Você está na página 1de 9

CONTRATO PARTICULAR DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA - 1

As partes contratantes, após conhecimento prévio do texto deste instrumento e


compreensão do seu sentido e alcance, têm justa e acordada a promessa de
compra e venda da unidade imobiliária, descrita e caracterizada neste instrumento,
entendido que o presente negócio jurídico se regulará mediante as cláusulas e
condições, abaixo descritas, mutuamente aceitas e outorgadas.

Declaram que quaisquer diferenças entre eventuais propostas anteriores e este


Contrato foram resolvidas e que caso ocorra a alteração de quaisquer das condições
previstas, esta deverá ser formalizada através de Aditivo Contratual.

1) CLÁUSULA PRIMEIRA: DAS PARTES

1.1) PROMITENTE VENDEDORA:

Qualificada no item 1.1 do Quadro Resumo.

1.2) PROMITENTE COMPRADOR(A):

Qualificado(a) no item 1.2 do Quadro Resumo.

2) CLÁUSULA SEGUNDA: DO OBJETO

O objeto do presente contrato é constituído pelo imóvel descrito no item 2 do Quadro


Resumo, do qual a PROMITENTE VENDEDORA é legítima proprietária.

A garagem/estacionamento do imóvel objeto deste contrato, caso existente, estará


descrita(o) na Convenção de Condomínio e(ou) projeto arquitetônico e servirá para a
guarda de veículo de passeio, de pequeno ou médio porte. O(A) PROMITENTE
COMPRADOR(A) declara, neste ato, estar ciente de que a determinação e
demarcação da sua garagem/estacionamento, se não vinculada(o) ao imóvel em
projeto arquitetônico, será exclusiva e necessariamente decidida pela Assembléia de
Condomínio.

3) CLÁUSULA TERCEIRA: DO PREÇO

O preço do imóvel é o estipulado no item 3.1 do Quadro Resumo e refere-se ao dia


05(cinco) do mês de assinatura deste Contrato, sendo ainda esta a data base de
cálculo para qualquer reajuste contratual incidentes sobre as parcelas.

Os valores previstos no item 3.2 do Quadro Resumo deverão ser suficientes para
cobrir as despesas de transferência do imóvel. Entretanto, trata-se de estimativa, não
acarretando em responsabilidade para a PROMITENTE VENDEDORA.

2
4) CLÁUSULA QUARTA: DO PAGAMENTO

4.1) FORMA E CONDIÇÕES DO PAGAMENTO:

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) compromete-se a pagar o preço estipulado no


item 3 do Quadro Resumo, na forma e condições estipuladas no item 4 do Quadro
Resumo.

As parcelas em que se divide o preço, mencionadas nos itens 4.1.1, 4.1.2, 4.1.3, 4.1.4,
4.1.5 e 4.1.6, se houver, poderão, a critério da PROMITENTE VENDEDORA, ser
representadas por nota(s) promissória(s) ou qualquer outro título de crédito, emitida(s)
pelo(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) em favor da PROMITENTE VENDEDORA,
revestida(s) de caráter "pró solvendo" do preço.

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) pagará à PROMITENTE VENDEDORA o valor


expresso no título, no endereço desta, sendo lícito à PROMITENTE VENDEDORA
indicar outro local para pagamento ou fazer a cobrança por meio de procurador
especial ou de estabelecimento de crédito de sua livre escolha, inclusive por cobrança
escritural. As tarifas para administração da cobrança serão devidas pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A).

A falta de recebimento de aviso de cobrança/boleto bancário não justificará quaisquer


atrasos nos pagamentos; os quais, neste caso, deverão ser efetuados no local
indicado pela PROMITENTE VENDEDORA.

É do conhecimento do(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) que, após a sua assinatura


no presente instrumento, eventuais cheques por ele(a) emitidos para pagamento de
parcelas de sinal serão imediatamente apresentados ao banco pela PROMITENTE
VENDEDORA, ainda que tais cheques tenham sido emitidos para fins de reserva da
unidade.

Sempre que qualquer pagamento for efetuado por cheque, a dívida só estará quitada
após a efetiva compensação do mesmo.

