Você está na página 1de 3

A Bíblia Protestante existia antes da Reforma?

Commented [1]: wp:paragraph

Tradução de Shameless Popery: Did the Protestant Bible existe before the Reformation? Commented [2]: /wp:paragraph
Commented [3]: wp:paragraph
I. O Desafio: Encontrar uma Bíblia Protestante da Igreja Primitiva.
Commented [4]: /wp:paragraph
Encontrar um Pai da Igreja Primitiva que concorda 100% com o protestantismo é um fardo injusto.
Commented [5]: wp:paragraph {"align":"center"}
Afinal, provavelmente existem alguns Pais que discordam das coisas agora definidas no catolicismo
Commented [6]: /wp:paragraph
se você ler os escritos com bastante atenção. Mas aqui está um fardo que deve ser considerado
Commented [7]: wp:paragraph
justo: encontre uma Bíblia protestante. Encontre um único Pai da Igreja Primitiva que diga: “aqui
está o cânone que nós usamos” e lista os exatos livros que os protestantes têm hoje em suas Bíblias.
Afinal, seja para solo Scriptura ou sola Scriptura, você deve primeiro concordar em qual Escritura.
Se nenhum Pai da Igreja Primitiva leu a Bíblia usada hoje pelos protestantes, nenhuma de suas
citações elogiando a leitura das Escrituras é aplicável comprovando uma posição de “somente a
Bíblia protestante”.
Então eu decidi ir para a fonte. Ou, mais especificamente, Archibald Alexander (1772-1851) Commented [8]: /wp:paragraph
escreveu um livro chamado Canon of the Old and New Testaments Ascertained [Cânone do Antigo Commented [9]: wp:paragraph
e Novo Testamentos Averiguados], ou The Bible Complete without the Apocrypha and Unwritten
Traditions [A Bíblia Completa sem os Apócrifos e Tradições Não-Escritas]. Agora eu sei o que você
está se perguntando: como um conjunto de livros, como a Bíblia, pode conter tradições não-
escritas? Eu só posso especular. Ilustrações? Talvez ele estivesse cansado de ver coisas como
estátuas de Moisés com chifres. Brincadeirinha: toda a coisa sobre “os apócrifos e tradições não
escritas” é deixar seu público saber: “Eu odeio tudo o que o catolicismo representa!” E o livro dele
com certeza faz isso. Nele, ele faz algumas declarações ousadas sobre os Pais da Igreja Primitiva e
o cânone. Ele observa que o cânone mais antigo que temos é o de Melito de Sardes, mas que apenas
conhecemos o cânone a partir da História Eclesiástica de Eusébio. Com relação ao cânone de
Melito, Alexander escreve: "estes mesmos livros foram, na época, recebidos como cânone, como
agora são encontrados em nossas Bíblias hebraicas". Portanto, ele está afirmando: o cânone de
Melito é 100% compatível com o cânone protestante. E então ele escreve:
Logo depois de Melito, Orígenes nos fornece um catálogo dos livros do Antigo Commented [10]: /wp:paragraph
Testamento, que concorda perfeitamente com nosso cânone, exceto que ele omite os Commented [11]: wp:group
Profetas Menores; cuja omissão deve ter sido um mero deslize da caneta, dele ou de seu
Commented [12]: wp:group
copista, pois é certo que ele recebeu isto como um livro da Sagrada Escritura: e o
número de livros do Antigo Testamento, dados por ele neste mesmo texto, não pode ser Commented [13]: wp:quote
completado sem reconhecer os doze Profetas Menores como um.

Depois de Orígenes, temos catálogos sucessivos, não apenas por homens de primeira
autoridade da igreja, mas pelos concílios, consistindo de numerosos bispos, todos os
quais são perfeitamente iguais aos nossos. Será suficiente apenas se referir a essas
fontes de informação. Catálogos dos livros do Antigo Testamento foram dados por
Atanásio; por Cirilo; por Agostinho; por Jerônimo; por Rufino; pelo concílio de
Laodiceia, em seu cânone LX; e pelo concílio de Cartago. E quando se considera que
todos esses catálogos correspondem exatamente ao nosso cânone atual da Bíblia
hebraica, a evidência, penso eu, deve parecer completa para toda mente imparcial, de
que o cânone do Antigo Testamento está estabelecido nos mais claros fundamentos
Commented [14]: /wp:quote
históricos.
Commented [15]: wp:group
Uau. Certamente, se Archibald Alexander está dizendo a verdade, deve parecer completo para toda Commented [16]: wp:group
mente imparcial que o cânone do Antigo Testamento esteja assentado nos mais claros fundamentos Commented [17]: wp:paragraph
históricos. Então, segundo ele, todos os cânones em negrito acima concordarão com o cânone
protestante 100%. Este é o padrão que ele estabelece para si mesmo, e é o único sensato. Afinal, a
diferença entre o cânone católico e o protestante é de apenas sete livros (além de versões mais
longas de Daniel e Ester, que você não pode distinguir de uma maneira ou de outra a partir de uma
lista de livros).
Por isso, decidi enviar retroativamente o livro de Archibald ao que poderia ser chamado de "Desafio Commented [18]: /wp:paragraph
do Cânone Protestante na Igreja Primitiva": ou seja, ele afirma 9 fontes que fornecerão exatamente Commented [19]: /wp:group
o que estou procurando: um cânone protestante completo e exato. Na verdade, ele reivindica apenas Commented [20]: /wp:group
um Antigo Testamento protestante, mas pelo menos é um ponto de partida (como veremos, ele não Commented [21]: /wp:group
pode cumprir nem essa promessa muito mais limitada - desculpe estragar a surpresa).
Commented [22]: /wp:group
II. O que os Pais da Igreja Primitiva realmente acreditavam. Commented [23]: wp:paragraph
Commented [24]: /wp:paragraph
Antes de começarmos, muitas listas agrupam livros para tentar fazer do cânone 22 livros perfeitos.
Eles fazem isso de maneiras estranhas, como colocar “os doze profetas menores” como um só livro, Commented [25]: wp:paragraph {"align":"center"}

mesmo que sejam doze livros com autores diferentes, ou agrupar Juízes e Rute como o mesmo livro Commented [26]: /wp:paragraph

