Você está na página 1de 66

MARIANA LACERDA

ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

DISCIPLINA
POSITIVA
O CAMINHO
SAUDÁVEL PARA
CRIAR CONEXÃO
VERDADEIRA
E EDUCAR AS
CRIANÇAS COM
AMOR E
RESPEITO

CONHEÇA TUDO SOBRE ESSA


NOVA ABORDAGEM DE FORMA
PROFUNDA E ESCLARECEDORA
Mariana Lacerda é Terapeuta Ocupacional, mestre em
Ciências da Reabilitação, Doutoranda em Saúde da
Criança e do Adolescente pela UFMG e aluna de
Biografia Humana de Laura Gutman.

É criadora do curso online Educar com Respeito que já


ajudou a mais de 500 famílias a superar a Punição
como forma de educação. Além disso Mariana Lacerda
ministra de tempos em tempos o Treinamento Online
em Disciplina Positiva, uma mentoria em grupo para
pais e mães que desejam mergulhar no universo da
Disciplina Positiva e criar seus filhos a partir do
respeito mútuo.

Pesquisadora do Projeto "Avaliação do


desenvolvimento infantil e intervenção precoce em
crianças de alto risco e suas famílias no Brasil" no
hospital Sofia Feldman, e da pesquisa "Teste de
campo e validação transcultural de uma ferramenta
para fornecer indicadores sobre o desenvolvimento
infantil (ECD-WHO) - estudo no Brasil", realizado pela
Organização Mundial de Saúde.

Seus estudos e atuações são pautados pelas


abordagens da Antroposofia, Pedagogia Waldorf,
Reggio Emilia, Emmi Pikler, Montessori,
Integração Sensorial e Disciplina Positiva.

@MARIANALACERDAOFICIAL

@MARIANALACERDAOFICIAL

@MARIANALACERDAOFICIAL

WWW.MARIANALACERDA.COM.BR

CONTATO@MARIANALACERDA.COM.BR
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO..................................04

POR QUE A DISCIPLINA POSITIVA PODE


TRANSFORMAR A SUA VIDA?.............07

COMO SURGIU A DISCIPLINA


POSITIVA? .....................................11

OS TEMPOS MUDARAM E AS
CRIANÇAS TAMBÉM?........................16

O QUE DESEJAMOS ENSINAR ÀS


CRIANÇAS?.....................................18

PUNIÇÃO VS PERMISSIVIDADE
VS DISCIPLINA POSITIVA.................23

A NECESSIDADE POR TRÁS DE UM


COMPORTAMENTO............................35

ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES....39

CONCLUSÃO ...................................63
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

INTRODUÇÃO

Há anos a nossa sociedade nos ensina


que para educar é preciso usar
métodos baseados em punição,
humilhação e autoritarismo.
Felizmente, isso já foi questionado e
estudado e as conclusões são que não
é possível conquistar uma educação
positiva e criar relações duradouras
quando a base é o medo.
 

Não esqueço do dia em que ouvi falar


da Disciplina Positiva pela primeira
vez. Não esqueço de como fiquei
surpresa e feliz ao encontrar uma
abordagem com todo respaldo teórico
e que vinha ao encontro do que eu já
acreditava, que é possível educar com
amor, conexão e respeito. 

04 INTRODUÇÃO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

A Disciplina Positiva é uma


abordagem tanto filosófica quanto
prática que ajuda os adultos a
encontrarem um meio termo
respeitoso. Ajuda pessoas que
convivem com crianças, a educar
através do respeito mútuo, sem usar
punições e, ao mesmo tempo, sem
ser permissivo(a). 

Neste ebook você vai compreender


porque a Disciplina Positiva está
cada vez mais presente nos lares e
nas relações e vai compreender
como buscar apoio para a sua
prática de uma educação amorosa. 

É com muito amor e dedicação que


me baseei no livro “Disciplina
Positiva” de Jane Nelsen, Lynn Lott
(publicado pela editora Manole), e
de outras referências da área para
escrever este ebook.

05 INTRODUÇÃO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Existem muitas pessoas espalhando


essa mensagem pelo mundo e eu
estou muito feliz em ser uma delas
há mais de 4 anos estudando e
praticando através da orientação
de várias famílias.

Nos últimos 2 anos eu impactei


mais de 500 famílias com meu
curso online Educar com Respeito e
mais de 100 famílias com meu
Treinamento Online em Disciplina
Positiva.

Desejo que você aproveite ao


máximo esta leitura!

Com amor,
Mari

06 INTRODUÇÃO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

POR QUE A
DISCIPLINA POSITIVA
PODE TRANSFORMAR
A SUA VIDA?

Jane Nelsen em seu livro “A Disciplina


Positiva”, afirma que “A base para uma
autoestima saudável é quando as
crianças desenvolvem a crença de que
'Eu sou capaz'." E sabemos que, uma
criança encorajada, que acredita que
é capaz, será um adulto seguro no
futuro.

Eu tenho certeza que quando você


imagina como você gostaria que sua
criança fosse no futuro,
provavelmente você traria
características como:

07 POR QUE A DISCIPLINA POSITIVA


PODE TRANSFORMAR A SUA VIDA?
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

# AMOROSIDADE

# HONESTIDADE

# SINCERIDADE

# FIDELIDADE

# EQUILÍBRIO

# RESPEITO

# AMIZADE

# LIDERANÇA

# GENTILEZA

08 POR QUE A DISCIPLINA POSITIVA


PODE TRANSFORMAR A SUA VIDA?
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Mas como ensinar as crianças a


desenvolverem essas habilidades se
boa parte do tempo estamos
oscilando entre métodos que, ou as
desrespeitam, ou as negligenciam?

