Você está na página 1de 3

ACOPLAMENTO DE POLIAS OU ENGRENAGENS

01. (UEM-2016) Durante uma corrida, um ciclista se desloca em uma pista 06. (UFU-2014) Uma pessoa dispõe de um motor que gira a 5.000 rpm e o
circular de raio R metros e largura L metros. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). acopla, usando correias que não escorregam, a três polias (1, 2 e 3), de modo a
01) A cada volta completada, o ciclista percorre uma distância igual a 2R metros. buscar novas configurações de velocidade e de rotação, diferentes das que o
02) A força centrípeta sentida pelo ciclista é menor quando ele se desloca pelo motor proporciona. A, B e C são três pontos marcados nas extremidades das
lado interno da pista do que quando ele se desloca pelo lado externo. polias 1, 2 e 3, respectivamente. Considere, também, que Ra > Rb > Rc. A figura a
04) Se a coroa ligada ao pedal da bicicleta, por meio de uma corrente, tem raio rA, seguir representa o acoplamento realizado.
e a catraca ligada ao eixo da roda traseira da bicicleta tem raio rB, quando o
ciclista faz a coroa girar com velocidade angular A a roda traseira da bicicleta
 r
gira com velocidade angular B  A A .
rB
08) A distância linear percorrida pelo ciclista pode ser calculada pelo produto entre
o raio da pista e o ângulo varrido em radianos durante sua trajetória.
16) Se o ciclista mantiver uma velocidade angular constante, o movimento
circular realizado é considerado uniforme.

02. (ANHEMBI MORUMBI MED-2016) Um liquidificador, para seu perfeito funcio-


namento, possui no fundo do copo lâminas simétricas presas ao eixo de rotação.

Quando acionado o motor, a relação entre as velocidades (V) verificadas nos pontos
A, B e C e o número de rotações por minuto (RPM) de cada polia é:
a) VA > VB > VC e RPM1 = RPM2 = RPM3.
b) VA = VB = VC e RPM1 < RPM2 < RPM3.
c) VA = VB > VC e RPM1 < RPM2 < RPM3.
d) VA < VB < VC e RPM1 < RPM2 < RPM3.

07. (FAMECA-2017) A figura representa o diagrama da correia dentada de um


automóvel.

(www.afolhadobosque.typepad.com)

No momento em que o motor do liquidificador é colocado em funcionamento, o


ponto A, relativamente ao ponto B, tem
a) deslocamento linear maior.
b) velocidade linear igual.
c) velocidade angular maior.
d) frequência de rotação igual.
e) período menor.

03. (UFU-2017) Ainda que tenhamos a sensação de que estamos estáticos


sobre a Terra, na verdade, se tomarmos como referência um observador parado
em relação às estrelas fixas e externo ao nosso planeta, ele terá mais clareza de
que estamos em movimento, por exemplo, rotacionando junto com a Terra em (http://blogspot.com.br. Adaptado.)
torno de seu eixo imaginário. Se consideramos duas pessoas (A e B), uma deles
localizada em Ottawa (A), Canadá, (latitude 45° Norte) e a outra em Caracas (B), Considere que a correia passa por todas as polias sem deslizar e que o raio da
Venezuela, (latitude 10° Norte), qual a relação entre a velocidade angular média polia P1 é maior que o raio da polia P2. Quando a polia P1 gira no sentido horário,
(ω) e velocidade escalar média (v) dessas duas pessoas, quando analisadas sob a polia P2 gira no sentido
a perspectiva do referido observador? a) horário, com velocidade angular igual à velocidade angular de P1.
a) ωA = ωB e vA = vB. b) anti-horário, com velocidade angular maior que a velocidade angular de P1.
b) ωA < ωB e vA < vB. c) horário, com velocidade angular maior que a velocidade angular de P1.
c) ωA = ωB e vA < vB. d) anti-horário, com velocidade angular menor que a velocidade angular de P1.
d) ωA > ωB e vA = vB. e) horário, com velocidade angular menor que a velocidade angular de P1.

04. (FAMECA-2010) A relação entre as velocidades angulares de duas pessoas 08. (UNESP-2016) Um pequeno motor a pilha é utilizado para movimentar um
paradas, em relação à Terra, uma sobre o equador terrestre e outra, no polo norte, é carrinho de brinquedo. Um sistema de engrenagens transforma a velocidade de
a) zero. b) 1/24. c) 1/12. d) 1. e) 6. rotação desse motor na velocidade de rotação adequada às rodas do carrinho.
Esse sistema é formado por quatro engrenagens, A, B, C e D, sendo que A está
05. (UNICASTELO MED-2016) Duas rodas, A e B, giram de forma solidária, presa ao eixo do motor, B e C estão presas a um segundo eixo e D a um terceiro
através de uma cinta esticada que passa por elas sem derrapar, como mostra a eixo, no qual também estão presas duas das quatro rodas do carrinho.
figura.

