Você está na página 1de 1

-rr——í-qp

SI CORREIO DA MANHÃ, Sábado, 1 de novembro de 1969 1." CatJenuj

O presidente CHEFE DO EMFA ABRE LISTA ^f^ última despedida


•^ é o Consultor T)V T TR A TAVARES
hora a hora DE NOMEAÇÕES DE MEDI Cl .-wi^. foi com imprensa
BRASÍLIA (Sucursal) — O presidente lho subchefe do Exército do gabinete mi- Transportes; os capitães-de-fragata Mu- BRASÍLIA — "Minha maior felicidade agora
(Sucursal) é poder voltar a
BRASÍLIA (Sucursal) — Garrastazu Mediei assinou decreto no- litar; o coronel Otávio Aguiar de Medeiros rilo Cruz Guimarães' de Souza Lima, Nei O jurista gaúcho Romeu de
O general Garrastazu Mediei meando chefe do Estado-Maior das Forças assistente-secretário do chefe do gabinete Moura de Almeida e Coaraciara Bricio Almeida Ramos ípi nomeado ser eu mesmo, visto que os encargos públicos não me
dedicou o primeiro dia de Armadas o almirante Murilo Vasco do militar; o capitão-de-mar-e-guerra Teimo Godinho para adjuntos da subchefia da permitiam e nem me davam tempo", afirmou, ontem, o
governo ao exame de pro- Vale que, em conseqüência, foi exonerado Dutra de Resende subchefe da Marinha do ontem para o cargo de con-
Marinha; os tenentes.coronéis-avia- da República,
blemas administrativos e po- do cargo de chefe da delegação brasilei- gabinete militar; o coronel-aviador Clóvis dores Nelson Fish de Miranda e João sultor-geral general Aurélio Lira Tavares durante conversa in-
ra na Comissão Mista Brasil-Estados Uni- ao sr. Adro-
liticos e ao preenchimento Pavan subchefe da Aeronáutica do gabi- Alberto Correia Neves para adjuntos da em substituição formal que manteve com os jornalistas credenciados no
Costa. O
dos cargos de assessoria ain- doa e presidente da mesma Comissão, que nete militar; o coronel Lauro Rocca Die- subchefia da Aeronáutica; e o major- aldo Mesquita da Ministério do Exército. Na oportunidade apresentou
da vagos. exercia cumulativamente. guez subchefe executivo do gabinete mi- aviador Disraeli Joaquim de Amorim novo consultor pertence ao
Abatido pelo desgaste íi- Novos decretos do presidente foram litar; o coronel Otávio Pereira da Costa' ' da suas despedidas e exaltou o papel da Imprensa, parti-
Saback chefe do Serviço do Pessoal da quadro de procuradores
Rico resultante das diversas assinados, designando o coronel Lourival assessor-chefe da Assessoria Especial de República. antigo titular
ssolenidades a que compare- Presidência da República. O cularmente os profissionais ali representados, com os
Massa da Costa chefe do gabinete da Se- Relações Públicas da Presidência da Re-
Os ajudantes-de-erdem do presidente da pasta, que é tio do maré-
ceu na véspera, o novo pre- cretaria Geral do Conselho de Segurança pública; o tenente-coronel José Maria de da República são os capitães Clóvis chal Costa e Silva, esteve on- quais lamentou que durante sua gestão não se avistou
sidente esteve em seu gabi- Nacional; exonerando o almirante Silvio Toledo Camargo adjunto da Assessoria Es-
Magalhães e Ivo Pachaly, e ajudantes- tem com o presidente Mediei com maior freqüência.