Uma vez que passamos a entender


que a forma como agimos com a
criança é capaz de interferir
suficientemente para que elas
tenham ou não as características
citadas acima, passamos a buscar um
caminho que verdadeiramente
seja eficaz.  

Ao aprender e colocar a Disciplina


Positiva em prática, você vai
descobrir como ajudar as crianças
a desenvolver habilidades sociais
e de vida de extrema
importância como:

09 POR QUE A DISCIPLINA POSITIVA


PODE TRANSFORMAR A SUA VIDA?
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

# AUTODISCIPLINA

# HABILIDADES DE
RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

# RESPONSABILIDADE

# COOPERAÇÃO

Todo esse aprendizado é um


caminho sem volta na direção de
transformações constantes e
conscientes. Um caminho para a
conexão profunda entre pais e
filhos, entre qualquer um que
experimente tentar. 

10 POR QUE A DISCIPLINA POSITIVA


PODE TRANSFORMAR A SUA VIDA?
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

COMO SURGIU A
DISCIPLINA POSITIVA?
Em 1920 o médico psiquiatra austríaco,
Alfred Adler, apresentou sua ideia de
criação de filhos. Nesta mesma época,
Adler publicou o seu livro mais
conhecido chamado “The Practice and
Theory of Individual Psychology” (A
prática e teoria da psicologia
individual), na qual afirma que cada
pessoa é única. Já por volta de 1930,
Rudolf Dreikurs e Adler relataram uma
abordagem que seria democrática:
gentil e firme ao mesmo tempo.

Para Adler, todas as crianças devem ser


tratadas respeitosamente e todos os
seres humanos têm direito à dignidade
e ao respeito, incluindo as crianças. 

11 COMO SURGIU A DISCIPLINA POSITIVA?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Adler atesta que todas as pessoas


focam principalmente em manter o
controle de suas vidas, na auto-
realização, e que há uma motivação
por trás de todo o comportamento.

Este médico psiquiatra foi um grande


defensor de que todo o ser humano se
comporta de forma que deseja ser
aceito onde vive e quer contribuir
com o mundo. Baseado nisso, ele
apresenta a ideia de que se uma
criança não se sente aceita ou não se
sente importante, ela pode usar do
mau comportamento como uma forma
de pedir suporte para se sentir parte,
ter senso de pertencimento e se
sentir importante. As ideias de Adler
correspondem à linha da psicologia
chamada Humanismo e podem ser
comprovadas por meio de estudos
científicos da neurociência.

12 COMO SURGIU A DISCIPLINA POSITIVA?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Tudo isso, mais tarde, ajudou a


construir a teoria da abordagem da
Disciplina Positiva. Por volta dos
anos 1980, Jane Nelsen era diretora
do Projeto ACCEPT (Adlerian
Counseling Concepts for Encouraging
Parents and Teachers), no qual
aplicava os conceitos de Adler para
ensinar e encorajar pais e
professores.  

Em 1981, Jane escreveu e publicou o


primeiro livro “Positive Discipline”
(que já está na sua terceira edição e
tem versão em Português) e em 1988,
ela e Lynn Lott escreveram juntas o
livro “Positive Discipline for
Teenagers” (que ainda não tem
tradução para o português) e depois
escreveram também o livro
“Disciplina Positiva na Sala de Aula”
(também com versão em português e
está na sua quarta edição). 

13 COMO SURGIU A DISCIPLINA POSITIVA?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

É importante dizer que Jane


Nelsen, é doutora em Educação,
terapeuta de casais e famílias,
licenciada na Califórnia, tem sete
filhos e eles foram sua grande
inspiração para que ela pudesse
fazer esse trabalho maravilhoso.
Dois deles já eram adolescentes
quando ela aprendeu os conceitos
de Adler. Três deles nasceram
durante os aprendizados e no início
do seu trabalho com Disciplina
Positiva e os outros dois, nasceram
após ela já ter bastante experiência
com educação parental.

Você pode imaginar o quanto sua


história pessoal foi fundamental
para que ela acreditasse no que
estava fazendo. Com tanto
empenho, hoje a Disciplina Positiva
está difundida no mundo todo e
existe inclusive uma organização

14 COMO SURGIU A DISCIPLINA POSITIVA?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

não governamental, responsável por


espalhar o estudo e a formação em
Disciplina Positiva, a Associação de
Disciplina Positiva: 

www.positivediscipline.org

15 COMO SURGIU A DISCIPLINA POSITIVA?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

OS TEMPOS MUDARAM E
AS CRIANÇAS TAMBÉM?
Quando li o livro da Jane Nelsen, uma
das coisas que me chamou a atenção
logo no início da leitura foi uma
retrospectiva histórica das mudanças
sociais que nosso mundo vem
passando. Estou te contando isso,
porque acredito que essa
compreensão toca nosso coração para
nos abrirmos à ideia de que é justo
que as crianças estejam e sejam mais
capazes de colocar suas opiniões e
seus desejos.

Há algum tempo atrás, vivíamos numa


sociedade com muitos modelos de
submissão. Muitos de nós passamos a
lutar por um mundo mais igual e a se
colocar, a deixar de sermos submissos
e isso é maravilhoso. 

