Você está na página 1de 16

COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA

Márcio Flávio

MÁRCIO FLÁVIO

Graduado e mestrando em Matemática, servidor público, professor


desde 1997 atuando em escolas públicas e particulares e desde 2001
em cursos preparatórios para vestibular e concursos públicos. Destaca-
se pela sua excelente didática e linguagem acessível que possibilita
apresentar os conteúdos de forma fácil e prazerosa. É reconhecido
por aliar qualidades como carisma e comprometimento, alimentando
permanentemente o interesse e satisfação por parte do aluno.

COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA

1. Considerando que uma proposição corresponde a uma sentença bem definida,

isto é, que pode ser classificada como verdadeira ou falsa, excluindo-se qualquer

outro julgamento, assinale a alternativa em que a sentença apresentada corres-

ponde a uma proposição.

a) Houve uma chuva torrencial, que tragédia!

b) Aquela casa não oferece segurança para os moradores.

c) A enxurrada levou todos os moradores da rua?

d) Beba água potável.

e) Os bombeiros da cidade de Brasília foram muito bem treinados.

2. Qual das proposições abaixo é uma contradição?

a) (P → Q) v ¬ Q

b) (P ∧ ¬ P) → Q

c) ¬ (P ∨ Q) ↔ (P ∨ Q)

d) (P ↔ P) ∧ (P ∨ Q)

e) (P ↔ Q) v (Q v ¬ Q)

www.grancursosonline.com.br 2 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

3. Considere a seguinte sequência de proposições:

P1 – Existem policiais que são médicos.

P2 – Nenhum policial é infalível.

P3 – Nenhum médico é infalível.

Nessas condições, é correto concluir que o argumento das premissas P1 e P2 e

conclusão P3 são válidos.

4. Considere a proposição composta “Se o mês tem feriado, então não é agosto”. A

proposição composta equivalente é

a) “O mês não tem feriado ou é agosto”.

b) “O mês tem feriado e é agosto”.

c) “Se não é agosto, então o mês tem feriado”.

d) “Se é agosto, então o mês não tem feriado”.

e) “Se o mês não tem feriado, então não é agosto”.

5. Um crime acontece em uma cidade. Sabe-se que, se João ou José investigam

o crime, então a investigação é demorada. Se Luciana investiga o crime, então a

investigação não é demorada. Ora, a investigação não é demorada. Portanto:

a) Luciana investigou o crime.

b) Luciana não investigou o crime.

c) João e José investigaram o crime.

d) João e José não investigaram o crime.

e) João investigou o crime e José não investigou o crime.

6. Se P, Q e R são proposições simples, então a proposição ~[P→(Q→R)] é equivalente a

a) (~P)∧Q∧R.

b) P∧Q∧(~R).

www.grancursosonline.com.br 3 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

c) (~P)→(Q→R).

d) (R→Q)→P.

e) (~P)→[(~Q)→(~R)].

7. Em um grupo musical, todos baixistas são bateristas. Alguns vocalistas são bai-

xistas, então podemos afirmar que:

a) Todos vocalistas são bateristas.

b) Todos bateristas são vocalistas.

c) Alguns vocalistas não são bateristas.

d) Todos vocalistas que não são baixistas são bateristas.

e) Alguns baixistas são vocalistas.

8. Assinale a alternativa que completa a série seguinte:

JJASOND?

a) J

b) L

c) M

d) N

e) O

9. Assinale a alternativa que substitui corretamente a interrogação na seguinte se-

quência numérica: 8 12 24 60 ?

a) 56

b) 68

c) 91

d) 134

e) 168

www.grancursosonline.com.br 4 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

10. Se Rodolfo é mais alto que Guilherme, então Heloisa e Flávia têm a mesma

altura. Se Heloisa e Flávia têm a mesma altura, então Alexandre é mais baixo que

Guilherme. Se Alexandre é mais baixo que Guilherme, então Rodolfo é mais alto

que Heloisa. Ora, Rodolfo não é mais alto que Heloisa. Logo:

a) Rodolfo não é mais alto que Guilherme, e Heloisa e Flávia não têm a mesma altura.

b) Rodolfo é mais alto que Guilherme, e Heloisa e Flávia têm a mesma altura.

c) Rodolfo não é mais alto que Flávia, e Alexandre é mais baixo que Guilherme.

d) Rodolfo e Alexandre são mais baixos que Guilherme.

e) Rodolfo é mais alto que Guilherme, e Alexandre é mais baixo que Heloisa.

11. Algum A é B. Todo A é C. Logo

a) algum D é A.

b) todo B é C.

c) todo C é A.

d) todo B é A.

e) algum B é C.