nete de trabalho, no Palácio de Magalhães Figueiredo do cargo de chefe peclal de Relações Públicas da Presidência de-ordem do chefe do Gabinete Militar A respeito de sua nomeação para um cargo público,
do Planalto, pela manhã e do gabinete do ministro da Marinha; man- da República. para apresentar suas.despe-
à tarde. dando reverter ao serviço ativo do Exér- os capitães Roberto Schifer Bernardl e didas. "nem
Como membros do Gabinete Militar Edson Machado. o militar, em tom de blague, ponderou que eu
cito o general Newton Fontoura de OU-
velra Reis, por haver cessado o motivo foram designados os tenentes-coronéis nem o Papa sabemos disso", quando foi perguntado
Manhã Léo Guedes Lcchegoyen, Orlando Mor- GABINETE CIVIL POLÍCIA FEDERAL
pelo qual se achava agregado, e liomean- sobre sua indicação para a Embaixada do Brasil m
do-o, por necessidade do serviço, chefe gado e Rubem- Carlos Ludwlg; adjuntos
O ae?ieral Mediei acordou do gabinete do ministro do Exército; exo- da subchefia do Exército: chefe do Ser- Foram iioiíisâdos,* ta.ii.bci.., o sr. — O
BRASÍLIA (Sucursal) "Walter Vaticano.
por volta d«s 6h30min e, nerando do Estado-Maior das Forças Ar- viço de Segurança, o mijor Luís Carlos Carlos Machado Fehlberg, para secre-
após o café matinal, (eu o gene ral-de-brigada
madas, por terem sido indicados para no- de Avelar Coutinho; chefe do Serviço tário de Imprensa da Presidência da Acompanhado do cel. Ma- mundo, já que se pode dizer
. único jornal ioeal e^ uma Pires de Carvalho e Albu-
vas comissões, o coronel Alzir Benjamin de Comunicações, o major Jouert de República; o sr. Marcus Vinícius Pra. noel Paes, chefe das Relações e escrever tudo o que pensa".
«intese do noticiário divul- querque íoi nomeado ontem
chaloub, o tenente-coronel Danilo Ventu- Oliveira Brizida; chefe do .Serviço de tino de Moraes para exercer a função Públicas, e de seu ajudante- Perguntado sobre o que era
gado pela Imprensa de todo rini, o capitão-tenente Álvaro Américo Pe- Saúde, o major.médico Lauro Caminha de assessor-chefe da Assessoria Especial para o cargo de diretor-ge- foi re- liberdade, disse que "não gos-
País. ral do Departamento de Po- de-ordens, o gen. Lira
'jornalistas
reira e o capitão-avlador Jonatas Pedrosa Fiúza Lima; e adjunto o major-den- do""presidente da República; e o sr. João cepcionado pelos taria de responder agora pois
Às 8h30mi*i. acompanha- Soares. tista Joel Ligiero Vargas; o capitão Pie- lícia Federal, em substituição na "Sal.» Oscar de Andrade", é um assunto muito comple-
Carlos Pessoa Fragoso para a função
do do secretdrio-particulnr, GABINETE MILITAR ro Ludovico Gobbato adjunto do Serviço ao general José Brêtas Cuper- ocasião em que foi saudado xo, mas saibam que para mim
seu filho Sérgio, e do aju- de Segurança; e capitão Fernando de de subchefe do Gabinete Civil da Pre- e liberdade é o respeito que se
Assinou, ainda, decretos designando o tino. pelo presidente do Comitê
(lante-de-ordens, capitão Pa- coronel Euclides de Oliveira Figueiredo Fi- Barros e Azevedo chefe do Serviço de sidência da Rspública. nosso companheiro de redação deve ter sobre os direitos dos
chaly, seguiu para o Palácio O novo dirigente do DPF outros". *¦
Octávio de Castro, que exal-
mais vinha exercendo as funções

