Você está na página 1de 13

 

Parâmetros PH  
12 de setembro de 2018 

Visão geral 
Ph, ​na água ocorre a auto ionização (quebras das moléculas transformando em íons),onde os 
íons de hidrogênio são gerados espontaneamente ,por dissociação (ionização) de uma pequena 
porcentagem de moléculas da água. 

Obs; no aquário quanto maior a reserva alcalina menor a probabilidade de alteração no ph. 

Faixa de ph; 

● Ácido; 
● Básico; 
● Neutro. 

Esta relação é variado de que forma; 

Qdo maior a quantidade de H em relação a OH a solução ácida -ph ácido. 

Qdo maior a quantidade de OH em relação a H a solução básica . 

Carbonato de sódio; 
Uma coisa muito interessante que para : 

1. Ph maior 9.4 ​utilizamos hidróxidos e carbonatos 

2. Ph maior que 8.3 e menor que 9.4 ​utilizamos carbonatos e bicarbonatos. 

3. Ph maior que 4.4 e menor que 8.4 ​utilizamos apenas bicarbonatos. 

Curiosidades: o bicarbonato de sódio ele aumenta o ph e tem efeito tampão,devido o equilíbrio 


entre ele e o ácido carbônico. 


 

Diagrama esquemático das situações de alcalinidade 

Relação peixe com PH 


Um PH estável e nos parâmetros ideais para cada espécie,regula uma série de funções 
orgânicas no peixe além de favorecer as bactérias nitrificantes. 

Cada espécie de peixe,planta,ECT possuem uma faixa de ph,a qual estão adaptados,alguns 
peixes possuem 

● uma ampla faixa de PH , 


● enquanto que outros possuem faixa bem restrita. 

PH neutro. 
Todos os tipos de peixes vivem em ph neutro? 

Totalmente errado…. 

Já que raramente ou nunca encontramos este PH na natureza ou devido a carbonatos das rochas 
ou a acidez vinda do ar atmosférico,esta afirmação não faz sentido. 

Um exemplo: 

Num aquário com apenas areia,inerte,com peixe e filtros,o PH vai reduzir devido aos ácidos 
orgânicos produzidos pelos seres vivos. 


 

A nitrificacao é um processo que consome muita reserva na água. 

Subir o PH: 

● Aragonita,calcita e dolomita são formas naturais de carbonatos e ajudam a subir o 


PH. 
● Rochas calcárias ou Zanzibar são carbonatos de cálcio seja em forma mineral ou 
orgânica (conchas) é um método mais comum de elevar o ph e manter uma 
reserva alcalina em níveis adequados,sendo que são dissolvidos aos poucos e 
aumentam a reserva e dureza geral(cálcio e magnésio). 
● A dolomita aumenta muito a dureza e se dissolve mais,criando às vezes um limo 
branco dentro do filtro ou do reator. 
● Aragonita possui microelementos em sua composição que é benéfico aos 
aquários e se dissolve mais lentamente. 

É impossível em um aquário que o ph suba sem estar presente um elemento alcalinizante…. 

Buffer e elementos citados 

Pontos importantes:​evitar variações bruscas e manter o ph mais estável possível e para 


isso o responsável por manter é a ​reserva alcalina ​ou ​alcalinidade alta q
​ ue chamamos 
de solução tampão. 
Ocorrência de variação de ph 

1. Ph caindo constantemente com o tempo:  


● Tamponamento baixo 
● Acúmulo de material orgânico(substrato ou meio filtrante)ocorrendo assim a 
acidificação da água do aquário. 

Ph para Ciclídeos africanos: 

Ciclídeos africanos, ao contrário dos americanos, necessitam de água extremamente alcalina. 


As faixas típicas para os três lagos são: 
 
Victoria: 7.2-8.6  


 

Malawi: 7.4-8.6  

Tanganyika: 7.8-9.0 

 
Estes são valores aproximados, e claro, vão variar naturalmente em diferentes épocas do ano 
nestes lagos (em função da salinidade, da temperatura etc). É recomendado manter o aquário 
com pH estável entre 8.2-8.4, que seria uma faixa boa, porém outros fatores conjugados 
também interferem diretamente no ph. 

