Você está na página 1de 12
Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Segurança Pública Polícia Civil do Estado

Governo do Estado do Rio de Janeiro

Secretaria de Segurança Pública

Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Academia Estadual de Polícia Silvio Terra

Concurso Público para Perito Criminal

Polícia Silvio Terra Concurso Público para Perito Criminal BIOLOGIA INFORMAÇÕES GERAIS 1. Você receberá do fiscal

BIOLOGIA

Silvio Terra Concurso Público para Perito Criminal BIOLOGIA INFORMAÇÕES GERAIS 1. Você receberá do fiscal o

INFORMAÇÕES GERAIS

1. Você receberá do fiscal o material descrito a seguir:

a) uma folha destinada às respostas das questões formuladas na prov;

b) este caderno de prova com o enunciado das 60 (sessenta) questões.

2. Verifique se o material está em ordem, se seu aparecem na folha de respostas.

3. Ao receber a folha de respostas, é obrigação do candidato:

nome , número de inscrição e cargo

a) ler atentamente as instruções na folha de respostas;

b) assinar a folha de respostas.

são os que

4. As questões da prova são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.

5. O candidato deverá transcrever as respostas da prova para a folha de respostas, que será o único documento válido para a correção da prova.

6. O preenchimento da folha de respostas dar-se-á mediante a utilização de caneta esferográfica de cor preta ou azul, sendo de inteira responsabilidade do candidato. Em hipótese alguma haverá substituição da folha de respostas por erro do candidato.

7. Esta prova terá a duração improrrogável de 5 (cinco) horas. Reserve os 20 (vinte) minutos finais para marcar a folha de respostas.

8. O rascunho do caderno não será levado em consideração.

9. O candidato somente poderá levar consigo o caderno de questões nos últimos 30 (trinta) minutos da prova.

10. Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais próximo, entregue a folha de respostas e deixe o local de prova.

10. Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais próximo, entregue a folha de
10. Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais próximo, entregue a folha de
Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

LÍNGUA PORTUGUESA

Texto I

A América do Sul é nosso destino

O público brasileiro tem ouvido, com alguma frequência,

notícias a respeito de possível rebelião de países vizinhos contra aquilo que seus governantes chamam de dívidas ilegítimas. O Brasil seria alvo quase que exclusivo, pois parte

5

considerável de tal tipo de dívida foi contraída do governo brasileiro, sobretudo por meio do BNDES, tendo em vista viabilizar o financiamento de obras de infraestrutura, obras cuja realização estaria a cargo de grandes empresas de capital nacional.

10

Não foi sem alguma perplexidade que soubemos que pesa sobre nosso principal banco de fomento a suspeita de ter

realizado operações pouco transparentes, motivando a reação dos atuais governantes de países como Equador, Paraguai e Venezuela. No Congresso, a Comissão de Relações Exteriores

15

e

Defesa Nacional ensaia convocar o chanceler Celso Amorim

e

o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, para prestar os

devidos esclarecimentos. Nada mais justo. Só não vale dizer que as operações foram feitas sem o devido conhecimento e aval do Legislativo. A lei impede isso.

20

Ademais, e este talvez seja o ponto principal, se o que está em tela é o modelo que possibilitou a realização da hidrelétrica de San Francisco no Equador, por meio da geração de empregos no Brasil e da exportação de bens e serviços brasileiros de alto valor agregado, longe estamos de uma

25

situação em que o interesse nacional brasileiro não esteja sendo atendido.

É importante que o público saiba que o modelo institucional de garantias mútuas que viabiliza empreendimentos de alta complexidade, com alto valor

30

agregado envolvido, como são os casos de diversas operações de empréstimos do BNDES a governos vizinhos, é de fundamental valor estratégico para a economia brasileira e da América Latina. Trata-se do CCR, convênio entre os países da Aladi (Associação Latino-Americana de Integração) que

35

possui como objetivos básicos estimular as relações financeiras entre os países da região, facilitar a expansão do comércio recíproco e sistematizar as consultas mútuas em matérias monetárias, cambiais e de pagamentos.

 

O

CCR foi muito utilizado ao longo da chamada década

40

perdida, permitindo que a economia latino-americana não desaparecesse com a crise da dívida externa e impulsionasse obras vitais para a industrialização das suas economias, teve o ritmo amortecido durante o período neoliberal, mas volta com muita força agora que o desenvolvimentismo volta a ser o foco

45

de atuação dos governos da região. Ele será mais importante ainda neste momento de crise internacional e de escassez de moeda forte estrangeira.

 

É

importante que autoridades parlamentares e o público

 

brasileiro saibam também que o comportamento do governo

50

equatoriano não atinge o Brasil apenas. Atinge toda a região e

a

si mesmo, pois o Equador é credor no âmbito do CCR, e a

efetiva realização da ameaça de não honrar compromisso assumido o impedirá de receber aquilo que lhe é devido.

 

Uma estratégia correta nessa conjuntura é a de coordenar

55

esforços multilaterais no âmbito do continente, tendo em vista demonstrar para o governo do Equador que sua atual rota de ação pode agravar a situação de penúria na qual se veem envolvidos vários dos povos da América do Sul, pois ela ameaça a realização de projetos centrais para a alavancagem

60

econômica da região. Não vale a pena, nessa conjuntura,

fragilizar o governo e sua política externa, como se fosse possível tornar esta matéria elemento decisivo para o jogo eleitoral para daqui a dois anos.

Como se fosse possível nos “desacoplarmos” da América

65

do Sul, informando aos nossos vizinhos que nada temos a ver com o que acontece em suas fronteiras. Como se não comprássemos seus produtos, como se não vendêssemos bens e serviços de alto valor agregado, como se não convivêssemos em um mesmo contexto geopolítico.

70

A América do Sul é nosso destino – disso já sabiam governantes brasileiros antes da atual administração. A ênfase que lhe é dada hoje tem trazido benefícios importantes. O BNDES e o CCR são instituições e mecanismos fundamentais para a realização do interesse nacional no desenvolvimento

75

econômico sustentado. A elite brasileira não deve cair na armadilha de, em nome de uma disputa eleitoral longínqua, comprometer a credibilidade daquilo que tem feito a diferença de nosso país vis-à-vis países que ainda patinam para reequipar suas economias.

