Você está na página 1de 2094

RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Sumário

Apresentação ............................................................................................ p. 1
1 - Aspectos Gerais .................................................................................. p. 3
1.1 - Finalidade .................................................................................... p. 3
1.2 - Conceitos .................................................................................... p. 3
1.2.1 - CRIME ................................................................................ p. 3
1.2.2 - CRIME HEDIONDO ............................................................ p. 3
1.2.3 - CRIME DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO ................... p. 3
1.2.4 - CONTRAVENÇÃO PENAL ................................................. p. 3
1.2.5 - ATO INFRACIONAL ........................................................... p. 3
1.2.6 - INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA .......................................... p. 4
1.2.7 - INFRAÇÕES PENAIS AFIANÇÁVEIS ................................ p. 4
1.2.8 - INFRAÇÕES PENAIS INAFIANÇÁVEIS ............................ p. 4
1.2.9 - PRISÃO EM FLAGRANTE ................................................. p. 4
1.2.10 - LOCAL DE INFRAÇÃO PENAL ........................................ p. 4
1.2.11 - EMPREGO OPERACIONAL ............................................ p. 5
1.2.12 - EVENTO DE DEFESA SOCIAL ....................................... p. 5
1.2.13 - LIGAÇÃO .......................................................................... p. 5
1.2.14 - CHAMADA ........................................................................ p. 5
1.2.15 - OCORRÊNCIA ................................................................. p. 5
1.2.16 - ATIVIDADE ....................................................................... p. 6
1.2.17 - REDS ................................................................................ p. 6
1.2.18 - FORMULÁRIOS DE REGISTRO DE EVENTOS DE DE .. p. 6
1.2.19 - MÓDULO DE ACEITE ...................................................... p. 6
1.2.20 - MÓDULO PCNET - SISTEMA INTEGRADO DE DEFE ... p. 7
1.2.21 - UNIDADE RESPONSÁVEL PELO REGISTRO ................ p. 7
1.2.22 - VULNERAVEL .................................................................. p. 7
1.3 - Procedimentos Operacionais ...................................................... p. 7
1.3.1 - GERAIS .............................................................................. p. 7
1.3.1.1 - Prisão em flagrante de servidor público ..................... p. 7
1.3.1.2 Autoridade Judiciária ou Membro do MP ..................... p. 8
1.3.1.2.1 - Crime Afiançável ................................................ p. 8
1.3.1.2.2 - Crime Inafiançável ............................................. p. 8
1.3.1.2.3 - Magistrados ....................................................... p. 9
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

1.3.1.3 - Comunicação ............................................................. p. 9


1.3.1.4 Imunidades ................................................................... p. 10
1.3.1.4.1- Imunidade Diplomática ....................................... p. 10
1.3.1.4.2 - Imunidade Parlamentar ...................................... p. 10
1.3.1.4.3 - Conduta operacional envolvendo Cônsul .......... p. 10
1.3.1.4.4 - Conduta operacional envolvendo Embaixador .. p. 11
1.3.1.5 - PERÍODO ELEITORAL .............................................. p. 11
1.3.2 - RELATIVOS À CRIANÇA/ADOLESCENTE ENVOLVIDO . p. 12
1.3.2.1 - NA CONDIÇÃO DE AGENTE .................................... p. 12
1.3.2.2 - NA CONDIÇÃO DE VÍTIMA ....................................... p. 12
1.3.3 - REGISTRO DE EVENTO DE DEFESA SOCIAL ................ p. 13
1.3.3.1 - No Sistema REDS (ou WEB) ..................................... p. 13
1.3.3.2 - Registro da Ocorrência / Fato Policial ........................ p. 13
1.3.3.3 - Ocorrência Fora do Sistema REDS ........................... p. 13
1.3.3.4 - Registro de Atividade Policial e/ou de Bombeiro Mili . p. 14
1.3.3.5 - Registro de Chamada Policial e/ou de Bombeiro Mil . p. 14
1.3.3.6 - Fatos Diversos Atendidos pela Polícia Militar ............ p. 14
1.3.4 - BOLETIM DE OCORRÊNCIA BOMBEIROS ...................... p. 14
1.3.5 - ELABORAÇÃO DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA, REFA . p. 15
1.3.6 - INTEGRAÇÃO DO REDS COM ACEITE E PCNET ........... p. 15
1.3.7 - ESTATÍSTICA E ANÁLISE DE DEFESA SOCIAL ............. p. 15
1.3.8 - ORIENTAÇÕES COMPLEMENTARES AO REGISTRO ... p. 15
1.3.8.1 - PERFIL DE ACESSO DO USUÁRIO DO REDS ........ p. 16
1.3.8.2 - ALTERAÇÃO DE DADOS DE OCORRÊNCIA E/O ... p. 16
1.3.8.3 - IMPRESSÃO DA OCORRÊNCIA ............................... p. 16
1.3.8.4 - MEDIDAS DE CONTINGÊNCIA NAS SITUAÇÕES . p. 17
1.3.8.5 - RECIBO DA OCORRÊNCIA - REDS ......................... p. 17
1.3.8.6 - PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS DE OC ... p. 17
1.3.9 - ISOLAMENTO, PRESERVAÇÃO E VIGILÂNCIA DO LO .. p. 18
1.3.10 - PROCEDIMENTOS POLICIAIS EM FACE DOS CRIME . p. 19
1.3.11 - EMPENHO POR INICIATIVA ........................................... p. 19
1.3.12 - COORDENAÇÃO E CONTROLE DO EMPREGO OPE ... p. 19
1.3.13 - PATRIMÔNIO PÚBLICO LESADO ................................... p. 20
1.3.14 - ENVOLVIMENTO DE OBJETO DE GRANDE PORTE .... p. 20
1.3.15 - QUALIFICAÇÃO DE TESTEMUNHAS ............................. p. 20
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

1.3.16 - RETIFICAÇÃO DE INFORMAÇÕES INSERTAS NO B ... p. 20


1.3.17 - ELABORAÇÃO DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA SIM ... p. 21
1.3.18 - CRITÉRIOS PARA CODIFICAÇÃO DE OCORRÊNCIA .. p. 21
1.3.19 - USO DE ALGEMAS .......................................................... p. 22
1.4 - Lei Nº. 11.340, de 07 de Agosto de 2006. .................................. p. 22
1.5 - SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PRISIONAL - SUA .. p. 24
1.6 - SUBSECRETARIA DE ATENDIMENTO ÀS MEDIDAS SÓCIO . p. 26
3 - Categorias ........................................................................................... p. 28
I - Típicas de Policia ............................................................................ p. 28
Grupo B00.000 ............................................................................... p. 28
INFRAÇÕES PENAIS CONTRA A PESSOA ........................... p. 28
B 01.121 - HOMICÍDIO ....................................................... p. 28
B 01.135 - OMISSÃO DE SOCORRO ................................ p. 31
B 01.136 - MAUS TRATOS ................................................. p. 32
B 01.137 - RIXA .................................................................. p. 34
B 01.138 - CALÚNIA ........................................................... p. 35
B 01.139 - DIFAMAÇÃO ..................................................... p. 36
B 01.140 - INJÚRIA ............................................................. p. 37
B 01.146 - CONSTRANGIMENTO ILEGAL ........................ p. 38
B 01.147 - AMEAÇA ........................................................... p. 39
B 01.148 - SEQÜESTRO OU CÁRCERE PRIVADO .......... p. 42
B 01.149 - REDUÇÃO A CONDIÇÃO ANÁLOGA À DE E .. p. 43
B 01.150 - VIOLAÇÃO DE DOMICÍLIO .............................. p. 44
B 01.151 - CRIME CONTRA A CORRESPONDÊNCIA / .. p. 46
B 01.152 - CORRESPONDÊNCIA COMERCIAL ............... p. 47
B 01.153 - DIVULGAÇÃO DE SEGREDO .......................... p. 48
B 01.154 - VIOLAÇÃO DO SEGREDO PROFISSIONAL ... p. 49
B 02.001 - TORTURA ......................................................... p. 50
B 08.020 - ANÚNCIO DE MEIO ABORTIVO ...................... p. 51
B 08.021 - VIAS DE FATO / AGRESSÃO ........................... p. 52
B 99.000 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA A PESSOA .. p. 53
B 01.134 - EXPOSIÇÃO OU ABANDONO DE RECÉM-N .. p. 53
B 01.133 - ABANDONO DE INCAPAZ ............................... p. 55
B 01.132 - PERIGO PARA A VIDA OU SAÚDE DE OUT ... p. 56
B 01.131 - PERIGO DE CONTÁGIO DE MOLÉSTIA GR ... p. 57
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

B 01.130 - PERIGO DE CONTÁGIO VENÉREO ................ p. 58


B 01.129 - LESÃO CORPORAL ......................................... p. 59
B 01.126 - PROVOCAR ABORTO COM O CONSENTIM .. p. 61
B 01.125 - ABORTO PROVOCADO POR TERCEIRO ....... p. 62
B 01.124 - ABORTO PROVOCADO PELA GESTANTE ... p. 63
B 01.123 - INFANTICÍDIO ................................................... p. 64
B 01.122 – INDUZIMENTO / INSTIGAÇÃO / AUXÍLIO A .. p. 66
RELATIVOS AO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLES .. p. 67
B 05.501 - SUBMETER À CRIANÇA OU ADOLESCENT .. p. 67
B 05.502 - OFERECER, TROCAR DISPONIBILIZAR, TR . p. 68
B 05.503 - ADQUIRIR, POSSUIR OU ARMAZENAR, PO .. p. 69
B 05.504 - SIMULAR A PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇA ... p. 70
B 05.505 - ALICIAR, ASSEDIAR, INSTIGAR OU CONST . p. 71
B 05.506 - CORRUPÇÃO DE MENORES PARA PRÁTIC . p. 73
B 05.228 - DEIXAR O ENCARREGADO DE SERVIÇO O . p. 74
B 05.229 - DEIXAR O MÉDICO, ENFERMEIRO OU DIRI . p. 75
B 05.230 - PRIVAR A CRIANÇA OU O ADOLESCENTE .. p. 76
B 05.231 - DEIXAR A AUTORIDADE POLICIAL RESPO .. p. 77
B 05.232 - SUBMETER CRIANÇA / ADOLESCENTE DE .. p. 77
B 05.234 – DEIXAR A AUTORIDADE COMPETENTE, S .. p. 78
B 05.235 - DESCUMPRIR, INJUSTIFICADAMENTE, PR .. p. 79
B 05.236 - IMPEDIR OU EMBARAÇAR A AÇÃO DA AU ... p. 80
B 05.237 - SUBTRAIR CRIANÇA OU ADOLESCENTE A .. p. 81
B 05.238 - PROMETER OU EFETIVAR A ENTREGA DO . p. 82
B 05.239 - TRÁFICO INTERNACIONAL DE CRIANÇA O .. p. 83
B 05.240 - PRODUZIR, REPRODUZIR, DIRIGIR, FOTO .. p. 84
B 05.241 - VENDER OU EXPÔR À VENDA FOTOGRAF .. p. 85
B 05.242 - VENDA, FORNECIMENTO OU ENTREGA D ... p. 86
B 05.243 - VENDER, FORNECER, AINDA QUE GRATUI . p. 87
B 05.244 - VENDER, FORNECER, AINDA QUE GRATUI . p. 88
CRIMES RELATIVOS AO ESTATUTO DO IDOSO ................. p. 89
B 13.096 - DISCRIMINAR PESSOA IDOSA, IMPEDIND ... p. 89
B 13.097 - DEIXAR DE PRESTAR ASSISTÊNCIA AO ID .. p. 91
B 13.098 - ABANDONAR O IDOSO EM HOSPITAIS, CA .. p. 92
B 13.099 - EXPOR O IDOSO AO PERIGO A INTEGRID ... p. 93
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

B 13.100 - POR MOTIVO DE IDADE, OBSTAR ACESS .... p. 94


B 13.101 - DEIXAR DE CUMPRIR, RETARDAR OU FR ... p. 96
B 13.102 - APROPRIAR OU DESVIAR BENS, PROVEN .. p. 97
B 13.103 - NEGAR O ACOLHIMENTO OU A PERMANÊ .. p. 97
B 13.104 - RETER O CARTÃO MAGNÉTICO DE CONT ... p. 99
B 13.105 - EXIBIR OU VEICULAR, POR QUALQUER M .. p. 100
B 13.106 - INDUZIR PESSOA IDOSA, SEM DISCERNIM . p. 101
B 13.107 - COAGIR, DE QUALQUER MODO, O IDOSO .. p. 102
B 13.108 - LAVRAR ATO NOTARIAL, ENVOLVENDO P .. p. 103
B 13.109 - IMPEDIR OU EMBARAÇAR ATO DO REPRE . p. 103
Grupo C00.000 .............................................................................. p. 104
CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO ........................................ p. 104
C 01.182 - ESBULHO POSSESSÓRIO .............................. p. 105
C 01.181 - ALTERAÇÃO DE LIMITES ................................ p. 106
C 01.155 - FURTO .............................................................. p. 107
C 01.156 - FURTO DE COISA COMUM ............................. p. 115
C 01.157 - ROUBO ............................................................. p. 117
C 01.158 - EXTORSÃO ...................................................... p. 123
C 01.159 - EXTORSÃO MEDIANTE SEQÜESTRO ........... p. 125
C 01.160 - EXTORSÃO INDIRETA ..................................... p. 127
C 01.161 - USURPAÇÃO DE ÁGUAS ................................ p. 129
C 01.162 - SUPRESSÃO OU ALTERAÇÃO DE MARCA .. p. 130
C 01.163 - DANO ................................................................ p. 132
C 01.164 - INTRODUÇÃO OU ABANDONO DE ANIMAL .. p. 134
C 01.501 - APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRI . p. 134
C 01.168 - APROPRIAÇÃO INDÉBITA DE COISA ALHE .. p. 135
C 01.169 - APROPRIAÇÃO DE COISA HAVIDA POR E ... p. 136
C 01.171 - ESTELIONATO ................................................. p. 138
C 01.172 - DUPLICATA SIMULADA ................................... p. 140
C 01.173 - ABUSO DE INCAPAZES .................................. p. 141
C 01.174 - INDUZIMENTO À ESPECULAÇÃO .................. p. 142
C 01.176 - NEGAR SALDAR DESPESA ............................ p. 144
C 01.177 - FRAUDE EM SOCIEDADE / FUNDAÇÃO ........ p. 145
C 01.178 - EMISSÃO IRREGULAR DE CONHECIMENT .. p. 146
C 01.179 - FRAUDE À EXECUÇÃO ................................... p. 148
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

C 01.180 - RECEPTAÇÃO .................................................. p. 148


C 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTRA .. p. 150
CONTRAVENÇÃO CONTRA O PATRIMÔNIO ....................... p. 150
C 08.024 - INSTRUMENTO DE EMPREGO USUAL NA ... p. 150
C 08.025 - POSSE, NÃO JUSTIFICADA, DE INSTRUME . p. 152
C 08.026 - VIOLAÇÃO DE LUGAR OU OBJETO (CHAV ... p. 153
CONTRA PROPRIEDADE INDUSTRIAL – MARCAS E PAT .. p. 155
C 09.183 - FABRICAR PRODUTO OU USAR MEIO OU ... p. 155
C 09.184 - EXPORTA, IMPORTA, VENDE, EXPÕE OU ... p. 156
C 09.185 - FORNECER COMPONENTE DE UM PROD ... p. 158
C 09.187 - FABRICAR, SEM AUTORIZAÇÃO DO TITUL .. p. 159
C 09.188 - EXPORTA, VENDE, EXPÕE OU OFERECE ... p. 161
C 09.189 - CRIME CONTRA REGISTRO DE MARCA: Q .. p. 162
C 09.190 - CRIME CONTRA O REGISTRO DE MARCA .. p. 164
C 09.191 - REPRODUZIR OU IMITAR, DE MODO QUE .. p. 166
C 09.192 - FABRICAR, IMPORTAR, EXPORTAR, VEND . p. 168
C 09.193 - USAR, EM PRODUTO, RECIPIENTE, INVÓL .. p. 169
C 09.194 - USAR MARCA, NOME COMERCIAL, TÍTUL ... p. 171
C 09.195 - CONCORRÊNCIA DESLEAL ............................ p. 172
C 22.120 - VIOLAR DIREITOS DE AUTOR DE PROGRA . p. 174
C 41.054 - VIOLAÇÃO DE DIREITO DO TITULAR DE T ... p. 176
Grupo D00.000 .............................................................................. p. 178
CRIMES CONTRA A LIBERDADE SEXUAL E A FAMILIA ...... p. 178
D 01.502 - ASSÉDIO SEXUAL ........................................... p. 178
D 01.503 - SATISFAÇÃO DE LASCÍVIA MEDIANTE PR ... p. 180
D 01.504 - FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU .. p. 181
D 01.516 - TRÁFICO INTERNO DE PESSOAS ................. p. 184
D 01.213 - ESTUPRO ......................................................... p. 186
D 01.217 - ESTUPRO DE VULNERÁVEL .......................... p. 188
D 01.218 - CORRUPÇÃO DE MENORES .......................... p. 190
D 01.227 - MEDIAÇÃO PARA SERVIR A LASCÍVIA DE .. p. 191
D 01.228 - FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO ......... p. 193
D 01.229 - CASA DE PROSTITUIÇÃO ............................... p. 195
D 01.230 - RUFIANISMO .................................................... p. 197
D 01.231 - TRÁFICO INTERNACIONAL DE PESSOAS .... p. 198
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

D 01.233 - ATO OBSCENO ................................................ p. 200


D 01.234 - ESCRITO OU OBJETO OBSCENO .................. p. 201
D 01.235 - BIGAMIA ........................................................... p. 203
D 01.236 - INDUZIMENTO A ERRO ESSENCIAL E OCU . p. 203
D 01.237 - CONHECIMENTO PRÉVIO DE IMPEDIMEN ... p. 204
D 01.238 - SIMULAÇÃO DE AUTORIDADE PARA CELE . p. 204
D 01.239 - SIMULAÇÃO DE CASAMENTO ....................... p. 205
D 01.241 - REGISTRO DE NASCIMENTO INEXISTENT .. p. 206
D 01.242 - PARTO SUPOSTO, SUPRESSÃO OU ALTE ... p. 207
D 01.243 - SONEGAÇÃO DE ESTADO DE FILIAÇÃO ...... p. 208
D 01.244 - ABANDONO MATERIAL ................................... p. 208
D 01.245 - ENTREGA DE FILHO MENOR A PESSOA IN . p. 210
D 01.246 - ABANDONO INTELECTUAL (INSTRUÇÃO F .. p. 212
D 01.247 - ABANDONO INTELECTUAL ............................ p. 213
D 01.248 - INDUZIMENTO A FUGA, ENTREGA ARBITR . p. 215
D 01.249 - SUBTRAÇÃO DE INCAPAZES ......................... p. 217
CONTRAVENÇÕES CONTRA OS COSTUMES E A FAMÍLI .. p. 219
D 08.050 - JOGO DE AZAR ................................................ p. 219
D 08.051 - LOTERIA NÃO AUTORIZADA .......................... p. 221
D 08.058 - JOGO DO BICHO ............................................. p. 223
D 08.059 - VADIAGEM ....................................................... p. 225
D 08.061 - IMPORTUNAÇÃO OFENSIVA AO PUDOR ...... p. 226
D 08.062 - EMBRIAGUEZ (ESCÂNDALO / PERIGO PR ... p. 227
D 08.063 - SERVIR BEBIDA ALCOÓLICA A MENORES, .. p. 228
D 08.064 - CRUELDADE CONTRA ANIMAIS .................... p. 230
D 08.065 - PERTURBAÇÃO DA TRANQÜILIDADE ........... p. 233
D 99.000 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA A DIGNIDA .. p. 234
Grupo E00.000 ............................................................................... p. 234
CRIMES CONTRA A INCOLUMIDADE PÚBLICA E PAZ PÚ .. p. 235
E 01.250 - INCÊNDIO ......................................................... p. 235
E 01.251 - EXPLOSÃO ....................................................... p. 238
E 01.252 - USO DE GÁS TÓXICO OU ASFIXIANTE ......... p. 241
E 01.253 - FABRICAR, FORNECER, ADQUIRIR, POSS ... p. 244
E 01.254 - INUNDAÇÃO (RISCO DE VIDA OU PATRIM ... p. 248
E 01.255 - PERIGO DE INUNDAÇÃO ................................ p. 251
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

E 01.256 - DESABAMENTO OU DESMORONAMENTO .. p. 254


E 01.257 - SUBTRAÇÃO, OCULTAÇÃO OU INUTILIZA ... p. 256
E 01.259 - DIFUSÃO DE DOENÇA OU PRAGA (FLORA . p. 259
E 01.260 - PERIGO DE DESASTRE FERROVIÁRIO ........ p. 261
E 01.261 - ATENTADO CONTRA A SEGURANÇA DE T .. p. 264
E 01.262 - ATENTADO CONTRA A SEGURANÇA DE O .. p. 266
E 01.264 - ARREMESSO DE PROJÉTIL ........................... p. 268
E 01.265 - ATENTADO CONTRA A SEGURANÇA DE S .. p. 271
E 01.266 - INTERRUPÇÃO OU PERTURBAÇÃO DE SE .. p. 273
E 01.267 - EPIDEMIA ......................................................... p. 275
E 01.268 - INFRAÇÃO DE MEDIDA SANITÁRIA PREVE .. p. 276
E 01.269 - OMISSÃO DE NOTIFICAÇÃO DE DOENÇA .... p. 278
E 01.270 - ENVENENAMENTO DE ÁGUA POTÁVEL O ... p. 280
E 01.271 - CORRUPÇÃO OU POLUIÇÃO DE ÁGUA PO .. p. 282
E 01.272 - FALSIFICAÇÃO, CORRUPÇÃO, ADULTERA .. p. 286
E 01.273 - FALSIFICAÇÃO, CORRUPÇÃO, ADULTERA .. p. 287
E 01.274 - EMPREGO DE PROCESSO PROIBIDO OU ... p. 290
E 01.275 - INVÓLUCRO OU RECIPIENTE COM FALSA . p. 292
E 01.276 - VENDER, EXPOR À VENDA, TER EM DEPÓ . p. 294
E 01.277 - VENDER, EXPOR À VENDA, TER EM DEPÓ . p. 297
E 01.278 - FABRICAR, VENDER, EXPOR À VENDA, TE . p. 299
E 01.280 - MEDICAMENTO EM DESACORDO COM RE .. p. 301
E 01.282 - EXERCÍCIO ILEGAL DA MEDICINA, ARTE D . p. 304
E 01.283 - CHARLATANISMO ............................................ p. 306
E 01.284 - CURANDEIRISMO ............................................ p. 308
E 01.286 - INCITAÇÃO AO CRIME .................................... p. 309
E 01.287 - APOLOGIA DE CRIME OU CRIMINOSO ......... p. 311
E 01.288 - ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA ............................. p. 313
CRIMES RELATIVOS AO ESTATUTO DO DESARMAMEN ... p. 315
E 03.012 - POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO D .. p. 315
E 03.013 - OMISSÃO DE CAUTELA .................................. p. 316
E 03.014 - PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE US .. p. 318
E 03.015 - DISPARO DE ARMA DE FOGO OU ACIONA .. p. 319
E 03.016 - POSSE OU PORTE ILEGAL DE ARMA DE F .. p. 320
E 03.017 - COMÉRCIO ILEGAL DE ARMA DE FOGO, A .. p. 324
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

E 03.018 - TRÁFICO INTERNACIONAL DE ARMA DE F .. p. 326


E 03.131 - DEIXAR, A EMPRESA DE SEGURANÇA E T .. p. 328
E 03.161 - SUPRIMIR OU ALTERAR MARCA, NUMERA . p. 330
E 03.162 - MODIFICAR AS CARACTERÍSTICAS DE AR .. p. 331
E 03.163 - POSSUIR, DETIVER, FABRICAR OU EMPR ... p. 332
E 03.164 - PORTAR, POSSUIR, ADQUIRIR, TRANSPO .. p. 335
E 03.165 - VENDER, ENTREGAR OU FORNECER, AIN .. p. 336
E 03.166 - PRODUZIR, RECARREGAR OU RECICLAR, .. p. 338
CONTRAVENÇÕES RELATIVOS A INCOLUMIDADE PÚBL . p. 340
E 08.019 - PORTE ILEGAL DE ARMA BRANCA ............... p. 340
E 08.029 - DESABAMENTO DE CONSTRUÇÃO (ERRO .. p. 342
E 08.030 - PERIGO DE DESABAMENTO (OMISSÃO DE . p. 344
E 08.031 - OMISSÃO DE CAUTELA NA GUARDA OU C .. p. 346
E 08.032 - DIRIGIR, SEM A DEVIDA HABILITAÇÃO EM .. p. 347
E 08.033 - DIRIGIR AERONAVE SEM ESTAR DEVIDA .... p. 349
E 08.034 - DIRIGIR VEÍCULOS NA VIA PÚBLICA, OU E .. p. 350
E 08.035 - ENTREGAR-SE NA PRÁTICA DA AVIAÇÃO, . p. 351
E 08.036 - SINAIS DE PERIGO (COMUNICAÇÃO DE P ... p. 353
E 08.037 - ARREMESSO OU COLOCAÇÃO PERIGOSA . p. 355
E 08.038 - EMISSÃO ABUSIVA DE FUMAÇA, VAPOR O . p. 356
E 08.039 - ASSOCIAÇÃO SECRETA. ................................ p. 360
E 08.040 - PROVOCAÇÃO DE TUMULTO / CONDUTA I .. p. 362
E 08.041 - FALSO ALARMA - AMEAÇA DE BOMBA / O ... p. 363
E 08.042 - PERTURBAÇÃO DO TRABALHO OU DO SO . p. 365
E 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTRA .. p. 368
Grupo F00.000 ............................................................................... p. 368
CRIMES CONTRA A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO .......... p. 369
F 01.197 - ATENTADO CONTRA A LIBERDADE DE TR .. p. 369
F 01.198 - ATENTADO CONTRA A LIBERDADE DE CO .. p. 371
F 01.199 - ATENTADO CONTRA A LIBERDADE DE AS .. p. 373
F 01.200 - PARALISAÇÃO DE TRABALHO, SEGUIDA D . p. 375
F 01.201 - PARALISAÇÃO DE TRABALHO DE INTERE ... p. 378
F 01.202 - INVASÃO DE ESTABELECIMENTO INDUST .. p. 381
F 01.203 - FRUSTRAÇÃO DE DIREITO ASSEGURADO . p. 385
F 01.204 - FRUSTRAÇÃO DE LEI SOBRE A NACIONAL . p. 387
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

F 01.205 - EXERCÍCIO DE ATIVIDADE COM INFRAÇÃ ... p. 389


F 01.206 - ALICIAMENTO PARA O FIM DE EMIGRAÇÃ .. p. 390
F 01.207 - ALICIAMENTO DE TRABALHADORES DE U .. p. 392
F 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTRA .. p. 394
Grupo G00.000 .............................................................................. p. 394
CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO E FÉ PÚBLICA ........ p. 394
G 01.328 - USURPAÇÃO DE FUNÇÃO PÚBLICA ............. p. 395
G 01.329 - RESISTÊNCIA .................................................. p. 396
G 01.330 - DESOBEDIÊNCIA ............................................. p. 398
G 01.331 - DESACATO ...................................................... p. 399
G 01.332 - TRÁFICO DE INFLUÊNCIA .............................. p. 401
G 01.333 - CORRUPÇÃO ATIVA ....................................... p. 403
G 01.334 - CONTRABANDO OU DESCAMINHO .............. p. 405
G 01.336 - INUTILIZAÇÃO DE EDITAL OU DE SINAL ...... p. 407
G 01.337 - SUBTRAÇÃO OU INUTILIZAÇÃO DE LIVRO .. p. 409
G 01.338 - REINGRESSO DE ESTRANGEIRO EXPULS .. p. 411
G 01.339 - DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA .......................... p. 413
G 01.340 - COMUNICAÇÃO FALSA DE CRIME OU CO ... p. 413
G 01.341 - AUTO-ACUSAÇÃO FALSA .............................. p. 414
G 01.342 - FALSO TESTEMUNHO OU FALSA PERÍCIA .. p. 415
G 01.343 - DAR, OFERECER OU PROMETER DINHEIR . p. 417
G 01.344 - COAÇÃO NO CURSO DO PROCESSO .......... p. 419
G 01.345 - EXERCÍCIO ARBITRÁRIO DAS PRÓPRIAS .. p. 421
G 01.346 - TIRAR, SUPRIMIR, DESTRUIR OU DANIFIC .. p. 423
G 01.347 - FRAUDE PROCESSUAL .................................. p. 425
G 01.348 - FAVORECIMENTO PESSOAL ......................... p. 427
G 01.349 - FAVORECIMENTO REAL ................................ p. 429
G 01.350 - EXERCÍCIO ARBITRÁRIO OU ABUSO DE P .. p. 431
G 01.351 - FACILITAÇÃO / PROMOÇÃO DE FUGA DE .. p. 433
G 01.352 - EVASÃO MEDIANTE VIOLÊNCIA CONTRA .. p. 435
G 01.353 - ARREBATAMENTO DE PRESOS .................... p. 437
G 01.354 - MOTIM DE PRESOS ........................................ p. 439
G 01.355 - PATROCÍNIO INFIEL ........................................ p. 441
G 01.356 - SONEGAÇÃO DE PAPEL OU OBJETO DE V . p. 443
G 01.357 - EXPLORAÇÃO DE PRESTÍGIO EM PROCE ... p. 445
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

G 01.359 - DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL S .... p. 447


G 01.503 - INSERÇÃO DE DADOS FALSOS EM SISTE ... p. 449
G 01.504 - MODIFICAÇÃO OU ALTERAÇÃO NÃO AUT ... p. 451
G 01.505 - SONEGAÇÃO DE CONTRIBUIÇÃO PREVID .. p. 453
G 01.506 - CORRUPÇÃO ATIVA EM TRANSAÇÃO CO ... p. 455
G 01.507 - TRÁFICO DE INFLUÊNCIA EM TRANSAÇÃ ... p. 457
G 01.508 - CONTRATAÇÃO DE OPERAÇÃO DE CRÉDI . p. 459
G 01.509 - INSCRIÇÃO DE DESPESAS NÃO EMPENH ... p. 461
G 01.510 - ASSUNÇÃO DE OBRIGAÇÃO ......................... p. 463
G 01.511 - ORDENAÇÃO DE DESPESA NÃO AUTORIZ . p. 464
G 01.512 - PRESTAÇÃO DE GARANTIA GRACIOSA ....... p. 466
G 01.513 - NÃO CANCELAMENTO DE RESTOS A PAG .. p. 468
G 01.514 - AUMENTO DE DESPESA TOTAL COM PES .. p. 470
G 01.515 - OFERTA PÚBLICA OU COLOCAÇÃO DE TÍ ... p. 472
G 01.517 - INGRESSAR, PROMOVER, INTERMEDIAR, . p. 474
G 08.045 - SIMULAÇÃO DA QUALIDADE DE FUNCION .. p. 476
G 08.046 - USO ILEGÍTIMO DE UNIFORME OU DISTIN .. p. 477
G 08.047 - EXERCÍCIO ILEGAL DE PROFISSÃO OU A ... p. 478
G 08.048 - EXERCÍCIO ILEGAL DO COMÉRCIO / OBR ... p. 480
G 08.066 - OMISSÃO DE COMUNICAÇÃO DE CRIME .... p. 482
G 08.067 - INUMAÇÃO OU EXUMAÇÃO DE CADÁVER .. p. 484
G 08.068 - RECUSA DE DADOS SOBRE A PRÓPRIA I ... p. 486
G 08.070 - VIOLAÇÃO DO PRIVILÉGIO POSTAL DA U ... p. 487
G 99.000 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA A ADM / FÉ . p. 489
G 01.303 - REPRODUÇÃO OU ADULTERAÇÃO DE SE .. p. 489
G 01.319 - PREVARICAÇÃO .............................................. p. 491
G 01.326 - VIOLAÇÃO DO SIGILO DE PROPOSTAS DE . p. 493
G 01.325 - VIOLAÇÃO DE SIGILO FUNCIONAL ............... p. 495
G 01.324 - EXERCÍCIO FUNCIONAL ILEGALMENTE A ... p. 497
G 01.323 - ABANDONO DE FUNÇÃO ............................... p. 499
G 01.322 - VIOLÊNCIA ARBITRÁRIA ................................ p. 501
G 01.321 - ADVOCACIA ADMINISTRATIVA ...................... p. 503
G 01.320 - CONDESCENDÊNCIA CRIMINOSA ................ p. 505
G 01.318 - FACILITAÇÃO DE CONTRABANDO OU DE ... p. 507
G 01.317 - CORRUPÇÃO PASSIVA .................................. p. 509
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

G 01.316 - CONCUSSÃO ................................................... p. 511


G 01.315 - EMPREGO IRREGULAR DE VERBAS OU R .. p. 515
G 01.314 - EXTRAVIO, SONEGAÇÃO OU INUTILIZAÇÃ . p. 517
G 01.503 - INSERÇÃO DE DADOS FALSOS EM SISTE ... p. 519
G 01.313 - PECULATO MEDIANTE ERRO DE OUTREM . p. 520
G 01.312 - PECULATO ....................................................... p. 522
G 01.311 - ADULTERAÇÃO DE SINAL IDENTIFICADO ... p. 525
G 01.310 - PRESTAR-SE A FIGURAR COMO PROPRIE . p. 527
G 01.309 - FRAUDE DE LEI SOBRE ESTRANGEIROS .... p. 528
G 01.308 - FALSA IDENTIDADE - USAR COMO PRÓP ... p. 530
G 01.307 - FALSA IDENTIDADE ........................................ p. 532
G 01.306 - FALSIFICAÇÃO DE SINAL EMPREGADO N ... p. 533
G 01.305 - SUPRESSÃO DE DOCUMENTO ..................... p. 535
G 01.304 - USO DE DOCUMENTO FALSO ....................... p. 537
G 01.302 - FALSIDADE DE ATESTADO MÉDICO ............ p. 539
G 01.301 - CERTIDÃO OU ATESTADO IDEOLOGICAM .. p. 541
G 01.300 - FALSO RECONHECIMENTO DE FIRMA OU . p. 543
G 01.299 - FALSIDADE IDEOLÓGICA. .............................. p. 545
G 01.298 - FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTO PARTIC ... p. 547
G 01.297 - FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTO PÚBLIC .... p. 549
G 01.294 - PETRECHOS DE FALSIFICAÇÃO ................... p. 551
G 01.293 - FALSIFICAÇÃO DE PAPÉIS PÚBLICOS REL . p. 553
G 01.292 - EMISSÃO DE TÍTULO AO PORTADOR SEM .. p. 555
G 01.291 - PETRECHOS PARA FALSIFICAÇÃO DE MO . p. 557
G 01.290 - CRIMES ASSIMILADOS AO DE MOEDA FA ... p. 559
G 01.289 - MOEDA FALSA ................................................. p. 561
CONTRAVENÇÕES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO E FÉ P .. p. 563
G 08.043 - RECUSA DE MOEDA DE CURSO LEGAL ...... p. 563
Grupo H00.000 .............................................................................. p. 564
CRIMES CONTRA O SENTIMENTO RELIGIOSO E RESPE .. p. 564
H 01.208 - ULTRAJE A CULTO E IMPEDIMENTO OU P .. p. 564
H 01.209 - IMPEDIMENTO OU PERTURBAÇÃO DE CE .. p. 566
H 01.212 - VILIPÊNDIO A CADÁVER ................................ p. 567
H 01.210 - VIOLAÇÃO DE SEPULTURA ........................... p. 568
H 01.211 - DESTRUIÇÃO, SUBTRAÇÃO OU OCULTAÇ .. p. 570
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

REMOÇÃO DE ÓRGÃOS, TECIDOS OU PARTES DO COR . p. 572


h 18.014 - REMOVER TECIDOS, ORGÃOS OU PARTE ... p. 572
H 18.015 - COMPRAR OU VENDER TECIDOS, ÓRGÃO . p. 574
H 18.016 - REALIZAR TRANSPLANTE OU ENXERTO U . p. 576
H 18.017 - RECOLHER, TRANSPORTAR, GUARDAR O . p. 578
H 18.018 - REALIZAR TRANSPLANTE OU ENXERTO E . p. 580
H 18.019 - DEIXAR DE RECOMPOR CADÁVER, DEVO .. p. 582
H 18.020 - PUBLICAR ANÚNCIO OU APELO PÚBLICO .. p. 583
H 99.000 - OUTROS TIPOS DE infrações contra o SENT . p. 585
Grupo I00.000 ................................................................................ p. 585
CRIMES RELATIVOS ÀS NORMAS PARA REPRESSÃO À . p. 585
I 04.028 - USO E CONSUMO DE DROGAS ...................... p. 585
I 04.033 - TRÁFICO ILÍCITO DE DROGAS ........................ p. 587
I 04.034 - FABRICO, VENDA OU POSSE DE APETREC .. p. 589
I 04.035 - ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO DE DROG ... p. 590
I 04.036 - FINANCIAMENTO OU CUSTEIO DO TRÁFIC .. p. 592
I 04.037 - COLABORAÇÃO COMO INFORMANTE PAR ... p. 594
I 04.038 - PRESCRIÇÃO CULPOSA OU EXCESSIVA D ... p. 596
I 04.039 - CONDUÇÃO DE EMBARCAÇÃO OU AERON .. p. 598
I 04.331 - TRÁFICO ILÍCITO DE MATÉRIAS PRIMAS U ... p. 600
I 04.332 - CULTIVO DE PLANTAS UTILIZADAS NA PR ... p. 601
I 04.333 - UTILIZAÇÃO OU CONSENTIMENTO DE USO . p. 603
I 04.334 - INCENTIVO AO USO OU CONSUMO DE DR ... p. 604
I 04.335 - OFERECIMENTO EVENTUAL AO CONSUMO . p. 606
I 04.351 - ASSOCIAÇÃO PARA O FINANCIAMENTO O ... p. 608
I 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES REFEREN ... p. 609
Grupo J00.000 ............................................................................... p. 609
CRIMES RELATIVOS À LEGISLAÇÃO ELEITORAL .............. p. 609
J 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTRA ... p. 609
J 34.101 - A DIVULGAÇÃO DE QUALQUER ESPÉCIE ... p. 610
J 34.100 - A ARREGIMENTAÇÃO DE ELEITOR OU A P .. p. 611
J 33.722 - CAUSAR, PROPOSITADAMENTE, DANO FÍ ... p. 612
J 33.721 - DESENVOLVER OU INTRODUZIR COMAND .. p. 614
J 33.720 - OBTER ACESSO A SISTEMA DE TRATAME .. p. 616
J 33.040 - O USO NA PROPAGANDA ELEITORAL, DE .. p. 618
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

J 33.039 - O USO DE ALTO-FALANTES E AMPLIFICAD . p. 620


J 20.354 - OBTER, PARA USO PRÓPRIO, OU DE OUT ... p. 621
J 20.353 - FAZER USO DE QUALQUER DOS DOCUME .. p. 623
J 20.352 - RECONHECER, COMO VERDADEIRA, NO E . p. 625
J 20.350 - OMITIR, EM DOCUMENTO PÚBLICO OU PA .. p. 627
J 20.349 - FALSIFICAR, NO TODO OU EM PARTE, DO .. p. 629
J 20.348 - FALSIFICAR, NO TODO OU EM PARTE, DO .. p. 630
J 20.347 - RECUSAR ALGUÉM CUMPRIMENTO OU O ... p. 632
J 20.346 - VIOLAR O DISPOSTO NO ART.377 DO CÓD .. p. 634
J 20.344 - RECUSAR OU ABANDONAR O SERVIÇO EL . p. 634
J 20.343 - NÃO CUMPRIR O JUIZ O DISPOSTO NO § 3 . p. 635
J 20.342 - NÃO APRESENTAR O ÓRGÃO DO MINISTÉ .. p. 636
J 20.341 - RETARDAR A PUBLICAÇÃO OU NÃO PUBLI . p. 637
J 20.340 - FABRICAR, MANDAR FABRICAR, ADQUIRI ... p. 638
J 20.339 - DESTRUIR, SUPRIMIR OU OCULTAR URNA . p. 640
J 20.338 - NÃO ASSEGURAR O FUNCIONÁRIO A PRI ... p. 642
J 20.337 - PARTICIPAR, O ESTRANGEIRO OU BRASIL . p. 643
J 20.335 - FAZER PROPAGANDA, QUALQUER QUE S ... p. 645
J 20.334 - UTILIZAR ORGANIZAÇÃO COMERCIAL DE .. p. 646
J 20.332 - IMPEDIR O EXERCÍCIO DE PROPAGANDA ... p. 648
J 20.331 - INUTILIZAR, ALTERAR OU PERTURBAR ME . p. 649
J 20.326 - INJURIAR ALGUÉM, NA PROPAGANDA ELE . p. 651
J 20.325 - DIFAMAR ALGUÉM, NA PROPAGANDA ELE .. p. 653
J 20.324 - CALUNIAR ALGUÉM, NA PROPAGANDA EL .. p. 654
J 20.323 - DIVULGAR, NA PROPAGANDA, FATOS QU ... p. 656
J 20.321 - COLHER A ASSINATURA DO ELEITOR EM ... p. 657
J 20.320 - INSCREVER-SE O ELEITOR, SIMULTANEA ... p. 658
J 20.319 - SUBSCREVER O ELEITOR MAIS DE UMA FI . p. 660
J 20.318 - EFETUAR A MESA RECEPTORA A CONTA ... p. 661
J 20.317 - VIOLAR OU TENTAR VIOLAR O SIGILO DA .. p. 662
J 20.316 - NÃO RECEBER OU NÃO MENCIONAR NAS . p. 664
J 20.315 - ALTERAR NOS MAPAS OU NOS BOLETINS . p. 665
J 20.314 - DEIXAR O JUIZ E OS MEMBROS DA JUNTA .. p. 667
J 20.313 - DEIXAR O JUIZ E OS MEMBROS DA JUNTA .. p. 668
J 20.312 - VIOLAR OU TENTAR VIOLAR O SIGILO DO .. p. 669
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

J 20.311 - VOTAR EM SEÇÃO ELEITORAL EM QUE N ... p. 670


J 20.310 - PRATICAR, OU PERMITIR MEMBRO DA ME .. p. 671
J 20.309 - VOTAR OU TENTAR VOTAR MAIS DE UMA .. p. 673
J 20.308 - RUBRICAR E FORNECER A CÉDULA OFICI .. p. 674
J 20.307 - FORNECER AO ELEITOR CÉDULA OFICIAL .. p. 675
J 20.306 - NÃO OBSERVAR A ORDEM EM QUE OS EL .. p. 677
J 20.305 - INTERVIR AUTORIDADE ESTRANHA À MES . p. 678
J 20.304 - OCULTAR, SONEGAR AÇAMBARCAR OU R .. p. 679
J 20.303 - MAJORAR OS PREÇOS DE UTILIDADES E ... p. 681
J 20.302 - PROMOVER, NO DIA DA ELEIÇÃO, COM O .. p. 682
J 20.301 - USAR DE VIOLÊNCIA OU GRAVE AMEAÇA .. p. 684
J 20.300 - VALER-SE O SERVIDOR PÚBLICO DA SUA .. p. 685
J 20.299 - DAR, OFERECER, PROMETER, SOLICITAR . p. 687
J 20.298 - PRENDER OU DETER ELEITOR, MEMBRO .. p. 689
J 20.297 - IMPEDIR OU EMBARAÇAR O EXERCÍCIO D .. p. 691
J 20.296 - PROMOVER DESORDEM QUE PREJUDIQU .. p. 692
J 20.295 - RETER TÍTULO ELEITORAL CONTRA A VO ... p. 693
J 20.293 - PERTURBAR OU IMPEDIR DE QUALQUER .. p. 695
J 20.292 - NEGAR OU RETARDAR A AUTORIDADE JU .. p. 696
J 20.291 - EFETUAR O JUIZ, FRAUDULENTAMENTE A . p. 697
J 20.290 - INDUZIR ALGUÉM A SE INSCREVER ELEIT .. p. 698
J 20.289 - INSCREVER-SE FRAUDULENTAMENTE EL ... p. 699
Grupo K00.000 ............................................................................... p. 701
CRIMES RELATIVOS ÀS RELAÇÕES DE CONSUMO / EC .. p. 701
K 06.074 - DEIXAR DE ENTREGAR AO CONSUMIDOR . p. 701
K 06.073 - DEIXAR DE CORRIGIR IMEDIATAMENTE IN . p. 702
K 06.072 - IMPEDIR OU DIFICULTAR O ACESSO DO C . p. 704
K 06.071 - UTILIZAR, NA COBRANÇA DE DÍVIDAS, DE .. p. 706
K 06.070 - EMPREGAR, NA REPARAÇÃO DE PRODUT . p. 708
K 06.069 - DEIXAR DE ORGANIZAR DADOS FÁTICOS, . p. 710
K 06.068 - FAZER OU PROMOVER PUBLICIDADE QU ... p. 711
K 06.067 - FAZER OU PROMOVER PUBLICIDADE QU ... p. 714
K 06.066 - FAZER AFIRMAÇÃO FALSA OU ENGANOS ... p. 715
K 06.065 - EXECUTAR SERVIÇO DE ALTO GRAU DE ... p. 717
K 06.641 - DEIXAR DE RETIRAR DO MERCADO, IMED .. p. 720
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

