Você está na página 1de 2

GRELHA PARA A AUTO-AVALIAÇÃO

A1 A2 B1
Sou capaz de reconhecer pala- Sou capaz de compreender ex- Sou capaz de compreender os
vras e expressões simples de uso pressões e vocabulário de uso pontos essenciais de uma se-
corrente relativas a mim próprio, mais frequente relacionado com quência falada que incida sobre
à minha família e aos contextos aspectos de interesse pesso- assuntos correntes do trabalho,
em que estou inserido, quando al como, por exemplo, família, da escola, dos tempos livres, etc.
me falam de forma clara e pau- compras, trabalho e meio em Sou capaz de compreender os
COMPRENSÃO sada. que vivo. pontos principais de muitos pro-
DO ORAL Sou capaz de compreender o gramas de rádio e televisão so-
essencial de um anúncio e de bre temas actuais ou assuntos de
mensagens simples, curtas e cla- interesse pessoal ou profissional,
COMPRENDER

ras. quando o débito da fala é relati-


vamente lento e claro.

Sou capaz de compreender no- Sou capaz de ler textos curtos e Sou capaz de compreender tex-
mes conhecidos, palavras e fra- simples. Sou capaz de encon- tos em que predomine uma lin-
ses muito simples, por exemplo trar uma informação previsível guagem corrente do dia-a-dia
em avisos, cartazes ou folhetos. e concreta em textos simples de ou relacionada com o trabalho.
uso corrente, por exemplo, anún- Sou capaz de compreender
LEITURA cios, folhetos, ementas, horários. descrições de acontecimentos,
Sou capaz de compreender car- sentimentos e desejos, em cartas
tas pessoais curtas e simples. pessoais.

Sou capaz de comunicar de for- Sou capaz de comunicar em Sou capaz de lidar com a maior
ma simples, desde que o meu situações simples, de rotina do parte das situações que podem
interlocutor se disponha a repetir dia-a-dia, sobre assuntos e ac- surgir durante uma viagem a um
ou dizer por outras palavras, num tividades habituais que exijam local onde a língua é falada.
ritmo mais lento, e me ajude a apenas uma troca de informa- Consigo entrar, sem preparação
INTERACÇÃO formular aquilo que eu gostaria ção simples e directa. Sou ca- prévia, numa conversa sobre as-
ORAL de dizer. Sou capaz de perguntar paz de participar em breves tro- suntos conhecidos, de interesse
e de responder a perguntas sim- cas de palavras, apesar de não pessoal ou pertinentes para o
ples sobre assuntos conhecidos compreender o suficiente para dia-a-dia (por exemplo, família,
ou relativos a áreas de necessi- manter a conversa. passatempos, trabalho, viagens
dade imediata. e assuntos da actualidade).
FALAR

Sou capaz de utilizar expressões Sou capaz de utilizar uma série Sou capaz de articular expressões
e frases simples para descrever de expressões e frases para fa- de forma simples para descrever
o local onde vivo e pessoas que lar, de forma simples, da minha experiências e acontecimentos,
conheço. família, de outras pessoas, das sonhos, desejos e ambições. Sou
condições de vida, do meu per- capaz de explicar ou justificar
PRODUÇÃO curso escolar e do meu trabalho opiniões e planos. Sou capaz de
ORAL actual ou mais recente. contar uma história, de relatar
o enredo de um livro ou de um
filme e de descrever as minhas
reacções.

Sou capaz de escrever um pos- Sou capaz de escrever notas Sou capaz de escrever um texto
tal simples e curto, por exemplo, e mensagens curtas e simples articulado de forma simples so-
na altura de férias. Sou capaz de sobre assuntos de necessidade bre assuntos conhecidos ou de
preencher ficha com dados pes- imediata. Sou capaz de escrever interesse pessoal. Sou capaz de
soais, por exemplo, num hotel, uma carta pessoal muito simples, escrever cartas pessoais para
com nome, morada, nacionali- por exemplo, para agradecer al- descrever experiências e impres-
ESCREVER

dade. guma coisa a alguém. sões.