(Fabiano Guilherme Mendes dos Santos. Folha de São Paulo, 30/12/2008)

1

A

respeito do texto I, analise as afirmativas a seguir:

I.

O texto aborda também os perigos da decisão equatoriana em deixar de pagar a dívida ao BNDES.

II.

O texto tem caráter argumentativo, defendendo sua tese com argumentos próprios.

III.

O texto, com sua estratégia de desenvolvimento das ideias, lança opiniões como especulações diante da realidade, por abordar todos os fatos como suposições.

Assinale:

(A)

se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

(B)

se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.

(C)

se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

(D)

se nenhuma afirmativa estiver correta.

(E)

se todas as afirmativas estiverem corretas.

2

O

oitavo parágrafo do texto I, em relação ao anterior, o:

(A)

explica.

(B)

explicita.

(C)

contrapõe.

(D)

exemplifica.

(E)

amplia.

3

Assinale a alternativa em que, no texto, o termo não tenha valor adjetivo.

(A)

alguma (L.1)

(B)

seus (L.3)

(C)

tal (L.5)

(D)

contraída (L.5)

(E)

nacional (L.9)

4

“Uma estratégia correta nessa conjuntura é a de coordenar esforços multilaterais no âmbito do continente, tendo em vista demonstrar para o governo do Equador que sua atual rota de ação pode agravar a situação de penúria na qual se veem envolvidos vários dos povos da América do Sul, pois ela ameaça a realização de projetos centrais para a alavancagem econômica da região.” (L.54-60)

A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:

I. Seria igualmente correto redigir o início do trecho da seguinte forma: Uma estratégia correta nessa conjuntura é coordenar esforços multilaterais no âmbito do continente

II. No trecho há três orações reduzidas.

III. A opção pelo relativo a qual em “na qual” se deu para evitar a ambiguidade.

Assinale:

(A)

se apenas os itens I e II estiverem corretos.

(B)

se apenas os itens I e III estiverem corretos.

(C)

se apenas os itens II e III estiverem corretos.

(D)

se nenhum item estiver correto.

(E)

se todos os itens estiverem corretos.

5

“Atinge toda a região e a si mesmo, pois o Equador é credor no âmbito do CCR, e a efetiva realização da ameaça de não honrar compromisso assumido o impedirá de receber aquilo que lhe é devido.” (L.50-53)

No trecho acima há:

(A)

sete artigos.

(B)

seis artigos.

(C)

cinco artigos.

(D)

quatro artigos.

(E)

três artigos.

6

“Atinge toda a região e a si mesmo, pois o Equador é credor no âmbito do CCR, e a efetiva realização da ameaça de não honrar compromisso assumido o impedirá de receber aquilo que lhe é devido.” (L.50-53)

No trecho acima há:

(A)

oito pronomes.

(B) sete pronomes.

(C)

seis pronomes.

(D) cinco pronomes.

(E)

quatro pronomes.

7

“Não vale a pena, nessa conjuntura, fragilizar o governo e sua política externa, como se fosse possível tornar esta matéria elemento decisivo para o jogo eleitoral para daqui a dois anos.” (L.60-63)

A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:

I. O sujeito do primeiro verbo do trecho é oracional.

II. O termo elemento decisivo tem função de predicativo do objeto.

III. O sujeito do verbo no subjuntivo é oracional.

Assinale:

(A)

se apenas os itens I e II estiverem corretos.

(B)

se apenas os itens I e III estiverem corretos.

(C)

se apenas os itens II e III estiverem corretos.

(D)

se nenhum item estiver correto.

(E)

se todos os itens estiverem corretos.

Prova Objetiva 1 | Biologia

os itens estiverem corretos. Prova Objetiva 1 | Biologia 8 “Ademais, e este talvez seja o

8

“Ademais, e este talvez seja o ponto principal

“A América

” (L.20)

do

Sul

é

nosso

nos

destino

da

atual

disso

sabiam

administração.”

governantes brasileiros antes

(L.70-71)

Os

respectivamente:

pronomes

grifados

trechos

acima

têm

papel,

(A)

catafórico e catafórico.

(B)

anafórico e catafórico.

(C)

anafórico e anafórico.

(D)

dêitico e anafórico.

(E)

dêitico e catafórico.

9

Assinale a alternativa em que o termo não desempenhe, no texto, papel apositivo.

(A)

Celso Amorim (L.15)

(B)

Luciano Coutinho (L.16)

(C)

com alto valor agregado envolvido (L.29-30)

(D)

convênio entre os países da Aladi (L.33-34)

(E)

(Associação Latino-Americana de Integração) (L.34)

10

“O público brasileiro tem ouvido, com alguma frequência, notícias a respeito de possível rebelião de países vizinhos contra aquilo que seus governantes chamam de dívidas ilegítimas.” (L.1-4)

No trecho acima, as formas verbais estão, respectivamente, no:

(A)

presente do indicativo e presente do indicativo.

(B)

presente do indicativo e presente do subjuntivo.

(C)

presente do subjuntivo e presente do indicativo.

(D)

pretérito perfeito do indicativo e presente do subjuntivo.

(E)

pretérito perfeito do indicativo e presente do indicativo.

11

Assinale a alternativa em que a palavra não tenha sido formada pelo mesmo processo que infraestrutura (L.7).

(A)

ilegítimas (L.4)

(B)

hidrelétrica (L.21)

(C)

desaparecesse (L.41)

(D)

internacional (L.46)

(E)

reequipar (L.74)

12

“Como se fosse possível nos ‘desacoplarmos’ da América do Sul, informando aos nossos vizinhos que nada temos a ver com o que acontece em suas fronteiras.” (L.64-66)

As

palavras

grifadas

no

trecho

acima

classificam-se,

respectivamente, como:

(A)

conjunção integrante – conjunção integrante – pronome relativo.

(B)

conjunção

integrante

conjunção

subordinativa

conjunção subordinativa.

 

(C)

conjunção

subordinativa

conjunção

subordinativa

conjunção integrante.

 

(D)

conjunção subordinativa – conjunção integrante – pronome relativo.

(E)

indeterminador do sujeito – pronome relativo – conjunção integrante.

