Você está na página 1de 38

KURIAUTO S / S PLUS

MANUAL DE INSTRUÇÕES

KB 1822d
1
1) Apresentação
Parabéns por ter adquirido um abrandador Kuriauto S / S Plus!
O Kuriauto S / S Plus é composto, basicamente, por três partes que pode ser
descritas da seguinte maneira:

1- Válvula de controle

2- Vaso de pressão 3- Tanque de salmoura

A válvula de controle programa toda a seqüência do abrandamento, que é


apresentada logo adiante. A válvula possui alimentação de 12Vcc, potência de 6 +
6 W, conexão ao processo de 1” BSP, display digital em LCD e teclado, onde é
realizada a programação e controle do abrandamento.
O vaso de pressão é fabricado em PRFV (plástico reforçado com fibra de vidro). A
pressão de trabalho se limita a uma faixa com pressão mínima de 2,0 kgf/cm² e
pressão máxima de 6,0 kgf/cm². Ressalta-se que a operação de abrandamento em

KB 1822d 2
uma pressão abaixo ou acima da pressão mínima e máxima, pode comprometer
todo o sistema.
O tanque de salmoura, como o próprio nome diz, é onde há o preparo de uma
solução de salmoura (solução saturada de 35,7%) que é utilizada para
regeneração da resina catiônica presente no vaso de pressão.

2) Montagem do Sistema
Deve-se escolher bem o local onde será instalado o Kuriauto S / S Plus. A
instalação deve-se ser feita em um lugar plano, isento de vibrações, em local
coberto e protegido contra as ações do tempo.
Existem acessórios que acompanham o vaso de pressão, sendo eles: “tubo raiser”
de 3/4 e distribuidores de vazão (crepinas) do tipo centro e lateral (hub and
lateral). Estas possuem uma bucha central com telas em forma de tubos
encaixados ao redor do seu eixo. Deve-se realizar o enchimento do vaso com a
resina de troca iônica.
Além destes acessórios, o equipamento vem acompanhado da tubulação de
entrada e saída e ainda da válvula de bloqueio. Esta será atuada durante a
regeneração.
ATENÇÃO: ao realizar o enchimento do vaso, deve ser evitado que caia resina de
troca iônica dentro do “tubo raiser” de 3/4, alocado no centro do vaso, o que pode
acarretar problemas no sistema de abrandamento.
Feito o enchimento do vaso com a resina, deve-se encaixar a crepina superior no
“tubo raiser” (o encaixe com o tubo raiser se dá do lado de menor diâmetro da
crepina), e somente depois disso, deverá ser feito o encaixe da válvula de controle
com o bocal superior do vaso de pressão.
As tubulações de entrada e saída (já com todos os acessórios montados) devem
ser interligadas com a válvula de controle e com as tubulações do processo e o
tubo do tanque de salmoura com a válvula de controle.
Deve-se ainda fazer a ligação elétrica entre a válvula de bloqueio e o a válvula de
controle, conforme a figura abaixo (conector drive). E por fim, deve-se alimentar a

KB 1822d 3
válvula de controle com 220 V. Notar que acompanha a válvula de controle um
transformador 220x12V.

KB 1822d 4
3) Programação do Kuriauto S / S Plus
3.1) Botões da Válvula Clack
No cabeçote da válvula Clack, haverá os seguintes botões para que seja feita a
programação do Kuriauto S / S Plus:

Onde:
Define a hora, retorna à tela inicial e salva todas as alterações nos
modos de programação.

Move para a próxima tela nos modos de programação.

Altera a variável que esta sendo exibida na tela nos


modos de programação.

Segurando por 3 segundos, possibilita iniciar a regeneração


imediatamente. Retorna ao passo anterior nos modos de
programação.

3.2) Programação dos Ciclos de Abrandamento


Nesta etapa, deve-se programar a válvula de controle para a seqüência de
operação dos ciclos de abrandamento.
Os ciclos de abrandamento devem seguir a seguinte seqüência: BACKWASH, dn
BRINE, RINSE, FILL e END.

KB 1822d 5
Abaixo, seguem as instruções para a programação da seqüência de operação dos
ciclos de abrandamento do Kuriauto S / S Plus.
3.2.1 - Partindo do normal display mode, pressione simultaneamente NEXT+
por aproximadamente 5 segundos. Repita novamente este procedimento.

3.2.2 – Serão apresentadas quatro opções de diâmetros de tubulação, sendo: 25,


32, 38 e 50 mm. Estas opções de diâmetros estão diretamente ligadas ao modelo
da válvula Clack, conforme a tabela abaixo.
Modelo da Válvula Clack Diâmetro da Tubulação (mm)
WS1”Cl 25
WS1.25”Cl 32
WS1.5”Cl 38
WS2”Cl 50
Pressione as setas direcionais para selecionar o diâmetro de 25 mm e pressione
NEXT para o passo seguinte.
3.2.3 – Neste passo, serão apresentadas as funções: ALT OFF, nHbP, ALT A e
ALT B. Pressione as setas direcionais para selecionar nHbP e pressione NEXT
para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.