Sempre que o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) mudar de endereço, estado civil,


etc., deverá comunicar o fato, por escrito, à PROMITENTE VENDEDORA. Se não o
fizer, as informações constantes deste instrumento prevalecerão para todos os fins de
direito.

4.2) ATRASO DO PAGAMENTO:

Caso não sejam pagas na data de seu vencimento, as parcelas ficarão sujeitas, até o
seu efetivo pagamento, à multa de 2%(dois por cento), acrescida de 1%(um por cento)
de juros moratórios ao mês ou “Pro-rata-die”. Em se tratando de parcela reajustável,
as penalidades serão calculadas sobre o valor atualizado da parcela. Em se tratando
de parcela fixa, as penalidades serão calculadas sobre o valor original, previsto na
Quadro Resumo.

Ocorrendo o atraso de pagamento, o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) será


notificado(a) extrajudicialmente para que no prazo estipulado em notificação,
efetue o pagamento total do débito. Neste caso, além dos encargos previstos,
incidirão sobre o débito as despesas com notificação e demais relacionadas
com a cobrança.

3
O atraso de pagamento de qualquer parcela pelo prazo igual ou superior a
90(noventa) dias, implicará no vencimento antecipado de todas as parcelas
vincendas, sem prejuízo da negativação do cadastro do(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A) perante os órgãos de proteção ao crédito.

Se a PROMITENTE VENDEDORA não aplicar quaisquer das penalidades retro


mencionadas, essa atitude será tida como ato de simples tolerância e liberalidade, não
implicando em novação, renúncia ou alteração de qualquer avença, permanecendo
todas em pleno vigor.

4.3) FINANCIAMENTO DO IMÓVEL:

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) compromete-se ao pagamento do preço de


acordo com as condições para financiamento, previstas no item 4 do Quadro Resumo
deste Instrumento.

Na hipótese de financiamento junto à instituição financeira, inclusive mas não se


limitando à Caixa Econômica Federal, e/ou utilização de recursos do FGTS, o(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A) estará sujeito às condições estipuladas pela referida
instituição, devendo, no momento oportuno, assinar o correspondente instrumento
público ou particular. Nesta hipótese, ainda, o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A)
autoriza nos termos da resolução BACEN nº 2.724, de 31.05.2000, a instituição
financeira: a consultar as informações consolidadas relativas à sua pessoa, constantes
do Sistema Central de Risco de Crédito BACEN; a fornecer informações sobre as
operações de crédito com ela realizadas, no sentido de compor o cadastro do já citado
Sistema e a arquivar seus dados pessoais e de idoneidade na SERASA -
Centralização de Serviços dos Bancos S/A, que poderá deles se utilizar, respeitadas
as disposições legais em vigor. A PROMITENTE VENDEDORA se resguarda no
direito de convocar o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A), a qualquer momento, para
a entrega da documentação necessária ao repasse e assinatura do contrato junto ao
agente financeiro.

Fica estipulado, desde já, que qualquer diferença a menor no financiamento concedido
ao(à) PROMITENTE COMPRADOR(A) ou na carta de crédito a ser obtida, ou ainda no
valor liberado para pagamento através de saque de conta vinculada do FGTS ao(à)
PROMITENTE COMPRADOR(A), será automaticamente somada à quantia prevista
nos itens 4.1.1, 4.1.2 e 4.1.3 do Quadro Resumo, de forma a se manter inalterado o
preço total do imóvel. Do mesmo modo, qualquer diferença a maior, acarretará
diminuição nos valores previstos nos mesmos itens. Se o(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A) não conseguir a liberação dos recursos do FGTS ou da carta de
crédito, ou se tiver feito uso dos mesmos para outra finalidade que não a mencionada
nesta cláusula, ficará obrigado(a) ao pagamento integral da parcela prevista na pagina
1, com eventual reajuste, à vista. Outra forma de pagamento poderá ser acordada, a
critério exclusivo da PROMITENTE VENDEDORA.

