Você está na página 1de 14

ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS

PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

Curso: TÉCNICO DE ENFERMAEM

Disciplina: PSIQUIATRIA

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 1
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

Caderno de Atividades (CA)

Curso: TÉCNICO DE ENFERMAGEM Disciplina: PSQUIATRIA


Professor:JOSÉ DE ARIMATEIA MACIEL DOS ANJOS NOTA:
Nome:
Turma: 18.2 Turno: NOITE Data:

ORIENTAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DA AVALIAÇÃO.

 Leia atentamente todas as questões antes de responder sua avaliação;


 Durante a realização das avaliações os aparelhos celulares deverão ser desligados e
guardados;
 Não é permitido o empréstimo, troca de material, ou quaisquer outros contatos entre alunos
durante a execução das provas;
 Situações de “colas”: A verificação do aluno será recolhida e anulada;
 Questões de qualquer disciplina que exijam cálculos e não estiverem com o registro, não
serão consideradas válidas;
 Só será permitido o uso de calculadora com autorização do professor;
 As avaliações deverão ser preenchidas somente com CANETA AZUL ou PRETA; o que
estiver escrito à lápis ou grafite, será corrigido, no entanto, o aluno não terá como solicitar
revisão da questão;
 Não será aceito respostas com rasuras, inclusive corretivos ou com mais de uma alternativa
marcada;
 As avaliações com desenhos deverão ser feitas a lápis, com materiais próprios, sem
empréstimos.
CADERNO DE ATIVIDADE

1. Questão nº 1.
1. A Lei nº 10.216/2001, a chamada Lei da Reforma Psiquiátrica,
representa um grande avanço na superação do antigo modelo de atenção
ao estabelecer os direitos e a proteção das pessoas acometidas de
transtorno mentais. Dentre as inovações trazidas pela lei estão as listadas
abaixo, exceto:
a ( ) Alternativa 1ª Ser tratada, preferencialmente, em serviços
comunitários de saúde mental.
b( ) Alternativa 2ª direito à presença médica, em qualquer tempo, para
esclarecer a necessidade ou não de sua hospitalização involuntária.
c( ) Alternativa 3ª ter garantia de sigilo nas informações prestadas.
d( ) Alternativa 4ª livre acesso aos meios de comunicação disponíveis.
e( ) Alternativa 5ª a proibição total da internação compulsória.
RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 2
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

2. A política nacional de saúde mental, regida pela Lei 10.216,


enfatiza que são direitos da pessoa portadora de transtorno mental:
Diante das afirmativas do enunciado marque a alternativa correta.
a( ) Alternativa 1ª Receber o maior número de informações a respeito
de sua doença e de seu tratamento.
b ( ) Alternativa 2ª Ser tratada sempre em serviços comunitários de
saúde mental.
c ( ) Alternativa3ª Ter acesso à internação em instituições com
características asilares.
d ( ) Alternativa 4ª Ter uma sala específica para atendimento aos
portadores de transtornos mentais na unidade básica de saúde.
3. Relacione a primeira coluna com a segunda.
a- Alternativa 1ª CAPS I I ( ) Alternativa 1ª- A tende pessoas com transtornos
b-Alternativa 2ª CAPS II c-c- mentais graves e persistentes. Proporciona serviços de
Alternativa 3ª CAPS III atenção contínua, com funcionamento 24 horas,
Alternativa 4ª CAPS AD incluindo feriados e finais de semana, ofertando
retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros
serviços de saúde mental, inclusive CAPS Ad, indicado
para Municípios ou regiões com
população acima de 200 mil habitantes;
II ( ) Alternativa 2ª Atende adultos ou crianças e
adolescentes, considerando as normativas do Estatuto
da Criança e do Adolescente, exclusivamente com
necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e
outras drogas. Serviço de saúde mental aberto e de
caráter comunitário, indicado para Municípios ou regiões
com população acima de 70 mil habitantes;
III ( ) Alternativa 3ª Atende pessoas com transtornos
mentais graves e persistentes e também com
necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e
outras drogas de todas as faixas etárias; indicado para
Municípios com população acima de 20 mil habitantes;

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 3
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

IV ( ) Alternativa 4ª Atende pessoas com transtornos


mentais graves e persistentes, podendo também atender
pessoas com necessidades decorrentes do uso de crack,
álcool e outras drogas de todas as faixas etárias,
indicado para Municípios com população acima de 70 mil
habitantes;