Sabendo que os raios das rodas A e B medem 50 cm e 20 cm, respectivamente,


e que a frequência de rotação da roda B é de 10 Hertz, é correto afirmar que a Nessas condições, quando o motor girar com frequência fM, as duas rodas do
frequência da roda A, em Hertz, é carrinho girarão com frequência fR. Sabendo que as engrenagens A e C possuem
a) 5. b) 1. c) 4. d) 2. e) 3. 8 dentes, que as engrenagens B e D possuem 24 dentes, que não há escorre-
gamento entre elas e que fM = 13,5 Hz, é correto afirmar que fR, em Hz, é igual a
a) 1,5 b) 3,0 c) 2,0 d) 1,0 e) 2,5
1 FM 010
09. (UNICAMP-2015) Pennyng farthing é um termo utilizado para designar um 13. (UEA-2018) A lixadeira de fita é uma ferramenta utilizada em marcenaria
antigo modelo de bicicletas, caracterizadas por terem a roda dianteira maior que para dar acabamento na madeira após ter sido cortada. É constituída por dois
a traseira, como ilustra a figura abaixo. Suponha que a roda dianteira de uma cilindros que mantêm tensa uma fita coberta com material abrasivo. Um desses
bicicleta Pennyng farthing tenha um raio R = 1 m e a traseira apresente um raio cilindros gira livremente em seu eixo, enquanto o outro tem seu eixo conectado a
r = 0,25 m. Se tal bicicleta se move em linha reta, com velocidade constante de uma polia A que se conecta, por meio de uma correia montada cruzada, a uma
aproximadamente v = 10,8 km/h, as frequências de rotação das rodas dianteira e polia B, presa a um motor elétrico, conforme a figura 1.
traseira serão, respectivamente: (Considere   3.)
a) 90 rpm e 23 rpm.
b) 60 rpm e 240 rpm.
c) 108 rpm e 27 rpm.
d) 30 rpm e 120 rpm.

10. (UEL-2018) Suponha que uma máquina de tear industrial seja composta
por 3 engrenagens (A, B e C), conforme a figura a seguir.

A B C

Suponha também que todos os dentes de cada engrenagem são iguais e que a
engrenagem A possui 200 dentes e gira no sentido anti-horário a 40 rpm. Já as
engrenagens B e C têm 20 e 100 dentes, respectivamente.
Com base nos conhecimentos sobre movimento circular, assinale a alternativa
correta quanto à velocidade e ao sentido. Se a polia do motor (polia B) for trocada por outra de diâmetro maior e a correia
a) A engrenagem C gira a 800 rpm e sentido anti-horário. for montada sem ser cruzada, como mostra a figura 2, o ponto P, indicado na
b) A engrenagem B gira a 40 rpm e sentido horário. figura, terá sua velocidade linear, relativamente à montagem original,
c) A engrenagem B gira a 800 rpm e sentido anti-horário. a) menor, movendo-se para a esquerda.
d) A engrenagem C gira a 80 rpm e sentido anti-horário. b) menor, movendo-se para a direita.
e) A engrenagem C gira a 8 rpm e sentido horário. c) igual, movendo-se para a esquerda.
d) maior, movendo-se para a direita.
11. (FAMECA-2018) A figura mostra uma bicicleta incomum, na qual o raio da e) maior, movendo-se para a esquerda.
coroa é muito menor que o da catraca, sendo que esta gira solidária à roda
traseira da bicicleta. 14. (UNINOVE MED-2014) As marchas de bicicletas têm como princípio a
combinação de discos dentados de diferentes diâmetros, que são ligados por
meio de uma corrente, sem que haja deslizamento entre a corrente e os discos.
Esses discos são divididos em coroas e catracas, conforme mostra a figura.

Na configuração mostrada na figura, a maior razão entre as velocidades angulares



da catraca e da coroa catraca ocorre quando da combinação da catraca
(www.magliarosa.wordpress.com. Adaptado.)
coroa
a) Q com a coroa A. d) R com a coroa B.
Suponha que os raios da coroa, da catraca e da roda traseira sejam, respectiva- b) P com a coroa A. e) P com a coroa B.
mente, 6 cm, 24 cm e 40 cm. Quando a coroa realiza 2 voltas por segundo, um c) R com a coroa A.
ponto P, no pneu traseiro da bicicleta, gira com velocidade escalar de
a) 20 cm/s. d) 10 cm/s. 15. (UFPR-2017) O raio da roda de uma bicicleta é de 35 cm. No centro da roda
b) 40 cm/s. e) 80 cm/s. há uma engrenagem cujo raio é de 4 cm. Essa engrenagem, por meio de uma
c) 160 cm/s. corrente, é acionada por outra engrenagem com raio de 8 cm, movimentada pelo
pedal da bicicleta. Um ciclista desloca-se fazendo uso dessa bicicleta, sendo gastos
12. (UNIFRAN MED-2018) Um robô percorre a extensão de uma pista de 2 s a cada três voltas do pedal. Assim, determine:
boliche enquanto limpa e aplica produtos no piso de madeira. Nesse robô, por
a) A velocidade angular da engrenagem do
meio de correia, uma pequena polia conectada a um motor elétrico transfere
pedal, em radianos por segundo.
rotação a uma polia maior conectada ao eixo de um par de rodas.
b) O valor absoluto da velocidade linear de um
dos elos da corrente que liga a engrenagem
do pedal à engrenagem do centro da roda.
c) A distância percorrida pela bicicleta se o
ciclista mantiver a velocidade constante, nas
condições citadas no enunciado do problema,
durante 5 minutos.

(Obs.: represente a constante pi apenas por . Não é necessário substituir o seu


valor numérico nos cálculos.)

GABARITO
Considere que o raio da polia menor seja 1 cm, que o raio da polia maior seja
4 cm, que o raio da roda seja 5 cm e que, enquanto o robô se movimenta, a 01. 01 + 04 + 08 + 16 = 29 02. D 03. C 04. D
velocidade linear seja constante e igual a 0,2 m/s.
05. C 06. B 07. C 08. A 09. D
Para que o robô se movimente com essa velocidade linear, a velocidade angular
10. D 11. B 12. C 13. E 14. C
do eixo do motor elétrico deve ser de
a) 8 rad/s. d) 4 rad/s. 15. *
b) 6 rad/s. e) 12 rad/s.
* Confira a resposta no arquivo digital FM 010 através do nosso aplicativo.
c) 16 rad/s.
2 FM 010
RESPOSTA

15.
a)  = 3 rad/s.
b) v = 0,24 m/s.
c) S = 630 m.

3 FM 010