Você está na página 1de 7

TESTE DE APRENDIZAGEM VERBAL AUDITIVA DE REY (Rey, 1964).

Normatizado Para População Brasileira (Ramon Cosenza e Col, 2000).

O RAVLT, teste de aprendizagem verbal das 15 palavras de Rey que permite estabelecer uma curva
de aprendizagem ao longo das 5 tentativas, possibilita avaliar o esquecimento ao comparar o número
de palavras aprendidas numa evocação imediata e numa evocação posterior.
Possibilita também distinguir o que vem a ser déficit de estocagem ou déficit de recuperação da
memória, ao comparar os desempenhos por ocasião da evocação livre e do reconhecimento das
palavras aprendidas, misturadas a um mesmo número de palavras usadas para desviar a atenção
(palavras distratoras).

Objetivo: Aprendizagem, memória auditiva verbal, memória imediata, memória de longo prazo,
perseveração, intrusão, susceptibilidade à interferência, retenção após outra atividade, memória de
reconhecimento, primazia e recência.

População: 6 anos a 89 anos

Aplicação:
Para a primeira tentativa (A1) dá-se a seguinte instrução:
Vou ler uma lista de palavras, é importante que preste bastante atenção, pois quando eu terminar
você deverá repetir tantas palavras quantas puder se lembrar. Não precisa ser na mesma ordem lida,
procure apenas se lembrar do máximo de palavras que puder.
Não se dá qualquer pista em relação ao número de respostas corretas, repetições ou erros.
Quando o examinando informa que não consegue se lembrar de mais palavras o examinador
deverá dar a seguinte instrução:

Agora vou ler as mesmas palavras novamente. Quando eu terminar quero que repita para mim todas
as palavras que puder se lembrar, inclusive as palavras que já foram ditas da vez passada. Não tem
importância a ordem das palavras, procure apenas dizer todas as palavras incluindo aquelas que já
foram lembradas na vez anterior e relê a lista (Tentativa A2).
A lista é lida novamente até a quinta vez (A3), (A4) e (A5) usando-se as instruções da segunda
tentativa.
Depois da quinta tentativa, o examinador lê a lista B (B1), precedida das instruções como na
primeira leitura da lista A.
Vou ler uma lista de palavras, é importante que preste bastante atenção, pois quando eu terminar
você deverá repetir tantas palavras quantas puder se lembrar. Não precisa ser na mesma ordem lida,
procure apenas se lembrar do máximo de palavras que puder.

Em seguida, o examinador pede ao examinando para se lembrar de quantas palavras ele puder
da lista A (A6), sendo que desta vez a lista A NÃO é lida para o examinando.
Após um intervalo de 20 minutos (intervalo que deve ser preenchido com atividades não
verbais), pede-se que o sujeito se lembre das palavras da lista A, o resultado deverá ser anotado
no (A7).
Em seguida o teste de reconhecimento deve ser aplicado. Neste teste, o examinando deve
identificar quantas palavras ele puder e, se possível, a lista de origem, se A ou B. Se o paciente tiver
boa capacidade de leitura, pode pedir que ele leia e circule as palavras corretas. Caso ele não possa
ler, a lista deve ser lida para ele.

Correção:
Somar as palavras evocadas de cada lista. Cada palavra recordada vale 1 ponto.
üSoma total das palavras evocadas nas cinco listas ( score bruto de estocagem) (da A1 a A5)
üSomar o numero de palavras evocadas na lista B (score bruto de interferência)
üSomar o numero de palavras evocadas da lista pós interferência (A6)
üSomar as palavras evocadas da evocação tardia (A7)
üSomar as palavras reconhecidas na folha de reconhecimento e anotar na folha de registro
Palavras repetidas só conta 1 ponto.
Palavras intrusas não são pontuadas.

Interferência Retroativa (ITR) É definida como a relação A6/A5, ou seja, o grau de influência da
apresentação da lista B na aprendizagem da lista A. A ITR ocorre quando uma segunda aprendizagem
interfere na recordação da primeira aprendizagem, o examinando mistura palavras da lista B com
palavras da lista A na evocação A6. Uma grande sensibilidade às interferências retroativas é
observada na doença de Alzheimer.