12. “O concurso público será realizado pela SEGPLAN, regido por este edital e

executado pela Fundação Universa.” Considerando a proposição acima extraída e

adaptada do edital que regulamenta o presente concurso, assinale a alternativa

que apresenta a negação correta dessa proposição.

a) O concurso não será realizado pela SEGPLAN, não será regido por este edital

nem será executado pela Fundação Universa.

b) O concurso não será realizado pela SEGPLAN ou não será regido por este edital

ou não será executado pela Fundação Universa.

c) O concurso não será realizado pela SEGPLAN, mas será regido por este edital e

será executado pela Fundação Universa.

www.grancursosonline.com.br 5 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

d) O concurso não será realizado pela SEGPLAN, será regido por este edital, mas

não será executado pela Fundação Universa.

e) O concurso será realizado pela SEGPLAN, mas não será regido por este edital

nem será executado pela Fundação Universa.

13. Assinale a opção que apresenta um argumento válido.

a) Quando chove, as árvores ficam verdinhas. As árvores estão verdinhas; logo,

choveu.

b) Se estudo, obtenho boas notas. Se me alimento bem, sinto-me disposto. Ontem

estudei e não me senti disposto; logo, obterei boas notas, mas não me alimentei bem.

c) Se ontem choveu e estamos em junho, então hoje fará frio. Ontem choveu e

hoje fez frio. Logo, estamos em junho.

d) Choveu ontem ou segunda-feira é feriado. Como não choveu ontem; logo, se-

gunda-feira não será feriado.

14. Considere falsidade a proposição I e verdade a proposição II:

I – Se Ana é auxiliar de papiloscopista, então Caio é investigador.

II – Caio é investigador ou Monica é escrivã.

Com base no que foi apresentado, é verdade que

a) Caio não é investigador, e Monica não é escrivã.

b) Ana não é auxiliar de papiloscopista, e Monica é escrivã.

c) Ana não é auxiliar de papiloscopista, e Caio não é investigador.

d) Ana é auxiliar de papiloscopista, e Monica é escrivã.

e) Caio é investigador, e Monica é escrivã.

15. Dizer que “Paulo é servidor ou Simone não é jogadora” é logicamente equiva-

lente a dizer que:

www.grancursosonline.com.br 6 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

a) Paulo não é servidor, e Simone é jogadora.

b) Se Simone é jogadora, então Paulo é servidor.

c) Se Paulo não é servidor, então Simone é jogadora.

d) Se Paulo é servidor, então Simone não é jogadora.

e) Paulo é servidor se, e somente se, Simone não é jogadora.

16. Dizer que “João não é pedreiro ou Maria é paulista” é, do ponto de vista lógico,

o mesmo que dizer que:

a) Se João não é pedreiro, então Maria não é paulista.

b) Se Paulo é paulista, então Maria é pedreiro.

c) Se João não é pedreiro, então Maria é paulista.

d) Se João é pedreiro, então Maria não é paulista.

e) Se João é pedreiro, então Maria é paulista.

17. Qual é a negação de “não há quem não goste de futebol”?

a) Não há quem goste de futebol.

b) Ninguém gosta de futebol.

c) Todos gostam de futebol.

d) Há quem goste de futebol.

e) Há quem não goste de futebol.

18. Se Marta é juíza, então ela é feliz. Portanto:

a) Se Marta não é feliz, então ela não é juíza.

b) Se Marta é feliz, então ela é juíza.

c) Se Marta é feliz, então ela não é juíza.

d) Se Marta não é juíza, então ela é feliz.

e) Se Marta é juíza, então ela não é feliz.

www.grancursosonline.com.br 7 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

19. Uma proposição logicamente equivalente à negação da proposição “se a vaca

voa, então o porco não late” é a proposição

a) a vaca voa e o porco late.

b) a vaca voa ou o porco late.

c) a vaca não voa ou o porco late.

d) a vaca não voa e o porco late.

e) a vaca não voa ou o porco não late.

20. Considere as seguintes premissas:

“Se todos os homens são sábios, então não há justiça para todos.”

“Se não há justiça para todos, então todos os homens são sábios.”

Para que se tenha um argumento válido, é correto concluir que:

a) Todos os homens são sábios se, e somente se, há justiça para todos.

b) Todos os homens são sábios se, e somente se, não há justiça para todos.

c) Todos os homens são sábios e há justiça para todos.

d) Todos os homens são sábios e não há justiça para todos.

e) Todos os homens são sábios se há justiça para todos.

21. São dadas as seguintes proposições:

–– p: Computadores são capazes de processar quaisquer tipos de dados.


–– q: É possível provar que ∞ + 1 = ∞.