KB 1822d 6
3.2.4 – Neste passo, serão apresentadas as funções: dP OFF, dP on 0, Regen
HOLD e dP DEL. Pressione as setas direcionais para selecionar dP OFF e
pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo
anterior.

3.2.5 – Neste passo, serão apresentadas no display as opções de unidades para


quantificar a dureza. As quatro opções são apresentadas abaixo.
• ppm – partes por milhão;
• dH – German degrees;
• FH – French degrees;
• -nA- – Esta opção não permitirá o controle para calcular a capacidade
volumétrica.
Pressione as setas direcionais para selecionar a opção de medição da dureza.
Selecione a unidade PPM e pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN
para retornar ao passo anterior.

3.2.6 - Deve ser selecionado o primeiro ciclo de regeneração. Pressione as setas


direcionais para selecionar a opção BACKWASH e pressione NEXT para o passo
seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.

3.2.7 - Deve ser selecionado o segundo ciclo de regeneração. Pressione as setas


direcionais para selecionar a opção dn BRINE e pressione NEXT para o passo
seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.

KB 1822d 7
3.2.8 - Deve ser selecionado o terceiro ciclo de regeneração. Pressione as setas
direcionais para selecionar a opção RINSE e pressione NEXT para o passo
seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.

3.2.9 - Deve ser selecionado o quarto ciclo de regeneração. Pressione as setas


direcionais para selecionar a opção FILL e pressione NEXT para o passo seguinte
ou REGEN para retornar ao passo anterior.

3.2.10 - Deve ser selecionado o quinto ciclo de regeneração. Pressione as setas


direcionais para selecionar a opção END e pressione NEXT para finalizar a
primeira etapa da programação e retornar ao normal display mode ou REGEN
para retornar ao passo anterior.

KB 1822d 8
3.3) Configuração do Sistema de Abrandamento
Nesta etapa, devem-se configurar os tempos dos ciclos BACKWASH, dn BRINE e
RINSE e quantidade de sal utilizada no ciclo FILL. Além disso, deve-se configurar
também a capacidade do sistema para remoção de dureza, a capacidade do
volume e o tempo de regeneração.
Depois de configurada a capacidade pelo volume, a válvula de controle calcula a
capacidade de abrandamento do sistema em m³, de acordo com a quantidade de
dureza presente na água do processo. O mesmo acontece para o tempo de
regeneração, em que a válvula de controle inicia automaticamente a regeneração
sempre que a capacidade de abrandamento do sistema atinge o valor calculado
anteriormente.
Abaixo, seguem as instruções para a configuração do sistema de abrandamento
do Kuriauto S / S Plus.
3.3.1 - Partindo do normal display mode, pressione simultaneamente NEXT +
por aproximadamente 5 segundos.

3.3.2 – Pressione as setas direcionais para selecionar a opção SOFTENING e


pressione NEXT para o passo seguinte.

3.3.3 - Deve ser selecionado o tempo para o ciclo BACKWASH (primeiro ciclo).
Pressione as setas direcionais para selecionar o tempo de 8 MINUTOS e

KB 1822d 9
pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo
anterior.

3.3.4 - Deve ser selecionado o tempo para o ciclo dn BRINE (segundo ciclo).
Pressione as setas direcionais para selecionar o tempo de 60 MINUTOS e
pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo
anterior.

3.3.5 - Deve ser selecionado o tempo para o ciclo RINSE (terceiro ciclo).
Pressione as setas direcionais para selecionar o tempo de 20 MINUTOS e
pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo
anterior.

3.3.6 - Deve ser selecionado o consumo de sal em kg para o ciclo FILL (quarto
ciclo). Pressione as setas direcionais para selecionar a quantidade de sal.
Consultar a tabela do anexo I para obter a quantidade de sal requerida. Pressione
NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.
Ressalta-se que há um consumo de sal para cada modelo de Kuriauto S / S Plus.

KB 1822d 10
3.3.7 - Deve ser selecionada a capacidade do sistema para a remoção de dureza
da água. Pressione as setas direcionais para selecionar a capacidade do sistema.
Consultar a tabela do anexo I para obter a capacidade de remoção de dureza.
Pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo
anterior. Ressalta-se que há uma capacidade de remoção de dureza para cada
modelo de Kuriauto S / S Plus.

3.3.8 - Deve ser selecionada a capacidade de volume. Há três opções para a


capacidade de volume:
• AUTO, OFF e INTERVALO. Pressione as setas direcionais para selecionar
a opção AUTO e pressione NEXT para o próximo passo ou REGEN para
retornar ao passo anterior.

KB 1822d 11
3.3.9 - Deve ser selecionado o tempo de regeneração. Há três opções para o
tempo de regeneração (consultar o anexo IV para as combinações e os
resultados):
• NORMAL, ON 0 e NORMAL+ON 0. Pressione as setas direcionais para
selecionar a opção on 0 e pressione NEXT para o próximo passo ou
REGEN para retornar ao passo anterior.