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

 

13

16

“É

importante que o público saiba que o modelo institucional

“Ademais, e este talvez seja o ponto principal, se o que está

A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:

de

garantias mútuas que viabiliza empreendimentos de alta

complexidade, com alto valor agregado envolvido, como são

em tela é o modelo que possibilitou a realização da hidrelétrica

os casos de diversas operações de empréstimos do BNDES a

de San Francisco no Equador, por meio da geração de empregos no Brasil e da exportação de bens e serviços

governos vizinhos, é de fundamental valor estratégico para a

economia brasileira e da América Latina.” (L.27-33)

Assinale a alternativa que apresente pontuação igualmente correta para o trecho acima.

brasileiros de alto valor agregado, longe estamos de uma situação em que o interesse nacional brasileiro não esteja sendo atendido.” (L.20-26)

(A)

É importante que o público saiba que o modelo

I. A expressão por meio deveria ser substituída por através.

institucional de garantias mútuas que viabiliza empreendimentos de alta complexidade, com alto valor agregado envolvido – como são os casos de diversas operações de empréstimos do BNDES a governos vizinhos

II. A forma verbal do final do trecho é inadequada por constituir caso de gerúndio vicioso, como ocorre nas falas de atendentes de telemarketing.

–, é de fundamental valor estratégico para a economia

III. O

trecho

apresenta

tão-somente conjunções

brasileira e da América Latina.

 

coordenativas.

(B)

É importante que o público saiba que o modelo

agregado envolvido – como são os casos de diversas

é de fundamental valor estratégico para a economia

Assinale:

 

institucional de garantias mútuas que viabiliza

(A)

se apenas os itens I e II estiverem corretos.

empreendimentos de alta complexidade, com alto valor

(B)

se apenas os itens I e III estiverem corretos.

(C)

se apenas os itens II e III estiverem corretos.

operações de empréstimos do BNDES a governos vizinhos

(D)

se nenhum item estiver correto.

 

brasileira e da América Latina.

 

(E)

se todos os itens estiverem corretos.

(C)

É importante que o público saiba que o modelo

17

institucional de garantias mútuas, – que viabiliza empreendimentos de alta complexidade, com alto valor agregado envolvido – como são os casos de diversas operações de empréstimos do BNDES a governos vizinhos, é de fundamental valor estratégico para a

“O público brasileiro tem ouvido, com alguma frequência, notícias a respeito de possível rebelião de países vizinhos contra aquilo que seus governantes chamam de dívidas ilegítimas.” (L.1-4)

economia brasileira e da América Latina.

A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:

(D)

É importante que o público saiba que o modelo institucional de garantias mútuas, que viabiliza empreendimentos de alta complexidade – com alto valor agregado envolvido, como são os casos de diversas

I. Seria igualmente correto redigir o trecho da seguinte forma: O público brasileiro tem ouvido, com alguma frequência, notícias a respeito de possível rebelião de países vizinhos contra o que seus governantes chamam de

operações de empréstimos do BNDES a governos vizinhos

dívidas ilegítimas.

é de fundamental valor estratégico para a economia

brasileira e da América Latina.

II. Seria igualmente correto redigir o trecho da seguinte

III. No trecho, há uma palavra com grafia incorreta.

(E)

É importante que o público saiba que o modelo

forma: O público brasileiro tem ouvido, com alguma frequência, notícias a respeito de possível rebelião de

institucional de garantias mútuas que viabiliza empreendimentos de alta complexidade – com alto valor agregado envolvido, como são os casos de diversas

países vizinhos contra aquilo que seus governantes chamam dívidas ilegítimas.

operações de empréstimos do BNDES a governos vizinhos, é de fundamental valor estratégico para a

Assinale:

 

economia brasileira e da América Latina.

(A)

se apenas os itens I e II estiverem corretos.

14

(B)

se apenas os itens I e III estiverem corretos.

(C)

se apenas os itens II e III estiverem corretos.

A palavra

desacoplarmos

(L.64)

foi

grafada

entre

aspas

(D)

se nenhum item estiver correto.

 

porque:

 

(E)

se todos os itens estiverem corretos.

(A)

representa uma citação.

(B)

se trata de palavra de origem estrangeira.

(C)

corresponde a uma gíria.

(D)

houve intenção de usá-la em sentido irônico.

(E)

houve intenção de reforçar enfaticamente seu sentido figurado.

15

Assinale a alternativa em que a palavra seja acentuada por seguir regra distinta das demais.

(A)

frequência (L.1)

(B)

notícias (L.2)

(C)

países (L.2)

(D)

convênio (L.33)

(E)

vários (L.58)

Texto II

Quase Nada

Texto II Quase Nada ( Fábio Moon e Gabriel Bá . Folha de São Paulo ,

(Fábio Moon e Gabriel Bá. Folha de São Paulo, 28 de dezembro de 2008.)

18

No quarto quadrinho, a palavra que introduz uma:

(A)

causa.

(B)

consequência.

(C)

explicação.

(D)

condição.

(E)

concessão.

19

Assinale a alternativa com correta passagem da fala do segundo quadrinho para o plural.

(A)

Acordais, gatos.

(B)

Acordai, gatos.

(C)

Acordem, gatos.

(D)

Acordeis, gatos.

(E)

Acordei, gatos.

20

No quadrinho, é correto afirmar que há:

(A)

quatro ocorrências de vocativo.

(B)

três ocorrências de vocativo.

(C)

três ocorrências de aposto.

(D)

duas ocorrências de aposto.

(E)

uma ocorrência de agente da passiva.

Prova Objetiva 1 | Biologia

de agente da passiva. Prova Objetiva 1 | Biologia CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 21 A partir de um

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

21

A partir de um cladograma, podem ser construídos três tipos

de agrupamentos de táxons: monofiléticos, parafiléticos, e polifiléticos. Considere os agrupamentos mostrados no

cladograma a seguir pelas linhas tracejadas.

mostrados no cladograma a seguir pelas linhas tracejadas. A identificação correta dos agrupamentos é: (A) A+C

A identificação correta dos agrupamentos é:

(A)

A+C

(parafilético),

D+E+F

(polifilético),

G+H

(monofilético).

 

(B)

A+C

(monofilético),

D+E+F

(polifilético),

G+H

(parafilético).

 

(C)

A+C

(monofilético),

D+E+F

(parafilético),

G+H

(monofilético).

 

(D)

A+C

(polifilético),

D+E+F

(parafilético),

G+H

(monofilético).