Se p implica em q, então o fato de

a) ser possível provar que ∞ + 1 = ∞ é uma condição necessária e suficiente para

que os computadores sejam capazes de processar quaisquer tipos de dados.

b) computadores serem capazes de processar quaisquer tipos de dados não é con-

dição necessária e nem suficiente para que seja possível provar que ∞ + 1 = ∞.

c) ser possível provar que ∞ + 1 = ∞ é uma condição suficiente para que os com-

putadores sejam capazes de processar quaisquer tipos de dados.

www.grancursosonline.com.br 8 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

d) computadores serem capazes de processar quaisquer tipos de dados é condição

necessária para que seja possível provar que ∞ + 1 = ∞.

e) ser possível provar que ∞ + 1 = ∞ é condição necessária para que os compu-

tadores sejam capazes de processar quaisquer tipos de dados.

22. Considere a afirmação:

“Existem insetos que não são pretos.”

Se essa afirmação é falsa, então é verdade que

a) nenhum inseto é preto.

b) todo inseto é preto.

c) todos os animais pretos são insetos.

d) nenhum animal preto é inseto.

e) nem todos os insetos são pretos.

23. Seja a proposição P: 20% de 40% = 8% e a proposição Q: Se 3/4 do salário de

João é R$ 720,00, então o salário de João é maior que R$ 1000,00. Considerando

os valores lógicos das proposições P e Q, podemos afirmar que:

a) o valor lógico da conjunção entre as duas proposições é verdade.

b) o valor lógico da disjunção entre as duas proposições é falso.

c) o valor lógico do bicondicional entre as duas proposições é verdade.

d) o valor lógico do condicional, P então Q, é falso.

e) o valor lógico do condicional, Q então P, é falso.

24. Considere a sentença: “Pulo e não fico cansado”. Uma sentença logicamente

equivalente à negação da sentença dada é:

a) Se pulo então fico cansado.

b) Se não pulo então não fico cansado.

www.grancursosonline.com.br 9 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

c) Não pulo e fico cansado.

d) Pulo e fico cansado.

e) Não pulo ou não fico cansado.

25. Considere as seguintes afirmações:

I – Agnes é atriz ou Bernardo não é diretor.

II – Cíntia é estilista e Dinorá não é cantora.

III – Elivaldo não é segurança ou Fred é assistente.

IV – Se Bernardo é diretor, então Elivaldo não é segurança.

Sabe-se que as afirmações I e IV são falsas e que as afirmações II e III são verda-

deiras. Sendo assim, é logicamente VERDADEIRA a alternativa

a) Dinorá é cantora ou Agnes é atriz.

b) Se Agnes é atriz, então Elivaldo é segurança.

c) Fred não é assistente e Cíntia é estilista.

d) Se Bernardo é diretor, então Dinorá é cantora.

e) Ou Bernardo não é diretor ou Fred não é assistente.

26. Considere verdadeira a declaração abaixo.

“Toda mulher é vaidosa.”

Com base na declaração, é correto concluir que:

a) se é vaidosa, então não é mulher.

b) se é vaidosa, então é mulher.

c) se não é vaidosa, então não é mulher.

d) se não é vaidosa, então é mulher.

e) se não é mulher, então não é vaidosa.

www.grancursosonline.com.br 10 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

27. A afirmação que é logicamente equivalente à afirmação “Se faço judô, então

sei me defender” é

a) Se não faço judô, então não sei me defender.

b) Se sei me defender, então faço judô.

c) Se não sei me defender, então não faço judô.

d) Se não sei me defender, então faço judô.

e) Se faço judô, então não sei me defender.

28. Márcio e Flávio são primos. Afirmar que NÃO é verdade que “Márcio é careca,

e Flávio é professor” é logicamente equivalente à afirmação

a) Flávio não é professor ou Márcio não é careca.

b) Se Márcio não é careca, então Flávio não é professor.

c) Márcio é careca ou Flávio não é professor.

d) Flávio não é professor, e Márcio não é careca.

29. Considere a sentença: “Se cometi um crime, então serei condenado”. Uma sen-

tença logicamente equivalente à sentença dada é:

a) Não cometi um crime ou serei condenado.

b) Se não cometi um crime, então não serei condenado.

c) Se eu for condenado, então cometi um crime.

d) Cometi um crime e serei condenado.

e) Não cometi um crime e não serei condenado.

30. Determine o número de linhas da tabela-verdade da proposição: “Se canto e

estudo, então canso, mas não desisto ou não estudo”.

a) 16

b) 8

www.grancursosonline.com.br 11 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

c) 32

d) 4

e) 64

31. Sejam as proposições p e q em que p implica logicamente q. Diz-se de maneira

equivalente que:

a) p é condição suficiente para q.

b) q é condição suficiente para p.

c) p é condição necessária para q.

d) p é condição necessária e suficiente para q.

e) q não é condição necessária para p.

