dopagem de Zr, o diâmetro
do poro do transportador aumenta gradualmente. A razão para esse resultado é que algumas ligações
químicas de Si-O no transportador são substituídas por ligações químicas de Zr-O,O íon 4+ é maior
que o do íon Si 4+ , portanto, há uma maior probabilidade de substituição por uma quantidade
aumentada de dopagem de Zr, resultando em um aumento no diâmetro dos poros do transportador
com uma quantidade alta de dopagem [ 20 ]. Os resultados da caracterização de XRD e BET mostram
que os átomos de Zr entraram na estrutura do portador à base de silício.

Tabela 2 . Propriedades texturais de SBA-15 e Zr-SBA-15.

n (Si) / n (Zr) S APOSTA (m 2 / g) V BJH (cm / g) D BJH (nm)

2 576.279 1,402 8.316

10 606.085 1.390 8,944

40. 684.466 1,329 7.687

SBA-15 890.135 1.678 5.245

A Fig. 3 mostra as imagens de microscopia eletrônica de transmissão do transportador. Pode-se ver


pela figura que, exceto pela transportadora com uma quantidade alta de dopagem de Zr ( Fig. 3(d)),
tanto o SBA-15 como o Zr-SBA-15 têm uma estrutura de poros altamente uniforme e o transportador
é uma estrutura de acumulação de poros hexagonais bidimensionais altamente ordenada. O
transportador modificado por zircônio ainda possui as características de um material mesoporoso
altamente ordenado, e os canais de poros mostram um arranjo de tiras paralelas, que fornece locais
para carregamento dos componentes ativos e materiais reativos. O tamanho da abertura foi medido e
demonstrou-se aumentar com o aumento do doping de Zr, e esses diâmetros eram consistentes com
seus tamanhos de poros de BJH. No entanto, as amostras com n (Si) / n (Zr) = 2 não possuem estrutura
mesoporosa ordenada devido ao doping excessivo de Zr.

Download: Baixar imagem em alta resolução (192KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 3 . Micrografias TEM de SBA-15 e Zr-SBA-15 a: SBA-15; b: n (Si) / n (Zr) = 40; c: n (Si) / n (Zr) = 10;
d: n (Si) / n (Zr) = 2.
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 8/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Baixar Compartilhar Exportação


A Fig. 4 mostra as imagens de microscopia eletrônica de varredura do transportador. Com o aumento
do teor de Zr, a espessura das plaquetas transportadoras diminui gradualmente (a espessura média
das plaquetas é marcada na figura). Os canais intermediários Zr-SBA-15 são dispostos ao longo da
espessura [ 21 ]. Isso significa que o problema do coque causado pelos reagentes macromoleculares
que permanecem no canal do catalisador por um longo tempo pode ser bastante reduzido.

Download: Baixar imagem em alta resolução (124KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 4 . Micrografias SEM de SBA-15 com diferentes n (Si) / n (Zr): a: SBA-15; b: n (Si) / n (Zr) = 40; c: n
(Si) / n (Zr) = 10; d: n (Si) / n (Zr) = 2.

A Tabela 3 lista informações sobre as operadoras Zr-SBA-15 e SBA-15 a partir dos dados de
caracterização do Py-IR. A partir dos dados da tabela, a acidez para Lewis e Brønsted do silício puro
SBA-15 a 150 ° C e 350 ° C é zero, indicando que a superfície do silício puro SBA-15 não possui locais
ácidos. Para a reação de hidrodeoxigenação, a introdução de um centro ácido pode melhorar seu valor
ácido e as atividades de isomerização e fissuração do catalisador. A introdução de Zr pode aumentar
significativamente o número de locais ácidos na superfície do transportador, porque a introdução de
Zr leva a defeitos na superfície do transportador, que são locais ativos ácidos. O aumento do doping
por Zr leva à exposição de mais locais ácidos na superfície do transportador, aumentando assim a
acidez.

Tabela 3 . Propriedades de acidez de materiais Ni 2 P / Zr-SBA-15 com diferentes n (Si) / n (Zr).

n (Si) / n (Zr) Acidez a 150 ° C / (μmol · g −1 ) Acidez a 350 ° C / (μmol · g −1 )

Ácido de Lewis Ácido Brönsted Ácido de Lewis Ácido Brönsted

2 0,05703 0,09719 0,03050 0,06749

10 0,03439 0.10043 0,01684 0,06102

40. 0,01263 0,07325 0,00739 0,03900

SBA-15 00 00 00 00

3.1.2 . Caracterização catalítica de diferentes temperaturas de redução

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 9/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

A Fig. 5 mostra o H 2 -TPR curva do precursor de catalisador. Pode-se observar que o consumo de
Baixar
hidrogênio Compartilhar
da amostra Exportação
atingiu um pico de 786 ° C, indicando que o Ni 2 P foi completamente
reduzido quando a temperatura de redução foi de 786 ° C. Isso é consistente com os resultados do
XRD. Esta descoberta indica que um aumento excessivo de temperatura não tem influência óbvia na
formação de cristais de Ni 2 P e aumenta o consumo de energia.

Download: Baixar imagem em alta resolução (129KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 5 . H 2 curva -TPR caracterização de N (Si) / (Zr) = 10, Ni = 30% em peso.

A Fig. 6 mostra a DRX de grande angular dos catalisadores preparados a diferentes temperaturas de
redução. A curva de difração de 600 ° C não parece ser um componente ativo óbvio da fase Ni 2 P, mas
os valores 2θ de 38,4 °, 41,7 °, 46,9 ° e 48,9 ° exibem um pico de difração na forma do Ni 12 P Fase 5
(JCPDS: 01-074-1381) e a intensidade do pico de difração é baixa, o que significa baixa cristalinidade.
De acordo com um relatório da literatura, a estabilidade térmica do Ni 2 P é melhor que a do Ni 12 P 5
[ 22 , 23 ]. Além disso, o Ni 2 P parece mostrar o melhor desempenho de HDO entre todos os fosfetos
de níquel [ 12] Os três grupos restantes das curvas de difração em 2θ = 54,2 °, 47,4 °, 45,6 ° e 41,7 °
mostram um pico de difração característico óbvio, que é consistente com os picos de difração padrão
da fase Ni 2 P (JCPDS: 03-065 -065). Pode-se observar pela intensidade do pico de difração que a
cristalinidade do Ni 2 P a 700 ° C é significativamente mais fraca que 800 ° C e 900 ° C, o que prova que
a alta temperatura é favorável para a formação de um poço bem formado. Cristal de Ni 2 P. Além disso,
conforme calculado usando a fórmula de Scherrer, a fase ativa de Ni 2 P preparada a temperaturas de
700, 800 e 900 ° C com tamanho médio de partícula de 10, 12 e 13 nm, respectivamente, mostra que o
calor não causará queima do Ni 2Cristais P para formar partículas grandes.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 10/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Baixar Compartilhar Exportação

Download: Baixar imagem em alta resolução (282KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 6 . Padrões XRD de catalisadores Ni x P y / Zr-SBA-15 a diferentes temperaturas de redução.