Caso haja alteração das condições de pagamento do financiamento ora contratado,


desde que seja de interesse de ambas as partes, estas deverão firmar Aditivo
Contratual, prevendo, expressamente, todas as novas condições do negócio. O
mesmo procedimento deverá ser observado na hipótese do(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A), após averbada a baixa e habite-se do imóvel objeto deste Contrato,
optar pela transferência do financiamento à instituição financeira, sujeitando-se às
condições desta última.

4.4) DESPESAS DE TRANSFERÊNCIA:

4
Os valores previstos no item 3.2 do Quadro Resumo deverão ser pagos pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A) de acordo com as condições previstas no item 4.2
da página 3 deste Contrato.

Qualquer diferença a menor nos valores mencionados no parágrafo supra, apurada no


momento da efetiva transferência do imóvel, deverá ser restituída ao(à) PROMITENTE
COMPRADOR(A), em valores históricos. Por outro lado, qualquer diferença a maior,
deverá ser paga à PROMITENTE VENDEDORA nos moldes que vierem a ser
definidos entre as partes. Caso a PROMITENTE VENDEDORA efetue o pagamento
desta diferença, ficará o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) obrigado (a) ao seu
ressarcimento integral.

5) CLÁUSULA QUINTA: DA ENTREGA E IMISSÃO NA POSSE

A PROMITENTE VENDEDORA se compromete a concluir as obras do imóvel objeto


deste contrato até o último dia útil do mês mencionado no item 5 do Quadro Resumo.
salvo se outra data for estabelecida no contrato de financiamento com
instituição financeira. Nesta hipótese, deverá prevalecer, para fins de entrega das
chaves, a data estabelecida no contrato de financiamento

Independentemente do prazo acima previsto, a conclusão da obra poderá ser


prorrogada por até 180 (cento e oitenta) dias corridos. Na superveniência de caso
fortuito ou força maior, de acordo com o Código Civil, esta tolerância ficará prorrogada
por tempo indeterminado.

Desde que não haja prorrogação no prazo de conclusão da obra o(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A) será imitido(a) na posse do imóvel no mês subseqüente ao
mencionado no item 5 do Quadro Resumo. Para tanto, o(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A) deverá: (i) estar em dia com todas as suas obrigações contratuais;
especialmente aquelas referentes ao pagamento; (ii) apresentar todos os documentos
pessoais para a PROMITENTE VENDEDORA ou para empresa por esta autorizada, a
fim de que sejam realizadas as pesquisas cadastrais necessárias; (iii) assinar escritura
com cláusula de Alienação Fiduciária ou contrato de financiamento bancário e registrá-
la no cartório competente. As condições para aprovação do crédito serão fixadas pela
PROMITENTE VENDEDORA ou, na hipótese de financiamento bancário, pela
instituição financeira.

A entrega de qualquer unidade não fica condicionada à conclusão das demais


unidades do empreendimento nem da área comum, sendo suficiente para se
concretizar a referida entrega que estejam concluídas apenas as obras de
acabamento da unidade e as da entrada do respectivo empreendimento/condomínio.

Por se tratar de construção artesanal, as partes acordam e dão ciência que se


verificada qualquer diferença nas dimensões do imóvel aqui transacionado, para mais
ou para menos, de até 3%(três por cento), será aceitável. Pela mesma razão,
diferenças de cor, tonalidade ou textura em elementos de origem mineral ou vegetal;
etc. não poderão ser consideradas vícios ou defeitos no imóvel.

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) tem ciência de que a PROMITENTE


VENDEDORA poderá, até a venda da última unidade, ainda que isto ocorra após a
concessão da Baixa e Habite-se, manter placas de venda ou painéis publicitários
relativos às suas atividades comerciais ou industriais na frente do Condomínio, bem
como a permanência de corretores em área comum do condomínio, ou em unidade
autônoma liberada por seus proprietários.

5
6) CLÁUSULA SEXTA: DA RESPONSABILIDADE DAS PARTES

6.1) CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO E OUTROS:

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) obriga-se, por si, por seus dependentes e


empregados, a cumprir as regras da Convenção de Condomínio, posto que concorda
expressamente com todos os seus termos, sem exceção ou oposição de qualquer
espécie ou natureza.