PASSARINHO QUER OUVIR


do Planalto, distante tou o apoio que ó ex-ministro
de .'IO quilômetros. de comandante da Segunda sempre deu àquela Sala e a HISTÓRIA
Divisão de Cavalaria, sedia- consideração especial que dls-
Escoltado por wm veiculo
da Segurança, o carro presi- da em Uruguaiana. pensava aos profissionais. Falou ainda que não escre-

JOVENS SOBRE EDUCAÇÃO


riencial chegou à sede do verá nada sobre os últimos

I Gouérno às 8h55min, parati-


rio ao íado da rampa de
CASA CIVIL Bem humorado, o gen. Lira
disse ser um excelente
grafo e que seria
datiló-
"capaz até
episódios da vida nacional,
"porque não se faz história
com fatos recentes. Tudo
acesso, onde se encontrauam BRASÍLIA (Sucursal) — O de desafiar vocês", e afirmou
os clie/es do SNI e dos ga- porque não se conseguirá ter
gabinete civil da Presidèn- que é muito bom ser jornalis- a serenidade de espírito para
binetes Ciuil e Militar. Uma SÀO PAULO (Sucursal) — Falando em organização que o ideal são 5 co- dem o sistema socialista, en-
cia da República deverá so-

I
guarda especial prestou-lhe ao CORREIO DA MANHÃ, o ministro mandos, isto é, um chefe deve ter cih- quanto sua posição é de defesa do so- ta. Reafirmou que se decidir contar o que aconteceu para
as continências cie estilo, Jarbas Passarinho, da Educação, defi- co ligações de comando, no máximo. lidarismo cristão. Frisou não ter a ve- frer profunda reformulação, a escrever, não se sentirá se- gerações futuras". Adiantou
leidade de que conseguirá, com um de modo a adaptar-se aos "qualquer um
«pós o que ingressou no Pa- niu a filosofia que pretende imprimir Napoleão. que foi um gênio, teve 7. que hoje em dia
1 lácio, dirigindo-se ao gabine- ;'i Pasta, defendendo maior participa-
ção dos estudantes na determinação da
A primeira grande tarefa é dar fie-
xibjlidade à organização do Ministé-
simples toque mágico, eonvencer, e princípius da reforma admi-
tampouco acredita que seja convencido nistrativa. Essa a intenção
duzido a fazer história sobre
os últimos acontecimentos que
pesquisador pode escrever sô-
bre o descobrimento do Bra-
jX te de despachos, onde depois
de cumprimentar os contí- educação brasileira e manifestando a rio para que, ao menos, o ministro te- por eles. Acredita, sim, que se ambos do novo titular do cargo, viveu, antes e depois da Re- sil, já que terá tranqüilidade,
H vuos e auxiliares, manteve
breve reunião conjunta com
disposição de correr todos os riscos,
"inclusive o da desinteligência inicial;
nha tempo de despachar." esquecerem essa linha de pensamento professor Leitão de Abreu,
filosófico e passarem para o campo
volução de março. Acha o ex- mas naquela época, por exem-
pio, os índios se pudessem não
LIDERANÇAS isso ainda não no-
seus principais assessores, de ser premiado com ôvo podre e lo- da universidade em si, ou para o en- que por ministro que ninguém que te- escreveriam nada aproveitável
Para o ministro, a segunda gran- meou titulares para as atuais
ao término da qual despa- mate, Entretanto, não acredito que a sino médio e primário, poderá haver nha participado dos fatos, tão para a nossa geração, pois es-
de tarefa será a de tentar obter o que ' subchefias parlamentar, eco-
c/iou alguns processos. juventude brasileira esteja de tacape ponto comum no campo pragmático. ¦ recentes, poderá fazer obra
conseguiu no Ministério do Trabalho e nômica, administrativa e so- tavam exaltados. A história,
na mão disposta a agredir o primeiro
As Wh, recebeu o minis-
ministro da Educação que aparecer, so- que diz ter sido um dos grandes êxitos PARTICIPAÇÃO ciai. De acordo com infor- histórica autêntica. positivamente, é feita para as
tro do Planejamento, sr. do Governo Costa e Silva: "Consegui ¦
brétudo se ele surgir diante dessa ju- Afirmou-se decepcionado com o
mações oficiosas, o sr. Lei- gerações futuras" — ponde-