******************************************* 

Alcalinidade /PH 
Os peixes que criamos em nossos aquários como ornamentais são provenientes de diversas 
partes do mundo aonde habitam águas com características químicas específicas, nas quais as 
espécies evoluíram ao longo dos tempos, e para as quais estão adaptadas. É necessário 
conhecer um pouco as necessidades das espécies que nós queremos criar, para dar aos peixes 
um habitat com condições semelhantes ao seu ambiente de origem. 
 
Alcalinidade ou reserva alcalina ​é a medida de elementos dissolvidos na água capazes de neutralizar um 
ácido. 
Ela é dada pela soma de íons de carbonato,fosfato, bicarbonato,sulfatos e bases conjugadas de ácidos 
orgânicos. 
 
Antes de entrar em alcalinidade vamos relembrar sobre o PH. 
 
O pH nos diz se a água é neutra, ácida ou básica (alcalina) e em que grau. A molécula de água H2O se 
dissocia em H+ e OH-, que reagem com outros componentes dissolvidos na água, podendo deixar H+ ou 
OH- em excesso na água. Quando o excesso é de H+ a água é dita ácida, quando é de OH- a água é 
básica, e quando os dois estão em proporções iguais, temos uma água neutra. A escala usada para medir 
o pH é logarítmica e vai de 0 a 14, sendo 7 o valor da água neutra. Os valores inferiores a 7 são ácidos e os 
superiores alcalinos. 
 
Carbonato de sódio 
 
Na​2​CO​3(s)​---------->2Na​+ ​ + CO​3​-2 
 

CO​3​-2​ + H​2​O -<--------> HCO​3 -2
​ + OH​

 

Como exemplo, o carbonato de sódio (Na2CO3) é muito utilizado para produzir soluções
alcalinas. Em solução aquosa, libera íons de sódio e íons de carbonato, que hidrolisam,
produzindo íons OH-.
Hidrólise de sal derivado de base forte e ácido fraco ou hidrólise de um ânion: solução básica 


 

 
----------------------------------------------------------------------- 
Observação em relação a algumas diferenças relacionados ao carbonato de cálcio e o sódio: 
----------------------------------------------------------------------- 
 
Realmente tanto o carbonato de cálcio qto o carbonato de sódio são ótimos alcalinizante...mas
sim existem pequenas diferenças em usá-las ,apesar de os dois produtos ter como função
alcalinizar.

O carbonato de sódio possuem um ph mais alto do que o carbonato de cálcio.


Em uma solução de 10 molar-molar o ph do carbonato de sódio é 10.97,enquanto do carbonato
de cálcio é 9.91.
Outra diferença está na solubilidade entre os dois na qual o carbonato de sódio é
moderadamente solúvel em água e o carbonato de cálcio sua solubilidade em água pura, é
baixa ,mas se dissolve na água que contém dióxido de carbono formando a o ácido carbônico.
​--------------------------------------------------------
A alcalinidade é a medida da capacidade tamponante total de ácido, ou seja, de todos os ânions que 
podem se ligar a íons H+ livres na água, impedindo assim a queda do pH. No aquário de água doce, os 
termos "dureza carbonada", "capacidade tamponante" e "alcalinidade" são usados como sendo sinônimos. 
 
Obs:o termo "alcalinidade" não deve ser confundido com o termo "alcalina". Alcalinidade refere-se à 
capacidade tampão, enquanto alcalina refere-se a uma solução que é base (i.e., pH>7) 
 
Alcalinizantes Naturais 
 
 
1º - ROCHAS E SUBSTRATO CALCÁRIO; 
 
Rochas e substratos calcários tem um poder alcalinizante sobre a água fazendo com que o ph 
aumente. Tanto as rochas como o substrato dever ser bem lavado e fervido, se possível, antes da 
entrada no aquário. 
 
