Você está na página 1de 3

Olá pastor, segue o estudo sobre o Capítulo 34 do profeta Ezequiel:

1 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:


2 Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor
DEUS: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as
ovelhas?
3 Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas.
4 As fracas não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não
tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.
5 Assim se espalharam, por não haver pastor, e tornaram-se pasto para todas as feras do campo, porquanto
se espalharam.
6 As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo o alto outeiro; sim, as minhas
ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem perguntasse por elas, nem quem as
buscasse.
7 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR:
8 Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que, porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas
ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não
procuraram as minhas ovelhas; e os pastores apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas
ovelhas;

Trata-se de uma profecia do Senhor Deus que alerta e denuncia pastores relaxados,
relapsos, infiéis ou que façam acepção entre as ovelhas (leia-se: povo de Deus, do qual,
os pastores também fazem parte, pois todos têm liderança, ou seja, pastores) e que
tomam mais conta de si próprios (quando não só si) e se esquecem de cuidar direito das
ovelhas que lhes foram comissionadas sendo omissos tanto com as desprezas como com
as preferidas (gorda e forte).
Estes pastores vivem do que é produzido pelas ovelhas, mas não zelam devidamente por
elas. Com as mais humildes, fracas, doentes (quanto aos pastores, não estão fracos,
doentes ou dirigindo trabalhos pequenos por que querem ou merecem) nem sempre dão a
devida atenção sendo até desrespeitosos e/ou brutos com elas. Com as preferidas o social
pode ser diferente, mas pecam igualmente no zelo, pois às vezes falam só o que agrada o
coração, com ensinamentos até contrários à palavra de Deus ou aos fundamentos da
liderança.
Tanto uma como outra, nas maiores dificuldades, também, se espalham, saem da Casa do
Senhor pelos mais diferentes motivos, mas como ninguém as vai resgatar (se vão, não da
maneira correta), virarão presas fáceis para todas as astutas ciladas de Satanás.

9 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR:


10 Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos demandarei as minhas
ovelhas, e eles deixarão de apascentar as ovelhas; os pastores não se apascentarão mais a si mesmos; e
livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de pasto.
11 Porque assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu, eu mesmo, procurarei pelas minhas ovelhas, e as buscarei.
12 Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim
buscarei as minhas ovelhas; e livrá-las-ei de todos os lugares por onde andam espalhadas, no dia nublado e
de escuridão.
13 E tirá-las-ei dos povos, e as congregarei dos países, e as trarei à sua própria terra, e as apascentarei nos
montes de Israel, junto aos rios, e em todas as habitações da terra.
14 Em bons pastos as apascentarei, e nos altos montes de Israel será o seu aprisco; ali se deitarão num bom
redil, e pastarão em pastos gordos nos montes de Israel.
15 Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas, e eu as farei repousar, diz o Senhor DEUS.
16 A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer, e a quebrada ligarei, e a enferma fortalecerei; mas a
gorda e a forte destruirei; apascentá-las-ei com juízo.

O Senhor Deus é contra os pastores que assim agem, as ovelhas serão requisitadas de
suas mãos e perderão suas comissões.
Então o próprio Deus promete assumir o comando quando a liderança humana falhar e
procurará suas ovelhas fracas ou desgarradas, não importa até onde foram ou estão às
tocará, e às resgatará e apascentará com O Senhor Jesus, O Bom Pastor, A Palavra de
Deus ("Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora." João
6.37) e estas, Na Palavra, serão salvas, curadas e libertas, mas as gordas e fortes que até
foram “bem tratadas” pelos relapsos pastores, privilegiadas na atenção dispensada por
estes, que se sentiam mais importantes e poderosas que as demais, também não estando
nem ai com o estado das suas irmãs e as vezes até as explorando, verão, no dia do
Senhor que seguiram e comeram nas mãos de homens, não do Deus Vivo.