Reis Veloso, que tratou de ventude abrindo a perspectiva de en- que as lideranças autenticas se apro- tão de Abreu tem um plano LIBERDADE
vários problemas, entre os ximassem do Ministério do Trabalho, que começa a ler sobre o Brasil, no rou.
tendimento sério que pressupõe con- setor educacional, citando que menos para simplificar os trabalhos
quais a próxima divulgação fiança".
som prevenções; espero que isto tam- Afirmou o gen. Lira que "a Mais adiante, insistiu o gen.
do chamado Projeto Brasil. bem seja possível na área da educa- de 1% do contingente que inicia o cur- burocráticos- dessas subche-
Após essa reunião,- o pre- çíiO. Pretendo mostrar aos jovens que so primário chega ao curso superior, fias, inclusive com a delega- diferença entre a Imprensa e Lira: "Não sei e ainda não
TRITURADORA
sidente passou a assinar os estamos preocupados com eles, pois mais de 30 milhões de analfabetos;' es-' ção de algumas de suas atri- o ministro do Exército é que tive tempo de pensar o que
atos de nomeação de outros Iniciou a entrevista solicitando. à também somos pais. Queremos ouvir a colaridade média de 2 anos; e decla- buições os jornalistas estão sempre farei no futuro, visto que saio
ra que esses pontos bastariam para para o gabinete do
assessores, entre os quais o Nação a reafirmação da confiança que voz daqueles que tenham alguma coi-
•novo diretor do Departamcn- mostrar o desafio que se coloca à sua . vice-presidente da Rcpúbli- desejosos de notícias, dé pre- de uma fase muito intensa de
recebeu do novo presidente, dando-lh» sa a nos dizer e que não seja apenas
m to de Polícia Federal, gene-
ral Válter Pires de Carvalho
tempo. Disse saber que os problemas política". frente, da maior significação para que ca. ferència em primeira mão e trabalho para outra muito in-
da Pasta são difíceis- e os encargos pe- Salientou que alguns setores pre- se sinta empolgado e desejoso da par- às vezes tentando adivinhar". tensa de emoções". Quando o
c Albuquerque. ticipacão do estudante e do mestre nes- Por outro lado, íoi confir-
saclissimos, pois o Ministério da Edu- tendem não a reforma do Ministério da Mas não disse, porém, qual o
Educação, mas do próprio regime bra- se processo: "Nós, os solidaristas cris- mada ontem a nomeação do jornalista Octávio de Castro
Às 12/ilOmin, novamente, cação passou-a ter o papel de máquiiia
trituradora de reputações. À frente da sileiro, e que com esses não poderá ter tâos, temos a responsabilidade de de- papel do ministro do Exército anunciou que iria fazer uma
acompanhado pelos chefes- economista José Assis de
do SNI e dos gabinetes Ci- Pasta, pretende prosseguir e ¦ acelerar diálogo produtivo, mas não se recusa- íender participação. Assim como de- em relação aos jornalistas. saudação "ao ienhor minis-
I? vil e Militar, o general Mé- a pbra do ministro Tarso Dutra, a fim rá a encontros em que ouvirá, sempre íendemos a participação do trabalha- Aragão para exercer a sub- Afirmou que quando concede tro", o gen. Lira riu discreta-
dici deixou o Palácio pela de dar nova estrutura à. administração que lhe íôr possível, não esperando, dor na empresa, defenderemos a do es- chefia de gabinete do vice-
da Casa, lembrando não ser possível entretanto, que esses encontros resul- entrevista à Imprensa se co- mente e ponderou: "Ministro
rampa principal, voltando a tudante e a do mestre com o Governo, presidente Augusto Radema-
repetir-se a continência de a nenhum ministro manter" 43 rela- tem em muita coisa, loca no papei do jornalista, é apelido, continuo sendo ge-
"Aprendemos Disse que tais setores defen- na determinação da educação brasileira. "é a melhor coisa do
fe ções de comando direto: ker. que neral".
estilo da guarda palaciana.
ÍSU / ¦•¦ ¦ í *Às YT'I. ^WV-4!
Tarde
Júlio Barata Grupos lutam
PODER MUNICIPAL
-¦''(

