Você está na página 1de 13

Cavaleiros da Ordem Essenica

Ritual do Primeiro Grau

1894

O Conselho será em número de seis, nomeado pelo excelente senador. O


número pode ser aumentado para doze, dezoito, vinte e quatro ou trinta e
seis. Se composto por apenas seis, três devem estar sentados em frente aos
Sarcedos e três em frente ao Senescal Júnior. Se for composto por mais de
seis, metade do número deve ser assentado no sul e um-azul no norte. O
Conselho deveria estar vestido de vestes brancas e pretas; o branco no sul,
preto no norte. Os rituais da ordem devem ser mantidos encerrados e não
devem, sob nenhuma circunstância, ser transportados por membros ou
distribuídos a eles pelo excelente senador, exceto durante a sessão do
Senado. Eles são colocados sob seus cuidados e ele é responsabilizado por
sua guarda. O exame de proficiência no trabalho é exigido de cada candidato
antes de ser avançado da primeira para a segunda ou terceira.

Posição dos Diretores

Excelente Senador no Oriente.


Seneschal Sênior no Ocidente.
Junior Seneschal no sul.
Sarcedos no norte.
Secretário, à direita do excelente senador.
Tesoureiro, à esquerda do excelente senador.
Vigilante sênior, à direita e em frente ao excelente senador
Junior Vigilante, à direita e em frente ao Seneschal Sênior.
Cirurgião, à direita de Sarcedos.
Warder, no vestíbulo.
Conselho, no norte e no sul do Senado, e em frente ao Sarcedos e Junior
Seneschal.

