Você está na página 1de 7

VITAMINAS – Visão Geral

 As VITAMINAS são compostos orgânicos não-relacionados


quimicamente, onde a maioria não podem ser sintetizados por
humanos e, portanto, devem ser supridos pela dieta.

 São substâncias necessárias em


Componente Curricular: BIOQUÍMICA pequenas quantidades (mg ou μg)
para realizar funções celulares.

Aula – VITAMINAS
 As necessidades vitamínicas
também variam de indivíduo para
indivíduo, de acordo com a idade,
Prof. Dr. ÍGOR PRADO DE BARROS LIMA gênero, atividade física e estado
de saúde.

Campina Grande, 2018

VITAMINAS – Visão Geral VITAMINAS – Visão Geral


 Elementos nutritivos essenciais para a vida (VITA), que na sua  Suplementação:
maioria possuem na sua estrutura compostos nitrogenados
(AMINAS).  Pacientes com riscos nutricionais (dietas);
 Gestação e lactação;
 Síndromes de má-absorção;
 Composta de carbono, hidrogênio e o oxigênio, e algumas nitrogênio
e enxofre, possuem estrutura variada e de acordo com sua
solubilidade.  Atualmente, são recomendadas ingestões diárias de frutas e
verduras;

 Funções:
 Cofatores em atividades enzimáticas.  No futuro, podem ser uma “política de saúde pública” evitando o risco
 Antioxidantes (Prevenir doenças). de doenças crônicas.
 Precursora de hormônio (vit. D).
 Coagulação sanguínea.

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS
Vitaminas
 Muitas vitaminas HIDROSSOLÚVEIS são precursoras de coenzimas
para enzimas do metabolismo - possuem papel na libertação da
Hidrossolúveis Lipossolúveis
energia contida nos alimentos que ingerimos.
Vitamina A (retinol e beta-caroteno)
Não pertence ao Vitamina D (colecalciferol)
Complexo B
complexo B Vitamina E (tocoferóis)
Vitamina K (filoquinonas, menaquinonas)  São: Vitamina C, B1 (Tiamina), B2 (Riboflavina), B3 (Niacina), B6
Ácido Ascórbico
(vitamina C)
(Piridoxina), B12 (Cianocobalamina), Ácido Fólico, Biotina e Ácido
Pantotênico.
Liberadoras de Hematopoiéticas Outras
energia
Tiamina (Vit. B1) Ácido fólico Piridoxina (Vit. B6)
Riboflavina (Vit. B2) Cianocobalamina Piridoxal
(B12 ) Piridoxamina
 As vitaminas do complexo B são encontradas nos mesmos alimentos,
Niacina (Vit. B3)
razão pela qual durante muito tempo se pensou que fosse uma só.
Biotina
Ácido Pantotênico

1
VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS
VITAMINA C VITAMINA C Fontes:

 A forma ativa da vitamina C é o ácido ascórbico.

 Agente antioxidante.

 Atua como coenzima.

 Ajuda o organismo a manter a defesa contra infecções, pois fortalece


o sistema imunológico.

 Favorece a absorção de ferro da dieta no intestino.

 Participa da síntese de colágeno

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS


VITAMINA C VITAMINA B1 - Tiamina

 A deficiência de ácido ascórbico resulta no ESCORBUTO.  O pirofosfato de tiamina é a forma biologicamente ativa da vitamina.

 Doença caracterizada por gengivas doloridas e esponjosas, dentes


frouxos, fragilidade dos vasos sanguíneos, edemas nas articulações e  Interfere no metabolismo dos carboidratos, como integrante de uma
anemias. enzima essencial para a degradação da glicose e para produção de
energia.

 Serve como coenzima no processo de descaboxilação oxidativa do


piruvato e alfa-cetoglutarato.

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS


VITAMINA B1 - Tiamina VITAMINA B2 - Riboflavina

 Fontes: Carnes em geral, principalmente de porco, cereais integrais  Formas ativas: FMN (flavina mononucleotídeo) e FAD (flavina adenina
farinha de trigo integral e legumes. dinucleotídeo).

CARÊNCIA:
 Função: Fundamental para o crescimento, a vitamina B2 combinada
 BERIBÉRI - Bloqueio do metabolismo dos carboidratos que causa com proteínas forma grupos de coenzimas (flavoproteínas), essencias
redução da função do sistema nervoso central, dependente para oxidação dos carboidratos e para o transporte do hidrogênio.
exclusivamente de glicose para obtenção de energia.

 Em criança apresenta sintomas como taquicardia, vômito, convulsões  Fontes: Leite, ovos, fígado e vegetais de folhas verdes.
e, se não tratado, leva a morte. Em adultos os principais sintomas são
pele seca, irritabilidade, pensamento alterado e paralisia progressiva.

2
VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS
VITAMINA B2 - Riboflavina VITAMINA B3 - Niacina

DEFICIÊNCIA:  Conhecida também por ácido nicotínico.

