Você está na página 1de 4

O que é Ser Engenheiro?

 Profissional que exerce a prática da Engenharia;


A engenharia de acordo com o Dicionário é a Ciência do Construir. O
engenheiro aplica seus conhecimentos matemáticos e de ciência aos conceitos de
invenção e criação da engenharia.

 Do Latin = Ingenium (Faculdade Inventiva / Talento);

 Possui Formação Ciêntífica e Técnica;


Através da Formação acadêmica cientificamente direcionada (aliando
conhecimento à Metodologia Cientifica) o Engenheiro adquire habilidades de no
mercado absorver as técnicas de trabalho. Possui assim uma visão ampliada das
necessidades de aplicação da Engenharia.

 Capacidade de resolução de problemas complexos;


Com uma visão crítica adquirida com a experiência, o engenheiro é capaz de
estudar e propor soluções muitas vezes não vistas por técnicos ou próprios
executantes. É possível que melhorias sejam feitas para que as metodologias
empregadas se tornem mais eficientes.

 Capacidade de conjugar conhecimento com viabilidade técnico – econômica.


O Engenheiro precisa ter uma visão voltada para questão econômica e técnica. É
necessário que sejam atendidos os anseios dos clientes sem que eleve seu custo e
perca competitividade no mercado.

Áreas de Atuação:

 Representação Comercial
Venda, Assistência Técnica de Equipamentos e Produtos, Desenvolvimento de
novos mercados, Desenvolvimento de Melhorias, Executivo de Organização.

 Gerente de Linha de Produção


Gerenciar produção de determinada fábrica ou produto, Planejamento e
Controle, Gestão da Manutenção, Confiabilidade, Gestão de Custos.

 Planejamento e Controle
Linha de Produção, Manutenção, Logística, Suprimentos.

 Gestão de Manutenção e Custos


Gerir a área de manutenção de determinada fábrica e os custos necessários para
realizar suas intervenções e executar melhorias nos processos e equipamentos.

 Pesquisa
Trabalhar em órgãos e institutos de pesquisa, desenvolver novos métodos e
tecnologias, melhorar e aprimorar os métodos existentes, identificar, formular e
solucionar problemas de engenharia.
 Projetos
Projetar sistemas, componentes e melhorar sistemas para atender necessidades
específicas.

Tendências atuais do Mercado:

Qualidade:
Satisfação dos clientes; atendimento as necessidades; cumprimento de prazos,
conformidade dos produtos, cumprimento de tolerâncias, melhoria continua e processos
e produtos. Obter certificado, criar métodos padrões e garantir qualidade.

Competitividade:
Sucesso na organização na busca pelo crescimento e melhoria continua; atender
da melhor maneira seus clientes e buscar novos mercados. De que maneira: trabalhar
com qualidade; manter boa produtividade; monitorar e ter desempenho a cima do
esperado; cuidar e preocupar com colaboradores; inovar sempre nos processos; atender
e trabalhar lado a lado com os clientes.

Inovação:
Sempre existe algo a ser mudado ou melhorado em determinados processos e
produtos. O engenheiro deve ser inovador, buscando a melhoria das condições de
trabalho e a redução de custos com novas metodologias empregadas.

Internacionalização:
Atender as necessidades mínimas para que seu estudo e projeto possam ser
comercializados em qualquer parte do mundo.

Produtividade:
Produzir o que se espera, no tempo destinado e no custo previsto. Ter um
Rendimento acima do esperado.

Segurança no trabalho:
Existe uma preocupação muito grande com a vida e a saúde do trabalhador. O
engenheiro precisa preocupar principalmente com segurança de equipamentos e dos
envolvidos na operação e manutenção.

Meio ambiente:
Desenvolvimento sustentável.
Descarte de resíduos.

CIENCIA = APRENDER/CONHECER

CONHECIMENTO: quando se conhece a natureza de determinado fenômeno ou


objeto.

CONHECIMENTO CIÊNTÍFICO: é o conhecimento REAL e SISTEMÁTICO de


fatos testados, comprovados.
Abrange pesquisas em todas as áreas. Conhecimento real, lida com fatos, difere
do filosófico, pois, no cientifico pode ser testado, comprovado. É sistemático, forma leis
e teorias, é verificável, o que não comprova não constitui conhecimento e é falível.
“ASPECTOS LÓGICOS E ASPECTOS TÉCNICOS”

Aspectos Lógicos:
 Atividades racionais que podem ser verificadas
 Conhecimentos obtidos através de métodos rigorosos

Aspectos Técnicos:
 Estudo de problema em busca de soluções plausíveis
 Produto de estudo conclusivo embasado em causas e efeitos.

TECNOLOGIA

É o conhecimento dos princípios científicos e sua aplicação na produção de bens e


produtos. Conhecimento detalhado e exato de processos e produtos obtidos através da
comprovação, dos testes, da verificação (conhecimento cientifico) e dos métodos
aplicados aos problemas. Proporciona eficiência econômica, eficiência técnica, valores
culturais e estratégias.

A Técnica Cientifica está contida na Tecnologia: é o saber fazer com base nos estudos e
técnicas, nas leis e teorias em busca dos resultados mais próximo possíveis do esperado.

METODOLOGIA CIENTIFICA

Métodos criados para obtenção dos resultados esperados a partir do conhecimento


Ciêntífico.

“Estudo analítico e crítico dos métodos de investigação e, portanto, condição necessária


para o êxito de qualquer Pesquisa Científica.” “Entenderei por metodologia o interesse
por princípios e técnicas suficientemente gerais para se tornarem comuns a todas as
ciências ou a uma significativa parte delas. Alternativamente, são princípios filosóficos
ou lógicos suficientemente específicos a ponto de poderem estar particularmente
relacionados com a ciência, distinguida de outros afazeres humanos. Assim, os métodos
incluem procedimentos como os da formação de conceitos e de hipóteses, os da
observação e da medida, da realização de experimentos, construção de modelos e
teorias, da elaboração e explicações e da predição”.

REALIZACAO DE UM EXPERIMENTO

Planejamento:
Avaliar as variáveis, as tolerâncias, qual o resultado esperado, os controles
necessários para execução, segurança, recursos financeiros e humanos necessários.
Execução:
Colocar em prática o que foi estudado e planejado de acordo com as teorias e
sistemas adequados.

Análise:
Efetuar as medições, verificar se o resultado do experimento atende aos
objetivos e necessidades, avaliar custos e recursos estimados e os reais, analisar os erros
de maneira crítica.

Conclusões:
O que será proposto para melhorar o processo ou o projeto do experimento e
atingir o objetivo.

Tomada de decisões:
É viável continuar com o processo, ou melhor torna-lo obsoleto e iniciar um
estudo diferente. Tomar as ações necessárias de acordo com os resultados obtidos.

Você também pode gostar