17 E quanto a vós, ó ovelhas minhas, assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu julgarei entre ovelhas e ovelhas,
entre carneiros e bodes.
18 Acaso não vos basta pastar os bons pastos, senão que pisais o resto de vossos pastos aos vossos pés? E
não vos basta beber as águas claras, senão que sujais o resto com os vossos pés?
19 E quanto às minhas ovelhas elas pastarão o que haveis pisado com os vossos pés, e beberão o que haveis
sujado com os vossos pés.
20 Por isso o Senhor DEUS assim lhes diz: Eis que eu, eu mesmo, julgarei entre a ovelha gorda e a ovelha
magra.
21 Porquanto com o lado e com o ombro dais empurrões, e com os vossos chifres escorneais todas as fracas,
até que as espalhais para fora.
22 Portanto livrarei as minhas ovelhas, para que não sirvam mais de rapina, e julgarei entre ovelhas e
ovelhas.

E O Senhor, na sua glória irá julgar a todos, as ovelhas que ouviram a sua voz e
obedeceram e os carneiros e bodes, que usufruíram do melhor também, mas não
obedeceram e sim berraram, cheiravam mal e até chifraram o Pastor(feriram O Bom
Pastor, O Senhor Jesus, A Palavra de Deus:
”31 E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no
trono da sua glória;
32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes
as ovelhas;
33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino
que vos está preparado desde a fundação do mundo;
35 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e
hospedastes-me;
36 Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.
37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou
com sede, e te demos de beber?
38 E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus
pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno,
preparado para o diabo e seus anjos;
42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;
43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me
visitastes.
44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou
estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não
fizestes, não o fizestes a mim.
46 E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.” Mt25.31ss)

23 E suscitarei sobre elas um só pastor, e ele as apascentará; o meu servo Davi é que as apascentará; ele
lhes servirá de pastor.
24 E eu, o SENHOR, lhes serei por Deus, e o meu servo Davi será príncipe no meio delas; eu, o SENHOR, o
disse.
25 E farei com elas uma aliança de paz, e acabarei com as feras da terra, e habitarão em segurança no
deserto, e dormirão nos bosques.
26 E delas e dos lugares ao redor do meu outeiro, farei uma bênção; e farei descer a chuva a seu tempo;
chuvas de bênção serão.
27 E as árvores do campo darão o seu fruto, e a terra dará a sua novidade, e estarão seguras na sua terra; e
saberão que eu sou o SENHOR, quando eu quebrar as ataduras do seu jugo e as livrar da mão dos que se
serviam delas.
28 E não servirão mais de rapina aos gentios, as feras da terra nunca mais as devorarão; e habitarão
seguramente, e ninguém haverá que as espante.
29 E lhes levantarei uma plantação de renome, e nunca mais serão consumidas pela fome na terra, nem mais
levarão sobre si o opróbrio dos gentios.
30 Saberão, porém, que eu, o SENHOR seu Deus, estou com elas, e que elas são o meu povo, a casa de
Israel, diz o Senhor DEUS.
31 Vós, pois, ó ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto; homens sois; porém eu sou o vosso Deus, diz o
Senhor DEUS.

E terminando, O Senhor Deus confirma que da linhagem de Davi nos enviou O Bom
Pastor, perfeito no cuidado de todas as necessidades daqueles que são o seu povo
(ovelhas limitadas que devem ser do pasto do Senhor e comer das suas mãos porque Ele
é O Senhor) e que debaixo de sua proteção teríamos uma aliança de paz e justiça, quer
dizer não ausência de conflitos, lutas, mas segurança, realização e satisfação, pois
estamos aparelhados com as armas espirituais, sendo assim libertos, curados, protegidos,
abençoados, prósperos, frutíferos e com tudo mais quem vem na salvação que só há em
Cristo Jesus, sendo vitoriosos contra todos o ataques do inimigo e fortalecidos para não
cair em seus engodos de vaidade ou de viver no pecado, na carne ou no mundão.

Amém.