Você está na página 1de 25

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

QUESTÃO 01
Para utilizar nosso aparelho fonador, emitindo voz, necessitamos vibrar nossas cordas
vocais. Após alguns anos de uso indevido, uma pessoa pode ter espessamento das
cordas. Considerando ser a corda vocal uma corda vibrante, e o espessamento,
uniforme, é possível afirmar que, após o espessamento das cordas vocais, a velocidade
de propagação nas cordas:
a) permanece a mesma, e a voz fica mais aguda.
b) aumenta, e a voz fica mais grave.
c) diminui, e a voz fica mais grave.
d) aumenta, e a voz fica mais aguda.
e) diminui, e a voz fica mais aguda.

QUESTÃO 02
Yuri instalou em um gerador ideal, que fornece sempre 120 volts, um circuito em série
feito com lâmpadas cuja voltagem máxima suportada é uma progressão aritmética de
razão 4. A primeira lâmpada do circuito suporta no máximo 6 volts.

A máxima diferença de potencial, em volts, suportada por uma lâmpada do circuito de


Yuri será:
a) 30
b) 34
c) 38
d) 42
e) 46

QUESTÃO 03
Uma família comprou um novo micro-ondas e reparou que a conta de luz aumentou. Ao
ler o manual de instruções dos micro-ondas novo e antigo observaram que o micro-
ondas A, o antigo, possuía uma potência de 750 W, e o micro-ondas B, adquirido
recentemente, possui uma potência de 900 W. O tempo médio diário que o micro-ondas
é utilizado nessa residência é 15 minutos. Marque a alternativa que apresenta a
porcentagem do aumento no consumo de energia ocorrido devido a troca de micro-
ondas.
a) 20%
b) 30%
c) 25%
d) 35%
e) 40%
QUESTÃO 04
O esquema a seguir mostra como é o comportamento de moléculas polares e apolares
sob ação de campo elétrico:

Sabe-se que apenas moléculas que sofrem ação de campo elétrico têm a capacidade
de serem aquecidas em forno de micro-ondas. Relacionando essas informações, qual
das moléculas a seguir não sofre ação de micro-ondas?
a) CO2
b) HCN
c) H2O
d) H2CO
e) SO2
QUESTÃO 05
10Certas ligas estanho-chumbo com composição específica formam um eutético
simples, o que significa que uma liga com essas características se comporta como uma
substância pura, com um ponto de fusão definido, no caso 183ºC. Essa é uma
temperatura inferior mesmo ao ponto de fusão dos metais que compõem esta liga (o
estanho puro funde a 232ºC e o chumbo puro a 320ºC), o que justifica sua ampla
utilização na soldagem de componentes eletrônicos, em que o excesso de aquecimento
deve sempre ser evitado. De acordo com as normas internacionais, os valores mínimo
e máximo das densidades para essas ligas são de 8,74g/mL e 8,82g/mL,
respectivamente. As densidades do estanho e do chumbo são 7,3g/mL e 11,3g/mL,
respectivamente.
Um lote contendo 5 amostras de solda estanho-chumbo foi analisado por um técnico,
por meio da determinação de sua composição percentual em massa, cujos resultados
estão mostrados no quadro a seguir.
Porcentagem de
Amostra Sn (%) Porcentagem de Pb (%)
I 60 40
II 62 38
III 65 35
IV 63 37
V 59 41
Disponível em: http://www.eletrica.ufpr.br.
Com base no texto e na análise realizada pelo técnico, as amostras que atendem às
normas internacionais são
a) I e II
b) I e III
c) II e IV
d) III e V
e) IV e V
QUESTÃO 06
O sódio é um metal alcalino e bastante usado na alimentação humana, pois constitui o
principal tempero presente diariamente nas refeições, na forma de cloreto de sódio
(NaCl), mais conhecido como sal de cozinha. Se consumido além dos limites diários
recomendados, pode ser prejudicial à saúde. Um de seus malefícios é o
desenvolvimento ou o agravamento da hipertensão.
O valor diário de referência fixado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)
para a ingestão de sódio é de 2400 mg. O rótulo de um hambúrguer informa que ele
possui 1543 mg de sódio, o que corresponde a 64% do valor diário de referência. Um
adolescente consumiu um hambúrguer desses no almoço. No jantar, decidiu preparar
um prato e adicionar um realçador de sabor, que possui a seguinte informação
nutricional no rótulo:

Complemento de sódio
Informação nutricional para uma porção de 1g (1/4 colher de chá)
Quantidade por porção: Sódio ---------- 123mg
Não contém quantidades significativas de valor energético, carboidratos, proteínas,
gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans e fibra alimentar

Que quantidade do realçador o jovem pode adicionar na preparação do prato,


considerando que é a única fonte de sódio do jantar e, também, que ingeriu sódio
apenas no almoço e no jantar?
a) 10 g
b) 5 g
c) 15 g
d) 7 g
e) 12 g
QUESTÃO 07
Na casa de João há água encanada e própria para o consumo humano, porém, com
dificuldades financeiras e sem facilidade para economizar dinheiro, ele está usando a
água de um riacho que passa perto de sua casa. Ele utiliza essa água para beber,
cozinhar e tomar banho. Nunca se preocupou em verificar a qualidade da água, pois
nunca soube de ninguém que houvesse ficado doente ao usá-la. Quando uma equipe
de saúde chegou à residência de João, a água do pote oriunda do rio foi analisada, e
os agentes verificaram a presença de coliformes fecais, provavelmente provenientes da
contaminação do rio. Os agentes explicaram para João a importância de usar água
encanada e contaram-lhe por quais processos de tratamento a água passava.

Os agentes de saúde explicaram para João que, na estação de tratamento, a água


passa, nesta ordem, pelos processos de:
a) correção do pH, decantação, filtração, floculação, coagulação, fluoretação e
desinfecção.
b) decantação, coagulação, desinfecção, floculação, filtração, correção do pH e
fluoretação.
c) filtração, coagulação, decantação, fluoretação, correção do pH, desinfecção e
floculação.
d) floculação, correção do pH, decantação, filtração, desinfecção, fluoretação e
coagulação.
e) coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção, fluoretação e correção do
pH.

QUESTÃO 08
Um impacto ambiental é caracterizado por um desequilíbrio provocado pelo choque
entre a relação do homem com o meio ambiente, e iniciou-se com a evolução humana.
Desde os primórdios da humanidade, o homem já mantinha uma relação de submissão
com o meio ambiente. Embasado em seus conhecimentos científicos, assinale a opção
que condiz com as atitudes positivas do homem, que favorecem a redução dos impactos
em ambientes naturais.
a) Reciclagem e importação de água doce.
b) Desenvolvimento sustentável e leis de preservação.
c) Uso consciente de recursos naturais e doação de roupas.
d) Assoreamento e reflorestamento.
e) Despoluição de rios e desmatamento.
QUESTÃO 09
Em uma cena de crime foram encontradas cinco amostras com ácidos nucleicos. Os
peritos analisaram quimicamente as amostras e apresentaram os seguintes resultados:

I) 1ª amostra: ribose
II) 2ª amostra: timina
III) 3ª amostra: dupla hélice
IV) 4ª amostra: uracila
V) 5ª amostra: 20% de guanina e 30% de citosina

Com base em seus conhecimentos sobre a composição química dos ácidos nucleicos,
entre estas amostras, quais se referem a DNA?
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) II e IV.
e) II e V.

QUESTÃO 10
Sabe-se que a calvície é uma característica determinada por um alelo autossômico,
sendo dominante em homens e recessivo em mulheres. Lucas, cujo pai e avô materno
são calvos, aos 25 anos, começou a perceber uma queda significativa de cabelos e logo
procurou alternativas caseiras, buscando reverter definitivamente a situação. Seguindo
a receita de um amigo, ele fez uma solução com ingredientes diversos aplicou a solução
no couro cabeludo, em dias alternados.
Analisando as alternativas a seguir quanto à eficácia deste tipo de tratamento?

a) Este tipo de tratamento caseiro é altamente recomendado, uma vez que a calvície
é causada por fatores externos, como o estresse.
b) O tratamento pode surtir efeito, caso algum desses ingredientes aja no nível celular.
c) O tratamento pode ser eficaz, considerando a importância de se manter o couro
cabeludo saudável para evitar a calvície.
d) Caso Lucas tenha herdado o alelo para calvície de seu pai ou de sua mãe, ele será,
inevitavelmente, calvo.
e) Lucas será calvo apenas se tiver herdado o alelo para calvície de seu pai e de
sua mãe; portanto há uma chance de que o tratamento funcione.
CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
QUESTÃO 11

Leia os textos a seguir:

Texto 1

É impossível esperar que uma sociedade como a nossa, radicalmente desigual e


autoritária, baseada em relações de privilégio e arbitrariedade, possa produzir cidades
que não tenham essas características.
Fonte: MARICATO, 2001, p. 51.