Interferência Proativa (ITP) A ITP é definida como a relação (B1/A1), ou seja, o grau de influência
da apresentação da lista A na aprendizagem da lista B, o paciente evoca a lista B misturando palavras
da lista A. A ITP ocorre quando uma primeira aprendizagem interfere numa segunda aprendizagem. A
ITP indica a perturbação da aprendizagem de uma tarefa por contaminação da tarefa anterior. É
observada em pacientes com distúrbios frontais.
Esquecimento (ESQ) O esquecimento é definido como a relação A7/A6, ou seja, a perda de palavras
ocorrida no intervalo entre A7/A6.

Reconhecimento (REC) Definido como o número de palavras da lista A assinaladas corretamente na


lista de reconhecimento.

Codificação – Quando o examinador lê a lista das 15 palavras por 5 vezes de A-1 a A-5 o
paciente deverá evocar. A codificação é a quantidade de palavras evocadas. Quando o paciente
mostra uma boa evocação imediata, podemos dizer que ele apresentou uma boa codificação, uma boa
aquisição ou um bom registro. Se o paciente apresentar uma evocação imediata fraca nas séries de A-
1 a A-5 podemos dizer que foi verificado déficit na codificação ou registro.

Estocagem - A estocagem ocorre graças a codificação. É organizada numa trama associativa


(semântica, temporal e afetiva); essa memória permite a aprendizagem, e as informações armazenadas
são objeto de uma consolidação variável em função da importância emocional e da repetição.
Podemos verificar se o paciente tem déficit de estocagem ou não, verificando o nível de esquecimento
das informações codificadas, relação entre as palavras evocadas em A-7/A-6.

Memória de evocação tardia é o total de palavras da lista A-7 recuperadas ou recordadas pelo paciente a
pedido do examinador 20 ou 30 minutos após a aplicação do RAVLT.

Primazia: o efeito de primazia refere-se as primeiras palavras da lista, são bem memorizadas e depende
da memória de longo prazo

Recência: O efeito de recência refere-se as últimas palavras da lista também são bem memorizadas e
depende da memória de curto prazo.
TESTE AUDITIVO-VERBAL (DE REY) – RAVLT

Nome _________________________________________________________________
Idade _________ Data ____/____/______

LISTA A 1 2 3 4 5 LISTA B B1 A6 A7 LISTA A


após int. após 30”

Tambor Carteira Tambor


Cortina Guarda Cortina
Sino Ave Sino
Café Sapato Café
Escola Forno Escola
Pai Montanha Pai
Lua Óculos Lua
Jardim Toalha Jardim
Chapéu Nuvem Chapéu
Cantor Barco Cantor
Nariz Carneiro Nariz
Peru Canhão Peru
Cor Lápis Cor
Casa Igreja Casa
Rio Peixe Rio

Lista para testar o reconhecimento

Sino (A) Lar (SA) Toalha (B) Barco (B) Óculos (B)

Janela (SA) Peixe (B) Cortina (A) Estola (FA) Bota (SB)

Chapéu (A) Lua (A) Flor (SA) Pai (A) Sapato (B)

Musica (SA) Pino (FA) Cor (A) Água (SA) Professor (SA)

Guarda (B) Rua (FA) Carteira (B) Cantor (A) Forno (B)

Nariz (A) Ave (B) Canhão (B) Bule (SA) Ninho (SB)

Chuva (SB) Montanha (B) Giz (SA) Nuvem (B) Filho (SA)

Escola (A) Café (A) Igreja (B) Casa (A) Tambor (A)

Papel (FA) Asa (FA) Peru (A) Feixe (FB) Rape (FA)

Lápis (B) Rio (A) Torno (FB) Jardim (A) Carneiro (B)

A = palavra da lista A.; B = Palavra da lista B; SA = Semanticamente semelhante a palavra da lista A; SB = Semanticamente
semelhante a palavra da lista B; FA = fonologicamente semelhante a palavra da lista A; FB = fonologicamente semelhante a
palavra da lista B;
Sino Lar Toalha Barco Óculos

Janela Peixe Cortina Estola Bota

Chapéu Lua Flor Pai Sapato

Musica Pino Cor Água Professor

Guarda Rua Carteira Cantor Forno

Nariz Ave Canhão Bule Ninho

Chuva Montanha Giz Nuvem Filho

Escola Café Igreja Casa Tambor

Papel Asa Peru Feixe Rape

Lápis Rio Torno Jardim Carneiro


Tabelas Correção:

Você também pode gostar