A Fig. 7 mostra os espectros XPS de Ni 2 P / Zr-SBA-15 no Ni 2 P e P 2 P zonas com diferentes


temperaturas de redução. Os espectros XPS dos catalisadores preparados a diferentes temperaturas de
redução também são mostrados na Fig. 8 . O espectro de nível de núcleo de Ni 2 p envolve duas
contribuições. O primeiro centrado em 854,4 eV é atribuído a Ni δ + (0 <δ <2) na fase Ni 2 p , e o
segundo em 856,2 eV, atribuído à possível interação do Ni 2+ com íons fosfato como conseqüência
passivação superficial, juntamente com o pico de agitação a aproximadamente 6,0 eV acima da espécie
Ni 2+ [ 24] Este satélite é devido a espécies divalentes e, na literatura, foi atribuído a espécies de níquel
trivalente e oxissulfeto [ 25 ]. Outros picos amplos centralizados no lado de alta energia de ligação
podem ser atribuídos ao sinal de Ni 2 p de espécies de Ni oxidadas [ 24 ]. Parece que o conteúdo
relativo de Ni δ + aumenta com o aumento da temperatura, indicando que um aumento na
temperatura de redução irá gerar fases mais ativas. Fig. 8 (b) mostrando as curvas de 600 ° C e 700 ° C
dos orbitais P 2 p , consistindo de duas partes: o pico em 129,0 eV pertence a P δ− no Ni 2As espécies P
(0 <δ <1) e o pico localizado em 134,4 eV são atribuídos às partículas P 5+ formadas na superfície do Ni
2 P após a oxidação. A 800 ° C no lado da energia de ligação elevada (mais de 138,0 eV), um novo P 2 P
sinal de pico pode ser atribuído a sinais a partir da P 2 p em espécies ZrP [ 26 ]. Este resultado indica
que uma alta temperatura também é propícia à formação de ZrP e à reação catalítica.

Download: Baixar imagem em alta resolução (393KB) Download: Download da imagem em tamanho real

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 11/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Baixar
Fig. 7 . Espectros Compartilhar
XPS Exportação
de Ni 2 P / Zr-SBA-15 com diferentes temperaturas de redução em Ni 2 p e P 2 p.

Download: Baixar imagem em alta resolução (177KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 8 . Micrografias TEM de Ni 2 P / Zr-SBA-15 com diferentes cargas de Ni a: 20% em peso de Ni; b:
30% em peso de Ni; c: 40% em peso de Ni; d: mapeamento EDXS de Ni 2 P / Zr-SBA-15 com 40% em
peso de carga de Ni.

3.1.3 . Caracterização catalítica de diferentes cargas de Ni


O ICP ( Tabela 4 ) revela que a carga de níquel é geralmente ligeiramente inferior ao conteúdo
nominal dos catalisadores à base de fosfeto. Por outro lado, o níquel para o fósforo é
significativamente maior que os valores iniciais para os catalisadores. Estes resultados indicam que as
fases enriquecidas com Ni são formadas nesses casos. Essas observações sugerem que o fósforo é
parcialmente liberado durante a redução como espécies voláteis (por exemplo, PH 3 ), como foi
relatado anteriormente [ 27 ]. Entretanto, esse processo parece também ser influenciado pela
tendência do fosfeto de níquel a adotar uma estequiometria próxima ao Ni 2P. A carga real de Ni
aumenta com o aumento da carga teórica, demonstrando que os componentes Ni e P são suportados
com sucesso no suporte por um método de impregnação de volume igual.

Tabela 4 . Análise elementar de catalisadores Ni 2 P / Zr-SBA-15 com diferentes cargas de Ni.

Carga teórica% em peso Teor de Ni mg / kg Teor de P mg / kg % Em peso de carga real Real n (Ni) / n (P)

20% 170720 57079 17,07% 1,58

30% 265385 80945 26,54% 1,73

40% 356427 122929 35,64% 1,53

A Fig. 8 mostra as micrografias eletrônicas de transmissão dos catalisadores com diferentes cargas de
componentes ativos. Pode-se observar pela figura que o catalisador mantém a estrutura de poros
ordenada do transportador após o carregamento, provando que a estrutura do transportador não é
danificada pelo mesmo volume de impregnação, torrefação e redução de alta temperatura. Sem

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 12/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

agregados granulares negros são encontrados na Fig. 9 uma sob microscopia electrónica com
Baixar
ampliação elevada,Compartilhar
indicando que osExportação
componentes activos não aglomerado sob a carga de 20% e que
os Ni 2 cristais de P foram distribuídos num estado altamente disperso. Fig. 9b mostra uma pequena
quantidade de agregados granulares pretos na micrografia eletrônica de baixa ampliação. Os
agregados estão localizados na borda das partículas transportadoras ou na superfície. Os componentes
ativos na Fig. 9 c estão todos na forma de grandes partículas negras aglomeradas, indicando que uma
carga de 40% causará aglomerados graves dos componentes ativos. Uma área selecionada com pontos
pretos na Figura 9c foi usada para o mapeamento de elementos, e o resultado é mostrado na Figura
9d. A cor púrpura de Si e a cor verde de Zr representam a distribuição do transportador. Pela cor
amarela na imagem de varredura representando o Ni, é sabido que o objeto granular é de fato um
cristal de níquel altamente agregado.

Download: Baixar imagem em alta resolução (179KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 9 . Análise por GC-MS do gás (a) Catalisador: Ni 2 P / Zr-SBA-15, n (Si) / n (Zr) = 10, temperatura de
redução de 800 ° C, carga de Ni de 30% em peso. condições: 0,2 g de catalisador com 25 ml de Jatropha
óleo, 330 ° C, 4 h, hidrogénio puro, inicial H 2 pressão foi 45 bar, agitação a 150 rpm (b), (c), (d):. gás
padrão) .

3.2 . Atividade catalítica

3.2.1 . Composição do óleo de pinhão manso


Os componentes do óleo de pinhão manso cru são mostrados na Tabela 5 . As cadeias de ácidos
graxos nos triglicerídeos são compostas principalmente de compostos de ácidos graxos, incluindo
compostos de ácidos graxos C16 e C18, que são 99,6% em peso da composição do óleo de pinhão
manso, devido ao alto teor de oxigênio nos compostos de ácidos graxos, o que afeta seriamente o
calorífico valor de um combustível. Ao mesmo tempo, a proporção de ácidos graxos insaturados é de
79,9% em peso. Um alto grau de insat reduz a estabilidade à oxidação do óleo do produto, exigindo
que ele seja hidrodeoxigenado e convertido em alcanos, que são mais adequados para uso como
biocombustíveis.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 13/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Tabela 5 . Composição de ácidos graxos do óleo de Jatropha curcas.