3.3.10 - Neste tópico, pode fazer-se da opção de habilitar ou não um aviso de


baixo nível de sal (Set Low Salt Warning). Os valores podem ser definidos
conforme segue abaixo.
• OFF: Não haverá advertência sobre o baixo nível de sal no tanque de
salmoura;
• Um valor específico para o enchimento de sal (FILL SALT) piscará no
display quando a quantidade em kg de sal remanescente está abaixo do
nível especificado, conforme o item 3.3.6. Os valores variam de 5 a 200 kg.
A Kurita do Brasil recomenda não se fazer o uso desta advertência, já que o sal
em pó deve permanecer sempre no mesmo nível, conforme explicado no item 7.2.
Sendo assim, pressione as setas direcionais para selecionar a opção OFF e
pressione NEXT para finalizar a etapa da configuração do sistema de
abrandamento e retornar ao normal display mode ou REGEN para retornar ao
passo anterior.

KB 1822d 12
4) Programação dos Valores do Processo
Nesta etapa, deve-se programar a válvula de controle com o valor da dureza da
água a ser abrandada, o número de dias e o tempo de regeneração.
O número de dias e o tempo de regeneração referem-se ao número máximo de
dias antes que a válvula de controle assuma a regeneração, caso o Kuriauto S / S
Plus não esteja em funcionamento durante um longo período de tempo. A Kurita
do Brasil recomenda que não seja feita a opção de regeneração por dias e tempo
de regeneração. As configurações feitas no item 3.3 deste manual garantem que a
regeneração inicia-se imediatamente após a capacidade de abrandamento (item
3.3.7) for alcançada. E ainda, os tempos definidos neste mesmo item 3.3,
garantem que as resinas de troca iônica sejam totalmente regeneradas.

Abaixo, segue as instruções para a programação dos valores do processo.


4.1 - Partindo do normal display mode, pressione simultaneamente NEXT +
por 3 segundos.

4.2 - Deve ser selecionado o valor da dureza da água a ser abrandada em PPM.
Pressione as setas direcionais para selecionar a dureza e pressione NEXT para o
próximo passo.
Caso o display peça para entrar com um segundo valor de dureza (HARDNESS
2), basta deixar em 0 (ZERO) e pressionar NEXT para seguir com a programação.

4.3 - Deve ser selecionado o número de dias entre as regenerações. Conforme


explicado, as configurações feitas anteriormente garantem que a regeneração

KB 1822d 13
ocorra automaticamente. Portanto, pressione as setas direcionais para selecionar
a opção OFF e pressione NEXT para o próximo passo ou REGEN para retornar ao
passo anterior.

4.4 - Deve ser selecionado o tempo de regeneração.


NOTA: no item 3.3.9 foi definido o tempo de regeneração em on 0 e portanto a
regeneração se iniciará automaticamente sempre que a capacidade de
abrandamento do sistema for atingida. Sendo assim, on 0 será exibido no display.
Pressione NEXT para finalizar esta etapa da programação ou REGEN para
retornar ao passo anterior.

5) Ajuste da hora
Deve ser selecionada a hora do dia. Pressione SET CLOCK e para ajustar a hora,
pressione as setas direcionais.
Após finalizar o ajuste do horário, pressione NEXT para retornar ao normal
display mode.

KB 1822d 14
6) Informações Importantes aos Usuários

6.1 - Quando o sistema estiver operando, uma das cinco exibições podem ser
mostradas.
Pressionando NEXT irá
ocorrer alternância entre
os displays. Uma das
exposições é sempre a
hora do dia. O segundo
modo de exibição pode
ser: dias restantes ou
volume restante. Dias
restantes corresponde
ao número de dias que
restam antes que o
sistema passe por um
ciclo de regeneração.
Capacidade restante é o
volume em metros
cúbicos que serão
tratados antes que o
sistema passe por um
novo ciclo de
regeneração. O terceiro modo de exibição é a vazão de água bruta no sistema. O
quarto display mostra uma das opções de diferença de pressão dP (item 6.6) ou
hold se o switch esta com o circuito fechado. O quinto display mostra a quantidade
em kg de sal restante ou momento de preenchimento de “SAL” quando a
quantidade em quilogramas de sal cai abaixo de um nível de segurança. A quinta
exibição não aparecerá se a válvula estiver configurada como filtro ou se o “Set
Low Salt Warning” (advertência de nível de sal baixo) estiver definido como
desligado. O usuário pode “navegar” entre os displays como desejar. Se o sistema