Além das obrigações assumidas nesta cláusula e em diversas outras deste contrato,
o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) compromete-se ainda a:

a) Firmar o Termo de Recebimento do Imóvel, no ato da entrega da unidade objeto


dessa promessa de compra e venda, no qual, dentre outros pontos, declarará ter a
PROMITENTE VENDEDORA cumprido com suas obrigações relativas à unidade e
ao empreendimento/ condomínio como um todo, em especial no que tange às
especificações técnicas e quanto aos eventuais vícios aparentes de fácil
constatação e explicitará a sua anuência com relação aos prazos de prescrição e
decadência previstos no Código Civil e Código de Defesa do Consumidor.
b) Comunicar, por escrito, no prazo de 24(vinte e quatro) horas à PROMITENTE
VENDEDORA, após a constatação de qualquer defeito ou dano surgidos no
imóvel, permitindo que os serviços a serem executados possam ser realizados por
sub-empreiteiras.
c) Permitir que a PROMITENTE VENDEDORA efetue inspeção preventiva no imóvel,
quando esta julgar conveniente a sua realização.
d) Atender e cumprir todos os itens descritos no Manual de Uso e Manutenção, que
será entregue junto com as chaves do imóvel, na Convenção de Condomínio e na
Especificação de Acabamento do Imóvel.
e) Não executar quaisquer alterações no imóvel que possam comprometer a
estrutura deste e/ou dos imóveis vizinhos, em especial a remoção ou
execução de paredes, enchimento de pisos, execução de degraus, etc, sob
pena de incorrer em infração contratual com o consequente pagamento de
multa à PROMITENTE VENDEDORA no importe de 5% (cinco por cento) do
valor do contrato , sem prejuízo das perdas e danos

Após a averbação da Certidão de Baixa e Habite-se, o(a) PROMITENTE


COMPRADOR(A) ficará obrigado(a) a executar, às suas custas, todas as obras
exigidas pela autoridade pública, concorrendo proporcionalmente para as despesas
relacionadas com as partes comuns do empreendimento, ficando para este efeito a
PROMITENTE VENDEDORA autorizada a vistoriar o imóvel.

Nos casos em que for executado qualquer serviço de manutenção no imóvel por sub-
empreiteiras contratadas pela PROMITENTE VENDEDORA, os materiais utilizados
serão aqueles previstos na Especificação de Acabamento do Imóvel ou outros de
natureza semelhante.

Se, a qualquer tempo, o(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) executar modificações ou


alterações das características básicas do imóvel, consertos ou reparos por pessoal
não autorizado pela PROMITENTE VENDEDORA ou, ainda, descumprir quaisquer
das recomendações constantes do Manual de Uso e Manutenção do Imóvel, ficarão
extintas as garantias legais citadas na alínea “a” supra.

6
6.2) IMPOSTOS, TAXAS E OUTRAS DESPESAS:

Todas as despesas, impostos, taxas, multas e contribuições que recaírem sobre o


imóvel objeto deste contrato, até a data do Habite-se ou da entrega das chaves, o que
ocorrer primeiro, são de responsabilidade da PROMITENTE VENDEDORA e a partir
daí passarão a correr por conta exclusiva do(a) PROMITENTE COMPRADOR(A),
ainda que lançados em nome da PROMITENTE VENDEDORA. A mesma regra aplica-
se àqueles que incidam ou venham a incidir sobre as partes comuns, indivisíveis e
inalienáveis do empreendimento.

As despesas de ligações definitivas de serviços públicos ao Poder Público ou às suas


concessionárias, bem como as despesas indispensáveis à instalação, funcionamento
e regulamentação do condomínio correrão por conta do(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A). Tais despesas não estão incluídas no preço pactuado e serão
rateadas entre os Promitentes Compradores das unidades, à medida que forem
ocorrendo.

Fica a PROMITENTE VENDEDORA autorizada, a seu exclusivo critério, a efetuar o


pagamento de todas as despesas e encargos mencionados devidos pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A) sempre que este(a) não o fizer nos seus respectivos
vencimentos. A PROMITENTE VENDEDORA resguarda-se no direito de cobrar do(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A) o correspondente reembolso acrescido das multas e
despesas, ainda que o contrato já esteja resolvido.