Baixar Compartilhar Exportação

Ácido graxo % em peso

C14: 0 ácido mirístico 0,1

C16: 0 ácido palmítico 13,3

C16: 1 ácido hipogaico 1.1

C18: 0 ácido octadecanóico 6,7

C18: 1 ácido oleico 40,7

C18: 2 ácido linoleico 37,6

C18: 3 ácido linolênico 0,2

C20: 0 ácido araquídico 0,2

C20: 1 ácido eicosenóico 0,1

3.2.2 . Teste de desempenho catalítico de materiais Ni 2 P / Zr-SBA-15


A Tabela 6 mostra que a composição do óleo do produto é complexa e o teor de parafina linear é o
mais alto, seguido por olefinas, alcano cíclico e compostos aromáticos, além de uma pequena
quantidade de compostos contendo oxigênio e parafina isomérica. O catalisador multifuncional tem
um desempenho de desoxidação muito alto, e o desempenho de desoxidação do óleo do produto
obtido com o catalisador suportado pelo Zr-SBA-15 é superior a 98%. Acredita-se que a introdução de
Zr tenha os seguintes efeitos no catalisador: 1) A força e o conteúdo de ácido do catalisador
aumentaram após a introdução de Zr; 2) após a introdução do Zr, uma nova fase do ZrP foi formada. A
fase ativa Ni 2P no catalisador sinergizado com ZrP para tornar o catalisador mais ativo; 3) a
introdução de Zr pode promover a formação de uma fase ativa de Ni 2 P mais dispersa [ 28 ]; 4) Zr 4+
como doador de elétrons pode levar à transferência de elétrons de Ni para P, o que melhorará a
atividade de dissociação de hidrogênio do catalisador e contribuirá para a atividade HDO do
catalisador [ 29 ]; 5) a introdução adequada de Zr não danificará a estrutura de poros solicitada do
transportador original, mas aumentará o tamanho dos poros.

Tabela 6 . Composição oleosa do produto obtido de catalisadores com diferentes catalisadores. uma

Entrada Catalisador Alcano Oxigenado Isoparafina Alcano Olefinas Aromático C8∼C16


linear (% (% em (% em cíclico (% (% em (% em (% em
em peso) peso) peso) em peso) peso) peso) peso)

1 SBA-15-800 ° 49,01 2,31 1.01 11,62 29.11 6,94 61,16


C -20% Ni

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 14/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Entrada Catalisador Alcano Oxigenado Isoparafina Alcano Olefinas Aromático C8∼C16


Baixar Compartilhar Exportação
linear (% (% em (% em cíclico (% (% em (% em (% em
em peso) peso) peso) em peso) peso) peso) peso)

2 Si / Zr -40- 54,31 1,76 1,59 12,22 21,54 8,59 62,77


800 ° C –
20% Ni

3 Si / Zr-10- 67,80 1,86 1,82 9,71 9,25 9,56 62,22


800 ° C –
20% Ni

4 Si / Zr-2-800 45,32 1,97 1,63 21,38 7.61 22,09 70,21


° C –20% Ni

5 Si / Zr-10- 69,21 1,68 1,94 8,40 8,76 10.01 65,37


900 ° C –
20% Ni

6 Si / Zr-10- 55,79 2,25 1,42 14,24 15,85 10,46 62,89


700 ° C –
20% Ni

7 Si / Zr-10- 20,27 8,97 1,76 11,97 26,88 30.15 74,21


600 ° C –
20% Ni

8 Si / Zr-10- 71,73 0,92 2.04 6,46 8.02 10,83 63,17


800 ° C –30%
Ni

9 Si / Zr-10- 61,18 3,48 1,21 10,92 11,60 11,60 62,18


800 ° C –
40% Ni

10 1.03 95,95 00 0,01 2,95 0,06 20,36

11 Si / Zr-10- 43,83 27,55 00 4,89 21,58 2,15 33,72


800 ° C - 30%
Ni b

12 Si / Zr-10- 60,30 7.63 1.03 10,72 12,25 8.07 55,89


800 ° C –30%
Ni c

13 Si / Zr-10- 48,45 0,93 5.25 16,67 8.39 20,31 72,01


800 ° C - 30%
Ni d

uma
As condições de reacção: 0,2 g de catalisador com 25 ml de Jatropha óleo, 330 ° C, 4 h, hidrogénio puro,
inicial H 2 pressão foi 45 bar, agitação a 150 rpm.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 15/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

b
Baixar
250 ° C. Compartilhar Exportação

c
300 ° C.

d
350 ° C.

A taxa de desoxidação do catalisador a 900 ° C é ligeiramente superior à de 800 ° C. Deste ponto de


vista, 900 ° C parece ser uma melhor temperatura de redução (entradas comparadas 3 e 5). A partir dos
resultados do DRX (3.1.2, Fig. 6 ), a cristalinidade a 900 ° C é um pouco mais forte que a 800 ° C. No
entanto, vale ressaltar que o conteúdo de cada componente a 900 ° C é ligeiramente diferente do
conteúdo a 800 ° C, o que é atribuído ao fato de que o cristal de Ni 2 P foi formado quase
completamente a 800 ° C. Este resultado é consistente com os H 2 resultados -TPR em 3.1.2. No
entanto, consumo excessivo de energia a 900 ° C (mais energia consumida por H 2consumo e
aquecimento) e segurança experimental. Ao mesmo tempo, a formação da fase ZrP (caracterizada por
XPS, Fig. 7 (b)) será promovida a alta temperatura para facilitar a reação. Porque não há nenhuma
actividade do Ni 2 catalisador de fase P, a 600 ° C (caracterizado por DRX), que contém apenas
quantidades vestigiais da pobre cristalinidade Ni 12 P 5 fase, de modo que o bom desempenho do
catalisador é marcadamente menor do que o de os outros três grupos, que em estudos anteriores
sobre a temperatura de redução de fase de Ni 2 P, geralmente são superiores a 650 ° C.

Os dados na tabela mostram que, à medida que as cargas aumentavam (entradas 3, 8 e 9), o conteúdo
de alcanos aumentava antes de diminuir e os compostos contendo oxigênio eram opostos, indicando
que os componentes ativos se aglomeravam sob altas cargas. A dispersão é reduzida, possivelmente
causando gargalos na estrutura do canal transportador, de modo que a seletividade dos alcanos e a
taxa de desoxidação diminuem.

Como o combustível biológico para aviação contém C8∼C16 [ 30 ], o conteúdo do componente C8


CC16 é adicionado ao óleo do produto para estimar o conteúdo geral do combustível biológico para
aviação. Os componentes de C8∼C16 no produto catalisado por óleo representam mais de 60% em
peso. Além disso, o valor (entradas 1, 2, 3 e 4) aumentou com o aumento da quantidade de dopagem
de Zr, o que estava relacionado às rachaduras causadas pelo aumento gradual do valor ácido do
catalisador. C8~C16 do catalisador de redução é responsável por tanto quanto 74,21% em peso a 600 °
C (entrada 7), Ni 12 P 5 como a fase activa é mais provável do que Ni 2 P para fazer com que a reacção de
roer.