KB 1822d 15
necessitar de uma regeneração que irá acontecer no tempo presente, as palavras
“REGEN TODAY” irão aparecer no display;
6.2 - Quando a água bruta esta sendo tratada (a água está fluindo através do
sistema), a palavra SOFTENING piscará no display se o medidor de água
(“meter”) estiver instalado;
6.3 - Quando começa a regeneração no sistema, o
visor passará a mostrar as informações sobre a etapa do
processo de regeneração e o tempo restante para que a etapa seja concluída. O
funcionamento do sistema através de cada etapa conforme exposto no item 3.2,
ocorre automaticamente e haverá o fornecimento de água abrandada
normalmente quando a regeneração for concluída;
6.4 - Para se fazer a regeneração manual, no item 3.3.9 deve-se configurar o
tempo de regeneração como “NORMAL” ou “NORMAL on 0”. Pressionar REGEN
e será mostrado no display “REGEN TODAY”, o que indica que o sistema irá
posicionar previamente a regeneração. A Kurita do Brasil não recomenda fazer-se
o uso da regeneração manual. Como foi configurado no item 3.3.9 a opção “on 0”,
a regeneração manual não será ativada, mesmo pressionando REGEN, como
descrito anteriormente (consulte o anexo IV para mais informações);
6.5 - Para iniciar uma regeneração imediatamente, mesmo que o sistema não
tenha alcançado a capacidade de abrandamento, deve-se pressionar REGEN por
3 segundos. O sistema iniciará a regeneração automaticamente. ATENÇÃO:
depois de iniciar uma regeneração imediatamente, este procedimento não poderá
ser cancelado;
6.6 - Para a regeneração das resinas, se o tanque de salmoura não contiver sal
na quantidade especificada pelo nosso departamento de Engenharia, o
responsável deverá encher o tanque de salmoura e aguardar cerca de 2 horas
para iniciar a regeneração;
6.7 - Para sair de qualquer módulo de programação e retornar ao normal
display mode, pressione SET CLOCK;
6.8 - Quando a válvula de controle iniciar a regeneração, o display mostrará
qual o ciclo de regeneração que o sistema estará executando (apontado no centro

KB 1822d 16
inferior do display) e estará apontando a posição REGEN no canto esquerdo
superior do display;
6.9 - Caso haja queda de energia, somente a hora deverá ser reajustada.
Todas as outras informações estão salvas, independentemente do tempo que
ficou sem energia. Para ajuste da hora, basta seguir os passos indicados no item
5;
6.10 - No sistema do abrandador, está instalada na linha de água abrandada (na
saída do abrandador) uma válvula de bloqueio de fluxo. Assim, durante a
regeneração esta válvula fecha, impossibilitando a passagem de água não
abrandada. Esta válvula é fundamental para a garantia de que o processo irá
receber somente água abrandada;
6.11 - Quando a válvula de controle iniciar a regeneração, o display irá mostrar
o ciclo e o tempo de regeneração para aquele ciclo, até que se complete
totalmente;
6.12 - A pressão da água de entrada deve ser entre 2,5 e 6,0 kgf/cm². E caso a
pressão seja superior a pressão máxima, deve ser instalada uma válvula redutora
de pressão e opcionalmente, uma válvula de alívio na linha. Caso a pressão seja
menor que a pressão mínima, deve ser instalada uma bomba centrífuga;
6.13 - A vazão da água de entrada deve seguir o descrito na folha de dados.
Caso a vazão seja superior a vazão máxima especificada na FD, deverá ser
instalada uma restrição na linha, além de um rotâmetro;
6.14 - É recomendável a instalação de um rotâmetro e um hidrômetro (ou outro
medidor totalizador) na linha, para a segurança do abrandador;
6.15 - O cliente deverá disponibilizar um ponto de energia 220Vca Monofásico
para a ligação do abrandador;
6.16 - Dependendo das características da água, deve ser instalado um filtro de
areia e/ou carvão ativo antes do abrandador, para a proteção da resina catiônica.
6.17 - Para efetuar o desbloqueio do teclado da válvula Clack, basta pressionar
as setas direcionais simultaneamente por 5 segundos. Agora, para efetuar o seu
desbloqueio, deve-se pressionar as seguintes teclas na seqüência:

KB 1822d 17
6.18 - No normal display mode, há três opções de visualização: a hora do dia
(conforme foi configurado no item 5), a vazão (mostrado em L/min) e a capacidade
de volume (volume do ciclo, conforme configurado no item 3.3.8). Para escolher
quaisquer destes displays, basta pressionar NEXT para efetuar a escolha.

Durante o funcionamento da válvula de controle Clack, pode aparecer no display


às seguintes mensagens: “E1”, “E2” ou “E3”, o que indica erro no sistema. Alguns
destes problemas são de fácil resolução. Consulte a tabela 1 sobre estes
possíveis erros e as soluções cabíveis a eles. Mesmo depois de seguir a sugestão
apresentada na tabela 1 e ainda persistir o problema, entre em contato com o
departamento de equipamentos da KURITA.
Além dos erros listados acima, pode acontecer alguns problemas no dia-a-dia,
mas que não causam grandes transtornos, caso seja feita a imediata reparação.
Esta listagem de alguns problemas que podem acontecer, estão listados na tabela
2 – Procedimentos de Resolução de Problemas.