A dolomita, aragonita e halimeda são os substratos mais utilizados principalmente em aquários 
marinhos e montagens para ciclídeos africanos. 
Uma maneira simples e prática de verificar o poder alcalinizante de uma rocha é pingando um 
acidificante químico ou vinagre, com isso a reação química provoca borbulhas caso a rocha seja 
alcalinizante. 
 
Vale lembrar que a dolomita, cascalho branco comumente utilizado e excelente alcalinizante de ação 
rápida, com o tempo perde eficiência. Isso é devido a dissolução de alguns sais presentes nessas 
pedras que elevam o pH e tamponam esse em um valor elevado. Ela é composta de óxido de cálcio e 
magnésio ela não espuma ao contrário de pedras calcarias, sendo assim, não conseguimos fazer o 
teste de borbulha com uma acidificante químico ou vinagre. 
 
 
 
2º - CONCHAS; 
 
As conchas também são ótimos alcalinizantes naturais para nosso sistema. 
 
Triturar as conchas faz com que os compostos alcalinizantes sejam mais influentes e ativos em nosso 


 

 
sistema tornando muito eficaz para subir o ph. As conchas também devem ser bem lavadas e fervidas 
para a inserção em nosso aquário e a introdução da mesma no sistema de filtragem aumenta ainda 
mais a eficiência das conchas no aumento do ph. 
 
Com o tempo as conchas perdem seu efeito alcalinizante e caso isso seja reparado deve-se substituir 
por novas porções. 
 
 
3º - CORAL MORTO. 
 
O coral morto, muito utilizado em aquário marinho, tem um ótimo poder alcalinizante natural e assim 
como as conchas devemos lavá-lo e fervê-lo para a introdução no aquário. Tanto como peça quanto 
pedaços triturados no sistema de filtragem aumentam naturalmente o ph do aquário. 
 
Produtos químicos para subir o ph; 
 
● Carbonato de sódio; 
● Bicarbonato de sódio; 
● Carbonato de cálcio; 
● Bicarbonato de cálcio. 
 
Dizer a quantidade mais ou menos é bem complicado, pois depende muito da água em que você vai 
usar. Você deve ir adicionando aos poucos e ir medindo os parâmetros, é o mais seguro e 
recomendável. 
 
Tamponamento 
 
Algumas substâncias agem na química de forma que impedem a variação ampla de 
pH de uma solução, ou seja, adicionando-se ácido ou base à solução, sob certas 
condições, esta permanecerá com o seu pH inalterado. Tais soluções recebem o 
nome de soluções tampão. 
 
Esse tipo de solução é utilizado sempre que há necessidade de criar um meio com pH 
constante, e são preparadas por meio da dissolução de solutos em água. 

Como funciona essa capacidade tampão? 


Utilizando a analogia que muitos usam, pense que funciona como uma esponja. Quando 
adicionamos ácido, a “esponja” o absorve, e se a esponja for grande, ela absorverá uma 
quantidade ainda maior, enquanto se for pequena ela vai encher e acabar sua capacidade de 
absorver mais. Ou seja, KH mais alto (esponja maior) e KH mais baixo (esponja menor). Devido 
essas diferenças, o KH baixo absorve pouco ácido e rapidamente a água acidifica. 


 

Teste de kh 
o KH é a capacidade de neutralizar ácidos (o H+, já visto quando falamos de pH) ou 
“alcalinidade”; também encontramos neste conceito, o termo “efeito tampão”. Por que 
carbonato? Os testes de KH buscam avaliar íons que costumam se relacionar com o H+ e retê-lo 
em sua fórmula e eles são especialmente o bicarbonato (HCO3–) e o carbonato (CO3–2). 

Como isso funciona? 

Quando tiver muitos H+ o tampão absorverá alguns deles ...mantendo o ph estável 

Quando houver poucos H+ o tampão doará alguns ... mantendo o ph estável... 