K 06.064 - DEIXAR DE COMUNICAR À AUTORIDADE ... p. 722


K 06.631 - DEIXAR DE ALERTAR, MEDIANTE RECOM ... p. 725
K 06.063 - OMITIR DIZERES OU SINAIS OSTENSIVOS .. p. 727
RESULTANTES DE PRECONCEITO DE RAÇA OU DE CO .. p. 730
K 07.009 - IMPEDIR O ACESSO OU RECUSAR ATEND .. p. 730
K 07.004 - NEGAR OU OBSTAR EMPREGO EM EMPR .. p. 731
K 07.201 - FABRICAR, COMERCIALIZAR, DISTRIBUIR . p. 732
K 07.020 - PRATICAR, INDUZIR OU INCITAR A DISCRI . p. 733
K 07.140 - IMPEDIR OU OBSTAR, POR QUALQUER M .. p. 735
K 07.013 - IMPEDIR OU OBSTAR O ACESSO DE ALG ... p. 736
K 07.012 - IMPEDIR O ACESSO OU USO DE TRANSP ... p. 736
K 07.011 - IMPEDIR O ACESSO ÀS ENTRADAS SOCIA . p. 737
K 07.010 - IMPEDIR O ACESSO OU RECUSAR ATEND .. p. 739
K 07.008 - IMPEDIR O ACESSO OU RECUSAR ATEND .. p. 740
K 07.007 - IMPEDIR O ACESSO OU RECUSAR HOSPE . p. 742
K 07.006 - RECUSAR, NEGAR OU IMPEDIR A INSCRI ... p. 743
K 07.005 - RECUSAR OU IMPEDIR ACESSO A ESTAB .. p. 745
K 07.003 - IMPEDIR OU OBSTAR O ACESSO DE ALG ... p. 746
CRIMES CONTRA AS LICITAÇÕES E CONTRATOS DA A ... p. 748
K 27.098 - OBSTAR, IMPEDIR OU DIFICULTAR, INJUS .. p. 748
K 27.092 - ADMITIR, POSSIBILITAR OU DAR CAUSA A . p. 749
K 27.999 - OUTROS TIPOS DE CRIMES CONTRA AS L . p. 751
K 27.097 - ADMITIR À LICITAÇÃO OU CELEBRAR CO ... p. 751
K 27.096 - FRAUDAR, EM PREJUÍZO DA FAZENDA PÚ . p. 753
K 27.095 - AFASTAR OU PROCURAR AFASTAR LICIT ... p. 755
K 27.094 - DEVASSAR O SIGILO DE PROPOSTA APR ... p. 757
K 27.093 - IMPEDIR, PERTURBAR OU FRAUDAR A RE . p. 759
K 27.091 - PATROCINAR, DIRETA OU INDIRETAMENT . p. 761
K 27.090 - FRUSTRAR OU FRAUDAR O CARÁTER CO .. p. 761
K 27.089 - DISPENSAR OU INEXIGIR LICITAÇÕES FO .. p. 763
CRIMES PRATICADOS POR ABUSO DE AUTORIDADE ...... p. 765
K 11.004 - ABUSO DE AUTORIDADE: ORDENAR OU E .. p. 765
K 11.003 - ABUSO DE AUTORIDADE QUALQUER ATE .. p. 766
CRIMES CONTRA A ORDEM ECONÔMICA E CRIA O SIS ... p. 768
K 12.002 - PRODUZIR BENS OU EXPLORAR MATÉRIA . p. 768
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

K 12.001 - ADQUIRIR, DISTRIBUIR E REVENDER CO .... p. 772


CRIMES DE RESPONSABILIDADE DOS PREFEITOS E VE . p. 774
K 14.123 - O PREFEITO QUE REALIZAR OU RECEBE ... p. 774
K 14.122 - O PREFEITO QUE ORDENAR OU AUTORIZ .. p. 776
K 14.121 - O PREFEITO QUE CAPTAR RECURSOS A ... p. 778
K 14.120 - O PREFEITO QUE ORDENAR OU AUTORIZ .. p. 780
K 14.119 - O PREFEITO QUE DEIXAR DE PROMOVER .. p. 782
K 14.118 - O PREFEITO QUE DEIXAR DE PROMOVER .. p. 784
K 14.117 - O PREFEITO QUE ORDENAR OU AUTORIZ .. p. 785
K 14.116 - O PREFEITO QUE DEIXAR DE ORDENAR A . p. 787
K 14.115 - O PREFEITO QUE DEIXAR DE FORNECER . p. 789
K 14.114 - O PREFEITO QUE NEGAR EXECUÇÃO A L ... p. 791
K 14.113 - O PREFEITO QUE NOMEAR, ADMITIR OU ... p. 793
K 14.112 - O PREFEITO QUE ANTECIPAR OU INVERT .. p. 795
K 14.111 - O PREFEITO QUE ADQUIRIR BENS, OU RE . p. 797
K 14.110 - O PREFEITO QUE ALIENAR OU ONERAR B . p. 799
K 14.109 - O PREFEITO QUE CONCEDER EMPRÉSTI ... p. 800
K 14.108 - O PREFEITO QUE CONTRAIR EMPRÉSTIM .. p. 802
K 14.107 - O PREFEITO QUE DEIXAR DE PRESTAR C .. p. 804
K 14.106 - O PREFEITO QUE DEIXAR DE PRESTAR C .. p. 806
K 14.105 - O PREFEITO QUE ORDENAR OU EFETUA ... p. 808
K 14.104 - O PREFEITO QUE EMPREGAR SUBVENÇÕ . p. 810
K 14.103 - O PREFEITO QUE DESVIAR, OU APLICAR I . p. 812
K 14.102 - O PREFEITO QUE UTILIZAR-SE, INDEVIDA .. p. 813
K 14.101 - O PREFEITO QUE APROPRIAR-SE DE BEN . p. 815
CRIMES RELATIVOS À SONEGAÇÃO FISCAL ..................... p. 817
K 15.001 - SONEGAÇÃO FISCAL ...................................... p. 817
CRIMES CONTRA A SEGURANÇA NACIONAL .................... p. 819
K 16.029 - MATAR O PRESIDENTE DA REPÚBLICA O ... p. 819
K 16.028 - ATENTAR CONTRA A LIBERDADE PESSOA . p. 822
K 16.027 - OFENDER A INTEGRIDADE CORPORAL O ... p. 825
K 16.026 - CALUNIAR OU DIFAMAR O PRESIDENTE D . p. 828
K 16.025 - FAZER FUNCIONAR, DE FATO, AINDA QUE . p. 831
K 16.024 - CONSTITUIR, INTEGRAR OU MANTER OR ... p. 833
K 16.023 - FAZER, EM PÚBLICO, PROPAGANDA DE G . p. 836
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

K 16.022 - FAZER, EM PÚBLICO, PROPAGANDA DE P .. p. 839


K 16.021 - REVELAR SEGREDO OBTIDO EM RAZÃO ... p. 842
K 16.020 - DEVASTAR, SAQUEAR, EXTORQUIR, ROU .. p. 844
K 16.019 - APODERAR-SE OU EXERCER O CONTROL . p. 846
K 16.018 - TENTAR IMPEDIR, COM EMPREGO DE VIO . p. 849
K 16.017 - TENTAR MUDAR, COM EMPREGO DE VIOL . p. 851
K 16.016 - INTEGRAR OU MANTER ASSOCIAÇÃO, PA .. p. 854
K 16.015 - PRATICAR SABOTAGEM CONTRA INSTAL ... p. 856
K 16.014 - FACILITAR, CULPOSAMENTE, A PRÁTICA .. p. 859
K 16.134 - OBTER OU REVELAR, PARA FIM DE ESPIO . p. 861
K 16.133 - OCULTAR OU PRESTAR AUXÍLIO A ESPIÃ ... p. 864
K 16.132 - REALIZAR ATIVIDADE AEROFOTOGRÁFIC .. p. 866
K 16.131 - COMUNICAR, ENTREGAR OU PERMITIR A . p. 867
K 16.013 - COMUNICAR, ENTREGAR OU PERMITIR A . p. 869
K 16.012 - IMPORTAR OU INTRODUZIR, NO TERRITÓ .. p. 870
K 16.011 - TENTAR DESMEMBRAR PARTE DO TERRI .. p. 872
K 16.010 - ALICIAR INDIVÍDUOS DE OUTRO PAÍS PAR . p. 874
K 16.009 - TENTAR SUBMETER O TERRITÓRIO NACI ... p. 876
K 16.008 - ENTRAR EM ENTENDIMENTO OU NEGOCI .. p. 877
CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL .... p. 880
K 17.230 - OMITIR, RETARDAR OU PRATICAR, O FUN . p. 880
K 17.220 - EFETUAR OPERAÇÃO DE CÂMBIO NÃO A ... p. 881
K 17.210 - ATRIBUIR-SE, OU ATRIBUIR A TERCEIRO, .. p. 882
K 17.200 - APLICAR, EM FINALIDADE DIVERSA DA P ... p. 883
K 17.190 - OBTER, MEDIANTE FRAUDE, FINANCIAME .. p. 884
K 17.180 - VIOLAR SIGILO DE OPERAÇÃO OU DE SE ... p. 884
K 17.170 - O ADMINISTRADOR DE INSTITUIÇÃO FINA .. p. 885
K 17.160 - FAZER OPERAR, SEM A DEVIDA AUTORIZ .. p. 886
K 17.150 - MANIFESTAR-SE FALSAMENTE O INTERV .. p. 888
K 17.140 - APRESENTAR, EM LIQUIDAÇÃO EXTRAJU .. p. 888
K 17.120 - DEIXAR, O EX-ADMINISTRADOR DE INSTI ... p. 889
K 17.110 - MANTER, MOVIMENTAR RECURSO OU VA .. p. 889
K 17.100 - FAZER INSERIR ELEMENTO FALSO OU O ... p. 890
K 17.090 - FRAUDAR A FISCALIZAÇÃO OU O INVESTI .. p. 891
K 17.080 - EXIGIR, JURO, COMISSÃO OU QUALQUER .. p. 892
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

K 17.074 - EMITIR, OFERECER OU NEGOCIAR, DE Q ... p. 894


K 17.073 - EMITIR, OFERECER OU NEGOCIAR, DE Q ... p. 896
K 17.072 - EMITIR, OFERECER OU NEGOCIAR, DE Q ... p. 898
K 17.071 - EMITIR, OFERECER OU NEGOCIAR, DE Q ... p. 900
K 17.060 - INDUZIR OU MANTER EM ERRO, SÓCIO, I ... p. 902
K 17.050 - O ADMINISTRADOR DE INSTITUIÇÃO FINA .. p. 904
K 17.040 - GERIR FRAUDULENTAMENTE INSTITUIÇÃ .. p. 906
K 17.030 - DIVULGAR INFORMAÇÃO FALSA OU PREJ .. p. 907
K 17.020 - IMPRIMIR, REPRODUZIR OU, DE QUALQU ... p. 909
CRIMES RELATIVOS AO ESTATUTO DO ÍNDIO ................... p. 911
K 19.583 - PROPICIAR, POR QUALQUER MEIO, A AQ ... p. 911
K 19.582 - UTILIZAR O ÍNDIO OU COMUNIDADE INDÍ .... p. 913
K 19.581 - ESCARNECER DE CERIMÔNIA, RITO, USO .. p. 915
CRIMES DE LAVAGEM OU OCULTAÇÃO DE BENS, DIREI . p. 918
K 21.502 UTILIZAR, NA ATIVIDADE ECONÔMICA OU F . p. 918
K 21.501 - OCULTAR OU DISSIMULAR A UTILIZAÇÃO . p. 919
K 21.013 - OCULTAR OU DISSIMULAR A NATUREZA, .. p. 921
K 21.012 - OCULTAR OU DISSIMULAR A NATUREZA, .. p. 922
K 21.001 - OCULTAR OU DISSIMULAR A NATUREZA, .. p. 923
CRIMES CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA, ECONÔMICA .. p. 925
K 23.007 - FAVORECER OU PREFERIR, SEM JUSTA ... p. 925
K 23.006 - VENDER OU OFERECER À VENDA MERCA . p. 928
K 23.005 - EXIGIR EXCLUSIVIDADE DE PROPAGAND ... p. 931
K 23.004 - ABUSAR DO PODER ECONÔMICO, DOMIN .. p. 933
K 23.003 - O FUNCIONÁRIO PÚBLICO QUE EXTRAVIA . p. 936
K 23.002 - O PARTICULAR QUE SUPRIMIR OU REDU ... p. 939
K 23.001 - O PARTICULAR QUE SUPRIMIR OU REDU ... p. 942
CRIMES RELATIVOS AOS SERVIÇOS POSTAIS .................. p. 945
K 24.042 - COLETAR, TRANSPORTAR, TRANSMITIR ... p. 945
K 24.041 - VIOLAR SEGREDO PROFISSIONAL, INDIS ... p. 948
K 24.040 - DEVASSAR INDEVIDAMENTE O CONTEÚD .. p. 950
K 24.039 - REPRODUZIR OU ALTERAR SELO OU PEÇ . p. 952
K 24.038 - FABRICAR, ADQUIRIR, FORNECER, AINDA .. p. 955
K 24.037 - SUPRIMIR, EM SELO, OUTRA FÓRMULA D .. p. 957
K 24.036 - FALSIFICAR, FABRICANDO OU ADULTERA .. p. 960
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

CRIME RELATIVO AOS SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇ . p. 962


K 25.183 – DESENVOLVER, CLANDESTINAMENTE, A ... p. 963
K 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTIDA .. p. 965
K 26.070 - INSTALAR OU UTILIZAR DE TELECOMUNI ... p. 965
K 26.056 - PRATICA CRIME DE VIOLAÇÃO DE TELEC .. p. 967
CRIMES RELATIVOS AO ESTATUTO DE DEFESA DO TO .. p. 970
K 35.417 - FORNECER INGRESSO VENDA PREÇO SU . p. 970
K 35.416 - VENDER INGRESSO PREÇO SUPERIOR D .. p. 970
K 35.415 - FRAUDAR OU CONTRIBUIR PARA FRAUD ... p. 970
K 35.414 - DAR OU PROMETER VANTAGEM ALTERA ... p. 970
K 35.413 - SOLICITAR ACEITAR VANTAGEM ALTERA .. p. 970
K 35.412 - PORTAR TRANSPORTAR INSTRUMENTO ... p. 970
K 35.411 - PROMOVER TUMULTO VIOLÊNCIA TRAJE ... p. 970
K 35.041 - PROMOVE TUMULTO VIOLÊNCIA INVADE .. p. 971
Grupo L00.000 ............................................................................... p. 971
RELATIVOS ÀS ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUID . p. 971
M 30.422 - COMERCIALIZAR OU EXPOR Á VENDA PE .. p. 971
L 27.999 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES AMBIENT ... p. 973
L 27.135 - FABRICAR, TRANSPORTAR, COMERCIALIZ . p. 978
L 27.136 - TRANSPORTAR, COMERCIALIZAR, ARMAZ .. p. 982
L 27.134 - FABRICAR, TRANSPORTAR, COMERCIALIZ . p. 985
L 27.133 - CAUSAR POLUIÇÃO SONORA EM NÍVEIS T . p. 988
L 27.132 - CAUSAR POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA EM NÍ .. p. 992
L 27.131 - CAUSAR POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA PREJ ... p. 996
L 27.130 - CAUSAR POLUIÇÃO OU DEGRADAÇÃO AM . p. 1000
L 27.129 - CAUSAR POLUIÇÃO OU DEGRADAÇÃO AM . p. 1003
L 27.128 - CAUSAR POLUIÇÃO OU DEGRADAÇÃO AM . p. 1006
L 27.127 - CAUSAR POLUIÇÃO OU DEGRADAÇÃO AM . p. 1011
L 27.126 - CAUSAR POLUIÇÃO OU DEGRADAÇÃO AM . p. 1015
L 27.125 - REALIZAR ATIVIDADE QUE CAUSE DEGRA . p. 1018
L 27.124 - REALIZAR ATIVIDADE QUE CAUSE DEGRA . p. 1022
L 27.123 - CONTRIBUIR PARA QUE A QUALIDADE DA .. p. 1025
L 27.122 - CONTRIBUIR PARA QUE A QUALIDADE DO . p. 1028
L 27.121 - DESCUMPRIR DETERMINAÇÃO OU DELIB ... p. 1031
L 27.120 - DESCUMPRIR TOTAL OU PARCIALMENTE .. p. 1033
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

L 27.119 - DESCUMPRIR TOTAL OU PARCIALMENTE .. p. 1036


L 27.118 - DESCUMPRIR TOTAL OU PARCIALMENTE .. p. 1038
L 27.117 - DESCUMPRIR CONDICIONANTES APROVA . p. 1040
L 27.116 - DESCUMPRIR CONDICIONANTES APROVA . p. 1043
L 27.115 - DESCUMPRIR CONDICIONANTES APROVA . p. 1045
L 27.114 - INSTALAR, CONSTRUIR, TESTAR, OPERA ... p. 1047
L 27.113 - INSTALAR, CONSTRUIR, TESTAR, OPERA ... p. 1051
L 27.112 - INSTALAR, CONSTRUIR, TESTAR, OPERA ... p. 1056
L 27.111 - INSTALAR, CONSTRUIR, TESTAR, OPERA ... p. 1060
L 27.110 - FUNCIONAR SEM AUTORIZAÇÃO AMBIEN ... p. 1062
L 27.109 - FUNCIONAR SEM AUTORIZAÇÃO AMBIEN ... p. 1065
L 27.108 - DEIXAR DE INFORMAR AO ÓRGÃO AMBIE ... p. 1069
L 27.107 - DEIXAR DE COMUNICAR A OCORRÊNCIA ... p. 1071
L 27.106 - OBSTAR OU DIFICULTAR A AÇÃO FISCALI .. p. 1073
L 27.105 - PRESTAR INFORMAÇÃO FALSA OU ADULT . p. 1076
L 27.104 - SONEGAR DADOS OU INFORMAÇÕES SO ... p. 1079
L 27.103 - DEIXAR DE ATENDER OU DESCUMPRIR D .. p. 1081
L 27.102 - DEIXAR DE ATENDER A CONVOCAÇÕES P . p. 1084
L 27.101 - DEIXAR DE ATENDER À PRIMEIRA CONVO . p. 1085
RELATIVOS AOS RECURSOS HÍDRICOS ............................. p. 1087
L 28.299 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA OS RECUR .. p. 1087
L 28.221 - POLUIR OU CAUSAR DANO AOS RECURS ... p. 1088
L 28.220 - FRAUDAR OS MEDIDORES DE VAZÃO, ........ p. 1091
L 28.219 - DESVIAR TOTALMENTE OU MANTER DES ... p. 1094
L 28.218 - IMPEDIR OU RESTRINGIR OS USOS MÚLTI . p. 1097
L 28.217 - DRAGAR PARA FINS DE EXTRAÇÃO MINE ... p. 1100
L 28.216 - CAUSAR INTERVENÇÃO QUE RESULTE O ... p. 1103
L 28.215 - PRESTAR INFORMAÇÕES FALSAS OU SO ... p. 1106
L 28.214 - CAPTAR OU DERIVAR ÁGUA SUPERFICIAL . p. 1109
L 28.213 - EXTRAIR ÁGUA SUBTERRÂNEA SEM A DE .. p. 1111
L 28.212 - DESVIAR PARCIALMENTE OU MANTER DE .. p. 1114
L 28.211 - OBSTAR OU DIFICULTAR A AÇÃO FISCALI .. p. 1116
L 28.210 - EMITIR OU LANÇAR EFLUENTES LÍQUIDO ... p. 1119
L 28.209 - PROMOVER OU MANTER INTERVENÇÕES . p. 1121
L 28.208 - CONSTRUIR OU UTILIZAR BARRAGENS, S .. p. 1124
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

L 28.207 - INTERVIR PARA FINS DE DESASSOREAME . p. 1126


L 28.206 - UTILIZAR RECURSOS HÍDRICOS COM OUT . p. 1129
L 28.205 - EXTRAIR ÁGUAS SUBTERRÂNEAS OU CA ... p. 1131
L 28.204 - EXTRAIR ÁGUA SUBTERRÂNEA, CAPTAR ... p. 1133
L 28.203 - PERFURAR POÇO TUBULAR SEM A DEVID .. p. 1135
L 28.202 - DESATIVAR POÇO TUBULAR, POÇO MANU . p. 1137
L 28.201 - DERIVAR, UTILIZAR E INTERVIR EM RECU .. p. 1139
CONTRA O ORDENAMENTO URBANO, O PATRIMÔNIO ... p. 1142
L 29.999 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTRA ... p. 1142
L 29.008 - OBSTAR OU DIFICULTAR A AÇÃO FISCALI .. p. 1142
L 29.007 - DEIXAR, AQUELE QUE TIVER O DEVER LE .. p. 1144
L 29.006 - CONCEDER O FUNCIONÁRIO PÚBLICO LIC . p. 1146
L 29.005 - FAZER O FUNCIONÁRIO PÚBLICO AFIRMA .. p. 1148
L 29.004 - PICHAR, GRAFITAR OU POR OUTRO MEIO .. p. 1151
L 29.003 - PROMOVER CONSTRUÇÃO EM SOLO NÃO . p. 1154
L 29.002 - ALTERAR O ASPECTO OU ESTRUTURA DE . p. 1158
L 29.001 - DESTRUIR, INUTILIZAR OU DETERIORAR ... p. 1161
Grupo M00.000 .............................................................................. p. 1165
CRIMES E INFRAÇÕES AMBIENTAIS RELATIVOS À PES ... p. 1165
M 30.445 - CAPTURAR ESPÉCIMES COM TAMANHO I .. p. 1165
M 30.444 - REALIZAR ATOS DE PESCA COM A UTILIZ .. p. 1167
M 30.443 - REALIZAR ATOS DE PESCA COM TÉCNIC ... p. 1170
M 30.442 - UTILIZAR APARELHOS, APETRECHOS OU .. p. 1172
M 30.441 - UTILIZAR APARELHOS, PETRECHOS OU ... p. 1174
M 30.435 - UTILIZAR APARELHOS DE PESCA DE USO . p. 1175
M 30.440 - UTILIZAR APARELHOS, APETRECHOS OU .. p. 1177
M 30.434 - FABRICAR, COMERCIALIZAR, EXPOR Á V ... p. 1179
M 30.433 - UTILIZAR COMO ISCA, ANIMAIS DA FAUN ... p. 1181
M 30.439 - PORTAR, GUARDAR OU TRANSPORTAR ... p. 1182
M 30.432 - COMERCIALIZAR, DOAR, CEDER A OUTR ... p. 1184
M 30.450 - INTRODUZIR ESPÉCIES EXÓTICAS EM CU . p. 1185
M 30.451 - DEIXAR DE TOMAR PROVIDÊNCIAS OU IM . p. 1187
M 30.431 - PORTAR, GUARDAR, ACUMULAR, TRANS ... p. 1188
M 30.438 - REALIZAR ATOS DE PESCA EM LOCAIS P .. p. 1191
M 30.449 - REALIZAR PEIXAMENTO (SOLTURA DE P ... p. 1193
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

M 30.430 - CAPTURAR DURANTE O PERÍODO DA PIR . p. 1195


M 30.448 - ADQUIRIR, PORTAR, GUARDAR, UTILIZAR . p. 1197
M 30.437 - UTILIZAR APARELHOS OU EQUIPAMENTO . p. 1200
M 30.429 - CAPTURAR ANIMAIS AQUÁTICOS EM QUA . p. 1201
M 30.447 - CAPTURAR ESPÉCIMES QUE DEVEM SER . p. 1204
M 30.428 - DECLARAR, O COMERCIANTE DE PESCA ... p. 1206
M 30.436 - PORTAR, GUARDAR OU TRANSPORTAR A . p. 1208
M 30.446 - ADQUIRIR, PORTAR, GUARDAR, UTILIZAR . p. 1209
M 30.427 - DEIXAR O COMERCIANTE DE PESCADO, ... p. 1212
M 30.426 - PRATICAR, O PESCADOR PROFISSIONAL, . p. 1213
M 30.425 - UTILIZAR, O PESCADOR PROFISSIONAL, .. p. 1215
M 30.414 - DEIXAR DE DAR BAIXA DO REGISTRO OU .. p. 1217
M 30.424 - EXERCER ATIVIDADE DE PESCA PROFIS ... p. 1218
M 30.452 - PROVOCAR O ESVAZIAMENTO, SECAME ... p. 1220
M 30.413 - INICIAR OU MANTER ATIVIDADE DE FABR .. p. 1222
M 30.423 - ADQUIRIR PESCADO NÃO PROVENIENTE . p. 1224
M 30.422 - COMERCIALIZAR OU EXPOR Á VENDA PE .. p. 1225
M 30.412 - REALIZAR TRABALHOS DE MANEJO SEM .. p. 1227
M 30.453 - PROVOCAR MORTANDADE DE PEIXES O ... p. 1229
M 30.411 - INSTALAR TANQUES-REDE EM RIOS OU ... p. 1232
M 30.454 - ABRIGAR, ACOBERTAR, DAR FUGA AOS I .. p. 1235
M 30.421 - FALSIFICAR, UTILIZAR GUIA FALSIFICADA . p. 1236
M 30.410 - EXERCER ATIVIDADE DE AQÜICULTURA ... p. 1238
M 30.420 - DEIXAR DE REMETER, AO IEF, NO PRAZO . p. 1240
M 30.409 - EXERCER ATIVIDADE DE AQÜICULTURA ... p. 1242
M 30.455 - DIFICULTAR OU IMPEDIR, POR QUALQUE .. p. 1244
M 30.419 - UTILIZAR INCORRETAMENTE A GUIA DE ... p. 1246
M 30.408 - REALIZAR TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍF . p. 1247
M 30.418 - DEIXAR DE FORNECER DE PROVA DE OR . p. 1249
M 30.417 - TRANSPORTAR PRODUTOS DE PESCA S ... p. 1250
M 30.407 - INICIAR OU MANTER ATIVIDADE DE COM ... p. 1252
M 30.416 - DOAR OU BENEFICIAR PRODUTOS DE PE . p. 1254
M 30.999 - OUTRAS INFRAÇÕES AMBIENTAIS RELAC . p. 1256
M 30.406 - PORTAR, TRANSPORTAR OU UTILIZAR E ... p. 1257
M 30.415 - MANTER PRODUTOS DE PESCA, EM EST ... p. 1259
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

M 30.405 - PORTAR OU TRANSPORTAR APARELHOS . p. 1261


M 30.404 - UTILIZAR INDEVIDAMENTE, PARA FINS DI .. p. 1264
M 30.403 - REALIZAR TORNEIO DE PESCA SEM AUT ... p. 1266
M 30.402 - PRATICAR, O PESCADOR PROFISSIONAL, . p. 1268
M 30.401- PRATICAR ATO DE PESCA ESTANDO SEM . p. 1270
CRIMES E INFRAÇÕES AMBIENTAIS RELATIVOS À FAU ... p. 1273
M 31.022 - EXPLORAR OU FAZER USO COMERCIAL ... p. 1273
M 31.001 - PRATICAR CAÇA PROFISSIONAL ................. p. 1275
M 31.021 - DEIXAR, O COMERCIANTE, DE APRESEN ... p. 1277
M 31.020 - FORNECER, O JARDIM ZOOLOGICO OU O .. p. 1279
M 31.019 - DEIXAR, O JARDIM ZOOLÓGICO E OS CRI .. p. 1281
M 31.018 - COMERCIALIZAR PRODUTOS, INSTRUME .. p. 1282
M 31.017 - REALIZAR EXPERIÊNCIA DOLOROSA OU .. p. 1284
M 31.016 - PROMOVER RINHA (LUTAS) OU COMPETI .. p. 1286
M 31.015 - FERIR OU MUTILAR ANIMAIS SILVESTRES . p. 1288
M 31.014 - PRATICAR ATOS DE ABUSO OU MAUS TR .. p. 1291
M 31.013 - REINTRODUZIR NA NATUREZA ESPÉCIM ... p. 1293
M 31.012 - INTRODUZIR ESPÉCIME ANIMAL NO PAÍS, . p. 1294
M 31.011 - EXPORTAR PARA O EXTERIOR PELES E . p. 1296
M 31.010 - TRANSPORTAR ESPÉCIMES DA FAUNA SI . p. 1298
M 31.009 - UTILIZAR ESPÉCIMES DA FAUNA SILVEST . p. 1300
M 31.008 - ADQUIRIR, GUARDAR,TER EM CATIVEIR ... p. 1303
M 31.007 - VENDER, EXPOR À VENDA, EXPORTAR, E . p. 1305
M 31.006 - VENDER, EXPOR À VENDA, EXPORTAR, A . p. 1307
M 31.005 - IMPEDIR A PROCRIAÇÃO DA FAUNA SILV .. p. 1309
M 31.004 - MODIFICAR, DANIFICAR OU DESTRUIR NI .. p. 1311
M 31.003 - UTILIZAR ANIMAIS DA FAUNA SILVESTRE . p. 1313
M 31.002 - MATAR, PERSEGUIR, CAÇAR OU APANHA . p. 1315
M 30.402 - PRATICAR, O PESCADOR PROFISSIONAL, . p. 1318
M 30.401- PRATICAR ATO DE PESCA ESTANDO SEM . p. 1320
M 31.099 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA A FAUNA ... p. 1322
Grupo N00.000 .............................................................................. p. 1322
CRIMES E INFRAÇÕES AMBIENTAIS RELATIVOS À FLO ... p. 1322
N 32.999 - OUTRAS INFRAÇÕES AMBIENTAIS CONT ... p. 1323
N 32.388 - DESMATAR, EXPLORAR ECONOMICAMEN .. p. 1323
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

N 32.387 - DIFICULTAR OU IMPEDIR A AÇÃO FISCALI .. p. 1326


N 32.386 - DESRESPEITAR EMBARGO OU SUSPENS ... p. 1329
N 32.385 - DEIXAR DE REALIZAR A PRESTAÇÃO DE ... p. 1331
N 32.384 - ATRASAR A PRESTAÇÃO DE CONTAS OU . p. 1333
N 32.383 - RECEBER OU ENTREGAR PRODUTO OU ... p. 1335
N 32.382 - DEIXAR DE COMUNICAR AO ÓRGÃO AMBI . p. 1338
N 32.381 - EMITIR DOCUMENTOS DE CONTROLE AM .. p. 1340
N 32.380 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1342
N 32.379 - CEDER A OUTREM DOCUMENTO OU AUT ... p. 1345
N 32.378 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1347
N 32.377 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1350
N 32.376 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1353
N 32.375 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1357
N 32.374 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1359
N 32.373 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE O ... p. 1362
N 32.372 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE C ... p. 1365
N 32.371 - UTILIZAR AUTORIZAÇÃO EXPEDIDA PELO .. p. 1367
N 32.370 - UTILIZAR DOCUMENTO DE CONTROLE EX . p. 1369
N 32.369 - ADQUIRIR, PARA FINS COMERCIAIS OU IN . p. 1372
N 32.368 - ADQUIRIR, ARMAZENAR OU UTILIZAR PR ... p. 1375
N 32.367 - TRANSPORTAR PRODUTOS E SUBPRODU . p. 1378
N 32.366 - TRANSPORTAR CARVÃO VEGETAL ORIU ... p. 1381
N 32.365 - TRANSPORTAR CARVÃO EXCEDENDO AO . p. 1384
N 32.364 - TRANSPORTAR PRODUTOS OU SUB-PRO .. p. 1387
N 32.363 - TRANSPORTAR CARVÃO EMPACOTADO S . p. 1389
N 32.362 – ARMAZENAR OU COMERCIALIZAR CARV ... p. 1392
N 32.361 - TRANSPORTAR CARVÃO VEGETAL, DE E ... p. 1395
N 32.360 - TRANSPORTAR CARVÃO VEGETAL ORIU ... p. 1398
N 32.359 - TRANSPORTAR PRODUTOS DA FLORA C ... p. 1402
N 32.358 - ARMAZENAR PRODUTOS OU SUBPRODU .. p. 1405
N 32.357 - COMERCIALIZAR PRODUTOS OU SUBPR ... p. 1408
N 32.356 - TRANSPORTAR, PRODUTOS OU SUBPRO .. p. 1411
N 32.355 - ADQUIRIR OU RECEBER PRODUTOS OU ... p. 1414
N 32.354 - ADQUIRIR OU RECEBER PRODUTOS OU ... p. 1418
N 32.353 - UTILIZAR TRATOR DE ESTEIRA OU SIMILA . p. 1421
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

N 32.352 - PORTAR OU TRANSPORTAR MOTOSSER ... p. 1423


N 32.351 - UTILIZAR MOTOSSERRA SEM O REGISTR .. p. 1425
N 32.350 - COMERCIALIZAR MOTOSSERRA SEM O R .. p. 1428
N 32.349 - DEIXAR DE PROMOVER A BAIXA NO REGI .. p. 1431
N 32.348 - DEIXAR DE ATUALIZAR O CADASTRO QU ... p. 1432
N 32.347 - DEIXAR DE RENOVAR 0 CADASTRO OU R .. p. 1434
N 32.346 - INICIAR ATIVIDADES DE EMPACOTAMENT . p. 1437
N 32.345 - INICIAR ATIVIDADES COMÉRCIO DE PRO ... p. 1440
N 32.344 - INICIAR ATIVIDADES DE CONSUMO DE PR . p. 1442
N 32.343 - PRESTAR INFORMAÇÕES INCORRETAS S .. p. 1445
N 32.342 - DEIXAR DE EXECUTAR OPERAÇÕES DE R . p. 1447
N 32.341 - DEIXAR DE CUMPRIR CONDICIONANTES ... p. 1449
N 32.340 - EXECUTAR AÇÕES EM DESCONFORMIDA .. p. 1451
N 32.339 - EXECUTAR AÇÕES EM DESCONFORMIDA .. p. 1453
N 32.338 - EXECUTAR AS AÇÕES EM DESCONFORMI . p. 1455
N 32.337 - EXECUTAR AÇÕES EM DESCONFORMIDA .. p. 1458
N 32.336 - EXECUTAR AÇÕES EM DESCONFORMIDA .. p. 1460
N 32.335 - OMITIR DADOS E OU INFORMAÇÕES REL .. p. 1461
N 32.334 - INSTALAR E OU OPERAR FORNOS DE CA .. p. 1464
N 32.333 - INSTALAR E OU OPERAR FORNOS DE CA .. p. 1466
N 32.332 - CAUSAR DANO DIRETO OU INDIRETO EM . p. 1468
N 32.331 - APANHAR ESPÉCIMES DA FLORA NATIVA . p. 1472
N 32.330 - DESRESPEITAR AS NORMAS OU OS REG ... p. 1474
N 32.329 - PENETRAR EM UNIDADE DE CONSERVAÇ . p. 1476
N 32.328 - SOLTAR ANIMAIS OU NÃO TOMAR PRECA .. p. 1479
N 32.327 - PROVOCAR INCÊNDIO EM FLORESTAS, M . p. 1482
N 32.326 - FABRICAR, VENDER, TRANSPORTAR, TE ... p. 1485
N 32.325 - EMPREGAR, COMO COMBUSTÍVEL, PROD . p. 1488
N 32.324 - CRIAR CONDIÇÕES FAVORÁVEIS Á OCOR . p. 1490
N 32.323 - FAZER QUEIMADA SEM AUTORIZAÇÃO D ... p. 1492
N 32.322 - FAZER QUEIMADA CONTROLADA COM AU . p. 1495
N 32.321 - EXTRAIR DE FLORESTAS CONSIDERADA ... p. 1497
N 32.320 - EXTRAIR DE FLORESTAS DE DOMÍNIO PÚ .. p. 1500
N 32.319 - SUPRIMIR OU RETIRAR VEGETAÇÃO NAT .. p. 1503
N 32.318 - DEPOSITAR PRODUTOS EM FLORESTAS .. p. 1505
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

N 32.317 - UTILIZAR PRODUTOS NOCIVOS ÀS FLOR ... p. 1508


N 32.316 - DESENVOLVER ATIVIDADES QUE DIFICUL . p. 1510
N 32.315 - DEIXAR DE DAR APROVEITAMENTO ECO ... p. 1513
N 32.314 - UTILIZAR ÁRVORES DE MADEIRA DE LEI, .. p. 1515
N 32.313 - UTILIZAR ÁRVORES OU MADEIRA DE USO . p. 1518
N 32.312 - REALIZAR O CORTE DE ÁRVORES NATIV ... p. 1520
N 32.311 - REALIZAR O CORTE, SEM AUTORIZAÇÃO, .. p. 1522
N 32.310 - CORTAR, MATAR, LESAR OU MALTRATAR .. p. 1524
N 32.309 - REALIZAR O CORTE RASO OU A SUPRES ... p. 1527
N 32.308 - REALIZAR O CORTE OU A SUPRESSÃO D ... p. 1529
N 32.307 - CORTAR OU SUPRIMIR ARVORES ESPAR .. p. 1532
N 32.306 - EXPLORAR, DESMATAR, DESTOCAR, SUP . p. 1534
N 32.305 - EXPLORAR, DESMATAR, EXTRAIR, SUPRI .. p. 1536
N 32.304 - EXPLORAR, DESMATAR, DESTOCAR, SUP . p. 1539
N 32.303 - EXPLORAR, DESMATAR, DESTOCAR, SUP . p. 1543
N 32.302 - EXPLORAR FLORESTA PLANTADA, EM ÁR . p. 1545
N 32.301 - EXPLORAR, DESMATAR, DESTOCAR, SUP . p. 1547
Grupo T00.000 ............................................................................... p. 1549
CRIMES DE TRÂNSITO .......................................................... p. 1549
T 00.007 - VEÍCULO ABANDONADO EM VIA PÚBLICA ... p. 1549
T 00.008 - ACIDENTE DE TRÂNSITO SEM VÍTIMA .......... p. 1551
T 00.009 - ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA ......... p. 1554
T 10.161 - APLICAÇÃO DAS MEDIDAS ADMINISTRATI .. p. 1556
T 10.302 - HOMICÍDIO CULPOSO NA DIREÇÃO DE VE .. p. 1557
T 10.303 - LESÃO CORPORAL CULPOSA NA DIREÇÃ ... p. 1558
T 10.304 - OMISSÃO DE SOCORRO EM ACIDENTE D ... p. 1558
T 10.305 - ABANDONO DO LOCAL DE ACIDENTE DE ... p. 1559
T 10.306 - CONDUZIR VEÍCULO SOB INFLUÊNCIA DE . p. 1560
T 10.307 - VIOLAR A SUSPENSÃO OU PROIBIÇÃO DE . p. 1562
T 10.308 - DISPUTA DE CORRIDA NÃO AUTORIZADA ... p. 1562
T 10.309 - DIRIGIR VEÍCULO EM VIA PÚBLICA SEM P ... p. 1564
T 10.310 - ENTREGA DE DIREÇÃO A PESSOA NÃO H .. p. 1565
T 10.311 - TRANSITAR EM VELOCIDADE INCOMPATÍ ... p. 1566
T 10.312 - ALTERAR LOCAL DE CRIME EM ACIDENTE . p. 1567
T 99.000 - OUTRAS OCORRÊNCIAS DE TRÂNSITO (DI . p. 1567
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

II - Típicas de Bombeiros ..................................................................... p. 1568


Grupo O00.000 .............................................................................. p. 1568
EXPLOSÃO .............................................................................. p. 1568
O 01.032 - EXPLOSÃO EM EMBARCAÇÕES ................... p. 1568
O 01.031 - EXPLOSÃO EM MAQUINÁRIO AGRÍCOLA .... p. 1568
O 01.030 - EXPLOSÃO EM AERONAVE ........................... p. 1568
O 01.029 - EXPLOSÃO EM VAGÃO FERROVIÁRIO (EX .. p. 1568
O 01.028 - EXPLOSÃO EM VEÍCULO DE TRANSPORT .. p. 1569
O 01.027 - EXPLOSÃO EM VEÍCULO AUTOMOTOR (E .. p. 1569
O 01.026 - EXPLOSÃO EM VAGÃO TANQUE .................. p. 1569
O 01.025 - EXPLOSÃO EM CAMINHÃO TANQUE ............ p. 1569
O 01.024 - EXPLOSÃO EM CENTRAL DE ENERGIA / C .. p. 1569
O 01.023 - EXPLOSÃO EM LOCAL DE PROCESSAME ... p. 1570
O 01.022 - EXPLOSÃO EM ESTAÇÃO / TERMINAL DE .. p. 1570
O 01.021 - EXPLOSÃO EM LOCAL DE ABASTECIMEN ... p. 1570
O 01.020 - EXPLOSÃO EM TUBULAÇÕES / CANALIZA .. p. 1570
O 01.019 - EXPLOSÃO EM TANQUES / RESERVATÓRI . p. 1570
O 01.018 - EXPLOSÃO EM LOCAL COM EXPLOSIVOS .. p. 1570
O 01.017 - EXPLOSÃO EM SILOS DE ARMAZENAGEM . p. 1571
O 01.016 - EXPLOSÃO EM CILINDROS / VASOS DE P ... p. 1571
O 01.000 - EXPLOSÃO ....................................................... p. 1571
O 01.001 - EXPLOSÃO EM RESIDÊNCIA/HABITAÇÃO .. p. 1571
O 01.002 - EXPLOSÃO EM RESIDÊNCIA/HABITAÇÃO .. p. 1571
O 01.003 - EXPLOSÃO EM EDIFICAÇÃO COMERCIAL ... p. 1572
O 01.004 - EXPLOSÃO EM SHOPPING CENTER ............ p. 1572
O 01.005 - EXPLOSÃO EM AGÊNCIA BANCÁRIA / REP . p. 1572
O 01.006 - EXPLOSÃO EM ESCOLA / CRECHE .............. p. 1572
O 01.007 - EXPLOSÃO EM EDIFICAÇÃO COLETIVA/H ... p. 1572
O 01.008 - EXPLOSÃO EM UNIDADES PRISIONAIS/S .... p. 1572
O 01.009 - EXPLOSÃO EM LOCAL RELIGIOSO / CULT . p. 1573
O 01.010 - EXPLOSÃO EM ESTÁDIO / CENTRO ESPO .. p. 1573
O 01.011 - EXPLOSÃO EM HOSPITAL / CLÍNICA / LAB .. p. 1573
O 01.012 - EXPLOSÃO EM OFICINA / SERVIÇO AUTO .. p. 1573
O 01.013 - EXPLOSÃO EM EDIFICAÇÃO INDUSTRIAL ... p. 1574
O 01.014 - EXPLOSÃO EM DEPÓSITOS / PÁTIO DE C ... p. 1574
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