IMPORTANTE: é importante ressaltar que havendo o devido cuidado com o


sistema de abrandamento e que a água bruta não tenha partículas grandes, não
haverá problemas na válvula de controle Clack, aumentando a vida útil do
equipamento.

KB 1822d 18
6.19 - Tabela 1: Procedimentos para Resolução de Possíveis Erros
Códigos dos Erros Causa Possível Solução
101, 1001 ou E1 – Não reconhece
o início da regeneração.
a) Desconectar e conectar
a) O pistão da válvula de controle
novamente a fonte de alimentação
pode não estar na posição inicial.
102, 1002, ou E2 – Parada da placa (fio preto).
inesperada do
abrandamento/regeneração.

KB 1822d 19
6. 20 - Tabela 2: Procedimentos para Resolução de Problemas
Problema Causa Possível Solução
a) Adaptador de energia
a) Ligar a energia.
desligado.
b) Sem energia elétrica na b) Reparar o problema elétrico na
1. Timer não exibe a hora do dia. tomada. tomada.

c) Adaptador de energia com c) Substituir o adaptador de


defeito. alimentação.

a) Comutação de saída. a) Utilizar saída ininterrupta.


b) Se o sistema possui bateria, ela
2. Timer não exibe a hora correta do b) Falta de Energia.
pode estar esgotada.
dia.
c) Substituir o adaptador de
c) Placa PC com defeito.
alimentação.
a) Válvula by-pass em posição a) Colocar a válvula by-pass em
de desvio. posição de serviço.
b) Conexão do meter b) Ligar o meter na placa PC.
desconectado. Consultar a Engenharia da KURITA.
c) Remover o meter e verificar a
3. Display não indica que a água c) Limitação de funcionamento rotação ou se há algum corpo
(1)
está fluindo . do meter. estranho. Consultar a Engenharia da
KURITA.

d) Placa PC com defeito. d) Substituir a placa PC.

e) Placa PC está programada e) Consulte as instruções de


incorretamente. programação.

a) Motor não está operando. a) Consulte Engenharia da KURITA.


b) Sem energia elétrica na b) Reparar o problema elétrico na
4. Válvula de Controle está parada tomada. tomada.
na regeneração.
c) Adaptador de energia com
c) Substituir o adaptador de energia.
defeito.

(1) Consultar o item 6.2.

KB 1822d 20
Problema Causa Possível Solução
a) Adaptador de alimentação
5. A válvula de controle não a) Ligue o adaptador de alimentação.
desconectado.
regenera automaticamente quando
os botões foram apertados b) Sem energia elétrica na b) Reparar o problema elétrico na
corretamente. tomada. tomada.

a) Válvula by-pass em posição a) Colocar a válvula by-pass na


6. A válvula de controle não de desvio. posição normal de operação.
regenera automaticamente, mas b) Ligação do meter
b) Consultar a Engenharia da KURITA.
quando se apertam os botões desconectado.
corretamente, a regeneração se
c) Turbina do meter não
inicia. c) Consultar a Engenharia da KURITA.
funciona.

a) Reset o horário do dia. Se o sistema


7. Hora do dia no instante on e off. a) Falta de Energia. possui bateria, ela pode estar
esgotada.
a) Verificar a pressão na linha de
a) A pressão pode estar abaixo entrada de salmoura. A salmoura não
do recomendado. será succionada em pressões abaixo
de 4 kgf/cm².
b) O pescador do tanque de
8. Solução de salmoura não é
salmoura pode estar entupido
succionada na regeneração. b) Limpar o pescador e suas conexões.
ou não estar em contato com a
salmoura.
c) O injetor de salmoura (DN)
pode estar desconectado ou c) Consultar a Engenharia da KURITA.
entupido

KB 1822d 21
7- Operação e Manutenção
Uma das maiores vantagens deste sistema é a simplicidade de operação e de
manutenção. As atividades de operação e manutenção sejam elas diárias,
periódicas ou eventuais, devem ser acompanhadas com muita atenção por parte
dos responsáveis para garantir o bom funcionamento do sistema e a produção
contínua de água com teor de dureza com níveis próximos aos não detectáveis,
ou seja, 0,00 mg/L CaCO3.
Nesse item do manual são apresentadas as principais atividades de operação e
manutenção de todas as etapas e do ciclo de regeneração.
Os procedimentos e recomendações são, em sua maioria, baseadas na
experiência de projetos anteriores assim como nos manuais de operação das
válvulas Clack WS 1 CI. Portanto o conteúdo deste manual contém informações
da maior relevância e, deve ser rigorosamente adotado na rotina de operação,
para manter a alta performance do sistema e a longa vida útil das resinas.