O efeito da temperatura da reação no efeito catalítico também foi testado (entradas 8, 10, 11, 12 e 13). À
medida que a temperatura da reação aumenta, o conteúdo de oxigênio do produto diminui
rapidamente. O desempenho da hidrodeoxigenação a 330 ° C e 350 ° C é basicamente o mesmo, mas a
alta temperatura levará a ciclização, aromatização e rachaduras excessivas. No experimento, medimos
a proporção água-óleo do produto líquido a 350 ° C (relação volume acima de 1:11), que é maior que a
relação água-óleo sob outras condições (relação volume abaixo de 1: 12,5) . Acontece que é mais
provável que o oxigênio seja removido na forma de água em altas temperaturas de reação
(hidrodeoxigenação). Os resultados calculados por Zhang [ 31] et al. prove isso. Além disso, o volume
do produto da fase oleosa (cerca de 11 mL, os outros grupos têm mais de 12 mL) é reduzido devido a
fortes trincas a alta temperatura.
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 16/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Como o conteúdo de compostos aromáticos é um importante indicador do querosene da bioaviação, o


Baixar
conteúdo Compartilhar
específico Exportação
de vários compostos aromáticos está listado na Tabela 7.separadamente. O
doping excessivo de Zr (entradas comparadas 1,2,3 e 4) levará a um aumento no conteúdo do produto
de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos e à ocorrência de hidrocarbonetos aromáticos
tetracíclicos. Os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos causam uma diminuição de propriedades
como fumaça e não são os componentes ideais de combustível de aviação. O conteúdo de
hidrocarbonetos aromáticos monocíclicos aumenta gradualmente para 100% quando a temperatura
de redução é elevada (entradas comparadas 2,5,6 e 7), indicando que o aumento na temperatura de
redução é propício para inibir a geração de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos.
Simultaneamente, cargas moderadas de Ni (entrada 8) inibem a formação de hidrocarbonetos
aromáticos policíclicos.

Tabela 7 . Teor de cada hidrocarboneto aromático no óleo do produto como uma porcentagem do teor
aromático total.

Entrada Catalisador Aromático monocíclico (% Aromático bicíclico (% Tetra aromático (% em


em peso) em peso) peso)

1 SBA-15-800 ° C -20% 95,52 4,48 00


Ni

2 Si / Zr -40-800 ° C – 98,82 1,18 00


20% Ni

3 Si / Zr-10-800 ° C – 98,52 1,48 00


20% Ni

4 Si / Zr-2-800 ° C – 91,02 8.47 0,57


20% Ni

5 Si / Zr-10-900 ° C – 100 00 00
20% Ni

6 Si / Zr-10-700 ° C – 98,49 1,51 1


20% Ni

7 Si / Zr-10-600 ° C – 91,82 7.18 00


20% Ni

8 Si / Zr-10-800 ° C – 100 00 00
30% Ni

9 Si / Zr-10-800 ° C – 95,87 4.13 00


40% Ni

A Tabela 8 mostra a porcentagem de alcanos de cadeia linear no óleo do produto catalisado por
catalisadores com diferentes n (Si) / n (Zr). Comparando o comprimento da cadeia de carbono do
composto antes e depois da reação, o conteúdo de heptadecano é maior que o de octadecano e o
conteúdo de pentadecano é maior que o de cetano. É indicado que o elemento de oxigênio no
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 17/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

composto lipídico é removido principalmente por hidrodecarboxilação e hidrodecarbonilação. Há


Baixar ( Fig.
outra evidência Compartilhar
9 ) de que o COExportação
e o CO 2foram detectados no produto gasoso, enquanto vestígios
de cracking também foram detectados, e seus componentes eram complexos, contendo metano,
etano, propano et al. E o elemento de oxigênio removido pela reação de hidrodeoxigenação é menor
(uma pequena quantidade de água foi observada no produto líquido). Também observamos compostos
oxigenados residuais na forma de aldeídos, cetonas e álcoois, sem lipídios residuais ou compostos de
ácidos graxos. Como intermediários, os aldeídos são formados pela redução de ácidos graxos,
enquanto os álcoois vêm da redução adicional de aldeídos ou da redução direta de ácidos graxos [ 32 ].

Tabela 8 . Composição de alcanos lineares no óleo do produto catalisado por Ni 2 P / Zr-SBA-15 com
diferentes n (Si) / n (Zr).

n (Si) / n C3∼C14 (% C15 (% em C16 (% em C17 (% em C18 (% em C19∼C25 (% Alcano linear (%


(Zr) em peso) peso) peso) peso) peso) em peso) em peso)

SBA-15 52,92 12,93 4.56 22,27 3.01 4,32 49,01

40. 58,02 11,42 3,91 20.13 2,85 3,67 54,31

10 61,32 11.06 4.04 18,06 2,34 3,78 67,80

2 73,83 9,79 3,80 8.37 1,31 2,89 45,32

Além disso, o produto também contém um grande número de alcanos de cadeia curta, que são
produtos de pirólise, acompanhados pela geração de alcenos do tipo cadeia. Com o aumento do teor
de Zr, o valor do ácido aumenta e a reação de quebra se torna mais óbvia. H 2 foi consumido em
grande quantidade no processo de saturação hidrodesoxigenação e hidrogenação. Devido à
versatilidade única do Ni 2Materiais P / Zr-SBA-15, incluindo a acidez do Zr-SBA-15 e a atividade de
desidrogenação do Ni (essas duas propriedades desempenham um papel importante após o término
da hidrodeoxigenação). E sob condição catalítica ácida faz com que os alcanos e olefinas sejam
isomerizados ou ciclizados sob condições adversas de reação (alta temperatura e pressão) para
produzir isoparafinas e alcanos cíclicos. As isoparafinas também têm uma tendência a desidrociclar.
Os alcanos cíclicos continuam a desidrogenar para produzir compostos aromáticos. Essa série de
reações é um processo reversível e, finalmente, atinge o equilíbrio. Esses processos ocorrem através da
sinergia da acidez e da catálise metálica do catalisador. Ao mesmo tempo, alcanos de cadeia longa
estão presentes, como o icosano, que deve ser gerado pela reação de superposição de olefinas.

3.3 . Análise das propriedades físicas e químicas do óleo do produto


Conforme mostrado na Fig. 10 , que é um conjunto de curvas de análise da faixa de destilação de óleo
do produto, a área entre as linhas pontilhadas representa a faixa de destilação do combustível de
aviação nº 3 (140–240 ° C), onde o rendimento foi de 28% .

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 18/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Baixar Compartilhar Exportação

Download: Baixar imagem em alta resolução (132KB) Download: Download da imagem em tamanho real

Fig. 10 . Faixa de destilação catalítica do óleo do produto com n (Si) / n (Zr) = 10, redução de 800 ° C,
30% em peso de catalisador suportado por Ni.

Quadro 9mostra os dados de conteúdo de vários compostos nos componentes C8-C16 de um grupo
de óleos de produtos. Observa-se que o conteúdo de parafina linear atinge 79,25% e o de cicloparafina
atinge 6,72%, o que garante excelente desempenho de combustão. O teor de olefina é de 3,72%,
inferior ao requisito técnico (combustível de aviação nº 3 GB 6537-2006), declarando que o teor de
olefina deve ser inferior a 5,0%. O conteúdo aromático foi de 10,13%, abaixo do regulamento que
estabelece que o conteúdo aromático para o requisito técnico não deve exceder 20%; ao mesmo
tempo, para atender a ASTM-D7566-2017b X1.4.2.2, os regulamentos para a expansão de combustível
de turbina de aviação de hidrocarboneto sintético exigem que o conteúdo aromático não seja inferior
a 8%, conforme proposto na especificação padrão (ASTM- D7566-2017b X1.4.2.2). É desejável um nível
mínimo de aromáticos para garantir que o encolhimento do selante elastomérico envelhecido e o
vazamento de combustível associado sejam evitados. Os parâmetros acima atendem aos requisitos de
composição do combustível de aviação para aviação em termos dos dois requisitos técnicos (ASTM-
D7566-2017b Tabela 1 ; Combustível de aviação nº 3 GB 6537-2006, Tabela 1 ), provando ser uma
excelente composição para combustível de aviação.