ESCRITA

Tradução oficial portuguesa (Quadro Europeu Comum de Referência – Conselho da Europa)

Modelo acreditado / Accredited model / Modèle accrédité No 20.2001


20 Atribuído a / Awarded to / Accordé à: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – PORTUGAL/2001
GRELHA PARA A AUTO-AVALIAÇÃO (continuação)

B2 C1 C2
Sou capaz de compreender ex- Sou capaz de compreender uma Não tenho nenhuma dificulda-
posições longas e palestras e até exposição longa, mesmo que de em compreender qualquer
seguir partes mais complexas nào esteja claramente estrutu- tipo de enunciado oral, tanto em
da argumentação, desde que o rada ou quando a articulação face a face como através dos
tema me seja relativamente fa- entre as ideias esteja apenas meios de comunicação, mes-
miliar. Consigo compreender a implícita. Consigo compreender mo quando se fala depressa, à
COMPRENSÃO maior parte dos noticiários e ou- programas de televisão e filmes velocidade dos falantes nativos,
DO ORAL tros programas informativos na sem grande dificuldade. sendo apenas necessário algum
televisão. Sou capaz de compre- tempo para me familiarizar com
ender a maior parte dos filmes, o sotaque.
COMPRENDER

desde que seja utilizada a língua


padrão.

Sou capaz de ler artigos e repor- Sou capaz de compreender tex- Sou capaz de ler com facilidade
tagens sobre assuntos contem- tos longos e complexos, literários praticamente todas as formas
porâneos em relação aos quais e nào literários, e distinguir estilos. de texto escrito, incluindo textos
os autores adoptam determina- Sou capaz de compreender arti- mais abstractos, linguisticamen-
das atitudes ou pontos de vista gos especializados e instruções te ou estruturalmente complexos,
LEITURA particulares. Sou capaz de com- técnicas longas, mesmo quando tais como manuais, artigos espe-
preender textos literários con- nào se relacionam com a minha cializados e obras literárias.
temporâneos em prosa. área de conhecimento.

Sou capaz de conversar com a Sou capaz de me exprimir de Sou capaz de participar sem
fluência e espontaneidade su- forma espontânea e fluente, sem esforço em qualquer conversa
ficientes para tornar possível a dificuldade aparente em encon- ou discussão e mesmo utilizar
interacção normal com falantes trar as expressões adequadas. expressões idiomáticas e colo-
nativos. Posso tomar parte activa Sou capaz de utilizar a língua de quiais. Sou capaz de me exprimir
INTERACÇÃO numa discussão que tenha lugar maneira flexível e eficaz para fins fluentemente e de transmitir com
ORAL em contextos conhecidos, apre- sociais e profissionais. Formulo precisão pequenas diferenças
sentando e defendendo os meus ideias e opiniões com precisão e de sentido. Sempre que tenho
pontos de vista. adequo o meu discurso ao dos um problema, sou capaz de vol-
meus interlocutores. tar atrás, contornar a dificuldade
e reformular, sem que tal seja
FALAR

notado.
Sou capaz de me exprimir de Sou capaz de apresentar descri- Sou capaz de, sem dificuldade
forma clara e detalhada sobre ções claras e detalhadas sobre te- e fluentemente, fazer uma expo-
uma vasta gama de assuntos mas complexos que integrem sub- sição oral ou desenvolver uma
relacionados com os meus cen- -temas, desenvolvendo aspectos argumentação num estilo apro-
tros de interesse. Sou capaz de particulares e chegando a uma priado ao contexto e com uma
PRODUÇÃO explicar um ponto de vista sobre conclusão apropriada. estrutura lógica tal que ajude o
ORAL um dado assunto, apresentando meu interlocutor a identificar e a
as vantagens e desvantagens de memorizar os aspectos mais im-
diferentes opções. portantes.

Sou capaz de escrever um tex- Sou capaz de me exprimir de Sou capaz de escrever textos
to claro e pormenorizado sobre forma clara e bem estruturada, num estilo fluente e apropriado.
uma vasta gama de assuntos re- apresentando os meus pontos de Sou capaz de redigir de forma
lacionados com os meus centros vista com um certo grau de ela- estruturada cartas complexas,
de interesse. Sou capaz de redigir boração. Sou capaz de escrever relatórios ou artigos que apre-
um texto expositivo ou um relató- cartas, comunicações ou relató- sentem um caso com uma tal
ESCREVER

rio, transmitindo informação ou rios sobre assuntos complexos, estrutura lógica que ajude o lei-
ESCRITA apresentando razões a favor ou pondo em evidência os aspectos tor a aperceber-se dos pontos
contra um determinado ponto de que considero mais importantes. essenciais e a memorizá-los.
vista. Consigo escrever cartas evi- Sou capaz de escrever no estilo Sou capaz de fazer resumos e re-
denciando o significado que de- que considero apropriado para censões de obras literárias e de
terminados acontecimentos ou o leitor que tenho em mente. âmbito profissional.
experiências têm para mim.

Tradução oficial portuguesa (Quadro Europeu Comum de Referência – Conselho da Europa)

Modelo acreditado / Accredited model / Modèle accrédité No 20.2001


Atribuído a / Awarded to / Accordé à: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – PORTUGAL/2001 21

Você também pode gostar