32. Cada uma das 13 letras do nome “SANTA CATARINA” é escrita em um cartão, e

todos os cartões são colocados em uma urna. Aleatoriamente, são então retirados,

sucessivamente e sem reposição, dois cartões. A probabilidade de um dos cartões

retirados conter a letra S e o outro cartão retirado conter a letra C é de:

a) 2/13.

b) 3/39.

c) 1/78.

d) 1/156.

e) 25/156.

33. Ao término de uma reunião de pecuaristas, realizada para combinar os últimos

detalhes de uma exposição de gado, foram contados 78 apertos de mãos. Se cada

um dos participantes cumprimentou os demais uma única vez, então o número de

pecuaristas que estavam presentes é igual a

www.grancursosonline.com.br 12 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

a) 12.

b) 13.

c) 14.

d) 15.

e) 16.

34. Um jogador de handebol tem probabilidade 0,6 de converter um tiro de 7 me-

tros (considerado um pênalti comparativamente ao futebol). A probabilidade de

que esse jogador converta exatamente 2 tiros de 7 metros em 3 arremessos con-

secutivos é de

a) 28,8%.

b) 43,2%.

c) 60%.

d) 66,67%.

35. A testemunha de uma ocorrência com certo veículo relatou o seguinte a res-

peito da placa desse veículo: “Na parte da placa com os números apareciam dois

algarismos 5, mas não lembro em que posição. Não sei quais eram os outros dois

algarismos, mas eram diferentes de 5”. Considerando somente a parte numérica

da placa, a quantidade de sequências distintas de 4 algarismos, compatíveis com o

que relatou a testemunha, é

a) 324.

b) 720.

c) 486.

d) 120.

e) 512.

www.grancursosonline.com.br 13 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

36. Uma instalação (obra de arte composta por diversos elementos em um am-

biente), em um museu de arte moderna, brinca com a incerteza humana represen-

tada por um jogo probabilístico: um computador mostra aleatoriamente 5 figuras e

pede que a pessoa escolha mentalmente 2 delas. De modo aleatório, o computador

“chuta” a possível escolha. A probabilidade de o computador acertar a escolha das

duas figuras é de

a) 1/5.

b) 2/5.

c) 3/5.

d) 1/10.

e) 2/25.

37. O sertão nordestino invariavelmente sofre com a falta de chuva. Portanto, chu-

va é sempre um bem escasso e desejável, principalmente para o pequeno lavrador.

Informações sobre condições meteorológicas são sempre esperadas, com desejo

de que haja boas possibilidades de chuva para o plantio. Se a probabilidade de

haver chuva, em uma noite de junho, é de 80%, a probabilidade de faltar energia

elétrica é de 40%, e a probabilidade de chover e faltar energia elétrica é de 30%,

então a probabilidade de não chover e não faltar energia elétrica é de

a) 10%.

b) 20%.

c) 30%.

d) 40%.

e) 50%.

38. Sabendo que é verdadeira a afirmação “Todos os alunos de Fulano foram apro-

vados no concurso”, então é necessariamente verdade:

www.grancursosonline.com.br 14 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

a) Fulano foi aprovado no concurso.

b) Se Elvis foi aprovado no concurso, então ele é aluno de Fulano.

c) Se Roberto não é aluno de Fulano, então ele não foi aprovado no concurso.

d) Fulano não foi aprovado no concurso.

e) Se Carlos não foi aprovado no concurso, então ele não é aluno de Fulano.

39. Assinale a negação da proposição lógica (p) a seguir:

Todo retângulo tem lados iguais.

a) Todo retângulo não tem lados iguais.

b) Alguns retângulos não têm lados iguais.

c) Existe ao menos um retângulo que não tem lados iguais.

d) Todo quadrado tem lados iguais.

e) Os retângulos têm dois pares de lados iguais.

40. Para formar um grupo de investigação, um centro de pesquisas dispõe de 22

peritos com especialidades distintas. Se esse grupo de investigação deve ter 3 pe-

ritos, então a quantidade de maneiras distintas para se formar esse grupo é igual a

a) 1.540.

b) 3.080.

c) 8.000.

d) 9.240.

www.grancursosonline.com.br 15 de 16
COMEÇANDO DO ZERO: RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICA
Márcio Flávio

GABARITO

1. e 21. e

2. c 22. b

3. E 23. d

4. d 24. a

5. d 25. b

6. b 26. c

7. e 27. c

8. a 28. a

9. e 29. a

10. a 30. a

11. e 31. a

12. b 32. c

13. b 33. b

14. d 34. b

15. b 35. c

16. e 36. d

17. e 37. a

18. a 38. e

19. a 39. c

20. b 40. a

www.grancursosonline.com.br 16 de 16