Texto 2

[...] a segregação é um processo segundo o qual diferentes classes ou camadas sociais


tendem a se concentrar cada vez mais em diferentes regiões gerais ou conjuntos de
bairros da metrópole.
Fonte: VILLAÇA, 2001, p. 142 – grifo no original.
Fonte: Saboya, R. Home page de Urbanidades.
<http://urbanidades.arq.br/2009/05/segregacao-espacial-urbana>. Acesso em
17/01/2011.

Analise as assertivas abaixo:


I. Os textos indicam processos históricos e culturais para explicar o sentido da
segregação sócio espacial urbana.
II. O segundo texto aponta a segregação sócio espacial urbana como decorrência das
diferenças de classes sociais.
III. Tanto o primeiro como o segundo texto interpretam a industrialização como motor da
concentração de riquezas e da exclusão urbana.
IV. O primeiro texto indica haver mais intercâmbio social em nossas cidades, sendo que
os cidadãos têm plena consciência de seus direitos.

Está correto apenas o que se afirma em


a) I, II e III.
b) II, III e IV.
c) I, III e IV.
d) II e III.
e) I e II.
QUESTÃO 12
Com a queda do Império e a proclamação da República no Brasil, em 15 de novembro
de 1889, o novo Governo republicano se esforçou muito para consolidar Tiradentes um
herói nacional. Imagens como as que se encontram abaixo, produzidas por Décio
Villares, tinham o objetivo de construir uma memória republicana que suplantasse as
lembranças dos tempos do Imperador Dom Pedro II.

Crédito: Museu Histórico Nacional, Crédito: Museu Mariano Procópio,


Rio de Janeiro Juiz de Fora(MG)

Ao analisar as obras produzidas por Décio Villares, conclui-se que:


a) os republicanos escolheram Tiradentes como herói e símbolo do novo Governo
porque ele havia lutado pela independência do Brasil, na Inconfidência Mineira.
b) a imagem de Tiradentes foi intencionalmente aproximada a de Jesus Cristo, pois o
conjurado mineiro pregava a mesma mensagem de Cristo.
c) a representação de Tiradentes era semelhante a de Jesus Cristo para que, dessa
maneira, o povo brasileiro se identificasse mais com o novo herói republicano alçado à
condição de mártir.
d) nos primeiros anos republicanos do Brasil, um verdadeiro mito foi construído em
torno da figura de Tiradentes para recuperar os ideais monárquicos portugueses.
e) Tiradentes foi a figura escolhida pelos republicanos para ser herói nacional porque
sua fisionomia era similar à de Jesus Cristo.
QUESTÃO 13
Depois de muito tempo, a Capoeira foi reconhecida como patrimônio cultural brasileiro.
Com base nos seus conhecimentos sobre a cultura e a história nacional, podemos
afirmar que a capoeira representa:

a) um rito de grande importância para a comunidade negra escrava no período


colonial, mas não é um elemento da cultura brasileira atual.
b) uma manifestação cultural de grande valor para a compreensão da cultura e da
história do povo brasileiro.
c) um elemento da cultura nacional que deve ser valorizado pelas políticas públicas de
incentivo ao turismo.
d) uma atividade pouco praticada e valorizada no Brasil, apesar da sua importância
histórica.
e) um movimento não reconhecido pelo Estado brasileiro como uma manifestação
cultural de grande valor para a cultura do país.
QUESTÃO 14
Leia os textos a seguir:

Texto 1
A Revolução Francesa e a Revolução Industrial inglesa provocaram uma série de
mudanças de grande alcance. Esses processos de transformações profundas foram
exportados pelos europeus por toda parte, mesmo que só vingassem lenta e
parcialmente. É essa razão por que o processo global foi designado com o nome de
ocidentalização.
(Adaptado de Pasquino, G. Modernização. In: Bobbio, Matteucci e Pasquino
(org.). Dicionário de Política. Brasília: UNB, 1995.)