 

(E)

A+C

(polifilético),

D+E+F

(monofilético),

G+H

(parafilético).

22

Para a descrição de uma nova espécie, é necessária a designação de um material tipo para a fixação do nome. Um espécime único, parte da amostra examinada pelo autor de determinada espécie, e designado no ato da descrição como tipo da espécie, é denominado:

(A)

síntipo.

(B) holótipo.

(C)

neótipo.

(D) cótipo.

(E)

alótipo.

23

Os animais viventes da Ordem Xiphosura são tidos como “fósseis vivos” por sua aparência peculiar, e são comumente chamados de caranguejos-ferradura, apesar de não fazerem parte do subfilo Crustacea.

O subfilo a que estes animais pertencem e as características

morfológicas exclusivas do subfilo são:

(A)

Cheliceriformes: corpo dividido em prossoma e opistossoma, presença de quelíceras.

(B)

Cheliceriformes:

exoesqueleto

desenvolvido,

corpo

segmentado.

(C)

Hexapoda: corpo dividido em cabeça, tórax e abdome, pernas unirramadas.

(D)

Hexapoda: corpo dividido em prossoma e opistossoma, presença de quelíceras.

(E)

Arthropoda:

exoesqueleto

desenvolvido,

corpo

segmentado.

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

24

As esponjas, animais integrantes do Filo Porifera, têm um padrão de organização do corpo no nível celular, não possuindo tecidos verdadeiros. Além disso, apresentam coanócitos, células flageladas responsáveis pela movimentação interna de água, as quais são praticamente idênticas estruturalmente aos protistas unicelulares do Filo Choanoflagellata.

Apesar dessas semelhanças, as esponjas não são consideradas protistas coloniais, mas sim integrantes do Reino Metazoa por apresentarem:

(A)

gastrulação e larva plânula.

(B)

gastrulação e espermatozóides.

(C)

colágeno e larva plânula.

(D)

colágeno e gônadas organizadas.

(E)

colágeno e espermatozóides.

25

O termo vertebrado é derivado das vértebras arranjadas serialmente para formar uma coluna vertebral. Entretanto, apesar do nome, nem todos os animais incluídos no subfilo dos Vertebrata possuem vértebras, caso das feiticeiras (Mixinoidea) e Lampreias (Petromyzontoidea). Levando isso em consideração, as características morfológicas que unem esses animais aos demais vertebrados são:

(A)

presença de crânio e miômeros.

(B)

presença de crânio e maxilas.

(C)

presença de crânio e encéfalo tripartido.

(D)

presença de maxilas e encéfalo tripartido.

(E)

presença de maxilas e miômeros.

26

Parte do material alóctone que chega a corpos de água continentais é convertido por bactérias em nitrato, que pode ser utilizado para formação de proteínas por outros organismos. Entretanto, bactérias anaeróbias facultativas podem reduzir nitrato a nitrogênio molecular como parte de seu processo de respiração.

A esse processo dá-se o nome de:

(A)

nitrificação.

(B)

fixação de nitrogênio.

(C)

desnitrificação.

(D)

fotossíntese.

(E)

amonificação do nitrato.

27

O fosfato é uma substância presente em abundância em efluentes domésticos, industriais e agropastoris que podem chegar aos lagos através da descarga dos rios.

Uma tendência marcante em lagos que recebem grande quantidade desses efluentes é a:

(A)

diminuição da diversidade de algas, devido à eutrofização.

 

(B)

diminuição da abundância de algas, devido à eutrofização.

(C)

elevação da diversidade de algas, devido à decomposição.

(D)

diminuição

da

concentração

de

ortofosfato,

devido

à

eutrofização.

(E)

elevação da abundância de algas, devido à decomposição.

28

A eficiência da transferência de energia em uma teia alimentar

depende diretamente da natureza dos organismos nela eenvolvidos. Dentre as teias alimentares simplificadas

apresentadas a seguir, a mais eficiente em termos de transferência de energia é:

(A)

grama capivara onça.

(B)

fitoplancton zooplâncton peixe.

(C)

peixe ave marinha tubarão.

(D)

caranguejo marsupial jaguatirica.

(E)

inseto ave cobra.

29

A interação entre duas espécies pode levar a efeitos

benéficos, neutros ou prejudiciais a cada uma delas, e a combinação desses efeitos pode ser utilizada para categorizar

a própria interação. Considere as espécies hipotéticas A e B e

a seguinte lista de possíveis interações entre elas:

I. interação prejudicial para ambas as espécies.

II. interação benéfica para A e prejudicial para B.

III. interação neutra para A e prejudicial para B.

Nesse caso, é correto afirmar que:

(A)

a interação I não é um exemplo de competição.

(B)

a interação II é um exemplo de amensalismo.

(C)

a interação III é um exemplo de comensalismo.

(D)

a interação II é um exemplo de competição.

(E)

a interação III é um exemplo de amensalismo.

30

Diferentes eventos históricos podem explicar padrões atuais

de distribuição geográfica dos organismos. Como exemplos

desses eventos temos:

I. vicariância.

II. competição.

III. dispersão.

IV. disponibilidade de recursos.

V. extinção.

Assinale:

(A)

se apenas os exemplos I e II estiverem corretos.

(B)

se apenas os exemplos II, III e IV estiverem corretos.

(C)

se apenas os exemplos I, II, III e V estiverem corretos.

(D)

se apenas os exemplos I, III e V estiverem corretos.

(E)

se todos os exemplos estiverem corretos.

31

Um perito interessado em estudar em microscópio ótico o núcleo das células de um determinado animal opta por utilizar uma Solução de Hematoxilina de Mayer.

A coloração adquirida pelo núcleo e dois dos componentes

incluídos no preparo da solução são, respectivamente:

(A)

vermelho / ácido cítrico e iodato de sódio.

(B)

vermelho / ácido fosfotúngstico e água destilada.

(C)

azul / ácido fosfotúngstico e água destilada.

(D)

azul / ácido cítrico e iodato de sódio.

(E)

verde / verde de metila e água destilada.

32

Uma amostra de pêlos encontra-se disponível para análise. Dentre as opções abaixo, a que não representa uma informação disponível como resultado dessa análise é:

(A)

sexo do indivíduo.