16 OS TEMPOS MUDARAM
E AS CRIANÇAS TAMBÉM?
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Se apoiamos tanto a igualdade


entre nós adultos de diversas
formas, porque desejamos que a
criança permaneça submissa a nós?
Estamos na era da igualdade,
apesar de Adler já falar disso nos
anos 20, quando afirmou que todos
os seres humanos têm direito a
dignidade e ao respeito, incluindo
as crianças. Fica mais leve e justo
se considerarmos saudável que as
crianças também estejam buscando
este espaço, o que não significa
que isso não gere uma necessidade
dos adultos de lidar com isso, com
gentileza e firmeza. 

17 OS TEMPOS MUDARAM
E AS CRIANÇAS TAMBÉM?
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

O QUE DESEJAMOS
ENSINAR ÀS CRIANÇAS?
Na Disciplina Positiva acreditamos
que grande parte dos problemas de
comportamento pode estar
relacionada à falta de
desenvolvimento de sete percepções
e habilidades significativas*. São elas:

1. Forte percepção das habilidades


pessoais – “EU SOU CAPAZ.”

2. Forte percepção sobre sua


importância nas relações primárias –
“EU CONTRIBUO DE MANEIRA
SIGNIFICATIVA E SOU GENUINAMENTE
NECESSÁRIO.”

*FONTE: Nelsen, J. (2006). "Disciplina Positiva", Ed. Manole

18 O QUE DESEJAMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

3. Forte percepção de seu poder ou


influência pessoal sobre a própria
vida. – “EU POSSO INFLUENCIAR AS
COISAS QUE ACONTECEM COMIGO.”

  
4. Forte habilidade intrapessoal:
habilidade de entender suas próprias
emoções e de usar esse entendimento
para desenvolver autodisciplina e
autocontrole.

5. Forte habilidade interpessoal:


habilidade de trabalhar com os outros
e desenvolver amizades por meio de
comunicação, cooperação, negociação,
troca, empatia e escuta ativa. 

6. Forte habilidade sistêmica: a


capacidade de lidar com os limites e
consequências da vida cotidiana com
responsabilidade, adaptabilidade,
flexibilidade e integridade. valores
apropriados.

19 O QUE DESEJAMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

7. Forte habilidade de avaliação:


habilidade de usar a sabedoria para
avaliar as situações de acordo com
valores apropriados.

Uma vez que as crianças tenham a


oportunidade de, junto com os pais,
aproveitar um comportamento
desafiador para trabalhar e
desenvolver essas habilidades e
percepções, o objetivo, o vínculo
e a qualidade de vida em família se
tornam muito maiores.

Ter essas habilidades e percepções


como objetivo da educação das
crianças nos mostra que métodos
de punição não valem a pena, pois
a longo prazo, eles não levam as
crianças para esses sete lugares de
força emocional. 

20 O QUE DESEJAMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Ao lidar com o comportamento de


uma criança os adultos
normalmente seguem dois
caminhos:

1. RIGIDEZ – Aqui há um controle


em excesso, a criança não tem
escolhas e tem que fazer algo
porque o adulto mandou.

2. PERMISSIVIDADE – Aqui não


existem regras, não são oferecidas
escolhas, pode-se fazer o que
quiser.

“Às vezes me pergunto se a batalha


entre punição e permissividade
continuará para sempre.”

Jane Nelsen. 

21 O QUE DESEJAMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Precisamos acreditar e entender


que não temos apenas esses dois
caminhos diante de uma atitude
desafiadora da criança. Existe um
meio termo, que envolve gentileza
e firmeza ao mesmo tempo.

Esse caminho é a DISCIPLINA


POSITIVA! Aqui é dado à criança a
possibilidade de escolher entre
opções limitadas que geram
respeito mútuo.

Não é maravilhoso? Por que


passamos a vida acreditando que só
há extremos? Muitos de nós ficamos
presos nessa dicotomia, pensamos "
"ou eu Puno a minha criança ou sou
Permissivo(a)". E não é bem assim.

22 O QUE DESEJAMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS?


MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

MÉTODOS DE
DISCIPLINA DE
PUNIÇÃO VS
PERMISSIVIDADE VS
DISCIPLINA POSITIVA

PUNIÇÃO

O que funciona com a punição é


que ela inibe o comportamento na
hora, porém ela não gera nenhuma
daquelas sete habilidades e
percepções que desejamos para a
criança e na disciplina positiva os
efeitos a longo prazo são muito
mais importantes do que os de
curto prazo. 

23 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Deixa eu te mostrar o que a Jane


Nelsen chamou de os 4Rs da
Punição*, que são sentimentos
gerados na criança a partir do
momento em que ela recebe
uma punição:

1. RESSENTIMENTO – o que ela sente:


“Isso não é justo. Eu não posso
confiar nos adultos.”
  

2. RETALIAÇÃO – o que ela sente:


“Eles estão ganhando agora, mas eu
vou me vingar.”

3. REBELDIA –  o que ela sente:


“Eu vou fazer exatamente o
contrário para provar que eu não
tenho que fazer do jeito deles.”

*FONTE: Nelsen, J. (2006). "Disciplina Positiva", Ed. Manole

24 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

4. RECUO  - o que ela sente:

a. Dissimulação – “Eu não vou ser


pego da próxima vez.”

b. Redução da autoestima – “Eu sou


uma pessoa ruim.”

Não é nada saudável que as crianças


cresçam com algum desses quatro
sentimentos, não é? Além disso, elas
podem tirar conclusões errôneas
sobre sua própria pessoa ou estar
sempre buscando por aprovação
externa. 

PERMISSIVIDADE:

Ao lidarmos com a criança de


maneira permissiva, damos a ela a
impressão de que ela deve continuar
usando sua inteligência e sua
energia para conseguir o que quer.