Cerimônias de Abertura

O excelente senador leva sua estação. O número constitucional de membros


presentes, ele chama o Senado para ordenar com um rap de seu martelo. Os
oficiais ocupam suas estações e os membros estão sentados. O Vigilante
Júnior observa que o Guardião está em seu posto e armado com sua espada,
fecha a porta.
EX SEN .: Cavaleiro Senescal Sénior, Senescal Sénior ascende, são todos
membros presentes da Antiga Ordem Essenica?
SEN .: SEN'L .: Eu vou verificar e relatar. Dois raps com martelo. Senior e
Junior Vigilantes Aproxime-se desta estação. Eles obedecem. Você receberá a
palavra de um Cavaleiro do norte e do sul, a linha divisória sendo o Senador
Excelente e Senescal Sênior, e relatará o mesmo para mim. O Vigilante
Superior no norte e o Vigilante Júnior no sul recebem a palavra de cada
membro, com exceção do Senador Excelente, Senescal Sênior e Sarcedos. Se
algum membro é encontrado sem ele, ele deve permanecer em pé até que ele
tenha recebido a palavra do excelente senador e comunique o mesmo para o
Vigilante. Todos
os membros devem estar de posse da palavra ou devem ser atestados neste
momento. Nenhum membro pode legalmente atestar outro, a menos que tenha
participado no Senado aberto com ele. Os Vigilantes tendo recebido a
palavra de cada membro, agora retorna à estação do Senescal Sênior e dá a
ele, cada um por sua vez, a palavra. Eles são então sentados por um rap pelo
Senescal Sênior.
SEN .: Todos os presentes são membros da Antiga Ordem Essênia, Excelente
Senador.
EX SEN .: Senescal Sênior, nosso primeiro dever quando montado?
SEN: Terá a ver que o nosso Senado é protegido da intromissão dos
desinformados, dos profanos.
EX SEN: Você verá que este dever está cumprido, Seneschal Sênior.
SEN .: SEN'L., Chama o Vigilante Júnior por dois golpes do
martelo: Vigilante Júnior, você verá que estamos protegidos da intrusão de
todos aqueles que não são membros da Antiga Ordem Essênia.
JR. VIG., Parcialmente abre a porta, observa que o Guardião está em seu
posto armado com sua espada, e então fecha a porta e relata: Seneschal
Sênior, o Guardião está em seu posto e nós somos protegidos da invasão de
todos aqueles que estão não membros da antiga Ordem Essênica.
SEN .: SEN'L., Assentos Junior Vigilante, um rap: Estamos protegidos de toda
intrusão do profano, excelente senador.
EX SEN .: Está bem, Senescal Sênior. Você é um Cavaleiro da Antiga Ordem
Essênica?
SEN. SEN'L .: Sim, em verdade.
EX SEN .: Onde você recebeu instrução e a palavra de um Cavaleiro da
Antiga Ordem Essênia?
SEN. SEN'L .: Em um Senado legítimo organizado da Antiga Ordem Essênica,
reunido em um lugar como uma casa de nossos irmãos antigos e perto do Mar
Vermelho.
EX SEN: Por que os membros da nossa Ordem ergueram sua habitação no
deserto?
SEN. SEN'L .: Para o fim de que, na retirada de seu ambiente não-
especulativo, eles possam ser mais capazes de estudar essas esferas celestes,
cultivar o conhecimento das artes e das ciências e educar seus membros
corretamente.
EX SEN .: Quantos constituem um Senado desta Ordem?
SEN. SEN'L .: Nove ou mais.
EX SEN .: Quando nove dos quais eles consistem?
SEN. SEN'L .: O excelente senador, seniores e juniores Seneschals, secretário,
tesoureiro, Sarcedos, Senior e Junior Vigilantes, e Warder. Acrescente a esse
número ao conferir o trabalho, o médico legista e seis ou mais conselheiros.
EX SEN .: O lugar do guarda e sua vocação lá.
SEN. SEN'L .: No vestíbulo, entre a porta externa e interna, para que ele possa
guardar nossos mistérios da intrusão do profano.
EX SEN .: O lugar do Vigilante Júnior?
SEN. SEN'L .: À direita do senescal sênior no oeste.
EX. SEN, chama os policiais com três raps: Qual a sua vocação, Knight
Junior Vigilante?
JR. VIG .: Proteger bem o portão interior, não sofrer nenhum para entrar ou
retirar, mas que esteja devidamente qualificado e tenha sua permissão, para
receber e executar as ordens do Senescal Sênior, e do meu Chefe, e para
auxiliar no desempenho. dos nossos ritos.
EX SEN .: O lugar do Vigilante Sênior?
JR. VIG .: À direita do excelente senador no leste.
EX SEN .: Sua vocação lá, Cavaleiro Vigilante Sênior?
SEN. VIG .: fielmente obedecer às ordens do excelente senador, ajudar na
realização dos nossos ritos, receber e conduzir os candidatos ao curso, e
saudar e apresentar os membros visitantes.
EX SEN .: O lugar do tesoureiro?
SEN. VIG .: À esquerda do excelente senador no leste.
EX SEN .: Tesoureiro, sua vocação?
TESOUREIRO: Com segurança para manter e honestamente para contabilizar
todo o dinheiro do Senado, recebido das mãos do Secretário, e desembolsá-los
somente mediante ordens autorizadas pelo Senado, e como são assinadas pelo
Senador Excelente e atestadas pelo Secretário. sob o selo do Senado.
EX SEN .: O lugar do Secretário?
TESOUREIRO: À direita do excelente senador no leste.
EX SEN .: Secretário, sua vocação aí?
SECRETÁRIO: Observar sua vontade ao registrar as transações do Senado,
para obedecer às exigências do Supremo ou do Grande Senado em relação a
fazer devoluções e remessas. Manter contas precisas entre o Senado e seus
membros.Receber todos os dinheiros devidos ao Senado, pagando-os nas
mãos do Tesoureiro, recebendo o seu recibo.
EX SEN .: A estação dos Sarcedos?
SECRETÁRIO: No norte.
EX SEN .: Sarcedos, sua vocação aí?
SAR: Quando a Estrela do Norte ilumina o firmamento do norte durante a
noite, e guia o oceano jogando marinheiro sobre as profundezas do caminho,