Consumo do tamponador; 
Como sabemos, o metabolismo dos peixes assim como a decomposição de restos de alimentos 
ou plantas mortas liberam amônia na água. Tal substância é consumida por bactérias nitrificantes 
do chamado Ciclo do Nitrogênio e transformada, inicialmente, em ácido nitroso (comumente 
chamado de nitrito) e mais tarde em ácido nítrico (conhecido entre os aquaristas como nitrato). 
Os nitritos são logo transformados em nitratos e estes se acumulam na água e são eliminados 
nas Trocas Parciais de Água (TPAs). Vale ressaltar que o ácido nítrico é um ácido forte e que 
portanto, contribui significativamente para aumentar a quantidade de cátions H+. 
Consequentemente, baixa o valor do pH. Sendo assim, o aquarista fica avisado que existe uma 
tendência natural da água de nossos aquários em se tornar mais ácida. 

Logo abaixo listei alguns fatores que podem estar relacionadas com a 
variação de ph no sistema.. 

Muitas vezes o ph do aquário parece não ter solução, 


sempre ouvimos: “Meu ph está ácido ou alcalino demais e 
não consigo mudá-lo nem com o uso de produtos 
(alcalinizantes ou acidificantes).” 
CORREÇÃO DE PH ÁCIDO 
 


 

 
Causas mais freqüentes: 
 
Excesso de peixes. Mais peixes do que o aquário pode suportar. 
Má qualidade do alimento 
Excesso de alimento 
Filtragem insuficiente 
Falta de trocas parciais 
Co2 no aquário 
Solução: 
 
Certifique-se que o aquário está com a quantidade de peixes adequada, cetifique-se também se 
a ração que usa é de boa qualidade e que a filtragem é adequada para o seu aquário. 
 
Reduza a quantidade de alimentação e faça troca parciais a cada 3 ou 4 dias, com uma boa 
sifonagem do fundo até estabilizar o Ph. 
 
Se for preciso, reforce a filtragem de seu aquário. Muita gente compra um aquário de 50 litros 
com dois ou três lindos kinguios filhotes e se esquecem que eles crescem e com isso produzem 
mais detritos, o que inevitavelmente desequilibra a água. Portanto não se pode manter a 
mesmas frequência de TPAs e nem o mesmo filtro. 
 
Teste o ph da água que você coloca no seu aquário também, o ideal é colocar da torneira e 
tratá-la com um bom desclorificante. 
 
Geralmente a água da torneira é alcalina (eu disse geralmente) e por isso verifique e faça a 
correção para atingir o ph específico para sua fauna . 
 
Se nada disso resolver e você tiver certeza que a água do seu aquário não tem amônia, você 
pode recorrer à pedras de dolomita, pois elas absorvem a acidez da água. Mas tem que ter 
certeza mesmo, pois amônia em água alcalina e potêncialmente fatal. 
 
Ou ainda, com mais praticidade, recorrer à alcalinizantes e tamponadores. Pois só o alcalinizante 
pode não funcionar se não tiver um efeito tampão para manter o Ph alcalino. 

Alguns bons produtos para elevar o ph (tenha certeza de que a água não tem amônia). 


 

 
Alguns exemplos de produtos: 
 
O Malawi Victoria Buffer da Seachem é ótimo, pois ele já alcaliniza e tampona a água.É uma 
mistura de sais de carbonato concebidos para melhorar o ambiente natural de ciclídeos por 
dureza crescente, capacidade tampão e pH. É formulado para manter um pH de 7,8-8,4. 
​ 
 
 
Os tamponadores da Mydor tamponam e estabilizam o pH da água do aquário de água docePara 
que o Tamponador da Mydor funcione corretamente é necessário corrigir com alcalinizante o Ph 
da água antes de colocá-lo, pois ele não altera o Ph da água e sim, o estabiliza. 
 
 
Corretivo Alcalinizante Atlantys é indicado para a correção do pH da água de aquário, quando 
este se encontre abaixo do valor desejado, proporcionando condições apropriadas ao “habitat” 
de peixes ornamentais.Não faz o efeito tampão. 
 