(estranho), ou colocar parte de Baruque com Lamentações no final de Jeremias e chamando-o de Commented [27]: wp:paragraph
um só livro. Jerônimo explica as razões pelas quais ele acha que esse é um padrão importante em
seu prólogo para os Livros dos Reis aqui [em inglês]. É uma tentativa piedosa, mas, no final das
contas, é descartada pela Igreja (e não é revivida pelos protestantes), porque existem livros demais
para tentar encontrar uma maneira de reduzi-los ou agrupá-los para o número 22.
A. Melito (m. 180 d.C.): Commented [28]: /wp:paragraph
A única cópia existente da carta de Melito está no Livro 4, Capítulo 26 da História Eclesiástica de Commented [29]: wp:paragraph
Eusébio - sua seção 14 aqui [em inglês]. Nesta carta, ele exclui Ester do cânone e inclui também o
Livro da Sabedoria. A alegação protestante de que Melito está repetindo o mesmo livro duas vezes
por nomes diferentes parece contrária ao delineamento que o bispo Melito designou: listá-los
especificamente como “Provérbios de Salomão, Sabedoria também” parece refutar qualquer
tentativa de reduzir isso a um único livro. Aqui está um sola Scripturista protestante que argumenta
que Sabedoria estava realmente no cânone de Melito [em inglês], com base no texto. Em ambos os
casos, sem Ester, este não é um Antigo Testamento Protestante completo, e Bispo Melito não inclui
um cânone do Novo Testamento.
# de cânones protestantes até agora: 0
# de vezes que Alexander Archibald afirmou que um cânone protestante existia onde não existia: 1
B. Orígenes: Commented [30]: /wp:paragraph
Nós também conhecemos sua lista canônica através da História Eclesiástica de Eusébio - está aqui Commented [31]: wp:group
[em inglês]. Nela, ele também lista “Jeremias, com Lamentações e a Epístola como uma só”, Commented [32]: wp:paragraph
enquanto canônico. A Epístola em questão é a Epístola de Jeremias, atualmente o último capítulo de
Baruque. Na época, Jeremias, Lamentações e essa epístola foram agrupados como uma só por
aqueles que queriam manter o cânone do Antigo Testamento em 22 livros. Veremos essa "Epístola"
mencionada novamente nas listas de Atanásio e Cirilo. No final da lista, Orígenes escreve: "E além
desses, existem os Macabeus, intitulados Sarbeth Sabanaiel". É uma frase enigmática. Ele parece
pensar que o 1º e o 2º Macabeus são canônicos, mas não há como incluí-los na estrutura de 22
livros que ele está tentando estabelecer.
Então, ele os lista para dizer: “além dos 22, estes são canônicos”? Ou "estes estão especificamente
fora da lista canônica"? Eu acho que é o primeiro, mas é difícil dizer. Se ele está refutando os dois
livros de Macabeus, por que incluir o nome hebraico (já que ele diz que está dando os livros
hebraicos)? E por que listar apenas esses dois livros, em vez de todos os outros livros considerados
canônicos dos quais ele não gosta? Então, eu acho que Orígenes está confuso sobre como encaixar
essas duas peças ("Macabeus é canônico" e "são exatos 22 livros") juntos. Em ambos os casos, a
aceitação explícita de Orígenes do deuterocanônico Baruque 6 significa que seu cânone inclui parte
do Deuterocânone, e não um cânone protestante exato.
# de cânones protestantes até agora: 0
# de vezes que Alexander Archibald afirmou que um cânone protestante existia onde não existia: 2
C. Atanásio: Commented [33]: /wp:paragraph
Você pode encontrar o cânon dele aqui [em inglês], nos # 4-5 e 7. Ele conta como um só livro Commented [34]: /wp:group
canônico “Jeremias com Baruque, Lamentações e Epístola”. Ele também omite Ester e, de fato (no
#7), lista este livro junto com a maior parte do Deuterocânone como um livro não-canônico usado
para novos membros da Igreja. Então ele nem se esqueceu de Ester. Ele o abordou explicitamente
como não-canônico.
# de cânones protestantes até agora: 0
# de vezes que Alexander Archibald afirmou que um cânone protestante existia onde não existia: 3
D. Cirilo de Jerusalém: Commented [35]: wp:group
A lista dele está aqui [em inglês], # 34-36. Nela, ele diz que o LXX é divinamente inspirado, Commented [36]: wp:group
recontando a popular lenda dos setenta e dois tradutores. O LXX, você notará, contém o Commented [37]: wp:paragraph
Deuterocânone completo. Então ele dá sua lista e, como Orígenes, considera o livro de Jeremias
como "um só, incluindo Baruque e Lamentações e a Epístola". Além disso, sua lista do Novo
Testamento omite Revelação [Apocalipse]. Para ser justo, Alexander apenas afirmou que precisava
de um cânone perfeito do Antigo Testamento. Claro, como não o é, ele ainda está errado (de novo).
# de cânones protestantes até agora: 0
# de vezes que Alexander Archibald afirmou que um cânone protestante existia onde não existia: 4
Commented [38]: /wp:paragraph
Commented [39]: /wp:group
Commented [40]: /wp:group

Você também pode gostar