O 01.015 - EXPLOSÃO EM CALDEIRA ............................. p. 1574


O 01.999 - OUTROS TIPOS DE EXPLOSÃO (DISCRIMI .. p. 1574
INCÊNDIO URBANO ................................................................ p. 1574
O 02.039 - INCÊNDIO EM TRONCO DE ÁRVORES ......... p. 1574
O 02.038 - INCÊNDIO EM REDE ELÉTRICA / POSTE / .. p. 1574
O 02.037 - INCÊNDIO EM VIA PÚBLICA / MANIFESTA ... p. 1575
O 02.036 - INCÊNDIO EM AMONTOADO DE MADEIRA .. p. 1575
O 02.035 - INCÊNDIO EM AMONTOADO DE PNEUS ...... p. 1575
O 02.034 - INCÊNDIO EM CAÇAMBA DE LIXO / ENTUL . p. 1575
O 02.033 - INCÊNDIO EM AMONTOADO DE LIXO .......... p. 1575
O 02.032 - INCÊNDIO EM EMBARCAÇÕES ..................... p. 1576
O 02.031 - INCÊNDIO EM MAQUINÁRIO AGRÍCOLA ...... p. 1576
O 02.030 - INCÊNDIO EM AERONAVE ............................. p. 1576
O 02.029 - INCÊNDIO EM VAGÃO FERROVIÁRIO (EXC . p. 1576
O 02.028 - INCÊNDIO EM VEÍCULO DE TRANSPORTE .. p. 1576
O 02.000 - INCÊNDIO URBANO ........................................ p. 1577
O 02.001 - INCÊNDIO EM RESIDÊNCIA/HABITAÇÃO U .. p. 1577
O 02.002 - INCÊNDIO EM RESIDÊNCIA/HABITAÇÃO M . p. 1577
O 02.003 - INCÊNDIO EM EDIFICAÇÃO COMERCIAL ..... p. 1577
O 02.004 - INCÊNDIO EM SHOPPING CENTER .............. p. 1578
O 02.005 - INCÊNDIO EM AGÊNCIA BANCÁRIA / REP ... p. 1578
O 02.006 - INCÊNDIO EM ESCOLA / CRECHE ................ p. 1578
O 02.007 - INCÊNDIO EM EDIFICAÇÃO COLETIVA/HO .. p. 1578
O 02.008 - INCÊNDIO EM UNIDADES PRISIONAIS/SO ... p. 1578
O 02.009 - INCÊNDIO EM LOCAL RELIGIOSO / CULTU .. p. 1579
O 02.010 - INCÊNDIO EM ESTÁDIO / CENTRO ESPOR .. p. 1579
O 02.011 - INCÊNDIO EM HOSPITAL / CLÍNICA / LABO .. p. 1579
O 02.012 - INCÊNDIO EM OFICINA / SERVIÇO AUTOM . p. 1579
O 02.013 - INCÊNDIO EM EDIFICAÇÃO INDUSTRIAL ..... p. 1580
O 02.014 - INCÊNDIO EM DEPÓSITOS / PÁTIO DE CO .. p. 1580
O 02.015 - INCÊNDIO EM CALDEIRA ............................... p. 1580
O 02.016 - INCÊNDIO EM CILINDROS / VASOS DE PR .. p. 1580
O 02.017 - INCÊNDIO EM SILOS DE ARMAZENAGEM ... p. 1581
O 02.018 - INCÊNDIO EM LOCAL COM EXPLOSIVOS .... p. 1581
O 02.019 - INCÊNDIO EM TANQUES / RESERVATÓRI ... p. 1581
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

O 02.020 - INCÊNDIO EM TUBULAÇÕES / CANALIZAÇ .. p. 1581


O 02.021 - INCÊNDIO EM LOCAL DE ABASTECIMENT .. p. 1581
O 02.022 - INCÊNDIO EM ESTAÇÃO / TERMINAL DE P . p. 1582
O 02.023 - INCÊNDIO EM LOCAL DE PROCESSAMEN .. p. 1582
O 02.024 - INCÊNDIO EM CENTRAL DE ENERGIA / C .... p. 1582
O 02.025 - INCÊNDIO EM CAMINHÃO TANQUE .............. p. 1582
O 02.026 - INCÊNDIO EM VAGÃO TANQUE .................... p. 1583
O 02.027 - INCÊNDIO EM VEÍCULO AUTOMOTOR (EX .. p. 1583
O 02.999 - OUTROS TIPOS DE INCÊNDIO URBANO (D . p. 1583
PERIGO DE EXPLOSÃO / INCÊNDIO .................................... p. 1583
O 03.999 - OUTROS TIPOS DE PERIGO DE EXPLOSÃ .. p. 1583
O 03.007 - AMEAÇA DE BOMBA ....................................... p. 1583
O 03.006 - VAZAMENTO DE PRODUTO QBRN ............... p. 1584
O 03.005 - VAZAMENTO DE FLUIDOS EM CILINDROS . p. 1584
O 03.004 - VAZAMENTO DE COMBUSTÍVEL EM LOCA .. p. 1584
O 03.003 - VAZAMENTO DE GLP / GÁS NATURAL (CO .. p. 1584
O 03.002 - SUPERAQUECIMENTO DE PANELA .............. p. 1585
O 03.001 - PERIGO DE EXPLOSÃO / INCÊNDIO EM A ... p. 1585
O 03.000 - PERIGO DE EXPLOSÃO / INCÊNDIO ............. p. 1585
INCÊNDIO FLORESTAL .......................................................... p. 1585
O 04.012 - INCÊNDIO EM LOTE VAGO (ÁREA URBAN ... p. 1585
O 04.011 - INCÊNDIO EM ÁREA URBANA NÃO PROTE . p. 1585
O 04.010 - INCÊNDIO EM ÁREA URBANA PERTENCE ... p. 1586
O 04.009 - INCÊNDIO EM ÁREA URBANA PERTENCE ... p. 1586
O 04.008 - INCÊNDIO EM ÁREA RURAL NÃO PROTEG . p. 1586
O 04.007 - INCÊNDIO EM PROPRIEDADE RURAL PAR . p. 1586
O 04.006 - INCÊNDIO EM ÁREA RURAL PERTENCEN ... p. 1587
O 04.005 - INCÊNDIO EM ÁREA RURAL PERTENCEN ... p. 1587
O 04.004 - INCÊNDIO EM ÁREA DE REFLORESTAME ... p. 1587
O 04.003 - INCÊNDIO EM PRODUÇÃO AGRÍCOLA / PA . p. 1587
O 04.002 - INCÊNDIO NO ENTORNO DE UNIDADE DE . p. 1588
O 04.001 - INCÊNDIO EM UNIDADE DE CONSERVAÇ ... p. 1588
O 04.000 - INCÊNDIO FLORESTAL ................................... p. 1588
Grupo P00.000 ............................................................................... p. 1588
VISTORIA DE PSCIP ............................................................... p. 1588
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

P 01.004 - VISTORIA DE ORIENTAÇÃO REFERENTE .. p. 1588


P 01.999 - OUTROS TIPOS DE VISTORIAS DE PSCIP ... p. 1588
P 01.003 - VISTORIA EM EVENTOS TEMPORÁRIOS ...... p. 1589
P 01.002 - VISTORIA DE LIBERAÇÃO / EMISSÃO DE A . p. 1589
P 01.001 - VISTORIA DE FISCALIZAÇÃO ......................... p. 1589
P 01.000 - VISTORIAS DE PSCIP ...................................... p. 1589
VISTORIAS OPERACIONAIS DIVERSAS ............................... p. 1589
P 02.999 - OUTROS TIPOS DE VISTORIAS OPERACIO . p. 1589
P 02.009 - VISTORIA PÓS - SINISTRO ............................. p. 1590
P 02.008 - VISTORIA EM PASSARELAS / VIADUTOS / .. p. 1590
P 02.007 - VISTORIA EM RISCO DE ENCHENTE / INU ... p. 1590
P 02.006 - VISTORIA EM RISCO DE ROMPIMENTO DE . p. 1590
P 02.005 - VISTORIA EM RISCO DE DESLIZAMENTO / . p. 1591
P 02.004 - VISTORIA EM RISCO DE DESABAMENTO / . p. 1591
P 02.003 - VISTORIA EM LOTE VAGO .............................. p. 1591
P 02.002 - VISTORIA EM RISCO DE QUEDA DE ÁRVO .. p. 1591
P 02.001 - VISTORIA EM HIDRANTE ................................ p. 1591
P 02.000 - VISTORIAS OPERACIONAIS DIVERSAS ........ p. 1592
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOS E ACIDENTES (PCI / .. p. 1592
P 03.015 – PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO EM AER .. p. 1592
P 03.999 - OUTROS TIPOS DE PCI / PCA ........................ p. 1592
P 03.014 - PREVENÇÃO EM POUSO E DECOLAGEM ... p. 1592
P 03.013 - PREVENÇÃO EM DESFILE .............................. p. 1592
P 03.012 - PREVENÇÃO DE ARTEFATO EXPLOSIVO / . p. 1593
P 03.011 - PREVENÇÃO EM SHOW ................................. p. 1593
P 03.010 - PREVENÇÃO EM FESTA POPULAR ............... p. 1593
P 03.009 - PREVENÇÃO EM PONTO-BASE / FERIADO .. p. 1593
P 03.008 - PREVENÇÃO EM ELEIÇÕES / VOTAÇÕES .... p. 1594
P 03.007 - PREVENÇÃO EM ÓRGÃO PÚBLICO .............. p. 1594
P 03.006 - PREVENÇÃO EM EVENTO RELIGIOSO ......... p. 1594
P 03.005 - PREVENÇÃO EM EVENTO POLÍTICO / CO .... p. 1595
P 03.004 - PREVENÇÃO EM EVENTO ESPORTIVO ........ p. 1595
P 03.003 - PREVENÇÃO AQUÁTICA / OPERAÇÃO VE ... p. 1595
P 03.002 - PERIGO DE ELETROCUSSÃO ........................ p. 1595
P 03.001 - PERIGO DE DERRAPAGEM ............................ p. 1596
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

P 03.000 - PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOS E ACID .. p. 1596


PERIGO DE EXPLOSÃO ......................................................... p. 1596
PERIGO DE INCÊNDIO ........................................................... p. 1596
PERIGO DE INUNDAÇÃO ....................................................... p. 1596
VISTORIA ................................................................................. p. 1596
OUTROS TIPOS DE PREVENÇÃO ......................................... p. 1596
PREVENÇÃO E POUSO E DECOLAGEM DE AERONAVE ... p. 1596
P 03.015 – PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO EM AERÓD .. p. 1597
Grupo R00.000 .............................................................................. p. 1597
ABASTECIMENTO D’ÁGUA .................................................... p. 1597
CONTAMINAÇÃO COM PRODUTOS PERIGOSOS ............... p. 1597
R 02.005 - ACIDENTE COM AGENTE NUCLEAR ............. p. 1597
R 02.004 - ACIDENTE COM AGENTE RADIOLÓGICO ..... p. 1597
R 02.000 - CONTAMINAÇÃO COM PRODUTOS PERIG .. p. 1597
R 02.001 - ACIDENTE COM AGENTE BIOLÓGICO / BA .. p. 1598
R 02.002 - ACIDENTE COM AGENTE INFECCIOSO (R ... p. 1598
R 02.003 - ACIDENTE COM AGENTE QUÍMICO .............. p. 1598
R 02.999 - OUTROS TIPOS DE CONTAMINAÇÃO ........... p. 1598
DANOS CAUSADOS POR CATÁSTROFES NATURAIS ........ p. 1598
R 03.005 - ESCORREGAMENTOS / QUEDAS DE BLOC . p. 1598
R 03.000 - DANOS CAUSADOS POR CATÁSTROFES ... p. 1599
R 03.001 - ABALOS SÍSMICOS (TREMORES DE TERR .. p. 1599
R 03.002 - DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (RAIOS) ........ p. 1599
R 03.003 - ENCHENTE / INUNDAÇÃO / ALAGAMENTO . p. 1599
R 03.004 - VENDAVAL / TEMPESTADE / GRANIZO / V ... p. 1599
R 03.999 - OUTROS TIPOS DE DANOS CAUSADOS P ... p. 1600
EVACUAÇÃO DE ÁREAS DE RISCO ..................................... p. 1600
EVENTOS DE CAUSA MISTA ................................................. p. 1600
OUTROS TIPOS DE ATIVIDADES DE DEFESA CIVIL ........... p. 1600
R 99.999 - OUTROS TIPOS DE ATIVIDADES DE DEFE .. p. 1600
AÇÕES DE APOIO À COMUNIDADE ...................................... p. 1600
R 01.999 - OUTROS TIPOS DE AÇÕES DE APOIO À C .. p. 1600
R 01.003 - EVACUAÇÃO DE ÁREAS DE RISCO .............. p. 1600
R 01.002 - DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAIS ...................... p. 1601
R 01.001 - ABASTECIMENTO DE ÁGUA .......................... p. 1601
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

R 01.000 - AÇÕES DE APOIO À COMUNIDADE .............. p. 1601


Grupo S00.000 ............................................................................... p. 1601
SALVAMENTO AQUÁTICO ..................................................... p. 1601
S 01.099 - PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO EM OUTRO ... p. 1601
S 01.007 - ACIDENTE NÁUTICO / AQUÁTICO ................. p. 1602
S 01.006 - SALVAMENTO DE PESSOA EM INUNDAÇÃ .. p. 1602
S 01.000 - SALVAMENTO AQUÁTICO .............................. p. 1602
S 01.001 - PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO EM PISCINA .. p. 1602
S 01.002 - PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO EM RIO / RI ... p. 1602
S 01.003 - PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO EM LAGO / L . p. 1602
S 01.004 - PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO EM CACHO ... p. 1603
S 01.005 - PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO EM GALERI ... p. 1603
S 01.999 - OUTROS TIPOS DE SALVAMENTO AQUÁTI . p. 1603
SALVAMENTO TERRESTRE TÍPICO ..................................... p. 1603
S 04.099 - OUTROS TIPOS DE BUSCA COM CÃES ........ p. 1603
S 04.017 - BUSCA COM CÃES DE VÍTIMA EM DESLIZ ... p. 1603
S 04.016 - BUSCA COM CÃES DE VÍTIMA EM ESTRUT . p. 1603
S 04.015 - BUSCA COM CÃES DE PESSOA PERDIDA .. p. 1603
S 04.014 - SALVAMENTO DE PESSOA COM DEDO ES .. p. 1603
S 04.013 - BUSCA E RECUPERAÇÃO DE CADÁVER E .. p. 1604
S 04.012 - BUSCA E SALVAMENTO EM LOCAL DE DIF . p. 1604
S 04.011 - SALVAMENTO DE PESSOA PRESA EM GR .. p. 1604
S 04.010 - SALVAMENTO DE PESSOA PRESA EM MÁ .. p. 1604
S 04.009 - SALVAMENTO DE PESSOA PRESA EM IM .... p. 1604
S 04.008 - SALVAMENTO DE PESSOA ILHADA .............. p. 1605
S 04.000 - SALVAMENTO TERRESTRE TÍPICO .............. p. 1605
S 04.001 - ACIDENTE AÉREO ........................................... p. 1605
S 04.002 - ACIDENTE FERROVIÁRIO / METROVIÁRIO .. p. 1605
S 04.003 - ACIDENTE COM MAQUINÁRIO AGRÍCOLA ... p. 1605
S 04.004 - DESABAMENTO / DESMORONAMENTO / C .. p. 1606
S 04.005 – DESLIZAMENTO / SOTERRAMENTO ............ p. 1606
S 04.006 - ROMPIMENTO DE BARRAGENS .................... p. 1606
S 04.007 - BUSCA E SALVAMENTO DE PESSOA PER ... p. 1606
S 04.014 - SALVAMENTO DE PESSOA COM DEDO ES .. p. 1606
S 04.999 - OUTROS TIPOS DE SALVAMENTO TERRE ... p. 1606
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

SALVAMENTO EM ALTURA ................................................... p. 1607


S 03.015 - SALVAMENTO DE SUICIDA ............................ p. 1607
S 03.014 - SALVAMENTO EM PARQUES DE DIVERSÕ .. p. 1607
S 03.013 - SALVAMENTO EM TELEFÉRICO .................... p. 1607
S 03.012 - SALVAMENTO EM MONTANHA / ENCOSTA .. p. 1607
S 03.011 - SALVAMENTO EM GRUTA / CAVERNA .......... p. 1608
S 03.010 - SALVAMENTO EM TORRES / ANTENAS / P .. p. 1608
S 03.009 - SALVAMENTO DE PESSOA PRENSADA EM . p. 1608
S 03.000 – SALVAMENTO EM ALTURA ............................ p. 1608
S 03.001 - SALVAMENTO EM CISTERNA / POÇO / FO ... p. 1609
S 03.002 - SALVAMENTO EM GALERIA / ESGOTO ......... p. 1609
S 03.003 - SALVAMENTO EM CASA ................................. p. 1609
S 03.004 - SALVAMENTO EM PRÉDIOS / EDIFÍCIOS ..... p. 1609
S 03.005 - SALVAMENTO EM PASSARELAS / VIADUT ... p. 1609
S 03.006 - SALVAMENTO EM CANTEIROS DE OBRAS . p. 1610
S 03.007 - SALVAMENTO EM MINERADORAS ................ p. 1610
S 03.008 - SALVAMENTO DE PESSOA PRESA EM EL ... p. 1610
S 03.999 - OUTROS TIPOS DE SALVAMENTO EM ALT .. p. 1611
MERGULHO AUTÔNOMO ....................................................... p. 1611
S 02.000 - MERGULHO AUTÔNOMO ................................ p. 1611
S 02.001 - AFOGAMENTO EM PISCINA ........................... p. 1611
S 02.002 - AFOGAMENTO EM RIO / RIACHO / CÓRRE .. p. 1611
S 02.003 - AFOGAMENTO EM LAGO / LAGOA / REPR ... p. 1611
S 02.004 - AFOGAMENTO EM CACHOEIRA .................... p. 1612
S 02.005 - AFOGAMENTO EM GALERIA .......................... p. 1612
S 02.006 - BUSCA E RECUPERAÇÃO DE CADÁVER S .. p. 1612
S 02.007 - BUSCA E RECUPERAÇÃO DE EQUIPAMEN . p. 1612
S 02.099 - AFOGAMENTO EM OUTROS LOCAIS ............ p. 1613
S 02.999 - OUTROS TIPOS DE MERGULHO AUTÔNO ... p. 1613
BUSCA / SALVAMENTO EM LOCAL DE DIFÍCIL ACESSO ... p. 1613
OUTROS TIPOS DE BUSCA / SALVAMENTO ....................... p. 1613
SALVAMENTO TERRESTRE - DIVERSOS ............................ p. 1613
S 06.010 - CORTE/PODA DE ÁRVORE CAÍDA SOBRE .. p. 1613
S 06.000 - SALVAMENTO TERRESTRE - DIVERSOS ..... p. 1613
S 06.001 - SALVAMENTO DE ANIMAL EM RISCO / PE ... p. 1613
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

S 06.999 - OUTROS TIPOS DE SALVAMENTOS TERR ... p. 1614


S 06.009 - CORTE / PODA DE ÁRVORE MEDIANTE O ... p. 1614
S 06.008 - CORTE DE ÁRVORE CAÍDA EM VIA PÚBLI ... p. 1614
S 06.007 - CORTE / PODA DE ÁRVORE COM RISCO I ... p. 1614
S 06.006 - EXTERMÍNIO DE INSETOS ............................. p. 1615
S 06.004 - CAPTURA DE OUTROS ANIMAIS DOMÉSTI .. p. 1615
S 06.005 - CAPTURA DE INSETOS ................................... p. 1615
S 06.003 - CAPTURA DE CÃO PERIGOSO / AGRESSIV . p. 1615
S 06.002 - CAPTURA DE ANIMAL SILVESTRE PERIGO . p. 1616
SALVAMENTO TERRESTRE - ACIDENTE DE TRÂNSITO ... p. 1616
S 05.999 - OUTROS TIPOS DE SALVAMENTOS TERR ... p. 1616
S 05.499 - OUTROS TIPOS DE ACIDENTES DE TRÂN ... p. 1616
S 05.406 - ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VEÍCULO D . p. 1616
S 05.405 - ATROPLEAMENTO DE ÔNIBUS / MICRO-Ô ... p. 1616
S 05.404 - ATROPLEAMENTO DE CAMINHÃO / CARR ... p. 1617
S 05.403 - ATROPLEAMENTO DE AUTOMOVEL X ANI .. p. 1617
S 05.402 - ATROPLEAMENTO DE MOTOCICLETA X A ... p. 1617
S 05.401 - ATROPELAMENTO DE BICICLETA X ANIMA . p. 1617
S 05.400 - ACIDENTES DE TRÂNSITO DIVERSOS ......... p. 1617
S 05.399 - OUTROS TIPOS DE COLISÃO / ABALROAM . p. 1617
S 05.317 - COLISÃO ENTRE VEÍCULO AUTOMOTOR .. p. 1618
S 05.316 - COLISÃO ENTRE MÚLTIPLOS VEÍCULOS / .. p. 1618
S 05.314 - COLISÃO ENTRE ÔNIBUS / MICRO-ÔNIBU .. p. 1618
S 05.315 - COLISÃO ENTRE ÔNIBUS / MICRO-ÔNIBU .. p. 1618
S 05.313 - COLISÃO ENTRE CAMINHÃO / CARRETA X . p. 1618
S 05.311 - COLISÃO ENTRE CAMINHÃO / CARRETA X . p. 1619
S 05.312 - COLISÃO ENTRE CAMINHÃO / CARRETA X . p. 1619
S 05.310 - COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X ÔNIBUS / .. p. 1619
S 05.309 - COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X CAMINH ... p. 1619
S 05.308 - COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X MOTOCI ... p. 1619
S 05.307 - COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X BICICLET . p. 1619
S 05.306 - COLISÃO ENTRE MOTOCICLETA X BICICL .. p. 1620
S 05.305 - COLISÃO ENTRE ÔNIBUS / MICRO-ÔNIBU ... p. 1620
S 05.304 - COLISÃO ENTRE CAMINHÕES / CARRETA .. p. 1620
S 05.303 - COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEIS (CARRO, ... p. 1620
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

S 05.302 - COLISÃO ENTRE MOTOCICLETAS ................ p. 1620


S 05.301 - COLISÃO ENTRE BICICLETAS ....................... p. 1620
S 05.300 - COLISÃO / ABALROAMENTO .......................... p. 1621
S 05.299 - OUTROS TIPOS DE CAPOTAMENTO / TOM .. p. 1621
S 05.203 - CAPOTAMENTO DE ÔNIBUS / MICRO-ÔNIB . p. 1621
S 05.202 - CAPOTAMENTO DE CAMINHÃO / CARRET ... p. 1621
S 05.201 - CAPOTAMENTO DE AUTOMÓVEL (CARRO, . p. 1621
S 05.200 - CAPOTAMENTO / TOMBAMENTO .................. p. 1622
S 05.199 - OUTROS TIPOS DE CHOQUES (ACIDENTE .. p. 1622
S 05.105 - CHOQUE DE ÔNIBUS / MICRO-ÔNIBUS ........ p. 1622
S 05.104 - CHOQUE DE CAMINHÃO / CARRETA ............ p. 1622
S 05.000 - SALVAMENTO TERRESTRE - ACIDENTE D .. p. 1622
S 05.103 - CHOQUE DE AUTOMÓVEL (CARRO, CAMI ... p. 1623
S 05.102 - CHOQUE DE MOTOCICLETA .......................... p. 1623
S 05.101 - CHOQUE DE BICICLETA ................................. p. 1623
S 05.100 - CHOQUE (ACIDENTE) COM OBJETO FIXO .. p. 1623
CORTE OU PODA DE ÁRVORE ............................................. p. 1623
RESGATE DE CADÁVER / FETO / PARTES .......................... p. 1623
PESSOA EXTRAVIADA / DESAPARECIDA ........................... p. 1623
Grupo V00.000 ............................................................................... p. 1623
V 03.024 - VÍTIMA DE DESABAMENTO ................................. p. 1624
V 03.023 - VÍTIMA DE SOTERRAMENTO/DESLIZAMENTO .. p. 1624
V 04.999 - OUTROS TIPOS DE VIATURAS EM PRIMEIRO- . p. 1624
V 04.007 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DA PATRULHA DE .. p. 1624
V 04.006 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DO COMANDO DE .. p. 1624
V 04.005 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DO SOCORRO ......... p. 1624
V 04.004 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DO SALVAMENTO ... p. 1624
V 04.003 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DA MOTO-OPERA ... p. 1625
V 04.002 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DE GUARNIÇÃO (V . p. 1625
V 04.001 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO DE BOMBEIRO(S) ... p. 1625
V 04.000 - PRIMEIRO-ATENDIMENTO EM APOIO AO SAM . p. 1625
V 03.999 - OUTROS TIPOS DE APH DE TRAUMAS DIVER .. p. 1625
V 03.022 - VÍTIMA DE VIOLÊNCIA SEXUAL ........................... p. 1625
V 03.021 - VÍTIMA DE SUICÍDIO (TENTATIVA) – APH TRA .. p. 1626
V 03.020 - VÍTIMA DE QUEIMADURA ..................................... p. 1626
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

V 03.019 - VÍTIMA DE QUEDA DE ALTURA ........................... p. 1626


V 03.018 - VÍTIMA DE QUEDA DA PRÓPRIA ALTURA .......... p. 1626
V 03.017 - VÍTIMA DE PRINCÍPIO DE AFOGAMENTO .......... p. 1626
V 03.016 - VÍTIMA PRESA / PRENSADA POR MÁQUINA ..... p. 1626
V 03.015 - VÍTIMA PRESA / PRENSADA POR ELEVADOR .. p. 1626
V 03.014 - VÍTIMA DE EXPLOSÃO ......................................... p. 1627
V 03.013 - VÍTIMA DE ELETROCUSSÃO ............................... p. 1627
V 03.012 - VÍTIMA COM DEDO ESTRANGULADO POR AN .. p. 1627
V 03.011 - VÍTIMA DE CORTE POR CEROL (EXCETO CIC .. p. 1627
V 03.010 - VÍTIMA DE ATAQUE DE INSETOS ....................... p. 1627
V 03.009 - VÍTIMA DE ATAQUE DE DEMAIS ANIMAIS DO ... p. 1627
V 03.008 - VÍTIMA DE ATAQUE DE CÃO ............................... p. 1627
V 03.007 - VÍTIMA DE ATAQUE DE ANIMAIS SILVESTRES . p. 1628
V 03.006 - VÍTIMA DE ATAQUE DE ANIMAIS PEÇONHENT . p. 1628
V 03.005 - VÍTIMA DE AGRESSÃO FÍSICA SEM USO DE A . p. 1628
V 03.004 - VÍTIMA DE AGRESSÃO FÍSICA COM ARMA DE . p. 1628
V 03.003 - VÍTIMA DE AGRESSÃO FÍSICA COM ARMA BR . p. 1628
V 03.002 - VÍTIMA DE ACIDENTE DE MERGULHO ............... p. 1628
V 03.001 - VÍTIMA DE ACIDENTE COM MAQUINÁRIO AG ... p. 1628
V 03.000 - APH – TRAUMA – DIVERSOS ............................... p. 1629
V 02.999 - OUTROS TIPOS DE APH DE TRAUMAS EM AC . p. 1629
V 02.599 - OUTROS TIPOS DE VÍTIMAS DE ACIDENTES ... p. 1629
V 02.505 - VÍTIMA DE ACIDENTE COM VEÍCULO DE TRA .. p. 1629
V 02.504 - VÍTIMA DE CORTE POR CEROL (MOTOCICLIS .. p. 1629
V 02.503 - VÍTIMA DE CORTE POR CEROL (CICLISTA) ....... p. 1630
V 02.502 - VÍTIMA DE QUEDA (MOTOCICLISTA) .................. p. 1630
V 02.501 - VÍTIMA DE QUEDA (CICLISTA) ............................. p. 1630
V 02.500 - ACIDENTES DE TRÂNSITO DIVERSOS ............... p. 1630
V 02.499 - OUTROS TIPOS DE VÍTIMAS DE COLISÃO NO . p. 1630
V 02.417 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE VEÍCULO X TRE ... p. 1631
V 02.416 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE MÚLTIPLOS VEÍC . p. 1631
V 02.415 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE ÔNIBUS/MICRO- ... p. 1631
V 02.414 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE ÔNIBUS / MICRO- . p. 1631
V 02.413 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE CAMINHÃO / CAR . p. 1632
V 02.412 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE CAMINHÃO / CAR . p. 1632
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

V 02.411 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE CAMINHÃO / CAR . p. 1632


V 02.410 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X Ô . p. 1632
V 02.409 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X C . p. 1632
V 02.408 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X M . p. 1632
V 02.407 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEL X B . p. 1633
V 02.406 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE MOTOCICLETA X . p. 1633
V 02.405 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE ÔNIBUS / MICRO- . p. 1633
V 02.404 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE CAMINHÕES / CA . p. 1633
V 02.403 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE AUTOMÓVEIS (C .. p. 1633
V 02.402 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE MOTOCICLETAS .. p. 1633
V 02.401 - VÍTIMA DE COLISÃO ENTRE BICICLETAS .......... p. 1633
V 02.400 - COLISÃO / ABALROAMENTO .............................. p. 1634
V 02.399 - OUTROS TIPOS DE VÍTIMAS DE CAPOTAMEN .. p. 1634
V 02.303 - VÍTIMA DE CAPOTAMENTO DE ÔNIBUS / MIC ... p. 1634
V 02.302 - VÍTIMA DE CAPOTAMENTO DE CAMINHÃO / C . p. 1634
V 02.301 - VÍTIMA DE CAPOTAMENTO DE AUTOMÓVEL ( . p. 1634
V 02.300 - CAPOTAMENTO / TOMBAMENTO ....................... p. 1635
V 02.299 - OUTROS TIPOS DE VÍTIMAS DE CHOQUE (AC . p. 1635
V 02.205 - VÍTIMA DE CHOQUE DE ÔNIBUS / MICRO-ÔNI .. p. 1635
V 02.204 - VÍTIMA DE CHOQUE DE CAMINHÃO / CARRET . p. 1635
V 02.203 - VÍTIMA DE CHOQUE DE AUTOMÓVEL (CARR ... p. 1635
V 02.202 - VÍTIMA DE CHOQUE DE MOTOCICLETA ............ p. 1636
V 02.201 - VÍTIMA DE CHOQUE DE BICICLETA .................... p. 1636
V 02.200 - CHOQUE (ACIDENTE) COM OBJETO FIXO (PO . p. 1636
V 02.199 - OUTROS TIPOS DE VÍTIMAS DE ATROPELAM .. p. 1636
V 02.112 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO POR TREM X ... p. 1636
V 02.111 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO DE ÔNIBUS / MI . p. 1636
V 02.110 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO DE CAMINHÃO . p. 1637
V 02.109 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO DE AUTOMÓVE . p. 1637
V 02.108 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO DE MOTOCICL ... p. 1637
V 02.107 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO DE BICICLETA .. p. 1637
V 02.106 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO POR VEÍCULO .. p. 1637
V 02.105 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO POR ÔNIBUS/M . p. 1637
V 02.104 - Vítima de atropelamento por caminhão/carreta ...... p. 1638
V 02.103 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO POR AUTOMÓV . p. 1638
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

V 02.102 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO POR MOTOCIC .. p. 1638


V 02.101 - VÍTIMA DE ATROPELAMENTO POR BICICLET ... p. 1638
V 02.100 - ATROPELAMENTO ................................................ p. 1638
V 02.000 - APH – TRAUMA – ACIDENTES DE TRÂNSITO .... p. 1638
V 01.999 - OUTROS TIPOS DE APH CLÍNICO ....................... p. 1639
V 01.026 - TRANSPORTE INTER-HOSPITALAR .................... p. 1639
V 01.025 - VÍTIMA DE USO/ABUSO/DEPENDÊNCIA DE D ... p. 1639
V 01.024 - VÍTIMA DE SUICÍDIO (TENTATIVA) – APH CLÍ ... p. 1639
V 01.023 - VÍTIMA DE SÍNCOPE (DESMAIO) ......................... p. 1639
V 01.022 - VÍTIMA PARTURIENTE/EMERGÊNCIAS OBSTÉ . p. 1640
V 01.021 - VÍTIMA COM PARADA RESPIRATÓRIA ............... p. 1640
V 01.020 - VÍTIMA COM PARADA CARDIORRESPIRATÓRI . p. 1640
V 01.019 - VÍTIMA COM OBSTRUÇÃO DE VIAS AÉREAS ... p. 1640
V 01.018 - VÍTIMA DE MAL NÃO DEFINIDO (DISTÚRBIO) .... p. 1640
V 01.017 - VÍTIMA DE INTOXICAÇÃO/ENVENENAMENTO .. p. 1640
V 01.016 - VÍTIMA COM HIPOTERMIA/CONGELAMENTO .... p. 1641
V 01.015 - VÍTIMA COM HEMORRAGIA ................................. p. 1641
V 01.014 - VÍTIMA DE EMERGÊNCIAS RELACIONADAS A .. p. 1641
V 01.013 - VÍTIMA DE EMERGÊNCIAS PSIQUIÁTRICAS/C .. p. 1641
V 01.012 - VÍTIMA DE EFEITOS COLATERAIS DA QUIMIO .. p. 1641
V 01.011 - VÍTIMA COM DOR RENAL (CÓLICA) .................... p. 1642
V 01.010 - VÍTIMA COM DOR PRECORDIAL (PEITO) ........... p. 1642
V 01.009 - VÍTIMA COM DOR NA COLUNA VERTEBRAL ( ... p. 1642
V 01.008 - VÍTIMA COM DOR ABDOMINAL (ABDOME AGU . p. 1642
V 01.007 - VÍTIMA COM DISPNEIA (FALTA DE AR) .............. p. 1642
V 01.006 - VÍTIMA COM DIFICULDADE DE LOCOMOÇÃO ... p. 1642
V 01.005 - VÍTIMA COM CRISE HIPERTENSIVA ................... p. 1643
V 01.004 - VÍTIMA COM CRISE DIABÉTICA/HIPOGLICEMI .. p. 1643
V 01.003 - VÍTIMA COM CRISE CONVULSIVA ...................... p. 1643
V 01.002 - VÍTIMA COM CEFALEIA AGUDA/ENXAQUECA ... p. 1643
V 01.001 - VÍTIMA DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL . p. 1643
APH TRAUMA - ACIDENTES DE TRÂNSITO ......................... p. 1643
V 01.000 - APH CLÍNICO ......................................................... p. 1644
APH - CLÍNICO ........................................................................ p. 1644
III - Defesa Social ................................................................................ p. 1644
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Grupo A00.000 ............................................................................... p. 1644


ASSISTÊNCIA DE PESSOA INDIGENTE ............................... p. 1644
A 01.000 - ASSISTÊNCIA DE PESSOA INDIGENTE ........ p. 1644
ATRITO VERBAL ..................................................................... p. 1645
A 02.000 - ATRITO VERBAL .............................................. p. 1645
AUTO-EXTERMÍNIO (SUICÍDIO) ............................................. p. 1646
A 03.000 - AUTO-EXTERMÍNIO (SUICÍDIO CONSUMA ... p. 1646
AVERIGUAÇÃO DE DISPARO DE ALARME .......................... p. 1648
A 04.000 - AVERIGUAÇÃO DE DISPARO DE ALARME ... p. 1648
AVERIGUAÇÃO DE PESSOA / VEÍCULO EM ATITUDE SU .. p. 1649
A - 05.001 AVERIGUAÇÃO DE PESSOA/VEÍCULO EM .. p. 1649
A 05.000 - AVERIGUAÇÃO DE PESSOA / VEÍCULO EM . p. 1650
A 06.000 - BLOQUEIO DE VIA POR AÇÃO DE POPULA . p. 1651
FORAGIDO DA JUSTIÇA ........................................................ p. 1653
A 08.000 - FORAGIDO DA JUSTIÇA ................................. p. 1654
FUGA DE PRESO .................................................................... p. 1655
A 09.000 - FUGA DE PRESO ............................................. p. 1655
PESSOA LOCALIZADA ........................................................... p. 1658
A 10.000 - PESSOA LOCALIZADA .................................... p. 1658
BEM E / OU VALOR ENCONTRADO / LOCALIZADO ............ p. 1661
A 11.000 - BEM E/OU VALOR ENCONTRADO / LOCALI . p. 1661
TENTATIVA DE FUGA ............................................................. p. 1662
A 13.000 - TENTATIVA DE FUGA ...................................... p. 1662
REALIZACÃO DE PERÍCIAS DE LOCAIS ............................... p. 1664
A 14.000 - REALIZACÃO DE PERÍCIAS DE LOCAIS (C ... p. 1665
VISTORIA EM VEÍCULO .......................................................... p. 1665
A 15.000 - VISTORIA EM VEÍCULO ................................... p. 1665
VEÍCULO LOCALIZADO / RECUPERADO .............................. p. 1665
A 16.000 - VEÍCULO LOCALIZADO / RECUPERADO ....... p. 1665
ENCONTRO DE CADÁVER ..................................................... p. 1667
A 17.001 - ENCONTRO DE CADÁVER .............................. p. 1667
A 17.002 - ENCONTRO DE FETO ..................................... p. 1669
A 17.003 - ENCONTRO DE PARTE DE CADÁVER / ÓR .. p. 1671
A 17.004 - REMOÇÃO DE CADÁVER EM HOSPITAIS O . p. 1672
A 17.005 - REMOÇÃO DE CADÁVER EM LOCAL DE C ... p. 1673
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

EMPENHO DE AMBULÂNCIA ................................................. p. 1673


A 18.001 - EMPENHO DE AMBULÂNCIA DO IPSM .......... p. 1673
A 18.002 - EMPENHO DE AMBULÂNCIA DA POLÍCIA C . p. 1673
REUNIÃO COMUNITÁRIA OU COM ENTIDADES DIVERSA . p. 1674
A 19.011 - REUNIÃO COM OUTRAS REDES DE PROT .. p. 1674
A 19.010 - REUNIÃO COM OS CADASTRADOS NA RE .. p. 1674
A 19.009 - REUNIÃO COM CADASTRADOS REDE PR ... p. 1674
A 19.007 - REUNIÃO COM OS CADASTRADOS NA RE .. p. 1675
A 19.008 - REUNIÃO COM OS CADASTRADOS NA RE .. p. 1675
A 19.006 - REUNIÃO COM OS CADASTRADOS NA RE .. p. 1676
A 19.005 - REUNIÃO DO GEPAR COM O CENTRO DE .. p. 1676
A 19.000 - REUNIÃO COMUNITÁRIA OU COM ENTIDA .. p. 1676
A 19.001 - REUNIÃO COM CONSEP ................................. p. 1677
A 19.002 - REUNIÃO COM CONSELHO MUNICIPAL AN . p. 1677
A 19.003 - REUNIÃO COM CONSELHO DE DIREITOS ... p. 1677
A 19.004 - REUNIÃO COM ASSOCIAÇÃO DE MORAD .... p. 1677
A 19.099 - REUNIÃO COM OUTROS TIPOS DE ENTID ... p. 1677
VISITA TRANQUILIZADORA / PÓS-SINISTRO ...................... p. 1677
A 20.001 - VISITA TRANQUILIZADORA/VÍTIMA DE CRI .. p. 1678
A 20.000 - VISITA TRANQUILIZADORA / PÓS-SINISTR .. p. 1678
AÇÕES PREVENTIVAS ........................................................... p. 1679
A 21.006 - VISITA CADASTRO OU CONVITE PARA OU .. p. 1679
A 21.005 - VISITA CADASTRO/CONVITE REUNIÃO RE .. p. 1679
A 21.004 - VISITA CADASTRO/CONVITE REUNIÃO RE .. p. 1680
A 21.003 - VISITA CADASTRO/CONVITE REUNIÃO DA .. p. 1680
A 21.002 - VISITA CADASTRO/CONVITE REUNIÃO RE .. p. 1680
A 21.001 - VISITA CADASTRO OU CONVITE REUNIÃO . p. 1681
A 21.000 - AÇÕES PREVENTIVAS .................................... p. 1681
AÇÃO CÍVICO-SOCIAL (ACISO) ............................................. p. 1681
A 22.000 - AÇÃO CÍVICO-SOCIAL (ACISO) ...................... p. 1682
REMOÇÃO DE VEÍCULO ........................................................ p. 1682
A 40.001 - REMOÇÃO DE VEÍCULO APREENDIDO ........ p. 1682
A 41.002 - REMOÇÃO DE VEÍCULO OFICIAL .................. p. 1683
A 41.003 - REMOÇÃO DE VEÍCULO PARTICULAR ......... p. 1684
A 40.999 - REMOÇÃO DE OUTROS TIPOS DE VEÍCUL .. p. 1685
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES DE MEIO AMBIENTE ......... p. 1685


A 30.000 - PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES DE MEIO A .. p. 1685
ENCAMINHAMENTO DE ANIMAIS AO ÓRGÃO COMPETE .. p. 1685
A 30.100 - ENCAMINHAMENTO DE ANIMAIS AO ÓRG ... p. 1685
RECOLHIMENTO DE ANIMAL ................................................ p. 1686
A 31.201 - RECOLHIMENTO DE ANIMAL DOMÉSTICO .. p. 1686
A 31.202 - RECOLHIMENTO DE ANIMAL EXOTICO ........ p. 1688
A 31.203 - RECOLHIMENTO DE ANIMAL SILVESTRE .... p. 1689
A 31.204 - ENTREGA VOLUNTÁRIA DE ANIMAL EXÓTI . p. 1691
RECOLHIMENTO DE APETRECHO DE PESCA .................... p. 1693
A 31.301 - RECOLHIMENTO DE APETRECHO DE PES .. p. 1693
RECOLHIMENTO DE MATERIAL UTILIZADO CONTRA AN .. p. 1694
A 31.302 - RECOLHIMENTO DE MATERIAL UTILIZAD .... p. 1694
SOLTURA DE ANIMAIS SILVESTRES .................................... p. 1695
A 31.304 - SOLTURA DE ANIMAIS SILVESTRES ............. p. 1696
DOAÇÃO DE PESCADO, CARNES E PRODUTOS PERECÍ . p. 1696
A 32.000 - DOAÇÃO DE PESCADO, CARNES E PROD ... p. 1696
DESTRUIÇÃO AUTORIZADA EM LEI, DE MATERIAL PROI . p. 1697
A 33.000 - DESTRUIÇÃO AUTORIZADA EM LEI, DE M ... p. 1697
OUTROS TIPOS DE AÇÕES DE DEFESA SOCIAL ............... p. 1698
A 99.000 - OUTRAS AÇÕES DE DEFESA SOCIAL (DIS .. p. 1698
Grupo Q00.000 .............................................................................. p. 1698
DEMONSTRAÇÕES PROFISSIONAIS .................................. p. 1698
Q 01.000 - DEMONSTRAÇÕES PROFISSIONAIS ............ p. 1698
Q 01.001 - DEMONSTRAÇÃO DE COMBATE A INCÊN ... p. 1698
Q 01.002 - DEMONSTRAÇÃO MISTA / CONJUNTA ......... p. 1699
Q 01.003 - DEMONSTRAÇÃO DE SALVAMENTO AQU ... p. 1699
Q 01.004 - DEMONSTRAÇÃO DE SALVAMENTO EM A .. p. 1700
Q 01.005 - DEMONSTRAÇÃO DE SALVAMENTO TERR . p. 1701
Q 01.006 - DEMONSTRAÇÃO DE CÃES ........................... p. 1701
Q 01.007 - DEMONSTRAÇÃO DE OPERAÇÕES ESPE ... p. 1702
Q 01.009 - ATIVIDADES EM ESTANDES .......................... p. 1703
Q 01.010 - DEMONSTRAÇÃO DE OPERAÇÕES AÉRE ... p. 1703
Q 01.011 - VÔO DE DEMONSTRAÇÃO ............................ p. 1704
Q 01.012 - DEMONSTRAÇÃO DE PRIMEIROS SOCOR .. p. 1704
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Q 01.099 - OUTROS TIPOS DE DEMONSTRAÇÕES P ... p. 1705