7) CLÁUSULA SÉTIMA: DA RESOLUÇÃO CONTRATUAL

O presente Contrato estará automaticamente resolvido, caso:

a) O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) não efetue o pagamento do débito,


dentro do prazo fixado na notificação (Item 4.2 da cláusula quarta);
b) Seja decretada a falência ou insolvência do(a) PROMITENTE COMPRADOR(A);
c) Seja verificada a ocorrência de esbulho ou turbação possessória pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A);
d) Haja recusa do(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) em fornecer qualquer
informação, documentação, comprovantes, etc, necessários à aprovação do
financiamento ou à liberação da carta de crédito junto à instituição financeira
ou fornecimento errôneo dos mesmos;
e) Seja comprovada a ausência de veracidade das declarações prestadas pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A), necessárias à obtenção do financiamento;
f) Sejam descumpridas as demais obrigações estipuladas no presente
instrumento por quaisquer das partes.

Na hipótese de resolução do presente Contrato, ficará este(a) obrigado(a) a


restituir imediatamente o imóvel objeto deste contrato, sob pena de se
caracterizar o esbulho possessório, sujeitando aquele(a) às sanções deste
instituto na esfera civil sem prejuízo da ação penal cabível. No ato da devolução
do imóvel, todas as despesas referentes a IPTUs, condomínios, gás, água e
energia elétrica, deverão estar devidamente quitadas.

À PROMITENTE VENDEDORA caberá o direito de reter as importâncias devidas e


pagas pelas multas, demais penalidades e encargos, pelo que não ficará
obrigada a restituir ao(à) PROMITENTE COMPRADOR(A) qualquer importância
desta natureza que tenha recebido, vez que constituem acréscimo penitencial e
não integram o preço.

7
O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) somente será ressarcido(a) pelas
benfeitorias necessárias que tiver executado no imóvel. Porém, não terá direito a
qualquer ressarcimento, indenização ou retenção pelas demais benfeitorias
sejam elas úteis ou voluptuárias. Estas últimas, porém, poderão ser levantadas
pelo(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) no ato de desocupação do imóvel, desde
que mantidas as características originais do mesmo.

As despesas efetuadas pela PROMITENTE VENDEDORA para a recuperação do


imóvel, bem como aquelas realizadas para retorná-lo às condições de
conservação e habitabilidade iniciais, deverão ser ressarcidas pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A).

A resolução contratual implica em imediata extinção das obrigações


anteriormente assumidas e na devolução dos valores pagos pelo(a)
PROMITENTE COMPRADOR(A), deduzidos 8% (oito por cento) do valor do
Contrato para cobrir as despesas iniciais de publicidade, comercialização, etc; e
1% (um por cento) do valor atualizado do Contrato por mês, à título de fruição,
quando houver.

O valor apurado de acordo com o parágrafo anterior poderá ser restituído


parceladamente ao(à) PROMITENTE COMPRADOR(A), em tantas parcelas
quantas forem as mensais pagas.

8) CLÁUSULA OITAVA: DA TRANSFERÊNCIA DO IMÓVEL

Após a averbação da certidão de baixa e habite-se, a PROMITENTE VENDEDORA


outorgará ao(à) PROMITENTE COMPRADOR(A), de acordo com as condições de
financiamento previstas no item 4 do Quadro Resumo: (i) a escritura pública ou
particular de compra e venda com cláusula de Alienação Fiduciária em garantia
do imóvel objeto deste Contrato, nos moldes da lei 9.514/97; (ii) a escritura
definitiva mediante a quitação integral do preço; (iii) a escritura pública ou
particular de compra e venda referente ao contrato de financiamento bancário.

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) deverá providenciar o registro da


respectiva escritura, encaminhando em seguida à PROMITENTE VENDEDORA
cópia da matrícula atualizada do imóvel.

Correrão por conta exclusiva do(a) PROMITENTE COMPRADOR(A) todos os


impostos, tributos e quaisquer despesas decorrentes da transferência do
imóvel, tais como: escritura, ITBI, registro, despachante, cadastro, despesas
com Alienação Fiduciária em Garantia e outras.