Tabela 9 . Conteúdo dos componentes de óleo do produto C8∼C16 com n (Si) / n (Zr) = 10, redução de
800 ° C, catalisador suportado em 30% em peso de Ni.

Alcano linear Oxigenado Isoparafina Alcano cíclico Olefina (% Aromático Hidrocarboneto aromático
(% em peso) (% em peso) (% em peso) (% em peso) em peso) (% em peso) monocíclico (% em peso)

79,25 00 0,18 6,72 3,72 10.13 100

De acordo com o método de determinação laboratorial de densidade de produtos petrolíferos GB / T


1884-2000, usado para medir a densidade de óleos de produtos, os resultados mostraram que a

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 19/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

densidade do óleo de produtos é de 811 a 835 kg / m 3 , atendendo às disposições do os requisitos


técnicosBaixar Compartilhar
da densidade Exportação
do óleo ( ASTM-D7566-2017b, tabela 1 ); além disso, isso é diferente do estudo
anterior, no qual as características de densidade de combustível do biojato eram mais baixas. Essa
densidade do produto está mais próxima da densidade do óleo diesel de petróleo. No entanto, é
necessário continuar a realizar testes abrangentes sobre os indicadores físicos e químicos do produto.

4 . Conclusões
Um novo catalisador multifuncional Ni 2 P / Zr-SBA-15 foi preparado e as relações entre os
parâmetros de preparação (n (Si) / n (Zr), temperatura de redução e carga de Ni) e a estrutura e
propriedades do catalisador foram investigado. Uma nova fase, a ZrP, foi encontrada no catalisador,
que reagiu sinergicamente com a fase ativa Ni 2P para aumentar a atividade. O catalisador exibe
excelente desempenho de desoxidação, ciclização especial, atividade de aromatização e desempenho
de trincas quando hidrogenado para produzir biocombustíveis a partir do óleo de Jatropha. Este
estudo aborda os problemas nos quais alcanos cíclicos e aromáticos são difíceis de produzir a partir
do processo de hidrotratamento de óleos vegetais. Os parâmetros ótimos de preparação para o
catalisador foram a de n (Si) / n (Zr) de 10, uma temperatura de redução de 800 ° C e uma carga de Ni
de 30% em peso. O componente C8∼C16 representa mais de 60% em peso do óleo do produto; o
componente principal são 79,25% em peso de alcanos lineares, o conteúdo de oxigênio é 0, o
conteúdo de cicloalcano é 6,72% e o conteúdo de compostos aromáticos é 10,13% em peso (todos
compostos por hidrocarbonetos aromáticos monocíclicos). A quantidade desse componente excede a
encontrada no querosene de bioaviação relatado anteriormente em termos de densidade e conteúdo
aromático. Atingir um verdadeiro processo de hidrogenação em uma etapa para preparar
componentes de combustível de aviação de alta qualidade. É possível tornar o querosene de bioaviação
mais adequado para substituir o querosene de aviação fóssil.

Contribuição do autor
Qihang Tan: Metodologia, Validação, Análise Formal, Investigação, Redação - Rascunho Original,
Visualização. Yang Cao: Supervisão, Aquisição de fundos. Jin Li: Conceitualização, Recursos, Redação -
Revisão e Edição, Administração de projetos.

Declaração de interesse concorrente


Os autores declaram que não têm interesses financeiros concorrentes ou relacionamentos pessoais
que possam parecer influenciar o trabalho relatado neste artigo.

Agradecimentos
Este trabalho foi apoiado pelo Departamento Provincial de Ciência e Tecnologia de Hainan (
ZDYF2018134 ).

Apêndice .

ASTM-D7566-2017b Tabela 1:

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 20/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Tabela 1 . Requisitos detalhados dos combustíveis para turbinas de aviação que contêm
Baixar
hidrocarbonetos CompartilharA
sintetizados Exportação

Parte 1 - Requisitos básicos

Propriedade Jato A ou Jato A-1 Método de Teste B

COMPOSIÇÃO

Acidez, mg total de KOH / g Máx. 0,10 D3242 / IP 354

Aromáticos: Um dos seguintes requisitos deve ser atendido:

1. Aromáticos, percentual em volume Máx. 25 D1319 ou IP 156

2. Aromáticos, percentual em volume Máx. 26,5 D6379 / IP 436

Enxofre, mercaptano, percentagem em Máx. 0,003 D3227 / IP 342


massa de C

Enxofre, percentagem em massa total Máx. 0,30 D1266, D2622, D4294, D5453 ou IP
336

VOLATILIDADE

Destilação D2887 / IP 406 D ou D86 E ou IP 123


E

Temperatura de destilação, ° C: D7345 F

 10% recuperado, temperatura (T10) Máx. 205

 50% recuperado, temperatura (T50) relatório

 90% recuperado, temperatura (T90) relatório

 Final boiling point, temperature Max 300

Distillation residue, percent Max 1.5

Distillation loss, percent Max 1.5

Flash point, °C Min 38G D56 or D3828H, IP 170H or IP 523H

Density at 15 °C, kg/m3 775 to 840 D1298/IP 160 or D4052 or IP 365

FLUIDITY

Freezing point, °C Max −40 Jet AI D5972/IP 435, D7153/IP 529,


D7154/IP 528, or D2386/IP 16

Viscosity −20 °C, mm2/sJ Max −47 Jet A-1I D445/IP 71, Section 1, D7042K or
8.0 D7945

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 21/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Parte 1 - Requisitos básicos


Baixar Compartilhar Exportação
Propriedade Jato A ou Jato A-1 Método de Teste B

COMBUSTION

Net heat of combustion, MJ/kg Min 42.8L D4529, D3338, D4809 or IP 12

One of the following requirements shall


be met:

 (1) Smoke point, mm, or Min 25.0 D1322/IP 598

 (2) Smoke point, mm, and Min 18.0 D1322/IP 598

Naphthalenes, volume, percent Max 3.0 D1840

CORROSION

Copper strip, 2 h at 100 °C Max No. 1 D130/IP 154

THERMAL STABILITY

2.5 h at control temperature of 260 °C, D3241M/IP 323M


min

 Filter pressure drop, mm Hg Max 25

 Tube rating: One of the following


requirements shall be met:N

 (1) Annex A1 VTR, VTR Color Code Less 3


than
No peacock or
abnormal color deposits

 (2) Annex A2 ITR or Annex A3 ETR, nm Max 85


avg over area of 2.5 mm2

CONTAMINANTS

Existent gum, mg/100 mL Max 7 D381, IP 540

Microseparometer,O Rating D3948

 Without electrical conductivity additive Min 85

 With electrical conductivity additive Min 70

ADDITIVES See 6.3

Electrical conductivity, pS/m p D2624/IP 247

Part 2—Extended Requirements

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 22/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Parte 1 - Requisitos básicos


Baixar Compartilhar Exportação
Propriedade Jato A ou Jato A-1 Método de Teste B

Property Jet A or Jet A-1 Test MethodB

COMPOSITION

Aromatics: One of the following requirements shall be met

1. Aromatics, volume percent MinQ,R 8 D1319 or IP 156

2. Aromatics, volume percent MinQ,R 8 D6379/IP 436

VOLATILITY

Distillation D2887/IP 406D, D86E or IP 123E

T50-T10, °C MinR,S 15

T90-T10, °C MinR,S 40

LUBRICITY

Lubricity,P,O mm Max 0.85 D5001

FLUIDITYT

Viscosity −40 °C, mm2/s Max 12 D445U/IP 71, Section 1U, or D7945

A For compliance of test results against the requirements of Table 1, see 7.3.