PALESTRAS ............................................................................ p. 1705
Q 02.010-PALESTRA DE DEFESA CIVIL .......................... p. 1705
Q 02.000 – PALESTRAS / AULAS ..................................... p. 1705
Q 02.002 - PALESTRA DE TRÂNSITO .............................. p. 1705
Q 02.003 - PALESTRA AMBIENTAL .................................. p. 1706
Q 02.005 - PALESTRA DE OPERAÇÕES ESPECIAIS (P . p. 1706
Q 02.007 - PALESTRA DE PREVENÇÃO E COMBATE ... p. 1707
Q 02.008 - PALESTRA DE COMBATE A INCÊNDIO ......... p. 1707
Q 02.009 - PALESTRA DE PRIMEIROS SOCORROS ...... p. 1708
Q 02.999 - OUTROS TIPOS DE PALESTRAS (DISCRIM . p. 1708
TREINAMENTOS ..................................................................... p. 1708
Q 03.018 - TREINAMENTO DE CONDUÇÃO E OPERA ... p. 1708
Q 03.017 - TREINAMENTO DE PRIMEIROS SOCORRO . p. 1708
Q 03.000 – TREINAMENTOS ............................................. p. 1708
Q 03.001 – TREINAMENTO DE COMBATE A INCÊNDI ... p. 1709
Q 03.002 - TREINAMENTO MONTADO ............................. p. 1709
Q 03.003 - TREINAMENTO DE SALVAMENTO AQUÁTI .. p. 1709
Q 03.004 - TREINAMENTO DE SALVAMENTO EM ALT .. p. 1710
Q 03.005 - TREINAMENTO DE SALVAMENTO TERRE ... p. 1710
Q 03.006 - TREINAMENTO EM FORMAÇÃO DE BRIGA .. p. 1711
Q 03.007 - TREINAMENTO DE OPERAÇÕES DE CANI ... p. 1711
Q 03.008 - TREINAMENTO DE OPERAÇÕES ESPECIA .. p. 1712
Q 03.009 - TREINAMENTO DE ATENDIMENTO EM ACI . p. 1712
Q 03.010 - TREINAMENTO DE CONTROLE DE DISTÚ ... p. 1713
Q 03.011 - TREINAMENTO DE ESCOLTAS DIVERSAS ... p. 1713
Q 03.012 - TREINAMENTO DE OPERAÇÕES DE TRÂN . p. 1714
Q 03.013 - TREINAMENTO AMBIENTAL ........................... p. 1714
Q 03.014 - TREINAMENTO AÉREO .................................. p. 1714
Q 03.015 – TREINAMENTO DE PILOTO DE AERONAV .. p. 1715
Q 03.016 - TREINAMENTO COM TRIPULANTES OPER .. p. 1715
Q 03.999 - OUTROS TIPOS DE TREINAMENTO (DISC ... p. 1716
ATIVIDADES RELACIONADAS A PREVENÇÃO CRIMINALI . p. 1716
Q 04.009 - PALESTRA SOBRE AS REDES DE PROTE ... p. 1716
Q 04.000 - ATIVIDADES RELACIONADAS A PROGRA .... p. 1716
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Q 04.001 - AULAS DO PROERD PARA CRIANÇAS ......... p. 1716


Q 04.002 - AULAS DO PROERD PARA ADOLESCENTE . p. 1717
Q 04.003 - AULAS DO PROERD PARA PAIS/RESPONS . p. 1717
Q 04.004 - PALESTRA DE PREVENÇÃO ÀS DROGAS ... p. 1717
Q 04.005 - MOBILIZAÇÃO DO PROGRAMA JCC ............. p. 1718
Q 04.006 - PALESTRA SOBRE O CONSEP ...................... p. 1718
Q 04.007 - INTEGRADAS A POLÍTICAS PUBLICAS ......... p. 1719
Q 04.008 - MEDIDAS DE AUTOPROTEÇÃO ..................... p. 1719
Q 04.099 - OUTRAS ATIVIDADES DE PREVENÇÃO A ... p. 1720
PROJETOS SOCIAIS ............................................................... p. 1721
Q 05.002 - PROJETO DE DIVULGAÇÃO DA NATAÇÃO .. p. 1721
Q 05.000 - PROJETOS SOCIAIS ....................................... p. 1721
Q 05.001 - BOMBEIROS NAS ESCOLAS .......................... p. 1721
Grupo U00.000 .............................................................................. p. 1721
AGRADECIMENTOS DE ATUAÇÃO ....................................... p. 1721
U 30.001 - AGRADECIMENTOS DE ATUAÇÃO PM, PC . p. 1721
COMUNICAÇÃO DE COMPETÊNCIA DE OUTROS ÓRGÃ ... p. 1721
U 31.101 - COMUNICAÇÃO DE ANIMAL MORTO EM VI . p. 1722
U 31.102 - COMUNICAÇÃO DE LIXO, BURACO, ENTU ... p. 1723
U 31.103 - COMUNICAÇÃO DE SINALIZAÇÃO DE TRÂ .. p. 1724
U 31.104 - COMUNICACÃO DE VIA PÚBLICA ALAGAD .. p. 1726
U 31.105 - COMUNICAÇÃO DE VIOLAÇÃO DE POSTU .. p. 1727
U 31.201 - COMUNICAÇÃO DE FIO E / OU POSTE DE .. p. 1728
U 31.202 - COMUNICAÇÃO DE FALTA DE ENERGIA E .. p. 1729
U 31.999 - OUTROS TIPOS DE COMUNICAÇÃO DE C ... p. 1730
ATENDIMENTO DE DENÚNCIA SOBRE DEGRADAÇÃO A .. p. 1730
U 32.001 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA RELATIVO ... p. 1731
U 32.002 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA RELATIVO ... p. 1731
U 32.003 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA RELATIVO ... p. 1732
U 32.004 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA RELATIVO ... p. 1732
U 32.005 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA RELATIVO ... p. 1733
U 32.999 - OUTROS TIPOS DE DENÚNCIAS SOBRE D .. p. 1734
ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE FATOS DE SEGURAN .. p. 1734
U 33.001 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1734
U 33.002 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1735
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

U 33.003 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1736


U 33.004 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1737
U 33.005 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1738
U 33.006 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1740
U 33.007 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1741
U 33.008 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1742
U 33.009 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1743
U 33.010 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1744
U 33.011 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1745
U 33.012 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1746
U 33.013 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE DESVIO .. p. 1747
U 33.014 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE PESSO ... p. 1748
U 33.015 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE CRIMIN ... p. 1750
U 33.016 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE FALSID ... p. 1751
U 33.017 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE RESGA ... p. 1752
U 33.018 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1753
U 33.019 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1754
U 33.020 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1755
U 33.021 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1756
U 33.022 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1757
U 33.023 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1759
U 33.024 - ATENDIMENTO DE DENÚNCIA DE INFRAÇ .. p. 1760
U 33.099 - OUTROS ATENDIMENTOS DE DENÚNCIAS . p. 1761
EXTRAVIO ............................................................................... p. 1761
U 34.100 - EXTRAVIO DE DOCUMENTOS ....................... p. 1761
U 34.200 - EXTRAVIO DE OBJETOS PESSOAIS ............. p. 1762
COMUNICAÇÃO DE PESSOA EXTRAVIADA OU DESAPA ... p. 1762
U 40.000 - COMUNICAÇÃO DE PESSOA EXTRAVIADA . p. 1762
RECLAMAÇÕES ...................................................................... p. 1763
U 50.001 - RECLAMAÇÃO DE ATUAÇÃO DO SERVIÇO . p. 1764
U 50.002 - RECLAMAÇÃO DE ATUAÇÃO DO SERVIÇO . p. 1764
U 50.003 - RECLAMAÇÃO POR MAU ATENDIMENTO ... p. 1765
SOLICITAÇÕES DE SERVIÇO BM E DE POLÍCIA ................. p. 1766
U 80.001 - COLOCAÇÃO DE CORDA EM MASTRO ......... p. 1766
U 80.002 - LAVAGEM DE LOCAIS DIVERSOS ................. p. 1767
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

U 80.003 - PEDIDO DE POLICIAMENTO .......................... p. 1768


OUTROS TIPOS DE COMUNICAÇÕES E SOLICITAÇÕES ... p. 1769
U 99.000 - OUTROS TIPOS DE COMUNICAÇÕES, DE ... p. 1769
Grupo W00.000 .............................................................................. p. 1769
SOLICITANTE NÃO ENCONTRADO ....................................... p. 1769
W 01.000 - SOLICITANTE NÃO ENCONTRADO ............... p. 1769
ENDEREÇO NÃO LOCALIZADO ............................................. p. 1771
W 02.000 - ENDEREÇO NÃO LOCALIZADO ..................... p. 1771
SOLICITANTE ENCONTRADO ............................................... p. 1772
W 03.000 - SOLICITANTE ENCONTRADO - PROVIDÊN . p. 1772
NADA CONSTATADO .............................................................. p. 1773
W 04.000 - NADA CONSTATADO ...................................... p. 1773
DUPLICATA DE SOLICITAÇÕES ............................................ p. 1774
W 05.000 - DUPLICATA ..................................................... p. 1774
TESTE ...................................................................................... p. 1775
W 06.000 - TESTE .............................................................. p. 1775
TROTE ..................................................................................... p. 1776
W 07.000 - TROTE ............................................................. p. 1776
CANCELADA POR INDISPONIBILIDADE DE MEIOS ............ p. 1777
W 08.000 - CANCELADA POR INDISPONIBILIDADE DE . p. 1777
CANCELADA POR ORDEM DO ÓRGÃO DE COORDENAÇ . p. 1777
W 11.000DISPENSADA PELO COMANDANTE DAS O ... p. 1778
W 10.000-DISPENSADA POR DUPLICIDADE DE EMPE . p. 1778
W 09.000 - CANCELADA POR ORDEM DO ÓRGÃO DE .. p. 1778
OUTROS TIPOS DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIV ... p. 1778
W 99.000 - OUTROS TIPOS DE PROCEDIMENTOS AD .. p. 1778
Grupo Y00.000 ............................................................................... p. 1778
OPERAÇÕES POLICIAIS COM PARADA OBRIGATÓRIA D . p. 1778
Y 01.001 - OPERAÇÕES POLICIAIS RELATIVO A TÁXI .. p. 1779
Y 01.002 - OPERAÇÕES POLICIAIS RELATIVO A ÔNIB . p. 1780
Y 01.003 - OPERAÇÕES POLICIAIS RELATIVO A MOT .. p. 1782
Y 01.999 - OPERAÇÕES POLICIAIS RELATIVO A OUT .. p. 1784
OPERAÇÕES POLICIAIS DE TRÂNSITO .............................. p. 1786
Y 04.012 - OPERAÇÃO LEI SECA ..................................... p. 1786
Y 04.001 - OPERAÇÃO CARGA PESADA ......................... p. 1786
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 04.002 - OPERAÇÃO ROTATIVO ................................... p. 1788


Y 04.003 - OPERAÇÃO CONTROLE DE VELOCIDADE ... p. 1790
Y 04.004 - OPERAÇÃO VARREDURA DE TRÂNSITO ..... p. 1792
Y 04.005 - OPERAÇÃO RESTRIÇÃO ALTURA E/OU LA .. p. 1794
Y 04.006 - OPERAÇÃO OXIGÊNIO ................................... p. 1795
Y 04.007 - OPERAÇÃO FÉRIAS / FERIADO ..................... p. 1797
Y 04.008 - OPERAÇÃO TRANSPORTE SEGURO ............ p. 1798
Y 04.009 - OPERAÇÃO TRÂNSITO SEGURO .................. p. 1800
Y 04.010 - OPERAÇÃO DE FISCALIZAÇÃO DE TAXI / ... p. 1802
Y 04.011 - OPERAÇÃO DE FISCALIZAÇÃO DE TRÂNSI . p. 1803
Y 04.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES POLICIAI . p. 1805
OPERAÇÕES DE POLICIAMENTO OSTENSIVO GERAL ..... p. 1805
Y 07.011 - OPERAÇÃO IMPACTO ..................................... p. 1805
Y 07.010 - OPERAÇÃO DIVISA SEGURA ......................... p. 1805
Y 07.001 - OPERAÇÃO DE BATIDA POLICIAL ................. p. 1805
Y 07.002 - OPERAÇÃO PRESENÇA ................................. p. 1807
Y 07.003 - OPERAÇÃO DE INCURSÃO EM ZONA QUE .. p. 1809
Y 07.004 - OPERAÇÃO DE CERCO / BLOQUEIO / INTE . p. 1810
Y 07.005 - OPERAÇÃO DE OCUPAÇÃO DE PONTOS ... p. 1811
Y 07.006 - OPERAÇÃO DE BUSCA / REVISTA EM EST .. p. 1813
Y 07.007 - OPERAÇÃO PROTEJA SEU BAIRRO ............. p. 1815
Y 07.008 - OPERAÇÃO DE BUSCA / VISTORIA ANTI-B .. p. 1817
Y 07.009 - OPERAÇÃO MINAS EM SEGURANÇA ............ p. 1817
Y 07.999 - OUTROS TIPOS DE POLICIAMENTO OSTE .. p. 1818
OPERAÇÕES DE ESCOLTAS ................................................. p. 1818
Y 08.001 - ESCOLTA DE PRESOS .................................... p. 1818
Y 08.002 - ESCOLTA DE AUTORIDADES ......................... p. 1820
Y 08.003 - ESCOLTA DE AGREMIAÇÕES / CLUBES ....... p. 1822
Y 08.004 - ESCOLTA DE CORTEJO FÚNEBRE ............... p. 1824
Y 08.005 - ESCOLTA DE TRANSPORTE DE BENS / VA .. p. 1825
Y 08.006 - ESCOLTA DE TRANSPORTE DE TORCEDO . p. 1827
Y 08.007 - ESCOLTA DE CARREATA ............................... p. 1828
Y 08.008 - ESCOLTA DE TRANSPORTE DE ARMAME ... p. 1831
Y 08.009 - ESCOLTA DE VÍTIMAS E TESTEMUNHAS A . p. 1832
Y 08.010 - ESCOLTA DE CARGA INDIVISÍVEL ................ p. 1834
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 08.099 - OUTROS TIPOS DE ESCOLTAS (DISCRIMI ... p. 1836


POLICIAMENTOS ESPECIAIS ................................................ p. 1836
Y 09.008 - PRONTIDÃO DE POLÍCIA MILITAR ................. p. 1836
Y 09.001 - POLICIAMENTO DE EVENTO ESPORTIVO .... p. 1837
Y 09.003 - POLICIAMENTO DE BAILE, FESTA, FEIRA ... p. 1839
Y 09.004 - POLICIAMENTO DE ELEIÇÃO / VOTAÇÃO .... p. 1841
Y 09.005 - POLICIAMENTO DE COMÍCIO ......................... p. 1843
Y 09.006 - POLICIAMENTO DE EVENTO RELIGIOSO ..... p. 1845
Y 09.007 - POLICIAMENTO DE MANIFESTAÇÃO GRE ... p. 1847
Y 09.999 - OUTROS TIPOS DE POLICIAMENTOS ESP ... p. 1851
OPERAÇÕES DE CUMPRIMENTO DE MANDADO E COB ... p. 1851
Y 10.001 - CUMPRIMENTO DE BUSCA E APREENSÃO . p. 1852
Y 10.002 - CUMPRIMENTO DE INTIMAÇÃO .................... p. 1854
Y 10.003 - CUMPRIMENTO DE PRISÃO ........................... p. 1855
Y 10.004 - CUMPRIMENTO DE REINTEGRAÇÃO DE P .. p. 1858
Y 10.007 - COBERTURA POLICIAL A FISCALIZAÇÃO F . p. 1861
Y 10.008 - COBERTURA POLICIAL A PREFEITURAS ..... p. 1864
Y 10.009 - COBERTURA POLICIAL A ÓRGÃOS POLICI .. p. 1866
Y 10.010 - REQUISIÇÃO DE FORÇA PELA AUTORIDA ... p. 1868
Y 10.999 - OUTROS TIPOS DE COBERTURA POLICIA ... p. 1872
OPERAÇÕES RELATIVAS À PESCA ..................................... p. 1872
Y 05.011 - OPERAÇÕES RELATIVO A PESCA EMBAR ... p. 1872
Y 05.012 - OPERAÇÕES RELATIVO A PESCA EMBAR ... p. 1873
Y 05.013 - OPERAÇÕES RELATIVO A PESCA DESEM ... p. 1875
Y 05.014 - OPERAÇÕES RELATIVO A PESCA DESEM ... p. 1877
Y 05.015 - OPERAÇÕES RELATIVO AO COMÉRCIO D .. p. 1878
Y 05.016 - OPERAÇÕES RELATIVO AO COMÉRCIO D .. p. 1880
Y 05.017 - OPERAÇÕES RELATIVAS A AQÜICULTUR ... p. 1881
Y 05.018 - APOIO A OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES .. p. 1882
Y 05.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES RELATIV .. p. 1884
OPERAÇÕES RELATIVAS À FAUNA ..................................... p. 1884
Y 11.001 - FISCALIZAÇÃO DO TRÁFICO DE ANIMAIS ... p. 1884
Y 11.002 - FISCALIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE ANI .... p. 1886
Y 11.003 - FISCALIZAÇÃO DO COMÉRCIO DE ANIMAI .. p. 1887
Y 11.004 - FISCALIZAÇÃO DE CRIADOR AMADORIST ... p. 1888
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 11.005 - FISCALIZAÇÃO DA POSSE ILEGAL DE ANI ... p. 1890


Y 11.006 - FISCALIZAÇÃO DE MAUS TRATOS A ANIM .. p. 1891
Y 11.007 - FISCALIZAÇÃO DE CRIADOR COMERCIAL .. p. 1893
Y 11.008 - OPERAÇÕES RELATIVO AO COMBATE A C . p. 1894
Y 11.009 - OPERAÇÕES RELATIVO À PROTEÇÃO AO .. p. 1896
Y 11.010 - FISCALIZAÇÃO DO COMÉRCIO ILEGAL DE .. p. 1897
Y 11.011 - OPERAÇÕES EM APOIO A OUTROS ÓRGÃ .. p. 1899
Y 11.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES RELATIV .. p. 1900
OPERAÇÕES RELATIVAS À FLORA ...................................... p. 1900
Y 12.001 - FISCALIZAÇÃO DE LOCAIS DE DESMATE .... p. 1900
Y 12.002 - FISCALIZAÇÃO DE PROCESSOS DE DESM . p. 1902
Y 12.003 - FISCALIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE CAR .. p. 1904
Y 12.004 - FISCALIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE LEN ... p. 1905
Y 12.005 - FISCALIZAÇÃO DO TRANSPORTE ILEGAL .. p. 1907
Y 12.006 - FISCALIZAÇÃO DO CONSUMO E ARMAZE ... p. 1908
Y 12.007 - FISCALIZAÇÃO DO CONSUMO E ARMAZE ... p. 1910
Y 12.008 - FISCALIZAÇÃO DO ARMAZENAMENTO E C . p. 1911
Y 12.009 - FISCALIZAÇÃO DO CONSUMO, ARMAZEN ... p. 1913
Y 12.010 - FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA CONTRA QU .. p. 1915
Y 12.011 - FISCALIZAÇÃO DO CORTE OU DANO DE P . p. 1916
Y 12.012 - FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA EM UNIDADE . p. 1918
Y 12.013 - FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA NA ZONA RU .. p. 1919
Y 12.014 - APOIO A OUTROS ÓRGÃOS ........................... p. 1921
Y 12.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES RELATIV .. p. 1922
OPERAÇÕES RELATIVAS AOS RECURSOS HÍDRICOS ..... p. 1923
Y 13.001 - CAPTAÇÕES DE ÁGUA ................................... p. 1923
Y 13.002 - FISCALIZAÇÃO DE IRRIGAÇÃO ..................... p. 1924
Y 13.003 - FISCALIZAÇÃO DE DESVIOS DE CURSO D’ . p. 1926
Y 13.004 - FISCALIZAÇÃO DE REPRESAMENTO DE C .. p. 1927
Y 13.005 - FISCALIZAÇÃO DE OUTORGA ....................... p. 1929
Y 13.006 - FISCALIZAÇÃO DE POLUIÇÃO DE RECUR ... p. 1931
Y 13.007 - APOIO A OUTROS ÓRGÃOS EM OPERAÇÕ . p. 1932
Y 13.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES RELATIV .. p. 1934
OPERAÇÕES RELATIVAS AO MEIO AMBIENTE .................. p. 1934
Y 14.001 - FISCALIZAÇÃO DE GARIMPO DE METAIS ... p. 1934
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 14.002 - FISCALIZAÇÃO DA EXTRAÇÃO DE MINÉRI .. p. 1936


Y 14.003 - FISCALIZAÇÃO DA EXTRAÇÃO DE AREIA, .. p. 1937
Y 14.004 - FISCALIZAÇÃO DE ATIVIDADE MINERÁRIA .. p. 1939
Y 14.005 - FISCALIZAÇÃO DE INDÚSTRIA METALÚRG . p. 1941
Y 14.006 - FISCALIZAÇÃO DE TRANSPORTE DE PRO .. p. 1942
Y 14.007 - FISCALIZAÇÃO DE INDÚSTRIA QUÍMICA ...... p. 1944
Y 14.008 - FISCALIZAÇÃO DE INDÚSTRIA ALIMENTÍCI . p. 1945
Y 14.009 - FISCALIZAÇÃO DE DISPOSIÇÃO DE RESÍD . p. 1947
Y 14.010 - FISCALIZAÇÃO DE ATIVIDADE DE INFRA-E . p. 1948
Y 14.011 - FISCALIZAÇÃO DE POSTO DE COMBUSTÍ ... p. 1950
Y 14.012 - FISCALIZAÇÃO DE SERVIÇO E COMÉRCIO . p. 1951
Y 14.013 - FISCALIZAÇÃO DE ATIVIDADE AGROSSIL ... p. 1953
Y 14.014 - FISCALIZAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO AMBIE ... p. 1954
Y 14.015 - FISCALIZAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL ..... p. 1956
Y 14.016 - APOIO A OUTROS ÓRGÃOS EM OPERAÇÕ . p. 1958
Y 14.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES RELATIV .. p. 1959
OPERAÇÕES DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR .......... p. 1959
Y 30.000 - OPERAÇÕES DO CORPO DE BOMBEIROS . p. 1959
Y 30.001 - OPERAÇÃO SIMULADA COM EMPRESAS .... p. 1960
Y 30.002 - OPERAÇÃO SIMULADA DO CBMMG .............. p. 1960
Y 30.003 - OPERAÇÃO ALERTA VERMELHO .................. p. 1960
Y 30.004 - OPERAÇÃO PREVENTIVA PARA REDUÇÃ ... p. 1960
Y 30.005 - PONTO-BASE DE BOMBEIRO MILITAR ......... p. 1960
Y 30.006 - APOIO A ÓRGÃOS ESTADUAIS ...................... p. 1962
Y 30.007 - APOIO A ÓRGÃOS MUNICIPAIS ..................... p. 1962
Y 30.008 - APOIO A EMPRESAS / INSTITUIÇÕES PRIV . p. 1963
Y 30.009 - PREVENÇÃO EM EVENTO ESPORTIVO ........ p. 1963
Y 30.010 - PREVENÇÃO EM EVENTO RELIGIOSO ......... p. 1963
Y 30.011 - PREVENÇÃO EM ELEIÇÕES / VOTAÇÕES .... p. 1964
Y 30.012 - PREVENÇÃO EM FESTA POPULAR ............... p. 1964
Y 30.013 - PREVENÇÃO EM SHOW ARTÍSTICO ............. p. 1965
Y 30.999 - OUTRAS OPERAÇÕES DO CORPO DE BO ... p. 1965
OPERAÇÕES AÉREAS ........................................................... p. 1965
Y 40.032 - LEVANTAMENTO AÉREO DE ÁREAS DESM . p. 1965
Y 40.034 - TRANSPORTE AÉREO INTER-HOSPITALA ... p. 1965
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 40.033 - TRANSPORTE AÉREO DE ÓRGÃOS E/OU ... p. 1965


Y 40.001 - RÁDIOPATRULHAMENTO AÉREO ................. p. 1966
Y 40.002 - TRANSPORTE AÉREO DE EFETIVO / TROP . p. 1967
Y 40.003 - OPERAÇÃO AÉREA EM EVENTOS PÚBLIC .. p. 1967
Y 40.004 - OPERAÇÃO AÉREA POLICIAL URBANA ........ p. 1967
Y 40.005 - OPERAÇÃO AÉREA POLICIAL RURAL ........... p. 1969
Y 40.006 - VÔO DE MANUTENÇÃO .................................. p. 1970
Y 40.007 - TRANSLADO AÉREO DE AUTORIDADE ........ p. 1971
Y 40.008 - APOIO AÉREO A ÓRGÃOS FEDERAIS .......... p. 1971
Y 40.009 - APOIO AÉREO A ÓRGÃOS ESTADUAIS ........ p. 1971
Y 40.010 - APOIO AÉREO A ÓRGÃOS MUNICIPAIS ....... p. 1971
Y 40.011 - APOIO AÉREO A EMPRESAS / INSTITUIÇÕ .. p. 1971
Y 40.012 - OPERAÇÃO AÉREA PARA RECONHECIME .. p. 1972
Y 40.013 - RESGATE AEROMÉDICO ................................ p. 1972
Y 40.014 - EVACUAÇÃO AEROMÉDICA ........................... p. 1972
Y 40.015 - TRANSPORTE AEROMÉDICO ........................ p. 1972
Y 40.016 - OPERAÇÃO AÉREA PARA SALVAMENTO D . p. 1972
Y 40.017 - OPERAÇÃO AÉREA PARA SALVAMENTO A . p. 1972
Y 40.018 - OPERAÇÃO AÉREA PARA VISITA OU INSP .. p. 1972
Y 40.019 - OPERAÇÃO AÉREA PARA COMBATE A IN ... p. 1973
Y 40.020 - OPERAÇÃO AÉREA PARA COMBATE A IN ... p. 1973
Y 40.021 - MONITORAMENTO AÉREO DE CORREDO ... p. 1973
Y 40.022 - MONITORAMENTO AÉREO DO TRÂNSITO .. p. 1974
Y 40.023 - MONITORAMENTO AÉREO DO TRÂNSITO .. p. 1976
Y 40.024 - MONITORAMENTO AÉREO DO TRÂNSITO .. p. 1977
Y 40.025 - MONITORAMENTO AÉREO EM ENCHENTE . p. 1978
Y 40.026 - MONITORAMENTO AÉREO EM DESMORO ... p. 1978
Y 40.027 - MONITORAMENTO AÉREO EM ACIDENTE ... p. 1978
Y 40.028 - MONITORAMENTO AÉREO DE MANANCIAI .. p. 1979
Y 40.029 - MONITORAMENTO AÉREO DE RESERVAS . p. 1979
Y 40.030 - MONITORAMENTO AÉREO DE BACIAS HID . p. 1980
Y 40.031 -LEVANTAMENTO AÉREO DE FOCOS DE IN .. p. 1981
Y 40.999 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES AÉREAS . p. 1981
OPERAÇÕES DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO ...... p. 1981
Y 02.001 - OPERAÇÃO FRONTEIRA ................................ p. 1981
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 02.002 - OPERAÇÃO ANTIDROGAS ............................. p. 1983


Y 02.003 - OPERAÇÃO DESMANCHE .............................. p. 1985
Y 02.004 - OPERAÇÃO DE COMBATE AOS JOGOS DE . p. 1988
Y 02.005 - OPERAÇÃO DE COMBATE AO CONTRABA .. p. 1991
Y 02.006 - OPERAÇÃO EM AEROPORTOS / AERODR ... p. 1994
Y 02.007 - OPERAÇÃO DE COMBATE AO FURTO / RO . p. 1996
Y 02.999 - OUTRAS OPERAÇÕES DE COMBATE AO C . p. 1999
OPERAÇÃO DE POLICIAMENTO VELADO ........................... p. 1999
Y 03.000 - OPERAÇÃO DE POLICIAMENTO VELADO .... p. 1999
AÇÕES E OPERAÇÕES DE PREVENÇÃO ATIVA ................. p. 2000
Y 15.070 - CICLOPATRULHA / POLICIAMENTO DE BIC . p. 2000
Y 15.060 - OPERAÇÃO DA BASE COMUNITÁRIA MÓV .. p. 2000
Y 15.050 - OPERAÇÃO DA BASE COMUNITÁRIA ........... p. 2001
Y 15.001 - PATRULHA ESCOLAR / PATRULHA DE PR ... p. 2001
Y 15.010 - AÇÃO/OPERAÇÃO EM ZONA RURAL ............ p. 2002
Y 15.020 - AÇÃO/OPERAÇÃO EM ÁREA DE RISCO ....... p. 2004
Y 15.030 - AÇÃO/OPERAÇÃO EM ÁREA URBANA .......... p. 2005
Y 15.040 - AÇÃO/OPERAÇÃO ORIENTADA AO TURIS ... p. 2007
Y 15.099 - OUTROS TIPOS DE AÇÕES / OPERAÇÕES . p. 2008
AÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS ................................................. p. 2010
Y 50.996 - OUTROS TIPOS DE AÇÕES TÁTICAS ESPE . p. 2010
Y 50.007 - OPERAÇÃO DE CONTRATERRORISMO ........ p. 2010
Y 50.006 - OPERAÇÃO DE INTERVENÇÃO EM ENFRE .. p. 2010
Y 50.005 - GESTÃO DE INCIDENTES COM CIDADÃO ... p. 2011
Y 50.004 - GESTÃO DE INCIDENTE TENTATIVA DE A ... p. 2012
Y 50.003 - GESTÃO DE INCIDENTE COM REFÉM (DE ... p. 2012
Y 50.002 - GESTÃO DE INCIDENTES CRÍTICOS COM .. p. 2013
Y 50.001 - GESTÃO DE INCIDENTE ENVOLVENDO CI ... p. 2014
OPERAÇÕES ANTIBOMBAS .................................................. p. 2014
Y 50.997 - OUTROS TIPOS DE OPERAÇÕES ANTIBO ... p. 2014
Y 50.029 - OPERAÇÃO DE INTERVENÇÃO EM INCIDE .. p. 2014
Y 50.028 - OPERAÇÃO IED (ARTEFATO EXPLOSIVO I .. p. 2015
Y 50.027 - OPERAÇÃO EOD (ARTEFATO EXPLOSIVO . p. 2016
Y 50.026 - OPERAÇÃO DE ELIMINAÇÃO DE EXPLOSI ... p. 2016
Y 50.025 - OPERAÇÃO COM OBJETO SUSPEITO DE ... p. 2017
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

Y 50.024 - OPERAÇÃO COM ENCONTRO DE EXPLOS .. p. 2017


Y 50.023 - OPERAÇÃO DE BUSCA ANTIBOMBAS .......... p. 2018
Y 50.022 - OPERAÇÃO DE GESTÃO DE AMEAÇA DE ... p. 2018
Y 50.021 OPERAÇÃO DE VISTORIA ANTIBOMBAS ........ p. 2019
OPERAÇÕES EM MANACIAIS E ÁREAS DE FLORESTAS ... p. 2020
Y 50.041 - OPERAÇÃO DE BUSCA DE INFRATORES H . p. 2020
Grupo X00.000 ............................................................................... p. 2020
OUTROS TIPOS DE AÇÕES DE COORDENAÇÃO E CON ... p. 2020
X 99.000 - OUTRAS AÇÕES COORDENAÇÃO CONTR ... p. 2020
EMPENHO DE VIATURA NO SERVIÇO DE INVESTIGAÇÃ .. p. 2021
X 07.000 - EMPENHO DE VIATURA NO SERVIÇO DE I .. p. 2021
EMPENHO DE VIATURA NO SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA . p. 2021
X 06.000 - EMPENHO DE VIATURA NO SERVIÇO DE I .. p. 2021
COORDENADOR DAS ATIVIDADES DE BOMBEIROS MILI . p. 2021
X 05.000 - COORDENADOR DAS ATIVIDADES DE BO ... p. 2021
COORDENADOR DO POLICIAMENTO OSTENSIVO DA U ... p. 2022
X 04.000 - COORDENADOR DO POLICIAMENTO OST ... p. 2022
EMPENHO ADMINISTRATIVO ................................................ p. 2022
X 03.000 - EMPENHO ADMINISTRATIVO ......................... p. 2022
FISCALIZAÇÃO ........................................................................ p. 2022
X 02.000 - FISCALIZAÇÃO ................................................. p. 2022
SUPERVISÃO .......................................................................... p. 2023
X 01.000 - SUPERVISÃO ................................................... p. 2023
X 08.000 - ACOMPANHAMENTO DE BOMBEIRO MILITAR/ . p. 2024
IV - Tipicas Prisional e Socioeducativa ............................................... p. 2024
Grupo B00.000 ............................................................................... p. 2024
INFRAÇÕES CONTRA A PESSOA ......................................... p. 2024
LESÃO CORPORAL ........................................................... p. 2024
AMEAÇA ............................................................................. p. 2025
Grupo C00.000 .............................................................................. p. 2026
Grupo E00.000 ............................................................................... p. 2026
Grupo I00.000 ................................................................................ p. 2027
Grupo G00.000 .............................................................................. p. 2027
V - Protocolos Integrados .................................................................... p. 2027
2 - Classificação e Codificação de Ocorrências ....................................... p. 2035
RESERVADO - Gerado em 10:42 07/05/2018

2.1 - Princípios Gerais ......................................................................... p. 2035


2.1.1 - SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO E CODIFICAÇÃO DE O . p. 2035
2.1.2 - QUANTO À LEGISLAÇÃO VIGENTE ................................ p. 2035
2.1.3 - DISTRIBUIÇÃO POR CATEGORIAS E GRUPOS ............. p. 2035
2.1.4 - IDENTIFICAÇÃO DO EMBASAMENTO LEGAL NA COD . p. 2036
S 04.100 - OPERAÇÕES DE BUSCA COM CÃES .................................. p. 2039
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Apresentação

Em 2005, por ordem do Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Minas Gerais, um grupo de policiais
civis, militares e bombeiros militares reuniram-se com a missão de elaborar a Diretriz Integrada de Ações e
Operações do Sistema de Defesa Social de Minas Gerais – DIAO.

Eram os primeiros passos rumo à integração profissional das forças de Segurança Pública do Estado, meta
do governo AÉCIO NEVES para o campo da Defesa Social. Sem medir ou poupar esforços, integrantes das
mencionadas corporações revezaram-se, diuturnamente, com os mais aprofundados estudos sobre as
figuras típicas previstas nos códigos e leis especiais. Foram mais de mil e quinhentas naturezas penais e
administrativas, às quais foram previstos procedimentos e comportamentos, detalhando cada situação, além
dos conceitos básicos que compõem a estrutura dos trabalhos policiais no dia-a-dia.

Diversas e variadas reuniões, inclusive com acionamento de outras instituições federais e estaduais,
acabaram por lapidar o trabalho aqui apresentado.

Sem prejuízo de suas funções normais nos diversos Órgãos nos quais são lotados, Oficiais e Praças da
Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar e Delegados da Polícia Civil, deram o máximo de si na
elaboração, aprimoramento e conclusão deste trabalho.

A DIAO está longe de ser perfeita. Certo é que, ao longo do tempo, terá que ser modificada, aperfeiçoada,
até porque conceitos são mudados, artigos de lei são alterados ou suprimidos, mudanças estas que,
indubitavelmente, irão interferir nos procedimentos ora previstos. Para esta atualização haverá uma
Comissão Permanente, com representantes de cada instituição envolvida, que receberá as considerações e
propostas para correção e adequação do texto.

Mas outra certeza concretiza-se às claras: a DIAO nasceu da vontade política de alterar velhos costumes,
que já não mais poderiam cobrir a crescente demanda de combate ao crime e o clamor de solução para a
Segurança Pública do Estado. Aliado à abnegação, desprendimento e dedicação de vários servidores que,
despidos da vaidade nominal, se entregaram à confecção destes procedimentos, está o amor à profissão e
às corporações nas quais servem e, principalmente, à coisa pública que é, em síntese, o objetivo final nas
incontáveis horas destinadas ao bem da sociedade.

A integração dos procedimentos operacionais, insertos nesta Diretriz, promoverá, ainda, conquistas para a
população mineira à medida que os Eventos de Defesa Social não sofrerão solução de continuidade, sendo
acompanhados em todas as fases, pelas instituições supracitadas.

Outrossim, o detalhamento das atribuições de cada Corporação, em fase das naturezas previstas na
presente DIAO, fortalecerá o Sistema de Defesa Social do Estado, haja vista a maior capacitação dos
servidores que, associada à tecnologia, agilizará e qualificará a prestação dos serviços sempre que forem
demandados.

1
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Há de se ressaltar que os procedimentos operacionais, elencados para cada instituição, são os


considerados essenciais para a segurança dos policiais e bombeiros militares, sendo pioneiros no campo da
segurança pública e excelente instrumento para a interação dos profissionais que se prestarão,
rotineiramente, das orientações no exercício regular de suas atividades.

Por fim, a Secretaria de Estado de Defesa Social, através da Superintendência de Integração do Sistema de
Defesa Social, exerceu papel fundamental na Coordenação das atividades levadas a efeito ao longo do
período infracitado, acompanhando o desenvolvimento dos trabalhos, catalisando esforços para a conclusão
da presente Diretriz e preservando a coesão e harmonia da Comissão designada.

2
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

1 - Aspectos Gerais

1.1 - Finalidade

A Diretriz Integrada de Ações e Operações do Sistema de Defesa Social tem por finalidade estabelecer a
padronização da metodologia de trabalho e o emprego da ação operacional integrada entre as Polícias
Estaduais, Corpo de Bombeiros Militar, Sistema Prisional ou Subssecretaria de Administração Prisional e
Sistema Sócioeducativo ou Subsecretaria de Atendimento às Medidas Sócioeducativas, visando aumentar a
capacidade de resposta, com a otimização e o ordenamento de estratégias prévias que envolvam as
mencionadas instituições, além de disciplinar e harmonizar o emprego dos recursos disponíveis.

1.2 - Conceitos

1.2.1 - CRIME
Crime é todo ato humano, antijurídico, típico, culpável e punível, em sua grande maioria.

1.2.2 - CRIME HEDIONDO

É aquele previsto na lei 8.072, de 25jul90, alteradas pelas leis nº. 8.930/94 e nº. 9.677/98, que se reveste de
elevado grau de violência, requintes de crueldade ou que, pela sua natureza, circunstâncias e/ou meios
empregados, causa grandes danos às pessoas e à sociedade como um todo.

São considerados hediondos os crimes tentados ou consumados de genocídio; latrocínio; extorsão;


epidemia e envenenamento de água potável ou de substância alimentícia ou medicinal, qualificados pela
morte; extorsão mediante seqüestro; estupro e atentado violento ao pudor, simples e nas formas
qualificadas.

1.2.3 - CRIME DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO


São aqueles em que a lei comina pena máxima, não superior a 02 (dois) anos.

1.2.4 - CONTRAVENÇÃO PENAL


É toda infração penal, prevista em lei própria, de poder ofensivo menor do que o crime. Assemelha-se ao
crime, embora com menor intensidade, em relação à culpabilidade e à punição.

1.2.5 - ATO INFRACIONAL

3
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Considera-se Ato Infracional a conduta descrita como crime ou contravenção penal, praticada por criança ou
adolescente, sujeito apenas às medidas de proteção, previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Ao se verificar a ocorrência do ato infracional, o adolescente receberá “voz de apreensão em flagrante”.


Quanto à criança, não há esse procedimento, devendo apenas ser encaminhada ao Órgão Competente.

1.2.6 - INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA


São aquelas previstas em leis próprias onde não há previsão de pena privativa de liberdade. Incluem-se, aqui,
as infrações disciplinares.

1.2.7 - INFRAÇÕES PENAIS AFIANÇÁVEIS


São aquelas em que a lei comina pena de detenção, prisão simples ou multa cuja fiança pode ser arbitrada pela
Autoridade Policial. Para as infrações cuja pena mínima vai até dois (2) anos de pena privativa de liberdade, a
fiança pode ser arbitrada também pelo Juiz, seja no caso de detenção ou reclusão.

1.2.8 - INFRAÇÕES PENAIS INAFIANÇÁVEIS


São aquelas apenadas com pena privativa de liberdade superior a dois (2) anos de reclusão.

1.2.9 - PRISÃO EM FLAGRANTE


Prisão em flagrante é a prisão efetuada em desfavor de quem está cometendo a infração penal; acaba de
cometê-la; é perseguido, logo após, pela autoridade, pelo ofendido ou por qualquer pessoa, em situação que
faça presumir ser ele o autor da infração, ou é encontrado, logo após, com instrumentos, armas, objetos ou
papéis que façam presumir ser ele o autor da infração.

Qualquer pessoa do povo poderá e a autoridade e seus agentes deverão prender quem quer que se
encontre em situação de flagrante delito. Nesse caso, deverá o autor receber “VOZ DE PRISÃO EM
FLAGRANTE”, exceto os menores de dezoito anos.

A voz de prisão em flagrante será dada em qualquer tipo de infração penal, independente do tipo de ação
prevista nos Códigos Penal e de Processo Penal.

Quando não houver prisão em flagrante, nos crimes que dependam de representação, a vítima deverá ser
orientada de que dispõe do prazo de 06 (seis) meses para oferecê-la.

1.2.10 - LOCAL DE INFRAÇÃO PENAL

É a designação genérica de todo local de ocorrência cujo fato gerador constitui infração penal. Portanto,
assim deve ser considerado desde o local de uma simples via de fato até o de um encontro de cadáver.

4
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

O local de infração penal é o ponto de encontro da polícia ostensiva e da polícia judiciária. A primeira,
atuando com o objetivo de preservar o local e eventualmente, prevenir a ruptura da ordem ou de
restabelecê-la; a segunda, a fim de assegurar a aplicabilidade da lei penal com relação àqueles que a
violarem, reprimindo-os.

1.2.11 - EMPREGO OPERACIONAL

É a disponibilização estratégica dos recursos humanos e logísticos da Polícia Militar, Polícia Civil ou do
Corpo de Bombeiros Militar no cumprimento de sua missão constitucional.

1.2.12 - EVENTO DE DEFESA SOCIAL

É todo fato policial, de trânsito urbano e rodoviário, de meio-ambiente, de bombeiros e outros afins, que
requer a intervenção dos Órgãos que compõem o sistema de Defesa Social do Estado, independentemente
da origem, forma de comunicação ou documento inicial. Incluem-se, aqui, as atividades desenvolvidas em
serviço.

1.2.13 - LIGAÇÃO

É a ligação telefônica direcionada para o Sistema de Atendimento de Emergência Policial ou de Bombeiros


Militar, por intermédio dos tridígitos de emergência (190, 193 ou 197), que exija ou não intervenção do
Estado.

1.2.14 - CHAMADA

É todo registro de solicitação ao Sistema de Atendimento de Emergência Policial e/ou de Bombeiros Militar,
que exija a intervenção do Estado, mediante deslocamento de recursos operacionais.

1.2.15 - OCORRÊNCIA

5
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

É todo fato que, de qualquer forma, afete ou possa afetar a ordem pública, exigindo a intervenção Policial
e/ou de Bombeiros Militar, de ofício, por solicitação de qualquer pessoa, ou em cumprimento a requisição de
autoridade competente para este ato, por meio de ações e/ou operações, compreendendo ocorrências
típicas e atípicas.

1.2.16 - ATIVIDADE

É a atuação ou participação Policial e/ou de Bombeiros Militar desencadeada, de ofício, solicitação e/ou em
cumprimento a determinação superior, para: prevenir a ocorrência de fatos que possam perturbar a ordem
pública, treinamento, investigação, controle, coordenação e procedimentos administrativos diversos, dentre
outras.