7.1 – Sistema de Abrandamento


Considerando o funcionamento descrito nos itens 3, 4, e 5 deste manual, a
operação cotidiana de um sistema de abrandamento consiste nas seguintes
atividades:
• Controle e registro das vazões da água bruta e tratada;
• Determinação e registro da qualidade da água bruta e tratada, utilizando,
geralmente, o parâmetro dureza total (mg/l de CaCO3) ;
• Inspeção visual do nível de sal nos tanques de salmoura.

O controle da vazão da água bruta deve garantir que seja respeitada a velocidade
(ou taxa) de abrandamento de projeto. Com o decorrer do tempo de
funcionamento e a progressiva retenção dos íons cálcio e magnésio no leito das
resinas, verifica-se uma diminuição na eficiência de remoção da dureza, que
poderá ser constatada devido aos altos valores de dureza apresentados pelas
analises “in loco” (maior que 2 mg/L de CaCO3), além de ocorrer também aumento
da perda de carga no leito das resinas. A medição e registro da perda de carga no

KB 1822d 22
leito das resinas podem ser feita a qualquer hora do dia através dos manômetros
instalados na linha de alimentação e na linha de descarga (linha de alimentação
do processo fabril) do sistema de abrandamento. O valor obtido da perda de carga
através dos manômetros é informação extremamente importante para tomada de
decisão do responsável em relação aos procedimentos de limpeza e regeneração
das resinas de troca iônica.
A perda de carga também aumenta no quando a vazão da água bruta é maior do
que a sua vazão de operação e, por isso, é importante que seja mantida a vazão
para qual o sistema de abrandamento foi projetado.
Caso a perda de carga esteja muito alta e que ainda não esteja no tempo
programado de regeneração, o responsável poderá iniciar uma regeneração
manual que deverá ser acionada seguindo as instruções contidas no item 6 -
informações importantes aos usuários. Ou ainda, pode-se aguardar que a
válvula assuma a regeneração quando a capacidade de remoção de dureza for
alcançada, conforme a programação feita nos itens 3 e 4. Recomendamos que,
tão logo seja diagnosticada essa ocorrência, que a unidade seja retirada de
operação para a limpeza e regeneração das resinas, evitando assim danos ao
processo.

7.2 – Tanque de Salmoura


O tanque de salmoura é de extrema importância para garantir o bom
funcionamento na etapa de regeneração das resinas catiônicas. Portanto, a
inspeção visual da quantidade de sal no interior dos tanques de salmoura é uma
atividade rotineira de operação e manutenção fundamentalmente importante.
O sal tem uma solubilidade em torno de 35,7% à temperatura de 25ºC. Portanto, a
regeneração não pode ocorrer sem esta concentração mínima de sal. Essa é a
garantia de que a solução de salmoura presente no interior do tanque vai ser uma
solução saturada, garantindo uma melhor regeneração das resinas de troca iônica.
Portanto, tão logo seja identificada uma quantidade critica de sal, o responsável
deverá fazer imediatamente a reposição de sal nos tanques de salmoura para
garantir a concentração de salmoura citada acima.

KB 1822d 23
Na figura abaixo, há um desenho esquemático do tanque de salmoura.

7.3 – Operações Importantes


Abaixo, segue uma listagem das atividades de operação e manutenção mais
importantes do sistema de abrandamento para se ter um sistema eficaz.
• Medição, controle e registro da vazão da água bruta: a vazão de operação
é de extrema importância no sistema de abrandamento para garantir um
ótimo tratamento da água. Deve-se ser feito um controle diário da vazão de
entrada;
• Medição e registro da dureza da água bruta e tratada: estes valores darão
um feedback se o sistema está operando normalmente. Com estes valores,
principalmente o registro de dureza na água tratada, pode-se tomar
importantes decisões referente à regeneração das resinas de troca iônica.
Deve-se ser feito um controle diário da dureza da água;

KB 1822d 24
• Medição e registro de perda de carga: com um manômetro instalado na
entrada, garante-se que a pressão de operação não vai estar abaixo ou
acima da pressão mínima e máxima, respectivamente, da pressão de
projeto do vaso de pressão. Com base na pressão de entrada e saída,
podemos saber quanto é o valor da perda de carga, onde pode-se tomar
ações importantes para manter o bom funcionamento do sistema. O
aumento da perda de carga diz respeito à saturação das resinas, indicando
que há necessidade de uma retro lavagem. Recomenda-se que esta
medição de perda de pressão seja feita diariamente;
• Reposição da quantidade de sal no tanque de salmoura: isso é fundamental
para garantir a regeneração das resinas de troca iônica. Deve-se sempre
atentar a quantidade de sal e qual a sua concentração aproximada dentro
do tanque. Estando o nível baixo, deve-se fazer a reposição com sal no
tanque. Vale ressaltar que se a salmoura não estiver saturada, a eficiência
da regeneração cai, desestabilizando todo o sistema de abrandamento. E
ainda, o enchimento do tanque de salmoura deve-se dar em 2 horas antes
da etapa que se inicia a regeneração para garantir seu bom funcionamento.
Este controle deve ser feito diariamente;
• Análise completa dos indicadores físico-químicos de qualidade da água
bruta e abrandada.