 

(B)

altura do indivíduo.

(C)

idade aproximada do indivíduo.

 

(D)

região corporal a que os pêlos pertenciam.

(E)

se

os

pêlos

caíram

espontaneamente

ou

foram

arrancados.

33

Proteínas constituídas de mais de uma cadeia peptídica apresentam estrutura quaternária. Nesses casos, o tipo de interação mais comum existente entre as subunidades da proteína é:

(A)

não covalente.

(B)

covalente.

(C)

ponte de hidrogênio.

(D)

ponte dissulfeto.

(E)

catiônica.

34

Considere as afirmativas a seguir acerca de enzimas.

I. Praticamente todas as enzimas são proteínas.

II. Enzimas podem alterar o equilíbrio de uma reação.

III. Enzimas podem aumentar velocidades de reação por fatores de 10 6 ou mais.

Assinale:

(A)

se apenas a afirmativa I estiver correta.

(B)

se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.

(C)

se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.

(D)

se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.

(E)

se as afirmativas I, II e III estiverem corretas.

35

Todos os organismos vivos são susceptíveis aos efeitos dos hidrocarbonetos de petróleo que atuam no nível celular e outros níveis de organização. Dentre os efeitos abaixo, aquele que não é esperado no caso de um derramamento de petróleo em mar aberto é:

(A)

contaminação da população de moluscos bentônicos.

(B)

aumento

da

população

de

poliquetos

bentônicos

oportunistas.

 

(C)

decréscimo da biomassa de macroalgas.

 

(D)

diminuição da eclosão de ovos de peixes.

(E)

diminuição da biomassa e produtividade do fitoplancton.

36

Amostras de água ou esgotos podem sofrer alterações em seus parâmetros físico-químicos devido às condições de preparação e armazenamento. No tratamento de amostras de água para determinação de concentração de nitrato, o único procedimento não recomendado é:

(A)

manutenção em ambiente escuro.

(B)

adição de ácido clorídrico com neutralização controlada.

(C)

adição de tampão cloreto de amônia.

(D)

armazenamento em frascos de vidro âmbar.

(E)

filtração.

Prova Objetiva 1 | Biologia

âmbar. (E) filtração. Prova Objetiva 1 | Biologia 37 Para a determinação do pH de uma

37

Para a determinação do pH de uma amostra de água, foi utilizada a solução indicadora azul de bromotimol. Se a coloração da solução final foi verde, o pH da amostra de água estava na seguinte faixa:

(A)

entre 1,2 e 2,8.

(B)

entre 3,1 e 4,4.

(C)

entre 6,0 e 7,6.

(D)

entre 8,0 e 9,6.

(E) entre 10,0 e 11,0.

38

O componente presente tanto em um microscópio óptico quanto em um microscópio eletrônico de transmissão, é:

(A)

a lente ocular.

(B)

a lente projetora.

(C)

o sistema de vácuo.

(D)

o condensador.

(E)

o canhão eletrônico.

39

Um perito necessita preparar material biológico para ser examinado com auxílio de microscópio eletrônico de varredura. Abaixo são citadas etapas a serem cumpridas na preparação de tal material:

I. evaporação de ouro.

II. secagem pelo ponto crítico.

III. pós-fixação.

IV. desidratação.

V. fixação.

Indique a opção em que as etapas de preparo aparecem na ordem correta de execução.

(A)

V, III, IV, II, I.

(B)

V, III, II, I, IV.

(C)

II, V, III, I, IV.

(D)

II, I, IV, V, III.

(E)

I, V, III, IV, II.

40

Considere

microorganismos:

I. uso de autoclave.

II. água em ebulição.

III. calor seco.

IV. uso de nitrogênio líquido.

V. incineração.

Dentre os métodos citados, os que podem ser utilizados para esterilizar utensílios de laboratório são:

os

seguintes

métodos

de

controle

de

(A)

apenas I, II e III.

(B)

apenas I, III e V.

(C)

apenas I, III e IV.

(D)

apenas II, III e IV.

(E)

I, II, III, IV e V.

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

41

O cladograma abaixo representa uma possível filogenia dos

Hexapoda, na qual Myriapoda aparece como grupo externo.

dos Hexapoda, na qual Myriapoda aparece como grupo externo. As sinapomorfias que justificam, respectivamente, os ramos

As sinapomorfias que justificam, respectivamente, os ramos

de

números 10, 14 e 15 são:

(A)

capacidade de flexionar as asas sobre o abdome, redução do número de tarsômeros e holometabolia.

(B)

capacidade de flexionar as asas sobre o abdome, presença de órgão de Tömösvary e holometabolia.

(C)

redução do número de tarsômeros, presença de órgão de Tömösvary e capacidade de flexionar as asas sobre o abdome.

(D)

presença de órgão de Tömösvary, capacidade de flexionar as asas sobre o abdome e redução no número de tarsômeros.

(E)

redução do número de tarsômeros, capacidade de flexionar as asas sobre o abdome, holometabolia.

42

Um perito recebe, para análise, um inseto adulto coligido próximo a uma carcaça, com as seguintes características:

antenas aristadas, aparelho bucal picador-sugador, tórax e abdome de coloração azul metálica, asas posteriores reduzidas a halteres.

A

respectivamente:

inseto se enquadra são,

ordem

e

a

família em

que tal

(A)

Díptera / Culicidae.

(B)

Díptera / Calliphoridae.

(C)

Díptera / Sarcophagidae.

(D)

Coleóptera / Dermestidae.

(E)

Coleóptera / Silphidae.

43

Larvas de inseto foram coletadas em um cadáver, encontrado em um lago, cujo estágio de decomposição aparente correspondia ao de inchamento. As larvas apresentavam as seguintes características: cabeça visível dorsalmente, com labro fundido ao clípeo, e mandíbulas e maxilas não fundidas; pernas com quatro segmentos, os tarsos com apenas uma garra; abdome com oito segmentos, sem falsas pernas, brânquias laterais ou ganchos anais. A ordem e a família em que tal inseto se enquadra são respectivamente:

(A)

Coleóptera / Silphidae.

(B)

Coleóptera / Noteridae.

(C)

Coleóptera / Hydrophilidae.

(D)

Díptera / Culicidae.

(E)

Díptera / Caliphoridae.

