Você está na página 1de 3

ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO “TENENTE RÊGO BARROS”

Diretor: CEL. INT. R1 CESAR ALVES DE ALMEIDA COSTA


Professora: 2Ten Elayne Nazaré
Aluno (a): _________________________________________________ Nº_____
Ano: 2º Turma: ________ Data:____/_____/2018

REVISÃO PARA 4ª AVALIAÇÃO

1. (Enem PPL 2017) Enquanto persistirem as grandes diferenças sociais e os níveis de exclusão que
conhecemos hoje no Brasil, as políticas sociais compensatórias serão indispensáveis.
SACHS, I. Inclusão social pelo trabalho decente. Revista de Estudos Avançados, n. 51, ago. 2004.
As ações referidas são legitimadas por uma concepção de política pública
a) focada no vínculo clientelista.
b) pautada na liberdade de iniciativa.
c) baseada em relações de parentesco.
d) orientada por organizações religiosas.
e) centrada na regulação de oportunidades.

2. (Enem (Libras) 2017) A Lei 11.340, de 7 de agosto de 2006, representou uma ousada e necessária
proposta de mudança cultural e jurídica a ser implantada no ordenamento jurídico brasileiro, a
exemplo do que ocorreu em outros países, objetivando a erradicação da contumaz violência
praticada principalmente por homens contra mulheres com quem mantêm vínculos de natureza
doméstica, familiar e afetiva.
SOUZA, S. R. Lei Maria da Penha comentada. Curitiba: Juruá, 2013 (adaptado).
A vigência dessa norma legal, de amplo conhecimento da sociedade, revela a preocupação social
com a:
a) partilha dos bens comuns.
b) ruptura dos laços familiares.
c) dignidade da pessoa humana.
d) integridade dos filhos menores.
e) conservação da moralidade pública.

3. (Enem PPL 2017) A política de pacificação não resolve todos os problemas da favela carioca, ela
é apenas um primeiro e indispensável passo para que seus moradores sejam tratados como
cidadãos. As Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) recuperaram um território que estava
ocupado por bandidos com armas de guerra, substituíram a opressão de criminosos pela justiça
formal do Estado. [Mas] se a UPP não for seguida por escola, hospital, saneamento, defensoria
pública, emprego, daqui a pouco a polícia de ocupação terá que ir embora das favelas por inútil. Ou
será obrigada a exercer a mesma opressão que o tráfico exercia para se proteger.
CACÁ DIEGUES. A contrapartida do lucro. O Globo, 28 jul. 2012.
Para o autor, a consolidação da cidadania nas comunidades carentes está condicionada à
a) efetivação de direitos sociais.
b) continuidade da ação ofensiva.
c) superação dos conflitos de classe.
d) interferência de entidades religiosas.
e) integração das forças de segurança.

4. (Ufu 2017) Um sistema político democrático contemporâneo é aquele que:


a) estabelece o direito ao voto como única forma de participação política.
b) controla e limita a participação política de determinados grupos da sociedade civil.
c) garante apenas aos cidadãos letrados o acesso aos debates no espaço público.
d) permite a elaboração de direitos políticos universalizáveis.

5. (Enem PPL 2016) A teoria da democracia participativa é construída em torno da afirmação


central de que os indivíduos e suas instituições não podem ser considerados isoladamente. A

1
existência de instituições representativas em nível nacional não basta para a democracia; pois o
máximo de participação de todas as pessoas, a socialização ou “treinamento social” precisa ocorrer
em outras esferas, de modo que as atitudes e as qualidades psicológicas necessárias possam se
desenvolver. Esse desenvolvimento ocorre por meio do próprio processo de participação. A
principal função da participação na teoria democrática participativa é, portanto, educativa.
PATEMAN, C. Participação e teoria democrática. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.
Nessa teoria, a associação entre participação e educação tem como fundamento a:
a) ascensão das camadas populares.
b) organização do sistema partidário.
c) eficiência da gestão pública.
d) ampliação da cidadania ativa.
e) legitimidade do processo legislativo.

6. (Interbits 2015) Art. 6º São __________________ a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho,


a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a
assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.
CONSTITUIÇÃO Brasileira de 1988. Disponível em:
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm> Acesso em 18 mai. 2015.
Assinale a alternativa que completa, de maneira correta, a lacuna do texto acima:
a) Direitos civis.
b) Direitos políticos.
c) Direitos sociais.
d) Direitos do homem.
e) Direitos naturais.