B The test methods indicated in this table are referred to in Section 11.

C The mercaptan sulfur determination may be waived if the fuel is considered sweet by the doctor test described in
Test Method D4952 or IP 30.

D Distillation property criteria are specifified in D86 or IP 123 scale units. D2887/IP 406 results shall be converted to
estimated D86 or IP 123 results by application of the correlation in Appendix X5 of D2887 or Annex G of IP 406 for
comparison with the specifified property criteria. Distillation residue and loss limits provide control of the
distillation process during the D86 and IP 123 test methods and do not apply to D2887/IP 406. Distillation residue
and loss shall be reported as “not applicable” (N/A) when reporting D2887/IP 406 results.

E D86 or IP 123 distillation of jet fuel is run at Group 4 conditions, except Group 3 condenser temperature is used.

F Results from Test Method D7345 shall be the bias-corrected.

G A higher minimum flflash point specifification may be agreed upon between purchaser and supplier.

H Results obtained by other test methods can be up to 2 °C lower than those obtained by Test Method D56, which is
the preferred method. In case of dispute, Test Method D56 will apply.

I Other freezing points may be agreed upon between supplier and purchaser.

J 1 mm2/s = 1 cSt.

K Test Method D7042 results shall be converted to bias-corrected kinematic viscosity results by the application of the
correction described in Test Method D7042, section 15.4.4.
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 23/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…
L For all grades use either Eq 1 or Table 1 in Test Method D4529 or Eq 2 in Test Method D3338 or IP 12. Test
Method Baixar Compartilhar
D4809 may be Exportação
used as an alternative. In case of dispute, Test Method D4809 shall be used.

M D3241/IP 323 Thermal Stability is a critical aviation fuel test, the results of which are used to assess the suitability
of jet fuel for aviation operational safety and regulatory compliance. The integrity of D3241/IP 323 testing requires
that heater tubes (test coupons) meet the requirements of D3241 Table 2 and give equivalent D3241 results to the
heater tubes supplied by the original equipment manufacturer (OEM). A test protocol to demonstrate equivalence of
heater tubes from other suppliers is on fifile at ASTM International Headquarters and can be obtained by requesting
Research Report RR:D02-1550. Heater tubes and fifilter kits, manufactured by the OEM (PAC, 8824 Fallbrook Drive,
Houston, TX 77064) were used in the development of the D3241/IP 323 test method. Heater tube and fifilter kits,
manufactured by Falex (Falex Corporation, 1020 Airpark Dr., Sugar Grove, IL, 60554-9585) were demonstrated to give
equivalent results (see D3241 for research report references). These historical facts should not be construed as an
endorsement or certifification by ASTM International.

N Tube deposit ratings shall be measured by D3241 Annex A2 ITR or Annex A3 ETR, when available. If the Annex A2
ITR device reports “N/A” for a tube’s volume measurement, the test shall be a failure and the value reported as
>85 nm. Visual rating of the heater tube by the method in D3241 Annex A1 is not required when Annex A2 ITR or
Annex A3 ETR deposit thickness measurements are reported. In case of dispute between results from visual and
metrological methods, the referee shall be considered the Annex A3 ETR method if available, otherwise Annex A2
ITR.

O At point of manufacture.

P If electrical conductivity additive is used, the conductivity shall not exceed 600 pS/m at the point of use of the fuel.
When electrical conductivity additive is specifified by the purchaser, the conductivity shall be 50 pS ⁄m to 600 pS/m
under the conditions at point of delivery. (1 pS/m = 1 × 10-12 Ω-1m-1).

Q Minimum aromatics contents are based on current experience with the approved synthetic fuels and those levels
were established from what is typical for refifined jet fuel. Research is ongoing on the actual need for aromatics.

R The minimum aromatics and distillation slope criteria only apply to aviation turbine fuels containing synthesized
hydrocarbons produced to this specifification and are not applicable to conventional aviation turbine fuels produced
to Specifification D1655. Some batches of aviation turbine fuels produced to Specifification D1655 may not meet the
minimum aromatics and distillation slope criteria specifified in Table 1 of this specifification.

S These distillation slope limits are based on current experience with the approved synthetic fuels and these values
were established from what is typical for refifined jet fuel. Research is ongoing on the actual requirements for
distillation slope.

T The fl fluidity requirement applies only to jet fuel containing HEFA-SPK specifified in Annex A2 and synthesized
iso-paraffins specifified in Annex A3 and blended in accordance with 6.1.2 and 6.1.3. It does not apply to jet fuel
containing Annex A1, Annex A4, and Annex A5 synthesized components blended in accordance with 6.1.1, 6.1.2, or
6.1.4.

U D445 or IP 71, Section 1 allows measuring the viscosity at −40 °C, however the precision values were determined
down to −20 °C. Data correlating test results at −40 °C for D445 and other related ASTM test methods is provided in
Research Report RR:D02-1776, Evaluation of Synthesized Iso-Paraffins produced from Hydroprocessed Fermented
Sugars (SIP Fuels), prepared by TOTAL New Energies, Amyris, Inc. and the United States Air Force Research

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 24/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Laboratory (AFRL), Final Version, February 2014. A revision to Test Method D445 to specify measurement precision
at −40 °CBaixar Compartilhar
is in process. Exportação

ASTM-D7566-2017b Table A2.1:

Table A2.1. Detailed batch requirements; SPK from hydroprocessed esters and fatty acidsa

Property HEFA–SPK Test MethodB

COMPOSITION

Acidity, total mg KOH/g Max 0.015 D3242/IP 354

VOLATILITY

Distillation—both of the following


requirements shall be met:

1. Physical Distillation D86C or IP 123 C or D7345

Distillation temperature, °C:

 10% recovered, temperature (T10) Max 205

 50% recovered, temperature (T50) report

 90% recovered, temperature (T90) report

 Final boiling point, temperature Max 300

 T90-T10, °C Min 22

 Distillation residue, percent Max 1.5

 Distillation loss, percent Max 1.5

2. Simulated Distillation D2887

Distillation temperature, °C:

 10% recovered, temperature (T10) report

 50% recovered, temperature (T50) report

 90% recovered, temperature (T90) report

 Final boiling point, temperature report

Flash point, °C Min 38D D56, D3828 E, IP 170E or IP 523 E

Density at 15 °C, kg/m3 730–772F D1298/IP 160, D4052 or IP 365

Freezing point, °C Max −40 D5972/IP 435, D7153/IP 529, D7154/IP


528, or D2386/IP 16

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 25/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Property HEFA–SPK Test MethodB


Baixar Compartilhar Exportação
Existent gum, mg/100 mL Max 7 D381, IP 540

FAME, ppm Max <5 IP 585 or IP 590

Thermal Stability (2.5 h at control temperature)

 Temperature, °C Min 325G D3241H/IP 323H

 Filter pressure drop, mm Hg Max 25

Tube rating: One of the followingrequirements shall be met: I

 (1) Annex A1 VTR, Less 3


than

 VTR Color Code No peacock or abnormal


color deposits

 (2) Annex A2 ITR or Annex A3 Max 85

 ETR, nm avg over area of 2.5 mm2

ADDITIVES

Antioxidants, mg/LJ Min 17

Max 24

A For compliance of test results against the requirements of Table A2.1, see 7.4.