assim fica o Sarcedos no norte do Senado, para invocar a bênção de Adonai
em nossos trabalhos, para ensaiar e expor o Livro da Lei, e assim direcionar
nossos Irmãos Cavaleiros no caminho de devida e esperança para a meta da
verdade.
EX SEN .: A Estação do Senescal Júnior.
SAR: No sul.
EX SEN .: Sua vocação aí, Cavaleiro Júnior Seneschal?
JR. SEN'L .: Para ajudar o excelente senador na realização de nossos ritos,
para dar bons exemplos aos membros e, para ver que nenhum irrepreensível
que trazem descrédito sobre a antiga Ordem Essênica durante os intervalos
entre as nossas assembleias, e para anunciar a abertura e fechamento do
Senado.
EX SEN: A estação do Senescal Sênior?
JR. SEN'L .: No oeste, excelente senador.
EX SEN .: Sua vocação lá, Cavaleiro Seneschal Sênior.
SEN. SEN'L .: Ser misericordioso, mas justo, como um supervisor associado
dos irmãos aqui presentes, para ajudar o excelente senador na realização de
nossos ritos, para honrar a memória de nossos irmãos ancestrais, e para incitar
sobre aqueles de nossa obediência. , a necessidade de imitar suas virtudes.
EX SEN .: A estação do excelente senador?
SEN. SEN'L .: No leste.
EX SEN .: Sua vocação aí?
SEN. SEN'L .: Como a luz do mundo físico vem do leste, onde também
nasceram a religião, as artes e as ciências, assim como o excelente Senador
para instruir os membros em nossos antigos mistérios. Para iluminar os elos
do nosso amor fraterno. Para supervisionar os negócios do Senado. Para
manter sua honra. Promover suas atividades e ampliar fielmente os limites da
antiga Ordem Essênica.
EX. SEN., Agora ataca ** ** e o Senado sobe: Cavaleiro Senescal Sênior, é
minha ordem que os Irmãos Cavaleiros se reúnam em volta do Altar para que
possamos renovar nossos votos de fidelidade uns aos outros e à nossa ordem,
e abrir o Senado na devida forma.
SEN. SEN'L .: Atenção, irmãos cavaleiros! Forme um círculo. O círculo é
formado, o Vigilante Sênior se encarrega da direita e o Vigilante Júnior a
esquerda quando o círculo é formado. O Senador Excelente, o Senescal
Sênior, o Senescal Júnior, os Sarcedos estão muito próximos do Altar e
dentro do círculo, quando o Senescal Sênior agora comanda: Irmão
Cavaleiros, espadas presentes. Todas as espadas caem para uma horizontal,
trazendo o cabo firmemente contra o peito esquerdo. O Senescal Sênior
diz: À causa de todas as pessoas que estão lutando contra a opressão e estão
em condições de serem livres.
JR. SEN'L .: Para a causa de todas as pessoas que defendem o pensamento
correto e livre contra a tirania da opinião popular.
SAR: Para a causa da Unidade, Tolerância e Caridade.
ALL BROT HNIGHT: Nós nos dedicamos, nossas mãos, nossos corações e
nossas mentes.
EX SEN .: Agora, daqui em diante e para sempre.
TODOS OS IRMÃOS: Deus Vult; Deus Vult.
EX SEN: Para que propósito somos forjados na antiga Ordem Essênica?
SEN. SEN'L .: Que as pessoas entre as quais vivemos podem ser protegidas
contra impostos ilegais, e que o trabalhador possa ter um dia de salário justo
para um dia de trabalho.
JR. SEN'L .: Que eles possam ser mantidos no gozo dos seus direitos
religiosos, políticos e sociais.
SAR: Que as virtudes de unidade e igualdade, fortaleza e patriotismo podem
iluminar nossas vidas e governar nossas ações como Irmãos Cavaleiros da
Antiga Ordem Essênica e como cidadãos.
SR. VIG .: Para que possamos ser fiéis ao nosso país e a todos os homens, para
que possamos ser francos, honestos e cheios de energia em todas as coisas.
JR. VIG .: Que possamos ser sinceros em fazer aquilo que é nosso dever fazer,
dentro e fora da antiga Ordem Essênica.
EX SEN .: E acima de tudo, que nenhum homem ou mulher se arrependa de
que eles confiaram em nossa palavra. Que nossos ouvidos possam estar
abertos para ouvir, e que nossos corações possam ser capacitados a prestar
atenção e obedecer às petições dos pobres e angustiados dentro e fora da
Antiga Ordem Essênia.
TODOS OS IRMÃOS E OFICIAIS: E para tudo isso nós nos comprometemos
como verdadeiros homens.
EX SEN .: Agora, daqui em diante e para sempre.
TODOS OS IRMÃOS: Deus Vult; Deus Vult
SEN. SEN'L .: Attention Knights! Todos trazem espadas para
transportar: Devolva espadas. Para os seus posts , os Vigilantes Sênior e
Júnior, de acordo com as táticas, reformam suas linhas e marcam seus
comandos para as estações, quando todos estão sentados. Os oficiais tomam
suas respectivas estações.
EX SEN: Júnior Seneschal, é minha ordem que ... Senado Não ... seja agora
aberta para o envio do seu negócio legal. Anuncie esta ordem aos Irmãos
Cavaleiros e peça-lhes que sejam governados enquanto estiverem nesta
presença por um espírito de Unidade, Tolerância e Caridade.
JR. SEN'L. Chama o senado por greve ** **: Irmão Cavaleiros, é a ordem do
excelente senador que… Senado No.… ser aberto agora para o despacho de
seus negócios legais. Durante estas horas todos serão governados e
governados por um espírito de Unidade, Tolerância e Caridade: Aqui não
falham. Observe o leste.
EX SEN .: Juntos, Irmão Cavaleiro. Todos dão os sinais em uníssono, o
excelente senador que então ataca ** *, seguido pelo Senescal Sênior e
depois dele o Senescal Júnior. Irmãos, permaneçamos reverentemente sob o
signo da Humildade, enquanto o nosso Sarcedos oferece oração a Adonai. Os
irmãos colocam os braços sobre os peitos, o braço direito para cima, as
pontas dos dedos apoiadas nos ombros e as cabeças inclinadas enquanto o
Sarcedos repete o
Invocação