Texto 2
Um elemento evidente da “presença ocidental” no mundo contemporâneo é o fenômeno
dos esportes. Eles vêm-se mundializando. Segundo dados de 2004 da CBF, nada
menos que 846 jogadores brasileiros foram para clubes de 80 diferentes países. O país
que mais recebeu jogadores (132) foi Portugal, pela óbvia facilidade linguística. Mas 35
partiram para o Japão, 32 para a Coreia, e outros tantos para países ainda mais exóticos
aos olhos dos brasileiros: 26 para a Indonésia, 17 para o Vietnã, 13 para a China, 12 ao
Azerbaijão. Entre os grupos menores, a Finlândia, o Kuwait e o Qatar receberam, cada
uma, 6 jogadores, e a Bósnia e as Ilhas Faroe, 3.
(Adaptado de Hervé Théry. Futebol e hierarquias urbanas no Brasil. Mappemonde n.
81, 2006.)

O fenômeno da ocidentalização mencionado nos trechos dos textos pode ser explicado
por:
a) homogeneização cultural em todos os países do planeta.
b) aumento das diferenças culturais nos países do ocidente.
c) resistência à homogeneização cultural imposta pelo oriente.
d) expansão da cultura ocidental em países da Ásia e Oceania.
e) redução das desigualdades socioeconômicas entre os países.
QUESTÃO 15
Com relação à reserva Chico Mendes, julgue as assertivas a seguir.

Fonte: Coleção Cadernos de EJA


<http://eja.sb2.construnet.com.br/cadernosdeeja/meioambienteetrabalho/mat_txt22.ph
p?acao3_cod0=81be026221dfbb0d168b9b7774fa84c1>. Acesso em: 09/12/2010.

I - Os extrativistas foram pragmáticos e perceberam a floresta como fonte de renda, uma


vez que sua subsistência estava atrelada a formas diferentes de uso da terra. A luta
pela terra se chocou, portanto, com a política de criação de unidades de conservação
implementada pelo Governo Federal.

II - A luta pela terra ocasionou a morte de muitas lideranças sindicais no Acre, como
Wilson Pinheiro, Evair Higino e Chico Mendes.

III - Chico Mendes propôs a união dos povos da floresta, buscando unir os interesses
dos índios, seringueiros e ribeirinhos.

IV - A criação das Reservas Extrativistas como Unidades de conservação de Uso Direto,


definidas como territórios destinados ao uso por populações com tradição no uso
sustentável dos recursos naturais, representa um marco na trajetória de lutas dos
seringueiros acreanos.

Estão corretas as assertivas:


a) I, II, III e IV.
b) II, III e IV.
c) I, III e IV.
d) II e IV, apenas.
e) I e III, apenas.
QUESTÃO 16
A Constituição Federal de 1988, em seu artigo 5o, inciso XLII, determinou que “a prática
do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos
termos da lei”. No ano seguinte, a Lei no 7716/89 determina em seu título a punição de
crimes resultantes de preconceito de raça ou cor, categorias que foram ampliadas em
1997, quando os legisladores acrescentaram ao artigo correspondente os termos etnia,
religião e procedência nacional. As penas previstas vão de um a três anos de reclusão
e multa.

Fonte: Brasil. Constituição Federal de 1988; Lei nº 7716/89.

Com base no texto, é correto afirmar que as leis sobre preconceitos e discriminação
no Brasil:
a) são dispensáveis, face à ausência de preconceitos e discriminação na sociedade
nacional.
b) eliminaram o preconceito e a discriminação em função de cor, raça ou origem no
país.
c) preveem punição como encarceramento para crimes como o de racismo.
d) valem para julgar discriminação de cor ou raça, mas não para a de origem
geográfica.
e) corrigem uma injustiça histórica, mas foram rejeitadas pelo sistema de justiça.
QUESTÃO 17
Em 22 de novembro de 1910, os moradores da cidade do Rio de Janeiro acordaram
sobressaltados. Tiros de canhão eram ouvidos por todos os lados. O que estaria
ocorrendo dessa vez? Mais uma tentativa de golpe de Estado? Revoltas contra o
aumento das passagens dos bondes? Uma nova vacinação obrigatória? Ou alguma
outra atitude impopular do governo? Os rumores foram desfeitos na manhã seguinte,
quando os principais jornais do Brasil e do mundo passaram a publicar as notícias da
Revolta dos Marinheiros.