44

São apresentados, a seguir, na coluna da esquerda, instrumentos de laboratório, e na coluna da direita, funções que podem ser atribuídas a estes objetos:

I – bureta graduada

a

– medidas precisas de

volume

II – Erlenmeyer

– mistura de substâncias com obtenção de gases

b

c

– indicador de ácidos e

III – Kitassato

bases

IV – almofariz e pistilo

d

– preparação de

soluções

V – papel de tornassol

e

– maceração de

substâncias

Os instrumentos I, II, III, seguintes funções:

(A)

b, c, a, d, e.

(B)

a, d, c, b, e.

(C)

a, b, c, d, e.

(D)

a, d, b, e, c.

(E)

b, e, a, c, d.

IV e V têm, respectivamente , as

45

De acordo com o Art. 5 o da Resolução CONAMA 01/86, o estudo de impacto ambiental deve obedecer às seguintes diretrizes gerais, exceto:

(A)

contemplar todas as alternativas tecnológicas e de localização do projeto, confrontando-as com a hipótese de não execução do projeto.

(B)

identificar e avaliar sistematicamente os impactos ambientais gerados nas fases de implementação e operação da atividade.

(C)

definir os limites da área geográfica a ser direta ou indiretamente afetada pelos impactos, denominada área de influência do projeto, considerando, em todos os casos a bacia hidrográfica na qual se localiza.

(D)

considerar os planos e programas governamentais, propostos e em implantação na área de influência do projeto e sua compatibilidade.

(E)

analisar os impactos ambientais do projeto e de suas alternativas, através de identificação, previsão da magnitude e interpretação da importância dos prováveis impactos relevantes.

46

Considere as definições apresentadas a seguir, acerca de licenciamento ambiental:

I. Licenciamento Ambiental: procedimento administrativo pelo qual o órgão ambiental competente licencia a localização, instalação, ampliação e a operação de empreendimentos e atividades utilizadoras de recursos ambientais consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras ou daquelas que, sob qualquer forma, possam causar degradação ambiental, considerando as disposições legais e regulamentares e as normas técnicas aplicáveis ao caso.

II. Licença Ambiental: todo e qualquer estudo relativo a aspectos ambientais relacionados à localização, instalação, operação e ampliação de uma atividade ou empreendimento, apresentado como subsídio para a análise da licença requerida, tais como: relatório ambiental, plano e projeto de controle ambiental, relatório ambiental preliminar, diagnóstico ambiental, plano de manejo, plano de recuperação de área degradada e análise preliminar de risco.

III. Estudos Ambientais: diagnósticos ambientais da área de influência do projeto, completa descrição e análise dos recursos ambientais e suas interações, tal como existem,

 

de

modo a caracterizar a situação ambiental da área, antes

da

implementação de um projeto.

Assinale:

(A)

se

todas estiverem corretas.

(B)

se

apenas I e II estiverem corretas.

(C)

se

apenas II e III estiverem corretas.

(D)

se

apenas I estiver correta.

(E)

se

apenas II estiver correta.

47

Atualmente são conhecidos 270 grupos de antígenos sangüíneos, mas 26 desses grupos foram convertidos em

grupos de utilização recorrente, dos quais o sistema ABO e RH

é

o mais conhecido. Sobre esse sistema analise as afirmativas

a

seguir:

I.

No grupo A, ocorre aglutinação das células do grupo B, mas não do grupo A ou O, pois os genes do grupo A e B codificam glicosiltransferases específicas, que catalisam a transfêrencia do açúcar himunodominante, do nulceotídeo doador ao substrato aceptor, o antígeno H.

II.

Os

genes do grupo O não produzem transferases ativas e

não ocorre aglutinação das células dos grupos restantes.

III.

No

grupo AB ocorre aglutinação das células do grupo A, B

 

e

O, pois os genes do grupo AB não codificam

transferases específicas.

Assinale:

(A)

se

todas as afirmativas estiverem corretas.

(B)

se

apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.

(C)

se

apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.

(D)

se

apenas a afirmativa I estiver correta.

(E)

se

apenas a afirmativa II estiver correta.

Prova Objetiva 1 | Biologia

a afirmativa II estiver correta. Prova Objetiva 1 | Biologia 48 São apresentados a seguir, na

48

São apresentados a seguir, na coluna da esquerda, termos relativos à Mata Atlântica, e na coluna da direita, definições que podem ser atribuídas a estes termos:

I – ambiente halófito

– relativo a ambientes situados acima de 1500

a

metros

b

– floresta que sofre ação

II – alto montano

climática desfavorável, seca

ou fria, com perda de folhas

c

– floresta que ocorre em

III – floresta estacional

ambientes sombreados onde a umidade é alta e constante ao longo do ano

d

– vegetação com

IV – floresta ombrófila

abundância de espécies dotadas de folhas largas

e

– ambiente caracterizado

V – latifoliada

pela presença de vegetação tolerante ao sal

De acordo com a Resolução CONAMA 12/94, as definições corretas dos termos I, II, III, IV e V são, repectivamente:

(A)

b, c, a, d, e.

(B)

a, d, c, b, e.

(C)

e, a, b, c, d.

(D)

e, d, b, a, c.

(E)

b, e, a, c, d.

49

O método de diagnose de manchas de sangue, através de um

processo de oxidação, que resulta na mudança de cor de uma solução contendo fenoftaleína, hidróxido de amônio e zinco

metálico é a reação de:

(A)

Uhlenhut.

(B)

Kasteler Mayer.

(C)

Vacher-Sulton.

(D)

Adler.

(E)

Van Deen.

50

A eficiência do método de purificação do DNA para a utilização

forense da técnica de amplificação baseada na reação em cadeia da polimerase está diretamente relacionada com a prevenção da redução ou inibição da atividade da Taq

polimerase pelos interferentes.

Esse problema pode ser evitado por:

(A)

adição de soro albumina bovina (BSA), que age como um sítio de ligação alternativo e pode, competitivamente, prevenir ou reduzir a inibição da atividade da Taq polimerase.

(B)

acentuado incremento da concentração de magnésio e cálcio; que estimulam a atividade da Taq polimerase.

(C)

altas concentrações de EDTA ou GDTA, garantindo a estabilidade das ligações iônicas, especialmente as dos íons magnésio;

(D)

incremento da temperatura dos ciclos de reação, que estabiliza a atividade da Taq polimerase concentração de sílica.