25 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Com isso, ela perde a chance de


desenvolver habilidades de vida e sociais
que gerem autonomia e autoestima.

Quero também te apresentar alguns


métodos de disciplina* que envolvem
punição e permissividade e o que as
crianças aprendem com eles, para te
ajudar a refletir mais ainda sobre o que
estamos falando:

MÉTODOS DE O QUE AS
DISCIPLINA  CRIANÇAS APRENDEM

Tudo bem bater em


Bater
outras pessoas

A se desligar,
Gritar dissociar do que o
adulto está falando

Não acredito que


Ameaçar você está realmente
está dizendo isso

*FONTE: apresentado por Fernanda Lee em sua palestra no


congresso online EMACON

26 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

MÉTODOS DE O QUE AS
DISCIPLINA  CRIANÇAS APRENDEM

Resistência ou
Punir
Rebeldia

Colocar de
castigo,
cantinho do Pensar em como sair
pensamento, disso e o que fazer
cadeira da para evitar ser pego
criança mal
comportada

Cortar
todos os Lutas de poder
privilégios

Dar sermão Lutas de poder

Falar: “eu já
te falei isso Lutas de poder

mil vezes”

27 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

MÉTODOS DE O QUE AS
DISCIPLINA  CRIANÇAS APRENDEM

Falar que
A se tornar um
não vai
“viciado em
amar mais a
aprovações"
criança

Elogiar
outra
criança
para que a
criança que
A se tornar um
está
“viciado em
fazendo
aprovações"
errado se
sinta mal e
consiga
fazer
melhor

Precisa ter
Dar
antes de
recompensa
dar

28 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

MÉTODOS DE O QUE AS
DISCIPLINA  CRIANÇAS APRENDEM

Super Ter direito a


proteger qualquer coisa

Resgatar Não sou capaz

Desista ou procure
Desistir amor em lugares
perigosos

Não pertenço a
Ceder
esse lugar

29 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

DISCIPLINA POSITIVA:

O que caminho da Disciplina Positiva


nos propõe é bem diferente do que
vimos anteriormente. Ele é o
caminho do respeito mútuo e da
cooperação, sem controle em
excesso e sem permissividade,
usando estratégias gentis e firmes
ao mesmo tempo, com foco em
ensinar a criança habilidades de
vida e sociais positivas e controle
emocional interno. 

Quanto à cooperação citada acima,


vale destacar que ela ajuda muito as
crianças a adquirem aquele senso de
importância que todos nós buscamos
na vida, bem como contribui para
que elas cumpram e sejam
responsáveis por algo que elas
mesmas ajudaram a construir, o que
não acontece com algo que partiu só
do adulto. 

30 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Então, se ao lidar com um


comportamento de uma criança, você
tiver dúvidas sobre a forma como
você está agindo, use esses critérios
para refletir:

1. É gentil e firme (mostra respeito


por nós mesmos) ao mesmo tempo?

  
2. Ajuda as crianças a desenvolver
um senso de aceitação e
importância?

3. É efetiva em longo prazo?

4. Ensina habilidades sociais e de


vida valiosas para a formação de um
bom caráter? (por exemplo: respeito,
preocupação com os outros,
resolução de problemas,
responsabilidade, contribuição,
cooperação)

31 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Se a sua escolha incluir esses 4 critérios


tenha certeza que será efetiva!

Ps1: Uma dica mostrada por Rudolf


Dreikurs: a gentileza é importante para
mostrar respeito pela criança e a
firmeza é importante para mostrar
respeito por nós mesmos e com a
situação.

Ps2: Muitas vezes nós adultos estamos


transitando entre o controle excessivo e
a permissividade, dependendo do nosso
humor e dos acontecimentos do dia, mas
a partir do momento que tomamos
consciência de que é possível ser gentil
e firme ao mesmo tempo, apertamos
uma espécie de “botãozinho” que nos
ajuda a buscar esse caminho e a usar os
erros como oportunidades de
aprendizado. Buscar autocontrole e se
respeitar nas situações desafiadoras
também é uma excelente maneira de
ensinar a criança sobre essas duas
habilidades. 

32 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

“Impor-se às crianças as torna


perdedoras, e perder torna as
crianças revoltadas ou cegamente
submissas. Nenhuma dessas
características é desejável.
Conquistar as crianças significa
obter sua cooperação espontânea."

Jane Nelsen

Ps3: Você já ouviu falar sobre o cérebro


primitivo?

É muito importante compreendermos


que quando qualquer um de nós está
chateado, usamos o nosso cérebro
primitivo. Nosso cérebro reptiliano,
nossa parte mais imatura desse órgão.
Para ele, as únicas opções são brigar
(lutas por poder) ou fugir
(desistência e falta de
comunicação). 

33 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

É ainda mais importante compreender


que, especialmente as crianças, estão
lidando fortemente com essa região
do cérebro durante os momentos
desafiadores, uma vez que elas ainda
não adquiriram estratégias para se
recompor, obter autocontrole e usar
outras regiões do cérebro sozinhas.

Se em determinado momento, nós


adultos nos deixamos levar pelo
nosso próprio cérebro primitivo, a
coisa pode ficar conturbada.

Compreender o que está por trás de


um comportamento e conhecer alguns
conceitos e estratégias práticas da
Disciplina Positiva, certamente nos
ajuda a entrar de cabeça nessa busca
pelo equilíbrio.