já assumiu
O presidente almoçou na
Granja do Riacho Fundo em pela chefia da
companhia de seus íamilia-
no Trabalho 1*1
res e, depois de brincar ai-
gum tempo com os três ne-
tos, voltou ao Palácio, onde
BRASÍLIA' (Sucursal) — O novo tilu-
AJUDA PROGRESSO ARENA de SP
SAO PAULO (Sucursal) —
lar da pasta do Trabalho, ministro Jú-
chegou as 14h55min. Ao pé lio Barata, recebeu, ontem, o cargo do. A disputa dos grupos situado-
Falando ontem, no encerramento talmente em torno de legendas. Isso sig- •ti» XtW «fl Bl
da rampa, mais uma vez. as coronel Jarbas Passarinho, em soleni- nistas pelo comando da Arena MwlWk k'* m
dos trabalhos da Primeira Mesa-Redonda nifica que a liderança pessoal de um che- WL
homas militares. Já no ga- dade realizada em seu • gabinete, no de Ciência Política do Rio de Janeiro, fe político é que impõe a disciplina par- pivulista, segundo tudo indica,
binete, voltou a examinar Bloco 10 da Esplanada dos Ministérios. organizada pela Faculdade Cândido Men- tidária, conclui.
des, a professora Fanhy Tabak, da Fa- vai continuar pelo menos até
outros processos administra- Ao falar na ocasião, o cel. Passa-
culdade de Ciências e Letras de Arara- "Se considerarmos as modificações o julgamento definitivo do Su-
rinho afirmou que quando assumiu o "poder local"
tivos, despachos que inter- Ministério do Trabalho, há três anos, quara, destacou o papel do que tiveram lugar no cenário político perior Tribunal Eleitoral. Ao' '
m ropeu pouco depois, a íim o fizera prevenido contra as lideran-
no desenvolvimento político e social do brasileiro nos últimos anos, teremos que mesmo tempo em que o depu- muím.'
^» tmNT^^^ÊÊÊÊÊÊL
¦vV^'J»,*',^»sssssfe''#
Brasil, afirmando que a liderança pes- conciuir que o desenvolvimento econômi- **" sssaVJVT
de receber o antigo chefe do ças sindicais, envenenrdo pelo precon- soai de um chefe político continua a ser tado Ernesto Pereira Lopes
co não acarreta necessariamente o desen-
gabinete Civil e íuturo pre- ccito, entre os que não as conhecem, a tônica e é ela que impõe a discipü- volvimento político, quer se encare este anuncia a disposição de assu- W. I assa»'- •^•sstfífc ' *--***^r-r"^** '^ 1./
-idente da ARENA, depu- de que elas são feitas de uma dcsalen- na partidária ainda hoje, no interior do últúno como um grau maior de partici-
tadora mistura de "pelegos" e subver- Brasil. pação de novas camadas sociais e novos
mir. a presidência do partido, m R-üssam ItlÉRáL^ii^to.- -j^m ^
tado Rondon Pacheco, que tão logo o TRE paulista publi-
sivos. setores ocupacionais ou o funcionamento
foi debater assuntos relacio- Disse o ministro do Trabalho que A hipótese levantada pela professora, regular das instituições democráticas; é que o acórdão de sua decisão
nados com a próxima con- começará por desprevenir-se cm rela- segundo suas próprias palavras, era de preciso i que haja um interesse intencio- no Diário Oficial, o deputado
"o
que processo de industrialização e nal por parte do poder central para que
venção nacional do Partido ção aos líderes sindicais e por conhe- suas conseqüências: aumento da taxa de
Rafael Baldaci, cuja eleição -¦'issssai bssssssI ¦
cer-lhes e admirar-lhes a atuação, .a. o desenvolvimento político seja efetivado para o posto foi anulada,
governista. urbanização, maior concentração de ser- na esfera do poder local no Brasil", fi- anuncia que irá recorrer da
*M^jA isssssssi

