Você está na página 1de 3

Ficha de trabalho Nº 5

O.T.E.T

A importância do marketing digital para o comércio electrónico

Vamos supor que você tenha um ponto comercial (loja, empresa e etc.), um estabelecimento onde o seu público-
alvo seja o consumidor final. O que você tem que fazer para atrair os clientes? – vejam bem: atrair é diferente de
comprar, isto já depende de outros factores no ponto de venda (atendimento, qualidade e etc.) – a resposta é
simples, não é? Divulgação. Noutras palavras, tornar público.

A sua marca precisa ser vista para ser lembrada. As estratégias de marketing tradicionais, através, por exemplo, da
PUBLICIDADE tradicional (anúncios na TV, revista, jornais, outdoors, entre outros meios de divulgação off-line) é
extremamente importante para que as marcas alcancem sucesso.

Pois bem, já dá pra imaginar porque o marketing digital é importante para o comércio electrónico? Possivelmente
sim não é mesmo? Uma comparação perspicaz, se é que podemos dizer assim tendo em vista que as marcas
também devem estar presentes no meio on-line, permite dizer que: assim como o marketing tradicional está para as
lojas físicas, o marketing digital está para as lojas virtuais. Segmento que tem crescido cada vez mais com a forte
influência da internet.

Também chamado de e-commerce, o comércio electrónico pode ser encontrado em diferentes formatos.

Mas como utilizar o marketing digital para alavancar o sucesso do e-commerce?

Dentro do marketing digital podemos encontrar uma infinidade de meios para aproximar e atrair as pessoas de um
negócio on-line, independente do segmento a ser trabalhado. Por isso, antes de qualquer coisa, é necessário um
planeamento. Ao planear será possível identificar os meios mais
relevantes para a divulgação do negócio.

Pode-se fazer marketing digital através das redes sociais


(Facebook, Instagram, Twitter, Foursquare e etc) redes onde as
pessoas estão presentes de maneira crescente, ferramentas e
técnicas de otimização em resultados de busca, como no
Google; através de blogs, canal de compartilhamento de
conteúdo, entre muitos outros.

O que os investidores de lojas on-line precisam de saber, é que frente à alta concorrência na web não basta só ter
um site para ser encontrado e alcançar sucesso. É preciso mais.
É necessário estar presente nos diferentes meios virtuais e utilizar de técnicas altamente relevantes para atrair
clientes.

1 – Quais são as estratégias de marketing tradicionais?

2 – Para que serve o marketing digital?

3 – Onde se pode fazer marketing digital?

O papel do marketing digital – No comércio electrónico e fora dele


“Todos os dias me deparo com gerentes de e-commerce, tomados pela febre do analytics, acreditando que com isso
estão a gerir o marketing digital da sua loja.

Infelizmente isso não é um fato real, a performance de muitas lojas virtuais vem sendo mensurada exclusivamente
pelo número de “visitas x conversão” e a cada relatório onde os picos se encontram no momento de investimento
mais alto, pronto, faz se a lenda de que é aí que devemos basear nossa estratégia.

Nesse momento já esquecemos todos os conceitos básicos de marketing e estamos exclusivamente focados no
“search”.

Cada vez que vejo isso acontecer, penso que os conceitos estão errados e que muitas pessoas e empresas acreditam
que o marketing online está exclusivamente ligado ao e-commerce e não precisa ser usado em empresas que não
são “pontocom”.

Acredito e posso afirmar que o marketing digital está muito além de disso e pode sim fazer muito pelas “pontocom”,
bem como pelas marcas e todas as estratégias de marketing off que já estão sendo feitas há anos pela PUBLICIDADE.

Consigo mensurar alguns principais pontos que não podem ser esquecidos em nenhuma campanha, seja ela voltada
para performance ou marca.

São eles:

SEO: Aumenta a audiência, proporciona maior visibilidade e um bom


posicionamento orgânico, chave para as conversões diretas.

SEM: Desperta o interesse, traz gente nova, é uma ação direcionada, mostra
exatamente o que o publico procura. (mas não é tudo)

Social Media: Comunicação, envolvimento e relacionamento. Pelas Mídias sociais


estudamos nosso consumidor, é com esse estudo junto ao estudo do
comportamento interno da sua loja (como o consumidor compra) que você
entende quem são os clientes e pode fazer produtos específicos para necessidades
que você nem imaginaria sem essas redes.

E-Mail Marketing: Comunica, Relaciona e Vende – O e-mail marketing tem alto retorno e pouco custo. Uma
estratégia com bom uso do e-mail marketing traz um retorno muito bom.

Mobile Marketing: Comunica, Direciona, Relaciona e Vende. Como já falei muitas vezes aqui, com o mobile temos o
cliente ao alcance de um post, um sms. Essa ferramenta é efetiva na direção que queremos tomar na comunicação.

Com esses pilares e um estudo contínuo e detalhado do comportamento da própria loja o marketing online deve ser
um sucesso e deve ser par do marketing offline, nada supera o encantamento. Os clientes não são exclusivamente
números e querem ser seduzidos o tempo todo, já falamos também que o cliente que está online, também existe e
esta offline ao mesmo tempo.

O correto é impactar o seu cliente em todos os lugares, mostrar que você faz parte da vida dele, se o seu produto for
de compra por impulso, você verá isso num curto prazo, caso seja uma venda consultiva, você verá acompanhando
os números e levando em consideração a latência merecida para cada produto (que você e o comercial da sua
empresa, devem conhecer melhor que ninguém).

Levando tudo isso em consideração, você terá um marketing Digital e isso aliado a um pós venda bem organizado,
vai resultar em sucesso.”

Fátima A. Bana

1 – Após a leitura do texto acima diga se o comércio electrónico e marketing digital irá ou não substituir o presencial.

Você também pode gostar