(E)

diminuição da temperatura dos ciclos de reação, que estabiliza a atividade da Taq polimerase.

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

51

Sobre a utilização de DNA mitocondrial como fonte de material para análises de DNA é correto afirmar que:

(A)

é freqüentemente utilizado em casos de determinação de paternidade, pois está presente em grande quantidade no espermatozóide;

(B)

sua utilização não é indicada para materiais resultantes de incêndios ou explosões, pois só há uma cópia de DNA mitocondrial.

(C)

é indicado nos casos em que a quantidade de material celular é reduzida, como nos resíduos fecais e material calcinado, pois as células possuem grande número de cópias do DNA mitocondrial em relação ao nuclear;

(D)

não permite a realização de estudos evolutivos em materiais muito degradados, como as múmias, pois é menos resistente que o nuclear.

(E)

a

análise do DNA mitocondrial humano não é

recomendada às aplicações forenses, pois possui muitas

regiões desconhecidas e é tão grande quanto o DNA nuclear.

52

A indicação da presença de sêmen baseada na atividade de fosfatases é realizada através da utilização de diversos substratos. O substrato que deve ser utilizado para revelar a atividade das fosfatases prostáticas é o.

(A)

α-naftil-fosfato.

(B)

p-nitrofenil-fosfato.

(C)

fenilfosfato de sódio.

(D)

L(+)–tartarato como inibidor.

(E)

timolftaleína monofosfato de sódio.

53

Durante muito tempo, os fungos foram considerados plantas primitivas, graças a seu caráter séssil e ao crescimento multicelular da maioria de seus representantes. Sobre esse reino é correto afirmar que:

(A)

o Filo Basydiomicota engloba mais de 22.000 espécies, destacando-se as trufas, representadas no gênero Tuber, que se reproduzem assexuadamente por zoósporos e fragmentação e apresentam esporo sexuado do tipo basidiósporo.

(B)

o principal Filo é o Ascomycota, destacando-se os fungos venenosos do gênero Amanita que reproduzem-se assexuadamente com zoósporos móveis ou fragmentação

o esporo sexuado está armazenado dentro do zigosporângio.

e

(C)

possuem um grupo artificial, os Fungos Conidiais ou imperfeitos, tais como Aspergillus e Penicillium e apenas a forma de reprodução assexuada (fase anamorfa) é conhecida ou utilizada na sua classificação.

(D)

o Filo Clytridiomycota, com menor número de representantes, possui reprodução assexuada por brotamento e conídios e o esporo sexuado é móvel.

(E)

no

Filo Zygomycota estão agrupadas as endomicorrizas do

gênero Glomus, que se reproduzem assexuadamente

através de esporos móveis e brotamento e não apresentam esporo sexuado.

54

Assinale a opção que descreve corretamente as características gerais da família indicada:

(A)

Apocynaceae: ervas, arbustos árvores ou frequentemente lianas, geralmente latescentes, com folhas compostas, alternas simples e com estípulas e fruto do tipo legume.

(B)

Solanaceae: ervas arbustos ou pequenas árvores, raramente lianas, com folhas opostas, nunca pinassectas, com estípulas, margens serrilhada e fruto do tipo drupa ou aquênio.

(C)

Erythroxylaceae: árbustos ou árvores, raramente subarbustos, com folhas alternas espiraladas, simples com estípulas intrapeciolares mais persistentes que as folhas, e fruto do tipo drupa.

(D)

Cannabaceae: agrupa ervas, arbustos árvores ou lianas, com folhas opostas ou raramente altenas, simples ou compostas, sem estípulas, de margem inteira ou serreada, e nervura secundária terminando ou não nas serras e fruto do tipo baga.

(E)

Malpighiaceae: ervas arbustos, árvores ou lianas, folhas alternas, simples, sempre sem estípulas, e com nectários extraflorais comumente presentes no pecíolo ou na face abaxial, fruto geralmente esquizocárpico, freqüentemente do tipo cápsula.

55

A determinação da carga bacteriana, ou seja, a quantificação de microorganismos considerados indicadores gerais de contaminação, é considerada uma poderosa ferramenta de avaliação da qualidade de alimentos e de água, de relativa simplicidade de execução. Essa determinação é efetuada por meio da contagem de bactérias viáveis em meio de cultura, Agar Padrão para Métodos de Contagem em Placa ou PCA.

A respeito dos procedimentos corretos a serem adotados nessa determinação, analise as afirmativas a seguir.

I. Realizada pelo espalhamento da amostra sobre o meio de cultura por meio da técnica do espalhamento em superfície ou spread plate.

II. Realizada pela mistura da amostra ao meio de cultivo ainda no estado líquido, fundido e resfriado entre 40 e 45º C, por meio da técnica de espalhamento em profundidade ou pour plate.

III. Realizada pela mistura da amostra ao meio de cultivo ainda no estado líquido, fundido e resfriado entre 100 e 120º C, por meio da técnica de espalhamento em profundidade ou pour plate.

Assinale:

(A)

se todas estiverem corretas.

(B)

se apenas I e II estiverem corretas.

(C)

se apenas II e III estiverem corretas.

(D)

se apenas I estiver correta.

(E)

se apenas II estiver correta.

56

O desenho de oligonucleotídeos iniciadores (primers) na

reação em cadeia da polimerase, visando às análises forenses

de DNA, deve considerar:

(A)

utilização de regiões altamente conservadas do DNA humano, garantindo a amplificação de diferentes populações .

a

(B)

utilização de regiões que apresentem alta variação, garantindo a ligação com DNA de outras espécies e ampliando o poder resolutivo da análise.

a

(C)

a

construção

de

primers

grandes,

com

mais

de

400

nucleorídeos, aumentando a eficiência da ligação, e

conseqüentemente, também da amplificação.

(D) a utilização de sequências preferencialmente ricas em G/C

ou

ricas em A/T , o que evita a possibilidade de surgimento

de

regiões de pareamento dentro do primer, e a formação

de

looping, que resulta em primers dímeros.

(E) a utilização de qualquer tamanho ou seqüência, pois não

há qualquer interferência destes fatores na reação.

57

Após a remoção enzimática da parede celular de uma bactéria

Gram

+ , esta bactéria passa a corar-se como Gram--.