34 MÉTODOS DE DISCIPLINA DE PUNIÇÃO VS PUNIÇÃO


VS PERMISSIVIDADE VS DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

A NECESSIDADE POR
TRÁS DE UM
COMPORTAMENTO E O
MAU COMPORTAMENTO
"Por trás de todo comportamento
existe uma necessidade."

Essa frase está colada no meu


coração! E quando ela colar no seu,
você vai ver como fica muito mais
leve entender as crianças quando
desistimos de julgar seus
comportamentos, de rotular e de
diagnosticar. A gente aprende a
observar, a olhar com mais
profundidade para o que está por
trás de um comportamento. 

35 A NECESSIDADE POR TRÁS DE UM COMPORTAMENTO


E O MAU COMPORTAMENTO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Muitas vezes a necessidade por trás


de um comportamento é fisiológica
(fome, cansaço, estresse), mas
muitas vezes também é emocional
(medo, insegurança, raiva,
frustração). A partir do momento
que passamos a reconhecer a
necessidade da criança, somos
capazes de agir com muito mais
empatia e amor.

Todos nós, especialmente na


infância, temos o objetivo de
sermos aceitos, amados e nos sentir
importantes. Frequentemente nos
comportamos com o intuito de
conquistar esse objetivo. No
entanto, para as crianças, nem
sempre está clara a maneira como
devem fazer para conquistar esse
objetivo, pois o mais importante
não é como, mas conseguir se sentir
aceito e importante.

36 A NECESSIDADE POR TRÁS DE UM COMPORTAMENTO


E O MAU COMPORTAMENTO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Sendo assim, elas agem a partir de


como se veem em relação aos outros
e a partir de como elas pensam que
os outros se sentem em relação a
elas e podem se comportar mal
porque acreditam que é dessa forma
que conseguirão ser aceitas e
importantes.

Já reparou como nós adultos temos a


péssima mania de não gastar nossa
energia com a criança quando ela
está se comportando bem? Mas se
ela se comporta mal, toda a nossa
energia se volta para ela, o que
muitas vezes confirma essa ideia de
que um mau comportamento pode
significar: “sou visto quando eu faço
isso, sou importante quando faço
aquilo”. Por trás de um mau
comportamento existe uma criança
dizendo: “Eu não sinto que sou
aceita ou tenho importância e eu
não sei bem como conseguir me
sentir assim.”

37 A NECESSIDADE POR TRÁS DE UM COMPORTAMENTO


E O MAU COMPORTAMENTO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Outro ponto importante é que o mau


comportamento também consiste de
habilidades ineficazes e
comportamentos inadequados do
ponto de vista do desenvolvimento,
ou seja, imaturidade neurológica e
emocional. Portanto na grande
maioria das vezes as crianças
pequenas estão apenas “agindo como
crianças”, e não se comportando mal.

É muito comum vermos as crianças


serem punidas e incompreendidas
quando se comportam mal, sendo que
existe essa imaturidade que citei
acima. Por isso é tão importante que
nós adultos estejamos a par do
desenvolvimento da criança, para
que a gente não exija delas algo que
elas ainda estão aprendendo a
desenvolver.

38 A NECESSIDADE POR TRÁS DE UM COMPORTAMENTO


E O MAU COMPORTAMENTO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

ALGUNS CONCEITOS
IMPORTANTES NA
DISCIPLINA POSITIVA
Quero te apresentar alguns conceitos
da disciplina positiva que podem
ajudar muito no momento em que
você estiver lidando com algum
comportamento desafiador.

#COOPERAÇÃO

Envolver as crianças na tomada de


decisão para as soluções, focando na
solução e não no erro. Tudo isso é
possível quando mostramos às
crianças que entendemos o ponto de
vista delas, quando validamos seus
sentimentos e deixamos que elas
participem do processo.  

39 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Quando as crianças se sentem


compreendidas, elas ficam mais
abertas a ouvir o ponto de vista do
adulto e a trabalhar na
solução do problema junto com você.

Outro ponto importante é que ao gerar


cooperação, a criança não faz algo só
para agradar você, e mais importante
ainda, ela não se torna uma pessoa que
depende da aprovação externa. Ela se
torna uma pessoa consciente das suas
ações!

Aqui vão algumas dicas da autora Jane


Nelsen, para conseguir cooperação:

1. Expresse compreensão pelos


sentimentos da criança. Certifique-se
de confirmar com a criança para saber
se você está certo.

40 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

2. Mostre empatia mesmo quando


não há concordância. Empatia não
significa que você concorde ou dê
permissão, apenas significa que
você compreende a percepção da
criança. Uma boa dica aqui é
compartilhar as vezes que você
tenha se sentido ou se comportado
de forma semelhante.

3. Compartilhe seus sentimentos e


percepções. Se os primeiros dois
passos foram feitos de uma maneira
sincera e amigável, a criança se
sentirá pronta a ouví-lo.

4. Convide a criança a pensar em


uma solução. Pergunte se ela tem
alguma ideia sobre o que fazer no
futuro para evitar esse problema.
Se ela não souber, ofereça algumas
sugestões até que vocês cheguem a
um consenso.

41 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#ERROS COMO OPORTUNIDADE DE


APRENDIZADO

Não seria maravilhoso se a gente


desde pequeno aprendesse a usar o
erro como uma oportunidade de
aprendizado? Muitas vezes o foco dos
pais é em consertar o erro ou “pagar”
pelo erro. Aprendemos a ter vergonha
dos nossos erros, mesmo tendo a
condição de sermos imperfeitos.
Tenho certeza que é com a melhor
das intenções, mas isso nos distrai de
olhar para o erro como algo que
nos proporciona crescimento.