A Marinha de Guerra havia encomendado diversos navios aos estaleiros ingleses de


Newcastle, como parte do seu projeto de reaparelhamento naval, e, em 1910, chegaram
os modernos e poderosos encouraçados: Minas Gerais e São Paulo. Foram esses dois
navios e mais duas embarcações – Deodoro e Bahia – que os marinheiros utilizaram
para exigir o cumprimento das suas reivindicações. Aos gritos de “Viva a liberdade” e
“Abaixo a chibata”, os amotinados foram matando e expulsando oficiais, sargentos e
marinheiros contrários ao movimento. Logo após, apontaram os enormes canhões
contra a cidade e atiraram, vitimando pessoas em duas residências.

Pereira do Nascimento, A. (2006). Fonte: Revista de História da Biblioteca


Nacional<http://www.revistadehistoria.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=957&pagina=1
>. Acesso em 14/12/2010

Pode-se afirmar que a Revolta da Chibata, ocorrida em 1910, foi um importante


Movimento Social da República Velha porque:

a) resultou da organização de escravos e marinheiros, que, além de exigirem o fim das


chibatadas, lutavam contra a escravidão e o preconceito contra negros.
b) representou a tentativa de um grupo minoritário, os marinheiros, sobrepor-se à
estrutura autoritária do Império.
c) os marinheiros rebelados conseguiram o fim dos castigos corporais por meio de
uma manifestação pacífica.
d) combateu a hegemonia das oligarquias cafeeiras, que controlavam o Estado
brasileiro através da Política dos Governadores.
e) contestava a hierarquia estabelecida na Marinha, exigindo o fim dos castigos
físicos, que evocavam a época da escravidão.
QUESTÃO 18
A Guerra Fria foi um período em que a guerra era improvável, e a paz, impossível. Com
essa frase, o pensador Raymond Aron definiu o período em que a opinião pública
mundial acompanhou o conturbado relacionamento entre os Estados Unidos e a União
Soviética.

A divisão do mundo em dois blocos, logo após a Segunda Guerra Mundial, transformou
o planeta num grande tabuleiro de xadrez, em que um jogador só podia dar um xeque-
mate simbólico no outro. Com arsenais nucleares capazes de destruir a Terra em
instantes, os jogadores, Estados Unidos e União Soviética, não podiam cumprir suas
ameaças, por uma simples questão de sobrevivência.

ARBEX JR., J. Homepage da TV Cultura


<http://www.tvcultura.com.br/aloescola/historia/guerrafria/guerra1/descricaopanoramic
a.htm>. Acesso em 15/12/2010

A frase de Raymond Aron sintetiza bem o significado da Guerra Fria, pois:


a) apesar dos acordos de paz assinados pelos EUA e União Soviética, disputas
econômicas e territoriais motivadas pelo interesse dos dois países pelo Alasca
acarretaram em conflitos violentos nessa região.
b) foi um período marcado por violentos confrontos armados entre os Estados Unidos
e a União Soviética, já que os dois países investiram muito no setor militar.
c) a paz seria impossível, já que o capitalismo, defendido pelos EUA, era
irreconciliável com o socialismo soviético; a guerra era improvável porque ambos os
países detinham bombas nucleares e poderiam se destruir mutuamente.
d) os confrontos armados não ocorreram, como era previsto, pela incapacidade militar
dos EUA e da União Soviética, que tinham saído muito fragilizados da Segunda
Guerra Mundial.
e) a guerra entre os dois países era inevitável, já que os estados Unidos e a União
Soviética possuíam uma força militar impressionante.
QUESTÃO 19
O que é o Terceiro Estado?

Que é o Terceiro Estado? Tudo. Que tem sido até agora na ordem política? Nada. Que
deseja? Vir a ser alguma coisa...

O Terceiro Estado forma em todos os setores os dezenove/vinte avos, com a diferença


de que ele é encarregado de tudo o que existe de verdadeiramente penoso, de todos
os trabalhos que a ordem privilegiada se recusa a cumprir. Os lugares lucrativos e
honoríficos são ocupados pelos membros da ordem privilegiada...