 Geralmente acompanha outras deficiências vitamínicas.  É biologicamente precursora de duas coenzimas que intervém em
quase todas as reações de óxido-redução:
 Sintomas:
 Nicotinamida Adenina dinucleotídeo (NAD)
 Dermatite, fissuras nos cantos da boca (queilose), alteração na língua  Nicotinamida adenina dinucleotídeo fosfato (NADP+)
(aspecto liso e avermelhado).

 Fontes: cereais, leite, carne, especialmente fígado. Também podem


QUEILOSE ser obtidas em pequenas quantidades através do metabolismo do
triptofano.

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS


VITAMINA B3 - Niacina VITAMINA B3 - Niacina

FUNÇÕES: CARÊNCIA:

 Essencial para uma pele saudável.  A deficiência de niacina causa PELAGRA, uma doença envolvendo a
pele, o trato gastrointestinal e o SNC.
 Protege o fígado, os tecidos nervosos e o aparelho digestivo.
 Os sintomas da evolução da pelagra
 Ajuda a regular a taxa de colesterol no sangue. compreendem três D(s): Dermatite, Diarréia,
Demência e, se não tratada, morte.
 A niacina é convertida para NADH nos organismos vivos, servindo
como auxiliar nas reações de oxi-redução como "transportadora de  A niacina é especialmente útil no tratamento
elétrons". da hiperlipidemia.

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS


VITAMINA B6 - Piridoxina VITAMINA B12 - Cobalamina

 Vitamina B6 é o termo coletivo para piridoxina, piridoxal e piridoxima.  É necessária para duas reações enzimáticas: síntese de metionina e a
isomerização do metilmalonil-CoA.
 Todos os três compostos podem servir como precursores da coenzima
biologicamente ativa, o piridoxal-fosfato.
 Quando a vitamina é deficiente, ácidos graxos anormais acumulam-se
 Dietas deficientes de piridoxina são raras, mas têm sido observadas e são incorporados nas membranas celulares, incluindo no sistema
em recém-nascidos alimentados com leite em pó com baixos níveis de nervoso, que pode contribuir para manifestações neurológicas da sua
vitamina B6, em mulheres que fazem uso de contraceptivos orais e deficiência.
alcoolistas.

 Toxicidade da piridoxina com sintomas neurológicos com ingestão  Fontes- Leite, ovos, peixes, queijos, fígado, carnes de porco e de
excessiva dessa vitamina. frango. Encontrada em alimentos de origem animal.

3
VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS
VITAMINA B12 - Cobalamina ÁCIDO FÓLICO

 Importante sua presença na medula  O ácido fólico é essencial para a biossíntese de vários compostos.
óssea para produção de hemácias. Pode
levar a uma ANEMIA PERNICIOSA.
 Atua como uma coenzima no metabolismo dos aminoácidos, na
 A deficiência de vitamina B12 raramente formação dos ácidos nucléicos (purinas), das hemácias e do tecido
resulta da ausência de vitamina na dieta. nervoso.

 Normalmente, a vitamina B12 obtida da


Fontes:
dieta liga-se ao fator intrínseco no
intestino e a falta desse fator impede a
 Vegetais de folhas verdes, fígado e cereais integrais.
absorção da vitamina B12, resultando na
anemia perniciosa.

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS


ÁCIDO FÓLICO ÁCIDO FÓLICO

Glóbulos com CARÊNCIA


CARÊNCIA Glóbulos
sanguíneos anemia
normais megaloblástica  Ácido fólico e defeitos no tubo neural em fetos.
 Leva a anemias nutricionais – como a
ANEMIA MEGALOBLÁSTICA, devido a
 Suplementação antes da concepção e nos três primeiros meses de
deficiência de ácido fólico ou vitamina
gestação.
B12.

 Acúmulo, na medula óssea, de um


precursor grande e imaturo do eritrócito, ESPINHA BÍFIDA
conhecido como megaloblasto.

VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS


BIOTINA ÁCIDO PANTOTÊNICO

 A biotina é uma coenzima nas reações de carboxilação, nas quais ela  O ácido pantotênico é um componente da coenzima A.
seve como carregador do dióxido de carbono.

 A sua deficiência é rara, porque a vitamina está amplamente Fonte:


distribuída nos alimentos.
 Ovos, fígado e leveduras.

 O consumo de grandes quantidade de clara de ovos cruas, que


contêm uma proteína que se liga a biotina, pode induzir a deficiência  A deficiência não está bem caracterizada em humanos e é rara.
de biotina.

4
VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS
 Vitaminas: K, E, D e A. VITAMINA K

 Não possuem valor energético; o organismo não as sintetiza em sua  Função - é indispensável no fígado para síntese da protrombina e dos
totalidade, mas quando o faz é de maneira insuficiente; fatores de coagulação sanguínea II, VII, IX e X. Por isso é conhecida
como vitamina anti-hemorrágica.
 São absorvidas no trato intestinal junto com as gorduras, é importante
a presença dos ácidos biliares para sua digestão.