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) tem ciência e concorda desde já que a


PROMITENTE VENDEDORA poderá providenciar a transferência do imóvel,
arcando com todas as despesas, as quais deverão ser integralmente
reembolsadas.

9) CLÁUSULA NONA: DOS DOCUMENTOS INTEGRANTES DO CONTRATO

Integram o presente instrumento a Especificação de Acabamento e a Convenção de


Condomínio, eventuais Aditivos, Declarações e Termos assinados pelas partes.

8
10) CLÁUSULA DÉCIMA: DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

10.1) REPRESENTAÇÃO:

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) nomeia a PROMITENTE VENDEDORA como


sua procuradora, conferindo-lhe poderes específicos para representação perante as
prefeituras municipais para tratar da aprovação de projetos e retificações, obtenção de
alvarás, pedidos de “habite-se”; perante cartórios, no ato da elaboração e registro dos
instrumentos de especificação, instituição e convenção de condomínio, podendo re-
ratificar o Memorial de Incorporação e Convenção para proceder às alterações
necessárias; perante as demais repartições públicas, autarquias, etc, onde poderão
assinar qualquer documento, praticar todo e qualquer ato necessário ao fiel
cumprimento do presente mandato.

10.2) FINANCIAMENTO À CONSTRUÇÃO:

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) declara estar ciente de que o empreendimento


onde se localizará o imóvel objeto deste Contrato poderá ser construído com recursos
captados junto às instituições financeiras, bem como que o terreno onde será
construído o empreendimento e todas as benfeitorias nele incorporadas, incluindo-se a
unidade já mencionada, poderão ser hipotecados para garantia de pagamento do
financiamento destinado à construção. A responsabilidade pelo pagamento do
financiamento à construção é da PROMITENTE VENDEDORA.

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) compromete-se, desde já, a assinar eventuais


documentos exigidos pelas instituições financeiras e relacionados com o
financiamento citado no parágrafo anterior.

10.3) CESSÃO DOS CRÉDITOS E DOS CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS


IMOBILIÁRIOS:

Fica reservado à PROMITENTE VENDEDORA o direito de ceder ou caucionar a


terceiros, no todo ou em parte, a qualquer tempo, os direitos creditórios decorrentes
deste instrumento, independente de aviso ou concordância do(a) PROMITENTE
COMPRADOR(A), subsistindo todas as cláusulas deste Contrato em favor do
cessionário.

O crédito ora constituído poderá servir de lastro para a emissão de Certificados de


Recebíveis Imobiliários – CRI, Cédulas de Crédito Imobiliário- CCI ou semelhantes,
consoante o disposto na lei 9.514/97.

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) compromete-se à contratação de seguro de


dano físico de imóvel, seguro prestamista e/ou outro semelhante que venha a ser
exigido por força de lei ou da instituição financeira.

10.4) CESSÃO DE DIREITOS:

O(A) PROMITENTE COMPRADOR(A) somente poderá ceder os direitos e obrigações


decorrentes deste Contrato se:

a) obtiver prévia e expressa anuência da PROMITENTE VENDEDORA;

b) estiver em dia com os pagamentos e demais obrigações por ele(a) assumidas;

9
c) o cessionário tiver seu crédito/cadastro aprovado pela PROMITENTE
VENDEDORA;

d) for efetuado e devidamente comprovado junto à PROMITENTE VENDEDORA o


recolhimento do ITBI correspondente;

e) for efetuado o recolhimento de uma taxa de cessão no valor de 3% (três por cento)
do valor atualizado do Contrato para cobrir as despesas administrativas.

A Cessão de Direitos só poderá acontecer depois de averbada a certidão de


baixa e habite-se no cartório competente.

11) CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA: DO FORO

Fica eleito o foro da comarca onde está situado o imóvel, para dirimir quaisquer
dúvidas oriundas da interpretação deste contrato, em prejuízo de qualquer outro por
mais privilegiado que seja.

E por estarem as partes justas e contratadas e por considerarem o negócio perfeito,


assinam o presente instrumento em 02(duas) vias de igual teor e forma, para um só
efeito, juntamente com as testemunhas que a tudo viram; prometendo cumpri-lo e
fazê-lo cumprir.

10