KB 1822d 25
8 – Diagnósticos
Neste tópico, há a possibilidade de verificar alguns pontos que ficam armazenados
na válvula Clack, como por exemplo, o histórico do volume em 63 dias, a taxa de
vazão mais alta, entre outras, conforme exposto abaixo.

8.1 - Partindo do normal display mode, pressione simultaneamente as setas


direcionais por aproximadamente 3 segundos.

Nota: Pode acontecer de haver o bloqueio do teclado da válvula. Assim, basta


seguir as orientações dadas no item 6.17 para efetuar o desbloqueio e pressione
novamente as setas direcionais simultaneamente por aproximadamente 3
segundos.
8.2 - Neste tópico, é possível visualizar quantos dias se passaram desde a última
regeneração. Pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao
normal display mode.

8.3 - É possível visualizar o volume de água que tem sido tratado desde a última
regeneração. Caso o medidor de vazão “meter” não esteja instalado, não haverá a
visualização do volume, havendo a indicação 0 (zero). Pressione NEXT para o
passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.
Nota: todos os modelos do KURIAUTO S / S PLUS contêm o medidor de vazão
“meter” instalado.

KB 1822d 26
8.4 - É possível visualizar a reserva de volume (capacidade de volume - item
3.3.8) utilizado nos últimos 7 dias. Se o “meter” estiver instalado e a capacidade
de volume estiver configurada para AUTO, será mostrada no display a quantidade
zero (tendo referência o dia de hoje) e ficará piscando a capacidade de reserva (o
quanto de volume restante para consumir todo o volume do ciclo – item 3.3.8).
Pressionando a seta direcional para cima, mostrará dia 1 (o que seria no dia
anterior, ou seja, ontem) e a capacidade de reserva utilizado é mostrada no
display. Pressionando a seta direcional para cima novamente, mostrará dia 2
(anteontem) e a capacidade de reserva. Continue pressionando a seta direcional
para cima para mostrar as capacidades de reservas nos dias 3, 4, 5 e 6 (0 = hoje;
1 = ontem; 2 = anteontem; 6 = 6 dias atrás). Pode ser pressionada a seta
direcional para baixo para retroceder nos dias. Pressione NEXT para o passo
seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.

8.5 - Neste tópico, é possível visualizar o histórico de volume usado, de até 63


dias. Usando o mesmo conceito do item anterior, pressione a seta direcional para
cima para mostrar o dia 1 (ontem) e será mostrado o volume de água tratada no
dia de ontem. Pressionando as setas direcionais para cima, aparecerá o volume
de água tratada correspondente àquele dia selecionado (1 = ontem; 2 =
anteontem; 10 = 10 dias atrás; e assim por diante). É possível visualizar o histórico
até 63 dias atrás. Caso houve a necessidade de se fazer uma regeneração

KB 1822d 27
emergencial em um dia específico, a palavra REGEN aparecerá juntamente com o
volume de água tratada. Será possível em visualizar também, se o medidor de
água “meter” está instalado, ou até buscar o dia específico em que, por ventura,
tenha dado algum problema na medição da vazão, de acordo com os históricos
anteriores. Pressione NEXT para o passo seguinte ou REGEN para retornar ao
passo anterior.

8.6 - Será possível visualizar a vazão máxima registrada nos últimos 7 dias, ou
seja, registra os picos de vazão. Caso o medidor de vazão “meter” não esteja
instalado, haverá a exibição do valor 0 (zero). A exibição da vazão será em L/min.
Pressione NEXT para retornar ao normal display mode ou REGEN para retornar
ao passo anterior.

Nota: quando desejado, todas as informações apresentadas acima no diagnóstico


podem ser zeradas, caso haja a instalação do KURIAUTO S / S PLUS em outro
local. Para zerar, deve-se fazer o seguinte procedimento:
Partindo do normal display mode, pressione simultaneamente NEXT + por
aproximadamente 5 segundos. Depois, pressione simultaneamente as setas
direcionais para redefinir os valores do diagnóstico para zero. Após definido, irá
retornar ao normal display mode novamente.

KB 1822d 28
9 - Histórico da Válvula Clack
Neste tópico, é possível verificar o histórico da válvula Clack referente ao seu
funcionamento. Pode-se visualizar o total de dias de funcionamento da válvula, o
total de regenerações e o volume total de água tratada.

9.1 - Partindo do normal display mode, pressione simultaneamente as setas


direcionais por aproximadamente 3 segundos. Repita novamente este
procedimento.

Nota: Pode acontecer de haver o bloqueio do teclado da válvula. Assim, basta


seguir as orientações dadas no item 6.20 para efetuar o desbloqueio e pressione
novamente as setas direcionais simultaneamente por aproximadamente 3
segundos.