7. (Enem 2014) Compreende-se assim o alcance de uma reivindicação que surge desde o nascimento
da cidade na Grécia antiga: a redação das leis. Ao escrevê-las, não se faz mais que assegurar-lhes
permanência e fixidez. As leis tornam-se bem comum, regra geral, suscetível de ser aplicada a todos
da mesma maneira.
VERNANT, J. P. As origens do pensamento grego. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1992
(adaptado).
Para o autor, a reivindicação atendida na Grécia antiga, ainda vigente no mundo contemporâneo,
buscava garantir o seguinte princípio:
a) Isonomia – igualdade de tratamento aos cidadãos.
b) Transparência – acesso às informações governamentais.
c) Tripartição – separação entre os poderes políticos estatais.
d) Equiparação – igualdade de gênero na participação política.
e) Elegibilidade – permissão para candidatura aos cargos públicos.

8. (Uema 2014) Cidadania diz respeito a direitos e a deveres dos membros do Estado. É um termo
polissêmico, perceptível nos fragmentos da letra da música “Pacato cidadão”.

Oh! Pacato cidadão! Qualquer coisa que se queira


Eu te chamei atenção Saber querer
Não foi à toa, não Tudo bem, dissipação...
C’est fini la utopia [...]
Mas a guerra todo dia Pacato cidadão!
Dia a dia, não... É o pacato da civilização
[...] Pacato cidadão!
Pra que tanta TV É o pacato da civilização [...]
Tanto tempo pra perder

Samuel Rosa e Chico Amaral. “Pacato cidadão”. In: Calango, Skank. Brasil: SM Publishing-
Edições Musicais Ltda, 1994.

Estes fragmentos expressam a cidadania como um dos vários direitos civis, os quais têm seus
sentidos e seus significados interpretados, de acordo com o contexto em que se aplica.
O conceito de Cidadania é:

2
a) identidades pessoal e civil que possibilitam o autodesenvolvimento em relação ao mundo circundante.
b) processo humano e seus múltiplos valores que permeiam o modo de vida característico de um
determinado grupo social.
c) Status concedido àqueles que são membros integrais de uma comunidade. Todos são iguais com
respeito aos direitos e às obrigações pertinentes ao status.
d) classe social que assegura direitos especiais a seus membros constituintes e não admite pertencimento a
qualquer outro indivíduo de outra estirpe.
e) categoria política que expressa as singularidades de um determinado grupo social identificado a partir
de seu nascimento.

9. (Enem 2012) Na regulamentação de matérias culturalmente delicadas, como, por exemplo, a


linguagem oficial, os currículos da educação pública, o status das Igrejas e das comunidades
religiosas, as normas do direito penal (por exemplo, quanto ao aborto), mas também em assuntos
menos chamativos, como, por exemplo, a posição da família e dos consórcios semelhantes ao
matrimônio, a aceitação de normas de segurança ou a delimitação das esferas pública e privada —
em tudo isso reflete-se amiúde apenas o autoentendimento ético-político de uma cultura
majoritária, dominante por motivos históricos. Por causa de tais regras, implicitamente
repressivas, mesmo dentro de uma comunidade republicana que garanta formalmente a igualdade
de direitos para todos, pode eclodir um conflito cultural movido pelas minorias desprezadas contra
a cultura da maioria.
HABERMAS, J. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola, 2002.
A reivindicação dos direitos culturais das minorias, como exposto por Habermas, encontra amparo
nas democracias contemporâneas, na medida em que se alcança:
a) a secessão, pela qual a minoria discriminada obteria a igualdade de direitos na condição da sua
concentração espacial, num tipo de independência nacional.
b) a reunificação da sociedade que se encontra fragmentada em grupos de diferentes comunidades étnicas,
confissões religiosas e formas de vida, em torno da coesão de uma cultura política nacional.
c) a coexistência das diferenças, considerando a possibilidade de os discursos de autoentendimento se
submeterem ao debate público, cientes de que estarão vinculados à coerção do melhor argumento.
d) a autonomia dos indivíduos que, ao chegarem à vida adulta, tenham condições de se libertar das
tradições de suas origens em nome da harmonia da política nacional.
e) o desaparecimento de quaisquer limitações, tais como linguagem política ou distintas convenções de
comportamento, para compor a arena política a ser compartilhada.

10. (Interbits 2012) Qual das alternativas abaixo é a que melhor define DEMOCRACIA?
a) Forma de Estado em que o chefe do Estado tem acesso ao supremo poder por direito hereditário.
b) Forma de governo revolucionário que advém da constituição de Ditadura do Proletariado.
c) Sistema político que proporciona a participação dos cidadãos no processo decisório político, muitas
vezes pela eleição de representantes para as instituições governamentais.
d) Sistema partidário que organiza a eleição dos governantes.
e) Sistema político que excluiu a participação do exército e da igreja no processo decisório através da
eleição de representantes sociais.