A SEQUENCIA CORRETA É:
a)( ) A, B. C, D
b)( ) E, D, C, B
c)( ) A, C, D, E
d)( ) C, B, A, D

4. Considerando a Política Nacional de Saúde Mental e a Rede de Atenção


Psicossocial, Diante das afirmativas do enunciado responda V para verdadeiro e F
falso.
I ( ) Alternativa 1ª É resultado da mobilização de usuários, familiares e trabalhadores
da saúde, iniciada na década de 1980 com o objetivo de substituir o modelo de atenção
médico-psiquiátrico pelo modelo de atenção psicossocial.
II ( ) Alternativa 2ª O processo de mudança da atenção à saúde mental
no Brasil se expressa especialmente por meio do Movimento Social da Luta
Antimanicomial e de um projeto coletivamente produzido de mudança do modelo
de atenção e de gestão do cuidado: a Reforma Psiquiátrica.
III ( ) Alternativa 3ª Apesar de a Estratégia Saúde da Família ser
considerada a porta de entrada dos usuários ao Sistema Único de Saúde (SUS),
a Política Nacional de Saúde Mental prioriza esse cuidado à atenção terciária.
IV ( ) Alternativa 4ª A abordagem em redução de danos é um método
utilizado no trabalho em saúde, pautado por uma ética da relação baseada na
autonomia, no diálogo e na responsabilização unilateral do usuário.
Assinale a sequência correta.
a ( A ) Alternativa 1ª V, V, F, F
b( ) Alternativa 2ª V, F, F, V
c( ) Alternativa 3ª F, V, V, F
d( ) Alternativa 4ª F, F, V, V

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 4
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

5 - Transtornos mentais são disfunções no funcionamento da mente,


que podem afetar qualquer pessoa e em qualquer idade e, geralmente, são
provocados por complexas alterações do sistema nervoso central. Com
isso, relacione a primeira coluna com a segunda

a- Alternativa 1ª Depressão ( ) Distúrbio associado a alterações de humor que vão


b- Alternativa 2ª Transtorno da depressão a episódios de obsessão.
de ansiedade ( ) Doença crônica que inclui dificuldade de atenção,
c-Alternativa3ªTranstorno hiperatividade e impulsividade.
bipolar Esquizofrenia
d- Alternativa 4ª Demência ( ) Um distúrbio que afeta a capacidade da pessoa de
e-Alternativa5º squizofrenia pensar, sentir e se comportar com clareza.
f- Alternativa 6º Autismo ( ) Distúrbio de saúde mental caracterizado por
sentimentos de preocupação, ansiedade ou medo que
são fortes o bastante para interferir nas atividades diárias
( ) Um grupo de sintomas cognitivos e sociais que
interfere nas funções diárias.
( ) Distúrbio mental caracterizado por depressão
persistente ou perda de interesse em atividades,
prejudicando significativamente o dia a dia.

A SEQUENCIA CORRETA É:
a( ) A, B. C, D, F, E
b( ) E, D, C, B, F, A
c( ) A, C, D, E, B, F
d( ) F, D, A, E, B, C
e( ) C,E,A,F,D,A, B
f( ) A, F, C, B,D, E
6- A política nacional de saúde mental, regida pela Lei 10.216,
enfatiza que são direitos da pessoa portadora de transtorno mental:
a ( ) Alternativa 1ª Receber o maior número de informações a respeito
de sua doença e de seu tratamento.

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 5
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

b( ) Alternativa 2ª Ser tratada sempre em serviços comunitários


de saúde mental.
c) ( ) Alternativa 3ª Ter acesso à internação em instituições com
características asilares.
d) ( ) T Alternativa 4ª er uma sala específica para atendimento aos
portadores de transtornos mentais na unidade básica de saúde.
7- Nos atendimentos em saúde mental, de qualquer natureza, a
pessoa e seus familiares ou responsáveis serão formalmente cientificados
dos direitos da pessoa portadora de transtorno mental. Neste caso, é
correto afirmar:
a ( ) Alternativa 1ª As informações referentes à doença mental ou
tratamento, em todas as circunstâncias, serão fornecidas ao familiar responsável
indicado pelo juiz.
b ( ) Alternativa 2ª A internação hospitalar é indicada como forma
prioritária de todos os tratamentos.
c( ) Alternativa 3ª É proibido ao paciente portador de doença mental o
livre acesso aos meios de comunicação disponíveis.
d( ) Alternativa 4ª O esclarecimento quanto a internação
involuntária será realizado pela autoridade policial do município.
e( ) Alternativa 5ª É direito que essas pessoas sejam tratadas,
preferencialmente, em serviços comunitários de saúde mental.
8- Diversos fatores de proteção reduzem o risco de suicídio, dentre
eles a Organização Mundial da Saúde destaca.
a( ) Alternativa 1ª o uso excessivo de antidepressivos.
b( ) Alternativa 2ª o apoio da família e de amigos.
c( ) Alternativa 3ª a alimentação a base de proteínas.
d( ) Alternativa 4ª o isolamento da sociedade.
e( ) Alternativa 5ª o confinamento no domicílio.
9- Um adolescente que mora em um pequeno município, acompanha
a avó a uma Unidade Básica de Saúde. Esta relata ao enfermeiro que este
jovem diz, frequentemente, não ter perspectivas quanto ao próprio futuro e
que já teve, algumas vezes, ideias suicidas. Ela diz, ainda, que os pais
disseram que esta é só uma fase e que o adolescente, apenas, quer chamar
a atenção. Há informações de que este jovem não é usuário de drogas
RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 6
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