Considere as seguintes afirmativas relacionadas a esse fato.

I.

As bactérias Gram– têm muito menos peptídeosglicanos

do

que as Gram+ . Estas moléculas não são coradas pelo

método, mas agem como barreira evitando a perda excessiva dos cristais do corante violeta durante o procedimento de descoloração, o que determina a coloração diferencial.

II.

O

procedimento de remoção da parede celular remove

também os fofolipídeos da membrana celular,

responsáveis pela coloração. Como a composição lipídica

da

membrana plasmática é muito diferente entre os dois

tipos de bactérias, sua remoção faz com que os resultados

do

método se igualem.

III.

As

bactérias Gram– tem muito mais peptídeosglicanos do

que as Gram+. Estas moléculas são coradas pelo método

e sua remoção elimina a possibilidade de coloração diferencial entre os dois tipos de bactérias. Assinale:

(A)

se

todas as afirmativas estiverem corretas.

(B)

se

apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.

(C)

se

apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.

(D)

se

apenas a afirmativa I estiver correta.

(E)

se

apenas a afirmativa II estiver correta.

Prova Objetiva 1 | Biologia

a afirmativa II estiver correta. Prova Objetiva 1 | Biologia 58 Como resultado do processo de

58

Como resultado do processo de putrefação por microorganismos, são observadas drásticas mudanças na textura dos alimentos, resultado da diminuição do rigor dos tecidos e também alterações no odor.

Essas alterações são devidas:

(A)

à hidrólise aeróbica de compostos protéicos, e até de aminoácidos e outros compostos nitrogenados, seguida da formação de putrescina e cadaverina e a liberação de gases, como H 2 S, NH 3 .

(B)

à hidrólise anaeróbica de compostos protéicos, e até de aminoácidos e outros compostos nitrogenados, principalmente pela degradação de putrescina e cadaverina e a liberação de gases, como CO 2 e NO 2 .

(C)

à hidrólise aeróbica de lipídeos, principalmente ácidos graxos e glicerol, que resulta na formação de gases, como CH 4 .

(D)

à hidrólise anaeróbica de lipídeos, principalmente ácidos graxos e glicerol, que resulta na formação de gases, como CH 4 .

(E)

única e exclusivamente à presença de microorganismos nos alimentos que conferem, per si, alterações na rigidez e odor.

59

Em uma análise de correlação, o Coeficiente de Correlação Linear r, também denominado Coeficiente de Correlação de Pearson, mede o grau de relacionamento linear entre valores emparelhados de x e de y em uma amostra, indicando a intensidade e a direção da relação linear entre duas variáveis quantitativas. Este coeficiente :

(A)

não varia, é um índice tabelado, obtido através cruzamento entre o número de amostras analisadas e de repetições.

(B)

varia entre 1 e zero, pois quanto mais próximo de 1, maior é a correlação negativa e quanto mais próximo de 0, menor é a correlação positiva.

(C)

varia entre -1 e zero, pois quanto mais próximo de –1, maior é a correlação positiva, quanto mais próximo de 0, menor é a correlação negativa .

(D)

varia de -1 a 1, pois quanto mais próximo de –1, maior é a correlação positiva, quanto mais próximo de 1, maior é a correlação negativa e quanto mais próximo de 0, menor é a correlação linear.

(E)

varia de -1 a 1 e quanto mais próximo de -1, maior é a correlação negativa, quanto mais próximo de 1, maior é a correlação positiva e quanto mais próximo de 0, menor é a correlação linear.

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Concurso Público 2008 | Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

60

A eletroforese de proteínas por eletroforese em gel de poliacrilamida –SDS ou SDS PAGE é considerada o mais importante procedimento de separação, sendo indicada para proteínas insolúveis, proteínas complexadas em grandes agregados ou até para lipídeos. Duas versões do método estão disponíveis: a eletroforese monodimensional e a bidimensional. Na eletroforese bidimensional, as proteínas são separadas pelo seu ponto isoelétrico, em um tubo de gel de poliacrilamida. Após a separação, esse gel é colocado deitado sobre um gel maior, no sistema SDS-PAGE.

Assinale a alternativa que descreve corretamente a função dos compostos utilizados nesse método.

(A)

O duodecilsulfato de sódio (SDS) é um detergente forte, carregado positivamente, que se liga a regiões hidrofóbicas das moléculas protéicas. Já o βmercaptoetanol, o agente redutor, ocasiona a estabilização das pontes disulfeto (S-S). Desse modo é garantido a compactação das cadeias polipeptídicas e a sua a separação pela forma.

(B)

O duodecilsulfato de sódio (SDS) é um detergente forte, carregado negativamente, que se liga a regiões hidrofóbica das moléculas protéicas. Já a uréia, o agente redutor, ocasiona a estabilização das pontes disulfeto (S-S). Desse modo é garantida a compactação das cadeias polipeptídicas e a sua separação pela forma;

(C)

O duodecilsulfato de sódio (SDS) é um detergente forte, carregado negativamente, que se liga a regiões hidrofóbicas das moléculas protéicas. Já o βmercaptoetanol, o agente redutor, ocasiona a quebra das pontes disulfeto (S-S). Desse modo é garantido o desdobramento das cadeias polipeptídicas e sua separação pelo tamanho.

(D)

O duodecilsulfato de sódio (SDS) é um composto, produzido pela polimerização do gel de poliacrilamida em presença de uréia, que atua como um redutor forte, carregado negativamente, que se liga a regiões hidrofóbica das moléculas protéicas, retardando seu deslocamento no gel. Já a o βmercaptoetanol, o agente desnaturante, ocasiona a estabilização das pontes disulfeto (S-S). Desse modo é garantido o desdobramento das cadeias polipeptídicas e sua separação pelo tamanho.

(E)

O duodecilsulfato de sódio (SDS) é um composto, produzido pela polimerização do gel de poliacrilamida em presença de uréia, que atua como um redutor forte, carregado positivamente, que se liga a regiões hidrofóbica das moléculas protéicas, retardando seu deslocamento no gel. Já a uréia, o agente redutor, ocasiona a estabilização das quebra das disulfeto (S-S). Desse modo é garantida a compactação das cadeias polipeptídicas e sua separação pelo tamanho.