Olhar dessa forma para o erro não


significa que não vamos lidar com
ele, pois
sempre haverá consequências
naturais (que não são “inventadas”
pelo adulto, são naturais mesmo).

42 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Ps1: Se você sente que precisa de


ajuda com essa parte, eu te
recomendo fortemente a ler o
livro 'A coragem de ser imperfeito',
de Brené Brown.

Ps2: Você pode trabalhar o erro


como oportunidade para o
aprendizado, com a criança e com
você mesmo, usando “Os Três R da
Recuperação dos Erros” (por Jane
Nelsen)

1. RECONHECER - “Opa! Eu cometi


um erro!”

2. RECONCILIAR – “Eu peço


desculpas.”

3. RESOLVER – “Vamos trabalhar em


uma solução juntos.”

43 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#CONSEQUÊNCIAS LÓGICAS VS
CONSEQUÊNCIAS NATURAIS

Consequências lógicas normalmente


são “criadas” pelos adultos como
uma forma de disfarçar a punição, e
aí não funcionam dentro do que
estamos buscando que é ensinar
habilidades de vida e sociais para a
criança. E ainda corremos o risco de
gerar nelas aqueles 4Rs da punição
descritos algumas páginas atrás.  

Pensar nos resultados a longo prazo


e focar nas soluções é fundamental
para nos ajudar a refletir sobre as
consequências. As consequências
naturais, que devem acontecer sem
a interferência do adulto, podem
sim encorajar as crianças. Precisam
ser uma experiência de aprendizado
útil e não devem colocar a criança
em risco. 

44 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Elas devem ser respeitosas e manter


a dignidade da criança. Não devem
levar a criança a sentir culpa ou dor
e os adultos não devem tirar
proveito dela para usar o seu poder,
nesse caso os adultos podem apoiar
a criança neste momento usando
empatia e acolhimento.

#FOCO NAS SOLUÇÕES

A disciplina tradicional foca em


ensinar às crianças o que não fazer
ou o que fazer porque alguém disse
que é assim que deve ser feito. Já a
Disciplina Positiva tem como foco
ensinar às crianças o que fazer
convidando-as a refletir sobre a
situação, usando respeito e
disposição para achar uma
solução. Quando algo faz sentido
para a criança ela passa a fazer
aquilo, sentindo-se participante
ativa e responsável.

45 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

As crianças são muito criativas, por


isso podemos nos surpreender com
suas respostas quando perguntamos
a elas: “Como você acha que
podemos resolver isso?" Lembre-se
de não exigir perfeição na solução,
o mais importante é o aprendizado.

Ps: As soluções precisam ser:


Relacionadas com o acontecimento,
Respeitosas, Razoáveis e Úteis.

#DAR UM TEMPO POSITIVO

Quando as coisas estão “puxadas” ou


em estado “caótico”, pode fazer
muito bem para todo mundo dar um
“tempo positivo”. Aqui não estamos
dizendo de castigo ou cantinho do
pensamento (pensar não pode ser
um castigo ou algo ruim) ou de algo
para fazer a criança se
sentir pior. 

46 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Estamos falando de uma estratégia


respeitosa, que pode ajudar a
criança e o adulto a buscarem
equilíbrio e autocontrole, e a se
sentirem melhor. Experimente criar
um “cantindo da paz” ou o “lugar
feliz”, um espaço agradável e de
conexão. Experimente ir você
primeiro para este lugar para se
conectar com você mesmo e com sua
criança e aproveitar para ensinar
autocontrole para ela.

Experimente envolver a criança na


criação deste espaço como algo
positivo. Vale combinar com a
criança que pode ser legal dar um
tempo positivo e usar esse espaço
em situações desafiadoras. Depois
de se sentirem melhor, todos
estarão mais dispostos a trabalhar
em uma solução juntos.

47 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#PERGUNTAS QUE ESTIMULAM A


CRIATIVIDADE

Algo fantástico acontece quando


permitimos que as crianças sejam
ativas no processo de tomada de
decisões sobre como resolver as
situações. Uma vez que abrimos
esse espaço, elas nos mostram como
são capazes de pensar por si
mesmas e chegar a várias
conclusões sozinhas.

Mais uma vez, o foco aqui é nas


soluções e não nas consequências.
Isso acontece com fluidez quando
nós adultos damos um passo para
trás e paramos de falar sem parar,
apenas nos colocamos diante da
criança fazendo perguntas que
estimulam sua criatividade.

48 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Algumas maneiras de fazermos isso


é perguntando:

- o que aconteceu?

- o que está errado?

- como você se sente sobre isso?

- o que você está aprendendo com


essa situação?

- você tem alguma ideia para


resolver este problema?

Ps: não vale fazer essas perguntas


em tom de punição ou de vingança,
senão não fará sentido algum. Use
seu amor e sua empatia. Se estiver
muito nervoso, dê um tempo
positivo e só então volte para
fazer as perguntas.

49 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#ENCORAJAMENTO, ELOGIO, CRÍTICA


E AUTOAVALIAÇÃO

“Crianças precisam de
encorajamento, assim como as
plantas precisam de água. Elas não
podem sobreviver sem isso.”

Rudolf Dreikurs

Ao se sentirem desencorajadas as
crianças tendem a se comportar mal
buscando com isso sentirem-se
aceitas e importante como você já
aprendeu aqui.

O encorajamento é uma excelente


ferramenta para ajudar as crianças
a se sentirem verdadeiramente
amadas. Ele é a base para uma
autoestima sólida.