B The test methods indicated in this table are referred to in A2.5.2.

C D86 or IP 123 distillation of jet fuel is run at Group 4 conditions, except Group 3 condenser temperature is used.

D A higher or lower minimum flflash point specifification may be agreed upon between purchaser and supplier.
When the agreed flflash point is less then 38 °C then the product shall not be known as SPK or as kerosine, but may
be used as an Annex A2 blending component.

E Results obtained by other test methods can be up to 2 °C lower than those obtained by Test Method D56, which is
the preferred method. In case of dispute, Test Method D56 will apply.

F Supporting data related to the maximum density limit has been fulfilled at ASTM International Headquarters and
may be obtained by requesting Research Report RR:D02-1881. Contact ASTM Customer Service at service@astm.org.

G Control temperature of 325 °C is specifified to provide a recurring, batch-by-batch verification of process stability
and compositional consistency.

H D3241/IP 323 Thermal Stability is a critical aviation fuel test, the results of which are used to assess the suitability
of jet fuel for aviation operational safety and regulatory compliance. The integrity of D3241/IP 323 testing requires
that heater tubes (test coupons) meet the requirements of D3241 Table 2 and give equivalent D3241 results to the
heater tubes supplied by the original equipment manufacturer (OEM). A test protocol to demonstrate equivalence of

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 26/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

heater tubes from other suppliers is on fifile at ASTM International Headquarters and can be obtained by requesting
ResearchBaixar Compartilhar
Report RR:D02-1550. Exportação
Heater tubes and fifilter kits, manufactured by the OEM (PAC, 8824 Fallbrook Drive,
Houston, TX 77064) were used in the development of the D3241/IP 323 test method. Heater tube and fifilter kits,
manufactured by Falex (Falex Corporation, 1020 Airpark Dr., Sugar Grove, IL, 60554-9585) were demonstrated to give
equivalent results (see D3241 for research report references). These historical facts should not be construed as an
endorsement or certifification by ASTM International.

I Tube deposit ratings shall be measured by D3241 Annex A2 ITR or Annex A3 ETR, when available. If the Annex A2
ITR device reports “N/A” for a tube’s volume measurement, the test shall be a failure and the value reported as
>85 nm. Visual rating of the heater tube by the method in D3241 Annex A1 is not required when Annex A2 ITR or
Annex A3 ETR deposit thickness measurements are reported. In case of dispute between results from visual and
metrological methods, the referee shall be considered the Annex A3 ETR method if available, otherwise Annex A2
ITR.

J Antioxidant shall be added to the bulk product prior to movements or operations that will significantly expose the
product to air and in such a way as to ensure adequate mixing. This shall be done as soon as practicable after
hydroprocessing or fractionation to prevent peroxidation and gum formation after manufacture. In-line injection
and tank blenders are considered acceptable methods for ensuring adequate mixing.

Artigos recomendados Citando artigos (0)

References
[1] G.W. Huber, S. Iborra, A. Corma
Synthesis of transportation fuels from Biomass: chemistry, catalysts, and engineering
Chem. Rev., 106 (2006), pp. 4044-4098
https://10.1021/cr068360d
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[2] Y. Yang, H. Luo, G. Tong, et al.


Hydrodeoxygenation of phenolic model compounds over MoS2 catalysts with different
structures
Chin. J. Chem. Eng., 16 (5) (2008), pp. 733-739
https://10.1016/s1004-9541(08)60148-2
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[3] F. Perry
ICAO members reach historic agreement on climate change
(2010-10-11)
http://atwonline.com/international-aviationregulation/news/icao-members-reach-historic-
agreement-climate-change-1009
Google Scholar

[4] M. Herskowitz, M. Landau, I. Reinzer, et al.


Production of Diesel Fuel from Vegetable and Animal Oils: US
(2006-09-28)
20060207166

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 27/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Google Scholar
Baixar Compartilhar Exportação
[5] C. Wang, Z. Tian, L. Wang, et al.
One-step hydrotreatment of vegetable oil to produce high quality diesel-range alkanes
Chemsuschem, 5 (10) (2012), pp. 1974-1983
https://10.1002/cssc.201200219
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[6] T. Hengsawad, C. Srimingkwanchai, S. Butnark, et al.


Effect of metal-acid balance on hydroprocessed renewable jet fuel synthesis from
hydrocracking and hydroisomerization of bio-hydrogenated diesel over Pt-supported catalysts
Ind. Eng. Chem. Res., 57 (5) (2018), pp. 1429-1440, 10.1021/acs.iecr.7b04711
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[7] Y. Hao, Y. Chen, Q. Liu, et al.


Prepan of biological aviation kerosene from Jatropha curcas oil by one-step hydrogenation
with Pt/SAPO-11 as catalyst
China Oils Fats (6) (2017), pp. 110-114
View Record in Scopus Google Scholar

[8] X. Zhang, Y. Chen, Y. Gao, et al.


Prepan of bio-aviation kerosene from Jatropha oil by one-step hydrogenation
China Oils Fats (1) (2018), pp. 48-51
View Record in Scopus Google Scholar

[9] B. Hočevar, M. Grilc, M. Huš, et al.


Mechanism, ab initio, calculations and microkinetics of hydrogenation, hydrodeoxygenation,
double bond migration and, cis–trans, isomerisation during hydrotreatment of C6, secondary
alcohol species and ketones
Appl. Catal. B Environ., 218 (2017), pp. 147-162
https://10.1016/j.apcatb.2017.06.046
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[10] O. Manuel, O. Nika, D. Goran, et al.


Conversion of palmitic acid over Bi-functional Ni/ZSM-5 catalyst: effect of stoichiometric
Ni/Al molar ratio
Top. Catal., 61 (15–17) (2018), pp. 1757-1768
https://10.1007/s11244-018-1046-7
Google Scholar

[11] H. Brigita, G. Miha, H. Matej, et al.