1.2.17 - REDS

Módulo informatizado, desenvolvido para permitir o lançamento dos registros de fatos policiais (da Polícia
Militar e da Polícia Civil), de trânsito urbano e rodoviário, de meio-ambiente, de Bombeiros e outros afins,
independentemente da origem, forma de comunicação ou documento inicial, a fim de constituir base de
dados única, formada pela totalidade dos Eventos de Defesa Social do Estado de Minas Gerais. Os registros
efetuados no módulo REDS receberão uma numeração seqüencial única e anual. O número do evento
constituir-se-á o identificador do fato que permitirá o seu acompanhamento desde o Atendimento da
Emergência Policial ou de Bombeiro, até a execução da pena, nos casos em que houver a condenação.

1.2.18 - FORMULÁRIOS DE REGISTRO DE EVENTOS DE DEFESA SOCIAL

Os Boletins e relatórios, especificados nesta Diretriz, serão registrados, levando-se em consideração o


endereço do Evento de Defesa Social, quando conhecido, independentemente do local de atendimento da
Guarnição/Equipe.

1.2.19 - MÓDULO DE ACEITE

Módulo do Sistema Integrado de Defesa Social - SIDS - destinado ao recebimento e despacho eletrônico de
todos os registros, inseridos no módulo REDS, por parte das Autoridades de Polícia Judiciária Estadual,
determinando os procedimentos subseqüentes ao registro do fato.

6
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

1.2.20 - MÓDULO PCNET - SISTEMA INTEGRADO DE DEFESA SOCIAL - SIDS

Destina-se à informatização de todos os procedimentos da Autoridade de Polícia Judiciária Estadual, a partir


dos registros, inseridos no módulo REDS.

1.2.21 - UNIDADE RESPONSÁVEL PELO REGISTRO


É a Unidade Policial Militar, Polícia Civil ou de Bombeiro Militar que receber a comunicação, o documento
de origem ou intervir em Evento de Defesa Social.

1.2.22 - VULNERAVEL

Pessoa menor de 14 (quatorze) anos e/ou alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o
necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra coisa, não pode oferecer
resistência.

1.3 - Procedimentos Operacionais

1.3.1 - GERAIS

1.3.1.1 - Prisão em flagrante de servidor público


No caso de prisão em flagrante delito de servidor público, a guarnição / equipe dará “voz de prisão” ao agente,
detendo-o, informando-lhe dos seus direitos e garantias constitucionais, adotando-se as seguintes
providências:

a) sendo funcionário público civil, apresentá-lo à Autoridade Policial, juntamente com as testemunhas
qualificadas;

b) sendo servidor público policial civil (Federal e Estadual), Militar (Forças Armada e Estadual), Policial
Rodoviário Federal, Agente de Segurança Penitenciário ou Agente Sócioeducativo, após a chegada no local
de seu superior hierárquico, será conduzido e apresentado à Autoridade Policial, juntamente com as
testemunhas qualificadas;

c) sendo Parlamentares das Casas Legislativa Federal e Estadual somente poderão receber “Voz de

7
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Prisão”, em flagrante, por crime inafiançável. Após a chegada no local de um representante das casas
retromencionadas, serão conduzidos e apresentados à Autoridade Policial, juntamente com as testemunhas
qualificadas;

d) sendo Defensor Público poderá receber “Voz de Prisão”, em flagrante, por crimes afiançáveis ou
inafiançáveis, e ser conduzido e apresentado à Autoridade Policial juntamente com as testemunhas
qualificadas, devendo ser feita à comunicação ao chefe do Órgão ao qual pertence;

e) sendo Autoridade Administrativa receberá “Voz de Prisão”, em flagrante, por crimes afiançáveis ou
inafiançáveis, sendo conduzida e apresentada à Autoridade Policial, juntamente com as testemunhas
qualificadas, caso em que será feita a comunicação ao chefe do Órgão ao qual pertence;

f) havendo prisão em flagrante delito de autor de infração penal por policial, bombeiro militar, agente de
segurança penitenciário ou agente sócioeducativo,, de folga, ou, por qualquer um do povo, a Guarnição /
Equipe que for empenhada na ocorrência poderá ser a condutora do flagrante, figurando àquela como
testemunha ou vítima, conforme o caso.

1.3.1.2 Autoridade Judiciária ou Membro do MP


SENDO AUTORIDADE JUDICIÁRIA OU MEMBRO DO MINISTÉRIO PÚBLICO ADOTAR OS SEGUINTES
PROCEDIMENTOS

1.3.1.2.1 - Crime Afiançável


Crime afiançável/infrações penais de menor potencial ofensivo/infrações administrativas de trânsito praticados
por RMP:

a) o Membro do Ministério Público (RMP) não poderá ser preso em flagrante delito, detido ou algemado,
nem conduzido à Delegacia de Polícia Civil, a Juizados Especiais Criminais ou a quaisquer unidades
policiais. O RMP será liberado no local do fato;

b) o Policial ou Bombeiros Militar, ao detectar que a ocorrência tem envolvimento de RMP, deverá contatar,
imediatamente, o Comando da Corporação, via canais de comunicação institucionais, para acionamento
imediato do Plantão Permanente da Procuradoria-Geral de Justiça, a fim de que o mesmo possa atuar
desde o início da ocorrência, colaborando para seu desenrolar regular, sem conflitos ou atritos institucionais;

c) o Policial ou Bombeiros Militar registrará a Ocorrência/Fato Policial, normalmente, constando à


qualificação de todos os envolvidos, endereçando-a ao Procurador-Geral de Justiça;

d) as atuações de infração de trânsito, porventura lavradas, serão encaminhadas ao Órgão de trânsito


responsável pelos procedimentos subseqüentes.

1.3.1.2.2 - Crime Inafiançável


Crime inafiançável praticado por Membro do Ministério Público:

8
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) tratando-se de flagrante delito de crime inafiançável, poderá o Policial ou Bombeiro Militar dar “Voz de
prisão” ao RMP. A autoridade responsável por lavrar o Auto de Prisão, em Flagrante Delito, é o Delegado de
Polícia, a quem o RMP preso deverá ser apresentado. O Procurador-Geral de Justiça ou seu representante
deverá ser acionado e a quem deverá ser entregue os autos, mediante recibo, devendo ser feita à devida
comunicação ao Poder Judiciário, da prisão e onde se encontra recolhido o Membro do Ministério Público;

A.1) Lei complementar nº. 75, de 20Mai93, confere aos Promotores de Justiça idênticas prerrogativas dos
magistrados quanto à prisão e porte de arma.

b) o Policial ou Bombeiros Militar, ao detectar que a ocorrência tem envolvimento de RMP, deverá contatar,
imediatamente, o Comando da Corporação, via canais de comunicação institucionais, para acionamento
imediato do Plantão Permanente da Procuradoria-Geral de Justiça, a fim de que o mesmo possa atuar
desde o início da ocorrência, colaborando para seu desenrolar regular, sem conflitos ou atritos institucionais;

c) aplicam-se aos Membros do Ministério Público Federal os mesmos procedimentos previstos para os
Membros do Ministério Público Estadual.

1.3.1.2.3 - Magistrados
a) Aplicam-se aos magistrados, basicamente, as mesmas regras já expostas para os membros do Ministério
Público Federal e Estadual, com algumas adequações. Os magistrados, também, somente poderão ser presos
no caso de flagrante de crime inafiançável;

a.1) O art. 33, II - Lei Complementar nº. 35, de 14 Março 1979 (Lei Orgânica da Magistratura Nacional),
dispõe o seguinte:

“São prerrogativas do magistrado: "não ser preso senão por ordem escrita do Tribunal ou do órgão especial
competente para o julgamento, salvo em flagrante de crime inafiançável, caso em que a autoridade fará
imediata comunicação e apresentação do magistrado ao Presidente do Tribunal a que esteja vinculado"“.

b) na hipótese de Juiz de Direito, Juiz do Trabalho, Juiz do Tribunal de Justiça Militar Estadual ou Federal ou
Desembargador do Tribunal de Justiça dos Estados ou dos Tribunais Regionais Federais, o Boletim de
Ocorrência será endereçado aos respectivos Presidentes, a quem, no caso de prisão, também será
apresentado o Magistrado, para as providências cabíveis. Em caso de prisão de Desembargador ou Juiz
Estadual que atue em outro Estado, deverá o mesmo ser apresentado ao Presidente do Tribunal de Justiça
de Minas Gerais. Em caso de prisão de Desembargador, Juiz Federal ou do Trabalho, será apresentado ao
Presidente da Seção Judiciária Federal do local onde ocorreu o fato.

1.3.1.3 - Comunicação

A COMUNICAÇÃO MENCIONADA NESTE ITEM SE DARÁ DA SEGUINTE FORMA:

a) Na Capital e RMBH: comunicação imediata ao Centro Integrado de Atendimento e Despacho – CIAD, que
acionará o representante do Órgão no qual pertence o envolvido;

b) No Interior: comunicação imediata ao Centro de Operações, SOU, SOF ou correspondente na Polícia Civil

9
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

mais próximo, que acionará o representante do Órgão no qual pertence o envolvido.

1.3.1.4 Imunidades

1.3.1.4.1- Imunidade Diplomática

A Convenção de Viena reconhece a inviolabilidade absoluta do Diplomata em seu Art. 29, do seguinte teor:

"A pessoa do agente Diplomata é inviolável. Não poderá ser objeto de nenhuma forma de detenção ou
prisão. O Estado acreditado tratá-lo-á com o devido respeito e adotará as medidas adequadas para impedir
qualquer ofensa à sua pessoa, liberdade ou dignidade”.

O agente Diplomático deve gozar de proteção especial no Estado que o recebe: sua pessoa, sua residência
oficial e particular, seus carros, seus papéis, devem ser invioláveis. O Governo, junto ao qual esteja
acreditado, deve abster-se de qualquer ato ofensivo ou violento, a seu respeito, punindo os particulares que
pratiquem contra ele qualquer ato dessa natureza.

Não se aplicam apenas aos Chefes de Missão, mas também ao Pessoal Oficial da mesma, bem como aos
membros de suas famílias que residam sob o mesmo teto, e também ao pessoal não Oficial, contanto que
não pertençam à nacionalidade do Estado onde a missão se acha acreditada ou nele tenha residência
permanente (art. 37 - "Convenção de Viena").

1.3.1.4.2 - Imunidade Parlamentar

As Imunidades Parlamentares concretizam-se, principalmente, na inviolabilidade da pessoa. O art. 53 § 1º


da CF/88, estabelece o seguinte:

"Desde a expedição do diploma, os membros do Congresso Nacional não poderão ser presos, salvo em
flagrante de crime inafiançável, nem processados criminalmente, sem prévia licença de sua casa".

O art. 56, § 1º da Constituição Estadual, confere aos Deputados Estaduais, idênticas imunidades e
prerrogativas atribuídas aos Deputados Federais e Senadores, pela Constituição da República.

Com referência aos Vereadores a CF/88 em seu art. 29, VI, estabelece apenas que os mesmos são
invioláveis por suas opiniões, palavras e votos no exercício do mandato e na circunscrição do município.

1.3.1.4.3 - Conduta operacional envolvendo Cônsul

10
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

O Cônsul, os funcionários e os empregados consulares gozam de imunidade para todos os atos praticados
no exercício de suas funções, não podendo ser presos em flagrante para tais atos, independentemente de
estarem dentro ou fora do consulado.

As situações estão previstas no Decreto Federal no 61.078/67

1.3.1.4.4 - Conduta operacional envolvendo Embaixador


Quando houver ocorrência de fato típico envolvendo embaixador e/ou pessoas a ele vinculadas (corpo
diplomático ou familiares não brasileiros), com ou sem veículo, será acionada a autoridade policial no local
ou, se houver, autoridade policial federal mais próxima que comparecerá imediatamente.

No caso de fiscalização de trânsito, os procedimentos serão os mesmos para o cidadão comum. Caso o
embaixador não preste colaboração com a fiscalização, as autoridades policiais citadas, anteriormente,
serão acionadas.

As situações estão previstas no decreto federal no 56.435/65.

1.3.1.5 - PERÍODO ELEITORAL


Durante as eleições para Presidente, Governador, Prefeito, Senador, Deputado e Vereador, os fatos
relacionados à votação e apuração dos votos serão comunicados, imediatamente, ao Juiz Eleitoral, ao Juiz de
Propaganda Eleitoral ou ao Juiz designado para apuração, conforme o caso.

1.3.1.6 - Além dos procedimentos previstos na presente Diretriz, os policiais e bombeiros militares no
desempenho de suas funções, observarão outras normas, inclusive às de caráter administrativas.

1.3.1.7 - Os policiais e bombeiros militares no cumprimento desta Diretriz deverão observar também os
procedimentos do Centro SOU / SOF naquilo que couber.

1.3.1.8 - Os procedimentos previstos em cada natureza desta Diretriz não estarão necessariamente na
seqüência das providências a serem observadas pelos policias e bombeiros militares.

1.3.1.9. - Nenhuma autoridade poderá, desde 05 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois
do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de

11
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

1.3.1.9.1. Os membros das mesas receptoras e os fiscais de partido, durante o exercício de suas funções,
não poderão ser detidos ou presos, salvo o caso de flagrante delito; da mesma garantia gozarão os
candidatos desde 15 (quinze) dias antes da eleição.

1.3.1.9.2 Ocorrendo qualquer prisão o preso será imediatamente conduzido à presença do juiz competente
que, se verificar a ilegalidade da detenção, a relaxará e promoverá a responsabilidade do co-ator.

1.3.2 - RELATIVOS À CRIANÇA/ADOLESCENTE ENVOLVIDOS

1.3.2.1 - NA CONDIÇÃO DE AGENTE


a) Dar “Voz de Apreensão” ao adolescente na condição de agente, detendo-o, informando-lhe dos seus direitos
e garantias constitucionais, apresentando-o à Autoridade Policial, juntamente com as testemunhas
qualificadas;

b) Localizar o representante legal do adolescente, quando possível, e se não importar em atraso à diligência,
conduzindo-o até a presença da Autoridade Policial;

c) A criança na condição de agente, não receberá “Voz de Apreensão”, devendo ser de imediato
encaminhada ao Conselho Tutelar, Ministério Público ou Poder Judiciário, redigindo o documento próprio,
colhendo a assinatura pelo recebimento e encerrando a ocorrência com os demais envolvidos. Não sendo
possível a localização de representante dos Órgãos citados, anteriormente, encaminhar a criança para a
Delegacia de Polícia, se houve violência na conduta praticada;

d) Havendo dúvida quanto à verdadeira idade do envolvido, a guarnição / equipe conduzirá a criança ou
adolescente até a Autoridade Policial que requisitará, de imediato, o exame de verificação de idade.

1.3.2.2 - NA CONDIÇÃO DE VÍTIMA

a) O adolescente terá o tratamento normal dado a qualquer vítima;

b) A criança será conduzida à presença da Autoridade Policial e submetida aos exames necessários, se for
o caso, sendo entregue aos pais ou responsáveis, se houver;

c) Na impossibilidade de localização dos pais ou responsáveis, ou na falta dos mesmos, a criança, após os
exames necessários, se for o caso, será encaminhada ao Conselho Tutelar, RMP ou Juiz;

12
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) No caso dos pais, responsáveis ou quaisquer outras pessoas com as quais a criança coabita forem os
agentes de fato típico contra ela, a mesma será encaminhada ao Conselho Tutelar, RMP ou Juiz.

1.3.3 - REGISTRO DE EVENTO DE DEFESA SOCIAL

1.3.3.1 - No Sistema REDS (ou WEB)

Todo Evento de Defesa Social será lançado no sistema de Registro de Eventos de Defesa Social – REDS.

1.3.3.2 - Registro da Ocorrência / Fato Policial


a) Toda ocorrência / Fato Policial será registrada no REDS daqueles municípios que tiverem o sistema
implantado, salvo motivo de ordem técnica, situação que será constada no histórico do Boletim de Ocorrência
/ Fato Policial;

b) Na exceção mencionada no parágrafo anterior, a Autoridade de Polícia Judiciária Estadual destinatária


receberá o Boletim de Ocorrência, responsabilizando-se pela sua inserção no REDS, tão logo cesse o
motivo que impediu seu lançamento;

c) Os registros manuais deverão ser inseridos, obrigatoriamente, pela Unidade, tão logo se encerre o motivo
que impediu a digitação no momento do atendimento do fato.

1.3.3.3 - Ocorrência Fora do Sistema REDS


a) As ocorrências serão registradas manualmente e entregues de imediato, excetuando-se àquelas em que não
tenham necessidade de comunicação escrita do fato, imediatamente, à autoridade competente, podendo a
entrega ser feita posteriormente;

b) A entrega de ocorrência será realizada no primeiro dia útil subseqüente, desde que o fato não configure
crime grave ou nos casos que tiverem:

b.1) pessoas conduzidas e / ou custodiadas;

b.2) produtos, veículos, armas, embarcações arrecadados e etc;

c) O Boletim de Ocorrência poderá ser entregue no local da ocorrência desde que a Autoridade Policial
esteja presente;

d) O presente comportamento será adotado até a implantação total do sistema REDS no Estado;

e) Na fase de transição, a critério do Comandante / Chefe da Unidade de Polícia ou de Bombeiros Militar, as


frações / unidades que não dispuserem de microcomputadores, na Delegacia onde ocorreu o registro do
fato, na fração da PMMG ou na fração do Bombeiro poderão remeter os boletins de ocorrências ou REFAP

13
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

para digitação pela Unidade da PMMG, da PCMG ou do CBMMG, imediatamente superior, que dispuser do
recurso de informática adequado.

1.3.3.4 - Registro de Atividade Policial e/ou de Bombeiro Militar

a) Toda atividade será registrada no REDS daqueles municípios que tiverem o sistema implantado, salvo
motivo de ordem técnica, situação que será constada no histórico do relatório à impossibilidade do
lançamento. Neste caso, a Autoridade destinatária receberá o relatório da atividade, responsabilizando-se pela
sua inserção no REDS, salvo determinação em contrário;

b) As Atividades Policiais e / ou de Bombeiros Militar serão registradas em módulo específico do Sistema


Integrado de Defesa Social (SIDS);

c) Até que o módulo destinado ao registro de Atividade Policial esteja implantado em todo o Estado de Minas
Gerais, as Unidades da Polícia Militar manterão o registro de suas atividades no Sistema de Estatística
próprio (SM20).

1.3.3.5 - Registro de Chamada Policial e/ou de Bombeiro Militar

a) O registro da solicitação ao Sistema de Atendimento de Emergência Policial ou de Bombeiros Militar, cujo


atendimento tenha sido considerado frustrado pelo Órgão responsável, sendo encerrada como procedimento
administrativo, bem como as ações de defesa social que não demandam recolhimento/apreensão de
objetos, nem tão pouco, abordagem/condução de pessoas será realizado em módulo específico do Sistema
Integrado de Defesa Social (SIDS), no CAD.

b) Até que o módulo destinado ao registro de Chamada Policial e / ou de Bombeiros Militar, esteja
implantado em todo Estado de Minas Gerais, as Unidades da Polícia Militar deverão manter o registro no
Sistema de Estatística próprio (SM20).

1.3.3.6 - Fatos Diversos Atendidos pela Polícia Militar

A Polícia Militar poderá atender, a princípio, aos casos típicos de Bombeiro Militar, desde que a localidade
não possua Unidade do Corpo de Bombeiros Militar, ou não possa comparecer de imediato no local do fato,
e o policial militar esteja em condição técnica e segura para tal, ou receba orientação para atuar, elaborando,
ao final, registro no formulário policial.

1.3.4 - BOLETIM DE OCORRÊNCIA BOMBEIROS

14
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Os Boletins de Ocorrências do CBM servirão como notícia-crime, desde que contenham o mínimo de
informações necessárias, para posterior investigação policial.

1.3.5 - ELABORAÇÃO DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA, REFAP OU RELATÓRIO DE


ATIVIDADE.
a) A responsabilidade pela elaboração do Boletim de Ocorrência, REFAP ou relatório de atividade estará a
cargo do servidor mais antigo ou daquele designado, previamente, pelas instituições integrantes do Sistema de
Defesa Social;

b) As instruções para preenchimento dos campos do Boletim de Ocorrências estão detalhadas na Coletânea
de Apoio ao Preenchimento, aprovada pela Resolução Conjunta nº. 14, de 19 de dezembro de 2003.

1.3.6 - INTEGRAÇÃO DO REDS COM ACEITE E PCNET


O módulo REDS constituirá da única entrada de dados relacionados a fatos policiais, no Estado de Minas
Gerais, substituindo, para a Polícia Civil, a rotina de entrada de fatos policiais do Módulo IV do SIP, nas
unidades em que ele estiver implantado. Todos os fatos policiais registrados no REDS, depois de encerrados,
são, automaticamente, transmitidos para o módulo de Aceite do REDS .

O Módulo de Aceite é aquele em que a Autoridade Policial avalia o boletim de ocorrência, finalizado no
REDS, que é imediatamente disponibilizado no sistema, separado por unidade policial, para decidir qual
procedimento a se adotar em relação aos fatos narrados no BO, dentre elas:

a) Aceitar = caso em que o registro é transferido automaticamente para o módulo IV do SIP ou para o
módulo PCNet, para instauração do procedimento investigatório ;

b) Sobrestar = para nova avaliação posterior;

c) Arquivar = para ser eliminada da tela de pendências;

d) Transferir = encaminhar o registro para uma outra unidade do mesmo município.

1.3.7 - ESTATÍSTICA E ANÁLISE DE DEFESA SOCIAL

Com a criação do Centro Integrado de Informações de Defesa Social (CINDS), a estatística de Defesa Social
do Estado de Minas Gerais será unificada. A PMMG, CBM e a PCMG utilizarão a mesma fonte de dados
para a realização de suas estatísticas.

O armazém de informações de defesa social será a principal fonte de dados do CINDS e será composto de
dados de todos os sistemas do Estado que controlam os registros desde o atendimento da emergência
policial / bombeiro até a execução da pena, nos casos de condenação.

15
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

1.3.8 - ORIENTAÇÕES COMPLEMENTARES AO REGISTRO REDS

1.3.8.1 - PERFIL DE ACESSO DO USUÁRIO DO REDS

a) Para acesso ao REDS, o usuário no processo de ativação de sua conta cria sua senha que é pessoal e
intransferível. Durante o processo de ativação de conta, o sistema gera ainda para o usuário uma CONTRA
SENHA, que é composta por doze algarismos, devendo ser utilizada quando o usuário esquecer ou perder a
sua senha pessoal.

b) O perfil ou nível de acesso do usuário da PMMG e do CBMMG no REDS é definido pelo local e função,
cadastrados no Sistema de Recursos Humanos (SIRH) para o servidor. A princípio, todos os usuários que
possuírem local / função, cadastrada no SIRH, terá o perfil de RELATOR de ocorrência. A obtenção de
outros perfis/níveis de acesso dependerá da função cadastrada.

c) O perfil ou nível de acesso do Policial Civil é definido pelo Administrador de Segurança da Polícia Civil,
durante o processo de cadastramento do usuário no REDS.

1.3.8.2 - ALTERAÇÃO DE DADOS DE OCORRÊNCIA E/OU REGISTRO DE DADOS


COMPLEMENTARES

a) Uma vez encerrado o registro de determinado fato no REDS, este não pode ser alterado. No entanto, se
detectado algum erro, o servidor/usuário informado no registro como RELATOR da ocorrência, poderá
proceder ao lançamento de DADOS COMPLEMENTARES, para correção de eventuais falhas, ou
lançamento de informações adicionais.

b) O usuário que tiver permissão / perfil para lançamento de INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES poderá
inserir informação complementar em todos os boletins de ocorrências da sua Unidade ou Unidade
Subordinada.

c) Efetuado o lançamento de informações complementares, o relator da ocorrência ou o usuário designado


para tal lançamento deverá gerar e imprimir duas vias do formulário, assinar no campo próprio e anexá-lo no
boletim de ocorrência. Concluído este procedimento, o registro será enviado, automaticamente, para o
módulo de aceite do REDS.

d) Nos fatos em que o erro a ser corrigido se referir à Unidade de destino deverá o policial responsável pelo
registro criar outro recibo, destinando a ocorrência à Unidade correta. Não deve haver mais de um registro
para o mesmo fato.

1.3.8.3 - IMPRESSÃO DA OCORRÊNCIA

16
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) As ocorrências registradas imediatamente (registro imediato) nas unidades da Polícia Civil deverão ser
impressas em 02 (duas) vias, devendo o relator rubricar todas as páginas e assinar a última folha no campo
próprio; colher recibo do funcionário / policial civil responsável pelo recebimento da ocorrência e entregar-lhe
uma das vias, destinando a outra ao comandante da unidade/fração.

b) Ocorrências de registro posterior deverão ser impressas em 01 (uma) via, devendo o relator rubricar todas
as páginas, assinar a última folha no campo próprio e destiná-la ao comandante da unidade/fração, que
deverá arquivá-la para futuros fins.

c) Sempre que houver solicitação por parte de envolvido (vítima ou condutores de veículo) em ocorrência
policial militar/civil ou bombeiro militar esclarecer o local de entrega da cópia da ocorrência policial.

1.3.8.4 - MEDIDAS DE CONTINGÊNCIA NAS SITUAÇÕES DE INDISPONIBILIDADE DO


SISTEMA

Verificada a indisponibilidade do sistema por períodos prolongados, as ocorrências deverão ser registradas
por intermédio do formulário impresso e, obrigatoriamente, lançadas, posteriormente, no sistema REDS,
ficando a critério das Unidades de Execução Operacional a regulamentação desta questão.

1.3.8.5 - RECIBO DA OCORRÊNCIA - REDS


a) Nas ocorrências de registro imediato é obrigatório o lançamento dos dados do agente da Polícia Civil,
responsável pelo recebimento da ocorrência. É obrigatório o fornecimento dos dados pelo Policial que receber
a ocorrência. Em caso de recusa de fornecimento dos dados (MASP/NOME) para lançamento no REDS, o fato
deve ser levado ao Coordenador no CIAD, ou equivalente nos demais municípios do Estado, para adoção das
providências pertinentes.

b) O preenchimento dos campos NOME COMPLETO, P/G/CARGO e MATRÍCULA na tela de DADOS


FINAIS, quando a ocorrência for de encerramento imediato na Polícia Militar, Polícia Civil ou Corpo de
Bombeiros Militar, somente poderá ser realizado mediante consulta dos dados nos sistemas de pessoal dos
Órgãos mencionados por intermédio do botão SELECIONAR MILITAR/POLICIAL.

c) Nos fatos em que houver necessidade de destinar o Boletim de Ocorrência a mais de uma Unidade ou
Órgão, em razão da competência para atuação no fato, deverá ser inserido apenas um registro no REDS,
com criação de um recibo para cada destino.

1.3.8.6 - PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS DE OCORRÊNCIA NO REDS

a) O relator deverá buscar o preenchimento de todos os campos do formulário, independente, da existência


do espaço de preenchimento obrigatório, pois o banco de dados do REDS é uma das fontes para geração /
extração de qualquer tipo de estatística criminal, incluindo o geoprocessamento.

17
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Na seção UNIDADE RESPONSÁVEL PELO REGISTRO, campo UNIDADE na tela de DADOS GERAIS, o
RELATOR deverá informar sempre o código e descrição da unidade responsável pelo empenho/escala dos
mesmos.

c) No campo Nº. do Boletim de Ocorrência, o usuário constará o número fornecido pelo despachante do
Centro Integrado de Atendimento e Despacho (CIAD), quando do empenho da viatura, ou o número
seqüencial de controle da própria Unidade, nos casos em que ela controlar os registros.

d) Na seção LOCAL, campos referentes ao endereço do fato deverão sempre ser preenchido utilizando o
botão PESQUISAR ENDEREÇO / CRUZAMENTO com vistas ao preenchimento correto destes dados. A
digitação do endereço deverá ocorrer apenas quando o endereço não existir na base de dados do sistema.
Para localizar o endereço o usuário observará o seguinte:

d.1) Não digitar o tipo de logradouro (rua, av., praça, ...);

d.2) não utilizar nenhum tipo de acento ou caractere especial (ç,ã,º, ´, etc.);

d.3) quando desconhecer a grafia do logradouro, digitar apenas a parte conhecida do nome. Ex: João Ce.
para buscar a Av. João César de Oliveira;

d.4) não digitar a preposição quando o nome do logradouro iniciar com preposição. Ex: Bahia e não Rua Da
Bahia;

d.5) quando o logradouro possuir número em seu nome, o número deve ser por extenso. Ex.: Pedro
Segundo. Se não encontrar por extenso, buscar utilizando o número Ordinal ou Romano.

e) Unidade de Área: é a unidade responsável pelo endereço, de acordo com a divisão territorial das
responsabilidades das unidades de polícia. Nos casos em que o endereço for válido, as Unidades de Área
da PMMG, PCMG e CBMMG serão preenchidos automaticamente. Nos casos em que o endereço for
inválido, cabe ao usuário informar a Unidade de Área responsável pelo atendimento naquele endereço.

f) Nos casos que não houver a prisão do autor, mas com base no depoimento de vítima, testemunhas e/ou
em razão de rastreamento foi possível à obtenção de características físicas ou de identificação do mesmo,
estes dados devem ser lançados por intermédio da opção ENVOLVIDOS.

1.3.9 - ISOLAMENTO, PRESERVAÇÃO E VIGILÂNCIA DO LOCAL DE CRIME

A guarnição / equipe que chegar primeiro ao local onde foi cometido delito ou onde se encontra o resultado do
delito, havendo vestígios, adotará todas as providências necessárias para sua preservação, com isolamento e
vigilância até a chegada da Autoridade Policial e perícia ou somente esta última.

Nenhum local será considerado inidôneo. A perícia deverá comparecer e realizar o levantamento pericial

18
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

com os dados que o local demonstrar, independentemente de informes que possa colher via rádio ou
telefone.

1.3.10 - PROCEDIMENTOS POLICIAIS EM FACE DOS CRIMES PRÓPRIOS COMETIDOS


CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLIC
A guarnição / equipe que primeiro obtiver informações sobre o fato delituoso buscará orientação com a
Autoridade Policial, tendo a finalidade de ação coordenada.

1.3.11 - EMPENHO POR INICIATIVA

A guarnição / equipe observará, naquilo que couber, as providências previstas nesta Diretriz inerentes ao
Centro de Operações / SOU / SOF ou Unidade Policial Civil, quando atuar por iniciativa em ocorrências ou
atividades.

1.3.12 - COORDENAÇÃO E CONTROLE DO EMPREGO OPERACIONAL

a) Toda viatura ou recurso colocado disponível no turno de serviço deverá estar previamente cadastrado no
sistema pela Unidade ou Fração.

b) Todo deslocamento de viatura policial ou de Bombeiros Militar será precedida de comunicação ao Centro
de Operações / SOU / SOF ou Unidade Policial Civil a que estiver subordinada e com o respectivo empenho
na natureza prevista nesta Diretriz. Os casos em que a atividade exija sigilo serão dispensados da
comunicação;

c) Considera-se empenho de viatura o deslocamento por determinação superior para o emprego


operacional;

d) Equipara-se ao item (b) qualquer deslocamento de policiais ou de Bombeiros Militar em serviço, durante o
atendimento de ocorrências ou nas naturezas previstas na Categoria III desta Diretriz;

e) O Coordenador do Centro de Operações de cada instituição no Centro Integrado de Atendimento e


Despacho (CIAD) representa os respectivos Comandantes-Gerais e o Chefe de Polícia Civil, conforme o
Decreto 43.778, de 2004;

f) O Coordenador do Centro de Operações, fora do CIAD, representa os respectivos Comandantes ou


correspondente na Polícia Civil;

19
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) O Centro de Operações / SOU / SOF ou equivalente na Polícia Civil, que não estiver integrado,
comunicará o fato à Autoridade Policial, assim que possível, e pelo meio disponível para o atendimento /
intervenção.

1.3.13 - PATRIMÔNIO PÚBLICO LESADO

Quando o patrimônio lesado pertencer ao Poder Público ou entidade prestadora de serviço público, o
Coordenador do Centro de Operações / SOU / SOF ou correspondente na Polícia Civil acionará o
representante do Órgão para acompanhamento da ocorrência.

1.3.14 - ENVOLVIMENTO DE OBJETO DE GRANDE PORTE


Nos crimes em que a constatação da materialidade recair sobre objeto de grande porte, produto perecível, de
difícil transporte ou armazenamento, que possa resultar em deterioração rápida, a Autoridade Policial
providenciará o exame pericial no local, ainda que por nomeação de peritos ad-hoc, independentemente da
coleta de amostra.

1.3.15 - QUALIFICAÇÃO DE TESTEMUNHAS


Relacionar e qualificar as testemunhas que tenham presenciado o fato ou detenham informações sobre o
evento. Não sendo possível, relacionar pessoas que estiverem no local e tenham presenciado os atos da
guarnição / equipe, permitir:

a) ouvir a confissão do agente;

b) perceber as condições físicas do agente;

c) relatos da vítima;

d) ver os detalhes do local, após os trabalhos periciais e liberação pelos peritos;

e) presenciar a arrecadação de objeto e / ou instrumento, após os trabalhos periciais e liberação pelos


peritos.

Após o procedimento acima descrito, constá-lo no histórico do Boletim de Ocorrência ou REFAP.

1.3.16 - RETIFICAÇÃO DE INFORMAÇÕES INSERTAS NO BOLETIM DE OCORRÊNCIA / FATO


POLICIAL
O registro do Boletim de Ocorrência / Fato Policial poderá ser retificado, mediante solicitação formal da parte
interessada ou representante legal, após decisão do Comandante / Autoridade Policial, opinando pela alteração
desse documento.

Será utilizado um formulário específico, denominado de informação retificadora / complementar, que será
preenchido pelo servidor responsável pela confecção de origem, devendo contemplar os seguintes dados:

20
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) número do Boletim de Ocorrência / Fato Policial de origem;

b) nome do solicitante;

c) data / local da solicitação;

d) número do ofício de origem, caso exista;

e) data / local complementação / retificação;

f) campo descritivo da informação retificadora / complementar;

g) assinatura do solicitante e do relator do Boletim de Ocorrência / Fato Policial.

A autoridade destinatária do Boletim de Ocorrência / Fato Policial tomará conhecimento da alteração


procedida, através de rotina informatizada do Sistema Integrado de Defesa Social ou, onde não existir,
através de ofício, que conterá a justificativa da complementação / retificação do Boletim de Ocorrência.

1.3.17 - ELABORAÇÃO DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA SIMPLIFICADO (BOS)

Tem a finalidade de agilizar a prestação de serviços à comunidade e viabilizar a atuação da polícia ostensiva
na satisfação dos seus anseios, instituiu-se o Boletim de Ocorrência Simplificado cujo objetivo principal é o
acionamento formal e oficial dos Órgãos do Sistema de Defesa Social, cientificando-os dos anseios da
população e que sua omissão pode acarretar responsabilidades.

BOS agiliza a prestação de serviço à comunidade, pois é de rápida elaboração. Provoca o acionamento do
Sistema de Defesa Social, levando ao conhecimento de vários Órgãos problemas que, muitas vezes, não
foram solucionados por desconhecimento geral.

Presta-se, também, para o encaminhamento de comunicações operacionais internas mais simples, que
dispensam o uso do BO possuidor de inúmeros campos, propiciando, assim, economia de material e tempo,
bem como libera rapidamente a viatura operacional para atendimento a outras ocorrências.

BOS será substituído por outros formulários definidos nesta Diretriz durante a implementação do módulo de
Registro de Evento de Defesa Social

1.3.18 - CRITÉRIOS PARA CODIFICAÇÃO DE OCORRÊNCIAS

Codificação adequada das ocorrências policiais resultará numa estatística confiável que refletirá a situação real
da evolução da criminalidade no Estado de Minas Gerais, bem como das ações/operações desenvolvidas pela
Polícia Militar para fazer face ao problema, fornecendo subsídios para o planejamento do emprego dos
recursos humanos e materiais nos diversos Escalões de Comando.

Codificação das ocorrências observará os seguintes critérios:

Coerência da classe com o fato descrito no histórico do Boletim de Ocorrência;

b) Na ocorrência da prática de mais de uma infração penal, o BO receberá a codificação alusiva a mais
grave;

c) Somente será admitida a codificação "Outras", quando inexistir codificação específica;

21
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Não se admitirá a duplicidade de classificação ou de registro para a mesma ocorrência ou atividade. O


empenho das viaturas, lançadas em apoio, constará no histórico do BO ou do REFAP, registrado pela
viatura responsável pelo atendimento.

1.3.19 - USO DE ALGEMAS


Em virtude da edição pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da Súmula Vinculante nº. 11, de 13/08/08, o uso
de algemas passou a ser permitido em caráter excepcional, em caso de resistência, receio de fuga, ou perigo á
integridade física do preso/conduzido ou de terceiros, devendo ser justificado por escrito.

Desta forma, em todos os casos de prisão/condução, nas situações excepcionais em que tornar-se
necessário o uso de algemas, o policial devera justificar por escrito, fazendo constar no histórico do
BO/REDS que houve a algemação e o motivo que a ensejou.

1.4 - Lei Nº. 11.340, de 07 de Agosto de 2006.

“Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8o do art.
226 da Constituição Federal.”

“Art. 5º Para os efeitos desta Lei, configura violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou
omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano
moral ou patrimonial:

I - no âmbito da unidade doméstica, compreendida como o espaço de convívio permanente de pessoas, com
ou sem vínculo familiar, inclusive as esporadicamente agregadas;

II - no âmbito da família, compreendida como a comunidade formada por indivíduos que são ou se
consideram aparentados, unidos por laços naturais, por afinidade ou por vontade expressa;

III - em qualquer relação íntima de afeto, na qual o agressor conviva ou tenha convivido com a ofendida,
independentemente de coabitação.

Parágrafo único: As relações pessoais enunciadas neste artigo independem de orientação sexual.

Art. 7º São formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, entre outras:

I - a violência física, entendida como qualquer conduta que ofenda sua integridade ou saúde corporal;

II - a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da
auto-estima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar

22
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação,


manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização,
exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde
psicológica e à autodeterminação;

III - a violência sexual, entendida como qualquer conduta que a constranja a presenciar, a manter ou a
participar de relação sexual não desejada, mediante intimidação, ameaça, coação ou uso da força; que a
induza a comercializar ou a utilizar, de qualquer modo, a sua sexualidade, que a impeça de usar qualquer
método contraceptivo ou que a force ao matrimônio, à gravidez, ao aborto ou à prostituição, mediante
coação, chantagem, suborno ou manipulação; ou que limite ou anule o exercício de seus direitos sexuais e
reprodutivos;

IV - a violência patrimonial, entendida como qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição
parcial ou total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, valores e direitos ou
recursos econômicos, incluindo os destinados a satisfazer suas necessidades;

V - a violência moral, entendida como qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injúria.

Art. 26. Caberá ao Ministério Público, sem prejuízo de outras atribuições, nos casos de violência doméstica
e familiar contra a mulher, quando necessário:

I - requisitar força policial e serviços públicos de saúde, de educação, de assistência social e de segurança,
entre outros;

Art. 41. Aos crimes praticados com violência doméstica e familiar contra a mulher, independentemente da
pena prevista, não se aplica a Lei no 9.099, de 26 de setembro de 1995.

Art. 43. A alínea f do inciso II do art. 61 do Decreto-Lei no 2.848, de 07 de dezembro de 1940 (Código
Penal), passa a vigorar com a seguinte redação:

f) com abuso de autoridade ou prevalecendo-se de relações domésticas, de coabitação ou de hospitalidade,


ou com violência contra a mulher na forma da lei específica;

Art. 44. O art. 129 do Decreto-Lei nº 2.848, de 07 de dezembro de 1940 (Código Penal), passa a vigorar com
as seguintes alterações:

§ 9º Se a lesão for praticada contra ascendente, descendente, irmão, cônjuge ou companheiro, ou com
quem conviva ou tenha convivido, ou, ainda, prevalecendo-se o agente das relações domésticas, de
coabitação ou de hospitalidade:

23
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Pena - detenção, de 03 (três) meses a 03 (três) anos.”

1.5 - SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PRISIONAL - SUAPI

1.5.1 - CONCEITO

A Subsecretaria de Administração Prisional tem por finalidade gerenciar o sistema prisional do Estado, em
consonância com as diretrizes da Secretaria de Estado de Defesa Social - SEDS.

1.5.2 - COMPETÊNCIA

I - Participar do planejamento e execução da política prisional do Estado;

II - Assegurar a aplicação da legislação e diretrizes vigentes referentes à administração da execução penal e


ao tratamento do indivíduo privado de liberdade;

III - Responsabilizar-se pelas atividades de atendimento e assistência ao preso, bem como pelas atividades
de segurança e disciplina nas unidades prisionais sob sua responsabilidade;

IV - Proceder ao registro dos presos sob sua responsabilidade e à sua movimentação entre as unidades
prisionais;

V - Exercer atividades de inteligência prisional destinadas ao levantamento e disponibilização de


informações que auxiliem as ações governamentais na área de segurança pública;

VI - Disponibilizar informações estatísticas e gerenciais acerca das atividades de sua área de competência,
incluindo dados a respeito dos indivíduos privados de liberdade;

VII - Gerenciar os sistemas de informação sob sua responsabilidade;

VIII - Estabelecer, em conjunto com a Subsecretaria de Inovação e Logística do Sistema de Defesa Social,
as diretrizes para a construção de unidades prisionais para atendimento à demanda de vagas, bem como a
manutenção da estrutura física das unidades prisionais existentes;

IX - Executar e coordenar atividades de gestão administrativa, financeira e patrimonial de suas unidades


prisionais e centrais, conforme orientações da Subsecretaria de Inovação e Logística do Sistema de Defesa
Social;

X - Coordenar e executar atividades de administração de pessoal de suas unidades centrais e prisionais,


conforme diretrizes da Subsecretaria de Inovação e Logística do Sistema de Defesa Social;

XI - Estabelecer, em conjunto com a Escola de Formação da SEDS, o perfil de pessoal para lotação nas
unidades centrais e prisionais da Subsecretaria, bem como as diretrizes para seleção, formação e
capacitação de pessoal;

XII - Participar e colaborar com atividades necessárias à integração dos órgãos do Sistema de Defesa

24
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Social;

XIII - Articular a elaboração de parcerias com entidades públicas e privadas, visando à melhoria do
tratamento dado ao preso e à segurança de unidades prisionais, ainda que sob a responsabilidade de outros
órgãos;

XIV - Estabelecer e acompanhar as ações relativas ao programa de Gestão do Sistema Penitenciário -


GESPEN;

XV - Estabelecer, acompanhar e monitorar os indicadores de resultado definidos pelo programa de Gestão


do Sistema Penitenciário - GESPEN; e

XVI - Propor ações que visem à redução de custos, melhor aproveitamento dos recursos financeiros e que
proporcionem maior celeridade às rotinas de trabalho das Unidades Prisionais.

1.5.3 - COMPOSIÇÃO

São partes integrantes da Subsecretaria de Administração Prisional:

a) Comitê Integrado de Política Prisional;

b) Assessoria de Informação e Inteligência;

c) Superintendência de Segurança Prisional:

1. Diretoria de Segurança Externa;

2. Diretoria de Segurança Interna;

3. Diretoria de Apoio Logístico; e

4. Comando de Operações Especiais;

d) Superintendência de Atendimento ao Preso:

1. Diretoria de Ensino e Profissionalização;

2. Diretoria de Saúde e Atendimento Psicossocial;

3. Diretoria de Articulação do Atendimento Jurídico e Apoio Operacional;

4. Diretoria de Trabalho e Produção; e

5. Assessoria da Comissão Técnica de Classificação;

e) Superintendência de Articulação Institucional e Gestão de Vagas:

1. Diretoria de Gestão de Vagas;

25
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

2. Diretoria de Gestão de Informações Penitenciárias; e

3. Diretoria de Políticas de APAC e Co-Gestão;

f) Unidades Prisionais de Pequeno Porte I;

g) Unidades Prisionais de Pequeno Porte II;

h) Unidades Prisionais de Médio Porte I;

i) Unidades Prisionais de Médio Porte II;

j) Unidades Prisionais de Grande Porte I - CERESP;

k) Unidades Prisionais de Grande Porte II e Segurança Máxima; e

L) Unidades Prisionais de Perícia e Atendimento Médico;

1.6 - SUBSECRETARIA DE ATENDIMENTO ÀS MEDIDAS SÓCIOEDUCATIVAS - SUASE


1.6.1 - CONCEITO

A Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas tem por finalidade elaborar, coordenar e


administrar o Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo.

