Você está na página 1de 4

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ERMESINDE

Teste de ECONOMIA A

10º ano Turma F

Versão 1

1. O facto de as necessidades humanas serem ilimitadas e de os recursos aptos a satisfazê-las serem escassos
expressa…
(A) a racionalidade económica
(B) o custo de oportunidade.
(C) a Lei de Engel.
(D) o problema económico.

2. Os bens alimentares comprados por uma família destinam-se a um consumo...


(A) …privado e secundário.
(B) ... privado e intermédio.
(C) ... final e público.
(D) .... final e individual.

3. Em 2015, um dado país registou uma taxa de inflação de 5%. Podemos dizer que, nesse país, nesse ano,
...
(A) ... as pessoas cujo salário nominal se manteve inalterado perderam poder de compra.
(B) ... a moeda nacional registou um aumento do seu valor face às moedas estrangeiras.
(C) ... os trabalhadores ganharam poder de compra, se os salários nominais também tiverem subido 5%.
(D) ... os preços de todos os bens e serviços subiram, necessariamente, 5%.

4. As “Famílias” são definidas como agentes económicos:


(A) Que, enquanto consumidores, adquirem bens e serviços com vista a satisfação das suas necessidades;
(B) Cuja função principal é produzir bens e serviços;
(C) Cuja função principal é a de consumir bens e serviços para satisfazer as necessidades coletivas.
(D) Que, enquanto proprietários de recursos produtivos, os fornecem aos produtores de bens e serviços;

5. Numa dada família, a despesa de consumo reparte-se pelas seguintes rubricas:


Rubricas Euros
Alimentação e bebidas 8 000
Vestuário e calçado 1 000
Transportes 3 000
Lazer 6 000
Outros bens e serviços 2 000
Para essa família, o coeficiente orçamental da rubrica «Vestuário e Calçado» é de...
(A) … 20%.
(B) ... 1 000€.
(C) ... 0,2.
(D) … 5%.

6. O azeite e o óleo são dois bens complementares.


(A) A afirmação é falsa porque as características dos dois bens são diferentes.
(B) A afirmação é verdadeira porque o óleo complementa o azeite em termos alimentares.
(C) A afirmação é verdadeira porque o óleo é usado na cozinha e o azeite á mesa.
(D) A afirmação é falsa porque os dois bens são sucedâneos.
7. No País W a população ativa é de 5 340 000 indivíduos. Então:
(A) A população empregada é de 5 340 000 indivíduos
(B) A população trabalhadora é de 5 340 000 indivíduos.
(C) A população com que o País pode contar para trabalhar é de 5 340 000 indivíduos
(D) A população trabalhadora é superior a 5 340 000 indivíduos

8. Se, a longo prazo, verificarmos que a quantidade produzida de um bem aumenta 10% e que os custos totais
de produção aumentam 20%, podemos afirmar que estamos perante
(A) rendimentos marginais constantes.
(B) rendimentos marginais crescentes.
(C) economias de escala.
(D) deseconomias de escala.

9. O Quadro apresenta os resultados de um estudo, efetuado por uma empresa produtora de azeite, referente
à sua estrutura de custos para os meses de janeiro e de fevereiro.

Produção Custos fixos Custos variáveis


Meses
(litros de azeite) (unidades monetárias) (unidades monetárias)

Janeiro 300 1000 3600

Fevereiro 600 1000 5400

Dos dados do Quadro, podemos concluir que


(A) os custos variáveis médios do mês de janeiro foram superiores aos do mês de fevereiro.
(B) os custos variáveis médios do mês de fevereiro foram superiores aos do mês de janeiro.
(C) os custos totais médios do mês de fevereiro foram iguais aos do mês de janeiro.
(D) os custos totais médios do mês de janeiro foram inferiores aos do mês de fevereiro.

10. Na atualidade, a expressão «desmaterialização da moeda» aparece associada à


(A) diminuição do rendimento disponível.
(B) desvalorização da moeda em circulação.
(C) perda do suporte físico da moeda.
(D) subida generalizada dos preços
Grupo II
1. Considere a seguinte empresa: Empresa de Serviços de Vigilância, Lda.
CUSTOS
Custos Fixos: 10 000€;
Custos variáveis: 250€ por contrato
RECEITAS
Contratos de serviços: 750€ mensais cada
Nº de contratos em carteira: 25

1.1. Diga o que entende por custos fixos e custos variáveis.


1.2. Elabore uma tabela que ilustre os custos e receitas para 10, 20, 30 e 50 contratos e comete quanto ao número de
contratos que a empresa tem em carteira.
1.3. Quantos contratos, deverá a empresa, ter para assegurar que não tem prejuízo.

2. No período 2010 - 2013, o rendimento anual de uma família do país G evoluiu do modo seguinte:

ANOS 2010 2011 2012 2013


RENDIMENTO 28.000€ 30.500€ 31.200€ 32.600€

2.1. Calcule a taxa de crescimento média anual do rendimento desta família para o período de 2010 a 2013.
2.2.O índice de preços no consumidor no país G (base 2000), relativamente a Dezembro de cada ano,
apresentou a seguinte evolução:

ANOS 2010 2011 2012 2013


IPC 178.4 205.5 224.0 266.5

Comente a evolução do rendimento desta família. Apresente as fórmulas e todos os cálculos que efetuar.

2.3 Determine o valor da taxa de inflação em 2013.

3.  Leia o texto que se segue.


O circuito de distribuição caracteriza-se pela extensão (número de agentes que o integram) e pela repartição das
funções entre esses agentes. Por vezes, os produtores oferecem os seus produtos aos consumidores sem recorrer a
intermediários. Encontramos exemplos destes circuitos na venda de produtos agrícolas feita, ao longo das estradas
ou nas feiras, pelos próprios produtores. Outras vezes, os produtores recorrem aos retalhistas para levarem os seus
produtos até aos consumidores; neste caso, participam os produtores, os retalhistas e os consumidores.
Teresa Barata Salgueiro, Do Comércio à Distribuição,
Oeiras, Celta, 1996, p. 2 (adaptado)
Identifique os tipos de circuitos de distribuição a que o texto se refere.

4. Leia atentamente o seguinte texto :

Para cada indústria haverá uma dimensão ótima da empresa? Sim, a dimensão ótima da empresa varia à medida
que o progresso tecnológico modifica as técnicas de produção. Quando as empresas crescem para além desta
dimensão ótima, a eficiência decresce e os custos médios começam a aumentar. Em geral, os economistas
consideram as dificuldades de gestão como a principal causa das deseconomias de escala.

4.1 – Explique com base no texto, o conceito de deseconomia de escala.

4.2 – Identifique no texto duas das circunstâncias que podem levar a deseconomias de escala.
5. Leia atentamente o seguinte texto :

“O primeiro hipermercado do mundo surgiu na região de Paris, a 15 de Junho de 1963.Como ficava localizado
num cruzamento entre várias ruas, chamaram-lhe Carrefour. Em 1982, esta loja tinha aumentado a sua área de
2500m2 para 6600m2, as caixas de saída de 18 para 40, o efetivo de pessoal de 105 para 300 e multiplicou a sua
factoração anual 38 vezes. Mas o aspeto mais revolucionário do hipermercado não terá sido a sua dimensão,
mas sim os preços, na medida em que muitos consumidores, atraídos por estes, começaram a frequentar o
hipermercado para fazer economias e, ainda hoje, mais do que nunca, continuam a fazê-lo por esta razão.”

José Rousseau

5.1. Refira o circuito de distribuição associado ao hipermercado. Justifique.


5.2. Caracterize o tipo de comércio referido no texto.
5.3. Explique a importância da distribuição e do comércio com base no texto.

6. No século XIX, os trabalhadores das minas de carvão em Staffordshire, Inglaterra, ganhavam uma parte dos
seus salários em cerveja, o que levou um autor a escrever com alguma ironia: “ Esta moeda era muito popular e
altamente líquida, as emissões eram grandes de mais e era difícil guardá-la”.

6.1. Identifica o tipo de moeda referido no texto.

6.2. O papel-moeda atualmente utilizado em todos os sistemas monetários é uma moeda de curso forçado.
Explica o sentido desta frase.