50 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

“Encorajar é ensinar às crianças as


habilidades de vida e
responsabilidades sociais que elas
precisam para ter sucesso na vida e
nas relações; pode ser tão simples
como um abraço para ajudar as
crianças a se sentirem melhor e,
assim, agirem melhor.”

Jane Nelsen

Ps: pode ser mais difícil usar o


encorajamento no momento em que as
emoções estão à flor da pele. Neste
caso também vale a pena usar o tempo
positivo para encorajar a criança no
momento certo.

“Adultos podem se retirar do conflito


dizendo: 'Eu acho que nós estamos
muito chateados para discutir isso
agora, mas eu gostaria de conversar
com você quando nós dois estivermos
mais calmos.'”

Jane Nelsen

51 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Como vimos, encorajamento é a base


para uma autoestima sólida. A
autoestima é algo que se
constrói à medida que vamos
acreditando nas nossas habilidades e
potenciais. A grande questão do elogio
é que ele tende a focar no sentimento
do adulto ("Eu estou muito orgulhoso
de você, Como estou feliz com você.")
e não no sentimento da criança.

Neste caso, o elogio focado no


sentimento do adulto, pode gerar uma
necessidade de aprovação externa ao
invés de confiança em si mesmo.

Não precisamos usar a crítica para que


a criança saiba que precisa
melhorar em algum aspecto. Podemos
ajudá-la encorajando sua
autoavaliação e apoiando-a em áreas
que ela mesma sente que pode
melhorar.

52 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#RESPEITO MÚTUO

Crianças aprendem por imitação. Se


você deseja respeito por parte delas, é
importante que você as respeite. O
nosso exemplo é sempre a melhor
fonte de ensinamento.

Você usa esse conceito com a criança


quando você acredita nas suas
habilidades e nas habilidades dela.
Quando você se preocupa com o seu
ponto de vista e com o dela e quando
você também se responsabiliza (não se
culpa), pela sua parte no
acontecimento.

#MELHORA, NÃO PERFEIÇÃO

O objetivo da disciplina positiva não é


chegar na perfeição das relações.

53 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

A expectativa da perfeição dói e é


exaustiva pois é totalmente irreal.
Reconhecer a melhora, encorajar, usar
os erros como aprendizado são formas
de aprimorar aquilo que pode ser
melhor. Mas jamais com a pressão da
perfeição.

#DAR ÊNFASE AOS PONTOS FORTES,


NÃO AOS FRACOS, REDIRECIONAR O
MAU COMPORTAMENTO E FAZER
REPARAÇÕES

Comumente temos o hábito de


considerar e focar mais nos pontos
fracos do que nos pontos fortes.
Gastamos nossa energia com o que
temos de menor. Porque não usar
nossa energia no que temos de mais
forte?

54 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Você pode focar nos pontos fortes da


criança e redirecionar um mau
comportamento para algo que ela
saiba fazer muito bem. Isso vai dar a
ela aquele sentido de aceitação e
importância, e a você o encorajamento
para seguir em frente.

Quando a criança tem uma atitude


negativa, dê a ela a chance de se
reparar. Lembre-se que aqui a
reparação não é uma punição, é uma
chance para a criança consertar um
erro, afinal de contas quem de nós não
gostaria de um segunda chance quando
pisamos na bola?

#EVITE A PRESSÃO SOCIAL

Infelizmente vivemos em um mundo de


pressões sociais e julgamentos, e

55 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

muitas vezes tendemos a agir com a


criança de determinada forma
(especialmente as formas punitivas)
por conta da pressão social e do
julgamento externo. Neste momento,
foque nos seus objetivos a longo
prazo, na sua intuição e no seu amor
pela criança. Crie um véu protetor e
deixe o que é do outro ser do outro.
Confie no caminho que você está
trilhando. Vai dar certo!

#PROGRAME UM TEMPO ESPECIAL

Como é especial quando sentimos que


alguém separou um tempo do seu dia
para se dedicar a nós não é? Não por
obrigação ou pressão, mas por vontade
de usar sua energia com a nossa. Nos
sentimos aceitos e amados.

56 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Ps: Pode ser muito útil planejar esse


tempo e o que será feito durante ele
junto com crianças.

“Crianças menores de 2 anos requerem


muito tempo e não têm idade
suficiente para compreender 'tempo
especial'. Contanto que elas sintam
que estão se divertindo, marcar um
horário não é necessário. Entre 2 e 6
anos de idade, as crianças precisam de
pelo menos dez minutos por dia de
tempo especial com o
qual possam contar. Mais tempo é
melhor, mas você se surpreenderá com
o quão mágico pode ser se dez minutos
é o que você pode administrar na sua
agenda ocupada. Entre 6 e 12 anos de
idade, as crianças podem não
necessitar de tempo especial todos os
dias (você vai julgar), mas elas gostam
de contar com pelo menos meia hora
por semana. A quantidade de tempo
vai ser diferente para cada família.

57 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

 Poderia ser um momento para


compartilhar biscoitos e leite depois
da escola ou uma hora todo sábado. A
parte importante é que as crianças
saibam exatamente quando elas podem
contar com um tempo que foi
reservado especialmente para elas.”

Jane Nelsen

#DEDIQUE TEMPO PARA TREINAMENTO

Muitas vezes nós adultos criamos


expectativas irreais ou que sigam o
nosso tempo, para que a criança
consiga fazer alguma coisa ou cumprir
com um objetivo. Lembre-se que elas
precisam de tempo para aprender, para
treinar e para aprimorar o que
aprendeu. Além disso precisam de
instruções amigáveis e claras.