 O armazenamento se dá de forma diferente: A armazenada no fígado,


D e E no tecido adiposo e muscular, enquanto K não é armazenada
por não ter essa capacidade.

 Mega-doses de vitaminas lipossolúveis são tóxicas ao organismo e


são eliminadas pelas fezes e urina.

VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS


VITAMINA K VITAMINA K

 Fonte: a partir da dieta e de bactérias intestinais.

 São recomendadas 70 a 140 mg/dia.

 Há ainda intensa síntese dessa vitamina pelas bactérias intestinais.

 Está amplamente distribuída na natureza: vegetais folhosos (couve-


flor, espinafre, repolho), frutas (abacate), derivados do leite, óleos
vegetais, gema do ovo, fígado, cereais e carnes.

VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS


VITAMINA K VITAMINA E – α-tocoferol

Carência
 A principal função da vitamina E é como antioxidante na prevenção da
 É incomum por conta das bactérias intestinais e da obtenção na dieta. oxidação não-enzimática de componentes celulares pelo oxigênio
Mas quando a população bacteriana está diminuída por uso de molecular e por radicais livres.
antibióticos pode levar a uma hipoprotrombinemia.

 Redução na capacidade de coagulação sanguínea, aumentando a  Fontes - É encontrada em óleos vegetais, germe de trigo, nozes e
tendência às hemorragias. moderadamente em fígado e ovos.

 Redução em recém-nascidos com intestinos estéreis não sintetizam a


vit. K. O leite materno fornece somente 1/5 da NDR. É recomendado  NDR - para homens é de 10 mg e para mulheres 8 mg.
dose única intramuscular de vit. K como profilaxia contra doenças
hemorrágicas.

5
VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS
VITAMINA E – α-tocoferol VITAMINA E – α-tocoferol

CARÊNCIA

 A deficiência é quase restrita a bebês prematuros.

 A deficiência de Vit. E em adultos é rara, seus sintomas incluem


sensibilidade dos eritrócitos e aparecimento de membranas
celulares anormais.

VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS


VITAMINA D VITAMINA D

FUNÇÕES FUNÇÕES

 Função do tipo hormonal. Essencial ao crescimento e  Um intermediário do metabolismo do colesterol é convertido em


desenvolvimento geral. colecalciferol (vitamina D3) na derme e epiderme de humanos
expostos à luz solar.

 É importante para formação de ossos e dentes. É necessária para  A vitamina D pré-formada é uma necessidade dietética apenas em
prevenir e curar o raquitismo. indivíduos com exposição limitada à luz solar.

Sintetizando:
 Manutenção dos níveis plasmáticos adequados de cálcio (aumenta a
captação de cálcio pelo intestino, minimiza a perda de cálcio pela urina  A principal fonte de Vit. D é o sol, que a sintetiza a partir do ergosterol
e estimular a reabsorção óssea quando necessário). o precursor da vitamina D (pró-vitamina) depositada na pele.

VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS


VITAMINA D VITAMINA A - Retinol

FONTE - Peixes gordurosos, fígado e clara de ovo. A mais tóxica de  Os retinóides, uma família de moléculas relacionadas ao retinol
todas as vitaminas em doses elevadas se acumula no organismo. (vitamina A) são essenciais para a visão (ciclo visual), a reprodução
(espermatogênese), crescimento (estimula apetite) e manutenção dos
 CARÊNCIA - a deficiência de vitamina D causa a desmineralização tecidos epiteliais.
dos ossos, resultando em RAQUITISMO em crianças e em
osteomalacia em adultos. Ossos flexíveis e maleáveis. Tipos:

 Retinol.
 Retinal.
 Ácido retinóico.
 Beta-caroteno - Alimentos de origem vegetal contêm β-caroteno, que
pode ser clivado oxidativamente no intestino em duas moléculas de
retinal (derivado da oxidação do retinol).

6
VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS
VITAMINA A - Retinol Bibliografia complementar

 Fonte: Fígado, rim, manteiga e gemas de ovo são fontes de vit. A pré-
formada. Os vegetais amarelos e verde-escuro e as frutas são fontes CAPÍTULO 10.3 - NELSON, D.L.; COX, M.M. Princípios de Bioquímica de
de carotenos (precursores da vitamina A). Lehninger. 6ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2014, 1298 p.

 CARÊNCIA - principal causa de CEGUEIRA NOTURNA não acidental.


O limiar visual aumenta, dificultando a visão em ambientes com pouca CAPÍTULO 28 - CHAMPE, P.C.; HARVEY, R.A.; FERRIER, D.R. Bioquímica
luminosidade. Ilustrada. 3ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. 544 p.

 A deficiência grave de vitamina A leva à


XEROFTALMIA, o ressecamento patológico CAPÍTULO 6 (item 6.8 - vitaminas) - CAMPBELL, M.K. Bioquímica. 3ª ed.
da conjuntiva e da córnea, podendo levar a Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.
cegueira por ulceração da córnea.