Você está na página 1de 10

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA- RJ

DEPARTAMENTO DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO


COORDENAÇÃO DE CONSTRUÇÃO CIVIL

Discplina: Computação Aplicada

Prof: Emilson Damasceno de Andrade

Aluna: Danielle da Gama Peçanha

Prova do 1º Bimestre
Como criar um blog e torná-lo atraente?

Rio de Janeiro, 02/12/2010


Em tempos de políticos utilizando-se da Internet
para promover suas campanhas, o blog e as mídias
sociais se tornaram espaços onde podemos todos,
sem exceção, expor nossas opiniões.

Então, por que não fazer isso criando um blog?

Nesse espaço gratuito podemos falar desde nosso


dia-a-dia mais íntimo, a nossos hobbys e trabalhos
profissionais.

É algo que ajuda espairecer, desenvolve a escrita e


a leitura (na busca de informação para embasar o
que você escreve), divulga seus conhecimentos
(seja num tema passatempo, seja no lado
profissional) e cria relacionamentos.

Ou vocês acham que o Tecnologia Outonal já


começou com esse número todo de acessos? Claro
que não! É algo que se constroi com o tempo e
regularidade nas postagens (nome que damos a
cada texto publicado)

E sabe o mais interessante de tudo isso? É


gratuito!

3 dicas para atrair mais visitas para seu


blog
Você pode explorar o potencial do conteúdo no
Blog para garantir que seu público sempre
voltará para mais, divulgará e ainda atrairá
mais visitas. Pensando sobre a qualidade dos
conteúdos de um blog, cheguei a três tipos
que podem se misturar na sua forma de
produzir textos, independente de qual seja o
seu nicho. Três segredos para escrever
artigos atraentes.

Vamos direto ao ponto. Se observarmos o que nos


atrai mais num blog, pensando no tempo que
gastamos na internet e como o fazemos, vamos
perceber que três coisas sempre nos atraem. Se
você escrever assim em seu blog, poderá ganhar
sempre um público a mais:

• Aprender algo – escreva artigos que ensine,


que reparta sua experiência com algo e seja
útil para alguém que precise solucionar um
problema. A maioria de nós navega procurando
conteúdo nos buscadores (Google) e quase
sempre estamos procurando soluções para
nossos problemas cotidianos.
• Queremos entretenimento – mesmo quando
estamos no trabalho, a maior parte do tempo
estamos navegando para nos divertir, para
passar o tempo. Nem todos nós temos
potencial para publicar conteúdo “divertido”,
mas podemos incorporar algumas vezes um
pouco de bom humor nos nossos textos.
Simpatia e alegria nunca são demais.

• Interação social – no restante do tempo,


navegamos nas redes-sociais (Twitter,
Facebook, Orkut…), queremos interação e
formas de nos relacionarmos, nos sentirmos
parte de um grupo. O simples fato de
responder comentários e contatos de email,
conversar no Twitter e clicar em “Curtir” no
Facebook, já é uma forma de interação
esperada e satisfatória para muitos.

Permear o seu blog dessas três dicas pode torná-


lo mais atraente, mais eficiente na fidelização de
seu público. Isso também pode alavancar seu
número de visitas, já que ampliará suas relações na
redes-sociais.
Para tornar seu blog famoso, siga os seguintes
passos:

Um dos passos mais importante está presente aqui


e não será divulgado como um item na lista abaixo,
que é criar listinha. Isso é fundamental. Então,
vamos ver as 10 atitudes que você terá que tomar
para ser um blogueiro famosão, tá ligado?

1º - Crie tirinhas envolvendo mascotes de blogs


grandes. Você sabendo desenhar ou não, o ego
deles serão tocados de forma positiva. E se a
parada ficar bem desenhada, você ganhará pontos
extras.

2º - Sempre dê linkadas para blogs grandes e


sempre diga que acha os respectivos donos uns
gênios. Que tem sacadas geniais, etc.

3º - Crie uma música, video ou algo homenageando


blogs grandes. Isso se combinado com o item
número 1, é sucesso instantâneo.

4º - Comente sempre em blogs grandes. E o


principal, sempre comente discordando do post.
Nunca ofenda o autor daquela bosta, mas faça uma
critica positiva. Nesse caso, ser chato é legal. E
isso renderá cliques na url do seu blog.
5º - Nunca, mas nunca copie imagens ou conteúdo
de um blog grande. Vá direto na fonte. Sites como
jj.am, 4chan e google são cheios de imagens
engraçadinhas.

6º - Converse mais com aquele seu tio bêbado para


aprender todas as piadinhas do tempo do ronca.
Coloque no seu blog em forma de texto, como se as
piadas tivessem acontecido com você.

7º - Faça um post criticando um blogueiro grande.


Ele e suas amigas blogueiros não gostarão disso, e
começarão uma flamewar em torno disso. Você
ganhará visibilidade, e é isso que importa.

8º - Assine o feed de mais de 100 blogs gringos.


Pegue as piadas deles originais, traduza e poste
como se você tivesse feito o texto ou a imagem.
Isso é ser original, e você vai ser o rei do pedaço.

9º - Faça um ranking do tipo "19 blogs que você


NUNCA deveria acessar" e comece a falar mal do
blog, layout, conteúdo, etc. Mesmo que o blog seja
totalmente original. Apenas faça isso.

10ºConteúdo sempre novo: “Post e pão, tem que


ser quentinho”. Eis a primeira dica de Rosana
Hermann, que toca o blog Querido Leitor. Os
internautas querem sempre novidades para voltar
ao blog. Se eles entram uma, duas vezes e está
sempre o mesmo post, o interesse acaba.
Juca Kfouri conta que virou escravo de seu blog.
Ele posta até oito vezes por dia para “dar conta”
de toda a audiência e passar para os leitores o que
eles esperam de seu blog. “Os internautas
aguardam meus comentários após os jogos”.
Uma saída é deixar claro que os posts seguem uma
periodicidade —de preferência, no máximo,
semanal— para que as pessoas saibam quando
voltar e encontrar novidades.

11ºLinguagem fácil e rápida: “Escrever textos


curtos é o ideal. Se forem muito longos, que sejam
divididos em parágrafos curtos e com subtítulos”,
ensina a blogueira Liliane Prata. Ela destaca ainda
que “ninguém tem paciência de ler um texto mal
escrito”, então, preocupe-se com gramática,
coesão e didatismo. “Se você escreve um texto
sobre como o Evandro é legal, o leitor não é
obrigado a saber que o Evandro é seu namorado”,
completa.
“A audiência do blog foi a maior surpresa da minha
vida”, diz Juca Kfouri. Ele começou a blogar para
ter uma “coluna” no UOL e quando viu o sucesso
não soube explicar a razão. A linguagem ligeira, em
frases curtas e espaçadas, é apontada como um
dos diferenciais.

12ºPermanente interação com os visitantes: “O


ponto principal do blog é interagir com o público”,
afirma Fernando Meligeni, o Fininho, ex-jogador
de tênis, que tem há nove meses o Blog do Fininho.
Ele diz que sua principal intenção no blog é colocar
as pessoas para discutir temas —e não dar uma
opinião final sobre o assunto. “Tento mostrar que
não sou o dono da verdade e gosto que os leitores
escolham o que querem ouvir. Vou de acordo com o
comentário”. Assim, ele aproveita os comentários
no blog como sugestão para novos posts.
O relacionamento com o internauta tornou-se
pessoal para Juca. Ele explica que o principal do
blog é a troca de idéias e aproximação entre autor
e leitor. “Semana passada, até disse que não
poderia postar porque estava com um problema
particular e acabei preocupando vários fãs e
amigos. A gente escreve o que não deveria por
causa dessa proximidade”.
Rosana Hermann ensina que tratar bem todos os
leitores é essencial: “eles são o seu patrimônio”,
diz. Ela completa lembrando que se algum “verme”
começar a atrapalhar o bom andamento do blog,
ele deve ser eliminado.
Uma outra dica, dada por Liliane Prata, é sempre
visitar outros blogs e deixar comentários. Assim,
você cria uma rede entre blogueiros que ajudam a
popularizar o seu blog.

13ºUsar todas as tecnologias possíveis:


Atualmente a tecnologia vem contribuindo com
mais e mais ferramentas que podem ser usadas nos
blogs, como vídeos, áudio, enquetes, imagens etc.
Rosana Hermann destaca que todos os recursos
devem ser utilizados, como postar pelo celular e
até enviar uma foto com um bilhete para o blog (o
que ela já fez).
Já Fernando Meligeni apostou em uma nova
modalidade. Em vez de colocar fotos e vídeos
relacionados ao tema, ele gravou um vídeo com seu
comentário, publicou no Videolog e postou no blog.
“A repercussão foi incrível, em poucas horas já
tinha mais de 100 comentários”, conta,
entusiasmado com as novas possibilidades.

14ºResponsabilidade: O blog é responsabilidade


do dono, por isso, ele deve monitorar os
comentários deixados pelos visitantes. Além disso,
criar reputação é muito importante. “Se errar,
conserte. Se o post for patrocinado, diga.
Respeito é algo que se conquista ao longo dos
anos”, diz Rosana Hermann.
“Se o internauta vai até o blog é um sinal de
respeito pelo seu trabalho, então você deve
respeitá-lo sempre para manter um diferencial”,
afirma Meligeni.

15ºIdentidade - “O site deve ter uma linha


editorial, mesmo que flexível”, esclarece Liliane
Prata. Isso é importante para criar um público fiel
que tem interesse no assunto e sempre volta ao
blog para se atualizar.
Fernando Meligeni sabe bem como é isso. Seu blog
é voltado especialmente para o tênis, modalidade
que praticava, e sabe que seu público além de se
interessar por ele, também gosta do esporte.
“Quem visita meu blog entende de tênis e quer
saber como o Nadal deve se sair no próximo
torneio”, conta.