ilícitas e nem apresenta transtornos mentais. Nesta situação, as Diretrizes


do Ministério da Saúde - MS (2010) recomendam, entre outros, que haja.
a( ) Alternativa 1ª Acompanhamento, à distância, do
comportamento deste jovem, sendo desnecessário o acolhimento e o tratamento
psicológico.
b( ) Alternativa 2ª Acolhimento ao jovem, esclarecendo de que são
conflitos existenciais próprios da adolescência, sendo desnecessário o
encaminhamento para avaliação e ou tratamento.
c ( ) Alternativa 3ª Identificação de fatores de vulnerabilidade
relacionados à característica mais forte no suicídio, como residir em município
pequeno.
d( ) Alternativa 4ª Apoio para as pessoas da família, explicando a
importância dos mesmos não demonstrarem sentimento de afeto com o
adolescente, para não reforçar o comportamento suicida.
e( ) Alternativa 5ª Descarte da possibilidade do jovem apresentar
fatores de vulnerabilidade relacionados à característica mais forte no suicídio
pelo mesmo não residir, principalmente, em grandes centros urbanos.
10- A cocaína é um pó branco com potente ação vasoconstritora e
anestésica local. Seu uso se dá por via oral, nasal e venosa. Sua utilização
por via nasal pode levar à lesão das células olfativas e ocasionar a perda
do olfato (anosmia). Marque a alternativa sobre as manifestações clinicas
que o indivíduo pode vir a apresentar. (Apostila Pag. 56)
a ( ) Astenia, pigarro na garganta, disúria, anorexia
b ( ) Cefaleia, Diarreia, Epigastralgia, falta de apetite
c ( ) Emagrecimento, cólicas intestinais , náuseas e vômitos
c ( ) Distúrbios digestivos, Anorexia, Emagrecimento Insônia,
Convulsões.

11- Você sendo um profissional técnico de enfermagem, vivenciando


com o prontuário do cliente/paciente e é capaz de decifrar todos os códigos

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 7
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

das alterações que são afetados com certas patologias do SNV, através
desta seja capaz de relacionar a primeira coluna com a segunda.
a( ) Alternativa 1ª TOC ( )Tensão pré-menstrual
b( ) Alternativa 2ª TPM ( ) Eletroencefalograma
c( ) Alternativa 3ª TAG ( ) Transtorno Obsessivo Compulsivo
d( ) Alternativa 4ª EEG ( ) Transtorno de Ansiedade Generalizada
e( ) Alternativa 5º SNA ( ) Código Internacional de Doença
f( ) Alternativa 6º CID ( ) Sistema Nervoso Autônomo

A SEQUENCIA CORRETA É:
a( )A, B. C, D, F, E
b( )E, D, C, B, F, A
c( )A, C, D, E, B, F
d( )F, D, A, E, B, C
e( ) B, D, A, C, F, E
f ( ) A, F, C, B,D, E

12- O Serviço Residencial Terapêutico (SRT) são casas localizadas


no espaço urbano, constituídas para responder às necessidades de
moradia de pessoas portadoras de transtornos mentais graves,
institucionalizadas ou não, sua regulamentação foi feita através da Lei
Federal nº 10.216/2001, que dispõe sobre a proteção e os direitos das
pessoas portadoras de transtornos mentais, redirecionando o modelo
assistencial em saúde mental. Qual a equipe necessária para o
acompanhamento dos portadores de doenças mentais graves?
a( ) Psiquiatras.
b( ) Fisioterapeutas.
c( ) Médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.
d( ) Psicólogos, psiquiatras e terapeutas ocupacionais.
e ( )Profissionais vinculados ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)
ou ambulatórios especializados em saúde mental.