9.2 - Neste tópico, é possível visualizar o total de dias de funcionamento do


KURIAUTO S / S PLUS desde o start-up do equipamento. Pressione NEXT para o
passo seguinte ou REGEN para retornar ao normal display mode.

KB 1822d 29
9.3 - Neste tópico, é possível visualizar o número de regenerações feitas no
sistema de abrandamento desde o start-up do equipamento. Pressione NEXT para
o passo seguinte ou REGEN para retornar ao passo anterior.

9.4 - Neste tópico, é possível visualizar o volume total de água tratada pelo
KURIAUTO S / S PLUS desde o start-up do equipamento. Caso o medidor de
vazão “meter” não esteja instalado, o volume apresentado será igual a 0 (zero).
Pressione NEXT para retornar ao normal display mode ou REGEN para retornar
ao passo anterior.
Nota: Caso o medidor de vazão “meter” esteja com defeito, o volume total
apresentado no display não será condizente com o volume total de água
efetivamente tratada, caso haja algum controle.

KB 1822d 30
ANEXO I

KB 1822d 31
TABELA STANDARD DE CAPACIDADE DO SISTEMA

Tamanho do Sal
Capacidade do
Modelo Tanque D x H (regeneração)
Sistema, kg
(mm) kg
S-18 178 x 1.118 0,90 2,20
S-24 203 x 1.118 1,20 2,90
S-28 229 x 1.220 1,50 3,40
S-40 254 x 1.372 2,10 4,80
S-60 330 x 1.372 3,60 7,20
S-85 356 x 1.651 5,10 10,10
S-110 406 x 1.651 6,90 13,50

KB 1822d 32
ANEXO II

KB 1822d 33
FLUXOGRAMA STANDARD DE INSTALAÇÃO DO KURIAUTO S

KB 1822d
34
ANEXO III

KB 1822d
35
FLUXOGRAMA STANDARD DE INSTALAÇÃO DO KURIAUTO S PLUS

KB 1822d
36
ANEXO IV

KB 1822d
37
Opção do
Capacidade Regeneração
horário da
de Volume por dias Resultado
regeneração
(item 3.3.8) (item 4.3)
(item 3.3.9)
A capacidade de reserva é automaticamente estimada.
AUTO NORMAL OFF Regeneração ocorre quando a capacidade de volume cai abaixo da capacidade de reserva na próxima “Regen Set Time”.

A capacidade de reserva automaticamente estimado.


Qualquer
AUTO NORMAL Regeneração ocorre na próxima “Regen Set Time” quando a capacidade de volume cai abaixo da capacidade de reserva
número
ou o número especificado de dias entre as regenerações é atingido.
Qualquer A capacidade de reserva não é automaticamente estimada.
NORMAL OFF
número Regeneração ocorre na próxima “Regen Set Time” quando a capacidade de volume chega a 0.

Qualquer A capacidade de reserva não é automaticamente estimada.


OFF NORMAL
número Regeneração ocorre na próxima “Regen Set Time” quando o número especificado de dias entre regenerações é atingido.
A capacidade de reserva não é automaticamente estimada.
Qualquer
NORMAL OFF Regeneração ocorre na próxima “Regen Set Time” quando a capacidade de volume chega a 0 ou um número determinado
número
de dias entre as regenerações é atingido.
A capacidade de reserva não é estimada automaticamente.
AUTO On 0 OFF Regeneração ocorre imediatamente quando a capacidade de volume chega a 0. Não poderá ser definido o tempo entre as
regenerações, porque sempre ocorrerá quando a capacidade de volume chegar a 0.
A capacidade de reserva não é automaticamente estimada.
Qualquer
On 0 OFF Regeneração ocorre imediatamente quando a capacidade de volume chega a 0. Não poderá ser definido o tempo entre as
número
regenerações, porque ocorrerá sempre em 0.
A capacidade de reserva é automaticamente estimada.
Qualquer
AUTO NORMAL + On 0 Regeneração ocorre quando a capacidade de volume cai abaixo da capacidade de reserva na próxima “Regen Set Time”
número
ou a regeneração ocorre após 10 minutos de não utilização da água quando a capacidade de volume chega a 0.
A capacidade de reserva é automaticamente estimada.
Qualquer Regeneração ocorre na próxima “Regen Set Time” quando a capacidade de volume cai abaixo da capacidade de reserva
AUTO NORMAL + On 0
número ou o número especificado de dias entre as regenerações é atingido ou a regeneração ocorre após 10 minutos de não
utilização da água quando a capacidade de volume chega a 0
A capacidade de reserva não é automaticamente estimada.
Qualquer Qualquer
NORMAL + On 0 Regeneração ocorre na próxima “Regen Set Time” quando o número especificado de dias entre as regenerações é
número número
atingido ou a regeneração ocorre após 10 minutos de não utilização da água quando a capacidade de volume chega a 0.

OBS: Na tabela acima, na linha destacada, é a configuração recomendada pela Kurita do Brasil.

KB 1822d
38