 
CORREÇÃO DE PH ALCALINO 
 
Causas mais freqüentes 
 
 
 
– Aquário muito novo, o que é normal no início; com o tempo a tendência da água é acidificar 
devido à detritos. 
 
– Cascalho a base de dolomita 
 
– Rochas e corais mortos ou outros artigos vindos de praias (conchinhas, etc). A maioria dos 
materiais porosos e todos os calcários absorvem a acidez da água. 
 
Solução 
 
Procure um bom acidificante e também um tamponador, pois o acidificante irá reduzir o ph e o 
tamponador manter esse ph ácido. 


 

 
 
Muitas vezes, apenas o acidificante não adianta, pois você coloca e o efeito dura apenas 30 
minutos, por isso, o uso do tamponador é importante. 
 
Sempre corrija o ph antes da água entrar no aquário, não faça diretamente, principalmente se o 
aquário já estiver habitado, pois o choque de ph pode ser fatal. 
 
Uma opção mais natural é recorrer a troncos especiais para aquários, no entanto, ele poderá 
deixar a água marrom por algun tempo. 
 
Não se pode esquecer das trocas parciais, mesmo se o seu objetivo é deixar a água ácida. Pois 
o efeito da amônia em ph alcalino é potencializado. Basta tratar a água para que ela fique ácida 
antes de colocá-la dentro do aquário. 

Alguns exemplos de produtos: 

 
 
O Discus Buffer da Seachem é fundamental para quem quer manter um Ph ácido e dureza baixa 
– condições ideais para Discos, neos e outros peixes da bacia Amazônica.Seguramente ele 
acidifica a água e a mantém. 
​ 
 
 
Os tamponadores da Mydor tamponam e estabilizam o pH da água do aquário de água doce. 
Para que o Tamponador da Mydor funcione corretamente é necessário corrigir com acidificante 
o Ph da água antes de colocá-lo, pois ele não altera o Ph da água e sim, o estabiliza. 
 
 
Corretivo Acidificante Atlantys é indicado para a correção do pH da água de aquário, quando 
este se encontre acima do valor desejado, proporcionando condições apropriadas ao “habitat” 
de peixes ornamentais.Não faz o efeito tampão. 

Obs: causas e soluções retirada do site meuaquario.blog.br 

“Ah! Mas eu quero meu Ph Neutro! O que eu faço?” 


 
O procedimento é o mesmo, você só terá que encontrar o equilíbrio entre o ácido e o alcalino. 

10 
 

 
Mas para facilitar (e muito) sua vida, existem produtos também para o Ph Neutro. Um dos 
melhores que eu conheço é o Neutral Regulator da Seachem. O produto é bem completo, ele 
deixa neutro o ph tanto alcalino quanto ácido, além de retirar cloro, cloramina amônia e nitritos e 
ainda formar uma mucosa de proteção nos peixes. Ufa! Mas é bom você usar um acidificante ou 
alcalinizante para regular a água antes de utilizá-lo. 

GH - dureza geral…. 
Dureza (general hardness - GH) 
 
A dureza é a medida de íons cálcio (Ca++) e magnésio (Mg++) na água. A água dura é 
frequentemente proveniente de aquíferos de pedra calcária, ricos em CaCO3. 
 
A maioria dos testes aquarísticos que medem esse parâmetro dão o resultado em unidades de 
CaCO3, o que significa que a dureza é equivalente a esse tanto de CaCO3 na água, mas não 
significa que ela é obrigatoriamente proveniente de CaCO3. A forma mais comum de expressar a 
dureza é através de "graus de dureza" (dH - degrees hardness). Cada grau de dureza é 
equivalente a 10 mg de óxido de cálcio (CaO) por litro de água. 
 
O conceito de dureza é importante para a manutenção de espécies mais sensíveis e exigentes 
quanto à qualidade da água, como os acarás-disco, que devem ser mantidos preferencialmente 
em água mole, e os ciclídeos africanos, que são originados de habitats de águas bem duras. 