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 8
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

13- Conforme o Conselho Federal de Enfermagem, a equipe de


enfermagem deve levar em consideração os seguintes aspectos quanto à
contenção física em um paciente/cliente com distúrbios mentais:

I. A contenção física é utilizada pela enfermagem como primeira


alternativa em pacientes agressivos com o objetivo de preservar a segurança do
paciente e da equipe de enfermagem.

II.Existem outras estratégias que devem ser aplicadas anteriormente à


contenção física: primeiramente a abordagem verbal pela comunicação
terapêutica e, posteriormente, a contenção química.

III.A contenção física envolve a técnica de restrição dos movimentos do


corpo do paciente, restringindo sua habilidade em se mover quando esse oferece
perigo para si e para terceiros, por meio de dispositivos mecânicos ou
manuais.

Está correto o que se afirmar SOMENTE em


a) III.
b) II e III.
c) II.
d) I e II.
e) I.
14- Considerando a Política Nacional de Saúde Mental e a Rede de
Atenção Psicossocial. Diante das afirmativas do enunciado responda V
para verdadeiro e F falso.
I ( ) Alternativa 1º É resultado da mobilização de usuários, familiares e
trabalhadores da saúde, iniciada na década de 1980 com o objetivo de substituir
o modelo de atenção médico-psiquiátrico pelo modelo de atenção psicossocial.
II ( ) Alternativa 2º O processo de mudança da atenção à saúde mental
no Brasil se expressa especialmente por meio do Movimento Social da Luta
Antimanicomial e de um projeto coletivamente produzido de mudança do modelo
de atenção e de gestão do cuidado: a Reforma Psiquiátrica.

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 9
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

III ( ) Alternativa 3º Apesar de a Estratégia Saúde da Família ser


considerada a porta de entrada dos usuários ao Sistema Único de Saúde (SUS),
a Política Nacional de Saúde Mental prioriza esse cuidado à atenção terciária.
IV ( ) Alternativa 4º A abordagem em redução de danos é um método
utilizado no trabalho em saúde, pautado por uma ética da relação baseada na
autonomia, no diálogo e na responsabilização unilateral do usuário.
Assinale a sequência correta.

Assinale a alternativa correspondente:


a) V, V, F, F
b) V, F, F, V
c) F, V, V, F
d) F, F, V, V

15- Um paciente de 60 anos de idade acometido de um tipo de


transtorno mental está internado em uma instituição psiquiátrica
cadastrada no SIH-SUS há dois anos e meio ininterruptos, recebeu alta
médica, pois sua situação clínica e social não justificava a permanência em
ambiente hospitalar, indicando a possibilidade de sua inclusão em
programa de reintegração social. Neste caso hipotético, este paciente
poderá ser beneficiado pelo Programa criado pelo Ministério da Saúde,
denominado
a) De Volta Para Casa.
b) Residência Segura.
c) Bolsa Auxílio-Emprego.
d) Retornando à Vida Social.
e) Qualidade em Saúde Mental.
16- Cada psicoterapeuta pode ter uma forma diferente de lidar com o
paciente, seja por seu jeito pessoal (se é mais fechado ou mais expansivo),
seja pela sua abordagem de tratamento. relacione a primeira coluna com a
segunda coluna: (Apostila Pag. 58)

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 10
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

a- Aborda os pensamentos e comportamentos ( ) Terapia cognitivo-


atuais. comportamental
b- Abordagem os relacionamentos atuais.
( ) Psicanálise
c -Atua com dramatizações de situações
d- Aborda as razões inconscientes dos ( ) Psicodrama
problemas atuais
( ) Terapias interpessoais

A SEQUENCIA CORRETA É:
a -( ) A, B. C, D
b- ( ) E, D, C, B
c( ) A, D, C, B
d( ) C, D, A, B
17- Embora saibamos que o essencial é lidar com a história
individual de cada paciente, procurando a forma de cuidado que mais
atende às suas necessidades, não podemos deixar de tomar conhecimento
dos sinais, sintomas e diagnósticos mais comuns em psiquiatria. Diante
das afirmativas do enunciado responda V para verdadeiro e F falso.
(Apostila pag. 33)
a ( ) No estado de confusão, o indivíduo não consegue falar nem pensar
“coisa com coisa”, não consegue integrar coerentemente o que está vivendo, e
a ligação que faz entre o que vê, ouve, fala sente e pensa, ocorre de forma muito
estranha.
b ( ) No estado de confusão, o indivíduo apresentando dores musculares
após crise convulsiva, mais sialorreia com presença de sangue na boca.
c( ) No estado de confusão, o indivíduo não consegue falar nem pensar
“coisa com coisa”, não consegue integrar coerentemente o que está vivendo, e
a ligação que faz entre o que vê, ouve, fala sente e pensa, ocorre de forma muito
estranha.
d( ) A hipermnésia é alteração em que há clareza excessiva de alguns
dados da memória. De forma contrária, a amnésia é a impossibilidade de
recordar total ou parcialmente fatos ocorridos antes do início do transtorno