Mechanism, ab initio calculations and microkinetics of straight-chain alcohol, ether, ester,
aldehyde and carboxylic acid hydrodeoxygenation
Chem. Eng. J., 359 (2019), pp. 1339-1351
https://10.1016/j.cej.2018.11.045
Google Scholar

[12] Y. Yang, Ochoa-Hernández, Cristina, P. Pizarro, et al.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 28/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Influence of the Ni/P and metal loading on the performance of NixPy/SBA-15 catalysts for the
Baixar Compartilhar
hydrodeoxygenation Exportação
of methyl oleate
Fuel, 144 (2015), pp. 60-70
https://10.1016/j.fuel.2014.12.008
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[13] S. Yang, C. Liang, R. Prins


Prepan and hydrotreating activity of unsupported nickel phosphide with high surface area
J. Catal., 241 (2) (2006), pp. 465-469
https://10.1016/j.jcat.2006.05.014
Article Download PDF CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[14] S.T. Oyama, Y.K. Lee


The active site of nickel phosphide catalysts for the hydrodesulfurization of 4,6-DMDBT
J. Catal., 258 (2) (2008), pp. 393-400
https://10.1016/j.jcat.2008.06.023
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[15] Tamás I. Korányi, Vít Zdeněk, D.G. Poduval, et al.


SBA-15-supported nickel phosphide hydrotreating catalysts
J. Catal., 253 (1) (2008), pp. 119-131
https://10.1016/j.jcat.2007.10.012
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[16] T. Koranyi, A. Coumans, E. Hensen, et al.


The influence of metal loading and activation on mesoporous materials supported nickel
phosphide hydrotreating catalysts
Appl. Catal. A Gen., 365 (1) (2009), pp. 48-54
https://10.1016/j.apcata.2009.05.048
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[17] A.W. Burns, A.F. Gaudette, M.E. Bussell


Hydrodesulfurization properties of cobalt–nickel phosphide catalysts: Ni-rich materials are
highly active
J. Catal., 260 (2) (2008), pp. 262-269
https://10.1016/j.jcat.2008.10.001
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[18] Y. Yang, Cristina Ochoa-Hernández, A. Víctor


de la Peña O’Shea, et al. Ni2P/SBA-15 as a hydrodeoxygenation catalyst with enhanced
selectivity for the conversion of methyl oleate into n-octadecane
ACS Catal., 2 (4) (2016), p. 592
https://10.1021/cs200659r
View Record in Scopus Google Scholar

[19] Y. Usami, T. Hongo, A. Yamazaki


Thermal stability and behavior of platelet-shaped SBA-15 containing Zr
J. Porous Mater., 19 (5) (2012), pp. 897-902
https://10.1007/s10934-011-9547-9
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 29/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

CrossRef View Record in Scopus Google Scholar


Baixar Compartilhar Exportação
[20] Z. Qian, Z. Xuping, L. Yanhui, et al.
Effect of the thermal and hydrothermal treatment on textural properties of Zr-MCM-41
mesoporous molecular sieve
Appl. Surf. Sci., 255 (12) (2009), pp. 6397-6403
https://10.1016/j.apsusc.2009.02.024
Google Scholar

[21] Y. Usami, T. Hongo, A. Yamazaki


Thermal stability and behavior of platelet-shaped SBA-15 containing Zr
J. Porous Mater., 19 (5) (2012), pp. 897-902, 10.1007/s10934-011-9547-9
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[22] C. Stinner, Z. Tang, M. Haouas, et al.


Prepan and 31P NMR characterization of nickel phosphides on silica
J. Catal., 208 (2) (2002), pp. 456-466
https://10.1006/jcat.2002.3577
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[23] S. Delsante, C. Schmetterer, H. Ipser, et al.


Thermodynamic investigation of the Ni-rich side of the Ni−P system
J. Chem. Eng. Data, 55 (9) (2010), pp. 3468-3473
https://10.1021/je100166z
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[24] H. Song, J. Wang, Z. Wang, et al.


Effect of titanium content on dibenzothiophene HDS performance over Ni2P/Ti-MCM-41
catalyst
J. Catal., 311 (2014), pp. 257-265
https://10.1016/j.jcat.2013.11.021
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[25] J.A. Cecilia, A. Infantes-Molina, E. Rodríguez-Castellón, et al.


A novel method for preparing an active nickel phosphide catalyst for HDS of
dibenzothiophene
J. Catal., 263 (1) (2009), pp. 4-15
https://10.1016/j.jcat.2009.02.013
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[26] B. Pan, Q. Zhang, W. Du, et al.


Selective heavy metals removal from waters by amorphous zirconium phosphate: behavior and
mechanism
Water Res., 41 (14) (2007), pp. 0-3111
https://10.1016/j.watres.2007.03.004
Google Scholar

[27] S.T. Oyama, X. Wang, Y.K. Lee, et al.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 30/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Effect of phosphorus content in nickel phosphide catalysts studied by XAFS and other
Baixar
techniquesCompartilhar Exportação
J. Catal., 210 (1) (2002), pp. 207-217
https://10.1006/jcat.2002.3681
Article Download PDF View Record in Scopus Google Scholar

[28] H.Q. Ma, Q.R. Li, Y. Shi, X. Sun


Ni2P/ZrO2-SBA-15 dibenzothiophene hydrodesulfurization catalysts: preparation,
characterization and evaluation
Trans. Tianjin Univ., 24 (2018), pp. 340-350, 10.1007/s12209-017-0099-1
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[29] K. Li, R. Wang, J. Chen


Hydrodeoxygenation of anisole over silica-supported Ni2P, MoP, and NiMoP catalysts
Energy Fuel., 25 (3) (2011), pp. 854-863
https://10.1021/ef101258j
CrossRef View Record in Scopus Google Scholar

[30] Y.J. Zhou, E.J. Kerkhoven, N. Jens


Barriers and opportunities in bio-based production of hydrocarbons
Nat. Energy (2018)
https://10.1038/s41560-018-0197-x
Google Scholar

[31] Chao Zhang, Hong Nie, Xiaodong Gao, et al.


Hydrodeoxygenation rules of palm oil
Acta Petrolsi Sinica (Petrol. Proces. Section), 30 (4) (2014), pp. 587-594
https://10.3969/j.issn.1001-8719.2014.04.003
View Record in Scopus Google Scholar

[32] H. Zhang, H. Lin, W. Wang, et al.


Hydroprocessing of waste cooking oil over a dispersed nano catalyst: kinetics study and
temperature effect
Appl. Catal. B Environ., 150–151 (9) (2014), pp. 238-248
https://10.1016/j.apcatb.2013.12.006
Download de artigo PDF Visualizar registro no Scopus Google Scholar

Ver Resumo

© 2019 Elsevier Ltd. Todos os direitos reservados.

Sobre o ScienceDirect Acesso remoto Carrinho de compras Anunciar Contato e suporte Termos e Condições
Política de Privacidade

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 31/32
15/01/2020 Catalisador multifuncional preparado Ni2P / Zr-SBA-15 e óleo de pinhão-manso catalisado para produzir combustível de bioaviaçã…

Utilizamos cookies para ajudar a fornecer e aprimorar nosso serviço e personalizar conteúdos e anúncios. Ao continuar, você
concorda com o uso de cookies
Baixar .
Compartilhar Exportação
Copyright © 2020 Elsevier BV ou seus licenciadores ou colaboradores. ScienceDirect ® é uma marca registrada da Elsevier BV
ScienceDirect ® é uma marca registrada da Elsevier BV

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960148119319019 32/32

Você também pode gostar