autenticidade, a correção e a comba- . vidores públicos de escalão. estadual c nalizou Fanny Tabak. decisão do TRE de São Paulo
Retomados os despachos, o federal etc, deveria intensificar o
i
tividade. junto ao STÈ. O sr. Baldaci,
Acrescentou que não se envergo- plano político, com o surgimento de no-
presidente só os interrom- vas lideranças, novos grupos, novas ati-
NA AMAZÔNIA nos últimos dias, manteve, em
)>eu novamente por volta nhava de afirmar que aprendera mui- tudes em relação ao poder, diferentes da- «**• Brasília, entendimentos com
"A Amazônia pode ser apresentada
das lBháOmin, quando Te- to com os verdadeiros líderes dos tra- quelas considerações típicas e tradicio-
dirigentes nacionais do partido,
balhndores, de quem se tornou um ar- nais até a década de 50 no Brasil. Para como um caso de sociedade tradicional objetivando a designação de um
cebeu a visita do antigo con- doroso fã, sendo por eles igualmente testar essa hipótese, Fanny Tabak reali- dispersa, cujas condições estruturais re- interventor, para que o partido
H •ultor-geral da República, acatado. zou uma pesquisa em Araraquara, muni- fletem essa dispersão e na qual os com- não permaneça acéfalo nessa
professor Adroaldo Mesqui- E finalizou seu brevr pronuncia- cipio que entre 1965 e 1968 quadruplicou ponentes se acham em variadas situa- fase tendo em vista as eleições
ta da Costa, lio do marechal mento, dizendo: '.'Creio n. líderes a sua receita, incluindo-se entre os quin- ções de isolamento social". As palavras em alguns municípios, em no-
ze mais importantes de São Paulo, com tão'do professor Amilcar Alves Tupiassu, vembro. Lembrou que o man-
Costa e Silva. sindicais e, através deles, creio no da Universidade Federal do Pará, lni- dato da direção anterior cessou
Brasil. Creio no patronato brasileiro,
uma atividade econômica baseada na in-
dústrla de produtos alimentares, seguida ciando exposição de seu trabalho sobre e que a suspensão, pelo Tri- V *¦<»*¦
\
'm ¦ ' I¦¦¦<'•
¦
O exame de processos e de quem encontrei a melhor compreen- as condições sócio-estruturais e partici- bunal, da comissão executiva
w V ;¦•:''. .
do ramo têxtil, produtos químicos e de
assinatura de atos de no- são e a confiança indispensável ao bebidas. A população urbana, acentua, pação política na Amazônia. eleita em outubro levou a agre-
meação prosseguiu ate as bom cumprimento da minha missão." cresceu três vezes entre 1940 e 1968, en- miação à atual situação.
J8h, quando o presidente quanto à população rural via-se reduzi- . A análise inicia-se com o estudo do
da, nesse mesmo período, quase à me- surgimento das condições estruturais PEREIRA LOPES ;I
deixou o Palácio e, depois O JOGO DA VERDADE
atuais. Diz o professor Tupiassu que a
I ¦I ¦aHHBMV Bà
V ¦ '-^m\
H" ¦;'
»H -
de receber pela quarta vez
Adiantou o sr. Júlio Barata que iria
tade".
a^ão inicial dos colonizadores portuguê- O deputado Pereira Lopes, - J^^j ¦¦¦¦
iPV^r ¦¦¦'¦'
as honras- da guarda pala- ELEITORADO ¦ses e luso-brasileiros procurou desde o vice-presidente da comissão
entregar-se às suas novas tarefas con- Século XVII concentrar em algumas ci- executiva, cujo mandato já ex-
ciana, dirigiu-se ao Riacho sentáneas com um "tipo de governo,- dades juntamente com os alienígenas a pirou informou que, tão logo
Fundo, acompanhado de seu em ritmo e dinamismo próprios de Recorrendo à utilização de viários
indígena que se achava disse- conheça os exatos termos do
íillio e.do a.iudaiUc-dc-oi'- uma nova metodologia administrativa,
métodos e técnicas de pesquisa, a pro- população acórdão, diligenciará no senti- sfl BiV":í'í'iv'
bssV ' IP1:
fessôra realizou primeiramente um estu- minada em várias tribos. Essas cidades *¦
dens. baseada na integração total e perma- do histórico-comparativo das diferentes contudo até a segunda metade do Século do de assumir, efetivamente, a
H ' •':'¦' »¦ («'''iíf.fí-
BI :'• * ''%'i
nente dos órgãos do serviço público, na fases da evolução do município, exami- XIX jamais puderam dispor de popula- presidência do partido. Ressal-
estratégia e tática do único jogo a ser nando a composição do eleitorado segun- ções expresivas, face a: 1) pobreza eco- tou que cessará, dessa forma,