1.6.2 - COMPETÊNCIA

I - Gerir as medidas de privação e restrição de liberdade do apoio e fomento às medidas em meio aberto e
da articulação da rede socioeducativa;

II - Planejar, coordenar, monitorar e avaliar os programas, projetos e ações desenvolvidas no sistema


socioeducativo;

III - Desenvolver uma política de atendimento ao adolescente autor de ato infracional, considerando a sua
singularidade, suas pontecialidades e limitações, garantindo a particularização do atendimento.

IV - Implementar e manter o sistema de atendimento responsável pela execução do programa estadual de


medidas socioeducativas;

V - Garantir o desenvolvimento de ações nas áreas de saúde, educação, profissionalização, cultura, lazer,
esporte, assistência religiosa e trabalho educativo, proporcionando a autonomia responsável ao adolescente
em cumprimento de medida socioeducativa;

VI - Celebrar convênios e instrumentos congêneres com entidades públicas e privadas, possibilitando-lhe o


cumprimento de suas finalidades;

VII - Promover a gestão por resultados no sistema socioeducativo, bem como criar mecanismos para
avaliação da efetividade dos programas de atendimento ao adolescente autor de ato infracional;

26
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

VIII - Estabelecer articulações permanentes com órgãos, empresas e instituições públicas e privadas,
nacionais e internacionais, com organizações não governamentais, sociedade civil organizada para
fortalecer a rede, observadas as necessidades prioritárias para o atendimento ao adolescente;

IX - Sensibilizar e envolver a comunidade no trabalho socioeducativo e na aplicação do Estatuto da Criança


e do Adolescente; e

X - Participar dos Conselhos e Fóruns relacionados com o atendimento do adolescente autor de ato
infracional.

1.6.3 - COMPOSIÇÃO

São partes integrantes da Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas:

a) Assessoria de Informação e Inteligência;

b) Superintendência de Gestão das Medidas de Meio Aberto:

1 - Diretoria de Apoio e Fomento às Medidas de Meio Aberto;

2 - Diretoria de Gestão das Medidas de Semiliberdade;

3 - Diretoria de Gestão de Parcerias; e

4 - Diretoria de Gestão da Informação e Pesquisa;

c) Superintendência de Gestão das Medidas de Privação de Liberdade:

1 - Diretoria de Segurança Socioeducativa;

2 - Diretoria de Formação Educacional e Profissional;

3 - Diretoria de Saúde e Articulação da Rede Social;

4 - Diretoria de Gestão de Vagas e Atendimento Judiciário; e

5 - Diretoria de Orientação Pedagógica;

d) Unidades Socioeducativas;

27
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

3 - Categorias

I - Típicas de Policia

Grupo B00.000
INFRAÇÕES CONTRA A PESSOA

INFRAÇÕES PENAIS CONTRA A PESSOA

B 01.121 - HOMICÍDIO
Matar alguém.

HOMICÍDIO TENTADO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de Prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o

28
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar os planos estratégicos operacionais pertinentes ao fato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde

29
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

HOMICÍDIO CONSUMADO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de Prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, perícia e rabecão; caso não compareçam ao local,
constar no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão,
bem como o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO BOMBEIRO MILITAR

Atuar, sempre que houver a necessidade de remoção em locais de difícil acesso, e remover o cadáver,
objetos ou instrumentos, em conformidade com as naturezas desta diretriz, após autorização da Autoridade
Policial ou perito.

30
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar perícia e rabecão;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.135 - OMISSÃO DE SOCORRO


Deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, a
pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, o socorro
da autoridade pública.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

31
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.136 - MAUS TRATOS


Expor a perigo a vida ou a saúde de pessoa sob sua autoridade, guarda ou vigilância, para fim de educação,
ensino, tratamento ou custódia, quer privando-a de alimentação ou cuidados indispensáveis, quer sujeitando-a
a trabalho excessivo ou inadequado, quer abusando dos meios de correção ou disciplina.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

32
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

33
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.137 - RIXA
Participar de rixa, salvo para separar os contendores.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer os envolvidos, caso o CBM ou outro órgão público de atendimento de Urgência / Emergência
não tenha condições de atendimento, removendo-os em condições seguras à Unidade de Saúde
competente mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais pertinentes ao fato, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

34
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.138 - CALÚNIA
Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime; comete o mesmo crime quem, sabendo
falsa a imputação, a propaga ou divulga.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente; e encaminhar à Autoridade Policial competente;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

35
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.139 - DIFAMAÇÃO
Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente; e encaminhar à Autoridade Policial competente;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

36
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.140 - INJÚRIA
Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

37
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.146 - CONSTRANGIMENTO ILEGAL


Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro
meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

38
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.147 - AMEAÇA
Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e
grave.

A atuação policial fica condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual nenhuma
diligência poderá ser efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.

39
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Se a vítima do crime comparecer à delegacia, deverá ser lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Arrecadar os objetos, instrumentos, equipamentos, documentos e materiais que tenham relação com o
fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial
competente;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender os objetos, instrumentos, equipamentos, documentos e materiais que tiverem relação com o
fato, após liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

40
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO PRISIONAL - SEAP

PELA UNIDADE GESTORA DE EVENTOS PRISIONAIS/CICC/SEAP

A atuação do Agente Prisional fica condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual
nenhuma diligência poderá ser efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.

a) O Agente Prisional que detectar o fato verificará a extensão e o local exato do ocorrido, comunicando
imediatamente ao seu superior que posteriormente comunicará a Unidade Gestora de Eventos
Prisionais/CICC;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação dos Agentes Prisionais;

C) Arrecadar documentos dos envolvidos que tenham relação com o fato;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência no REDS;

f) Dar voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o/apreendendo-o, informando-lhes os seus direitos e


garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente, juntamente com as
testemunhas que tenham presenciado o fato, se necessário;

PELO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO

a) O Agente Socioeducativo que detectar o fato verificará a extensão e o local exato do ocorrido, deterá o infrator, apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e

garantias constitucionais;

b) Comunicar imediatamente ao seu superior hierárquico, que dará ciência ao corpo diretivo da Unidade;

c) Relacionar e qualificar as pessoas envolvidas com o crime e ou as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o evento e/ou

acompanharam a atuação dos Agentes;

d) Registrar o Boletim de Ocorrência;

e) Arrecadar documentos, equipamentos que sejam instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato;

f) O corpo diretivo da Unidade deverá relatar à Diretoria de Segurança Socioeducativa da SUASE;

g) No caso de adolescente em cumprimento de medida socioeducativa de internação, semiliberdade ou acautelado provisório, aplicar as medidas administrativas;

41
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Relatar o fato à Autoridade competente do Ministério Público e/ou do Tribunal de Justiça;

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

c) Comunicar o encerramento da ocorrência à Unidade Gestora de Eventos Prisionais/CICC.

B 01.148 - SEQÜESTRO OU CÁRCERE PRIVADO


Privar alguém de sua liberdade, mediante seqüestro ou cárcere privado.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

b) Acionar os grupos especializados da PMMG e PCMG, imediatamente, caso a vítima esteja em poder dos
agentes.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar os objetos, veículos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a perícia
e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais pertinentes ao fato, se for o caso;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

42
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender os objetos, veículos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato, após
liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.149 - REDUÇÃO A CONDIÇÃO ANÁLOGA À DE ESCRAVO


Reduzir alguém a condição análoga à de escravo, podendo o agente recorrer ao uso de fraude, retenção de
salários, ameaça ou violência.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer à Unidade Policial Civil da
AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato e fora dos dias e horários de expediente normal, à
Unidade Policial Civil Plantonista da ACISP, onde houver ou a mais próxima do local do fato.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

43
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.150 - VIOLAÇÃO DE DOMICÍLIO


Entrar ou permanecer, clandestina ou astuciosamente, ou contra a vontade expressa ou tácita de quem de
direito, em casa alheia ou em suas dependências.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

44
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar os objetos e instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial
não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender os objetos e instrumentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,

45
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.151 - CRIME CONTRA A CORRESPONDÊNCIA / COMUNICAÇÃO


Devassar indevidamente o conteúdo de correspondência fechada, dirigida a outrem; quem se apossa
indevidamente de correspondência alheia, embora não fechada e, no todo ou em parte, a sonega ou destrói;
quem indevidamente divulga, transmite a outrem ou utiliza abusivamente comunicação telegráfica ou
radioelétrica dirigida à terceiro, ou conversação telefônica entre outras pessoas; quem impede a comunicação
ou a conversação referidas no número anterior; quem instala ou utiliza estação ou aparelho radioelétrico, sem
observância de dispositivo legal.

Com exceção da última conduta descrita acima, a atuação policial referente às demais condutas fica
condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual nenhuma diligência poderá ser
efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.

Se a vítima do crime requerer e se o delegado entender necessário, deverá ser procedida investigação
através de inquérito policial.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Orientar o solicitante/vítima a formalizar representação na:

a) À Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

I - Quando o sujeito ativo instalar ou utilizar estação ou aparelho radioelétrico, sem observância de
disposição legal; quando o sujeito ativo comete o crime com abuso de função em serviço postal,
radioelétrico ou telefônico,
adotar-se-á o seguinte procedimento:

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar os objetos e instrumentos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

46
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, instrumentos e materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) comunicar ao Ministério das Comunicações sobre o fato típico, objeto da apuração;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.152 - CORRESPONDÊNCIA COMERCIAL


Abusar da condição de sócio ou empregado de estabelecimento comercial ou industrial para, no todo ou em
parte, desviar, sonegar, subtrair ou suprimir correspondência, ou revelar a estranho seu conteúdo.

A atuação policial fica condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual nenhuma
diligência poderá ser efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.

Se a vítima do crime requerer e se o delegado entender necessário, deverá ser procedida investigação
através de inquérito policial.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR / POLÍCIA CIVIL

Orientar a vítima/solicitante a representar na:

a) Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja situada no município onde ocorreu o crime, caso a
violação seja contra ordem política e social, bens, serviços da União ou de suas entidades autárquicas e
empresas públicas de repercussão interestadual ou internacional;

b) À Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

47
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato.

B 01.153 - DIVULGAÇÃO DE SEGREDO


Divulgar alguém, sem justa causa, conteúdo de documento particular ou de correspondência confidencial, de
que é destinatário ou detentor, e cuja divulgação possa produzir dano a outrem; divulgar sem justa causa
informações sigilosas ou reservadas, assim definidas em lei, contidas ou não no sistema de informação ou
banco de dados da administração pública.

Nesses casos, a atuação policial fica condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual
nenhuma diligência poderá ser efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.
Somente no caso em que a conduta resulte em prejuízo para a Administração Pública é que a atuação
policial independerá de requerimento.

I – Quanto a divulgar alguém, sem justa causa, conteúdo de documento particular ou de


correspondência confidencial, de que é destinatário ou detentor, e cuja divulgação possa produzir
dano a outrem, adotar-se-á o seguinte procedimento:

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR/ POLÍCIA CIVIL

Orientar a vítima/solicitante a representar na:

a) À Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

II – Quanto a divulgar, sem justa causa, informações sigilosas ou reservadas, assim definidas em lei,
contidas ou não no sistema de informação ou banco de dados da administração pública, adotar-se-á
o seguinte procedimento:

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se

48
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia
e/ou autoridade não comparecerem no local e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.154 - VIOLAÇÃO DO SEGREDO PROFISSIONAL


Revelar alguém, sem justa causa, segredo, de que tem ciência em razão de função, ministério, ofício ou
profissão, e cuja revelação possa produzir dano a outrem.

A atuação policial fica condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual nenhuma
diligência poderá ser efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.

Se a vítima do crime requerer e se o delegado entender necessário, deverá ser procedida investigação
através de inquérito policial.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

49
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Orientar e encaminhar a vítima:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

B 02.001 - TORTURA

Constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental
com o objetivo de obter informação, declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa; provocar ação
ou omissão de natureza criminosa, ou, ainda, em razão de discriminação social ou religiosa.

Além do citado, consiste, também, em submeter alguém, sob sua guarda, poder ou autoridade, com
emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar castigo
pessoal ou medida de caráter preventivo.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração, objetos, equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial
competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

50
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender instrumentos da infração, objetos, equipamentos que tiverem relação com o fato, após
liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 08.020 - ANÚNCIO DE MEIO ABORTIVO


Anunciar processo, substância ou objeto destinado a provocar aborto.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

51
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Arrecadar os objetos, materiais, papéis e documentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, materiais, papéis e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados
pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 08.021 - VIAS DE FATO / AGRESSÃO


Praticar vias de fato contra alguém.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e

52
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 99.000 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA A PESSOA


PELA POLÍCIA MILITAR / PELA POLÍCIA CIVIL / PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Adotar o procedimento operacional desta natureza, conforme o caso específico, por analogia aos
procedimentos insertos nesta Diretriz ou norma legal vigente;

b) Somente será registrado como fato desta natureza, se não estiver elencado nas anteriores.

53
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

B 01.134 - EXPOSIÇÃO OU ABANDONO DE RECÉM-NASCIDO


Expor ou abandonar recém-nascido para ocultar desonra própria.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar os objetos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender objetos e/ou materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

54
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.133 - ABANDONO DE INCAPAZ


Abandonar pessoa que está sob seu cuidado, guarda, vigilância ou autoridade, e, por qualquer motivo, incapaz
de defender-se dos riscos resultantes do abandono.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar os objetos e documentos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente encaminhar à autoridade policial competente;, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

55
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender objetos e/ou documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.132 - PERIGO PARA A VIDA OU SAÚDE DE OUTREM


Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

56
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.131 - PERIGO DE CONTÁGIO DE MOLÉSTIA GRAVE


Praticar, com o fim de transmitir a outrem moléstia grave de que está contaminado, ato capaz de produzir o
contágio.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

57
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Socorrer a vítima caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

58
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

B 01.130 - PERIGO DE CONTÁGIO VENÉREO


Expor alguém, por meio de relações sexuais ou qualquer outro ato libidinoso, ao contágio de moléstia venérea,
de que sabe ou deve saber que está contaminado.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) fora dos dias e horários de expediente normal, à Unidade Policial Civil Plantonista da ACISP, onde
houver ou a mais próxima do local do fato.

PELA POLÍCIA CIVIL

Adotar as providências legais após representação da vítima.

B 01.129 - LESÃO CORPORAL

Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro
de ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência /


Emergência não tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade
de Saúde competente mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o/apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos


e garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local,

59
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

constar no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo


órgão, bem como o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo
se dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia
e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial
competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações


sobre o evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no


art.6º do CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas,
até a chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá


informar, de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados
pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

60
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.126 - PROVOCAR ABORTO COM O CONSENTIMENTO DA GESTANTE


Provocar aborto com o consentimento da gestante.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando a equipe policial.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a gestante, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, perícia e rabecão; caso não compareçam ao local,
constar no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão,
bem como o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do

61
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver, ou a mais
próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.125 - ABORTO PROVOCADO POR TERCEIRO


Provocar aborto sem o consentimento da gestante.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando a equipe policial.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a gestante, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, perícia e rabecão; caso não compareçam ao local,
constar no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão,
bem como o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o

62
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a autoridade policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.124 - ABORTO PROVOCADO PELA GESTANTE OU COM SEU CONSENTIMENTO


Provocar aborto em si mesma, ou consentir, que outrem lhe provoque.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a gestante, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, perícia e rabecão; caso não compareçam ao local,
constar no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão,

63
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

bem como o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes, na Corporação, para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após serem liberados
pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.123 - INFANTICÍDIO
Matar, sob a influência do estado puerperal, o próprio filho, durante o parto ou logo após.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

64
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a gestante, caso o CBM ou outro órgão público de atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, perícia e rabecão; caso não compareçam ao local,
constar no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão,
bem como o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar
de pronto ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

65
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 01.122 – INDUZIMENTO / INSTIGAÇÃO / AUXÍLIO A SUICÍDIO


PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

66
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local do crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

RELATIVOS AO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

B 05.501 - SUBMETER À CRIANÇA OU ADOLESCENTE À PROSTITUIÇÃO...


SUBMETER À CRIANÇA OU ADOLESCENTE À PROSTITUIÇÃO OU EXPLORAÇÃO SEXUAL

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Confirmar a idade da vítima anos; se é alienada ou débil mental; se houve violência ou grave ameaça;

b) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Prestar assistência à vítima, caso seja necessário, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima,
para adoção de providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

67
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar os objetos, documentos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.502 - OFERECER, TROCAR DISPONIBILIZAR, TRANSMITIR, DISTRIBUIR, PUBLICAR OU


DIVULGAR ...
OFERECER, TROCAR DISPONIBILIZAR, TRANSMITIR, DISTRIBUIR, PUBLICAR OU DIVULGAR
POR QUALQUER MEIO, INCLUSIVE POR MEIO DE SISTEMA DE INFORMÁTICA OU
TELEMÁTICO, FOTOGRAFIA, VÍDEO OU OUTRO REGISTRO QUE CONTENHA CENA DE SEXO
EXPLÍCITO OU PORNOGRÁFICA ENVOLVENDO CRIANÇA OU ADOLESCENTE.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

68
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, documentos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.503 - ADQUIRIR, POSSUIR OU ARMAZENAR, POR QUALQUER MEIO, FOTOGRAFIA,


VÍDEO...
ADQUIRIR, POSSUIR OU ARMAZENAR, POR QUALQUER MEIO, FOTOGRAFIA, VÍDEO OU
OUTRA FORMA DE REGISTRO QUE CONTENHA CENA DE SEXO EXPLÍCITO OU PORNOGRAFIA
ENVOLVENDO CRIANÇA OU ADOLESCENTE.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

69
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, documentos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.504 - SIMULAR A PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE EM CENA DE SEXO


EXPLÍCITO...
SIMULAR A PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE EM CENA DE SEXO EXPLÍCITO
OU PORNOGRÁFICA POR MEIO DE ADULTERAÇÃO, MONTAGEM OU MODIFICAÇÃO DE
FOTOGRAFIA, VÍDEO OU QUALQUER OUTRA FORMA DE REPRESENTAÇÃO VISUAL.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

70
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar os objetos, documentos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.505 - ALICIAR, ASSEDIAR, INSTIGAR OU CONSTRANGER, POR QUALQUER MEIO


ALICIAR, ASSEDIAR, INSTIGAR OU CONSTRANGER, POR QUALQUER MEIO DE

71
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

COMUNICAÇÃO, CRIANÇA, COM O FIM DE COM ELA PRATICAR ATO LIBIDINOSO.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Confirmar a idade da vítima anos; se é alienada ou débil mental; se houve violência ou grave ameaça;

b) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Prestar assistência à vítima, caso seja necessário, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima,
para adoção de providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar os objetos, documentos e materiais que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e materiais que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

72
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.506 - CORRUPÇÃO DE MENORES PARA PRÁTICA DE CRIME


Corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 (dezoito) anos, com ele praticando infração penal ou
induzindo-o a praticá-la. Incorre nas penas previstas no caput deste artigo quem pratica as condutas ali
tipificadas utilizando-se de quaisquer meios eletrônicos, inclusive salas de bate-papo da internet.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/ SOF

a) Confirmar se a vítima é menor de 18 anos;

b) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente.

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

73
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) apreender os objetos, equipamentos e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCA

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.228 - DEIXAR O ENCARREGADO DE SERVIÇO OU O DIRIGENTE DE


ESTABELECIMENTO DE ATENÇÃO À SAÚDE...

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar documento da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade
policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

74
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender o documento da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.229 - DEIXAR O MÉDICO, ENFERMEIRO OU DIRIGENTE DE ESTABELECIMENTO...


PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar documentos, instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e
encaminhar à autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a

75
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiver no local;

c) apreender documentos, instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após
liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.230 - PRIVAR A CRIANÇA OU O ADOLESCENTE DE SUA LIBERDADE...


PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Encaminhar a criança ao Conselho Tutelar ou Instituições próprias/ Comissariado de Menores, caso os


responsáveis legais não sejam localizados;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

76
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.231 - DEIXAR A AUTORIDADE POLICIAL RESPONSÁVEL PELA APREENSÃO DA


CRIANÇA...
DEIXAR A AUTORIDADE POLICIAL RESPONSÁVEL PELA APREENSÃO DA CRIANÇA OU DO
ADOLESCENTE DE FAZER IMEDIATA COMUNICAÇÃO A AUTORIDADE JUDICIÁRIA
COMPETENTE E A FAMÍLIA DO APREENDIDO OU A PESSOA POR ELE INDICADO
A apuração do crime depende de requisição Judicial ou do Ministério Público.

A apuração do crime depende de requisição Judicial ou do Ministério Público.

B 05.232 - SUBMETER CRIANÇA / ADOLESCENTE DE QUE TEM A GUARDA OU VIGILÂNCIA,


AO VEXAME OU CONSTRANGIMENTO
PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

77
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Encaminhar a vítima ao Conselho Tutelar ou instituições próprias/Comissariado de Menores, mesmo que


os responsáveis legais sejam localizados;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.234 – DEIXAR A AUTORIDADE COMPETENTE, SEM JUSTA CAUSA, DE ORDENAR A


IMEDIATA LIBERAÇÃO...
DEIXAR A AUTORIDADE COMPETENTE, SEM JUSTA CAUSA, DE ORDENAR A IMEDIATA
LIBERAÇÃO DA CRIANÇA OU DO ADOLESCENTE, TÃO LOGO TENHA CONHECIMENTO DA
ILEGALIDADE DA APREENSÃO.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a

78
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os documentos e objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os documentos e objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.235 - DESCUMPRIR, INJUSTIFICADAMENTE, PRAZO FIXADO NOS ARTIGOS DA LEI


8.069/1990...
DESCUMPRIR, INJUSTIFICADAMENTE, PRAZO FIXADO NOS ARTIGOS DA LEI 8.069/1990 - ECA,
EM BENEFÍCIO DE ADOLESCENTE PRIVADO DE LIBERDADE

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR / POLÍCIA CIVIL

79
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Encaminhar o solicitante à Autoridade Judiciária competente ou Ministério Público.

B 05.236 - IMPEDIR OU EMBARAÇAR A AÇÃO DA AUTORIDADE JUDICIÁRIA...


IMPEDIR OU EMBARAÇAR A AÇÃO DA AUTORIDADE JUDICIÁRIA, MEMBRO DO CONSELHO
TUTELAR OU REPRESENTANTE DO MINISTÉRIO PÚBLICO NO EXERCÍCIO DE SUA FUNÇÃO
PREVISTA NA LEI 8.069/1990 - ECA

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, equipamentos e materiais que tiveram relação com o fato e encaminhar à
Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) dirigir-se ao local, se for o caso;

a.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

b) apreender os objetos, equipamentos e materiais que tiverem relação com o fato;

c) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

80
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.237 - SUBTRAIR CRIANÇA OU ADOLESCENTE AO PODER DE QUEM O TEM SOB SUA


GUARDA ...
SUBTRAIR CRIANÇA OU ADOLESCENTE AO PODER DE QUEM O TEM SOB SUA GUARDA EM
VIRTUDE DE LEI OU ORDEM JUDICIAL, COM O FIM DE COLOCAÇÃO EM LAR SUBSTITUTO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) dirigir-se ao local, se for o caso;

a.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

b) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

c) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

81
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.238 - PROMETER OU EFETIVAR A ENTREGA DOS FILHOS OU PUPILOS A TERCEIRO...


PROMETER OU EFETIVAR A ENTREGA DOS FILHOS OU PUPILOS A TERCEIRO, MEDIANTE
PAGA OU RECOMPENSA.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, documentos e valores que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade
policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e valores que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais;

82
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.239 - TRÁFICO INTERNACIONAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE


Promover ou auxiliar a efetivação de ato destinado ao envio de criança ou adolescente para o exterior com
inobservância das formalidades legais ou com fito de obter lucro.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Acionar os planos estratégicos operacionais pertinentes ao fato, se for o caso;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do


CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) comunicar, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

c) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

83
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

f) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.240 - PRODUZIR, REPRODUZIR, DIRIGIR, FOTOGRAFAR, FILMAR OU REGISTRAR, POR


QUALQUER MEIO, CENA D
PRODUZIR, REPRODUZIR, DIRIGIR, FOTOGRAFAR, FILMAR OU REGISTRAR, POR QUALQUER
MEIO, CENA DE SEXO EXPLÍCITO OU PORNOGRÁFICA, ENVOLVENDO CRIANÇA OU
ADOLESCENTE.

INCORRE NAS MESMAS PENAS QUEM AGENCIA, FACILITA, RECRUTA, COAGE, OU DE QUALQUER
MODO INTERMEDEIA A PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE NAS CENAS REFERIDAS
NO CAPUT DESTE ARTIGO, OU AINDA QUEM COM ESSES CONTRACENA.

Incorre nas mesmas penas quem agencia, facilita, recruta, coage, ou de qualquer modo intermedeia a
participação de criança ou adolescente nas cenas referidas no caput deste artigo, ou ainda quem com esses
contracena.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Confirmar a idade da vítima, anos; se é alienada ou débil mental; se houve violência ou grave ameaça;

b) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Caso necessário, Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos

84
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

periciais, salvo se dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar os objetos, equipamentos e documentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, equipamentos e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.241 - VENDER OU EXPÔR À VENDA FOTOGRAFIA, VÍDEO OU OUTRO REGISTRO


VENDER OU EXPÔR À VENDA FOTOGRAFIA, VÍDEO OU OUTRO REGISTRO QUE CONTENHA
CENA DE SEXO EXPLÍCITO OU PORNOGRÁFICA ENVOLVENDO CRIANÇA OU ADOLESCENTE.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e

85
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, documentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, documentos e equipamentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.242 - VENDA, FORNECIMENTO OU ENTREGA DE ARMA, MUNIÇÃO E EXPLOSIVO A


CRIANÇA E ADOLESCENTE
Vender, fornecer ainda que gratuitamente ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescente arma,
munição ou explosivo.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/ SOF

a) Confirmar se a vítima é menor de 18 anos;

b) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local.

PELA POLÍCIA MILITAR

86
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente.

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, equipamentos e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCA

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.243 - VENDER, FORNECER, AINDA QUE GRATUITAMENTE, MINISTRAR OU


ENTREGAR...
VENDER, FORNECER, SERVIR, MINISTRAR OU ENTREGAR, AINDA QUE GRATUITAMENTE, DE
QUALQUER FORMA, À CRIANÇA OU ADOLESCENTE, BEBIDA ALCOÓLICA OU, SEM JUSTA
CAUSA, OUTROS PRODUTOS CUJOS COMPONENTES POSSAM CAUSAR DEPENDÊNCIA FÍSICA
OU PSÍQUICA.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/SOF

87
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o/apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e


garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, produtos, equipamentos, valores e documentos que tenham relação com o fato, se
a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial
competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, produtos, equipamentos, valores e documentos que tiverem relação com o fato,
após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 05.244 - VENDER, FORNECER, AINDA QUE GRATUITAMENTE, OU ENTREGAR...


VENDER, FORNECER, AINDA QUE GRATUITAMENTE, OU ENTREGAR, DE QUALQUER FORMA,
À CRIANÇA OU ADOLESCENTE FOGOS DE ESTAMPIDO OU DE ARTIFÍCIO, EXCETO AQUELES
QUE, PELO SEU REDUZIDO POTENCIAL, SEJAM INCAPAZES DE PROVOCAR QUALQUER DANO
FÍSICO EM CASO DE UTILIZAÇÃO INDEVIDA.

88
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, produtos, fogos e valores que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) redigir e registrar o boletim de ocorrência pela polícia civil

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, produtos, fogos e valores que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

CRIMES RELATIVOS AO ESTATUTO DO IDOSO

B 13.096 - DISCRIMINAR PESSOA IDOSA, IMPEDINDO OU DIFICULTANDO SEU ACESSO A

89
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

OPERAÇÕES BANCÁRIAS ...


DISCRIMINAR PESSOA IDOSA, IMPEDINDO OU DIFICULTANDO SEU ACESSO A OPERAÇÕES
BANCÁRIAS OU MEIOS DE TRANSPORTES, AO DIREITO DE CONTRATAR OU POR QUALQUER
OUTRO MEIO OU INSTRUMENTO NECESSÁRIO AO EXERCÍCIO DA CIDADANIA, POR MOTIVO
DE IDADE; DESDENHAR, HUMILHAR, MENOSPREZAR OU DISCRIMINAR PESSOA IDOSA POR
QUALQUER MOTIVO.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos e documentos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à autoridade policial competente; e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar
de pronto ao Órgão e ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

90
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.097 - DEIXAR DE PRESTAR ASSISTÊNCIA AO IDOSO, QUANDO FOR POSSÍVEL


FAZÊ-LO, SEM RISCO PESSOAL...
DEIXAR DE PRESTAR ASSISTÊNCIA AO IDOSO, QUANDO FOR POSSÍVEL FAZÊ-LO, SEM RISCO
PESSOAL, EM SITUAÇÃO DE IMINENTE PERIGO, OU RECUSAR, RETARDAR OU DIFICULTAR
SUA ASSISTÊNCIA À SAÚDE, SEM JUSTA CAUSA, OU NÃO PEDIR, NESSES CASOS, O SOCORRO
DA AUTORIDADE PÚBLICA

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

91
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.098 - ABANDONAR O IDOSO EM HOSPITAIS, CASAS DE SAÚDE, ENTIDADES DE


LONGA PERMANÊNCIA ...
ABANDONAR O IDOSO EM HOSPITAIS, CASAS DE SAÚDE, ENTIDADES DE LONGA
PERMANÊNCIA OU CONGÊNERES, OU NÃO PROVER SUAS NECESSIDADES BÁSICAS QUANDO
OBRIGADO POR LEI OU MANDADO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

92
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Arrecadar os objetos e documentos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à autoridade policial competente;, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.099 - EXPOR O IDOSO AO PERIGO A INTEGRIDADE E A SAÚDE, FÍSICA OU PSÍQUICA...


EXPOR O IDOSO AO PERIGO A INTEGRIDADE E A SAÚDE, FÍSICA OU PSÍQUICA,
SUBMETENDO-O A CONDIÇÕES DESUMANAS OU DEGRADANTES OU PRIVANDO-O DE
ALIMENTOS E CUIDADOS INDISPENSÁVEIS, QUANDO OBRIGADO A FAZÊ-LO, OU
SUJEITANDO-O A TRABALHO EXCESSIVO OU INADEQUADO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

93
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar os objetos e documentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial
não comparecerem ao local e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos e documentos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos
criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

94
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

B 13.100 - POR MOTIVO DE IDADE, OBSTAR ACESSO AO CARGO PÚBLICO, NEGAR


TRABALHO OU EMPREGO...
POR MOTIVO DE IDADE, OBSTAR ACESSO AO CARGO PÚBLICO, NEGAR TRABALHO OU
EMPREGO; RECUSAR, RETARDAR OU DIFICULTAR ATENDIMENTO OU DEIXAR DE PRESTAR
ASSISTÊNCIA À SAÚDE, SEM JUSTA CAUSA, A PESSOA IDOSA; DEIXAR DE CUMPRIR,
RETARDAR OU FRUSTRAR ORDEM JUDICIAL ATINENTE AO ESTATUTO DO IDOSO; RECUSAR,
RETARDAR OU OMITIR DADOS TÉCNICOS SOLICITADOS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Arrecadar os objetos e documentos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à autoridade policial competente; e encaminhar à autoridade policial competente;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia\z, se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos e documentos que tiverem relação com o fato, se for o caso;

95
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.101 - DEIXAR DE CUMPRIR, RETARDAR OU FRUSTAR, SEM MOTIVO JUSTO...


DEIXAR DE CUMPRIR, RETARDAR OU FRUSTAR, SEM MOTIVO JUSTO, A EXECUÇÃO DE
ORDEM JUDICIAL EXPEDIDA NAS AÇÕES EM QUE FOR PARTE OU INTERVENIENTE O IDOSO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos e documentos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à autoridade policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,

96
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos e documentos que tiverem relação com o fato, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.102 - APROPRIAR OU DESVIAR BENS, PROVENTOS, PENSÃO OU QUALQUER OUTRO


RENDIMENTO DO IDOSO...
APROPRIAR OU DESVIAR BENS, PROVENTOS, PENSÃO OU QUALQUER OUTRO RENDIMENTO
DO IDOSO, DANDO-LHES APLICAÇÃO DIVERSA DE SUA FINALIDADE

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao Fora dos casos de
flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, produtos, fogos e valores que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP e demais
dispositivos previstos em lei.

97
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

B 13.103 - NEGAR O ACOLHIMENTO OU A PERMANÊNCIA DO IDOSO, COMO ABRIGADO...


NEGAR O ACOLHIMENTO OU A PERMANÊNCIA DO IDOSO, COMO ABRIGADO, POR RECUSA
DESTE EM OUTORGAR PROCURAÇÃO À ENTIDADE DE ATENDIMENTO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, produtos, fogos e valores que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, cartão magnético, valores e documentos que tiverem relação com o fato, se for o
caso;

98
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

B 13.104 - RETER O CARTÃO MAGNÉTICO DE CONTA BANCÁRIA RELATIVA AOS


BENEFÍCIOS...
RETER O CARTÃO MAGNÉTICO DE CONTA BANCÁRIA RELATIVA AOS BENEFÍCIOS,
PROVENTOS OU PENSÃO DO IDOSO, BEM COMO QUALQUER OUTRO DOCUMENTO COM O
OBJETIVO DE ASSEGURAR RECEBIMENTO OU RESSARCIMENTO DE DÍVIDA

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, cartão magnético, valores e documentos que tenham relação com o fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, cartão magnético, valores e documentos que tiverem relação com o fato, se for o
caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

99
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.105 - EXIBIR OU VEICULAR, POR QUALQUER MEIO DE COMUNICAÇÃO...


EXIBIR OU VEICULAR, POR QUALQUER MEIO DE COMUNICAÇÃO, INFORMAÇÕES OU
IMAGENS DEPRECIATIVAS OU INJURIOSAS À PESSOA DO IDOSO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar os objetos, equipamentos, papéis e documentos que tenham relação com o fato, se a perícia
e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

100
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local do fato;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, equipamentos, papéis e documentos que tiveram relação com o fato, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.106 - INDUZIR PESSOA IDOSA, SEM DISCERNIMENTO DE SEUS ATOS...


INDUZIR PESSOA IDOSA, SEM DISCERNIMENTO DE SEUS ATOS, A OUTORGAR PROCURAÇÃO
PARA FINS DE ADMINISTRAÇÃO DE BENS OU DELES DISPOR LIVREMENTE

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar documentos e valores que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

101
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) acionar a perícia se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender documentos e valores que tiverem relação com o fato, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.107 - COAGIR, DE QUALQUER MODO, O IDOSO A DOAR, CONTRATAR...


COAGIR, DE QUALQUER MODO, O IDOSO A DOAR, CONTRATAR, TESTAR OU OUTORGAR
PROCURAÇÃO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos, valores e documentos que tenham relação com o fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

102
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos, valores e documentos que tiverem relação com o fato, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

B 13.108 - LAVRAR ATO NOTARIAL, ENVOLVENDO PESSOA IDOSA SEM DISCERNIMENTO


...
LAVRAR ATO NOTARIAL, ENVOLVENDO PESSOA IDOSA SEM DISCERNIMENTO DE SEUS ATOS
E SEM REPRESENTAÇÃO LEGAL

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei.

B 13.109 - IMPEDIR OU EMBARAÇAR ATO DO REPRESENTANTE DO MINISTÉRIO


PÚBLICO...
IMPEDIR OU EMBARAÇAR ATO DO REPRESENTANTE DO MINISTÉRIO PÚBLICO OU DE
QUALQUER OUTRO AGENTE FISCALIZADOR

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

103
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar os objetos e instrumentos que tenham relação com o fato e encaminhar à autoridade policial
competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão e ao policial que estiverem no local;

c) apreender os objetos e instrumentos que tiverem relação com o fato, se for o caso;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

Grupo C00.000
INFRAÇÕES CONTRA O PATRIMÔNIO E PROPRIEDADE IMATERIAL

104
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO

C 01.182 - ESBULHO POSSESSÓRIO

Esbulho possessório: Invadir, com violência, a pessoa, ou grave ameaça, ou mediante concurso de
mais de duas pessoas, terreno ou edifício alheio, para o fim de esbulho possessório.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima
for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o/apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos


e garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia, se for o caso;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações


sobre o evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no


art.6º do CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

105
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas,
até a chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecer ao local de crime, deverá


informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

f) Comunicar, imediatamente, a Delegacia Especializada de Vigilância Pública e Conflitos Agrários.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.181 - ALTERAÇÃO DE LIMITES

Alteração de limites: Suprimir ou deslocar tapume, marco, ou qualquer outro sinal indicativo de linha
divisória, para apropriar-se, no todo ou em parte, de coisa imóvel alheia;

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima
for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus


direitos e garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia, se for o caso;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

106
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações


sobre o evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no


art.6º do CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas,
até a chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecer ao local de crime, deverá


informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

f) Comunicar, imediatamente, a Delegacia Especializada de Vigilância Pública e Conflitos Agrários.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.155 - FURTO
Subtrair para si ou para outrem coisa alheia móvel, e as circunstâncias qualificadoras.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

107
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

108
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

A residência/estabelecimento comercial

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou

109
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais, se for o caso;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

De veículo

110
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar informações da vítima, tais como placa, município do emplacamento/UF, marca/modelo, cor, ano
do modelo, chassi, detalhes que individualizam o veículo furtado, bem como os dados pessoais do
proprietário, dentre outros: nome, endereço, telefone para contato;

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada para a sinalização de veículo furtado e orientar a
vítima/solicitante a comparecer à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais
casos respeitando a competência dos demais Órgãos, à Unidade Policial Civil Plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato, para fazer o registro.

d) Divulgar o furto na rede-rádio para possível localização/rastreamento;

e) Acionar o proprietário, imediatamente, quando o veículo for localizado, desde que possua telefone para
contato.

pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, após a localização do veículo, caso as


informações não estejam integradas, para deliberação quanto à presença de perícia e remoção;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar o veículo e /ou objeto relacionado com o fato, se o proprietário não for localizado ou
perícia/autoridade não comparecer ao local do fato;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

111
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender o veículo e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

Em veículo

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a

112
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

competência dos demais Órgãos.

pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, perícia e remoção, se for o caso;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

113
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

De animal

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos..

pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local, e encaminhar à autoridade policial competente;

114
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.156 - FURTO DE COISA COMUM


Subtrair o condômino, co-herdeiro ou sócio, para si ou para outrem, a quem legitimamente a detém, a coisa

115
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

comum.

Neste caso, a atuação policial fica condicionada à apresentação de requerimento pela vítima, sem o qual
nenhuma diligência poderá ser efetivada, por tratar-se de ação penal condicionada à representação.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender recipiente, líquido, invólucro e objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

116
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.157 - ROUBO
Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência à pessoa, ou depois
de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Arrecadar os instrumentos, equipamentos, dinheiro, documentos, objetos e armamento, veículo que


tenham relação com o fato;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Acionar planos operacionais pertinentes ao fato delituoso;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

117
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) apreender os instrumentos, equipamentos, dinheiro, documentos, objetos, armamento e veículo que


tiverem relação com o fato;

b) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

A residência / estabelecimento comercial

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar os instrumentos, equipamentos, dinheiro, documentos, mercadorias e objetos que tenham


relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato, que detenham informações sobre o

118
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

evento ou acompanharam a atuação;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender os instrumentos, equipamentos, dinheiro, documentos, mercadorias e objetos que tiverem


relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais, se for o caso;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

De veículo

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

119
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Coletar informações da vítima, tais como placa, município do emplacamento/UF, marca/modelo, cor, ano
do modelo, chassi, detalhes que individualizam o veículo roubado, bem como os dados pessoais do
proprietário, dentre outros: nome, endereço, telefone para contato;

c) Divulgar o roubo na rede-rádio para possível localização/rastreamento;

d) Acionar o proprietário, imediatamente, quando o veículo for localizado, desde que possua telefone para
contato.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, após a localização do veículo, caso as


informações não estejam integradas, para deliberação quanto à presença de perícia e devolução do veículo;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se o veículo for localizado;

e) Arrecadar o veículo, equipamento e /ou objeto relacionado com fato, se for o caso, quando localizado;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar o proprietário, imediatamente, desde que possua telefone para contato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

120
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se o veículo for encontrado;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial comparecer ao local de crime, deverá informar, de pronto, ao


Órgão e ao policial que estiver no local;

c) apreender o veículo, equipamento e /ou objeto que tiverem relação com o fato, após liberados pelos
peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

De animal

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Em todos os casos, deverá gerar a CHAMADA enviando equipe policial ao local;

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

121
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente, após a localização do animal, caso as


informações não estejam integradas, para deliberação quanto à presença de perícia e devolução do animal;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;se for o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não
comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial comparecer ao local de crime, deverá informar, de pronto, ao


Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

122
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.158 - EXTORSÃO
Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem
indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça ou deixar de fazer alguma coisa.

§ 3º - Se o crime é cometido mediante a restrição da liberdade da vítima, e essa condição é necessária para
a obtenção da vantagem econômica, a pena é de reclusão, de 6 (seis) a 12 (doze) anos, além da multa; se
resulta lesão corporal grave ou morte, aplicam-se as penas previstas no art. 159, §§ 2o e 3o,
respectivamente. Constar tal fato como “Complemento de Ocorrência – SEQUESTRO RELÂMPAGO”.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência/Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

e) Arrecadar instrumentos da infração, dinheiro e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

123
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Acionar planos operacionais pertinentes ao fato delituoso, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração, dinheiro e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

SEQU

Se a e
obtenção da vantagem econômica.

Tipo penal previsto no art 158, §3º do Código Penal

PELO

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência/Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente

124
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

e) Arrecadar instrumentos da infração, dinheiro e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Caso a vítima esteja em poder do agente, acionar planos operacionais pertinentes ao fato delituoso.
Neste caso, o policial deverá analisar a conveniência e oportunidade de disparo de arma de fogo em direção
a veículos usados em fuga, mesmo dentro das excludentes de ilicitude, visto que a vítima pode estar presa
em porta-malas;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração, dinheiro e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCA

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

125
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

C 01.159 - EXTORSÃO MEDIANTE SEQÜESTRO


Seqüestrar pessoa com o fim de obter, para si ou para outrem, qualquer vantagem, como condição ou preço do
resgate.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

b) Acionar, imediatamente, os grupos especiais da PMMG e PCMG.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

e) Arrecadar instrumentos da infração, dinheiro e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

126
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar planos operacionais pertinentes ao fato delituoso;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração, dinheiro e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.160 - EXTORSÃO INDIRETA


Exigir ou receber, como garantia de divida, abusando da situação de alguém, documento que pode dar causa a
procedimento criminal contra a vítima ou contra terceiro.