Quem, portanto, ousaria dizer que o Terceiro Estado não tem em si tudo o que é
necessário para formar uma nação completa? Ele é o homem forte e robusto que tem
um dos braços ainda acorrentado. Se suprimíssemos a ordem privilegiada, a nação não
seria algo de menos e sim alguma coisa mais. Assim, que é o Terceiro Estado? Tudo,
mas um tudo livre e florescente. Nada pode caminhar sem ele, tudo iria infinitamente
melhor sem os outros... [...]

Fonte: SIEYÈS, E.J. Qu’est-ce que le Tier Êtat? (Documento de domínio público).

Antigo Regime - a caricatura mostra o terceiro estado miserável, a nobreza robusta e


livre e o clero com uma coruja no chapéu, símbolo da ambição.

Fonte: Nova História Geral e do Brasil <http://novahistorianet.blogspot.com/2009/01/o-


absolutismo-europeu-monarquia-e.html>. Acesso em 15/12/2010.
Para a maioria dos historiadores, a Revolução Francesa, ocorrida em 1789, foi um
conflito político, cultural e econômico tão importante que deu início à Idade
Contemporânea. De acordo com o documento e a caricatura apresentados acima, pode-
se corretamente dizer que o início da Revolução Francesa está associado:

a) à desigualdade social francesa, nos últimos anos do século XVIII, resultado de anos
de exploração da burguesia sobre as demais classes políticas, que se revoltaram contra
esta situação.
b) à divulgação das ideias iluministas em panfletos, que, com o passar dos anos,
tornaram-se, cada vez mais radicais, apresentando críticas da nobreza ao Terceiro
Estado, acusado de não querer mais pagar impostos.
c) à revolta do Terceiro Estado, composto principalmente por burgueses e camponeses,
contra o Primeiro e Segundo Estados, compostos pelo clero e pela nobreza,
respectivamente, que não pagavam impostos e sobrecarregavam o Terceiro Estado.
d) ao Grande Medo, que foi uma consequência da ação de camponeses famintos e
miseráveis, que, descontentes com a situação política da França, iniciaram um
verdadeiro massacre nos campos, matando nobres e padres.
e) ao Despotismo Esclarecido do Rei Luís XVI, que buscou diálogo com a burguesia e
os camponeses, apesar de ter sido traído pela nobreza, que aderiu em peso às
reivindicações feitas pelos membros do Terceiro Estado.
QUESTÃO 20

O movimento deflagrado em Pernambuco no ano de 1817 coincidiu com o período da


expansão das ideias liberais no mundo ocidental. Estas ideias se difundiram também
em várias províncias brasileiras, circulando clandestinamente em ambientes onde se
discutiam assuntos relativos à política e planos para a implantação de um regime
republicano.
[...]
Quanto aos motivos que levaram as pessoas a se engajar no movimento revolucionário,
eles eram variados. Em vista da instabilidade econômica, a província pernambucana
continuava sendo muito explorada pela Coroa. O pagamento de altos impostos deixava
os proprietários de terras e de escravos insatisfeitos. Além dos gastos com o fisco, esses
homens se viam endividados com os comerciantes portugueses, que, na prática,
controlavam o comércio da província. Diante do estado de insatisfação, certo número
desses senhores se viu atraído pelas ideias liberais, que defendiam o livre-comércio e
a extinção do monopólio. Muitos deles aderiram ao movimento pensando que, com a
mudança de governo, seus interesses seriam mantidos; outros abraçaram a revolução
por convicção ideológica e uma parte da população extravasava nela tensões não
claramente definidas.

Fonte: Gomes Cabral, F. J. (2007). Homepage da Revista de História da Biblioteca


Nacional Disponível em:
<http://www.revistadehistoria.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=654&pagina=1>.
Acesso em: 15/12/2010.

Tendo em vista o exposto acima, dentre as motivações da Revolução Pernambucana,


de 1817, destacam-se:

a) a luta pela manutenção da escravidão e a proclamação de uma república.

b) o fim do pacto colonial e a disseminação de ideias liberais.

c) a defesa da Reforma Agrária e o fim da cobrança de tributos coloniais.

d) a crítica à política fiscal da Coroa portuguesa e o anseio por liberdade econômica.

e) o fim da Monarquia portuguesa e seus trágicos efeitos para a economia colonial.


LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS
QUESTÃO 21

Fonte: Aula de Português <http://blogauladeportugues.blogspot.com/2009/03/carta-


enigmatica.html>. Acesso em 21/12/2010.