58 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

Ps: use perguntas que estimulem a


criatividade para ajudar a criança a
treinar e a saber os próximos passos
de uma tarefa.

#QUADRO DE ROTINAS

O quadro de rotinas pode ser uma


excelente ferramenta para envolver
crianças nas tarefas, para antecipar
mudanças de atividades e para deixar
que as crianças se envolvam com
responsabilidade e cooperem.

Construa o quadro junto com a


criança (para as menores você pode
usar fotos delas mesmas realizando
as atividades, o que também funciona
para as maiores junto com a escrita).
Ao usar o quadro você não precisa
toda hora dizer o que a criança
precisa fazer, basta perguntar e ela
mesmo pode participar da tomada de
decisão olhando para o quadro. 

59 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#TENTE UM ABRAÇO E PONTO DE


VISTA DA CRIANÇA

Um abraço é especial! Ele é capaz


de interromper um mau
comportamento levando a criança a
se sentir encorajada, amada e
importante, além de gerar a
conexão que tanto o adulto quanto
ela precisam para trabalhar juntos
por uma solução.

No meio de um comportamento
desafiador ou de uma birra, o
adulto se direciona à criança e diz:
“preciso de um abraço”.
Você pode dizer isso quantas vezes
for preciso para que a criança se
aproxime de você. É preciso lembrar
que você pode precisar tentar
algumas vezes. Observe se é um bom
momento e experimente. Vale a
pena!

60 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

“Se a criança estiver relutante, você


pode dizer: 'Tenho certeza que vou
querer um abraço quando você
estiver pronto', depois saia do
ambiente. Os pais relatam que
quando tentam isso, a criança
normalmente vem atrás deles em
seguida, querendo um abraço.”

Jane Nelsen

Para chegar até o ponto de vista da


criança, busque dentro de você a
sua criança interior, aquela que
muitas vezes quis ser escutada e
compreendida e não foi. Lembre-se
de quando um adulto te encorajou a
falar ou demonstrar o seu ponto de
vista. Não foi maravilhoso e
marcante?

61 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

#REUNIÕES DE FAMÍLIA

São reuniões que devem ser feitas


regularmente a fim de gerar
conexão entre os membros da
família e levar as crianças para uma
experiência muito enriquecedora de
desenvolvimento de habilidades
sociais e de vida.

As reuniões podem ajudar na


tomada de decisões, na organização
das atividades da semana, no
planejamento de atividades juntos e
discussão de tarefas, além de ajudar
a criar lemas da família. Podem ter
um momento de reconhecimento
positivo de cada um, um momento
de ser grato por algum
acontecimento. Mesmo crianças
pequenas podem participar naquilo
que for possível e a partir de 4 anos
todas as crianças têm condições de
participar de forma completa.

62 ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES


NA DISCIPLINA POSITIVA
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

CONCLUSÃO
Neste momento eu imagino que você
está tocado ou tocada e com o coração
aberto para começar a experimentar
cada uma dessas novas possibilidades
aqui apresentadas.

Mas antes disso, quero finalizar te


dizendo algumas coisas:

- Não tente tudo de uma vez. Um


passo de cada vez, vá sentindo e
experimentando. As coisas nem sempre
funcionam de primeira e é preciso
paciência e perseverança.

- Tenha paciência com você mesmo, se


perdoe e se ame Incondicionalmente.
Use os seus erros como oportunidade
de aprendizado. Ao fazer isso com
você mesmo, fica mais fácil agir
assim com a criança.

63 CONCLUSÃO
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA EM PRIMEIRA INFÂNCIA

- Não importa o que aconteça,


expresse amor incondicional à
criança. É tudo o que ela precisa.

- Se precisar, peça ajuda. Nós temos


esse direito.

- Conheça e aprenda mais sobre a


Disciplina Positiva através de mais
livros, grupos de discussão e
workshops. O aprendizado e a
prática são constantes. Você
também pode ser minha aluna ou
meu aluno em um dos meus cursos:
.                              .
Educar com Respeito ou
                      .                              .
Treinamento em Disciplina Positiva.

- Todos os meses eu faço um


workshop online e GRATUITO
ensinando ferramentas para Educar
com Respeito, se quiser participar
.                  .
CLIQUE AQUI. Desejo a você um
caminho de muita luz e amorosidade
com suas crianças!

64 CONCLUSÃO
“De onde tiramos a absurda
ideia de que, para levar uma
criança a agir
melhor, precisamos antes
fazê-la se sentir pior?”

Jane Nelsen
MARIANA LACERDA
ESPECIALISTA
EM PRIMEIRA INFÂNCIA

DISCIPLINA POSITIVA
O CAMINHO SAUDÁVEL PARA CRIAR CONEXÃO
VERDADEIRA E EDUCAR AS CRIANÇAS COM AMOR E
RESPEITO
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
AUTORA: MARIANA LACERDA
PROJETO GRÁFICO: JOÃO CLEMENTE

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
NELSEN, J. (2006). DISCIPLINA POSITIVA (3A ED). EDITORA MANOLE.

LEE, F. - PALESTRA ONLINE DISCIPLINA POSITIVA. EMACON 2016.


RECUPERADO EM 2 DE JUNHO, 2017, DE
HTTP://WWW.MATERNAGEMCONSCIENTE.COM.BR/PALESTRAS/FERNANDA-LEE

@MARIANALACERDAOFICIAL

@MARIANALACERDAOFICIAL

@MARIANALACERDAOFICIAL

WWW.MARIANALACERDA.COM.BR

CONTATO@MARIANALACERDA.COM.BR

Você também pode gostar