Fim de semana um estado que não deve
jogado daqui por diante: o jogo da ver-
'dade". do caracteres de sexo, idade, profissão e nômica da região; 2) decadência do fm-
i
estado civil para uma posterior classifica- pério português que praticamente coinci- continuar.^pírr ser prejudicial
O genernl Mediei permn- aos interesses da agremiação.
DEMAGOGIA cão em categorias de status social. A fim de com o inicio da colonização amazóni-
vecerá este fim de semana
naquela residência, só de- '"Desta
de testar a constância do voto a pro- ca; e 3) debilidade demográfica de Por-
fessôra buscou saber em quem o eleitor tugal. A conseqüência deste processo foi
Preconizou uma nova fase na
vida política de São Paulo, pois
Ámauliã no
casa — acrescentou — de estudado havia votado nas eleições ante- a ocupação humana da região somente pretende envidar esforços para
vendo ocupar o Palácio da onde a demagogia foi banida, não de-
Alvorada na manhã da pró- verá sair nenhum plano, nenhuma nor-
riores, para o executivo e o legislativo lo- no quarto final do Século XIX, impul-
cais, Assembléias estaduais e federais. O sionada pelo ciclo econômico da borra-
que a reunificação sempre pre-
tendida se realize. Disse que as- Suplemento Feminino
xima segunda-feira, quando ma, nenhuma providência sem que. pri- objetivo nesse momento, prosseguiu Fan- cha. "fisse ciclo — prossegue — ao passo sumirá a presidência da agre-
se icrã despedido dos meiro, seja ouvida a opinião de todos ny Tabak, era medir o grau de renova- que serviu para povoar a Amazônia, ser- miação provisoriamente, aguar-
já pa-
a esses afetar." ção das lideranças políticas na esfera do viu também para lixar e consolidar na dando seja marcada pelo di-
rentes que uierain para a quem planos possam
poder local, partindo dai para conhecer região os principais componentes sócio- retório data para eleição da Dina Síal e Paulo José
Lembrando recentes palavras do
posse e que estarão regres-
presidente Garrastazu Mediei sobre a
a estrutura desse poder local, do ponto econômicos estruturais que continuam vi- comissão executiva. A mulher na Bolsa de Valores
-ando a Pórlo Alegre nesse de vista das classes e camadas sociais, gorando até hoje. Associados a outros fa- Criança: método Monlessori
participação do povo nos negócios do suas li?ações com os econômicos tóres aparecidos modernamente, esses
dia. Governo, enfatizou o ministro Júlio' dominantes na região egrupos as características componentes determinam o surgimento Pornô 69 — Algo mais no reino da
Barata: político-partidárias exercidas ao longo do do "sistema de aviamento" que se pre-
A partir da próxima se- "Aqui, neste Ministério, o povo se- Dinamarca
período considerado e a influência das sume ser o mais importante dos compo-
Viana, o presidente iniciará rá protagonista e não espectador. A diferentes correntes ideológicas. nentes do conjunto sócio-econômico-polí-
Decoração: na base de caixotes
os despachos de rotina com liderança autêntica existe, em todas as
BIPARTIDARISMO
tico da região". Esse sistema se carac- Culinária: aquele bacalhau
os ministros de Estado, de- camadas sociais, e no meio sindical
também. Nossa gente não está órfã de
teriza por dois fluxos: 1) das cidades em E^ DIA A DIA 4 A moda moslra as hôlsas do Verão
rendo para isso elaborar, Nas palavras da professora Fanny direção ao interior com a finalidade de glUM JORNAL^ mulher
valores. A desambição, o patriotismo Tabak e com referência à esfera do poder abastecer a.s unidades de produção com
veste fim de semana, uma p o
espirito público dos que hoje so- K^ MELHOR A moda detalhe é dele
agenda determinalivu dos mos responsáveis oelo destino do.Bra- loca!, o sistema .bipartidário implantado os bens indispensáveis para a sua sobre-
^
dias e horários em que ca- sil saberão descobrir e prestigiar os- no Brasil não conseguiu sensibilizar a vivência; 2i do interior em flireçâo ás
E em páginas especiais o Concurso da
da ministro deve compare- ias reservas cívicas onde quer que elas opinião pública de modo a fazer com que cidades operando o escoamento da pro- Bandeira do Brasil
-se encontrem. o pleito eleitoral te travasse íundanicn- dução dessa unidade.
cer ao Palácio do Planalto.

—# -
aftafl
W:.'M<