É correto afirmar que o jogo apresentado acima, chamado carta enigmática, é um


exemplo de linguagem:

a) verbal, porque seu objetivo é desvendar uma mensagem escrita. As figuras servem
apenas para despistar o leitor.
b) não verbal, porque todos os elementos só fazem sentido com o entendimento das
imagens.
c) que não faz parte do sistema de comunicação humano, por isso se chama carta
enigmática.
d) acadêmica, tendo em vista que é necessário utilizar o raciocínio lógico para
desvendá-la.
e) mista, porque o verbal e o não verbal se misturam para que se componha a
mensagem da carta.
QUESTÃO 22

COM A CORDA TODA

Guinga e Mônica Salmaso comandam no espaço cultural CCBB homenagem a


violinistas da era do rádio.

Revista Veja - Rio, 18


De agosto de 2010.

A matéria jornalística que apresenta um espetáculo musical em um centro cultural tem


como título uma expressão popular cujo significado, nesse caso, reforça referência,
simultaneamente:

a) à capacidade dos artistas e à especialidade dos homenageados.


b) ao gênero musical do espetáculo e à alegria dos homenageados.
c) à especialidade dos artistas e ao interesse popular pelo instrumento.
d) à qualidade do espetáculo e à nova forma de se entender um show de música.
e) ao interesse do público e à importância desses artistas para um show de música.

QUESTÃO 23

Acabei de ler a crônica “Ordem e progresso” (4 de agosto) de Fernanda Torres para


essa revista. Realmente, a única explicação para as cores que foram usadas para pintar
as casas da favela da Rocinha é que foram doações de tintas encalhadas. Ou
escolhidas por algum funcionário daltônico. Eu me recuso a crer que foi uma opção dos
moradores.
C. T. S. B., RJ
(18 de agosto de 2010). Carta ao Leitor. Revista Veja Rio, p. 10 (texto adaptado).

O texto acima é uma carta de um leitor que apresenta uma opinião sobre as cores com
que foram pintadas as casas de uma favela carioca. Para apresentar seu ponto de
vista, a expressão utilizada que ratifica a crítica feita nas segunda e terceira linhas é:

a) “funcionário daltônico”.
b) “me recuso a crer”.
c) “uma opção dos moradores”.
d) “foram doações de tintas”.
e) “casas da favela da Rocinha”.
QUESTÃO 24

Observe a imagem abaixo. A linguagem corporal desta mulher revela:

a) defesa e indignação.
b) intimidade e incompreensão.
c) insegurança e timidez.
d) incompreensão e insegurança nela mesma.
e) escárnio e desespero.
QUESTÃO 25

Marabá
Eu vivo sozinha: ninguém me procura!
Acaso feitura
não sou de Tupã?
Se algum dentre os homens de mim não se esconde,
- Tu és, me responde,
- Tu és Marabá!

Meus olhos são garços, são cor de safiras,


Têm luz das estrelas, têm meigo brilhar,
Imitam as nuvens de céu anilado,
As cores imitam das vagas do mar.

Se algum dos guerreiros não foge a meus passos:


Teus olhos são garços,
Responde enojado; “mas és Marabá:
Quero antes uns olhos bem pretos, luzentes,
Uns olhos fulgentes,
Bem pretos retintos, não cor d’anajá!
DIAS, Gonçalves. Poesias Completas. São Paulo: Saraiva, 1957. p. 527. Excerto.

Marabá – mestiça, no caso, a personagem é fruto da miscigenação entre indígena e


europeu.
Garços – graciosos.
Cor d’ananjá – azul.

O trecho acima, extraído de poema do período Romântico, tem como personagem a


figura de uma mestiça que se queixa de sofrer rejeição por parte dos indígenas por não
apresentar suas características físicas e
a) não se enquadrar nos padrões estéticos por eles adotados.
b) se identificar mais com valores da cultura e estéticas africanas.
c) não compreender os padrões culturais e estéticos da época.
d) se sentir feia e inferior por saber-se diferente dos demais.
e) não aceitar as diferenças entre padrões estéticos e culturais.
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