SAR: Omnipresente e adorável Adonai, você terá prazer em sorrir sobre as


cerimônias e negócios destas horas. Queres ainda mais com o teu mais
gracioso cuidado, os usos humanos da Antiga Ordem Essênica, onde quer que
os seus Senados estejam sentados. Queres dar o dom da sabedoria aos nossos
oficiais, Supremo, Grande e Subordinado, e garantir que cada irmão Cavaleiro
desta Ordem possa perceber e conhecer as coisas que ele deve fazer, e ter
graça e poder para cumprir o mesmo através de Teu Filho, o Messias
glorificado. Amém e amém.
TODOS OS IRMÃOS: Deus Vult; Deus Vult.
EX SEN .: Em nome de Adonai e em homenagem a São João Batista, eu
declaro…
Senado No. ... abriu na devida forma. Vigilante Júnior instrui o
Guardião. Vigilante Sênior decora o Altar. O Vigilante Júnior abre
parcialmente a porta ou portão interno e comunica em voz alta ao Guardião
a ordem do Excelente Senador, fecha a porta ou portão e bate nela. O
Guardião responde, golpeando uma vez ou respondendo ao golpe de
advertência, com a explosão de sua trombeta. Enquanto isso, o Vigilante
Sênior decora o Altar abrindo a Bíblia em Isaías, capítulo 32, e sobre ela,
cruza o Altar, a espada e a colher de pedreiro, saúda e volta ao seu lugar e
permanece enquanto o Vigilante Júnior saúda com sua espada e repete.
JR. VIG .: Seu pedido foi obedecido, excelente senador.
EX. SEN. assentos Vigilante por golpear uma vez e o Senado prossegue a
negócios.

Cerimônias Iniciais

EX SEN .: Cavaleiro Júnior Vigilante, averiguar e relatar se há alguma parte


em espera que deseje receber o diploma em um Cavaleiro da Antiga Ordem
Essênia.
JR. VIG., Que se levanta assim que é endereçado pelo excelente senador,
saúda com sua espada. Ele se retira para o vestíbulo ou ante-sala, e em
devido tempo retorna para a Câmara do Senado, como ele se aposentou e
relata: Eu acho que o Sr. ... na espera, excelente senador.
EX SEN: Secretário tem a festa proposta e eleita na devida forma?
SECRETÁRIO: Ele tem
EX SEN: A taxa de iniciação foi paga?
SECRETÁRIO: Tem
EX SEN .: Vigilante Sênior, você irá consertar a sala de recepção e conduzirá
o candidato para a sala de preparação, onde você verá que ele está
devidamente preparado, responderá a todas as perguntas e então apresentará a
ele.
SEN. VIG. saúda com sua espada e retorna para a sala de recepção, ele
conduz o candidato para a sala de preparação, ao entrar na sala. a porta está
trancada, ele então entrega ao candidato uma espada e administra a seguinte
obrigação ou promessa:
'Eu, ..., na presença do onipresente e adorável Adonai, e na presença desses
membros testemunhais da Antiga Ordem Essênica, solenemente e
sinceramente prometo e prometo que manterei meus votos como um membro
desta ordem como puro e sem manchas como esta lâmina brilhante. Amém e
amém. O candidato é obrigado a saudar o símbolo de honra com um
beijo. Ele agora é obrigado a lavar as mãos em uma tigela de água e secá-
las, período durante o qual o Vigilante cita esta passagem da
Escritura: "Lavarei minhas mãos em inocência e assim balizarei teu Altar, ó
Senhor". O candidato está agora sentado em uma mesa sobre a qual está uma
garrafa de tinta, caneta e um livro aberto, no qual são impressas perguntas a
serem respondidas pelo candidato por escrito, para ser datado e assinado
pelo candidato, seu nome completo em seu escrita própria mão.