127
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

b) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

128
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.161 - USURPAÇÃO DE ÁGUAS


Usurpação de águas: Desvia ou represa, em proveito próprio ou de outrem, águas alheias.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/ SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima
for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus


direitos e garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia, se for o caso;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações


sobre o evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

129
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no


art.6º do CPP e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas,
até a chegada dos peritos;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecer ao local de crime, deverá


informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

f) Comunicar, imediatamente, a Delegacia Especializada de Vigilância Pública e Conflitos Agrários.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.162 - SUPRESSÃO OU ALTERAÇÃO DE MARCA EM ANIMAIS


Suprimir ou alterar, indevidamente, em gado ou rebanho alheio, marca ou sinal indicativo de propriedade.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

130
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Deixar o animal em poder da vítima, mediante termo de responsabilidade e guarda, arrecadando os


objetos que tiverem relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade competente não comparecerem ao
local;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

131
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.163 - DANO
Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia; com violência à pessoa ou grave ameaça; com emprego de
substância inflamável ou explosiva, se o fato não constitui crime mais grave; contra o patrimônio da União,
Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista, por motivo
egoístico ou com prejuízo considerável para a vítima.

PELO centro de operações / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, e também caso o dano seja simples ou qualificada na alínea “d” do
dispositivo legal, orientar a vítima/solicitante a comparecer e formalizar representação na:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

132
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

e) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso, após
orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes, na Corporação, para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

133
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.164 - INTRODUÇÃO OU ABANDONO DE ANIMAL EM PROPRIEDADE ALHEIA


Introduzir ou deixar animais em propriedade alheia, sem consentimento de quem de direito, desde que do fato
resulte prejuízo.

PELO centro operações / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR / POLÍCIA CIVIL

Orientar a vítima a formalizar queixa crime no Fórum.

C 01.501 - APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRIA


Deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes no prazo e forma legal ou
convencional; recolher, no prazo legal, contribuição ou outra importância destinada à previdência social, que
tenha sido descontada de pagamento efetuado a segurados, a terceiros ou arrecadada do público; recolher
contribuições devidas à previdência social, que tenham integrado despesas contábeis ou custos relativos à
venda de produtos ou à prestação de serviços; pagar benefício devido a segurado, quando as respectivas cotas
ou valores já tiverem sido reembolsados à empresa pela previdência social ( Artigo 168 A, I, II e III).

PELO centro de operações / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) apreender equipamentos que tiverem relação com o fato, se for o caso;

134
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

c) comunicar o fato, imediatamente, à Delegacia de Polícia Federal mais próxima, se for o caso;

d) a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à Polícia Federal.

C 01.168 - APROPRIAÇÃO INDÉBITA DE COISA ALHEIA MÓVEL


Apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou a detenção.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso, após
orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

135
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial comparecer ao local de crime, deverá informar, de pronto, ao
Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

e) caso comprovada a propriedade é desnecessária a perícia, restituir a coisa.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.169 - APROPRIAÇÃO DE COISA HAVIDA POR ERRO (COISA ACHADA)


Apropriar-se alguém de coisa alheia vinda ao seu poder por erro, caso fortuito ou força da natureza.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

136
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso, após
orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

137
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

e) caso comprovada a propriedade é desnecessária a perícia, restituir a coisa.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.171 - ESTELIONATO
Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro,
mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

138
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar a vantagem obtida ilicitamente, instrumentos da infração e/ou objeto relacionado com fato, se
for o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender a vantagem obtida ilicitamente, instrumentos da infração e/ou objetos relacionados com fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

139
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.172 - DUPLICATA SIMULADA


Emitir fatura, duplicata ou nota de venda que não corresponda à mercadoria vendida, em quantidade ou
qualidade, ao serviço prestado.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

140
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.173 - ABUSO DE INCAPAZES


Abusar, em proveito próprio ou alheio, de necessidade, paixão ou inexperiência de menor, ou da alienação ou
debilidade mental de outrem, induzindo qualquer deles à prática de ato susceptível de produzir efeito jurídico,
em prejuízo próprio ou de terceiro.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

141
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Arrecadar os documentos, equipamento e objetos que tenham relação com o fato; c) Relacionar e
qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o evento e/ou
acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes, na Corporação, para o caso e;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os documentos, equipamento e objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.174 - INDUZIMENTO À ESPECULAÇÃO


Abusar, em proveito próprio ou alheio, da inexperiência ou da simplicidade ou inferioridade mental de outrem,
induzindo-o a prática de jogo ou aposta, ou a especulação com títulos ou mercadorias, sabendo ou devendo
saber que a operação é ruinosa.

142
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração, bilhete de apostas, títulos ou mercadorias que tenham relação com o
fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

143
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) apreender instrumentos da infração, bilhete de apostas, títulos ou mercadorias que tiverem relação com o
fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.176 - NEGAR SALDAR DESPESA


Tomar refeição em restaurante, alojar em hotel ou utilizar-se de meio de transporte, sem dispor de recursos
para efetuar o pagamento.

PELO centro de operações / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

144
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.177 - FRAUDE EM SOCIEDADE / FUNDAÇÃO


Promover a fundação de sociedade por ações, fazendo, em prospecto ou em comunicação ao público ou à
assembléia, afirmação falsa sobre a constituição da sociedade, ou ocultando fraudulentamente fato a ela
relativo.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração, papéis, equipamentos e objetos relacionados com fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

145
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Cumprir demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, papéis, equipamentos e objetos relacionados com fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.178 - EMISSÃO IRREGULAR DE CONHECIMENTO DE DEPÓSITO OU “WARRANT”


Emitir conhecimento de depósito ou “Warrant”, em desacordo com disposição legal.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

146
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato e encaminhar à
autoridade policial competente;e encaminhar à Autoridade Policial competente;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar de pronto ao Órgão e ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

147
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 01.179 - FRAUDE À EXECUÇÃO


Fraudar execução, alienando, desviando, destruindo ou danificando bens, ou simulando dívidas.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR / POLÍCIA CIVIL

Orientar o solicitante a formalizar queixa crime em juízo.

Se a vítima do crime requerer e se o delegado entender necessário, deverá ser procedida investigação
através de inquérito policial.

C 01.180 - RECEPTAÇÃO
Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto
de crime, ou influir para que terceiro, de boa fé, a adquira, receba ou oculte; ter em depósito, desmontar,
montar, remontar, vender, expor à venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio, no
exercício de atividade industrial ou comercial, coisa que deve saber que é produto de crime.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

148
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, veículo, máquina e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for
o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato, que detenham informações sobre o
evento ou acompanharam a atuação

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Acionar planos operacionais pertinentes ao fato delituoso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, veículo, máquina e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

149
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 99.000 - OUTROS TIPOS DE INFRAÇÕES CONTRA O PATRIMÔNIO


PELA POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA CIVIL

a) Adotar o procedimento operacional desta natureza, conforme o caso específico, por analogia aos
procedimentos insertos nesta Diretriz ou norma legal vigente;

b) Somente será registrado como fato desta natureza, se não estiver elencado nas anteriores.

CONTRAVENÇÃO CONTRA O PATRIMÔNIO

C 08.024 - INSTRUMENTO DE EMPREGO USUAL NA PRÁTICA DE FURTO


Fabricar, ceder ou vender gazua ou instrumento empregado usualmente na prática de crime de furto.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

150
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso, após
orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

151
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 08.025 - POSSE, NÃO JUSTIFICADA, DE INSTRUMENTO DE EMPREGO USUAL NA


PRÁTICA DO CRIME DE FURTO
Ter alguém em seu poder, depois de condenado por crime de furto ou roubo, ou enquanto sujeito à liberdade
vigiada, ou quando conhecido como vadio ou mendigo, gazuas, chaves falsas ou alteradas ou instrumentos
empregados, usualmente, na prática do crime de furto, desde que não prove destinação legítima.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato; c) Relacionar e qualificar
as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o evento e/ou acompanharam
a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

152
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 08.026 - VIOLAÇÃO DE LUGAR OU OBJETO (CHAVEIRO SEM AUTORIZAÇÃO)


Abrir, alguém, no exercício de profissão de serralheiro ou ofício análogo, a pedido ou por incumbência de
pessoa de cuja legitimidade não se tenha certificado previamente, fechadura ou qualquer outro aparelho
destinado à defesa de lugar ou objeto.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

153
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso, após
orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

154
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

CONTRA PROPRIEDADE INDUSTRIAL – MARCAS E PATENTES

C 09.183 - FABRICAR PRODUTO OU USAR MEIO OU

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

155
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde
houver, ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.184 - EXPORTA, IMPORTA, VENDE, EXPÕE OU OFERECE À VENDA, TEM EM


ESTOQUE, OCULTA OU RECEBE, PARA
PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

156
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

157
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial comparecer ao local de crime, deverá informar, de pronto, ao
Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.185 - FORNECER COMPONENTE DE UM PRODUTO PATENTEADO, MATERIAL OU


EQUIPAMENTO PARA REALIZAR UM PR
PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, equipamentos, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato,
se for o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

158
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato, que detenham informações sobre o
evento ou acompanharam a atuação

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, equipamentos, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.187 - FABRICAR, SEM AUTORIZAÇÃO DO TITULAR, PRODUTO QUE INCORPORE


DESENHO INDUSTRIAL REGISTRADO
PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

159
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso,
após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

160
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.188 - EXPORTA, VENDE, EXPÕE OU OFERECE À VENDA, TEM EM ESTOQUE, OCULTA


OU RECEBE, PARA UTILIZAÇ
EXPORTA, VENDE, EXPÕE OU OFERECE À VENDA, TEM EM ESTOQUE, OCULTA OU RECEBE,
PARA UTILIZAÇÃO COM FINS ECONÔMICOS, OBJETO QUE INCORPORE ILICITAMENTE
DESENHO INDUSTRIAL REGISTRADO, OU IMITAÇÃO SUBSTANCIAL QUE POSSA INDUZIR EM
ERRO OU CONFUSÃO; IMPORTA PRODUTO QUE INCORPORE DESENHO INDUSTRIAL
REGISTRADO NO PAÍS, OU IMITAÇÃO SUBSTANCIAL, QUE POSSA INDUZIR EM ERRO OU
CONFUSÃO, PARA FINS ECONÔMICOS, E QUE NÃO TENHA SIDO COLOCADO NO MERCADO
EXTERNO, DIRETAMENTE, PELO TITULAR OU COM SEU CONSENTIMENTO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

161
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, dinheiro, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for
o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão e ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, dinheiro, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

162
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

C 09.189 - CRIME CONTRA REGISTRO DE MARCA: QUEM REPRODUZ, SEM AUTORIZAÇÃO


DO TITULAR, NO TODO OU EM
PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos..

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, documentos, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato,
se for o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP

163
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, documentos, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.190 - CRIME CONTRA O REGISTRO DE MARCA QUEM IMPORTA, EXPORTA, VENDE,


OFERECE OU EXPÕE À VENDA,
CRIME CONTRA O REGISTRO DE MARCA QUEM IMPORTA, EXPORTA, VENDE, OFERECE OU
EXPÕE À VENDA, OCULTA OU TEM EM ESTOQUE PRODUTO ASSINALADO COM MARCA
ILICITAMENTE REPRODUZIDA OU IMITADA, DE OUTREM, NO TODO OU EM PARTE; OU
PRODUTO DE SUA INDÚSTRIA OU COMÉRCIO, CONTIDO EM VASILHAME, RECIPIENTE OU
EMBALAGEM QUE CONTENHA MARCA LEGÍTIMA DE OUTREM (JÁ APOSTA EM PRODUTO
COLOCADO NO MERCADO)

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

164
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, documentos, produtos e/ou objetos que tenham relação com o fato,
se for o caso, após orientação e se a perícia e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial comparecer ao local de crime, deverá informar, de pronto, ao
Órgão ou ao policial que estiver no local;

165
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) apreender instrumentos da infração, documentos, produtos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.191 - REPRODUZIR OU IMITAR, DE MODO QUE POSSA INDUZIR EM ERRO OU


CONFUSÃO, ARMAS, BRASÕES OU DI

REPRODUZIR OU IMITAR, DE MODO QUE POSSA INDUZIR EM ERRO OU CONFUSÃO, ARMAS,


BRASÕES OU DISTINTIVOS OFICIAIS NACIONAIS, ESTRANGEIROS OU INTERNACIONAIS, SEM A
NECESSÁRIA AUTORIZAÇÃO, NO TODO OU EM PARTE, EM MARCA, TÍTULO DE ESTABELECIMENTO,
NOME COMERCIAL, INSÍGNIA OU SINAL DE PROPAGANDA, OU USAR ESSAS REPRODUÇÕES OU
IMITAÇÕES COM FINS ECONÔMICOS

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como

166
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, documentos, armas, brasões, distintivo, títulos, insígnias,


equipamentos e/ou objetos que tenham relação com o fato, se for o caso, após orientação e se a perícia
e/ou autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, documentos, armas, brasões, distintivo, títulos, insígnias,


equipamentos e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

167
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.192 - FABRICAR, IMPORTAR, EXPORTAR, VENDER, EXPOR OU OFERECER À VENDA


OU TER EM ESTOQUE PRODUTO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, produto e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia
e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local, se for o caso, após orientação e se a perícia e/ou
autoridade competente não comparecerem ao local;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

168
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, produto e/ou objetos que tiverem relação com o fato, após liberados
pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.193 - USAR, EM PRODUTO, RECIPIENTE, INVÓLUCRO, CINTA, RÓTULO, FATURA,


CIRCULAR, CARTAZ OU EM OU
USAR, EM PRODUTO, RECIPIENTE, INVÓLUCRO, CINTA, RÓTULO, FATURA, CIRCULAR,
CARTAZ OU EM OUTRO MEIO DE DIVULGAÇÃO OU PROPAGANDA, TERMOS RETIFICATIVOS,
TAIS COMO “TIPO”, “ESPÉCIE”, “GÊNERO”, “SISTEMA”, “SEMELHANTE”, “SUCEDÂNEO”,
“IDÊNTICO”, OU EQUIVALENTE, NÃO RESSALVANDO A VERDADEIRA PROCEDÊNCIA DO
PRODUTO

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

169
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, documentos, equipamentos, cartazes e/ou objetos que tenham
relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, documentos, equipamentos, cartazes e/ou objetos que tiverem
relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais;

170
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.194 - USAR MARCA, NOME COMERCIAL, TÍTULO DE ESTABELECIMENTO, INSÍGNIA,


EXPRESSÃO OU SINAL DE PR

USAR MARCA, NOME COMERCIAL, TÍTULO DE ESTABELECIMENTO, INSÍGNIA, EXPRESSÃO OU


SINAL DE PROPAGANDA OU QUALQUER OUTRA FORMA QUE INDIQUE PROCEDÊNCIA QUE NÃO A
VERDADEIRA, OU VENDER OU EXPOR À VENDA PRODUTO COM ESSES SINAIS

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

171
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Arrecadar instrumentos da infração, documentos, equipamentos, título, marca, insígnia e/ou objetos que
tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, documentos, equipamentos, título, marca, insígnia e/ou objetos que
tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 09.195 - CONCORRÊNCIA DESLEAL

172
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Lei 9.279/1996, Art. 195.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar instrumentos da infração, papéis, cartazes, documentos ou objetos relacionados com fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

173
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, papéis, cartazes, documentos ou objetos, que tiverem relação com o
fato, após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 22.120 - VIOLAR DIREITOS DE AUTOR DE PROGRAMA DE COMPUTADOR


Se a violação consistir na reprodução, por qualquer meio, de programa de computador, no todo ou em parte,
para fins de comércio, sem autorização expressa do autor ou quem o represente; vende, expõe à venda,
introduz no país, adquire, oculta ou tem em depósito, para fins de comércio original de programa de
computador, produzido com violação de direito autoral.

pelo centro de operações / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e

174
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, equipamentos, papéis, cartazes, documentos ou objetos relacionados


com fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia para vistoria preliminar;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, equipamentos, papéis, cartazes, documentos e/ou objetos que
tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

175
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

C 41.054 - VIOLAÇÃO DE DIREITO DO TITULAR DE TOPOGRAFIA DE CIRCUITO INTEGRADO


QUEM, SEM SUA AUTORIZA
VIOLAÇÃO DE DIREITO DO TITULAR DE TOPOGRAFIA DE CIRCUITO INTEGRADO QUEM, SEM
SUA AUTORIZAÇÃO, PRATICAR ATO PREVISTO NO ART.36 DA LEI 11.484; SE A VIOLAÇÃO
CONSISTE NA REPRODUÇÃO, IMPORTAÇÃO, VENDA, MANUTENÇÃO EM ESTOQUE OU
DISTRIBUIÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DE TOPOGRAFIA PROTEGIDA OU DE CIRCUITO
INTEGRADO QUE A INCORPORE; SE O AGENTE FOR OU TIVER SIDO REPRESENTANTE,
MANDATÁRIO, PREPOSTO, SÓCIO OU EMPREGADO DO TITULAR DO REGISTRO OU, AINDA,
DO SEU LICENCIADO

pelo centro de operações / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

176
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos, se for o caso;

d) Arrecadar instrumentos da infração, equipamentos, papéis, documentos ou objetos relacionados com fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia para vistoria preliminar;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou a perícia comparecerem ao local de crime, deverá
informar, de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender instrumentos da infração, equipamentos, papéis, documentos e/ou objetos que tiverem relação
com o fato, após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

177
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

Grupo D00.000
INFRAÇÕES CONTRA OS COSTUMES E A FAMÍLIA

CRIMES CONTRA A LIBERDADE SEXUAL E A FAMILIA

D 01.502 - ASSÉDIO SEXUAL


Constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da
sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função.

Crime, em regra, de ação penal pública condicionada à representação. Procede-se, entretanto, mediante
ação penal pública incondicionada se a vítima é menor de dezoito anos ou vulnerável.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local, caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

b.1) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima, para adoção de
providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

178
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos e armas que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos e armas que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

179
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial

D 01.503 - SATISFAÇÃO DE LASCÍVIA MEDIANTE PRESENÇA DE CRIANÇA E


ADOLESCENTE
Praticar, na presença de alguém menor de 14 (quatorze) anos, ou induzi-lo a presenciar, conjunção carnal ou
outro ato libidinoso, a fim de satisfazer lascívia própria ou de outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/ SOF

a) Confirmar se a vítima é menor de 14 anos;

b) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima, para adoção de
providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não

180
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir, ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística, se for o caso;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

181
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

D 01.504 - FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO


SEXUAL DE VULNERÁVEL
Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 (dezoito)
anos ou que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato,
facilitá-la, impedir ou dificultar que a abandone.

Estão sujeito à mesma pena cominada ao tipo penal do caput do art. 218-B do Código Penal:

I – quem pratica conjunção carnal ou outro ato libidinoso com alguém menor de (dezoito) anos e maior de 14
(quatorze) anos na situação descrita no caput deste artigo;

II – o proprietário, o gerente ou o responsável pelo local em que se verifiquem as práticas referidas no caput
deste artigo.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/ SOF

a) Confirmar:

a.1) se a vítima é menor de 18 anos;

a.2) se a vítima por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática
do ato;

b) Orientar a vítima a não tomar banho; preservar as roupas que utilizava no momento da consumação do
ato, para preservação de vestígios;

c) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Havendo a prática de ato de libidinagem, prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de


Saúde mais próxima, para adoção de providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente. Observar a existência
de cidadãos infratores que se enquadram nos itens I e II acima, devendo ser igualmente detidos/
apreendidos;

182
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir, ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística, se for o caso;

183
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.516 - TRÁFICO INTERNO DE PESSOAS


Promover, intermediar ou facilitar, no território nacional, o recrutamento, o transporte, a transferência, o
alojamento ou o acolhimento da pessoa que venha exercer a prostituição. Artigo 231-A do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU/ SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

184
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Arrecadar os objetos, instrumentos, documentos, dinheiro, papéis e livros que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos, documentos, instrumentos, dinheiro, papéis e livros que tiverem relação com o fato,
após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos, suas circunstâncias e as demais
providências cabíveis;

e) comunicar o fato, imediatamente, à Delegacia de Polícia Federal mais próxima, se for o caso;

f) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal.

Local de encerramento

185
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.213 - ESTUPRO
Constranger alguém mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que
com ele se pratique ato libidinoso. Crime, em regra, de ação penal pública condicionada à representação.
Procede-se, entretanto, mediante ação penal pública incondicionada se a vítima é maior de quatorze anos e
menor de dezoito anos.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Confirmar:

a.1) se a vítima é maior de 14 anos e menor de 18 anos;

a.2) se a vítima por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática
do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência;

a.3) se houve violência ou grave ameaça;

b) Orientar a vítima a não tomar banho; preservar as roupas que utilizava no momento da consumação do
ato, para preservação de vestígios;

c) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local.

Pela Polícia Militar

a) Prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima, para adoção de
providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

186
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos e armas que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos e armas que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística;

187
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.217 - ESTUPRO DE VULNERÁVEL


Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (quatorze) anos ou com alguém que
por enfermidade ou deficiência mental, não têm o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por
qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.

PELO

a) Confirmar :

a.1) se a vítima é menor de 14 anos;

a.2) se a vítima por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática
do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência;

b) Orientar a vítima a não tomar banho; preservar as roupas que utilizava no momento da consumação do
ato, para preservação de vestígios;

c) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local.

PELA

a) Prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima, para adoção de
providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

188
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos e armas que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos e armas que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística;

189
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCA

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.218 - CORRUPÇÃO DE MENORES


Induzir alguém menor de 14 (catorze) a satisfazer a lascívia de outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Confirmar se a vítima é menor de 14 anos;

b) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local;

Pela Polícia Militar

a) Prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de Saúde mais próxima, para adoção de
providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

190
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir, ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística, se for o caso;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial

191
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

D 01.227 - MEDIAÇÃO PARA SERVIR A LASCÍVIA DE OUTREM


Induzir alguém a satisfazer a lascívia de outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Confirmar se a vítima não é maior de 14 anos; se é alienada ou débil mental; se houve violência ou grave
ameaça;

b) Havendo a prática de ato libidinoso, orientar a vítima a não tomar banho; preservar as roupas que
utilizava no momento da consumação do ato;

c) Em todos os casos, flagrante delito ou não, deverá gerar a CHAMADA e enviar equipe policial ao local;

Pela Polícia Militar

a) Havendo a prática de ato de libidinagem, Prestar assistência à vítima, encaminhando-a a Unidade de


Saúde mais próxima, para adoção de providências cabíveis pelo profissional competente;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar o instrumento da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

192
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender o instrumento da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

d) verificar, junto ao Instituto Médico Legal (IML), onde existir ou hospital conveniado com a Secretaria de
Estado da Saúde, se houve a coleta de material para exame de DNA. Caso afirmativo, requisitar o envio da
coleta para o Instituto de Criminalística, se for o caso;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.228 - FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO


Induzir ou atrair alguém à prostituição, facilitá-la ou impedir que alguém a abandone.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

193
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Arrecadar os objetos e, no caso de estabelecimento comercial ou residência, também os documentos,


papéis e livros que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao
local;

d) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

194
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais; no caso de
estabelecimento comercial ou residência, também os documentos, papéis e livros relacionados ao delito;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.229 - CASA DE PROSTITUIÇÃO


Manter, por conta própria ou de terceiro, casa de prostituição ou lugar destinado a encontros para fim
libidinoso, haja, ou não, intuito de lucro ou mediação direta do proprietário ou gerente.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

195
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Arrecadar os objetos e, no caso de estabelecimento comercial ou residência, também os documentos,


papéis e livros que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao
local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais; no caso de
estabelecimento comercial ou residência, também os documentos, papéis e livros relacionados ao delito;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

196
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.230 - RUFIANISMO
Tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros ou fazendo-se sustentar, no todo
ou em parte, por quem a exerça.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Arrecadar os objetos e, no caso de estabelecimento comercial ou residência, também os documentos,


papéis e livros que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao
local;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

197
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais; no caso de
estabelecimento comercial ou residência, também os documentos, papéis e livros relacionados ao delito;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.231 - TRÁFICO INTERNACIONAL DE PESSOAS


Promover, intermediar ou facilitar a entrada, no território nacional, de pessoa que venha exercer a prostituição
ou a saída de pessoa para exercê-la no estrangeiro.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU/ SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

198
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Arrecadar os objetos, instrumentos, documentos, dinheiro, papéis e livros que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

199
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os objetos, instrumentos, documentos, dinheiro, papéis e livros que tiverem relação com o fato,
após liberados pelos peritos criminais;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos, suas circunstâncias e as demais
providências cabíveis;

e) comunicar o fato, imediatamente, à Delegacia de Polícia Federal mais próxima, se for o caso;

f) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal.

Local de encerramento

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.233 - ATO OBSCENO


Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público – Art. 233 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Verificar se a conduta do agente foi praticada em local público, ou aberto ao público ou exposto ao
público, (observação: a vítima do crime é a coletividade):

200
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

c.1) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.234 - ESCRITO OU OBJETO OBSCENO


Fazer, importar, exportar, adquirir ou ter sob sua guarda, para fim de comércio, de distribuição ou de
exposição pública, escrito, desenho, pintura, estampa ou qualquer objeto obsceno; vende, distribui ou expõe à
venda ou ao público qualquer dos objetos referidos neste artigo; realiza, em lugar público ou acessível ao
público, representação teatral, ou exibição cinematográfica de caráter obsceno, ou qualquer outro espetáculo,

201
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

que tenha o mesmo caráter; realiza, em lugar público ou acessível ao público, ou pelo rádio, audição ou
recitação de caráter obsceno – art. 234 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Neste caso a vítima deste crime é a coletividade.

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

c.1) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

c) Arrecadar os materiais, equipamento, dinheiro, papéis, fitas e objetos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

d) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

202
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b.1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender os materiais, equipamento, dinheiro, papéis, fitas e objetos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.235 - BIGAMIA
Contrair alguém, sendo casado, novo casamento – art. 235 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

a) Como se trata de Ação Penal Pública Incondicionada, orientar o solicitante a comparecer:

a.1) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.ou ao Ministério Público Estadual.

203
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

D 01.236 - INDUZIMENTO A ERRO ESSENCIAL E OCULTAÇÃO DE IMPEDIMENTO


Contrair casamento, induzindo em erro essencial o outro contraente, ou ocultando-lhe impedimento que não
seja casamento anterior art. 236 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR / POLÍCIA CIVIL

Orientar o solicitante/ofendido a formular queixa no Juizado Especial Criminal, onde existir ou na Justiça
Criminal Estadual Comum – (observação: é indispensável que haja sentença transitada em julgado que
anule o casamento por motivo de erro ou de impedimento).

D 01.237 - CONHECIMENTO PRÉVIO DE IMPEDIMENTO


Contrair casamento, conhecendo a existência de impedimento que lhe cause a nulidade absoluta – art. 237 do
CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

a) Como se trata de Ação Penal Pública Incondicionada, orientar o solicitante a comparecer:

a.1) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.ou ao Ministério Público Estadual.

D 01.238 - SIMULAÇÃO DE AUTORIDADE PARA CELEBRAÇÃO DE CASAMENTO


Atribuir-se falsamente autoridade para celebração de casamento – art. 238 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o

204
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.239 - SIMULAÇÃO DE CASAMENTO


Simular casamento mediante engano de outra pessoa – art. 239 CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer, para efeito de registro de
ocorrência:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

205
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei, colhendo todas as provas que servirem para o esclarecimento
dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.241 - REGISTRO DE NASCIMENTO INEXISTENTE


Promover no registro civil a inscrição de nascimento inexistente – art. 241 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a portar registro de nascimento e outros
documentos relacionados com o fato, comparecendo:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

206
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Arrecadar o livro, o registro civil do nascimento inexistente, outros documentos e objetos que tenham
relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender o livro, o registro civil do nascimento inexistente, outros documentos e objetos que tiverem
relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.242 - PARTO SUPOSTO, SUPRESSÃO OU ALTERAÇÃO DE DIREITO INERENTE AO


ESTADO CIVIL DE RECÉM-NASCIDO
Dar parto alheio como próprio; registrar como seu o filho de outrem; ocultar recém-nascido ou substituí-lo,
suprimindo ou alterando direito inerente ao estado civil – art. 242 do CP.

207
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Orientar a vítima/solicitante a portar registro de nascimento e outros documentos relacionados com o fato,
comparecendo:

a) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

D 01.243 - SONEGAÇÃO DE ESTADO DE FILIAÇÃO

Deixar em asilo de expostos ou outra instituição de assistência, filho próprio ou alheio, ocultando-lhe a
filiação ou atribuindo-lhe outra, com o fim de prejudicar direito inerente ao estado civil - art. 243 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Orientar a vítima/solicitante a portar registro de nascimento e outros documentos relacionados com o fato,
comparecendo à Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato e fora dos
dias e horários de expediente normal, à Unidade Policial Civil Plantonista da ACISP, onde houver, ou a mais
próxima do local do fato.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

D 01.244 - ABANDONO MATERIAL


Deixar, sem justa causa, de prover a subsistência do cônjuge, ou de filho menor de 18 (dezoito) anos ou inapto
para o trabalho, ou de ascendente inválido ou maior de 60 (sessenta) anos, não lhes proporcionando os
recursos necessários ou faltando ao pagamento de pensão alimentícia judicialmente acordada, fixada ou
majorada; deixar, sem justa causa, de socorrer descendente ou ascendente, gravemente enfermo; frustra ou
ilide, de qualquer modo, inclusive por abandono injustificado de emprego ou função, o pagamento de pensão
alimentícia judicialmente acordada, fixada ou majorada - art. 244 do CP.

208
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito orientar a vítima/solicitante a comparecer:

b.1) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

b.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

209
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.245 - ENTREGA DE FILHO MENOR A PESSOA INIDÔNEA


Entregar filho menor de 18 (dezoito) anos a pessoa em cuja companhia saiba ou deva saber que o menor fica
moral ou materialmente em perigo - art. 245 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as informações da criança ou do adolescente, do local; e qual a situação de risco/perigo em que


se encontra. Caso haja necessidade, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado;

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

210
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Fora dos casos de flagrante delito e por se tratar de interesse de menores, gerar a chamada, enviando
equipe policial no local caso a vítima for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a
comparecer:

c.1) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

c.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato;

d) Encaminhar o menor ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

peLo Corpo de Bombeiros MILITAR, EXISTINDO A SITUAÇÃO DE PERIGO

a) Adotar as ações de busca e salvamento, atinentes à situação de perigo;

b) Prestar socorro pré-hospitalar, conforme o protocolo operacional de Atendimento Pré-Hospitalar (APH);

c) Encaminhar o menor ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

211
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

f) comunicar o fato, imediatamente, à Delegacia de Polícia Federal mais próxima, se for o caso;

g) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.246 - ABANDONO INTELECTUAL (INSTRUÇÃO FUNDAMENTAL)


Deixar, sem justa causa, de prover à instrução primária de filho em idade escolar – art. 246.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF / POLÍCIA MILITAR

Orientar o solicitante a comparecer:

a) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

212
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

D 01.247 - ABANDONO INTELECTUAL


Permitir alguém que menor de 18 (dezoito) anos, sujeito a seu poder ou confiado à sua guarda ou vigilância;
freqüente casa de jogo ou mal-afamada, ou conviva com pessoa viciosa ou de má vida; freqüente espetáculo
capaz de pervertê-lo ou de ofender-lhe o pudor, ou participe de representação de igual natureza; resida ou
trabalhe em casa de prostituição; mendigue ou sirva a mendigo para excitar a comiseração pública – art. 247
do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito e por se tratar de interesse de menores, gerar a chamada, enviando
equipe policial no local caso a vítima for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a
comparecer:

b.1) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário;

b.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar

213
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Quando possível, localizar, qualificar e conduzir o representante legal, juntamente com a criança ou
adolescente, até à Autoridade Policial. Caso contrário, encaminhá-la ao Conselho Tutelar, ao Ministério
Público ou ao Poder Judiciário;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

214
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.248 - INDUZIMENTO A FUGA, ENTREGA ARBITRÁRIA OU SONEGAÇÃO DE INCAPAZES


Induzir menor de 18 (dezoito) anos, ou interdito, a fugir do lugar em que se acha por determinação de quem
sobre ele exerce autoridade, em virtude de lei ou de ordem judicial; confiar a outrem sem ordem do pai, do
tutor ou do curador algum menor de 18 (dezoito) anos ou interdito, ou deixar, sem justa causa, de entregá-lo a
quem legitimamente o reclame – art. 248 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) se o menor ou interdito foi confiado a outrem, sem ordem dos pais, tutor ou curador;

a.2) se não há justa causa para a entrega do menor ou interdito a quem de direito;

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Fora dos casos de flagrante delito e por se tratar de interesse de menores, gerar a chamada, enviando
equipe policial no local caso a vítima for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a
comparecer:

c.1) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público, ao Poder Judiciário ou

c.2 ) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

215
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

e) Arrecadar o instrumento da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Quando possível, localizar, qualificar e conduzir o representante legal, tutor ou curador, juntamente com a
criança ou adolescente, até à Autoridade Policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

216
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) apreender o instrumento de infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 01.249 - SUBTRAÇÃO DE INCAPAZES


Subtrair menor de 18 (dezoito) anos ou interdito ao poder de quem o tem sob sua guarda em virtude de lei ou
de ordem judicial – art. 249 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) se o menor ou interdito foi confiado a outrem sem ordem dos pais, tutor ou curador;

a.2) se não há justa causa para a permanência do menor ou interdito com o agente;

a.3) onde está o menor ou interdito e qual a situação de sua inteligente física;

a.4) qual o nome da pessoa que está com o menor ou interdito;

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Fora dos casos de flagrante delito e por se tratar de interesse de menores, gerar a chamada, enviando
equipe policial no local caso a vítima for aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a
comparecer:

c.1) ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público, ao Poder Judiciário

217
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

ou à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

g) Após verificar os documentos comprobatórios da existência do fato, se possível, localizar, qualificar e


conduzir o representante legal, tutor ou curador, juntamente com a criança ou adolescente, até à Autoridade
Policial;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do

218
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender os objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

CONTRAVENÇÕES CONTRA OS COSTUMES E A FAMÍLIA

D 08.050 - JOGO DE AZAR


Estabelecer ou explorar jogo de azar em lugar público ou acessível ao público, mediante o pagamento de
entrada ou sem ele; se existe entre os empregados ou participa do jogo pessoa menor de dezoito anos; quem é
encontrado a participar do jogo, como ponteiro ou apostador; consideram-se, jogos de azar: o jogo em que o
ganho e a perda dependem exclusiva ou principalmente da sorte; as apostas sobre corrida de cavalos fora de
hipódromo ou de local onde sejam autorizadas; as apostas sobre qualquer outra competição esportiva;
equiparam-se, para os efeitos penais, a lugar acessível ao público: a casa particular em que se realizam jogos
de azar, quando deles habitualmente participam pessoas que não sejam da família de quem a ocupa; o hotel ou
casa de habitação coletiva, a cujos hóspedes e moradores se proporciona jogo de azar; a sede ou dependência
de sociedade ou associação, em que se realiza jogo de azar; o estabelecimento destinado à exploração de jogo
de azar, ainda que se dissimule esse destino.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

219
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Comunicar à Fiscalização trabalhista no caso de constatação da presença de trabalhadores menores de


18 anos;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar o contrato de locação do imóvel, móveis, objetos (inclusive de decoração), livros, listas, papéis,
papeletas, bilhetes, fotos, máquinas, dinheiro, cheques, cupons, vales e bens alvo dos sorteios relacionados
ao delito, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Verificar a existência de Alvará de Funcionamento do estabelecimento, e, conforme o caso, acionar a


Fiscalização da Prefeitura;

g) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

220
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender o contrato de locação do imóvel, móveis, objetos, (inclusive de decoração), livros, listas,
papéis, papeletas, bilhetes, fotos, máquinas, dinheiro, cheques, cupons, vales e bens alvo dos sorteios
relacionados ao delito, após liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.051 - LOTERIA NÃO AUTORIZADA


Promover ou fazer extrair loteria, sem autorização legal; quem guarda, vende ou expõe à venda, tem sob sua
guarda para o fim de venda, introduz ou tenta introduzir na circulação bilhete de loteria não autorizada;
considera-se loteria toda operação que, mediante a distribuição de bilhete, listas, cupons, vales, sinais,
símbolos ou meios análogos, faz depender de sorteio a obtenção de prêmio em dinheiro ou bens de outra
natureza.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU/ SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

221
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Comunicar à Fiscalização Trabalhista no caso de constatação da presença de trabalhadores menores de


18 anos;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar o contrato de locação do imóvel, móveis, objetos (inclusive de decoração), livros, listas, papéis,
papeletas, bilhetes, fotos, máquinas, dinheiro, cheques, cupons, vales, sinais, símbolos e meios análogos,
prêmios em dinheiro e bens alvo dos sorteios relacionados ao delito, se a perícia e/ou Autoridade Policial
não comparecerem ao local;

f) Verificar a existência de Alvará de Funcionamento do estabelecimento, e conforme o caso, acionar a


Fiscalização da Prefeitura;

g) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

i) Acionar os planos estratégicos operacionais pertinentes ao fato;

j) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

k) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

222
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender o contrato de locação do imóvel, móveis, objetos (inclusive de decoração), livros, listas, papéis,
papeletas, bilhetes, fotos, máquinas, dinheiro, cheques, cupons, vales, sinais, símbolos ou meios análogos,
prêmios em dinheiro e bens alvo dos sorteios relacionados ao delito, após liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.058 - JOGO DO BICHO


Explorar ou realizar a loteria denominada jogo do bicho, ou praticar qualquer ato relativo à sua realização ou
exploração; aquele que participa da loteria, visando à obtenção de prêmio, para si ou para terceiro.

Obs.: Para constatação do delito necessita-se da apreensão das listas confeccionadas pelo contraventor na
data do fato.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

223
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Comunicar à Fiscalização Trabalhista, caso seja constatado a presença de trabalhadores menores de 18


anos;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar o contrato de locação do imóvel, móveis, objetos (inclusive de decoração), livros, listas, papéis,
papeletas, bilhetes, fotos, máquinas, dinheiro, cheques, cupons, vales, sinais, símbolos ou meios análogos,
prêmios em dinheiro e bens alvo dos sorteios relacionados ao delito, se a perícia e/ou Autoridade Policial
não comparecerem ao local;

f) Verificar a existência de Alvará de Funcionamento do estabelecimento, e, conforme o caso, acionar a


Fiscalização da Prefeitura;

g) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

i) Acionar os planos estratégicos operacionais pertinentes ao fato;

j) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

k) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

224
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender o contrato de locação do imóvel, móveis, objetos (inclusive de decoração), livros, listas, papéis,
papeletas, bilhetes, fotos, máquinas, dinheiro, cheques, cupons, vales, sinais, símbolos e meios análogos,
prêmios em dinheiro e bens alvo dos sorteios relacionados ao delito, após liberados pelos peritos criminais;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.059 - VADIAGEM
Entregar-se alguém habitualmente à ociosidade, sendo válido para o trabalho, sem ter renda que lhe assegure
meios bastantes de subsistência, ou prover à própria subsistência mediante ocupação ilícita; a aquisição
superveniente de renda, que assegure ao condenado meios bastantes de subsistência, extingue a pena.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, orientar o solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

225
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o, informando-lhe os seus direitos e garantias
constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente, juntamente com as
testemunhas que tenham presenciado o fato ou a prisão;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.061 - IMPORTUNAÇÃO OFENSIVA AO PUDOR


Importunar alguém, em lugar público ou acessível ao público, de modo ofensivo ao pudor.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a

226
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Arrecadar o instrumento da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.062 - EMBRIAGUEZ (ESCÂNDALO / PERIGO PRÓPRIO OU ALHEIO)


Apresentar-se publicamente em estado de embriaguez, de modo que cause escândalo ou ponha em perigo a
segurança própria ou alheia; se habitual à embriaguez, o contraventor é internado em casa de custódia e
tratamento.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

227
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

c) Arrecadar os objetos que tenham relação com o fato;

d) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.063 - SERVIR BEBIDA ALCOÓLICA A MENORES, INCAPAZES, EMBRIAGADOS E


PROIBIDOS JUDICIALMENTE

228
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Servir bebidas alcoólicas: a menor de dezoito anos; a quem se acha em estado de embriaguez; a pessoa que o
agente sabe sofrer das faculdades mentais; a pessoa que o agente sabe estar judicialmente proibida de
freqüentar lugares onde se consome bebida de tal natureza.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos..

Pela Polícia Militar

a) Socorrer a vítima, caso o CBM ou outro Órgão Público de Atendimento de Urgência / Emergência não
tenha condições de atendimento, removendo-a em condições seguras à Unidade de Saúde competente
mais próxima;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar recipiente, líquido, invólucro e objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Acionar o Juizado da Infância e da Juventude ou correspondente, quando houver envolvimento de menor


de idade;

g) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

229
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Verificar a existência de Alvará de Funcionamento do estabelecimento, conforme o caso, acionar a


Fiscalização da Prefeitura;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender recipiente, líquido, invólucro e objetos que tiverem relação com o fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 08.064 - CRUELDADE CONTRA ANIMAIS


Tratar animal com crueldade ou submetê-lo a trabalho excessivo: aquele que, embora para fins didáticos ou
científicos, realiza em lugar público ou exposto ao público, experiência dolorosa ou cruel em animal vivo; se o
animal é submetido a trabalho excessivo ou tratado com crueldade, em exibição ou espetáculo público.

230
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) o local onde o fato está ocorrendo/ocorreu, se é zona urbana ou rural;

a.2) os pontos de referência que facilitem a chegada ao local;

a.3) se sabe descrever a conduta de abuso ou maus tratos, identificar a espécie e a quantidade de
exemplares envolvidos;

a.4) se sabe identificar a pessoa responsável pelo abuso ou maus tratos;

a.5) número de pessoas envolvidas e se há veículos;

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Acionar a Guarnição de Meio Ambiente da Polícia Militar e demais Órgãos, se for o caso

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

b) Acionar a Guarnição de Meio Ambiente da Polícia Militar e demais Órgãos, se for o caso.

Pela Polícia Militar

a) Verificar:

a.1) se, no local, caracteriza a prática de abuso ou maus tratos aos animais; ou se há indícios para sua
caracterização;

a.2) se, no local, existem animais feridos ou maltratados;

231
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) acionar a Prefeitura e/ou o CBMMG para remoção e destinação do animal.

c) Socorrer o animal, se for o caso;

d) Não caracterizando o abuso ou maus tratos e os animais estiverem saudáveis, porém com indícios de que
o local e os animais são usados na prática de abuso ou maus tratos, registrar o fato ao Ministério Público,
descrevendo os indícios do local, animais, freqüentadores e pessoas envolvidas na possível prática
delituosa;

d.1) não caracterizando o abuso ou maus tratos e não havendo nenhum indício, registrar o fato ao
Comandante da fração;

e) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

f) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

g) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios, até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

h) Arrecadar animais, equipamentos, petrechos, instrumentos e objetos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

i) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

j) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

k) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

l) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei.

232
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecerem ao local de crime, deverá informar,
de pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender animais, equipamentos, petrechos, instrumentos e objetos que tiverem relação com o fato;

e) Colher todas a provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial;

c) Encaminhar cópia do Boletim de Ocorrência ao Ministério Público.

D 08.065 - PERTURBAÇÃO DA TRANQÜILIDADE


Molestar alguém ou perturbar-lhe a tranqüilidade, por acinte ou por motivo reprovável.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

Pela Polícia Militar

233
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar o instrumento da infração e/ou objetos que tenham relação com o fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

Pela Polícia Civil

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências, em observância ao disposto no art.6º do


CPP, e demais dispositivos previstos em lei:

a) apreender o instrumento da infração e/ou objetos que tiverem relação com o fato;

b) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

Local de encerramento

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

D 99.000 - OUTRAS INFRAÇÕES CONTRA A DIGNIDADE SEXUAL E A FAMÍLIA


PELA POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA CIVIL

a) Adotar o procedimento operacional desta natureza, conforme o caso específico, por analogia aos
procedimentos insertos nesta Diretriz ou norma legal vigente;

b) Somente será registrado como fato desta natureza, se não estiver elencado nas anteriores.