O que é GH (Dureza Geral)? 


GH não é uma abreviatura de “General Hardness” (dureza geral em inglês), e sim uma 
abreviatura para Gesamthaerte, que também significa “dureza geral” em alemão, mas o uso mais 
comum da palavra é em inglês. 
 
GH é definida como a soma de cátions divalentes em solução (íons com uma carga de + ²), 
incluindo elementos como cálcio, magnésio, estrôncio e muitos tipos de metais mais pesados, 
como ferro e cobre. 
 
Como os íons de magnésio e cálcio são muito mais abundantes na água do que outros tipos de 
cátions divalentes, o GH é essencialmente a concentração combinada de íons de magnésio e 
cálcio. Note-se que não abrange as concentrações de cátions ou ânions monovalentes (com uma 
carga de +/- ¹), como o sódio e o cloreto que compõem mais de 85% de substâncias dissolvidas 
na água do mar. 

11 
 

Diferença entre dureza permanente e dureza temporária…. 

A dureza permanente é a concentração de íons que não podem ser removidos ao ferver a 
água, geralmente sendo nitratos, cloretos, sulfatos, etc. Dureza temporária é a concentração 
de íons que é facilmente removida por ebulição da água. 

Dureza temporária e KH são iguais? 


Não. Muitos aquaristas confundem e acham que são a mesma coisa, mas na realidade não 
é, mas são apenas semelhantes. Vamos considerar o seguinte exemplo: adicionamos 
bicarbonato de sódio (NaHCO3), em água com dureza geral zero e com dureza em 
carbonatos também zero. O resultado será uma dureza geral ainda em zero, porém o KH irá 
subir, porque aumentará a quantidade de íons HCO3-. Lembrando que a dureza geral é a 
soma dos resultados da temporária e permanente, e a temporária também continuaria 
inalterada diferente do KH. 

E o GH (dureza geral), por que é importante para nossos peixes? 

 
Os peixes efetuam constantemente a transferência de nutrientes através de membranas 
celulares, a alteração de alguns deles afeta seu metabolismo, como funcionamento de 
alguns órgãos, fertilidade dos ovos, e até mesmo o crescimento, onde já é conhecido que a 
falta de zinco reduz muito o hormônio responsável pelo crescimento. 
 
Algumas espécies durante gerações criaram exigências, podendo ter uma absorção menor 
em águas dura (abundantes em compostos mineralizados), ou maior em águas moles. Discos 
e neons por exemplo, como vivem em águas moles, efetuam uma absorção maior desses 
nutrientes, e se estiver dura, absorverão em excesso e sentirão. 

Tabela de GH (dureza geral) 


0 a 4 dH 0 a 70 ppm Muito macia 
4 a 8 dH 70 a 140 ppm Macia 
8 a 12 dH 140 a 210 ppm Média 
12 a 18 dH 210 a320 ppm Meio dura 

12 
 

 
18 a 30 dH 320 a 530 ppm Dura 
Acima de 30 dh Acima de 530 ppm Muito dura, rocha líquida 

Conclusão 

 
É muito importante o aquarista ficar atento as diferenças de GH e KH e entender que não são a 
mesma coisa, já que não medem os mesmos parâmetros. 
 
Enquanto GH leva em conta Mg² + e Ca² +, KH mede carbonatos em grande parte derivados de 
Na²CO³. Também é prudente mencionar que GH e sólidos dissolvidos totais (TDS) não são 
formas diferentes de medir o mesmo parâmetro. Um medidor de TDS mede a soma de 
substâncias carregadas eletricamente em solução, expressas em unidades de ppm. Agora, 
geralmente pode-se dizer que uma solução com GH alto terá TDS elevado, mas uma solução 
com TDS elevado não terá necessariamente um GH alto (lembre-se de que o TDS leva todos os 
íons em conta, como o sódio e o cloreto, e o GH não). 

13 

Você também pode gostar