Questões

P .: Você está consciente de alguma vez ter cometido contra as leis de Adonai
ou do seu país aquilo que proibiria sua admissão nesta Ordem se fosse
conhecida?
RESPOSTA:…
P .: Você já fez algum dano a um homem ou uma mulher que não tenha sido
arrependido ou para o qual você ainda não tenha feito toda a reparação em
seu poder?
RESPOSTA:…
P: Você acredita em uma primeira Grande Causa, controlador do universo e
de si mesmo?
RESPOSTA:…
P. Qual é a primeira grande causa?
RESPOSTA:…
P .: O que o homem deve a Deus?
RESPOSTA:…
P .: O que o homem deve ao seu país?
RESPOSTA:…
P .: O que o homem deve aos seus semelhantes?
RESPOSTA:…
P: Antes de você colocar sobre o nosso Altar seus votos como um Cavaleiro
da Antiga Ordem Essênica, você pode verdadeiramente dizer que está
disposto a se reconciliar, e buscará a reconciliação com qualquer homem que
tenha algo contra você?
RESPOSTA:…
P: Você está disposto a assumir agora que, a partir de agora, você será
tolerante e caridoso, cortês e justo, que será o defensor sincero da igualdade
do homem, a dignidade do trabalho, do livre pensamento e da liberdade de
expressão, dos pobres? e angustiado onde quer que você possa encontrá-los,
e da honra das mulheres?
RESPOSTA:…
Escreva, agora, como se estivesse escrevendo sua última vontade na véspera
da batalha, lembrando-se de que o purjurer é certamente castigado aqui e no
futuro, e que nada pode apagar o fogo do remorso. As perguntas acima foram
devidamente respondidas e a obrigação assinada e datada pelo
candidato. Seus sapatos e meias agora são removidos de seus pés e um par de
chinelos são colocados sobre eles. Seu casaco, colete e outras peças de
vestuário são retirados, expondo a parte superior do corpo. Um manto
branco é agora colocado sobre o candidato, indo da garganta até o peito do
pé. Este manto deve ser recolhido para expor o peito esquerdo, uma corrente
é agora colocada em torno do corpo, a extremidade livre no lado esquerdo. O
candidato está agora enganado ou com os olhos vendados.
O Vigilante Sênior agora entregará ao candidato a seguinte palestra: "Meu
amigo, ninguém, exceto aqueles cujas intenções são puras e cujas mãos estão
limpas, pode entrar neste retiro sagrado. Como uma prova visível de que tais
são suas intenções e como uma declaração do seu propósito de nunca mais
empregar suas mãos em outras que não sejam boas obras, você foi obrigado a
lavar as mãos em água pura ".
O Vigilante Sênior acompanhado pelo candidato avançará até a porta que
leva à Câmara do Senado, o Vigilante Sênior desembainha a espada e com o
cabo bate na porta.
JR. VIG., Levantando e saudando com sua espada como faz quando
endereçado ou endereçando o Senador Excelente : Senador Excelente, há um
alarme na porta da sala de preparação.
EX. SEN .: Verifique sua causa e informe.
JR. VIG. Avança para a porta e bate duas vezes sobre ela, abre-a
ligeiramente e diz: Quem vem para cá?
SR. VIG .: …, um candidato e estranho imbuído do amor de seu país, que
respondeu a todas as perguntas corretamente, lavou as mãos em inocência e
agora se une aos Cavaleiros da Antiga Ordem Essênica, os homens poderosos
de Israel, que liderou os corajosos Matatias, procura restaurar o estado
decadente de nosso povo, que está lutando por Israel, e por nosso santuário
que foi contaminado pelos pagãos.
JR. VIG .: Ele é de idade legal, nascido livre e de boa reputação?
SR. VIG .: Sim, em verdade.
JR. VIG .: Você é seu patrocinador?
SR. VIG .: Sim, em verdade.
JR. VIG: Humildemente expectante, deixe-o aguardar a resposta do Excelente
Senador, que ele logo receberá.
O Vigilante Júnior fecha a porta, avança para o Altar, saúda e
relata: Excelente Senador, o alarme foi causado por um candidato e estranho,
imbuído de um amor por seu país, que respondeu a todas as perguntas, lavou
as mãos em inocência e agora se une a os cavaleiros da Antiga Ordem
Essênica, os poderosos homens de Israel, que lideraram os valentes Matatias,
procuram restaurar o estado decadente de nosso povo, que está lutando por
Israel, e por nosso Santuário, que foi contaminado pelos pagãos.
EX. SEN .: Quem é o seu patrocinador?
JR. VIG .: Knight Senior Vigilante é seu patrocinador e seu guia, Excellent
Senator.
EX SEN .: Está bem, Cavaleiro Junior Vigilante, abra bem a porta e em nome
de Adonai confesse o candidato e estranho. Como o excelente senador assim
ordena, o Senado deve ser parcialmente escurecido, o incenso deve ser aceso,
os seis conselheiros-cavaleiros, devidamente fantasiados de vestes brancas,
cocar e espadas, organizam-se num semicírculo no altar, espadas em uma
carregadeira. Quando tudo estiver pronto, o Vigilante Júnior abre a porta e
exclama: Digite um estranho, em nome de Adonai. O Vigilante Sênior lidera
o candidato até o Senado, avançando para os conselheiros, pára, solta o
engasgamento e dá um passo para o lado. A música é agora ouvida do órgão
por alguns instantes, então o excelente senador ataca com seu sino.
1o COUN. comandos: Cavaleiros cobram. Os conselheiros apontam suas
espadas para o peito nu do candidato. Estranho, pausa, deixe que os teus
ouvidos atentem para as lições do Livro da Lei. O teu país está desolado, as
tuas cidades queimadas pelo fogo, os teus estrangeiros da terra devoram na tua
presença.
2º CONTRA: Estranho, você solenemente promete, como um homem patriota
e verdadeiro, dedicar-se aos serviços de seu país?
RES: Eu faço
3º CONGRESSO: Estranho, os senhores juram solenemente que se oporão,
por todos os meios legais, à tirania da opinião pública sobre o seu livre-
arbítrio e liberdade de expressão?
RESPOSTA: eu faço.
4º CONGRESSO: Estranho, você promete solenemente que será casta em
pensamentos e ações, que será compassivo com os pobres, útil a seus irmãos
da Antiga Ordem Essênica e que você lidará com justiça com todos os
homens?
RESPOSTA: eu faço.
5º CONGRESSO: Estranho, você promete solenemente que, com o melhor de
sua capacidade, apoiará a causa do progresso intelectual, que irá trabalhar
seriamente pelo bem da antiga Ordem Essênica, zelosamente guardando seus
mistérios e seu limiar?
RESPOSTA: eu faço.
6º CONGRESSO , tomando um copo de água mantido em prontidão pelo
Vigilante Júnior: Estranho, você sustentou bem o exame de meus associados,
e agora, como preparação adicional de nossos ritos, você se ajoelhará sobre os
dois joelhos.O candidato obedece. Esta água pura derrama sobre a tua conta e
solenemente te consagra à Unidade, à Verdade e à Virtude. Sê forte na força
dos vivos Adonai. Surgir; siga em frente valentemente e esperançosamente
como fizeram nossos antepassados quando prestes a passar sobre o Mar
Vermelho. O Vigilante Sênior substitui o traficante. O sino sagrado ou
martelo é atingido, como deveria ser depois da acusação de cada
conselheiro. O primeiro conselheiro comanda: Atenção Irmão
Cavaleiro; Espadas de retorno; Mensagens, março. Os conselheiros retomam
seus lugares. O Vigilante Sênior pega a corrente do Approacher em sua mão
e começa a jornada mística O Sarcedos enquanto isso lê de modo audível e
impressionante o Salmo XV: "Senhor, quem deve habitar em teu Tabernáculo,
etc." O Approacher é conduzido lentamente duas vezes ao redor do Altar até
o Junior Seneschal no sul. Durante a viagem, um interlúdio em uma chave
menor é ouvido, e o sino sagrado ou martelo anuncia a aproximação e
partida de cada uma das quatro estações. À medida que o Vigilante e o
candidato chegam ao sul, o Vigilante o enfrenta até o júnior Senescal. O
júnior Seneschal desce e diz:Estranho, você está disposto a passar pelo fogo
para o serviço de Adonai e seu país?
RESPOSTA: eu sou.
JR. SEN'L .: Eu testo-te com fogo. Aplicando a esponja no peito. Cuidado
deve ser usado neste ato. Deixe que isto te admoestar que a ambição deve
esperar na aptidão, e que aquele que aspira a uma estação que ele não é
ordenado para preencher é digno do destino que sucede aos filhos sacrílegos
de Arão no deserto. Tende a certeza do teu chamado. O sino sagrado ou
martelo é golpeado e os golpes seguem em intervalos enquanto o candidato
viaja lentamente para o Senescal Sênior no oeste. O Vigilante enfrenta o
candidato ao Senescal Sênior que diz: Estranho, és tu disposto a derramar teu
sangue quando Adonai e teu país assim o exigem, e teu selo aprova o
sacrifício?
RESPOSTA: eu sou.
O CIRURGIÃO se posiciona à direita e, diante do candidato, diz agora: Meu
amigo, antes de prosseguir nesse nível, é necessário que você passe por uma
provação que requer coragem para se submeter. Percorrendo suas veias e
artérias, é um fluido roxo ou carmesim essencial para a vida. Tão precioso é
para a Vida do Homem, que aquele que derramar seu sangue em defesa de
uma Causa, ou em uma linha de dever, prova da maneira mais decisiva, sua
devoção a isso, agora, para que possamos ser o melhor satisfeita, quanto à sua
firmeza de espírito, à honestidade e integridade de seu propósito, proponho,
aqui e agora, tirar do seu Corpo a quantidade de sangue que você pode estar
voluntariamente disposto a oferecer ao Sacrifício. A quantidade total de
sangue no corpo humano é de cerca de um décimo terceiro do peso do
corpo. Na provisão abundante da Natureza, entretanto, muitos quilos desse
fluido vital podem ser perdidos e novamente restaurados, mas se o limite de
segurança for ultrapassado e sua vida física perdida, seu nome será inscrito
entre os Deuses, e você se tornará Tome tempo para considerar, e quando
você assim decidir a quantidade de sangue que você está disposto a sacrificar,
tomando sobre si todas as conseqüências resultantes disso, eu, em virtude da
autoridade em mim investida, realizarei a operação. Uma demanda agora é
feita pelo Senador Excelente que o candidato declare a quantidade de sangue
que ele está disposto a perder em vez de divulgar os Segredos da Ordem
quando uma vez forçado. Isto tendo sido feito, o Cirurgião diz: Assistentes,
você colocará o candidato em cima. a mesa de operação. Os assistentes,
compostos por quatro ou mais, que foram agrupados sobre o candidato, irão
agora pegar o candidato e levá-lo para a mesa de operações, (o altar foi
removido e a mesa de operação colocada no centro da sala) colocando ele em
cima da mesa, o Sutgeon seguinte, que então diz:Assistentes, agora você vai
amarrá-lo firmemente à mesa. Muito tempo agora é tomado, para amarrá-lo
com segurança, quando o Cirurgião mais uma vez comandar: Bare seu braço
direito acima do cotovelo, prepare as ataduras e eu vou atacar profundamente
e com certeza, que este teste seja realizado. O excelente senador agora
convoca o Senado, os membros formam um círculo em volta da mesa de
operações. Cuidado é necessário aqui. Tenha sempre à mão um copo de água
e, sob nenhuma circunstância, tente este trabalho sem o Cirurgião regular ou
o seu ajudante está à mão. Após o teste, o braço deve ser devidamente
enfaixado com a bandagem de um cirurgião e o candidato liberado, o
Vigilante Sênior conduz o candidato parcialmente ao redor do salão e depois
o devolve ao Altar, de frente para o Excelente Senador, e então pára.
EX SEN .: Estranho, ajoelhe-se no nosso Santo Altar, entrelace os dedos,
descanse as mãos no Livro da Lei, na Espada e na Espátula e, nessa posição,
faça o seu voto. O excelente senador convoca o Senado ao golpear ** ** em
dísticos, descobre e passa para o Altar, os Cavaleiros formam um círculo ao
redor do Altar.

Juramento

Eu, ..., na presença do onipresente e adorável Adonai, e a presença destes


membros testemunhais da Antiga Ordem Essênica, declaro e solenemente,
solenemente e sinceramente, que durarei para sempre, enquanto a vida durar
A antiga Ordem Essenica ou permanecendo dentro dela, manter e esconder, e
de qualquer forma expor de qualquer maneira, os sinais, senhas, garras de
mão, mistérios ou segredos, planos de negócios desta Ordem, a qualquer
pessoa, exceto que seja devidamente e verdadeiramente Cavaleiro da antiga
Ordem de Essenic ou um Senado legítimo do mesmo, e não a ele ou a eles até
que após o exame eu o tenha encontrado ou justamente qualificado para
receber o mesmo. Tudo isso eu solenemente e sinceramente prometo fazer
neste Livro da Lei, e no nome no Adonai onipresente e adorável. E se eu, de
qualquer maneira, não der ouvidos e guardar o juramento solene que prometi,
que o destino dos filhos de rebelião de Arão seja meu. Amém e amém.
EX SEN: Em testemunho da tua aceitação voluntária destes votos, e da tua
solene determinação de manter e observar o mesmo, saúda agora o Livro da
Lei uma vez. Candidato beija a Bíblia. Isso feito o excelente senador retorna
para o leste, cobre e greves uma vez; o Sarcedos avança para o Altar e coloca
ambas as mãos na cabeça do candidato e dá a bênção.
SAR: Omnipresente e adorável Adonai, Tu que és o Supremo Governante do
Supremo Senado do Céu, Tu clemente e compassivo, inclina teus ouvidos
para ouvir os votos solenes de nosso amigo recém-feito, agora ajoelhado
humildemente diante de ti. Nós te pedimos para dirigir, santificar e governar
seus pensamentos, palavras e ações, para que ele possa sempre manter seus
votos inviolados, e assim tornar-se teu filho fiel, um corajoso amante de seu
país e um prestativo servo da Antiga Ordem Essênia. Amém e amém.
Todos os membros respondem: Deus Vult; Deus Vult.
O excelente senador então ataca e todos os assentos são retomados, exceto o
Vigilante Sênior, que permanece perto do candidato.
EX SEN. volta ao Altar e diz: Meu amigo, louve-se eternamente ao nome de
Adonai para que você realize diariamente o seu voto; teus votos te fizeram
livre. Vigilante sênior, a verdade é o corpo de Adonai e a luz é a sua sombra,
descubra os olhos do nosso amigo que aquele que estava cego pode ver a luz,
e guiado pela verdade, pode sempre caminhar na sombra.
O Vigilante Sénior obedece e remove a droga: Meu amigo, seus olhos sendo
descobertos, você vê diante de você em nosso altar sagrado, o Livro da Lei, a
Espada e a Espátula. O Livro da Lei é a Carta Divina das nossas liberdades
civis e religiosas. Estes são os estatutos em que Adonai ordenou a
Moisés. Eles ensinam o homem todo o seu dever a Adonai, ao seu país e ao
seu próximo. Aquele que guarda a lei, feliz é ele. MANTENHA A LEI. A
espada e a colher de pedreiro são significativas da espada e da colher de
pedreiro de Zerrebbabel. Lembre-se de que, com a espada em uma mão forte,
Zerrebbabel repeliu os inimigos de Judá e Benjamim, enquanto com a colher
de pedreiro na outra mão ele espalhou o cimento entre os cursos das muralhas
recriadas de Jerusalém. Mais uma vez, meu amigo, os pagãos contaminaram e
devastaram Sião e dispersaram os filhos da promessa. Mas outra Zerrebabel,
até mesmo Matatias, foi escolhida para restaurar a Cidade e o Templo, e para
reunir Israel em Sião, portanto, segure a espada; grite em voz alta e não poupe
os inimigos de Adonai. Então, quando ele nos der a vitória, segure a espátula e
trabalhe intensamente nas paredes. Surgir. O excelente senador agora instrui
o candidato de que ele será obrigado a passar em um exame no Senado
aberto e nomeia algum irmão Knight para dar uma palestra a ele, também
solicitando sua presença em uma data tão adiantada quanto possível para o
avanço.

Cerimônias de Encerramento

EX SEN .: Senescal Sênior, qual é a hora?


SEN. SEN'L .: É o sexto rouco da noite, excelente senador.
EX SEN: É então a hora de nossos trabalhos terminarem, e que devemos
reparar em nossos respectivos locais de residência. Alguma coisa foi deixada
de lado e deveria ter sido feita em nome da antiga Ordem Essênica?
SEN. SEN'L .: Nada, excelente senador.
EX SEN: Junior Seneschal, algum trabalho de caridade foi
negligenciado? Alguma ofensa não foi reprovada, ou algum membro errante
foi esquecido, quem poderia, por gentileza, advertência fraternal ou conselho,
ter sido reformado?
JR. SEN'L .: None, Excellent Senator
EX SEN .: Sarcedos, que duas palavras contêm toda a existência moral de um
irmão Knight e todo o credo de nossa Ordem?
SAR .: Dever e Esperança, Excelente Senador.
EX SEN .: Irmão Cavaleiros, A Oração é um Dever, vamos, portanto, com
nossos Sarcedos unidos em oração. Chama o Senado marcando ** **. Todos
os membros estão sob o signo de humildade durante a oração de
encerramento.

Oração de encerramento

SAR .:Omnipresente e adorável Adonai, conceda-nos graça para que possamos


sempre seguir as doutrinas de João Batista e imitar sua vida santa da melhor
maneira possível, para que possamos nos arrepender de verdade, de acordo
com a pregação de ibis e depois de seu exemplo falar constantemente a
verdade, corajosamente, repreende o vício e sofre pacientemente pela causa da
Verdade. Amém e amém.
TODOS OS MEMBROS: Deus Vult; Deus Vult.
EX SEN: Junior Seneschal, é minha ordem que ... Senado ... esteja agora
fechado. Você anunciará esta ordem aos irmãos cavaleiros.
JR. SEN'L .: Irmão Cavaleiro, é a ordem do Excelente Senador que ... Senado
... está agora fechado. Observe o leste.
EX SEN .: Juntos, Irmão Cavaleiro. Os sinais são dados. Eu declaro ... Senado
No. ... fechado na devida forma. Irmão Cavaleiro, vá em paz; e pode dever e
Esperança, a esperança de recompensa eterna que espera o verdadeiro dever
faz no futuro, permaneça com você até que nós nos encontramos novamente
ao redor de nosso Altar para renovar nossos votos de lealdade um ao outro e
para a Ordem Essênica Antiga.Ataca uma vez, e os membros partem depois
que o Vigilante Júnior abriu a porta ou portão interno, o Livro da Lei foi
fechado e a espada e colher de pedreiro foram removidas pelo Vigilante
Sênior.

Você também pode gostar