QUESTÃO 26

Na aula de matemática, a professora lançou o seguinte desafio: pediu aos alunos que
somassem as dízimas periódicas 1,3333... e 0,166666... Ela afirmou que era possível
obter uma fração que representasse a soma da geratriz de cada um dos números
mencionados e pediu aos alunos que a encontrassem. O desafio foi acertadamente
resolvido por:

a) Pedro, que afirmou que as duas dízimas periódicas são números irracionais e a
geratriz que representa esta soma é a fração 4/3 que é um número racional.
b) Ana Paula, que afirmou que as duas dízimas periódicas são números irracionais e a
geratriz que representa esta soma é a fração 1/2, que é um número racional.
c) Sabrina, que afirmou que as duas dízimas periódicas são números racionais e a
geratriz que representa esta soma é a fração 1/2, que é um número irracional.
d) André, que afirmou que as duas dízimas periódicas são números racionais e a geratriz
que representa esta soma é a fração 3/2, que é um número racional.
e) Raphael, que afirmou que as duas dízimas periódicas são números racionais e a
geratriz que representa esta soma é a fração 5/2, que é um número inteiro.

QUESTÃO 27

Em um edifício residencial, a taxa de condomínio de R$ 200,00 é paga por 50


moradores. Se 10 moradores não pagarem a taxa condominial e esta for rateada entre
os outros moradores, que percentual de aumento será gerado na taxa de condomínio?

a) 15%.
b) 20%.
c) 25%.
d) 30%.
e) 35%.
QUESTÃO 28

Um reservatório de combustível contém 580 litros de gasolina com 3% de álcool. Para


que este reservatório passe a ter 4% de álcool, deve-se adicionar a ele, em litros de
álcool puro:

a) 5,8.
b) 15.
c) 17,4.
d) 20.
e) 23,2.

QUESTÃO 29

O volume de um cubo de aresta igual 1 metro corresponde a 1 metro cúbico (m3). Um


litro (l) corresponde ao volume de um cubo de 1 decímetro de aresta (dm3). De acordo
com as informações acima, 1 l equivale a 1 dm3. Qual das alternativas apresenta o
volume equivalente a 1 ml (1 mililitro)?

a) 1 milímetro cúbico
b) 10 milímetros cúbicos
c) 100 milímetros cúbicos
d) 10 centímetros cúbicos
e) 1 centímetro cúbico

QUESTÃO 30

Em um estado chove, em média, 120 dias por ano, distribuídos aleatoriamente. Em um


dia, escolhido ao acaso, a probabilidade de chover nesse estado é de:
(Considere 1 ano = 360 dias).

a)

b)

c)

d)

e)
REDAÇÃO

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos
construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em
norma-padrão da língua portuguesa sobre o tema Crise: uma oportunidade de
mudança para o Brasil, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos
humano. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e
fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I

A palavra crise chegou ao português no século XVIII, a princípio no vocábulo da


medicina, para designar o momento na evolução de uma doença em que se define entre
o agravamento – e a morte – ou a cura – e a vida. O vocábulo vinha de latim crisis,
“momento decisivo”, decalque do grego krísis, “decisão”, que Hipócrates, chamado de
“pai da medicina”, já empregava com esse sentido.

Disponível em: < http://veja.abril.com.br/ >. Acesso em: 27 mar. 2015.

TEXTO II

NEF. Disponível em: < http://jornaldebrasilia.com.br/ >. Acesso em: 27 mar. 2015
TEXTO III

CLAYTON. Disponível em: < http://jbcolagem.com.br/ >. Acesso em: 27 mar. 2015

TEXTO IV

Diante de uma conjuntura de pouca previsibilidade, não sabemos em que medida a crise
irá nos atingir e por quanto tempo, então é preciso assumir uma perspectiva realista e
positiva diante do futuro, além de ser capaz de usar as ideias para criar novas soluções
a partir de atitudes e ações que terão profundo reflexo em nosso futuro e no futuro de
nossas organizações. Por isso, está na gestão de pessoas uma das saídas para a
retomada do crescimento.

FLEURY. Disponível em: < http://exercitandosaude.com.br/ >. Acesso em: 27 mar.


2015

INSTRUÇÕES:

 O rascunho da redação deve ser no espaço apropriado.


 O texto definitivo deve ser escrito a tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
 A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do
Caderno de Questões terá um número de linhas copiadas desconsiderado para
efeito de correção.
Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a
redação que:
 Tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada insuficiente”;
 Fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo – argumentativo;
 Apresentar propostas de intervenção que desrespeito os direitos humanos;
 Apresentar parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto.