Você está na página 1de 219

República de Moçambique

COREP

Formação em Manutenção Industrial

Certificado Vocacional Nivel 4 – Mecânica Geral

Documentos para a Validação da Qualificação

Maputo

Dezembro 2010
Indice
1 Enquadramento da Qualificação ..................................................................................... 4
2 Informação para Registo da Qualificação ....................................................................... 5
3 Unidades de Competência de Habilidades Genéricas .................................................... 11
3.1 Definir objectivos para a vida................................................................................. 11
3.2 Adoptar hábitos de vida saudáveis ......................................................................... 13
3.3 Usar a língua Inglesa em situações sociais, pessoais e profissionais........................ 17
3.4 Solicitar e providenciar serviços relacionadas com o trabalho, em língua Inglesa ... 19
3.5 Ler e responder a materiais escritos na língua Inglesa ............................................ 21
3.6 Produzir materiais escritos na língua Inglesa .......................................................... 23
3.7 Interpretar informação utilizando processos e procedimentos matemáticos ............. 24
3.8 Resolver problemas económicos simples da vida pessoal e da comunidade ............ 27
3.9 Interpretar e produzir enunciados orais ................................................................... 29
3.10 Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário e informativo, tendo em
conta um plano e respeitando técnicas e convenções da escrita ......................................... 31
4 Unidades de Competência Vocacionais Obrigatórias .................................................... 33
4.1 Maquinar peças aplicando processos de torneamento ............................................. 33
4.2 Maquinar peças aplicando processos de fresagem .................................................. 35
4.3 Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial ............................. 37
4.4 Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de montagem ................. 39
4.5 Documentar e Simular os Trabalhos de Manutenção de Máquinas ......................... 41
4.6 Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para componentes mecânicos 42
4.7 Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e hidráulicos .......... 45
4.8 Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes manufacturados e
conjuntos de montagem .................................................................................................... 49
4.9 Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais ...................................... 51
4.10 Projecto Integrativo = Exame Final .................................................................... 53
5 Módulos de Habilidades Genéricas ............................................................................... 55
5.1 Definir objectivos para a vida................................................................................. 55
5.2 Adoptar hábitos de vida saudáveis ......................................................................... 61
5.3 Usar o Inglês para propósitos sociais, pessoais e de negócio ................................... 70
5.4 Comunicar informação relacionada com o trabalho na Língua Inglesa ................... 78
5.5 Ler e responder a materiais escritos na língua Inglesa ............................................ 86
5.6 Produzir materiais escritos na Língua Inglesa ......................................................... 93
5.7 Interpretar informação utilizando processos e procedimentos matemáticos ........... 100

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 2
5.8 Investigar e resolver problemas económicos simples da vida pessoal e da
comunidade.................................................................................................................... 108
5.9 Interpretar e produzir enunciados orais ................................................................. 117
5.10 Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário e informativo, tendo em
conta um plano e respeitando técnicas e convenções da escrita ....................................... 124
6 Modulos Vocacionais Obrigatórios............................................................................. 134
6.1 Maquinar peças aplicando processos de torneamento ........................................... 134
6.2 Maquinar peças aplicando processos de fresagem ................................................ 142
6.3 Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial ........................... 150
6.4 Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de montagem ............... 158
6.5 Documentar e Simular Trabalhos de Manutenção de Máquinas ............................ 166
6.6 Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para componentes mecânicos
172
6.7 Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e hidráulicos ........ 183
6.8 Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes manufacturados e
conjuntos de montagem .................................................................................................. 195
6.9 Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais .................................... 203
6.10 Projecto Integrativo = Exame Final .................................................................. 212

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 3
1 Enquadramento da Qualificação

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 4
2 Informação para Registo da Qualificação

Título da Certificado Vocacional (4) em Mecânica Geral


Qualificação:
Código Nacional: MNQ0501
Sub
Campo: 05 Engenharia e Manufactura 04 Mecânica
campo:

Nível do Créditos
Certificado Vocacional 4 120
QNQP: totais:

Data da revisão do
Data do registo:
registo:
Progressão: Graduados com esta Qualificação serão elegíveis a trabalhar na Indústria como Mecânicos.
Serão capazes de fabricar componentes mecânicos e realizar trabalhos de manutenção e
reparação.
Regras de combinação de módulos
Módulos de habilidades genéricas: O candidato deve completar um mínimo de 20 créditos.
Módulos de habilidades vocacionais obrigatórios: O candidato deve completar um mínimo de 86 créditos.
Módulos de habilidades vocacionais opcionais: O candidato deve completar um mínimo de 0 créditos.
Avaliação integrada e experiência de trabalho: O candidato deve completar um mínimo de 14 créditos
Conteúdo da Qualificação
Módulos constantes nesta Qualificação
Código da
Número Número de
Código do Unidade de
Título do Módulo de Horas
Módulo Competência
Créditos Normativas
relacionada
Módulos de Habilidades Genéricas

MO Definir objectivos para a vida 2


UC HG014001 20
HG014001
MO Adoptar hábitos de vida saudáveis 2
UC HG014002 20
HG014002
MO Usar a língua Inglesa com objectivos sociais, 2
UC HG024001 20
HG024001 pessoais e de negócios
MO Comunicar informação em língua Inglesa 2
UC HG024002 20
HG024002 relacionada com o emprego
MO Ler e responder a materiais escritos em língua 2
UC HG024003 20
HG024003 Inglesa
MO 2
UC HG024004 Produzir materiais escritos em língua Inglesa 20
HG024004
MO Interpretar informação utilizando processos e
UC HG034001 2 20
HG034001 procedimentos matemáticos
MO Investigar e resolver problemas económicos 2
UC HG034002 20
HG034002 simples da vida pessoal e da comunidade
MO Interpretar e produzir enunciados orais 2
UC HG044001 20
HG044001 adequados a diferentes contextos
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 5
Interpretar e produzir textos escritos de
carácter utilitário e informativo, tendo em
MO 2
UC HG044002 conta um plano e respeitando técnicas e 20
HG044002
convenções da escrita

Total 20 200

Módulos obrigatórios de habilidades profissionais

MNQ0504M Maquinar peças aplicando processos de


MNQ0504M001M
001M
6 60
torneamento,

MUC054VC Maquinar peças aplicando processos de


MNQ0504M002M 7 70
48-M fresagem.

MUC054VC Maquinar peças aplicando processos de


MNQ0504M003M 6 60
48-M rectificação superficial

MUC0504V Montar e desmontar máquinas, conjuntos e


MNQ0504M004M 12 120
C4003M subconjuntos de montagem

MUC054VC Documentar e Simular Trabalhos de


MNQ0504M005M
49-M
10 100
Manutenção de Máquinas

MUC0504V Realizar tratamentos térmicos e ensaios de


MNQ0504M006M
C4007M
8 80
materiais para componentes mecânicos
MUC0504V Conceber, montar e ensaiar circuitos de
MNQ0504M007M 12 120
C4008M controlo pneumáticos e hidráulicos
Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade
MUC0504V
MNQ0504M008M
C4009M
de componentes manufacturados e conjuntos 7 70
de montagem
MUC054VC Adquirir experiência de trabalho em empresas
MNQ0504M009M
415
24 240
industriais
MUC054VC
MNQ0505M010M Projecto Integrativo = Exame Final 8 80
416

100 1000
Totais

Módulos Opcionais de Habilidades Profissionais

Não Aplicável.

Créditos Totais 120 1200

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 6
Grupo(s) Alvo Pontos de Saída

Os que tenham concluído o Nível 3, Desenvolvimento de habilidades para realizar tarefas complexas
Mecânica Industrial nas oficinas mecânicas com supervisão mínima numa vasta gama
de actividades.

Formas de Leccionamento
Actividades práticas em oficina mecânica combinadas com exercícios e teoria em laboratórios de mecânica.
Esta qualificação é concebida para ser leccionada a tempo inteiro. Trabalhadores que desejam actualizar as suas
habilidades e conhecimentos podem assistir módulos individuais. Para esses trabalhadores deverão ser
reconhecidos conhecimentos adquiridos anteriormente.

Requisitos de didácticos

Oficina Mecânica totalmente equipada com bancadas de trabalho, ferramentas e


máquinas-ferramentas. Equipamentos especiais para trabalhos de manutenção,
montagem e desmontagem.
Laboratório Mecânico totalmente equipado para experiências de ensaios de materiais
Instalações e incluindo aplicações informáticas. Instalações para programação e maquinagem em
Equipamentos CNC.
Salas de aulas equipadas com instalações e equipamentos IT incluindo acesso à
Internet.
Biblioteca.
Equipamentos para demonstrações relativas às medidas saúde e segurança.
Ferramentas e Consumíveis.
Textos de apoio e manuais para cada estudante.
Recursos Acesso à Internet.

1 ano de formação, 40 semanas, 40 horas por semana, 5 dias de aulas por semana.
Duração

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 7
Estratégias de Avaliação
Lista de Jornal
Folha de Verificação / Lista de /
Casos de
Avaliação / Folha de Verificação/ Diário
Ferramentas/Instrumento Estudo / Lista
Entrevista Entrevista Jornal / Diário de
de Verificação
Estruturada Estruturada / de Oficina Oficin
Apresentação a
Pontuação, Avaliação / Endos
Método Observação Escrito / Oral
Entrevista Endossos sos
Dese Actividades em
mpenh grupo (Casos
Actividade Escrito / Oral Demonstração Produto o na de Estudo,
Oficin Peças
a Teatrais)
Cre
Type Título do Módulo dito
s
Definir objectivos para a
G 2   
vida
Adoptar hábitos de vida
G 2   
saudáveis
Usar a língua Inglesa
G com objectivos sociais, 2 
pessoais e de negócios
Comunicar informação
em língua Inglesa 2
G 
relacionada com o
emprego
Ler e responder a
G materiais escritos em 2 
língua Inglesa
Produzir materiais
G escritos em língua 2 
Inglesa
Interpreta informação
utilizando processos e
G 2 
procedimentos
matemáticos
Investiga e resolve
problemas económicos 2
G 
simples da vida pessoal e
da comunidade
Interpretar e produzir
enunciados orais 2
G 
adequados a diferentes
contextos
Interpretar e produzir
textos escritos de
carácter utilitário e
G informativo, tendo em 2 
conta um plano e
respeitando técnicas e
convenções da escrita
Maquinar peças
aplicando processos de 2
2 √ √ √ √
torneamento, fresagem e
rectificação superficial
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 8
Montar e desmontagem
de máquinas, conjuntos e 2
2 √ √ √ √
subconjuntos de
montagem
Realizar processos em
√ √ √ √ √
máquinas CNC
Realizar tratamentos
térmicos e ensaios de 6 √ √ √
materiais para
componentes mecânicos
Conceber, montar e
ensaiar circuitos de 1
2 √ √ √ √
controlo pneumáticos e
hidráulicos
Soldar aço e alumínio
empregando métodos de 8 √ √ √ √
soldadura MIG/MAG e
TIG
Inspeccionar, verificar e
controlar a qualidade de
componentes 6 √ √ √
manufacturados e
conjuntos de montagem
Adquirir experiência de 2
trabalho em empresas 4 √ √ √
industriais
Projecto Integrativo = 8 √ √ √ √ √
Exame Final

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 9
Semestre Titulo do módulo
Habilidades Genéricas
1 Definir objectivos para a vida
2 Adoptar hábitos de vida saudáveis
1 Usar a língua Inglesa com objectivos sociais, pessoais e de negócios
1 Comunicar informação em língua Inglesa relacionada com o emprego
2 Ler e responder a materiais escritos em língua Inglesa
2 Produzir materiais escritos em língua Inglesa
1 Interpreta informação utilizando processos e procedimentos matemáticos
2 Investiga e resolve problemas económicos simples da vida pessoal e da comunidade
1 Interpretar e produzir enunciados orais adequados a diferentes contextos
Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário e informativo, tendo em conta um
2
plano e respeitando técnicas e convenções da escrita
Módulos Obrigatórios de Habilidades vocacionais
1 Maquinar as peças aplicando processos de torneamento, fresagem e rectificação superficial
1 Montar e desmontagem de máquinas, conjuntos e subconjuntos de montagem
1 Realizar processos em máquinas CNC
1 Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para componentes mecânicos
2 Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e hidráulicos
2 Soldar aço e alumínio empregando métodos de soldadura MIG/MAG e TIG
2 Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes manufacturados e conjuntos
de montagem
2 Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais
2 Projecto Integrativo = Exame Final

Módulos Opcionais de Habilidades vocacionais


Não Aplicável.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 10
3 Unidades de Competência de Habilidades Genéricas
3.1 Definir objectivos para a vida

Titulo da Unidade de
Definir objectivos para a vida
Competência
Descrição do Modulo de Competência:
O candidato consegue explicitar as principais opções que vão orientar o seu desenvolvimento pessoal e
profissional e utilizar eficazmente instrumentos para o acompanhamento e ajustamento das mesmas
Código: HG014001 Nível do 4
QNQP:
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Habilidades para a Vida
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Âmbito de Aplicação
Competência
1. Definir objectivos  Explicita os seus valores pessoais e a sua razão Dimensões:
pessoais de ser Social, profissional,
 Visualiza o seu futuro, nas várias dimensões financeira e de saúde
 Define metas intermédias para o alcance dos
objectivos de futuro
 Reconhece a importância de dar-se tempo a si
próprio para avaliar o grau de alcance das metas
Requisitos de Evidência
Evidência escrita ou oral de que o candidato:
 Discute e identifica a razão de ser como indivíduo
 Com base numa lista de valores e seleccionando
apenas 7, elabora a sua carta de valores e
justifica a relação entre os valores e a sua razão
de ser
 De acordo com um modelo pré-definido, clarifica a
sua visão pessoal em termos das dimensões
social, profissional, financeira e de saúde através
de um exercício de visualização e mapeamento
 De acordo com um modelo pré-definido, elabora o
mapa de metas anuais pessoais para o alcance
da visão pessoal
 Dá exemplos de como, na sua vida prática,
monitora as suas metas, justificando a
importância de monitorar o seu mapa de metas
2. Demonstrar  Conhece as suas forças e fraquezas Forças:
proactividade  Identifica e procura oportunidades Competência, disciplina,
 Não tem dificuldade em mudar a sua posição ética, comportamento

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 11
quando confrontado com argumentos válidos interpessoal, determinação,
 Gere as suas emoções de forma a não prejudicar dinamismo
os resultados que quer atingir
Requisitos de Evidência Fraquezas:
Incompetência, falta de
disciplina, inconstância,
dificuldade no
relacionamento, passividade

Emoções e Sentimentos:
Baixa auto-estima, Raiva,
Ressentimento, Elevada
Competitividade,
Ansiedade, Tristeza,
Lamentação/Auto-
compaixão, Pensamento
Obsessivo, Impulso

3. Gerir as finanças  Identifica as fontes de receita e as fontes de Fontes de receita e


pessoais despesa pessoais, através de um orçamento despesa:
pessoal Pessoais, Familiares
 Traduz os seus objectivos pessoais em
necessidades de investimento Impostos e taxas:
 Preenche correctamente os formulários bancários IRPS
 Calcula os seus impostos e taxas pessoais e
preenche as respectivas declarações
Requisito de Evidências
Evidências escritas e orais de que o candidato:
 Elabora o orçamento pessoal, considerando
todas as receitas e despesas pessoais e as
necessidades de investimento
 Explica as diferenças entre as contas
correntes e contas a prazo
 Preenche os formulários que se utilizam
pelos bancos,
 Preenche a declaração de IRPS

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 12
3.2 Adoptar hábitos de vida saudáveis

Titulo da Unidade de
Adoptar hábitos de vida saudáveis
Competência
Descrição do Modulo de Competência:
Conhecer, descrever e exercitar comportamentos e práticas que levem à adopção de hábitos de vida saudável,
em termos nutricionais e de higiene, evitando comportamentos de riscos e tendo um comportamento social e
sexual responsável e ético

Código: HG014002 Nível do 4


QNQP:
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Habilidades para a Vida
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Âmbito de Aplicação
Competência
1. Demonstrar um  Sabe as regras para seguir uma dieta semanal
comportamento equilibrada Importância nutricional:
saudável em  Identifica a importância nutricional de cada grupo Escalas nutricionais para os
termos de alimentos vários grupos de alimentos
nutricionais  Interpreta correctamente os rótulos que contém
informação nutricional Informação nutricional:
Requisitos de Evidência Componentes, Calorias,
Evidências escritas e orais RDA
 Elabora um plano para uma dieta semanal
com base na importância nutricional de cada
alimento
 Demonstra interpretar correctamente a
informação nutricional
2. Demonstrar  Conhece as regras de higiene pessoal Higiene pessoal, higiene
hábitos de higiene  Identifica os riscos associados com a falta de oral, higiene no local de
pessoal higiene pessoal trabalho
Requisitos de Evidência
Evidências escritas e orais:
 Discute as regras de higiene e os riscos
associados à ausência de higiene
 Demonstra ter uma preocupação permanente
com a sua higiene pessoal

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 13
3. Planificar o seu  Identifica os sinais de stress e suas causas Sinais de stress:
tempo de modo a  Define a sua agenda de trabalho tomando em Alteração na pressão
equilibrar o consideração as suas tarefas, as horas de arterial, dores de cabeça,
trabalho físico, descanso, as horas de lazer e o tempo dedicado irritação, aumento da
intelectual e o ao exercício físico frequência cardíaca,
lazer Requisito de Evidências comichões e irritação na
Evidências orais ou escritas: pele, perca ou aumento
 Discute os possíveis sintomas de stress em si dramático de apetite,
e nos seus colegas comportamentos pessoais
 Discute as causas deste stress e propõe destrutivos, diminuição de
medidas para a sua solução produtividade, fraca
 Faz o seu plano semanal de acordo com uma capacidade de
agenda equilibrada concentração, fraca
memória.

Causas de stress:
Mortes, alterações da
situação conjugal do
indivíduo, eminente
despedimento, doença de
pessoa próxima, alteração
na situação financeira,
alteração nas
responsabilidades do
trabalho, mudança de
residência, mudança dos
hábitos diários

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 14
Elementos de
Critérios de Desempenho Âmbito de Aplicação
Competência
4. Entender e  Reconhece a pressão dos pares como factor Pares:
evitar os de vulnerabilidade para relações sexuais Amigos, namorados, familiares
comportament desprotegidas
os de risco  Conhece os efeitos do álcool e outras drogas Pressão dos pares:
no comportamento pessoal, social e Início prematuro das relações,
profissional pressão para relações desprotegidas,
 Reconhece a importância de um equilíbrio tabus, comportamentos promotores
para a vida e desenvolvimento pessoal de estatuto social ligados ao alcool
Requisito de Evidências ou drogas, relações de poder no
Evidências escritas ou orais: género
 Discute e exemplifica a importância de
um equilíbrio bio-psico-social Equilíbrio bio-psico-social:
 Discute e exemplifica formas de pressão Biológico, psicológico e social
de pares
 Discute e explica os efeitos do álcool e Desenvolvimento pessoal:
de outras drogas no comportamento Físico, psicológico, psico-motor,
pessoal e suas implicações num cognitivo, comportamental, espiritual
contexto social e num contexto
profissional Comportamento:
Pessoal, social e profissional
5. Entender as  Conhece as práticas sexuais seguras para Práticas sexuais seguras:
formas de evitar a infecção pelo HIV Sexo com apenas um parceiro, sexo
transmissão  Reconhece outras formas de transmissão da com utilização de preservativo
do HIV infecção pelo HIV
 Reconhece os próprios mitos, crenças e Formas de transmissão da
preconceitos que dificultam a adopção de infecção pelo HIV:
práticas sexuais seguras e outras condutas Através de relações sexuais
preventivas desprotegidas, através da passagem
directa de sangue infectado com HIV
 Reconhece situações de risco relacionadas
de uma pessoa para outra, através
com o trabalho que executa ou com as
da passagem do HIV de uma mãe
características do seu local de trabalho e
infectada para o seu filho
sabe o que fazer em caso de suspeita de
possível infecção
Requisito de Evidências
Evidências escritas ou orais:
 Descreve as práticas sexuais seguras
 Discute as possíveis situações de risco
no local de trabalho e o que fazer em
caso de suspeita de infecção
 Discute as barreiras à adopção destas
práticas

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 15
6. Conhecer os  Reconhece a existência de discriminação Disc21-12-201021-12-201021-12-
direitos das contra as pessoas que vivem com o HIV 201021-12-2010riminação:
pessoas  Posiciona-se contrariamente a esta exclusão Obrigatoriedade de realização de
vivendo com  Conhece a lei relativamente ao HIV/SIDA e testes, divulgação de informação da
HIV sua aplicação no local de trabalho situação de doença, não
recrutamento ou despedimento, não
 Conhece as alternativas para o tratamento de
reconhecimento da igualdade de
Infecções de Transmissão Sexual e do HIV
direitos dos trabalhadores, não
 Reflecte sobre atitudes solidárias na defesa reconhecimento dos direitos de
dos direitos das pessoas que vivem com o ausência relacionados com a
HIV/SIDA
doença, proibição de utilização de
Requisito de Evidências espaços, não atribuição das
Evidências escritas: compensações se a infecção for
 Discute as formas de discriminação, provocada por acidente de trabalho,
utilizando exemplos reais ou ficcionados não atribuição de trabalho
 Descreve a legislação aplicável ao compatível com as reais
HIV/SIDA no local de trabalho capacidades físicas residuais
 Descreve as possibilidades de
tratamento de ITS e HIV
Leis:
 Discute as possibilidades de uma
Lei 5/2002 de 5 de Fevereiro
relação mais sã e solidária com as
pessoas que vivem com o HIV/SIDA

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 16
3.3 Usar a língua Inglesa em situações sociais, pessoais e profissionais

Titulo da Unidade
Usar a língua Inglesa com propósitos sociais, pessoais e profissionais
de Competência
Descrição da Unidade de Competência:
O candidato adquire competências de linguagem, a um nível pré-intermédio, requeridas para comunicar em
língua Inglesa de acordo com as necessidades pessoais e profissionais.

Código: HG024001 Nível do 4


QNQP:
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Inglês
Data de registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação
Competência
1. Participar em a) Usa uma variedade de estratégias de ouvir e O contexto de aplicação deste
interacções falar para comunicar. elemento de competência está
sociais b) As ideias principais são claramente totalmente explícito nos critérios
distinguidas durante a interacção e são de desempenho.
apoiadas por informação apropriada ao
contexto e tópico em discussão. Situações:
Evidências Requeridas  Um para um
O candidato deve demonstrar a habilidade de  Em pares
manter uma interacção social sobre uma  Em grupo
variedade de tópicos conhecidos. A sua
participação deve ser apropriada à tarefa e
natureza do grupo e promover a comunicação
efectiva.
2. Usar gramática e a) Usa perguntas para obter informação e Contexto inclui: partes do discurso;
vocabulário clarificar o significado apropriadas ao contexto, derivativas; palavras compostas;
apropriados para interactuar. raízes; prefixos; sufixos;
b) Usa o conhecimento das estruturas e derivativas compostas; etimologia;
convenções da língua para formatar ou sinónimo; antónimo; homónimo;
descodificar vocabulário ou construções não homófono.
familiares.
Evidências Requeridas
Cada candidato deve participar em pelo menos
duas discussões sobre diferentes tópicos directos
e demonstrar evidencias de selecção apropriada
de vocabulário e gramática.
3. Usar linguagem O contexto de aplicação deste
culturalmente Evidências Requeridas elemento de competência está
apropriada O candidato deve demonstrar consciência e totalmente explícito nos critérios
habilidade para identificar e usar a linguagem que de desempenho.
não é ofensiva para os outros.
Situações:
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 17
 Um para um
 Em pares
 Em grupo
Forma: oral e escrita.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 18
3.4 Solicitar e providenciar serviços relacionadas com o trabalho, em
língua Inglesa

Titulo da Unidade de Solicitar e providenciar serviços relacionadas com o trabalho, em língua


Competência Inglesa
Descrição da Unidade de Competência:
O candidato adquire competências de linguagem, a um nível pré-intermédio, requeridas para solicitar e
providenciar serviços relacionadas com o trabalho.

Código: UC HG024002 Nível do 4


QNQP:
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Inglês
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação
Competência
1. Usar estratégias a) Explora uma variada gama de linguagem O contexto de aplicação deste
apropriadas para simples para lidar com a maior parte das elemento de competência está
participar em situações que podem surgir no trabalho. totalmente explícito nos critérios
discussões b) Gere trocas simples e rotineiras sem de desempenho.
esforço
c) Faz contribuições no grupo de trabalho Situações:
apropriadas à tarefa e natureza do grupo e  Um para um
promove comunicação efectiva e de  Em pares
trabalho em grupo.  Em grupo

Evidências Requeridas
O candidato deve demonstrar a habilidade de
participar em interacções numa variedade de
tópicos conhecidos. A sua participação deve ser
apropriada à tarefa e natureza do grupo e
promove comunicação efectiva e de trabalho em
grupo.
2. Usar estratégias a) Usa meios ilustrativos para promover a O contexto de aplicação deste
apropriadas para compreensão no processo de elemento de competência está
fazer uma comunicação, que são apropriados ao totalmente explícito nos critérios
apresentação oral tópico, audiência e contexto. de desempenho.
b) Organiza o discurso numa forma que faz
com que os seus significados e propósitos Situações:
são acessíveis para todos os ouvintes.  Em grupo
Evidências Requeridas .
O candidato deve demonstrar a habilidade de
preparar e fazer apresentações curtas de
acordo com os critérios de desempenho a) e b).
3. Usar gramática e a) Selecciona palavras, uso da linguagem, O contexto de aplicação deste
vocabulário símbolos, linguagem corporal, figuras e elemento de competência está
apropriados e tom de voz para produzir o impacto totalmente explícito nos critérios
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 19
características adequado na audiência. de desempenho.
paralinguísticas b) O significado do que fala, é apoiado pelo
uso apropriado de uma variedade de Situações:
estruturas de frases, pausas, entoação,  Em grupo
ritmo e esforço.
Evidências Requeridas
O candidato deve demonstrar a habilidade de
preparar e fazer apresentações curtas de
acordo com os critérios de desempenho a) e b).
.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 20
3.5 Ler e responder a materiais escritos na língua Inglesa

Titulo da Unidade de Ler e responder a materiais escritos na língua Inglesa


Competência

Descrição da Unidade de Competência:


O candidato adquire competências de linguagem, a um nível pré-intermédio, requeridos para compreender
anúncios, e compreender e escrever instruções (Exemplo: manuais de instalação ou manutenção).

Código: UC HG024003 Nível do QNQP: 4

Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Inglês

Data de Registo: Data de Revisão do Registo:

Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação

1. Preparar-se para a) Identifica o objectivo de textos. Distinção de características


ler textos b) Identifica o contexto de textos. numa variedade de formas
vocacionais c) Identifica definições e significados literárias
específicos na especializados.
língua Inglesa Formas literárias: revistas,
Evidências Requeridas manuais de instrução,
brochuras, prospectos,
O candidato deve demonstrar habilidade de material de divulgação,
identificar diferentes tipos de géneros de leitura. sinais públicos, anúncios,
embalagem e rotulagem de
mercadorias, cartas de
negócios e profissionais,
ensaios, memorandos,
relatórios e artigos.

Especializado: relacionado
com a área vocacional

2. Ler e seguir textos a) “Skim” e “Scan” textos. O contexto de aplicação


simples da área b) Lê para extrair os pontos e ideias principais. deste elemento de
vocacional c) Lê para encontrar detalhes relevantes. competência está
específica escritos d) Usa o conhecimento de vocabulário, gramática completamente expresso nos
em língua Inglesa e estrutura do texto para interpretar o critérios de desempenho.
significado.
e) Interpreta diagramas, gráficos e textos usando
imagens visuais.

Evidências Requeridas

O candidato deve demonstrar uma compreensão

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 21
providenciando as respostas apropriadas a cada
tarefa.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 22
3.6 Produzir materiais escritos na língua Inglesa

Titulo da Unidade
Produzir materiais escritos na língua Inglesa
de Competência
Descrição da Unidade de Competência:
O candidato adquire competências de linguagem, a um nível pré-intermédio, requeridas para compreender e
escrever faxes, cartas, memos, e-mail, relatórios etc..
Código: UC HG024004 Nível do 4
QNQP:
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Inglês
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação
Competência
1. Preparar-se para a) Identifica o objectivo de textos. Distinção entre características de
produzir textos b) Identifica o contexto de textos. uma variedade de formas
vocacionais a) Identifica definições e significados literárias.
específicos especializados.
escritos na língua Evidências Requeridas Especializado: relacionado com a
Inglesa O candidato deve demonstrar habilidade de sua área vocacional.
identificar diferentes tipos escrita na sua área
vocacional.
2. Escrever textos da a) Usa o “layout” apropriado. Produção de uma variedade de
área vocacional b) Usa a estrutura retórica apropriada. textos simples relacionados com
especifica c) Organiza as fases de textos. a área profissional:
d) Usa instrumentos coesivos apropriados.  Descrições
e) Usa vocabulário e gramática apropriados.  Narrativas
f) Usa ortografia e pontuação padrão.  Diários
Evidências Requeridas  Ensaios
Os candidatos devem demonstrar habilidade de  Relatórios
produzir uma variedade de textos específicos da  Cartas
sua área vocacional.  Folhetos

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 23
3.7 Interpretar informação utilizando processos e procedimentos
matemáticos

Titulo da Unidade de Interpretar informação utilizando processos e procedimentos


Competência matemáticos
Descrição da Unidade de Competência: O candidato interpreta informação fornecida em
tabelas e gráficos, realiza uma análise crítica das representações possíveis e recolhe e
regista dados usando ferramentas básicas de estatística.
Nível do
Código: HG034001 4
QNQP:
Sub
Campo: Habilidades Genéricas Matemática
Campo:
Data de Revisão do
Data de Registo:
Registo:
Elementos de Competência Critérios de Desempenho Contextos de
Aplicação
1. Interpretar e apresentar a) Interpreta gráficos e  Tabelas, gráficos
informação gráfica e diagramas correctamente de pontos,
numérica b) Escolhe uma forma gráficos
apropriada para comunicar contínuos e
graficamente informação diagramas.
c) Usa a forma escolhida de
comunicação para apresentar  Sistema
informação cartesiano
Requisito de Evidências ortogonal
Para o Critério de Desempenho
a): Evidência escrita de que o  Variáveis e
candidato é capaz de construir relações entre
gráficos e diagramas a partir de elas
valores dados e de que é capaz
de explicar a informação
 Unidades e
quantitativa e qualitativa
escalas dadas
representada em pelo dois
gráficos e dois diagramas

Para os Critérios de
Desempenho b) e c): Evidência
escrita de que o candidato é
capaz de escolher a forma mais
adequada de representação
gráfica de pelo menos duas
situações descritas e de que é
capaz de utilizar a forma
escolhida para apresentar
claramente essas situações.
2. Recolher e registar dados a) Identifica os dados a recolher
b) Desenha um instrumento  Eixos, títulos,
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 24
apropriado de recolha de unidades e
dados escalas
c) Usa adequadamente técnicas
de recolha de dados
d) Regista e apresenta
dados num formato apropriado
e) Avalia decisões tomadas
quanto à recolha e registo de
dados
Requisitos de Evidências
Para os Critérios de
Desempenho a)-e): O candidato
deve produzir um portfolio
contendo: o grupo alvo em que
fez a recolha de dados, os dados
identificados, o instrumento de
recolha desenhado, os
procedimentos levados a cabo na
recolha dos dados e o registo e
apresentação apropriada dos
dados recolhidos. O trabalho
deve envolver a gestão de um
conjunto de 40 a 60 dados.
3. Interpretar e apresentar a) Identifica e descreve as
dados principais características dos  Eixos, títulos,
dados unidades e
b) Escolhe e usa dados utilizando escalas
técnicas que representam
efectivamente os dados  Relações, dados
c) Segue convenções para qualitativos, dados
representar dados quantitativos,
d) Interpreta correctamente dados discretos,
dados dados contínuos
e) Avalia decisões tomadas
quanto à apresentação e  Média, mediana e
interpretação de dados, moda
identificando fontes de erros e
os seus efeitos
 Índices e notação
Requisitos de Evidências
científica
Para os Critérios de
Desempenho a)-e): O candidato
deve elaborar um portfolio que
contenha uma efectiva
apresentação e correcta
interpretação dum conjunto de
dados, que siga convenções no
que respeita à apresentação de
dados, que avalie decisões sobre
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 25
a interpretação e a apresentação
dos dados, que examine as
actuais ou possíveis fontes de
erro nos procedimentos de
recolha e no processo de registo,
que analise os efeitos dos erros
acima indicados e que faça uma
avaliação das decisões tomadas
no processo de recolha e registo
de dados.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 26
3.8 Resolver problemas económicos simples da vida pessoal e da
comunidade

Titulo da Unidade de
Competência Resolver problemas económicos simples da vida pessoal e da comunidade

Descrição da Unidade de Competência: Nesta unidade o candidato fica apto a resolver problemas simples
do dia a dia relacionados com custos, receitas e lucros, usando um modelo matemático

Código: HG034002 Nível do 4


QNQP:
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Matemática
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elementos de Competência Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação


1. Efectuar cálculos com a) Identifica os vários conjuntos de números  Equações e
números reais que constituem os números reais: conjunto inequações lineares
dos números naturais, dos racionais, dos
inteiros e dos irracionais  Operações no
b) Representa na recta graduada números conjunto dos
reais números reais:
c) Efectua cálculos com números negativos, adição, subtracção,
inteiros e não inteiros multiplicação, divisão,
d) Efectua cálculos com números irracionais potenciação e
radiciação
Requisitos de Evidência
Para os Critérios de Desempenho a) - d):  Extractos da História
Evidência escrita de que o candidato distingue da Matemática,
os vários conjuntos de números, de que é relativos ao
capaz de os representar na recta graduada e desenvolvimento dos
de que realiza correctamente cálculos (adição, conjuntos de
subtração, multiplicação, divisão e potenciação) números
com números reais, inteiros e não inteiros,
positivos e negativos, racionais e irracionais, tal  Régua graduada
como está descrito nos critérios de
desempenho.

2. Resolver equações e a) Discute e resolve equações do 2º grau  Equações e


inequações do 2º grau b) Estuda e representa graficamente funções inequações do 1º
quadráticas grau
c) Discute e resolve inequações do 2º grau
 Função linear
Requisitos de Evidência
Para o Critério de Desempenho a): Evidência  Problemas
escrita de que o candidato é capaz de fazer o conducentes a

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 27
Elementos de Competência Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação
estudo de equações do 2º grau, indicando equações e
previamente se elas têm soluções e de que é inequações do 1º e
capaz de encontrar estas suas soluções, caso do 2º graus
existam.
 Problemas
Para o Critério de Desempenho b): Evidência representados por
de que o candidato é capaz de realizar o funções
estudo de funções quadráticas, indicando o quadráticas
domínio, o contradomínio, os zeros, o sinal, a
monotonia e os extremos e que, com base
nesta informação, é capaz de construir o
respectivo gráfico.

Para o Critério de Desempenho c): Evidência


escrita de que o candidato é capaz de fazer
o estudo e resolver analítica e graficamente
inequações do 2º grau, utilizando as
competências indicadas no critério de
desempemho b) e apresentando o conjunto
das soluções quer usando sinais de
desigualdade, quer usando a notação de
intervalos.

3. Resolver problemas que a) Exprime e interpreta situações correntes  Problemas


envolvem custos, receitas e usando variáveis e símbolos matemáticos simples do dia a
lucros b) Resolve problemas simples relacionados dia relacionados
com custos, receitas e lucros com pequenos
negócios,
Requisitos de Evidência expressos por
Para o critério de desempenho a): Evidência meio de
escrita de que o candidato é capaz de traduzir equações e
para linguagem matemática enunciados de inequações do 1º
problemas simples do dia a dia, relacionados e do 2º graus.
com custos, receitas e lucros, escolhendo as
variáveis a utilizar e indicando o intervalo de
variação dessas variáveis.

Para os critérios de desempenho b): Evidência


escrita de que o candidato é capaz de resolver
os problemas acima referidos, de que é capaz
de interpretar a representação gráfica de cada
situação e de que é capaz de analisar
criticamente a validade das soluções obtidas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 28
3.9 Interpretar e produzir enunciados orais

Titulo da Unidade de
Interpretar e produzir enunciados orais
Competência
Descrição da Unidade de Competência:
O candidato participa num debate através de intervenções claras e relevantes para o tema nas quais:
 usa vocabulário e estruturas gramaticais correctas e adequadas,
 recorre a auxiliares visuais e à entoação, ritmo, tom, pausas para modelar a sua intervenções, tendo
em atenção as circunstâncias e os intervenientes.
O candidato anota contribuições de outros participantes para orientar as suas intervenções.

Código: UC HG044001 Nível do QNQP: 4


Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Português
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação
Competência
1. Contribuir no debate a) Intervém 3 vezes num debate modelando a Debate num grupo de até 8
com intervenções linguagem verbal e corporal, entoação, ritmo, pessoas.
oportunas e claras tom, pausas.
tendo em conta o Evidências Requeridas Debate num grupo de até 20
tema, a audiência, Evidências por escrito/oral pessoas.
com opiniões e Evidência oral:
ideias - 2 intervenções num debate de grupo com Debate sobre temas da
fundamentadas, 8 participantes actualidade, como combate
concordando ou - 2 intervenções num debate de grupo de contra a SIDA, Juventude e
discordando dos até 20 participantes desemprego, juventude e
restantes Em ambos casos deve usar linguagem correcta e drogas
participantes fluente adequada ao contexto, modelando o nível de as regras de convivência
e correctamente língua, entoação, ritmo, tom, pausas para realçar social
as suas intervenções prevenção e combate de
acidentes laborais, tráfico de
pessoas, a formação técnica
profissional e oportunidades
de emprego.
2. Usar a) Usa vocabulário específico do tema em debate. Debate num grupo de até 8
adequadamente b) Usa vocabulário correcto, diversificado e pessoas.
vocabulário, adequado ao tema e aos participantes.
estruturas Debate num grupo de até 20
gramaticais, Evidências Requeridas pessoas.
auxiliares visuais e Evidências por escrito/oral
elementos da Evidência oral: Debate sobre temas da
oralidade ( - 3 intervenções num debate de grupo com actualidade, como combate
entoação, ritmo, 8 participantes, com uso de vocabulário contra a SIDA, Juventude e
tom, pausas) de específico ao tema, diversificado e desemprego, juventude e
acordo com a correcta drogas
audiência e situação - 2 intervenções num debate de grupo de as regras de convivência
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 29
comunicacional até 20 participantes com uso de social
vocabulário específico ao tema, prevenção e combate de
diversificado e correcto acidentes laborais, tráfico de
Em ambos casos deve usar linguagem correcta e pessoas, , a formação técnica
adequada ao contexto, modelando o nível de profissional e oportunidades
língua, entoação, ritmo, tom, pausas para reforçar de emprego.
a sua intervenção
3. Anotar as a) Segue o desenrolar de um debate. Debate num grupo de até 8
contribuições dos b) Retira das intervenções informação relevante. pessoas.
participantes para Evidências Requeridas
usar nas suas Evidências por escrito/oral Debate num grupo de até 20
intervenções Anotação escrita à mão de 5 intervenções feitas ao pessoas.
longo de cada um dos debates.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 30
3.10 Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário e
informativo, tendo em conta um plano e respeitando técnicas e
convenções da escrita

Titulo da Unidade de Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário e informativo, tendo em
Competência conta um plano e respeitando técnicas e convenções da escrita
Descrição do Módulo de Competência:
O candidato adquire a competência de interpretar textos sistematizando num esquema, de forma lógica,
informação contida em textos informativos e utilitários esquemas. Preenche formulários mais complexos como
inquéritos de avaliação, formulários de protocolos específico usados na sua especialidade ou em instituições de
serviço público. O candidato escreve o seu CV e cartas utilitárias com fins específicos, recorrendo a
vocabulário adequado e diversificado, respeitando as regras da língua sobretudo no que se refere à
pontuação, ortografia, mancha gráfica, concordância. Revê os textos por si escritos e procede a alterações
justificadas.
Código: UC HG044002 Nível do QNQP: 4
Campo: Habilidades Genéricas Sub Campo: Português
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:
Elementos de
Critérios de Desempenho Contextos de Aplicação
Competência
1. Interpretar a) Interpreta informação fornecida num texto, Artigos de fundo de jornais
informação contida retirando ideias principais. locais e regionais, textos
num texto, retirando b) Elabora um esquema a partir das ideias educativos da campanha
mensagem principal principais retiradas do texto. contra a violência doméstica,
e os seus elementos Evidências Requeridas trabalho infantil, HIV/SIDA.
constituintes para Evidências por escrito/oral
elaborar um Evidências escritas: Textos da área de
esquema a) Esquema escritos a mão de 1 textos especialidade.
b) Esquema escrito no computador de 1 outro
texto
a) Preenche correctamente formulários. Formulários usados em certas
instituições como Bancos,
Evidências Requeridas hospitais, serviços da área de
Evidências por escrito/oral especialidade do candidato,
Dois formulários impecavelmente preenchidos, de avaliação de um facto ou
sem erros, nem borrões. evento conhecido do
estudante.
a) Elabora o seu CV seguindo modelos diferentes Candidatura a um emprego,
oferecidos por um processador de textos. de livre iniciativa ou em
b) Selecciona e ordena informação relevante da resposta a um anúncio.
sua vida para apresentar num CV.
c) Junta algumas evidências das afirmações feitas
no CV.
Evidências Requeridas

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 31
Evidências por escrito/oral
Evidência escrita: 2 CV sem erros, seguindo dois
modelos distintos fornecidos por um processador
de texto, com 1 anexo relacionado com as suas
afirmações no CV.
4. Escrever uma carta a) Escreve cartas para responder a uma Candidatura a um emprego
com fins específicos necessidade específica sua ou do seu sector de
trabalho. Pedido de informação a um
Evidências Requeridas fornecedor de produtos da área
a) Evidência escrita: uma carta de candidatura a de especialidade.
um posto de trabalho, em resposta a um anúncio
dado, escrito num processador de textos Reclamação sobre um produto
b) E duas ecolhidas ao critério do candidato que nào responde a
entre: especificações pedidas na
 Pedido de informação sobre um produto ou área de especialidade.
serviço a um fornecedor da área de
especialidade
 Reclamação sobre umproduto que nào
responde a especificações pedidas na área de
especialidade
 Participação de uma avaria ou deterioro de
equipamento ou produto da área de
espcialidade
5. Utilizar o código a) Textos e tabelas escritas nos elementos
escrito de modo anteriores desta compet6encia observando as
correcto (pontuação, convenções da escrita.
ortografia, mancha Evidências Requeridas
gráfica) Evidências por escrito/oral
Aplicação aos trabalhos escritos nos restantes
resultados

6. Proceder à a) Corrige os erros detectados nas produções Textos produzidos nos


autocorrecção e dadas nos elementos anteriores. elementos desta competência.
revisão de textos b) Explica as modificações feitas aos seus
escritos trabalhos escritos.
Evidências Requeridas
Evidências por escrito/oral
3 dos textos escritos nesta competência corrigidos,
acompanhados de explicações escritas sobre as
alterações feitas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 32
4 Unidades de Competência Vocacionais Obrigatórias
4.1 Maquinar peças aplicando processos de torneamento

Título da Unidade de Maquinar peças aplicando processos de torneamento


Competência:
Descrição da Unidade de Competência:
Esta unidade de competência prepara os candidatos a realizarem operações complexas de torneamento de acordo
com instruções do instrutor e/ou desenhos de engenharia.
Código: MUC054VC48-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Classificar diferentes a) Listar diferentes tipos de tornos com os Oficina de máquinas equipada
tipos de máquinas- respectivos domínios de aplicação com tornos centrais
ferramentas b) Classificar os diferentes tipos de fresadoras e universais, fresadoras
descrever as suas aplicações convencionais e rectificadoras
(esmeriladoras) de
c) Descrever os diferentes tipos de rectificadoras
superfícies. Aprovisionados
(esmeriladoras) com destaque das rectificadoras
Acessórios e sobressalentes
de superfícies
para todas as máquinas.
Requisitos para Apresentação de Evidências Ferramentas necessárias
disponíveis na ferramentaria.
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que é capaz de classificar máquinas Manuais de Operação,
ferramentas nomeadamente tornos, fresadoras e lubrificantes e peças
rectificadoras (esmeriladoras) e descrever as sobressalentes para os
respectivas aplicações trabalhos de manutenção
disponíveis no armazém.
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

2. Maquinar Cones no a) Calcular o regime de corte cónico e respectivo Todos os tornos equipados
torno central, acessório ângulo de corte com acessórios para
para corte cónico b) Ajustar o torno para torneamento cónico de torneamento cónico e
usando o método de acordo com o cone e método de torneamento conjunto de acessórios do
Cabeçote móvel. requeridos Cabeçote móvel.
Abertura de dentes no c) Aplicar os métodos de segurança relevantes Tornos Universais equipados
sistema métrico e em durante o torneamento com parafuso-guia e conjunto
polegadas usando standard de engrenagens
d) Calcular o rácio e o número de dentes para a
parafuso-guia. mutáveis.
mudança de engrenagens na abertura de dentes
com parafuso-guia
e) Ajustar o torno para abertura de dentes e
produção de dentes de acordo com desenho de
engenharia
Requisitos para Apresentação de Evidências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 33
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode maquinar cones no torno usando métodos
diferentes de torneamento cónico de acordo com
dados em desenhos de engenharia e dentro das
tolerâncias especificadas. Prova prática para o
candidato demonstrar que é capaz de abrir dentes
no torno parafuso-guia e dentro das tolerâncias
especificadas no desenho de engenharia.
3. Inspeccionar peças a) Escolher as ferramentas de medição e Jogo de ferramentas de
maquinadas por manómetros apropriados para verificar as medição e manómetros.
torneamento dimensões (medidas) da peça trabalhada com Equipamento de ensaio de
relação às dimensões estabelecidas no desenho rugosidade de superfícies.
de engenharia.
b) Verificar as mediadas, a forma geométrica e as
tolerâncias com relação ao estabelecido no
desenho de engenharia.
c) Verificar se a rugosidade de superfície (Ra, Rz)
está de acordo com os dados do desenho técnico.
d) Identificar falhas e erros e sugerir medidas
correctivas em caso de desvio com relação às
tolerâncias previstas.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de inspeccionar peças maquinadas por
torneamentoe identificar falhas e erros.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 34
4.2 Maquinar peças aplicando processos de fresagem

Título da Unidade de Maquinar peças aplicando processos de fresagem


Competência:
Descrição da Unidade de Competência:
Esta unidade de competência prepara os candidatos a realizarem operações complexas de fresagem de acordo
com instruções do instrutor e/ou desenhos de engenharia.
Código: MUC054VC48-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Realizar operações a) Realizar os cálculos necessários e ajustar a Todas as fresadoras


especiais de fresagem fresadora para operações de indexação equipadas com Cabeçotes
tais como a indexação e (indexação directa, indexação indirecta e divisores e mesas giratórias.
corte de engrenagens indexação composta) usando o Cabeçote divisor.
b) Realizar os cálculos necessários e ajustar a
fresadora para operações de corte de
engrenagens (indexação directa, indexação
indirecta e indexação composta) usando o
Cabeçote divisor e/ou a mesa giratória.
c) Prestar atenção aos regulamentos de
segurança nas operações de fresagem.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de usar o Cabeçote divisor e a mesa
giratória na fresadora para operações de
indexação.
O candidato observa regras de segurança.
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

2. Inspeccionar peças a) Escolher as ferramentas de medição e Jogo de ferramentas de


maquinadas por manómetros apropriados para verificar as medição e manómetros.
fresagem l dimensões (medidas) da peça trabalhada com Equipamento de ensaio de
relação às dimensões estabelecidas no desenho rugosidade de superfícies.
de engenharia.
b) Verificar as mediadas, a forma geométrica e as
tolerâncias com relação ao estabelecido no
desenho de engenharia.
c) Verificar se a rugosidade de superfície (Ra, Rz)
está de acordo com os dados do desenho técnico.
d) Identificar falhas e erros e sugerir medidas
correctivas em caso de desvio com relação às
tolerâncias previstas.
Requisitos para Apresentação de Evidências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 35
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de inspeccionar peças maquinadas e
identificar falhas e erros.
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

3. Realizar trabalhos de a) Classificar os lubrificantes e agentes de Assegurar a disponibilidade


manutenção preventiva refrigeração de acordo com as suas aplicações e em armazém de peças
nas máquinas com as normas ISO sobressalentes e consumíveis
ferramentas seguindo b) Inspeccionar as máquinas para detectar para os trabalhos de
instruções do formador desgastes e fugas e reparar se necessário e de manutenção. Garantir a
e/ou constantes dos acordo com instruções do formador disponibilidade e a colocação
manuais de operação dos lubrificantes e agentes
c) Realizar actividades de manutenção diária,
da máquina e manter os refrigerantes no armazém e
semanal e mensal de acordo com as instruções
respectivos registos. em lugar seguro.
do formador e/ou instruções contidas nos
manuais da máquina
d) Manter registos dos trabalhos de manutenção e
cuidar do asseio e limpeza das máquinas
ferramentas e à sua volta
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de realizar trabalhos de manutenção nas
máquinas ferramentas e manter registos no livro
de história da máquina.
O candidato observa as regras de segurança e os
regulamentos ambientais pertinentes.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 36
4.3 Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial

Título da Unidade de Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial


Competência:
Descrição da Unidade de Competência:
Esta unidade de competência prepara os candidatos a realizarem operações complexas de rectificação superficial
de acordo com instruções do instrutor e/ou desenhos de engenharia.
Código: MUC054VC48-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Ajustar a rectificadora a) Classificar as formas pedras de esmeril de Número apropriado de


de superfícies para acordo com as normas ISO Rectificadoras com uma
rectificar peças de até b) Identificar os agentes de moagem, classes, quantidade suficiente de mós
às medidas e forma dureza e micro estrutura das mós e associá-las de várias classes e formas.
requeridas e de acordo com o material a trabalhar Dispositivo de fixação da peça
com dados obtidos num a trabalhar na rectificadora.
c) Rectificar peças à espessura requerida,
desenho de engenharia. Unidade de balanceamento
planicidade e forma dentro de tolerâncias
das mós. Protectores de
apertadas (classes de tolerância até h6;
diamante em quantidade
rugosidade de superfície até Rz 0,1)
suficiente.
d) Usar o agente de arrefecimento apropriado
durante a rectificação de superfícies conforme e
quando necessário
e) Balancear as mós antes da rectificação usando
a unidade de balanceamento
f) Proteger a mó usando o protector de diamante
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de ajustar a rectificadora de superfícies
para realizar rectificações, proteger as mós e
balancear as mós antes da montagem no eixo da
máquina. Prova prática para o candidato
demonstrar que é capaz de rectificar peças na
rectificadora de superfícies à espessura,
planicidade e forma dentro de tolerâncias
apertadas (classe de tolerância até h6;
rugosidade de superfície até Rz 0,1)
O candidato observa regras de segurança.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 37
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

2. Inspeccionar peças a) Escolher as ferramentas de medição e Jogo de ferramentas de


maquinadas por manómetros apropriados para verificar as medição e manómetros.
rectificação superficial dimensões (medidas) da peça trabalhada com Equipamento de ensaio de
relação às dimensões estabelecidas no desenho rugosidade de superfícies.
de engenharia.
b) Verificar as mediadas, a forma geométrica e as
tolerâncias com relação ao estabelecido no
desenho de engenharia.
c) Verificar se a rugosidade de superfície (Ra, Rz)
está de acordo com os dados do desenho técnico.
d) Identificar falhas e erros e sugerir medidas
correctivas em caso de desvio com relação às
tolerâncias previstas.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de inspeccionar peças maquinadas e
identificar falhas e erros.

3. Realizar trabalhos de a) Classificar os lubrificantes e agentes de Assegurar a disponibilidade


manutenção preventiva refrigeração de acordo com as suas aplicações e em armazém de peças
nas máquinas com as normas ISO sobressalentes e consumíveis
ferramentas seguindo b) Inspeccionar as máquinas para detectar para os trabalhos de
instruções do formador desgastes e fugas e reparar se necessário e de manutenção. Garantir a
e/ou constantes dos acordo com instruções do formador disponibilidade e a colocação
manuais de operação dos lubrificantes e agentes
c) Realizar actividades de manutenção diária,
da máquina e manter os refrigerantes no armazém e
semanal e mensal de acordo com as instruções
respectivos registos. em lugar seguro.
do formador e/ou instruções contidas nos
manuais da máquina
d) Manter registos dos trabalhos de manutenção e
cuidar do asseio e limpeza das máquinas
ferramentas e à sua volta
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de realizar trabalhos de manutenção nas
máquinas ferramentas e manter registos no livro
de história da máquina.
O candidato observa as regras de segurança e os
regulamentos ambientais pertinentes.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 38
4.4 Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de
montagem

Título da Unidade de Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de montagem


Competência:
Descrição da Unidade de Competência:
O presente padrão de competência habilita os candidatos a realizarem montagens e desmontagens de engenhos
mecânicos e elementos de máquinas tais como quadro de contactores, rolamentos, rolamentos em chumaceiras,
etc., usando vários métodos de montagem. Ele/Ela escolherá as ferramentas apropriadas, instrumentos de
medição e lubrificantes.
Código: MUC054VC39-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Identificar diferentes a) Planear sequência correcta das etapas de Jogos de elementos de


tipos de elementos de trabalho montagem e jogos de
montagem/ligações, b) Planear e usar as ferramentas de montagem ferramentas de montagem
montá-los e desmontá- apropriadas de acordo com o trabalho a realizar apropriadas.
los usando ferramentas c) Classificar as uniões de veios, uniões cónicas,
especiais de montagem. uniões articuladas de veios e juntas de
interferência, montá-las e desmontá-las de forma
profissional
d) Calcular a tensão de cisalhamento das uniões
de veios para determinados valores de torque
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita n qual o candidato submete um
plano com uma sequência de etapas correcta.
Prova prática através da qual o candidato
demonstra que é capaz de montar e desmontar
vários tipos de uniões de veios de forma
profissional.
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

2. Montar e desmontar a) Montar rolamentos móveis em veios e nas Oficina mecânica de


rolamentos móveis e chumaceiras tendo em conta aos ajustamentos bancadas
rolamentos fixos necessários (ajustamentos com aperto e com Jogos de conjuntos de
(chumaceiras) nos veios folga) de acordo com os requisitos do desenho. rolamentos de montagem de
usando ferramentas de b) Montar as chumaceiras nos veios usando fabricantes de rolamentos
montagem apropriadas. diferentes métodos de montagem, ex: móveis
aquecimento em banho de óleo para alagar o Jogos de ferramentas de
diâmetro da chumaceira ou arrefecimento do veio montagem para montagem de
para reduzir o seu diâmetro. rolamentos
Requisitos para Apresentação de Evidências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 39
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:
Observação e registos do formador. Banho de Óleo
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de montar e desmontar rolamentos móveis
e chumaceiras nos veios e nos apoios de forma
profissional.
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

3. Montar polias, vedantes, a) Classificar polias: polias em V, correias Oficina Mecânica de


uniões, guias de dentadas, guias de correntes e guias de Bancadas.
parafusos e de engrenagens. Conjunto de ferramentas de
engrenagens usando b) Verificar a tensão das correias e ajustá-la para montagem para montagem de
ferramentas de os níveis correctos. polias, guias de parafusos e
montagem apropriadas. c) Verificar o desgaste e a distensão das correias engrenagens e uniões.
e substituir as correias estragadas, se necessário Jogo de instrumentos de
d) Montar e desmontar polias e uniões – verificar medição.
desgaste e desalinhamentos.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Observação e registos do formador.
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de montar e desmontar polias, guias de
engrenagem e juntas e ainda verificar desgastes
e substituir peças danificadas.
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

4. Identificar elementos de a) Identificar defeitos, desgaste, corrosão e micro Oficina Mecânica de


máquinas danificados e fissuras em elementos de máquinas Bancadas.
substituí-los usando b) Substituir peças defeituosas por peças Equipamento de Laboratório
ferramentas de sobressalentes ou por fabricação de novas para identificar micro fissuras
montagem apropriadas. c) Protocolar os trabalhos de inspecção e em elementos de máquinas.
reparação realizados no livro de registos de Jogo de ferramentas de
manutenção. montagem.
Requisitos para Apresentação de Evidências Jogo de instrumentos de
medição.
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de identificar e descobrir elementos de
máquinas desgastadas e danificadas em
conjuntos de montagem.
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de substituir elementos de máquinas
desgastados e defeituosos.
O candidato observa regras de segurança.
Prova escrita no livro de registo de manutenção.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 40
4.5 Documentar e Simular os Trabalhos de Manutenção de Máquinas

Título da Unidade de Documentar e Simular os Trabalhos de Manutenção de Máquinas


Competência:
Descrição da Unidade de Competência:
O presente padrão de competência habilita os candidatos a realizarem montagens e desmontagens de engenhos
mecânicos e elementos de máquinas tais como quadro de contactores, rolamentos, rolamentos em chumaceiras,
etc., usando vários métodos de montagem. Ele/Ela escolherá as ferramentas apropriadas, instrumentos de
medição e lubrificantes.
Código: MUC054VC39-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Simular a montagem de a) Familiarizar-se com ferramentas de simulação PC's e programa CAD ex.
unidades mecânicas ou do programa informático CAD SolidWorks
subconjuntos de b) Simular movimento rotativo e linear
montagem usando o c) Verificar colisões e alterar design se necessário
software 3D CAD similar
ao SolidWorks. Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e prática para o candidato
demonstrar que é capaz de montar e simular
movimentos de elementos de máquinas em
montagens com o programa informático CAD no
computador.
2. Documentar os a) Identificar fontes de acidentes e perigos para a Regulamento de Segurança
trabalhos de saúde na oficina.
manutenção, reparação b) Sugerir medidas de segurança para evitar Sinais de aviso e símbolos
e montagem e acidentes relativos à segurança no
apresentar os Requisitos para Apresentação de Evidências
trabalho.
procedimentos ao
plenário. Prova escrita e/ou oral na qual o candidato deverá
demonstrar que é capaz de listar fontes de
acidentes na oficina mecânica
Prova oral na qual o candidato deve demonstrar
que pode interpretar símbolos e sinais de aviso

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 41
4.6 Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Título da Unidade de Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para componentes


Competência mecânicos
Descrição da Unidade de Competência
O presente padrão de competência prepara os candidatos a procederem à alteração das propriedades dos
materiais através de processos de tratamento térmico e a testarem e verificarem as propriedades mecânicas e
tecnológicas de componentes mecânicos.
Código: MUC054VC311-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Descrever os efeitos da a) Explicar os efeitos do teor do carbono na Definições das propriedades


componente carbono no dureza, fragilidade (facilidade de quebrar) e mecânicas tais como dureza,
aço e nas propriedades endurecimento do aço. fragilidade, elasticidade, força
do mesmo. b) Descrever os efeitos do teor do carbono nas de tracção etc., e
propriedades tecnológicas do aço tais como as propriedades tecnológicas tais
propriedades de corte, soldabilidade, como propriedades de corte,
maleabilidade, etc. soldabilidade,
endurecibilidade, etc.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Manuais sobre materiais de
Prova escrita e/ou oral para o candidato engenharia, diagramas,
demonstrar que é capaz de descrever os efeitos posters.
do teor do carbono nas propriedades mecânicas e Amostras de componentes em
tecnológicas do aço. aço carbono com teores de
carbono diferentes.
2. Explicar o diagrama de a) Definir a micro estrutura do aço, Diagrama de equilíbrio ferro-
equilíbrio ferro-carbono nomeadamente a ferrite, perlite, austenite, carbono para aços
martensite, cementite e ponto eutéctico carbónicos.
b) Explicar os diferentes tipos de unidades Manuais de engenharia de
celulares no aço: centralizado no corpo e materiais
centralizado na face Quadros de parede e/ou
c) Explicar a estrutura de treliça do aço transparências sobre o
d) Descrever as alterações da estrutura cristalina diagrama de equilíbrio ferro-
na sua interdependência com a componente carbono
carbono e com a temperatura Modelos de células unitárias
Requisitos para Apresentação de Evidências
tais como o centralizado no
corpo, centralizado na face,
Prova escrita e/ou oral para o candidato hexagonal
demonstrar que é capaz de reconhecer a micro
estrutura do aço e o diagrama de equilíbrio ferro-
carbono.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 42
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

3. Realizar tratamentos a) Classificar os diferentes métodos de tratamento O mesmo que no elemento de


térmicos do aço térmico dos aços: recozimento, endurecimento competência anterior.
estrutural e endurecimento superficial
b) Realizar recozimento de aços tais como:
Normalização, têmpera, recristalização,
amaciamento, recozimento total
c) Realizar endurecimento transversal de
diferentes tipos de componentes de aço usando o
meio de extinção apropriado e processos de
têmpera apropriados
d) Desenhar o diagrama Tempo vrs temperatura
para processos de endurecimento e de têmpera
e) Explicar os diferentes tipos de processos de
endurecimento superficial
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que é capaz de descrever e explicar
os diferentes processos de tratamento térmico.
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de recozer e endurecer aços para atingir as
propriedades prescritas.
4. Classificar os diferentes a) Ensaio de dureza: Vickers, Rockwell, Brinell O mesmo que no anterior
tipos de métodos de b) Ensaio de tracção elemento de competência
testagem de materiais c) Ensaio de flexão
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode descrever e explicar
diferentes métodos de ensaios de dureza, o
ensaio de tracção e o ensaio de flexão.

5. Realizar ensaios de a) Identificar e seleccionar o método de ensaio de Máquina de teste universal de


resistência dureza mais indicado para determinado trabalho dureza e respectivo jogo de
b) Preparar o equipamento de ensaio de dureza acessórios. Amostra/peça a
para realizar ensaios e calibrar a máquina de ser testada. Tabelas técnicas
ensaio de dureza e fichas de protocolo.
c) Realizar o ensaio de dureza, protocolar as
leituras e interpretar os resultados
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de testar correctamente a dureza duma
determinada peça, interpretar os resultados do
ensaio e verificar a sua conformidade com os
dados constantes nos documentos técnicos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 43
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

6. Realizar ensaios de a) Definir e explicar os termos técnicos usados no Equipamento de ensaio de


tracção e de flexão ensaio de tracção: Stress, tensão, elasticidade, tracção e de flexão.
limite de elasticidade, alongamento, ruptura Tabelas técnicas e fichas de
b) Ajustar a máquina de ensaio de tracção protocolo.
c) Realizar ensaios de tracção para diferentes
tipos de materiais
d) Interpretar o diagrama stress-tensão obtido
para o teste
e) Calcular a força de tracção para elementos de
máquinas considerando o factor segurança
f) Realizar o ensaio de flexão para diferentes
amostras de ensaio, interpretar e protocolar
resultados
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de realizar correctamente o ensaio de
tracção e interpretar resultados.
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de realizar correctamente o ensaio de
flexão para diferentes amostras de materiais,
interpretar e protocolar resultados.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 44
4.7 Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e
hidráulicos

Título da Unidade de Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e hidráulicos


Competência
Descrição da Unidade de Competência
O presente padrão de competência prepara os candidatos a Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo
pneumáticos e hidráulicos e a instalá-los no quadro de controlo. Os candidatos realizarão os testes necessários
para encontrar defeitos (falhas) e procederão à correcção de problemas nos circuitos de controlo hidráulico e
pneumático.
Código: MUC054VC312-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Descrever controlo a) Distinguir circuitos de controlo abertos dos Laboratório de pneumática.


automático, sinais de circuitos de controlo fechados (com retorno) Quadros de parede e/ou
fluxo, circuito de b) Desenhar diagramas de bloco e sinalizar modelos de vários tipos de
controlo aberto e diagramas de fluxo para determinadas aplicações compressores.
fechado com ajuda de c) Descrever as propriedades dos gases e Manuais e tabelas técnicas.
diagramas de bloco e explicar o tipo de compressores usados para a
diagramas de etapas. produção de ar comprimido (compressor de
pistão, compressor, Compressor de Raízes) e o
equipamento para o transporte de ar comprimido
(válvula de estrangulamento, unidade de serviço,
tubagem, acoplamentos, etc.)
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode descrever as propriedades
dos gases e explicar o tipo de compressores
usados na produção de ar comprimido
(compressor de pistão, de ventoinha e de raízes)
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode desenhar/conceber
digramas de bloco e sinalizar os diagramas de
fluxo para determinadas aplicações

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 45
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

2. Identificar os a) Explicar os elementos de controlo, cilindros, O mesmo que no elemento de


equipamentos usados válvulas e interruptores e respectivos símbolos de competência anterior.
nos sistemas de ar acordo com as normas ISO
comprimido e circuitos b) Descrever circuitos de controlo eléctricos e os
pneumáticos seus elementos usados na pneumática e explicar
seus símbolos de acordo com as normas ISO
c) Relacionar os controlos com cilindros de acção
simples e dupla com as respectivas válvulas
pneumáticas de solenoide
d) Explicar “relações E” e “relações OU” no
desenho dos circuitos e descrever as funções da
regra de distâncias nos cilindros
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode descrever elementos de
controlo eléctrico e pneumático usados nos
circuitos pneumáticos.
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode explicar os elementos de
controlo eléctrico e pneumático usados nos
cilindros de acção simples e dupla.
3. Conceber vários a) Estudar aplicações práticas de determinados Exemplos de aplicações
circuitos de controlo diagramas e conceber os respectivos circuitos, práticas da pneumática na
pneumático para sem e com sequência de controlo, incluindo indústria e sua conversão em
determinadas elementos de controlo eléctricos circuitos de controlo
aplicações usando b) Testar circuitos de controlo pneumático com pneumático.
programas informáticos ajuda do computador (ex: programa FluidSim) Laboratório de pneumática
(ex: FluidSim). antes de conectar ao quadro de comandos com quadro de comandos,
c) Instalar os elementos pneumáticos de acordo sistema de ar comprimido, e
Ensaiar os circuitos
com o desenho do circuito de controlo pneumático jogos completos de elementos
pneumáticos no quadro
no quadro de controlo de controlo pneumático e
de comandos e resolver
eléctrico e cilindros (macacos)
falhas caso existam. d) Testar o circuito de controlo pneumático e em
pneumáticos.
caso de problemas, encontrar e corrigir as falhas
Quadros de parede, manuais
Requisitos para Apresentação de Evidências e tabelas técnicas.
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode testar circuitos pneumáticos com ajuda de
aplicações informáticas como por exemplo o Fluid
Sim.
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode instalar circuitos pneumáticos no quadro de
comandos e testá-los.
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode resolver problemas em circuitos de controlo
pneumático.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 46
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

4. Explicar os princípios a) Descrever as unidades de pressão, caudal Manuais, tabelas técnicas,


físicos dos sistemas volumétrico, e o princípio de pressão hidráulica. quadros de parede e
hidráulicos b) Calcular as forças que actuam no pistão, diagramas disponíveis com
velocidade do fluido na correlação com o caudal componentes hidráulicos
volumétrico e a secção transversal do tubo. disponibilizados pelo
fabricante.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode descrever termos técnicos
usados na hidráulica e calcular pressão, forças,
secções transversais dos tubos e dos cilindros
(macacos), caudal volumétrico e velocidade nas
instalações hidráulicas.

5. Identificar os a) Explicar os elementos de controlo hidráulicos, Manuais, tabelas técnicas,


equipamentos usados macacos, válvulas, interruptores, tubos e uniões quadros de parede e
nos sistemas hidráulicos de tubos e respectivos símbolos de acordo com diagramas com componentes
e descrever os as normas ISO e descrever as respectivas hidráulicos do fabricante.
respectivos elementos: funções Protótipos/amostras de
macacos hidráulicos, b) Descrever as precauções de segurança a elementos hidráulicos usados
válvulas de controlo, serem observadas nas instalações hidráulicas nos circuitos hidráulicos.
interruptores, c) Calcular forças que actuam no pistão, Equipamento laboratorial para
tubagem/mangueiras, velocidade do fluido na correlação com o caudal e demonstrar fluxos laminares e
bombas hidráulicas e secção transversal do tubo turbulentos.
respectivos símbolos
d) Distinguir fluxo laminar e fluxo turbulento de
nos circuitos de acordo
fluidos e explicar o número de Reynold
com as normas ISO
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que é capaz de descrever os
elementos usados nos circuitos hidráulicos e
enumerar as respectivas funções.
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode calcular as forças, o caudal
volumétrico e a velocidade dos fluidos em
circuitos hidráulicos.
6. Conceber circuitos a ) Estudar aplicações práticas, fazer diagramas e Quadro hidráulico de
hidráulicos e montá-los desenhar circuitos hidráulicos respectivos, sem e comandos com bomba
no quadro de comandos com sequência de controlo, incluindo elementos hidráulica e um jogo completo
de controlo de componentes de controlo
b) Testar os circuitos de controlo hidráulicos com hidráulico bem como macacos
ajuda do computador (ex: programa FluidSim) hidráulicos
antes da montagem no quadro de comandos Modelos de cortes
c) Instalar os elementos hidráulicos de acordo transversais de componentes
com o desenho do circuito hidráulico no quadro hidráulicos para visualizar a
de comandos sua construção e funções
d) Testar o circuito hidráulico e em caso de Posters e quadros de parede
problemas, detecta-los e corrigi-los com ilustrações de
componentes dos circuitos
Requisitos para Apresentação de Evidências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 47
Elemento de Competência: Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:
Prova prática para o candidato demonstrar que hidráulicos
pode testar circuitos hidráulicos com ajuda do
computador (ex: programa Fluid Sim).
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode instalar circuitos hidráulicos no quadro de
comandos e testá-los, observando as normas de
segurança aplicáveis.
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode detectar e resolver problemas em circuitos
hidráulicos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 48
4.8 Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem

Título da Unidade de Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes


Competência manufacturados e conjuntos de montagem
Descrição da Unidade de Competência
O presente padrão de competência prepara os candidatos a avaliarem a qualidade dos trabalhos realizados e
verificar se os componentes produzidos satisfazem os requisitos estabelecidos nos documentos técnicos..
Código: MUC054VC314-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Descrever as a) Definir as tolerâncias de forma tais como a Um conjunto de componentes


tolerâncias de forma, rectilinearidade, a planicidade o paralelismo, a mecânicos com respectivos
identificar os símbolos perpendicularidade, a angularidade e a desenhos de engenharia nos
normalizados das concentricidade e associá-los com a simbologia quais estão patentes os
tolerâncias de forma e prevista nas normas ISO valores das tolerâncias de
usar os métodos de b) Inspeccionar tolerâncias de forma em forma
ensaio apropriados para componentes mecânicos e confrontar os Equipamentos/instrumentos
determinar a qualidade resultados das medições com os dados do de medição que permitem
do trabalho. desenho de engenharia medir tolerâncias de forma.
c) Registar os resultados das medições nas fichas (Mesa de medição,
de protocolo indicadores analógicos com
respectivos tripés, blocos de
Requisitos para Apresentação de Evidências medição quadriculados com
Prova escrita e/ou oral para o candidato stands, esquadros
demonstrar que pode inspeccionar tolerâncias de rectangulares, Esquadros em
forma em componentes mecânicos e confrontar V, manómetros (blocos
os resultados com os dados apresentados nos padrão etc.)
desenhos de engenharia. Posters, quadros de parede,
Prova prática para o candidato demonstrar que é Tabelas técnicas, manuais
capaz de inspeccionar correctamente as
tolerâncias de forma em componentes mecânicos.

2. Inspeccionar cones a) Calcular o ângulo e a inclinação do cone Os Contextos de aplicação:


usando métodos de b) Ajustar instrumentos de medição (manómetro para este elemento de
ensaio apropriados medidor de cones - bitola, manómetro anelar de competência são
medição de cones - bitola anelar, barra de sine, apresentados na sua
Indicador analógico, manómetros de blocos) na plenitude nos critérios de
mesa de medição desempenho
c) Realizar as inspecções e confrontar resultados
com os dados apresentados nos desenhos de
engenharia
Requisitos para Apresentação de Evidências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 49
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de medir cones em componentes
mecânicos

3. Inspeccionar dentes a) Descrever os diferentes métodos de inspecção Um quite completo de


(ranhuras e chavetas) de dentes (ranhuras e chavetas) e sugerir o manómetros dentados e
usando o método método recomendado para cada trabalho instrumentos de medição
apropriado apresentado necessários: Manómetro
b) Realizar inspecções de dentes (ranhuras e medidor de rebaixos,
chavetas), determinar o tipo, medidas e qualidade Manómetro de rebaixos em
anel, micrómetro, lentes
Requisitos para Apresentação de Evidências ampliadoras, bitola de fio e
Prova escrita e/ou oral para o candidato calibre desejável: Projectos
demonstrar que pode sugerir os métodos de de perfil
inspecção de dentes (ranhuras e chavetas)
apropriados para determinados peças
apresentados
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de inspeccionar correctamente dentes
(ranhuras e chavetas) usando o método
apropriado para os casos apresentados
4. Realizar controlo de a) Explicar os elementos da gestão de qualidade Jogo completo de
qualidade b) Definir os termos técnicos usados em gestão instrumentos de inspecção e
da qualidade: requisitos da qualidade, tipos de de medição
defeitos, ferramentas de gestão da qualidade, Fichas de controlo de
controlo de qualidade, garantia da qualidade, qualidade
“Curva de distribuição de Gaus”, amostragem Programa informático de
aleatória, Inspecção 100%, KAIZEN controlo de qualidade
c) Realizar inspecções de séries de componentes Quadros de parede,
mecânicos, registando e analisando os resultados diagramas, Tabelas técnicas,
nas fichas de controlo de qualidade manuais.
d)Introduzir o processo de melhoria contínua
(CIP) ou KAIZEN
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de inspeccionar correctamente séries de
componentes mecânicos, analisar a qualidade
com ajuda das fichas de controlo de qualidade e
melhorar continuamente a qualidade de
fabricação com ajuda do CIP ou KAIZEN

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 50
4.9 Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Título da Unidade de Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais


Competência
Descrição da Unidade de Competência
O presente padrão de competência prepara os candidatos a cumprir e contribui nas rotinas típicas de trabalho em
empresas nas condições reais e efectivas de trabalho com supervisão limitada.
Código: MUC054VC315-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Realizar tarefas típicas a) Aplicar as habilidades técnicas, competências Formador mantém contacto
do trabalho de produção e conhecimentos sobre as matérias adquiridos na regular com a fábrica e
mecânica Escola sob condições reais de trabalho em fábrica monitora os progressos do
b) Perceber o carácter sério das condições de estudante em estágio no seu
trabalho na empresa e a necessidade de local de trabalho.
eficiência e alta qualidade de produção Estudantes registam os seus
c) Exercitar trabalho de equipa, responsabilidade progressos a cerca das
e confiabilidade habilidades e conhecimentos
da matéria no seu livro de
Requisitos para Apresentação de Evidências registos.
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode aplicar as habilidades e
conhecimentos da matéria adquiridos na escola
no ambiente de trabalho real de fábrica.
Prova prática para o candidato demonstrar que
pode satisfazer os requisitos eficiência e
qualidade na fábrica

2. Manter registos das a) Escrever uma descrição das tarefas para as Registos no respectivo Livro
suas tarefas quais é destacado diariamente. Registo das visitas dos
b) Descrever o processo de produção típico da formadores aos estudantes
sua fábrica em estágio no seu ambiente
c) Explicar os problemas encontrados e descrever de trabalho na fábrica
as soluções adoptadas para a sua resolução
d) Explicar a relevância do trabalho em equipa no
seu local de trabalho, confiabilidade e
responsabilidade
Requisitos para Apresentação de Evidências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 51
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:
Prova prática para o candidato demonstrar que é
capaz de trabalhar sob stress nas condições reais
de fábrica e cumprir com os calendários bem
como com os requisitos de qualidade.
Prova escrita e/ou oral para o candidato
demonstrar que pode manter registos das suas
tarefas.

3. Aplicar medidas de a) Estudar os regulamentos de segurança no seu Registos mantidos no


saúde e segurança local de trabalho e estar pronto para situações respectivo livro a cerca de
que exigem mediadas de primeiros socorros regulamentos de segurança
b) Identificar fontes de acidentes na fábrica, no local de trabalho
reportá-los aos seus superiores e sugerir medidas Registos e análises de
apropriadas (contra-medidas) acidentes (caso ocorram) na
c) Aplicar regulamentos de protecção ambiental fábrica
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática para o candidato demonstrar que
observa os regulamentos de segurança na fábrica

4. Descrever as aplicações Produzir um dossier completo sobre os processos Reflexão sobre funções
técnicas do ambiente de de planeamento e execução dum projecto numa técnicas: Descrevendo
trabalho. base semanal em tarefas industriais princípios de trabalho;
Requisitos para Apresentação de Evidências
Desenhos e ilustrações
gráficas de projectos
Evidência escrita de que candidato é capaz de complexos
apresentar um dossier completo dum projecto
industrial incluindo auto avaliação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 52
4.10 Projecto Integrativo = Exame Final

Título da Unidade de Projecto Integrativo = Exame Final


Competência
Descrição da Unidade de Competência
O presente padrão de competência prepara os estudantes a seleccionar, planear, organizar e executar um projecto
com um mínimo de supervisão
Código: MUC054VC416-M Nível QNQP: Certificado Profissional 4
Campo: 05 Engenharia e Fabricação Sub Campo: 04 Mecânica
Data de Registo: Data de Revisão do
Registo:

Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

1. Planear Projectos a)Planificar um projecto integrativo e produzir os Projectos mecânicos


mecânicos avançados documentos necessários integrando as habilidades
b) Considerar aspectos económicos (cálculo de práticas básicas dos
custos, aspectos ambientais, uso eficiente dos certificados profissionais do
materiais e de energia) do projecto nível 3 e 4.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Cálculos necessários,
desenhos de engenharia e
Prova escrita: O candidato terá de produzir planos de produção relativos
documentos de planeamento tais como desenhos, ao trabalho do projecto.
listas de materiais, listas de ferramentas, cálculos
técnicos para o projecto mecânico.
2. Executar projectos Realizar o projecto integrativo incluindo as Equipamentos, ferramentas,
mecânicos complexos inspecções necessárias, testes de funcionamento instrumentos de medição e
incluindo ensaios finais. e de segurança materiais para o projecto
Considerar os aspectos económicos do projecto mecânico.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova prática: o candidato terá de demonstrar que
é capaz de executar um projecto mecânico
complexo num período de tempo definido. O
candidato deverá demonstrar inspecções, testes
de funcionamento e habilidade de trabalhar de
forma segura e respeitando os regulamentos de
segurança

3. Produzir a Produzir a documentação relativa aos processos Incluem desenhos técnicos, a


documentação de de planificação e execução do projecto documentação não deve
projecto mecânico integrativo. ultrapassar as 12 páginas.
avançado (complexo). Requisitos para Apresentação de Evidências A documentação deve ser
produzida usando aplicações
Prova escrita, o candidato terá de apresentar um informáticas.
dossier completo e estruturado com os
documentos do projecto.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 53
Elemento de Competência Critérios de Desempenho Contextos de aplicação:

4. Entregar um projecto Apresentar o projecto integrativo. A apresentação deverá incluir,


mecânico avançado Responder a questões profissionais sobre o sempre que possível, as
(complexo) projecto integrativo. visualizações aplicáveis.
Requisitos para Apresentação de Evidências
Prova oral, o candidato terá de fazer uma
apresentação de 10 minutos sobre o projecto
executado. Ela/Ele deverá responder a questões
profissionais a cerca de detalhes técnicos do
projecto.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 54
5 Módulos de Habilidades Genéricas
5.1 Definir objectivos para a vida

Título do Módulo: Definir Objectivos para a Vida

Número do Módulo: HG014001

Data da validação: 04 de Junho de 2009

Nível do QNQP: 04

Valor de Crédito: 02

Requisitos de Entrada: Qualquer candidato que conclua com êxito o Certificado


Vocacional 3

Introdução da Unidade de Competência:

No fim desta unidade de competência, o candidato deve ser capaz de explicitar as principais
opções que vão orientar o desenvolvimento pessoal e profissional do candidato e possuir
instrumentos para o acompanhamento e ajustamento das mesmas;

Resumo dos Resultados de Aprendizagem:

Em relação a definir objectivos para a vida:

1. Definir objectivos pessoais;

2. Demonstrar proactividade; e

3. Gerir as finanças pessoais.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 55
Título do Módulo: Adefinir objectivos para a vida

Resultado de Aprendizagem 1: Definir objectivos pessoais

Critérios de desempenho:

(a) Explicita os seus valores pessoais e a sua razão de ser;

(b) Visualiza o seu futuro, nas várias dimensões;

(c) Define metas intermédias para o alcance dos objectivos de


futuro; e

(d) Reconhece a importância de dar-se tempo a si próprio para


avaliar o grau de alcance das metas.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Pessoal e familiar

Evidências Requeridas:
Evidência escrita e orais de que o candidato:
 Discute e identifica a razão de ser como indivíduo;
 Com base numa lista de valores e seleccionando apenas sete, elabora a sua
carta de valores e justifica a relação entre os valores e a sua razão de ser;
 De acordo com um modelo pré-definido, clarifica a sua visão pessoal em
termos das dimensões social, profissional, financeira e de saúde através de um
exercício de visualização e mapeamento;
 De acordo com um modelo pré-definido, elabora o mapa de metas anuais
pessoais para o alcance da visão pessoal; e
 Dá exemplos de como, na sua vida prática, monitora as suas metas,
justificando a importância de monitorar o seu mapa de
metas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 56
Título do Módulo: Adefinir objectivos para a vida

Resultado de Aprendizagem 2: Demonstrar proactividade

Critérios de desempenho:
(a) Conhece as suas forças e fraquezas;
(b) Identifica e procura oportunidades;

(c) Não tem dificuldade em mudar a sua posição quando


confrontado com argumentos válidos; e
(d) Gere as suas emoções de forma a não prejudicar os
resultados que quer atingir.

Âmbito de Aplicação:
Contexto Social: Pessoal, amigos, familiares, etc.
Contexto da Formação: Na sala de aulas
Contexto Profissional: Nas actividades profissionais.

Evidências Requeridas:

Evidência escrita e orais de que o candidato:

 Analisa os seus pontos fortes e fracos numa matriz SWOT individual; e

 De acordo com um estudo de caso sobre opções de vida, explica como, a partir
das oportunidades presentes no caso se relacionam com os seus objectivos
pessoais e escolha das várias alternativas apresentadas as que melhor se
adequam aos objectivos.

Evidência através de simulação ou dramatização:

 Numa dinâmica de grupo, onde os candidatos são colocados em situações de


tensão emocional ou de mudança necessária, observam controlo emocional.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 57
Título do Módulo: Adefinir objectivos para a vida

Resultado de Aprendizagem 3: Gerir as finanças pessoais

Critérios de desempenho:

(a) Identifica as fontes de receita e as fontes de despesa


pessoais, através de um orçamento pessoal;

(b) Traduz os seus objectivos pessoais em necessidades de


investimento;

(c) Preenche correctamente os formulários bancários; e

(d) Calcula os seus impostos e taxas pessoais e preenche as


respectivas declarações.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Pessoal e da família.

Evidências Requeridas:

Evidências escritas e orais de que o candidato:

 Elabora o orçamento pessoal, considerando todas as receitas e despesas


pessoais e as necessidades de investimento;

 Explica as diferenças entre as contas correntes e contas a prazo;

 Preenche os formulários que se utilizam pelos bancos; e

 Preenche a declaração de IRPS.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 58
NOTAS DE SUPORTE

Horas Normativas
de Aprendizagem: O tempo normativo de aprendizagem para este módulo é de 20
horas

Propósito: Esta unidade de competência é concebida para permitir que o


formando adquira conhecimentos sobre como definir objectivos
para a vida individual e profissional

Conteúdo da Unidade de Competência:

Explicação das principais opções que vão orientar o desenvolvimento pessoal e profissional
do candidato e domínio dos instrumentos para o acompanhamento e ajustamento das mesmas;

Contexto da Unidade de Competência: O formador deverá combinar métodos activos e


centrados no candidato, utilizando:

 Aulas expositivas sobre os elementos de competência da unidade;

 Simulações ou dramatizações - dinâmica de grupo, onde os candidatos são colocados


em situações de tensão emocional ou de necessidade de mudança, para observar o
controlo emocional;

 Exercícios práticos sobre elaboração de orçamento individual, analise SWOT


individual, preenchimento de formulários bancários e de declaração do Imposto sobre
Rendimento de Pessoas Singulares (IRPS);

 Estudo de caso sobre opções de vida; e

 Outras actividades ou metodologias que o formador considerar adequadas para o


candidato dominar as matérias desta unidade de competência.

Abordagem da Avaliação: A avaliação de todos os resultados de aprendizagem deverá


baseara-se na combinação de Avaliações Formativa e Somativa
(exercícios, provas escritas ou orais)

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 59
Progressão: Esta unidade de competência faz parte do Certificado
Vocacional 4 da ocupação de técnico de Contabilidade na área
de Administração e Gestão. Os formandos com êxito neste e
nos restantes módulos que compõem a qualificação poderão
avançar para o Certificado Vocacional de nível 5.

Bibliografia:

Amorim, Dário. (2006) 51 Dicas para a conquista da


automotivação: o caminho mais curto para o sucesso. Rio
de Janeiro: Qualitymark.

Danny, Richard. (1998) Motivação para vencer: técnicas


comprovadas para um melhor desempenho. Lisboa:
Clássica Editora.

Dias, Fernando. (2004) “Relações Grupais e Desenvolvimento


Humano” Lisboa: Instituto Piaget

Sequeira, J. (2003). Desenvolvimento pessoal. Lisboa: 4ª ed.,


Monitor.

Direitos Autorais: PIREP 2009

Esta unidade de competência é um esboço somente para uso pela Fase-Piloto de Moçambique
(PIREP), para fins de formação, durante esta etapa de desenvolvimento do programa. Não
deve ser usado para qualquer outro fim ou razão sem a permissão expressa do Director do
PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 60
5.2 Adoptar hábitos de vida saudáveis

Título do Módulo: Adoptar Hábitos de Vida Saudáveis

Número do Módulo: HG014002

Data da validação: 04 de Junho de 2009

Nível do QNQP: 04

Valor de Crédito: 02

Requisitos de Entrada: Qualquer candidato que conclua com êxito o Certificado Vocacional
3

Introdução da Unidade de Competência:

No fim desta unidade de competência, o candidato deve ser capaz de conhecer, descrever e
exercitar comportamentos e práticas que levem à adopção de hábitos de vida saudável, em
termos nutricionais e de higiene, evitando comportamentos de riscos e tendo um
comportamento social e sexual responsável e ético

Resumo dos Resultados de Aprendizagem:

Em relação a adoptar hábitos de vida saudáveis:

1 Demonstrar um comportamento saudável em termos nutricionais;

2 Demonstrar hábitos de higiene pessoal;

3 Planificar o seu tempo de modo de modo a equilibrar o trabalho físico, intelectual


e o lazer;

4 Entender e evitar os comportamentos de risco;

5 Entender as formas de transmissão do HIV; e

6 Conhecer os direitos das pessoas vivendo com HIV.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 61
Título do Módulo: Adoptar habitos de vida saudáveis

Resultado de Aprendizagem 1: Demonstrar um comportamento saudável em termos


nutricionais

Critérios de desempenho:
(a) Sabe as regras para seguir uma dieta semanal equilibrada;

(b) Identifica a importância nutricional de cada grupo de


alimentos; e

(c) Interpreta correctamente os rótulos que contém informação


nutricional.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Pessoal e familiar

Evidências Requeridas:

Evidências escrita e orais de que o candidato:

 Elabora um plano para uma dieta semanal com base na importância nutricional
de cada alimento; e

 Demonstra interpretar correctamente a informação nutricional.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 62
Título do Módulo: Adoptar habitos de vida saudáveis

Resultado de Aprendizagem 2: Demonstrar hábitos de higiene pessoal

Critérios de desempenho:

(a) Conhece as regras de higiene pessoal; e

(b) Identifica os riscos associados com a falta de higiene


pessoal.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Pessoal e familiar

Evidências Requeridas:

Evidências escritas e orais de que o candidato:

 Discute as regras de higiene e os riscos associados à ausência de higiene; e

 Demonstra ter uma preocupação permanente com a sua higiene pessoal.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 63
Título do Módulo: Adoptar habitos de vida saudáveis

Resultado de Aprendizagem 3: Planificar o seu tempo de modo a equilibrar


o trabalho físico, intelectual e o lazer

Critérios de desempenho:

(a) Identifica os sinais de stress e suas causas; e

(b) Define a sua agenda de trabalho tomando em consideração


as suas tarefas, as horas de descanso, as horas de lazer e o
tempo dedicado ao exercício físico.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Pessoal e familiar

Contexto Profissional: Nas actividades profissionais

Evidências Requeridas:

Evidências orais ou escritas de que o candidato:

 Discute os possíveis sintomas de stress em si e nos seus colegas;

 Discute as causas deste stress e propõe medidas para a sua solução; e

 Faz o seu plano semanal de acordo com uma agenda equilibrada.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 64
Título do Módulo: Adoptar habitos de vida saudáveis

Resultado de Aprendizagem 4: Entender e evitar os comportamentos de risco

Critérios de desempenho:

(a) Reconhece a pressão dos pares como factor de


vulnerabilidade para relações sexuais desprotegidas;

(b) Conhece os efeitos do álcool e outras drogas no


comportamento pessoal, social e profissional; e

(c) Reconhece a importância de um equilíbrio para a vida e


desenvolvimento pessoal.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Amigos, namorados, familiares, etc.

Evidências Requeridas:

Evidências escritas ou orais de que o candidato:

 Discute e exemplifica a importância de um equilíbrio bio-psico-social

 Discute e exemplifica formas de pressão de pares

 Discute e explica os efeitos do álcool e de outras drogas no comportamento


pessoal e suas implicações num contexto social e num contexto profissional

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 65
Título do Módulo: Adoptar habitos de vida saudáveis

Resultado de Aprendizagem 5: Entender as formas de transmissão do HIV

Critérios de desempenho:

(a) Conhece as práticas sexuais seguras para evitar a infecção


pelo HIV;

(b) Reconhece outras formas de transmissão da infecção pelo


HIV;

(c) Reconhece os próprios mitos, crenças e preconceitos que


dificultam a adopção de práticas sexuais seguras e outras
condutas preventivas; e

(d) Reconhece situações de risco relacionadas com o trabalho


que executa ou com as características do seu local de
trabalho e sabe o que fazer em caso de suspeita de possível
infecção.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Amigos, namorados, familiares, etc.

Contexto Profissional: Nas actividades profissionais.

Evidências Requeridas:

Evidências escritas ou orais de que o candidato:

 Descreve as práticas sexuais seguras;

 Discute as possíveis situações de risco no local de trabalho e o que fazer em


caso de suspeita de infecção; e

 Discute as barreiras à adopção destas práticas;

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 66
Título do Módulo: Adoptar habitos de vida saudáveis

Resultado de Aprendizagem 6: Conhecer os direitos das pessoas vivendo com HIV

Critérios de desempenho:

(a) Reconhece a existência de discriminação contra as pessoas


que vivem com o HIV;

(b) Posiciona-se contrariamente a esta exclusão;

(c) Conhece a lei relativamente ao HIV/SIDA e sua aplicação


no local de trabalho;

(d) Conhece as alternativas para o tratamento de Infecções de


Transmissão Sexual e do HIV; e

(e) Reflecte sobre atitudes solidárias na defesa dos direitos das


pessoas que vivem com o HIV/SIDA.

Âmbito de Aplicação:

Contexto Social: Amigos, namorados, familiares, etc.

Contexto Profissional: Nas actividades profissionais.

Evidências Requeridas:

Evidências escritas ou orais:

 Discute as formas de discriminação, utilizando exemplos reais ou ficcionados;

 Descreve a legislação aplicável ao HIV/SIDA no local de trabalho;

 Descreve as possibilidades de tratamento de ITS e HIV ; e

 Discute as possibilidades de uma relação mais sã e solidária com as pessoas


que vivem com o HIV/SIDA.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 67
NOTAS DE SUPORTE

Horas Normativas
de Aprendizagem: O tempo normativo de aprendizagem para este módulo é de 20
horas

Propósito: Esta unidade de competência é concebida para permitir que os


formandos adquiram conhecimentos sobre como adoptar hábitos
de vida saudáveis.

Conteúdo da Unidade de Competência:

Conhecimentos, descrição e exercitação de comportamentos e práticas que levem à adopção


de hábitos de vida saudável, em termos nutricionais e de higiene, evitando comportamentos
de riscos e com vista a um comportamento social e sexual responsável e ético

Contexto da Unidade de Competência: O formador deverá combinar métodos activos e


centrados no candidato, utilizando:

 Aulas expositivas sobre os elementos de competência da unidade;

 Simulações ou dramatizações - dinâmica de grupo sobre comportamentos de risco


(álcool, outras drogas e HIV);

 Exercícios práticos sobre elaboração de plano de dieta semanal (baseado no equilíbrio


nutricional) e plano de actividades semanal (baseado numa agenda equilibrada entre
trabalho físico, intelectual e lazer);

 Estudo de caso sobre formas de transmissão do HIV e direitos de pessoas vivendo com
HIV; e

 Outras actividades ou metodologias que o formador considerar adequadas para o


candidato dominar as matérias desta unidade de competência.

Abordagem da Avaliação: A avaliação de todos os resultados de aprendizagem deverá


baseara-se na combinação de Avaliações Formativa e Somativa
(exercícios, provas escritas ou orais)

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 68
Progressão: Esta unidade de competência faz parte do Certificado
Vocacional 4 da ocupação de técnico de Contabilidade na área
de Administração e Gestão. Os formandos com êxito neste e
nos restantes módulos que compõem a qualificação poderão
avançar para o Certificado Vocacional de nível 5.

Bibliografia:

Carol, S. e Smith, T. (2000) Guia prático da vida saudável:


aprenda a melhorar o seu estilo de vida para ter mais
saúde e ser mais feliz. São Paulo: 2ª ed., Publifolha.

Ogata, A. e Marchi, R. (2006) Wellness: seu guia de bem-estar


e qualidade de vida. São Paulo: Campus/Elsevier.

República de Moçambique. Lei 5/2002, de 5 de Fevereiro.

Vergas, H e Silva, B. (2007) Viver mais e melhor: segredos


para uma vida saudável. São Paulo: Promovida.

Direitos Autorais: PIREP 2009

Esta unidade de competência é um esboço somente para uso


pela Fase-Piloto de Moçambique (PIREP), para fins de
formação, durante esta etapa de desenvolvimento do programa.
Não deve ser usado para qualquer outro fim ou razão sem a
permissão expressa do Director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 69
5.3 Usar o Inglês para propósitos sociais, pessoais e de negócio

Título do Módulo: Usar o Inglês para propósitos sociais, pessoais e de negócios

Número do Módulo: MO HG024001

Data da Validação: 04 de Junho de 2009

Nível do QNQP:: 04

Créditos: 02

Requisitos de Entrada: Os requisitos de entrada serão definidos pelo centro. No entanto


será benéfico se o candidato tiver completado os Módulos do Nível
3 de Inglês.

Introdução ao Módulo: Ao completer esto Módulo, os candidatos serão capazes de


comunicar, a um nível pré-intermediário, com propósitos
sociais, pessoais e profissionais quotidianos

Resumo dos Resultados de


Apredizagem
1. Participar na interacção social.

2. Usar gramática e vocabulário apropriados

3. Usar linguagem culturalmente apropriada

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 70
Título do Módulo: Usar o Inglês para propósitos sociais, pessoais e de negócio.

Resultado de Participar na interacção social.


Aprendizagem 1:

Critérios de desempenho:
(a) Usar uma diversidade de estratégias de fala e audição para
manter a comunicação

(b) As principais ideias são claramente distinguidas durante a


interacção e são apoiadas por informação apropriada ao
contexto e tópico da discussão

Contexto de Aplicação: O âmbito deste Resultado de Aprendizagem está


completamente expresso nos critérios de desempenho

Os contextos incluem:
 Contextos institucionais
 Contextos de local de trabalho/empresa
 Relações pessoais e interpessoais
 Um a um, em pequenos ou grandes grupos, com uma
audiência, por telefone.

Conteúdo inclui:
 Conhecimento: relacionado com as condições sociais,
experiências humanas e assuntos de trabalho.
 Relacionamentos: interacções no local de trabalho,
interacções no grupo.

Tipos de textos:
 Textos falados, neste nível, incluem os narrativos,
persuasivos, factuais e diários/de informação;

 Exemplos de textos falados são conversações, instrucções,


orientações, descrições, histórias.

Evidências Requeridas:
O candidato deve demonstrar capacidade de sustentar uma
interacção social numa variedade de tópicos conhecidos. A sua
participação deve ser apropriada à tarefa e natureza do grupo
e promover comunicação efectiva.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 71
Título do Módulo: Usar o Inglês para propósitos sociais, pessoais e de negócio.
Resultado de
Aprendizagem 2: Usar gramática e vocabulário apropriados;

Critérios de desempenho:
(a) As estruturas gramaticais são identificadas e utilizadas para
extrair o significado, em textos orais recebidos.

(b) As estruturas gramaticais apropriadas são utilizadas para


transmitir efectivamente o significado, em textos falados.

(c) O vocabulário é relevante e apropriado

Âmbito de Aplicação: O âmbito deste Resultado de Aprendizagem está


completamente expresso nos critérios de desempenho

As indicações contextuais incluem: partes do discurso;


palavras derivadas; palavras compostas; raíz, prefixos,
sufixos; derivadas compostas; etimologia; sinónimo,
antónimo, homónimo; homófono.

Evidências Requeridas: O candidato deve demonstrar conhecimento e usar estruturas


de linguagem e convenções para formar ou descodificar o
significado do vocabulário ou de construções não familiares.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 72
Título do Módulo: Usar o Inglês para propósitos sociais, pessoais e de negócio.

Resultado de Usar linguagem culturalmente apropriada


Aprendizagem 3:

Critérios de desempenho:
(a) Mostrar conhecimento sobre deficiência, género e linguagem
cultural sensível

(b) Expressar ideias e opiniões de modo que reflitam respeito aos


outros e sensibilidade para com as diferenças.

Âmbito de Aplicação: O âmbito deste Resultado de Aprendizagem está


completamente expresso nos critérios de desempenho

Os contextos incluem:
 contextos de género e raça
 relações pessoais e interpessoais
Os textos culturais e sociais incluem textos orais e escritos
lidando com questões culturais e sociais, textos reflectindo
atitudes perante o género, deficiência, raça e grupos étnicos

Evidências Requeridas:
O candidato deve demonstrar uma compreensão e capacidade
para identificar atitudes e valores expressos em textos orais

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 73
NOTAS DE SUPORTE

Esta parte da especificação do Módulo é fornecida como orientação. Nenhuma das secções das notas de suporte
é obrigatória.

Horas Normativas de Aprendizagem

O Programa Integrado de Reforma da Educação Profissional (PIREP) aloca um tempo normativo de


aprendizagem a uma Módulo na base do tempo estimado para o candidato alcançar os níveis
estabelecidos, cujo ponto de partida é o definido nos requisitos de entrada. O tempo normativo de
aprendizagem para este módulo é de 20 horas. O tempo normativo de aprendizagem deve ser tido
apenas como uma recomendação para o desenho e calendarização de programas de formação.

Propósito:

O propósito deste Módulo é perrmitir que os candidatos adquiram competências de


linguagem, ao nível pré-intermediário, requeridas para usar o Inglês para comunicar e
satisfazer necessidades pessoais e profissionais. Deve guiar os candidatos na aquisição de
alargadas capacidades de base em contextos de linguagem comum, ajudando-os a estabelecer
e manter relacoes sociais e de trabalho. O módulo está relacionado com a interpretação e uso
de Inglês falado na vida diária e em contextos vocacionais. Está desenhado para satisfazer as
necessidades de um vasto leque de candidatos e usuários.

CONTEÚDO/CONTEXTO Correspondendo aos resultados de aprendizagem 1-3:

Num módulo de Comunicação, Conteúdo/Contexto é melhor definido como as situações,


meios de comunicação e actividades através dos quais as capacidades relacionadas com os
resultados são praticadas e desenvolvidas. Este módulo deve fornecer oportunidades para:
 usar a linguagem para uma variedade de propósitos com um equilíbrio de usos
produtivos e receptivos apropriados às necessidades individuais do candidato: p.e.
transmitir informação sobre si próprio, o que cicunda o local de trabalho; descrever
sentimentos; argumentar e persuadir; dar apoio; colher informação; colocar perguntas;
oralmente e por escrito.
 usar linguagem numa série de situações pessoais, sociais e vocacionais: p.e. fazer uma
chamada telefónica pessoal; discutir em grupos, ouvir instruções e notícias.
 Escutar uma diversidade de mensagens que fornecem uma série de exigências: p. e.
Usar o telefone; trabalhar em grupo; escutar emissões de rádio ou televisão. Itens de
comunicação oral adequadas à avaliação sumativa lidarão com tópicos familiares ao
candidato, em termos de formato, assunto, vocabulário e propósito.

 usar uma série de formas de comunicação oral: p.e. usar o telefone; comunicar num
grupo.

 Praticar gramática num certo contexto.

ABORDAGENS PARA GERAR EVIDÊNCIAS

O ensino e aprendizagem deste Módulo, deve ser activa e centrada no candidato. Os


candidatos deverão ter a oportunidade de planear e tomar decisões, mostrar iniciativa e

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 74
independência e trabalhar cooperativamente em grupo. A apresentação das actividades deve
garantir que o candidato percebe claramente a natureza e o propósito do trabalho.

Deve-se realizar uma variedade de actividades, algumas individuais, outras em pequenos


grupos e ainda com toda a turma. Estas devem providenciar oportunidades para usar a
linguagem em situações reais para propósitos reais e podem fazer parte de projectos ou
exercícios práticos estabelecidos no Módulo de “Inglês” ou ser retirados de actividades
noutros contextos vocacionais ou sociais.

Os grupos de ensino deverão ser suficientemente pequenos para facilitar a realização de


actividades práticas deste tipo e permitir o envolvimento dos candidatos em actividades que
desafiem as suas capacidades e ofereçam quer a oportunidade de sucesso como o risco de
falhar.

Recomenda-se que o “Inglês” seja agendado em blocos de tempo que sejam suficientemente
longos para permitir aos candidatos empenharem-se em combinações de capacidades
realistas tanto dentro como fora do centro/escola.

A provisão de oportunidades para refazer, rever, corrigir e avaliar pelo candidato, pelos
colegas e pelo tutor/monitor,deve ser vista como uma característica essencial de todas
actividades formativas.

Os esquemas de trabalho e lições em “Inglês” ser desenhados para envolver os candidatos nos
variados e propositados usos de capacidades interrelacionadas de linguagem. Os módulos
podem ser de extensão variável e devem permitir muitas abordagens de aprendizagem e
ensino diferentes. Recomenda-se que estes módulos sejam negociados e planeados de tal
maneira que as evidências requeridas para a avaliação sejam geradas no curso do trabalho
mais do que num exercício separado e isolado.

O trabalho em grupo deve ser encorajado pois dá aos candidatos oportunidades para praticar
e experiência prática da cooperação necessária na vida real, particularmente em situações
vocacionais. Contudo, o trabalho feito por candidatos como membros de um grupo ou num
projecto de grupo devem ser realizados sem a ajuda de outros membros do grupo quando este
trabalho tenha de ser submetido como uma evidência da avaliação sumativa desse candidato.

Combinando o Módulo “Inglês” com Outros Módulos:


O conteúdo de outros módulos que um candidato esteja a aprender podem ser aproveitados
para fornecer actividades que envolvam a prática e desenvolvimento de habilidades de
comunicação. Podem ser planeados módulos de Inglês que sejam ´transmodulares e visem
desenvolver habilidades de comunicação em contextos retirados de outros Módulos.

Uma vez que comunicar em Inglês é uma habilidade essencial, é importante que, sempre que
possível, a ênfase vocacional particular do curso seja reflectida no ensino dos componentes da
Comunicação. É também importante que os tutores/monitores de Inglês trabalhem com os
colegas de outras áreas temáticas/vocacionais para conceber oportunidades de avaliação que
permitam uma avaliação transversal nos módulos.

A afirmação de desempenho satisfatório para cada resultado indica o mínimo requerido para
efeitos de avaliação sumativa. Contudo, o número de actividades realizadas pelo candidato
não deve ser limitada às especificadas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 75
Suporte para o tutor/monitor: Os tutores/monitores devem distinguir os seus diferentes papéis
na avaliação formativa e sumativa. Na primeira, toda a ajuda e suporte que seja solicitado
pelo candidato pode legitimamente ser dado pelo tutor/monitor. As tarefas que se destinem a
providenciar evidência de avaliação sumativa devem ser preenchidas pelo candidato sem
ajuda. Contudo, será aceitável que o tutor/monitor chame a atenção do candidato para
qualquer área geral de erro em relação a critérios de desempenho particulares ou o (a)
redireccione para a tarefa em mãos.

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO:
Os centros devem notar o seguinte antes de desenhar instrumentos de avaliação.

Propósito
Em certa medida, o propósito da comunicação será definido pelo contexto de aplicação. É
razoáveI, contudo, esperar que o candidato irá não somente identificar o principal propósito
do texto, i.e., transmitir informação, mas também mostrar algum conhecimento do contexto
no qual esta informação é transmitida, p.e., um boletim de notícias na televisão, um vídeo de
formação, etc.

Convenções
A comunicação falada escolhida para propósitos sumativos deve claramente abranger as
características e as convenções apropriadas à forma particular, p.e., se um candidato estiver a
escutar um item curto de noticiário de televisão. O grau de formalidade, a escolha do
vocabulário e o estilo de transmissão são claramente típicos do seu tipo.

Resultado de Aprendizagem 1 : (Participar na interacção social).

As evidências do desempenho da capacidade do candidato tomar parte em discussões podem


ser na forma de uma gravação áudio/vídeo ou de uma lista de observação.

Devem ser fornecidas evidências da participação do candidato em pelo menos duas discussões
sobre assuntos directos diferentes. Estas discussões devem fornecer oportunidades para os
candidatos darem e obterem informação e trocar ideias. Uma discussão deve ser um a um, e
outra deve ser num pequeno grupo.

É permitido neste nível algum incitamento ou encorajamento pelo monitor. Devem também
ser observados a audibilidade, tom de voz, volume, expressões faciais e linguagem corporal.

Resultado de Aprendizagem 3: (Usar gramática e vocabulário apropriados; usar linguagem


culturalmente apropriada)

Evidência oral e/ou escrita de que o candidato alcançou todos os critérios de desempenho e
cada aspecto do âmbito de aplicação.

O candidato deve escutar um mínimo de dois items de simples comunicação falada e


participar num mesmo número de discussões. Em cada ocasião o candidato deve alcançar
todos os critérios de desempenho.

Progressão

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 76
Este módulo forma parte de um conjunto desenvolvido, que na totalidade compõe os Módulos
obrigatórios da qualificação do Nível 4 em Inglês. A conclusão com êxito deste e mais três
Módulos do Nível 4 permitem a progressão para o Nível 5.

Necessidades Especiais
Em certos casos podem ser produzidos requisitos de evidências modificados por um Centro
de Certificação para candidatos individuais com necessidades especiais. Contudo, se a
modificação realmente ocorrer, não deve diluir a qualidade das Especificações do Módulo.
Em todos os casos, a modificação está sujeita à aprovação pelo PIREP.

BIBLIOGRAFIA

1. “COMMUNICATION SKILLS 1” – Unit Ref: U2005905 – Botswana


2. “COMMUNICATIONO 1” – Unit Ref: 7110015 - SQA-SCOTTISH
QUALIFICATION AUTHORITY
Directrizes e Regulamentos para a Avaliação Curriculares – PIREP –
3. Moçambique, 1ª Edição, Junho 2008
4. English for Speakers Other Languages – Unit Ref: NSWTESL312A –
Australia
5. Manual on Developing and Registering Units of Competency – PIREP –
Mozambique, 1st Edition, June 2008
6. Manual de Elaboração de Módulos Curriculares – PIREP – Moçambique, 1ª
Edição, Junho 2008
7. National Qualification Framework – South African Qualification Authority –
SA
8. The Common European Framework of Reference for Languages: Learning,
Teaching, Assessment. - Council of Europe - Cambridge University Press, UK

© Direitos de Autor PIREP 2008

Note-se que este Módulo é um esboço para formação na fase piloto do PIREP. Não pode ser
usado para qualquer outro propósito sem o acordo expresso do director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 77
5.4 Comunicar informação relacionada com o trabalho na Língua Inglesa

Título do Módulo: Comunicar informação relacionada com o trabalho na


Língua Inglesa

Número do Módulo: MO HG024002

Data da Validação: 04 de Junho de 2009

Nível do QNQP: 04

Créditos: 02

Requisitos de entrada: Os requisitos de entrada serão definidos pelo centro. No entanto


será benéfico se o candidato tiver completado os Módulos do Nível
3 de Inglês.
Introdução ao Módulo: Ao finalizar este Módulo, os candidatos serão capazes de
participar em discussões e fazer uma apresentação oral a nível
intermédio.

Resumo dos Resultados de


Apredizagem 1.Usar estratégias apropriadas para participar em discussões

2.Usar estratégias apropriadas para fazer uma apresentação


oral

3.Usar gramática e vocabulário e características


paralinguísticas apropriados

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 78
Título do Módulo: Comunicar informação relacionada com o trabalho na Língua
Inglesa

Resultado de Usar estratégias apropriadas para participar em discussões


Aprendizagem 1:
Critérios de desempenho:

(a) Explorar um vasto leque de linguagem simples para lidar com


a maioria das situações que provavelmente surgem no trabalho

(b) Gerir interacções simples, de rotina sem esforço indevido;

(c) As contribuições para o grupo de trabalho são apropriadas à


tarefa e natureza do grupo, e promovem comunicação efectiva
e trabalho de equipa

Âmbito de Aplicação: O âmbito deste Resultado de Aprendizagem está


completamente expresso nos critérios de desempenho

Tipo de comunicação: comunicação oral que combina


conteúdo factual com factos claramente descritos, pontos de
vista e/ou sentimento.
Nível de dificuldade: todo o vocabulário será familiar ao
candidato; a comunicação terá uma estrutura simples.
Grau de detalhe: contém diversos itens de informação.

Evidências Requeridas
O candidato deve demonstrar uma capacidade para sustentar
uma interacção profissional mais complexa, de acordo com os
critérios de desempenho e cada aspecto do âmbito de
aplicação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 79
Título do Módulo: Comunicar informação relacionada com o trabalho na Língua
Inglesa

Resultado de Usar estratégias apropriadas para fazer uma apresentação oral


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:

(a) Usar suportes ilustrativos, para promover a compreensão no


processo de comunicação, que sejam apropriados ao tópico,
audiência e contexto.

(b) Organizar o discurso de modo a tornar o seu significado e


propósito acessível aos ouvintes.

Âmbito de Aplicação: O âmbito para este Resultado de Aprendizagem está


completamente expresso nos critérios de desempenho

Situação
 Em grupo

Evidências Requeridas: O candidato deve demonstrar a capacidade de preparar e fazer


pequenas apresentações de acordo com os critérios de
desempenho a) e b).

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 80
Título do Módulo: Comunicar informação relacionada com o trabalho na Língua
Inglesa

Resultado de Usar gramática e vocabulário e características paralinguísticas


Aprendizagem 3: apropriados.

Critérios de desempenho:

(a) Seleccionar palavras, gramática, símbolos, lingaguagem


corporal, imagens e tom apropriados para produzir o impacto
certo na audiência.

(b) O significado no discurso oral é apoiado pelo uso apropriado


de uma variedade de estruturas de frase, pausa, entoação,
compasso e reforço.

Âmbito de Aplicação:
O âmbito para este Resultado de Aprendizagem está
completamente expresso nos critérios de desempenho

Evidências Requeridas:
O candidato deve demonstrar a capacidade de preparar e fazer
pequenas apresentações de acordo com os critérios de
desempenho a) e b).

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 81
NOTAS DE SUPORTE

Esta parte da especificação do módulo é fornecida como orientação. Nenhuma das secções
das notas de suporte é obrigatória.

Horas Normativas de Aprendizagem

O PIREP aloca um tempo normativo de aprendizagem a um módulo na base do tempo estimado para
o candidato alcançar os níveis estabelecidos, cujo ponto de partida é o definido nos requisitos de
entrada. O tempo normativo de aprendizagem para este módulo é de 20 horas. O tempo normativo de
aprendizagem deve ser tido apenas como uma recomendação para o desenho e calendarização de
programas de formação.

Propósito:

O propósito deste Módulo é perrmitir que os candidatos adquiram competências de


linguagem, ao nível pré-intermediário, requerido para usar o Inglês para comunicar e
satisfazer necessidades pessoais e profissionais. Deve guiar os candidatos na aquisição de
habilidades de base alargadas em contextos de linguagem comum, ajudando o candidato a
estabelecer e manter relações sociais e de trabalho. O módulo está relacionado com a
interpretação e uso de Inglês falado na vida diária e em contextos vocacionais. Está
desenhado para satisfazer as necessidades de um vasto leque de candidatos e usuários.

CONTEÚDO/CONTEXTO Correspondendo aos resultados 1-3:

Num Módulo de Comunicação, o Conteúdo/Contexto é melhor definido como situações,


meios de comunicação e actividades através das quais as habilidades relacionadas com os
resultados são praticadas e desenvolvidas. Este módulo deve fornecer oportunidades para:

 usar a linguagem para uma variedade de propósitos com um equilíbrio de usos


produtivos e receptivos apropriados às necessidades individuais do candidato: p.e.,
transmitir informação; descrever sentimentos; argumentar e persuadir; dar apoio;
colher informação; colocar perguntas.
 usar linguagem numa série de situações vocacionais: p.e., participar na discussão do
grupo, escutar e dar relatórios orais, escutar e fazer apresentações

ABORDAGENS PARA GERAR EVIDÊNCIAS

O ensino e aprendizagem deste módulo, devem ser activos e centrados no candidato. Os


candidatos deverão ter a oportunidade de planear e tomar decisões, mostrar iniciativa e
independência e trabalhar cooperativamente em grupo. A apresentação das actividades deve
garantir que o candidato percebe claramente a natureza e o propósito do trabalho.

Deve-se realizar uma variedade de actividades, algumas individuais, outras em pequenos


grupos e ainda com toda a turma. Estas devem providenciar oportunidades para usar
linguagem em situações reais para propósitos reais e podem fazer parte de projectos ou
exercícios práticos estabelecidos no Módulo de “Inglês” ou resultar de actividades noutros
contextos vocacionais ou sociais.

Os grupos de ensino deverão ser suficientemente pequenos para facilitar a realização de


actividades práticas deste tipo e permitir o envolvimento dos candidatos em actividades que
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 82
desafiem as suas capacidades e ofereçam quer a oportunidade de sucesso como o risco de
falhar.

Recomenda-se que “Inglês” seja agendado em blocos de tempo que sejam suficientemente
longos para permitir aos candidatos empenharem-se em combinações de capacidades
realistas tanto dentro como fora do centro/escola.

A provisão de oportunidades para refazer, rever, corrigir e avaliar pelo candidato, pelos
colegas e pelo tutor/monitor, deve ser vista como uma característica essencial de todas
actividades formativas.

Os Esquemas de Trabalho e lições em “Inglês” devem ser desenhados para envolver os


candidatos nos variados e propositados usos de capacidades interrelacionadas de linguagem.
Os Módulos podem ser de extensão variável e devem permitir muitas abordagens de
aprendizagem e ensino diferentes. Recomenda-se que estes módulos sejam negociados e
planeados de tal maneira que as evidências requeridas para a avaliação sejam geradas no
curso do trabalho mais do que num exercício separado e isolado.

O trabalho em grupo deve ser encorajado pois dá aos candidatos oportunidades para praticar
e experiência prática da cooperação necessária na vida real, particularmente em situações
vocacionais. Contudo, o trabalho feito por candidatos como membros de um grupo ou num
projecto de grupo devem ser realizados sem a ajuda de outros membros do grupo quando
trabalho tenha de ser submetido como uma evidência da avaliação sumativa desse candidato.

Combinando o Módulo “Inglês” com Outros Módulos:


O conteúdo de outros módulos que um candidato esteja a aprender podem ser aproveitados
para fornecer actividades que envolvam a prática e desenvolvimento de capacidades de
comunicação. Podem ser planeados módulos de Inglês que sejam ´transmodulares e visem
desenvolver habilidades de comunicação em contextos retirados de outros Módulos.

Uma vez que comunicar em Inglês é uma habilidade essencial, é importante que, sempre que
possível, a ênfase vocacional particular do curso seja reflectida no ensino dos componentes da
Comunicação. É também importante que os tutores/monitores de Inglês trabalhem com os
colegas de outras áreas temáticas/vocacionais para conceber oportunidades de avaliação que
permitam uma avaliação transversal nos módulos.

A afirmação de desempenho satisfatório para cada resultado indica o mínimo requerido para
efeitos de avaliação sumativa. Contudo, o número de actividades realizadas pelo candidato
não deve ser limitada às especificadas.

Suporte para o tutor/monitor: Os tutores/monitores devem distinguir entre os seus diferentes


papéis na avaliação formativa e sumativa. Na primeira, toda a ajuda e suporte que seja
solicitado pelo candidato pode legitimamente ser dado pelo tutor/monitor. As tarefas que se
destinem a providenciar evidência de avaliação sumativa devem ser preenchidas pelo
candidato sem ajuda. Contudo, será aceitável que o tutor/monitor chame a atenção do
candidato para qualquer área geral de erro em relação a critérios de desempenho particulares
ou o (a) redireccione para a tarefa em mãos.

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO:
Os centros devem notar o seguinte antes de desenhar instrumentos de avaliação.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 83
Propósito
Em certa medida o propósito da comunicação será definido pelo àmbito de aplicação. É
razoáveI, contudo, esperar que o candidato irá não somente identificar o principal propósito
do texto, i.e., transmitir informação mas também mostrar algum conhecimento do contexto no
qual esta informação é transmitida, p.e., um boletim de notícias na televisão, um vídeo de
formação, etc.

Convenções
A comunicação falada escolhida para propósitos somativos deve claramente abranger as
características e as convenções apropriadas à forma particular, p.e., se um candidato estiver
escutando um item curto de noticiário de televisão. O grau de formalidade, a escolha do
vocabulário e o estilo de transmissão são claramente típicos do seu tipo.

Resultado de Aprendizagem 1 : Usar estratégias apropriadas para participar em discussões.

As evidências do desempenho da capacidade do candidato tomar parte em discussões podem


ser na forma de uma gravação áudio/vídeo ou de uma lista de observação.

Devem ser fornecidas evidências da participação do candidato em pelo menos duas discussões
sobre diferentes assuntos comuns. Estas discussões devem fornecer oportunidades para os
candidatos darem e obterem informação e trocar ideias. Uma discussão deve ser um a um, e
outra deve ser num pequeno grupo.

Devem também ser observados a audibilidade, tom de voz, volume, expressões faciais e
linguagem corporal.

Resultado de Aprendizagem 2: Usar estratégias apropriadas para fazer uma apresentação


falada

A evidência do desempenho da capacidade do candidato fazer uma apresentação e responder


às perguntas colocadas pode ser na forma de uma gravação áudio/vídeo ou uma lista de
observação.

Devem ser fornecidas evidências da apresentação pelo candidato de pelo menos dois tópicos
sobre assuntos directos diferentes. Estas apresentações devem fornecer oportunidades para os
candidatos darem e obterem informação e trocar ideias.

Devem também ser observados a audibilidade, tom de voz, volume, expressões faciais e
linguagem corporal.

Resultados de Aprendizagem 3: Usar gramática e vocabulário e características


paralinguísticas apropriados

A evidência de desempenho da capacidade do candidato usar gramática e vocabulário


apropriados e características paralinguísticas pode ser na forma de escrita ou lista de
observação.

A evidência das capacidades do candidato pode ser obtida durante a observação de evidência
para os resultados 2 e 3. Pelo menos dois esboços escritos de apresentação devem ser
submetidos como evidência.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 84
Deve também ser observada a extensão do vocabulário e gramática.

Progressão
Este Módulo constitui parte de um conjunto desenvolvido, que na totalidade compõem os
Módulos obrigatórias da qualificação do Nível 4 em Inglês. A conclusão com êxito deste e
mais três Módulos do Nível 4 permitem a progressão para o Nível 5.

Necessidades Especiais
Em certos casos podem ser produzidos req uisitos de evidências modificados por um Centro
de Certificação para candidatos individuais com necessidades especiais. Contudo, se a
modificação realmente ocorrer, não deve diluir a qualidade das Especificações da Módulo.
Em todos os casos, a modificação está sujeita à aprovação pelo PIREP.

BIBLIOGRAFIA

1. “COMMUNICATION SKILLS 1” – Unit Ref: U2005905 – Botswana


2. “COMMUNICATION 1” – Unit Ref: 7110015 - SQA-SCOTTISH
QUALIFICATIONS AUTHORITY
Directrizes e Regulamentos para a Avaliação Curriculares – PIREP –
3. Moçambique, 1ª Edição, Junho 2008
4. English for Speakers Other Languages – Unit Ref: NSWTESL312A –
Australia
5. Manual on Developing and Registering Units of Competency – PIREP –
Mozambique, 1st Edition, June 2008
6. Manual de Elaboração de Módulos Curriculares – PIREP – Moçambique, 1ª
Edição, Junho 2008
7. National Qualification Framework – South African Qualification Authority –
SA
8. The Common European Framework of Reference for Languages: Learning,
Teaching, Assessment. - Council of Europe - Cambridge University Press,
UK
© Direitos de Autor PIREP 2008

Note-se que este Módulo é um esboço para formação na fase piloto do PIREP. Não pode ser
usado para qualquer outro propósito sem o acordo expresso do director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 85
5.5 Ler e responder a materiais escritos na língua Inglesa

Título do Módulo: Ler e responder a materiais escritos na Língua Inglesa

Número do Módulo: MO HG024003

Data da Validação: 04 de Junho de 2009

Nível do QNQP: 04

Créditos: 02

Requisitos de entrada: Os requisitos de entrada serão definidos pelo centro.No entanto


será benéfico se o candidato tiver completado os Módulos do Nível
3 de Inglês.

Introdução ao Módulo: Ao completer este Módulo, os candidatos serão capazes de ler,


a nível pré-intermediário, e compreender avisos, brochuras,
manuais, instruções escritas e outros materiais escritos de
orientação profissional

Resumo dos Resultados de


Apredizagem 1. Preparar-se para ler textos vocacionais específicos em
Inglês

2. Ler e seguir textos vocacionais específicos simples, em


Inglês

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 86
Título da Módulo: Ler e responder a materiais escritos na Língua Inglesa

Resultado de Preparar-se para ler textos vocacionais específicos, em Inglês


Aprendizagem 1:
Critérios de desempenho:

(a) Identificar o propósito dos textos.

(b) Identificar o contexto dos textos.

(c) Identificar definições e significados de especialistas.

Âmbito de Aplicação: Distinguir características de uma variedade de formatos


literários vocacionais específicas.

Formatos literárias:
jornais; manuais de instruções,
brochuras, prospetos; folhetos; material de propaganda; sinais
e avisos públicos; pacotes e rótulos em mercadorias; cartas de
negócio e profissionais, ensaios; memorandos, relatórios e
artigos científicos;

Especializados: numa área vocacional

Evidências Requeridas: O candidato deve demonstrar capacidade para identificar


diferentes tipos de géneros de leitura.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 87
Título da Módulo: Ler e responder a materiais escritos na Língua Inglesa

Ler e seguir textos vocacionais específicos simples, em Inglês


Resultado de
Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:

(a) Folhear e ler cuidadosamente textos

(b) Ler para extrair os principais pontos e ideias

(c) Ler para verificar detalhes relevantes

(d) Usar o conhecimento do vocabulário, gramática e estrutura


do texto para interpretar o significado

(e) Interpretar diagramas, gráficos, e textos com imagens visuais

Âmbito de Aplicação: O âmbito deste resultado está completamente expresso nos


critérios de desempenho

Evidências Requeridas: O candidato deve demonstrar compreensão dando respostas


adequadas às tarefas

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 88
NOTAS DE SUPORTE

Esta parte da especificação do módulo é fornecida como orientação. Nenhuma das secções
das notas de suporte é obrigatória.

Horas Normativas de Aprendizagem

O PIREP aloca um tempo normativo de aprendizagem a um módulo na base do tempo estimado para
o candidato alcançar os níveis estabelecidos, cujo ponto de partida é o definido nos requisitos de
entrada. O tempo normativo de aprendizagem para este módulo é de 20 horas. O tempo normativo de
aprendizagem deve ser tido apenas como uma recomendação no desenho e calendarização de
programas de formação.

Propósito:

O propósito deste Módulo é permitir que os candidatos adquiram competências de linguagem,


ao nível pré-intermédio, requeridas para usar o Inglês para comunicar e satisfazer
necessidades pessoais e profissionais. Deve guiar os candidatos na aquisição de habilidades
de base alargadas em contextos de linguagem comum, ajudando o candidato a estabelecer e
manter relações sociais e de trabalho. O módulo está relacionado com a interpretação e uso de
Inglês escrito em contextos vocacionais. Está desenhado para satisfazer as necessidades de
um vasto leque de candidatos e usuários.

CONTEÚDO/CONTEXTO Correspondendo aos resultados 1-2:

Num Módulo de Comunicação, O Conteúdo/Contexto é melhor definido como situações,


meios de comunicação e actividades através dos quais as habilidades relacionadas com os
resultados são praticadas e desenvolvidas. Este módulo deve fornecer oportunidades para:

 olhar para uma variedade de comunicações escritas usadas no campo vocacional – p.e.
manuais de instrucões; livros de texto; banda desenhada; brochuras, prospectos;
folhetos; material de propaganda; sinais e avisos públicos;
 identificar o propósito de certo texto e o contexto no qual a informação é usada —
p.e. um aviso, uma instrução, um convite
 praticar várias estratégias e capacidades de leitura plasmadas nos critérios de
desempenho

ABORDAGENS PARA GERAR EVIDÊNCIAS

O ensino e aprendizagem deste Módulo, devem ser activos e centrados no candidato. Os


candidatos deverão ter a oportunidade de planear e tomar decisões, mostrar iniciativa e
independência e trabalhar cooperativamente em grupo. A apresentação das actividades deve
garantir que o candidato percebe claramente a natureza e o propósito do trabalho.

Deve-se realizar uma variedade de actividades, algumas individuais, outras em pequenos


grupos e ainda com toda a turma. Estas devem providenciar oportunidades para usar
linguagem em situações reais para propósitos reais e podem fazer parte de projectos ou
exercícios práticos estabelecidos no Módulo de “Inglês” ou resultar de actividades noutros
contextos vocacionais ou sociais.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 89
Os grupos de ensino deverão ser suficientemente pequenos para facilitar a realização de
actividades práticas deste tipo e permitir o envolvimento dos candidatos em actividades que
reforcem as suas capacidades e ofereçam quer a oportunidade de sucesso como o risco de
falhar.

Recomenda-se que “Inglês” seja agendado em blocos de tempo que sejam suficientemente
longos para permitir aos candidatos empenharem-se em combinações realistas de habilidades
de comunicação tanto dentro como fora do centro/escola.

A provisão de oportunidades para refazer, rever, corrigir e avaliar pelo candidato, pelos
colegas e pelo tutor/monitor, deve ser vista como uma característica essencial de todas
actividades formativas.

Os Esquemas de Trabalho e lições em “Inglês” devem ser desenhados para envolver os


candidatos nos variados e propositados usos de capacidades interrelacionadas de linguagem.
Os módulos podem ser de extensão variável e devem permitir muitas abordagens de
aprendizagem e ensino diferentes. Recomenda-se que estes módulos sejam negociados e
planeados de tal maneira que as evidências requeridas para a avaliação sejam geradas no
curso do trabalho mais do que como um exercício separado e isolado.

O trabalho em grupo deve ser encorajado pois dá aos candidatos oportunidades para praticar
e experiência prática da cooperação necessária na vida real, particularmente em situações
vocacionais. Contudo, o trabalho feito por candidatos como membros de um grupo ou num
projecto de grupo devem ser realizados sem a ajuda de outros membros do grupo onde este
trabalho tenha de ser submetido como uma evidência da avaliação sumativa desse candidato.

Combinando o Módulo “Inglês” com Outros Módulos:


O conteúdo de outros módulos que um candidato esteja aprendendo podem ser aproveitados
para fornecer actividades que envolvam a prática e desenvolvimento de habilidades de
comunicação. Podem ser planeados módulos de Inglês que sejam ´transmodulares e visem
desenvolver habilidades de comunicação em contextos retirados de outros Módulos.

Uma vez que comunicar em Inglês é uma capacidade essencial, é importante que, sempre que
possível, a ênfase vocacional particular do curso seja reflectida no ensino das componentes da
Comunicação. É também importante que os tutores/monitores de Inglês trabalhem com os
colegas de outras áreas temáticas/vocacionais para conceber oportunidades de avaliação que
permitam avaliação transversal dos módulos.

A afirmação de desempenho satisfatório para cada resultado indica o mínimo requerido para
efeitos de avaliação sumativa. Contudo, o número de actividades realizadas pelo candidato
não deve ser limitada às especificadas.

Suporte para o tutor/monitor: Os Tutores/monitores devem distinguir entre os seus diferentes


papéis na avaliação formativa e sumativa. Na primeira, toda a ajuda e suporte que sejam
solicitados pelo candidato podem legitimamente ser dados pelo tutor/monitor. As tarefas que
se destinem a providenciar evidência de avaliação sumativa devem ser preenchidas pelo
candidato sem ajuda. Contudo, será aceitável que o tutor/monitor chame a atenção do
candidato para qualquer área geral de erro em relação a critérios de desempenho particulares
ou o (a) redireccione para a tarefa em mãos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 90
PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO:
Os centros devem notar o seguinte antes de desenhar instrumentos de avaliação.

Propósito
Em certa medida, o propósito da comunicação será definido pelo âmbito de aplicação. É
razoáveI, contudo, esperar que o candidato irá não somente identificar o principal propósito
do texto i.e. transmitir informação mas também mostrar algum conhecimento do contexto no
qual esta informação é transmitida, p.e., um boletim de notícias na televisão, um vídeo de
formação, etc.

Convenções
A comunicação escrita escolhida para propósitos sumativos deve claramente abranger as
características e as convenções apropriadas à forma particular, p.e., instruções, memorandos,
brochuras e cartas. O grau de formalidade, a escolha do vocabulário e o estilo de transmissão
são claramente típicos do seu tipo.

Resultados de aprendizagem 1 e 2: Preparar para ler textos vocacionais específicos em


Inglês; ler e seguir textos vocacionais específicos simples em Inglês

Evidência de desempenho da capacidade do candidato de ler e seguir textos vocacionais


específicos simples em Inglês pode ser na forma de um exercício escrito ou apresentação oral
ou testes escritos ou ainda uma lista de observação.

Deve ser fornecida evidência da leitura pelo candidato de pelo menos dois tipos de texto,
identificando o propósito e o contexto, extraindo os principais pontos e ideias e usando a
informação em trabalho quer oral como escrito.

Progressão

Este módulo constitui parte de um conjunto desenvolvido, que na totalidade compõem as


Módulos obrigatórias da qualificação de Nível 4 em Inglês. A conclusão com êxito deste e
mais três Módulos do Nível 4 permitem a progressão para o Nível 5.

Necessidades Especiais
Em certos casos podem ser produzidos req uisitos de evidências modificados por um Centro
de Certificação para candidatos individuais com necessidades especiais. Contudo, se a
modificação realmente ocorrer, não deve diluir a qualidade das Especificações da Módulo.
Em todos os casos, a modificação está sujeita à aprovação pelo PIREP.

BIBLIOGRAFIA

1. “COMMUNICATION SKILLS 1” – Unit Ref: U2005905 – Botswana

2. “COMMUNICATION 1” – Unit Ref: 7110015 - SQA-SCOTTISH


QUALIFICATIONS AUTHORITY

Directrizes e Regulamentos para a Avaliação Curriculares – PIREP –


3. Moçambique, 1ª Edição, Junho 2008
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 91
4. English for Speakers Other Languages – Unit Ref: NSWTESL312A –
Australia

5. Manual on Developing and Registering Units of Competency – PIREP –


Mozambique, 1st Edition, June 2008

6. Manual de Elaboração de Módulos Curriculares – PIREP – Moçambique, 1ª


Edição, Junho 2008

7. National Qualification Framework – South African Qualification Authority –


SA

8. The Common European Framework of Reference for Languages: Learning,


Teaching, Assessment. - Council of Europe - Cambridge University Press,
UK

© Direitos de Autor PIREP 2008

Note-se que este módulo é um esboço para formação na fase piloto do PIREP. Não pode ser
usado para qualquer outro propósito sem o acordo expresso do director do PIREP

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 92
5.6 Produzir materiais escritos na Língua Inglesa

Título do Módulo: Produzir materiais escritos na Língua Inglesa

MÓDULO No.: MO HG024004

Data de Validação: 04 de Junho de 2009

Nível: 04

Créditos: 02

Requisitos de entrada: Os requisitos de entrada serão definidos pelo centro. No entanto


será benéfico se o candidato tiver completado os Módulos do Nível
3 de Inglês.

Introdução ao Módulo: Ao finalizar este Módulo, os candidatos serão capazes de


participar em discussões e fazer uma apresentação oral, a
nível intermédio.

Resumo dos Resultados de


Apredizagem

1.Preparar-se para produzir textos vocacionais específicos


escritos em Inglês
2.Escrever textos vocacionais específicos

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 93
Título do Módulo: Produzir materiais escritos na Língua Inglesa

Resultado de Preparar-se para produzir textos vocacionais específicos


Aprendizagem 1: escritos em Inglês
Critérios de desempenho:

(a) Identificar o propósito dos textos

(b) Identificar o contexto dos textos

(c) Identificar definições e significados de especialistas

Âmbito de Aplicação: Distinguir características de uma variedade de formatos


literários.

Especializados: numa área vocacional

Evidências Requeridas: O candidato deve demonstrar capacidade para identificar


diferentes tipos de escrita de negócios.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 94
Título do Módulo: Produzir materiais escritos na Língua Inglesa

Resultado de Escrever textos vocacionais específicos


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:

(a) Usar uma disposição espacial apropriada

(b) Usar uma estrutura retórica apropriada

(c) Organizar as etapas dos textos

(d) Usar formas de coesão apropriadas

(e) Usar vocabulário e gramática apropriados

(f) Usar padrões de ortografia e pontuação

Âmbito de Aplicação: O âmbito deste resultado está completamente expresso nos


critérios de desempenho

Produzir uma série de textos vocionais específicos mais


complexos:
 Descrições
 Narrativas
 Diários
 Ensaios
 Relatórios
 Cartas
 Folhetos

Evidências Requeridas: Os candidatos devem demonstrar a capacidade de produzir


uma variedade de textos vocacionais específicos

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 95
NOTAS DE SUPORTE

Esta parte da especificação do Módulo é fornecida como orientação. Nenhuma das secções
das notas de suporte é obrigatória.

Horas Normativas de Aprendizagem

O Programa Integrado de Reforma da Educação Profissional (PIREP) aloca um tempo normativo de


aprendizagem a um módulo na base do tempo estimado para o estudante alcançar os níveis
estabelecidos, cujo ponto de partida é o definido nos requisitos de entrada. O tempo normativo de
aprendizagem para este módulo é de 20 horas. O tempo normativo de aprendizagem deve ser tido
apenas como uma recomendação no desenho e calendarização de programas de formação.

Propósito:

O propósito deste módulo é perrmitir que os candidatos adquiram competências de


linguagem, ao nível pré-intermediário, requirido para usar o Inglês para comunicar e
satisfazer necessidades pessoais e profissionais. Deve guiar os candidatos na aquisição de
habilidades de base alargada em contextos de linguagem comum, ajudando o estudante a
estabelecer e manter relações sociais e de trabalho. O módulo está relacionado com a
interpretação e uso de Inglês falado na vida diária e em contextos vocacionais. Está
desenhado para satisfazer as necessidades de um vasto leque de candidatos e usuários.

CONTEÚDO/CONTEXTO Correspondendo aos resultados 1-2:

Num módulo de Comunicação, O Conteúdo/Contexto é melhor definido como situações,


meios de comunicação e actividades através dos quais as capacidades relacionadas com os
resultados são praticadas e desenvolvidas. Este Módulo deve fornecer oportunidades para:
 olhar para uma variedade de comunicações escritas usadas no campo vocacional –
p.e., cartas, memorandos, relatórios, instrucões; brochuras, prospectos; folhetos;
material de propaganda; sinais e avisos públicos;
 olhar para uma série de comunicações escritas usadas no campo vocacional – p.e.,
cartas, memorandos, relatórios, instruções; brochuras, prospectos; folhetos; material
de propaganda; sinais e avisos públicos
 produzir evidência escrita relevante para assuntos directos. Assuntos directos são os
que constituem rotina para o estudante e geralmente ocorrem nos locais onde ele(a)
vive ou trabalha. Exemplos de comunicação escrita sobre assuntos directos incluem
uma carta, memorando, relatório, folheto
 Itens de comunicação escrita adequada à avaliação sumativa lidarão com tópicos que
sejam familiares ao estudante, em termos de formato, assunto, vocabulário e
propósito.

ABORDAGENS PARA GERAR EVIDÊNCIAS

O ensino e aprendizagem deste módulo, devem ser activos e centrados no estudante. Os


candidatos deverão ter a oportunidade de planear e tomar decisões, mostrar iniciativa e
independência e trabalhar cooperativamente em grupo. A apresentação das actividades deve
garantir que o estudante percebe claramente a natureza e o propósito do trabalho.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 96
Deve-se realizar uma variedade de actividades, algumas individuais, outras em pequenos
grupos e ainda com toda a turma. Estas devem providenciar oportunidades para usar
linguagem em situações reais para propósitos reais e podem fazer parte de projectos ou
exercícios práticos estabelecidos no módulo de “Inglês” ou resultar de actividades noutros
contextos vocacionais ou sociais.

Os grupos de ensino deverão ser suficientemente pequenos para facilitar a realização de


actividades práticas deste tipo e permitir o envolvimento dos candidatos em actividades que
desafiem as suas capacidades e ofereçam quer a oportunidade de sucesso como o risco de
falhar.

Recomenda-se que “Inglês” seja agendado em blocos de tempo que sejam suficientemente
longos para permitir aos candidatos empenharem-se em combinações realistas de habilidades
tanto dentro como fora do centro/escola.

A provisão de oportunidades para retrabalhar, rever, corrigir e avaliar pelo estudante, pelos
colegas e pelo tutor/monitor, deve ser vista como uma característica essencial de todas
actividades formativas.

Os Esquemas de Trabalho e lições em “Inglês” devem ser desenhados para envolver os


candidatos nos variados e propositados usos de capacidades interrelacionadas de linguagem.
Os módulos podem ser de extensão variável e devem permitir muitas abordagens de
aprendizagem e ensino diferentes. Recomenda-se que estes módulos sejam negociadas e
planeadas de tal maneira que as evidências requeridas para a avaliação sejam geradas no
curso do trabalho mais do que como um exercício separado e isolado.

O trabalho em grupo deve ser encorajado pois dá aos estudantes oportunidades para praticar e
experiência prática da cooperação necessária na vida real, particularmente em situações
vocacionais. Contudo, o trabalho feito por candidatos como membros de um grupo ou num
projecto de grupo devem ser realizados sem a ajuda de outros membros do grupo onde este
trabalho tenha de ser submetido como uma evidência da avaliação sumativa desse candidato.

Combinando o Módulo “Inglês” com Outros Módulos:

O conteúdo de outros módulos que um candidato esteja a aprender podem ser aproveitados
para fornecer actividades que envolvam a prática e desenvolvimento de habilidades de
comunicação. Podem ser planeados módulos de Inglês que sejam transmodulares e visem
desenvolver habilidades de comunicação em contextos retirados de outros Módulos.

Uma vez que comunicar em Inglês é uma capacidade essencial, é importante que, sempre que
possível, a ênfase vocacional particular do curso seja reflectida no ensino dos componentes da
Comunicação. É também importante que os tutores/monitores de Inglês trabalhem com os
colegas de outras áreas temáticas/vocacionais para compartilhar oportunidades de avaliação
que permitam avaliação transversal dos módulos.

A afirmação de desempenho satisfatório para cada resultado indica o mínimo requerido para
efeitos de avaliação sumativa. Contudo, o número de actividades realizadas pelo candidato
não deve ser limitada às especificadas.

Suporte para o tutor/monitor: Tutores/monitores devem distinguir entre os seus diferentes


papéis na avaliação formativa e sumativa. Na primeira, toda a ajuda e suporte que sejam
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 97
solicitados pelo candidato podem legitimamente ser dados pelo tutor/monitor. Tarefas que se
destinem a providenciar evidência de avaliação sumativa devem ser preenchidas pelo
candidato sem ajuda. Contudo, será aceitável que o tutor/monitor chame a atenção do
candidato para qualquer área geral de erro em relação a critérios de desempenho particulares
ou o (a) redireccione para a tarefa em mãos.

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO:
Os centros devem notar o seguinte antes de desenhar instrumentos de avaliação.

Propósito
Em certa medida, o propósito da comunicação será definido pelo âmbito de aplicação. É
razoáveI, contudo, esperar que o candidato irá não somente identificar o principal propósito
do texto, i.e., transmitir informação mas também mostrar algum conhecimento do contexto no
qual esta informação é transmitida.

Convenções
A comunicação escrita escolhida para propósitos sumativos deve claramente abranger as
características e as convenções apropriadas à forma particular, p.e., se um candidato estiver a
escutar um item curto de noticiário de televisão. O grau de formalidade, a escolha do
vocabulário e o estilo de transmissão são claramente típicos do seu tipo.

Resultados de aprendizadem 1 e 2: (Preparar para produzir textos vocacionais específicos


escritos em Inglês; Escrever textos vocacionais específicos)

A evidência de desempenho da capacidade do candidato escrever eficazmente pode ser na


forma de um teste ou num conjunto (portfolio).

Deve ser fornecida evidência da produção pelo candidato de pelo menos dois trabalhos
relevantes em assuntos directos. O trabalho deve ser de nível apropriado.

Todo o material deve ser correcto, completo e relevante para o assunto e propósito e deve
cumprir com o padrão de convenções. Todos eles devem ser redigidos à mão.

Progressão

Este Módulo constitui parte de um conjunto desenvolvido, que na totalidade compõem os


Módulos obrigatórias da qualificação de Nível 4 em Inglês. A conclusão com êxito deste e
mais três módulos do Nível 4 permitem a progressão para o Nível 5.

Necessidades Especiais
Em certos casos podem ser produzidos req uisitos de evidências modificados por um Centro
de Certificação para candidatos individuais com necessidades especiais. Contudo, se a
modificação realmente ocorrer, não deve diluir a qualidade das Especificações da Módulo.
Em todos os casos, a modificação está sujeita à aprovação pelo PIREP.

BIBLIOGRAFIA

1. “COMMUNICATION SKILLS 1” – Unit Ref: U2005905 – Botswana


Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 98
2. “COMMUNICATION 1” – Unit Ref: 7110015 - SQA-SCOTTISH
QUALIFICATIONS AUTHORITY

Directrizes e Regulamentos para a Avaliação Curriculares – PIREP –


3. Moçambique, 1ª Edição, Junho 2008

4. English for Speakers Other Languages – Unit Ref: NSWTESL312A –


Australia

5. Manual on Developing and Registering Units of Competency – PIREP –


Mozambique, 1st Edition, June 2008

6. Manual de Elaboração de Módulos Curriculares – PIREP – Moçambique, 1ª


Edição, Junho 2008

7. National Qualification Framework – South African Qualification Authority –


SA

8. The Common European Framework of Reference for Languages: Learning,


Teaching, Assessment. - Council of Europe - Cambridge University Press,
UK

© Direitos de Autor PIREP 2008

Note-se que este Módulo é um esboço para formação na fase piloto do PIREP. Não pode ser
usado para quaisquer outro propósito sem o acordo expresso do director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 99
5.7 Interpretar informação utilizando processos e procedimentos
matemáticos
Interpretar informação utilizando processos e procedimentos
Título do Módulo:
matemáticos
HG034001
Número do Módulo:
Data da Validação:
04 de Junho de 2009
04
Nível do QNQP:
02
Valor de Crédito:

Pré requisito de Entrada: Módulos HG033001 e HG033002

Neste módulo o candidato:


- interpreta informação fornecida em tabelas e gráficos,
realiza uma análise crítica das representações possíveis
e escolhe as representações mais adequadas aos
objectivos definidos;
Introdução do Módulo:
- recolhe, regista, interpreta e apresenta dados usando
ferramentas básicas de estatística.

1. Interpreta e apresenta informação fornecida por meio de


tabelas, gráficos de pontos, gráficos contínuos e
Resumo dos Resultados de
diagramas de barra
Aprendizagem
2. Recolhe e regista dados

3. Interpreta e apresenta dados

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 100
Interpretar informação utilizando processos e procedimentos
Título do Módulo: matemáticos

Resultado de
Aprendizagem 1: Interpreta e apresenta informação fornecida por meio de
tabelas, gráficos de pontos, gráficos contínuos e diagramas de
barras

Critérios de desempenho:
(a Interpreta gráficos e diagramas
(b) Compara gráficos e diagramas, identificando o mais adequado
para uma determinada situação
(c) Converte situações descritas por extenso, em representações
gráficas

Âmbito de Aplicação:
Situações e representações gráficas do dia a dia, retiradas
particularmente dos jornais e de relatórios ou outros
documentos oficias do país.

Gráficos indicando a planificação para um dado período (por


exemplo índices de produção) e a execução real desse plano

Régua e/ou esquadro e compasso


Canetas ou lápis de várias cores

Evidências Requeridas: a) Evidência oral e escrita:


- dadas 6 tabelas, constrói os respectivos gráficos de
pontos;
- dados 6 gráficos (de pontos e contínuos)
correspondentes a situações descritas, retira informação
qualitativa e quantitativa dos mesmos;
- dados 6 diagramas de barras correspondentes a
situações descritas, retira informação qualitativa e
quantitativa dos mesmos;
- dados 6 diagramas circulares correspondentes a
situações descritas, retira informação qualitativa e
quantitativa dos mesmos;

b) Evidência oral e escrita: dados 5 conjuntos de 2 gráficos


cada um, indica, justificando, em cada conjunto, o gráfico
mais adequado para caracterizar uma situação descrita

c) Evidência oral e escrita: dadas 10 situações do dia a dia,


representa-as por meio dum gráfico ou dum diagrama.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 101
Interpretar informação utilizando processos e procedimentos
Título do Módulo: matemáticos

Resultado de Recolhe e regista dados


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:

a) Identifica os dados a recolher

b) Desenha um instrumento apropriado de recolha de


dados

c) Usa adequadamente técnicas de recolha de dados

d) Regista e apresenta dados num formato apropriado

Âmbito de Aplicação: Situações do dia a dia, particularmente relacionadas com:


- dados de produção
- sondagens de opinião de clientes
- recenseamento de funcionários ou grupos
populacionais
- inventários de materiais e equipamento

Eixos, títulos, unidades e escalas

Evidência prática e escrita:


Elabora um relatório sobre um trabalho de recolha de dados,
incluindo:
- o grupo alvo em que fez a recolha
- os dados identificados
- o instrumento de recolha desenhado
Evidências Requeridas:
- os procedimentos levados a cabo na recolha dos dados
- o registo e apresentação apropriada dos dados
recolhidos.
O trabalho deve envolver a gestão de um conjunto de 40 a 60
dados.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 102
Interpretar informação utilizando processos e procedimentos
Título do Módulo: matemáticos

Resultado de
Aprendizagem 3: Interpreta e representa dados

Critérios de desempenho:
(a) Identifica e descreve as principais características dos dados

(b) Escolhe e usa dados utilizando técnicas que representam


efectivamente os dados

(c) Segue convenções para representar dados

(d) Interpreta correctamente dados

(e) Identifica fontes de erros e os seus efeitos

(f) Avalia decisões tomadas quanto à interpretação apresentação


de dados

Âmbito de Aplicação: O mesmo contexto acima descrito

Evidências Requeridas: O candidato deve elaborar um Relatório que:


- contenha uma efectiva apresentação e correcta
interpretação dum conjunto de dados, num modo
apropriado
- segue convenções no que respeita à apresentação de
dados
- avalia decisões sobre a interpretação e a apresentação
dos dados
- examine as actuais ou possíveis fontes de erro nos
procedimentos de recolha e no processo de registo
- análise dos efeitos dos erros acima indicados
- avaliação das decisões tomadas no processo de recolha
e registo de dados.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 103
NOTAS DE SUPORTE

Esta parte das especificações do Módulo constitui um guia de apoio. Nenhuma das secções
destas Notas de Suporte tem carácter obrigatório.

Horas Normativas:
O tempo estimado para aquisição das capacidades, conhecimento e habilidades deste Módulo
é de 20 horas normativas.

Propósito:
Com este Módulo pretende-se desenvolver um largo leque de capacidades de interpretação
gráfica em situações do dia a dia e, ainda, que o candidato fique apto a recolher e registar
dados relacionados com casos concretos.

Guião do Conteúdo e Contexto:


Em geral, este módulo prevê uma abordagem prática, com actividades integradas, de modo a
que o candidato possa aplicar as competências aqui desenvolvidas em situações concretas
relacionadas com a sua área vocacional.

O candidato utiliza as ferramentas básicas de estatística descritiva (distribuições estatísticas e


medidas de localização - média, mediana e moda), fazendo a análise crítica da validade e
consistência destas ferramentas, de acordo com cada situação. Estes conceitos e terminologia
devem ser tratados no decorrer do módulo.

Resultado de Aprendizagem nº 1:

Neste momento, o candidato deverá ser capaz de utilizar o sistema cartesiano ortogonal, o
cálculo de percentagens e o cálculo em geral, no seio dos números racionais.

Pretende-se que o candidato observe informação fornecida por meio de tabelas, diagramas ou
gráficos e faça uma interpretação, quantitativa e qualitativa, por extenso, dessa informação,
indicando: o objectivo principal da informação, que tipo de dados estão envolvidos, a que
espaço físico e temporal se refere e quais as principais conclusões. A seguir, prevê-se que o
candidato seja capaz de fazer o processo inverso, ou seja, transformar informação dada por
extenso, em tabelas, diagramas ou gráficos.

É muito importante que o candidato desenvolva a aptidão em comparar diversas


representações gráficas para uma a mesma situação e escolha a mais adequada tendo em vista
os objectivos pretendidos.

Resultado de Aprendizagem nº 2:

Pretende-se que o candidato realize um processo de recolha de dados que inclui: a


definição das técnicas e dos instrumentos a utilizar, a definição dos diferentes tipos, da
extensão ou quantidade dos dados a recolher, a previsão dos erros que podem ocorrer,
a decisão sobre a forma de registo e apresentação dos dados recolhidos e a avaliação
do trabalho realizado.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 104
A abordagem será fundamentalmente prática. Devem ser tratados vários casos
concretos, usando “dados primários” (recolhidos pelo próprio candidato) ou “dados
secundários” (já recolhidos ou publicados anteriormente para outros propósitos),
relacionados com as áreas vocacionais específicas, como por exemplo:
- sondagem de opinião dos clientes sobre uma nova embalagem de um dado
refresco;
- análise do efeito de aplicação dum “Regulamento de Conduta dos
Funcionários” duma instituição ou empresa;
- sondagem de opinião dos agricultores sobre a introdução da cultura dum novo
produto agrícola numa região, num dado momento.

O candidato deve ser capaz de escolher, desenhar e aplicar com sucesso os


procedimentos de recolha de dados que vai seguir, seleccionando uma amostra
apropriada de modo a obter dados adequados e credíveis. É de incluir diferentes
estratégias de amostragem quer aleatórias, estratificadas ou não – aleatórias, quer
amostras “convenientes”,

Resultado de Aprendizagem nº 3:

Mais uma vez, as capacidades pretendidas devem ser desenvolvidas através de


actividades práticas, o mais possível relacionadas com as áreas vocacionais
específicas.

Sugere-se que se usem os dados recolhidos no Resultado de Aprendizagem anterior


para serem agora interpretados e apresentados, como por exemplo:
- apresentar e comparar os resultados da sondagem de opinião feita aos clientes,
sobre a nova embalagem de um refresco, levada a cabo em dois restaurantes;
- usar diagramas estatísticos para apresentar os resultados da análise da
aplicação dum novo “Regulamento de Conduta dos Funcionários”,
comparando dados recolhidos em sub-grupos com os dados do grupo total,
sugerindo razões para quaisquer diferenças, p.e., histogramas, diagramas
diversos, curvas de frequência acumulada.

É essencial que o candidato compreenda como é que os dados se relacionam com o


problema colocado. A este nível, o candidato deve exprimir esta relação, quer por
extenso, quer usando símbolos, se aplicável. Por exemplo, “a produção de milho
decresceu nos anos de 2001 e 2002, mas subitamente, em 2003, aumentou 80%”.

Deve ser capaz de interpretar e comparar dados provenientes de várias fontes.

O candidato deve escolher, para cada diagrama, escalas e eixos adequados, bem como
o nível de rigor que melhor represente os dados (p.e., números inteiros ou números
com um determinado número de casas decimais). Deve, neste processo, respeitar e
utilizar as convenções internacionais, por exemplo no que respeita à denominação dos
eixos, à colocação da variável independente no eixo horizontal, à indicação da escala
utilizada, à utilização de “cortes nos eixos” quando os dados só tomam valores muito
elevados.

Abordagens para Geração de Evidência


Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 105
A abordagem para geração de evidência é essencialmente prática e escrita, acompanhada de
apresentação oral, sob a forma dum projecto integrado, que ligue os três resultados de
aprendizagem do presente módulo. É interessante que a geração de evidência se baseie em
situações reais, relacionadas com as áreas vocacionais específicas.

Procedimentos de Avaliação

Resultado de Aprendizagem nº.1:

Teste escrito individual, a ser realizado na presença do avaliador, com formulário próprio em
que o candidato:
- constrói 2 gráficos (um de pontos e um contínuo) a partir de dados fornecidos
por meio de tabelas;
- retira informação quantitativa e qualitativa de 2 diagramas (um de barras e um
circular)
- dados 3 gráficos, escolhe o que melhor representa uma situação e objectivos
pretendidos expressos, indicando o aspecto fundamental que determinou a sua
escolha;
- representa por meio dum gráfico ou dum diagrama, uma situação dada

Resultados de Aprendizagem nº.2 e nº.3:

Projecto integrado, em que o candidato elabora um Relatório de recolha, registo, interpretação


e apresentação de dados, usando todas as capacidades e conhecimentos relacionados com os
três resultados de aprendizagem deste módulo.

Progressão

Após a conclusão deste módulo, o candidato pode aceder a qualquer nível de estudo ou
actividade profissional que tenha como requisito a interpretação de informação utilizando
processos matemáticos e, em particular, a recolha, registo, interpretação e apresentação de
dados. A elaboração de relatórios de sondagem de opinião pública, por exemplo, é um a
competência aqui desenvolvida e que pode ser utilizada em vários contextos, quer no mercado
de trabalho, quer a nível de progressão de estudos.

Referências:

1. “NUMERACY 1” – Botswana Technical Education Programme

2. “NUMERACY 4” – Botswana Technical Education Programme

3. “NUMERACY 5” – Botswana Technical Education Programme

4. Referencial de Competências - Chave – Educação e Formação de Adultos” –


Agência Nacional de Educação e Formação de Adultos (ANEFA) – Portugal

5. Matemática – Manual I – BUSCEP – Universidade Eduardo Mondlane,


Moçambique, 1996

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 106
© Direitos Autoriais PIREP 2008

Este Módulo é um esboço somente para uso pela fase Piloto de Moçambique (PIREP) para
fins de formação durante esta fase de desenvolvimento do programa.

Este não deve ser usado para qualquer outro fim ou razão sem a permissão expressa do
Director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 107
5.8 Investigar e resolver problemas económicos simples da vida pessoal
e da comunidade
Investigar e resolver problemas económicos simples da vida
Título do Módulo: pessoal e da comunidade

HG034002
Número do Módulo:

Data da Validação: 04 de Junho de 2009

Nível do QNQP: 04

Valor de Crédito: 02

Pré requisito de Entrada: Módulos HG033001 e HG033002

Neste módulo o candidato fica apto a investigar, resolver e


sugerir soluções para problemas económicos simples,
relacionados com custos, receitas e lucros, sendo direccionado
particularmente para a gestão de pequenos negócios pessoais e
Introdução do Módulo: comunitários. Para tal, é necessário que o candidato tenha os
conhecimentos para representar e efectuar cálculos no
conjunto dos números reais.

Resumo dos Resultados de


Aprendizagem: 1. Efectua e interpreta cálculos com números reais
2. Resolve problemas que envolvem custos, receitas e
lucros

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 108
Investigar e resolver problemas económicos simples da vida
Título do Módulo:
pessoal e da comunidade

Resultado de Efectua e interpreta cálculos com números reais


Aprendizagem 1:

Critérios de desempenho:
(a) Identifica os vários conjuntos de números que constituem os
números reais: conjunto dos números naturais, dos racionais,
dos inteiros e dos irracionais

(b) Representa na recta graduada números reais

(c) Efectua cálculos com números negativos, inteiros e não


inteiros

(d) Efectua cálculos com números irracionais

Situações do dia a dia expressam por meios de equações e


inequações lineares
Âmbito de Aplicação: Operações no conjunto dos números reais: adição, subtracção,
multiplicação, divisão, potenciação e radiciação
Extractos da História da Matemática, relativos ao
desenvolvimento dos conjuntos de números
Régua, esquadro e papel quadriculado
Recta graduada

Evidências Requeridas: a) Evidência oral e escrita:


- entre 15 números reais dados, identifica os naturais, os
inteiros, os racionais e os irracionais.
b) Evidência escrita: representa na recta graduada 25 números
reais dados, sendo:
- 5 números naturais
- 5 números inteiros negativos
- 10 números racionais positivos e negativos, sendo 5
dados na forma fraccionária e 5 na forma decimal
- 5 números irracionais
c) Evidência escrita:
- calcula o valor de 10 expressões matemáticas
envolvendo números positivos e negativos, inteiros e
fraccionários e as quatro operações básicas
- traduz para a forma de potência, 10 números irracionais
dados na forma de radicais
- adiciona, subtrai, multiplica, divide radicais com o
mesmo índice, com índices diferentes, com o mesmo
radicando e com radicandos diferentes
- determina potências de 10 radicais
- calcula o valor de 10 expressões matemáticas
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 109
envolvendo todos os números conhecidos
particularmente irracionais dados na forma de radical
(por ex., 2 , 3 , 5 ), positivos e negativos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 110
Investigar e resolver problemas económicos simples da vida
Título do Módulo:
pessoal e da comunidade

Resultado de Resolve problemas que envolvem custos, receitas e lucros


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:
(a) Resolve inequações do 2º grau

(b) Discute e representa graficamente funções quadráticas

(c) Exprime e interpreta situações correntes usando variáveis e


símbolos matemáticos

(d) Resolve problemas simples relacionados com custos, receitas e


lucros

Âmbito de Aplicação: Problemas simples do dia a dia relacionados com pequenos


negócios, expressos por meio de equações e inequações do 1º e
do 2º graus.

Conhecimentos sobre equações do 1º e 2º graus e função


linear.

Evidências Requeridas: 1. Resolve analítica e graficamente 15 inequações do 2º grau


e escreve a solução quer usando sinais de desigualdade,
quer usando intervalos
2. Evidência escrita:
- representa graficamente 10 funções quadráticas
- retira, do gráfico de 10 funções quadráticas,
informação sobre os seus zeros, o sinal, a monotonia e
os extremos
3. Evidência escrita:
ii. traduz para linguagem matemática (expressão analítica
de funções, equações e inequações) enunciados de 12
problemas simples do dia a dia, relacionados com
custos, receitas e lucros
iii. nos 12 problemas acima referidos, indica o intervalo de
variação de cada variável
d) Evidência escrita:
- resolve os 12 problemas acima referidos
- analisa criticamente as soluções obtidas, relacionando,
sempre que possível, com a representação gráfica de
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 111
cada situação
- elabora conjecturas sobre os problemas resolvidos,
fazendo variar algumas das condições e indicando as
consequentes alterações nas soluções dos mesmos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 112
NOTAS DE SUPORTE

Esta parte das especificações do Módulo constitui um guia de apoio. Nenhuma das secções
destas Notas de Suporte tem carácter obrigatório.

Horas Normativas:

O tempo estimado para aquisição das capacidades, conhecimento e habilidades deste Módulo
é de 20 horas normativas.

Propósito:

Com este Módulo o candidato fica apto a investigar, resolver e avaliar as soluções
encontradas para problemas económicos simples, de interesse pessoal e/ou comunitário,
sugerindo, com a utilização de modelos matemáticos, medidas para rentabilizar os negócios
envolvidos.

Afim de poder levar a cabo os objectivos acima indicados, o candidato fica também apto a
efectuar cálculos no conjunto dos números reais, a resolver equações e inequações lineares e
do 2º grau e a fazer o estudo de funções lineares e quadráticas.

Guião do Conteúdo e Contexto:

Prevê-se que o candidato já esteja familiarizado com a utilização de variáveis e seja capaz de
exprimir, por meio de expressões matemáticas, pequenas expressões/condições dadas por
extenso.

Para além das situações mais simples, o candidato analisará outras um pouco mais complexas,
em que, num mesmo gráfico, compara uma função que representa os custos do negócio com
outra que representa as receitas, determinando, por exemplo, os intervalos de variação do
lucro.

Para o Resultado de Aprendizagem nº 1:

O candidato deve efectuar cálculos usando todos os subconjuntos de números que


constituem o conjunto de números reais. Deve ser dado ênfase aos números irracionais
e ao cálculo envolvendo radicais (com o mesmo índice, com índices diferentes, com o
mesmo radicando e com radicandos diferentes). As propriedades das operações
envolvendo potências e radicais devem ser treinadas. O candidato deve realizar estes
cálculos manualmente, usando as propriedades, mas também os deve realizar usando
máquina de calcular. Deve comparar os resultados obtidos pelas duas vias, fazendo a
distinção entre resultado exacto e resultado aproximado.

Para o Resultado de Aprendizagem nº 2:

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 113
O principal objectivo deste Resultado de Aprendizagem é analisar e resolver
problemas económicos simples. Porém, para tal, é necessário que o candidato:
- resolva equações e inequações lineares e do 2º grau
- faça o estudo de funções lineares e quadráticas
- represente graficamente estas funções
- interprete o gráfico destas funções

Em relação aos problemas económicos, eles devem versar situações comuns do dia a
dia. O candidato deve fazer a distinção clara entre “receita” e “lucro”. É importante
que não sejam colocados problemas já “tratados e arranjados” em que, por exemplo, a
função “Custo de Produção” e a função “Receita” já estão dadas. Pelo contrário,
devem ser colocadas as situações como elas aparecem no quotidiano e o candidato
deve ser capaz de exprimir por meio de equações, inequações ou funções as várias
condições a satisfazer e, a seguir, já com o modelo matemático, fazer o estudo do
mesmo. Um exemplo pode ser:
- “Uma senhora tem uma barraca onde vende bolachas. Ela paga de aluguer da
barraca, 1000,00 Mt por mês. Ela compra as bolachas a 7,00 Mt o pacote e
vende o mesmo pacote a 10,00 Mt. Paga, pelo transporte dos pacotes de
bolachas, a quantia de 50 cêntimos do metical, por pacote. Quantos pacotes de
bolachas deve vender durante um mês, para conseguir um lucro igual a
2000,00 Mt ao fim desse mês? Supondo que consegue vender essa quantidade
de bolachas por mês, de quanto é a Receita mensal?”

Para resolver este exemplo, o candidato deverá:


- definir as variáveis a utilizar
- escrever a expressão matemática que representa o “Custo” em função da
variável independente definida;
- escrever a expressão matemática que representa a “Receita” em função da
variável independente definida;
- escrever a expressão matemática que representa o “Lucro” (está-se a falar de
lucro simples, igual à diferença entre receita e custo) em função da variável
independente definida;
- escrever a expressão (uma inequação neste caso) que indica a condição
colocada;
- resolver a inequação;
- avaliar a solução obtida
- dar a resposta
Em exemplos como este, é importante que se faça também uma abordagem gráfica,
em que o candidato representa graficamente as funções Custo e Receita e encontra o
ponto que corresponde a um lucro de 2000,00 Mt. A seguir, deve comparar a
resolução analítica e a gráfica.

Abordagens para Geração de Evidência

A abordagem para geração de evidência é essencialmente escrita, em que se avalia


essencialmente o produto. Para além da resolução do problema propriamente dito, ao
candidato é pedido que analise o problema supondo a alteração de algumas condições ou
dados.

Procedimentos de Avaliação

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 114
Em relação ao Resultado de Aprendizagem nº.1:

Teste escrito individual, a ser realizado na presença do avaliador, com formulário próprio em
que o candidato:

- indica o resultado exacto do cálculo do valor numérico de uma expressão


envolvendo as quatro operações básicas e números dados com radicais de
diferentes índices e diferentes radicandos;

- indica o resultado exacto do cálculo do valor numérico de uma expressão


envolvendo potências de números dados através de radicais;

- indica o resultado aproximado, com aproximação até às centésimas, usando a


máquina de calcular, do valor numérico duma expressão envolvendo as quatro
operações básicas e a potenciação entre números irracionais;

- determina a solução de duas equações do 2º grau, sendo que uma tem duas
soluções e a outra não tem nenhuma;

- determina a solução de duas inequações do 2º grau;

- relaciona entre si 6 gráficos e 6 funções (duas lineares e quatro quadráticas)


dados;

- de cada um dos gráficos dados, retira informação sobre zeros, monotonia,


existência de máximos e de mínimos.

Em relação ao Resultado de Aprendizagem nº.2:

Teste escrito individual, a ser realizado na presença do avaliador, com formulário próprio em
que o candidato resolve um problema económico simples, indicando claramente:
- as variáveis definidas;
- o campo de variação dessas variáveis;
- as expressões matemáticas que representam cada uma das condições ou
objectivos do problema;
- a solução numérica obtida;
- a representação gráfica da situação e legenda do gráfico de modo a evidenciar
a solução obtida
- a resposta, tendo em conta o campo de variação das variáveis

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 115
Progressão

Após a conclusão deste módulo, o candidato pode aceder a qualquer nível de estudo ou
actividade profissional que tenha como requisito a análise e resolução de problemas
económicos do dia a dia.

O candidato pode constituir-se assessor das comunidades para a gestão de pequenos negócios.

Particularmente, o candidato fica apto a aceder a outros módulos ou níveis de estudo em que
se desenvolva e aprofunde o estudo de problemas económicos.

Referências:

1. “Working with numbers in various contexts” – SAQA US ID – 7447 – South


Africa

2. “Use mathematics to investigate and monitor the financial aspects of


personal, business, national and international issues” – SAQA US ID – 7468
– South Africa

3. Matemática – Manual II – BUSCEP – Universidade Eduardo Mondlane,


Moçambique, 1996

© Direitos Autoriais PIREP 2008

Este Módulo é um esboço somente para uso pela fase Piloto de Moçambique (PIREP) para
fins de formação durante esta fase de desenvolvimento do programa.

Este não deve ser usado para qualquer outro fim ou razão sem a permissão expressa do
Director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 116
5.9 Interpretar e produzir enunciados orais

Título do Módulo: Interpretar e produzir enunciados orais

Número do Módulo: HG044001

Data de validação: 04 de Junho de 2009

Nível de QNQP: 4

Valor do crédito: 2
Ter qualificações que habilitem o candidato a frequentar o
nível 4
Requisitos de Entrada:

Introdução ao Módulo: O candidato participa num debate através de intervenções


claras e relevantes para o tema nas quais:
 usa vocabulário e estruturas gramaticais
correctas e adequadas,
 recorre a auxiliares visuais e à entoação, ritmo,
tom, pausas para modelar a sua intervenções,
tendo em atenção as circunstâncias e os
intervenientes.
b) O candidato anota contribuições de outros participantes
para orientar as suas intervenções

Resumo dos Resultados de


aprendizagem:
1. Contribuir no debate com intervenções oportunas e
claras tendo em conta o tema, a audiência e a
situação, com opiniões e ideias fundamentadas,
concordando ou discordando dos restantes
participantes fluente e correctamente
2. Usar adequadamente vocabulário, estruturas
gramaticais, auxiliares visuais e elementos da
oralidade ( entoação, ritmo, tom, pausas) de acordo
com a audiência e situação comunicacional

3. Anotar as contribuições dos participantes para usar nas


suas intervenções

Título do Módulo: Interpretar e produzir enunciados orais

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 117
Resultado de Contribuir no debate com intervenções oportunas e claras
aprendizagem 1: tendo em conta o tema, a audiência e a situação, com
opiniões e ideias fundamentadas, concordando ou
discordando dos restantes participantes fluente e
correctamente

Critérios de desempenho: Intervém umas 3 vezes num debate modelando a


linguagem verbal e corporal, entoação, ritmo, tom, pausas

Âmbito de Aplicação: Debate num grupo de até 8 pessoas,

Debate num grupo de até 20 pessoas

sobre temas da actualidade, como combate contra a SIDA,


Juventude e desemprego, juventude e drogas, as regras de
convivência social, prevenção e combate de acidentes
laborais, tráfico de pessoas, a formação técnica
profissional e oportunidades de emprego...

Evidências Requeridas: Evidência oral:


 2 intervenções num debate de grupo com 8
participantes
 2 intervenções num debate de grupo de até 20
participantes

Em ambos casos deve usar linguagem correcta e adequada


ao contexto, modelando o nível de língua, entoação, ritmo,
tom, pausas para realçar as suas intervenções

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 118
Título do Módulo: Interpretar e produzir enunciados orais

Resultado de Usar adequadamente vocabulário, estruturas gramaticais,


aprendizagem 2: auxiliares visuais e elementos da oralidade ( entoação,
ritmo, tom, pausas) de acordo com a audiência e situação
comunicacional

Critérios de desempenho: Usa vocabulário específico do tema em debate


Usa vocabulário correcto, diversificado e adequado ao
tema e aos participantes

Âmbito de Aplicação:
Debate num grupo de até 8 pessoas

Debate num grupo de até 20 pessoas

sobre temas da actualidade, como combate contra a SIDA,


Juventude e desemprego, juventude e drogas ,as regras de
convivência social, prevenção e combate de acidentes
laborais, tráfico de pessoas, , a formação técnica
profissional e oportunidades de emprego...

Evidências Requeridas: Evidência oral:


- 3 intervenções num debate de grupo com 8
participantes, com uso de vocabulário específico ao
tema, diversificado e correcta
- 2 intervenções num debate de grupo de até 20
participantes com uso de vocabulário específico ao
tema, diversificado e correcto

Em ambos casos deve usar linguagem correcta e adequada


ao contexto, modelando o nível de língua, entoação, ritmo,
tom, pausas para reforçar a sua intervenção

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 119
Título do Módulo: Interpretar e produzir enunciados orais

Resultado de Anotar as contribuições dos participantes para usar nas


aprendizagem 3: suas intervenções

Critérios de desempenho: Segue o desenrolar de um debate


Retira das intervenções informação relevante

Âmbito de Aplicação: Debate num grupo de até 8 pessoas

Debate num grupo de até 20 pessoas

Evidências Requeridas: Anotação escrita à mão de 5 intervenções feitas ao longo


de cada um dos debates

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 120
NOTAS DE SUPORTE

Horas Normativas de Aprendizagem:

Para completar este módulo são necessárias 20 horas normativas.

Propósito:

Este módulo tem como propósito desenvolver a expressão oral dos candidatos através de
debates nos quais faz anotações, participa usando um nível de linguagem e vocabulário de
acordo com a audiência e tema em debate, recorre a aspectos prosódicos para dar maior
expressividade às suas intervenções.

Guião do Conteúdo e Contexto:

O fundamental neste módulo é que o candidate tome notas à medida que se desenrola o debate
e use estas notas para se guiar nas suas intervenções. Paralelamente, deve recorrer a um
vocabulário rico, diversificado, de acordo com a audiência.

A primeira habilidade implica capacidade de escrever fazendo códigos e abreviaturas


pessoais, o que pode ser ensinado e treinado. A segunda implica muita leitura. Por tal motivo,
deve ser estimulada a leitura permanente de obras literárias e técnicas. Vale dizer que uma
forma adequada para que o debate corra devidamente é a preparação através de leituras
específicas sobre o tema. Por isso, é de todo o interesse que se preparem, compilem ou
seleccionem materiais video, de leitura conforme os temas a serem debatidos.

Correspondentes a:

Resultado de aprendizagem 1:

Deve-se distribuir textos para leitura de base para os debates. Além disso deve-se fazer, com o
grupo de estudantes, um levantamento de expressões a serem usadas para manifestar acordo
(concordo, apoio, partilho a ideia, defendo o mesmo ponto de vista, sou da mesma opinião...)
ou desacordo (nao concordo, sou de opiniào diferente, a minha ideia é diferente, o meu ponto
de vista não coincide, tenho outra opiniào, discordo (totalmente, parcialmente, de algum
modo....)

Resultado de aprendizagem 2

Deve-se rever os recursos prosódicos disponíveis para tornar mais viva a intervenção de cada
interveniente, o que pode ser conseguido com o auxílio de videogramas e fonogramas.

Resultado de aprendizagem 3

É conveniente rever e ampliar os sinais, símbolos, abreviaturas usados pelos estudantes para as
suas tomadas de nota. Pode-se elaborar uma lista conjunta e ao longo do tempo ir estimulando o
recurso a estes símbolos.

Abordagens e Procedimentos de Avaliação

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 121
A avaliação deste módulo baseia-se na observação dos participantes num debate e nas notas
que este tomam ao longo da sessão. Deve-se, então, elaborar uma ficha de observação e
identificar os símbolos e abreviaturas que devem ser usados pelos estudantes do módulo.

Quanto às anotações para evidência no Resultado de Aprendizagem 3, devem ser


manuscritas e não editadas. Deverá ser entregue uma folha a cada participante, para que nela
faça as suas anotações.

Progressão

Este é o primeiro módulo do nível 4 do QNQP. Os estudantes que completarem com sucesso
este módulo poderão prosseguir para o módulo 2 deste nível e estarão habilitados a
participarem em debates com maior proficiência.

Referências:

1. BERGSTRÖM, Magnus; Reis, Neves. Prontuário ortográfico e guia da


língua portuguesa. 48. ed. Cruz Quebrada, Casa das Letras,
2007.

2. BORREGANA, António Afonso. Gramática da língua portuguesa. Maputo:


Textos Editores, 2006.

3. CARRILHO, Métodos e técnicas de estudo. Lisboa: Presença, 2004.

4. DICIONÁRIO Editora da Língua Portuguesa 2009. Porto: Porto Editora,


2008.
ou

NOVO Dicionário da Língua Portuguesa: conforme acordo ortográfico.


Lisboa: Texto Editora, 2008.

5. MONTEIRO, Manuela Matos. Como tirar apontamentos e fazer esquemas.


Porto: Porto Editora, 2002.

6. OLIVEIRA, Pedro; Oliveira, Édula. Correspondência: oficial, empresarial e


conhecimento de gramática. 2. ed. Porto Alegra: Doravante,
2005.

7. VENTURA, Helena; CASEIRO, Manuela. Guia prático de verbos com


preposições. 2. ed. Lisboa: LIDEL, 2004.

Necessidades Especiais:

Não requeridas

© Direitos de autor PIREP 2008

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 122
Este módulo é um esboço para uso pela fase Piloto de Moçambique (PIREP) para fins de
formaçao durante esta fase dedesenvolvimento do programa.

Este não deve ser usado para qualquer outro fim ou razão sem a permissão expressa do
Director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 123
5.10 Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário e
informativo, tendo em conta um plano e respeitando técnicas e
convenções da escrita

Interpretar e produzir textos escritos de carácter


Título do Módulo: utilitário e informativo, tendo em conta um plano e
respeitando técnicas e convenções da escrita
Número do Módulo: HG044002

Data de validação: 04 de Junho de 2009

Nível de QNQP: 4

Valor do crédito: 2

Habilidades de processar texto no computador de nível


Requisitos de Entrada:
médio; ter qualificação de nível 3 do QNQP.
O candidato adquire a competência de interpretar textos
sistematizando, num esquema e de forma lógica,
informação contida em textos informativos e utilitários.
Preenche formulários mais complexos como inquéritos de
avaliação, formulários de protocolos específicos usados na
sua especialidade ou em instituições de serviço público. O
Introdução ao Módulo: candidato escreve o seu CV e cartas utilitárias com fins
específicos, recorrendo a vocabulário adequado e
diversificado, respeitando as regras da língua sobretudo no
que se refere à pontuação, ortografia, mancha gráfica,
concordância. Revê os textos por si escritos e procede a
alterações justificadas.

Resumo dos Resultados de


Aprendizagem:
1. Interpretar informação contida num texto, retirando a
mensagem principal e os seus elementos constituintes
para elaborar um esquema
2. Preencher formulários mais complexos
3. Elaborar o seu CV
4. Escrever uma carta com fins específicos

5. Utilizar o código escrito de modo correcto


(pontuação, ortografia, mancha gráfica)

6. Proceder à autocorrecção e revisão de textos escritos

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 124
Título do Módulo: Interpretar e produzir textos escritos de carácter
utilitário e informativo, tendo em conta um plano e
respeitando técnicas e convenções da escrita

Resultado de Interpretar informação contida num texto, retirando


aprendizagem 1: mensagem principal e os seus elementos constituintes para
elaborar um esquema

Critérios de desempenho: a) Interpreta informação fornecida num texto, retirando


ideias principais
b) Elabora um esquema a partir das ideias principais
retiradas do texto

Âmbito de Aplicação: a) Artigos de fundo de jornais locais e regionais, textos


educativos da campanha contra a violência doméstica,
trabalho infantil, HIV/SIDA, educação para a cidadania
b) Textos da área de especialidade

Evidências Requeridas: Evidências escritas:


 esquema escritos a mão de 1 textos
 esquema escrito no computador de 1 outro texto

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 125
Título do Módulo: Interpretar e produzir textos escritos de carácter
utilitário e informativo, tendo em conta um plano e
respeitando técnicas e convenções da escrita

Resultado de Preencher formulários mais complexos


aprendizagem 2:

Critérios de desempenho: Preenche correctamente formulários

Âmbito de Aplicação: Formulários usados em certas instituições de serviço de


interesse público, serviços da área de especialidade do
candidato, de avaliação de um facto ou evento conhecido
pelo estudante

Evidências Requeridas: Dois formulários impecavelmente preenchidos, sem erros,


nem borrões.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 126
Interpretar e produzir textos escritos de carácter
Título do Módulo: utilitário e informativo, tendo em conta um plano e
respeitando técnicas e convenções da escrita

Resultado de Elaborar o seu CV


aprendizagem 3:

Critérios de desempenho: a) Elabora o seu CV seguindo modelos diferentes


oferecidos por um processador de textos
b) Selecciona e ordena informação relevante da sua vida
para apresentar num CV
c) Junta algumas evidências das afirmações feitas no CV

Âmbito de Aplicação: Candidatura a um emprego (de livre iniciativa ou em


resposta a um anúncio), a estudos de nível mais avançado

Evidências Requeridas: Evidência escrita: 2 CV sem erros, seguindo dois


modelos distintos fornecidos por um processador de texto,
com 1 anexo relacionado com as suas afirmações no CV

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 127
Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário
Título do Módulo: e informativo, tendo em conta um plano e respeitando
técnicas e convenções da escrita

Resultado de Escrever uma carta com fins específicos


aprendizagem 4:

Critérios de desempenho: Escreve cartas para responder a uma necessidade


específica sua ou do seu sector de trabalho

a) Candidatura a um emprego
b) Pedido de informação a um fornecedor de produtos da
área de especialidade
c) Reclamação sobre um produto que não responde a
especificações pedidas na área de especialidade
Âmbito de Aplicação:
d) Participação de uma avaria ou detérioro de equipamento
ou produto da área de espcialidade
e) Apresentação de informação sobre produto ou serviço
eventualmente pedida por um cliente, na área de
especialidade
a) Evidência escrita: uma carta de candidatura a um posto
de trabalho, em resposta a um anúncio dado, escrito
num processador de textos
b) E duas escolhidas ao critério do candidato entre:
a. Pedido de informação sobre um produto ou
serviço a um fornecedor da área de
especialidade
b. Reclamação sobre um produto que não
Evidências Requeridas:
responde a especificações pedidas na área
de especialidade
c. Participação de uma avaria ou detérioro de
equipamento ou produto da área de
espcialidade
d. Informação sobre produto ou serviço da
área de especialidade

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 128
Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário
Título do Módulo: e informativo, tendo em conta um plano e respeitando
técnicas e convenções da escrita

Resultado de Utilizar o código escrito de modo correcto (pontuação,


aprendizagem 5: ortografia, mancha gráfica)

Critérios de desempenho: Textos e tabelas escritas nos elementos anteriores desta


competência observando as convenções da escrita

Âmbito de Aplicação: Textos e tabelas escritas nos elementos anteriores desta


competência observando as convenções da escrita

Evidências Requeridas: Trabalhos escritos nos restantes resultados, feitos com


correcção linguística.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 129
Interpretar e produzir textos escritos de carácter utilitário
Título do Módulo: e informativo, tendo em conta um plano e respeitando
técnicas e convenções da escrita

Resultado de Proceder à autocorrecção e revisão de textos escritos


aprendizagem 6:

Critérios de desempenho: a) Corrige os erros detectados nas produções dadas nos


elementos anteriores
b) Explica as modificações feitas nos seus trabalhos
escritos

Âmbito de Aplicação: Textos e tabelas escritas nos elementos anteriores desta


competência observando as convenções da escrita

Evidências Requeridas: 3 dos textos escritos nesta competência corrigidos e


acompanhados de explicações escritas sobre as alterações
feitas

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 130
NOTAS DE SUPORTE

Horas Normativas de Aprendizagem:

Estima-se que o candidato precise de 20 horas normativas para adquirir os conhecimentos,


habilidades e capacidades referidas neste módulo.

Propósito:

Com este módulo pretende-se desenvolver nos candidatos:


 capacidade de compreensão escrita através da extracção de ideias principais de um
texto dado e
 capacidade de escrita de modo que sejam capazes de:
 elaborar um esquema a partir de um texto lido
 escrever o seu próprio CV, usando um template de processador de textos;
 elaborar cartas pequenas e simples de acordo com um propósito específico,
 preencher formulários algo complexos.

Espera-se que, ao escrever, o candidato aplique regras e convenções da escrita de maneira


proficiente. Também se pretende que continue a desenvolver a sua capacidade de rever o que
escreve e fazer alterações adequadas e ponderadas.

Guião do Conteúdo e Contexto:

Na habilidade de escrita, o candidato deve desenvolver o seu vocabulário, domínio das regras
de gramática (concordância, ortografia, pontuação....), por isso, deve ser estimulado
constantemente a consultar dicionário, guia de verbos com preposições, gramáticas,
prontuário para escrever e corrigir o que escreve, pelo que estes materiais devem estar sempre
disponíveis.

Correspondente a:
Resultado de aprendizagem 1:

Deve-se induzir os estudantes a consultarem Carrilho (2004) ou Monteiro (2002) para


conhecerem melhor os diferentes tipos de esquemas de modo a escolherem o mais
apropriado à natureza do texto e ao seu estilo pessoal.

Resultado de aprendizagem 2
Será necessário reproduzir diversos formulários para serem usados neste módulo e podem ser
relacionados com a especialidade do candidato ou de natureza mais geral, mas devem ser
autênticos. Alguns dos fomulários deverão ser feitos no computador.

Resultado de aprendizagem 3
Para este resultado é necessário que os estudantes tenham acesso a um computador para
poderem ver e seleccionar os diferentes templates disponíveis para fazer um CV. Este deve
ser real e relacionado com uma oportunidade de emprego. Pode-se recorrer a um anúncio do
jornal para, a partir deste, os candidatos elaborarem o seu CV
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 131
Resultado de aprendizagem 4
Deve-se criar uma base de dados para apoiar o propósito desta habilidade, de modo que as
cartas a serem escritas sejam o mais próximo possivel da realidade. Uma das cartas a escrever
deve relacionar-se com o CV, correspondente ao resultado antérior.

Resultado de aprendizagem 5 e 6
Estes resultados correspondem a habilidades que devem ser desenvolvidas em permanência e,
para tal, deve-se incentivar os estudantes a usarem meios de consulta para esclarecerem as
suas dúvidas (prontuário, gramática, dicionário, guia de verbos com preposições...).

As habilidades destes resultados de aprendizagem serão obtidas aplicando o conhecimento e


habilidades adquiridas nos materiais escritos feitos nesta competência.

Abordagens de Avaliação e Procedimentos de Avaliação

A avaliação neste módulo tem como base trabalhos escritos que devem ser produzidos,
revistos e corrigidos antes de serem entregues. Nalguns casos deve-se usar o computador para
realizar algumas das actividades conducentes à competência. Por exemplo, o CV deve ser
feito recorrendo ao computador, alguns formulários devem ser feitos à mào mas outros em
computador.

Resultado de aprendizagem 1
Fica ao critério do estudante decidir que formato de esquema irá usar para o texto dado. No
entanto, uma vez escolhido, deve-se verificar se foi coerentemente seguido. No geral pode-se
limitar o esquema a 3 níveis como máximo.

Resultado de aprendizagem 2
Um formulário será preenchido à mão e outro no computador.

Resultado de aprendizagem 3
A escolha dos modelos a serem usados ficará ao critério do estudante.

Resultado de aprendizagem 4
As cartas serão escritas no computador, pelo que se deve distinguir os aspectos de informática e os
de língia a ter em conta no resultado deste trabalho. Será útil indicar a formatação requerida, como
espaço entre linhas, margens, tipo e tamnho de letra.

Resultado de aprendizagem 5 e 6
Trata-se de aplicar estas habilidades aos escritos feitos nos restantes resultados.

Progressão

Este é o segundo módulo de Português para o nível 4 do QNQP. Ao terminá-lo, o candidato


habilita-se a realizar os módulos 5. Além disso, está em condições de laborar em sectores
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 132
onde se requerem habilidades para escrever cartas de pequena extensão, ou preencher
formulários algo complexos ou corrigir textos escritos de complexidade média.

Referências Bibliográficas:

1. BERGSTRÖM, Magnus; Reis, Neves. Prontuário ortográfico e guia da


língua portuguesa. 48. ed. Cruz Quebrada, Casa das Letras,
2007.

2. BORREGANA, António Afonso. Gramática - língua portuguesa. Maputo:


Textos Editores, 2006.

3. CARRILHO, Métodos e técnicas de estudo. Lisboa: Presença, 2004.


4.
CUNHA, Celso; Cintra, Luis F. Lindley. Breve gramática do português
contemporâneo. 18. ed. Lisboa, João Sá da Costa, 2006.

3 DICIONÁRIO da língua portuguesa

4 MONTEIRO, Manuela Matos. Como tirar apontamentos e fazer esquemas.


Porto: Porto Editora, 2002.

5 NASCIMENTO, Zacarias; Pinto, José Manuel. A dinâmica da escrita: como


escrever com êxito. 5. ed. Lisboa: Plátano, 2006.

6 OLIVEIRA, Pedro; Oliveira, Édula. Correspondência: oficial, empresarial e


conhecimento de gramática. 2. ed. Porto Alegra: Doravante,
2005.

7 VENTURA, Helena; CASEIRO, Manuela. Guia prático de verbos com


preposições. 2. ed. Lisboa: LIDEL, 2004.

Necessidades Especiais:

Acesso a computadores serä uma condição importante para que os estudantes aquiram
as habilidades deste módulo.

© Direitos de autor PIREP 2008

Este módulo é um esboço para uso pela fase Piloto de Moçambique (PIREP) para fins de
formação durante esta fase dedesenvolvimento do programa.

Este não deve ser usado para qualquer outro fim ou razão sem a permissão expressa do
Director do PIREP.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 133
6 Modulos Vocacionais Obrigatórios
6.1 Maquinar peças aplicando processos de torneamento

Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de torneamento,

Número do Módulo: MNQ0504M8-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 6

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o nível
3 de mecânica industrial

Introdução ao Módulo: Esta unidade de competência prepara os candidatos a realizarem


operações complexas de torneamento, superficial de acordo com
instruções do instrutor e/ou desenhos de engenharia.

1. Classificar diferentes tipos de máquinas-ferramentas .


Resumo dos Resultados de
Aprendizagem: 2. Maquinar Cones no torno central, acessório para corte cónico
usando o método de Cabeçote móvel. Abertura de dentes no
sistema métrico e em polegadas usando parafuso-guia.

3. Inspeccionar peças maquinadas por torneamento,

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 134
Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de torneamento,

Resultado de Classificar diferentes tipos de máquinas-


Aprendizagem 1: ferramentas.

Critérios de desempenho:
a) Listar diferentes tipos de tornos com os respectivos domínios de
aplicação
b) Classificar os diferentes tipos de fresadoras e descrever as suas
aplicações
c) Descrever os diferentes tipos de rectificadoras (esmeriladoras) com
destaque das rectificadoras de superfícies

Contextos de aplicação:
Oficina de máquinas equipada com tornos centrais universais,
fresadoras convencionais e rectificadoras (esmeriladoras) de
superfícies. Aprovisionados Acessórios e sobressalentes para todas
as máquinas. Ferramentas necessárias disponíveis na ferramentaria.
Manuais de Operação, lubrificantes e peças sobressalentes para os
trabalhos de manutenção disponíveis no armazém.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que é capaz de
classificar máquinas ferramentas nomeadamente tornos, fresadoras e
rectificadoras (esmeriladoras) e descrever as respectivas aplicações

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 135
Maquinar peças aplicando processos de torneamento,
Título do Módulo:

Resultado de Maquinar Cones no torno central, acessório para


Aprendizagem 2: corte cónico usando o método de Cabeçote
móvel. Abertura de dentes no sistema métrico e
em polegadas usando parafuso-guia.

Critérios de desempenho:
a) Calcular o regime de corte cónico e respectivo ângulo de corte
b) Ajustar o torno para torneamento cónico de acordo com o cone e
método de torneamento requeridos
c) Aplicar os métodos de segurança relevantes durante o
torneamento
d) Calcular o rácio e o número de dentes para a mudança de
engrenagens na abertura de dentes com parafuso-guia

e) Ajustar o torno para abertura de dentes e produção de dentes de


acordo com desenho de engenharia

Contextos de aplicação:
Todos os tornos equipados com acessórios para torneamento cónico
e conjunto de acessórios do Cabeçote móvel.

Tornos Universais equipados com parafuso-guia e conjunto standard


de engrenagens mutáveis.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que pode maquinar
cones no torno usando métodos diferentes de torneamento cónico
de acordo com dados em desenhos de engenharia e dentro das
tolerâncias especificadas. Prova prática para o candidato demonstrar
que é capaz de abrir dentes no torno parafuso-guia e dentro das
tolerâncias especificadas no desenho de engenharia.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 136
Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de torneamento,

Resultado de Inspeccionar peças maquinadas por torneamento


Aprendizagem 3:

Critérios de desempenho:
a) Escolher as ferramentas de medição e manómetros apropriados
para verificar as dimensões (medidas) da peça trabalhada com
relação às dimensões estabelecidas no desenho de engenharia.
b) Verificar as mediadas, a forma geométrica e as tolerâncias com
relação ao estabelecido no desenho de engenharia.
c) Verificar se a rugosidade de superfície (Ra, Rz) está de acordo
com os dados do desenho técnico.
d) Identificar falhas e erros e sugerir medidas correctivas em caso de
desvio com relação às tolerâncias previstas.

Contextos de aplicação:
Jogo de ferramentas de medição e manómetros.

Equipamento de ensaio de rugosidade de superfícies.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
inspeccionar peças maquinadas por torneamento e identificar falhas
e erros.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 137
Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de torneamento

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é de 60 horas.

E módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

As habilidades básicas para trabalhos de maquinagem no torno foram transmitidas aos estudantes no
nível profissional III (Módulo MNQ0504M4). Tais habilidades serão aprofundadas no nível profissional
IV – operações mais complexas de torneamento tais como o torneamento de cones e abertura de
roscas usando parafuso guia são adicionadas neste módulo. Adicionalmente, são introduzidos
processos de maquinagem usando fresadora e rectificadora, e são realizados vários exercícios
destinados a habilitar o estudante a produzir peças de acordo com desenhos de engenharia. No final
deste módulo, o estudante terá adquirido habilidades para de forma correcta e segura, realizar
trabalhos de maquinagem dentro das tolerâncias exigidas e dentro do limite de tempo previsto para
cada trabalho.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Neste módulo, os formandos operam o torno, a fresadora e a rectificadora de superfície. A fim de se


certificar de que todos os estudantes trabalham em cada um dos três tipos de máquinas-ferramentas,
deve ser concebido um plano de rotação. Tal como no nível 3, o instrutor garante que os estagiários
seguem as normas de segurança pertinentes em todos os momentos e que se importam com a limpeza
e manutenção preventiva das máquinas que lhes estão atribuídas.

No que respeita a cada Elemento de Competência:

Resultado de Aprendizagem 1:

A introdução da classificação de máquinas-ferramentas geralmente começa com uma definição: uma


Máquina-ferramenta é usada para cortar o material metálico ou não metálico a partir de uma peça bruta
até que a forma final do componente seja alcançada. Máquinas para o fabrico de componentes
cilíndricos, por exemplo, Torno e de componentes prismáticos por exemplo, fresadora e rectificadora de
superfície são explicadas. O instrutor irá descrever velocidades de corte, avanços, profundidade de
corte, tipo de movimento (circular ou linear). Ele também irá discutir a condição das máquinas-
ferramentas, por exemplo nível de precisão de acabamento de superfície, que pode ser alcançado, a
configuração da ferramenta, os materiais para ferramentas, etc.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 138
Resultado de Aprendizagem 2:

O torneamento de cones requer o cálculo de ajuste de ângulo para o método de slide composto (cones
grandes) e deslocamento do Cabeçote para ângulos menores. Em caso de abertura de dentes num
torno convencional, será dimensionado o uso das engrenagens simples ou compostos, dependendo da
altura/profundidade de corte desejada.

Resultado de Aprendizagem 3:

O instrutor deve garantir que os estudantes limpam a peça e retiram quaisquer rebarbas antes de
submete-la à inspecção.

Metodologia de Avaliação

O Leccionamento deste módulo poderia ser organizado de maneira a que o Resultado de


Aprendizagem 1 é concluído primeiro, seguindo-se então o Resultado de Aprendizagem 2. A primeira
avaliação pode ser realizada depois de concluído o Resultado de Aprendizagem 2 (Maquinagem de
cones no torno central...)

Procedimentos de Avaliação

Este módulo realiza-se parcialmente na sala de aulas mas a maior parte do tempo é dedicado a
trabalho prático nas oficinas. Particular atenção é dada à utilização efectiva do tempo planeado para a
produção e a níveis de perdas que sejam aceitáveis.

Resultado de Aprendizagem 1:

Resultado de Aprendizagem 1 é avaliado em conjunto com o Resultado de Aprendizagem 2.

Resultado de Aprendizagem 2:

É necessário formular questões de resposta individual sobre os 8 critérios de desempenho


previstos para os dois Resultados de Aprendizagem (LO1 e LO 2). Um mínimo de duas
questões deve ser formuladas para cada um dos Critérios de Desempenho. Questões
envolvendo cálculos matemáticos devem ser previstas e resolvidas, particularmente no que
respeita ao torneamento de cones e abertura de dentes.

Resultado de Aprendizagem 3:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado nas oficinas. Exige-se


avaliação contínua de todo o trabalho prático realizado. São necessárias Listas de controlo
para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para assegurar que o
nível exigido de competência é alcançado.
É necessário formular questões relativas aos três critérios de desempenho. Devem ser
realizados igualmente os cálculos necessários para o trabalho prático, particularmente no que
respeita às operações de indexação usando o Cabeçote divisor.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 139
Resultado de Aprendizagem 4:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado em oficina. Exige-se


uma avaliação contínua de todos os trabalhos práticos realizados. São necessárias Listas de
controlo para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para
assegurar que o nível exigido de competência é alcançado. LO 4, LO 5 e LO6 são avaliados
em simultâneo.

Resultado de Aprendizagem 5:

São usadas listas de verificação para todas as medidas, formas geométricas e acabamento de
superfície para avaliar a conformidade com os dados estabelecidos no desenho de engenharia.
As peças são limpas e lhes removidas quaisquer rebarbas antes da inspecção, são escolhidos
os instrumentos de medição de acordo com o nível de precisão desejado e manuseados de
forma profissional. Desvios relativos às medidas, à forma ou acabamento de superfície são
identificados e as causas de problemas são cuidadosamente analisadas. São propostas
medidas de correcção.

Resultado de Aprendizagem 6:

Um avaliador observa e verifica se o candidato realiza actividades de manutenção de acordo


com o manual da máquina e com o calendário para o efeito estabelecido. Cumprimento das
medidas de segurança ocupacional é avaliado continuamente através de provas orais e/ou
prova prática.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 140
Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 141
6.2 Maquinar peças aplicando processos de fresagem

Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de fresagem

Número do Módulo: MNQ0504M8-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 7

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o nível
3 de mecânica industrial

Introdução ao Módulo: Esta unidade de competência prepara os candidatos a realizarem


operações complexas de fresagem l de acordo com instruções do
instrutor e/ou desenhos de engenharia.

1. Realizar operações especiais de fresagem tais como a


Resumo dos Resultados de indexação e corte de engrenagens.
Aprendizagem:
2. Inspeccionar peças maquinadas por fresagem

3. Realizar trabalhos de manutenção preventiva nas máquinas


ferramentas seguindo instruções do formador e/ou constantes
dos manuais de operação da máquina e manter os respectivos
registos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 142
Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de fresagem

Resultado de Realizar operações especiais de fresagem tais


Aprendizagem 1: como a indexação e corte de engrenagens

Critérios de desempenho:
a) Realizar os cálculos necessários e ajustar a fresadora para
operações de indexação (indexação directa, indexação indirecta e
indexação composta) usando o Cabeçote divisor.
b) Realizar os cálculos necessários e ajustar a fresadora para
operações de corte de engrenagens (indexação directa, indexação
indirecta e indexação composta) usando o Cabeçote divisor e/ou a
mesa giratória.

c) Prestar atenção aos regulamentos de segurança nas operações


de fresagem.

Contextos de aplicação:
Todas as fresadoras equipadas com Cabeçotes divisores e mesas
giratórias.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de usar o
Cabeçote divisor e a mesa giratória na fresadora para operações de
indexação.
O candidato observa regras de segurança.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 143
Maquinar peças aplicando processos de fresagem
Título do Módulo:

Resultado de Inspeccionar peças maquinadas por fresagem


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:
a) Escolher as ferramentas de medição e manómetros apropriados
para verificar as dimensões (medidas) da peça trabalhada com
relação às dimensões estabelecidas no desenho de engenharia.
b) Verificar as mediadas, a forma geométrica e as tolerâncias com
relação ao estabelecido no desenho de engenharia.
c) Verificar se a rugosidade de superfície (Ra, Rz) está de acordo
com os dados do desenho técnico.
d) Identificar falhas e erros e sugerir medidas correctivas em caso de
desvio com relação às tolerâncias previstas.

Contextos de aplicação:
Jogo de ferramentas de medição e manómetros.

Equipamento de ensaio de rugosidade de superfícies.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
inspeccionar peças maquinadas e identificar falhas e erros.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 144
Maquinar peças aplicando processos de fresagem
Título do Módulo:

Resultado de Realizar trabalhos de manutenção preventiva nas


Aprendizagem 2: máquinas ferramentas seguindo instruções do
formador e/ou constantes dos manuais de
operação da máquina e manter os respectivos
registos.

Critérios de desempenho:
a) Classificar os lubrificantes e agentes de refrigeração de acordo
com as suas aplicações e com as normas ISO
b) Inspeccionar as máquinas para detectar desgastes e fugas e
reparar se necessário e de acordo com instruções do formador
c) Realizar actividades de manutenção diária, semanal e mensal de
acordo com as instruções do formador e/ou instruções contidas nos
manuais da máquina
d) Manter registos dos trabalhos de manutenção e cuidar do asseio
e limpeza das máquinas ferramentas e à sua volta

Contextos de aplicação:
Assegurar a disponibilidade em armazém de peças sobressalentes e
consumíveis para os trabalhos de manutenção. Garantir a
disponibilidade e a colocação dos lubrificantes e agentes
refrigerantes no armazém e em lugar seguro.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de realizar
trabalhos de manutenção nas máquinas ferramentas e manter
registos no livro de história da máquina.

O candidato observa as regras de segurança e os regulamentos


ambientais pertinentes.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 145
Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de fresagem

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é de 70 horas.

E módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

As habilidades básicas para trabalhos de maquinagem no torno foram transmitidas aos estudantes no
nível profissional III (Módulo MNQ0504M4). Tais habilidades serão aprofundadas no nível profissional
IV – operações mais complexas de torneamento tais como o torneamento de cones e abertura de
roscas usando parafuso guia são adicionadas neste módulo. Adicionalmente, são introduzidos
processos de maquinagem usando fresadora e rectificadora, e são realizados vários exercícios
destinados a habilitar o estudante a produzir peças de acordo com desenhos de engenharia. No final
deste módulo, o estudante terá adquirido habilidades para de forma correcta e segura, realizar
trabalhos de maquinagem dentro das tolerâncias exigidas e dentro do limite de tempo previsto para
cada trabalho.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Neste módulo, os formandos operam o torno, a fresadora e a rectificadora de superfície. A fim de se


certificar de que todos os estudantes trabalham em cada um dos três tipos de máquinas-ferramentas,
deve ser concebido um plano de rotação. Tal como no nível 3, o instrutor garante que os estagiários
seguem as normas de segurança pertinentes em todos os momentos e que se importam com a limpeza
e manutenção preventiva das máquinas que lhes estão atribuídas.

No que respeita a cada Elemento de Competência:

Resultado de Aprendizagem 1:

A introdução da classificação de máquinas-ferramentas geralmente começa com uma definição: uma


Máquina-ferramenta é usada para cortar o material metálico ou não metálico a partir de uma peça bruta
até que a forma final do componente seja alcançada. Máquinas para o fabrico de componentes
cilíndricos, por exemplo, Torno e de componentes prismáticos por exemplo, fresadora e rectificadora de
superfície são explicadas. O instrutor irá descrever velocidades de corte, avanços, profundidade de
corte, tipo de movimento (circular ou linear). Ele também irá discutir a condição das máquinas-
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 146
ferramentas, por exemplo nível de precisão de acabamento de superfície, que pode ser alcançado, a
configuração da ferramenta, os materiais para ferramentas, etc.

Resultado de Aprendizagem 2:

O torneamento de cones requer o cálculo de ajuste de ângulo para o método de slide composto (cones
grandes) e deslocamento do Cabeçote para ângulos menores. Em caso de abertura de dentes num
torno convencional, será dimensionado o uso das engrenagens simples ou compostos, dependendo da
altura/profundidade de corte desejada.

Resultado de Aprendizagem 3:

Fresagem começa com uma introdução sobre as diferentes operações de fresagem e o tipo de
fresadora usada. Itens simples, porém úteis podem ser produzidos na fresadora, por exemplo, blocos
V, braçadeiras, etc. Numa fase posterior, trabalhos mais complexos, que requerem operações de
indexação são realizadas por exemplo, engrenagens.

Resultado de Aprendizagem 4:

Especial atenção deve ser dada ao trabalho em segurança na rectificadora, como no caso de quebra
da mó, o operador pode ser gravemente ferido. Os formandos são instruídos correctamente sobre o
equilíbrio das mós antes de montá-las no eixo da máquina. Aconselha-se à fabricação de itens de
utilidade pública como blocos V, barras paralelas, grampos, etc. A barra de sine é importante na
rectificação de superfícies angulares.

Resultado de Aprendizagem 5:

O instrutor deve garantir que os estudantes limpam a peça e retiram quaisquer rebarbas antes de
submete-la à inspecção.

Resultado de Aprendizagem 6:

O formando estuda o manual do operador e sob supervisão do instrutor realiza as actividades de


manutenção e lubrificação previstas. Devem sempre limpar as máquinas que lhes foram atribuídas,
removendo e desfazendo-se das aparas, restos de materiais maquinados e líquido refrigerante usado
de forma correcta e sempre antes de abandonarem a oficina.

Metodologia de Avaliação

O Leccionamento deste módulo poderia ser organizado de maneira a que o Resultado de


Aprendizagem 1 é concluído primeiro, seguindo-se então o Resultado de Aprendizagem 2. A primeira
avaliação pode ser realizada depois de concluído o Resultado de Aprendizagem 2 (Maquinagem de
cones no torno central...) e a segunda avaliação depois de concluído o Resultado de Aprendizagem 3

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 147
(Operações de Fresagem). Os restantes Elementos de Competência são tratados de forma sucessiva e
avaliados no fim.

Procedimentos de Avaliação

Este módulo realiza-se parcialmente na sala de aulas mas a maior parte do tempo é dedicado a
trabalho prático nas oficinas. Particular atenção é dada à utilização efectiva do tempo planeado para a
produção e a níveis de perdas que sejam aceitáveis.

Resultado de Aprendizagem 1:

Resultado de Aprendizagem 1 é avaliado em conjunto com o Resultado de Aprendizagem 2.

Resultado de Aprendizagem 2:

É necessário formular questões de resposta individual sobre os 8 critérios de desempenho


previstos para os dois Resultados de Aprendizagem (LO1 e LO 2). Um mínimo de duas
questões deve ser formuladas para cada um dos Critérios de Desempenho. Questões
envolvendo cálculos matemáticos devem ser previstas e resolvidas, particularmente no que
respeita ao torneamento de cones e abertura de dentes.

Resultado de Aprendizagem 3:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado nas oficinas. Exige-se


avaliação contínua de todo o trabalho prático realizado. São necessárias Listas de controlo
para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para assegurar que o
nível exigido de competência é alcançado.
É necessário formular questões relativas aos três critérios de desempenho. Devem ser
realizados igualmente os cálculos necessários para o trabalho prático, particularmente no que
respeita às operações de indexação usando o Cabeçote divisor.

Resultado de Aprendizagem 4:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado em oficina. Exige-se


uma avaliação contínua de todos os trabalhos práticos realizados. São necessárias Listas de
controlo para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para
assegurar que o nível exigido de competência é alcançado. LO 4, LO 5 e LO6 são avaliados
em simultâneo.

Resultado de Aprendizagem 5:

São usadas listas de verificação para todas as medidas, formas geométricas e acabamento de
superfície para avaliar a conformidade com os dados estabelecidos no desenho de engenharia.
As peças são limpas e lhes removidas quaisquer rebarbas antes da inspecção, são escolhidos
os instrumentos de medição de acordo com o nível de precisão desejado e manuseados de
forma profissional. Desvios relativos às medidas, à forma ou acabamento de superfície são
identificados e as causas de problemas são cuidadosamente analisadas. São propostas
medidas de correcção.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 148
Resultado de Aprendizagem 6:

Um avaliador observa e verifica se o candidato realiza actividades de manutenção de acordo


com o manual da máquina e com o calendário para o efeito estabelecido. Cumprimento das
medidas de segurança ocupacional é avaliado continuamente através de provas orais e/ou
prova prática.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 149
6.3 Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial

Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial

Número do Módulo: MNQ0504M8-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 6

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o nível
3 de mecânica industrial

Introdução ao Módulo: Esta unidade de competência prepara os candidatos a realizarem


operações complexas de torneamento, fresagem e rectificação
superficial de acordo com instruções do instrutor e/ou desenhos de
engenharia.

1. Rectificar peças de até às medidas e forma requeridas e de


Resumo dos Resultados de acordo com dados obtidos num desenho de engenharia.
Aprendizagem:
2. Inspeccionar peças maquinadas por rectificação superficial.

3. Realizar trabalhos de manutenção preventiva nas máquinas


ferramentas seguindo instruções do formador e/ou constantes
dos manuais de operação da máquina e manter os respectivos
registos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 150
Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial
Título do Módulo:

Resultado de Ajustar a rectificadora de superfícies para


Aprendizagem 1: rectificar peças de até às medidas e forma
requeridas e de acordo com dados obtidos num
desenho de engenharia.

Critérios de desempenho:
a) Classificar as formas pedras de esmeril de acordo com as normas
ISO
b) Identificar os agentes de moagem, classes, dureza e micro
estrutura das mós e associá-las com o material a trabalhar
c) Rectificar peças à espessura requerida, planicidade e forma
dentro de tolerâncias apertadas (classes de tolerância até h6;
rugosidade de superfície até Rz 0,1)
d) Usar o agente de arrefecimento apropriado durante a rectificação
de superfícies conforme e quando necessário
e) Balancear as mós antes da rectificação usando a unidade de
balanceamento
f) Proteger a mó usando o protector de diamante

Contextos de aplicação:
Número apropriado de Rectificadoras com uma quantidade
suficiente de mós de várias classes e formas. Dispositivo de fixação
da peça a trabalhar na rectificadora. Unidade de balanceamento das
mós. Protectores de diamante em quantidade suficiente.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de ajustar a
rectificadora de superfícies para realizar rectificações, proteger as
mós e balancear as mós antes da montagem no eixo da máquina.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de rectificar
peças na rectificadora de superfícies à espessura, planicidade e
forma dentro de tolerâncias apertadas (classe de tolerância até h6;
rugosidade de superfície até Rz 0,1)
O candidato observa regras de segurança.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 151
Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial
Título do Módulo:

Resultado de Inspeccionar peças maquinadas por rectificação


Aprendizagem 2: superficial

Critérios de desempenho:
a) Escolher as ferramentas de medição e manómetros apropriados
para verificar as dimensões (medidas) da peça trabalhada com
relação às dimensões estabelecidas no desenho de engenharia.
b) Verificar as mediadas, a forma geométrica e as tolerâncias com
relação ao estabelecido no desenho de engenharia.
c) Verificar se a rugosidade de superfície (Ra, Rz) está de acordo
com os dados do desenho técnico.
d) Identificar falhas e erros e sugerir medidas correctivas em caso de
desvio com relação às tolerâncias previstas.

Contextos de aplicação:
Jogo de ferramentas de medição e manómetros.

Equipamento de ensaio de rugosidade de superfícies.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
inspeccionar peças maquinadas e identificar falhas e erros.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 152
Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial
Título do Módulo:

Resultado de Realizar trabalhos de manutenção preventiva nas


Aprendizagem 3: máquinas ferramentas seguindo instruções do
formador e/ou constantes dos manuais de
operação da máquina e manter os respectivos
registos.

Critérios de desempenho:
a) Classificar os lubrificantes e agentes de refrigeração de acordo
com as suas aplicações e com as normas ISO
b) Inspeccionar as máquinas para detectar desgastes e fugas e
reparar se necessário e de acordo com instruções do formador
c) Realizar actividades de manutenção diária, semanal e mensal de
acordo com as instruções do formador e/ou instruções contidas nos
manuais da máquina
d) Manter registos dos trabalhos de manutenção e cuidar do asseio
e limpeza das máquinas ferramentas e à sua volta

Contextos de aplicação:
Assegurar a disponibilidade em armazém de peças sobressalentes e
consumíveis para os trabalhos de manutenção. Garantir a
disponibilidade e a colocação dos lubrificantes e agentes
refrigerantes no armazém e em lugar seguro.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de realizar
trabalhos de manutenção nas máquinas ferramentas e manter
registos no livro de história da máquina.

O candidato observa as regras de segurança e os regulamentos


ambientais pertinentes.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 153
Título do Módulo: Maquinar peças aplicando processos de rectificação superficial

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é de 60 horas.

E módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

As habilidades básicas para trabalhos de maquinagem no torno foram transmitidas aos estudantes no
nível profissional III (Módulo MNQ0504M4). Tais habilidades serão aprofundadas no nível profissional
IV – operações mais complexas de torneamento tais como o torneamento de cones e abertura de
roscas usando parafuso guia são adicionadas neste módulo. Adicionalmente, são introduzidos
processos de maquinagem usando fresadora e rectificadora, e são realizados vários exercícios
destinados a habilitar o estudante a produzir peças de acordo com desenhos de engenharia. No final
deste módulo, o estudante terá adquirido habilidades para de forma correcta e segura, realizar
trabalhos de maquinagem dentro das tolerâncias exigidas e dentro do limite de tempo previsto para
cada trabalho.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Neste módulo, os formandos operam o torno, a fresadora e a rectificadora de superfície. A fim de se


certificar de que todos os estudantes trabalham em cada um dos três tipos de máquinas-ferramentas,
deve ser concebido um plano de rotação. Tal como no nível 3, o instrutor garante que os estagiários
seguem as normas de segurança pertinentes em todos os momentos e que se importam com a limpeza
e manutenção preventiva das máquinas que lhes estão atribuídas.

No que respeita a cada Elemento de Competência:

Resultado de Aprendizagem 1:

A introdução da classificação de máquinas-ferramentas geralmente começa com uma definição: uma


Máquina-ferramenta é usada para cortar o material metálico ou não metálico a partir de uma peça bruta
até que a forma final do componente seja alcançada. Máquinas para o fabrico de componentes
cilíndricos, por exemplo, Torno e de componentes prismáticos por exemplo, fresadora e rectificadora de
superfície são explicadas. O instrutor irá descrever velocidades de corte, avanços, profundidade de
corte, tipo de movimento (circular ou linear). Ele também irá discutir a condição das máquinas-
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 154
ferramentas, por exemplo nível de precisão de acabamento de superfície, que pode ser alcançado, a
configuração da ferramenta, os materiais para ferramentas, etc.

Resultado de Aprendizagem 2:

O torneamento de cones requer o cálculo de ajuste de ângulo para o método de slide composto (cones
grandes) e deslocamento do Cabeçote para ângulos menores. Em caso de abertura de dentes num
torno convencional, será dimensionado o uso das engrenagens simples ou compostos, dependendo da
altura/profundidade de corte desejada.

Resultado de Aprendizagem 3:

Fresagem começa com uma introdução sobre as diferentes operações de fresagem e o tipo de
fresadora usada. Itens simples, porém úteis podem ser produzidos na fresadora, por exemplo, blocos
V, braçadeiras, etc. Numa fase posterior, trabalhos mais complexos, que requerem operações de
indexação são realizadas por exemplo, engrenagens.

Resultado de Aprendizagem 4:

Especial atenção deve ser dada ao trabalho em segurança na rectificadora, como no caso de quebra
da mó, o operador pode ser gravemente ferido. Os formandos são instruídos correctamente sobre o
equilíbrio das mós antes de montá-las no eixo da máquina. Aconselha-se à fabricação de itens de
utilidade pública como blocos V, barras paralelas, grampos, etc. A barra de sine é importante na
rectificação de superfícies angulares.

Resultado de Aprendizagem 5:

O instrutor deve garantir que os estudantes limpam a peça e retiram quaisquer rebarbas antes de
submete-la à inspecção.

Resultado de Aprendizagem 6:

O formando estuda o manual do operador e sob supervisão do instrutor realiza as actividades de


manutenção e lubrificação previstas. Devem sempre limpar as máquinas que lhes foram atribuídas,
removendo e desfazendo-se das aparas, restos de materiais maquinados e líquido refrigerante usado
de forma correcta e sempre antes de abandonarem a oficina.

Metodologia de Avaliação

O Leccionamento deste módulo poderia ser organizado de maneira a que o Resultado de


Aprendizagem 1 é concluído primeiro, seguindo-se então o Resultado de Aprendizagem 2. A primeira
avaliação pode ser realizada depois de concluído o Resultado de Aprendizagem 2 (Maquinagem de
cones no torno central...) e a segunda avaliação depois de concluído o Resultado de Aprendizagem 3

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 155
(Operações de Fresagem). Os restantes Elementos de Competência são tratados de forma sucessiva e
avaliados no fim.

Procedimentos de Avaliação

Este módulo realiza-se parcialmente na sala de aulas mas a maior parte do tempo é dedicado a
trabalho prático nas oficinas. Particular atenção é dada à utilização efectiva do tempo planeado para a
produção e a níveis de perdas que sejam aceitáveis.

Resultado de Aprendizagem 1:

Resultado de Aprendizagem 1 é avaliado em conjunto com o Resultado de Aprendizagem 2.

Resultado de Aprendizagem 2:

É necessário formular questões de resposta individual sobre os 8 critérios de desempenho


previstos para os dois Resultados de Aprendizagem (LO1 e LO 2). Um mínimo de duas
questões deve ser formuladas para cada um dos Critérios de Desempenho. Questões
envolvendo cálculos matemáticos devem ser previstas e resolvidas, particularmente no que
respeita ao torneamento de cones e abertura de dentes.

Resultado de Aprendizagem 3:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado nas oficinas. Exige-se


avaliação contínua de todo o trabalho prático realizado. São necessárias Listas de controlo
para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para assegurar que o
nível exigido de competência é alcançado.
É necessário formular questões relativas aos três critérios de desempenho. Devem ser
realizados igualmente os cálculos necessários para o trabalho prático, particularmente no que
respeita às operações de indexação usando o Cabeçote divisor.

Resultado de Aprendizagem 4:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado em oficina. Exige-se


uma avaliação contínua de todos os trabalhos práticos realizados. São necessárias Listas de
controlo para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para
assegurar que o nível exigido de competência é alcançado. LO 4, LO 5 e LO6 são avaliados
em simultâneo.

Resultado de Aprendizagem 5:

São usadas listas de verificação para todas as medidas, formas geométricas e acabamento de
superfície para avaliar a conformidade com os dados estabelecidos no desenho de engenharia.
As peças são limpas e lhes removidas quaisquer rebarbas antes da inspecção, são escolhidos
os instrumentos de medição de acordo com o nível de precisão desejado e manuseados de
forma profissional. Desvios relativos às medidas, à forma ou acabamento de superfície são
identificados e as causas de problemas são cuidadosamente analisadas. São propostas
medidas de correcção.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 156
Resultado de Aprendizagem 6:

Um avaliador observa e verifica se o candidato realiza actividades de manutenção de acordo


com o manual da máquina e com o calendário para o efeito estabelecido. Cumprimento das
medidas de segurança ocupacional é avaliado continuamente através de provas orais e/ou
prova prática.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 157
6.4 Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de
montagem

Título do Módulo: Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de


montagem

Número do Módulo: MNQ0504M9-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 12

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o Nível
3 de Mecânica Industrial e que tenha sido aprovado no
módulo: " Maquinar peças aplicando processos de
torneamento, fresagem e rectificação superficial."

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência habilita os candidatos a


realizarem montagens e desmontagens de engenhos mecânicos e
elementos de máquinas tais como quadro de contactores,
rolamentos, rolamentos em chumaceiras, etc., usando vários
métodos de montagem. Ele/Ela escolherá as ferramentas
apropriadas, instrumentos de medição e lubrificantes.

Resumo dos Resultados de 1. Identificar diferentes tipos de elementos de montagem/ligações,


Aprendizagem: montá-los e desmontá-los usando ferramentas especiais de
montagem

2. Montar e desmontar rolamentos móveis e rolamentos fixos


(chumaceiras) nos veios usando ferramentas de montagem
apropriadas.

3. Montar polias, vedantes, uniões, guias de parafusos e de


engrenagens usando ferramentas de montagem apropriadas.

4. Identificar elementos de máquinas danificados e substituí-los


usando ferramentas de montagem apropriadas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 158
Título do Módulo: Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de
montagem

Resultado de Identificar diferentes tipos de elementos de


Aprendizagem 1: montagem/ligações, montá-los e desmontá-los
usando ferramentas especiais de montagem.

Critérios de desempenho:
a) Planear sequência correcta das etapas de trabalho
b) Planear e usar as ferramentas de montagem apropriadas de
acordo com o trabalho a realizar
c) Classificar as uniões de veios, uniões cónicas, uniões articuladas
de veios e juntas de interferência, montá-las e desmontá-las de
forma profissional
d) Calcular a tensão de cisalhamento das uniões de veios para
determinados valores de torque

Contextos de aplicação:
Jogos de elementos de montagem e jogos de ferramentas de
montagem apropriadas.

Evidências requeridas:
Prova escrita n qual o candidato submete um plano com uma
sequência de etapas correcta.
Prova prática através da qual o candidato demonstra que é capaz de
montar e desmontar vários tipos de uniões de veios de forma
profissional.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 159
Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de
Título do Módulo:
montagem

Montar e desmontar rolamentos móveis e rolamentos fixos


Resultado de (chumaceiras) nos veios usando ferramentas de montagem
Aprendizagem 2: apropriadas.

Critérios de desempenho:
a) Montar rolamentos móveis em veios e nas chumaceiras tendo em
conta aos ajustamentos necessários (ajustamentos com aperto e
com folga) de acordo com os requisitos do desenho.
b) Montar as chumaceiras nos veios usando diferentes métodos de
montagem, ex: aquecimento em banho de óleo para alagar o
diâmetro da chumaceira ou arrefecimento do veio para reduzir o seu
diâmetro.

Contextos de aplicação:
Oficina mecânica de bancadas
Jogos de conjuntos de rolamentos de montagem de fabricantes de
rolamentos móveis
Jogos de ferramentas de montagem para montagem de rolamentos
Banho de Óleo

Evidências requeridas:
Observação e registos do formador.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de montar e
desmontar rolamentos móveis e chumaceiras nos veios e nos apoios
de forma profissional.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 160
Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de
Título do Módulo:
montagem

Resultado de Montar polias, vedantes, uniões, guias de


Aprendizagem 3: parafusos e de engrenagens usando ferramentas
de montagem apropriadas.

Critérios de desempenho:
a) Classificar polias: polias em V, correias dentadas, guias de
correntes e guias de engrenagens.
b) Verificar a tensão das correias e ajustá-la para os níveis
correctos.
c) Verificar o desgaste e a distensão das correias e substituir as
correias estragadas, se necessário
d) Montar e desmontar polias e uniões – verificar desgaste e
desalinhamentos.

Contextos de aplicação:
Oficina Mecânica de Bancadas.
Conjunto de ferramentas de montagem para montagem de polias,
guias de parafusos e engrenagens e uniões.
Jogo de instrumentos de medição.

Evidências requeridas:
Observação e registos do formador.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de montar e
desmontar polias, guias de engrenagem e juntas e ainda verificar
desgastes e substituir peças danificadas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 161
Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de
Título do Módulo:
montagem

Resultado de Identificar elementos de máquinas danificados e


Aprendizagem 4: substituí-los usando ferramentas de montagem
apropriadas.

Critérios de desempenho:
a) Identificar defeitos, desgaste, corrosão e micro fissuras em
elementos de máquinas
b) Substituir peças defeituosas por peças sobressalentes ou por
fabricação de novas
c) Protocolar os trabalhos de inspecção e reparação realizados no
livro de registos de manutenção.

Contextos de aplicação:
Oficina Mecânica de Bancadas.
Equipamento de Laboratório para identificar micro fissuras em
elementos de máquinas.
Jogo de ferramentas de montagem.
Jogo de instrumentos de medição.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato desmontar que é capaz de identificar
e descobrir elementos de máquinas desgastadas e danificadas em
conjuntos de montagem.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de substituir
elementos de máquinas desgastados e defeituosos.
O candidato observa regras de segurança.
Prova escrita no livro de registo de manutenção.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 162
Título do Módulo: Montar e desmontar máquinas, conjuntos e subconjuntos de montagem

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é 120 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

Neste módulo, os formandos vão estudar os elementos da máquina comuns, por exemplo rolamentos,
sistemas de accionamento, apoios dos eixos e das articulações, suas funções e respectivas técnicas
de montagem. Os estudantes irão inspeccionar os elementos da máquina no respeita ao seu uso e
desgaste, efectuar trabalhos de manutenção e reparação e procurar os dados necessários nos
manuais da máquina. Eles vão perceber que todos os trabalhos de manutenção e inspecção são
importantes para manter as máquinas em bom funcionamento e evitar a paralisação da produção
causada por negligência.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Para este módulo é necessário um conjunto de materiais de ensino, tais como redutores/caixas de
velocidades, uniões de veios e respectivos apoios e ferramentas de montagem. Alguns desses
materiais de ensino podem ser comprados de fornecedores de materiais de formação mas também é
aconselhável procurar usar máquinas obsoletas ou avariadas que podem ser utilizadas para exercícios
de desmontagem, reparação e montagem. A fim de poupar custos, pode até valer a pena solicitar
trabalhos de reparação e reacondicionamento de máquinas da indústria.

No que respeita a cada Elemento de Competência:

Resultado de Aprendizagem 1:

Todas as uniões de veios são tratadas deste elemento de competência: Chaves cónicas, chaves de
penas, as chaves de Woodruff, eixos estriados. Será benéfico para o processo de ensino fazer uma
boa selecção de amostras para a visualização e demonstração dos processos de montagem e
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 163
desmontagem. Os estudantes aprendem a calcular a resistência ao cisalhamento das juntas,
considerando os factores de segurança e tensão admissível. Eles também estudam todas as
características de design e a gama de aplicação das articulações.

Resultado de Aprendizagem 2:

Os fabricantes de rolamentos de renome normalmente oferecem kits de montagem destinados aos


exercícios de montagem. Caso não estejam disponíveis estes kits, podem ser usados para efeitos de
formação elementos de máquinas retirados de máquinas obsoletas abatidas, incluindo redutores, etc.
Aspectos de design serão igualmente considerados, isto é, será necessário nalguns casos realizar
cálculos como por exemplo a carga (pressão) superficial para determinadas cargas e a sua influência
no tempo de vida dos rolamentos.

Resultado de Aprendizagem 3:

As máquinas-ferramentas na oficina de formação contêm todo o tipo de correias, correntes e


respectivas guias para os quais é importante realizar a sua manutenção preventiva combinando-a com
a própria formação sobre respectivas montagens. Quanto às unidades de engrenagem, seria benéfico
fornecer caixas de engrenagens descartadas para fins de treinamento.

Resultado de Aprendizagem 4:

A maioria das instituições de formação profissional armazena as máquinas abatidas ou obsoletas que
já são irreparáveis. Essas máquinas são muito úteis para treinamento em montagem, isto é, podem ser
desmontadas e os seus elementos e componentes sujeitos à inspecção. As partes defeituosas podem
ser trocadas. Um plano de montagem será elaborado antes da desmontagem e remontagem.

Metodologia de Avaliação

O Leccionamento deste módulo poderá ser organizado de tal forma que os elementos de competência
1 - 4 sejam leccionados de forma sequencial, isto é, planificar a montagem e desmontagem dos
elementos de máquinas conforme estabelecido nos critérios de desempenho, reparação de maquinaria
avariada ou realização de actividades de manutenção e finalmente documentar o trabalho realizado e
apresentá-lo em sessão plenária da turma.

Procedimentos de Avaliação

Uma vez que os Resultados de aprendizagem de 1 até 4 representam maioritariamente actividades


práticas, o instrutor observará e avaliará continuamente o desempenho de cada estudante.

Resultado de Aprendizagem 1:

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 164
Para todos os trabalhos de montagem a realizar é necessário um plano estabelecendo as
etapas de trabalho previstas.

Resultado de Aprendizagem 2:

É necessária uma avaliação contínua de todo o trabalho prático. São necessárias Listas de
controlo para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para
assegurar que o nível exigido de competência é alcançado.

Resultado de Aprendizagem 3:

É necessária uma avaliação contínua de todo o trabalho prático. São necessárias Listas de
controlo para as observações realizadas para todos os critérios de desempenho para
assegurar que o nível exigido de competência é alcançado.

Resultado de Aprendizagem 4:

Deve ser realizado um teste cobrindo o conteúdo dos elementos de competência 1 a 4. Para
facilitar o processo de avaliação podem ser usadas fichas de avaliação com perguntas de
múltipla escolha.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 165
6.5 Documentar e Simular Trabalhos de Manutenção de Máquinas

Título do Módulo: Documentar e simular Trabalhos de manutenção de máquinas

Número do Módulo: MNQ0504M9-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 10

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o Nível
3 de Mecânica Industrial e que tenha sido aprovado no
módulo: " Maquinar peças aplicando processos de
torneamento, fresagem e rectificação superficial."

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência habilita os candidatos a


realizarem montagens e desmontagens de engenhos mecânicos e
elementos de máquinas tais como quadro de contactores,
rolamentos, rolamentos em chumaceiras, etc., usando vários
métodos de montagem. Ele/Ela escolherá as ferramentas
apropriadas, instrumentos de medição e lubrificantes.

Resumo dos Resultados de 1. Simular a montagem de unidades mecânicas ou subconjuntos


Aprendizagem: de montagem usando o software 3D CAD similar ao SolidWorks.

2. Documentar os trabalhos de manutenção, reparação e


montagem e apresentar os procedimentos à plenária.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 166
Título do Módulo: Documentar e simular Trabalhos de manutenção de máquinas

Resultado de Simular a montagem de unidades mecânicas ou


Aprendizagem 1: subconjuntos de montagem usando o software 3D
CAD similar ao SolidWorks.

Critérios de desempenho:
a) Familiarizar-se com ferramentas de simulação do programa
informático CAD
b) Simular movimento rotativo e linear
c) Verificar colisões e alterar design se necessário

Contextos de aplicação:
PC's e programa CAD ex. SolidWorks

Evidências requeridas:
Prova escrita e prática para o candidato demonstrar que é capaz de
montar e simular movimentos de elementos de máquinas em
montagens com o programa informático CAD no computador.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 167
Documentar e simular Trabalhos de manutenção de máquinas
Título do Módulo:

Resultado de Documentar os trabalhos de manutenção,


Aprendizagem 2: reparação e montagem e apresentar os
procedimentos à plenária.

Critérios de desempenho:
a) Identificar fontes de acidentes e perigos para a saúde
b) Sugerir medidas de segurança para evitar acidentes

Contextos de aplicação:
Regulamento de Segurança na oficina.
Sinais de aviso e símbolos relativos à segurança no trabalho.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral na qual o candidato deverá demonstrar que é
capaz de listar fontes de acidentes na oficina mecânica
Prova oral na qual o candidato deve demonstrar que pode interpretar
símbolos e sinais de aviso

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 168
Título do Módulo: Documentar e simular Trabalhos de manutenção de máquinas

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é 100 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

Neste módulo, os formandos vão estudar os elementos da máquina comuns, por exemplo rolamentos,
sistemas de accionamento, apoios dos eixos e das articulações, suas funções e respectivas técnicas
de montagem. Os estudantes irão inspeccionar os elementos da máquina no respeita ao seu uso e
desgaste, efectuar trabalhos de manutenção e reparação e procurar os dados necessários nos
manuais da máquina. Eles vão perceber que todos os trabalhos de manutenção e inspecção são
importantes para manter as máquinas em bom funcionamento e evitar a paralisação da produção
causada por negligência.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Para este módulo é necessário um conjunto de materiais de ensino, tais como redutores/caixas de
velocidades, uniões de veios e respectivos apoios e ferramentas de montagem. Alguns desses
materiais de ensino podem ser comprados de fornecedores de materiais de formação mas também é
aconselhável procurar usar máquinas obsoletas ou avariadas que podem ser utilizadas para exercícios
de desmontagem, reparação e montagem. A fim de poupar custos, pode até valer a pena solicitar
trabalhos de reparação e reacondicionamento de máquinas da indústria.

No que respeita a cada Elemento de Competência:

Resultado de Aprendizagem 1:

Sistemas modernos CAD permitem simular a montagem de máquinas ou conjuntos de montagem no


monitor do computador. Os elementos de máquinas estão disponíveis na biblioteca do CAD e podem
facilmente ser montados. De seguida, podem ser simulados movimentos de rotação e lineares, e
podem facilmente ser introduzidas alterações ao design em caso de problemas. Mesmo o stress
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 169
causado pelas forças que actuam sobre os diferentes elementos de máquinas pode ser calculado e
visualizado no ecrã do computador usado programas informáticos respectivos.

Resultado de Aprendizagem 2:

Trabalhos mais significativos de manutenção e reparação deverão ser atribuídos a equipas de


estudantes. Este procedimento tem a vantagem de exercitar competências sociais e trabalho de
equipa. Os estudantes deverão documentar os seus postos de trabalho, observar regulamentos de
segurança e apresentar o resultado do seu trabalho à turma e sessão plenária.

Metodologia de Avaliação

O Leccionamento deste módulo poderá ser organizado de tal forma que os elementos de competência
1 - 2 sejam leccionados de forma sequencial, isto é, planificar a montagem e desmontagem dos
elementos de máquinas conforme estabelecido nos critérios de desempenho, reparação de maquinaria
avariada ou realização de actividades de manutenção e finalmente documentar o trabalho realizado e
apresentá-lo em sessão plenária da turma.

Procedimentos de Avaliação

A documentação do trabalho de reparação e manutenção de máquinas será avaliado em simultâneo


com os exercícios de montagem em CAD

Resultado de Aprendizagem 1:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado em laboratório de


computadores. O instrutor avalia continuamente o desempenho de cada estudante e pelo
menos uma prova de montagem deve ser realizado por cada estudante.

Resultado de Aprendizagem 2:

Cada grupo de 2 a 4 estudantes deverá fazer uma apresentação dum trabalho de reparação ou
manutenção. Registos e documentos do trabalho de reparação/manutenção serão entregues e
avaliados pelo avaliador.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 170
Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 171
6.6 Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para


componentes mecânicos

Número do Módulo: MNQ0504M11-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 22

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o Nível
3 de mecânica industrial.

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência prepara os candidatos a


procederem à alteração das propriedades dos materiais através de
processos de tratamento térmico e a testarem e verificarem as
propriedades mecânicas e tecnológicas de componentes mecânicos.

Resumo dos Resultados de 1. Descrever os efeitos da componente carbono no aço e nas


Aprendizagem: propriedades do mesmo.

2. Explicar o diagrama de equilíbrio ferro-carbono

3. Realizar tratamentos térmicos do aço

4. Classificar os diferentes tipos de métodos de testagem de


materiais

5. Realizar ensaios de dureza

6. Realizar ensaios de tracção e de flexão

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 172
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Resultado de Descrever os efeitos da componente carbono no


Aprendizagem 1: aço e nas propriedades do mesmo.

Critérios de desempenho:
a) Explicar os efeitos do teor do carbono na dureza, fragilidade e
endurecimento do aço.
b) Descrever os efeitos do teor do carbono nas propriedades
tecnológicas do aço tais como as propriedades de corte,
soldabilidade, maleabilidade, etc.

Contextos de aplicação:
Definições das propriedades mecânicas tais como dureza,
fragilidade, elasticidade, força de tracção etc., e propriedades
tecnológicas tais como propriedades de corte, soldabilidade,
capacidade de aumentar a dureza, ductilidade etc.
Manuais sobre materiais de engenharia, diagramas, posters.
Amostras de componentes em aço carbono com teores de carbono
diferentes.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que é capaz de
descrever os efeitos do teor do carbono nas propriedades mecânicas
e tecnológicas do aço.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 173
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Resultado de Explicar o diagrama de equilíbrio ferro-carbono


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:
a) Definir a micro estrutura do aço, nomeadamente a ferrite, perlite,
austenite, martensite, cementite e ponto eutéctico
b) Explicar os diferentes tipos de unidades celulares no aço:
centralizado no corpo e centralizado na face
c) Explicar a estrutura de treliça do aço
d) Descrever as alterações da estrutura cristalina na sua
interdependência com a componente carbono e com a temperatura

Contextos de aplicação:
Diagrama de equilíbrio ferro-carbono para aços carbónicos.
Manuais de engenharia de materiais
Quadros de parede e/ou transparências sobre o diagrama de
equilíbrio ferro-carbono
Modelos de células unitárias tais como o centralizado no corpo,
centralizado na face, hexagonal

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que é capaz de
reconhecer a micro estrutura do aço e o diagrama de equilíbrio ferro-
carbono.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 174
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Resultado de Realizar tratamentos térmicos do aço


Aprendizagem 3:

Critérios de desempenho:
a) Classificar os diferentes métodos de tratamento térmico dos aços:
recozimento, endurecimento completo e endurecimento superficial
b) Realizar recozimento de aços tais como: normalização, têmpera,
recristalização, amaciamento, recozimento total
c) Realizar endurecimento transversal de diferentes tipos de
componentes de aço usando o meio de arrefecimento apropriado e
processos de têmpera apropriados
d) Desenhar o diagrama Tempo vrs temperatura para processos de
endurecimento e de têmpera
e) Explicar os diferentes tipos de processos de endurecimento
superficial

Contextos de aplicação:
Os Contextos de aplicação: estão descritos nos Critérios de
Desempenho.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que é capaz de
descrever e explicar os diferentes processos de tratamento térmico.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de fazer
recozimento e endurecer aços para atingir as propriedades
prescritas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 175
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Resultado de Classificar os diferentes tipos de métodos de


Aprendizagem 4: ensaios de materiais

Critérios de desempenho:
a) Ensaios de Dureza: Vickers, Rockwell, Brinell

b) Ensaio de Tracção

c) Ensaio de Flexão

Contextos de aplicação:
Os requisitos para este Resultado de Aprendizagem estão
totalmente cobertos nos critérios de desempenho.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
descrever e explicar diferentes métodos de ensaios de dureza, o
ensaio de tracção e o ensaio de flexão de impacto.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 176
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Resultado de Realizar ensaios de Dureza


Aprendizagem 5:

Critérios de desempenho:
a) Identificar e seleccionar o método de ensaio de dureza mais
indicado para determinado trabalho
b) Preparar o equipamento de ensaio de dureza para realizar
ensaios e calibrar a máquina de ensaio de dureza
c) Realizar o ensaio de dureza, protocolar as leituras e interpretar os
resultados

Contextos de aplicação:
Máquina de teste universal de dureza e respectivo jogo de
acessórios. Amostra/peça a ser testada. Tabelas técnicas e fichas
de protocolo.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de testar
correctamente a dureza duma determinada peça, interpretar os
resultados do ensaio e verificar a sua conformidade com os dados
constantes nos documentos técnicos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 177
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para
componentes mecânicos

Resultado de Realizar ensaios de tracção e de flexão


Aprendizagem 6:

Critérios de desempenho:
a) Definir e explicar os termos técnicos usados no ensaio de tracção:
Stress, tensão, elasticidade, limite de elasticidade, alongamento,
ruptura
b) Ajustar a máquina de ensaio de tracção
c) Realizar ensaios de tracção para diferentes tipos de materiais
d) Interpretar o diagrama stress-tensão obtido para o teste
e) Calcular a força de tracção para elementos de máquinas
considerando o factor segurança
f) Realizar o ensaio de flexão para diferentes amostras de materiais,
interpretar e protocolar resultados

Contextos de aplicação:
Equipamento de Ensaio de Tracção e de Flexão.

Tabelas técnicas e fichas de protocolo.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de realizar
correctamente o ensaio de tracção e interpretar resultados.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de realizar
correctamente o ensaio de flexão para diferentes amostras de
materiais, interpretar e protocolar resultados.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 178
Título do Módulo: Realizar tratamentos térmicos e ensaios de materiais para componentes
mecânicos

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é de 60 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

Elementos de Máquinas exigem propriedades específicas como dureza, resistência à tracção,


ductilidade, elasticidade, etc. Essas propriedades podem ser obtidos por tratamento térmico por
exemplo, vários processos recozimento, têmpera e endurecimento. A fim de obter uma compreensão
mais profunda da micro estrutura e as mudanças que nele ocorrem durante o tratamento térmico os
formandos terão de estudar a estrutura cristalina dos metais em detalhe. Neste módulo, os estudantes
também serão qualificados para testar as propriedades e resistência dos materiais com os
equipamentos de laboratório. Uma vez que o equipamento de laboratório por exemplo, máquinas de
ensaio de dureza universal de ensaio, máquinas de ensaio de tracção são valiosos e dispendiosos
podem ser oferecidos serviços de inspecção às empresas industriais, que tem a vantagem de
proporcionar emprego no mundo real do trabalho para os formandos e ao mesmo tempo melhorar o
factor de carga para o equipamento.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

A fim de conhecerem profundamente a natureza complexa da estrutura cristalina dos metais serão
usados modelos de instrução, transparências e cartazes para visualizar os tipos de células unitárias, a
micro estrutura (por exemplo, ferrite, perlite, austenite, cementite, etc.) para os estudantes. Para testar
as propriedades de materiais é usada uma variedade de métodos de ensaio: a) métodos de teste
simples em oficina, por exemplo teste de flexão reverso, ensaio de faísca, teste de embutimento; b)
exames laboratoriais, por exemplo ensaio de tracção, ensaio de dureza, teste de flexão de impacto.

No que respeita a cada Elemento de Competência:

Resultado de Aprendizagem 1:

No nível de formação profissional 3 os estudantes podem já ter experimentado trabalhar com aços de
diferentes características, por exemplo macio e dúctil ou duro e quebradiço. Nos ensaios os formandos
aprendem a identificar essas propriedades e a deduzir a percentagem do teor de carbono em aço e a
sua influência nas respectivas propriedades tecnológicas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 179
Resultado de Aprendizagem 2:

O presente Resultado de Aprendizagem é mais de natureza académica/científica e de forma a


transmitir esses conhecimentos serão usados amplamente materiais de ensino e conteúdos teóricos.

Resultado de Aprendizagem 3:

É necessário o uso de fornos eléctricos ou aquecimento a gás a fim de realizar o tratamento térmico de
aços. Os estudantes devem estudar cuidadosamente o diagrama de tempo e temperatura para os aços
a serem tratados. Para a têmpera, contentores de água e de óleo devem estar disponíveis na oficina.

Resultado de Aprendizagem 4:

A importância dos ensaios de materiais em conexão com a garantia de qualidade é enfatizada neste
elemento de competência. Com o auxílio de cartazes, diagramas e transparências a teoria e a
terminologia é trabalhada e transmitida aos estudantes.

Resultado de Aprendizagem 5:

Os três principais ensaios de dureza serão realizados no laboratório de ensaio de materiais: Vickers,
Brinell e Rockwell. Para os exercícios deve ser providenciada uma boa selecção de amostras de
ensaio.

Resultado de Aprendizagem 6:

Uma vez que o ensaio de tracção é realizado rapidamente cada candidato deveria ter a oportunidade
de testar um modelo independente. Para esses testes deverá haver uma boa selecção de modelos de
ensaio, alguns dos quais com características conhecidas e outros não. Os estudantes vão registar e
documentar o ensaio e interpretar o diagrama elaborado pela unidade registadora ou impressa a partir
do computador.

Metodologia de Avaliação

O Leccionamento do presente módulo poderá ser organizado de maneiras a que os Elementos de


Competência 1 a 6 sejam tratados de forma sucessiva.

Procedimentos de Avaliação

O presente módulo será organizado para que o processo lectivo decorra em parte na sala e também no
laboratório de ensaio de materiais. Para verificar os conhecimentos dos estudantes sugere-se a
realização de duas provas escritas, uma sobre os tratamentos térmicos dos materiais depois da
conclusão do Resultado de Aprendizagem 3 e outra sobre ensaios de materiais depois do Resultado de
Aprendizagem 6.

Resultado de Aprendizagem 1:

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 180
Pelo menos uma prova sobre as matérias dos elementos de competência 1 a 3 deve ser
realizada. As questões devem cobrir todos os critérios de desempenho.

Resultado de Aprendizagem 2:

Pelo menos uma prova sobre as matérias dos elementos de competência 1 a 3 deve ser
realizada. As questões devem cobrir todos os critérios de desempenho.

Resultado de Aprendizagem 3:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado nas oficinas. Exige-se


avaliação contínua do trabalho prático realizado. São necessárias Listas de controlo para as
observações realizadas para todos os critérios de desempenho para assegurar que o nível
exigido de competência é alcançado. É necessário formular questões para avaliar os
conhecimentos teóricos aplicáveis.

Resultado de Aprendizagem 4:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente de teoria aplicada e é realizado na sala de


aulas e no laboratório de ensaio de materiais. Uma prova escrita é realizada no fim do módulo
cobrindo os conteúdos relativos a todos os métodos de ensaios de materiais. Devem ser
formuladas questões para todos os critérios de desempenho.

Resultado de Aprendizagem 5:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado no laboratório de


ensaio de materiais. Exige-se avaliação contínua do trabalho de ensaio de dureza realizado.
São necessárias Listas de controlo para as observações realizadas para todos os critérios de
desempenho para assegurar que o nível exigido de competência é alcançado.

Resultado de Aprendizagem 6:

Este Resultado de Aprendizagem é essencialmente prático e é realizado no laboratório de


ensaio de materiais. Exige-se avaliação contínua do trabalho de ensaio de tracção e de flexão
realizado. São necessárias Listas de Controlo para as observações realizadas para todos os
critérios de desempenho para assegurar que o nível exigido de competência é alcançado.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 181
1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008
2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 182
6.7 Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e
hidráulicos

Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos


e hidráulicos

Número do Módulo: MNQ0504M12-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 12

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o Nível
Profissional 3 de Mecânica Industrial.

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência prepara os candidatos a


Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e
hidráulicos e a instalá-los no quadro de controlo. Os candidatos
realizarão os testes necessários para encontrar defeitos (falhas) e
procederão à correcção de problemas nos circuitos de controlo
hidráulico e pneumático.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 183
Resumo dos Resultados de 1. Descrever controlo automático, sinais de fluxo, circuito de
Aprendizagem: controlo aberto e fechado com ajuda de diagramas de bloco e
diagramas de etapas.

2. Identificar os equipamentos usados nos sistemas de ar


comprimido e circuitos pneumáticos.

3. Conceber vários circuitos de controlo pneumático para


determinadas aplicações usando programas informáticos (ex:
FluidSim).

4. Ensaiar os circuitos pneumáticos no quadro de comandos e


resolver falhas caso existam.

5. Explicar os princípios físicos dos sistemas hidráulicos

6. Identificar os equipamentos usados nos sistemas hidráulicos e


descrever os respectivos elementos: macacos hidráulicos,
válvulas de controlo, interruptores, tubagem/mangueiras,
bombas hidráulicas e respectivos símbolos nos circuitos de
acordo com as normas ISO

7. Conceber circuitos hidráulicos e montá-los no quadro de


comandos

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 184
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos
e hidráulicos

Resultado de Descrever controlo automático, sinais de fluxo,


Aprendizagem 1: circuito de controlo aberto e fechado com ajuda
de diagramas de bloco e diagramas de etapas.

Critérios de desempenho:
a) Distinguir circuitos de controlo abertos dos circuitos de controlo
fechados (com retorno)
b) Desenhar diagramas de bloco e sinalizar diagramas de fluxo para
determinadas aplicações
c) Descrever as propriedades dos gases e explicar o tipo de
compressores usados para a produção de ar comprimido
(compressor de pistão, compressor, Compressor de Raízes) e o
equipamento para o transporte de ar comprimido (válvula de
estrangulamento, unidade de serviço, tubagem, acoplamentos, etc.)

Contextos de aplicação:
Laboratório de pneumática. Quadros de parede e/ou modelos de
vários tipos de compressores.
Manuais e tabelas técnicas.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
descrever as propriedades dos gases e explicar o tipo de
compressores usados na produção de ar comprimido (compressor
de pistão, de ventoinha e de raízes)
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
desenhar/conceber digramas de bloco e sinalizar os diagramas de
fluxo para determinadas aplicações

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 185
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos
e hidráulicos

Resultado de Identificar os equipamentos usados nos sistemas


Aprendizagem 2: de ar comprimido e circuitos pneumáticos

Critérios de desempenho:
a) Explicar os elementos de controlo, cilindros, válvulas e
interruptores e respectivos símbolos de acordo com as normas ISO
b) Descrever circuitos de controlo eléctricos e os seus elementos
usados na pneumática e explicar seus símbolos de acordo com as
normas ISO
c) Relacionar os controlos com cilindros de acção simples e dupla
com as respectivas válvulas pneumáticas de solenoide
d) Explicar relações “E” e relações “OU” no desenho dos circuitos e
descrever as funções da regra de distâncias nos cilindros

Contextos de aplicação:
Os requisitos para este Resultado de Aprendizagem estão
cobertos nos critérios de desempenho

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
descrever elementos de controlo eléctrico e pneumático usados nos
circuitos pneumáticos.
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
explicar os elementos de controlo eléctrico e pneumático usados nos
cilindros de acção simples e dupla.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 186
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos
e hidráulicos

Conceber vários circuitos de controlo pneumático


Resultado de para determinadas aplicações usando programas
Aprendizagem 3: informáticos (ex: FluidSim).

Ensaiar os circuitos pneumáticos no quadro de


comandos e resolver falhas caso existam.

Critérios de desempenho:
a) Estudar aplicações práticas de determinados diagramas e
conceber os respectivos circuitos, sem e com sequência de controlo,
incluindo elementos de controlo eléctricos
b) Testar circuitos de controlo pneumático com ajuda do computador
(ex: programa FluidSim) antes de conectar ao quadro de comandos
c) Instalar os elementos pneumáticos de acordo com o desenho do
circuito de controlo pneumático no quadro de controlo
d) Testar o circuito de controlo pneumático e em caso de problemas,
encontrar e corrigir as falhas

Contextos de aplicação:
Exemplos de aplicações práticas da pneumática na indústria e sua
conversão em circuitos de controlo pneumático.
Laboratório de pneumática com quadro de comandos, sistema de ar
comprimido, e jogos completos de elementos de controlo
pneumático e eléctrico e cilindros (macacos) pneumáticos.
Quadros de parede, manuais e tabelas técnicas.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que pode testar circuitos
pneumáticos com ajuda de aplicações informáticas como por
exemplo o FluidSim.
Prova prática para o candidato demonstrar que pode instalar
circuitos pneumáticos no quadro de comandos e testá-los.
Prova prática para o candidato demonstrar que pode resolver
problemas em circuitos de controlo pneumático.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 187
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos
e hidráulicos

Resultado de Explicar os princípios físicos dos sistemas


Aprendizagem 4: hidráulicos

Critérios de desempenho:
a) Descrever as unidades de pressão, caudal volumétrico, e o
princípio de pressão hidráulica.
b) Calcular as forças que actuam no pistão, velocidade do fluido na
correlação com o caudal volumétrico e a secção transversal do tubo.

Contextos de aplicação:
Manuais, tabelas técnicas, quadros de parede e diagramas
disponíveis com componentes hidráulicos disponibilizados pelo
fabricante.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
descrever termos técnicos usados na hidráulica e calcular pressão,
forças, secções transversais dos tubos e dos cilindros (macacos),
caudal volumétrico e velocidade nas instalações hidráulicas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 188
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos
e hidráulicos

Resultado de Identificar os equipamentos usados nos sistemas


Aprendizagem 5: hidráulicos e descrever os respectivos elementos:
macacos hidráulicos, válvulas de controlo,
interruptores, tubagem/mangueiras, bombas
hidráulicas e respectivos símbolos nos circuitos
de acordo com as normas ISO

Critérios de desempenho:
a) Explicar os elementos de controlo hidráulicos, macacos, válvulas,
interruptores, tubos e uniões de tubos e respectivos símbolos de
acordo com as normas ISO e descrever as respectivas funções
b) Descrever as precauções de segurança a serem observadas nas
instalações hidráulicas
c) Calcular forças que actuam no pistão, velocidade do fluido na
correlação com o caudal e secção transversal do tubo
d) Distinguir fluxo laminar e fluxo turbulento de fluidos e explicar o
número de Reynold

Contextos de aplicação:
Manuais, tabelas técnicas, quadros de parede e diagramas com
componentes hidráulicos do fabricante.
Protótipos/amostras de elementos hidráulicos usados nos circuitos
hidráulicos.
Equipamento laboratorial para demonstrar fluxos laminares e
turbulentos.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que é capaz de
descrever os elementos usados nos circuitos hidráulicos e enumerar
as respectivas funções.
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
calcular as forças, o caudal volumétrico e a velocidade dos fluidos
em circuitos hidráulicos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 189
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos
e hidráulicos

Resultado de Conceber circuitos hidráulicos e montá-los no


Aprendizagem 6: quadro de comandos

Critérios de desempenho:
a ) Estudar aplicações práticas, fazer diagramas e desenhar circuitos
hidráulicos respectivos, sem e com sequência de controlo, incluindo
elementos de controlo
b) Testar os circuitos de controlo hidráulicos com ajuda do
computador (ex: programa FluidSim) antes da montagem no quadro
de comandos
c) Instalar os elementos hidráulicos de acordo com o desenho do
circuito hidráulico no quadro de comandos
d) Testar o circuito hidráulico e em caso de problemas, detectá-los e
corrigi-los

Contextos de aplicação:
Quadro hidráulico de comandos com bomba hidráulica e um jogo
completo de componentes de controlo hidráulico bem como
macacos hidráulicos
Modelos de cortes transversais de componentes hidráulicos para
visualizar a sua construção e funções
Posters e quadros de parede com ilustrações de componentes dos
circuitos hidráulicos

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que pode testar circuitos
hidráulicos com ajuda do computador (ex: programa Fluid Sim).
Prova prática para o candidato demonstrar que pode instalar
circuitos hidráulicos no quadro de comandos e testá-los, observando
as normas de segurança aplicáveis.
Prova prática para o candidato demonstrar que pode detectar e
resolver problemas em circuitos hidráulicos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 190
Título do Módulo: Conceber, montar e ensaiar circuitos de controlo pneumáticos e hidráulicos

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é 120 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

Neste módulo, os formandos aprendem os fundamentos da engenharia de controlo. Eles entendem que
esta tecnologia é usada na automação de máquinas e instalações, por processos como a fixação,
alimentação, distribuição, formação, flexão, etc. Eles aprendem a ler circuitos pneumáticas, eléctricos e
hidráulicos, reunir elementos de controlo e cilindros/macacos (hidráulicos ou pneumáticos) na placa de
comandos e a encontrar e corrigir falhas nos circuitos.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Neste módulo a formação acontece em parte no laboratório de informática e no laboratório de


pneumática/hidráulica. Instruções geralmente começam com uma introdução à física de gases e
líquidos. Para compreender a construção e o funcionamento dos elementos de comando e das
unidades utilizadas em sistemas pneumáticos e hidráulicos modelos/protótipos apresentando a vista de
secção transversal dos elementos de controlo podem ser utilizadas para melhor visualização. Antes da
montagem e testes dos circuitos na placa de comandos é aconselhável projectá-los no laboratório de
informática utilizando o software aplicativo adequado. Além disso, seria altamente benéfico pesquisar
na Internet informações úteis sobre engenharia de controlo uma vez que muitos
fabricantes/fornecedores de renome de equipamentos pneumáticos e hidráulicos oferecem excelentes
pacotes de aprendizagem tais como, desenhos animados em PowerPoint, vídeos, diagramas, etc.

Elementos de Competência correspondentes:

Resultado de Aprendizagem 1:

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 191
Neste Resultado de Aprendizagem são ensinados os fundamentos da engenharia de controlo. Uma vez
a matéria ser nova para os formandos e os conjuntos de novos dispositivos, equipamentos, diagramas,
etc., devem ser estudados, o uso de planilhas ou um pacote de aprendizagem é aconselhável.
Fabricantes/fornecedores de equipamentos pneumáticos e hidráulicos de renome, oferecem pacotes
excelentes de formação, que são altamente benéficos para os processos de aprendizagem e para a
visualização.

Resultado de Aprendizagem 2:

Tal como nos circuitos eléctricos/electrónicos os estudantes devem desenvolver a sua capacidade de
pensar em termos abstractos. Eles aprenderão os fundamentos de controlo usando cilindros/macacos
de acção simples e/ou dupla, associarão os componentes pneumáticos aos respectivos símbolos ISO e
aprenderão os fundamentos de desenho/concepção de circuitos.

Resultado de Aprendizagem 3:

Este Resultado de Aprendizagem é de natureza prática e a orientação para o mesmo é apresentada


nos critérios de desempenho.

Resultado de Aprendizagem 4:

Este Resultado de Aprendizagem trata das questões teóricas da física dos fluidos. A matemática aqui
joga um papel importante nomeadamente através dos cálculos a realizar tais como o cálculo da força,
pressão hidráulica, caudal volumétrico, velocidade do pistão. Mesmo a capacidade, potência de
entrada e de saída e eficiência da pressão hidráulica são determinadas. Tabelas técnicas
disponibilizam aos estudantes os diagramas e o formulário necessários.

Resultado de Aprendizagem 5:

Como em pneumática o formando irá estudar os símbolos para os elementos de controlo hidráulico e
dos elementos propulsores (cilindro hidráulico, motor hidráulico). O professor faz uso de gráficos de
parede, diagramas e modelos/protótipos disponibilizados pelos fabricantes e fornecedores de
equipamentos hidráulicos para visualizar a matéria. Eles também aprendem os tipos e as propriedades
dos óleos hidráulicos.

Resultado de Aprendizagem 6:

Antes de ligar os elementos de controlo hidráulico na placa de comandos e testar o circuito hidráulico, o
instrutor irá apontar os perigos que podem surgir por causa da elevada pressão do óleo no sistema
hidráulico. É uma boa prática na formação que seja o estudante a projectar e montar o circuito
hidráulico, sendo obrigação do instrutor verificar o circuito antes de colocá-lo em carga para a
realização dos ensaios.

Metodologia de Avaliação

O leccionamento do presente módulo pode ser organizado para que os Elementos de Competência 1 a
6 sejam tratados de forma sucessiva. A segurança ocupacional deve ser destacada em todos os
elementos de competência conforme e quando necessário.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 192
Procedimentos de Avaliação

Neste módulo, a avaliação pode ser feita de forma integrada, com planilhas cobrindo aspectos teóricos
para todos os elementos de competência e para todos os critérios de desempenho. O desempenho do
estudante no laboratório de hidráulica/pneumática é avaliado com recurso a Listas de Controlo das
Observações.

Resultado de Aprendizagem 1:

Uma prova escrita é realizada no fim do Resultado de Aprendizagem 1 com pelo menos três
questões cobrindo todos os três critérios de desempenho. De forma a tornar o procedimento de
avaliação mais célere, podem ser usadas perguntas de múltipla escolha.

Resultado de Aprendizagem 2:

Uma prova escrita é realizada no fim do Resultado de Aprendizagem 2 com pelo menos três
questões cobrindo todos os três critérios de desempenho. De forma a tornar o procedimento de
avaliação mais célere, podem ser usadas perguntas de múltipla escolha.

Resultado de Aprendizagem 3:

Este Resultado de Aprendizagem é de natureza prática e ocorre no laboratório de


hidráulica/pneumática. Devem ser avaliadas continuamente todos os exercícios laboratoriais.
Listas de Controlo das Observações para todos os critérios de desempenho são necessárias
para garantir o alcance dos níveis de competência desejados.

Resultado de Aprendizagem 4:

Os Elementos de Competência 4 e 5 são de natureza teórica onde a Física e a Matemática são


leccionadas na sala de aula. Será necessária uma prova escrita com perguntas de resposta
directa e cálculos sobre a física dos fluidos, caudal volumétrico, velocidade dos fluidos na
tubagem e forças que actuam sobre os pistões, entre outros.

Resultado de Aprendizagem 5:

Os Elementos de Competência 4 e 5 são de natureza teórica onde a Física e a Matemática são


leccionadas na sala de aula. Será necessária uma prova escrita com perguntas de resposta
directa e cálculos sobre a física dos fluidos, caudal volumétrico, velocidade dos fluidos na
tubagem e forças que actuam sobre os pistões, entre outros.

Resultado de Aprendizagem 6:

Este Resultado de Aprendizagem é de natureza prática e ocorre no laboratório de


hidráulica/pneumática. Devem ser avaliadas continuamente todos os exercícios laboratoriais.
Listas de Controlo das Observações para todos os critérios de desempenho são necessárias
para garantir o alcance dos níveis de competência desejados.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 193
Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 194
6.8 Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem

Título do Módulo: Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes


manufacturados e conjuntos de montagem

Número do Módulo: MNQ0504M14-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 12

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o Nível
Profissional 3 de Mecânica Industrial.

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência prepara os candidatos a


avaliarem a qualidade dos trabalhos realizados e verificar se os
componentes produzidos satisfazem os requisitos estabelecidos nos
documentos técnicos.

Resumo dos Resultados de 1. Descrever as tolerâncias de forma, identificar os símbolos


Aprendizagem: normalizados das tolerâncias de forma e usar os métodos
de ensaio apropriados para determinar a qualidade do
trabalho.

2. Inspeccionar cones usando métodos de ensaio


apropriados

3. Inspeccionar dentes (ranhuras e chavetas) usando o


método apropriado

4. Realizar controlo de qualidade

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 195
Título do Módulo: Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem

Resultado de Descrever as tolerâncias de forma, identificar os


Aprendizagem 1: símbolos normalizados das tolerâncias de forma e
usar os métodos de ensaio apropriados para
determinar a qualidade do trabalho.

Critérios de desempenho:
a) Definir as tolerâncias de forma tais como a rectilinearidade,
a planicidade o paralelismo, a perpendicularidade, a
angularidade e a concentricidade e associá-los com a
simbologia prevista nas normas ISO
b) Inspeccionar tolerâncias de forma em componentes
mecânicos e confrontar os resultados das medições com os
dados do desenho de engenharia
c) Registar os resultados das medições nas fichas de protocolo

Contextos de aplicação:
Um conjunto de componentes mecânicos com respectivos
desenhos de engenharia nos quais estão patentes os valores
das tolerâncias de forma
Equipamentos/instrumentos de medição que permitem medir
tolerâncias de forma. (Mesa de medição, indicadores
analógicos com respectivos tripés, blocos de medição
quadriculados com stands, esquadros rectangulares,
Esquadros em V, blocos manómetros, etc.)
Posters, quadros de parede, tabelas técnicas, manuais

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
inspeccionar tolerâncias de forma em componentes mecânicos
e confrontar os resultados com os dados apresentados nos
desenhos de engenharia.
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
inspeccionar correctamente as tolerâncias de forma em
componentes mecânicos.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 196
Título do Módulo: Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem

Resultado de Inspeccionar cones usando métodos de ensaio


Aprendizagem 2: apropriados

Critérios de desempenho:
a) Calcular o ângulo e a inclinação do cone
b) Ajustar instrumentos de medição (manómetro medidor de
cones, manómetro anelar de medição de cones, barra de sine,
Indicador analógico, manómetros de blocos) na mesa de
medição
c) Realizar as inspecções e confrontar resultados com os
dados apresentados nos desenhos de engenharia

Contextos de aplicação:
Os Contextos de aplicação: para este Resultado de
Aprendizagem são apresentados na sua plenitude nos critérios
de desempenho

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
medir cones em componentes mecânicos

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 197
Título do Módulo: Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem

Resultado de Inspeccionar dentes (ranhuras e chavetas) usando


Aprendizagem 3: o método apropriado

Critérios de desempenho:
a) Descrever os diferentes métodos de inspecção de dentes
(ranhuras e chavetas) e sugerir o método recomendado para
cada trabalho apresentado
b) Realizar inspecções de dentes (ranhuras e chavetas),
determinar o tipo, medidas e qualidade

Contextos de aplicação:
Um quite completo de manómetros dentados e instrumentos
de medição necessários: Manómetro dentado, Manómetro
dentado em anel, micrómetro, lentes ampliadoras, bitola de fio,
calibre. É desejável ter igualmente escantilhões.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
sugerir os métodos de inspecção de dentes (ranhuras e
chavetas) apropriados para determinados peças apresentados
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
inspeccionar correctamente dentes (ranhuras e chavetas)
usando o método apropriado para os casos apresentados

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 198
Título do Módulo: Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem.

Resultado de Realizar controlo de qualidade


Aprendizagem 4:

Critérios de desempenho:
a) Explicar os elementos da gestão de qualidade
b) Definir os termos técnicos usados em gestão da qualidade:
requisitos da qualidade, tipos de defeitos, ferramentas de
gestão da qualidade, controlo de qualidade, garantia da
qualidade, “curva de distribuição de Gaus”, amostragem
aleatória, Inspecção 100%, KAIZEN
c) Realizar inspecções de séries de componentes mecânicos,
registando e analisando os resultados nas fichas de controlo
de qualidade
d) Introduzir o processo de melhoria contínua (CIP) ou KAIZEN

Contextos de aplicação:
Jogo completo de instrumentos de inspecção e de medição
Fichas de controlo de qualidade
Programa informático de controlo de qualidade
Quadros de parede, diagramas, tabelas técnicas, manuais.

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de
inspeccionar correctamente séries de componentes
mecânicos, analisar a qualidade com ajuda das fichas de
controlo de qualidade e melhorar continuamente a qualidade
de fabricação com ajuda do CIP ou KAIZEN

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 199
Título do Módulo: Inspeccionar, verificar e controlar a qualidade de componentes
manufacturados e conjuntos de montagem

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas para o presente Módulo é de 60 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

O presente módulo assenta nos fundamentos do módulo de inspecção ministrado no nível profissional
(industrial) 3 e aprofunda os conhecimentos e habilidades para inspecção das tolerâncias de forma.
Também transmite as habilidades necessárias para a medição e verificação das dimensões de cones e
dentes.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Este módulo complementa e aprofunda o módulo de inspecção do nível profissional 3. A formação e


instrução realizam-se no laboratório de inspecção (metrologia). Especial atenção deve ser dada ao
manuseio e cuidados para com os instrumentos usados na inspecção.

Resultado de Aprendizagem correspondente:

Resultado de Aprendizagem 1:
Na época moderna a permutabilidade de componentes mecânicos na produção global é uma obrigação
e, portanto, a precisão nas tolerâncias relativas às dimensões e forma são essenciais. A inspecção
desses componentes requer equipamentos especiais, mas também o conhecimento dos símbolos ISO
de tolerâncias de forma.
Resultado de Aprendizagem 2:
O cálculo do ângulo de entrada e inclinação já foi estudado no módulo 8. Neste Resultado de
Aprendizagem os estudantes irão se familiarizar com os métodos e instrumentos de medição para
cones como também é expresso nos critérios de desempenho.
Resultado de Aprendizagem 3:
Neste Resultado de Aprendizagem será feita uma breve revisão da terminologia, das características e
dos diferentes tipos de dentes já ministrados no nível profissional 3: Para o efeito, serão realizados
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 200
exercícios de laboratório havendo assim a necessidade de disponibilizar um número suficiente de
amostras a serem inspeccionadas. O professor deverá dar particular ênfase aos cuidados no
manuseamento dos instrumentos de medição e dos manómetros, prestando igualmente atenção aos
cuidados e à limpeza.
Resultado de Aprendizagem 4:
Este Resultado de Aprendizagem é de natureza teórica e os seus conteúdos estão expressos nos
critérios de desempenho.
Metodologia de Avaliação

Este módulo pode ser organizado de modo a que os Elementos de Competências 1 - 4 sejam tratados
de forma sequencia. São enfatizados em todos os Elementos de Competência os cuidados com os
instrumentos de medição e respectiva limpeza.

Procedimentos de Avaliação

Este módulo tem uma parte prática e outra teórica e preferencialmente é ministrado no laboratório de
inspecção.

Resultado de Aprendizagem 1:

É necessário formular questões para este elemento de competência. Os exercícios de inspecção são
continuamente avaliados pelo instrutor usando as respectivas listas de verificação.

Resultado de Aprendizagem 2:

Os elementos de competência 2 e3 podem ser avaliados em conjunto através de questionário de


avaliação. Será necessário formular um mínimo de três questões por cada critério de desempenho. Os
exercícios de inspecção são continuamente avaliados pelo instrutor usando as respectivas listas de
verificação.

Resultado de Aprendizagem 3:

Os elementos de competência 2 e 3 podem ser avaliados em conjunto através de questionário de


avaliação. Será necessário formular um mínimo de três questões por cada critério de desempenho. Os
exercícios de inspecção são continuamente avaliados pelo instrutor usando as respectivas listas de
verificação.

Resultado de Aprendizagem 4:

O presente Resultado de Aprendizagem integra aspectos práticos e teóricos e aconselha-se que seja
ministrado no laboratório de inspecção (prática) e na sala de aula (teoria). Exige-se uma avaliação
contínua de todo o trabalho de inspecção. São necessárias Listas de controlo para as observações
realizadas para todos os critérios de desempenho para assegurar que o nível exigido de competência é
alcançado. Uma vez que os computadores podem ser usados para fazer os registos, fazer análises e
avaliar resultados de inspecção usando software de inspecção apropriado, os avaliadores verificarão e
atribuirão pontos aos arquivos dos estudantes.

Progressão
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 201
Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 202
6.9 Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Título do Módulo: Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Número do Módulo: MNQ0504M15-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 4

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o nível
profissional 3 em mecânica industrial e que tenham sido
aprovados em todos os módulos do nível profissional 4.

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência prepara os candidatos a


cumprir e contribui nas rotinas típicas de trabalho em
empresas nas condições reais e efectivas de trabalho com
supervisão limitada

Resumo dos Resultados de 1. Realizar tarefas típicas do trabalho de produção mecânica


Aprendizagem:
2. Manter registos das suas tarefas

3. Aplicar medidas de saúde e segurança

4. Descrever as aplicações técnicas do ambiente de trabalho.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 203
Título do Módulo: Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Resultado de Realizar tarefas típicas do trabalho de produção


Aprendizagem 1: mecânica

Critérios de desempenho:
a) Aplicar as habilidades técnicas, competências e conhecimentos
sobre as matérias adquiridos na Escola sob condições reais de
trabalho em fábrica
b) Perceber o carácter sério das condições de trabalho na empresa
e a necessidade de eficiência e alta qualidade de produção

c) Exercitar trabalho de equipa, responsabilidade e confiabilidade

Contextos de aplicação:
Formador mantém contacto regular com a fábrica e monitora os
progressos do estudante em estágio no seu local de trabalho.
Estudantes registam os seus progressos a cerca das habilidades e
conhecimentos da matéria no seu livro de registos.

Evidências requeridas:
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
aplicar as habilidades e conhecimentos da matéria adquiridos na
escola no ambiente de trabalho real de fábrica.
Prova prática para o candidato demonstrar que pode satisfazer os
requisitos eficiência e qualidade na fábrica

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 204
Título do Módulo: Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Resultado de Manter registo das suas tarefas


Aprendizagem 2:

Critérios de desempenho:
a) Escrever uma descrição das tarefas para as quais é destacado
diariamente.
b) Descrever o processo de produção típico da sua fábrica
c) Explicar os problemas encontrados e descrever as soluções
adoptadas para a sua resolução
d) Explicar a relevância do trabalho em equipa no seu local de
trabalho, confiabilidade e responsabilidade

Contextos de aplicação:
Registos no respectivo Livro
Registo das visitas dos formadores aos estudantes em estágio no
seu ambiente de trabalho na fábrica

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que é capaz de trabalhar
sob stress nas condições reais de fábrica e cumprir com os
calendários bem como com os requisitos de qualidade.
Prova escrita e/ou oral para o candidato demonstrar que pode
manter registos das suas tarefas.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 205
Título do Módulo: Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Resultado de Aplicar medidas de saúde e segurança


Aprendizagem 3:

Critérios de desempenho:
a) Estudar os regulamentos de segurança no seu local de trabalho e
estar pronto para situações que exigem mediadas de primeiros
socorros
b) Identificar fontes de acidentes na fábrica, reportá-los aos seus
superiores e sugerir medidas apropriadas (contra-medidas)
c) Aplicar regulamentos de protecção ambiental

Contextos de aplicação:
Registos mantidos no respectivo livro a cerca de regulamentos de
segurança no local de trabalho
Registos e análises de acidentes (caso ocorram) na fábrica

Evidências requeridas:
Prova prática para o candidato demonstrar que observa os
regulamentos de segurança na fábrica

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 206
Título do Módulo: Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Resultado de Descrever aplicações técnicas do ambiente de


Aprendizagem 4: trabalho.

Critérios de desempenho:
Produzir um dossier completo sobre os processos de planeamento e
execução dum projecto numa base semanal em tarefas industriais

Contextos de aplicação:
Reflexão sobre funções técnicas: Descrevendo princípios de
trabalho; Desenhos e ilustrações gráficas de projectos complexos

Evidências requeridas:
Evidência escrita de que candidato é capaz de apresentar um
dossier completo dum projecto industrial incluindo auto avaliação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 207
Título do Módulo: Adquirir experiência de trabalho em empresas industriais

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é de 240 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

Como durante o estágio no nível 3 os estudantes terão novamente a oportunidade de testar suas
habilidades e conhecimento da matéria em relação aos requisitos e padrões exigidos pela indústria.
Espera-se que os formandos venham a enfrentar melhor os desafios e demandas da produção nas
empresas industriais com cada vez mais limitado apoio do tutor. Seria desejável que, em função do seu
bom desempenho e comportamento, os formandos possam encontrar na empresa onde estagiaram
uma oportunidade de emprego assim que terminarem o seu curso.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

Sempre que possível, os estudantes deverão ser responsáveis por encontrar as empresas onde
realização os respectivos estágios. A localização do posto de trabalho, os requisitos particulares do
local de trabalho e a possibilidade de ser empregue nessa mesma empresa são alguns dos critérios de
escolha da empresa de estágio. Provavelmente os estudantes poderão retornar para as mesmas
empresas onde realizaram o estágio do nível profissional 3. A escola bem como as câmaras de
indústria e de comércio, também podem ajudar a encontrar empresas para estágio.

Elementos de Competência correspondentes:

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 208
Resultado de Aprendizagem 1:

Durante o nível profissional 3 os estudantes puderam já estabelecer contactos com empresas


industriais. Com esta experiência e ainda com o apoio dos oficiais de instrução os estudantes
encontrarão em tempo oportuno empresas dispostas a recebê-los para estágio. Antes de pedirem a
sua colocação os estudantes devem se informar devidamente sobre a empresa de sua escolha. Eles
vão aprender a redigir uma carta de candidatura e serão capazes de se apresentarem em boas
condições em entrevista para emprego. Este Resultado de Aprendizagem é de natureza prática e as
tarefas atribuídas ao estudante devem ser realizadas com apoio limitado do tutor.

Resultado de Aprendizagem 2:

Os estudantes devem mater registos das tarefas realizadas incluindo pelo menos o título (nome da
tarefa), a duração, as ferramentas, os materiais, a equipa de trabalho, o cliente e observações
especiais. Eles irão analisar o valor da aprendizagem adquirida em função do seu futuro bem como dos
seus objectivos sociais e profissionais. Os estudantes em estágio deverão manter um livro de registos
onde serão documentadas todas as suas actividades diárias.

Resultado de Aprendizagem 3:

Os estudantes deverão estudar as medidas de segurança aplicáveis e cumprir com os regulamentos de


segurança a qualquer altura.

Resultado de Aprendizagem 4:

Os estudantes deverão apresentar um dossier com documentação completa sobre os processos de


planificação e execução de actividades produtivas de um projecto por semana.

Metodologia de Avaliação

Uma vez que os estagiários serão colocados numa empresa e não na escola profissional, o conteúdo
do treinamento pode não ser tão sistemático e estruturado como na escola. Os conteúdos e
competências adquiridas vão depender do tipo de produção da empresa.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 209
Procedimentos de Avaliação

A avaliação deste módulo não pode ser conduzida da mesma forma como nos módulos M8 - M14. O
desempenho dos estagiários na empresa só pode ser avaliado pelas notas dos formandos em seus
livros de relatório e a documentação que deve apresentar à escola no final do seu estágio. Continua
por analisar a possibilidade de os supervisores nas empresas estarem dispostos a escrever um
relatório sobre as tarefas, comportamento e desempenho do estagiário durante o tempo de colocação
na empresa.

Resultado de Aprendizagem 1:

O oficial de formação visitará regularmente a empresa em que se realiza o estágio para obter
informações sobre a evolução e o desempenho dos estagiários. Ele também irá verificar e
avaliar os livros de registro dos formandos.

Resultado de Aprendizagem 2:

Os estudantes deverão submeter as suas notas sobre o tipo de processos observados, as


actividades que lhes foram atribuídas e medidas de segurança observadas na empresa de
estágio. Isto se refere aos Elementos de Competência 1 a 4. Podem também ser convidados a
fazer uma apresentação sobre o estágio a um plenário.

Resultado de Aprendizagem 3:

Resultado de Aprendizagem 4:

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.
Formação Profissional em Manutenção Industrial
MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 210
Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 211
6.10 Projecto Integrativo = Exame Final

Título do Módulo: Projecto Integrativo = Exame Final

Número do Módulo: MNQ0504M16-M

Data de Validação: Outubro 2009

Nível QNQP: Certificado Profissional 4

Valor de Créditos: 4

Condições de Acesso: Qualquer candidato que tenha concluído com sucesso o nível
profissional 3 em mecânica industrial e que tenham sido
aprovados em todos os módulos do nível profissional 4.

Introdução ao Módulo: O presente padrão de competência prepara os estudantes a


seleccionar, planear, organizar e executar um projecto com um
mínimo de supervisão

Resumo dos Resultados de 1. Planear projectos mecânicos complexos


Aprendizagem:
2. Executar projectos mecânicos complexos incluindo
ensaios finais.

3. Produzir a documentação de projectos mecânicos


complexos.

4. Entregar um projecto mecânico avançado (complexo).

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 212
Título do Módulo: Projecto Integrativo = Exame Final

Resultado de Planear projectos mecânicos complexos


Aprendizagem 1:

Critérios de desempenho:
a) Planificar um projecto integrativo e produzir os documentos
necessários
b) Considerar aspectos económicos (cálculo de custos, aspectos
ambientais, uso eficiente dos materiais e de energia) do projecto

Contextos de aplicação:
Projectos mecânicos integrando as habilidades práticas básicas dos
certificados profissionais do nível 3 e 4.
Cálculos necessários, desenhos de engenharia e planos de
produção relativos ao trabalho do projecto.

Evidências requeridas:
Prova escrita: O candidato terá de produzir documentos de
planeamento tais como desenhos, listas de materiais, listas de
ferramentas, cálculos técnicos para o projecto mecânico.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 213
Título do Módulo: Projecto Integrativo = Exame Final

Resultado de Executar projectos mecânicos complexos


Aprendizagem 2: incluindo ensaios finais.

Critérios de desempenho:
Realizar o projecto integrativo incluindo as inspecções necessárias,
testes de funcionamento e de segurança
Considerar os aspectos económicos do projecto

Contextos de aplicação:
Equipamentos, ferramentas, instrumentos de medição e materiais
para o projecto mecânico.

Evidências requeridas:
Prova prática: o candidato terá de demonstrar que é capaz de
executar um projecto mecânico complexo num período de tempo
definido. O candidato deverá demonstrar inspecções, testes de
funcionamento e habilidade de trabalhar de forma segura e
respeitando os regulamentos de segurança

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 214
Título do Módulo: Projecto Integrativo = Exame Final

Resultado de Produzir a documentação de projectos mecânicos


Aprendizagem 3: complexos.

Critérios de desempenho:
Produzir a documentação relativa aos processos de planificação e
execução do projecto integrativo.

Contextos de aplicação:
Incluem desenhos técnicos, a documentação não deve ultrapassar
as 12 páginas.
A documentação deve ser produzida usando aplicações
informáticas.

Evidências requeridas:
Prova escrita, o candidato terá de apresentar um dossier completo e
estruturado com os documentos do projecto.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 215
Título do Módulo: Projecto Integrativo = Exame Final

Resultado de Entregar um projecto mecânico avançado


Aprendizagem 4: (complexo)

Critérios de desempenho:
Apresentar o projecto integrativo.
Responder a questões profissionais sobre o projecto integrativo.

Contextos de aplicação:
A apresentação deverá incluir, sempre que possível, as
visualizações aplicáveis.

Evidências requeridas:
Prova oral, o candidato terá de fazer uma apresentação de 10
minutos sobre o projecto executado. Ela/Ele deverá responder a
questões profissionais a cerca de detalhes técnicos do projecto.

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 216
Título do Módulo: Projecto Integrativo = Exame Final

Notas de Apoio

Número de Horas do Módulo

Número de Horas do presente Módulo é de 80 horas.

Este módulo é concebido de maneiras a que o número de horas de contacto professor - aluno seja
idêntico ao das aulas teóricas.

Objectivo

Este módulo é projectado para provar e demonstrar que os estudantes adquiriram as habilidades e
conhecimentos estabelecidos no currículo durante o período de formação do nível de formação
profissional 3 e 4. Os estudantes trabalharão com apoio limitado do tutor.

Directiva sobre o Conteúdo e Contexto

A dinâmica dos requisitos do sector industrial bem como a emergência de novas tecnologias requer
flexibilidade ocupacional, vontade de aprender continuamente e melhoramento das habilidades e
conhecimentos por iniciativa do trabalhador. Um projecto de integração permite promover essas
qualidades e os estudantes são por isso solicitados a identificar e apresentar um projecto que pode ser
a realização dum trabalho concreto numa empresa ou a produção dum objecto ou artigo de utilidade
para a escola. O grau de complexidade do trabalho a seleccionar para o projecto de integração deverá
ser de tal forma que os conhecimentos e habilidades adquiridos nos níveis profissionais 3 e 4 sejam
necessários. Os estudantes deverão planear o trabalho, produzir os desenhos de engenharia
necessários e manufacturar os artigos previstos no âmbito do projecto e de acordo com os planos de
produção. Os estudantes trabalharão com apoio limitado do tutor e apresentarão o seu trabalho a uma
comissão de exame com a respectiva documentação de suporte.

Resultado de Aprendizagem correspondentes:

Resultado de Aprendizagem 1:

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 217
Em consulta com os respectivos tutores, os estudantes farão propostas para projectos viáveis. Eles
decidem sobre um projecto de integração tomando em consideração o tempo necessário para
planificação e realização. Eles produzem os desenhos necessários e realizam os cálculos necessários
incluindo os cálculos financeiros.

Resultado de Aprendizagem 2:

Este é o cerne deste módulo. O estudante produz o projecto de acordo com o plano de operações e
realizará as actividades de inspecção e de verificação das medições, qualidade de superfície e
funcionamento. Observará igualmente as regras de segurança no trabalho e considerará os aspectos
económicos do projecto.

Resultado de Aprendizagem 3:

O estudante apresentará a documentação do projecto incluindo desenhos técnicos num limite máximo
de 12 páginas. O documento deve ser feito com uso das funcionalidades do computador.

Resultado de Aprendizagem 4:

O estudante apresentará o seu projecto a um painel de exame e responderá a perguntas profissionais


acerca do projecto integrado. Ele/ela deverá fazer uso de técnicas de visualização como fotografias,
posters, transparências ou projector de dados.

Metodologia de Avaliação

Na escolha do projecto de integração devem ser observados os seguintes critérios: o projecto deve
reflectir o conhecimento da matéria e habilidades práticas do nível profissional 3 e 4, o tempo planeado
para o projecto deve ser realístico e o nível de complexidade deve estar calibrado para que o estudante
possa efectuar o trabalho com apoio limitado do tutor.

Procedimentos de Avaliação

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 218
Listas de Verificação das Observações, documentos de planificação do estudante, questões de
resposta individuais e uma apresentação do projecto são necessários para a avaliação do módulo.

Progressão

Este módulo é parte do Programa de Engenharia – Certificado Profissional Nível 4. Aprovação neste
nível habilita o candidate a progredir para o Programa – Certificado Profissional Nível 5.

Referências

1. Manual on Writing Curriculum Modules, PIREP 2008


2. Manual on Developing and Registering Units of Competency, PIREP 2008
3. Draft Training Standards – Professional Qualifications, Industrial Maintenance, V 0.3, Maputo
2008

Necessidades Especiais

Em certos casos pode ser proposta a certificação de alterações nos elementos de competência e nos
Contextos de aplicação: respectivos, desde que haja uma pré-aprovação ao nível do Ministério da
Educação

Formação Profissional em Manutenção Industrial


MECÂNICA GERAL - Nivel 4
Página 219

Você também pode gostar