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 11
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

(amnésia retrógrada), após o seu início (amnésia anterógrada) ou fatos isolados


(amnésia lagunar).
a( ) V. V, F, V
b( ) V, F. F, F
c( ) V, V, V, V
d( ) F, V,V,F

18-Diagnosticar um transtorno mental não é tarefa das mais fáceis.


Justamente por essa razão podemos encontrar várias teorias dos
transtornos mentais, algumas mais voltadas para os mecanismos de ação
por conta de alguns efeitos adversos a medicação, como profissional
técnico de enfermagem correlacione a 1º coluna de acordo com a 2º, no
que diz, respeito aos termos técnicos.: (Apostila Pag. 51 e 52 )

a- Alternativa 1ª Disfagia (C) Geralmente surge no início do tratamento e dura


b- Alternativa 2ª Xerostomia algumas semanas. É considerada uma manifestação de
c- Alternativa 3ª Icterícia hipersensibilidade, pois se encontra infiltração de
d- Alternativa 4ª Priapismo eosinófilos no fígado, mucosas dos olhos amarelados e
e - Alternativa 5º • Distonia as vezes a pele.
aguda (A) É a dificuldade de deglutição, podendo ser causada
por alterações no peristaltismo
(E) Pouco frequente, é caracterizada por espasmos
involuntários de músculos que produzem posturas
anormais, brevemente sustentadas ou fixas. Inclui
posições bizarras do tronco e membros, língua projetada
para fora da boca (protusão da língua), torcicolo e
contração da laringe e faringe
(B) É a secura excessiva da boca, sendo uma fonte
frequente de queixas devido ao desconforto que traz no
início do tratamento.
(D) É a disfunção vascular que causa a ereção do pênis
por período prolongado, podendo levar a isquemia

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 12
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

necrose tecidual. Quando ocorre, deve ser tratado


imediatamente com cirurgia, para evitar impotência.

A SEQUENCIA CORRETA É:
a( )A, B. C, D, F, E
b( )E, D, C, B, F, A
c( )A, C, D, E, B, F
d( )F, D, A, E, B, C
e ( ) C, A, E, B, D

19- Os Ansiolíticos então indicados nas Perturbações de Ansiedade


e noutros quadros médicos ou psiquiátricos em que existam sintomas de
Ansiedade, marque a alternativa que não faz parte deste grupo de
transtornos (Apostila de Estudo Pag. 50)
a( ) Perturbação de Pânico Agorafobia , Fobia Específica, Fobia Social
b- ( ) Perturbação Obsessivo-Compulsiva, Perturbação de Stress Pós-
Traumático
c- ( ) Perturbação Aguda de Stress, Perturbação de Ansiedade
Generalizada
d- ( ) Perturbação por crise convulsiva após droga
e- ( ) Perturbação de Ansiedade secundária a uma doença física,
Perturbação de Ansiedade induzida por substâncias
20- Em sua opinião, de que forma a saúde mental poderia melhorar
nos atendimentos aos jovens usuárias de drogas, para que ele venha sair
do uso de entorpecentes sem que aja uma internação mais prolongada e
possa retornar para o meio social.
R

GABARITO:

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 13
ESCOLA TÉCNICA VALE DOS CARAJÁS
PARAUAPEBAS – PARÁ
CREDENCIAMENTO N° 028 DE 16 ABRIL 2008 - PARECER Nº 177/08-CEE - PROCESSO 107/08-CEE

QUESTÕES RESPOSTAS QUESTÕES RESPOSTAS


01 11
02 12
03 13
04 14
05 15
06 16
07 17
08 18
09 19
10 20

RUA SANTAREM, 824 BAIRRO MARANHÃO – CEP 68515-000 - FONE/FAX (94)3346 8710 - PARAUAPEBAS – PA
CNPJ 06.093.808/0002-28 - INSC. ESTADUAL 15.258.688-1 – facvalecarajas@yahoo.com.br
Página 14

Você também pode gostar