234
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Grupo E00.000
INFRAÇÕES CONTRA A INCOLUMIDADE PÚBLICA E PAZ PÚBLICA

CRIMES CONTRA A INCOLUMIDADE PÚBLICA E PAZ PÚBLICA

E 01.250 - INCÊNDIO

Causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem; se o crime é
cometido com intuito de obter vantagem pecuniária em proveito próprio ou alheio; se o incêndio é: em casa
habitada ou destinada a habitação; em edifício público ou destinado a uso público ou a obra de assistência
social ou de cultura; em embarcação, aeronave, comboio ou veículo de transporte coletivo; em estação
ferroviária ou aeródromo; em estaleiro, fábrica ou oficina; em depósito de explosivo, combustível ou
inflamável; em poço petrolífero ou galeria de mineração; em lavoura, pastagem, mata ou floresta – art. 250
do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Orientar o solicitante a se afastar do local juntamente com as demais pessoas presentes;

b) Caso a ligação seja feita para o tridígito 190 e estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada,
enviando equipe policial no local e acionar o CBM;

c) Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a ligar para o tridígito 193 e/ou comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF DO CBM

a) Acionar o CBM ou PM, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração não seja
integrada;

b) Coletar as seguintes informações:

b.1) características do local (se urbano ou rural, acesso, referências, principais vias de acesso, se é
pavimentado);

235
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b.2) características da edificação atingida e circunvizinhas ( tipo, funcionalidade, altura, área aproximada);

b.3) qual a proporção do fogo, a cor da chama, qual o tipo de material que está queimando, se há algum
risco de explosão;

b.4) qual a cor e intensidade da fumaça;

b.5) se há risco de desabamento ou desmoronamento ou propagação do incêndio;

b.6) se há algum sistema de combate a incêndio na edificação;

b.7) se existe vítima; quantas são; quais os sintomas das pessoas que foram atingidas; se existem animais
atingidos pelos efeitos do fogo ou fumaça;

c) Acionar o órgão responsável pela via, se for o caso;

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas naturezas da Classe O 02.000.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Acionar CBM, caso chegar primeiro no local;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

e) Socorrer as pessoas envolvidas caso o CBM ou outro serviço de emergência ainda não tenha chegado,
desde que haja urgência no transporte das vítimas;

236
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

g) Arrecadar objetos e instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

h) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

e) apreender objetos e instrumentos que tiverem relação com o fato;

e.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

f) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

237
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.251 - EXPLOSÃO

Expor a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem, mediante explosão, arremesso ou
simples colocação de engenho de dinamite ou de substância de efeitos análogos – art. 251 do CP.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Orientar o solicitante a se afastar do local juntamente com as demais pessoas presentes;

b) Caso a ligação seja feita para o tridígito 190 e estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada,
enviando equipe policial no local e acionar o CBM;

c) Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a ligar para o tridígito 193 e/ou comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF DO CBM

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) características do local (se urbano ou rural, acesso, referências, principais vias de acesso, se é
pavimentado);

a.2) no caso de explosão: se há fogo, qual é a intensidade, a cor da chama; qual tipo de material está
queimando, há algum material em risco e qual é, se há fumaça e qual a sua intensidade e cor;

a.3) características da edificação atingida e circunvizinhas (tipo, funcionalidade, altura, área aproximada);

238
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a.4) se há ruídos ou tremores no local; se há risco de novas explosões; se o ambiente é confinado ou aberto;

a.5) se existe probabilidade de propagação do fogo / desmoronamento / desabamento;

a.6) se há algum tipo de sistema de combate a incêndio;

a.7) se existe vítima; quantas e quais os sintomas das pessoas atingidas e se existem animais atingidos
pelos efeitos do produto/material ou explosão;

a.8) a situação com detalhes (gasodutos, veículos acidentados, cilindros, depósitos de combustíveis, etc.);

b) Acionar, imediatamente, as unidades especializadas da Polícia Militar e Polícia Civil quando se tratar de
artefato explosivo ou simulacro;

c) Acionar o CBM, PM, serviço de atendimento de urgência / emergência mais próximo, onde houver para
socorro às vítimas, caso a Sala de Operações da unidade / Sala de Operações da Fração não seja
integrada;

d) Acionar a PC; da mesma forma a concessionária de serviço público relacionada com o fato e os demais
órgãos, se for o caso;

e) Acionar o órgão responsável pelo controle do tráfego de veículos, se for o caso;

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas naturezas da Classe O 01.000.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Acionar o CBM, caso chegar primeiro no local;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar o perímetro em torno do local, de acordo com as informações repassadas pela Sala de Operações e
normas da ABIQUIM;

239
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Socorrer as pessoas envolvidas caso o CBM ou outro serviço de emergência ainda não tenha chegado,
desde que haja urgência no transporte das vítimas;

e) Preservar e vigiar o local e seus vestígios, após os trabalhos do CBM e até a chegada da Perícia Criminal;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

h) Arrecadar objetos, equipamentos e instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial se não comparecerem ao local;

i) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

j) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

k) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

l) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

240
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) apreender objetos, equipamentos e instrumentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.252 - USO DE GÁS TÓXICO OU ASFIXIANTE

Expor a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem, usando de gás tóxico ou asfixiante.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Caso a ligação seja feita para o tridígito 190 e estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada,
enviando equipe policial no local e acionar o CBM;

b) Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a ligar para o tridígito 193 e/ou comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF do cbm

a) Buscar informações sobre o produto identificando-o, através do rótulo de risco, painel de segurança, nota
fiscal e ficha de emergência, se for possível. Consultar ABIQUIM e se for o caso, o CBM;

241
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Identificar o local (referência), verificando se há circunstância que o torne inseguro, acionando o Corpo de
Bombeiros Militar;

c) Contatar com o CBMMG ou PMMG, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração
não seja integrada;

d) Orientar o solicitante a isolar o local, se possível, afastando-se a seguir;

e) Verificar com a equipe que primeiro chegar no local, se as condutas descritas nas alíneas anteriores já
estão sendo desempenhadas no local;

f) Acionar a FEAM – Fundação Estadual de Meio Ambiente - e o Órgão Municipal de Meio Ambiente.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Isolar o perímetro em torno do local, de acordo com as informações repassadas pela Sala de Operações
e normas da ABIQUIM;

b) Comunicar ao Centro de Operações / SOU / SOF a situação no local para fins de acionamento do CBM e
demais órgãos;

c) Verificar se a utilização é indevida e expõe a perigo de vida ou patrimônio de outrem, comunicando o


CBM;

d) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

Encontrando-se o local em condições de segurança:

e) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

f) Preservar e vigiar o local e seus vestígios, se for o caso;

g) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

242
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e/ou equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

i) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

j) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

k) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

l) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

m) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos na Sub-Classe S 04.007.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, objetos, instrumentos e/ou equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à

243
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.253 - FABRICAR, FORNECER, ADQUIRIR, POSSUIR OU TRANSPORTAR, SEM


AUTORIZAÇÃO, SUBSTÂNCIA OU ENGE

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Caso a ligação seja feita para o tridígito 190 e estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada,
enviando equipe policial;

b) Buscar informações sobre o produto identificando-o, através do rótulo de risco, painel de segurança, nota
fiscal e ficha de emergência, se for possível. Consultar ABIQUIM e se for o caso, o CBM;

c) Identificar o local (referência), verificando se há circunstância que o torne inseguro, acionando o Corpo de
Bombeiros Militar;

d) Acionar, imediatamente, as unidades especializadas da Polícia Militar e Polícia Civil quando se tratar de
artefato explosivo ou simulacro;

e) Contatar com o CBMMG ou PMMG, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração
não seja integrada;

f) Orientar o solicitante a isolar o local, se possível, afastando-se a seguir;

g) Verificar com a equipe que primeiro chegar no local, se as condutas descritas nas alíneas anteriores já

244
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

estão sendo desempenhadas no local e qual tipo;

h) Acionar o Exército Brasileiro quando a equipe estiver no local, informando caso se trate de substância ou
engenho explosivo, inclusive material destinado a sua fabricação;

i) Acionar a FEAM – Fundação Estadual de Meio Ambiente - e o Órgão Municipal de Meio Ambiente,
tratando-se de gás tóxico ou asfixiante.

j) Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

I - No caso de substância ou artefato explosivo, inclusive material destinado a sua fabricação:

a) Isolar o perímetro em torno do local, de acordo com as informações repassadas pela Sala de Operações
e normas da ABIQUIM;

b) Comunicar ao Centro de Operações / SOU / SOF a situação no local para fins de acionamento do CBM,
Exército Brasileiro, Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e Defesa Civil;

c) Verificar se há queda da carga ou outra circunstância que torna o local inseguro, comunicar ao Corpo de
Bombeiros Militar;

Encontrando-se o local em condições de segurança:

d) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

e) Preservar e vigiar o local e seus vestígios, se for o caso;

f) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

245
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e/ou equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

h) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

i) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

j) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

k) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

l) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

II – No caso de gás tóxico ou asfixiante, inclusive material destinado a sua fabricação:

a) Isolar o perímetro em torno do local, de acordo com as informações repassadas pela Sala de Operações
e normas da ABIQUIM;

b) Comunicar ao Centro de Operações / SOU / SOF a situação no local para fins de acionamento do CBM.
Se for o caso, Exército Brasileiro e Defesa Civil;

c) Verificar se há vazamento de gás tóxico ou asfixiante e/ou queda da carga ou outra circunstância que
torna o local inseguro, comunicando ao Corpo de Bombeiros Militar;

d) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

Encontrando-se o local em condições de segurança:

e) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

f) Preservar e vigiar o local e seus vestígios, se for o caso;

g) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

246
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e/ou equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

i) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

j) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Adotará as providências do P 03.000 (Perigo de Contaminação ou Reação Química) e R 02.000 (Acidentes


com Produtos Perigosos)

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia; o rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

e) apreender documentos, objetos, instrumentos e/ou equipamentos que tiverem relação com o fato;

e.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

f) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

247
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.254 - INUNDAÇÃO (RISCO DE VIDA OU PATRIMÔNIO)

Causar inundação, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) a situação do local, se há vítimas e animais atingidos;

a.2) características do local (aberto ou fechado, se urbano ou rural);

a.3) quais as principais vias de acesso não atingidas pelas águas, se pavimentada ou não, locais atingidos,
locais preservados;

a.4) quais os efeitos causados pela inundação (desabamento, desmoronamento ou outros sinistros);

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Contatar com o CBM ou PM, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração não
seja integrada;

d) Acionar a Defesa Civil e demais órgãos, se for o caso;

e) Acionar a CEDEC e COMDEC para apoio às operações, se for o caso;

f) Acionar a Prefeitura, DER, DNIT, COPASA, CEMIG quando a situação o exigir;

248
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Contatar com o CBMMG ou PMMG, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração
não seja integrada;

h) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

h.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

h.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos na Sub-Classe R 05.001.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Acionar o CBM, caso as informações não estejam integradas;

b) Socorrer as pessoas envolvidas caso o CBM ou outro serviço de emergência ainda não tenha chegado,
desde que haja urgência no transporte das vítimas;

c) Adotar as providências pertinentes ao CBM, no que for possível;

d) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

e) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

f) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

g) Arrecadar objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

249
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

i) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

j) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

k) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

l) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

e) apreender objetos que tiverem relação com o fato;

e.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

f) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja

250
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.255 - PERIGO DE INUNDAÇÃO

Remover, destruir ou inutilizar, em prédio próprio ou alheio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o
patrimônio de outrem, obstáculo natural ou obra destinada a impedir inundação.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) a situação do local, se há vítimas e animais atingidos;

a.2) características do local (aberto ou fechado, se urbano ou rural);

a.3) quais as principais vias de acesso não atingidas pelas águas, se pavimentada ou não, locais atingidos,
locais preservados;

a.4) quais os efeitos causados pela inundação (desabamento, desmoronamento ou outros sinistros);

b) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

c) Contatar com o CBM ou PMMG, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração
não seja integrada;

d) Acionar a Defesa Civil e demais órgãos, se for o caso;

e) Acionar a CEDEC e COMDEC para avaliação e conseqüências do obstáculo/obra; e) Acionar a Prefeitura,


DER, DNIT, COPASA, CEMIG quando a situação o exigir;

f) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for

251
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

f.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

f.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos..

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos na Sub-Classe R 05.001.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Acionar o CBM, caso as informações não estejam integradas;

b) Adotar as providências pertinentes ao CBM, no que for possível;

c) Socorrer as pessoas envolvidas caso o CBM ou outro serviço de emergência ainda não tenha chegado,
desde que haja urgência no transporte das vítimas;

d) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

e) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

f) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

g) Arrecadar objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

h) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

252
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

i) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

j) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

k) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

l) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

e) apreender objetos que tiverem relação com o fato;

e.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

f) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

253
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.256 - DESABAMENTO OU DESMORONAMENTO (RISCO DE VIDA OU PATRIMÔNIO)

Causar desabamento ou desmoronamento, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de


outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) o número de vítimas, idade, sexo, estado de consciência e se há óbito no local;

a.2) características do local/edificação e das proximidades (funcionalidade, área aproximada, altura e etc);

b) Gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF do CBMMG

a) Coletar as seguintes informações:

a.1) o número de vítimas, idade, sexo, estado de consciência e se há óbito no local;

a.2) características do local/edificação e das proximidades (funcionalidade, área aproximada, altura e etc);

b) Gerar a chamada, enviando equipe do CBM ao local;

c) Acionar PMMG e o serviço de atendimento de urgência / emergência mais próximo, caso a Sala de
Operações da Unidade/Sala de Operações da Fração não seja integrada;

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas Sub-Classes P 05.000, R 05.002, R 05.003, S 02.005 e S 02.006.

254
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer as pessoas envolvidas caso o CBM ou outro serviço de emergência ainda não tenha chegado,
desde que haja urgência no transporte das vítimas;

b) Acionar o CBM, caso as informações não estejam integradas;

c) Auxiliar o CBM no que for possível;

d) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

e) Acionar a CEDEC, COMDEC, Prefeitura, DER, DNIT, COPASA, CEMIG quando a situação o exigir;

f) Acionar a PCMG, Defesa Civil, as concessionárias de serviço público ou outros órgãos quando a situação
o exigir;

g) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

h) Arrecadar instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

i) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

j) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

k) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

l) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

m) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

255
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

e) apreender instrumentos e documentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

f) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.257 - SUBTRAÇÃO, OCULTAÇÃO OU INUTILIZAÇÃO DE MATERIAL DE SALVAMENTO

Subtrair, ocultar ou inutilizar, por ocasião de incêndio, inundação, naufrágio, ou outro desastre ou
calamidade, aparelho, material ou qualquer meio destinado a serviço de combate ao perigo, de socorro ou
salvamento; ou impedir ou dificultar serviço de tal natureza.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

256
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Colher as informações da subtração, ocultação ou inutilização de material de salvamento, se ocorreu ou


está ocorrendo, no momento do incêndio, inundação, naufrágio, ou outro desastre ou calamidade, para
caracterizar esse delito;

b) Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima / solicitante a comparecer:

b.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Adotar, de imediato, as condutas operacionais que o caso requeira;

b) Controlar o trânsito, isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a chegada da PM, se for o caso;

c) Tentar reter o agente até a chegada da PM, desde que não comprometa o pronto atendimento da vítima;

d) Acionar viatura PM, caso haja a retenção do autor ou com localização indicada;

e) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Acionar os planos estratégicos pertinentes ao fato, permanecendo nas imediações para pronta
intervenção: prevenção contra incêndio/prevenção contra acidente;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA MILITAR

257
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar equipamentos e/ou instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade
Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

258
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender equipamentos e/ou instrumentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.259 - DIFUSÃO DE DOENÇA OU PRAGA (FLORA / ANIMAL DE VALOR ECONÔMICO)

Difundir doença ou praga que possa causar dano à floresta, plantação ou animais de utilidade econômica.

(revogado pelo art. 61, da Lei nº. 9.605/1998).

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Comunicar ao Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente – IBAMA e
Instituto Mineiro de Gestão das Águas – IGAM, conforme o caso;

b) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja no
município onde ocorreu o crime;

c) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

259
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA MILITAR

Aguardar a orientação do Órgão competente para arrecadação de planta e/ou animal contaminados;

Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar no
histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como o
motivo do não comparecimento;

Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

Arrecadar equipamentos e/ou instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade
Policial não comparecerem ao local;

Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

260
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender equipamentos e/ou instrumentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.260 - PERIGO DE DESASTRE FERROVIÁRIO

Impedir ou perturbar serviço de estrada de ferro; destruindo, danificando ou desarranjando, total ou


parcialmente, linha férrea, material rodante ou de tração, obra-de-arte ou instalação; colocando obstáculo na
linha; transmitindo falso aviso acerca do movimento dos veículos ou interrompendo ou embaraçando o
funcionamento de telégrafo, telefone ou radiotelegrafia; praticando outro ato de que possa resultar desastre;
para os efeitos deste artigo, entende-se por estrada de ferro qualquer via de comunicação em que circulem
veículos de tração mecânica, em trilhos ou por meio de cabo aéreo.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Verificar qual a conduta delituosa existente, bem como identificação do local;

b) Acionar a Polícia Ferroviária Federal, onde houver, e/ou a empresa concessionária local;

261
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Em caso de acidente acionar o CBMMG ou PMMG, caso a Sala de Operações da Unidade/Sala de


Operações da Fração não seja integrada;

d) Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima / solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar no
histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como o
motivo do não comparecimento;

Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

Arrecadar objetos, equipamentos e/ou instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

262
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos na Sub-Classe S 02.002.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e/ou rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender objetos, equipamentos e/ou instrumentos utilizados na prática do crime;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

263
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

(o julgamento da modalidade culposa do delito é de competência dos Juizados Especiais)

E 01.261 - ATENTADO CONTRA A SEGURANÇA DE TRANSPORTE MARÍTIMO, FLUVIAL OU


AÉREO

Expor a perigo embarcação ou aeronave, própria ou alheia, ou praticar qualquer ato tendente a impedir ou
dificultar navegação marítima, fluvial ou aérea; se do fato resulta naufrágio, submersão ou encalhe de
embarcação ou a queda ou destruição de aeronave; se o agente pratica o crime com intuito de obter
vantagem econômica, para si ou para outrem.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Comunicar o DAC (Departamento de Avião Civil) ou Capitania dos Portos, através do Centro de
Operações / SOU / SOF;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

264
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

e) Arrecadar dinheiro, documentos, objetos, instrumentos, embarcação, aeronave e equipamentos que


tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas Sub-Classes S 01.003 e S 02.001

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender dinheiro, documentos, objetos, instrumentos, embarcação, aeronave e equipamentos que


tiverem relação com o fato;

265
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

(o julgamento da modalidade culposa do delito é de competência dos Juizados Especiais)

E 01.262 - ATENTADO CONTRA A SEGURANÇA DE OUTRO MEIO DE TRANSPORTE

Expor a perigo outro meio de transporte público, impedir-lhe ou dificultar-lhe o funcionamento; se do fato
resulta desastre.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja no
município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

266
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Comunicar o fato ao órgão responsável pelo meio de transporte público;

e) Arrecadar dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas naturezas pertinentes da Classe S 02.000.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

267
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

(observação: o julgamento do delito é de competência dos Juizados Especiais, exceto se do fato resulta
desastre, ou sinistro, resulta lesão corporal ou morte)

E 01.264 - ARREMESSO DE PROJÉTIL

Arremessar projétil contra veículo em movimento, destinado ao transporte público por terra, por água ou pelo
ar.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

268
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

c) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer a vítima, se houver;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar objetos e instrumentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não
comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

269
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Resgatar e socorrer vítima, se for o caso;

b) Adotar providências e permanecer no local em Prevenção contra Incêndio e Prevenção contra acidentes,
se for o caso;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Acionada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP e
demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender objetos e instrumentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja

270
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.265 - ATENTADO CONTRA A SEGURANÇA DE SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA

Atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de
utilidade pública.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Comunicar ao órgão/empresa prestadora do serviço público;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se

271
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Controlar o trânsito, isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a chegada da PM, se for o caso;

b) Acionar viatura PM;

c) Comunicar ao órgão/empresa prestadora do serviço público;

d) Realizar as operações de salvamento, identificando possíveis vítimas;

e) Avaliar a situação de risco quanto a novos sinistros, retirando pessoas, animais e bens ameaçados,
adotando-se ainda ações de prevenção contra incêndio/prevenção contra acidente;

f) Analisar a condição da vítima e prestando o socorro pré-hospitalar adequado e transportar as demais


vítimas, se for o caso;

g) Quando houver vítima fatal, verificar o comparecimento do rabecão;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

272
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.266 - INTERRUPÇÃO OU PERTURBAÇÃO DE SERVIÇO TELEGRÁFICO OU


TELEFÔNICO

Interromper ou perturbar serviço telegráfico, radiotelegráfico ou telefônico, impedir ou dificultar-lhe o


restabelecimento.

273
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Comunicar ao órgão/empresa prestadora do serviço público;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

274
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.267 - EPIDEMIA

Causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Colher informações básicas atinentes ao fato e do comunicante, acionando a Autoridade Sanitária, Órgãos
Ambientais, Defesa Civil local e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, repassando as informações
coletadas.

275
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos na Sub-Classe R 02.001.

PELA POLÍCIA MILITAR / POLÍCIA CIVIL

Somente serão adotadas providências pertinentes, com a orientação da Autoridade Sanitária.

(observação: na modalidade culposa, caso não resulte morte, a competência é dos Juizados Especiais)

E 01.268 - INFRAÇÃO DE MEDIDA SANITÁRIA PREVENTIVA

Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença


contagiosa.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações básicas atinentes ao fato e do comunicante; acionar a Autoridade Sanitária


competente e repassar as informações coletadas;

b) De acordo com as informações repassadas pela Autoridade Sanitária competente, acionar os Órgãos
Ambientais, Defesa Civil local e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, se for o caso;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR / PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR / POLÍCIA CIVIL

276
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Após a contenção da introdução e/ou propagação da doença contagiosa, de acordo com as orientações da
Autoridade Sanitária, serão adotadas as seguintes medidas:

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Socorrer a vítima, se houver;

b) Prestar apoio a Defesa Civil, se for o caso;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

277
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

(observação: a competência para o julgamento do delito é dos Juizados Especiais)

278
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

E 01.269 - OMISSÃO DE NOTIFICAÇÃO DE DOENÇA

Deixar o médico de denunciar à autoridade pública doença cuja notificação é compulsória.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) colher informações básicas atinentes ao fato e do comunicante; acionar a Autoridade Sanitária


competente e repassar as informações coletadas;

b) De acordo com as informações repassadas pela Autoridade Sanitária competente, acionar os Órgãos
Ambientais, Defesa Civil local e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, caso a doença tenha sido
disseminada;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar documentos que tenham relação com o fato;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

e) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

f) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

b) apreender documentos que tiverem relação com o fato;

279
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

(observação: a competência para processar e julgar é dos Juizados Especiais)

E 01.270 - ENVENENAMENTO DE ÁGUA POTÁVEL OU DE SUBSTÂNCIA ALIMENTÍCIA OU


MEDICINAL

Envenenar água potável, de uso comum ou particular, ou substância alimentícia ou medicinal destinada a
consumo (a primeira parte do dispositivo foi tacitamente revogada pelo art. 54 e o §1º do dispositivo foi
revogado pelo art. 56 da Lei 9.605/1998).

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) colher informações básicas atinentes ao fato e do comunicante; acionar a Autoridade Sanitária


competente e repassar as informações coletadas;

b) De acordo com as informações repassadas pela Autoridade Sanitária competente, acionar os Órgãos
Ambientais, Defesa Civil local e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, se for o caso;

c) Gerar a CHAMADA , enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR / PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR / POLÍCIA CIVIL

Simultaneamente à contenção do produto/substância causadora do envenenamento, proceder à divulgação

280
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

do fato na mídia local, para evitar o consumo da água ou substância alimentícia ou medicinal de acordo com
as orientações da Autoridade Sanitária, adotando-se as medidas seguintes.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas naturezas pertinentes da Classe R 02.000.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

281
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.271 - CORRUPÇÃO OU POLUIÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL

Corromper ou poluir água potável, de uso comum ou particular, tornando-a imprópria para consumo ou
nociva à saúde (o dispositivo foi tacitamente revogado pelo art. 54 da Lei 9.605/1998).

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Buscar informações sobre a substância que corrompe ou polui a água potável; caso a água não seja
potável não existe o crime. Nesse caso, orientar o solicitante a procurar o Órgão ambiental;

282
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Colher informações básicas atinentes ao fato e do comunicante; acionar a Autoridade Sanitária


competente e repassar as informações coletadas;

c) De acordo com as informações repassadas pela Autoridade Sanitária competente, acionar os Órgãos
Ambientais, Defesa Civil local e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, se for o caso;

d) Gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

e) Identificar o local (referência), verificando se há circunstâncias que o torne inseguro, acionando o Corpo
de Bombeiros Militar, se for o caso;

f) Orientar o solicitante a isolar o local, se possível, afastando-se a seguir;

g) Verificar com a equipe que primeiro chegar no local, se as condutas descritas nas alíneas anteriores já
estão sendo cumpridas no local e qual tipo;

h) Acionar os Órgãos ambientais e a Comissão Nacional de Energia Nuclear, se for o caso.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF CBM

a) Buscar informações sobre o produto/material, identificando-o, se possível, através do rótulo de risco,


painel de segurança, nota fiscal e ficha de emergência, se for possível. Consultar ABIQUIM e se for o caso,
o CBM;

b) enviar equipe para o local;

PELA POLÍCIA MILITAR / PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/ POLÍCIA CIVIL

Simultaneamente à constatação da corrupção e/ou poluição da água potável, através de Perícia Oficial,
fazer a contenção do produto/substância causadora e proceder à divulgação do fato na mídia local, para
evitar o consumo da água de acordo com as orientações da Autoridade Sanitária, adotando-se as medidas
seguintes.

PELA POLÍCIA MILITAR

I - No caso de curso d’água, represa ou similar:

283
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) Isolar o perímetro em torno do local, de acordo com as informações repassadas pela Sala de Operações
e normas do Órgão ambiental;

b) Verificar se há corrupção ou poluição em virtude de queda de carga ou outra circunstância que torna o
local inseguro, comunicando a situação ao Corpo de Bombeiros Militar; Se for o caso, Exército Brasileiro,
Órgão Ambiental e Defesa Civil;

c) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

II - No caso de caixa d’água ou similar:

a) Isolar o perímetro em torno do local, de acordo com as informações repassadas pela Sala de Operações
e normas do Órgão ambiental, evitando a utilização da água;

b) Comunicar ao Centro de Operações / SOU / SOF a situação no local para fins de acionamento do CBM.
Se for o caso, Órgão ambiental e Defesa Civil;

III - Encontrando-se o local em condições de segurança:

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Preservar e vigiar o local e seus vestígios, se for o caso;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

284
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

Realizar os procedimentos previstos nas naturezas pertinentes da Classe R 02.000.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,

285
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

(observação: na modalidade culposa, a competência é dos Juizados Especiais)

E 01.272 - FALSIFICAÇÃO, CORRUPÇÃO, ADULTERAÇÃO OU ALTERAÇÃO DE


SUBSTÂNCIA OU PRODUTOS ALIMENTÍCIOS

Corromper, adulterar, falsificar ou alterar substância ou produto alimentício destinado a consumo, tornando-o
nocivo à saúde ou reduzindo-lhe o valor nutritivo; quem fabrica, vende, expõe à venda, importa, tem em
depósito para vender ou, de qualquer forma, distribui ou entrega a consumo a substância alimentícia ou o
produto falsificado, corrompido ou adulterado; em relação a bebidas, com ou sem teor alcoólico.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária e Receita Estadual para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

286
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

g) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

(observação: na modalidade culposa, a competência é dos Juizados Especiais).

E 01.273 - FALSIFICAÇÃO, CORRUPÇÃO, ADULTERAÇÃO OU ALTERAÇÃO DE PRODUTOS


TERAPÊUTICOS OU MEDICINAIS

Falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais; importa,
vende, expõe à venda, tem em depósito para vender ou, de qualquer forma, distribui ou entrega a consumo
o produto falsificado, corrompido, adulterado ou alterado (observação: o art. 1º da Lei º 9.695/1998
transformou o delito em apreço em crime hediondo).

287
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária e Receita Estadual para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

288
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

289
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.274 - EMPREGO DE PROCESSO PROIBIDO OU DE SUBSTÂNCIA NÃO PERMITIDA

Empregar, no fabrico de produto destinado a consumo, revestimento, gaseificação artificial, matéria corante,
substância aromática, anti-séptica, conservadora ou qualquer outra não expressamente permitida pela
legislação sanitária.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

290
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Socorrer vítima, se houver;

b) Prestar apoio a Defesa Civil, se for o caso;

c) Adotar providências e permanecer no local em Prevenção contra Incêndio e Prevenção contra acidentes,
se for o caso;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a

291
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.275 - INVÓLUCRO OU RECIPIENTE COM FALSA INDICAÇÃO

Inculcar, em invólucro ou recipiente de produtos alimentícios, terapêuticos ou medicinais, a existência de


substância que não se encontra em seu conteúdo ou que nele existe em quantidade menor que a
mencionada.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária para as providências decorrentes;

292
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

293
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.276 - VENDER, EXPOR À VENDA, TER EM DEPÓSITO OU ENTREGAR-SE A CONSUMO


DE PRODUTO OU SUBSTÂNCIA

Vender, expor à venda, ter em depósito para vender ou, de qualquer forma, entregar a consumo produto nas
condições dos artigos nº. 274 e 275 do CP.

294
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

295
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,

296
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.277 - VENDER, EXPOR À VENDA, TER EM DEPÓSITO OU CEDER SUBSTÂNCIA


DESTINADA À FALSIFICAÇÃO DE PR

Vender, expor à venda, ter em depósito ou ceder substância destinada à falsificação de produtos
alimentícios, terapêuticos ou medicinais.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária, a Receita Federal e a Receita Estadual para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se

297
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se houver;

b) Prestar apoio a Defesa Civil, se for o caso;

c) Adotar providências e permanecer no local em Prevenção contra Incêndio e Prevenção contra acidentes,
se for o caso;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

298
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.278 - FABRICAR, VENDER, EXPOR À VENDA, TER EM DEPÓSITO, CEDER COISA OU


SUBSTÂNCIA NOCIVA A SAÚD

Fabricar, vender, expor à venda, ter em depósito para vender ou, de qualquer forma, entregar a consumo
coisa ou substância nociva à saúde, ainda que não destinada à alimentação ou a fim medicinal.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária, a Receita Federal e a Receita Estadual para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

299
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos..

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

300
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Realizar os procedimentos previstos nas naturezas pertinentes da Classe R 02.000.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, instrumentos, produtos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.280 - MEDICAMENTO EM DESACORDO COM RECEITA MÉDICA

301
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Fornecer substância medicinal em desacordo com receita médica.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

a) Colher informações sobre o produto ou substância e o local (referência) onde se encontram;

b) Acionar a Vigilância Sanitária para as providências decorrentes;

c) Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

d) Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

d.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar documentos, produtos e objetos que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade
Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o

302
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia e rabecão, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, produtos e objetos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

303
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.282 - EXERCÍCIO ILEGAL DA MEDICINA, ARTE DENTÁRIA OU FARMACÊUTICA

Exercer, ainda que a título gratuito, a profissão de médico, dentista ou farmacêutico, sem autorização legal
ou excedendo-lhe os limites.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

b.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b.2) à à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida, se for o caso;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato,
se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

304
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

305
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.283 - CHARLATANISMO

Inculcar ou anunciar cura por meio secreto ou infalível.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

b.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato,

306
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja

307
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.284 - CURANDEIRISMO

Exercer o curandeirismo; prescrevendo, ministrando ou aplicando, habitualmente, qualquer substância;


usando gestos, palavras ou qualquer outro meio; fazendo diagnósticos.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Socorrer pessoa envolvida;

b) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

c) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

d) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

e) Arrecadar dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato,

308
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

f) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

g) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender dinheiro, documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

309
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

E 01.286 - INCITAÇÃO AO CRIME

Incitar, publicamente, a prática de crime.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

310
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.287 - APOLOGIA DE CRIME OU CRIMINOSO

Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

a) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a

311
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de

312
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 01.288 - ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA

Associarem-se 03 (três) ou mais pessoas, para o fim específico de cometer crimes.

A pena aumenta-se até a metade se associação é armada ou se houver a participação de criança ou


adolescente.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES/SOU/SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

Fora dos casos de flagrante delito, gerar a chamada, enviando equipe policial no local caso a vítima for
aguardar a viatura, caso contrário, orientar a vítima/solicitante a comparecer:

b.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b.2) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

313
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tenham relação com o fato, se a
perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

d) apreender documentos, objetos, instrumentos e equipamentos que tiverem relação com o fato;

d.1) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à

314
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Polícia Federal;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

CRIMES RELATIVOS AO ESTATUTO DO DESARMAMENTO

E 03.012 - POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO DE USO PERMITIDO

Possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, em desacordo
com determinação legal ou regulamentar, no interior de sua residência ou dependência desta, ou, ainda no
seu local de trabalho, desde que seja o titular ou o responsável legal do estabelecimento ou empresa.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, orientar o solicitante a comparecer à Unidade Policial mais próxima do
local do fato, PM ou PC ou ligar para o tridígito 181 DDU (Disque Denúncia Unificado).

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar armas, acessórios, munições e documentos que tenham relação com o fato;

315
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender armas, acessórios, munições e documentos que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 03.013 - OMISSÃO DE CAUTELA

Deixar de observar as cautelas necessárias para impedir que menor de 18 (dezoito) anos ou pessoa
portadora de deficiência mental se apodere de arma de fogo que esteja sob sua posse ou que seja de sua
propriedade.

316
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos ou ligar para o tridígito 181 DDU (Disque Denúncia Unificado).

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar armas envolvidas e seus acessórios e munições, que tenham relação com o fato, caso estes
componham a arma no momento da arrecadação;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) apreender armas envolvidas e seus acessórios e munições, caso estes componham a arma no momento
da arrecadação;

b) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

317
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 03.014 - PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO PERMITIDO

Portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, ainda que gratuitamente,
emprestar, remeter, empregar, manter sob guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição, de uso
permitido, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, orientar o solicitante a comparecer à Unidade Policial mais próxima do
local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a competência dos demais Órgãos.ou a mais
próxima do local do fato, ou ligar para o tridígito 181 DDU (Disque Denúncia Unificado).

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Arrecadar armas envolvidas e seus acessórios e munições, que tenham relação com o fato, caso estes
componham a arma no momento da arrecadação;

c) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

d) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

e) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

318
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

a) apreender armas, acessórios, munições e documentos que tiverem relação com o fato;

b) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 03.015 - DISPARO DE ARMA DE FOGO OU ACIONAMENTO DE MUNIÇÃO

Disparar arma de fogo ou acionar munição em lugar habitado ou em suas adjacências, em via pública ou em
direção a ela, desde que essa conduta não tenha como finalidade a prática de outro crime.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, orientar o solicitante a comparecer à Unidade Policial mais próxima do
local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a competência dos demais Órgãos. ou a mais
próxima do local do fato, ou ligar para o tridígito 181 DDU (Disque Denúncia Unificado).

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar armas, acessórios e munições que tenham relação com o fato, se a perícia e/ou Autoridade

319
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia , se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

b1) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

c) apreender armas, acessórios e munições que tiverem relação com o fato;

d) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

320
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

E 03.016 - POSSE OU PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO

Está sujeito à mesma pena cominada ao tipo penal do caput do art. 16 da lei 10.826/03 quem:

I – suprimir ou alterar marca, numeração ou qualquer sinal de identificação de arma de fogo ou artefato;

II – modificar as características de arma de fogo, de forma a torná-la equivalente a arma de fogo de uso
proibido ou restrito ou para fins de dificultar ou de qualquer modo induzir a erro autoridade policial, perito ou
juiz;

III – possuir, detiver, fabricar ou empregar artefato explosivo ou incendiário, sem autorização ou em
desacordo com determinação legal ou regulamentar;

IV – portar, possuir, adquirir, transportar ou fornecer arma de fogo com numeração, marca ou qualquer outro
sinal de identificação raspado, suprimido ou adulterado;

V – vender, entregar ou fornecer, ainda que gratuitamente, arma de fogo, acessório, munição ou explosivo a
criança ou adolescente; e

VI – produzir, recarregar ou reciclar, sem autorização legal, ou adulterar, de qualquer forma, munição ou
explosivo.

PELO

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Tratando-se de artefato explosivo ou incendiário:

b.1) verificar se há circunstância que o torne inseguro, acionando o Corpo de Bombeiros Militar;

b.2) verificar com o solicitante, a quantidade de pessoas no local;

b.3) Orientar o solicitante a isolar o local, se possível, afastando-se a seguir;

b.4) Acionar as Unidades Especializadas da PM e PC;

b.5) Acionar o Exército Brasileiro quando a Equipe estiver no local, informando caso se trate de artefato ou

321
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

engenho explosivo ou incendiário, inclusive o material destinado a sua fabricação;

c) Fora dos casos de flagrante delito, orientar o solicitante a comparecer à Unidade Policial mais próxima do
local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a competência dos demais Órgãos. ou a mais
próxima do local do fato, ou ligar para o tridígito 181 DDU (Disque Denúncia Unificado).

PELA

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Tratando-se de artefato explosivo ou incendiário, antes de qualquer outra providência, o local de


ocorrência deverá ser mantido em condições de segurança, sendo necessário:

c.1) Isolar o perímetro em torno do local;

c.2) Acionar o esquadrão anti-bomba, se for o caso;

c.3) Comunicar ao Despachante a situação no local para fins de acionamento do Corpo de Bombeiros
Militar, Exército Brasileiro, Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e Defesa Civil, conforme a
complexidade do caso;

d) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

e) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

f) Arrecadar armas, munições, equipamentos e documentos que tenham relação com o fato se a perícia e/ou
Autoridade Policial não comparecerem ao local ou se liberados pelos peritos:

f.1) tratando-se de artefato explosivo ou incendiário, sua arrecadação estará condicionada à inexistência de
risco à segurança da equipe policial e desde que liberados pelas equipes especializadas nesse tipo de
material;

g) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o

322
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

evento e/ou acompanharam a atuação policial;

h) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

i) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

j) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELO

a) Prestar apoio aos Órgãos envolvidos, se for o caso;

b) Adotar providências e permanecer no local em Prevenção contra Incêndio e Prevenção contra acidentes,
se for o caso;

c) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

d) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender as armas, munições, equipamentos e documentos que tiverem relação com o fato:

d.1) tratando-se de artefato explosivo ou incendiário, sua apreensão estará condicionada à inexistência de
risco à segurança da equipe policial e desde que liberados pelas equipes especializadas nesse tipo de

323
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

material;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias;

f) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal.

LOCA

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

c) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

E 03.017 - COMÉRCIO ILEGAL DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO

Adquirir, alugar, receber, transportar, conduzir, ocultar, ter em depósito, desmontar, montar, remontar,
adulterar, vender, expor à venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio, no exercício
de atividade comercial ou industrial, arma de fogo, acessório ou munição, sem autorização ou em desacordo
com determinação legal ou regulamentar.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, nos locais onde está implantado o DDU (Disque Denúncia Unificado)
orientar o solicitante a ligar para o tridígito 181 e fazer a denúncia, esclarecendo que o mesmo não será
identificado;

c) Fora dos casos de flagrante delito, nos locais onde não há o DDU (Disque Denúncia Unificado), coletar
todos os dados possíveis e repassar de imediato ao Setor de Inteligência da Unidade ou Fração, ou
comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

324
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a
competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar armas, munições, acessórios, documentos, objetos e equipamentos que tenham relação com o
fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

h) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

325
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) apreender armas, munições, acessórios, documentos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o
fato;

e) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

b) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 03.018 - TRÁFICO INTERNACIONAL DE ARMA DE FOGO

Importar, exportar, favorecer a entrada ou saída do território nacional, a qualquer título, de arma de fogo,
acessório ou munição, sem autorização da autoridade competente.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Estando o fato em estado de flagrância, gerar a chamada, enviando equipe policial ao local;

b) Fora dos casos de flagrante delito, nos locais onde está implantado o DDU (Disque Denúncia Unificado)
orientar o solicitante a ligar para o tridígito 181 e fazer a denúncia, esclarecendo que o mesmo não será
identificado;

c) Fora dos casos de flagrante delito, nos locais onde não há o DDU (Disque Denúncia Unificado), coletar
todos os dados possíveis e repassar de imediato ao Setor de Inteligência da Unidade ou Fração, ou
comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos demais casos respeitando a

326
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

competência dos demais Órgãos.

PELA POLÍCIA MILITAR

a) Dar Voz de prisão ao cidadão infrator, detendo-o / apreendendo-o, informando-lhe os seus direitos e
garantias constitucionais, conduzindo-o à presença da Autoridade Policial competente;

b) Solicitar a presença da Autoridade Policial competente e perícia; caso não compareçam ao local, constar
no histórico do boletim de ocorrência o nome do transmissor da mensagem do respectivo órgão, bem como
o motivo do não comparecimento;

c) Isolar, preservar e vigiar o local e seus vestígios até a conclusão dos trabalhos periciais, salvo, se
dispensada a cobertura policial pelos peritos;

d) Arrecadar armas, munições, acessórios, documentos, objetos e equipamentos que tenham relação com o
fato, se a perícia e/ou Autoridade Policial não comparecerem ao local;

e) Relacionar e qualificar as testemunhas que presenciaram o fato ou que detenham informações sobre o
evento e/ou acompanharam a atuação policial;

f) Controlar o fluxo de pessoas e o trânsito de veículos, se for o caso;

g) Acionar os planos estratégicos operacionais, pertinentes ao fato;

h) Cumprir as demais normas vigentes na Corporação para o caso específico;

i) Redigir e registrar o Boletim de Ocorrência.

PELA POLÍCIA CIVIL

Cientificada a Autoridade Policial, esta adotará as providências em observância ao disposto no art.6º do CPP
e demais dispositivos previstos em lei:

a) acionar a perícia, se for o caso;

b) dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a
chegada dos peritos, se for o caso;

327
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

c) na impossibilidade da Autoridade Policial e/ou perícia comparecer ao local de crime, deverá informar, de
pronto, ao Órgão ou ao policial que estiver no local;

d) comunicar o fato, imediatamente, a Autoridade Policial Federal mais próxima, se for o caso;

e) apreender armas, munições, acessórios, documentos, objetos e equipamentos que tiverem relação com o
fato;

f) nos crimes de competência da Justiça Federal, a Autoridade Policial encaminhará todo o expediente à
Polícia Federal;

g) colher todas as provas que servirem para o esclarecimento dos fatos e suas circunstâncias.

LOCAL DE ENCERRAMENTO

a) Nos crimes de competência da Justiça Federal, Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município, onde ocorreu o crime;

b) Unidade Policial Civil da AISP, onde houver, ou a mais próxima do local do fato;

c) Fora dos dias e horários de expediente normal, Unidade Policial Civil plantonista da ACISP, onde houver,
ou a mais próxima do local do fato e que tenha Autoridade Policial.

E 03.131 - DEIXAR, A EMPRESA DE SEGURANÇA E TRANSPORTE DE VALORES, DE


COMUNICAR EXTRAVIO, FURTO OU R

O proprietário ou diretor responsável de empresa de segurança e transporte de valores que deixarem de


registrar ocorrência policial e de comunicar à Polícia Federal perda, furto, roubo ou outras formas de extravio
de arma de fogo, acessório ou munição que estejam sob sua guarda, nas primeiras 24 (vinte quatro) horas
depois de ocorrido o fato.

PELO CENTRO DE OPERAÇÕES / SOU / SOF

Fora dos casos de flagrante delito, orientar a vítima / solicitante a comparecer:

a) nos crimes de competência da Justiça Federal, à Delegacia de Polícia Federal, desde que a sede esteja
situada no município onde ocorreu o crime;

328
RESERVADO - Gerado em 10:41 07/05/2018

b) à Unidade Policial mais próxima do local do fato, PM ou PC, e nos